Forum Espirita

GERAL => Audiovisuais => Power Point => Tópico iniciado por: Denize Moreira em 29 de Janeiro de 2010, 01:36

Título: Algemas no lar
Enviado por: Denize Moreira em 29 de Janeiro de 2010, 01:36
 
         Em favor de teu equilibrio...
Título: Re: Algemas no lar
Enviado por: mariachaves em 29 de Janeiro de 2010, 01:48
Acho que a familia realmente no algema nesse mundo. Temos que viver presos. Como podemos tornar essa convivencia espiritual melhor?
Título: Re: Algemas no lar
Enviado por: mecame em 29 de Janeiro de 2010, 02:20
A família não nos algema,irmãozinhos, porque é pela família que respeitamos e amamos o próximo. Deus é sabio e inspirou o homem a gerar a família. Pelo amor a minha mãe e respeito a mãe do meu vizinho. Pelo amor á minha irmã eu respeito a irmã do vizinho. Respeitamos a moça virgem porque também temos filhas e mulheres e não podemos arriscar a vida dos nossos entes queridos. Como seria o mundo sem família? Que respeito haveria? Nas condições que estamos no grau evolutivo, ainda precisamos e muito da família. E quem diz que a família é algema, não entende que é justamente por causa da constituição da família que aprendemos a amar o nosso próximo, porque reconhecemos que ele é um filho, um irmão, um pai, uma mãe, uma avó. Sem famílias jamais teriamos evoluido como evoluimos. Precisamos da família e ainda vamos precisar muito. Nos mundos mais avançados, família não é necessário, porque ja se atingiu o repeito e a comunhão pelo amor, mas neste nosso mundo a família é o que de mais sagrado temos no momento. A paz de Cristo
Título: Re: Algemas no lar
Enviado por: EmBuscaDaLuz em 29 de Janeiro de 2010, 12:11
Concordo com nosso amigo MECAME. Ainda não temos condições de viver sem a estrutura de uma família. Para nós, habitantes deste mundo de provas e expiações, é dentro da família que observamos as grandes oportunidades de aprendizado.

Luz para todos!
Título: Re: Algemas no lar
Enviado por: SkY em 30 de Janeiro de 2010, 01:47
É verdade, mesmo que a nossa família passe a vida sem perceber quem voçê realmente é ou gostaria de ser, alguém tão importante para eles como eles o são para nós.
Dar sem esperar receber, mas e se mal conhecemos nosso pai que sempre esteve tão perto mas efectivamente tão longe do coração, do carinho, do amor... como é que lhe darei se nunca recebi.
Não sei como é, ou como vai ser se é que algum dia será!
Espero bem que sim, que Deus nos ajude.

Paz