Forum Espirita

GERAL => Outros Temas => Transcomunicação Instrumental => Tópico iniciado por: fmessias em 20 de Março de 2009, 00:13

Título: duvidas acerca da TCI
Enviado por: fmessias em 20 de Março de 2009, 00:13
Prezados foristas
Me chamo Marcos e "descobri" a DE através de leituras sobre TCI.
Mas tenho algumas dúvidas que agradeceriam se fossem sanadas:
1) Acho que voces já ouviram falar da "teoria" do padre Quevedo acerca da impossibilidade da realização destes fenomenos há mais de 50 metros dos vivos. Gostaria de saber se já houve experiências onde os aparelhos se situavam há mais de 50 metros dos vivos ???
2) Alguém já realizou estas experiencias onde os aparelhos estivessem em uma gaiola de faraday ??
Agradeço as respostas
Paz e luz a todos
Título: Re: duvidas acerca da TCI
Enviado por: rubensomar em 17 de Abril de 2009, 04:41
   sobre a primeira questão, acho que não faz muito sentido, uma vez que um espírito precise dos fluídos anímicos para sensibilizar os aparelhos. Se não houver ninguém por perto para fornecer esses fluídos, não haverá resultado.
   a segunda questão, a gaiola de Faraday somente ofereçerá isolação do espírito se a comunicação fosse exclusivamente eletro-magnética.
   Já lí algumas coisas sobre TCI. Desenvolvi um sensor de campos elétricos sensível o suficiente para que detectassse a entrada de uma pessoa no recinto, mesmo descalça usando transístores de EFEITO DE CAMPO. Mas o detector só se alterava com vivos. Nunca, apesar de tamanha sensibilidade consegui qualquer variação de indicação espiritual. Uma vez nos empolgamos,quando o indicador começou à variar. Mas quando vimos era só um passarinho que havia entrado pela janela do barracão.
Título: Re: duvidas acerca da TCI
Enviado por: Correio em 02 de Julho de 2009, 05:03
Citação de: rubensomar
Desenvolvi um sensor de campos elétricos sensível o suficiente para que detectassse a entrada de uma pessoa no recinto, mesmo descalça usando transístores de EFEITO DE CAMPO. Mas o detector só se alterava com vivos.

Talvez porque, a principio, espíritos não causem nenhum efeito eletrônico. E veja que é muito fácil para a energia causar um efeito! Uso como exemplo o fóton e o efeito eletrônico das cores. Um fóton com a mesma energia do intervalo da órbita de um elétron causa um estado de excitação temporária para depois devolver esta energia de volta em forma de um novo comprimento de onda, dependendo é claro do material.Ora, espíritos não interferem nas funções de ondas, não causam colapsos nas mesmas, nos fazendo concluir que, mesmo formados de energia, se encontram em estados muitíssimo diferentes das quais podemos observar ou testar por mera instrumentação atual.