Forum Espirita

GERAL => Psicologia & Espiritismo => Sexualidade => Tópico iniciado por: Alex God em 10 de Dezembro de 2006, 12:53

Título: Emancipação da Alma e Obsessão Sexual
Enviado por: Alex God em 10 de Dezembro de 2006, 12:53
Oi Amigos! Quero relatar uma possível emancipação da alma (também chamada de viagem astral, experiência extra-corpórea, etc) seguida de obsessão que aconteceu comigo agora pouco e gostaria da sincera opinião de vcs. Preciso pedir desculpas, pois o texto será longo.
Hoje é domingo, 8:30 da manhã e eu acabei de acordar. Antes de relatar o que me passou, quero dizer que meu intuito em fazer isso não é causar espanto ou medo em vcs, eu não sou projetor consciente, não sou médium, não consigo ver as energias, enfim, sou só um cara que ta estudando coisas espirituais pra tentar melhorar, quero relatar oque aconteceu comigo hoje pra vcs pra que vcs tenham consciência da importância que é ter uma sexualidade bem resolvida.
Enfim vamos ao que interessa antes que eu me esqueça de mais alguma coisa.. Vou dividir a mensagem em 3 partes para que consiga passar tudo pra vcs
Primeiramente, não me pareceu uma viagem astral propriamente dita porque não me lembro dos fatos acontecendo em sequências, são alguns flashs de memórias, como se fossem pedaços de memórias mas que eu consigo distinguir uma certa cronologia.
Título: Re: Emancipação da Alma e Obsessão Sexual
Enviado por: Alex God em 10 de Dezembro de 2006, 12:54
A primeira coisa que me lembro é de estar em algum lugar escuro, eu não sentia medo, me parecia uma piscina enorme, com muitas pessoas nadando, conversando e bebendo (Acredito que estavam nuas), em seguida lembro-me de uma mulher me olhando com olhar sedutor e eu a segui até um lugar afastado, era como se a piscina fosse um grande labirinto com um lugar aberto no meio onde ficavam todos se banhando, saía um vapor, como se fosse uma sauna. Segui aquele ser (sinceramente não sei se era uma mulher, mas parecia), fomos até um lugar escuro e me lembro de me ligar sexualmente com este ser, esta parte parecia bem real mas não me lembro de conseguir ver o rosto dessa pessoa, só quero relembrar que essas lembranças não me vêm como um filme, eu me lembro como se fossem pedaços de filmes, ou um daqueles filmes com partes faltando e que pula cenas.
Continuando, a próxima lembrança me é bem vaga, só sei que em determinado tempo me pareceu que aquele ser com quem eu estava realizando o ato sexual, não era real.. Não sei pq, mas me pareceu que era uma ilusão, de alguma forma eu tive certeza que aquilo não era real, e pensei comigo mesmo "isso é um elemental" e logo em seguida eu me vi em pé em um outro lugar, por incrivel que pareça eu ainda não tinha tomado consciência de que não estava aqui no plano físico, me lembro de perceber que fui enganado, lembro de ver uma (agora não sei se era a minha, acho que era) bolsa escrotal seca com o lado esquerdo aberto no meio e totalmente seco, era estranho mas não senti medo, ou não lembro de ter sentido. Depois disso já me vi em uma casa destruída, parece que neste ponto eu tomei consciencia de que não estava no plano físico e eu tentei acordar, por incrível que pareça eu acordei no sonho! (ou pensei que acordei, neh?) e estava deitado em uma cama nesta mesma casa destruída, levantei e saí pra rua, lembro de ter encontrado um amigo meu e segui conversando com ele, íamos de encontro com uma amiga nossa, neste momento seguíamos na calçada e a minha amiga estava no fim da rua, mas não era bem uma rua pq o céu era coberto, digo, deixe-me explicar melhor, parecia que eu estava dentro de um galpão enorme, muito grande, como se fosse uma cidade construída dentro do galpão, com casas, ruas, quadras, mas quando se olhava pro céu, via o teto do galpão. Enfim, cheguei na esquina daquela 'rua' e quando fomos chegando perto, minha amiga virou de costas e saiu andando, fugindo de nós, meu amigo disse pra eu esperar que ele iria falar com ela, e foi até la, só sei que de repente ela saltou pra dentro de um buraco que havia no teto daquele galpão, era escuro e ela ficou la. Eu pensei que ela estivesse brigada comigo e comecei a pedir pra ela descer, pra falar o comigo e tudo o mais. Então ela desceu daquele galpão escuro e ficou parada na nossa frente há alguns metros, naquele momento jã não me parecia ela, pq tinha um olhar sombrio, e eu então pedi desculpas e ela me disse que estava brava porque eu tinha pisado na bola com ela (realmente, umas 2 semanas atrás eu deixei essa minha amiga chateada), o que aconteceu neste momento me parece que ocorreram simultaneamente, quando ela disse que estava chateada comigo porque eu pisei na bola com ela, neste exato momento eu pensei comigo mesmo "perai, ela já tinha me desculpado por esse fato" (realmente ela já me desculpou mesmo) e neste exato momento, a minha amiga se transforma em um ser gigantesco, com chifres e um olhar furioso e depois no mesmo instante ele se transforma um touro enorme, os olhos vermelhos cheios de raiva e parte na minha direção, quando eu vi isso, fechei meus olhos e comecei a entoar mentalmente a palavra "paz" dentro do meu cérebro (essa é uma meditação que eu costumo fazer pra melhorar a concentração e apaziguar os pensamentos), acho que é importante dizer, pois muitos que vão ler talvez pensem que eu estava morrendo de medo nesta hora mas, por mais estranho que pareça, em não me lembro de sentir grande medo em nenhuma parte que eu relatei.
Enfim, senti aquele "touro" me acertando no lado esquerdo do meu corpo e eu, de olhos fechados, só mentalizava a palavra "paz" o tempo todo, logo em seguida senti uma vibração muito forte no meu corpo (acredito que nesta hora eu estava voltando com uma enorme velocidade pra dentro do meu corpo físico) e eu acordei com o lado esquerdo do meu corpo meio amortecido (o mesmo lado em que o "touro" me acertou, o mesmo lado que eu vi a bolsa escrotal totalmente aberta e seca), o meu lado esquerdo do corpo estava estranho, principalmente a região do meu rim esquerdo e eu sentia uma dor na costas (mas acho que isso foi porque eu dormi meio torto mesmo rs), até agora enquanto escrevo sinto meu lado esquerdo diferente do direito, como já me foi aconselhado anteriormente, quando sentir que me roubaram um pouco da minha energia, vou tomar um café da manhã bem reforçado e manter um estado positivo de pensamento
Título: Re: Emancipação da Alma e Obsessão Sexual
Enviado por: Alex God em 10 de Dezembro de 2006, 12:54
Enfim, foi isso que me aconteceu mas tem algo que eu quero dizer e na verdade o relato é só um complemento da mensagem que eu quero passar, ontem, eu devo confessar que me desequilibrei, tenho que dizer que a sexualidade em mim é mal encaminhada, no sentido de que eu preciso fazer um grande esforço mental pra não me ligar com aqueles pensamentos estranhos de um erotismo animal, enfim, eu sempre tento me manter firme, com a alma em equilibrio, mas as vezes é muito difícil, e ontem foi um dos casos e tenho certeza que tudo isso aconteceu devido ao meu estado interior em desequilibrio, fui dormir assim e deu no que deu.
Então meus amigos, tenham cuidado com a sexualidade mal encaminhada, principalmente se vc esta nessa fase em que os hormônios não ajudam muito (como é o meu caso rs), mas quero relembrar que não se pode ter medo de sair corpo, se vc esta em equilibro, com paz de espirito, de bem com a sua consciência, nada de estranho vai acontecer com vc, por isso é muito importante manter-se em paz com sua consciência, fazer aquilo que é certo, afinal somos eternos neh? O que nos compede é escolher viver essa eternidade em paz ou em desequilibrio. Eu sou uma pessoa normal, não tenho nenhuma capacidade além do normal, mas aqui vai uma dica de quem esta passando por uma situação assim, todas as vezes que me desequilibro é porque estou na ociosidade e não procuro conscientemente estar fazendo alguma coisa boa (lendo um livro bom, escutando uma musica, etc..), enfim, é muito importante deixarmos a preguiça de lado, e procurar trabalhar, estudar, fazer coisas boas, ler um bom livro sempre que der, nos manter ocupados pra que não acabamos sendo vítimas do nosso próprio ego. Bom é isso pessoal, desculpe o tamanho do texto, mas para todos que chegaram até aqui espero que tenham captado a mensagem que tentei passar, sejam bons pra vcs mesmos, mantenham-se em paz de espirito e não maltratem seu corpo com as energias pesadas. E se por acaso fracassarem, como aconteceu comigo, tenham certeza de que é apenas uma batalha perdida porque a guerra ja está ganha... canalizem a culpa, o medo e o arrependimento para uma renovação interior... e não se esqueça da lei da ação e reação... Espero sinceramenter ter ajudado alguém porque relatar isso já me ajudou bastante...

Sejam felizes em equilibrio..
Título: Re: Emancipação da Alma e Obsessão Sexual
Enviado por: SB em 11 de Dezembro de 2006, 14:55
Não sei o que é para si sexualidade bem canalizada ou não, acabei por nao perceber mt bem... mas sexualmente falando, tudo é energia e essa energia bem canalizada, nada mais é do que essencialmente sentir-se confortável com o seu corpo e suas sensações sexuais.

Em primeiro é ter total aceitação, a nível emocional, do seu corpo e de toda beleza e perfeição que ele é. Entender como o nosso corpo e a nossa sexualidade funcionam a nível psicológico…
Se realmente nos sentimos confortáveis com a nossa natureza sexual, também  nos sentiremos a vontade com os nossos desejos e necessidades.

O sexo é para mim o caminho do amor, da entrega, da aceitação, da consciência, da naturalidade e da totalidade.
É a manifestação mais natural da relação entre um homem e uma mulher. É um ritual que deverá ser realizado com muita calma e carinho, sem agressividade. Como tal, está isento de medos e inibições.

Se por natureza somos dotados de instintos, emoções e sentidos, consequentemente, tudo o que tenha a ver com isso deve ser naturalmente utilizado e valorizado, pois é uma eficiente ferramenta de evolução.
Devemos cuidar do nosso corpo, cultivar a saúde e bem-estar de forma a melhor podermos explorar os nossos recursos e potencialidades.
Sou apologista que essa energia bem canalizada através do nosso corpo e mente, poderemos evoluir e compreender o que nos rodeia, pela consciencia de nós mm, pelo que essa energia embarga.

Para terminar:
O sexo estimula o hemisfério direito do cérebro e com isso gera um comportamento criativo, agressivo e questionador, de forma positiva ou negativa, depende como manipulamos  (usamos) essa energia tão poderosa em nós...Por isso...
A castração da sexualidade facilita aos soberanos manipular a população. Por isso, todas as propostas de massa, tais como política e religião, pregam a destruição ou castração do sexo.

Bem...nem todos terão a minha forma de pensamento. :P

“Um touro você não consegue obrigar a que puxe o carro de bois. Mas um boi, castrado, esse submete-se”

Já tinha reflectido sobre isto?

Um abraço
Título: Re: Emancipação da Alma e Obsessão Sexual
Enviado por: Alex God em 12 de Dezembro de 2006, 03:40
Oi Susana!
Ótima resposta! Obrigado pelas suas elucidações :)
Vc realmente respondeu aquilo que eu queria mas não perguntei rsrs
Como devemos levar nossa sexualidade?
Qual é o ponto que delimita a sexualidade sadia da prejudicial?
A sexualidade é determinante na felicidade de uma pessoa? (sinceramente acho que não, eu sou um cara feliz! rsrss apesar de não conseguir levar muito bem a sexualidade)
O que podemos fazer pra controlar (devemos controlar?) melhor essas energias poderosas, ou como canaliza-las pra coisas positivas?

Agora uma questão pessoal, vc disse que :
“Um touro você não consegue obrigar a que puxe o carro de bois. Mas um boi, castrado, esse submete-se”
E o que acontece com um touro hiperativo??? Da chifrada pra todo lado? isso não é bom tbm neh....
o caminho é o equilibrio neh? Como conseguir isso.... Difícil..

um Abraço! E Novamente parabéns pela maneira clara em que vc colocou seu ponto de vista!
Título: Re: Emancipação da Alma e Obsessão Sexual
Enviado por: SB em 12 de Dezembro de 2006, 18:29
Olá,

Ainda bem que gostou.

Pois na verdade se alguns de nós, senão todos, estivessemos mais libertos de preconceitos, seriamos todos mais felizes, e mais leves para a vida e para com a vida.

Preconceitos tais como, sendo o sexo um acto de pecado e de vergonha para muitos, ou sendo aceito só para a concepção, falar sobre sexo traz entusiasmo devido ao sentido do "fruto proibido", alem de que, por mais que se busque a realização sempre fica a insatisfação e desejo de querer chegar além do que é permitido, isto é para mim um limite onde nos leva a auto-reprovaçao instantanea, causando-nos culpas e descontrole dessa energia, sempre ou quase sempre inconscientemente.

Assim, digo, além do que acima no outro post referi:

A maior parte das pessoas nao saberá nem perceberá como é tao evidente que saber canalizar essa energia estará a dar felicidade a si mesmo. Isto pq ainda nao sabe que não há espaço para medos, repressões, bloqueios e condicionamentos. Por não saber que pode ser livre  ao tomar atitudes de renovação para consigo mesmo, melhorando a auto estima, o crescimento interior na sua evolução diária. Desconbrindo nesta energia o caminho para a aceitação e consciencia de si mesmo.

Não se aplica única e exclusivamente como uma atitude de possuir ou ser possuído pelo outro, não é dividir ou trocar energia com o outro, mas sim uma atitude de entrega sem espera.

E nisto é preciso entender que:

O sexo, não é um acto  mecânico e imediato, mas encontrar-se num sentido mais amplo.
É uma atitude que pode ser assumida na nossa vida pessoal, profissional, emocional, psíquico e espiritual com responsabilidade.
É estar presente em cada momento da vida.
É estar consciente dos objetivos, metas e realizações, mas também das frustrações, das mudanças ou perdas.
É aprender a observar as atitudes do passado para entender o momento presente.
É vivenciar o momento presente para esperar o futuro...é nao encontrar nem saber o que quer dizer a palavra conquista, mas coexistir numa atitude de entrega e naturalidade.

É ter em conta alguns aspectos que foram sufocados, devido a bloqueios impostos pelos pais, pela propria sociedade, pela cultura, pelo proprio passado de outras vidas.

È perceber que sexo é união, é um momento de buscar a perfeição, é a comunhão do homem e mulher como um acto sagrado, onde o amor une a mente, o corpo e o espírito. Onde permite que o casal transponha qualquer conceito que se tenha sobre o prazer físico, sendo um acto que lhes faça transcender no tempo e no espaço, atravessar barreiras e comungar com o divino.

No momento que a pessoa reconhece que a maioria das suas atitudes em relação ao sexo são repressoras e castradoras, ela aprende a abrir o tal espaço para se libertar e de se libertar de culpas.

Aprende também, a celebrar a beleza do sexo, sentindo intensamente que esta envolvido num acto de intenso amor.

So assim numa energia bem canalizada se caminha numa mesma direção à comunhão do seu ser interior (espirito) para o exterior, vivendo a vida em mais plenitude consigo mm.

Por isto, eu nao consigo adjectivar ou colocar este assunto em tabus mas numa forma tão natural como esta, do mesmo modo como, comer, dormir, acordar e viver...


Termino como comecei este post, sendo tão libertadores de preconceitos, nao haveria nem depressões, nem maus relacionamentos, nem julgamentos, nem imposições...nem nada... Tudo seria menos complicado e mais feliz!

Entendeu agora pq eu referi que é uma energia tao poderosa para nós?



P.S: - Quanto ao Touro, so leva "chifrada", quem procura levar "chifrada"... está tudo consigo, o que vc procurar, vc conseguirá! ;)

 
Um abraço
Título: Re: Emancipação da Alma e Obsessão Sexual
Enviado por: silvio em 25 de Dezembro de 2006, 06:22
Suzana

adorei essa sua resposta,
parabéns!  ;)

abraço fraterno
silvio
Título: Re: Emancipação da Alma e Obsessão Sexual
Enviado por: Mourarego em 23 de Maio de 2007, 23:52
Essa é a minha maninha Susana!!!
Adorei as respostas.
Abraços,
Moura
Título: Re: Emancipação da Alma e Obsessão Sexual
Enviado por: Dioginis em 14 de Dezembro de 2010, 18:17

Parabéns pela mensagen você é um espirito iluminado....passo pelos mesmos problemas doa migo ai!!! Fiquei surpreso que até o lugar que ele descreveu eue estive lá..bem parecido e a vissão dos orgão genitais deformados bem parecido...estou impressionado!!!
Título: Re: Emancipação da Alma e Obsessão Sexual
Enviado por: Dioginis em 14 de Dezembro de 2010, 18:21
Adorei a resposta de Suzan estou :o com os acontecimentos que o amigo postou ai em cima..ja tive sonhos espirituais assim como ele em lugares quase iguais que ele decreveu.Lugar chamado Vale do sexo onde muitos desencarnados e encarnados em estado de desdobramanto vam quando estão dormindo..é q caracteriza uma obsessão sexual.Também passo por isso e naõ sei canalizar minhas energia preciso de ajuda.. :-[
Título: Re: Emancipação da Alma e Obsessão Sexual
Enviado por: Mourarego em 15 de Dezembro de 2010, 16:05
Dioginis,
Não existem vales quer do sexo ou dos religiosos em geral. A obra básica ensina que não existem lugares circunscritos, logo cada Espíritos não em desdobramentos, já eu estes também não existem, vai onde sua moral, pouca ou muita, sua vontade, saudável ou adoecida, o leve.
Apenas isso, mano.
Abraços,
Moura