Forum Espirita

GERAL => Outros Temas => Livros Espíritas => Tópico iniciado por: rwer em 25 de Julho de 2020, 20:39

Título: Lançamentos mediúnicos em livro eletrônico
Enviado por: rwer em 25 de Julho de 2020, 20:39
.
.

Livros mediúnicos lançados em formato digital

A maioria dos títulos deste tópico se refere a livros Kindle. São poucas as editoras espíritas/espiritualistas que vertem livros para Kobo e i-Books. Pelo menos, tem sido assim até agora. Uma exceção é a Feb. Seus livros saem em Kindle e Apple quase ao mesmo tempo.



(http://www.forumespirita.net/fe/livros/lancamentos-mediunicos-em-livro-eletronico/?action=dlattach;attach=90108)

A crise da morte - Segundo o depoimento dos espíritos que se comunicam (Ernesto Bozzano)

Editora: Feb - Federação Espírita Brasileira

Apresentação séria e científica dos fenômenos comuns e específicos que ocorrem com as pessoas no momento da morte e logo depois. Inclui 17 relatos em que o ex-moribundo retorna e, via mediúnica, narra o que lhe aconteceu. São divididos em "casos". Vamos ver por alto:

Casos:

Primeiro – Extraído do livro Letters and Tracts on Spiritualism. É sobre as psicografias do juiz Edmonds, que também era audiente e vidente. Esse caso relata a comunicação de um colega, o juiz Peckam.

Peckam diz que, pudesse escolher, teria preferido outro modo de desencarnar.

Citar
(...) "Todavia, presentemente não me queixo do que me aconteceu, dada a natureza maravilhosa da nova existência que se abriu subitamente diante de mim". (...)



Segundo – Vem do livro From Matter to Spirit, do autor Morgan. Bozzano escolheu a comunicação do Dr. Horace Ackley.

Citar
(...) "Eu ouvira dizer os espíritas que os Espíritos desencarnados eram acolhidos no mundo espiritual pelos seus parentes, ou por seus Espíritos-guardiães. Não vendo ninguém perto de mim, concluí que os espíritas se haviam enganado. Mas, apenas este pensamento me atravessou o espírito, vi dois Espíritos que me eram desconhecidos e para os quais me senti atraído por um sentimento de afinidade. Soube que tinham sido homens muito instruídos e inteligentes, mas que, como eu, não haviam cogitado de desenvolver em si os princípios elevados da espiritualidade". (...)




Quinto – Retirado da obra The Morrow of Death by Amicus, médium Ernest Peckam.

Citar
"Quando me achava no mundo dos vivos, jamais cheguei a conceber a existência de Além-túmulo. Tinha sobre isso ideias confusas e incertas" (...)

(...) Nessas condições, inútil é dizer-te que, quando me encontrei no mundo espiritual, fiquei profundamente admirado em face da realidade. Vi-me acolhido, reconfortado e ajudado por pessoas que eu conhecera na Terra e que me precederam na grande viagem". (...)



Décimo – Provém da revista Light, de 1927.

Citar
(...) "O Espírito comunicante foi, ao que parece, conhecida personagem americana, que ocupou, quando na Terra, alto cargo municipal. O médium, de cujo nome se nos deu conhecimento, é uma senhora distinta, muito conhecida, igualmente, pela elevação de seu caráter e pela excelência de suas faculdades mediúnicas. (...)

"O Espírito começou assim:

"Desejo principiar a minha narrativa do dia em que deixei o corpo material no meu quarto de Blankville. Via quão grande era a dor que despedaçava a alma de meus filhos e muito me afligia o achar-me impossibilitado de lhes dirigir a palavra.

"De súbito, verifiquei que em mim uma mudança se operava, que eu não compreendia bem. Fui presa de estranha sensação que, conquanto inteiramente nova para mim, era um tanto análoga à que uma pessoa experimenta quando desperta repentinamente de profundo sono. (...) Após algum tempo, cada vez mais desperto, percebi que minha defunta mulher se achava ao meu lado, a me sorrir, com uma expressão radiante de ventura. Esse nosso encontro se dava depois de longa separação. (...)

(...) "Sentia-me de mais em mais revigorado por uma vitalidade nova, como se todas as minhas faculdades entrassem num período de grande atividade, após o prolongado torpor em que me achara... Era a sensação de uma beatitude difícil de descrever-se... Afigurava-se-me que me tornara parte integrante do meio que me rodeava. Minha mulher me tomou então pelas mãos e, assim unidos, nos elevamos por meio do teto do quarto, subindo para o alto, sempre mais alto, pelo espaço em fora". (...)
Título: Re: Lançamentos mediúnicos em livro eletrônico
Enviado por: rwer em 18 de Setembro de 2020, 01:43
Livro eletrônico lançado em Kindle:

A vida no planeta Marte e os discos voadores

Ramatis, médium Hercílio Maes

Instituto Hercílio Maes

(http://www.forumespirita.net/fe/livros/lancamentos-mediunicos-em-livro-eletronico/?action=dlattach;attach=90155)

Até que enfim, os clássicos de Ramatis-Hercílio Maes estão chegando ao Kindle.

Pontos positivos:
A comunicação mediúnica em si. É um compêndio sobre a civilização marciana. Não sou fã do formato perguntas e respostas, mas precisava reler esse livro. Constantemente o autor recorre ao Evangelho de Jesus, quando refere as diferenças entre marcianos e terrestres. (Eles não têm o livro e são puro Evangelho.)

A introdução feita pelo médium. Ele descreve sua primeira visão de Ramatis, na cozinha de sua casa, quando estava com 3 anos. Falou pra mãe que Papai do Céu tava ali, mas a mãe só via a cozinha mesmo, rs.

O introito escrito por Ramatis. Embora longo, explica muita coisa.

Pontos negativos:
O prefácio, escrito por um convidado. É imenso, parece interminável, e pouco fala sobre Marte. Vai entender...

Um outro prefácio, adicionado pela editora, também enorme. Fala sobre as fotos Nasa/Esa de Marte e conclui que as ruínas marcianas revelam que ali já houve vida no passado. Nada a ver com o livro. O autor espiritual diz que Marte é habitado agora, no presente.



Citação de A vida no planeta Marte e os discos voadores
Ramatis e Hercílio Maes
Edição do Instituto Hercílio Maes

Aspectos gerais marcianos

"Pergunta: Marte é habitado?

"Ramatis: É um dos mundos enunciados por Jesus quando Ele disse: "Há muitas moradas na casa de meu Pai". Vive lá uma humanidade mais evoluída do que a terrestre, embora guardando certa semelhança física.

Marte é um grau sideral à vossa vanguarda e é, também, a vossa futura realidade espiritual; (...)"



Quanto ao fato de não termos detectado nenhuma civilização viva em Marte, tudo indica que eles reencarnam em nível físico – sim, físico – mais sutil. Segundo Heinrich Voes e o próprio Ramatis, o Sol tem várias cintas ou camadas físicas. Os solarianos evoluem reencarnando desde a inferior até a superior, tipo no Astral. Sendo assim, os planetas físicos poderiam ter mais de uma camada dimensional.

Com ilustração é melhor:

(https://assets1.ello.co/uploads/asset/attachment/11871852/ello-optimized-82ee77c0.jpg)
Título: Re: Lançamentos mediúnicos em livro eletrônico
Enviado por: rwer em 27 de Setembro de 2020, 03:05
(http://www.forumespirita.net/fe/livros/lancamentos-mediunicos-em-livro-eletronico/?action=dlattach;attach=90159)

O caminho das estrelas

Mais uma ótima leitura em Kindle. Psicografado por Vera Marinzeck e narrado por Antônio Carlos, mostra a trajetória de Lenita, uma garota desencarnada. É da Petit Editora.

Já existe tópico no FE apresentando o livro:

http://www.forumespirita.net/fe/livros/patricia-aparece-em-o-caminho-das-estrelas127800/msg407237/#msg407237
Título: Re: Lançamentos mediúnicos em livro eletrônico
Enviado por: rwer em 07 de Janeiro de 2021, 17:08
(http://www.forumespirita.net/fe/livros/lancamentos-mediunicos-em-livro-eletronico/?action=dlattach;attach=90211)

Memórias de um suicida

Em papel, é um livro grosso e meio pesado. No Kindle, é confortável de ler. Em termos... O conteúdo é gravíssimo e, às vezes, assustador. O autor traz uma visão impressionante do Astral que circunda a Terra, principalmente da Esfera mais densa e próxima do planeta.



Citação

Memórias de um suicida
Autor: Camilo Cândido Botelho
Médium: Yvonne Pereira
Editora: Feb

Trecho da Introdução, por Yvonne Pereira

(...)
"Dentre os numerosos Espíritos de suicidas com quem mantive intercâmbio através das faculdades mediúnicas de que disponho, um se destacou pela assiduidade e simpatia com que sempre me honrou, e, principalmente, pelo nome glorioso que deixou na literatura em língua portuguesa, pois tratava-se de romancista fecundo e talentoso, senhor de cultura tão vasta que até hoje de mim mesma indago a razão por que me distinguiria com tanta afeição se, obscura, trazendo bagagem intelectual reduzidíssima, somente possuía para oferecer ao seu peregrino saber, como instrumentação, o coração respeitoso e a firmeza na aceitação da Doutrina, porquanto, por aquele tempo, nem mesmo cultura doutrinária eficiente eu possuía!

"Chamar-lhe-emos nestas páginas - Camilo Cândido Botelho, contrariando, todavia, seus próprios desejos de ser mencionado com a verdadeira identidade. Esse nobre Espírito, a quem poderosas correntes afetivas espirituais me ligavam, frequentemente se tornava visível, satisfeito por se sentir bem querido e aceito. Até o ano de 1926, porém, só muito superficialmente ouvira falar em seu nome. Não lhe conhecia sequer a bagagem literária, copiosa e erudita.

"Não obstante, veio ele a descobrir-me em uma mesa de sessão experimental, realizada na fazenda do Coronel Cristiano José de Souza, antigo presidente do "Centro Espírita de Lavras", dando-me então a sua primeira mensagem. Daí em diante, ora em sessões normalmente organizadas, ora em reuniões íntimas, levadas a efeito em domicílios particulares, ou no silêncio do meu aposento, altas horas da noite, dava-me apontamentos, noticiário periódico, escrito ou verbal, ensaios literários, verdadeira reportagem relativa a casos de suicídio e suas tristes conseqüências no Além-Túmulo, na época verdadeiramente atordoadores para mim. Porém, muito mais frequentemente, arrebatavam-me, ele e outros amigos e protetores espirituais, do cárcere corpóreo, a fim de, por essa forma cômoda e eficiente, ampliar ditados e experiências.

"Então, meu Espírito alçava ao convívio do mundo invisível e as mensagens já não eram escritas, mas narradas, mostradas, exibidas à minha faculdade mediúnica para que, ao despertar, maior facilidade eu encontrasse para compreender aquele que, por mercê inestimável do Céu, me pudesse auxiliar a descrevê-las, pois eu não era escritora para o fazer por mim mesma! Estas páginas, portanto, rigorosamente, não foram psicografadas, pois eu via e ouvia nitidamente as cenas aqui descritas, observava as personagens, os locais, com clareza e certeza absolutas, como se os visitasse e a tudo estivesse presente e não como se apenas obtivesse notícias através de simples narrativas. Se descreviam uma personagem ou alguma paisagem, a configuração do exposto se definia imediatamente, à proporção que a palavra fulgurante de Camilo, ou a onda vibratória do seu pensamento, as criavam". (...)

"Rio de Janeiro, 18 de maio de 1954"
Título: Re: Lançamentos mediúnicos em livro eletrônico
Enviado por: rwer em 13 de Junho de 2021, 01:22
(https://assets0.ello.co/uploads/asset/attachment/13258877/ello-optimized-c00207c3.jpg)

O mundo em que eu vivo
Autor: Silveira Sampaio
Médium: Zíbia Gasparetto

Disponível em papel, Kindle, Kobo, iBooks e Apple Books.
.
Silveira Sampaio era tipo um canivete suíço: ator, autor, diretor, empresário, jornalista e médico. Escreveu muitas peças teatrais e roteiros de filmes. Trabalhou duro como médico na Segunda Guerra, até pegar tuberculose. Durante a convalescença, aproveitou pra escrever uma peça que faria o maior sucesso anos depois. Nos anos 50, com a chegada da televisão, estreou o gênero de programa de entrevista (talk show). Morreu em 1964.
.
Pensa que ele parou de escrever na Terra? Negativo. Em 1969, com apenas 5 anos do seu retorno ao Astral, Silveira Sampaio ditou Bate-papo com o Além, pela médium D. Zíbia Gasparetto. E voltou em 1986 pra ditar O mundo em que eu vivo.
.
Este livro mostra algumas das experiências de Silveira no Além: observações, encontros, entrevistas. Ele adorava bater papo.
.
Curiosidade astrológica: na Terra, era geminiano (nativo do signo de Gêmeos). Pra quem tem alguma noção sobre signos, isto explica tudo, rs.
.
Vamos ver um pedacinho do livro:
.


Citação de O mundo em que eu vivo
Silveira Sampaio – Zíbia Gasparetto – Editora Vida e Consciência
Trecho do segundo capítulo: O jardineiro

.
"Apesar de estar por aqui há bastante tempo, sempre me emociona olhar para um jardim florido e perfumado.
.
"Hoje, sentindo a beleza da tarde em declínio, fico imaginando a cara assustada e surpreendida dos amigos da Terra, se pudessem de repente passar uma vista de olhos por esta encantadora paisagem.
(...)
"Olhando este jardim, sentindo seu aroma, a frescura de suas alamedas, posso assegurar que, não fossem algumas particularidades, como o brilho luminoso das flores e a delicadeza persistente e penetrante dos aromas, a leveza da brisa delicada, quase compondo música suave no ambiente, eu diria estar na crosta da Terra mesmo, num lindo dia de verão." (...)

Título: Re: Lançamentos mediúnicos em livro eletrônico
Enviado por: rwer em 05 de Outubro de 2021, 04:05
A Grande Síntese, Pietro Ubaldi
(https://assets2.ello.co/uploads/asset/attachment/13826806/ello-optimized-bdf25e45.jpg)
(No momento, disponível apenas em Kindle e no formato clássico em papel)


"É Admirável a força da linguagem e a vastidão dos assuntos tratados em A Grande Síntese."

Albert Einstein



"Todos nós temos o vago sonho de encontrar um livro que nos seja como uma casa definitiva – a casa de sonho que procuramos. Um livro no qual moremos, ou passamos a morar. (...) Pois creio que encontrei o meu livro. Ele chama-se A Grande Síntese de Pietro Ubaldi. Temos de lê-lo e relê-lo. Lendo-o estou a vagar no alto mar deste livro — tonto, deslumbrado, maravilhado!"

Monteiro Lobato



"Quando todos os valores da civilização do Ocidente desfalecem numa decadência dolorosa, é justo que saudemos uma luz como esta, que se desprende da grande voz silenciosa de A Grande Síntese.
.
A palavra de Cristo projeta nesta hora Suas irradiações energéticas e suaves, movimentando todo um exército poderoso de mensageiros Seus, dentro da oficina da evolução universal.

Aqui, fala a Sua Voz divina e doce, austera e compassiva. No aparelhamento destas teses, que muitas vezes transcendem o idealismo contemporâneo, há o reflexo soberano da sua magnanimidade, da sua misericórdia e da sua sabedoria. Todos os departamentos da atividade humana são lembrados na sua exposição de inconcebível maravilha!

A Grande Síntese é o Evangelho da Ciência, renovando todas as capacidades da religião e da filosofia, reunindo-as à revelação espiritual e restaurando o messianismo do Cristo, em todos os institutos da evolução terrestre.
 
Curvemo-nos diante da misericórdia do Mestre e agradeçamos de coração genuflexo a sua bondade. Acerquemo-nos deste altar da esperança e da sabedoria, onde a ciência e a fé se irmanam para Deus."


Emmanuel, via Chico Xavier