Forum Espirita

GERAL => Mensagens de Ânimo => Poesia => Tópico iniciado por: lineu em 30 de Março de 2014, 21:45

Título: Sonetilhos
Enviado por: lineu em 30 de Março de 2014, 21:45
.














Atributo da razão
Que extrapola a inteligência
E desperta na consciência
O senso da devoção;

Que ao saber soma a indulgência
E no amor infunde a ação,
Fazendo do coração
O espelho da Providência.

Humana capacidade
Que reflete a Divindade
Com sublime perfeição...

A fé é o poder da vontade
Que imprime velocidade
Às asas da evolução.

***
Título: Re: Sonetilhos
Enviado por: lineu em 30 de Março de 2014, 22:09
Germes do Amor

Forma, perfume e beleza
Que se conjugam na flor
Revelam da natureza
Suavidade e primor.
 
Disseminam a pureza
Do plasma fomentador
Que emana da profundeza
Do coração do Senhor.

Essências do pensamento
Causador do enlevamento
Do verdadeiro louvor...

São germes do encantamento
Que eclode no sentimento
Maravilhoso do amor.

***
Título: Re: Sonetilhos
Enviado por: lineu em 30 de Março de 2014, 22:15
Justiça

Lei da Suprema Vontade
À vontade em formação
Que provê a felicidade
No apogeu da perfeição.

É a luz da fraternidade
Que ilumina o coração
Para espelhar caridade
Com amor em profusão.

Pois justiça, na verdade,
Representa a prioridade
Do que precisa a razão...

Para alçar dignidade
Com primor de humanidade
No lanço da evolução.

***
Título: Re: Sonetilhos
Enviado por: lineu em 30 de Março de 2014, 22:33
Lei de adoração

Somente a sinceridade
Da vontade singular
Pode alcançar validade
No processo de adorar.

E tocar a Divindade
De forma particular,
Comovendo-lhe a vontade
De a reverência aceitar.

Deus contempla o sentimento
Que motiva o pensamento
Portador da devoção.

Porque o santo julgamento
Só concede o provimento
De sincera adoração.

***
Título: Re: Sonetilhos
Enviado por: Antonio Renato em 31 de Março de 2014, 02:31
Gostei,são muito bonitos esses sonetos,parabéns meu irmão Lineu.
Fique na paz.
Título: Re: Sonetilhos
Enviado por: lineu em 31 de Março de 2014, 13:14
Citação de: ANTONIO RENATO BARBOSA
Gostei, são muito bonitos esses sonetos, parabéns meu irmão Lineu.

Grato, caro Antonio.

O soneto constitui um tipo de composição poética que permite a expressão de sentimentos e pensamentos convergentes no coração.

E, em geral, representa o efeito de trabalho em equipe realizado por muitas vontades concentradas no esforço de propagar o bem comum.

***
Título: Re: Sonetilhos
Enviado por: lineu em 01 de Abril de 2014, 00:47
Lei do Trabalho

Não basta agir por agir
Na leira da sociedade
Buscando a notoriedade
De relevante luzir.

É preciso produzir
Trabalho até à saciedade,
Com operante vontade,
Pelo prazer de servir.

Pois trabalho, na verdade,
Representa a atividade
Que irmana crentes e ateus...

No evolver da humanidade
Ao fulgor da claridade
Resplandecente de Deus.

***
Título: Re: Sonetilhos
Enviado por: Antonio Renato em 01 de Abril de 2014, 01:59
Gostei,muito bom.A ações que movimenta a sociedade, se não tiver um bom propósito de
servir aos membros dela,perde o seu valor,pois irá tão somente satisfazer a vontade de
quem quer fazer para mostrar a sua força em fazer.O que se faz para o bem comum, é a
soma do trabalho produzido por todos independente da sua crença,e até mesmo por
aqueles que em nada acredita.Entretanto se não houver a vontade e as mãos de Deus,
nada irá acontecer.Assim eu penso.
Título: Re: Sonetilhos
Enviado por: lineu em 02 de Abril de 2014, 12:37
Livre-arbítrio

Deus conjuga o adubo e o vento,
O perfume, a forma e a cor
À planta que tem talento
Para produzir a flor.

E lhe presta o provimento
Ao sucesso empreendedor
Sem lhe marcar o momento
Para o feito produtor.

Porque a divina vontade
Estimula a liberdade
De assumir resolução...

Com responsabilidade
Perante a legalidade
Determinante da ação.

***
Título: Re: Sonetilhos
Enviado por: ken em 02 de Abril de 2014, 13:57

Não sei quantas almas tenho.
Cada momento mudei.
Continuamente me estranho.
Nunca me vi nem achei.
De tanto ser, só tenho alma.
Quem tem alma não tem calma.
Quem vê é só o que vê,
Quem sente não é quem é,

Atento ao que sou e vejo,
Torno-me eles e não eu.
Cada meu sonho ou desejo
É do que nasce e não meu.
Sou minha própria paisagem;
Assisto à minha passagem,
Diverso, móbil e só,
Não sei sentir-me onde estou.

Por isso, alheio, vou lendo
Como páginas, meu ser.
O que segue não prevendo,
O que passou a esquecer.
Noto à margem do que li
O que julguei que senti.
Releio e digo: "Fui eu ?"
Deus sabe, porque o escreveu.


Fernando Pessoa
Título: Re: Sonetilhos
Enviado por: lineu em 03 de Abril de 2014, 12:44
Porto da Esperança

Quando aporta na paragem
Do porto do desafio
A mente estuda a passagem
Pra beira oposta do rio.

E se cobre de coragem
Pra esquentar o calafrio
Que a incerteza da outra margem
Arremete contra o brio.

Pois no porto da esperança
É mister ter confiança
Na vitória do porvir...

Pra vencer a insegurança
Da enganosa desconfiança
Que a morte intenta impingir.

***
Título: Re: Sonetilhos
Enviado por: lineu em 06 de Abril de 2014, 00:09
Vontade

Disposição dominante
Do anelo de elevação,
A vontade é a mais pujante
Virtude da perfeição.

Ela é a força estimulante
Do trabalho de ascensão
Que a mente determinante
Aplica na progressão.

Porque a vontade é a gerência
Que a divina Providência
Fundamentou na razão...

Para orientar a consciência,
Com senso de previdência,
No rumo da evolução.

***
Título: Re: Sonetilhos
Enviado por: lineu em 09 de Abril de 2014, 12:40
O Evangelho

É a mensagem de esperança,
Na forma de anunciação,
Que promove a relembrança
De anterior revelação.

E diz bem-aventurança,
Como um justo galardão,
Ao ser humano que alcança
O intento da perfeição.

Doutrina da caridade
Que exalta a fraternidade
Como a norma do Senhor...

O Evangelho, na verdade,
É o farol da humanidade,
Resplandecente de amor.

***