Forum Espirita

GERAL => Mensagens de Ânimo => Poesia => Tópico iniciado por: lucineide.c em 29 de Maio de 2010, 18:27

Título: POESIAS QUE FALAM DE PESSOAS QUERIDAS
Enviado por: lucineide.c em 29 de Maio de 2010, 18:27
           
                Vovó Toinha
     Hoje bateu-me uma saudade
     Da minha querida vozinha.
     Dos seus olhos cor de esmeralda,
     De sua voz mansa , fraquinha...
     Daquela grande simplicidade
     Que existia na vovó Toinha

     A casa que vovó morava,
     Era humilde, mas limpinha.
     Sentava-me em um banquinho
     Que havia lá na cozinha.
     Parecia que o tempo parava,
     Só para ouvir vovó Toinha.

     Ai, como era maravilhoso,
     Avistá-la de longe à janelinha!
     Meu coração saltitava
     Ao vê-la debruçada,bem quietinha.
     Qualquer minuto era precioso
     Ao lado da vovó Toinha.

     Mas os dias foram mudando,
     E com eles também vovozinha.
     Seu cabelo embranqueceu,
     Ficou a vovó velhinha!
     Com seus chinelos arrastando ,
     Lá ia a vovó Toinha

   
     Um dia triste apareceu,
     Olhei, vi somente a janelinha.
     Foi então que perguntei:
     Onde está a vovozinha?
     Cristo foi quem respondeu:
     Está comigo a vovó Toinha.


           Lucineide     

    Barbalha, 29 de maio de 2010.    :-* :-*

   
   
   

   

     
     
Título: Re: POESIAS QUE FALAM DE PESSOAS QUERIDAS
Enviado por: lucineide.c em 12 de Março de 2013, 05:22
A um poeta cearense

Hoje amanheci com vontade
De homenagear um poeta
Que tenha cantado versos
Falando do meu sertão
Lembrei logo de um poeta
Que me chamou atenção.

Só tive a oportunidade
De conhecê-lo de perto
Apenas uma única vez
E quando ele estava doente
Sua voz estava bem fraca
E sua poesia ainda era valente

Não esqueci ainda
De sua simplicidade
Seu olhar muito expressivo
De um poeta experiente
Que dominava as palavras
Numa poesia eficiente.

Pra ele tiro o chapéu
Foi poeta e violeiro
Cantou bem a natureza
Falou bem do professor
Em sua bela poesia
Até com a morte lutou.

Deixou claro que a leitura
É importante para todos
Que tudo que aprendemos
Levamos para a sepultura
E cabe em qualquer lugar
O homem que tem cultura.

Não tinha riqueza material
Nem pode ser educado
Como filho de doutor
Mas como ele mesmo dizia
Recebeu do Criador
O dom de fazer poesia

Sei que estão curiosos
Querem saber o nome dele
Pois bem, falo de Biu Pereira
Poeta do meu Cariri
Nascido em Missão Velha
E a quem quero aplaudir.

O poeta escreve versos
Que tocam o coração
Já nasceu com esse dom
De escrever com precisão
Biu Pereira era assim
Tinha grande inspiração

Quando amanheceu o dia
Que peguei papel e caneta
Não sabia o que escrever
Nem pra quem escreveria
Veio o nome Biu Pereira
E saiu essa poesia

Numa poesia de Biu Pereira
Li que o poeta tem liberdade
Para escrever o que quiser
Jesus é seu verdadeiro defensor
Hoje escrevo sobre ele
E agradeço ao Criador

Agora ele está no céu
Ao lado da Virgem Maria
Rodeado de muitos anjos
Ouvindo sua linda poesia
Que o tornou muito nobre
Mas nem todo mundo reconhecia.

Termino minha poesia
Dizendo que Biu Pereira
Era um poeta pobre
Mas rico de inspiração
Nos deixou poesias lindas
Motivo de admiração.

Lucineide Caetana
09/03/2013