Forum Espirita

GERAL => Psicologia & Espiritismo => Sexualidade => Tópico iniciado por: HelenaBeatriz em 22 de Setembro de 2009, 17:07

Título: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Setembro de 2009, 17:07
Pedofilia do Hamas

Um evento de gala ocorreu em Gaza. O Hamas foi o patrocinador de um casamento em massa para 450 casais. A maioria dos noivos estava na casa dos 25 aos 30 anos; a maioria das noivas tinham menos de dez anos.

O mundo desconhece uma das histórias mais nojentas de abuso infantil, torturas e sodomização do mundo vinda do fundo dos esgotos de Gaza: os casamentos pedófilos do Hamas que envolvem até crianças de 4 anos. Tudo com a devida autorização da lei do islamismo radical.

A denúncia é do Phd Paul L. Williams e está publicada no blog thelastcrusade. org e é traduzida com exclusividade no Brasil pelo De Olho Na Mídia (ninguém mais na imprensa nacional pareceu se interessar pelo assunto).

(http://f1113.mail.yahoo.com/ya/download?mid=1%5f741855%5fALkPw0MAARHHSrhDIgySqnZ1q2s&pid=2&fid=Inbox&inline=1)

Um evento de gala ocorreu em Gaza. O Hamas foi o patrocinador de um casamento em massa para 450 casais. A maioria dos noivos estava na casa dos 25 aos 30 anos; a maioria das noivas tinham menos de dez anos.

Grandes dignatários muçulmanos, incluindo Mahmud Zahar, um líder do Hamas foram pessoalmente cumprimentar os casais que fizeram parte desta cerimônia tão cuidadosamente planejada.

"Nós estamos felizes em dizer a América que vocês não podem nos negar alegria e felicidade", Zahar falou aos noivos, todos eles vestidos em ternos pretos idênticos e pertencentes ao vizinho campo de refugiados de Jabalia.

Cada noivo recebeu 500 dólares de presente do Hamas!

As garotas na pré-puberdade, que estavam vestidas de branco e adornadas com maquiagem excessiva, receberam bouquets de noiva.

"Nós estamos oferecendo este casamento como um presente para o nosso povo que segue firme diante do cerco e da guerra", discursou o homem forte do Hamas no local, Ibrahim Salaf.

As fotos do casamento relatam o resto desta história sórdida:
Pedofilia do Hamas:

(http://f1113.mail.yahoo.com/ya/download?mid=1%5f741855%5fALkPw0MAARHHSrhDIgySqnZ1q2s&pid=3&fid=Inbox&inline=1)

O Centro Internacional Para Pesquisas Sobre Mulheres estima agora que existam 51 milhões de noivas infantis vivendo no planeta Terra e quase todas em países muçulmanos.
Quase 30% destas pequenas noivas apanham regularmente e são molestadas por seus maridos no Egito; mais de 26% sofrem abuso similar na Jordânia.

Todo ano, três milhões de garotas muçulmanas são submetidas a mutilações genitais, de acordo com a UNICEF. A prática ainda não foi proibida em muitos lugares da América.
A prática da pedofilia teria base e apoio do islã, pelo menos a sua leitura mais extrema e radical.

O livro Sahih Bukhari (além do Corão, outra das fontes de grupos como o Hamas) em seu quinto capítulo traz que Aisha, uma das esposas de Maomé teria seis anos quando se casou com ele e as primeiras relações íntimas aos nove. O período de espera não teria sido por conta da pouca idade da menina, mas de uma doença que ela tinha na época. Em compensação, Maomé teria sido generoso com a menina: permitiu que ela levasse todos os seus brinquedos e bonecas para sua tenda.

Mais ainda: talvez o mais conhecido de todos os clérigos muçulmanos deste século, o Aiatóla Komeini, defendeu em discursos horripilantes a prática da pedofilia:
Um homem pode obter prazer sexual de uma criança tão jovem quanto um bebê. Entretanto, ele não pode penetrar; sodomizar a criança não tem problema. Se um homem penetrar e machucar a criança, então ele será responsável pelo seu sustento o resto da vida. A garota entretanto, não fica sendo contada entre suas quatro esposas permanentes.

O homem não poderá também se casar com a irmã da garota... É melhor para uma garota casar neste período, quando ela vai começar a menstruar, para que isso ocorra na casa do seu marido e não na casa do seu pai. Todo pai que casar sua filha tão jovem terá assegurado um lugar permanente no céu.

Para finalizar, o vídeo abaixo traz informações sobre espancamentos realizados contra meninos no mundo muçulmano para "estudarem melhor" - que incluem açoitamentos - escravidão de menores e a venda de meninas de 8 anos ou até menos como noivas no Sudão e em outras países da região.

Tudo, com carimbo do islã radical:
http://www.youtube.com/watch?v=gdi2bdv4nwA (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWdkaTJiZHY0bndB)

Esta é a história que a mídia não conta, que o mundo se cala e não quer ver, ou que não querem que você saiba. Mas agora você está ciente, não tem mais jeito! Vai ficar calado? Cobre os veículos de mídia, aja! Se você não fizer nada, ninguém poderá salvar estas vítimas inocentes do inferno do Hamas e similares.

http://www.youtube.com/watch?v=CNsAd6AV_c0 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUNOc0FkNkFWX2Mw)

Publicado por De Olho na Mídia com o título A História Oculta do Mundo: a pedofilia do Hamas -

Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: Marifer em 30 de Outubro de 2009, 03:41
Gente!!! Abuso e estupro é o mesmo em qualquer parte do mundo!!!
Dá-me nojo imaginar um homem feito tendo relações com crianças que têm a idade de ser sua filha. Tudo bem que existe esse papo de cultura, mas e a dor e o desamparo das meninas que nem sequer sabem o que espera por elas! É muito triste ver crianças sendo violadas em seus corpos e mentes dessa forma. Leiam os livros "O caçador de pipas e A cidade do sol" de Khaled Hosseini e verão como é escrota essa cultura. Sou educadora e estou cansada de conviver com crianças abusadas que perdem até a identidade....
Que Jesus os abençõe a todos
Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: Aldebaran em 30 de Outubro de 2009, 04:02
Olá Marifer.  
Concordo com você.

É que dentro do contexto da reencarnação, esse "lance cultural" faz as pessoas ficarem presas à "roda da reencarnação": o estuprador de hoje, pode ser o abusado de amanhã.

Comecemos como o nosso próprio exemplo. Numa reportagem sobre abuso infantil, vi pais dizerem que tinham o direito de ter relações sexuais com a própria filha, uma vez que ele a tinha criado e "lhe dera a vida".

Eu só não quero me converter num juiz a julgar esse tipo de coisa. Sabemos que dois amantes em uma vida podem se reencarnar como pai e filha ou mãe e filho.

Só uma coisa: por que o abuso das mães e irmãs maiores em relação aos meninos pequenos náo é considerado estupro??
Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: Aldebaran em 30 de Outubro de 2009, 04:07
Citar
Dá-me nojo imaginar um homem feito tendo relações com crianças que têm a idade de ser sua filha.

E uma mulher feita tendo relações com crianças que têm a idade de ser seu filho? te dá nojo também?  ;)

Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: Suh Orzzi em 30 de Outubro de 2009, 04:39
É nojento um adulto ter relação sexual com crianças, imaturas e despreparadas para tal... Aliás, é nojento qualquer pessoa impor relação sexual a outra pessoa, isso nada mais é do que ESTUPRO!!!

Se o casal for adulto, e um deles tem idade para ser pai ou mãe do outro, não vejo problemas, pois adultos, em sua maioria, sabem o que querem...

E, me desculpe a sinceridade, mas ouvimos falar muito em homens cometendo pedofilia, por outro lado, quase nunca em mulheres (Eu, pelo menos, nunca ouvi falar...). Acho que qualquer tipo de violência está mais associado à homens do que à mulheres, é só verificarmos a quantidade de cadeias masculinas e femininas que existem... Porém, em alguns países a lei permite que o homem seja violento e abuse de crianças, que deveriam estar brincando e sendo felizes!!! Crianças são anjos!!!

Se, nesses países, as mulheres sofrem, imagina uma menina, que é vista como uma mulher pequena...

Também discordo da opinião do colega, que diz que as mulheres saem para procurar sua independência. A maioria das mulheres, hoje em dia, tem jornada tripla: Tem que dar conta do emprego, do serviço doméstico e do cuidado com os filhos. a maioria dos homens só cuida do emprego, e não ajudam em nada (ou pouco ajudam) com o restante... Isso quando ele não a abandona com os filhos, e nunca mais dá nenhum tipo de assistência.
Antigamente, a mulher separada, abandonada ou viúva passava necessidades de todos os tipos, ela foi obrigada, pela irresponsabilidade do homem, a encontrar seu lugar no mercado de trabalho.
A mulher já aguentou muito tipo de humilhação por depender financeiramente do homem.

Não concordarei jamais com qualquer tipo de prática que traga sofrimento a outra pessoa, principalmente à crianças...

O casamento infantil tinha que ser banido de qualquer tipo de cultura!!!!!

Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: Aldebaran em 30 de Outubro de 2009, 04:52
Tá bom, assim seja.
Isso aqui tá virando um tópico de feminismo.

Acho que acusar o homem de violência é uma forma de mascarar a "violência" da mulher, que  violenta de formas mais sutis, pela intriga, pelos sentimentos.  
Os Espíritos até dizem que, um dos motivos pelos quais há mais mulheres no mundo do que homem  é que, reencarnar como homem, é de certa forma uma prova, já que o homem, historicamente tem o domínio na sociedade.
Mas hoje isso está mudando muito. Basta ver o número de divórcios, as crianças que crescem desamparadas dentro família.
Se a mullher quer ser louvada, mas "esquece os sagrados deveres do lar", como diz Emmanuel, então alguma  coisa está errada. Não acredito nesse tipo de conciliação que você diz.
Aqui no Brasil, a única coisa que dá cadeia é não pagar pensão alimentícia.
não adianta que eu não vou ficar passando a mão na cabeça do movimento feminista. A mulher banalizou o sexo, também tem culpa se crianças são abusadas e violentadas, porque ela mesma não dá o exemplo dentro do lar.

Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: Aldebaran em 30 de Outubro de 2009, 05:06
Citar
Suh Orzzi: E, me desculpe a sinceridade, mas ouvimos falar muito em homens cometendo pedofilia, por outro lado, quase nunca em mulheres (Eu, pelo menos, nunca ouvi falar...).

Elementar minha cara.. O falo (pênis) é uma representação simbólica nas sociedades onde o domínio masculino se faz onipresente. Nesse sentido, o falo, é criador, mas é causador de desgraças também. Repare que, quando a mulher engravida, a "causa primária" da gravidez é o sêmen que foi ejaculado pelo falo, logo, a culpa recai sobre o falo. O que equivale a dizer, que a nossa sociedade é falocêntrica.
O falo tem poder de destruição: até há pouco tempo (porque hoje boa parte das mulheres perdeu a vergonha), o coito, era tido como um triunfo masculino, não só pelo fato de que os homens tem uma facilidade maior para atingir o orgasmo, mas porque, a própria condição do falo - órgão genital saliente e de grande dimensão se comparado ao clitóris - enseja o ritual e a sensação de triunfo no coito, por parte do homem. É por essa razão que os abusos que se fazem com crianças a partir do falo, são notados, e os que são feitos a partir da vulva passam incólumes... 


abçs



Renato


 
Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: Suh Orzzi em 30 de Outubro de 2009, 05:14
Concordo com o fato da mulher não se dar o mínimo valor, e usar o corpo para certas "conquistas". Mas, isso não é culpa só dela!
A mulher confundiu muito o conceito de liberdade, e usou essa liberdade para fazer coisas que as desvalorizam.
Conheço muitas meninas que pensam que, mostrando o corpo, conquistarão os homens. Elas não imaginam o que eles pensam a respeito delas... Elas conseguem sim, "ficar", mas nenhum quer compromisso, eles querem se comprometer com as "certinhas"...

Digo que a culpa não é só delas, e explico: Vejo meninas na rua, de 10, 12 anos, usando roupas curtas por causa do calor, e os homens passam, chamando-as de vários nomes. A menina pensa que está sendo elogiada. Eu mesma nunca tive coragem de ser vulgar, mas pensava que só teria um namorado se fosse...

Depois que elas perdem a inocência, já é outra história.... Por isso, penso que a responsabilidade por acontecer abusos à crianças seja de ambos. Mas ninguém deve culpar uma mulher por sair para trabalhar.
Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: Suh Orzzi em 30 de Outubro de 2009, 05:16
Está escrito em português, estou certa????
Então, entendi sim...
Eu falo português!!!
Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: Marifer em 30 de Outubro de 2009, 05:37
Fico super chateada por ver irmãos espíritas discutindo um assunto tão sério com zombarias....
Bem, se há 2.000 anos aproximadamente era "normal" pessoas de idades tão distantes se unirem em matrimônio, hoje em dia imagino que as mentes inteligentes desse planeta já deveriam ter se conscientizado do absurdo da situação. Pelo meu olhar espírita, imagino que se fizemos algo contra um irmão em vidas passadas, ou mesmo nessa vida, temos dois caminhos o da dor ou do amor, então se eu estiver aprendendo, fazendo minha parte, creio que não preciso passar pela dor e sim pelo aprendizado. O amigo disse que essas culturas encontram-se em uma roda das reencarnações, concordo com isso, porém...como tudo nesse planeta escola é necessário sim, que pessoas enfrentem situações absurdas como essa para quebrar essa roda. Caso contrário, viveríamos ainda na época escravista...
O amigo ainda satirizou o fato de mulheres adultas "abusarem" de garotos, e eu simplesmente acho um absurdo o senhor menosprezar o tópico dessa irmã que o colocou aqui...
Também acho um absurdo uma pessoa fechar os olhos e praticamente concordar com esse tipo de prática usando como desculpa a cultura desse povo. Também não estou aqui para julgar ninguém, mas existem fatos que precisamos mudar sim.
E quanto ao fato do nosso planeta escola estar próximo ou não de se tornar um planeta mais  evoluído, quem somos nós para saber?
Não responderei mais a esse tópico, entretanto fica aqui minha indignação, e vou enviar esses vídeos a todos os meus contatos.
Fiquem na paz.
Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: Aldebaran em 30 de Outubro de 2009, 06:21
Bom, assisti o segundo vídeo.
É realmente ridículo ver aqueles homens altos e fortes conduzindo suas "noivas", que aparentam  ser suas filhas.
Que conclusão se pode tirar disso?
Que são um povo ignorante, uma espécie de Espíritos atrasados reencarnados na Terra. É realmente chocante. 
Mas está em público, para todos ver, o que é sinal, que, culturalmente aquela sociedade aceitou isso de alguma forma. Ou lhes foi imposta tal coisa.
É uma forma primitiva de concepção de relacionamentos sociais.
De acordo com os estudos  dos antropólogos, a maioria das sociedades primitivas (indígenas) faz sexo com crianças (incluindo um adulto fazer sexo com um menino de 7 ou 8 anos). Eles fazem isso, e acham normal. Porque quando nasceram, também fizeram isso com eles. Agora, jamais um antropólogo que se preze sairá na mídia dizendo que essa sociedade está "cometendo um crime".
Se as crianças não fossem tão novas (pois parecem que tem 9 ou 10 anos de idade), se tivessem 13 ou 14 anos, diria que pelo menos elas estão casadas.
Aonde está a moral da nossa sociedade para julgar?? ---> cônjuges que se casam e após alguns poucos anos de casamento se separam e deixam sofrimento e abandono aos filhos??
Quem somos nós para julgar? nós que nos permitimos ter vários parceiros, e que deixamos nossos filhos nas creches ou nas ruas para dizer que estamos saindo para trabalhar e que tudo isso é para "deixar alguma coisa para vocês quando nós morrermos"??
É fácil apontar para os "erros" de uma sociedade quando se está fora dela. O que diriam estes povos se vissem nossas mulheres andando semi-nuas nas ruas (e eu não to falando de prostituição não)???


Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: MAROCHA em 30 de Outubro de 2009, 08:52
Concordo com as amigas , acho a pedofilia  indesculpável, asquerosa.

A mulher é muito menos agressiva que o homem,

isso é público e notório. Como lembrou a amiga acima,

vide as cadeias!

E sou homem ! Mas tenho filhos de ambos os sexos.

As fotos nos deixam constrangidos.

(http://www.midiasemmascara.org/images/stories/artigos/hamaspedofilia1.jpg)

(http://www.midiasemmascara.org/images/stories/artigos/hamaspedofilia2.jpg)

As mortes por violência acontecem mais no

sexo masculino , por razões óbvias.

Se a cultura indígena pratica a pedolfilia precisamos também denunciar.

Que diachos de antropólogos são esses que em nome da "cultura"

permite tais "assassinatos" psíquicos?

Essa história de "ser cultural' precisa ser revista.

Há pouco mais de 1 século era "cultural" escravizar um negro ,

surrar-lhe e até matá-lo ,  se fosse conveniente.

Tudo era praticado com o aval das "autoridades" constituídas.


Mas hoje não mais!


Os europeus no século XV ahavam que o índio não tinha alma.

O negro nem se fala!

As culturas precisam ser revistas, pois o mundo evolui.

Acreditar que estejam "resgatando" dívidas explica ,

mas não justifica que fiquemos de braços cruzados

diante de práticas primitivas.

A denúncia esta feita e cabe a cada um de nós se calar

ou lutar contra tal "cultura".

Um abraço ,

Marocha
Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: Aldebaran em 30 de Outubro de 2009, 09:10
As fotos são ridículas sim. Dá vontade de dar uns tapões nesses  homens sem-vergonha.
Citar
Se a cultura indígena pratica a pedolfilia precisamos também denunciar.
Que diachos de antropólogos são esses que em nome da "cultura"
permite tais "assassinatos" psíquicos?
Quanto a isto aí acima, já não  tem nada a ver. Na verdade, quando falamos desses orientais, estamos falando de uma mesma cultura. (eu cometi um engano a dizer que a sociedade deles é diferente da nossa.
Quanto aos índios você precisa entender o seguinte: a concepção de sexo deles é completamente diferente da nossa. O que eu quero dizer com isso (eu sou antropólogo), é que, se eles fazem sexo com crianças, isto não irá gerar conseqüências psicológicas para a criança quando ela for adulta, porque é outra concepção. Eles fazem isso na frente de toda a tribo.
As fotos chocaram mesmo. É ridículo demais. O texto fala de meninas de 10 anos, essas que aparecem nas fotos têm 6 ou 7 anos de idade...  

Renato

Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: MAROCHA em 30 de Outubro de 2009, 10:36
Respeito sua postura de antropólogo, amigo Renato.

Sei que este assunto é polêmico , mas , como médico ,

posso lhe afirmar que danos psicológicos e estruturais

na anatomia pré-púbere são inquestionáveis,

seja em que cultura for.

Um abraço ,

Marocha
Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Novembro de 2009, 08:43
Amigos
Como profissional da área de saúde, e lidando com crianças desde sempre, já ouvi os mais cruéis relatos. Sempre me mobilizei e me mobilizarei pró criança, enquanto puder.

Marocha, faço minhas suas palavras.

Renato, a eugenia entre os índios também me choca. O sacrifício de crianças deficientes é cruel. Não há cultura que justifique, embora explique, tais atos.

http://www.youtube.com/watch?v=Y3YUO98f000 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVkzWVVPOThmMDAw)

Mas, infelizmente, não só as crianças do Hamas, as indígenas e as demais do mundo, são tb os animais, ainda sacrificados em nome de uma cultura primitiva que precisa ser revista...


Os sul africanos querem sacrificar uma vaca pra cada estádio da copa do mundo, como uma espécie de ritual religioso para envocar espiritos.

O site está em inglês, mas é facil se orientar, quem quiser pode comentar em um espaço a direita da tela.

http://thewordwright.wordpress.com/2009/10/25/2010-soccer-world-cup-animal-sacrifice-planned/ (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3RoZXdvcmR3cmlnaHQud29yZHByZXNzLmNvbS8yMDA5LzEwLzI1LzIwMTAtc29jY2VyLXdvcmxkLWN1cC1hbmltYWwtc2FjcmlmaWNlLXBsYW5uZWQv)

http://www.all-creatures.org/alert/alert-20091026.html (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5hbGwtY3JlYXR1cmVzLm9yZy9hbGVydC9hbGVydC0yMDA5MTAyNi5odG1s)
Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: 123 em 08 de Outubro de 2010, 21:08
DESCONSIDEREM A MENSAGEM ANTERIOR, FOI ENVIADA SEM QUERER!
HELENA Beatriz, realmente temos que ficar alerta e cobrar, concordo plenamente.
 
Se as crianças não fossem tão novas (pois parecem que tem 9 ou 10 anos de idade), se tivessem 13 ou 14 anos, diria que pelo menos elas estão casadas.
Aonde está a moral da nossa sociedade para julgar?? ---> cônjuges que se casam e após alguns poucos anos de casamento se separam e deixam sofrimento e abandono aos filhos??
Quem somos nós para julgar? nós que nos permitimos ter vários parceiros, e que deixamos nossos filhos nas creches ou nas ruas para dizer que estamos saindo para trabalhar e que tudo isso é para "deixar alguma coisa para vocês quando nós morrermos"??
É fácil apontar para os "erros" de uma sociedade quando se está fora dela. O que diriam estes povos se vissem nossas mulheres andando semi-nuas nas ruas (e eu não to falando de prostituição não)???




Nunca podemos utilizar o divórcio, roupas curtas ou precisarmos trabalhar para justificar a pedofilia!!!
Achei chocante está opinião, mas, da para entender, principalmente se você não tem uma filha ou um filho, antes de ser mãe, esses fatos não prendiam a minha atenção e talvez eu desse a mesma opinião que você, mas tendo convivido com uma criança, que saiu de dentro de mim, fica difícil aceitar a cultura alheia, mesmo porquê, se todos aceitassem e compreendessem tudo, sem questionar ou manifestar repudio a situação, ainda seriamos homens das cavernas, batendo uns nas cabeças dos outros para utilizar, como você mesmo disse, o falo em qualquer orifício, outra coisa que você pode perceber é que a natureza feminina é socialmente e historicamente mais mansa, isso é incontestável, se tivéssemos a mesma liberdade dos homens, talvez fossemos iguais?!? Não, basta olhar a liberdade que temos de dirigir os nossos veículos e a prova incontestável de que os acidentes são causados, na sua maioria, por homens, não é questão de feminismo, é só o óbvio.
Quanto a "deixar nossos filhos nas creches ou nas ruas para dizer que estamos saindo para trabalhar e que tudo isso é para "deixar alguma coisa para vocês quando nós morrermos"??" não é bem assim, muitas pessoas, me incluo no grupo, deixam seus filhos em creches para trabalhar e para que eles tenham o que comer, onde dormir, o que vestir, medicamentos se necessário, etc, não trabalhamos para deixar alguma coisa para os filhos quando morrermos, muitas de nós, me incluo de novo no grupo, deixam o filho (a) na creche com lágrimas nos olhos por não ter outra alternativa para ganhar o pão de cada dia.
Quanto a usar roupas curtas, isso sim é julgar, usa quem quer, quem está usando não faz mal para ninguém, mas enfiar o falo em uma vagina de sete anos é fazer mal a alguém e cabe a nós expurgar esta situação que ainda ocorre no planeta, no mínimo, demonstrando indignação e como espíritas conscientes e corajosos, denunciando caso venhamos a desconfiar de algo em nossa família e em nossa sociedade, vigiando nossas crianças e observando seu comportamento para identificarmos qualquer problema, votando em pessoas que combatem a pedofilia, participando de grupos de pais que se passam por pedófilos na Internet para alertar os pais de crianças que mencionam seus endereços em redes sociais e fazendo tudo, TUDO o que estiver ao nosso alcance para acabar com isso, inclusive demonstrando indignação, demonstrando que não achamos, em nenhuma escala, esse ato aceitável.
Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: Andressa Z. em 28 de Setembro de 2013, 05:39
Esse tópico é antigo, mas infelizmente é um problema vergonhosamente atual. Fiquei em choque com essas imagens. Realmente é incompreensível que a consciência desses irmãos tão inferiores não "grite" em algum momento que estão completamente doentes!!Impossível um ser ficar totalmente indiferente à dor, ao medo, não enxergar que aquela criaturinha é tão humana quanto ele mesmo.
Uma dúvida que gostaria demais que algum irmão mais esclarecido me respondesse é: até quando? Esses pobres espíritos erraram TAnto assim para que esse "acerto" de contas não finde após milhares de anos??São esses espíritos com dívidas enormes à quitar?
Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: Diegas em 28 de Setembro de 2013, 09:41
Citar
O livro Sahih Bukhari (além do Corão, outra das fontes de grupos como o Hamas) em seu quinto capítulo traz que Aisha, uma das esposas de Maomé teria seis anos quando se casou com ele e as primeiras relações íntimas aos nove. O período de espera não teria sido por conta da pouca idade da menina, mas de uma doença que ela tinha na época. Em compensação, Maomé teria sido generoso com a menina: permitiu que ela levasse todos os seus brinquedos e bonecas para sua tenda.

Olá


As principais fontes para o estudo da vida de Maomé:

Alcorão – Embora não seja uma biografia, por meio dos ensinamentos obtemos algumas informações sobre Maomé;

Siras – as várias biografias, sendo que a primeira biografia sobre Maomé foi realizada muitos anos após a sua morte. Também não podemos esquecer que muitos acadêmicos ocidentais divergem sobre a fiabilidade desses documentos;

Hadith - são os relatos daquilo que o profeta disse, fez ou aprovava, e que foram transmitidos através de uma cadeia oral. Ou seja, aquela velha estorinha de quem escuta e retransmite um conto sempre acrescenta ou diminui um ponto. Há, por exemplo, quem afirme que Maomé tenha se casado com Aisha quando a mesma já era adulta.


Então:

Que culpa tem Jesus, Maomé, Buda, ou qualquer ou instrutor espiritual se os seguidores deturpam suas mensagens ou cometem qualquer tipo de violência contra a mulher ?



Abç
Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: Vitor Santos em 28 de Setembro de 2013, 10:14
Olá amigos

Estas evidências de pedofilia e maus tratamentos das mulheres, nos países islâmicos, ou em qualquer país, pois até mesmo naqueles em que isto é proibido sucede, como outras aparências e em outros contextos, mostra-nos quão longe estamos do mundo regenerador que as pessoas apregoam por aí à boa cheia.

Mas se há coisa que me choca muito também são aqueles espíritas que insinuam que as vitimas de pedofilia e de violência doméstica, ou de outro tipo de crimes, são merecedoras de tal situação. Os criminosos deixariam de ser apenas criminosos, para serem também  carrascos de aplicação das penas que Deus, ou as leis de Deus, impunham. Sim, porque não é de imaginar bons espiritos a inspirar criminosos para fazer mal ás outras pessoas. Nem bons espiritos encarnados cometem este tipo de crime.

E essas penas anteriores estão logo entre esses crimes horríveis, que colocam o homem ao nível de um animal brutal, que primeiro seria aproveitado por Deus como carrasco, e depois condenado por ter sido carrasco. Alguns espíritas até dizem que são as próprias vitimas que, consciente ou inconscientemente acabam por atrair os criminosos.

Esses espíritas que nos dizem estas coisas descrevem-nos o "diabo", e depois chamam-lhe Deus. E não fomentam a procura da luz, mas querem mostrar-nos Deus numa escuridão horrível. A Luz não se pode encontrar onde só há na escuridão.


A quem pensa assim, eu desafio a imaginar que a vitima de pedofilia é um filho seu. Que a mulher violada é a sua mulher. E depois desse exercício de imaginação pensar, então, que os filhos crianças, ou as mulheres violadas (algumas até idosas, completamente indefesas), são merecedoras de tal sorte. E, depois disso, eu desafio-os a pensar que tudo o que aconteceu aos seus é uma acção deliberada e directa de um Deus bom.

Até o simples pensamento de que Deus abandona as suas criaturas a tal sorte, sem intervir, nos choca, nos faz duvidar da bondade divina em acção, aqui na Terra, para além  das boas acções das boas pessoas. Que seria, então, se pensássemos que era um plano orquestrado para promover uma vingança. Quantos espíritas não entendem a lei causa-efeito como um sistema de vingança das vitimas, ou uma vingança de Deus, ou das leis de Deus, pelo que foi feito ás vitimas?

Uma pessoa submetida à pedofilia e/ou violentas violações, se sobreviver, vai ser, provavelmente, uma pessoa traumatizada, com uma saúde mental debilitada. E não uma pessoa redimida do mal que fez a outrem, noutras encarnações. Os pais dessa criança vão ter vontade de matar o agressor, se a policia não fizer o seu papel, pois é insuportável pensar que aquele horror se pode repetir, com o algoz solto. Pode gerar-se um ciclo de violência e ódio interminável, que vai para além da morte do corpo. Isto não pode ser uma boa obra, venha ela de quem vier, devido a causas anteriores ou não. E justiça implica boas acções correctivas e não crimes e vinganças correctivas. 

Não há dúvida que Deus permite que nós convivamos com estas situações, deixando-nos entregues uns aos outros, neste purgatório que é a Terra. Mas a permissão de Deus pressupõe que o mal a que hoje somos submetidos, não por uma lei de Talião, por uma predestinação horrível, mas pela dureza da vida na Terra, nos possa ser útil, no futuro, após o desencarne. Todavia, a redenção reside em fazer bem que compense o mal que fizemos, mas nunca sofrer um mal para vingar um mal que fizemos. No fim de contas, a encarnação é apenas um pesadelo do qual vamos acordar. 

A única resposta que encontro, compatível com a bondade de Deus, é que o nosso nível de obsessão psicológica, enquanto espiritos, é tão grande e tão difícil de curar, que só mesmo pela força e dureza de "hospitais psiquiátricos espirituais", como a Terra nos conseguimos livrar. Abandonar a estagnação e progredir. Se não fossemos submetidos ao tratamento de choque, que é a vida em mundos como a Terra, permaneceríamos estagnados para sempre na infelicidade. A infelicidade eterna seria o inferno, e o inferno não existe, pois a lei do progresso obrigatório impõe-se. A "tortura" pode chegar a um ponto tão grande que temos de aceitar abandonar a estagnação.       

bem hajam
Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: Andressa Z. em 28 de Setembro de 2013, 22:53

A única resposta que encontro, compatível com a bondade de Deus, é que o nosso nível de obsessão psicológica, enquanto espiritos, é tão grande e tão difícil de curar, que só mesmo pela força e dureza de "hospitais psiquiátricos espirituais", como a Terra nos conseguimos livrar. Abandonar a estagnação e progredir. Se não fossemos submetidos ao tratamento de choque, que é a vida em mundos como a Terra, permaneceríamos estagnados para sempre na infelicidade. A infelicidade eterna seria o inferno, e o inferno não existe, pois a lei do progresso obrigatório impõe-se. A "tortura" pode chegar a um ponto tão grande que temos de aceitar abandonar a estagnação.       


Vitor, concordo que deve ser uma das explicações mais viáveis essa que você mencionou.
Penso o quanto ainda somos selvagens e atrasados quando vejo isso...há quantos anos acontece uma barbaridade dessas e não vejo evoluções nos modos de pensar!
Diegas, realmente é um absurdo colocar a "culpa" em instrutores espirituais...com um pouco de razão e bom senso daria para separar o joio do trigo.
Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 29 de Setembro de 2013, 03:02
"Até o simples pensamento de que Deus abandona as suas criaturas a tal sorte, sem intervir, nos choca, nos faz duvidar da bondade divina em ação, aqui na Terra, para além  das boas ações das boas pessoas. Que seria, então, se pensássemos que era um plano orquestrado para promover uma vingança. Quantos espíritas não entendem a lei causa-efeito como um sistema de vingança das vitimas, ou uma vingança de Deus, ou das leis de Deus, pelo que foi feito ás vitimas?"
Muito interessante seu post meu caro Vitor.
Extraio esse pedaço para dizer que concordo com o amigo quando afirma que nós mesmos, os espíritas, precisamos melhor compreender essa lei de causa e efeito que tanto ensinamos.
Os desvios morais estão na natureza equivocada do ser humano quanto a sua realidade espiritual de filhos de Deus, criados pelo amor e para o amor.
Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: Andressa Z. em 29 de Setembro de 2013, 03:43
Vitor e Gustavo, realmente devo muito, nessa situação não compreendo como funciona a lei da causa e efeito..não consigo pensar uma explicação racional. :'(
Só sabemos que Deus é perfeito, talvez algum dia entenderemos o pq disso
Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: Gustavo Rettenmaier em 29 de Setembro de 2013, 22:45
Minha cara Andressa, entendo a lei de causa e efeito de uma forma bem simples, através de uma única palavra: responsabilidade.
Estamos aqui nesse planeta para aprender a vivermos como irmãos que somos, exercitando o amor incondicional que o Cristo ensinou.
Como somos espíritos ainda muito mais próximos da animalidade do que da angelitude, temos muita dificuldade em escapar das armadilhas do egoísmo e do orgulho.
Assim sendo, vamos errando e, prejudicando nossos irmãos.
Enquanto não conseguirmos amar incondicionalmente, e pela pratica desse amor resgatar nossos débitos do passado, seremos chamados a responsabilidade pelos nossos atos, sofrendo, com maior ou menor intensidade, aquele flagelo que impusemos aos nossos semelhantes.
Somos responsáveis pelos nossos atos.
Enquanto uns resgatam, outros assumem dividas.
Não nos esqueçamos das palavras sabias do Mestre Nazareno: os escândalos são necessários, mas ai de quem os cometer.
Título: Re: A Pedofilia do Hamas (Um escândalo em pleno sec XXI!!!)
Enviado por: Andressa Z. em 29 de Setembro de 2013, 23:09
Minha cara Andressa, entendo a lei de causa e efeito de uma forma bem simples, através de uma única palavra: responsabilidade.
Estamos aqui nesse planeta para aprender a vivermos como irmãos que somos, exercitando o amor incondicional que o Cristo ensinou.
Como somos espíritos ainda muito mais próximos da animalidade do que da angelitude, temos muita dificuldade em escapar das armadilhas do egoísmo e do orgulho.
Assim sendo, vamos errando e, prejudicando nossos irmãos.
Enquanto não conseguirmos amar incondicionalmente, e pela pratica desse amor resgatar nossos débitos do passado, seremos chamados a responsabilidade pelos nossos atos, sofrendo, com maior ou menor intensidade, aquele flagelo que impusemos aos nossos semelhantes.
Somos responsáveis pelos nossos atos.
Enquanto uns resgatam, outros assumem dividas.
Não nos esqueçamos das palavras sabias do Mestre Nazareno: os escândalos são necessários, mas ai de quem os cometer.

Muito obrigada pelos esclarecimentos Gustavo...li diversas vezes tua explicação e estou começando a compreender