Forum Espirita

GERAL => Mensagens de Ânimo => Acção do Dia => Tópico iniciado por: janne em 04 de Maio de 2009, 18:59

Título: Considerações íntimas de Padre Vitor
Enviado por: janne em 04 de Maio de 2009, 18:59
 Mesmo que o sol se turve, impedindo o crescimento salutar e atrasando a colheita , ainda assim devemos crer que tudo se tornará melhor e que não ficaremos sem o alimento , sem o sustento de cada dia.
 Mesmo que a dor aniquile as forças do corpo , impedindo o trânsito e a execução das funções diarias, devemos crer na força que possuímos , pois a liberdade da alma é incontestável e somos livres para determinar nossa conduta.
 Mesmo que, ao estendermos as mãos generosas, encontremos a ingratidão, devemos , sim, aprender a dar sem esperar agradecimentos ou elogios.
 Mesmo que o coração esteja aflito e cheio de amargura, devemos crer na bondade do Pai que nos ilumina o caminho, alarga a estrada e renova as esperanças.
 Ah! Quantas dúvidas , quantos conflitos íntimos , quantos momentos de desânimo , quantas situações difícieis de ser aceitas , quantas lágrimas geradas pela insegurança, pelo medo da caminhada , pela duvida na jornada e quanta escuridão gerada pelo ressentimento, pela não aceitação da limitações!
 As dores , as dúvidas as incertezas são filhas da invigilância e da falta de fé. Mesmo que caminhes no lodo , penetres campo de espinhos , sejas confindido nos teus ideais , se tiveres fé e orares fervorosamente , serão apenas momentos de dor e não dores profundasd. Aquele que sabe a real intenção de seus atos, que acredita no valor da caridade , da justiça e, acima de tudo , age pelo amor sincero , não teme , não chora, não lamenta, pois que, mesmo que não seja compreendido pelos homens falíveis , terá sempre o aval do Mestre Jesus , que o ama infinitamente , e a benção do Criador, que o quer ver brilhar como luz na imensidão, acolhendo a todos os que sofrem.
 A partir disso eu compreendi que nada  somos e , muitas vezes, pouco nos transformamos, porque nas escolhas da vida deixamos as boas causas pelas duvidosas, desejamos mais a escuridão que a luz e em verdade, nos desculpamos de não servir para não corrermos o risco da dor.      Padre Vitor
                     ( mensagem pisicografada pela médium Ana Paula Gazeta )