Forum Espirita

GERAL => Outros Temas => Biografias Espíritas => Tópico iniciado por: Edna ☼ em 04 de Março de 2019, 13:29

Título: José Petitinga | José Florentino de Sena
Enviado por: Edna ☼ em 04 de Março de 2019, 13:29
(http://1.bp.blogspot.com/-W3ivecjiTnI/U5z71wMKRPI/AAAAAAAAOLQ/7HwmWmzK_-8/s1600/FRATERLUZ+-+Jos%C3%A9+Petitinga.png)

"José Florentino de Sena, mais conhecido como José Petitinga (Nazaré, 2 de dezembro de 1866 — Salvador, 25 de março de 1939) foi um jornalista, poeta, contador brasileiro, conhecido como um dos precursores do Espiritismo na Bahia."



"Nasceu Petitinga na fazenda "Sítio da Pedra", às margens do rio Paraguaçu, filho de Manoel Antônio de Sena e Maria Florentina de Sena.

Ainda pequeno, em sua cidade natal, passou a trabalhar numa casa comercial, tão logo terminou o curso primário. Assim, aos 11 anos apenas, emprega-se com o comerciante Francisco Torquato Barreto, de quem granjeou a confiança aprendendo os serviços contábeis, dos quais tornou-se encarregado.

Por falta de recursos, deixa de prosseguir nos estudos, tornando-se autodidata. Começa a escrever para jornais, usando o pseudônimo que o tornou conhecido. Como então falava de política, e tendo de resguardar-se tanto do pai como do patrão, sem entretanto poder ficar omisso, fez o nome Petitinga reconhecido – a tal ponto que, depois, fez constar em cartório que abandonava o nome de registo, para adotar este, em definitivo.

Em 1895 assumiu a função de guarda-livros da Companhia Viação do São Francisco – que fazia a navegação no Rio, nela continuando quando, na administração de Luiz Vianna, passou para a esfera pública, assumindo em diversas ocasiões a direção da mesma.
A 26 de dezembro de 1912 assume a função de contador na Companhia União Fabril da Bahia, tornando-se depois diretor da mesma, mudando-se nesta ocasião para a capital do estado. Aí trabalhou até quando de sua morte.

Foi casado em primeiras núpcias com Francisca Laura de Jesus Petitinga (29 de novembro de 1895), da qual ficou viúvo em 1903 e com quem teve 7 filhos, três dos quais falecendo ainda em tenra idade. Casou-se novamente em 11 de fevereiro de 1906 com Maria Luiza Petitinga, sem filhos deste novo consórcio."


Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jos%C3%A9_Petitinga