Forum Espirita

GERAL => Psicologia & Espiritismo => Tópico iniciado por: JPaiva em 15 de Maio de 2012, 13:58

Título: depressão
Enviado por: JPaiva em 15 de Maio de 2012, 13:58
sinto me desmotivado, sem querer me vestir ou me levantar da cama... tudo me custa a fazer e parece que me doi o corpo todo... estou sempre a pensar em coisas negativas, em doenças em momentos da minha vida que não correram muito bem... fui ao médico e disse me que tinha depressão e receitou-me cipralex... mas ainda não sinto melhorias... alguém já passou por isso?
Título: Re: depressão
Enviado por: Si em 15 de Maio de 2012, 15:49
Olá,

Para onde se transfira , seguiremos o nosso destino, aquele que programamos através das reencarnações passadas.
O que aqui não consigamos , adiante, passado  o entusiasmo da novidade, não possuiremos.
Deus te ama em todo e qualquer lugar e sabe o que é melhor para ti.
A vida possui uma dinâmica natural, um ritmo que se deve aplicar nas nossas aspirações, acontecimentos e programas.   
Concede-te  o tempo de semear , germinar, crescer, enflorescer  e dar frutos.
Não tenha pressa injustificável....A aquisição do conhecimento é tranquila, a plenitude do amor é lenta.
As alternativas do mundo são todas transitórias, as concessões do Cristo são permanentes....

Disciplinar a vontade....., exercitar a paciência é um meio eficaz de vencermos cada dia as tendências inferiores que nos rondam.
Harmoniza tua mente procurando neste momento companhia de pessoas moralmente sadias e sábias e persevera no bem, aí verás que NADA te poderá usurpar..

Não lutes contra os pensamentos. Conquista-os com paciência.
Invade o desconhecido país da tua mente, a princípio reflexionando sem censurar, nem julgar, qual observador equilibrado diante de acontecimentos que não pode evitar.
Respira calmamente, sentindo o ar que te abençoa a vida.
Escolhe um lugar asseado, agradável, se possível já seja  habitual, enriquecendo-lhe o ambiente com a qualidade superior dos teus anseios.

"Gandhi jejuava em paz, por vários dias sem sofrer distúrbios mentais.

E o nosso Mestre Jesus, durante os quarenta dias de jejum, manteve-se em ligação com o Pai, prenunciando o testemunho no Getsêmani, quando entregue , em oração profunda, deixou-se arrastar pelas mãos da injustiça para o grande testemunho que viera oferecer à Humanidade."


Muita Paz
Título: Re: depressão
Enviado por: jsoranz em 15 de Maio de 2012, 18:22
Ola!
Voce frequenta algum centro espirita? se sim, recomendo voce passar por um procedimento de desobsessão.
Apos esse procedimento, voce precisa pensar numa coisa que queira muito na vida... e correr atraz para alcançar....
Título: Re: depressão
Enviado por: Mourarego em 15 de Maio de 2012, 19:16
faz assim não mano jsoranz.
Não podemos estabelecer parâmetros para diagnosticar obsessão em quem nem mesmo conheçamos.
Pior ainda, se a outra parte deposita crédito no que dissemos sobre obsessão, muita vez entrará em panico.
Quer dizer, ao invés de se ajudar, se piora a situação.
Para completar e exemplificar, veja você que segundo as repostas haverá mais obsedados do que sãos hehehe.
Meu mano, a grande questão que a fé que ainda detemos é menor do que o grão de mostarda de que Jesus falou.
Assim, em momentos de grande ânsia, preocupação ou de provação, saímos do trilho, ou seja, ficamos a dar voltas como perus bêbados.
Sei que é f´[acil falar quando não se está em problema mas então vejamos:
Resumo da minha ópera: Tenho tres netinhas que me são escondidas de conhedcer e uma delas se queimando gravemente, necessita de umas luvas especiais para os casos graves de queimadura.
eu vivo preso em casa e por esta razão com autônomo no ramo da advocacia pouco ganho não podendo ajudar.
Veja, a coisa se alastra sobre minha família e não só sobre eu, mas mesmo assim não esmoreço.
Peço a quem tenho como amigos a ajuda que me possam dar, e sei que serei atendido.
Para cada caso há uma resposta se bem procurarmos a causa.
Se não consigamos encontrar esta causa, ainda assim nada está perdido, pois um dos ensinos da dourina que deveria nos sustentar nessas horas diz: "Deus não dá as provas mais fáceis áqueles em quem confia".
Ora, só esta pequena frase já nos refrigera a alma sofrida. e nos é instrumento de fé em Deus e em nós mesmos.
Abraços,
Moura
Título: Re: depressão
Enviado por: N em 15 de Maio de 2012, 19:38
meu irmão JPaiva, eu também já passei por isso e sei muito bem como é estar com depressão; como já foi dito acima pelo jsoranz, se vc frequenta um centro espírita, seria de bom alvitre vc passar por um tratamento com água fluida e passes, e, ainda, se possível em um trabalho desobssessivo, porém, o tratamento médico é muito importante. Se as vezes o remédio não deu certo, fale com o psiquiatra para ver um outro remédio com uma outra fórmula, pois depende muito do organismo da pessoa. Um conselho que eu lhe dou é que faça o Evangelho Cristão no Lar, e faça suas orações com muita fé, confiança, deixando de lado os problemas negativos que só aumentam o estado depressivo. Tenha certeza que você ficará curado, e, se posteriormente vier uma queda, você saberá como sair dela. Vá em frente e que Deus nosso Pai Celestial de Amor o abençoará
Título: Re: depressão
Enviado por: Mourarego em 15 de Maio de 2012, 19:55
Gente,
de bom alvitre, é não continuarmos a diagnosticar e nem receitar, nenhum dos que o fazem ou para mais, nenhum de nós tem condição para ta, por favor, não inventem...
Abraços,
Moura
Título: Re: depressão
Enviado por: Johanne83 em 15 de Maio de 2012, 20:53
sinto me desmotivado, sem querer me vestir ou me levantar da cama... tudo me custa a fazer e parece que me doi o corpo todo... estou sempre a pensar em coisas negativas, em doenças em momentos da minha vida que não correram muito bem... fui ao médico e disse me que tinha depressão e receitou-me cipralex... mas ainda não sinto melhorias... alguém já passou por isso?

Sim, eu já passei por isso. Ultimamente tenho pensado também, pensamentos negativos muito maus! Sem vontade de viver. Mas creio que seja passageiro. O trabalho tem-me ajudado muito, mas falta-me algo algo que me complete e que ainda falta. Por isso talvez tenho andado assim. Mas leia os salmos vai ajudar muito.
Eu não fui ao médico porque creio no Deus que cura e nos reforça as forças todos os dias! Peça a Ele ao grande mestre que lhe dê forças e palavras de incentivo! Diga sempre que acorda: Eu vou levantar-me por ti Mestre. Vai ver que ajuda.
Título: Re: depressão
Enviado por: Elainestrela em 15 de Maio de 2012, 21:50
Meu irmão JPaiva, também já passei por isso. Você não está sozinho e acredite você sairá desta situação. No início parece que nada muda, pois o medicamento leva um tempo para fazer efeito, é preciso continuar a insistir com o medicamento, pois com essa persistência no medicamento você verá que conseguirá sair da cama e dar um pequeno novo passo em direção a luz. No início eu também não tinha vontade de fazer nada, nem de tomar banho, mas depois fui melhorando, o medicamento me ajudou bastante e logo depois do medicamento fui buscar ajuda numa casa espírita. Eu já era adepta da doutrina, mas não frequentava com assiduidade. Então passei a fazer a Fluidoterapia. Tratamento de passes com água fluída. Fui aos poucos me sentindo melhor e veja, mesmo sem vontade eu ia. E assim deve ser! Quando estiver com vontade vá e quando não estiver com vontade vá também! Tenho mais duas amigas (em regiões diferentes) que estão passando pela mesma situação. As duas são espíritas praticantes da doutrina de Allan Kardec e recomendei que busquem o mais breve o centro de seriedade de suas cidades. Irmão amigo, vá em frente, acredite que tudo ficará bem, TUDO PASSA. Se passa para tanta gente vai passar para você também. Você fez muito bem em escrever e dividir sua dor. Estamos aqui para lhe escutar. Só quem passou por isso sabe a dor que é, mas acredite, essa dor passa. Fique bem, fique em paz. Busque sempre a luz. Luz para você meu irmão. Um fraterno abraço!
Título: Re: depressão
Enviado por: demis em 15 de Maio de 2012, 22:04
 No meu entendimento a depressão é quase sempre por culpa de terceiros. Nós somos rejeitados,não temos amigos logo caimos num estado depressivo.
 Por isso digo que em minha opinião a culpa é dos outros! Espero que Deus dê em dobro o mal que esses fazem à gente nos rejeitando.

 Demis
Título: Re: depressão
Enviado por: Bianca Perucia em 15 de Maio de 2012, 22:32
Demis,

Não se deseja mal a ninguém!...
Título: Re: depressão
Enviado por: Norizonte da Rosa em 15 de Maio de 2012, 22:55
Amigo, acredito que sua pergunta não deveria ser se alguém já passou por isso, mas quantos não passaram por isso. Não posso falar pelos outros, mas o que mais vejo nestes tempos é gente com depressão: gente com dinheiro, sem dinheiro, com saúde ou sem, com beleza física ou sem,..

Seria hipocrisia aconselhá-lo a fazer o que eu mesmo não faço quando passo por essas crises (procurar um médico, ir a um centro espírita), o que posso dizer, até por experiência própria é que quanto mais se pensa em coisa ruim, mais para baixo se fica; outra questão é que nem todo o mal dura para sempre, hoje se está numa pior, amanhã se está muito melhor. Sei, por experiência, que não é fácil e que parece fácil falar, mas se posso te passar uma dica é essa, pense que amanhã a coisa pode melhorar, mas comece mudando o que você pensa.

Abraço!
Título: Re: depressão
Enviado por: cezar21 em 16 de Maio de 2012, 20:55
Prezado

Se voce tem diagnóstico de depressão, saiba que este é um dos maiores problemas da atualidade e que tem acometido , ao longo da história muitas pessoas. Diversas são as alternativas, não nos cabe aqui te analisar e emitir conselhos, até porque talvez este não seja o locus mais adequado. Uma altenativa que tenho observado na prática e na vida de muitas pessoas que conheço é a busca de grupos de mutua ajuda, que podem ser contactados pessoalmente ou pela internet em reunioes on line. Sugiro entao que visite estes grupos, veja se tem algum em sua cidade. Lá trocarão experiencias e vivencias e isto realmente pode ajudar. Geralmente são grupos que tem por base de estudo o programa de 12 passos dos AA. Existem grupos de emocionais anonimos, neuroticos anonimos, entre outros e a experiencia tem mostrado que funcionam para a grande maioria das pessoas que seguem a sua programação.
abraços
Cezar
Título: Re: depressão
Enviado por: Mag Iarossi em 09 de Julho de 2012, 00:35
Como muitos também passo por "momentos depressivos" prefiro chamar assim, uma vez que não me sinto deprimida o tempo todo, procuro me fortalecer na D.E., com os passes e tudo o mais que a Doutrina pode me oferecer.  Me sinto como se faltasse algo na minha vida, como se dentro de mim houvesse um buraco que necessita ser preenchido, não sei o que é, mas acredito que vou descobrir. Muitas vezes tenho a impressão de quanto mais penso pior fico, um dia me disseram que as pessoas inteligentes são as mais infelizes, afinal procuramos explicação para tudo.  Precisamos nesses momentos preencher nossa mente com coisas positivas. Abraços fraternos.
Título: Re: depressão
Enviado por: Bianca Perucia em 09 de Julho de 2012, 01:01
Me sinto como se faltasse algo na minha vida, como se dentro de mim houvesse um buraco que necessita ser preenchido, não sei o que é, mas acredito que vou descobrir. Muitas vezes tenho a impressão de quanto mais penso pior fico, um dia me disseram que as pessoas inteligentes são as mais infelizes, afinal procuramos explicação para tudo. 

Eu acredito que isso acontece quando estamos fora da nossa "rota", quando não estamos no caminho certo, quando ainda não estamos a cumprir aquilo que "prometemos" vir cá fazer. Não é preciso ser-se muito inteligente para ter esse tipo de sentimento...mas não pensar ajuda. Neste momento tenho um problema em mãos, não tenho solução à vista, sei que sou capaz de enfrentar determinado desafio, no entanto, para chegar a isso teria de passar por uma fase intermédia, transitória, impossível de alcançar agora por fatores que me são alheios. Já me desesperei por isso. Desisti de me desesperar, tento não pensar em nada, entreguei para Deus e estou à espera que Ele resolva...simples ;)
Título: Re: depressão
Enviado por: Albigense em 09 de Julho de 2012, 01:15
Olá meus amigos

Independentemente do que por aqui já foi aconselhado, gostaria de chamar a atenção para alguns pontos.

A depressão caracteriza-se pela desmotivação, perca de auto estima, falta de amor próprio, falta de auto confiança.

Nunca aconselharia um tratamento com psiquiatra mas sim com um psicólogo.

Tudo está em nós. A alma que somos é a causa de todos os seus problemas.
Esta condição poderá estar associada a problemas de vivências passadas, a maior parte das vezes, ou já da actual.

O primeiro passo é o conhece-te a ti próprio, procurar entender o que somos, como somos e porque somos.
O segundo passo é procurar entender donde viemos, porque aqui estamos, para onde vamos.
O terceiro passo será procurar entender porque sofremos.

Para tudo isto a doutrina espirita tem respostas. Procurem-nas.

Nunca esqueçam que ninguém cura ninguém. O ser se cura a si mesmo.

Mas acima de tudo tende sempre presente que sois filhos de Deus. Não sois uma coisa qualquer.

Quanto a possível envolvimento espiritual, pela experiência que tenho, é quase certo e sabido que sim, é mais que provável. Mas esse envolvimento, por norma, resulta da atração provocada pela pessoa em depressão, pois o seu estado é de tal forma negativo que quebra sua condição energética, abrindo campo a esse envolvimento.
Transformai vosso estado vibratório reagindo e contrariando vossas tendências que vosso estado vibratório se eleverá e esse envolvimento se resolverá por si.

Um abraço

Al     
Título: Re: depressão
Enviado por: zarthur em 09 de Julho de 2012, 11:42
Caros amigos, e companheirão Paiva;
Vivenciei o problema da Depressão por quatro anos. Neste tempo li tudo o que existia de relevante sobre o assunto, autores nacionais e estrangeiros; literatura técnica ou auto ajuda através de casos; enfim, junto à minha própria experiência tentei me informar para tomar uma decisão: já não suportava viver.
O pior pensamento que pode nos ocorrer é que, contrariamente a tudo o que lemos e sabemos da experiencia dos outros, a nossa enfermidade não tenha fim; que conosco vai ser diferente.
Pode acreditar, ela vai passar; mas não sem antes deixar a sua mensagem.
Isto! Ela sempre quer nos ensinar algo.
Dizem que ela acomete a qualquer um; isto não é verdade... ela tem endereço certo.
Embora nem todos tirem o proveito possível desta enfermidade, e ela acaba desistindo e se afastando, não permita que isto aconteça com você.

Deixe-me dizer, em resumo, o que aprendi.

O tratamento médico é importante, sim, pois faz parte do processo de dor e expiação, principalmente porque costuma-se perder a confiança nas drogas e então nos sentimos desamparados... persista, até uma aspirina no devido tempo pode trazer a cura. Então, não abandone o tratamento, mas também não fique a procura da última novidade, como se uma droga fosse resolver, ela apenas ajuda e assim mesmo, depois de tempo considerável.

Procure descobrir o que tem voce feito de errado com sua vida, e com o semelhante.  Familiares, amigos, e aqueles que cruzam seu caminho. Na maioria das vezes, são as atitudes, aos nossos olhos, de pouca importância, que precisam ser atacadas e modificadas.
Anote em um caderno tudo o que vc possa estar fazendo de errado aos seus, e como proceder de agora em diante. Leve isto tão a sério como se disto dependesse a sua cura.
Tão importante quanto este primeiro passo será a psicoterapia.
No meu caso, como espírita fervoroso, adotei a leitura de Emmanuel, como meu suporte psicoterápico.
Lia cada lição, vagarosamente, e meditando em cada palavra.
A partir de então senti uma força interior que me possibilitou encarar a doença de frente, com otimismo, e aguardar que ela realizasse o trabalho de meu aprimoramento, que lhe competia.

Todas as nossas preces sinceras são ouvidas por Deus, mas a evolução do ser acontece justamente no intervalo que decorre entre a rogativa e o atendimento divino.
Pense profundamente nisto.
Grande e fraternal abraço.

Título: Re: depressão
Enviado por: Mourarego em 09 de Julho de 2012, 15:59
Vi, há dois dias pela TV uma das maiores autoridades a respeito desta doença,
Ele afirmava que a depressão    é um descompasso neuro-cerebral, doença que pode se agravar.
O que sugere dizer, nada de espiritual.
Abraços,
Moura
Título: Re: depressão
Enviado por: vania maria em 01 de Outubro de 2012, 16:48
"Vi, há dois dias pela TV uma das maiores autoridades a respeito desta doença,
Ele afirmava que a depressão    é um descompasso neuro-cerebral, doença que pode se agravar.
O que sugere dizer, nada de espiritual."

Caro Moura,
Muito me surpreende um espírita pensando desta maneira.
Como sabemos, somos fruto de nossas vivências, de nosso ambiente, de nossa genética, etc, etc, mas não podemos de maneira alguma desconsiderar a espiritualidade...

Sou depressiva também, e tenho períodos em que me sinto normal, como hoje, e períodos em que sinto que minha vida não faz o menor sentido e que seria melhor morrer logo.
Percebo que o que faz com que as crises de depressão disparem é um sentimento de culpa e inutilidade (não sirvo pra nada, sou péssima esposa/mãe/dona de casa/profissional) que não têm nenhuma explicação agora, aqui, nesta existência. Minha vida até hoje foi normal, tive uma infância normal, meus pais se divorciaram quando eu era pequena, mas não creio que isso seja o motivo da insegurança que experimento.
Pra mim este sentimento de culpa ou vem de vidas anteriores ou de influência de algum espírito a quem eu possa ter prejudicado em outra existência, já que não me lembro de ter feito algo terrível nesta.
Então, ainda que a depressão deva-se a um desequilíbrio hormonal ou à falta de determinada substância, ela ainda tem suas raízes no espírito.
Se assim não fosse nada faria sentido...
Título: Re: depressão
Enviado por: kedima em 01 de Outubro de 2012, 18:20
Hola meu querido irmão.
Em primeiro lugar gostaria de ter noticias suas para saber se vc ja melhorou.

Olha so sempre penso que devemos considerar a posição dos medicos e tambem da espiritualidad. Mas como não sei se vc è espirita fica a seu criterio buscar um centro espirita ou não.
Uma coisa que gosto muito è tomar flores de Bach, busque pessoas que trabalhem com flores e peça que faça uma especial para ti que estas passando por esse momento de depressão.
Mude sua sintonia, vibre para o bem, busque pessoas em que vc possa ajudar, faça caridade sinta se util e amado. Quando trabalhamos para os demais esquecemos nossos problemas.
Ame, abraçe, cante tente buscar dentro do seu coração alegria e motivação para seguir vivendo.
E lembre se sempre que Deus nosso pai sempre esta ao nosso lado, e todo que passamos tem um porque e que muitas vezes buscamos tantas respostas que nos esquecemos da pergunta, faça de sua vida uma linda historia.

Desejo melhoras a ti, e a meus irmãos que tambem estão passando por isto em estes momentos....
Título: Re: depressão
Enviado por: batistaff em 01 de Outubro de 2012, 21:26
Olá,
Sobre o assunto depressão gostaria de comentar e fazer algumas perguntas.
Estou com depressão ansiosa, diagnosticada há alguns anos. Parei com o tratamento porque passei por vários medicamentos e nenhum fez efeito. Quando criança, já tive experiências de ver espíritos, agora não mais. E mais recentemente passei por uma experiência de catalepsia projetiva, fiquei 'preso' ao corpo e ouvindo uma música suave que não sei identificar(apenas relatando).
...
Já ouvindo um audio de uma palestra realizada por um médico no SIMESPE(simpósio de estudos e práticas espíritas de pernambuco), fiquei em dúvida. Nela ele comentava como era grande o número de médiuns internados em hospitais psiquiátricos e também o número de depressivos médiuns. Depois, pesquisei sobre o assunto, para ver outras opiniões. Li textos de alguns médiuns e sensitivos sobre mediunidade de cura e fiquei mais intrigado. Pois bem, médium de cura é realmente médium? Posso ser "diagnosticado" seja lá com mediunidade ou disfunção orgânica numa Casa Espírita? Como se dá o auxilio a depressivos em um Centro Espírita? O atendimento fraterno, que muito ouço falar, seria importante? Importante também relatar nele todas essas dúvidas e opiniões? 
Título: Re: depressão
Enviado por: Mourarego em 04 de Outubro de 2012, 16:57
Amiga batista,
por certo devem haver médiuns e sensitivos que não são senão a mesma coisa, dentro de hospícios.
Eu mesmo, filho de família carola / católica quando a mediunidade se apresentou totalmente, fiz tres eletro encefalogramas para que ficasse atestada a minha pouca sanidade, mas qual, os exames, eletros e outros nada demonstraram estar desalinhada a minha mente ou funções intelectivas e psíquicas.
Mas a conta não tem um resultado tão grande como pintam alguns expositores.
Quanto a depressão esta [é doença co m nome e sobrenome, e que, me permita dizer, não deve a amiga se alijar do tratamento próprio e medicamentoso se o seu caso assim pedir. Espiritismo ou crença alguma fazem milagres.
Abraços,
Moura