Forum Espirita

GERAL => Outros Temas => Transcomunicação Instrumental => Tópico iniciado por: Amigo em 05 de Julho de 2008, 05:39

Título: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Amigo em 05 de Julho de 2008, 05:39
Referência- livro dos Espíritos pergunta 934

934- A perda de entes queridos não nos causa um sofrimento tanto mais legítimo quanto é ela irreparável e indepedente da nossa vontade?
-Essa causa de sofrimento atinge tanto o rico como o pobre:é uma prova ou expiação e lei para todos.Mas é uma consolação poderdes comunicar-vos com os vossos amigos pelos meios de que dispondes,enquanto esperais o aparecimento de outros mais diretos e mais acessíveis aos vossos sentidos.

Revista Espírita de 1864




"(...) Mais tarde a eletricidade fará a sua revolução medianímica, e, como tudo será mudado na maneira de reproduzir o pensamento do Espírito, não mais encontrareis essas lacunas, por vezes lamentáveis, sobretudo quando as comunicações são lidas diante de estranhos."

(Guttemberg Espírito)
***
 
 
 



Comprovação de imortalidade a alma através de fotografia de um espírito.


Fato ocorrido há 1 ano.
A fotografia tirada no aparelho de telefone celular do Juiz de Direito José Olindo Gil Barbosa, titular da Vara dos Juizados Especiais Cível e Criminal da Comarca de Altos, no Estado do Piauí, na qual aparece a figura de uma mulher falecida havia três anos, foi submetida a um rigoroso exame pericial realizado por um dos mais abalizados e experientes peritos do Norte/Nordeste do Brasil, Delfino Vital da Cunha Araújo que, após analisar minuciosamente a fotografia por vários dias, concluiu que a foto é autêntica e nela não há o menor vestígio de montagem ou adulteração. A matéria jornalística tem causado uma grande repercusão no Nordeste do Brasil, mais precisamente no Estado do Piauí. Contatos reservados com o Juiz pelo e-mail: zeolindo@globo.com.

http://br.youtube.com/watch?v=qo13MKAqq6o
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Mr.Kite em 07 de Julho de 2008, 19:17
Ainda não vi a imagem, porque aqui no serviço o youtube é bloqueado, mas quando chegar em casa pretendo ver. O fato é que a imagem deve ser do perispírito. O que não entendo é o motivo do Espírito ter se tornado visível.
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Amigo em 08 de Julho de 2008, 23:45
Amigo é verdade,qual o motivo dessa senhora em se tornar visível, isso só saberemos se algum médium obter a comunicação dela própria, mas certamente está relacionado com sua filha que trabalha na clínica

abraço amigo
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Mr.Kite em 09 de Julho de 2008, 20:58
Amigo é verdade,qual o motivo dessa senhora em se tornar visível, isso só saberemos se algum médium obter a comunicação dela própria, mas certamente está relacionado com sua filha que trabalha na clínica

abraço amigo

Realmente, pode ser.

Abraço!
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Sonia Terra em 02 de Outubro de 2008, 03:57
Boa noite amigos,como nada é por acaso, o assunto que coloquei em pauta no Chat foi sobre transcomunicação, pois é um assunto que muito me interessa pesquisar. Acredito que a hora foi oportuna para que aparição da senhora fosse notda devido aos caminhos escolhidos e condiçoes para comunicar-se, sabe-se lá qual o envolvimento espiritual do MM. Juiz nesta estoria, quem sabe fora um ato seu nesta ou em outras vidas, na qualidade de julgador ou simplesmente um ser humano apto a captar tal momento?´´Que o plano  espiritual nos conceda a sabedoria sobre tal assunto. Abraços fraternos a todos. Sonia Terra
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Ali em 17 de Outubro de 2008, 21:14
 Um fato muito interessante, eu tambem tive uma experiencia parecida mas ainda não consegui levar a foto para um perito... mas acredito fielmente que seja possivel fotografarmos perispiritos quando eles permitem o ser.
A paz e muita alegria Amigo
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Gigii em 18 de Outubro de 2008, 09:11
Existem vários registos fotográficos de espíritos e materializações de objectos...

Vejam-se as experiências de William Crookes (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5ndWlhLmhldS5ub20uYnIvd2lsbGlhbV9jcm9va2VzLmh0bQ==) e de Dr.Gustave Geley (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3B0Lndpa2lwZWRpYS5vcmcvd2lraS9HdXN0YXZlX0dlbGV5).

Aqui (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5zYWluZG9kYW1hdHJpeC5jb20uYnIvYXJjaGl2ZXMvMjAwNi8wNy9tYXRlcmlhbGl6YWNhby5odG1s) também tem um artigo interessante sobre o assunto.

Em baixo imagens do espírito de Katie King e do proprio Gustave Geley após o seu desencarne
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: siiimone em 31 de Dezembro de 2008, 17:57
QUERIA APENAS DEIXAR UM REGISTRO, MINHA FILHA BATEU UMA FOTO PELO CELULAR DELA A NOITE E APARECEU BEM DE LEVE MEU PAI FALECIDO HA POUCO TEMPO. PARECE UM BONECO ÉMUITO ESTRANHO.
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Gigii em 10 de Janeiro de 2009, 22:49
Pode colocar aqui a foto Simone?
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Taprobana em 10 de Janeiro de 2009, 23:36
Olá amigos!

Para quem conhece os processos fotográficos, sabe que tal como o olho humano, a película fotográfica ou o sistema digital é emulsionado pela luz. Daí, é surpreendente que uma imagem que não é perceptível ao nosso olho humano possa ser emulsionada numa película fotográfica ou num sistema digital, visto que ambos são sensíveis ao mesmo factor e em nada é suspeitável que uma câmara fotográfica tenha mediunidade.

Estas fotos causam-me particularmente grande espanto, no entanto pode ser que sim… que existam justificações nos mecanismos da mediunidade que eu particularmente não conheça.

Um abraço, amigos. (Eu hoje estou particularmente implicativo, peço desculpa.)  :D  :D  :D
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Vitor Santos em 11 de Janeiro de 2009, 12:24
Olá Taprobana

Na verdade a fotografia digital capta mais do que o olho humano. Isso constata-se fácilmente, com uma camera digital. Se filmarmos um comando de infra-vermelhos (os comandos vulgares das televisões e de outros electrodomésticos) a emitir, vemos a radiação que sai do comando. A camera de filmar opera como se reduzisse a frequência da radiação da faixa dos infra-vermelhos, de forma a que ela se torna visivel aquando da reprodução.

É possivel que o perispirito da senhora não fosse visivel a olho nu e fosse visivel com uns binóculos de infra-vermelhos ou captado por uma camera de filmar.

De qualquer forma, há quem diga que é possivel, em determinadas condições, um espirito se possa tornar visivel a toda a gente. Pelos vistos não foi este caso, pois quem fotografou não viu a mulher.

bem hajas
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Carlos Ribeiro em 11 de Janeiro de 2009, 14:38
Citar
De qualquer forma, há quem diga que é possivel, em determinadas condições, um espirito se possa tornar visivel a toda a gente.
- Vitor Santos
Claro que é possivel, Vitor. É o caso das materializações de espíritos diante de várias pessoas. O espírito pode-se tornar não só visivel a todas as pessoas presentes, como em certos casos até se tornarem mesmo tangiveis. Lembro que Willian Crookes conseguia segurar o braço do espírito de Katie King e contar suas pulsações.
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Taprobana em 11 de Janeiro de 2009, 18:13
Olá Carlos, Olá Vítor, Olá amigos.  :)

Sim. Penso que desde que o perespirito se torne tangível ao olhar, a máquina fotográfica poderá capta-lo, visto que nesse caso é necessariamente possível a sua exposição à luz. Se este corpo espiritual for visível através do olho humano, será “visível” também para a câmara fotográfica. Faz sentido.

Já o mesmo não se pode dizer quando este se encontra num estado invisível ao olho humano… portanto, não iluminado ou não passível o de ser.

Quando um espírito é percepcionado através de um médium vidente, através dos “olhos da alma” penso não haver câmara fotográfica que o capte, mesmo que seja sensível à totalidade do espectro luminoso…

Se as câmaras digitais mais sensíveis que o olho humano, revelarem a existência de objectos não visíveis nesse local, isso significaria a existência de algum tipo de matéria passível de ser “iluminada” pela área infra-vermelha ou ultra-violeta da luz, mas necessariamente não passíveis de ser iluminada por todo o restante espectro da luz visível… Se fosse o caso dos corpos espirituais, teríamos que o perespirito deveria ser visível através, utilizando o exemplo do Vítor, de óculos de infra-vermelhos o que não parece ser o caso.

No entanto pode ser que seja possível “moldar” a matéria sensível do perespirito de forma a este se tornar visível através de irradiações de luz situadas no espectro não visível do olho humano. Mas nesse caso, só com câmaras digitais ou película fotográfica (não sei se existe) preparadas para essa finalidade, o que parece não ser o caso de inúmeras imagens disponíveis por aí, algumas delas já do tempo do preto e branco, que pretendem ter fotografado imagens que não estavam visíveis na altura do disparo… 

É esta a minha opinião de momento.

Um abraço, amigos
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Vitor Santos em 11 de Janeiro de 2009, 18:35
Olá

Eu não disse que os espiritos se podem ver com câmaras de filmar ou de fotografar digitais. Disse é que essas cameras captam os infra-vermelhos e tornam  essa radiação visivel quando reproduzimos o filme ou as fotos.

Experimenta apontar o comando da TV para uma camera de filmar e constatas aquilo que eu disse. vês a luz a sair do LED do comando de TV.

Neste caso pode ter ocorrido que o espirito apenas fosse visivel na zona dos infra-vermelhos e, desta forma, ser captado por uma foto digital e não a olho nu. Isso não quer dizer que uma camera digital consiga fotografar todos os espiritos presentes. Se assim fosse, estavamos sempre a ver fotos de espiritos, pois ele abundam à nossa volta. Tratou-se de um caso excepcional, decerto.

bem hajas
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Taprobana em 12 de Janeiro de 2009, 11:46
Olá Vítor!

De acordo. Neste caso será tecnicamente possível. No entanto e pessoalmente, este tipo de “prova” para além de desnecessária causa-me sempre algumas dúvidas pois racionalmente, se assim fosse possível acontecer, teriam forçosamente de existir muitas mais provas materiais irrefutáveis da presença da espiritualidade entre nós. É isto que eu sinto e neste momento, em relação a este tema.

Um abraço, amigo.
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Vitor Santos em 12 de Janeiro de 2009, 20:33
Olá Taprobana

Citar
entanto e pessoalmente, este tipo de “prova” para além de desnecessária causa-me sempre algumas dúvidas pois racionalmente, se assim fosse possível acontecer, teriam forçosamente de existir muitas mais provas materiais irrefutáveis da presença da espiritualidade entre nós. É isto que eu sinto e neste momento, em relação a este tema.

Se não fosse a detecção de fenómenos não explicáveis pela ciência material, o espiritismo não existia. A função destes fenómenos parece ser o despertar de pessoas para a realidade espiritual. O espiritismo não é apenas esses fenómenos, vai muito, mas muito, para além deles, mas nasceu com base neles.

Para além disso, o que aconteceu com a foto em questão, a ser verdade, não foi nenhuma experiência propositada, foi um facto independente da vontade dos observadores do mesmo.

bem hajas
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: TatiZveiter em 26 de Janeiro de 2009, 12:57
Olá amigos, paz a todos!

Esse assunto é deveras interessante! Há muito me interesso pelo fenômeno das "fotografias dos espíritos"... tenho que concordar com uns amigos e discordar de outros: é possível sim a captação em imagem do períspirito em fotografias e em vídeo, mesmo que a olho nu não se tenha percebido do fato. Por vezes a pessoa conhece o espírito em questão, um familiar ou amigo já desencarnado, mas em outras situações o espírito é desconhecido dos que se envolvem no ocorrido.

Acredito que isso possa ocorrer pela afinidade do espírito com a pessoa encarnada, mesmo sem os laços do parentesco; outras vezes pela afinidade com o local onde a foto foi tirada. Sabemos que entidades afins podem utilizar-se de nosso ectoplasma para materializarem-se mesmo em locais onde habitualmente não há a intenção para tal, como nas casas espíritas em sessões de doutrinação e desobsessão. E os aparelhos de que dispomos captam essas "aparições", em alguns momentos com nitidez impressionante!

Eu mesma tive a oportunidade de ter em mãos uma foto onde captou-se a imagem de um espírito. Era uma foto de aniversário e apareceu nitidamente a face de um homem no espelho, olhando diretamente para a câmera, porém sem que nenhum dos participantes tomasse conhecimento do fato no momento. Também não se tratava de ninguém conheciodo de nenhum dos presentes, fato que chamou mais a atenção.

Infelizmente não tenho a foto em meu poder para mostras a vocês, mas à época a pessoa que tirou a fotografia mandou-a para avaliação e constatou-se que não era montagem ou sobreposição de imagens no filme (era uma câmera antiga, das de filme). Tentamos em vão buscar conhecer o histórico do local da festa, saber se alguém havia desencarnado no local ou se tinha alguma ligação quando em vida, porém não obtivemos resultados.

Restou apenas a opção de que fora a imagem de uma entidade espiritual materializada no momento da festa, que por afinidade a algum dos presentes tivesse se aproximado e manifestado. Não houve outros episódios semelhnates depois desse ocorrido.

Realmente, esse fenômeno gera grande interesse e curiosidade pelo inesperado das aparições, da mesma maneira que no início da divulgação da Doutrina o fenômeno das mesas girantes também provocou grande comoção. Fato é que, independente da forma com que tentem se comunicar, os espíritos que habitam as esferas mais próximas do Orbe terrestre, em situação de maior densidade, estão sempre a nos surpreender em situações do dia-a-dia, estejamos preparados ou não. Temos então que nos aprofundar mais na Doutrina, tanto para a nossa instrução quanto para a dos que nos acompanham.

Um abraço fraterno, fiquem na paz!
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Vitor Santos em 26 de Janeiro de 2009, 21:51
Olá  TatiZveiter

Obrigado pela partilha do caso que você conheceu pessoalmente e pelo seu testemnho.

bem haja
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Gigii em 26 de Janeiro de 2009, 23:20
Algumas das fotos mais divulgadas de registo de materialização de espíritos.

A observação mais incrível que ouvi sobre as fotos das materializaçoes, com o auxilio do médium Francisco Cândido Xavier, (a última) é que parecia uma mulher disfarçada...parecia muito real...ora bem, mas que significa materialização senão isso mesmo?!!
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Gigii em 09 de Julho de 2009, 16:35
No Obvious (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL2Jsb2cudW5jb3ZlcmluZy5vcmcvYXJjaGl2ZXMvMjAwOS8wNi9mb3RvZ3JhZmlhX2RlX2VzcGlyaXRvc18tX2NvbnRhY3Rvc19kb19hbGVtLmh0bWw=), um blog não espírita, tem este artigo com fotos interessantes, algumas pouco divulgadas.

Beijitos
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: MarcoALSilva em 09 de Julho de 2009, 20:08

Há um outro aspecto na captura de imagens por câmeras, sejam digitais ou não. Trata-se do fato de que a imagem fisicamente perceptível pressupõe que haja um padrão de ressonância em frequência mais baixa do que a do psicossoma, por certo. Esse estado de ressonância, por sua vez, pressupõe que fluidos mais próximos da materialidade sejam utilizados, geralmente doados (consciente ou inconscientemente) por algum encarnado no mesmo ambiente da manifestação. Há uma certa intermitência na formação da imagem perceptível, conforme os fluidos são utilizados e até que nova demanda de fluidos seja captada. Os olhos humanos podem efetivamente ver o psicossoma do espírito em manifestação, sendo que, contudo, se a intermitência for rápida, não perceberá senão como algo indiviso (persistência da retina). Já o obturador da câmera, caso a imagem seja focada no instante da foto, registrará plenamente. Daí dizer-se que "aquilo não estava lá".

A dificuldade de produzir-se um fenômeno de materialização decorre exatamente da grande quantidade de fluidos necessária. O estudo de Cookies no caso Katie King (médium Florence Cook) deixa evidente o exaurimento do aparelho medianeiro em cada sessão. André Luiz descreve a interação de inúmeros colaboradores no astral para que um fenômeno assim possa ocorrer.

Um abraço a todos.
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Seareira em 20 de Agosto de 2009, 19:54
O Grupo Espírita Casa do Caminho, GECC, de Campinas, surgiu, dentre outros motivos, no entusiasmo da realização de trabalhos de materialização. Isto nos anos sessenta. Vários
espíritos se materializavam. Por exemplo, dr. Alberto Veloso, a indiazinha Japi e a Irmã Josepha. Em homenagem a este espírito, inclusive, fundou-se o Grupo Espírita Irmã Josepha, que mais tarde passaria a chamar-se Casa do Caminho, a pedido da própria Irmã.
Deus me deu a oportunidade de conhecer e conviver com o Sr. Nestor e toda sua família, que eu considero como sendo minha também.
Sou trabalhadora do GECC e pude aprender muito a respeito de materialização e ver fotos de espíritos, mesmo em fotografias da família do Nedyr no dia do Natal.
Hoje não mais tem trabalhos de materializações, mas o vasto material que existe em fotos é imenso e a nosso pedido, o Sr. Nedyr Mendes Rocha, fotógrafo das materializações de Uberaba, está escrevendo um livro a fim de partilhar com muitas outras pessoas interessadas.


Em anexo uma fotografia de materialização feita na cidade de Campinas, SP, no ano de 1963. O espírito é conhecido como Irmã Josepha e se materializava costumeiramente em trabalhos de materialização realizados no Brasil naqueles anos.
Materializava-se com freqüência no grupo dirigido pelo sr. Nestor Mendes da Rocha. Este aparece à direita segurando um cone de papelão que servia para o espírito materializado 'amplificar' a própria voz. À esquerda está a sua esposa, a sra. Izaura Gonçalves Rocha. Esta fotografia foi tirada pelo sr. Nedyr Mendes da Rocha, filho do sr. Nestor e da sra. Izaura. Como este tipo de trabalho dematerialização era feito na ausência de luz (as pessoa que aparecem na foto estavam no escuro, apenas interrompido por eventuais e rápidos acendimentos de lâmpada vermelha de pequena potência), foi usado flash para obter a foto.
Esta foto foi obtida com uma máquina fotográfica Roleiflex F 4,5; objetiva planar 3:5 ou tessar; flash Mecablitz potência 1.000 X 1; filme Ilford 100 ASA, bitola 120, formato 6 X6.
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Vancleiver Teixeira Souza em 09 de Maio de 2010, 02:50
"Existem vários registos fotográficos de espíritos e materializações de objetos..."

Bem, venho pesquisando muito sobre esse tema e tenho um pouco de conhecimento sobre o funcionamento da Óptica e de uma câmera fotográfica (com filme) e dentre elas exitem muitas formas de serem criadas "ilusões, aparições, sombras, penumbras, etc".

Há várias décadas, várias pessoas vêm tentando encontrar subsídios da existência de espíritos em nosso meio, que acabam por vezes criando "truques" que realmente fazem uma pessoa crédula a acreditar fielmente no ocorrido.
Bem, na maioria dos filmes fotográficos, existem certos tipos de substâncias que reagem em contato com a claridade (substâncias fotossensíveis), produzindo imagens. Muitas pessoas relatam que no momento em que foram tirar essas fotos, nada era observado, a aparição só foi demonstrada após a revelação do filme. - O olho humano é muito mais sensível que o filme fotográfico!!!! Se a luz, espírito, ou sejá lá qual for o tipo de aparição tiverem sido registradas num determinado filme fotográfico, obrigatoriamente alguém deve ter presenciado isto sem o artifício da câmera. Correto?
Tão é comprovada a maior sensibilidade de nossos olhos em relação ao filme fotográfico, e que conseguimos ver imagens sem necessidade dos "flash`s".

Não que eu duvide de todas as aparições e relatos, mas não se deve acreditar em tudo que se vê, sem passar pelo crivo da Ciência e da razão.

Não é por acaso, a nossa Doutrina Espírita seguidora da Ciência???

A paz do Senhor...
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Valan em 16 de Maio de 2010, 13:25
Um prova importantíssima,com a generalização das máquinas digitais o numero de fotos tiradas todos os dias aumentou exponencialmente e é quase infinito pelo que é natural que daqui para diante tenhamos mais provas como estas.
Abraços
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: askafil em 21 de Julho de 2010, 11:39
não conseguir ver o vídeo... existe uma mensagem "este vídeo foi removido por violação dos termos de uso" ... existe um novo link?
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Novembro de 2011, 20:51
não conseguir ver o vídeo... existe uma mensagem "este vídeo foi removido por violação dos termos de uso" ... existe um novo link?
Olá askafil! Realmente foi tirado do ar.
Mas se vc quiser ver a foto:

[attachimg=1 align=center width=400]"Em Teresina/PI, um juiz de direito estava numa clínica de fisioterapia e tirou algumas fotos suas, a partir de um celular. Eis que em uma das fotos, atrás do magistrado, há um semblante de uma senhora. Na clínica, o rosto da senhora foi identificado como sendo o da mãe de uma médica, falecida há 3 anos. A foto foi periciada e não há indício de adulteração ou fraude."
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: alcidiomichel em 15 de Novembro de 2011, 00:14
Novo endereço do vídeo:

http://www.youtube.com/watch?v=P2Hs5_w6A2U&feature=player_embedded#!
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Amigo em 15 de Novembro de 2011, 05:12
Gostaria de agradecer o apoio dos amigos Helena e Alci em Colar e indicar novo link pra q todos tenham esse conhecimendo do Fato

Abraços
Título: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Sylvia Campos em 15 de Dezembro de 2011, 23:43
As chamadas tranfotos são mais comuns do que imaginamos.

Sugiro que visitam o site do IPATI http://www.ipati.org/
Existe um banco decimáveis de falecidos!
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Edimo C. Durval em 07 de Maio de 2012, 00:37
No livro Animismo e Espiritismo de Alexandre Aksakof há uma parte dedicada a "fotografia transcendente".

Materialização de objetos escapando à percepção pelos sentidos. Fotografia transcendente.


Há dois gêneros de materialização: há em primeiro lugar a materialização invisível ao olho, e não apresentando mais do que um atributo físico, acessível ao nosso confronto: consiste na emissão de raios luminosos, que não produzem ação alguma sobre a nossa retina, porém agem sobre a placa sensível de um aparelho fotográfico; para os resultados assim obtidos, proponho a expressão: fotografia transcendente.
Há de um outro lado a materialização visível, que é acompanhada dos efeitos físicos próprios ao corpo humano. Acredito que se conseguíssemos estabelecer a realidade da primeira forma de materialização, teríamos adquirido argumentos sólidos para admitir a existência da materialização visível.
Efetivamente, se se estabelece o fato de uma formação mediúnica extracorpórea, isto é, da formação de alguma coisa, fora do corpo do médium, se bem que imperceptível ao olho humano, mas possuindo certos atributos de uma existência real, então o fato da materialização visível e palpável se reduzirá a uma questão de grau de materialidade.
Eis por que eu ligo uma importância tão grande às experiências fotográficas feitas pelo Sr. Beattie, em Bristol, em 1872 e 1873. Essas experiências foram continuadas em condições que correspondem amplamente às exigidas pelo Sr. Hartmann.

Conheci pessoalmente o Sr. Beattie, e é de suas mãos que possuo a coleção de fotografias de que vou falar mais adiante e uma parte das quais se acha representada nas dezesseis fototipias que possuo. Ele mesmo tinha sido fotógrafo de profissão, mas tinha deixado de o ser na época em que fez as experiências em questão.
.
.
.
.
Mas ouçamos o próprio Sr. Beattie. Eis a primeira metade da sua carta dirigida ao British Journal of Photography, com a descrição dos preparativos e do começo das experiências:
“Durante longos anos, tive ocasião de observar de perto os estranhos fenômenos que, com poucas exceções, não eram considerados no mundo dos sábios como dignos de ser objeto de investigação; atualmente a existência desses fatos impõe-se a uma imparcial e minuciosa verificação.
Há pouco tempo, o Sr. W. Crookes demonstrou que, sob certas condições, manifesta-se uma força mecânica, que esse sábio designa como “nova”, e à qual ele deu uma denominação à parte. Se a teoria da “unidade das forças” é exata, obtendo-se uma força qualquer, deve-se obter também qualquer outra força; se é verdade ainda que o movimento, instantaneamente suspenso, transforma-se em calórico, em luz, em ação química, e vice-versa, então na força descoberta e demonstrada pelo Sr. W. Crookes encontramos ao mesmo tempo uma fonte de força elétrica e química.
Não sou da opinião dos que supõem que toda mudança não é senão o resultado de uma força, mas não de um fim. Sou, por conseguinte, forçado a acrescentar um elemento razoável à concepção da força – a força como tal não tem uma existência independente do princípio inteligente. As experiências que vou descrever não são talvez novas, mas os resultados obtidos (não acrescento “se são exatos” porque sei que eles o são) provam muitas coisas, principalmente que, em determinadas condições, produz-se uma força invisível, possuindo a faculdade de suscitar uma poderosa ação química; não é tudo: essa energia é regida por uma inteligência que não a das pessoas presentes, atendendo-se a que as imagens evocadas não
podiam ser o resultado do pensamento dessas pessoas. Sem mais preâmbulo, vou proceder à descrição dessas experiências.

Tenho um amigo, em Londres, que me mostrou, certo dia em que estava em minha casa, o que se chamava “fotografias espíritas”. Eu lhe disse imediatamente que elas não o eram e lhe expliquei de que maneira eram obtidas. Mas, vendo que
muitas pessoas acreditavam na possibilidade dessas coisas, disse ao meu amigo que eu estava preparado para fazer algumas experiências com um bom “médium” que conhecia: o Sr. Butland. Depois de algumas razões, ele consentiu em consagrar um certo tempo a essas experiências. Combinei então com o Sr. Josty (fotógrafo em Bristol) para fazer as experiências em sua oficina, depois das seis horas da noite, e fiquei certo da participação do Dr. Thompson e do Sr. Tommy, na qualidade de testemunhas. Eu mesmo fazia todas as manipulações, à exceção de descobrir a objetiva, operação reservada ao Sr. Josty.
A câmara escura, munida de uma objetiva Ross, era construída de maneira a que se pudesse obter três provas negativas sobre a mesma placa. Amortecia-se a luz, para poder prolongar a exposição até quatro minutos. O fundo era semelhante ao que se emprega ordinariamente, de cor parda carregada, e encostava na parede. O médium lhe voltava as costas; estava sentado e tinha uma mesa pequena à sua frente. O
Dr. Thompson e o Sr. Tommy estavam sentados de um lado, à mesma mesa, enquanto eu me conservava defronte, durante a exposição.”
A descrição das experiências é mesmo muito sumária nessa carta; citarei por isso a carta do Sr. Beattie, no jornal Spiritualist. “Na primeira sessão, fizeram-se nove exposições sem resultado. Na segunda sessão, que se deu uma semana depois, obtivemos um resultado em a nona exposição. Se nada tivéssemos obtido, tínhamos decidido abandonar as experiências. Mas, ao revelarmos a última placa, vimos imediatamente aparecer uma imagem, semelhando-se vagamente a uma forma
humana. Depois de muitas discussões, decidimos que o resultado obtido não podia ser atribuído a nenhum dos acidentes tão freqüentes em fotografia. Ficamos, pois, animados a prosseguir nas experiências. Farei observar que o Sr. Josty zombava até da própria idéia de fazer essas experiências; entretanto o resultado obtido na segunda sessão fê-lo refletir.
Na terceira sessão, a primeira placa não deu resultado. Sobre a segunda placa, cada uma das três exposições produziu um resultado; depois das duas primeiras, um busto luminoso, conservando os braços levantados e cruzados; na terceira exposição apareceu a mesma imagem, porém alongada. Diante dessa figura e acima dela se achava uma estranha forma recurvada, cuja posição e dimensão mudaram a cada nova exposição para a mesma placa. Depois de cada exposição sucessiva, a imagem aproximava-se cada vez mais da forma humana, enquanto que a forma que se achava acima dela se transformava em estrela. Essa evolução continuou durante as exposições seguintes, depois do que a estrela tomou a forma de uma cabeça humana.
Presenciávamos uma das exposições dessa série, e o Sr. Josty estava sentado em uma cadeira perto do aparelho para abrir a objetiva, quando, de repente, sentimos que o obturador caía das suas mãos; apercebemo-nos de que ele estava mergulhado em profundo transe.
No momento de voltar a si, ele manifestava grande emoção. Acalmando-se um pouco, disse que só se recordava de ter visto diante de nós uma forma humana branca, que lhe parecia ser a sua mulher. Pediu-nos que mandássemos imediatamente colher informações a seu respeito. Depois desse incidente, o Sr. Josty parecia dominado por um terror supersticioso e hesitava em tocar na câmara escura ou no caixilho; não ria mais.


No livro há várias referencias de jornais da época onde foram impressas as fotos mas creio que dificilmente se consiga hoje recuperar esse material.
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: MarcosBorges em 07 de Maio de 2012, 01:33
Edimo

Não sei se é de seu conhecimento mas a Biblioteca Nacional da França está digitalizando livros e manuscritos antigos e disponibilizando para impressão e em arquivo PDF para estudo e leitura, com restrições quanto a publicação.

Fiz uma pesquisa e aqui está o link

http://gallica.bnf.fr/Search?ArianeWireIndex=index&p=1&lang=PT&q=photographie+transcendantale

Abraço fraterno
Marcos
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Edimo C. Durval em 08 de Maio de 2012, 04:40
Marcos

Embora Aksakof se referisse mais a fontes inglesas, toda informação da época é bem vinda. Obrigado pelo link.
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Amigo em 23 de Julho de 2012, 02:55
Registro de minhas experiências e pesquisa





(http://meuscrap.com.br/site/ms-core/scraps/2012721/montagemdefotos1342902245.09.jpg)

(http://meuscrap.com.br/site/ms-core/scraps/2012721/montagemdefotos1342886685.07.jpg)

(http://meuscrap.com.br/site/ms-core/scraps/2012720/montagemdefotos1342782494.59.jpg)

(http://meuscrap.com.br/site/ms-core/scraps/2012720/montagemdefotos1342781468.94.jpg)


OBS: As Molduras são colocadas para sua melhor visualização!

Abraço a Todos

Beto






-------------------------------
Visitem também meu Blog esses e outros assuntos ligados a espiritualidade de uma forma geral



http://espiritualogando.blogspot.com.br/

Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/transcomunicacao-instrumental/registro-de-minhas-experiencias-e-pesquisa-(transimagens)/#ixzz21PDv51yZ
Título: Re: Fotografia de Espírito comprovada
Enviado por: Amós Ribeiro em 12 de Maio de 2013, 02:55
Olá amigos,

Certa vez em uma palestra espirita, escultei um orador falar que houve um caso de materialização em um determinado lugar, com varias pessoas..
E o espirito materializado podia ser visto e tocados por todos, independente de grau mediúnico! sem exceção!

E todos que se encontravam no determinado lugar, ficaram admirados pela experiencia que tiveram!

Isto me levou a conclusão que se for da vontade dos espíritos desencarnados, eles podem ser visto e observado por todos e até tocado, independente de médium.