Forum Espirita

CODIFICAÇÃO => O Livro dos Médiuns => Tópico iniciado por: Blue soft em 02 de Junho de 2009, 22:30

Título: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: Blue soft em 02 de Junho de 2009, 22:30
                        Bem, cada vez que leio um livro novo, uma mensagem nova ou ouço uma comunicação mediúnica tento me convencer de que o médium está envolvido por bons espíritos que o guiaram pelo caminho reto, porém nem todas às vezes é isto que ocorre e no livro que leio o médium desatento inventa sistemas inexistentes,
mensagens que impõem regras que nada condizem com o que a Doutrina nos propõe e comunicações que levam mais a exaltação do médium que do próprio Espiritismo.
                      Aí, eu penso o que há de errado? Me lembro do livro que é condutor dos médiuns, O Livro dos Médiuns e nele diz que "A fascinação tem consequências muito mais graves. É uma ilusão produzida pela ação direta do Espírito sobre o pensamento do médium e que, de certa maneira, lhe paralisa o raciocínio, relativamente às comunicações."
                      "O médium fascinado não acredita que o estejam enganando: o Espírito tem a arte de lhe inspirar confiança cega, que o impede de ver o embuste e de compreender o absurdo do que escreve, ainda quando esse absurdo salte aos olhos de toda gente. A ilusão pode mesmo ir até ao ponto de o fazer achar sublime a linguagem mais ridícula..."
                        Assim, amigos, continuo a me perguntar o que está acontecendo (será falta de estudo ou de senso crítico?), o que fazer para ajudar estes irmãos e se estiver próximo como lidar com estes médiuns?
                         Peço, para quem possa, que me auxilie.
                                             Blue Soft
Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: Vitor Santos em 03 de Junho de 2009, 00:37
Olá

A mediunidade, como os outros sentidos, penso eu (pelo que tenho aprendido e lido), tem de ser educada. O facto de receber espiritos menos recomendáveis, nem sempre é mau, pode servir também de treino. Até para aprender quem são os espiritos de mais confiança.

A melhor forma que conheço, é submeter as mensagens a conferências de outras pessoas e de médiuns e espiritos independentes, ou não as aceitarmos como verdade sem essa conferência.

Quando eu tenho de fazer contas, confiro sempre, até mais do que uma vez, se a responsabilidade do trabalho for grande. Se possivel com outras pessoas. As mensagens mediunicas, sendo mais subjectivas e mais dificeis de conferir, necessitam de uma confirmação a sério, pois são trabalhos de grande responsabilidade. Kardec é o modelo do homem que confere para se certificar e que evita enganar-se a si próprio.

Quando as coisas são passadas no crivo da razão e do coração, simultaneamente, podem ser desmontados muitos erros. Quanto maior a conferência com outras mensagens de médiuns e espiritos independentes, maior a probabilidade de obter de dissecar a verdade.
 
Se o médium for humilde, e for ciente da sua falibilidade, no que se refere a mensagens dos espiritos, não se fica apenas na sua impressão. Pede mais impressões independentes e isentas, e a fascinação acaba sempre por ser descoberta. Por isso é tão importante seguir os métodos de Kardec para conferir.

Acho que quem transmite a mensagem tem de se cuidar para ser um bom instrumento e para que o seu nivel moral não abra campo a espiritos inferiores. Mas quem lê também deve ser critico e não aceitar nada de forma cega. Há que haver cuidado dos dois lados.

bem haja
Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: hcancela em 03 de Junho de 2009, 22:22
Olá amigos(as)

Médiuns seguros: os que, além da facilidade de execução, merecem toda a confiança, pelo próprio caráter, pela natureza elevada dos Espíritos que os assistem; os que, portanto, menos expostos se acham a ser iludidos. Veremos mais tarde que esta segurança de modo 'algum depende dos nomes mais ou menos respeitáveis com que os Espíritos se manifestem.
Estes são os principais itens para que um médium não seja fascinado.



SAUDAÇÕES FRATERNAS
Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: Blue soft em 03 de Junho de 2009, 23:15
                      Amigos Vitor e hcancela,

obrigada pelo auxilio e pelos esclarecimentos

 sobre este assunto.
       
                         Abraços,

                                    Blue Soft
Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: Vitor Santos em 04 de Junho de 2009, 01:19
Olá Cancela

Concordo, isso é o que cabe ao médium. Ser um bom interprete e cuidar-se para não dar campo a espiritos inferiores. Mas como ninguém aqui na terra é perfeito, não há garantias que um médium não tenha momentos baixos e altos, como toda a gente. Já é bom ele tentar evitar os baixos, através da disciplina, do estudo, da prece e da conduta o mais exemplar possivel. Mas será que podemos/devemos pedir/exigir ou garantir a perfeição de alguém? Eu penso que não, mas já vi que você pensa que sim. Estou a interpretar bem as suas palavras?

As biografias são muito bonitas, mas normalmente pecam por dar apenas a imagem publica das pessoas. Ninguém vê o intimo de ninguém, para saber se inconsciente ou involuntáriamente está debilitada, já admitindo que não há possibilidade de isso acontecer por imprevidência consciente, ou não será assim?

A ilusão da perfeição própria ou alheia pode ser prejudicial. Isso eu sei, porque já levei "cacetada" e fui pouco tolerante com outras pessoas, por ter a mania/ ilusão de querer atingir a perfeição naquilo que fazia...Depois isso levou-me à baixa auto-estima. Neste momento os anos, que já vão começando a ter peso, ensinaram-me a não exigir nem me iludir que é possivel a perfeição, quer de mim, quer das outras pessoas.

Não digo para acreditar no que eu digo, mas sugiro que reflicta sobre isso. As vezes que me puserem o pé em cima do pescoço foi por causa desta minha mania da perfeição. E toda a malta nasce com potencial para se aproveitar dos outros, consciente ou inconscientemente, senão reprimir isso. O instinto é tentar dominar o parceiro do lado em seu proveito. É o instinto animal de sobrevivência a falar, que já não devia existri em nós, mas que é um facto que existe, é. Quem não se ilude, é mais dificil de subjugar...
     
bem haja
Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 04 de Junho de 2009, 03:13
Quando pedimos ajuda e nos damos a observação e também as correções, isto sim
facilita muito.

Mas quando a isto não nos submetemos...
Não permitimos,
ou pela força do nosso orgulho, ou pela impermeabilidade que os espíritos nos condiciona,

fica dificil, terrivel e até insuportável tal situação

então penso eu, brincando e falando sério
Esta pegunta; como ajudar ?
 deve ser imediatemente trocada para;

" Como nos Livrar "

!!

Que pensam ?
Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: SB em 04 de Junho de 2009, 11:50
Olá Blue,


Todos estamos sujeitos á fascinação.

É realmente grave, ja que o racicionio fica "empedernido" de conciencialização sobre si mesmo, tornando como verdadeira toda a sua ilusão, como sua própria razão e a do mundo.

Por uma questao de bom senso, penso, que alem da educação mediunica, é imensamente importante o reajuste moral. Um trabalho nada facil ao longo de uma só vida, são precisas algumas, para nos fortalecermos mais e mais em moral.

Todo aquele que se reajusta moralmente engrandece de humildade, e a humildade é poder a favor e fortissimo, para dissecar orgulhos e exaltações que possam surgir do mecanismo da fascinação.

Abraços



Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: SB em 04 de Junho de 2009, 12:11
Moisés,

É uma forma pertinente e importante essa que colocas.

Pois a fascinação nem sempre ou quase sempre, não nos permite valorizar de que estamos agindo erradamente. Ficando por isso dificil descontinuar tal atitude.

Penso que se hoje somos conscientes de que qualquer um de nós, é possivel cair na fascinação, entre outros percauços, devemos dar valor ao que nos é sempre transmitido, no habito das boas atitudes diarias, e na oração/meditação elevando-nos. Orar e Vigiar!

É importante conseguirmos atraves de nós, pelo que conseguimos transformar para melhor intimamente e na oração a Deus a nós mesmos, para nos afinizarmos nas boas vibrações, pois só assim espiritos bons poderão nos auxiliar e nós não deixando assim a aproximidade de espiritos mais imperfeitos, a "porta aberta" para se chegarem mais de perto.

Ou por outra que sejamos sempre influenciados por espiritos bons, pelo bom trabalho que realizarmos conosco mesmo e constantemente sem querer descuidar/deixar de vigiar. Pois no outro plano, tudo é muito subtil  ;)

A lei da afinidade pode benefeciar-nos por isso, energéticamente, vibrações e emanações são de caracter e integridade afins ao nosso espirito. Por isso, aprimoremo-nos a nós mesmos!


Abraços



Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: Blue soft em 04 de Junho de 2009, 21:13
                          Olá Vitor,
você tem toda razão. É desta maneira que tenho
visto as coisas se darem e por esse motivo me
pergunto o que fazer? Como ajudar?
                         Essa questão está sendo tão
difícil para mim que quis compartilhar para tentar
compreender melhor.
                         E estou certa de que estamos
a caminho da perfeição, mas, por enquanto é bom
que nos resignemos para chegarmos lá.
                         Abraços,
                                    Blue Soft


P.S. Obrigada, SB, por palavras tão esclarecedoras, às vezes
também acho que é por falta do bom senso e outras por
falta de humildade.
                      Obrigada.
                       
Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: Blue soft em 04 de Junho de 2009, 21:46
                 Moises amigo,
você, assim como eu lida com médiuns, eu não posso acreditar que está sendo tão durão, como podemos despejar um médium obsediado, o que Kardec propõe é  não aceitar as comunicações destes irmãos, mas colocá-los para fora, nos livrarmos deles sem nem tentar auxiliar?
                 Então, qual a nossa tarefa nessas reuniões? Se nem tentarmos ajudar aquele que, durante algum tempo, de repente, foi um bom trabalhador na Seara Espírita e que caiu como poderia acontecer com qualquer  um de nós?
                 Simplesmente, jogá-los no "grande lixo" onde residem médiuns fascinados, é assim, só isso e minha consciência fica leve como pluma e eu não estarei me acumpliciando com aqueles que, também, o levaram o queda e durmirei o sono dos justos toda noite.
                  Amigo você já deve ter percebido que sou um pouco... sentimental(para não dizer maternal) como poderia me livrar de alguém, me sentiria mal, sim claro, se o irmão quisesse partir, eu aceitaria, porque esta seria a maneira dele dizer- EU NÃO ACEITO MAIS ESTE MONTE DE ASNEIRA QUE ESTÃO TENTANDO ME IMPOR-. E pela ótica distorcida dele, está certo  e vai procurar acolhida junto daqueles que acreditem na sua fascinação e até quem sabe escrever um livro de sucesso que leremos.
                   Quem sabe?
                  Moises querido, obrigada mais uma vez por ter me feito pensar melhor neste tema.
                  
                     Da amiga Blue

              
Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 04 de Junho de 2009, 22:15
rsrs

Não é atoa que a minha orelha sente-se puxada e esticada e pinicada...rsrsrs ui.
mereço , mereço

ta bom, ta bom irmã.

Daremos um passe marretão

começa na cabeça e termina no coração...

Opssss !

Brincadeira heimmm


mas,

Mas questão séria é esta de atrair pessoas
Olham os nossos movimentos e
e passam a acompanhar o nosso olhar

Se foi de uma forma natural
uma sintonia
se pelas forças da observação
no momento,
apenas mais uma compania.

Veem que acreditamos em alguém
e até num ideal
mas, assumem caracteristicas parecidas
no fundo
tentam suplantar o que não veem
não sentem
mas eles temem, pois nada entendem.

passam até mal

querem é a nossa atenção

querem o ou um papel invertido
como se papéis apresentássemos, ou
com isso
nos preocupássemos.

eles chegam assim mesmo
só sabem chegar...
é o impulso
mas parasiteiam o nosso viver
não sabem o viver
querem é egoar

será que precisam?
então...

hoje ou amanhã
vão andar...
Vão?

e nós?

Facina não.

temos muito que caminhar.
aqui viver é ver e andar.
Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: MarcoALSilva em 05 de Junho de 2009, 01:26

O fascínio experimentado por médiuns subjugados por espíritos fraudadores da missão de orientar tem sempre raiz na insuficiência humana em vencer a sedução da vaidade.

Não julgo!

Como já bem colocado neste tópico, todos nós podemos ser enganados eventualmente. Ainda assim, nada impede reconhecer, será sempre por sedução da vaidade.

Boa-vontade, indulgência e perdão. Eis aí uma tríade muito boa para evitar a desnaturação do conteúdo elevado de uma comunicação. Se forem feridos quaisquer desses princípios cristãos, tenhamos cuidado.

Curiosamente, o ardor com que se defenda uma tese muitas vezes é apenas a vaidade mais uma vez seduzindo o incauto...

Humildemente assevero: posso estar totalmente errado, mas opino com sinceridade.

Abraços!
Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 05 de Junho de 2009, 22:13
Como ajudar ??

Deveremos ao mesnos identificar o grau de facinação em que esta pessoa está envolvida, e procurar avaliar a reação desta pessoa com este tal apontamento da nossa parte.

Deveremos analisar o que, como , onde e em quem esta facinação, segundo nossas observações, está exercendo influências.

Devermos medir e avaliar toda a palavra que vamos proferir, isto se já não temos em nós, condições de ação imediata, pois existem vários tipos de pessoas e com variados recursos pessoais de entendimento e capacidade de ação.

Deveremos não nos esquecer de avaliar em que espécie de envolvimento e relacionamento esta pessoa exerce em nós no ambiente em que se dá esta facinação, este comportamento facinado e se algum familiar dependente ou não, além de amigos intimos que frequentam este meio também e como estão envolvidas, e se preciso for suas opiniões deve-se ter em conta.

Numa Casa Espírito, todos exercemos alguma influência nos outros que lá também fequentam, mas é que alguns tem que exercer uma influência direta mesmo, pois estão na dianteira das intruções e formações dos frequentadores...se está pessoa apresenta-se facinado...A ação de orientação deve ser precisa e é indispensável.

Bom poderia no campo da preocupação tecer e criar inúmeras colocações...e tentar mediante esta aplicação fazer um esboço, onde apenas apontaria minha colocação segundo minhas experiências

mas...

Continuemos...com o aprendizado.

todos devem participar.
Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: Vitor Santos em 05 de Junho de 2009, 23:38
Olá Moisés

O seu trabalho na Casa Espirita, ao que li, é como o trabalho de um psicológo, mas com desencarnados à mistura com os encarnados.

Gosto da forma como pensa e vai fazendo os espiritos sofredores cair em si, em coboração estreita e com a orientação de bons espiritos.

bem haja
Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: Blue soft em 05 de Junho de 2009, 23:58
                       Amigo Moises,
sabia que tinha algo a mais a nos proporcionar
por isso tive que te "cutucar com vara curta". ;D
                       Agora te agradeço por suas
colocações sempre pertinentes.
                       
                         Da amiga,
                                     Blue
Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 07 de Junho de 2009, 15:54
Vitor Santos

Olá Moisés

O seu trabalho na Casa Espirita, ao que li, é como o trabalho de um psicológo...

Éh...eu não tenho nenhuma formação , a nivel superior...mas ao adentrar o espiritismo...muita coisa mudou...muita mesmo...principalmente em me dedicar as leituras.

Sabe!

Fazemos cursos na espiritualidade, creia nisso, mesmo estando encarnados, cursos estes voltados para o entendimento do psiquismo e em específico a área que atuamos e aos problemas pessoais que enfrentamos...
Uma vez nos trabalhos na Câmara Mediúnica,fui avisado de tal ocorrência; a de estar participando de cursos durante o sono...Uma vez me vi saindo de um local...Como um hall e estava com um papel na mão e pensei (isto no sonho);

_ Psicólogo !!...o que que eu vou fazer com isso?

rsrs

veja este relato da maneira mais simples e natural que puder.

abraços.

achei interessante e curioso, estou te passando.
Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: Vitor Santos em 07 de Junho de 2009, 18:03
Olá Moisés

Obrigado pelo ensinamento, amigo.

bem haja
Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: liebih em 21 de Junho de 2009, 03:10
         
            Eu tenho pouca experiência com médiuns,

            percebo realmente que alguns tem passado

            dos limites, achava que era vaidade, orgulho
           
            e falta de auto critica, não coseguia enchegar
           
             como um tipo de obsessão.

             Obrigado por me clarear um pouco.

                         Liebih.
           
Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: Vitor Santos em 21 de Junho de 2009, 04:56
Olá

O amigo Moisés tem-me ensinado a compreender que nós somos muito menos do que a nossa vaidade nos diz.

Se um médium consegue servir é porque algum espirito o escolheu como colaborador. As lições são para o médium e para todos nós, incluindo os espiritos desencarnados em perturbação, que são levados aos médiuns. Mas o comando é daqueles que têm autoridade moral mais elevada: os bons espiritos, não dos médiuns. Sem eles, nada feito.

Se não houver humildade não vejo possibilidade de as pessoas conseguirem cumprir a missão como médiuns, ou outra boa missão qualquer.


Nota:

Se o amigo Moisés detectar algo de errado nas minhas palavras, peço o grande favor de me emendar. Estou a tentar tb confirmar aquilo que tenho aprendido consigo e com outros companheiros e irmãos em Deus.

bem hajam
Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: Gigii em 21 de Junho de 2009, 08:56
Olá amigos!

A questão da fascinação tem muito a ver com o que a Susana falou, ou seja, a educação mediunica é importante, mas apenas esclarece a mente, e só a lucidez espiritual transforma a alma moralmente.

A fascinação não é apenas apanágio dos médiuns que se expõem. Ela ocorre também com qualquer um, relativamente a encarnandos e desencarnados.

Veja-se quantos centros espiritas idolatram no Brasil Bezerra de Meneses, ou aqui em Portugal Sousa Martins. Cria-se até uma ideia que bom médium é aquele que recebe estes espíritos iluminados.
E quem cria esta ideia, muitas vezes, são aqueles que não têm mediunidade ostensiva e não se consideram mediuns.

E por encarnados? Quantos não se deixam fascinar por esta ou aquela pessoa a ponto de não viveram as suas próprias vidas?

Como diz o Marco, pela fascinação descobrimos o quanto somos orgulhosos. Dai que so é possivel corrigir esta ilusão quando formos humildes e amarmos o próximo como a nós mesmos.
Sem transformação interior de nada adianta levar alguém a compreender que está fascinado: o próprio é que descobre por si, quando despertar da sua ilusão e quando reconhecer que tem de se modificar.

Por isto, a meu ver, é grande o erro de se julgar que são os espíritos os causadores da fascinação. Esta dificuldade é nossa, de quem não está preparado para acolher a todos com a mesma humildade.

Beijinhos e bom domingo  :-*
Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: Vitor Santos em 21 de Junho de 2009, 18:21
Olá Gigii

Citar
Como diz o Marco, pela fascinação descobrimos o quanto somos orgulhosos. Dai que so é possivel corrigir esta ilusão quando formos humildes e amarmos o próximo como a nós mesmos.

Isso é ver positivamente as causas dos nossos problemas e apontar as soluções para eles. Gostei, amiga!

bem haja
Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 22 de Junho de 2009, 01:59
Na verdade
O que devemos entender e aceitar é que a vida Espiritual é um facínio imensurável.

Estar em contato com a realidade Espiritual é prazeroso ao extremo...que quando a realidade do viver físico nos chama...sentimos a diferença.

Ter este contato, sentir, vislumbar..causa em nós uma sensação que, não são as palavras que poderão representar tamanha satisfação.

É algo brilhante, magestoso...É um verdadeiro louvor

Tenho tido em mim poucas experiências Mediúnicas, mas o contato com tantos Médiuns, tanto os Experientes como os iniciantes, pois hoje auxilio em câmaras para a formação de Médiuns e alguns já até trabalham integralmente...me provam a minha opinião.

A realidade Espiritual deve ser pulverizado na mesma intesnsidade que a educaão da mesma deve-se espalhar fronteiras afora.

A vida toma outro rumo...com as praticas verdadeiras do Espiritismo para o Espiritismo

Quando apreciamos figuras Como Bezerra de Menezes , Chico xavier, Cairbar Shutel, Barsanulfo, Anália Franco, Divaldo franco,Amália Domingo Soler ..cito estes apenas como exemplos para citação,
Penso eu,
não estamos a idolatrá-los pois temos consciência que não os transformamos em Deus ou Deuses...
Não fazemos isto,
mas apenas vislumbramos seus exemplos e analisamo pessoalmente como tentar da nossa parte a realizar algo...algo a altura...
pois são emissários celestes em nosso meio, em nossa época.
isso não é idolatrar...nem pode.
Isto é gratidão, reconhecimento.

A Doutrina Espírita ensina-nos a nós nos libertarmos....sempre

Creio eu, e posso estar errado....mas

O Médium facinado é aquele que além de equivocar-se quanto as virtudes e as práticas das mesmas, o faz com o auxílio dos seus amigos desencarnados...
E com isso se inebria
A incoerência habita em seu proceder constantemente,
O Evangelho já não é mais a norma...muito menos o esforço para a conduta.

O Espiritismo é de fácil acesso a todos e jamais deve ser negado ou feito objeto de segredos...nenhum dos assuntos que ele aborda e desvenda´, torna-se assunto somente para um determinado grupo...É assunto para a humanidade...Pois não é leviano.

Não há Classes sacerdotais...Logo o serviço é em comum
Não há Rituas que se exteriorizam patrocionando a forma...mas ensinemntos que penetram o intimo da alma.
Não há comercialização com oferendas..Mas entendimento para a fraternidade.

O Médium Facinado é aquele que sozinho se coloca de molho, pois os outros tem mais o que fazer, do que venerar-lhe a impostura.




Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 22 de Junho de 2009, 02:08
Vitor Santos

Se não houver humildade não vejo possibilidade de as pessoas conseguirem cumprir a missão como médiuns, ou outra boa missão qualquer.

E não é Vitor.

Se não Houver humildade não haverá boa missão.
Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: Blue soft em 22 de Junho de 2009, 02:32
                    Moises querido,
             é só alguem te cutucar que as
             as palavras brotam como água
             a nos dessedentar.
                    Mais uma vez obrigada e
             espere o nosso amigo com calma.


           Abraços carinhosos,
                                 
                                Blue
Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: liebih em 26 de Junho de 2009, 03:54
             Olá companheiros,
      gostei muito das resposta.
             Mas tenho uma dúvida e se o médium
       fascinado não aceita ajuda e se ele ficar
       pior e achar que é melhor que Chico Xavier,
       conheço médium assim.
             O que fazer? Por favor me ajude.
                   
                          Obrigada, Liebih.
   
                           
Título: Re: Médiuns fascinados, como ajudar?
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 26 de Junho de 2009, 13:40
Poderemos dizer assim;
_ Que bom...( Num sentido de não afrontá-lo)
Mas sempre devemos estudar a Codificação, e ele não estará isento desta dedicação.

E que ele siga o caminho dele.