Forum Espirita

GERAL => Outros Temas => Transcomunicação Instrumental => Tópico iniciado por: edu em 13 de Julho de 2005, 20:45

Título: Transcomunicação
Enviado por: edu em 13 de Julho de 2005, 20:45
Transcomunicação Experimental

por Marcelo Coimbra Régis
Obtido no site :
http://www.espiritnet.com.br/transcom.htm

Pequeno Histórico sobre a TCI

TCI - Transcomunicação Experimental é o nome dado a toda e qualquer forma de comunicação transcendental com os espíritos de pessoas mortas (desencarnados) através de equipamentos eletrônicos. A TCI seria uma forma de comunicação com os desencarnados sem a intermediação direta de médiuns.

Os primeiros sucessos efetivos nesse campo datam de julho de 1959, quando
Friedrich Jungerson gravou as primeiras vozes de espíritos quando tentava gravar gorjeios de pássaros em Molbno, Suécia. A partir da publicação dos trabalhos de Jungerson muitos outros pesquisadores e curiosos obtiveram sucesso na gravação de vozes e frases dos espíritos (principalmente no continente europeu) destacando-se, entre muitos, o professor Kostantin Raudive que obteve mais de 72.000 frases de espíritos gravadas por meios eletrônicos.

Na década de 70 o americano George Meek inicia a construção do primeiro Spiricom - aparelho capaz de permitir a comunicação com os espíritos nos dois sentidos, ou seja, nos moldes de um rádio intercomunicador. Após anos de pesquisa e tentativas frustradas, Meek e seus colaboradores conseguem o 1o sucesso em 1978, quando travam o 1º diálogo com um espírito identificado como Dr. Muler.

Já a década de 80 é marcada pelos intentos de grupos europeus. Primeiro na Alemanha, onde Hans Otto Konig, através de equipamentos mais sofisticados, obtém sucesso na comunicação em duas vias. O feito mais marcante alcançado por ele foi a apresentação ao vivo na TV Luxemburgo em 1985, conseguindo comunicação nítida com espíritos através de seus equipamentos. O programa foi transmitido para mais de 3 milhões de telespectadores. Em 1985 o casal Jules e Maggy Harsch-Fischbach de Luxemburgo inicia seus experimentos com grande sucesso, reduzindo a estática presente nas comunicações. Também em 1985 o alemão Klaus Schreiber obtém as 1as imagens do plano espiritual. Em 1987 o casal Harsch-Fischbach também obtém imagens de espíritos...era a chegada do Vidicom. Outros meios eletrônicos também são utilizados: na Inglaterra Kennneth Webster obtém comunicações via computador, sendo seguido novamente pelo casal Harsch-Fischbach, que além do computador obtém mensagens através do telefone e secretária eletrônica.


VAPT e VUPT
por Márcio
mbaraldi@spbancarios.com.br
Obtido no site:
http://www.plenus.net
Título: Re: Transcomunicação
Enviado por: Wiccas em 07 de Setembro de 2005, 11:08
Olá, amigos...
estou em Lisboa há 3 anos e meio e há pouco tempo venho pesquisando sobre transcomunicação por causa de algumas situações que aconteceram recentemente, e cheguei à conclusão que os espíritos tentam se comunicar, novamente. No Brasil trabalhei num centro como medium psicografa, mas depois me mudei e interrrompi os trabalhos. Desde então tem sido difícil trabalhar sozinha. Na verdade gostaria de continuar, de encontrar um grupo no qual pudessemos desenvolver, e também pessoas interessadas em transcomunicação em Lisboa.

Aguardo vocês!
Um abraço ;)
Título: Re: Transcomunicação
Enviado por: aruanda em 07 de Setembro de 2005, 13:29
[
Olá, amigos...
estou em Lisboa há 3 anos e meio e há pouco tempo venho pesquisando sobre transcomunicação por causa de algumas situações que aconteceram recentemente, e cheguei à conclusão que os espíritos tentam se comunicar, novamente. No Brasil trabalhei num centro como medium psicografa, mas depois me mudei e interrrompi os trabalhos. Desde então tem sido difícil trabalhar sozinha. Na verdade gostaria de continuar, de encontrar um grupo no qual pudessemos desenvolver, e também pessoas interessadas em transcomunicação em Lisboa.

Aguardo vocês!
Um abraço ;)

Olá Priscila, bem vinda a este fórum
]Não entendi o que quer dizer com a frase" os espiritos tentam se comunicar novamente"...eles nunca deixaram de se comunicar...nós é que não estavamos atentos nem alerta.

Se já trabalhou num centro como médium de psicografia, deve saber que esse tipo de trabalhos deve ser feito sempre num grupo devidamente organizado e nunca a sós...aí em Lisboa tem muitos centros idóneos,é só frequentar.

Formar um grupo ,é muito bonito mas, implica antes de mais uma afinidade entre todos que não se faz de um dia para o outro.

Quanto à transcomunicação, penso que neste fórum alguem lhe vai dizer se existem pessoas já a realizar esses estudos e, onde

eventualmente se puderá integrar.

Qualquer coisa, estamos aqui.
Abraços






Título: Re: Transcomunicação
Enviado por: silvia em 08 de Setembro de 2005, 02:03
Olá Priscila

Espero que estejas a gostar de viver em Portugal, apesar da "crise"  >:(

Faço minhas as palavras sábias da Aruanda, no que respeita à comunicabilidade dos espíritos. Com efeito, eles nunca deixaram, nem nunca deixarão de se comunicar. O que acontece é que há cada vez mais meios "sofisticados" para essa comunicação.
Apesar de a descoberta da Transcomunicação Instrumental já não ser recente, é certo que a investigação tem conduzido à invenção ou à adaptação de equipamento mais perfeito que tem vindo a possibilitar o contacto com o "além" de uma forma mais clara ou perceptível. Aliás, se nos lembrarmos do que André Luiz nos relata, sobre o assunto, nos seus livros, nomeadamente em "Nosso Lar", não nos custa pensar que um dia haveremos de atingir objectivo igual aqui na Terra. E então o que nos impede de sonharmos com projecções tridimensionais ou vídeo-conferências com "o lado de lá"? É tudo questão de evolução, muito trabalho, porque as bases de dados, essas já existem! Não concordas?

Entretanto, sobre a TCI, podes consultar o site da Dra. Anabela Cardoso. É seguramente das maiores "experts" na temática. É portuguesa, porém vive a maior parte do tempo em Espanha. Se tiveres oportunidade, aconselho-te a leres os números do Jornal de Espiritismo, da ADEP (http://www.adeportugal.org/mambo/) onde ela e outros nomes famosos da TCI deram entrevistas, no decorrer do Congresso de 2004 em Vigo - Espanha.

Se quiseres, poderei facultar-te outros artigos sobre a matéria. Em Portugal, penso que pouco se tem feito neste campo. No Brasil, na Itália, em França, mais recentemente em Inglaterra, e na Espanha, as investigações sucedem-se a bom ritmo.

Entretanto, aqui tens o site da Dra. Anabela Cardoso´. Denomina-se "Vozes do Rio do Tempo" : http://personal1.iddeo.es/acardoso/prinport.htm

Fica bem e dispõe sempre
Com amizade
Sílvia
 
Título: Re: Transcomunicação
Enviado por: Wiccas em 09 de Setembro de 2005, 10:12
Olá,Silvia, muito obrigada!
Gosto sim de viver cá, apesar de que na minha área acho que somos os primeiros a sentir a crise, área artística, talvez porque seja considerado "menos essencial". Mas tudo tem um porquê também. Este ano tive muito tempo disponível para mim (embora eu não quisesse), e esse tempo me ajudou a repensar em certas coisas sobre mim, sobre o passado, sobre a minha relação com o mundo espiritual que eu acho que sempre fica um pouco de lado quando nós estamos absortos no trabalho.
Eu digo que "novamente" eles tentam porque há "acontecimentos" muito concretos dessas tentativas, é complicado às vezes dar nomes a certas coisas mas posso chamar aqui de fenómenos.  Esses fenómenos aconteceram algumas vezes durante o ano, alterações no cd player, vozes, barulhos estranhos no telefone, mensagem que aparece e desaparece do telemóvel. Mas eu estava tão desligada desse lado, que parece que houve uma insistência maior em me fazer perceber, por isso aconteciam coisas "estranhas". A do telemóvel foi a gota d'agua, foi quando eu DESPERTEI. Vim correndo pra internet e comecei a pesquisar sobre espiritos que se comunicam por meios eletrónicos. Mas eu não acho que eles estão "sempre" se comunicando, eu acho que eles "podem" se comunicar sempre. Há momentos de silêncio sim, porque acredito que certas "tentativas" podem servir apenas para esse despertar como digo que aconteceu comigo.
Acho que além das limitações técnicas, a grande barreira é a nossa mente cheia de preconceitos, de racionalizações, de questionamentos, que às vezes dificultam o trabalho do lado de lá. E acredito também que ainda não saemos de determinadas coisas porque não estamos preparados pra isso. As evoluções entre a nossa comunicação com os espiritos melhora de acordo com nosso desenvolvimento espiritual também.
Eu não conhecia a Dr.Anabela Cardoso...já estava olhando o site dela agora, vou ver com mais calma. Foi uma informação ótima. eu conhecia só a Sonia Rinaldi, no sentindo de desenvolver um trabalho a mais tempo.
Se tiver algum artigo interessante pode me mandar para: priscila.telemovel@clix.pt

obrigada novamente
prazer em conhece-la!

Pris
Título: Re: Transcomunicação
Enviado por: Wiccas em 09 de Setembro de 2005, 10:34
olá, Aruanda
Estive a explicar a minha visão do "novamente os espiritos tentam se comunicar" em resposta a nossa colega Sílvia. Eu sinto que existe sempre essa abertura, mas não sinto que eles estejam as e comunicar a todo momento. Da mesma forma que n´so não estamos o tempo todo voltados ou disponíveis para essa comunicação. è que as vezes é mais forte, mais visível, mais "urgente" essa tentativa, não sei me entende, mas também essa é a forma como eu sinto. E na verdade acredito que cada um de nós temos um universo diferente do outro e vivemos de acordo com os princípios desse universo. Ás vezes encontrando pontos em comum com universos de outros...

Sim, eu trabalhei num centro durante bastante tempo. Sei como funciona o trabalho de psicografia. Mas quando me mudei de cidade ,tive que deixar o centro no qual trabalhava. Na noa cidade para qual eu fui, o centro queria que eu estudasse algum tempo antes de entrar no grupo de trabalho. Eles queria que eu fizesseuma especie de formação, estudar não sei durante quanto tempo. e eu não podia pois ficava o dia inteiro na faculdade. Mas tinha tempo a noite, que poderia usar em função dos espiritos.
Bom, tentei frequentar durante algum tempo, mas não foi possível, e não consegui desenvolver meus trabalhos lá. Ou seja, eu às vezes estava em casa, tranquilamente vendo tv e de repente sentia fortes impulsos na mão (como foi da primeira vez) e tinha que escrever. muitas mensagens vinham de repente e aos poucos é que eu fui conseguindo controlar, pedia ajuda aos mentores espirituais que me ajudassem na orientações dos espiritos, na compreensão de que ue não poderia continuar daquela forma. Resumindo: todas as quartas feiras, (que era od ia de trabalho no centro), eu criava um espaço para que eu pudesse continuar fazendo isso.  Depois esse espaço foi sendo tomado pela faculdade, pelos trabalhos e pronto. "fechei" um pouco o canal. Claro que eu preferia estar num centro,mas nem sempre a gente pdoe ter o ideal e nem por isso precisa-se deixar a comunicação.

A idéia do grupo não é para fazermos trabalhos de centro espírita, mas sim trocarmos impressões, experiências, pesquisarmos assuntos em comum. É o que acontece aqui no fórum, mas fazer isso com as pessoas mesmos. bem ou mal estamos atrás de uma tela de computador e nada substitui o contacto humano. E as afinidades entre as pessoas a gente só vai descobrir na convivência...agora lembrei de uma referência que nós temos quando estamos formando um grupod e actores pr amontar uma peça. No primeiro período, o grupo é grande, estão todos eufóricos e etc,a tendência natural do grupo é diminuir de pessoas durantes os primeiros meses, ou de aulas, ou de ensaios e de pessoas que deixam mesmo a peça as beiras da estréia. Eu antes me assustava um pouco, não entendia como as pessoa seram capazes de fazer isso. Hoje, compreendo que esse é um processo de seleção natural, ou seja, aqueles que não se encaixam vão buscar outros caminhos e só aqueles com afinidades e objectivos em comum continuam unidos ali. Eu quero conhecer 50 pessoas, mas se dentro dessas sobrarem 3 com a mesma determinação, mesma vibração, e mesma harmonia, estarei muito feliz de poder compartilhar algo com essas pessoas. ;)

um grande abraço
Pris
Título: Re: Transcomunicação
Enviado por: SB em 09 de Setembro de 2005, 11:31
Olá Priscila

Entedo o que nos quer transmitir...

Mas quanto ao grupo, e discussão de experiencias face a face...posso dize-lo, que aqui não é apenas "tela"...

Aqui no Forum tb promovemos eventos, houve dois encontros ja...alem que aqui todos nós vamos nos conhecendo pessoalmente...eu conheço algumas pessoas daqui pessoalmente, e que considero amigos...

Se der conta, eu Sou do Barreiro, a Crisar de Cascais, A aruada do Porto, o Vasco das Caldas da Rainha e mais outros de varios pontos de Portugal...e nós...nos conhecemos pessoalmente, somos amigos e sempre que podemos nos encontramos  :D, naõ tantas vezes como gostariamos...mas sempre vai dando...os que moram mais perto encontram-se ate com regularidade...

Posso lhe dizer que que ate nem é dificil conhecer algumas pessoas aqui do Forum. Eu trabalho em Lisboa e tem facilitado esses encontros...onde sempre falamos do que nos acontece, de experiencias espirituais e ate de nossa vida privada, etc...acabamos por fazermos amizades que perduram  :D e mesmo os que não conheço pessoalmente, como é o caso dos grandes amigos que já tenho, do Brasil  :D falamos e retiramos duvidas uns com os outros, nos ajudamos mutuamente, etc...a Internet não é assim tão impessoal...por msn, por exemplo, pode sempre estar em contacto a toda hora com alguns membros do forum...

Vejo e sinto uma certa anciedade por querer se encontrar com as pessoas...eu quando descobri o Espiritismo tb senti essa necessidade...  ;) mas quanto sei e pela experincia, se queremos mt uma coisa e chegou a sua hora, não tardará a acontecer :D

Estando cá, neste Forum,  já tem amigos que numa primeira oportunidade os conhecerá  pessoalmente, depois existem imensos centros espiritas em Lisboa, muito agradaveis, idoneos e que pode sempre visitar, naquele em que se sentir com mais sintonia sempre poderá frequentar...poderei dar-lhe alguns endereços se quizer.

Sinta-se à vontade neste Forum, ponha e disponha  ;)

Abraço
Paz e mta Luz
Título: Re: Transcomunicação
Enviado por: Wiccas em 09 de Setembro de 2005, 18:07
Eu não sei de muito coisa, visto que conheci o forum há pouco, apenas exponho minhas idéias, minhas expectativas, coisas que estou buscando agora e que despertam outras pessoas nos interesses em comum. Eu percebi pelas conversas que algumas pessoas se conhecem, são amigos, e fico contente de saber também que há alguns encontros, acho muito importante. (e espero poder participar nos próximos) ;) Talvez essa minha aparente ansiedade como você disse de eu querer encontrar as pessoas é porque para mim, apesar das relações virtuais, intelectuais e mentais que se criam, continua sendo apenas um meio de comunicação, é maravilhoso, mas nao é pessoal. Isto para mim, mas há maneiras diferentes de ver o mundo e isso é óbvio. Eu já conheci muitas pessoas pela internet, inclusive meu marido, mas só soube que casaria com ele depois que de o ver, pessoalmente. (risos) Mas, corrigindo, não tenho ansiedade de "encontrar", tenho ansiedade de conhecer, pessoas, assuntos, pontos de vista, diferenças e gostaria que todo esse conhecimento estivesse além do mundo "virtual. Sei que entende.
Mas tudo isso é novo pra mim, não o espiritismo, mas essas pessoas todas que descobri que existem,aqui, no lugar onde vivo! Parece que tudo andava meio bagunçado, milhões de sites, de pesquisas, saudades dos trabalhos espirituais no Brasil e de repente encontro vocês. Que vem aqui todos os dias, escrevem, responde, compartilham...é como achar um tesouro. Mas sou muito novata ainda, portanto pode me contar, perguntar se vi, se já soube, me avisar, porque qualquer informação a mais que favoreça o nosso crescimento, nosso desenvolvimento, nossa descoberta de tesouros, é bem vinda!

beijo grande
Pris
Título: Re: Transcomunicação
Enviado por: vennus em 07 de Julho de 2008, 14:01
Transcomunicação Experimental

por Marcelo Coimbra Régis
Obtido no site :
http://www.espiritnet.com.br/transcom.htm

Pequeno Histórico sobre a TCI

TCI - Transcomunicação Experimental é o nome dado a toda e qualquer forma de comunicação transcendental com os espíritos de pessoas mortas (desencarnados) através de equipamentos eletrônicos. A TCI seria uma forma de comunicação com os desencarnados sem a intermediação direta de médiuns.

Os primeiros sucessos efetivos nesse campo datam de julho de 1959, quando
Friedrich Jungerson gravou as primeiras vozes de espíritos quando tentava gravar gorjeios de pássaros em Molbno, Suécia. A partir da publicação dos trabalhos de Jungerson muitos outros pesquisadores e curiosos obtiveram sucesso na gravação de vozes e frases dos espíritos (principalmente no continente europeu) destacando-se, entre muitos, o professor Kostantin Raudive que obteve mais de 72.000 frases de espíritos gravadas por meios eletrônicos.

Na década de 70 o americano George Meek inicia a construção do primeiro Spiricom - aparelho capaz de permitir a comunicação com os espíritos nos dois sentidos, ou seja, nos moldes de um rádio intercomunicador. Após anos de pesquisa e tentativas frustradas, Meek e seus colaboradores conseguem o 1o sucesso em 1978, quando travam o 1º diálogo com um espírito identificado como Dr. Muler.

Já a década de 80 é marcada pelos intentos de grupos europeus. Primeiro na Alemanha, onde Hans Otto Konig, através de equipamentos mais sofisticados, obtém sucesso na comunicação em duas vias. O feito mais marcante alcançado por ele foi a apresentação ao vivo na TV Luxemburgo em 1985, conseguindo comunicação nítida com espíritos através de seus equipamentos. O programa foi transmitido para mais de 3 milhões de telespectadores. Em 1985 o casal Jules e Maggy Harsch-Fischbach de Luxemburgo inicia seus experimentos com grande sucesso, reduzindo a estática presente nas comunicações. Também em 1985 o alemão Klaus Schreiber obtém as 1as imagens do plano espiritual. Em 1987 o casal Harsch-Fischbach também obtém imagens de espíritos...era a chegada do Vidicom. Outros meios eletrônicos também são utilizados: na Inglaterra Kennneth Webster obtém comunicações via computador, sendo seguido novamente pelo casal Harsch-Fischbach, que além do computador obtém mensagens através do telefone e secretária eletrônica.


VAPT e VUPT
por Márcio
mbaraldi@spbancarios.com.br
Obtido no site:
http://www.plenus.net

Me tire uma dúvida para uma comunicação com os espíritos através de equipamentoe eletrônicos.Existe somente alguma tipo de sintonia para isso ou podem se manifestar quando quiserem sem esta sintonia,ainda através desses equipamentos sem nenhuma intenção proposital?
Título: Re: Transcomunicação
Enviado por: Sonia Terra em 02 de Outubro de 2008, 04:19
Boa noite,achei ótima a explanação do Marcelo, e gostaria de contar um fato que aconteceu na minha família, minha amada avó Materna [ ] era ma dessas velhinhas gracinha conhecida no bairro [ ] como a avó do bairro, pois ela adorava ler sobre extra-terrestres e seu grande sonho era fazer uma viagem em um disco voador como assim ela se expressava,quando desencarnou dias depois toca o telefone na casa da minha mãe também no bairro do Paraíso, qual não foi a surpresa de minha mãe quando do outro lado da linha era a danada da velhinha [ ] tentando se comunicar, minha mãe quase caiu para trás, mas como quis aproveitar a oportunidade falava: mãe como é ai,mãe por favor me diz, e minha amada avó disse-lhe agora não posso falar, e minha mãe insistia e o mais incrivel é que na própria secretária eletronica da minha havia se fixado a gravação sem que ninguém tivesse acionado botão algum,e de repente desapareceu a gravação assim como surgiu.Prova viva disto ainda é minha mãe que quase aos 70 anos e lucida demais da conta loira e linda como ela mesmo se intitula e meu pai também, assim como eu presenciei e depois em desdobramento encontrei com minha avó que confirmou telepaticamente tal comunicação. Pois é amigos este e muitos outros fatos temos sempre que relatar para aprofundarmos neste estudo tão interessante. ABRAÇO DE TODO O CORAÇÃO e que a paz de Jesus e de todas as fraternidades da luz recaiam sobre nós.´
Título: Re: Transcomunicação
Enviado por: Ramon em 25 de Maio de 2013, 11:26
Mortos Despertando Vivos
http://neu-uerj.zip.net/
http://orebate-jorgehessen.blogspot.com.br/2013/05/mortos-despertando-vivos.html
Luiz Carlos D. Formiga
Depois de ler “Ponto de Vista. O Passe”(1), Marlene, Equipe IPATI, nos sugere a leitura do caso vinte e seis (2).
Respondemos que o caso é interessante. Geralmente usamos a palavra “interessante” quando não queremos fazer juízo de valor. No meu caso foi outro o motivo. Disse-lhe que a sua leitura me fez refletir sobre pequenos textos que escrevo ligados ao setor “saúde”.
Verificamos que nos dias que correm fomos induzidos a discutir “valores”. Publicamos “a última” contribuição como profissional da área em 2010 (3 )
Tentamos, ao longo do tempo, diminuir o preconceito junto aos pares. Doutores são ocupados com linhas de pesquisa e também muito exigentes, mesmo com os resultados encontrados por seus colegas. Acho que a  transcomunicação ainda vai encontrar dificuldades. Lembrei Doyle (4).
Quase não acreditamos quando recebemos a revista técnica trazendo o artigo (5) . Contrariando expectativas, o corpo editorial colocou o ponto de vista do docente-pesquisador-paciente terminal, “sem hora marcada”, refletindo valores ético-espíritas.
 Estamos retornando ao artigo porque lemos o caso 26.
Não pudemos deixar de lembrar o subtítulo,  “prevenindo acidentes”, quando encontramos que: “a conciliação entre positividade científica e a fé religiosa possibilitada pela Doutrina Espírita trouxe ao Centro de Convenções Anhembi, São Paulo, maio de 1992, o Congresso Internacional de Transcomunicação (comunicação das almas dos mortos através de aparelhos eletrônicos - televisores, computadores e outros). Com promoção da Associação Médico Espírita de São Paulo o evento teve como Tema "Das mesas girantes ao VIDICOM: os mortos despertando os vivos." Interessante encontrar entre os pesquisadores-oradores um padre católico francês (François Brune)”.
No final (5) relatamos o pânico que o médium Francisco Cândido Xavier sentiu com a “morte próxima”, diante do defeito no avião. Afinal, morrer é fácil, mas desencarnar é complicado. Você vai ver! Não esqueça de pedir aos familiares e amigos a prece e o passe.
No aqui e agora, “a vida eterna, é um conceito atraente, mas fica na dependência de quem serão nossos vizinhos". Semelhante atrai semelhante. Escolher as companhias também é bom para a saúde mental depois no plano espiritual (6).
Brune acredita que a vida depois da morte depende de nossa vida nesse mundo (7)
Com a definição encontrada em artigos de profissionais de saúde, já há alguma abertura para a espiritualidade. No Rio de Janeiro, nas universidades não ouvi falar de transcomunicação, mas ouvi alguns comentários sobre cirurgias espirituais. Por outro lado, nem mesmo nos Núcleos Espíritas Universitários observei interesse pela cirurgia do Júlio. Não sei se o convidaram para uma palestra. Há fotos “interessantes” que coloquei na WEB (8).
Talvez, a experiência do Julio, possa vir a contribuir, de alguma forma, mesmo que indiretamente, para um olhar mais cuidadoso nos casos de pacientes que se encontram em coma.
“Obrigado doutora”. Escuta a médica e se volta para ver sua paciente.
O espírito (mulher) havia voltado para agradecer o carinho dela recebido, no momento de sua morte (desencarnação). No futuro talvez, com a transcomunicação experimental, essa mensagem venha a ser encontrada com maior frequência.

Leituras complementares
(1) http://neu-uerj.zip.net/ 
(2).Na apresentação http://www.ipati.org/boletins.html encontramos o seguinte: “Recentemente fomos surpreendidos com artigo da BBC informando que pacientes em coma demonstraram alguma capacidade de reação. Elaboramos testes de gravação com crianças em coma e os resultados foram surpreendentes – o que implica em forte evidencia de que a mente continua ativa e independe do cérebro físico. Confira em: http://www.ipati.org/boletins_new/ptbr26.htm  “
(3) http://orebate-jorgehessen.blogspot.com.br/2012/03/um-centro-de-referencia-na-uerj.html
http://www.espiritualidades.com.br/Artigos/F_autores/FORMIGA_Luiz_tit_centro_de_referencia_prevenindo_demandas_judiciais.htm
(4) http://www.aeradoespirito.net/ArtigosLCF/EFEITO_INTELIGENTE_LCF.html
O médico Arthur Conan Doyle, criador da série Sherlock Holmes, escreveu o livro A História do Espiritismo. Nele diz que os homens de ciência se dividem em três classes: 1) os que absolutamente não examinaram o assunto – o que não os impede de pronunciar opiniões muito violentas; 2) os que sabem que a coisa é verdadeira, mas temem confessá-lo; e, finalmente, 3) a brilhante minoria dos que sabem que é verdade e não temem proclamá-lo.
(5) http://www.espiritualidades.com.br/Artigos/F_autores/FORMIGA_Luiz_tit_o_que_espero_de_meus_medicos.htm
(6) http://orebate-jorgehessen.blogspot.com.br/2013/05/espiritualidade-e-saude-mental.html
(7) http://aluznamente.com.br/fenomenos-tci-revivem-hydesville/
(8) http://www.aeradoespirito.net/ArtigosLCF/EFEITO_INTELIGENTE_LCF.html
http://www.recantodasletras.com.br/mensagensdeamor/1936051
http://entendendooespiritismo.blogspot.com.br/2009/07/efeito-inteligente-cirurgia-espiritual.html
http://www.forumespirita.net/fe/outros-temas/aconteceu-comigo/


 
Título: Re: Transcomunicação
Enviado por: Amigo em 02 de Junho de 2013, 00:39
Fiz 2 vídeos de minhas experiências no campo da transcomunicação
Apresento pra vocês!
Transcomunicação instrumental -EVP-Transimagem (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUhPZ1JsM3BMN3JJIw==)

Transcomunicação Instrumental (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWszeDlxcmhPN2FjIw==)
Título: Re: Transcomunicação
Enviado por: Amigo em 02 de Junho de 2013, 00:56
Aqui 2 experiência em Transáudio

1 Áudio - Explicação
Voz feminina de idosa se fez ouvir
-Basta Florir
em continuação...
Voz de uma jovem complementa
-minha casa

2 Áudio
Voz masculina de jovem
-Missa pro padre!



 

Título: Re: Transcomunicação
Enviado por: Amigo em 02 de Junho de 2013, 01:15
Pessoal, leiam abaixo!

 

I - WORSHOP - TRASCOMUNICAÇÃO INSTRUMENTAL - RJ
15 e 16 de junho de 2013
 
A cidade do Rio de Janeiro recebe o primeiro Workshop de Transcomunicação Instrumental - TCI - que será realizado no auditório do Centro Empresarial Barra Shopping com duração de dois dias.

Reunindo tecnologias, paranormalidade e espiritualidade, a Transcomunicação vem se desenvolvendo há 54 anos em mais de trinta países, consolidando resultados controlados através de numerosas pesquisas na comunicação com o além por meios técnicos. Pessoas que tiveram seus corpos destruídos e sepultados, revelam-se bastante vivas com suas consciências sem corpos quando se comunicam do além transmitindo vozes, através de rádios, gravadores e telefones, ou quando produzem textos e imagens espirituais nas telas de computadores e televisores, trazendo ao mundo dos vivos a mais extraordinária evidência de que a vida continua depois da morte.
O evento tem como objetivo, reunir especialistas e interessados em Transcomunicação no Brasil para que sejam discutidas as atualidades da Transcomunicação no mundo e implementar no Brasil um programa de ações que resultem numa maior intensificação da TCI, desde a qualificação na divulgação do tema, bem como no incentivo para criação de novos grupos  que pretendam desenvolver transcontatos espirituais, com controle e fundamentação científica.

Durante o evento serão realizadas oficinas, palestras, e apresentação de estudos de casos de alguns resultados obtidos no Brasil. Também será apresentado como experimento o Supravox, eguipamento desenvolvido pelo técnico em eletrônica Carlos Eduardo Silva, com a finalidade de estabelecer um maior controle paranormal nas gravações de TCI, pelo sistema de voz.

Os participantes serão atualizados sobre os mais importantes esclarecimentos da TCI, desde seu início até os dias de hoje, bem como do exercício e da prática, sobre processos e tecnologias que visem colaborar com a pesquisas e o desenvolvimento em TCI.

Os organizadores do evento, também pretendem minimizar os falsos conceitos que se disseminam sobre o assunto TCI, o qual com muita seriedade deve ser conduzido. Para tanto será apresentado no Workshop a intensificação de aulas virtuais  sobre TCI, que já estão sendo disponibilizadas nas redes sociais, e que passará a ter uma periodicidade a cada quinze dias, e contará ainda com a participação do especialista e pesquisador em TCI no Brasil, Clóvis Nunes, uma vez por mês.

Ainda será lançado durante o Workshop, sob a coordenação do pesquisador e transcomunicador Clóvis Nunes e a organização do evento a "Rede de Transcomunicação Brasil", constituída por diversos grupos de TCI,  já existentes no país, e por pesquisadores independentes que desejarem se associar. Outro ponto importante do evento será o lançamento em tempo real do "Portal TranscomBrasil", um web site que reunirá toda a rede de transcomunicadores e disponibilizará informações qualificadas sobre a TCI, nos diferentes sistemas de contatos transcendentais ou espirituais por vozes, transtextos e transvídeos.

O Workshop tem um investimento de R$-50,00 até o dia 10 / 06. A  partir do dia 11/ 06 R$ - 70,00.

Local: Centro Empresarial Barra Shopping.
Endereço: Av. das Américas, nº 4.200, Barra da Tijuca, RJ.
 
Título: Re: Transcomunicação
Enviado por: Amigo em 07 de Junho de 2013, 20:31
TRANSCOMUNICAÇÃO INSTRUMENTAL (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWxpMjJqY2NqaE4wI3dz)

Trans-áudio de um comunicante astral se indentificando como Antônio
Título: Re: Transcomunicação
Enviado por: RASEK em 16 de Dezembro de 2013, 10:29
Aqui no Brasil temos a pesquisadora Sônia Rinaldi; conceituada neste ramo, tendo inclusive diversos livros editados sobre o tema.

Abraços. ;D