Forum Espirita

GERAL => Mensagens de Ânimo => Poesia => Tópico iniciado por: HelenaBeatriz em 19 de Maio de 2009, 22:47

Título: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Maio de 2009, 22:47



















Que Eu Não Esqueça!!!

Quando eu discordar de irmãos que opinam, usando de recursos ásperos
Que eu não esqueça dos efeitos da fúria

Quando eu taxar de pieguice, palavras gentis adornadas de senso fraterno
Que eu não esqueça de minha própria condição consciencial, que necessita do amor incondicional e da compreensão

Quando eu defender bandeiras, encerrando possibilidades de entendimento
Que eu não esqueça dos motivos das guerras mundiais que mataram milhões

Quando eu não tiver motivos para ouvir mais
Que eu não esqueça que uso recursos perecíveis, doados por bondade divina para o uso em evolução para o bem e o crescimento fraterno

Quando eu não mais sentir vontade de ser gentil
Que Deus me cale...

E quando Deus me calar...
Sómente o que de bom plantei ficará, pois só o Amor sobrevive...como única verdade.

(Ghost)


http://www.youtube.com/watch?v=04XLZAKqxJQ# (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTA0WExaQUtxeEpRIw==)
Título: Re: QUE EU NÃO ESQUEÇA...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Maio de 2009, 18:36
Almas Que Choram

Não te importes tanto com os urros que te agridem a emoção
Compreendas que assim como as flores nascem, tb nascem espinhos

Eles ferem, mas fazem parte do jardim
Não perfumam, mas se prendem à flor que exala, se não fosse eles, talvez não tivesse tal perfume.

Assim temos andado, alma divina, por entre matilhas conscienciais
Até entendermos que somos responsáveis por nós mesmos

Cães que ladram, aves que voam no alto, o vôo é para o alto...
Voe portanto tão alto, que os latidos te afeiçoarão tal qual gemido de dores pretéritas

Aceite o irmão intratável, entendendo-o como necessitado de amparo
Não esqueça de que a mente ofendida, frequentemente guarda mais pensamentos odiosos em relação ao ofensor

Socorre com tuas luzes, não te faças coração em ira
Lembra-te que o Modelo não fez fúria diante da cruz

Não sabes das dores dos outros, relaciona as angústias alheias com as tuas
Quantas vezes gritaste pedindo auxilio e compreensão...

Sombras se unem nas trevas, lançando veneno e te induzindo ao combate
Pisotear no palco que ilumina, é próprio dos ex-ovóides que ainda se prendem na espada da lingua

Segue teu vôo, ao passo que os senhores das certezas, sucumbirão nos cultos de suas obras próprias
Não atires pedra ou flor...sirva apenas, tentando melhorar-se, compreendendo as limitações de todos nós

Prossiga dentro do útil que fraterniza
Não tente concluir conceitos, apenas se ensaie na visão do todo

Diga o necessário, e cala-te, lembra que não podes convencer o cão de que ele é um pássaro
Respeite o tempo de Deus...todos crescemos, todos erramos...somos o resultado de nossa condição

Há outras paragens, há outros estágios, não se prenda em reverências indevidas
Se queres a luz, segue teu rumo, deixando saudade e lágrimas, sob o manto fraterno do tempo

O consolo é a evolução que modifica critérios, pois assim como chegaste ao vôo sublime
Há os que ainda não admitem asas.
Espere o tempo de Deus...não deixe os vermes conscienciais te devorarem em queda

Por fim, cante uma canção, não há quem prefira as gritarias que perturbam...ao canto sublime do coração
Entenderás por fim, quando os filhos do tempo chegarem à ti, a utilidade do perdão.

O próprio sol dá a vez e não perde o brilho para um novo dia

Ghost



http://www.youtube.com/watch?v=fHWquB8_Ql0 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWZIV3F1QjhfUWww)
Título: Re: QUE EU NÃO ESQUEÇA... e outras poesias
Enviado por: HelenaBeatriz em 28 de Maio de 2009, 18:15
Ouve a Voz do Coração

Ante os problemas da vida,
Centraliza-te no bem.
Não questiones em excesso
E nem condenes ninguém.

O que existe sobre a Terra
O tempo consumirá...
Do que observas, apenas
O bem permanecerá.

O que sabes, pouco importa;
O que possuis, igualmente...
Somente o bem que praticas
É o que vale realmente.

Reflete nesta sentença
Que em toda parte perscruto:
Se a Verdade é relativa,
Todo Bem é absoluto.

Se busca, pois, pela fé,
Não desprezes a razão;
Mas, se queres encontrá-la,
Ouve a voz do coração!

Eurícledes Formiga
Do livro "Para Sempre", psicografado por Carlos A. Baccelli, IDE.

Música: :arrow: Ask the mountains


http://www.youtube.com/watch?v=5YJFMu4qfqg (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTVZSkZNdTRxZnFn)
Título: Re: QUE EU NÃO ESQUEÇA... e outras poesias
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Maio de 2009, 11:57
As sem-razões do amor


Eu te amo porque te amo,
Não precisas ser amante,
e nem sempre sabes sê-lo.
Eu te amo porque te amo.
Amor é estado de graça
e com amor não se paga.

Amor é dado de graça,
é semeado no vento,
na cachoeira, no eclipse.
Amor foge a dicionários
e a regulamentos vários.

Eu te amo porque não amo
bastante ou demais a mim.
Porque amor não se troca,
não se conjuga nem se ama.
Porque amor é amor a nada,
feliz e forte em si mesmo.

Amor é primo da morte,
e da morte vencedor,
por mais que o matem (e matam)
a cada instante de amor.

Carlos Drummond de Andrade

Música: :Eu sei que vou te amar (Vinícius/Jobin)


http://www.youtube.com/watch?v=x6ToqVt68sE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXg2VG9xVnQ2OHNF)
Título: Re: QUE EU NÃO ESQUEÇA... e outras poesias
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Maio de 2009, 12:02
Minutos teus...

Num dia de chuva senti a tua presença
E me veio tanto na lembrança

Ouvi tua voz me falando baixinho
E tremi com teu sussurro em meu ouvido

Ví teu olhar em mim
Sorri ao ver-te tão linda

Senti o toque de tua mão
Arrepiando-me de emoção

Então dançamos ao som da canção
E choramos juntos como duas crianças

Tantas lembranças alí entre nós
Então éramos uma só alma

Pude auscultar teus mais íntimos pensamentos
E te apertei mais a mim

Podia aspirar teu perfume
Respirava ao teu tempo

Alma irmã, alma querida
Soube que és parte de mim

E o tempo parou alí
E voltamos juntos nos anos

E lá estávamos como dois amantes
Era um tempo de paz em nós

Corríamos faceiros sem hora
Meu mundo então era você

A música tocava suave em nossos corações
Sentia o teu olhar dentro de minha alma

Meus segredos você desvendou
E sorriu

A realidade não existia
Era um mundo de paz

Então...ouvimos um trovão
Nossos corpos se afastaram

Me ví tão só
E no silêncio te chamava

E a saudade me feria
Só a lembrança me curava

E hoje
Aqui esta você

Minuto eterno
A música termina...você se vai!!!

Ghost


http://www.youtube.com/watch?v=prfuG2jAZZs (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXByZnVHMmpBWlpz)
Título: Re: QUE EU NÃO ESQUEÇA... e outras poesias
Enviado por: Jorge em 29 de Maio de 2009, 12:06
Ouve a Voz do Coração

Música: :arrow: Ask the mountains


http://www.youtube.com/watch?v=5YJFMu4qfqg (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTVZSkZNdTRxZnFn)

Alguem falou em Vangelis?  :D

Ôi HelenaBeatriz  :)

Adorei a fusão dessas belas imagens com a excelente música de Vangelis e a doce voz de Stina Nordenstam!

[youtube=425,350]5YJFMu4qfqg[/youtube]

 :-*
Título: Re: QUE EU NÃO ESQUEÇA... e outras poesias
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Maio de 2009, 16:47
Olá, Jorge!! Que bom que vc gostou...Tb achei bem bonito!! ;)

Gosto demais do Vangelis. :)

Título: Re: QUE EU NÃO ESQUEÇA... e outras poesias
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Maio de 2009, 16:57

Recomeçando...

Como eu poderia querer te deixar?!

Estou lutando ainda para entender e me encontrar,
Agora é mais dificil, pois não te tenho!!!
Mas sei que a vida segue...conquanto de outra forma.

Meu Amor é real, pois o sinto à cada instante de saudade;
As lágrimas também são verdadeiras...
Tem sido muito dificil ainda!!!

Mas agora sei que é eterno,
Sei que estaremos juntos...sempre!!!

Recebo tua tristeza e teu Amor,
Te peço...não chores mais...siga em frente...
Ainda iremos nos encontrar...espere o tempo de Deus!!!

Nunca duvides do meu amor,
Ele esta aqui...como sempre esteve...e sempre estará,
Por isso o sentes tão forte...sempre te amei,
Temos os séculos por testemunha!!!

O que hoje parece o fim...
Amanhã nos será luz...

Precisamos seguir, pois só assim mereceremos esse Amor...
Não esqueça de mim...
Saberemos plantar o nosso amanhã feliz!!!

Agora compreendo que trazemos sómente o que sentimos na alma,
Ainda há muito o que compreender...
Mas já vejo o nosso amanhã...
Espera o tempo de Deus!!!

Preciso que vivas sem jamais perder a fé...
Plantarei um jardim, com as flores da saudade de ti...

Até que sequem as lágrimas da saudade,
Me bastará essa certeza do amanhã.

(Ghost)

Música: Et Je T'aime Encore 


http://www.youtube.com/watch?v=KoW0SixMRXc&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUtvVzBTaXhNUlhjJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
Título: Re: QUE EU NÃO ESQUEÇA... e outras poesias
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Maio de 2009, 17:11
Recomeçar


É tão triste olhar o sol nascer e saber que não voltarás.
Em cada minuto dos meus dias tenho lutado para suportar a dor da saudade e do vazio que deixaste em mim.

Ainda vejo-te correndo para os meus braços, ainda ouço o teu sorriso, ainda percebo o teu cheiro...

Ainda ligo o carro para ir ao teu encontro, ainda compro presentes para ti, ainda chego em casa pensando que vou te abraçar!

Tenho caminhado muito e sem rumo certo...tento aliviar o vazio que sinto sem ti...tento sufocar esse grito que corrói a alma e o coração...sinto que por vezes não vou aguentar seguir vivendo sozinho.

Você não me avisou, eu não estava pronto...ainda não posso aceitar.

Tenho momentos de esquecimento de mim, nesses momentos posso perceber teu corpo presente, mas logo as lágrimas me alcançam pois descubro que não estás mais aqui!!!

Os amigos me chamam para sair...mas não tenho forças...não tenho vontade...não tenho mais motivos para querer sorrir.

Sinto teu amor;

Nossos planos, nossos sonhos...nós...!!!

Preciso do teu amor em minha vida, sempre estivemos juntos,
sempre pude te proteger de tudo, me sinto impotente, é como se eu tivesse ido contigo...
é como se parte de mim tivesse deixado de existir.

Preciso aprender a viver com o que restou de mim...


Ghost


Música:A Love So Beautiful


http://www.youtube.com/watch?v=iWfP_zF8E3c (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWlXZlBfekY4RTNj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 31 de Maio de 2009, 10:32
O que me dói

O que me dói não é
O que há no coração
Mas essas coisas lindas
Que nunca existirão…
São as formas sem forma
Que passam sem que a dor
As possa conhecer
Ou as sonhar o amor.
São como se a tristeza
Fosse árvore e, uma a uma,
Caíssem suas folhas
Entre o vestígio e a bruma.


Fernando Pessoa

Vangelis - La petite fille de la mer


http://www.youtube.com/watch?v=OXkMyzys0qE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU9Ya015enlzMHFF)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Jorge em 01 de Junho de 2009, 10:36
Vangelis - La petite fille de la mer[/b]

Olá Helena,

Lindo, Lindo, Lindo ...  :)

Uma bela música de Vangelis, talvez algo melancólica ...

Essa música foi um dos primeiros trabalhos de Vangelis para Frederick Rossif (realizador de uma série de programas da vida animal selvagem).

Essa música que aparece no album "L'Apocalypse Des Animaux" (1973) é uma maravilha porquanto se funde perfeitamente nas imagens da vida animal que é visualizada em camara lenta (no vídeo original).

É considerada talvez a primeira música New-Age!

Obrigado amiga Helena, pela partilha!

 :-*
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 01 de Junho de 2009, 11:50
Olá, Jorge!!
Interessante essas informações que vc acaba de compartilhar.

Sabe, esta música é a minha preferida... Quando a ouço imagino um gigantesco carrossel, volto à infância, sinto-me leve como uma pluma.
Obrigada, amigo!
Helena Beatriz
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 01 de Junho de 2009, 11:54
Solidão X Solidão


Eu gosto da solidão
Aquela que me silencia o íntimo ao me fazer refletir...
Aquela que me traz a paz, nutrindo minha alma...
Aquela que me permite ficar a sós comigo mesma...
aquela que me faz companhia nos dias de chuva...
Aquela que me permite gozar o doce calor do sol...
Aquela que me mostra o crescer das flores nos jardins...
Aquela que me transforma em expectadora embevecida...
Aquela que acaricia minha alma e meus secretos sonhos...

Entretanto fujo de uma outra solidão.
Onde o silêncio é um tormento e me devora...
Onde a ausência é uma dor pungente e tirana...
De alguém que já demora, quiçá nunca chegue...
Onde as lágrimas vermelhas de feridas mal cicatrizadas
Acabam por ferir nossa mais íntima essência pueril...

Ah, dessa solidão não gosto! Quero distância!
Desta busco me afastar me fortalecendo em fé...
Mas na verdadeira fé que apenas se baseia
Na certeza de que a felicidade é serena,
É gentil, é meritória, é fé licitas e resultante
De semeaduras pretéritas, sendo hoje o fruto
Da árvore dos jardins das vidas sucessivas...
Assim a verdadeira e genuína felicidade
É ter a certeza de que Deus é e sempre será
Soberanamente justo, onisciente e bom...

Helena Beatriz



Voices of Angels - Enya
http://www.youtube.com/watch?v=kK3fOoxy1wE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWtLM2ZPb3h5MXdF)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 01 de Junho de 2009, 12:01
MENTALIZAR É A SOLUÇÃO
Carvalho Branco

Não chora, irmão!...
Não deixa que te iluda a visão...
Nem tudo está perdido neste mundo de agressão...
O ser humano ainda não foi vencido no que tem de mais profundo de seu divino ser...


Da desintegração moral do terrestre mundo já se tinha previsão...
O homem só adquire saber através do próprio sofrer...
Não que não tenha outra opção, claro que tem, mas seu instinto animal
apesar de tudo, ainda prevalece e então ele tece urdiduras do mal...

Por que não deves chorar?...
Porque não existe pranto que possa por si só curar o mal que reside em cada canto do terrestre recanto...
O que deves fazer é labutar, trabalhar tua mente no sentido de que aumente o grau de espiritualidade dessa nossa humanidade...


Chorar, desmaiar, suspirar pelos sais, em nada vai resolver...
Só nossas ondas mentais podem alcançar, na raiz, a alma desse homem-aprendiz... transformando-o num superior ser...

A hora é essa!...
E quem pensa que não há pressa, está é muito enganado...
Alertar para o sagrado direito do se elevar é nosso primeiro dever...
Novo tempo é chegado, tempo de Deus escolher quem será como perfeito consagrado, quem terá um novo recomeçar...
Também têm sua função os severos cataclismas, no processo de seleção...


Os Senhores do Karma não são castigo, nem arma, apenas acompanham aprendizado...
O próprio homem traça seu fado!...


A day without rain - Enya
http://www.youtube.com/watch?v=Bs8AXlTwhJ0 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUJzOEFYbFR3aEow)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Solimar em 01 de Junho de 2009, 12:17
Solidão X Solidão


Eu gosto da solidão
Aquela que me silencia o íntimo ao me fazer refletir...
Aquela que me traz a paz, nutrindo minha alma...
Aquela que me permite ficar a sós comigo mesma...
aquela que me faz companhia nos dias de chuva...
Aquela que me permite gozar o doce calor do sol...
Aquela que me mostra o crescer das flores nos jardins...
Aquela que me transforma em expectadora embevecida...
Aquela que acaricia minha alma e meus secretos sonhos...

Entretanto fujo de uma outra solidão.
Onde o silêncio é um tormento e me devora...
Onde a ausência é uma dor pungente e tirana...
De alguém que já demora, quiçá nunca chegue...
Onde as lágrimas vermelhas de feridas mal cicatrizadas
Acabam por ferir nossa mais íntima essência pueril...

Ah, dessa solidão não gosto! Quero distância!
Desta busco me afastar me fortalecendo em fé...
Mas na verdadeira fé que apenas se baseia
Na certeza de que a felicidade é serena,
É gentil, é meritória, é fé licitas e resultante
De semeaduras pretéritas, sendo hoje o fruto
Da árvore dos jardins das vidas sucessivas...
Assim a verdadeira e genuína felicidade
É ter a certeza de que Deus é e sempre será
Soberanamente justo, onisciente e bom...

Helena Beatriz



Voices of Angels - Enya
http://www.youtube.com/watch?v=kK3fOoxy1wE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWtLM2ZPb3h5MXdF)


Amei está poesia que fala com tanta beleza da solidão e a difereça entre elas,tão simples e ao mesmo tempo tão rica em detalhes que as vezes de tão sentida não nos damos conta da existência.
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Junho de 2009, 09:31
Obrigada, amiga!
Com carinho,
Helena Beatriz
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Junho de 2009, 09:40
Sua amizade

Sua amizade é o amor puro, sutil, sublimado...
É o doce murmurio do mar
É o alegre assovio dos pássaros
É um sem número de delícias no ar

Encontrar um amigo de verdade é uma dádiva
É como se víssemos a luz e saíssemos da caverna...
E a esperança retorna feliz, com seu sorriso largo
E nos aquece o coração úmido das lágrimas da solidão.

Saber que você existe me fortalece
Sinto-me amada, tranqüila, em paz
Pois este amor também me enternece

Saiba, amigo querido, que você é como o sol alaranjado
Ao se por na tarde, em qualquer lugar que estejamos,
Temos a certeza de que voltará no próximo amanhecer.

(Helena Beatriz)


Fratello sole, sorella luna - Irmão Sol, Irmã Lua


http://www.youtube.com/watch?v=87nuOIEanNE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTg3bnVPSUVhbk5F)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Jorge em 02 de Junho de 2009, 10:17
Ôi Helena,

Tudo bem?

Coincidências ...  :)

Claudio Baglioni !!!

Ele produziu em parceria com Vangelis um lindo album "E tu" do qual eu anexo uma canção:

"E tu"

 :-*
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Junho de 2009, 10:33
Olá, Jorge!!
É verdade... que coincidência!! rs

Claudio Baglioni em parceria com Vangelis!! Muito lindo!!

Obrigada por compartilhar, amigo!!!


http://www.youtube.com/watch?v=QiD63VOjTf8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVFpRDYzVk9qVGY4)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 06 de Junho de 2009, 09:58
Flores, espinhos, jardins...


(http://bp2.blogger.com/_TfwcLGCneRE/R0Hsn4bUVRI/AAAAAAAAAMU/m8XX3QWntZs/s400/Jardins+de+Butchart.jpg)


Não pode haver jardins perfeitos sem espinhos, como não concebemos dias sem noites.
Importarmo-nos seria o cerne da questão... Mas como?! Importarmo-nos??
 Cuidando  do bem estar individual, visando o coletivo; só assim faríamos a diferença.
Amadores fizeram a Arca de Noé, enquanto técnicos construiram o Titanic... não nos é exigida a perfeição.

Se alguém nos procurar em desespero, não lhe agridamos com conhecimentos vãos, basta que saibamos doar nossos ouvidos ou mãos.

Lembremos, entretanto,  que nem todos temos consciência desta necessidade e, ofertar o que nos requerem, pode fazer brotar muitas lágrimas, umedecendo-nos os olhos.
 E o silêncio, neste caso, pode ser a caridade compactuada.

Há igrejas que, em nome de seus dogmas, esquecem que o Amor é o maior mandamento do Cristo, segregando, humilhando, desamparando,  disseminando mais ódio na Terra.

Não discutamos com o necessitado... Jesus não nos questionou, respeitou nossas verdades míopes, plantando a semente do Amor por onde andou.

Grandes oportunidades de entendimento são desperdiçadas devido à arrogância.  Equilibremo-nos até mesmo no amparo, se o estivermos exercendo com demasiada emotividade.
 O sangue da vida  é  remédio que salva, mas pode ser alimento de vampiros.  Assim como o doce que tempera pães tb serve para o pouso de insetos.
 
Sirvamos abençoando e assim seremos abençoados; amparando, esclarecendo, aprimorando-nos no fraterno e a graça cósmica nos virá em socorro.

Algumas almas queridas, que se perderam nas lembranças do tempo, foram tesouros que plantamos um dia despretensiosa, mas amorosamente.

Deixemos  uma mensagem de paz, de esperança, de amizade, por onde passarmos, para àqueles  que anseiam, em suas dores, por um lenitivo para a alma num momento de desespero.  A esperança, como um agasalho para quem tem frio, pode advir de algumas palavras com amor proferidas.
 
Lutemos contra a indiferença, oferecendo nossa paz.
Combatamos a covardia da segregação.
Todavia não nos esqueçamos jamais da ferramenta preciosa da prece. A oração é a panacéia para as dores da alma e do coração.

 Roguemos a Deus, que conhece nossas imperfeições, pedindo-Lhe força e luz, e não desistamos jamais de combater o bom combate, da boa luta, a que nos ensina a sermos mais fraternos.

A espada fere, mas o Amor acaricia a alma em prova.
A paciência e a compreensão  fazem parte das lições do cotidiano, com o tempo  nossa consciência cósmica assimilará sem dificuldades. Ainda nos custam o empenho máximo pois não vencemos ainda nosso homem-velho.

E o que de fato sabemos? nada... mas já visualizamos sombras, noticias e sentimos que só o Amor constrói.

O Amor não se dobra aos caprichos sombrios da razão; o Amor une sabedoria da alma e cultura do tempo, aliado aos padrões finos e autômatos das conquistas do coração.
 
Seja como for, se nos transformarmos em alma que se importa, o dedo em riste, que apontamos hoje, se transformará em dedos amáveis que acariciam, pois o guerreiro da paz é o caminhante da eternidade que reconhece que todos temos o mesmo destino: a perfeição no fim da estrada da vida.
 
Não cultivemos verdades, nem certezas a revelar, pouco sabemos, somos aprendizes ainda...  Sejamos testemunhas das luzes que  socorrem nas angústias da vida, pois enquanto a língua julga, o Amor ensina e ampara; enquanto a bala fere mortalmente, a ternura nos traz esperança e consolo.

Ainda estamos tão distantes das delicias conscienciais e fraternas... mas se espalharmos a semente nesse solo, mesmo árido, uma chuva divina germinará as mudas da paz.

Ainda não alçamos altos vôos, mas já visualizamos o horizonte sem fim.
 E assim, pouco a pouco, nos livraremos dos grilhões conscienciais e estaremos mais próximos de um dia dia galgarmos a liberdade que tanto almejamos.

Mas ainda precisamos atravessar grandes desertos de dúvidas, de lágrimas, de dor...
Sirvamo-nos do ar que a Natureza nos doa, dos alimentos, das forças da vida e comunhemos com o Pai que a tudo preside e orienta.

E assim, sonhando com as possibilidades existenciais de bilhões de galáxias, entre a espada que nos fere o peito, e a grandeza do Amor que podemos alcançar, optemos pelo Amor.

A única religião cósmica é o Amor.
Amor é vida, faz  germinar a luz, compõe a verdade,  é a certeza da paz profunda,  desde os reinos da Justiça, até os paraísos angelicais.

 
Que nossos caminhos sejam iluminados e guiados pela luz divina da Paz, da Caridade e do Perdão e que, no final da estrada, tenhamos o coração de uma criança e a luz de um anjo.

Que a Paz do Cristo esteja dentro de todos nós sempre, para que um dia, com a graça de Deus, alcancemos a humildade, a bondade, a luz, o poder e a consciência altiva de Jesus.
 
 Ghost/Helena Beatriz


Do Amor - Gibran - na voz de Letícia Sabatela

http://www.youtube.com/watch?v=GDWLZ3nBlX4 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUdEV0xaM25CbFg0)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Junho de 2009, 16:40


SOMOS POEMAS DE DEUS

Deus me pediu um poema sobre Belezas da Criação.
- E eu me pus a falar das coisas que Ele criou.

Falei do sol.
- Senti Suas mãos me aquecendo...

Falei da lua.
- Senti Seu brilho me envolvendo...

Falei da noite.
- Senti sobre mim Seu manto de estrelas...

Falei de todo o verde do planeta.
- Senti Seu sopro de esperança...

Falei das águas.
- Senti Seu mergulho no mistério do meu espírito...

Falei do céu.
- Senti Seu azul a me proteger...

Falei do fogo.
- Senti Sua chama queimando-me as mágoas...

Falei do ar.
- Senti Seu sopro divino a me renovar...

Falei de todos os seres.
- Senti Sua presença em cada forma vivente...

- E a Ele apresentei tudo o que escrevera :
- "Aqui está o poema que pediste.
Espero que aproves tudo o que escrevi..."

E ouvi Sua resposta:
- "Prossegue... tu não falaste de ti!"

Autora: Silvia Schmidt






http://www.youtube.com/watch?v=Hd7SXpEK-AY (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUhkN1NYcEVLLUFZ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 12 de Junho de 2009, 12:09

ETERNIDADE



Tarde amena, sol fraco, brisa fresca...
Assim a vida prossegue, mansa.
De minha janela posso ver,
Passeando descontraídos
Ou agitados na refrega do dia
Pessoas, muitas pessoas...
Gente repleta de sonhos e dúvidas
Gente repleta de medos, muitos medos...

Vejo também a água mansa da lagoa
A espelhar o sol que parte novamente
E, se me viro, vejo a representação
daquele que simboliza tudo de bom:
O sempre eterno, amor cósmico, a esperança...

Vejo algumas adolescentes uniformizadas
Assustadiças, tagarelas, apressadas...
E a tarde me parece assim eterna

As árvores, agitadas, me saúdam
Largando suas folhas ao vento
Parece-me que se permitem tudo.

Sim... a Natureza consente.
E nela, todas as formas e cores
se harmonizam infinitamente
E conseguem me fazer esquecer.

Muita coisa já não tem importância...
As meias verdades que me disseram,
As palavras ásperas, descaridosas
Juntas, de mãos dadas, desapareceram...

E a tarde me resgata para sempre
da tola condição de vitima.
Sou apenas mais um personagem.

(Helena Beatriz)


http://www.youtube.com/watch?v=vnRqYMTpXHc&eurl=http%3A%2F%2Fwww%2Eorkut%2Ecom%2Ebr%2FFavoriteVideoView%2Easpx%3Frl%3Dfvd%26uid%3D11834502491311789813%26ad%3D1242766291&feature=player_embedded (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXZuUnFZTVRwWEhjJmFtcDtldXJsPWh0dHAlM0ElMkYlMkZ3d3clMkVvcmt1dCUyRWNvbSUyRWJyJTJGRmF2b3JpdGVWaWRlb1ZpZXclMkVhc3B4JTNGcmwlM0RmdmQlMjZ1aWQlM0QxMTgzNDUwMjQ5MTMxMTc4OTgxMyUyNmFkJTNEMTI0Mjc2NjI5MSZhbXA7ZmVhdHVyZT1wbGF5ZXJfZW1iZWRkZWQ=)


(http://lh6.ggpht.com/_qkMNZiOhSi0/SRV7qv1uRtI/AAAAAAAAACo/f2xgCMpNEz8/s800/082.png)



Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 15 de Junho de 2009, 19:53
Anjos e Quimeras

Cansada, na relva deitei e sonhei.
O canto de Zéfiro me embalou
Em belos sonhos habitei...
Assim um anjo, sorrindo, vi.

Quimeras são fantasias mitológicas.
Mas meu anjo não...
Pois sinto-o, pressinto-o...
Embora só em sonhos me apareça.

Espíritos somos todos nós
Seres elementais existirão?
Talvez sim, talvez não...
Anjos habitam meus sonhos
Mas nunca os vi desperta.

A arte sacra definiu os alados
Como quimeras de homem com cegonha
Homens com asas de aves
Seriam quimeras...quimeras.

Meu anjo não tem asas
Pode ser como eu ou você
Sofre, chora e muito ama...
Podendo estar em qualquer lugar
Escolhe estar  aqui.


Helena Beatriz


http://www.youtube.com/watch?v=Ft9qJ9NteQI (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUZ0OXFKOU50ZVFJ)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 18 de Junho de 2009, 09:13


TE SEI


Ah! Meu amor!
Meu amor...
Bem sei que prestas

Pois sei que escavas
em vida
espaço e pão

Teu coração de albergue
escancarado
é sempre ponto de amparo
ponte e chão.

Eu que bem sei das peias
que te esfolam

E sei também das setas
que te espetam

Sei que apesar
dos pesares
existe a fresta

E além de tudo
motivo
para a festa.

(Altair de Oliveira in Curtaversagem ou Vice Verso)



http://www.youtube.com/watch?v=n-pqAMTuXIk (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW4tcHFBTVR1WElr)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Junho de 2009, 23:44
HOJE...

HOJE EU QUERO DANÇAR

A DANÇA DAS ÁGUAS....


QUANDO CORREM PARA O MAR.

HOJE EU QUERO , MIL FLORES

DE PRIMAVERA

PRA ENFEITAR , A LONGA ESPERA

DE QUEM HOJE , ESTÁ PARA CHEGAR.

HOJE EU QUERO , O CANTO DO IRAPURU

GORJEIOS DE ROUXINÓIS

QUERO ,ANDORINHAS VOANDO

HOJE EU QUERO, A SINFONIA DAS MATAS

QUANDO O SOL , EM REALEZA ILUMINA

AS SEQUÓIAS ,DISTRIBUINDO BELEZA



HOJE EU QUERO O EXPLENDOR


DE UM CÉU, CHEIO DE ESTRELAS

COMO UM MANTO REAL

DE PEDRARIAS ,SEM IGUAL

HOJE EU QUERO ,HARPAS TOCANDO

MUSICA ANGELICAL..........

SORRISOS DE MIL AMORES.........

A TERRA, CHEIA DE FLORES..



ANNA KARENINA.


(http://lh4.ggpht.com/_8TFwu-Ww8Dg/Shsuhz5hEKI/AAAAAAAAFgI/PyENWs3-acg/s400/38347.png)

http://www.youtube.com/watch?v=Jr_UgsOaiYE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUpyX1Vnc09haVlF)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 21 de Junho de 2009, 09:50


"Luz do Horizonte"


 E olhei o horizonte perguntando por você
 Donde vim e pra onde vou, não sei
 Mas sei que pra onde eu for, lá te encontrarei
 Pois é de coração que se unem as almas
 
Almas irmãs, perdidas no esquecimento do tempo
Almas afins, semelhantes desde o momento da criação
Almas queridas, as que vivem  no coração da gente
Almas amadas, essas são eternos anjos para nós
 
E onde poderia ver a esperança que brilhava em mim
Naquele tempo eu ainda buscava o sinal das estrelas
Hoje em meu olhar cansado avistei formosa luz
Esperança de paz em meu existir
 
Anjos da Paz, esses nos persistem com seu carinho
Anjos de Amor, que atravessam o cosmos em nossa busca
Anjos de Humildade, sós e silenciosos dentro de nossos corações
Anjos da Eternidade, esses se transformam em pessoas para nós
 
E do horizonte você surgiu, alma amiga e gentil
Devolvendo-me a esperança e a luz em alegria fraterna
Mostrando-me a fé na luta de Amor
Dizendo-me de tuas lutas, e me chamando de irmão.

Ghost
 

http://www.youtube.com/watch?v=mFu9YR9X-Zw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW1GdTlZUjlYLVp3)
 
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Junho de 2009, 22:49
Quando dançava com as estrelas...


Sentindo-me liberta
Dançava como uma borboleta...
Ou uma estrela dançarina.

Ainda não fizera as devidas escolhas
Mas avidamente procurava as respostas
E desci a este mundo para encontrá-las...

Lembro-me que dançava livre no espaço
Agora, sinto-me perdida
E busco as melodias do amor
Sinto saudade das estrelas, muita saudade...

Volitava feliz e livre
Cantava, sorria, encantada.
E aquelas  luzes amigas
 Presentes em meu caminho
Ensinando-me a caminhar...

Mas um dia renasci qual lagarta
E, estando num casulo a soltar-me,
Já estou quase partindo
Ainda repleta de dúvidas
Em busca de mim mesma

E assim, além deste orbe,
Além da vida, além de tudo
Era eu a menina que sonhava:
"Tem um anjo no meu quarto!"


Talvez mais do que um sonho...
Era uma vez um lindo tempo
Onde via anjos reluzindo...
Quando dançava com as estrelas.

Helena Beatriz


http://www.youtube.com/watch?v=VowX3fwTt_A (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVZvd1gzZndUdF9B)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 23 de Junho de 2009, 16:59
Devas
 
Nos padrões de Deus és alma que trabalha
Nos padrões humanos és mistério
Na natureza és a mão que descortina
Na vida és a mão que ampara e guia
 
Teu silêncio se rompe nos ouvidos treinados ao todo
Tuas intenções são puras
Teu trabalho é de auxílio
 
Voa anjo ou fada, voa ao encontro de nós
Passe invisivel ao olhar humano que dorme
Sorria de quem não sabe de ti
Trabalha nas leis de Deus
 
Então venha real ou não
Então mostre-se à quem te veja num segundo
Então seja assim só luz
 
Seja anjo então, apieda-te da prova humana
Seja o silêncio, e no silêncio...trabalha
Seja a ilusão da visão que compreende o invisivel
Seja a fantasia do sonhador que busca
Seja a primeira prova dos que despertam
Seja o portão que desperta para um todo infinito
Seja o duende ou a fada dos loucos que não perderam a criança.
 
Ghost

 
http://www.youtube.com/watch?v=ZxZFsaTMN04 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVp4WkZzYVRNTjA0)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 23 de Junho de 2009, 20:41
Não Quero Ver Você Triste

(http://img523.imageshack.us/img523/4558/nicas64ah5.gif)

O que é que você tem?
Conta pra mim
Não quero ver
Você triste assim
Não fique triste
O mundo é bom
A felicidade até existe!
Enxugue a lágrima
Pare de chorar...
Você vai ver!
Tudo vai passar,
Você vai sorrir outra vez
Que mal alguém lhe fez?
Conta pra mim
Não quero ver
Você triste assim
Olha, vamos sair...
Pra que saber aonde ir?
Eu só quero ver você sorrir!
Enxugue a lágrima, não chore nunca mais
E olha que céu azul
Azul até demais
Esqueça o mal,
Pense só no bem
Que assim a felicidade um dia vem
Agora uma canção
Canta pra mim

Roberto e Erasmo



http://www.youtube.com/watch?v=qoc5xsbCqXA (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXFvYzV4c2JDcVhB)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 24 de Junho de 2009, 12:19
Aninha e suas pedras

Não te deixes destruir...
Ajuntando novas pedras
e construindo novos poemas.
Recria tua vida, sempre, sempre.
Remove pedras e planta roseiras e faz doces. Recomeça.

Faz de tua vida mesquinha
um poema.
E viverás no coração dos jovens
e na memória das gerações que hão de vir.
Esta fonte é para uso de todos os sedentos.

Toma a tua parte.
Vem a estas páginas
e não entraves seu uso
aos que têm sede.

Cora Coralina (Outubro, 1981)


http://www.youtube.com/watch?v=Fr9Do5ZxPZA&eurl=http%3A%2F%2Fwww%2Eorkut%2Ecom%2Ebr%2FFavoriteVideos%2Easpx%3Fuid%3D9884288928209941129%26na%3D4%26nst%3D137%26nid%3DdWlkXzQxNjIyMTMwMXxmdF92aWQsbndfMHxhZF8xMjM&feature=player_embedded (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUZyOURvNVp4UFpBJmFtcDtldXJsPWh0dHAlM0ElMkYlMkZ3d3clMkVvcmt1dCUyRWNvbSUyRWJyJTJGRmF2b3JpdGVWaWRlb3MlMkVhc3B4JTNGdWlkJTNEOTg4NDI4ODkyODIwOTk0MTEyOSUyNm5hJTNENCUyNm5zdCUzRDEzNyUyNm5pZCUzRGRXbGtYelF4TmpJeU1UTXdNWHhtZEY5MmFXUXNibmRmTUh4aFpGOHhNak0mYW1wO2ZlYXR1cmU9cGxheWVyX2VtYmVkZGVk)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Junho de 2009, 11:09
Psique

(http://www.quarlo.com/4_12_2004/04041221.jpg)

Mesmo vendo tuas lágrimas, sei que não posso voltar
Agora me dei conta que estou voltando para casa
Lá encontrarei amigos antigos
Lá te esperarei

Não fique achando que estarei só
Amores cósmicos reencontrarei
Sem as medidas dos abraços
Mas com sentimento puro

Eu busquei aqui o que deixei lá
Tentei resgatar meus sonhos mortos
Os que hoje choram, eu os fiz sorrir
Só a saudade explica tanto amor

Encontrei em ti meu refúgio, meu calor
Agora meu tempo se foi, hora de partir
O que te amou fica aqui
O que partir será o que sou

Me dá teu coração uma última vez
Tudo continuará como sempre continuou
Serei a tua saudade
As vezes tua melancolia

Um abraço, um beijo...um até depois
Uma lágrima
Um silêncio
E no silêncio...um adeus.

Ghost


http://www.youtube.com/watch?v=E9HHO2U-zkA (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUU5SEhPMlUtemtB)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Gigii em 29 de Junho de 2009, 11:19
Muito lindo minha amiga... É de uma sensibilidade muito grande o amigo "Ghost"...

Beijinhos a ambos  :-*
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 30 de Junho de 2009, 09:40
Bom dia, Gi!!
É verdade, amiga querida, nosso amigo Ghost é muito sensível, nós o sabemos, não é mesmo?.... ;) :)

Obrigada por sua sensibilidade e ternura, doce Gi.
Bjs com muito carinho,
Beatriz
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 30 de Junho de 2009, 09:43

Romantismo

Quem tivesse um amor, nesta noite de lua,
para pensar um belo pensamento
e pousá-lo no vento!...
Quem tivesse um amor - longe, certo e impossível -
para se ver chorando, e gostar de chorar,
e adormecer de lágrimas e luar!
Quem tivesse um amor, e, entre o mar e as estrelas,
partisse por nuvens, dormente e acordado,
levitando apenas, pelo amor levado...
Quem tivesse um amor, sem dúvida nem mácula,
sem antes nem depois: verdade e alegoria...
Ah! Quem tivesse... (Mas quem tem? Quem teria?)

Cecília Meireles


http://www.youtube.com/watch?v=4lEg1eez7Fs (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTRsRWcxZWV6N0Zz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 30 de Junho de 2009, 10:17
Eternos aprendizes


Aprendamos a dançar, sem esperar que a chuva passe...
Aprendamos a caminhar, não deixando nossos pés imobilizados
Aprendamos a amar, não permitindo que nossos corações sintam frio
Não importa como o façamos, apenas façamos, do nosso jeito.

 Sabemos que cada um de nós seguirá seu compasso
 Mas, mesmo assim, mesmo descompassados,
 dancemos, caminhemos, amemos ...
Pois apesar de conhecermos as agruras doridas do tempo
Não deteremos o essencial mistério de viver

Aprendendo a dançar, poderemos acordar nossa própria luz
E, sem pedir licença, veremos nosso sol interior raiar...
Aprendendo a caminhar, sentiremos a harmonia do corpo
Aprendendo a amar, entenderemos o próximo
Seus medos, dúvidas, aflições sem fim...
E observaremos que a vida é feita de notas, tons e cores
Que muitas vezes nascem das sombras mais densas


Dancemos todos, balancemos nossos braços e pernas
Talvez venham a se transformar em asas de luz e paz...
Caminhemos em busca do nosso céu interior,
 repleto de cores e harmonia
Talvez, com a dança, mimetizemos nossas lágrimas
E, junto ao mar dos sonhos desfeitos e ilusões coloridas,
Consigamos preencher o vazio de amor e perdão.


Dançando, caminhando e amando estaremos gritando
Aos quatro ventos nosso grande poema vital
E a alegria, antes escondida, afloraria derrubando muros
E nossas almas, voltando a florir, radiantes
Encheria de perfume, sons, cores e tons o planeta

Dancemos, caminhemos, amemos aqui, ali, acolá...
Na rua, em casa, até mesmo nos telhados do mundo
E vamos todos despir a roupa embolorada do passado
Daquele homem velho que insiste em não partir

Dancemos, caminhemos e amemos muito, muito...
E a linda música que se chama vida e não tem final,
Ecoará se espalhando com o vento, pelo ar.
(Helena Beatriz)


http://www.youtube.com/watch?v=XccC5A7V_-w (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVhjY0M1QTdWXy13)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 01 de Julho de 2009, 21:45
Pedaços

Do caos se fez a luz e tudo o que conhecemos
A terra, o ar, o mar são feitos de pedaços,
 Múltiplos pedaços, zilhões de pedaços
 Fragmentos formam o mundo e muito mais
Gotas, pequenas gotas, formam o mar...

O orvalho me lembra gotas cintilantes de lágrimas
Como se a noite chorasse triste e silente...
E nas folhas, agrupadas, se instalam dolentes...
Também são pedaços, como tudo o que me cerca.

A natureza assim cria elétrons, protons, neutrons...
Tudo surgindo numa convulsão de mistérios e átomos
Múltiplas partículas formando, formando...
Também são pedaços, apenas pedaços...

A terra árida, sedenta, pede gotas de chuva
As partículas vão se desgarrando no espaço
As águas dos riachos correm mansamente
E, calada, observo tudo atentamente...

Os sentidos, ainda dormentes, se fazem notar
Meu corpo, matéria frágil, ousa reclamar
Dentro da biografia onde fui posicionada,
O medo me açoita com múltiplos pensamentos

Estou agora a olhar pela janela embevecida
Gotas de chuva, ou lágrimas de orvalho,
Se instalam nas copas das árvores...
O sol faz tudo brilhar como diamantes
Também em pedaços.


Helena Beatriz


http://www.youtube.com/watch?v=ZTTJgX34eQk (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVpUVEpnWDM0ZVFr)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 07 de Julho de 2009, 12:01
Amor à Distância
CrisMaia

Quantas vezes eu já não toquei o vazio,
na esperança de te sentir.
Quantas vezes eu já não ergui minha mão,
com vontade de acariciar teu rosto ... ou secar uma lágrima.
Quantas vezes eu não fechei os meus olhos,
para poder visualizar tua boca sorrindo...
enquanto eu sentia que tu
sorria... do outro lado.

Sinto tanto a tua falta...
Falta do teu calor...
Falta dos teus beijos...
Falta do teu olhar...

Mas a tua voz me aquece , me acaricia ,
me embala nas minhas noites vazias...
E a esperança preenche meus sonhos.
A esperança de que não tarde o próximo dia em que vamos nos encontrar.
E de que não tarde, o dia em que não vamos mais nos separar...

Roy Orbison "Unchained Melody"

:arrow: http://www.youtube.com/watch?v=OSIJUz11-FE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU9TSUpVejExLUZF)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 08 de Julho de 2009, 18:51
"Acreditar..." Reflexão
 
Vivemos buscando provas e testemunhos terminantes
Porque temos medos, dúvidas, somos frágeis demais...
Sentimo-nos muitas vezes órfãos, tão sós, tão nada
 
Mas nem no nada podemos depositar certezas
Se houver outras vidas, outras dimensões, outros mundos...
 
Deus... o que é ou quem é Deus?
 
Sossegar a alma aflita seria um privilégio?
Assim, nos bastaria olhar os recursos que temos
Visão, olfato, audição, braços, pernas, razão,
sentimentos, sensações para compreendermos
Grandezas que se espalham pelo cosmo...
 
O poder da evolução nos padrões da própria lógica.
Mas as vezes tudo nos parece sem sentido...
 
 
Quem sabe ao atingirmos padrões de humanização salutar,
 nos tornamos pacificos e amorosos seres?
 
Carregaríamos a sabedoria aliada ao que aprendemos
 de cultura ao longo do tempo percorrido aqui e acolá
 
Somando sofrimentos e lutas, subtraindo algumas perdas
Alcançaríamos uma resultante magicamente satisfatória
 
Seria esta então a prova de que somos a alma divina,
 com as ferramentas para cultivar o jardim do Amor.
 
 Helena Beatriz / Ghost
 
 Música:  Perhaps Love - John Denver & Placido Domingo


http://www.youtube.com/watch?v=3YnfCH7LNcM (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTNZbmZDSDdMTmNN)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Gigii em 10 de Julho de 2009, 18:48
Querida amiga Bia...venho partilhar algumas poesias também feitas com alma  coração... :)

O cavalo

Corre veloz por entre a floresta

Sem medos, nem pressa

Numa convivência serena

Que se une á cor amena

De um dia luminoso e triste.

De cabeça em riste

De musculosa fortaleza

Ele ergue-se com tamanha beleza

Que aqueles que se cruzam em altivez

Ansiosos lhe perguntam o que ele fez

Para seguir assim em liberdade

Quase sempre só, mas sem saudade.

By Gi
Fotografia: António Cravo
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Gigii em 10 de Julho de 2009, 18:51
Choro…
Porque descobri que eu não sou
Aquilo que julgam que sou
Mas quem eu sou ainda não sei
Por isso choro…
Porque não sei se sou aquilo que sou
Ou o que dizem que eu sou
Ou que desejariam que fosse
E choro…
Porque na duvida do que sou ou não sou
Existe um silêncio profundo
Que se esconde do mundo
E me faz chorar…
Receio que o que sou não vá agradar
Ou o que não sou pudesse encantar
Mas não o sendo…sou apenas o que sou
Um ser que não quer mais chorar.

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Gigii em 10 de Julho de 2009, 18:53
Querido amigo, pensei em ti agora
em escrever-te com calma
certas coisas sentidas, não ditas,
que passam na minha alma.
Meditava nas tuas palavras
"nada de novo", "nada de jeito",
que modelam a tua vida
desde que te "conheço", que te leio...
Ainda te olho como o jovem moço,
em busca de respostas inexistentes,
que escondem teus receios
tua falta de confiança...
Como eu gosto de ti!
Alegra-te amigo, há esperança!
Uma vida maravilhosa que te espera,
que o Pai te oferece sem condições.
Sê corajoso,amigo meu,
abre o teu coração e mostra as tuas emoções!
Como é bom partilhar do que somos,
sentimos ou pensamos...
Tens-me aqui,amiga tua
que te escuta e dá atenção,
mesmo que não saibas quem sou
ou se fico ou se vou.
Tens-me aqui deste lado
mesmo que longe e distante,
aqui estou numa amizade constante.
Apetecia agora perguntar:
porque ris quando estás triste,
ou porque calas quando te apetece falar?
Porque dizes adeus
quando te apetece abraçar?
Porque ficas no teu lugar
quando te apetecia fugir?
Porque não sabes para onde ir?
Sê tu mesmo enquanto é tempo,
antes que quem te escuta voe com o vento,
ou quem te protege te deixe crescer...
Amigo tão querido,
palavras bonitas são insípidas
quando ditas sem sentimento,
mas enchem a alma quando verdadeiras
se firmes na vontade de expressar
o amor que cá vai dentro...
Aqui fica este conselho
desta amiga que te adora:
abraça o mundo com coragem, sai por aí fora,
para que ele te retribua com ventura,
com carinho, com amor...
 
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 11 de Julho de 2009, 10:05
Querida amiga Gi
Lindas poesias, repletas de sentimentos que brotam das profundezas de nossa alma, de nossos corações.
E aqui é aquele cantinho, alma doce e gentil, para extravasarmos emoções do nosso ser, do sentir.
Bjs!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 11 de Julho de 2009, 19:09
Luz de Amor

Tem hora que me ponho a te olhar
Teus serenos olhos, tão gentis e meigos

Foram tantos anos buscando-te
Sem saber se iria te encontrar
E continuei buscando
Mesmo contigo na minha frente

Desesperançoso, sucumbia em solidão
E a mesma mão me reerguia, sem que notasse
Buscava o amor da carne
Não podia reconhecer o Amor da Alma

Como uma sombra na luz, me abrigava em teu carinho
Como pássaro perdido no deserto, teu sol me guiava ao norte

Hoje sei que depois de olhar nos olhos de um anjo, a vida desperta
Vi a luz de tua alma, reconheci a alma irmã de milênios
Como partes dum todo, alí sucumbi meu egoísmo
Compreendi a missão serena e sagrada de evolução

Almas queridas que nos resgatam em sacrifício fraterno
Hoje as feridas cicatrizaram, meus olhos buscam a luz de teus olhos
Ainda cego no caminho que eleva, sigo tuas asas
Amor sublime...sem amarras, luz divina de bençãos da eternidade.

Ghost

Música: :arrow: Mil Anos De Amor


http://www.youtube.com/watch?v=CJKtnrWWEMk (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUNKS3RucldXRU1r)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 18 de Julho de 2009, 14:41
* Eternos Sentimentos *

A mente não decifra, mas o coração sente
As atitudes tentam negar, mas os olhos confessam
Quem somos afinal? viajantes do tempo, nos perdendo, nos reencontrando

Personagens de uma eternidade incógnita, almas silenciosas
Num passado entrelaçadas, talvez, nas realidades cósmicas... destinadas
Experimentando-se numa busca do coração, reconhecendo-se semelhantes

Vindas de orbes fraternos, de incompreensíveis estágios de Amor
O reencontro inesperado, reativando antigas sensações...
Inevitável sentimento, sublime amor...amor-criança, amor-amigo, eterno amor

O amor é puro nos Eternos Sentimentos, não buscam o hoje, desejam o sempre
Um sempre de luz e paz, sem as amarras do amor objeto, mas com a paz da luz do amor
Então a melancolia, saudade do jardim das almas vindas desse país das estrelas

Ali, em teus olhos...em tua voz...em teu modo de ser...em teu modo de pensar...
Há algo mais...alguém perceberá...e poderás perceber também da luz que essa alma te lança
Silenciosos esquisitos, vindos de mundos dos nossos sonhos...amando-se com sublimidade celestial

Essas almas que tanto amas e que também te amam...dê-lhes o teu melhor carinho
Elas choram da mesma saudade que sentes...diga-lhes nos gestos, nas pequenas coisas
Almas amadas, perdidas no tempo, resgatadas no coração

Elas vem te falar do único ser que somos, da única verdade que nos une...o Amor.
Amor Divino, Amor Sublime, Amor de Paz, Amor Eterno...Eterno Amor.

Ghost

Música: Morris Albert - Feelings

:arrow: http://www.youtube.com/watch?v=CyBcHUe4WeQ (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUN5QmNIVWU0V2VR)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 18 de Julho de 2009, 15:08
Homenagem à gatinha Mug, acolhida por alma bendita, retirada de uma praça pública. Estava muito maltratada quando foi socorrida por algumas almas caridosas.
Partiu ontem, com diagnóstico de Leucemia, ainda com 13 meses...


(http://i407.photobucket.com/albums/pp157/Ghost_3000/mug.jpg)

Mug-Estrela

Era uma vez um campo histórico
Não muito florido, com nome de Santa
Santa Inquisição também o tinha
E campo era também o de concentração
Mas o campo de que falo é o de Santana
Onde uma ninhada, dentre muitas, aconteceu.
E um serzinho especial ali nasceu.

De quando em vez um grupo de almas bondosas
Dali  retiram, piedosos, muitas alminhas sofridas,
E numa espécie de orfanato ou algo assim
Ficam a aguardar quem lhes dê guarida

Ah... esses anjinhos de quatro patas tão sofridos...
Dentre animais famintos, desvalidos sem abrigos,
Estava nossa gatinha preta e branca, assustadiça.

Até que certa vez  um milagre aconteceu
Uma cândida alma amiga por lá apareceu!
E, tal qual Cinderela, nossa linda felina
Se viu numa nova vida e ali floresceu

E assim foi crescendo feliz no seu novo lar
Em certos momentos a tristeza de dantescos dias
Se lhe apresentava ao semblante
Mas, em geral, mostrava seus olhos verdes, grandes
E um rebolativo andar ondulante, ao caminhar...

Mug-Estrela, Mug amada, Muguinha...
Muguenville, Mug-receptora, Mug-transmissora
Assim lhe dizia sua maior amiga e benfeitora
Era sua mãe, irmã, sua família, só a ela tinha.

E elazinha, ao se deitar aos seus pés, fazendo trejeitos
Estava a lhe agradecer o pouco-muito que lhe tinha feito:

Obrigada, amiga amada por seu lar a mim oferecido
Obrigada, amiga-anjo por seu carinho, cama e ternura
Ofereço-lhe minha barriguinha bicolor, pois sou mestiça
Obrigada por me tratar sem preconceito, sem distinção
Pois não tenho raça definida, pedigree ou presunção...
Obrigada por todo o seu respeito e admiração.

Batatinha quando nasce se esparrama pelo chão
Mug-Estrela, Muguinha, Muguenville ao partir
Deixou-nos um enorme vazio no coração.

Obrigada, dizemos todos nós,
Que mesmo por um breve tempo,
Pudemos tê-la nos braços, cortar suas unhas...
Limpar-lhe as orelhinhas e acariciar seu pelo.

Obrigada, gatinha-anjo por seu tempo curto conosco
Que os anjinhos-gatos a recebam de braços abertos
Porque nós, que por aqui ainda ficamos,
 Nunca a esqueceremos.


http://www.youtube.com/watch?v=mAUvxNlFN2g (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW1BVXZ4TmxGTjJn)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Julho de 2009, 11:47
O Pássaro Azul


Há um pássaro azul cantando em mim.
Maravilhada, escuto-o cantar horas sem fim
Nas vezes, no entanto, que minha razão por ele buscou
O esquivo pássaro voou, voou, voou.

Por qual motivo escapa assim de minhas mãos
O pássaro que em minha alma fez seu ninho?
Escolheu tal domicílio por motivos vãos?
Não tratei-o porventura com especial carinho?

Respondeu-me então a ave - A ti não vim para trazer felicidade;
Sinto decepcionar-te, se foi isto que pensaste ouvir em minha canção.
Sou apenas meio, instrumento, alavanca, na verdade
Se a ti fui designado, foi para te servir de inspiração.

No tempo certo, quando para tal estiveres com preparo
Ouvirás à volta de ti o eco de meu canto raro.
Teu ouvido, já sintonizado ao som sublime do meu diapasão
Descobrirá o som do pássaro azul em outro coração.

Bindi

Música: Vangelis - Prelude

http://www.youtube.com/watch?v=BdQ7LBo_t-Q (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUJkUTdMQm9fdC1R)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 23 de Julho de 2009, 09:12
O Repouso do Guerreiro

No chão do campo de batalha ele jazia
Num quadro desolador que expunha um corpo jovem
Em tão sangrentas condições...
Pernas que deveriam correr para junto de seres amados
Estraçalhadas por bombas...
Olhos que tinham ainda tantas estrelas a observar
Enevoados pela poeira e fumaça
Buscando em volta alguma imagem conhecida onde fixar-se...
Ajoelhada ao seu lado
Uma enfermeira bravamente enfrentara a fumaça
Ainda chamejante da última luta
Os estrondos ainda se podiam ouvir
A algumas dezenas de metros dali
Tentava aliviar a dor tremenda do jovem soldado.
 Mas provavelmente em choque
 pela gravidade dos ferimentos
 Ele de nada se queixava: apenas vagava
Em torno de si dois olhos atordoados,
que por fim se fixaram no rosto de sua acompanhante.
 E aí, num fio de voz, perguntou - "Mãe....? É você...?"
A enfermeira, ao mesmo tempo surpresa
Comovida pela confusão olhou
Em volta buscando por algum companheiro do jovem,
Algum rosto conhecido que pudesse debruçar-se
Sobre aquele sofredor em sua última agonia
Mas ao seu redor as cinzas, a poeira
A noite que se aproximava falavam somente de vazio e solidão.
Então, num impulso surgido do mais fundo de sua humanidade,
Deitou sobre seus joelhos a cabeça ensanguentada
E, fixando os seus nos olhos do soldado, disse:
 "Sou eu mesma, meu filho...
Estás em casa agora...
Não sentes a cama macia cujos lençóis acabei de trocar?
 Tenho no forno aquele bolo que adoras
 Não sentes o cheiro quentinho e profundo?
 A noite está chegando, por isso estás com sono,
 Mas logo poderás dormir e sonhar com o que farás amanhã
 É domingo, poderás sair com teus amigos como sempre
 Encontrar aquela linda moça de quem tanto falas.
 Descansa...Chores se quiser
 Sou tua mãe, de mim não precisas ter vergonha...
Vou ficar aqui te embalando até que durmas...
Encostando a face na testa ardente do moribundo
Murmurou entre lágrimas uma antiga música
Com que sua própria mãe costumava lhe ninar em criança.
Soerguendo um pouco o rosto
Os olhos do jovem soldado emolduraram um brilho de ternura,
E ele agradeceu no seu último sorriso.

Não há porque pensarmos que a maternidade  manifesta-se apenas quando nos relacionamos
 com o fruto de nossa própria carne; temos a liberdade de ter como filhos as crianças, adultos, os idosos, os animais ou plantas. Num mundo tão sedento de carinho, mães e pais nunca serão em número suficiente...

Bíndi

Loreena McKennitt - La Serenissima

http://www.youtube.com/watch?v=m54SmVsQqgc (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW01NFNtVnNRcWdj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 24 de Julho de 2009, 12:01
CONFLUÊNCIA PASSIONAL

Imaginem rios que se querem
E se esperem presos pelo cheiro
se arrastem tortos pelo mundo
afagando o leito em desespero...

Imaginem rios que se gostem
E se encontrem longos de desejo
e se encontrem prontos de ternura
se misturem cada vez mais beijo
e se deixem em êxtase de espuma
troquem águas, algas, mágoas, peixes...

ALTAIR DE OLIVEIRA - O Embebedário Diverso - 2003


http://www.youtube.com/watch?v=tBD0vZNlxtI (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXRCRDB2Wk5seHRJ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 26 de Julho de 2009, 10:29
AVES DO PARAÍSO

Numa floresta esplendorosa, bem longe daqui
 Criaturas de rara beleza se reuniam em epifania
E, antes do nascer do sol, todas as manhãs
Um brado de louvor ao Criador se ouvia

Havia pássaros e outros seres magníficos
Não sei explicar-lhes muito bem como seriam
O que me contaram e ouso transmitir-lhes
É o sentimento mágico de amor e paz que transmitiam

E assim que o sol chegava ao topo das árvores,
E seus raios brilhavam no meio da copa
As aves do paraíso abriam suas asas gloriosas...


E como num abracadabra, imediatamente
Tremulando em suas penas coloridas
Dançando à luz do sol, felizes, reluzentes
Entre gnomos, fadas, elementais frementes
Faziam maravilhas para entreter
Uma platéia seleta e embevecida.


A cada manhã era um espetáculo glorioso
O seguinte sempre melhor que o anterior
 E todas as criaturas que Àquilo assistiam
 Lançavam exclamações maravilhadas
De agradecimento ao Grande Gestor.

Helena Beatriz


http://www.youtube.com/watch?v=tCgbyy4QYrk (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXRDZ2J5eTRRWXJr)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Julho de 2009, 11:21
MANANCIAL DE INSTANTES


(http://1.bp.blogspot.com/_7ehL1Msv0ek/SXYu_9QVVhI/AAAAAAAAADM/9meGQcI7UtM/s320/untitled.bmp)

Há tempos tento desvendar o tempo
que vai e vai, nem mais, nem menos lento
como quem sai dosado pelo vento
que flui eterno da explosão do centro.

Onipresente e sempre, o tempo incide
por todo o alcance do meu pensamento
às vezes penso até que ele decide
passar por nós só pra matar o tempo.

Por mais que eu finja ou fuja, atua o tempo
perpetuando-se a somar instantes,
vai devastando todos os meus momentos
e leva adiante todos os seus intentos.

Eu sinto o tempo vivo e, sinto muito
se não percebo o seu encantamento
mas sei que enquanto morro o tempo todo
o tempo escorre novo todo o tempo.

Altair de Oliveira - in o Embebedário Diverso - Curitiba 2003.


http://www.youtube.com/watch?v=GGtKxbu7vLI (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUdHdEt4YnU3dkxJ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 28 de Julho de 2009, 09:36

Será que você sabia?

Nunca deixei você perceber em meus olhos
Nunca permiti que notasse as batidas do meu coração, aceleradas perto de você
Não lhe deixei ver a lágrima da saudade quando me deixava
Nem meu rosto sonhador quando me abraçava

Suas mãos, seus olhos...Seu jeito, sua voz
Eu a amava toda

Nossas vidas, tantas vidas juntos...hoje eu sei
Tanto amor guardado
Me bastava sua presença agora
Me limitava ao toque da sua presença

Como se fosse uma flor eu cuidava e protegia
Lágrimas secas, dum pranto de amor

O amanhecer, você correndo pela areia, me abraçando
Aquele jardim que você cuidava todos os dias...nossas flores
Nosso olhar, como duas crianças felizes, andando num céu só nosso
Achávamos que já era a eternidade, que teríamos todo o tempo do céu

A viagem, a tarde chuvosa, o telefone...a noticia
Você não voltaria, mas eu queria vê-la só mais uma vez

Foi meu primeiro amanhecer sem você aqui
Naquela manhã, vi quando cuidava das flores, com um sorriso celestial
A luz de seu olhar silencioso, o aceno final
A melodia de sua voz ao vento suave...o silêncio, a vida que continuou

Hoje meu pranto é de saudade
Eu nunca lhe disse que a amava
(Ghost)

Nosso Primeiro Amor


http://www.youtube.com/watch?v=cT6fjXbdwdw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWNUNmZqWGJkd2R3)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Julho de 2009, 10:34
COISAS DO CORAÇÃO

Se as pedras não sabem do instinto da flor
que sabem as sombras do instinto de mim
se pedras não guardam memória de amor
nem guardam princípios ou meios do fim?

Quem tem a certeza de algum porventura
se a brisa nem diz quando vem ao jardim,
se cá dentro d’alma há essa doce ternura
de guizos ou mantras ou sons de flautim?

Se eu mesmo não sei o que foi a ventura
dos tempos perdidos do amor em motim,
que entendem os dias de minha aventura
se a aurora só chega em finais de festim?

Se a água das nuvens não sabe da altura
e cai como o arco-íris do céu de carmim,
que sabe o teu pranto da minha candura
que cai das alturas bem dentro de mim?

Afonso Estebanez


http://www.youtube.com/watch?v=sStVKhmIJtQ (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXNTdFZLaG1JSnRR)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Julho de 2009, 10:37
(...) Não tenho filosofia: tenho sentidos


O mundo não se fez para pensarmos nele
(Pensar é estar doente dos olhos)
Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo ...

Eu não tenho filosofia: tenho sentidos ...
Se falo na Natureza não é porque saiba o que ela é,
Mas porque um amo, e amo-a por isso,
Porque quem ama nunca sabe o que ama.
Nem sabe porque ama, nem o que é amar ...

Amar é a eterna inocência,
E a única inocência é não pensar ...

Alberto Caeiro
Do poema II de "O Guardador de rebanhos"
8 de Março de 1914


http://www.youtube.com/watch?v=W-oB_ncWRfg (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVctb0JfbmNXUmZn)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Agosto de 2009, 18:43
O sono das Rosas

a cidade não dorme
no entanto, é preciso ninar o Poema

as pedras transpiram liberdade
os sonhos vagam na noite
poetas espalham-se feito
pólen no vento

e as luzes, nem sempre da ribalta,
madrugada afora chovem cascalhos
cheios de silêncios

o Poeta finge adormecer
cerrando as janelas de sua alma
que por dentro da retina faíscam vida
também silenciosas
no coração pulsante da Avenida
para que, enfim,
descansem as Rosas.

Lúcia Gönczy
07/07/09


http://www.youtube.com/watch?v=V4IL8UnWs0U (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVY0SUw4VW5XczBV)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Agosto de 2009, 22:44
Compreender a Paz.

Não te sintas só,
Nem nas lágrimas solitárias
Nem na ausência de tua fé

Nem nas horas de desespero
Nem quando teus gritos não forem ouvidos

Nem suponhas serem tuas busca infrutíferas
Nem quando partir um ser amado...

Nem nas horas de tempestade
Nem nos ventos fortes

Nem na dor sem trégua
Nem nas agressões gratuitas

Nem pela incompreensão alheia
Nem pelo abandono de amigos com quem contavas

As horas em que mais sofreres
Serão aquelas que te porás mais perto da compreensão da paz.

Ou então seríamos marionetes no inferno ou paraíso,
Nada sabendo dos valores do Amor.

Ghost

Moya Brennan - Hear my prayer


http://www.youtube.com/watch?v=KXoO4cjyWEc (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUtYb080Y2p5V0Vj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 06 de Agosto de 2009, 19:02
Poemas sobre o tempo...

Não, Tempo, não zombarás de minhas mudanças!
As pirâmides que novamente construíste
Não me parecem novas, nem estranhas;
Apenas as mesmas com novas vestimentas.
William Shakespeare

Tempo
Coisa que acaba de deixar a querida leitora um pouco mais velha ao chegar ao fim desta linha.
Mário Quintana

NADA COMO O TEMPO

Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com uma outra pessoa, você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela.

Percebe também que aquele alguém que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente não é o "alguém" da sua vida.

Você aprende a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você.

O segredo é não correr atrás das borboletas... é cuidar do jardim para que elas venham até você.

No final das contas, você vai achar não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você!
desconhecido

O tempo

A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando de vê, já é sexta-feira!
Quando se vê, já é natal...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado...
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas...
Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo...
E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo.
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.
Mário Quintana


http://www.youtube.com/watch?v=2NUdznkCZ74 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTJOVWR6bmtDWjc0)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Gigii em 12 de Agosto de 2009, 16:15

POESIA É AMOR!


Vestir de beleza o feio

Na doçura dum olhar,

É dar-lhe da nossa alma

Um valor novo – é amar!

 

Fazer com palavras boas

Um manto e agasalhar

O pobre que sofre e treme,

Também assim é amar!

 

Amar – é crer na Beleza!

É sentir do Criador

A mensagem transmitida

Do calhau até a flor!

 

E dizer essa mensagem

Com alegria, ou com dor,

É destino do poeta

Que poesia – é Amor!


 

Maria José Rijo
28 de Fevereiro de 1956

[youtube=425,350]_45W-Lq7ftw[/youtube]
[/color]
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 13 de Agosto de 2009, 10:32
Motivo (Cecília Meireles)

Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem triste:
sou poeta.
Irmão das coisas fugidias,
não sinto gozo nem tormento.
Atravesso noites e dias
no vento.
Se desmorono ou edifico,
se permaneço ou me desfaço,
- não sei, não sei. Não sei se fico
ou passo.
Sei que canto. E a canção é tudo.
Tem sangue eterno e asa ritmada.
E sei que um dia estarei mudo:
- mais nada





http://www.youtube.com/watch?v=lY-ASj2_5Ho (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWxZLUFTajJfNUhv)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 13 de Agosto de 2009, 10:45
Reflexo*

Perplexa me apercebo que o tempo
nada mais é do que o ócio que devora
palavras ... promessas... sonhos...
e num estado quase utópico suponho
viver numa era estranha a minha própria
criatura
onde navego sem rumo e a proposta
foi mera coincidência casual
ainda entorpecida, corro ao meu encontro
-não me acho!
só, neste caminho sem volta
solta como tudo que é onda
como tudo que é nada
revolta
olho-me de lado... depois enfrento-me
neste meu espelho que sou eu e mais
ninguém.


Lúcia Gönczy* Lucia Elisabet Gonczy es poeta paulista, vive y trabaja en SP, Brasil.


http://www.youtube.com/watch?v=ybDZW3iqvXM (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXliRFpXM2lxdlhN)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 13 de Agosto de 2009, 11:53
Sonho de Amor

Quando a saudade vier em teu coração
Quando teu peito apertar
Quando a noite te parecer companheira ingrata
Lembra...
Sinto o mesmo amor que você sente
Sinto a mesma saudade doendo
Sinto meu peito se apertar num suspiro profundo
Sinto que a noite te traz para mais perto de mim

E quando teus olhos secarem
num sono de paz
Saiba...
Estaremos juntos
num sonho de amor.

Ghost


http://www.youtube.com/watch?v=qOVwokQnV4M (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXFPVndva1FuVjRN)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 13 de Agosto de 2009, 15:38
Quando você chegou

(http://poligonia.noblogs.org/gallery/2394/Sozinho1.jpg)

Ainda era um menino...
Menino que sonhava alto
Que voava com pássaros

Você chegou sem nada perguntar
Me trouxe o medo,
 Mas ao mesmo tempo
Uma estranha coragem me acometeu.
E assim fiz meu destino

Fui me sentindo mais forte...
Contidas as emoções mais puras,
Que brotavam espontaneamente,
Sem mais querer chorar,
Sorria ternamente.

Transformando meus sonhos em objetivos de vida
Já podia alcançar as estrelas imaginadas
Percebi que elas nada mais eram
Que o amor em atos transfigurado
E o que era sonho ganhou força e vida
Tornou-se "realidade"...

Fui adormecendo em seus braços
Quanto mais tentava lembrar de mim
Mais pensava em nós
Fomos nos envolvendo
nos mesclando...

Pensava estar morto dentro de você
 Mas apenas renascia como um feto
Alimentado por seu sangue e força
Senti que forjava um ser melhor
Valia a única vontade que você me fazia crer
E via através de seus olhos

Esquecido de mim, via um novo mundo
Sentia-me derramar quando chorava,
Entretanto ninguém mais me via,
tão camuflado estava...
Não podia mais fazer valer minha vida curta
Pois você chegou, eu morri
Mas acreditava estar renascendo o nós...

Agora... Justo agora!
Vem você me acordar...
Deixe-me aqui, com as lembranças de meus sonhos
Com minhas lágrimas queimando-me as faces
Minhas ilusões e meus sorrisos esquecidos

Não mais existo para o mundo
Tornei-me um fantasmagórico ser
Todos já me esqueceram...

Como você acha que me sinto?
Agora quer que eu viva novamente para lhe fazer sorrir?
Como viver se me sinto morto dentro de você?

Vergonha tavez sentisse
Ao me mostrar ao mundo como sou
Inocente e simplório,
Diante dum mundo de orgulhos e letras que criou ao seu redor
Deixe-me continuar morto em seu coração,
Pois viverei em suas lembranças solitárias

Agora deixe-se chorar,
 Não se envergonhe disso
 Permita-se um leve sorriso
para a criança esquecida
Dê-me essa última esperança
Quem sabe ainda renasça dentro de você,
 Como a criança feliz que fui um dia...
Quem sabe não seja sua própria alma
Convivendo com um coração de homem...

Mas se um dia se lembrar do menino que sonhava,
Quando não mais sua fortaleza sustentar,
As noites frias a fizerem de mim recordar,
Estarei aqui a sua espera...
Mesmo sabendo que logo me dirá adeus.

Helena Beatriz / Ghost


http://www.youtube.com/watch?v=NlzZv2xhFgI (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU5selp2MnhoRmdJ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Maria Nazar em 16 de Agosto de 2009, 23:52
Serenata


Permita que eu feche os meus olhos,
pois é muito longe e tão tarde!
Pensei que era apenas demora,
e cantando pus-me a esperar-te.


Permite que agora emudeça:
que me conforme em ser sozinha.
Há uma doce luz no silencio,
e a dor é de origem divina.


Permite que eu volte o meu rosto
para um céu maior que este mundo,
e aprenda a ser dócil no sonho
como as estrelas no seu rumo.

Cecília Meireles

[youtube=425,350][/youtube]



 
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Maria Nazar em 17 de Agosto de 2009, 00:32
Futuros Amantes
Chico Buarque
Composição: Chico Buarque

Não se afobe, não
Que nada é pra já
O amor não tem pressa
Ele pode esperar em silêncio
Num fundo de armário
Na posta-restante
Milênios, milênios
No ar

E quem sabe, então
O Rio será
Alguma cidade submersa
Os escafandristas virão
Explorar sua casa
Seu quarto, suas coisas
Sua alma, desvãos

Sábios em vão
Tentarão decifrar
O eco de antigas palavras
Fragmentos de cartas, poemas
Mentiras, retratos
Vestígios de estranha civilização

Não se afobe, não
Que nada é pra já
Amores serão sempre amáveis
Futuros amantes, quiçá
Se amarão sem saber
Com o amor que eu um dia
Deixei pra você

http://www.youtube.com/watch?v=LOwQLarDhvI (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUxPd1FMYXJEaHZJ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Maria Nazar em 18 de Agosto de 2009, 02:33
Cantada (Depois De Ter Você)
Adriana Calcanhotto


Depois de ter você,
pra quê querer saber que horas são?
Se é noite ou faz calor,
se estamos no verão,
se o sol virá ou não,
ou pra quê é que serve uma canção como essa?

Depois de ter você, poetas para quê?
Os deuses, as dúvidas,
pra quê amendoeiras pelas ruas?
Para quê servem as ruas?
Depois de ter você...

http://www.youtube.com/watch?v=5j9d3_WEKGk (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTVqOWQzX1dFS0dr)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 18 de Agosto de 2009, 14:18
Cheguei. Chegaste.

Vinhas fatigada e triste
e triste e fatigado eu vinha.
Tinhas a alma de sonhos povoada,
e a alma de sonhos povoada eu tinha.

E paramos de súbito na estrada
da vida:
longos anos, presa à minha
a tua mão,
A vista deslumbrada
tive da luz que teu olhar continha.

Hoje, segues de novo...
Na partida,
nem o pranto os teus olhos umedece,
nem te comove a dor da despedida.

E eu, solitário, volto a face e tremo,
vendo o teu vulto que desaparece
na extrema curva do caminho extremo.

Olavo Bilac


http://www.youtube.com/watch?v=S-uLWJWi0Mw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVMtdUxXSldpME13)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 18 de Agosto de 2009, 14:42
Toda palavra voa nebulosa
até chegar latente ao nosso chão.
Pousa sem pressa ou prece em mansa prosa
caída chuva breve de verão.

Toda palavra se abre generosa
para abrigar segredos num porão
lá onde sobram sombras sinuosas
levantando a poeira no perdão

Toda palavra veste-se vistosa
para fazer afagos na paixão
uma pantera em paz, porém tinhosa.

Toda palavra enfim é explosão
que o mundo só é mundo por osmose
pois há um outro ser no coração


Apenas uma palavra é capaz de salvação.
Seja no amor, no dia-a-dia, na solidariedade com os esquecidos do mundo.
Uma palavra basta para salvar aquele à beira do penhasco.
Doe-se em palavra, salve e salve-se.

Anibal Beça


http://www.youtube.com/watch?v=rooSvnRELlg (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXJvb1N2blJFTGxn)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 18 de Agosto de 2009, 16:18
Despedidas (Affonso Romano de Sant'Anna)

Começo a olhar as coisas
como quem, se despedindo, se surpreende
com a singularidade
que cada coisa tem
de ser e estar.
Um beija-flor no entardecer desta montanha
a meio metro de mim, tão íntimo,
essas flores às quatro horas da tarde, tão cúmplices,
a umidade da grama na sola dos pés, as estrelas
daqui a pouco, que intimidade tenho com as estrelas
quanto mais habito a noite!
Nada mais é gratuito, tudo é ritual
Começo a amar as coisas
com o desprendimento que só têm os que amando tudo o que perderam
já não mentem.

http://www.youtube.com/watch?v=yEjpMdLoiPI (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXlFanBNZExvaVBJ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 18 de Agosto de 2009, 16:24
Limites do Amor (Affonso Romano de Sant'Anna)

Condenado estou a te amar
nos meus limites
até que exausta e mais querendo
um amor total, livre das cercas,
te despeça de mim, sofrida,
na direção de outro amor
que pensas ser total e total será
nos seus limites da vida.
O amor não se mede
pela liberdade de se expor nas praças
e bares, em empecilho.
É claro que isto é bom e, às vezes,
sublime.
Mas se ama também de outra forma, incerta,
e este o mistério:
- ilimitado o amor às vezes se limita,
proibido é que o amor às vezes se liberta.
Ele quis morrer para arrasar a morte e voltar.



http://www.youtube.com/watch?v=Bymk2S3ED4I (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUJ5bWsyUzNFRDRJ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Maria Nazar em 19 de Agosto de 2009, 00:48
Eu Voltarei

Meu companheiro de vida será um homem corajoso de trabalho,
servidor do próximo,
honesto e simples, de pensamentos limpos.

Seremos padeiros e teremos padarias.
Muitos filhos à nossa volta.
Cada nascer de um filho
será marcado com o plantio de uma árvore simbólica.
A árvore de Paulo, a árvore de Manoel,
a árvore de Ruth, a árvorede Roseta.

Seremos alegres e estaremos sempre a cantar.
Nossas panificadoras terão feixes de trigo enfeitando suas portas,
teremos uma fazenda e um Horto Florestal.
Plantaremos o mogno, o jacarandá,
o pau-ferro, o pau-brasil, a aroeira, o cedro.
Plantarei árvores para as gerações futuras.

Meus filhos plantarão o trigo e o milho, e serão padeiros.
Terão moinhos e serrarias e panificadoras.
Deixarei no mundo uma vasta descendência de homens
e mulheres, ligados profundamente
ao trabalho e à terra que os ensinarei a amar.

E eu morrerei tranqüilamente dentro de um campo de trigo ou
milharal, ouvindo ao longe o cântico alegre dos ceifeiros.
Eu voltarei...
A pedra do meu túmulo
será enfeitada de espigas de trigo
e cereais quebrados
minha oferta póstuma às formigas
que têm suas casinhas subterra
e aos pássaros cantores
que têm seus ninhos nas altas e floridas
frondes.

Eu voltarei...

Cora Coralina
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Agosto de 2009, 20:31

Serenata
(Cecília Meireles)


" ... Permita que eu feche os meus olhos,
pois é muito longe e tão tarde!
Pensei que era apenas demora,
e cantando pus-me a esperar-te.
Permite que agora emudeça:
que me conforme em ser sozinha.
Há uma doce luz no silencio,
e a dor é de origem divina.
Permite que eu volte o meu rosto
para um céu maior que este mundo,
e aprenda a ser dócil no sonho
como as estrelas no seu rumo ... "

O meu amor não tem
importância nenhuma.
Não tem o peso nem
de uma rosa de espuma!
Desfolha-se por quem?
Para quem se perfuma?
O meu amor não tem
importância nenhuma.


http://www.youtube.com/watch?v=n92ATE3IgIs (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW45MkFURTNJZ0lz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Agosto de 2009, 20:41
Canteiros
(Música do Fagner baseada na obra de Cecília Meireles)


Quando penso em você fecho os olhos de saudade
Tenho tido muita coisa, menos a felicidade
Correm os meus dedos longos em versos tristes que invento
Nem aquilo a que me entrego já me traz contentamento
Pode ser até manhã, cedo claro feito dia
mas nada do que me dizem me faz sentir alegria
Eu só queria ter no mato um gosto de framboesa
Para correr entre os canteiros e esconder minha tristeza
Que eu ainda sou bem moço para tanta tristeza
E deixemos de coisa, cuidemos da vida,
Pois se não chega a morte ou coisa parecida
E nos arrasta moço, sem ter visto a vida.


http://www.youtube.com/watch?v=pN3NjiAu09w (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXBOM05qaUF1MDl3)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Agosto de 2009, 20:45
Fumo

Florbela Espanca

(http://www.releituras.com/biofotos/florbela2.jpg)


Longe de ti são ermos os caminhos,
Longe de ti não há luar nem rosas,
Longe de ti há noites silenciosas,
Há dias sem calor, beirais sem ninhos!

Meus olhos são dois velhos pobrezinhos
Perdidos pelas noites invernosas...
Abertos, sonham mãos cariciosas,
Tuas mãos doces, plenas de carinhos!

Os dias são Outonos: choram... choram...
Há crisântemos roxos que descoram...
Há murmúrios dolentes de segredos...

Invoco o nosso sonho! Estendo os braços!
E ele é, ó meu Amor, pelos espaços,
Fumo leve que foge entre os meus dedos!...


http://www.youtube.com/watch?v=FEsximBvOvY (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUZFc3hpbUJ2T3ZZ)


Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Carlos Ribeiro em 19 de Agosto de 2009, 21:07
Obrigado por compartilhar Helena.
Eu também adoro Florbela Espanca.
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 20 de Agosto de 2009, 21:09
Que bom que vc gostou, Carlos...

Florbela foi/é um espírito incrível! Uma mulher vanguardista, sem dúvida, por isso mesmo, polêmica.
Gosto muito de suas poesias.

Conheci um médium, aqui no Rio, que psicografa seus poemas.
Impressionante como o estilo se mantém na psicografia: muito semelhante!

Um abraço fraterno,
Helena
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 20 de Agosto de 2009, 21:20
O Manto e a Alma

(http://4.bp.blogspot.com/_ADEHmnkmsEU/SLhpaulfnrI/AAAAAAAAAYc/QNSXL9MCU2k/s320/anjos_da_noite.jpg)


"Você não olhou minha face, mas despiu minha alma
O manto nunca te impediu de invadir meu coração
Nem em meu silêncio você deixava de me ver como sou..."

Pelo silêncio das madrugadas andava nas ruas desertas
Por entre almas sonâmbulas e corpos ardendo em solidão
As luzes vinham e iam, trazendo esperança e levando sonhos

Daqueles tempos num corpo denso, só a recordação de um abraço e um silêncio secular
As luzes vinham, as luzes iam...
O manto escondia a sombra do meu olhar saudoso e vazio

Carregava a chave de meu coração guardada no profundo dum passado inesquecível
Um dia uma luz veio e ficou...
Por onde eu andava, sempre por perto

Na noite em que senti o pesar do resgate necessário, apareceu em forma de mulher
Sem nada falar-me, sem nada pedir...invadindo meu ser, tomando conta de mim
Minhas luzes então ressurgiram num amanhecer tão calmo...e adormeci da missão

Livre então, do manto e da dor...diante dum horizonte lindo e esquecido
Na segunda volta tua, o perfume de outrora invadiu-me o ser que renascia...
Abriste-me os braços e falaste ao meu coração, reconheci então o abraço que tanto amei

Enquanto a noite caía lá fora, novamente era dia em meu coração
Então olhaste-me nos olhos, entre lágrimas e sorrisos duma saudade que se foi
Enquanto todos olhavam o manto, você amou a alma...

Ghost


http://www.youtube.com/watch?v=m5nnQcH02og (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW01bm5RY0gwMm9n)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 20 de Agosto de 2009, 23:00


Me abrace
(Jorge Luiz Vargas)

Me abrace
Um abraço daquele apertado
Como se fosse o único
Abraço bem dado
Abraço com fervor
Me abrace por favor

Me abrace
Eu fico quietinho e calado
Só sentindo o seu calor
Mas me abrace por favor

Me abrace
Me deixa ficar entre seus braços
Preso nos seus laços
Um abraço forte
Que espanta até a morte

Me abrace
Esqueça que é minha paixão
Deixa eu escutar seu coração
Bater perto do meu

Me abrace
Não digo nada e não falo de amor
Simplesmente me abrace
E deixa eu me perder entre seus braços
No calor do seu abraço
Me abrace por favor!


http://www.youtube.com/watch?v=k6sQOE_X9yI (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWs2c1FPRV9YOXlJ)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 21 de Agosto de 2009, 09:59
(http://3.bp.blogspot.com/_DPuTnehhdXE/R9q4u-C_8pI/AAAAAAAABBA/TeVE0FnZDEU/s400/545.bmp)

Um ramalhete
Com rosas e alecrim
Nele, fitas de afeto
Em laços de bem querer,
Um sorriso em cada pétala
Um bilhete de paz
Pra tua vida...
E um pedido!
Jamais se esqueça de mim!

(autor desconhecido)


http://www.youtube.com/watch?v=0RghFsHGk7c (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTBSZ2hGc0hHazdj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 21 de Agosto de 2009, 10:17
Preciso, para

(Marina Colasanti)

Preciso que um barco atravesse o mar
lá longe
para sair dessa cadeira
para esquecer esse computador
e ter olhos de sal
boca de peixe
e o vento frio batendo nas escamas.
Preciso que uma proa atravesse a carne
cá dentro
para andar sobre as águas
deitar nas ilhas e
olhar de longe esse prédio
essa sala
essa mulher sentada diante do computador
que bebe a branca luz eletrônica
e pensa no mar.


http://www.youtube.com/watch?v=mLbOBoa8vD8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW1MYk9Cb2E4dkQ4)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Gigii em 21 de Agosto de 2009, 10:20

O mar e o Vento


Naquele suave enrolar
diz o mar ao vento:
tocas-me sem me falar
será que sentes o meu lamento?

O vento suavemente a soprar
finge que a voz se perdeu
mas acaricia com ternura o mar
que satisfeito se comoveu.

Entre o vento e o mar
Só há luz, serenidade, côr
não há palavras, nem nada a explicar
só um sentimento: Amor!

by Gigi


[youtube=425,350]SlHdys-RF8c[/youtube]
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Maria Nazar em 22 de Agosto de 2009, 03:32
   Gosto muito do Arnaldo Antunes.

   Para mim um dos maiores poetas da atualidade!

   Bjs,
   Nazaré

Se Tudo Pode Acontecer
Arnaldo Antunes

Se tudo pode acontecer
Se pode acontecer qualquer coisa
Um deserto florescer
Uma nuvem cheia não chover
Pode alguém aparecer
E acontecer de ser você
Um cometa vir ao chão
Um relâmpago na escuridão
E a gente caminhando de mão dada de qualquer maneira
Eu quero que esse momento dure a vida inteira
E além da vida ainda de manhã no outro dia
Se for eu e você
Se assim acontecer. . .
Se tudo pode acontecer
Se pode acontecer qualquer coisa
Um deserto florescer
Uma nuvem cheia não chover
Pode alguém aparecer
E acontecer de ser você
Um cometa vir ao chão
Um relâmpago na escuridão
E a gente caminhando de mão dada de qualquer maneira
Eu quero que esse momento dure a vida inteira
E além da vida ainda de manhã no outro dia
Se for eu e você
Se assim acontecer. . .

http://www.youtube.com/watch?v=nmKAWDQKvvI (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW5tS0FXRFFLdnZJ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Agosto de 2009, 12:47
Oi, Nazaré!!
Que linda letra e que música adorável! Amei!! ;) :)
Bjs!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Agosto de 2009, 12:49
A ventania
Assovia o vento dentro de mim
Estou despido
Dono de nada
Dono de ninguém
Nem dono de minhas certezas
Sou minha cara contra o vento
A contra-vento
E sou o vento
Que bate em minha cara"

Eduardo Galeano


http://www.youtube.com/watch?v=KQUIwUXbHRQ (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUtRVUl3VVhiSFJR)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Agosto de 2009, 21:39
Teu Segredo



O mundo diz-te alegre porque o riso
Desabrocha em tua boca, docemente
Como uma flor de luz! Meigo sorriso
Que na tua boca poisa alegremente!

Chama-te o mundo alegre. Ai, meu amor,
Só eu inda li bem nessa alegria!…
Também parece alegre a triste cor
Do sol, à tarde, ao despedir-se o dia!…

És triste; eu sei. Toda suavidade
Tão roxa, como é roxa uma saudade
É a tua alma, amor, cheia de mágoa.

Eu sei que és triste, sei. O meu olhar
Descobriu o segredo, que a cantar
Repoisa nos teus olhos rasos d’água!…

Florbela Espanca - Trocando olhares - 06/06/1916


http://www.youtube.com/watch?v=PY45DkaP9Ls (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVBZNDVEa2FQOUxz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Agosto de 2009, 21:50
Amar!

Eu quero amar, amar perdidamente!
Amar só por amar: aqui... além...
Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente...
Amar! Amar! E não amar ninguém!

Recordar? Esquecer? Indiferente!...
Prender ou desprender? É mal? É bem?
Quem disser que se pode amar alguém
Durante a vida inteira é porque mente!

Há uma primavera em cada vida:
É preciso cantá-la assim florida,
Pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar!

E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada
Que seja a minha noite uma alvorada,
Que me saiba perder... pra me encontrar...

Florbela Espanca


http://www.youtube.com/watch?v=nQiKAVwKOOY (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW5RaUtBVndLT09Z)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Agosto de 2009, 21:55
Florbela Espanca - A mensageira das violetas

Rasga esses versos que eu te fiz, amor!
Deita-os ao nada, ao pó, ao esquecimento,
Que a cinza os cubra, que os arraste o vento,
Que a tempestade os leve aonde for!

Rasga-os na mente, se os souberes de cor,
Que volte ao nada o nada de um momento!
Julguei-me grande pelo sentimento,
E pelo orgulho ainda sou maior!…

Tanto verso já disse o que eu sonhei!
Tantos penaram já o que eu penei!
Asas que passam, todo o mundo as sente…

Rasgas os meus versos… Pobre endoidecida!
Como se um grande amor cá nesta vida
Não fosse o mesmo amor de toda a gente!…



http://www.youtube.com/watch?v=3xfAL9T_g5U (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTN4ZkFMOVRfZzVV)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Agosto de 2009, 22:04
Florbela Espanca - Trocando olhares

Na vida, para mim, não há deleite.
Ando a chorar convulsa noite,
E não tenho nem sombra em que me acoite,
E não tenho uma pedra em que me deite!

Ah! Toda eu sou sombras, sou espaços!
Perco-me em mim na dor de ter vivido!
E não tenho a doçura duns abraços
Que me façam sorrir de ter nascido!

Sou como tu um cardo desprezado
A urze que se pisa sob os pés,
Sou como tu um riso desgraçado!

Mas a minha Tortura inda é maior:
Não ser poeta assim como tu és
Para concretizar a minha Dor!



http://www.youtube.com/watch?v=C13Bf8I04zY (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUMxM0JmOEkwNHpZ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Agosto de 2009, 22:07

DESEJO
Florbela Espanca -


Quero-te ao pé de mim na hora de morrer.
Quero, ao partir, levar-te, todo suavidade,
Ó doce olhar de sonho, ó vida dum viver
Amortalhado sempre à luz duma saudade!

Quero-te junto a mim quando o meu rosto branco
Se ungir da palidez sinistra do não ser,
E quero ainda, amor, no meu supremo arranco
Sentir junto ao meu seio teu coração bater!

Que seja a tua mão tão branda como a neve
Que feche o meu olhar numa carícia leve
Em doce perpassar de pétala de lis…

Que seja a tua boca rubra como o sangue
Que feche a minha boca, a minha boca exangue!…
………………………………………….
Ah, venha a morte já que eu morrerei feliz!…
- 20/06/1916


http://www.youtube.com/watch?v=dP0pUiyUaiU (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWRQMHBVaXlVYWlV)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Agosto de 2009, 22:24
Marina Colasanti


Ás seis da tarde
as mulheres choravam
no banheiro.
Não choravam por isso
ou por aquilo
choravam porque o pranto subia
garganta acima
mesmo se os filhos cresciam
com boa saúde
se havia comida no fogo
e se o marido lhes dava
do bom
e do melhor
choravam porque no céu
além do basculante
o dia se punha
porque uma ânsia
uma dor
uma gastura
era só o que sobrava
dos seus sonhos.
Agora
às seis da tarde
as mulheres regressam do trabalho
o dia se põe
os filhos crescem
o fogo espera
e elas não podem
não querem
chorar na condução



http://www.youtube.com/watch?v=-FSuj0ygbE8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PS1GU3VqMHlnYkU4)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: MAROCHA em 22 de Agosto de 2009, 23:23
Boa Noite Helena Beatriz !

  Mais uma linda poesia, Helena ! Marina Colasanti !

   Willian Shakespeare quando escreveu "Sonhos de uma noite de verão" pensava nas

  mulheres, pois elas sonham muito, e isso é lindo !
 
   Claro, diferente da vida real.  Talvez por isto, as vezes, chorem ... mas não devem abrir mão , NUNCA, de sonhar...

        Mandas coisa lindas, Helena !
Obrigado por compartilhares.

               Abraços

           Marocha
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 23 de Agosto de 2009, 11:15
Obrigada, Marocha, pelo feedback e por todo seu carinho e incentivo!
Um abraço,
Helena Beatriz
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 23 de Agosto de 2009, 11:19
Estrela Cadente
(Florbela Espanca)

(http://3.bp.blogspot.com/_Mf0l9PmNuc0/SnZf5hII3aI/AAAAAAAAB5E/7zGaEqn8-Ms/s400/estrela+cadente8jpg.jpg)

Traço de luz… lá vai! Lá vai! Morreu.
Do nosso amor me lembra a suavidade…
Da estrela não ficou nada no céu
Do nosso sonho em ti nem a saudade!

Pra onde iria a ’strela? Flor fugida
Ao ramalhete atado no infinito…
Que ilusão seguiria entontecida
A linda estrela de fulgir bendito?…
Aonde iria, aonde iria a flor?
(Talvez, quem sabe?… ai quem soubesse, amor!)
Se tu o vires minha bendita estrela

Alguma noite… Deves conhecê-lo!
Falo-te tanto nele!… Pois ao vê-lo
Dize-lhe assim: “Por que não pensas nela?”


http://www.youtube.com/watch?v=k4ka4bweFzM (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWs0a2E0YndlRnpN)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Maria Nazar em 23 de Agosto de 2009, 17:15
   Querida amiga, estou te mandando então esta, que também é linda demais!!! rsrsrs
   "... como é roxa uma saudade... "

   Bjs,
   Nazaré


O Teu Segredo

O mundo diz-te alegre porque o riso
Desabrocha em tua boca, docemente
Como uma flor de luz! Meigo sorriso
Que na tua boca poisa alegremente!

Chama-te o mundo alegre. Ai, meu amor,
Só eu inda li bem nessa alegria!…
Também parece alegre a triste cor
Do sol, à tarde, ao despedir-se o dia!…

És triste; eu sei. Toda suavidade
Tão roxa, como é roxa uma saudade
É a tua alma, amor, cheia de mágoa.

Eu sei que és triste, sei. O meu olhar
Descobriu o segredo, que a cantar
Repoisa nos teus olhos rasos d’água!…

Florbela Espanca - Trocando olhares - 06/06/1916
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Gigii em 26 de Agosto de 2009, 15:14
Habito dentro de mim

Que dentro de mim - vou estando
Fora de mim vai o mundo
Eu, quieta - ele girando
É dentro de mim que guardo
O que vejo
O que sinto
O que faço
O que pressinto
O que me doe - ou me encanta
O que entendo e me acalenta
E, o que não sei entender...
Tudo sorvo e absorvo
nesta ansiedade de ser...
E, às vezes sobro de mim
mas me recolho e contenho
e me aconchego no sonho...
Porque de mim o que sei
É que um dia partirei
incapaz de me habitar...
E, será já fora de mim
que então descobrirei
se fui quem devera ser
ou se jamais o serei...
….

Maria José Rijo
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 26 de Agosto de 2009, 17:29
Muito linda mesmo, Nazaré! Amei!

Gi, que poesia incrível!!

Obrigada, amigas, por compartilharem este cantinho...
Bjs!



Onde você vê um obstáculo,
alguém vê o término da viagem
e o outro vê uma chance de crescer.
Onde você vê um motivo pra se irritar,
Alguém vê a tragédia total
E o outro vê uma prova para sua paciência.
Onde você vê a morte,
Alguém vê o fim
E o outro vê o começo de uma nova etapa...
Onde você vê a fortuna,
Alguém vê a riqueza material
E o outro pode encontrar por trás de tudo, a dor e a miséria total.
Onde você vê a teimosia,
Alguém vê a ignorância,
Um outro compreende as limitações do companheiro,
percebendo que cada qual caminha em seu próprio passo.
E que é inútil querer apressar o passo do outro,
a não ser que ele deseje isso.
Cada qual vê o que quer, pode ou consegue enxergar.
"Porque eu sou do tamanho do que vejo.
E não do tamanho da minha altura."

(desconheço autoria)


http://www.youtube.com/watch?v=5NDuj-MyVyA (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTVORHVqLU15VnlB)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Rone em 26 de Agosto de 2009, 18:26
simplesmente lindo! :-*
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 26 de Agosto de 2009, 20:44
Oi, Rone!! Que bom vê-lo por aqui!! Sempre bem-vindo!! ;) :)

Obrigada, amigo! Sempre que quiser coloque uma poesia neste nosso cantinho.

Com carinho,
Helena Beatriz
----------------------------------------------------------------------------------------

 
Teceduras

Nunca compreendi
a natureza das paixões,
Mas as vivi todas
em acidentes,
Sobrevivi a elas
sempre doente,
Duelando
amor e insanidade

Narconéctar
que envenena a alma:
Sinto minha boca
perdendo o sabor de tudo,
Vejo minha roupa
diluindo-se na cor das coisas
E a consciência nua
abrigando-se sob os beirais

O céu se afirma azul
depois da chuva pálida
e a tarde nos prepara
chá e bolo
para repartirmos palavras

A felicidade
se faz de tijolos vermelhos,
tem plantas no quintal
e traz a alma
vestida em algodão.

Uma vez mais,
com linha e agulha,
as manhãs retecem
o amor que as noites desfiam
e descobrem

Simplicidade do dia
que a noite não vê,
Simplicidade do amor
que a paixão desconquista
sempre que a vida projeta
repentes e cores
que a razão nunca lê.


César Magalhães Borges in Ciclo da Lua


http://www.youtube.com/watch?v=PFx3a7KfN0c (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVBGeDNhN0tmTjBj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Agosto de 2009, 21:58
Meu Sonho
 (Cecília Meireles)

Parei as águas do meu sonho
para teu rosto se mirar.
Mas só a sombra dos meus olhos
ficou por cima, a procurar...
Os pássaros da madrugada
não têm coragem de cantar,
vendo o meu sonho interminável
e a esperança do meu olhar.
Procurei-te em vão pela terra,
perto do céu, por sobre o mar.
Se não chegas nem pelo sonho,
por que insisto em te imaginar?
Quando vierem fechar meus olhos,
talvez não se deixem fechar.
Talvez pensem que o tempo volta,
e que vens, se o tempo voltar.


http://www.youtube.com/watch?v=JUa0MLpBut0 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUpVYTBNTHBCdXQw)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Agosto de 2009, 22:14
Nem tudo é fácil
(Cecília Meirelles)

É difícil fazer alguém feliz, assim como é fácil fazer triste.

É difícil dizer eu te amo, assim como é fácil não dizer nada.

É difícil valorizar um amor, assim como é fácil perdê-lo para sempre.

É difícil agradecer pelo dia de hoje, assim como é fácil viver mais um dia.

É difícil enxergar o que a vida traz de bom, assim como é fácil fechar os olhos e atravessar a rua.

É difícil se convencer de que se é feliz, assim como é fácil achar que sempre falta algo.

É difícil fazer alguém sorrir, assim como é fácil fazer chorar.

É difícil colocar-se no lugar de alguém, assim como é fácil olhar para o próprio umbigo.

Se você errou, peça desculpas...

É difícil pedir perdão?

Mas quem disse que é fácil ser perdoado?

Se alguém errou com você, perdoa-o...

É difícil perdoar?

Mas quem disse que é fácil se arrepender?

Se você sente algo, diga...

É difícil se abrir?

Mas quem disse que é fácil encontrar alguém que queira escutar?

Se alguém reclama de você, ouça...

É difícil ouvir certas coisas?

Mas quem disse que é fácil ouvir você?

Se alguém te ama, ame-o...

É difícil entregar-se?

Mas quem disse que é fácil ser feliz?

Nem tudo é fácil na vida.

Mas com certeza nada é impossível...

Precisamos acreditar, ter fé e lutar para que não apenas sonhemos,

Mas também tornemos todos esses desejos,

 

REALIDADE !!!

Cecília Meirelles


http://www.youtube.com/watch?v=Q1yTcfVkmpY (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVExeVRjZlZrbXBZ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Rone em 28 de Agosto de 2009, 00:11
Obrigado helena! Seria otimo um topico assim no estudo espirita! rs...



Plantar árvores, basta sementes
Colher frutos, basta paciência
Sentir perfume, basta desabrochar
colher amigos, bastar amar

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Maria Nazar em 28 de Agosto de 2009, 01:55
   Não poderia deixar de postar mais Norah Jones !

   Beijos,
   Nazaré


http://www.youtube.com/watch?v=c9Inebc4Mhc (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWM5SW5lYmM0TWhj)

The Story

Norah Jones


I don't know how to begin
Cause the story has been told before
I will sing along i suppose
I guess it's just how it goes
And now those sprangs in the air
I don't go down anywhere
I guess it's just how it goes
The stories have all been told before
But if you don't try
The light won't hit your eye
And the moon won't rise
Before it's time
But if you don't char
The light won't hit your eye
And the moon won't rise
Before it's time
But i don't know how it will end
With all those records playin'
I guess it's just how it goes
The stories have all been told before
I guess it's just how it goes
The stories have all been told before
I guess it's just how it goes

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 28 de Agosto de 2009, 13:07
Exaltação do amor

Sofro, bem sei... Mas se preciso fôr
sofrer mais, mal maior, extraordinário,
sofrerei tudo o quanto necessário
para a estrêla alcançar... colher a flor...

Que seja imenso o sofrimento, e vário!
Que eu tenha que lutar com força e ardor!
Como um louco talvez, ou um visionário
hei de alcançar o amor... com o meu Amor!

Nada me impedirá que seja meu
se é fogo que em meu peito se acendeu
e lavra, e cresce, e me consome o Ser...

Deus o pôs... Ninguém mais há de dispor!

Se êsse amor não puder ser meu viver
há de ser meu para eu morrer de Amor!

(Poema de JG de Araujo Jorge
do livro -Bazar de Ritmos- 1935)


http://www.youtube.com/watch?v=d9O1LG4aupE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWQ5TzFMRzRhdXBF)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 28 de Agosto de 2009, 13:17
Paradoxo

A dor que abate, e punge, e nos tortura,
que julgamos às vezes não ter cura
e o destino nos deu e nos impôs,
é pequenina, é bem menor, e até
já não é dor talvez, dor já não é
dividida por dois.

A alegria que às vezes num segundo
nos dá desejos de abraçar o mundo,
e nos põe tristes, sem querer, depois,
aumenta, cresce, e bem maior se faz,
já não é alegria, é muito mais
dividida por dois.

Estranha essa aritmética da vida,
nem parece ciência, parece arte;
compreendo a dor menor, se dividida,
não entendo é aumentar nossa alegria
se essa mesma alegria
se reparte.

( Poema de JG de Araujo Jorge
do livro- Festa de Imagens – 1948)


http://www.youtube.com/watch?v=HSQ3ZRmkmy4 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUhTUTNaUm1rbXk0)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Maria Nazar em 28 de Agosto de 2009, 17:58
Oração ao Tempo
Caetano Veloso

És um senhor tão bonito
Quanto a cara do meu filho
Tempo tempo tempo tempo
Vou te fazer um pedido
Tempo tempo tempo tempo...
Compositor de destinos
Tambor de todos os rítmos
Tempo tempo tempo tempo
Entro num acordo contigo
Tempo tempo tempo tempo...
Por seres tão inventivo
E pareceres contínuo
Tempo tempo tempo tempo
És um dos deuses mais lindos
Tempo tempo tempo tempo...
Que sejas ainda mais vivo
No som do meu estribilho
Tempo tempo tempo tempo
Ouve bem o que te digo
Tempo tempo tempo tempo...
Peço-te o prazer legítimo
E o movimento preciso
Tempo tempo tempo tempo
Quando o tempo for propício
Tempo tempo tempo tempo...
De modo que o meu espírito
Ganhe um brilho definido
Tempo tempo tempo tempo
E eu espalhe benefícios
Tempo tempo tempo tempo...
O que usaremos prá isso
Fica guardado em sigilo
Tempo tempo tempo tempo
Apenas contigo e comigo
Tempo tempo tempo tempo...
E quando eu tiver saído
Para fora do teu círculo
Tempo tempo tempo tempo
Não serei nem terás sido
Tempo tempo tempo tempo...
Ainda assim acredito
Ser possível reunirmo-nos
Tempo tempo tempo tempo
Num outro nível de vínculo
Tempo tempo tempo tempo...
Portanto peço-te aquilo
E te ofereço elogios
Tempo tempo tempo tempo
Nas rimas do meu estilo
Tempo tempo tempo tempo..

http://www.youtube.com/watch?v=PhSpjxxC31E (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVBoU3BqeHhDMzFF)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 30 de Agosto de 2009, 15:40
O Cântico da Terra

Eu sou a terra, eu sou a vida.
Do meu barro primeiro veio o homem.
De mim veio a mulher e veio o amor.
Veio a árvore, veio a fonte.
Vem o fruto e vem a flor.

Eu sou a fonte original de toda vida.
Sou o chão que se prende à tua casa.
Sou a telha da coberta de teu lar.
A mina constante de teu poço.
Sou a espiga generosa de teu gado
e certeza tranqüila ao teu esforço.
Sou a razão de tua vida.
De mim vieste pela mão do Criador,
e a mim tu voltarás no fim da lida.
Só em mim acharás descanso e Paz.

Eu sou a grande Mãe Universal.
Tua filha, tua noiva e desposada.
A mulher e o ventre que fecundas.
Sou a gleba, a gestação, eu sou o amor.

A ti, ó lavrador, tudo quanto é meu.
Teu arado, tua foice, teu machado.
O berço pequenino de teu filho.
O algodão de tua veste
e o pão de tua casa.

E um dia bem distante
a mim tu voltarás.
E no canteiro materno de meu seio
tranqüilo dormirás.

Plantemos a roça.
Lavremos a gleba.
Cuidemos do ninho,
do gado e da tulha.
Fartura teremos
e donos de sítio
felizes seremos.

Cora Coralina


http://www.youtube.com/watch?v=DC8oFe5bkeY (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PURDOG9GZTVia2VZ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 30 de Agosto de 2009, 16:24
Todas as Vidas

Vive dentro de mim
uma cabocla velha
de mau-olhado,
acocorada ao pé
do borralho,
olhando para o fogo.
Benze quebranto.
Bota feitiço...
Ogum. Orixá.
Macumba, terreiro.
Ogã, pai-de-santo...
Vive dentro de mim
a lavadeira
do Rio Vermelho.
Seu cheiro gostoso
d'água e sabão.
Rodilha de pano.
Trouxa de roupa,
pedra de anil.
Sua coroa verde
de São-caetano.
Vive dentro de mim
a mulher cozinheira.
Pimenta e cebola.
Quitute bem feito.
Panela de barro.
Taipa de lenha.
Cozinha antiga
toda pretinha.
Bem cacheada de picumã.
Pedra pontuda.
Cumbuco de coco.
Pisando alho-sal.
Vive dentro de mim
a mulher do povo.
Bem proletária.
Bem linguaruda,
desabusada,
sem preconceitos,
de casca-grossa,
de chinelinha,
e filharada.
Vive dentro de mim
a mulher roceira.
-Enxerto de terra,
Trabalhadeira.
Madrugadeira.
Analfabeta.
De pé no chão.
Bem parideira.
Bem criadeira.
Seus doze filhos,
Seus vinte netos.
Vive dentro de mim
a mulher da vida.
Minha irmãzinha...
tão desprezada,
tão murmurada...
Fingindo ser alegre
seu triste fado.
Todas as vidas
dentro de mim:
Na minha vida -
a vida mera
das obscuras!

Cora Coralina


http://www.youtube.com/watch?v=gGcs7iM6nIs (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWdHY3M3aU02bklz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 30 de Agosto de 2009, 22:36
Conclusões de Aninha

Estavam ali parados. Marido e mulher.
Esperavam o carro. E foi que veio aquela da roça
tímida, humilde, sofrida.
Contou que o fogo, lá longe, tinha queimado seu rancho,
e tudo que tinha dentro.
Estava ali no comércio pedindo um auxílio para levantar
novo rancho e comprar suas pobrezinhas.

O homem ouviu. Abriu a carteira tirou uma cédula,
entregou sem palavra.
A mulher ouviu. Perguntou, indagou, especulou, aconselhou,
se comoveu e disse que Nossa Senhora havia de ajudar
E não abriu a bolsa.
Qual dos dois ajudou mais?

Donde se infere que o homem ajuda sem participar
e a mulher participa sem ajudar.
Da mesma forma aquela sentença:
"A quem te pedir um peixe, dá uma vara de pescar."
Pensando bem, não só a vara de pescar, também a linhada,
o anzol, a chumbada, a isca, apontar um poço piscoso
e ensinar a paciência do pescador.
Você faria isso, Leitor?
Antes que tudo isso se fizesse
o desvalido não morreria de fome?
Conclusão:
Na prática, a teoria é outra.

Cora Coralina


http://www.youtube.com/watch?v=szImpgk_Gkk (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXN6SW1wZ2tfR2tr)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 30 de Agosto de 2009, 22:53
TIMIDEZ
(Cecília Meireles)

Basta-me um pequeno gesto,
feito de longe e de leve,
para que venhas comigo e eu para sempre te leve...
- mas só esse eu não farei.

Uma palavra caída
das montanhas dos instantes
desmancha todos os mares
e une as terras mais distantes...
- palavra que não direi.

Para que tu me adivinhes,
entre os ventos taciturnos,
apago meus pensamentos,
ponho vestidos noturnos,
- que amargamente inventei.

E, enquanto não me descobres,
os mundos vão navegando
nos ares certos do tempo até não se sabe quando...
- e um dia me acabarei.


http://www.youtube.com/watch?v=TJcoaIeH3GI (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVRKY29hSWVIM0dJ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Maria Nazar em 31 de Agosto de 2009, 13:18
   
   Olá Helena, uma ótima semana para você!

   Fique com o nosso querido "poetinha".

   Bjs,
   Nazaré

http://www.youtube.com/watch?v=9QoKw3eSUTM (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTlRb0t3M2VTVVRN)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 31 de Agosto de 2009, 16:50
Obrigada, Nazaré querida!! Lindo!! Amei! ;)
Bjs!  :-*


-----------------------------------------------------------------


* Soneto dos Mistérios *

Podias ter arribado como as aves no fim do verão
Pousando nos fios e arrumando a plumagem,
Aprontando-se alegre para a longa viagem...

E no entanto ficaste, preso ao meu o teu coração
Confiando na sorte, num instante inexato de certeza nenhuma,
Confiando no amor, inspirado e velado por luz e por bruma.

Foste livre, és livre, e ainda assim permaneces,
Num mistério insondável, ligado a uma alma menina e singela
Que te dá menos, bem menos que a ela ofereces.

Se as amarras do tempo fizessem partir deste amor o navio
Segui-lo eu iria, transformada em golfinho, jubarte, sereia,
Pois me encontro enredada, enleada, perdida no fio
Deste afeto ancestral, luz da tocha imortal que minha vida clareia...

Bíndi



Yanni - One Man's Dream

http://www.youtube.com/watch?v=aO0Rg25tBgA (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWFPMFJnMjV0QmdB)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 01 de Setembro de 2009, 11:33
Conchas

Procuro amigos como quem cata conchas,
entre praias, areias e pedras escorregadias.
Não tenho pressa. Escolho. Pulo as ondas.
Deixo o tempo me entreter em suas manias.

Quando encontro, ponho logo na coleção,
aquele lugar reservado desde sempre.
Alguns dão trabalho, peças exigentes,
outros acomodam-se dóceis ao coração.

O mar as vezes me traz algas, guardo-as também.
Não sou devoto das formas convencionais.
No mais, não sou fiscal de conchas. Que mal tem
se não pergunto nem exijo credenciais?

Arrisco. Meto a mão. Esqueço os caranguejos.

(Rodrigo Mendes Rosa)


http://www.youtube.com/watch?v=6wLuVJvxkYY (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTZ3THVWSnZ4a1lZ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 01 de Setembro de 2009, 13:30
Amigo Do Sol, Amigo Da Lua

(http://botecoliterario.files.wordpress.com/2007/06/bola-de-meia-bola-de-gude.jpg)

E ê criança presa ê, brinquedos de trapaças

Quase sem história pra contar

Você criança tão liberta me tire dessa peça,

E assim ter história pra contar

Estrela que brilha em meu peito e me leva pro céu

Em cantos cantigas canções de ninar

Me deixa no galho no galho da lua

No charme do sol pra me despertar

Estrela que brilha em meu peito e me leva pro céu

Em cantos cantigas canções de ninar

Me deixa no galho no galho da lua

No charme do sol pra me despertar

Vem amigo nadar nos rios

Vem amigo plantar mais lirios

No vale no mato e no mundo vamos brincar

Vem amigo nadar nos rios

Vem amigo plantar mais lirios

No vale no mato e no mundo vamos brincar

 Benito Di Paula

http://www.youtube.com/watch?v=ZLTvmXVFAKg (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVpMVHZtWFZGQUtn)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 01 de Setembro de 2009, 15:35
Proteção às Borboletas
Benito Di Paula
Composição: Benito di Paula

(http://tbn0.google.com/images?q=tbn:cms0G5PI3lgK4M:http://orkut.mixplanet.com.br/imagens/borboletas/borboletas066.gif)

Eu sou como a borboleta
Tudo o que eu penso é liberdade
Não quero ser maltradado,
nem exportado desse meu chão

Minhas asas, minhas armas,
não servem para me defender
As cores da natureza pedem
ajuda pra eu sobreviver

Você que me vê voando
Como a paz de uma criança
Você sabe a minha idade
Eu sou sua esperança

A ordem da humanidade
não deve ser destruída
quando eu voar me proteja
]sou parte da sua vida

Eu sou como a borboleta...


http://www.youtube.com/watch?v=Kg51nLK8Xxg (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUtnNTFuTEs4WHhn)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Setembro de 2009, 23:26
Além Do Arco-Íris

(http://t0.gstatic.com/images?q=tbn:1w8wXEcsmjY7SM:http://lh3.google.com/luziasn1/SElT_1QCVHI/AAAAAAAACiw/Gj1MyHfIdkA/s400/arco%2520iris.jpg)

(Benito Di Paula)

Vou buscar
Além do arco-íris
Um canto azul de paz
Pro meu amor

Um lugar
Onde existe luz
Da cor do meu amor
Do meu amor

Uma estrela brilhante
Uma estrada de sonhos
Nós dois, a caminhar

Quero ver, além do arco-íris
Seu corpo, seu sorriso
Compor meu universo

Quero abrir
Meus braços entre as flores
E contemplar você, mulher amor

Uma estrela brilhante
Uma estrada de sonhos
Nós dois, a caminhar


http://www.youtube.com/watch?v=BFpEcG-oeuw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUJGcEVjRy1vZXV3)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 06 de Setembro de 2009, 20:00
 
Estou partindo
(Rumi)
 
(http://t3.gstatic.com/images?q=tbn:-klza2A3GYjxnM:http://static.blogstorage.hi-pi.com/spaceblog.com.br/m/mo/monicaprosaepoesia/images/gd/1216941164.jpg)

"Fica, se te interessa.

Através dos jardins, através dos pomares
Estou partindo

Meu dia é sombrio sem sua face
Eis porquê me dirijo agora à chama brilhante no céu
Minha alma corre à frente e diz:
'O corpo é lento demais. Estou partindo.'

Maçãs exalam no pomar de minha alma
Seu perfume me invade e me transporta para a colheita das maçãs

Ventos súbitos não me desviarão
Oh montanha de ferro, cada um de meus passos dirige-se ao amado
Minha cabeça rompeu-se com a dor de sua perda
 
Em busca de uma nova vida, cabeça erguida
Estou partindo

Sou fogo vivo e mais pareço betume
Quero ser óleo límpido em sua lâmpada e por isso parto

Pareço imóvel como a montanha, mas sigo pouco a pouco em direção à pequena fresta

Estou chegando...

Tocaste a órbita do coração celeste
Agora fica aqui
Pudeste ver a lua nova
Agora fica
Sofreste em excesso por tua ignorância
Carregaste teus trapos para um lado e para o outro
Agora fica aqui
Teu tempo acabou
Escutaste tudo que se pode dizer sobre a beleza desse amante
Fica aqui agora
Juraste em teu coração que havia leite nesses seios
Agora que provaste desse leite...
fica."
 

http://www.youtube.com/watch?v=JqooeKPwVnY (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUpxb29lS1B3Vm5Z)
 

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Gigii em 07 de Setembro de 2009, 21:52
Cântico negro

por José Régio


"Vem por aqui" — dizem-me alguns com os olhos doces
Estendendo-me os braços, e seguros
De que seria bom que eu os ouvisse
Quando me dizem: "vem por aqui!"
Eu olho-os com olhos lassos,
(Há, nos olhos meus, ironias e cansaços)
E cruzo os braços,
E nunca vou por ali...
A minha glória é esta:
Criar desumanidades!
Não acompanhar ninguém.
— Que eu vivo com o mesmo sem-vontade
Com que rasguei o ventre à minha mãe
Não, não vou por aí! Só vou por onde
Me levam meus próprios passos...
Se ao que busco saber nenhum de vós responde
Por que me repetis: "vem por aqui!"?

Prefiro escorregar nos becos lamacentos,
Redemoinhar aos ventos,
Como farrapos, arrastar os pés sangrentos,
A ir por aí...
Se vim ao mundo, foi
Só para desflorar florestas virgens,
E desenhar meus próprios pés na areia inexplorada!
O mais que faço não vale nada.

Como, pois, sereis vós
Que me dareis impulsos, ferramentas e coragem
Para eu derrubar os meus obstáculos?...
Corre, nas vossas veias, sangue velho dos avós,
E vós amais o que é fácil!
Eu amo o Longe e a Miragem,
Amo os abismos, as torrentes, os desertos...

Ide! Tendes estradas,
Tendes jardins, tendes canteiros,
Tendes pátria, tendes tetos,
E tendes regras, e tratados, e filósofos, e sábios...
Eu tenho a minha Loucura !
Levanto-a, como um facho, a arder na noite escura,
E sinto espuma, e sangue, e cânticos nos lábios...
Deus e o Diabo é que guiam, mais ninguém!
Todos tiveram pai, todos tiveram mãe;
Mas eu, que nunca principio nem acabo,
Nasci do amor que há entre Deus e o Diabo.

Ah, que ninguém me dê piedosas intenções,
Ninguém me peça definições!
Ninguém me diga: "vem por aqui"!
A minha vida é um vendaval que se soltou,
É uma onda que se alevantou,
É um átomo a mais que se animou...
Não sei por onde vou,
Não sei para onde vou
Sei que não vou por aí!



José Régio, pseudônimo literário de José Maria dos Reis Pereira, nasceu em Vila do Conde em 1901. Licenciado em Letras em Coimbra, ensinou durante mais de 30 anos no Liceu de Portalegre. Foi um dos fundadores da revista "Presença", e o seu principal animador. Romancista, dramaturgo, ensaísta e crítico, foi, no entanto, como poeta. que primeiramente se impôs e a mais larga audiência depois atingiu. Com o livro de estréia — "Poemas de Deus e do Diabo" (1925) — apresentou quase todo o elenco dos temas que viria a desenvolver nas obras posteriores: os conflitos entre Deus e o Homem, o espírito e a carne, o indivíduo e a sociedade, a consciência da frustração de todo o amor humano, o orgulhoso recurso à solidão, a problemática da sinceridade e do logro perante os outros e perante a si mesmos.
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 09 de Setembro de 2009, 09:35
AMORES VIRTUAIS TAMBÉM FEREM...

(http://t0.gstatic.com/images?q=tbn:ESFQxEzmp4yrjM:http://www.sabrinamix.com/img/tmp/blog/200507/amorvirtual25072005.gif)
(http://t2.gstatic.com/images?q=tbn:TToGECgLdu8UzM:http://ndaqpq.bay.livefilestore.com/y1pWclKfdF3xTM0qTHaBz_d-ObW7ex7YZ_l80Z6tQ-0LWBUOAEB0waYZgeYSpwC6Yyq19ZY5mhCHSHgcVzSyHgO8A/15358_w.jpg)

Teka Nascimento

Quando amamos e esse amor termina,
sempre sofremos, não importando
se esse amor é real ou virtual.
Sofremos sim...
quando amamos, mesmo que virtualmente...
O amor virtual e tão itenso quanto o real,
e por muitas vezes o sentimos mais fortes.
Isto porque, antes de amar uma pessoa,
aprendemos a amar a sua alma,
é por ela que nos apaixonamos,
e não pelo tipo físico.
A alma sim.....essa é valiosa...
Nos encantamos por alguém que não conhecemos,
mas é tão presente em nossa vida,
que é como se fosse real.
E esse amor, vem num crescente, trocando informações,
confidências, comentando os problemas,
desabafando nossas dores, enfim passamos a viver juntos...
mas distantes.
É essa magia que nos transborda de ternura,
amor, carinho, amizade,
sentimos do abraço o calor, flutuamos ao ouvir uma canção,
deixamos o coração em festa.
Porém....
quando percebemos que toda essa magia,
está sendo vivenciada apenas por um,
que essa paixão não era recíproca,
perdemos o chão, ficamos sem ação,
temos a sensação de sermos a pessoa
mais rejeitada do universo.
E aí caímos em prantos, lágrimas correm nas faces,
mas queimam na alma,e não tendo como
falar desse sofrimento para a pessoa em questão,
seguimos nosso caminho.
E esse aperto no coração, essa lágrima sentida,
esta dor infindável...
as suportamos sozinhas.
Mas o que podemos fazer?
Nada... absolutamente nada.
Simplesmente,engolimos as lágrimas,
respiramos fundo, imaginando que esse
aperto no peito diminuiu.
E sorrimos...
demonstrando que nada de errado aconteceu.
Continuamos a brincar e a levar alegria aos outros.
Mostramos que a vida é linda e que somos felizes!
Mas a lágrima engolida ainda nos sufoca, e correm
soltas pela face, o aperto do peito não diminuiu
e quase não conseguimos respirar....
Só nesse momento, que temos a noção
que amores virtuais também ferem.

Como dói...


http://www.youtube.com/watch?v=tOfqKEV4UC0 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXRPZnFLRVY0VUMw)

http://www.youtube.com/watch?v=G6G3L3jOSpU (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUc2RzNMM2pPU3BV)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Gigii em 09 de Setembro de 2009, 09:48
Citar
Isto porque, antes de amar uma pessoa,
aprendemos a amar a sua alma

Querida amiga Beatriz...estava aqui a pensar: é possivel amar a alma de alguém que não conhecemos pessoalmente?
O que você pensa sobre isso minha amiga?

beijitos carinhosos
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 09 de Setembro de 2009, 10:23
Gi querida
Acho que podemos amar sim, dentro do que denominamos "amor romântico"... Mas, na maioria das vezes, amamos o que idealizamos, quer no mundo dito real, quer no virtual. Amamos a projeção que fazemos. E nos decepcionamos quando a projeção não corresponde às expectativas.
No fundo, amada amiga, vivemos uma grande ilusão amorosa. E no mundo virtual não é nada diferente, pois ilusão, por ilusão, cá no real também não conhecemos realmente nada, muito menos a alma, apenas julgamos conhecer. Na verdade é tudo muito opiniático, Gi, vivemos de muitos achismos, "certezas" no mínimo questionáveis e muitas, incomensuráveis, dúvidas.
E vc, o que acha??
Bjs!!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Ramon em 09 de Setembro de 2009, 13:28

 UM POEMA

 Alguns ficarão vermelhos

 Mas, faz parte

Ramon
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Gigii em 09 de Setembro de 2009, 13:53
E vc, o que acha??
Bjs!!

Querida amiga, pois eu não sei bem...mas acho que concordo consigo.

Pensei que talvez tenha a ver com a vibração que a alma emite. Isto porque, mesmo aqui num forum, sentimos afinidade com uns,e menos empatia com outros, sem nunca ter conhecido essas pessoas. Deve ter algo a ver com isso, não será?

Espiritos unem-se por afinidade vibratória, bem como de pensamentos. Mas será isto real, verdadeiro? Será que é um reconhecimento do espírito?

Pois não sabemos, não é? Seja como for, penso que nestas relações, se não há expectativas, não se cai no sofrimento que a autora do texto fala. Não é mesmo Beatriz?

Estou para aqui a reflectir sózinha...ihihi...Obrigada minha amiga pela resposta.

Beijitos
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 09 de Setembro de 2009, 15:24
É, amiga querida... fiquemos a refletir...
 A vida é linda e tão rara, Gi! Valorizemos cada minuto que temos.
Muitos beijinhos e todo meu carinho,
Helena
...................................................................

(http://lh5.ggpht.com/poesiaeseducao/SHDqkMoERyI/AAAAAAAAAFM/kx42Yu3UGR4/FOTO+(29).gif)

"Não basta abrir a janela
para ver os campos e o rio.
Não é o bastante não ser cego
para ver as árvores e as flores.
É preciso também não ter filosofia nenhuma.
Com filosofia não há árvores: há idéias apenas.
Há só cada um de nós, como uma cave.
Há só uma janela fechada, e o mundo lá fora;
E um sonho do que se poderia ver se a janela se abrisse,
Que nunca é o que se vê quando se abre a janela.

(Fernando Pessoa - Alberto Caeiro)


http://www.youtube.com/watch?v=WeZ1qAfYF5I (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVdlWjFxQWZZRjVJ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Setembro de 2009, 10:03
ATITUDE (Chuck Swindoll)

Quanto mais eu vivo, mais percebo
o impacto da atitude na vida.
É mais importante que a instrução,
o dinheiro, as circunstâncias,
os fracassos, os sucessos,
qualquer coisa que alguém diga ou faça.

É mais importante
que a aparência, o dom, a destreza.
O mais incrível é que
temos a opção de criar
a atitude que teremos a cada dia.

Não podemos mudar o passado.
Não podemos mudar a atitude das pessoas.
Não podemos mudar o inevitável.

Só podemos mudar
o único aspecto que podemos controlar,
a nossa atitude.

Estou convencido de que a vida
é dez por cento o que realmente nos acontece
e noventa por cento nossa reação a esses acontecimentos.


http://www.youtube.com/watch?v=WyOJ-A5iv5I (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVd5T0otQTVpdjVJ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Setembro de 2009, 14:33
Não sei sentir, não sei ser humano,
Não sei conviver de dentro da alma triste, com os homens,
Meus irmãos na terra.
Não sei ser útil, mesmo sentindo ser prático, cotidiano, nítido.
Vi todas as coisas e maravilhei-me de tudo.
Mas tudo ou sobrou ou foi pouco, não sei qual, e eu sofri.
Eu vivi todas as emoções, todos os pensamentos, todos os gestos.
E fiquei tão triste como se tivesse querido vivê-los e não conseguisse.
Amei e odiei como toda gente.
Mas para toda gente isso foi normal e instintivo.
Para mim sempre foi a exceção, o choque, a válvula, o espasmo.
Não sei se a vida é pouco ou demais para mim.
Não sei se sinto demais ou de menos.
Seja como for a vida, de tão interessante que é a todos os momentos,
A vida chega a doer, a enjoar, a cotar, a roçar, a ranger,
A dar vontade de dar pulos, de ficar no chão,
De sair para fora de todas as casas, de todas as lógicas, de todas as sacadas
E ir ser selvagem entre árvores e esquecimentos...

(Fernando Pessoa)


http://www.youtube.com/watch?v=6Uu2v2xJ5L8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTZVdTJ2MnhKNUw4)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Setembro de 2009, 15:47
Narração de Maria Bethânia com o texto de Fernando Pessoa

EROS E PSIQUÊ

"Conta a lenda que dormia
Uma Princesa encantada
A quem só despertaria
Um Infante, que viria
De além do muro da estrada.

Ele tinha que, tentado,
Vencer o mal e o bem,
Antes que, já libertado,
Deixasse o caminho errado
Por o que à Princesa vem.

A Princesa Adormecida,
Se espera, dormindo espera,
Sonha em morte a sua vida,
E orna-lhe a fronte esquecida,
Verde, uma grinalda de hera.

Longe o Infante, esforçado,
Sem saber que intuito tem,
Rompe o caminho fadado,
Ele dela é ignorado,
Ela para ele é ninguém.

Mas cada um cumpre o Destino
Ela dormindo encantada,
Ele buscando-a sem tino
Pelo processo divino
Que faz existir a estrada.

E, se bem que seja obscuro
Tudo pela estrada fora,
E falso, ele vem seguro,
E vencendo estrada e muro,
Chega onde em sono ela mora,

E, inda tonto do que houvera,
À cabeça, em maresia,
Ergue a mão, e encontra hera,
E vê que ele mesmo era
A Princesa que dormia."


http://www.youtube.com/watch?v=ORbyqzaKJKs (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU9SYnlxemFLSktz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 11 de Setembro de 2009, 15:43
ESPERA O MEU DIA

Não vou te dizer tudo aquilo que quero,
 porque parte daquilo que quero é silêncio,
 é um estado meu de solidão, de tempestade
em noite sem lua e estrelas.
 Dir-te-ei apenas espera;
 porque depois do silêncio
e dessa minha tempestade
 vem,  certamente, a minha antemanhã,
aquela cheia de certezas e calor humano,
 cheia de brilho dos meus raios solares.
Espera...
 porque daqui a pouco
eu deixo de ser noite de tempestades
 e viro dia!

(Adriano Húngaro)

http://www.youtube.com/watch?v=f4ZD3Q58JiA (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWY0WkQzUTU4SmlB)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 11 de Setembro de 2009, 22:31
Saudade

(http://t1.gstatic.com/images?q=tbn:glixvrKgCyaLYM:http://cafune.zip.net/images/bilbao1.JPG)

Os dias não passam
 e as horas são lentas
Mas o coração não entende e te chama

E quando posso ir,
 alguém me chama
As horas param e o coração reclama

E quando vou indo,
 a estrada é longa
Os minutos são eternos num coração que te ama

A música toca no rádio
A melodia corta na alma
A saudade canta junto
A visão no horizonte é sem fim

A angústia pulsa no peito ansioso
No retrovisor, o deserto que fica
Nos olhos, a tua imagem se reflete
No painel, a tua fotografia e um sorriso

Num instante, a escuridão
O tempo parou ali...
E a saudade, se fez eterna
Nas horas e no coração

Mas ainda posso falar-te,
nestes momentos
Ainda sou real
Os sentimentos não morrem
Mesmo neste sonho!!!

Ghost


Música:  Por Isso Corro Demais

http://www.youtube.com/watch?gl=BR&hl=pt&v=e3HsC7XsEKA (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD9nbD1CUiZhbXA7aGw9cHQmYW1wO3Y9ZTNIc0M3WHNFS0E=)
 

 
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 12 de Setembro de 2009, 13:56
GOSTO

(http://t1.gstatic.com/images?q=tbn:eI3lpxmvF9uSTM:http://farm1.static.flickr.com/116/287244211_3608535a68.jpg%3Fv%3D0)


Gosto de pessoas com sorrisos largos
sem travas no maxilar;
pessoas transparentes que demonstram
o que sentem sem medo nem armaduras
inventadas;
gosto da franqueza mesmo que seja bruta;
pode incomodar mas não machuca
prefiro a verdade à mentira piedosa.

Gosto de pessoas de alma leve;
aura clara
pessoas com suavidade nas palavras;
e que saibam expressar, nos movimentos,
a beleza de forma rara.

Gosto de pessoas “gente”.
que não simulam nem barganham;
pessoas que não se penhoram
pela miséria humana
conscientes, ousadas, atrevidas;
mas que tudo seja em prol do coletivo.

Sinto muito...
não consigo gostar da arbitrariedade!
eu só sei gostar de pessoas que
em lugar do ego
viva um coração.

Lúcia Gönczy


(http://www.youtube.com/watch?v=c9wE3V3KUEg)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 14 de Setembro de 2009, 10:13
Do Eros ao Ágape
 

Eu sinto que nesse instante vc me chama
Me invado de melancolia, saudade e sõlidão
Em cada gota da chuva que cai
meus olhos te buscam
minha mente se transporta para uma estrada sem fim
Algo que não posso controlar percorre meu corpo
invade minha alma
faz meu coração pulsar ao tempo do amor
transbordando por meu olhar distante

Por mundos incontáveis procurei-te
sem nem saber que procurava ou o que buscar
Por mapa, tinha o gene do amor dentro de mim
e uma emoção gravada n'alma, a me guiar...
Tu me chamavas, eu queria voar
mas em existências estéreis me perdi de ti
e em vidas desesperadas te encontrei sedento
de um sentimento que te não podia ainda oferecer...

Como um poema, tua face escondida aparece em minha mente
Enquanto meu silêncio te grita, enquanto tua amorosa voz me sussurra
Procuro n'alma por vestígios teus
Tu me falas na melodia, no silêncio, nas noites e manhãs
como o vento que passa invisivel e tão perto
caminhamos pelos séculos infindáveis
Vencemos realidades incompreensíveis...fui despertando pra você
Sinto que te aproximas de mim

Tateando em meio a um mundo frio e desconhecido
Procurei tua alma irmã entre os escombros
Minha própria fraqueza a retardar-me os passos,
Sentindo o peso do pecado sobre os ombros...
Dentro de mim a memória de um ser querido
Foi o único consolo em meus momentos lassos...
Em séculos sem servir
Amor Fraterno Amor, figuraste humano ao meu coração!!!
(Bíndi)


http://www.youtube.com/watch?v=i_aSw66V7B4 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWlfYVN3NjZWN0I0)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: EMILIA NELLY em 14 de Setembro de 2009, 20:05
Seja, a

ponte que liga a vida terrena à eternidade do céu.

Para ser ponte,

compreenda, perdoe e deixe as pessoas passarem por você.

Para ser ponte,

esteja no fim da estrada daqueles que não encontram o caminho de volta.

Seja a passagem,

e não o atalho,

seja o caminho livre

e não o pedágio.

Se você

não tem outro motivo para ser feliz,

seja feliz por ser ponte.

É bom ser ponte,

ponte significa

união, ligação, laços de afeição.

(autor desconhecido)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 15 de Setembro de 2009, 02:35
Silêncio da noite

Da noite, em seu silêncio tamanho,
derrama sobre mim, o brilho intenso,
das estrelas, da luz da lua, o banho,
trazendo ao amor nenhum bom senso...

Em minha dualidade, nunca penso,
naquilo que acordará dentro de mim:
quem sabe no recato, o corpo tenso,
ou, a galope numa felicidade sem fim...

Ao olhar as estrelas, apenas escrevo,
coisas da vida, coisas que nem atrevo,
ultrapassando caminhos sem destino...

Nas fantasias, criando meus castelos,
aflorando nas veias, o sangue latino,
vão surgindo, aos poucos, novos elos...

Oswaldo Genofre


http://www.youtube.com/watch?v=nkvLq0TYiwI (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW5rdkxxMFRZaXdJ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 15 de Setembro de 2009, 08:36


 
Olá

F. Pessoa

Não tenho ambições nem desejos.
ser poeta não é uma ambição minha.
É a minha maneira de estar sózinho.
...

Ou quando uma nuvem passa a mão por cima da luz
E corre um silêncio pela erva fora.
...
Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe porque ama, nem sabe o que é amar...
...

Da minha aldeia vejo quanto da terra se pode ver do Universo...
Por isso a minha aldeia é tão grande como outra terra qualquer,
Porque eu sou do tamanho do que vejo
E não do tamanho da minha altura...
...

A mim ensinou-me tudo.
Ensinou-me a olhar para as coisas.
Aponta-me todas as coisas que há nas flores.
Mostra-me como as pedras são engraçadas
Quando a gente as tem na mão
E olha devagar para elas.

Adeus amigos
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 15 de Setembro de 2009, 23:35

O que é bonito??

O que é bonito
É o que persegue o infinito
Mas eu não sou
Eu não sou, não...
Eu gosto é do inacabado
O imperfeito, o estragado que dançou
O que dançou...
Eu quero mais erosão
Menos granito
Namorar o zero e o não
Escrever tudo o que desprezo
E desprezar tudo o que acredito
Eu não quero a gravação, não
Eu quero o grito
Que a gente vai, a gente vai
E fica a obra
Mas eu persigo o que falta
Não o que sobra
Eu quero tudo
Que dá e passa
Quero tudo que se despe
Se despede e despedaça

O que é bonito...


http://www.youtube.com/watch?v=gGcM4TfJdco (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWdHY000VGZKZGNv)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 16 de Setembro de 2009, 15:18

Olá

JUAN R. GIMÉNEZ

Inflama-me, poente: faz-me perfume e chama;
que o meu coração seja igual a ti, poente!
descobre em mim o eterno, o que arde, o que ama,
...e o vento do esquecimento arraste o que é doente!

A DEUS AMIGOS
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Gigii em 16 de Setembro de 2009, 16:23
Se o tempo me desse tempo
Eu não perderia mais tempo...


Mas o tempo passa
e olho em redor sem graça...

Palavras voam ao vento
como se fugissem do tempo,

dizem coisas sem intenção
para cativar meu pobre coração.

Mas sei que o tempo
quando tem tempo é um momento

e que se andar com rapidez
faz-me esquecer o que ele fez.

Não sei se quero que volte atrás
ou se corra enquanto é capaz,

Mas preferia não saber do tempo
e porque é que por um momento

Me deixou sonhar, sem tempo de acabar...


[youtube=425,350]bs79_5n848Q&feature=topvideos[/youtube]
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 17 de Setembro de 2009, 05:36
Toda palavra voa nebulosa
até chegar latente ao nosso chão.
Pousa sem pressa ou prece em mansa prosa
caída chuva breve de verão.

Toda palavra se abre generosa
para abrigar segredos num porão
lá onde sobram sombras sinuosas
levantando a poeira no perdão

Toda palavra veste-se vistosa
para fazer afagos na paixão
uma pantera em paz, porém tinhosa.

Toda palavra enfim é explosão
que o mundo só é mundo por osmose
pois há um outro ser no coração


Apenas uma palavra é capaz de salvação.
Seja no amor, no dia-a-dia, na solidariedade com os esquecidos do mundo.
Uma palavra basta para salvar aquele à beira do penhasco.
Doe-se em palavra, salve e salve-se.

Anibal Beça


http://www.youtube.com/watch?v=oSXAMRJvUO8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW9TWEFNUkp2VU84)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 17 de Setembro de 2009, 12:00
O mistério da saudade

Éramos como espinhos catando o orvalho da madrugada
Éramos uma sensação de sombras na dança alucinada da noite
Éramos o navio perdendo a imagem no horizonte cinzento
Éramos o abismal sentido de amar sem medidas nem tormentos

E fomos a lágrima que derramou a fruta madura em primavera
Incendiando a madrugada nossas mãos eram fugazes estrelas
Florestas sem trilhas, oceanos sem instrumentos os nossos beijos
Assim fomos quando no silêncio das palavras recriamos o momento

Fizemos que o tempo fosse manancial e firmamento
Quisemos que a vida fosse uma infinita paisagem sem lamentos
Quisemos um poema claro que aconchegasse o frio do desterro
Ascendemos o fogo da ternura em nossos corpos terrenos

Agora não há mais tempo, somos raiz e sal , minério e elementos
Como um destino que escapa da lógica e do tempo, somos etéreos
Sem encontrar motivos para reencontrarmos no mesmo espelho
Já não há mais tempo, meu beijo no teu beijo, o resto é mistério

Flavio


http://www.youtube.com/watch?v=iQNFBO9eOp0 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWlRTkZCTzllT3Aw)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 17 de Setembro de 2009, 12:39
Olá

Carlos Drummond de Andrade

Eu te amo porque te amo.
Não precisas ser amante,
e nem sempre sabes sê-lo.
Eu te amo porque te amo.
Amor é estado de graça
e com amor não se paga.

Amor é dado de graça,
é semeado no vento,
na cachoeira, no elipse.
Amor foge a dicionários
e a regulamentos vários.

Eu te amo porque não amo
bastante ou demais a mim.
Porque amor não se troca,
não se conjuga nem se ama.
Porque amor é amor a nada,
feliz e forte em si mesmo.

Amor é primo da morte,
e da morte vencedor,
por mais que o matem (e matam)
a cada instante de amor.
*****

Um pouco de Jethro Tull amigos
http://www.youtube.com/watch?v=cRo5whIbau4 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWNSbzV3aEliYXU0)

A DEUS AMIGOS
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 17 de Setembro de 2009, 22:42
Tenho algumas mudas de sonhos,
de sementes, de mundos risonhos para
plantá-las no jardim da vida
e cultivá-las sempre com carinho para
que enfeitem o meu caminho tornando
minha jornada colorida.
Colorida com as cores do arco-íris, como
as flores de todas as matizes
Assim quero o jardim de minha vida..."
A Felicidade é...
Sentir tudo que a vida tem a nos oferecer
É sorrir do que nos faz chorar é sentir o que
nos faz sonhar é esperar um amanhã
É o amor sincero, sem culpa, sem mágoa,
pleno, puro.
Estar ao lado de quem nos importa,
 de quem nos traz alegria,
de quem nos faz esquecer coisas tristes.
Não importa!
O que importa?
  Que procuremos
a cada dia nossa felicidade.
Que nunca esqueçamos
 a necessidade da busca
 Acima de tudo,
apesar dos percalços da vida,
nunca deixemos de buscá-la.
 Obtê-la talvez nem seja
 assim tão importante...


http://www.youtube.com/watch?v=VdB7FQx6ObI (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVZkQjdGUXg2T2JJ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 17 de Setembro de 2009, 22:47
Quem?

Quem orava no campo, colhia frutos maduros
Quem morava na cidade, semeava sonhos
Quem estava na estrada, desfrutava dos dois
Quem se encontrava em si mesmo, acolhia os três

Quem partia, tinha tatuado o horizonte no peito
Quem ficava, arrancava a pele da saudade
Quem observava, molhava os pés nas ondas
Quem sentia, volatilizava esperanças e sorria

Quem pensava no amanhã, vivia cansado
Quem sofria o ontem, morria de tédio
Quem acontecia no hoje, negava os anteriores
Quem transcendia sem tempo, iluminava-os

Quem gritava no deserto, acabava mudo
Quem nas sombras calava,escondia o riso
Quem sozinho amava, perdia o navio
Quem esperava o retorno da vida, já tinha partido

Qual desses será o meu espelho
na hora do quem sou?

Flavio Pettinichi-


http://www.youtube.com/watch?v=0gCTP_cwqRA (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTBnQ1RQX2N3cVJB)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 17 de Setembro de 2009, 22:58
Ser feliz...

Ser feliz é um exercício de otimismo,
É ver nas mentiras, uma luz da verdade,
E aprender com ternura...
Nos erros do cinismo...

É ver na maldade o seu realismo...
É descobrir nas entrelinhas...
Um coração amigo,
E quebrantar frustrações,
Sem criar inimigos...!!!

É dar um sorriso de candura,
Sem esperar trocas ou viver loucuras...

Ser feliz é descobrir-se,
Num gesto singular de uma maldade...
transformá-la em pequenas gotas de saudades,
e esquecer-se delas no baú da eternidade...

Pois mesmo nas crueldades insanas,
Com seu imenso amor,
Revestirás a sua alma em crisálidas perfeitas,
A saber, que todo mal é o bem, em sua evolução...
COMO AS BORBOLETAS...!!!

Jorge Augusto.


http://www.youtube.com/watch?v=b_tvtvtUXII (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWJfdHZ0dnRVWElJ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 18 de Setembro de 2009, 11:37
Olá

http://www.youtube.com/watch?v=C7FGPIRJx6I&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUM3RkdQSVJKeDZJJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)

Um poema de JOSÉ GOMES FERREIRA:

Vai-te, Poesia!

Deixa-me ver a vida
exacta e intolerável
neste planeta feito de carne humana a chorar
onde um anjo me arrasta todas as noites para casa pelos cabelos
com bandeiras de lume nos olhos,
para fabricar sonhos
carregados de dinamite de lágrimas.

Vai-te, Poesia!

Não quero cantar.
Quero gritar!


A DEUS AMIGOS
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 20 de Setembro de 2009, 11:39
APENAS UMA LEMBRANÇA*


Passa na madrugada
a lembrança de um desejo.


Nenhum ressentimento.
Nenhum sentimento, também.


Apenas a lembrança.

E era belo o tempo
—aquele tempo em que o amor justificava a nossa vida
com uma troca de vivências.


Passou.

Como esta madrugada
que te despertou por um momento.

Agora é dia.


E já não vejo teu olhar
no sol que surge.


Pedro Lyra*
Contágio (1995)


http://www.youtube.com/watch?v=sIUjIeRJB8k (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXNJVWpJZVJKQjhr)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 20 de Setembro de 2009, 11:49

Olá

Que pensará isto de aquilo?
Nada pensa nada.
Terá a terra consciência das pedras e plantas que tem?
Se ela a tiver que a tenha...
Que me importa isso a mim?
Se eu pensasse nessas coisas,
Deixaria de ver as árvores e as plantas
E deixaria de ver a terra,
Para ver só os meus pensamentos...
Entristecia e ficava às escuras.
E assim sem pensar,tenho a Terra e o Céu.

FERNANDO PESSOA
*****

Um pouco de CHRIS de BURGH:
http://www.youtube.com/watch?v=syEL6tvSj6Y&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXN5RUw2dHZTajZZJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)

A DEUS AMIGOS
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 20 de Setembro de 2009, 16:30
(http://lh4.ggpht.com/_MPfM2aNTFU8/SrVg40uPbSI/AAAAAAAAA3s/EWAu4cvp2Lk/s400/vm.jpg)

Sonhar...
Transitar livre no mundo
Adentrar no impossível profundo
Possibilitar o intransponível
Carregar o mar nas asas
Voar alto no céu encostar.

Sonhar...
Na invisibilidade do pensamento
Sanar sofrimentos e pular
Pegar carona com a felicidade, semear
Deitar no colo da Lua e me aconchegar
Ir além do horizonte no infinito de amar.

Sonhar...
O mundo, sorrindo de alegria cheio de magia
Brincar com o Sol e no arrebol fazer poesia
Chuva de emoção falando de amor e paixão
Pureza das crianças na beleza do coração
Vencer os medos, soltar as amarras, voar.
Sonhar... impreterivelmente amar...

(Aut. Marisa de Medeiros)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 20 de Setembro de 2009, 22:00
Um poeminha infantil:

Não atire o pau no gato
(Jorge Luiz Vargas)

(http://lh4.ggpht.com/_Hq6GxWZiMrs/SjZvIqifNXI/AAAAAAAAAuo/Y4rftx92Vug/s400/catgallop2.png)

Vocês se lembram desta terrível canção infantil??
“atirei o pau no gato-to / mas o gato-to / não morreu-reu-reu
/ dona chica-ca / se admirou-se-se / do berrô, do berrô que o gato deu / miau!”

Não atire o pau no gato
Isso é pura maldade
O gato não morreu
Mas poderia ficar aleijado

Dona Xica-ca tome tento
Por que você se admirou
Com o berro que o gato deu?
É normal atirar o pau no gato
E o bichinho não morrer?

Coitado do pobre gato
Você ouviu o seu berrô?
O bichinho sofreu tanto
Com a paulada que levou

Então meninos e meninas
Não atirem o pau no gato
Os bichinhos de estimação
Não se maltrata não

Inventem outra brincadeira
Que seja mais feliz
Bichinho de estimação
Se cuida com carinho
E consideração ........... !!!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 20 de Setembro de 2009, 22:34
http://www.youtube.com/watch?v=eNv7E-Q2AFs&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWVOdjdFLVEyQUZzJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)

As minhas asas têm a extensão dos teus sonhos
E num céu de ternuras voam meus desejos
Tenho como tempo a razão dos teus desejos
E como caminho a tua geografia dérmica

As minhas lágrimas derramam-se no teu cosmo
Inundando o infinito de diamantes inocentes e puros
E dos meus dedos nascem girassóis que giram por ti
Onde campos imploram pelo teu suor quando a noite chora

Alimentarei a minha alma do leite intrínseco do teu poema
Beberei cada gota de teu onírico néctar e vagarei bêbado de teu olhar
Uma sinfonia de águas ensurdecerá o grito do adeus e do passado
Porque um violino de ventos exilou a dissonância dos medos

Cantarei quando toda chuva seja uma partitura que acalme as almas
Dançando nu junto à fogueira dos dias, onde renascera a flor olvidada
Claramente as minhas asas têm a extensão dos teus sonhos
Então alço o vôo cego, mimetizando-me entre nuvens e momentos.

Flavio Pettinichi-
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 20 de Setembro de 2009, 23:00
http://www.youtube.com/watch?v=3nzmLjwHgWI (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTNuem1MandIZ1dJ)


Há ventos
Que nos trazem pessoas
No reflexo do tempo.
Mesmo a distância,
Perpetuam-se no pensamento.
São fotografias
Das quais a saudade
Terá sempre os negativos
Revelados na memória.
Há pessoas
Que nos trazem ventos
No reverso do tempo
Preso à substância,
Revelando sentimentos.
São maravilhas
Das quais a sinceridade
Terá sempre os negativos
Revelados na história.

(desconheço autoria)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 20 de Setembro de 2009, 23:13
SABER VIVER

(http://lh6.ggpht.com/__DK83otxQ94/Sfw4--gCYBI/AAAAAAAAE8Y/u40-zSwfXSM/s400/ffy.jpg)


Saber viver é acreditar em si
É ter a impressão que se tem tudo,
Mesmo quando ainda falta muito.
É ter sempre  o alento da esperança
Mesmo quando a tristeza
Nos alcança e insiste em ficar.

É saber a hora exata de parar
E outros caminhos buscar
Tranquila e sossegadamente
Sem falsas expectativas
Mas com fé no coração.

É tentar conhecer um pouco de si.
E extravasar tudo que se tem de bom.
Enfrentar a dor com bravura
Ver nas lágrimas um consolo
E delas extrair muitos sorrisos.

É acreditar que tudo passa
E que tudo pode acontecer.
E cada experiência é única
E cada amanhecer é mágico.

Helena Beatriz


http://www.youtube.com/watch?v=PJB6u5rdWRg (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVBKQjZ1NXJkV1Jn)
Título: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: MAROCHA em 21 de Setembro de 2009, 01:51
  Boa noite,Helena !

  Um lindo poema Helena, "Saber viver" !

   Uma mensagem que nos impulsiona, contra o imobilismo,contra a acomodação aos

    maus momentos,a busca de novos e saudáveis horizontes.

    As adversidades passarão e "cada amanhecer é mágico"  !

      Parabens Helena, lindo poema gerador de uma força positiva e benéfica !
       
      Também um lindo vídeo  "Depende de nós"...

        ABRAÇOS !
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 21 de Setembro de 2009, 14:46
Obrigada, Marocha pelo seu carinho e ternura constantes.
Um abração!
Helena
-----------------------------------------------------------------------------------------------


(http://lh4.ggpht.com/_UwV5QCcQZM0/SrEXlWo9VYI/AAAAAAAAA6I/4jdWK_kLs74/s400/pansy_fairy.jpg)

Há flores no meu caminho
Não ando sozinho
Camélias, margaridas, sempre-vivas
Rosas sem espinho
Semeadas com carinho
No meu caminho há flores
Em meu coração muitos amores
Há flores no meu caminho
Em cada estação um ninho
Nos lábios o paladar do vinho
No leito a seda e o linho
Nas memórias o frescor do pinho
Certamente há flores no meu caminho

Úrsula A. Vairo Maia


http://www.youtube.com/watch?v=2nB53snE5Go (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTJuQjUzc25FNUdv)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 21 de Setembro de 2009, 14:50
...MENINO MOLEQUE...

(http://lh3.ggpht.com/mrlbarbosa1/R_Pnt0MsteI/AAAAAAAAAT4/-aOfZ3hYhRU/s400/casalcrianca.png)

Um menino moleque...
Nos braços meus?
Vai correndo criança brincando...
Brigadeiro e balas meladas na boca.
Demais serás beijado...
Com os segredos do seus pecados...
Com medo eu vou ficar se vc se esconder
Mais nada me levará a brincar de médico c/vc
Raínha eu já sou
Bem antes fui princesa
Eu nunca subi em arvores
Nem passei por sobremesa
Eu sou uma gracinha,
E eu sei que tá na minha
Só q não quero brincar
De verdade quero amar
Então vá até o jardim
E roube uma flor pra mim
Assim vc será aquele
O bom menino afim
Um beijo doce, porem tão melado,
Quero tbm...
Continue moleque e levado
Da forma mais inocente...
Assim jogarei as tranças
E brincarei de ser criança
Fecharei os olhos
E ficarei bem contente
Por estar na sua mente...

Regina Z


http://www.youtube.com/watch?v=MaoHq_pfmZs (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU1hb0hxX3BmbVpz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Setembro de 2009, 13:15
Aprendendo com os Anos...

(http://4.bp.blogspot.com/_LxsW2Bw8Ing/R1h2pEhZ74I/AAAAAAAAAMo/C104YGokRGw/s400/menina..dia%2010..melhor)

Com os anos venho tentando compreender que viver é ser livre...
Com os anos, a duras penas, aprendi que ter amigos é necessário...
Com os anos percebi que lutar é manter-se vivo...
Com os anos entendi  que o tempo também cura...

E que mágoa passa...
E que decepção não mata...
E que hoje é reflexo de ontem...
E que os verdadeiros amigos permanecem...

Os anos me ensinaram também que dor fortalece...
Com eles aprendi que sonhar não é fantasiar...
E que a beleza não está no que vemos,
E sim no que sentimos...

Helena


http://www.youtube.com/watch?v=4Ve2Y5skNV8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTRWZTJZNXNrTlY4)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Setembro de 2009, 14:59
Poema para uma menina.

(http://moongirl.blogs.sapo.pt/arquivo/kima_menina.jpg)

Era uma vez uma menina
Poderia ser negra, bela e gordinha
Ou morena, faceira e jeitosa
Ou ruiva ou ou ou...
Mas era magrela, feiosa, loirinha

Era alegre essa menina...
E como sorria!
Com seus dentes separados
Estava sempre a mostrá-los
Sem pejo, descaradamente
E seu sorriso?
As vezes desdentado
Mas era uma constante.

Havia tanta ternura em seu olhar
Tanta frescura em seu semblante
Adorava ficar pelas ruas errante
Quem quisesse seus préstimos era só pedir
Pois se mostrava tão feliz em ajudar...

Vivia pelas calçadas a catar chapinhas
E figuras de papel a recortar
Sujando a casa com seus picotes
Ouvia o ralho da irmã mais velha
Zelosa com a aparência do lar.

Mas era uma moleca a correr
E a brincar,
E a cantarolar
 Sempre saltitante
Meio líder, meio irmã
Mas amiga sem ressalvas
De pés sujos sempre
E coração limpo.

Seu grito diário era:
Do que vamos brincar?
Ora de bandeirinha
Ora de pique esconde
 ou pique tá...


Onde se escondeu essa menina?
Nunca mais a vi
Nunca mais a ouvi
Nunca mais...

Nem seus feios dentes
Nem seus olhos grandes
Nem seu encantador sorriso
Por essas paragens não mais...

Sinto uma imensa saudade
Chega a doer-me o peito.
Onde anda você, menina?

Helena

 


http://www.youtube.com/watch?v=OXkMyzys0qE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU9Ya015enlzMHFF)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 22 de Setembro de 2009, 15:03

Olá

Belas imagens com musica de Scorpions:
http://www.youtube.com/watch?v=KKJUSaeGc74&feature=PlayList&p=0A6E50941E4404DF&index=32&playnext=16&playnext_from=PL (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUtLSlVTYWVHYzc0JmFtcDtmZWF0dXJlPVBsYXlMaXN0JmFtcDtwPTBBNkU1MDk0MUU0NDA0REYmYW1wO2luZGV4PTMyJmFtcDtwbGF5bmV4dD0xNiZhbXA7cGxheW5leHRfZnJvbT1QTA==)
*****

C.D. de Andrade
Os ombros suportam o mundo

Chega um tempo em que não se diz mais: meu Deus.
Tempo de absoluta depuração.
Tempo em que não se diz mais: meu amor.
Porque o amor resultou inútil.
E os olhos não choram.
E as mãos tecem apenas o rude trabalho.
E o coração está seco.

Em vão mulheres batem à porta, não abrirás.
Ficaste sozinho, a luz apagou-se,
mas na sombra teus olhos resplandecem enormes.
És todo certeza, já não sabes sofrer.
E nada esperas de teus amigos.

Pouco importa venha a velhice, que é a velhice?
Teus ombros suportam o mundo
e ele não pesa mais que a mão de uma criança.
As guerras, as fomes, as discussões dentro dos edifícios
provam apenas que a vida prossegue
e nem todos se libertaram ainda.
Alguns, achando bárbaro o espetáculo
prefeririam (os delicados) morrer.
Chegou um tempo em que não adianta morrer.
Chegou um tempo que a vida é uma ordem.
A vida apenas, sem mistificação.
 
 
A DEUS AMIGOS
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 23 de Setembro de 2009, 18:11
Lapidarei as pedras do meu caminho
e as transformarei em diamantes
de um intenso brilho, regarei minhas
flores e das rosas retirarei os espinhos.
E cada tristeza, transformarei em
estrelas distantes, e cada decepção
uma lua minguante.
Acalmarei em meu peito os desprezos
que a vida me fez sofrer, das indiferenças
tomarei como experiências pra se viver.
Assim como o oleiro transforma em belo
o que vem da lama, transformarei em
castelo o que é choupana. Farei das desilusões.
canções amenas, tocando minha alma em notas serenas.

E das lágrimas farei um precioso cristal
um amuleto poderoso que me afastará de todo mal.
E nesta guerra de sentimentos estenderei minha
bandeira branca, implorando pela paz entregarei a minha lança.
E com a saudade farei uma aliança, não sentirei mais dor,
ficarei somente com as lembranças. E de toda dor contida,
transformarei em versos cada ferida, compondo num
desabafo, cada pedaço de minha vida.
Tãnia


http://www.youtube.com/watch?v=pLUFO8pvaCY (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXBMVUZPOHB2YUNZ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 24 de Setembro de 2009, 15:16
http://www.youtube.com/watch?v=t_xqI8NSlkA (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXRfeHFJOE5TbGtB)

PEDAÇOS

Sei que nada permanece a mesma coisa
mas creio que tudo pode acontecer novamente
Sem me importar que tudo partiu-se em pedaços
existem mais espaços em um coração partido

Ainda posso sentir seus braços ao redor de mim
consigo ver a sua face sem nenhum disfarce
Sentir o calor de seus abraços, ouvir os seus passos
o som da sua voz sussurrando que nada terá fim

As vezes sento e me pergunto simplesmente:
como, embora estando ausente, te sinto tão presente?
Somos íntimos e fomos em todos os momentos
e percebo seu tato como se estivesse ao meu lado

Acredito no amor e como tudo poderá vir a ser
o coração está quebrado e precisa ser curado
Portanto, não se importe se eu juntar os pedaços
seguir os seus passos e me atirar em seus braços

(autoria desconhecida)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 24 de Setembro de 2009, 16:04

Qlá

ERA

http://www.youtube.com/watch?v=CXpOVU9Nx6g&feature=PlayList&p=2E4D10111F4B8C2C&index=20&playnext=17&playnext_from=PL (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUNYcE9WVTlOeDZnJmFtcDtmZWF0dXJlPVBsYXlMaXN0JmFtcDtwPTJFNEQxMDExMUY0QjhDMkMmYW1wO2luZGV4PTIwJmFtcDtwbGF5bmV4dD0xNyZhbXA7cGxheW5leHRfZnJvbT1QTA==)
*****

CECÍLIA MEIRELES

Tu tens um medo:
Acabar.
Não vês que acabas todo o dia.
Que morres no amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que te renovas todo o dia.
No amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que és sempre outro.
Que és sempre o mesmo.
Que morrerás por idades imensas.
Até não teres medo de morrer.

E então serás eterno.



A DEUS AMIGOS
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 25 de Setembro de 2009, 10:20
Olá, dim-dim!! Como é bom ter vc por aqui enriquecendo essas páginas. Obrigada, amigo!!
Com muito carinho,
Helena

------------------------------------------------------------------


"Só existe uma pessoa
capaz de limitar seu crescimento:
você mesmo.
Você é a única pessoa
que pode fazer a diferença em
sua vida.
Você é a única pessoa
que pode atrapalhar seu desen-
volvimento.
Você é a única pessoa
que pode ajudar a si mesmo.
É na sua mente
que você vai encontrar a energia,
a decisão e a determinação
para promover mudanças.
O resto é desculpa."

((Legrand))


(http://lh6.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/Srupaz8fjYI/AAAAAAAAAIs/8yoV-LvfbEg/s400/SSA_Voumeperder.jpg)

"Desperta teus sentidos para
que não percas tudo de belo
e formoso que te cercas.
Apaga a cinza de tua vida
e acenda as cores que
carrega dentro de ti."
(Picasso)


http://www.youtube.com/watch?v=DVD87OLZclE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PURWRDg3T0xaY2xF)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 25 de Setembro de 2009, 11:59

Olá

http://www.youtube.com/watch?v=tsxAl3yfveY&feature=rec-lis-watch-cur_emp-exp_fresh+div (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXRzeEFsM3lmdmVZJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlYy1saXMtd2F0Y2gtY3VyX2VtcC1leHBfZnJlc2grZGl2)
*****

MIGUEL TORGA
Sei um ninho

Sei um ninho.
E o ninho tem um ovo.
E o ovo, redondinho,
Tem lá dentro um passarinho
Novo.

Mas escusam de me atentar:
Nem o tiro, nem o ensino.
Quero ser um bom menino
E guardar
Este segredo comigo.
E ter depois um amigo
Que faça o pino
A voar...


A DEUS AMIGOS
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 26 de Setembro de 2009, 20:05
(http://lh6.ggpht.com/_IPjwSD-q7dk/SpLNaWCmrkI/AAAAAAAAAdo/yoWlezgVmFk/s400/ATcAAACObVrHnNr56CzgapxeU6oOVTkhTKUywxw20JD9EDQeazp0tSodBqdQoGeIpOmZLAD6NpAKaz2w9Q-Na8xENdduAJtU9VC2MpBB2MO9mntiJl-LONbaq7fe7A.jpg)

"Quem tenta ajudar a borboleta a sair
do casulo a mata.
Quem tenta ajudar um broto a sair da semente
o destrói.
Há certas coisas que não podem ser ajudadas.
Tem que acontecer de dentro para fora".

(Rubem Alves)


http://www.youtube.com/watch?v=hl_TCt9wtNE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWhsX1RDdDl3dE5F)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 26 de Setembro de 2009, 20:40
Palavras

(http://ziario.files.wordpress.com/2009/02/palavras1.jpg)

Palavras nunca estão perdidas...
Elas apenas brincam de esconder,
Talvez com a tristeza ou a alegria,
Com a solidão ou com o medo,
Quando elas sabem que não podem
Ultrapassar pontes de mundos
Assim elas se escondem, para se protegerem
Ou guardarem nelas todo o encanto
De outras palavras em seu coração
(desconheço o autor)


http://www.youtube.com/watch?v=wrlew2G6nvA (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXdybGV3Mkc2bnZB)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 27 de Setembro de 2009, 01:55

Olá

http://www.youtube.com/watch?v=S5wJyLFnxNk&feature=PlayList&p=2E4D10111F4B8C2C&index=11&playnext=12&playnext_from=PL (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVM1d0p5TEZueE5rJmFtcDtmZWF0dXJlPVBsYXlMaXN0JmFtcDtwPTJFNEQxMDExMUY0QjhDMkMmYW1wO2luZGV4PTExJmFtcDtwbGF5bmV4dD0xMiZhbXA7cGxheW5leHRfZnJvbT1QTA==)

LUIS DE CAMÕES

Da alma e de quanto tiver
Quero que me despojeis,
contanto que me deixeis
Os olhos para vos ver.

A DEUS AMIGOS
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Setembro de 2009, 23:00
A vida é cheia de possibilidades
que nos desafiam no dia-a-dia.
Aproveitemos cada chance,
Experimentemos hoje algo novo,
Vamos ver tudo com novos olhos!

É através desses momentos especiais
Que aprendemos a mudar, a crescer.
Descobrindo a estrela dentro de nós...
Descobrindo que a lagarta é transitória
Que logo se desprenderá do casulo
E alçará lindo vôo, livre!

Ao menos tentemos...
Pois só quando tentamos
É que descobrimos
Tudo que podemos fazer.
Helena


(http://lh4.ggpht.com/_nKznkSkdWEk/Sr7kIdakC8I/AAAAAAAAAG8/eIdQBWBxb08/s400/NKK.png)

http://www.youtube.com/watch?v=_bmgHqNlNE0 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PV9ibWdIcU5sTkUw)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 28 de Setembro de 2009, 00:18
http://www.youtube.com/watch?v=JqooeKPwVnY (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUpxb29lS1B3Vm5Z)
 
Estou partindo
(Rumi)
 
"Fica, se te interessa.

Através dos jardins, através dos pomares
Estou partindo

Meu dia é sombrio sem Sua face
Eis porquê me dirijo agora à chama brilhante no céu
Minha alma corre à frente e diz:
'O corpo é lento demais. Estou partindo.'

Maçãs exalam no pomar de minha alma
Seu perfume me invade e me transporta para a colheita das maçãs

Ventos súbitos não me desviarão
Oh montanha de ferro, cada um de meus passos dirige-se ao Amado
Minha cabeça rompeu-se com a dor de Sua perda
 
Em busca de uma nova vida, cabeça erguida
Estou partindo

Sou fogo vivo e mais pareço betume
Quero ser óleo límpido em Tua lâmpada e por isso parto

Pareço imóvel como a montanha, mas sigo pouco a pouco em direção à pequena fresta

Estou chegando...

Tocaste a órbita do coração celeste
Agora fica aqui
Pudeste ver a lua nova
Agora fica
Sofreste em excesso por tua ignorância
Carregaste teus trapos para um lado e para o outro
Agora fica aqui
Teu tempo acabou
Escutaste tudo que se pode dizer sobre a beleza desse Amante
Fica aqui agora
Juraste em teu coração que havia leite nesses Seios
Agora que provaste desse leite...
fica."
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 28 de Setembro de 2009, 12:12
Olá

http://www.youtube.com/watch?v=db7AGV8pBzg&feature=PlayList&p=A58A6EF1A5574E79&index=10 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWRiN0FHVjhwQnpnJmFtcDtmZWF0dXJlPVBsYXlMaXN0JmFtcDtwPUE1OEE2RUYxQTU1NzRFNzkmYW1wO2luZGV4PTEw)

*****

FLORBELA ESPANCA

Vaidade
Sonho que sou a Poetisa eleita,
Aquela que diz tudo e tudo sabe,
Que tem a inspiração pura e perfeita,
Que reúne num verso a imensidade!

Sonho que um verso meu tem claridade
Para encher o mundo! E que deleita
Mesmo aqueles que morrem de saudade!
Mesmo os de alma profunda e insatisfeita!

Sonho que sou Alguém cá neste mundo...
Aquela de saber vasto e profundo,
Aos pés de quem a Terra anda curvada!

E quando mais no céu eu vou sonhando,
E quando mais no alto ando voando,
Acordo do meu sonho... E não sou nada!...


A DEUS AMIGOS
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 29 de Setembro de 2009, 14:34
Olá

http://www.youtube.com/watch?v=Y_3uoaCmyFA&feature=fvw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVlfM3VvYUNteUZBJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2dw==)

*****
TAO

Quando todo o mundo reconhece
Quando todo o mundo reconhece a beleza então a fealdade por contraste é criada.
Quando a bondade é reconhecida como bom, então a maldade encontra existência.
...Portanto o sábio não age e ensina através de não falar.

O mais alto mérito é como água.
A água é benéfica a todas as coisas mas não contesta.
Ela fica em lugares que outros desprezam.
Portanto é como o Tao.
Onde o Tao está, o equilibrio está também.
Quando o Tao se perde,surge a diferença entre as coisas.

A DEUS AMIGOS
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Jorge em 29 de Setembro de 2009, 14:41
[youtube=425,350]goe2Pvtyrho[/youtube]

Raincoat and a Rose

Rain, tears of joy
Tears of pain
Is this really me?
Standing here at the station
The card said I mustn't be late
I've never really had the chance
Years and years and not even wanting
A second dance
"Look for a raincoat and a rose"

I hope no one sees,
they'll laugh I know
He was always like that
Yes it always showed
Did I do something wrong?
To have to pay
In many more ways than one
Rainy day, what do I say?
How simple it's all become...

Love is for fools
And fools have no grace
Damn them while you can
Out here on the fence
Is such a lonely place
I wish I was foolish now
The greatest of pain
Is never really knowing
Maybe today I'll find out this way
The way that I'm doing
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Setembro de 2009, 19:21
Lua Branca


(http://2.bp.blogspot.com/_qhNZAFuKrdo/Rnrnkuc33qI/AAAAAAAAALs/JIFkFWT3M5s/s400/blog+220.jpg)

Oh, lua branca de fulgores e de encanto,
Se é verdade que ao amor tu dás abrigo,
Vem tirar dos meus olhos, o pranto,
Ai, vem matar essa paixão que anda comigo.

Ai, por quem és, desce do céu, ó lua branca,
Essa amargura do meu peito, ó vem e arranca,
Dá-me o luar da tua compaixão,
Oh, vem, por Deus, iluminar meu coração.

E quantas vezes, lá no céu, me aparecias,
A brilhar em noite calma e constelada.
A sua luz então me surpreendia
Ajoelhado junto aos pés da minha amada.

Ela a chorar, a soluçar, cheia de pejo,
Vinha em seus lábios me ofertar um beijo doce.
Ela partiu, me abandonou assim,
Oh, Lua Branca, por quem és, tem dó de mim.

Composição: Chiquinha Gonzaga


http://www.youtube.com/watch?v=3iaXBasv9yw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTNpYVhCYXN2OXl3)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: hcancela em 29 de Setembro de 2009, 19:37
Olá amigos(as)

Para quem apreciar ;) ;) ;)


http://www.youtube.com/watch?v=XQrq7nLPHEw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVhRcnE3bkxQSEV3)


É meu e vosso este fado
Destino que nos amarra
Por mais que seja negado
Às cordas de uma guitarra

Sempre que se ouve o gemido
De uma guitarra a cantar
Fica-se logo perdido
Com vontade de chorar

Ó gente da minha terra
Agora é que eu percebi
Esta tristeza que trago
Foi de vós que recebi

E pareceria ternura
Se eu me deixasse embalar
Era maior a amargura
Menos triste o meu cantar

Ó gente da minha terra
Agora é que eu percebi
Esta tristeza que trago
Foi de vós que recebi



SAUDAÇÕES FRATERNAS
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Setembro de 2009, 23:00
CARTAS


(http://3.bp.blogspot.com/_e30pU9Qatwg/SqIFnUdJIPI/AAAAAAAADEU/S62UyAgzNEg/s400/00000071.jpg)

Das cartas outrora recebidas,
restaram
envelopes selados amarelados,
tantos
rasgados, ainda carimbados,
datados
postados para endereços,
quantos

Momentos inesquecíveis,
inúmeros
locais, tempos, lindos selos,
mimos
ficaram nas lembranças,
diversas
conversas e conteúdos,
mudos

Sorrisos e o retrato dedicado,
planos
juras, promessas e sonhos,
enganos
o último pedido e grande vontade,
uma
interminável saudade e solidão,
muita


(MSJ)

http://www.youtube.com/watch?v=l5_RwWMPi08 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWw1X1J3V01QaTA4)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 30 de Setembro de 2009, 14:27

Olá a todos bons amigos!

http://www.youtube.com/watch?v=7nZKMm-nOsc&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTduWktNbS1uT3NjJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)

***

Juan R. Giménez

A solidão era eterna
e o silêncio inacabável.
Detive-me com uma árvore
e ouvi falar as árvores.


PAZ E ALEGRIA
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 30 de Setembro de 2009, 16:06
Nunca desistirei de chorar junto à pétala que renasceu ao teu lado
Nunca deixarei de amar os momento que, num passo de tormenta, esvaíram
Nunca deixarei que o silêncio afague o grito dos amantes que sonham
Nunca desistirei de buscar a palavra que desentranhe teu nome etéreo

Nunca desacreditarei nas magias que escondiam teu sorriso inocente
Nunca abandonarei os sonhos que construímos nas noites do adeus
Nunca apagarei as lágrimas infinitas que derramamos depois do amor
Nunca meus passos esquecerão as trilhas que fizemos na geografia do lençol

Nunca mais odiarei os domingos na relva esperando o final da chuva
Nunca pintarei nos muros palavras que falem de finais ou recomeço
Nunca mais as minhas palavras escaparão do meu coração, se não tiverem asas
Nunca sentirei tempo tão belo que eu tenha que negar o raiar do teu esperado beijo.

Flavio Pettinichi


http://www.youtube.com/watch?v=tPGkGSp4_aA (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXRQR2tHU3A0X2FB)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 30 de Setembro de 2009, 16:19
ESQUADROS

Eu ando pelo mundo
Prestando atenção em cores
Que eu não sei o nome
Cores de Almodóvar
Cores de Frida Kahlo
Cores!

Passeio pelo escuro
Eu presto muita atenção
No que meu irmão ouve
E como uma segunda pele
Um calo, uma casca
Uma cápsula protetora
Ai, Eu quero chegar antes
Prá sinalizar
O estar de cada coisa
Filtrar seus graus...

Eu ando pelo mundo
Divertindo gente
Chorando ao telefone
E vendo doer a fome
Nos meninos que têm fome...

Pela janela do quarto
Pela janela do carro
Pela tela, pela janela
Quem é ela? Quem é ela?
Eu vejo tudo enquadrado
Remoto controle...

Eu ando pelo mundo
E os automóveis correm
Para quê?
As crianças correm
Para onde?
Transito entre dois lados
De um lado
Eu gosto de opostos
Exponho o meu modo
Me mostro
Eu canto para quem?

Pela janela do quarto
Pela janela do carro
Pela tela, pela janela
Quem é ela? Quem é ela?
Eu vejo tudo enquadrado
Remoto controle...

Eu ando pelo mundo
E meus amigos, cadê?
Minha alegria, meu cansaço
Meu amor cadê você?
Eu acordei
Não tem ninguém ao lado...

Pela janela do quarto
Pela janela do carro
Pela tela, pela janela
Quem é ela? Quem é ela?
Eu vejo tudo enquadrado
Remoto controle...

Eu ando pelo mundo
E meus amigos, cadê?
Minha alegria, meu cansaço
Meu amor cadê você?
Eu acordei
Não tem ninguém ao lado...

Pela janela do quarto
Pela janela do carro
Pela tela, pela janela
Quem é ela? Quem é ela?
Eu vejo tudo enquadrado
Remoto controle...












http://www.youtube.com/watch?v=EeNUsrw8qA8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUVlTlVzcnc4cUE4)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 30 de Setembro de 2009, 19:16
Não me provoque,
tenho armas escondidas...
Não me manipule,
nasci para ser livre...
Não me engane,
posso não resistir...
Não grite,
tenho o péssimo hábito de revidar
Não me magoe,
meu coração já tem muitas mágoas...
Não me deixe ir,
posso não mais voltar...
Não me deixe só,
tenho medo da escuridão...
Não tente me contrariar,
tenho palavras que machucam...
Não me decepcione,
nem sempre consigo perdoar...
Não espere me perder,
para sentir minha falta!


Clarice Lispector


http://www.youtube.com/watch?v=g_qvr4G42x4 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWdfcXZyNEc0Mng0)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 01 de Outubro de 2009, 12:07
Amigos eu tinha 3 anitos!
A Diva da Alma Portuguesa:

http://www.youtube.com/watch?v=uFgctURyGp4&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXVGZ2N0VVJ5R3A0JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)

***
José A. Batista

Este é o orvalho dos teus olhos.
Esta é a rosa dos teus vales.
O silêncio dos olhos está no silêncio das rosas.
Tu estás no meio,
entre a dor e o espanto da treva.
Arrancas-te ao mundo e és a perfumada
distância do mundo.
Chego sem saber, à beira dos séculos.
Despenho-me nos teus lagos quando para ti
canta o cisne mais triste.
O pólen esvoaça no meu peito, junto às tuas
nuvens.
Esta é a canção do teu amor.
Esta é a voz onde vive a tua canção.
As tuas lágrimas passam pela minha terra
a caminho do mar.

PAZ E AMOR
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 02 de Outubro de 2009, 01:25

http://www.youtube.com/watch?v=XGtKXMAgbVk&feature=PlayList&p=61954CFBC6AAE349&index=0&playnext=1 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVhHdEtYTUFnYlZrJmFtcDtmZWF0dXJlPVBsYXlMaXN0JmFtcDtwPTYxOTU0Q0ZCQzZBQUUzNDkmYW1wO2luZGV4PTAmYW1wO3BsYXluZXh0PTE=)
***
LUIS DE CAMÕES
Eu cantarei de amor tão docemente

Eu cantarei de amor tão docemente,
Por uns termos em si tão concertados,
Que dois mil acidentes namorados
Faça sentir ao peito que não sente.

Farei que amor a todos avivente,
Pintando mil segredos delicados,
Brandas iras, suspiros magoados,
Temerosa ousadia e pena ausente.

Também, Senhora, do desprezo honesto
De vossa vista branda e rigorosa,
Contentar-me-ei dizendo a menor parte.

Porém, pera cantar de vosso gesto
A composição alta e milagrosa
Aqui falta saber, engenho e arte.



Fiquem felizes amigos!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 02 de Outubro de 2009, 12:17

http://www.youtube.com/watch?v=nvwrSdMY7dQ&feature=fvw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW52d3JTZE1ZN2RRJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2dw==)

Carlos D. de Andrade

Para Sempre
Por que Deus permite
que as mães vão se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não se apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.
Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.


Adeus
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 03 de Outubro de 2009, 22:21

(http://lh6.ggpht.com/Andressavival2008/R81_fbaHNyI/AAAAAAAACec/MfgIT2E37D0/s400/125340pnkroses.jpg)

"Nada mais falso do que o ditado popular
que afirma que "amor com amor se paga".
O amor não é regido pela lógica das trocas comerciais.
Nada te devo. Nada me deves.
Como a rosa que floresce porque floresce,
eu te amo porque te amo. "

Rubem Alves


http://www.youtube.com/watch?v=s-KAvPbO8JY (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXMtS0F2UGJPOEpZ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 03 de Outubro de 2009, 22:38
(http://=http://lh3.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/SsSbDvlElAI/AAAAAAAAAJk/ATx8JY39mgQ/s400/08.jpg]http://lh3.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/SsSbDvlElAI/AAAAAAAAAJk/ATx8JY39mgQ/s400/08.jpg)


Gosto de ler orações.
Orações e poemas são a mesma coisa:
palavras que se pronunciam a partir do silêncio,
pedindo que o silêncio nos fale.
Gosto de ler orações
porque elas dizem as palavras
que eu gostaria de ter dito mas não consegui.
As orações põem música no meu silêncio.

Rubem Alves


http://www.youtube.com/watch?v=wynYMJwEPH8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXd5bllNSndFUEg4)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 04 de Outubro de 2009, 12:05
Olá!

http://www.youtube.com/watch?v=uzbLqQMmFpk&feature=fvw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXV6YkxxUU1tRnBrJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2dw==)
***
SOPHIA ANDRESEN

Porque os outros se mascaram mas tu não
Porque os outros usam a virtude
Para comprar o que não tem perdão.
Porque os outros têm medo mas tu não.
Porque os outros são os túmulos caiados
Onde germina calada a podridão.
Porque os outros se calam mas tu não.

Porque os outros se compram e se vendem
E os seus gestos dão sempre dividendo.
Porque os outros são hábeis mas tu não.

Porque os outros vão à sombra dos abrigos
E tu vais de mãos dadas com os perigos.
Porque os outros calculam mas tu não.


A DEUS AMIGOS
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 05 de Outubro de 2009, 12:42
Sem palavras!

http://www.youtube.com/watch?v=9wCDE8Lln50 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTl3Q0RFOExsbjUw)
***

Miguel Torga

Mãe:
Que desgraça na vida aconteceu,
Que ficaste insensível e gelada?
Que todo o teu perfil se endureceu
Numa linha severa e desenhada?

Como as estátuas, que são gente nossa
Cansada de palavras e ternura,
Assim tu me pareces no teu leito.
Presença cinzelada em pedra dura,
que não tem coração dentro do peito.

Chamo aos gritos por ti - não me respondes.
Beijo-te as mãos e o rosto - sinto frio.
Ou és outra, ou me enganas, ou te escondes
Por detrás do terror deste vazio.

Mãe:
Abre os olhos ao menos, diz que sim!
Diz que me vês ainda, que me queres.
Que és a eterna mulher entre as mulheres.
Que nem a morte te afastou de mim!


LUZ E AMOR
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 10 de Outubro de 2009, 16:37

http://www.youtube.com/watch?v=l5-WaEwrXak (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWw1LVdhRXdyWGFr)

***

António Gedeão
Poema do alegre desespero

Compreende-se que lá para o ano três mil e tal
ninguém se lembre de certo Fernão barbudo
que plantava couves em Oliveira do Hospital,

ou da minha virtuosa tia-avó Maria das Dores
que tirou um retrato toda vestida de veludo
sentada num canapé junto de um vaso com flores.

Compreende-se.

E até mesmo que já ninguém se lembre que houve três impérios no Egipto
(o Alto Império, o Médio Império e o Baixo Império)
com muitos faraós, todos a caminharem de lado e a fazerem tudo de perfil,
e o Estrabão, o Artaxerpes, e o Xenofonte, e o Heraclito,
e o desfiladeiro das Termópilas, e a mulher do Péricles, e a retirada dos dez mil,
e os reis de barbas encaracoladas que eram senhores de muitas terras,
que conquistavam o Lácio e perdiam o Épiro, e conquistavam o Épiro e perdiam o Lácio,

e passavam a vida inteira a fazer guerras,
e quando batiam com o pé no chão faziam tremer todo o palácio,
e o resto tudo por aí fora,
e a Guerra dos Cem Anos,
e a Invencível Armada,
e as campanhas de Napoleão,
e a bomba de hidrogénio,
e os poemas de António Gedeão.

Compreende-se.

Mais império menos império,
mais faraó menos faraó,
será tudo um vastíssimo cemitério,
cacos, cinzas e pó.

Compreende-se.
Lá para o ano três mil e tal.

E o nosso sofrimento para que serviu afinal?



PAZ E AMOR
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: hcancela em 13 de Outubro de 2009, 09:39
Olá amigos(as)

http://www.youtube.com/watch?v=okd3hLlvvLw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW9rZDNoTGx2dkx3)

Imagine que não exista nenhum paraíso,
É fácil se você tentar.
Nenhum inferno abaixo de nós,
Sobre nós apenas o firmamento.
Imagine todas as pessoas
Vivendo pelo hoje...

Imagine que não exista nenhum país,
Não é difícil de fazer.
Nada porque matar ou porque morrer,
Nenhuma religião também.
Imagine todas as pessoas
Vivendo a vida em paz...

Imagine nenhuma propriedade,
Eu me pergunto se você consegue.
Nenhuma necessidade de ganância ou fome,
Uma fraternidade de homens.
Imagine todas as pessoas
Compartilhando o mundo todo.

Você talvez diga que sou um sonhador,
Mas eu não o único.
Eu espero que algum dia você junte-se a nós,
E o mundo viverá como um único.
 

SAUDAÇÕES FRATERNAS
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 14 de Outubro de 2009, 12:35
Olá

http://www.youtube.com/watch?v=d63COahIpVM&feature=PlayList&p=6B209DFF16232250&playnext=1&playnext_from=PL&index=11 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWQ2M0NPYWhJcFZNJmFtcDtmZWF0dXJlPVBsYXlMaXN0JmFtcDtwPTZCMjA5REZGMTYyMzIyNTAmYW1wO3BsYXluZXh0PTEmYW1wO3BsYXluZXh0X2Zyb209UEwmYW1wO2luZGV4PTEx)

***

Cecília Meireles

Por que me falas nesse idioma? perguntei-lhe, sonhando.
Em qualquer língua se entende essa palavra.
Sem qualquer língua.
O sangue sabe-o.
Uma inteligência esparsa aprende
esse convite inadiável.
Búzios somos, moendo a vida
inteira essa música incessante.
Morte, morte.
Levamos toda a vida morrendo em surdina.
No trabalho, no amor, acordados, em sonho.
A vida é a vigilância da morte,
até que o seu fogo veemente nos consuma
sem a consumir.



Muita paz amigos
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 16 de Outubro de 2009, 12:05
Feliz Primavera

O sangue corre rápido nas veias
Como o vento agitando a folhagem
Como a seiva acordando os brotos
Como as flores crescendo nas árvores.
O coração bate feliz
Como os pássaros chegando de viagem
Como os coelhos correndo pela erva
Como o pólen voando no ar da tarde.
O corpo canta com a mudança
Como as promessas feitas na fogueira
Como a noite de estrelas próximas
Como a visão da luz dourada.
Ó primavera, eu a saúdo!
Que eu cresça na sua vibração
E brote e dê frutos
E oferte cores como as flores.

(Lori EagleEye)


http://www.youtube.com/watch?v=teWFnLqjnuY (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXRlV0ZuTHFqbnVZ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 16 de Outubro de 2009, 16:58

Olá!

http://www.youtube.com/watch?v=HY9Epn5Z_HY&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUhZOUVwbjVaX0hZJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)

***

Florbela Espanca

Não ser
Ah! arrancar às carnes laceradas
Seu mísero segredo de consciência!
Ah! poder ser apenas florescência
De astros em puras noites deslumbradas!

Ser nostálgico choupo ao entardecer,
De ramos graves, plácidos, absortos
Na mágica tarefa de viver!
...

Quem nos deu asas para andar de rastos?
Quem nos deu olhos para ver os astros
- Sem nos dar braços para os alcançar?!...



Paz e Amor Amigos
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 16 de Outubro de 2009, 19:26

Além da Terra .... Além do Céu

Além da Terra, além do Céu,
no trampolim do sem-fim das estrelas,
no rastro dos astros,
na magnólia das nebulosas.
Além, muito além do sistema solar,
até onde alcançam o pensamento e o coração,
vamos!
vamos conjugar
o verbo fundamental essencial,
o verbo transcendente, acima das gramáticas
e do medo e da moeda e da política,
o verbo sempre amar,
o verbo pluri amar,
razão de ser e de viver.

Carlos Drummond de Andrade


http://www.youtube.com/watch?v=rfKigD3vY8A (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXJmS2lnRDN2WThB)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 16 de Outubro de 2009, 19:57
(http://lh3.google.com/LuViEvi/SEA5CZcZCII/AAAAAAAABNU/wbPLEDwESGc/701385r06wjfj744.gif)

A Esperança
Apesar de todos os obstáculos
q encontro pela minha vida,
apesar dos contratempos q me deparo,
apesar das portas fechadas q vejo,
apesar das dificuldades q enfrento,
ainda assim, tenho a esperança.
A esperança vive em mim,
amanhece comigo,
percorre o dia todo
e, quando anoitece,
ela está ainda mais fortalecida.
Quando meus pensamentos estão confusos
e minhas idéias ñ são decifráveis,
não desisto!
Lembro-me da esperança q me move...
Quando meu caminho está tortuoso,
e minhas chances são diminuídas,
lembro- me da esperança
q devo ter sempre...
Esperança
é a certeza de q algo de bom vai acontecer,
é a confiança q tudo vai dar certo.
Todos devemos ter essa esperança,
para q ñ nos sintamos caídos,
para q nosso dia seja menos tumultuado,
e para q nosso coração esteja menos pesado.
Desejo a você
q também tenha sempre a esperança,
q ela permaneça sempre em seus pensamentos.
Desejo q você nunca desista,
pq enquanto houver a esperança,
nenhum sonho está perdido.
Tânia


http://www.youtube.com/watch?v=Zvu-8Pq00CM (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVp2dS04UHEwMENN)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 16 de Outubro de 2009, 20:11

Olá amiga Helena, bonito poema ( Além da Terra... Além do Céu )

http://www.youtube.com/watch?v=5zbQnKvwaBg&feature=PlayList&p=2E4D10111F4B8C2C&index=1 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTV6YlFuS3Z3YUJnJmFtcDtmZWF0dXJlPVBsYXlMaXN0JmFtcDtwPTJFNEQxMDExMUY0QjhDMkMmYW1wO2luZGV4PTE=)

***

Sophia de Mello Breyner Andresen

A hora da partida
A hora da partida soa quando
Escurece o jardim e o vento passa,
Estala o chão e as portas batem, quando
A noite cada nó em si deslaça.

A hora da partida soa quando
as árvores parecem inspiradas
Como se tudo nelas germinasse.

Soa quando no fundo dos espelhos
Me é estranha e longínqua a minha face
E de mim se desprende a minha vida.



Paz e Amor
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 16 de Outubro de 2009, 21:41
Olá, dim-dim!! Que bom que vc gostou, amigo!! Vc tem postado umas poesias lindíssimas! incríveis mesmo...
Carinhos,
Helena
-----------------------------------------------------------

(http://t3.gstatic.com/images?q=tbn:cMbfzFhQkjBkaM:http://www.picturethisgallery.com/Picture%2520Framing/Blue%2520Eyes.jpg)

Teus olhos têm uma cor
de uma expressão tão divina,
tão misteriosa e triste.
Como foi a minha sina!!!

É uma expressão de saudade
vagando num mar incerto.
Parecem negros de longe...
Parecem azuis de perto...

Mas nem negros nem azuis
são teus olhos meu amor...
Seriam da cor da mágoa,
se a mágoa tivesse cor.

- Florbela Espanca -


http://www.youtube.com/watch?v=oul-lKr4t5I (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW91bC1sS3I0dDVJ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 17 de Outubro de 2009, 12:18

Olá bom dia e bom fim de semana a todos amigos!

http://www.youtube.com/watch?v=EAgifx5IrOU&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUVBZ2lmeDVJck9VJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)

Fernando Pessoa

Súbita mão de algum fantasma oculto
Entre as dobras da noite e do meu sono
Sacode-me e eu acordo, e no abandono
Da noite não enxergo gesto ou vulto.

Mas um terror antigo, que insepulto
Trago no coração, como de um trono
Desce e se afirma meu senhor e dono
Sem ordem, sem meneio e sem insulto.

E eu sinto a minha vida de repente
Presa por uma corda de Inconsciente
A qualquer mão nocturna que me guia.

Sinto que sou ninguém salvo uma sombra
De um vulto que não vejo e que me assombra,
E em nada existo como a treva fria.



Muita paz
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 17 de Outubro de 2009, 15:02
Vasos
construídos de palavras e tigres...
perfazem papéis higienizados
paralelepípedos constrangidos
bandos de pássaros sobrevoam minha cabana construída de H20
me arrepia a mente...tais registros do meu trí-óculos imaginário!

Ainda assim...
rezo e oro sentado
na contra capa do livro
que estou vivendo.
Sorrio para a flor e converso com todos os dedos das minhas mãos...
e contra mão, vou inventando códigos...
se um dia me vir voando...não atire!
Sou uma Perdiz..."permuda"
querendo só cantar!

Tem cada coisa que as palavras dizem
Que nem parecem palavras!

Bosco


http://www.youtube.com/watch?v=QbyLlYr_HVc (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVFieUxsWXJfSFZj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 17 de Outubro de 2009, 16:31

Dedico à minha amiga Helena pela sua bela poesia, e também para nós todos amigos e amigas!

http://www.youtube.com/watch?v=0Wv3Ya9nskA (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTBXdjNZYTluc2tB)

***

Eugénio de Andrade
É urgente o amor

É urgente o amor.
É urgente um barco no mar.

É urgente destruir certas palavras,
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos,
muitas espadas.

É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras.

Cai o silêncio nos ombros e a luz
impura, até doer.
É urgente o amor, é urgente
permanecer.




Muito Amor
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 17 de Outubro de 2009, 19:16
dim-dim,

Lindíssima poesia de Eugênio de Andrade!!

Que Deus o abençoe, meu irmãozinho querido!

Obrigada por vc existir e fazer da sua cândida presença a diferença.

Todo meu carinho e gratidão a você, amigo, que sempre enriquece essas páginas...

Helena


-----------------------------------------------------------------------------------

Música em Corpo

Quero que cante para que eu possa me abrir
Que recante em versos para eu florir
Que me cante canteiros para meu corpo engolir
Que encante dias e noites para que eu possa sentir
Que me sonhe em melodias para que relaxada...
Cansada e feliz...
Eu possa dizer:

Encontrei no corpo arranjos...
Deste corpo dedilhado por arcanjos,
o som do mesmo corpo em meu corpo

No ensaio da orquestra a maestria do amor
Na sinfonia mais linda e divina
de todos os instrumentos afinados
Música que por toda a minha vida...
despida
Em idas e vindas
Sonhei um dia...
Poder ouvir
(Marina Pellizzett)


http://www.youtube.com/watch?v=25FEIAyklyo (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTI1RkVJQXlrbHlv)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 18 de Outubro de 2009, 13:17

Olá minha boa amiga vamos tentando despertar consciências com a nossa poesia e musica, para que os intolerantes despertem, para o Amor,  no Brasil, no Irão, enfim em todo mundo!

http://www.youtube.com/watch?v=v4Wp6qlPhuE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXY0V3A2cWxQaHVF)

***

Fernando Pessoa


Ó mar salgado, quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram,
Quantos filhos em vão rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!

Valeu a pena? Tudo vale a pena
Se a alma não é pequena.
Quem quer passar além do Bojador
Tem que passar além da dor.
Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
Mas nele é que espelhou o céu.



Amor e Paz
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 18 de Outubro de 2009, 22:08
Arco-íris

Fadas e gnomos
Todos os duendes de todas as matas
Todas as pedreiras, fios d'água, cachoeiras,
As outras cores do íris
São segredo nosso
Quisera falar das coisas que não posso
Do que faz do ar, a brisa, e a brisa de vento
E o vento de ventania
Essa magia
Essa força que comanda cada elemento
É a poesia
De se recriar e escolher o momento
De ser uma rosa
E de ser o elfo que mora na rosa
Ter um brilho intenso
Como o sol e como o ouro no final do arco-íris

F. Guedes


http://www.youtube.com/watch?v=R3FxJANoTOM (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVIzRnhKQU5vVE9N)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 19 de Outubro de 2009, 02:39

Olá!

http://www.youtube.com/watch?v=r9rYXZnoMn0&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXI5cllYWm5vTW4wJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
------------------

Cecília Meireles

Tu tens um medo:
Acabar.
Não vês que acabas todo o dia.
Que morres no amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que te renovas todo o dia.
No amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que és sempre outro.
Que és sempre o mesmo.
Que morrerás por idades imensas.
Até não teres medo de morrer.

E então serás eterno.



Com Carinho
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 19 de Outubro de 2009, 23:36




Olá!

http://www.youtube.com/watch?v=ea0CDieb4yM&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWVhMENEaWViNHlNJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)

------------------------------------

Florbela Espanca

Eu ...
Eu sou a que no mundo anda perdida,
Eu sou a que na vida não tem norte,
Sou a irmã do Sonho,e desta sorte
Sou a crucificada ... a dolorida ...

Sombra de névoa tênue e esvaecida,
E que o destino amargo, triste e forte,
Impele brutalmente para a morte!
Alma de luto sempre incompreendida!...

Sou aquela que passa e ninguém vê...
Sou a que chamam triste sem o ser...
Sou a que chora sem saber porquê...

Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
Alguém que veio ao mundo pra me ver,
E que nunca na vida me encontrou!


Com carinho
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 20 de Outubro de 2009, 14:19

Olá!

http://www.youtube.com/watch?v=_drEFOaPaK8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PV9kckVGT2FQYUs4)

---------------

Juan Ramón Jiménez
A solidão era eterna

A solidão era eterna
e o silêncio inacabável.
Detive-me com uma árvore
e ouvi falar as árvores.



Com Carinho
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 20 de Outubro de 2009, 23:50
Tocando em frente
Sem olhar para trás
Pegando meu sorriso
Andando sem pressa
Descalça...
Sigo.

Sem pensar em nada
Vivendo na mansidão
Deixando-me solta no ar
Falando frugalidades,
Descontraída...
Fico.

Se gritar escuto meu eco
Se pular de alegria,
Alcanço a lua
Se contar as estrelas,
Acharei um cometa...

Sentarei na areia fina até o dia clarear
Sem pensar em nada, só em viver
Amar, ser feliz, sonhar...

Helena

http://www.youtube.com/watch?v=9lQDSElrq2k (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTlsUURTRWxycTJr)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 21 de Outubro de 2009, 01:28

Olá!

http://www.youtube.com/watch?v=d63COahIpVM&feature=PlayList&p=8F56939F80B38D44&index=0&playnext=1 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWQ2M0NPYWhJcFZNJmFtcDtmZWF0dXJlPVBsYXlMaXN0JmFtcDtwPThGNTY5MzlGODBCMzhENDQmYW1wO2luZGV4PTAmYW1wO3BsYXluZXh0PTE=)

A melhor forma de homenagiar o belo poema da nossa amiga Helena.

Tocando em frente
Sem olhar para trás
Pegando meu sorriso
Andando sem pressa
Descalça...
Sigo.

Sem pensar em nada
Vivendo na mansidão
Deixando-me solta no ar
Falando frugalidades,
Descontraída...
Fico.

Se gritar escuto meu eco
Se pular de alegria,
Alcanço a lua
Se contar as estrelas,
Acharei um cometa...

Sentarei na areia fina até o dia clarear
Sem pensar em nada, só em viver
Amar, ser feliz, sonhar...

Helena
----------------------------------------

Ruy Belo
Digam que foi mentira

Digam que foi mentira, que não sou ninguém,
que atravesso apenas ruas da cidade abandonada
fechada como boca onde não encontro nada:
não encontro respostas para tudo o que pergunto nem
na verdade pergunto coisas por aí além
Eu não vivi ali em tempo algum.




Com Carinho
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: hcancela em 21 de Outubro de 2009, 09:58
Olá amigos(as)

http://www.youtube.com/watch?v=Zn7xfTJPmpg (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVpuN3hmVEpQbXBn)


Se eu morrer novo,
Sem poder publicar livro nenhum,
Sem ver a cara que têm os meus versos em letra impressa,
Peço que, se se quiserem ralar por minha causa,
Que não se ralem.
Se assim aconteceu, assim está certo.
Mesmo que os meus versos nunca sejam impressos,
Eles lá terão a sua beleza, se forem belos.
Mas eles não podem ser belos e ficar por imprimir,
Porque as raízes podem estar debaixo da terra
Mas as flores florescem ao ar livre e à vista.
Tem que ser assim por força.  Nada o pode impedir.

Se eu morrer muito novo, oiçam isto:
Nunca fui senão uma criança que brincava.
Fui gentio como o sol e a água,
De uma religião universal que só os homens não têm.
Fui feliz porque não pedi cousa nenhuma,
Nem procurei achar nada,
Nem achei que houvesse mais explicação
Que a palavra explicação não ter sentido nenhum.

Não desejei senão estar ao sol ou à chuva -
Ao sol quando havia sol
E à chuva quando estava chovendo (E nunca a outra cousa),
Sentir calor e frio e vento,
E não ir mais longe.

Uma vez amei, julguei que me amariam, 
Mas não fui amado.
Não fui amado pela única grande razão -
Porque não tinha que ser.

Consolei-me voltando ao sol e à chuva,
E sentando-me outra vez à porta de casa.
Os campos, afinal, não são tão verdes para os que são amados
Como para os que o não são.
Sentir é estar distraído.

ALBERTO CAEIRO


SAUDAÇÕES FRATERNAS
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 21 de Outubro de 2009, 11:16

Olá!

http://www.youtube.com/watch?v=R3FxJANoTOM&feature=PlayList&p=7DF0F94D9C5E66B1&index=0&playnext=1 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVIzRnhKQU5vVE9NJmFtcDtmZWF0dXJlPVBsYXlMaXN0JmFtcDtwPTdERjBGOTREOUM1RTY2QjEmYW1wO2luZGV4PTAmYW1wO3BsYXluZXh0PTE=)

--------------------------

...E eu partirei.
Mas os pássaros ficarão cantando;
E meu jardim ficará com sua árvore verdejante,
Com seu poço dágua.
Em muitas tardes os céus serão azuis e plácidos,
E os sinos da torre repicarão,
Como repicam esta tarde.
Aqueles que me amaram passarão,
E a cidade explodirá de novo cada ano.
Mas meu espírito sempre vagará nostálgico
No mesmo recanto escondido do meu jardim florido.


JUAN RAMÓN JIMÉNEZ



NAMASTÉ


Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Outubro de 2009, 17:06
Boa tarde, amigos queridos!
Obrigada por suas visitas e importante participação.
Bjs!
------------------------

Não te trouxe
nenhum doce
nem presente
nenhum enfeite
nenhuma lembrança
que fosse
Quero ter
as mãos vazias
para o abraço
um grande abraço
maior que a noite
melhor que o dia

(Alice Ruiz)


http://www.youtube.com/watch?v=8BvV9arABLs (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PThCdlY5YXJBQkxz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Outubro de 2009, 18:52
"A esperança não é a ultima que morre...
É a primeira que nasce quando
tudo parece perdido...
No fim tu hás de ver que as coisas mais leves são as únicas
que o vento não conseguiu levar:
um estribilho antigo
um carinho no momento preciso
o folhear de um livro de poemas
o cheiro que tinha um dia o próprio vento... "

- Mário Quintana


http://www.youtube.com/watch?v=zqjHkr1KIds (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXpxakhrcjFLSWRz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Outubro de 2009, 19:24
Não gostou...

Não gostou do quê?
Da minha alegria?
Não importa...
Não gosta do meu jeito?
Que pena...
Não afronto nada

Conhece-me de onde?
Não estou lembrada...
Devo-lhe alguma coisa?
Não me lembro...
O que você pensa que vê
Não é o que sou...
Conhece meus pensamentos ?
Meu coração?

Não, nada sabe
Nada enxerga...
Talvez meu modo atrevido
De sorrir, ser feliz,  incomode

Exagerados desejos retraídos
Um medo de se abrir à luz
Faz com que seus olhos,
Acostumados às sombras tristes,
Incomode-se em ver sorrisos

Agasalha-se, febril,
Numa falsa moralidade
Esquecendo que amar é fácil
Sorrir é bom...
Distribuir beijos é bom
Viver é bom...

É... agindo assim
 Está perdendo
 Tempo...
Pequenas coisas da vida...
Que tanta alegria
Trazem ao coração

Esse trem passa ligeiro...
Cuide-se, amigo,
 Tente ser feliz...


http://www.youtube.com/watch?v=Lco7A7bQOIA (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUxjbzdBN2JRT0lB)
Título: Re: QUE EU NÃO ESQUEÇA... e outras poesias
Enviado por: bady em 23 de Outubro de 2009, 01:30
Minutos teus...

Num dia de chuva senti a tua presença
E me veio tanto na lembrança

Ouvi tua voz me falando baixinho
E tremi com teu sussurro em meu ouvido

Ví teu olhar em mim
Sorri ao ver-te tão linda

Senti o toque de tua mão
Arrepiando-me de emoção

Então dançamos ao som da canção
E choramos juntos como duas crianças

Tantas lembranças alí entre nós
Então éramos uma só alma

Pude auscultar teus mais íntimos pensamentos
E te apertei mais a mim

Podia aspirar teu perfume
Respirava ao teu tempo

Alma irmã, alma querida
Soube que és parte de mim

E o tempo parou alí
E voltamos juntos nos anos

E lá estávamos como dois amantes
Era um tempo de paz em nós

Corríamos faceiros sem hora
Meu mundo então era você

A música tocava suave em nossos corações
Sentia o teu olhar dentro de minha alma

Meus segredos você desvendou
E sorriu

A realidade não existia
Era um mundo de paz

Então...ouvimos um trovão
Nossos corpos se afastaram

Me ví tão só
E no silêncio te chamava

E a saudade me feria
Só a lembrança me curava

E hoje
Aqui esta você

Minuto eterno
A música termina...você se vai!!!

Ghost


http://www.youtube.com/watch?v=prfuG2jAZZs (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXByZnVHMmpBWlpz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 23 de Outubro de 2009, 13:30
IMPOSSÍVEL

Hoje acodei muito triste
pois, em meio aos meu sonhos
apresentou-se um grande desafio
onde a vitória parecia ser impossível
Permitem-me dizer? ...Chorei muito !!!
Permitem-me chorar? ...afinal...seria isso ridículo?
Mas algo no fundo de minh'alma não se calava...
e me dizia: -Vá!!! Vá na tua pequena força e
estarei contigo...Não tenho eu lhe mandado ir ?
- Ao meu mandado não tenho escolhido os capacitados
e sim capacitado os meus escolhidos !!!
De ar inflei meus pulmões , e da fé fiz a minha coragem...
Sabe...ainda estou chorando muito...
As lágrimas ainda não secaram...
Mas estão acompanhadas de um sorriso...
Um sorriso misto de prazer e orgulho
o sorriso que não temeu
o sorriso que venceu o impossível

Men


http://www.youtube.com/watch?v=B_dMdDLEl8w (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUJfZE1kRExFbDh3)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 23 de Outubro de 2009, 13:46
Andei perambulando na noite clandestina
Entre sombras de um passado sem culpas
Escapando de um presente órfão de chuvas
Andei marginal e ausente sem acordos de mim

Das janelas ausentes de luz senti a dor do exílio
Nas placas apagadas da avenida eu vi o silêncio
Um cachorro passa ao meu lado e encolhe o latido
Poças e pedras me mostram o destino do espelho

Andei perambulando ate chegar ao sentido do dia
Fui ao cais onde os botes esperam a poesia das águas
Nos amarram sonhos que latejam sem agonias
O vento como uma adaga espera no outro lado da rua
E liberta

Das pedras eu vi dois botes sem âncoras nem remos
Só as profundezas de um mar eram seu caminho
Há quem não acredite na sensibilidade dos botes
Eu já estou mimetizado na imagem azul dos sonhos

Agora tudo é calma e o resto uma tormenta esquecida.

Flavio Pettinicch


http://www.youtube.com/watch?v=kusMq9SsItw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWt1c01xOVNzSXR3)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 23 de Outubro de 2009, 16:38

Olá

http://www.youtube.com/watch?v=ZUEeBhhuUos&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVpVRWVCaGh1VW9zJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
-------------------------------------

Carlos Drummond de Andrade
Que pode uma criatura

Que pode uma criatura senão,
entre outras criaturas, amar?
amar e esquecer,
amar e malamar,
amar, desamar, amar?
sempre, e até de olhos vidrados, amar?



Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 24 de Outubro de 2009, 19:57

Conquista

Livre não sou, que nem a própria vida
Mo consente.
Mas a minha aguerrida
Teimosia
É quebrar dia a dia
Um grilhão da corrente.

Livre não sou, mas quero a liberdade.
Trago-a dentro de mim como um destino.
E vão lá desdizer o sonho do menino
Que se afogou e flutua
Entre nenúfares de serenidade
Depois de ter a lua!

Miguel Torga

http://www.youtube.com/watch?v=e5K8wDg5ve0 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWU1Szh3RGc1dmUw)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 25 de Outubro de 2009, 13:31

Olá, a amiga Helena enche-nos de poesia por todo lado, muito obrigado amiga é bom para refletirmos e sairmos da rotina bem haja.

http://www.youtube.com/watch?v=wh9AC0jCGjY&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXdoOUFDMGpDR2pZJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)

-----------------------------------

Eugénio de Andrade
Não sei

Não sei porque diabo escolheste
janeiro para morrer: a terra
está tão fria.

É muito tarde para as lentas
narrativas do coração,
o vento continua
a tarefa das folhas:
cobre o chão de esquecimento.

Eu sei: tu querias durar.
Pelo menos durar tanto como o tronco
da oliveira que teu avô
tinha no quintal. Paciência,
querido, também Mozart morreu.

Só a morte é imortal.



Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Outubro de 2009, 19:20
Olá, dim-dim!! Vc também, meu amigo querido, está florindo o Fórum com poesias para todos os lados!!

Uma noite linda pora vc!

Bjs!
--------------------------------------------

Ter fé é olhar para a vida com lentes especiais
Caminhar ao longo dos rios, lagos, campos...
 Vendo muito além...
Não só a água correndo pelas pedras,
Não só a verdejante pujança das matas...
Mas a Natureza nos enchendo de êxtase.

Vislumbrando um reino de esperanças além
Se maravilhando com a perfeição cósmica
Tendo no peito a certeza de que um dia
Todos nós chegaremos lá
Não importa o quanto demore.

Sim, um dia seremos perfeitos,
 E viveremos nas estrelas mais brilhantes...

Helena


http://www.youtube.com/watch?v=Ajb-blBQdeU (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUFqYi1ibEJRZGVV)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Outubro de 2009, 19:36
TÍMIDA

Tímida...
se descobriu mulher

Cálida...
de amor se entregou

Pálida...
num corpo ainda flor

Ávida...
toda despetalou

Mágica...
um sonho transformou

Vívida...
meu coração roubou

(Men)


http://www.youtube.com/watch?v=vhJKgdzAJ9o (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXZoSktnZHpBSjlv)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 28 de Outubro de 2009, 10:18

É provável que repita a música, mas só presenteio alguém com o que mais gosto, pelo tópico mensagens para reflexão e mais ainda pelos vinte e dois toques conscienciais da nossa amiga Helena, deixo esta mensagem com carinho.

http://www.youtube.com/watch?v=d63COahIpVM&feature=PlayList&p=8F56939F80B38D44&index=0&playnext=1 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWQ2M0NPYWhJcFZNJmFtcDtmZWF0dXJlPVBsYXlMaXN0JmFtcDtwPThGNTY5MzlGODBCMzhENDQmYW1wO2luZGV4PTAmYW1wO3BsYXluZXh0PTE=)
-----------------------------------------------

Juan Ramón Jiménez
Eu não voltarei

Eu não voltarei. E a noite
morna, serena, calada,
adormecerá tudo, sob
sua lua solitária.
Meu corpo estará ausente,
e pela janela alta
entrará a brisa fresca
a perguntar por minha alma.

Ignoro se alguém me aguarda
de ausência tão prolongada,
ou beija a minha lembrança
entre carícias e lágrimas.

Mas haverá estrelas, flores
e suspiros e esperanças,
e amor nas alamedas,
sob a sombra das ramagens.

E tocará esse piano
como nesta noite plácida,
não havendo quem o escute,
a pensar, nesta varanda.



Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 28 de Outubro de 2009, 12:15
Obrigada, amigo dim-dim, por poesia tão linda deste espírito magnífico....E a música nos transporta para mundos felizes!

(http://violao.brunomadeira.com/wp-content/uploads/2008/03/platero-1.jpg)

Juan Ramón Jiménez, nobel de Literatura em 1956!! Que máximo...
O seu livro fala de um burrico com uma ternura comovente...

http://terrear.blogspot.com/2007/05/platero-e-eu.html (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3RlcnJlYXIuYmxvZ3Nwb3QuY29tLzIwMDcvMDUvcGxhdGVyby1lLWV1Lmh0bWw=)


Bjs!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 28 de Outubro de 2009, 12:36

Eu também gosto muito da poesia de Juan Ramón Jiménez e então vamos brindá-lo.

http://www.youtube.com/watch?v=YQWszrZHBPI&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVlRV3N6clpIQlBJJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
-----------------------------------------

Juan Ramón Jiménez
A VIAGEM DEFINITIVA

Ir-me-ei embora. E ficarão os pássaros
Cantando.
E ficará o meu jardim com sua árvore verde
E o seu poço branco.

Todas as tardes o céu será azul e plácido,
E tocarão, corno esta tarde estão tocando,
Os sinos do companário.

Morrerão os que me amaram
E a aldeia se renovará todos os anos.
E longe do bulício distinto, surdo, raro
Do domingo acabado,
Da diligência das cinco, das sestas do banho,
No recanto secreto do meu jardim florido e caiado
Meu espírito de hoje errará nostálgico...
E ir-me-ei embora, e serei outro, sem lar, sem árvore

Verde, sem poço branco,
Sem céu azul e plácido...
E os pássaros ficarão cantando.




Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: hcancela em 29 de Outubro de 2009, 10:13
Olá amigos(as)

Fernando Pessoa

Onde você vê um obstáculo,
alguém vê o término da viagem
e o outro vê uma chance de crescer.
Onde você vê um motivo pra se irritar,
Alguém vê a tragédia total
E o outro vê uma prova para sua paciência.
Onde você vê a morte,
Alguém vê o fim
E o outro vê o começo de uma nova etapa...
Onde você vê a fortuna,
Alguém vê a riqueza material
E o outro pode encontrar por trás de tudo, a dor e a miséria total.
Onde você vê a teimosia,
Alguém vê a ignorância,
Um outro compreende as limitações do companheiro,
percebendo que cada qual caminha em seu próprio passo.
E que é inútil querer apressar o passo do outro,
a não ser que ele deseje isso.
Cada qual vê o que quer, pode ou consegue enxergar.
"Porque eu sou do tamanho do que vejo.
E não do tamanho da minha altura."

http://www.youtube.com/watch?v=pe_2-oJknNw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXBlXzItb0prbk53)


SAUDAÇÕES FRATERNAS
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 29 de Outubro de 2009, 16:17

Olá, aquela dica dos livros, no outro tópico, foi boa amiga Helena. Obrigado pela partilha.

http://www.youtube.com/watch?v=4O_YMLDvvnw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTRPX1lNTER2dm53)
---------------------------------------

JUAN RAMÓN JIMÉNEZ
A Viagem Definitiva

...e eu partirei.Mas os pássaros ficarão cantando;
e meu jardim ficará com sua árvore verdejante,
com seu poço dágua.

Em muitas tardes os céus serão azuis e plácidos,
e os sinos da torre repicarão,
como repicam esta tarde.

Aqueles que me amaram passarão,
e a cidade explodirá de novo cada ano.

Mas meu espírito sempre vagará nostálgico
no mesmo recanto escondido do meu jardim florido.



Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 30 de Outubro de 2009, 16:31

Olá

http://www.youtube.com/watch?v=zzDUi_L6MzA&feature=fvw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXp6RFVpX0w2TXpBJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2dw==)
-----------------------------------

Jorge de Sena
Génesis

De mim não falo mais :não quero nada.
De Deus não falo:não tem outro abrigo.
Não falarei também do mundo antigo,
pois nasce e morre em cada madrugada.

Nem de existir,que é a vida atraiçoada,
para sentir o tempo andar comigo;
nem de viver,que é liberdade errada,
e foge todo o Amor quando o persigo.

Por mais justiça ...-Ai quantos que eram novos
em vâo a esperaram porque nunca a viram!
E a eternidade...Ó transfusâo dos povos!

Não há verdade:O mundo não a esconde.
Tudo se vê: só se não sabe aonde.
Mortais ou imortais,todos mentiram.


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 01 de Novembro de 2009, 10:41

Olá!

http://www.youtube.com/watch?v=pQiIZXkt2RM&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXBRaUlaWGt0MlJNJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
-------------------------------------

Luís de Camões
Da alma e de quanto tiver

Da alma e de quanto tiver
Quero que me despojeis,
contanto que me deixeis
Os olhos para vos ver.


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 02 de Novembro de 2009, 10:35

Olá!

http://www.youtube.com/watch?v=v0NoHN1TU5I&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXYwTm9ITjFUVTVJJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
----------------------------------------

Gustavo Adolfo Bécquer
Levai-me por piedade onde a vertigem

Levai-me por piedade onde a vertigem
com a razão me arranque a memória.
Por piedade! Tenho medo de ficar
com a minha dor a sós!



Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 03 de Novembro de 2009, 17:51
Trovinhas
(Múcio Teixeira/Chico Xavier)

Trabalha serenamente,
Mas sem pressa ou desalinho.
Deus tudo faz sem demora,
Mas age devagarinho.

Duas regras infalíveis
Na santa escola do bem:
Quem não estuda não sabe
Quem não trabalha não tem.

O homem é sempre assim,
Por mais alto que se expresse:
Tanto mais intolerante
Quanto menos se conhece.

Ofensas - sombras da vida!...
Entrega as nuvens ao vento...
Perdão quando é verdadeiro
Tem nome de esquecimento.


http://www.youtube.com/watch?v=W_19VdTakY4 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVdfMTlWZFRha1k0)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 03 de Novembro de 2009, 18:03

EU SOU.................EU

.....................ÚNICA..................

......APAIXONADA PELA VIDA......
___________________________

Apenas eu mesma ...... !!!
___________________________

Sou uma mulher madura
Que às vezes brinca de balanço
Sou uma criança insegura
Que às vezes usa salto alto
Sou uma mulher que balança...
(Margareth)


http://www.youtube.com/watch?v=OPYr3GVJ2hc (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU9QWXIzR1ZKMmhj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Luz13 em 03 de Novembro de 2009, 18:42

   Fragilidade....

   "É linda a juventude que nos fala
    Em mil dos acidentes de encantar
    E até mesmo quando nos faz penar
    Não tem maior tesouro a iguala-la.

    Talvez a rosa possa compará-la
    Na fragilidade dum desabrochar
    E a brisa que passa a murmurar
    Já de há muito aprendeu a ama-la.

    A juventude fala de saudade
    E também da ânsia de liberdade
    Que alanceia seu jovem coração.

    Que em cada folha desse livro amado,
    Nunca se veja um beijo magoado
    Dum sonho que arrancou uma ilusão...."


       ( Sophia Guiomar )



     Abraços.
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Novembro de 2009, 08:54
É a dor da força desaproveitada,
"o cantochão dos dínamos profundos"
que podendo mover milhões de mundos,
jazem ainda na estática do NADA!

(Augusto dos Anjos)

http://www.youtube.com/watch?v=GuY4FR-bmGY (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUd1WTRGUi1ibUdZ)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Novembro de 2009, 09:01
"Há um tempo em que é preciso
 abandonar as roupas usadas,
 que já têm a forma do nosso corpo,
e esquecer os nossos caminhos
 que nos levam, sempre,
 aos mesmos lugares.
É o tempo da travessia.
E, se não ousarmos fazê-la,
teremos ficado, sempre,
à margem de nós mesmos."

(Fernando Pessoa)


http://www.youtube.com/watch?v=OHLBMFnDsVg (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU9ITEJNRm5Ec1Zn)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 04 de Novembro de 2009, 11:45

Olá!

http://www.youtube.com/watch?v=tD6jS0Gq-wk&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXRENmpTMEdxLXdrJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
-------------------------------------

Roberto Carlos

Raio duradouro que orienta o navegante perdido,
força dos humildes, dos aflitos paz dos arrependidos,
Brilho das estrelas, do Universo o seu olhar me conduz...
Esta Luz, é claro que é Jesus!


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 06 de Novembro de 2009, 14:51

Olá!

http://www.youtube.com/watch?v=yo82ipPkTRY&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXlvODJpcFBrVFJZJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
-------------------------------------

Cecília Meireles
Lua adversa

Tenho fases, como a lua
Fases de andar escondida,
fases de vir para a rua...
Perdição da minha vida!
Perdição da vida minha!
Tenho fases de ser tua,
tenho outras de ser sozinha.

Fases que vão e vêm,
no secreto calendário
que um astrólogo arbitrário
inventou para meu uso.

E roda a melancolia
seu interminável fuso!
Não me encontro com ninguém
(tenho fases como a lua...)
No dia de alguém ser meu
não é dia de eu ser sua...
E, quando chega esse dia,
o outro desapareceu...


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 06 de Novembro de 2009, 17:28
Olá, querido amigo dim-dim!!
Vc sempre atualizando este tópico com lindas poesias e músicas.
Obrigada por sua participação sempre tão pertinente.
Carinhos,
Helena
-------------------------------------------------------------------------------------------

“Enquanto não superarmos a ânsia do amor sem limites,
não podemos crescer emocionalmente.
Enquanto não atravessarmos a dor de nossa própria solidão,
continuaremos a nos buscar em outras metades.
Para viver a dois, antes, é necessário ser um...“
(Fernando Pessoa)


http://www.youtube.com/watch?v=TDsqjNF44Ec (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVREc3FqTkY0NEVj)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 06 de Novembro de 2009, 17:34
De tudo ficaram três coisas...
A certeza de que estamos começando...
A certeza de que é preciso continuar...
A certeza de que podemos ser interrompidos
antes de terminar...
Façamos da interrupção um caminho novo...
Da queda, um passo de dança...
Do medo, uma escada...
Do sonho, uma ponte...
Da procura, um encontro!

(Fernando Sabino)


http://www.youtube.com/watch?v=lC_x28ti2hk (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWxDX3gyOHRpMmhr)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 07 de Novembro de 2009, 20:55

Olá!
Poesia de Florbela Espanca, na voz de Luis Represas, para a minha boa amiga Helena, para nós todos e também ao infinito!

http://www.youtube.com/watch?v=lUZDx9RCZm4&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWxVWkR4OVJDWm00JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
------------------------------------

Cecília Meireles
O Menino Azul

O menino quer um burrinho
para passear.
Um burrinho manso,
que não corra nem pule,
mas que saiba conversar.

O menino quer um burrinho
que saiba dizer
o nome dos rios,
das montanhas, das flores,
— de tudo o que aparecer.

O menino quer um burrinho
que saiba inventar histórias bonitas
com pessoas e bichos
e com barquinhos no mar.

E os dois sairão pelo mundo
que é como um jardim
apenas mais largo
e talvez mais comprido
e que não tenha fim.

(Quem souber de um burrinho desses,
pode escrever
para a Ruas das Casas,
Número das Portas,
ao Menino Azul que não sabe ler.)

Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Novembro de 2009, 20:27
Puxa vida, dim-dim!! Adorei!!
Carinhos,
Helena
----------------------------------------------------------------------------------
Gostos e desgostos


Amo amar as estrelas,
a lua
Amo amar o vento,
o mar
Amo amar as flores,
as folhas caindo...

Não sou metade
Sou inteira
Não estou completa
Tenho ainda frestas
Muitas...

Ganhar e perder
São apenas faces
Da mesma moeda
Cara ou coroa?

Sempre haverá dias de sol
E  de chuva
A chuva tem cheiro
O orvalho também

Vejo desenhos nas nuvens
Gosto de me imaginar
Planando...
Volitando...

Gosto de  falar comigo
Gosto de cheirar a vida
Gosto de tanta coisa
Apenas gosto...

Guardo lembranças
com carinho...
Guardo cheiros
Guardo imagens
Guardo cores

Tudo dura o tempo exato
Nem mais
Nem menos...

O coração se comanda
Não podemos adestrá-lo
Aprendi que as dores passam
Mas é difícil dizer adeus...

(Helena)



http://www.youtube.com/watch?v=k6sQOE_X9yI (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWs2c1FPRV9YOXlJ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Novembro de 2009, 20:42
Devaneando com Devaneio

Uma folha turva de papel
Uma caneta preta sobre a mesa
Uma cadeira vazia ao canto
Uma poetisa na incerteza

A poesia não é a mesma
A inspiração adormeceu
Os versos já não têm rima
O belo do belo escureceu

As cores acinzentaram
A primavera também sem cor
Os sons felizes se abafaram
O frio fez-se chuva e calor

Marasmo... Letargia
Sem saber ao certo
Quando chegou a noite
Ou quando se foi o dia

Não há movimento que eu sinta
Estático o vento ficou
Não sei se passei pela vida
Ou se a vida p`ra mim passou

Rô Lopes


http://www.youtube.com/watch?v=0gCTP_cwqRA (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTBnQ1RQX2N3cVJB)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: MAROCHA em 10 de Novembro de 2009, 22:49
Oi Helena!

  Linda tua poesia ,  Gostos e Desgostos !

    Que fala da profundidade dos sentimentos, do imenso amor a natureza,

    da imprevisibilidade da vida, do indomável coração, da beleza de sonhar !

     Que fala dos Gostos e Desgostos......

          E ainda um lindo vídeo da Marisa Montes..

           Um grande abraço !

            Marocha
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 11 de Novembro de 2009, 19:53
Obrigada, grande Marocha, pelo carinho!! ;) :D
Um abração,
Helena
-----------------------------------------------------------------------------------

Que este nosso pequeno
Mas tranquilo mundo virtual
Seja cada vez mais humanista.
Que tudo que sonhamos,
Na ilusão amorosa da vida,
Se transforme em realidade.
Que o Amor ao próximo
Seja hoje e sempre
 Nossa meta absoluta!


http://www.youtube.com/watch?v=it1NaXrIN9I (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWl0MU5hWHJJTjlJ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Obed em 12 de Novembro de 2009, 04:35
Sublime espera

Há dias em que a vida se faz doce
além do quanto espera nosso anseio.
Mas hoje não foi dia, ah se ele fosse!
Eu quis essa doçura e ela não veio.

O sol nasceu, brilhou, minguou e pôs-se
e o dia não burlou o seu passeio.
Nenhuma novidade a vida trouxe;
entulhos de mesmice e eu no meio.

O espírito esmorece nessa espera
temendo que ela seja tola e vã.
Faz tanto tempo assim, também pudera!

Mas a esperança nunca é malsã.
O sonho em ser feliz nos regenera.
Talvez o dia bom seja amanhã!


Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 12 de Novembro de 2009, 09:47
Que lindo, Obed!!! Amei!! :D
É seu?

Um abração,
Helena
-----------------------------------------------------------------------------------------
Sentindo puro amor, ao vos ver
Que de amor meu olhar sofria,
Espelhando no vosso, que via
Tão pura alma de belo ser!

Oh pureza de meu tanto querer
Que aviva em mim a fantasia,
Onde o puro amor tem mais valia
De cuidar para não te perder!

Amor que me prende por vontade
E deixo-me por ele me vencer
Dedicando juramento e lealdade,

No mais amoroso encanto prazer
Mesmo sofrendo ausência e saudade
Este sonho d`amor, me faz viver!


Loucopoeta
©direitos reservados


http://www.youtube.com/watch?v=69lue65EQ1M (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTY5bHVlNjVFUTFN)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Obed em 12 de Novembro de 2009, 09:49
Obrigado!

Sim, é meu!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 12 de Novembro de 2009, 14:30
Brincando com o tempo

Quando tinha um ano
Você nem tinha nascido
Fiz dois anos, você...nada
Quando fiz três, você um...
Já poderia trocar-lhe fraldas!

Com quatro anos, forte,
saudável, um bom menino...
Poderia tomar conta de você...
Com cinco a levaria para passear
Com dez anos, muito arteiro...
Brincar de médico talvez quisesse

Mas tudo isso é brincadeira
Pois era menino bobo
Sua Bobinha...

Agora, com quarenta e oito,
Faço de você minha
Eterna e sempre fiel
Melhor amiga!!

Para poupar os anos
Em que você crescia
Mas eu não via...
Quem sabe aos oitenta,
Se por aqui o herói
Ainda estiver consciente,
Pedirei em namoro,
Se tiver coragem...

E com cento e cinquenta anos
Enfim, nos casaremos!
E vamos morar nas estrelas...
Numa viagem de lua de mel cósmica!

E aí, doce amiga,
Que habita meu coração,
Voltaremos no tempo!

Você volta a ter um ano
E eu um menino de três
Começaremos tudo de novo
Mas um novo diferente
E não morreremos nunca...
E não nos separaremos
Nunca, nunca mais!

(João Carlos)


http://www.youtube.com/watch?v=Q4j3bIkO7Pg (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVE0ajNiSWtPN1Bn)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 12 de Novembro de 2009, 14:47

Olá! Tanta coisa bonita amiga Helena!
com carinho
Carly Simon - Coming Around Again (Live)
http://www.youtube.com/watch?v=t_xqI8NSlkA (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXRfeHFJOE5TbGtB)
-----------------------------

Fernando Pessoa
Não sei, ama, onde era

Não sei, ama, onde era,
Nunca o saberei...
Sei que era Primavera
E o jardim do rei...
(Filha, quem o soubera!...).

Que azul tão azul tinha
Ali o azul do céu!
Se eu não era a rainha,
Porque era tudo meu?
(Filha, quem o adivinha?)

E o jardim tinha flores
De que não me sei lembrar...
Flores de tantas cores...
Penso e fico a chorar...
(Filha, os sonhos são dores...).

Qualquer dia viria
Qualquer coisa a fazer
Toda aquela alegria
Mais alegria nascer
(Filha, o resto é morrer...).

Conta-me contos, ama...
Todos os contos são
Esse dia, e jardim e a dama
Que eu fui nessa solidão...


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 12 de Novembro de 2009, 15:52
Olá, dim-dim!! Que bom vê-lo por aqui!!
Carinhos,
Helena
----------------------------------------------------------------------------------------

Queria te fazer um poema...
O que coloco nele, me diz!
Coloco estrelas ou cometas?
Coloco dois mundos
E um barquinho?

Descrevo um mar verde e manso
E coloco pontos na chuva...
Faço uma chuva de beijos?

Acho que vou colocar flores
E uma calçada bonita
Feita de estrelas...

Vou colocar nele sonhos
E um trevo encantado
Uma lâmpada mágica...
Coloco um castelo?

Lá tu serás rei
E terás uma fada madrinha
Que vai te dar muita sorte
Passearás numa nuvem faceira....

Com um lápis gigante
Vais rabiscar teu nome sempre
E te farei caretas
Só para ver-te feliz...


http://www.youtube.com/watch?v=xmEaW8msVAo (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXhtRWFXOG1zVkFv)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Luz13 em 12 de Novembro de 2009, 22:06
 

A vida de uma lágrima(Rondel)
 
 

Dos meus olhos escorrega uma lágrima

Num trajeto laborioso até o solo

Gota de cristal transformada em magma

Vulcanizando meu peito na busca do teu colo

 

Precisa gota que brota da ânima

Pequena pedra de sal que desce sem dolo

Dos meus olhos escorrega uma lágrima

Num trajeto laborioso até o solo

 

Pesada e viscosa é a lágrima que cai

A burilar meus sentimentos na porosidade dos meus lamaçais

Marejando meus pensamentos, lubrificando meus ais

Solitários momentos na inquietude da alma

Dos meus olhos escorrega uma lágrima

 

 

                                            * Úrsula A. Vairo Maia


   Abraços.
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 13 de Novembro de 2009, 19:16
Refletindo em 750 caracteres


Aqui, a poesia parece que tem tamanho...
E não tem forma...
Se expressa em caracteres.
Não escrevemos poesias:
Digitamos!

Algo ainda está por ser refinado
Bom, se conseguirmos passar poética...
driblando nossos limites.
Mas temos que ter consciência
Fazemos o mais fácil: teclar!

Entretanto não podemos abandonar,
O que cada vez mais se torna difícil:
Que é falar aos ouvidos dos outros
Dos nossos sentimentos...
Da nossa amizade...
Dos nossos amores...
Dos nossos sonhos!

Sempre seremos mais humanos ao dizer:
Eu te amo...
Que digitando:
Eu te adoro!

Deu uns 750 caracteres...
podes contar, viu?
E tenho a impressão
Que não disse nada...

Mas...quem disse que eu diria?
Deixo beijos teclados para ti
Mas pensados por mim!

(JC)


http://www.youtube.com/watch?v=5TdTacizYdA (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTVUZFRhY2l6WWRB)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 15 de Novembro de 2009, 12:07

Olá!
Jáfumega - Latin'América
http://www.youtube.com/watch?v=Eby6b9dISmA&feature=PlayList&p=0A6E50941E4404DF (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUVieTZiOWRJU21BJmFtcDtmZWF0dXJlPVBsYXlMaXN0JmFtcDtwPTBBNkU1MDk0MUU0NDA0REY=)
---------------------------------

Luís de Camões
Julga-me a gente toda por perdido

Julga-me a gente toda por perdido,
Vendo-me tão entregue a meu cuidado,
Andar sempre dos homens apartado
E dos tratos humanos esquecido.

Mas eu, que tenho o mundo conhecido,
E quase que sobre ele ando dobrado,
Tenho por baixo, rústico, enganado
Quem não é com meu mal engrandecido.

Vá revolvendo a terra, o mar e o vento,
Busque riquezas, honras a outra gente,
Vencendo ferro, fogo, frio e calma;

Que eu só em humilde estado me contento
De trazer esculpido eternamente
Vosso fermoso gesto dentro na alma.


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 15 de Novembro de 2009, 18:45

Olá!
Dire Straits - Sultans of Swing Wembley '85
http://www.youtube.com/watch?v=Re9qdd6GdTg (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVJlOXFkZDZHZFRn)
----------------------------

Miguel Torga
Quase um poema de amor

Há muito tempo já que não escrevo um poema
De amor.
E é o que eu sei fazer com mais delicadeza!
A nossa natureza
Lusitana
Tem essa humana
Graça
Feiticeira
De tornar de cristal
A mais sentimental
E baça
Bebedeira.

Mas ou seja que vou envelhecendo
E ninguém me deseje apaixonado,
Ou que a antiga paixão
Me mantenha calado
O coração
Num íntimo pudor,
--- Há muito tempo já que não escrevo um poema
De amor


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 16 de Novembro de 2009, 22:23

Olá!
Bob Marley "Could you be Loved"
http://www.youtube.com/watch?v=XNP8xzknq58 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVhOUDh4emtucTU4)
-------------------------------

Clarice Lispector
Meu Deus, me dê a Coragem

Meu Deus, me dê a coragem
de viver trezentos e sessenta e cinco dias e noites,
todos vazios de Tua presença.
Me dê a coragem de considerar esse vazio
como uma plenitude.
Faça com que eu seja a Tua amante humilde,
entrelaçada a Ti em êxtase.
Faça com que eu possa falar
com este vazio tremendo
e receber como resposta
o amor materno que nutre e embala.
Faça com que eu tenha a coragem de Te amar,
sem odiar as Tuas ofensas à minha alma e ao meu corpo.
Faça com que a solidão não me destrua.
Faça com que minha solidão me sirva de companhia.
Faça com que eu tenha a coragem de me enfrentar.
Faça com que eu saiba ficar com o nada
e mesmo assim me sentir
como se estivesse plena de tudo.
Receba em teus braços
o meu pecado de pensar.


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 16 de Novembro de 2009, 22:43
Olhe Para Frente

Charles Chaplin
 

Ao sentir-se orgulhoso,

por alguma realização pessoal,

sonde suas motivações.

OLHE PARA DENTRO.

 

Antes que o egoísmo o domine,

enquanto seu coração é sensível,

socorra aos que o cercam.

OLHE PARA OS LADOS.

 

Na escalada rumo às altas posições

no afã de concretizar seus sonhos,

observe se não está pisando em alguém

OLHE PARA BAIXO.

 

Em todos os momentos da vida,

seja qual for sua atividade,

busque a aprovação de Deus!

OLHE PARA CIMA.

 

" Nunca se afaste de seus sonhos,

pois se eles se forem,

você continuara vivendo,

mas terá deixado de existir ".

 


http://www.youtube.com/watch?v=xGVllKOwGl8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXhHVmxsS093R2w4)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 17 de Novembro de 2009, 19:43

Olá!
Maggie Reilly & Mike Oldfield - To France '84
http://www.youtube.com/watch?v=8-1WfkM1qso&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTgtMVdma00xcXNvJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
--------------------------------

Vinicius de Moraes
Inatingível

O QUE SOU EU, gritei um dia para o infinito
E o meu grito subiu, subiu sempre
Até se diluir na distância.
Um pássaro no alto planou vôo
E mergulhou no espaço.

Eu segui porque tinha que seguir
Com as mãos na boca, em concha
Gritando para o infinito a minha dúvida.

Mas a noite espiava a minha dúvida
E eu me deitei à beira do caminho
Vendo o vulto dos outros que passavam
Na esperança da aurora.
Eu continuo à beira do caminho
Vendo a luz do infinito
Que responde ao peregrino a imensa dúvida.

Eu estou moribundo à beira do caminho.
O dia já passou milhões de vezes
E se aproxima a noite do desfecho.
Morrerei gritando a minha ânsia
Clamando a crueldade do infinito
E os pássaros cantarão quando o dia chegar
E eu já hei de estar morto à beira do caminho.


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Marele em 20 de Novembro de 2009, 01:44
SUAVE É O BATER DAS ASAS DA BORBOLETA
APÓS O DESPERTAR DEDOLOROSO ACRISOLAMENTO

SUAVE É A LUZ DO LUAR
DEPOIS QUE PASSA A NUVEM NEGRA

SUAVE É O VERDE DA FOLHA
QUE BROTA DA SEMENTE DURA

AMENIZA SENHOR, A NOSSA DOR
PARA QUE SUAVE SEJA O NOSSO DESPERTAR!!

(Mensagem psicografada, recebida no Centro Espírita
Esperança e Fé - em 24/08/2009 - Franca -SP)

 Marele
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Marele em 20 de Novembro de 2009, 01:58


                                OUTONO

                   Se voce já sentiu o perfume
                   Do sumo da laranja fresca

                   Se já tingiu seus dedos
                   De roxo profundo
                   Numa colheita de amoras

                   Se já se deliciou
                   Com o contato aveludado
                   De um pêssego entre lábios

                   Se já se lambusou
                   Até aos cotovelos
                   Com o suco amarelo da manga

                   Se já saboreou
                   Fatias estreladas
                   De carambola madura

                   Que importância tem
                   Seus cabelos brancos
                   Uma dorzinha nos joelhos
                   Esquecer onde deixou os óculos ?

             (Marele)

                   
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 21 de Novembro de 2009, 10:45
Hei, você mesmo,
 Pessoa Comum!
Por aí distraindo-se
com a paisagem...

Posso entrar?
Por que não?
Não tenha tanto medo...
Não sabe quem sou?

Pode me chamar de Amizade
Mas tenho outros nomes...
Alguns me chamam Sinceridade
Outros preferem Compreensão....

Outros de Lealdade...
Até de confiança já fui denominado
Mas sei que Solidariedade,
Esperança, Carinho...
São nomes que também me caem bem.

Ah! Você sorriu!...
E as estrelas brilharam no céu...
Sabia???...
Venha cá, me dê um abraço!
Aconchegue-se...


A luz da Lua...
O explendor do sol...
O frescor da brisa ...
A fartura da chuva ...
A inocência da vida ...

Tenho tudo isso em mim.


Ainda não sabe quem sou?
Ou perdeu a chave do coração?
Abra a porta, Pessoa Comum,
 Deixe-me entrar...

Eu sou o AMOR"

(Helena Beatriz)


http://www.youtube.com/watch?v=ijGodIqYFXo (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWlqR29kSXFZRlhv)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 24 de Novembro de 2009, 10:43

Olá!
Gipsy Kings - Un Amor
http://www.youtube.com/watch?v=-IqpaLPIqTA&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PS1JcXBhTFBJcVRBJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
----------------------------

Ary dos Santos
Ecce Homo

Desbaratamos deuses, procurando
Um que nos satisfaça ou justifique.
Desbaratamos esperança, imaginando
Uma causa maior que nos explique.

Pensando nos secamos e perdemos
Esta força selvagem e secreta,
Esta semente agreste que trazemos
E gera heróis e homens e poetas.

Pois Deuses somos nós. Deuses do fogo
Malhando-nos a carne, até que em brasa
Nossos sexos furiosos se confundam,

Nossos corpos pensantes se entrelacem
E sangue, raiva, desespero ou asa,
Os filhos que tivermos forem nossos.


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 25 de Novembro de 2009, 16:26
Vida na horizontal

Sempre obedeci regras,
Desde a infância,
Talvez desde sempre.
Em meus cadernos
Nada fora do habitual:
Flores, pensamentos...


Desenhando e colorindo
Mundos imaginários
Em momentos solitários
Construía histórias
Vivendo suas vidas...



E que ninguém do bem saisse
Ninguém do mal entrasse
Estava sempre a orar.
Meu altar anímico construí
De um jeito próprio
Com bonecos de papel,
Vestidos com restos
De folhas brilhantes de balas
bombons ou cigarros.

Brincava feliz...

Colecionando chapinhas...
Recortando gravuras
De figuras belas
Mesmo desconhecidas
Isso não importava!

E sujava toda a casa...

Brincando com caracóis
Nos jardins ou no quintal
Sonhando com espaçonaves
Seres diferentes, imortais
E coisas de outros mundos.

Crescia...

Das gaiolas, soltava aves,
Campainhas? Tocava muitas...
Mas a vida foi se aprumando
Na ponta dos meus lápis...
Nos apontamentos dos anos
No universo dos livros...

Amadurecia...

Mas ainda vivo
Obedecendo normas
Invocando Deuses
Buscando caminhos
Crendo-me menos míope
Fugindo de paradigmas...

Vento em popa-meu destino,
Cobre-se de diversão,
quando lamento
Chora de dor, quando rio...

E para iludir-me
Viajo em pensamento
Deito-me em zonas oníricas
Fugindo dos umbrais
Posto que meus horizontes...
Continuam horizontais.

(Helena)

http://www.youtube.com/watch?v=aL8kZ-iVk90 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWFMOGtaLWlWazkw)


Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 25 de Novembro de 2009, 19:26
(http://2.bp.blogspot.com/_6TpwvdByDZM/SgBUjEjv7MI/AAAAAAAAABI/gZUF2CKx8y8/s320/beija-flor.bmp)


Passarinho leve como vento
Caminha sobre nuvens
Encantando pensamentos
De quem segue com a brisa
Nessa vida louca, esvaída,
Descansa no meu dedo
Dedica-me uma canção
Arranca este pranto,
Costurado em solidão.
Leva-me às nuvens,
Cola estas asas em meus braços
Faz-me passarinho como tu,
Quero voar, preciso voar,
Invadir todo esse azul
De mãos dadas com você
Onde não possam nos ver
Subamos para o alto,
Para o além do alto
Cair do baixo não me agrada
Subamos sem medo
Além das nuvens
Para o imensamente alto,

(Dimitri Padilha)

http://www.youtube.com/watch?v=Tz7ej2nSiDc (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVR6N2VqMm5TaURj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: hcancela em 27 de Novembro de 2009, 11:55
Olá amigos(as)

Com três letrinhas apenas
Se escreve a palavra mãe
é a palavra mais pequena
a maior que o mundo tem

http://www.youtube.com/watch?v=ul8-yMUp_pE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXVsOC15TVVwX3BF)


SAUDAÇÕES FRATERNAS
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 28 de Novembro de 2009, 11:01

Olá!
Peter Gabriel - Solsbury Hill
http://www.youtube.com/watch?v=eMwn_hnoS5Y&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWVNd25faG5vUzVZJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
---------------------------

Baudelaire
Se alguma vez, nos salões de um palacio

Se alguma vez, nos salões de um palacio, sobre a erva de uma vala ou na solidão morna do vosso quarto, acordardes de uma embriaguez evanescente ou desaparecida, perguntai ao vento, a vaga, ao passaro, ao relogio, a tudo o que foge, a tudo o que geme, a tudo o que rola, a tudo o que canta, a tudo o que fala, perguntai-lhes que horas são; e o vento a vaga, a estrela, o passaro, o relogio, vos responderão: São horas de vos embriagardes! Para não serdes escravos martirizados do tempo, embriagai-vos; embriagai-vos sem cessar! Mas de quê? De vinho, de poesia ou de virtude, à vossa escolha. Mas embriagai-vos! Deslumbrai-vos!



Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: MAROCHA em 28 de Novembro de 2009, 12:24
                   Olá !

 Minha contribuição para este belo tópico.

                        Abraços,

                            Marocha



Vem,
Te direi em segredo
Aonde leva esta dança.

Vê como as partículas do ar
E os grãos de areia do deserto
Giram desnorteados.

Cada átomo
Feliz ou miserável,
Gira apaixonado
Em torno do sol.

(Rumi)

http://www.youtube.com/watch?v=Vrhgk8Fa_QE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVZyaGdrOEZhX1FF)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: MAROCHA em 28 de Novembro de 2009, 15:01
Mais uma contribuição , amigos.


   
Affonso Romano de Sant'Anna

 

CHEGANDO EM CASA


Chegando em casa
com a alma amarfanhada
e escura
das refregas burocráticas
leio sobre a mesa
um bilhete que dizia:

- hoje 22 de agosto de 1994
meu marido perdeu, deste terraço:

mais um pôr de sol no Dois Irmãos
o canto de um bem-te-vi
e uma orquídea que entardecia
sobre o mar.

http://www.youtube.com/watch?v=NgG4vDfcJek (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU5nRzR2RGZjSmVr)

(http://t2.gstatic.com/images?q=tbn:CCpGt7Bz57UYWM:http://www.domtotal.com/img/entrevistas/38_40.jpg)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 28 de Novembro de 2009, 18:03
(http://images.orkut.com/orkut/photos/OgAAAIbpxjLaKYsfpoNiCLgk-csXA8IWXYxlKt1xzRv73hNP72gUutXTrWVzNaGJcj4jxybbCvs1xn0Q_KG4ogGlEVgAm1T1UNrCeg2BQNNwCt7nHDFuL72Je0R5.jpg)


"As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido..."

Fernando Pessoa


http://www.youtube.com/watch?v=-T35WXFOmwI (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PS1UMzVXWEZPbXdJ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 30 de Novembro de 2009, 21:42
Que o perfume das flores desperte todos os seus sentidos.
Que toda melodia ouvida lhe traga memórias bem vindas.
Que possa deliciar-se com o gosto incomparável da comida materna !
Que a paisagem seja azul,  verde,  linda e despoluída.
Que nenhuma dor lhe venha tocar a pele ...
Que possa estar sem sapatos, com seus pés livres
e sentir um toque de relva, de areia...
Que o odor de alecrim perdure no ar até você adormecer.
Que possa se deitar numa rede preguiçosa,
de mãos entrelaçadas com a pessoa amada.
Que sua noite seja repleta de lindos sonhos...

Helena


http://www.youtube.com/watch?v=TvzjYkRCOYg (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVR2empZa1JDT1ln)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: hcancela em 01 de Dezembro de 2009, 09:19
Olá amigos(as)

Não conserves lembranças amargas.
Viste o sonho desfeito.
Escutaste a resposta de fel.
Suportaste a deserção dos que mais amas.
Fracassaste no empreendimento.
Colheste abandono.
Padeceste desilusão.
Entretanto, recomeçar é bênção na Lei de Deus.
A possibilidade da espiga ressurge na sementeira.
A água, feita vapor, regressa da nuvem para a riqueza da fonte.
Torna o calor da primavera, na primavera seguinte.
Inflama-se o horizonte, cada manhã, com o fulgor do Sol, reformando o valor do dia.
Janeiro a Janeiro, renova-se o ano, oferecendo novo ciclo ao trabalho.
É como se tudo estivesse a dizer: "Se quiseres, podes recomeçar".
Disse, porém, o Divino Amigo que ninguém aproveita remendo novo em pano velho.
Desse modo, desfaz-te do imprestável.
Desenvencilha-te do inútil.
Esquece os enganos que te assaltaram.
Deita fora as aflições improfícuas.
Recomecemos, pois, qualquer esforço com firmeza, lembrando-nos, todavia, de que tudo volta, menos a oportunidade esquecida, que será sempre uma perda real.


SAUDAÇÕES FRATERNAS
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 05 de Dezembro de 2009, 21:30
Não há momento melhor pra meditar
que em dias de chuva...
Frente a janela a observar,
Vendo gotas nas vidraças a rolar...


A  chuva parece o choro do céu...
O céu lacrimejante  pela devastação,
fome, pobreza, miséria sem fim...
Os trovões se esgoelando de raiva
Seria mesmo assim?
Talvez sim, talvez não...

A chuva agora vai diminuindo,
até parar...
O céu vai clareando ...
E logo o sorriso iluminado do sol surgirá

Luz fulgurante e ofuscante
Homenageando a todos
 e a qualquer um.
(Helena)


http://www.youtube.com/watch?v=5YXVMCHG-Nk (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTVZWFZNQ0hHLU5r)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 06 de Dezembro de 2009, 18:26
Violino de Marfim

Minha mãe... O violino de marfim... Meu pai
Meu pai... O violino de marfim... Minha mãe
Somente o violino de marfim!
Saudade mutilada...

Tocava mamãe o violino
E papai de olhos fechados
Coração enternecido
Ouvia os melodiosos acordes
Assim como hoje ainda os sinto!

Notas suaves
Que se desprendem do tempo
Tocam minhas lembranças
E as fazem vibrar
Como as cordas do violino.

Imagem lírica!
Vejo mamãe de pé ao violino
E papai num tosco banco de madeira...
E dali, enciumado, ganhava as vielas.

Meus pais... Violino de marfim... O tempo
Esquecido no tempo o próprio tempo
O canto da sala adorna o violino
O peito chorosa saudade...

Rô Lopes/Mércio Moura


http://www.youtube.com/watch?v=BT2Vsq8UQd4 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUJUMlZzcThVUWQ0)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 07 de Dezembro de 2009, 00:02

Olá!
Amiga Helena gostei dos link's, e com livros gratuitos ainda melhor.
Agradecido
Namasté
Yundi Li - 14th International Chopin Competition (2000)
http://www.youtube.com/watch?v=yo82ipPkTRY&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXlvODJpcFBrVFJZJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
------------------------------

“Tao Te Ching – O Livro que Revela Deus”

A sabedoria interna

Para conhecer o mundo

Não é necessário viajar pelo mundo.

Posso conhecer os segredos do mundo

Sem olhar pela janela do meu quarto.

Quanto mais longe alguém divaga,

Menor é seu saber.

O sábio atinge a sabedoria

Sem erudição;

Alcança sua meta

Sem esforço;

Termina sua jornada

Sem viajar.

Interpretação Filosófica

Toda a fonte da sabedoria está no interior do homem. O mundo externo pode apenas servir de estímulo para despertar a realidade interna do homem: mas não é fonte e causa de sabedoria. O íntimo Ser do homem é infinitamente maior do que o externo ver, ouvir, sentir, ter. Por isso, deve o homem concentrar-se no seu interno ser – e conhecerá todos os mundos externos. Sem essa interiorização, pode o homem ver todas as coisas externas sem compreender nada – assim como um analfabeto pode folhear os maiores livros da humanidade sem entender nada.


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 09 de Dezembro de 2009, 11:44
Olá, dim-dim!
Fico muito feliz que tenha gostado, querido amigo. ;)
Com carinho,
Helena
------------------------------------------------------------------------------

Pensamentos de Clarice Lispector...


Sou como você me vê.
Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
Depende de quando e como você me vê passar.

Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato...
Ou toca, ou não toca.

Olhe, tenho uma alma muito prolixa e uso poucas palavras.
Sou irritável e firo facilmente.
Também sou muito calmo e perdôo logo.
Não esqueço nunca.
Mas há poucas coisas de que eu me lembre.

Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: não fazer mais nada.
 Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram.

 Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição.
Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue;outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés.
Os sentimentos são sempre uma surpresa. Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido.
Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer.

Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho...o de mais nada fazer.



http://www.youtube.com/watch?v=d51kX2eyE3s (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWQ1MWtYMmV5RTNz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 09 de Dezembro de 2009, 11:58
     José

(http://t1.gstatic.com/images?q=tbn:jEzp0XaxT6tdhM:http://www.danielsansao.com.br/motocontinuo/arquivos/images/carlos.jpg)

    E agora, José?
    A festa acabou,
    a luz apagou,
    o povo sumiu,
    a noite esfriou,
    e agora, José?
    e agora, você?
    você que é sem nome,
    que zomba dos outros,
    você que faz versos,
    que ama, protesta?
    e agora, José?

    Está sem mulher,
    está sem discurso,
    está sem carinho,
    já não pode beber,
    já não pode fumar,
    cuspir já não pode,
    a noite esfriou,
    o dia não veio,
    o bonde não veio,
    o riso não veio,
    não veio a utopia
    e tudo acabou
    e tudo fugiu
    e tudo mofou,
    e agora, José?

    E agora, José?
    Sua doce palavra,
    seu instante de febre,
    sua gula e jejum,
    sua biblioteca,
    sua lavra de ouro,
    seu terno de vidro,
    sua incoerência,
    seu ódio – e agora?

    Com a chave na mão
    quer abrir a porta,
    não existe porta;
    quer morrer no mar,
    mas o mar secou;
    quer ir para Minas,
    Minas não há mais.
    José, e agora?

    Se você gritasse,
    se você gemesse,
    se você tocasse
    a valsa vienense,
    se você dormisse,
    se você cansasse,
    se você morresse...
    Mas você não morre,
    você é duro, José!

    Sozinho no escuro
    qual bicho-do-mato,
    sem teogonia,
    sem parede nua
    para se encostar,
    sem cavalo preto
    que fuja a galope,
    você marcha, José!
    José, para onde?

    Carlos Drummond de Andrade


http://www.youtube.com/watch?v=CaexXJ6UFnw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUNhZXhYSjZVRm53)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 11 de Dezembro de 2009, 10:39
Paradoxos natalinos

(http://blog.cancaonova.com/pensandobem/files/2009/03/imagem_nasceu_jesus.jpg)

Um jovem na varanda
Roupa nova, bem cortada
Viu chegar de surpresa
Uma linda árvore de natal

Olhar brilhante, riso fácil
Recebeu-a como menestrel
Enlaçou outro chegante
Era o bom velhinho
Papai Noel !

Acomodados árvore e Noel
O jovem estava contente
Bateram à porta
Ele abriu deslumbrado
Estendendo a mão ao Presente

E outros, mais outros...
Risadas estridentes
Gritinhos de alegria
E muitos, muitos presentes!!
Acolhendo os que tinham vindo
Numa insana prosopopéia
Com adornos natalinos.

Batem novamente à porta
Chamam-no felizes:
Vamos para a ceia!

Anoiteceu!
Tudo tornou-se festa
Pessoas chegando ruidosas
Sorisos brilhantes na face
Buscando seu lugar

Luzes coloridas brilhando
O que mais desejar?

Meia noite!

Um barulho à porta
Ele, dono da casa,
Apressado vai atender:
Um casal, uma criança
Com roupas maltrapilhas
Não tinham o que comer
Apenas esperança no olhar...

Alegando falta de espaço
O jovem negou acolhida
Hospedou árvore
Noel, luzes, ceia
Gente risonha e bonita
Estômagos bem tratados...
Tudo o que egoísmo consome

Esqueceu a fraternidade
Mandou voltasse outro dia
Não se importando sequer
Com a pressa que a fome trazia


Negou-se a dar um pouco
Do muito que possuía
Festa linda, organizada
Como acomodar figuras tão díspares?
 Enfeiariam sua festa
Com vestes em desalinho...

Apesar de esfuziante
Encerrava um paradoxo:
Não havia nela o principal
O aniversariante!!
Como poderiam comemorar
O verdadeiro sentido do natal
Se o Amor,  símbolo de Jesus,
Fora barrado no hall? ...



http://www.youtube.com/watch?v=C_9KurUMNf4 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUNfOUt1clVNTmY0)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 11 de Dezembro de 2009, 17:57

Olá!
Traz Outro Amigo Também - José Afonso
http://www.youtube.com/watch?v=hfKU5pA-CRI&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWhmS1U1cEEtQ1JJJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
-------------------------

" Florbela Espanca "
Fumo

Longe de ti são ermos os caminhos,
Longe de ti não há luar nem rosas;
Longe de ti há noites silenciosas,
Há dias sem calor, beirais sem ninhos!


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 13 de Dezembro de 2009, 09:50
Olá, querido amigo dim-dim.
Este poema da Florbela é lindo, pungente. Foi musicado pelo Fagner, um espírito sensível, com uma voz forte, rascante, de nordestino. Ficou lindo.
Carinhos,
Helena

http://www.youtube.com/watch?v=FEsximBvOvY (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUZFc3hpbUJ2T3ZZ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 13 de Dezembro de 2009, 09:58
1962
O então jovem Bob Dylan, aos 21 anos de idade, compôs a canção “Blowin’ in the Wind”.

Tempos conturbados, guerras eclodindo, preconceitos raciais, conflitos sociais, violência, desamor...

A letra da canção é composta por uma série de perguntas filosóficas, abordando a paz, a guerra, a compaixão, a liberdade...

E por tratar de temas atemporais, ela continua actual, mesmo passados mais de quarenta anos. Na primeira parte desta apresentação, logo a seguir, está a tradução da letra da canção “Blowin’ in the Wind”, que merece alguns instantes de reflexão...

Quantas estradas um homem precisa percorrer Antes que venha a ser chamado de homem? Quantos mares precisará uma pomba branca sobrevoar Antes que ela possa repousar na praia? E por quantas vezes ainda as balas de canhão voarão Até que sejam para sempre banidas?

A resposta, meu amigo, A resposta está soprando no vento está soprando no vento

Quantos anos deve uma montanha existir Até que se desmanche no mar? Quantos anos devem algumas pessoas existir Até que sejam permitidas a serem livres? E quantas vezes pode um homem virar sua cabeça E fingir que ele simplesmente não vê?

A resposta, meu amigo, A resposta está soprando no vento está soprando no vento

Quantas vezes deve um homem olhar para cima Antes que possa enxergar o céu? Quantos ouvidos deve um homem possuir Até que possa ouvir o lamento do próximo? E quantas mortes ainda serão necessárias Até que perceba que pessoas demais morreram?

A resposta, meu amigo, A resposta está soprando no vento... está soprando no vento (Bob Dylan)

Quantas milhas ainda deveremos percorrer, até alcançar a cidade do amor...?
Quantas vidas ainda serão castigadas pelo flagelo das guerras...
...até que, finalmente, a paz comece a reinar.

Por quanto tempo ainda nos deixaremos fascinar pelos brinquedos electrónicos, a ponto de ignorar os necessitados que esperam à nossa porta...?

Quanto tempo ainda haverá de correr, até que aprendamos a conjugar o verbo partilhar?

Quanto tempo ainda levará até que vivenciemos a simplicidade e a sabedoria das seguintes palavras: “O sorriso enriquece os recebedores sem empobrecer os doadores". (Mário Quintana)

Dentro de cada coração há uma vela, e é dela que se irradia a chama que aquece, a luz que ilumina...

Dentro de cada coração há uma candeia, o óleo que a alimenta é a nobreza de caráCter, a integridade d’alma...

A resposta, meu amigo, Está soprando no vento A resposta está soprando no vento...

Canção: Blowin’ in the Wind Interpretada pelo próprio


http://www.youtube.com/watch?v=alBqQJDZLlU (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWFsQnFRSkRaTGxV)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 13 de Dezembro de 2009, 12:33

Olá amiga Helena, mais poesia e música para nos elevar a alma!
Namasté
--------------
Bob Dylan-Masters of War-Woodstock 1994
http://www.youtube.com/watch?v=gahPA5X2KcU&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWdhaFBBNVgyS2NVJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
------------------------

António Gedeão
Gota de Água

Eu, quando choro,
não choro eu.
Chora aquilo que nos homens
em todo o tempo sofreu.
As lágrimas são as minhas
mas o choro não é meu.


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 13 de Dezembro de 2009, 13:24
Lindos e profundos versos, dim-dim.
A poesia é a linguagem da alma e do coração...
Obrigada por enriquecer este tópico, gentil amigo.



----------------------------------------------

Presença
 (Mário Quintana)

É preciso que a saudade desenhe tuas linhas perfeitas,
teu perfil exato e que, apenas, levemente, o vento
das horas ponha um frêmito em teus cabelos...
É preciso que a tua ausência trescale
sutilmente, no ar, a trevo machucado,
a folhas de alecrim desde há muito guardadas
não se sabe por quem nalgum móvel antigo...
Mas é preciso, também, que seja como abrir uma janela
e respirar-te, azul e luminosa, no ar.
É preciso a saudade para eu sentir
como sinto - em mim - a presença misteriosa da vida...
Mas quando surges és tão outra e múltipla e imprevista
que nunca te pareces com o teu retrato...
E eu tenho de fechar meus olhos para ver-te!


http://www.youtube.com/watch?v=kQCEf4e-3j8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWtRQ0VmNGUtM2o4)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 13 de Dezembro de 2009, 13:42
Amor sem lei

Se tenho amor para dar
E um alguém que me adora
Sou como as ondas do mar
Que namora e se enamora

Se tenho alguém que me ame
E se tenho amor para dar
Sou como orvalho na brisa
E como as ondas do mar

Se podemos amar na relva
E nosso amor propagar
Somos tal estrela cadente
Refletindo em todo mar

Se tem de ser na penumbra
Qual concha no fundo do mar
Alçamos vôo até o deserto
Somente para amar

Resta comprovado
Para o amor não há fronteira
É como orvalho em alto mar
Ou borbulhas cristalinas
Que sorrateira beij_areia

Rô Lopes


http://www.youtube.com/watch?v=7QNF_41Fw60 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTdRTkZfNDFGdzYw)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: hcancela em 13 de Dezembro de 2009, 15:06
Olá amigos(as)

Nem sei se o video tem haver com este tópico, mas com o é lindo ;D ;D ;D ;D

Aqui vai.....Sory.... ;D ;D ;D ;D ;D ;D ;D ;D ;D ;D :-* :-* :-* :-*

SAUDAÇÕES FRATERNAS
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 14 de Dezembro de 2009, 12:54
Valeu, amigo Cancela!! É lindo!!
Carinhos,
Helena
--------------------------------------------------------------------------------


Não veja as cicatrizes

Não me olhe pela janela
Nem fique a espreita da minha dor
A mim basta tão-somente o sol
Que mesmo em cortina de chuva
Afaga-me com seu calor

Não me olhe pela janela
Sofro por ter deixado a porta aberta
Sem o bailar da taramela

Não me olhe pela janela
Seus olhos nada mais dizem
São apenas duas asas indecisas
Que no meu céu não cingem

Não me olhe pela janela
Não há mais matizes
Somente penumbras de um amor
Em dias secretos e noites felizes!

Não me olhe pela janela
Não veja as cicatrizes

Rô Lopes


http://www.youtube.com/watch?v=8Jnclpw7XdE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PThKbmNscHc3WGRF)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 14 de Dezembro de 2009, 13:10

Bilhete

O teu vulto ficou na lembrança guardado,
vivo, por muitas horas!... e em meus olhos baços
Fitei-te – como alguém que ansioso e torturado
Tentasse inutilmente reavivar teus traços...

Num relance te vi – depois, quase irritado
Fugi, - e reparei que ao marcar os meus passos
ia a dizer teu nome e a ver por todo lado
o teu vulto... o teu rosto... e o clarão dos teus braços!

Talvez eu faça mal em querer ser sincero,
censurarás – quem sabe? Essa minha ousadia,
e pensarás até que minto, e que exagero...

Ou dirás, que eu falar-te nesse tom, não devo,
que o que escrevo é infantil e absurdo, é fantasia,
e afinal tens razão... nem sei por que te escrevo!


(Poema de J.G. de Araujo Jorge, extraído do livro
"Meu Céu Interior", 1ª edição, setembro,1934.)




http://www.youtube.com/watch?v=Jkvryq68QSU (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUprdnJ5cTY4UVNV)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 16 de Dezembro de 2009, 21:09

Olá!
Quinta do Bill - Menino
http://www.youtube.com/watch?v=9itS32RLLtA&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTlpdFMzMlJMTHRBJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
------------------

" Manuel Bandeira "
Profundamente

Quando ontem adormeci
Na noite de São João
Havia alegria e rumor
Vozes cantigas e risos
Ao pé das fogueiras acesas.
No meio da noite despertei
Não ouvi mais vozes nem risos
Apenas balões
Passavam errantes
Silenciosamente
Apenas de vez em quando
O ruído de um bonde
Cortava o silêncio
Como um túnel.
Onde estavam os que há pouco
Dançavam
Cantavam
E riam
Ao pé das fogueiras acesas?

— Estavam todos dormindo
Estavam todos deitados
Dormindo
Profundamente.

Quando eu tinha seis anos
Não pude ver o fim da festa de São João
Porque adormeci.

Hoje não ouço mais as vozes daquele tempo
Minha avó
Meu avô
Totônio Rodrigues
Tomásia
Rosa
Onde estão todos eles?
— Estão todos dormindo
Estão todos deitados
Dormindo
Profundamente.



Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 16 de Dezembro de 2009, 21:19
Olá, amigo dim-dim!! Adoro Manuel Bandeira.
Carinhos,
Helena
------------------------------------------------------------------------------------

Os sapos


Enfunando os papos,
Saem da penumbra,
Aos pulos, os sapos.
A luz os deslumbra.


Em ronco que aterra,
Berra o sapo-boi:
— "Meu pai foi à guerra!"
— "Não foi!" — "Foi!" — "Não foi!".


O sapo-tanoeiro,
Parnasiano aguado,
Diz: — "Meu cancioneiro
É bem martelado.


Vede como primo
Em comer os hiatos!
Que arte! E nunca rimo
Os termos cognatos!


O meu verso é bom
Frumento sem joio
Faço rimas com
Consoantes de apoio.


Vai por cinqüenta anos
Que lhes dei a norma:
Reduzi sem danos
A formas a forma.


Clame a saparia
Em críticas céticas:
Não há mais poesia,
Mas há artes poéticas . . ."


Urra o sapo-boi:
— "Meu pai foi rei" — "Foi!"
— "Não foi!" — "Foi!" — "Não foi!"


Brada em um assomo
O sapo-tanoeiro:
— "A grande arte é como
Lavor de joalheiro.


Ou bem de estatuário.
Tudo quanto é belo,
Tudo quanto é vário,
Canta no martelo."


Outros, sapos-pipas
(Um mal em si cabe),
Falam pelas tripas:
— "Sei!" — "Não sabe!" — "Sabe!".


Longe dessa grita,
Lá onde mais densa
A noite infinita
Verte a sombra imensa;


Lá, fugindo ao mundo,
Sem glória, sem fé,
No perau profundo
E solitário, é


Que soluças tu,
Transido de frio,
Sapo-cururu
Da beira do rio


1918 (Manuel Bandeira)


http://www.youtube.com/watch?v=itgTIrk2al0 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWl0Z1RJcmsyYWww)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 17 de Dezembro de 2009, 22:09
Assumi a fragilidade de minhas certezas.
Engatinho na leveza dessa relação
Com o Amigo mais chegado que um irmão.
Reconheço que em determinados momentos
 meu amor não passa de puro sentimentalismo
Que também se mistura com militância e racionalidade.
 Sou assim, mas eu me sinto sinto liberta
 Feliz de saber que aprendo a amá-LO do meu jeito,
 Sem despersonalizar-me.

(Rosa/Rosângela)


http://www.youtube.com/watch?v=J8OSK1RwtE4 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUo4T1NLMVJ3dEU0)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 17 de Dezembro de 2009, 23:06


Olá amiga Helena!
A menininha do leite ia tão feliz e contente. Caiu e entornou o leite.
Acabou-se o sonho. Ficou triste? Não, penso que aprendeu...
Coisas boas para elevar a alma amiga. Deixo aqui mais!
Namasté
--------------------

La Campanella by Yundi Li
http://www.youtube.com/watch?v=hEnfZjqMSy0&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWhFbmZaanFNU3kwJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
---------------------

" Manuel Bandeira "
Pensão familiar

Jardim da pensãozinha burguesa.
Gatos espapaçados ao sol.
A tiririca sitia os canteiros chatos.
O sol acaba de crestar as boninas que murcharam.
Os girassóis
amarelo!
resistem.
E as dálias, rechonchudas, plebéias, dominicais.

Um gatinho faz pipi.
Com gestos de garçom de restaurant-Palace
Encobre cuidadosamente a mijadinha.
Sai vibrando com elegância a patinha direita:
— É a única criatura fina na pensãozinha burguesa.



Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 18 de Dezembro de 2009, 00:09
Muito fofo este poeminha do Bandeira. Mas ele é assim, Bandeira é assim, do prosaico faz uma poesia. Gosto dessa simplicidade intimista ... rs
 A menina do leite somos todos nós, né dim-dim? O leite derrama, os sonhos se desfazem e lá se vai a Dona Ilusão com seus mandos e desmandos, e vem o crescimento consciencial. A criança  que habita nosso íntimo fica desiludida, por quê? Ora, porque se iludiu naturalmente como qualquer criança, mas o adulto que começa a surgir nesta madrugada existencial que se anuncia precisa reverenciar e brindar a queda do véu de Maya...Estamos crescendo, amigo! Viva a adultícia!!
Carinhos,
Helena
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 18 de Dezembro de 2009, 12:28
O Meu Olhar

ALBERTO CAEIRO (Fernando Pessoa)

Guardador de Rebanhos
O meu olhar é nítido como um girassol.
Tenho o costume de andar pelas estradas
Olhando para a direita e para a esquerda,
E de, vez em quando olhando para trás...
E o que vejo a cada momento
É aquilo que nunca antes eu tinha visto,
E eu sei dar por isso muito bem...
Sei ter o pasmo essencial
Que tem uma criança se, ao nascer,
Reparasse que nascera deveras...
Sinto-me nascido a cada momento
Para a eterna novidade do Mundo...

Creio no mundo como num malmequer,
Porque o vejo. Mas não penso nele
Porque pensar é não compreender...

O Mundo não se fez para pensarmos nele
(Pensar é estar doente dos olhos)
Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo...

Eu não tenho filosofia: tenho sentidos...
Se falo na Natureza não é porque saiba o que ela é,
Mas porque a amo, e amo-a por isso,
Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe por que ama, nem o que amar ...
Amar é a eterna inocência,
E a única inocência não pensar...


http://www.youtube.com/watch?v=SRkHdDQjFvM (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVNSa0hkRFFqRnZN)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 18 de Dezembro de 2009, 14:13

Para Ser Grande

Ricardo Reis (Fernando Pessoa)

Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui..
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a Lua toda
Brilha, porque alta vive.


http://www.youtube.com/watch?v=GY-4KSDUmgc (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUdZLTRLU0RVbWdj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 18 de Dezembro de 2009, 17:32

Olá!
José Mário Branco - Inquietação
http://www.youtube.com/watch?v=olAOazHmn7I (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW9sQU9hekhtbjdJ)
---------------

" Fernando Pessoa "

Tudo o que faço ou medito
Fica sempre na metade.
Querendo, quero o infinito.
Fazendo, nada é verdade.

Que nojo de mim me fica
Ao olhar para o que faço!
Minha alma é lúcida e rica,
E eu sou um mar de sargaço.


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Dezembro de 2009, 21:26
Vício

(http://1.bp.blogspot.com/_Wmgxbyy8aeg/RqPwQ70sHdI/AAAAAAAAAJU/uI4ORKlIRVY/s320/pensamentos.jpg)

Tu nunca bates no meu pensamento à hora de entrar.
Chegas de repente, invades tudo, e é impossível te expulsar
por que então já sou eu que te procuro.

Não escolhes momento. É na hora séria ou na hora triste,
na hora romântica, ou na hora de tédio
por mais que me encontres fechado em mim mesmo
entras pelo pensamento, - clara fresta, vulnerável
às lembranças do teu desejo.

E quando chegas assim, estremeço até regiões ignoradas
me levanto, e saio, sonâmbulo, a te buscar
a caminhar a esmo ...

Chegas - como uma crise a um asmático, - e então
[preciso de ti
como preciso de ar,
e tenho a impressão de que se não te alcanço, se não
[te encontro,
vou morrer, miserável, como um transeunte nas ruas,
antes que o socorro chegue para salvá-lo ...
alcançar-te é um suplício ...

Teu amor para mim - é humilhante a confissão
-Depois que consegues atingir meu pensamento
tua posse é uma obsessão,
não é amor, é vicio ...

(Poema de JG de Araujo Jorge
do livro – Harpa Submersa – 1952)


http://www.youtube.com/watch?v=t-WnjVUBDbs (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXQtV25qVlVCRGJz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 19 de Dezembro de 2009, 23:01

Olá amiga Helena!
Namasté

--------------
Sunflowers played by Li Yun-di in Germany
http://www.youtube.com/watch?v=W-EjRAqS0M0&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVctRWpSQXFTME0wJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
----------------

" Florbela Espanca "

Tédio

Passo pálida e triste. Oiço dizer
"Que branca que ela é! Parece morta!"
E eu que vou sonhando, vaga, absorta,
Não tenho um gesto, ou um olhar sequer...

Que diga o mundo e a gente o que quiser!
-O que é que isso me faz?... o que me importa?...
O frio que trago dentro gela e corta
Tudo que é sonho e graça na mulher!

O que é que isso me importa?! Essa tristeza
É menos dor intensa que frieza,
É um tédio profundo de viver!

E é tudo sempre o mesmo, eternamente...
O mesmo lago plácido, dormente dias,
E os dias, sempre os mesmos, a correr...


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Dezembro de 2009, 23:17
Olá, dim-dim!! Que bom vê-lo por aqui, amigo, trazendo a sempre querida Florbela! Bons ventos nos  sopram!
Carinhos,
Helena
--------------------------------------------

A MÁSCARA

Eu sei que há muito pranto na existência,
Dores que ferem corações de pedra,
E onde a vida borbulha e o sangue medra,
Aí existe a mágoa em sua essência.

No delírio, porém, da febre ardente
Da ventura fugaz e transitória
O peito rompe a capa tormentória
Para sorrindo palpitar contente.

Assim a turba inconsciente passa,
Muitos que esgotam do prazer a taça
Sentem no peito a dor indefinida.

E entre a mágoa que a másc'ra eterna apouca
A Humanidade ri-se e ri-se louca
No carnaval intérmino da vida.
(Augusto dos Anjos)

http://www.youtube.com/watch?v=qF1xyupcrv8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXFGMXh5dXBjcnY4)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Dezembro de 2009, 23:21
Poema Negro
(Augusto dos Anjos)

Para iludir minha desgraça, estudo.
Intimamente sei que não me iludo.
Para onde vou (o mundo inteiro o nota)
Nos meus olhares fúnebres, carrego
A indiferença estúpida de um cego
E o ar indolente de um chinês idiota!

A passagem dos séculos me assombra.
Para onde irá correndo minha sombra
Nesse cavalo de eletricidade?!
Caminho, e a mim pergunto, na vertigem:
- Quem sou? Para onde vou? Qual minha origem?
E parece-me um sonho a realidade.

Em vão com o grito do meu peito impreco!
Dos brados meus ouvindo apenas o eco,
Eu torço os braços numa angústia douda
E muita vez, á meia-noite, rio
Sinistramente, vendo o verme frio
Que há de comer a minha carne toda!

É a Morte - esta carnívora assanhada -
Serpente má de língua envenenada

Que tudo que acha no caminho, come...
- Faminta e atra mulher que, a 1 de Janeiro,
Sai para assassinar o mundo inteiro,
E o mundo inteiro não lhe mata a fome!

Nesta sombria análise das cousas,
Corro. Arranco os cadáveres das lousas
E as suas partes podres examino...
Mas de repente, ouvindo um grande estrondo,
Na podridão daquele embrulho hediondo
Reconheço assombrado o meu Destino!

Surpreendo-me, sozinho, numa cova.
Então meu desvario se renova...
Como que, abrindo todos os jazigos,
A Morte, em trajes pretos e amarelos.
Levanta contra mim grandes cutelos
E as baionetas dos dragões antigos!

E quando vi que aquilo vinha vindo
Eu fui caindo como um sol caindo
De declínio em declínio; e de declínio
Em declínio, com a gula de uma fera,
Quis ver o que era, e quando vi o que era,
Vi que era pó, vi que era esterquilinio!

Chegou a tua vez, oh! Natureza!
Eu desafio agora essa grandeza,
Perante a qual meus olhos se extasiam
Eu desafio, desta cova escura,
No histerismo danado da tortura
Todos os monstros que os teus peitos criam.

Tu não és minha mãe, velha nefasta!
Com o teu chicote frio de madrasta
Tu me açoitaste vinte e duas vezes,
Por tua causa apodreci nas cruzes,
Em que pregas os filhos que produzes
Durante os desgraçados nove meses!

Semeadora terrível de defuntos,
Contra a agressão dos teus contrastes juntos
A besta, que em mim dorme, acorda em berros
Acorda, e após gritar a última injúria,
Chocalha os dentes com medonha fúria
Como se fosse o atrito de dois ferros!

Pois bem! Chegou minha hora de vingança.
Tu mataste o meu tempo de criança
E de segunda-feira até domingo,
Amarrado no horror de tua rede,
Deste-me fogo quando eu tinha sede...
Deixa-te estar, canalha, que eu me vingo!

Súbito outra visão negra me espanta!
Estou em Roma. É Sexta-feira Santa.
A treva invade o obscuro orbe terrestre
No Vaticano, em grupos prosternados,
Com as longas fardas rubras, os soldados
Guardam o corpo do Divino Mestre.

Como as estalactites da caverna,
Cai no silêncio da Cidade Eterna
A água da chuva em largos fios grossos...
De Jesus Cristo resta unicamente
Um esqueleto; e a gente, vendo-o, a gente
Sente vontade de abraçar-lhe os ossos!

Não há ninguém na estrada da Ripetta.
Dentro da Igreja de São Pedro, quieta,
As luzes funerais arquejam fracas...
O vento entoa cânticos de morte.
Roma estremece! Além, num rumor forte
Recomeça o barulho das matracas.

A desagregação da minha Idéia
Aumenta. Como as chagas da morféia
O medo, o desalento e o desconforto
Paralisam-me os círculos motores.
Na Eternidade, os ventos gemedores
Estão dizendo que Jesus é morto!

Não! Jesus não morreu! Vive na serra
Da Borborema, no ar de minha terra,
Na molécula e no átomo... Resume
A espiritualidade da matéria
E ele é que embala o corpo da miséria
E faz da cloaca uma urna de perfume.

Na agonia de tantos pesadelos
Uma dor bruta puxa-me os cabelos.
Desperto. E tão vazia a minha vida!
No pensamento desconexo e falho
Trago as cartas confusas de um baralho
E um pedaço de cera derretida!

Dorme a casa. O céu dorme. A árvore dorme
Eu, somente eu, com a minha dor enorme
Os olhos ensangüento na vigília!
E observo, enquanto o horror me corta a fala
O aspecto sepulcral da austera sala
E a impassibilidade da mobília.

Meu coração, como um cristal, se quebre
O termômetro negue minha febre,
Torne-se gelo o sangue que me abrasa
E eu me converta na cegonha triste
Que das ruínas duma casa assiste
Ao desmoronamento de outra casa!

Ao terminar este sentido poema
Onde vazei a minha dor suprema
Tenho os olhos em lágrimas imersos...
Rola-me na cabeça o cérebro oco.
Por ventura, meu Deus, estarei louco?!
Daqui por diante não farei mais versos

Augusto dos Anjos


http://www.youtube.com/watch?v=JsDr1XfNwWs (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUpzRHIxWGZOd1dz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Dezembro de 2009, 23:28
Vozes de uma sombra -
Augusto dos Anjos


*
Donde venho? Das eras remotíssimas,
Das substâncias elementaríssimas,
Emergindo das cósmicas matérias.
Venho dos invisíveis protozoários,
Da confusão dos seres embrionários,
Das células primevas, das bactérias.
*
Venho da fonte eterna das origens,
No turbilhão de todas as vertigens,
Em mil transmutações, fundas e enormes;
Do silêncio da mônada invisível,
Do tetro e fundo abismo, negro e horrível,
Vitalizando corpos multiformes.
*
Sei que evolvi e sei que sou oriundo
Do trabalho telúrico do mundo,
Da Terra no vultoso e imenso abdômen;
Sofri, desde as intensas torpitudes
Das larvas microscópicas e rudes,
A infinita desgraça de ser homem.
*
Na Terra, apenas fui terrível presa,
Simbiose da dor e da tristeza,
Durante penosíssimos minutos;
A dor, essa tirânica incendiária,
Abatia-me a vida solitária
Como se eu fora bruto entre os mais brutos.
*
Depois, voltei desse laboratório,
Onde me revolvi como infusório,
Como animálculo medonho, obscuro,
Té atingir a evolução dos seres
Conscientes de todos os deveres,
Descortinando as luzes do futuro.
*
E vejo os meus incógnitos problemas
Iguais a horrendos e fatais dilemas,
Enigmas insolúveis e profundos;
Sombra egressa de lousa dura e fria,
Grito ao mundo o meu grito que se alia
A todos os anseios gemebundos: –
*
“Homem! por mais que gastes teus fosfatos
Não saberás, analisando os fatos,
Inda que desintegres energias,
A razão do completo e do incompleto,
Como é que em homem se transforma o feto
Entre os duzentos e setenta dias.
*
A flor da laranjeira, a asa do inseto,
Um estafermo e um Tales de Mileto,
Como existiram, não perceberás;
E nem compreenderás como se opera
A mutação do inverno em primavera,
E a transubstanciação da guerra em paz;
*
Como vivem o novo e o obsoleto,
O ângulo obtuso e o ângulo reto
Dentro das linhas da Geometria;
A luz de Miguel Angelo nas artes,
E o espírito profundo de Descartes
No eterno estudo da Filosofia.
*
Porque existem as crianças e os macróbios
Nas coletividades dos micróbios
Que fazem a vida enferma e a vida sã;
Os antigos remédios alopatas
E as modernas dosagens homeopatas,
Produto da experiência de Hahnemann.
*
A psíquico-análise freudiana
Tentando aprofundar a alma humana
Com a mais requintadíssima vaidade,
E as teorias do Espiritualismo
Enchendo os homens todos de otimismo,
Mostrando as luzes da imortalidade.
*
Como vive o canário junto ao corvo,
O céu iluminado, o inferno torvo
Nos absconsos refolhos da consciência;
O laconismo e a prolixidade,
A atividade e a inatividade,
A noite da ignorância e o sol da Ciência.
*
As epidermes e as aponevroses,
As grandes atonias e as nevroses,
As atrações e as grandes repulsões,
Que reunindo os átomos no solo
Tecem a evolução de pólo a pólo,
Em prodigiosas manifestações;
*
Como os degenerados blastodermas
Criam a descendência dos palermas
No lupanar das pobres meretrizes,
Junto dois palacetes higiênicos,
Onde entre gozos fúlgidos e edênicos
Cresce a alegre progênie dos felizes.
*
Os lombricóides mínimos, os vermes,
Em contraposição com os paquidermes,
Assombrosas antíteses no mundo;
É o gigante e o germe originário,
Os milhões de corpúsculos do ovário,
Onde há somente um óvulo fecundo.
*
A alma pura do Cristo e a de Tibério,
Vaso de carne podre, o cemitério,
E o jardim rescendendo de perfumes;
O doloroso e tetro cataclismo
Da beleza louçã do organismo,
Repleto de dejetos e de estrumes.
*
As coisas substanciais e as coisas ocas,
As idéias conexas e as loucas,
A teoria cristã e Augusto Comte;
E o desconhecido e o devassado,
E o que é ilimitado e o limitado
Na óptica ilusória do horizonte.
*
Os terrenos povoados e o deserto,
Aquilo que está longe e o que está perto;
O que não tem sinal e o que tem marca;
A funda simpatia e a antipatia,
As atrofias e a hipertrofia,
Como as tuberculoses e a anasarca.
*
Os fenômenos todos geológicos,
Psíquicos, científicos, sociológicos,
Que inspiram pavor e inspiram medo,
Homem! por mais que a idéia tua gastes,
Na solução de todos os contrastes,
Não saberás o cósmico segredo.
*
E apesar da teoria mais abstrusa
Dessa ciência inicial, confusa,
A que se acolhem míseros ateus,
Caminharás lutando além da cova,
Para a Vida que eterna se renova,
Buscando as perfeições do Amor em Deus.”
*
Augusto dos Anjos / Francisco Cândido Xavier
*
(PARAIBANO. Nasceu em 1884 e desencarnou em 1914, na
cidade de Leopoldina. Minas. Era professor no Colégio Pedro 2º,
inconfundível pela bizarria da técnica bem como dos assuntos de
sua predileção, deixou um só livro – Eu – que foi, alias, suficiente
para lhe dar personalidade original.)


http://www.youtube.com/watch?v=FjmkP0xqHQA (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUZqbWtQMHhxSFFB)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 20 de Dezembro de 2009, 13:45

Olá!
Estou, só de passagem, neste cantinho cheio de bela poesia,
e música melhor ainda!
Namasté, amiga Helena

---------------

Grande Polonaise Brillante Chopin - By Yundi Li
http://www.youtube.com/watch?v=3EOARCF-ZfE&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTNFT0FSQ0YtWmZFJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
---------------

" Florbela Espanca "
Amor que morre

O nosso amor morreu... Quem o diria!
Quem o pensara mesmo ao ver-me tonta,
Ceguinha de te ver, sem ver a conta
Do tempo que passava, que fugia!

Bem estava a sentir que ele morria...
E outro clarão, ao longe, já desponta!
Um engano que morre... e logo aponta
A luz doutra miragem fugidia...

Eu bem sei, meu Amor, que pra viver
São precisos amores, pra morrer,
E são precisos sonhos pra partir.

E bem sei, meu Amor, que era preciso
Fazer do amor que parte o claro riso
De outro amor impossível que há-de vir!


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 22 de Dezembro de 2009, 21:10

Olá!
Amiga Helena, passei por aqui agora e...
Deixo música e poesia!
Namasté
--------

Parabens - António Gedeão - Pedra Filosofal
http://www.youtube.com/watch?v=WRFhuKWLDeM (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVdSRmh1S1dMRGVN)
--------------

" António Gedeão
Pedra Filososal

Eles não sabem, nem sonham,
que o sonho comanda a vida.
Que sempre que um homem sonha,
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mãos de uma criança.



Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Dezembro de 2009, 21:50
Amigo dim-dim, sempre bem-vindo!! Muito lindas: música e poesia!!
Carinhos,
Helena
-------------------------------------------------------------


OS VERSOS QUE TE DOU...

Ouve estes versos que te dou, eu os fiz
hoje que sinto o coração contente,
- enquanto o teu amor for meu somente,
eu farei versos... e serei feliz ...

E hei de faze-los pela vida em fora
versos de sonho e amor, e hei de depois
relembrar o passado de nós dois,
esse passado que começa agora...

Estes versos repletos de ternura
são versos meus, mas que são teus, também...
Sozinha, hás de escutá-los, sem ninguém
que possa perturbar nossa ventura...

Quando o tempo branquear os teus cabelos
hás de um dia, mais tarde, revive-los,
nas lembranças que a vida não desfez...

E ao lê-los... com saudade, em tua dor,
hás de rever, chorando, o nosso amor,
e hás de lembrar, também, de quem os fez...

Se nesse tempo eu já tiver partido
e outros versos quiseres, teu pedido
deixa ao lado da cruz para onde eu vou...

Quando lá, novamente, então tu fores,
podes colher do chão todas as flores
pois são versos de amor que ainda te dou!...
(J G de Araújo Jorge aos 15 anos, ainda aluno do Colégio Pedro II)


http://www.youtube.com/watch?v=lIh1Zqwt0e8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWxJaDFacXd0MGU4)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: lucineide.c em 24 de Dezembro de 2009, 19:50
   

     Adorei as poesias maravilhosas postadas aqui. Quero também deixar uma de Fernando pessoa.

                   http://www.youtube.com/watch?v=K4GvpiZwmnQ (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUs0R3ZwaVp3bW5R)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: lucineide.c em 24 de Dezembro de 2009, 20:11
           Amiga Helena quero deixar mais uma. Meu Deus como amo Fernando Pessoa!
             FELIZ NATAL AMIGA LINDA!!
                  
               Padrão

     O esforço é grande e o homem é pequeno.
     Eu, Diogo Cão, navegador, deixei
     Este padrão ao pé do areal moreno
     E para diante naveguei.

     A alma é divina e a obra imperfeita.
     Este padrão sinala ao vento e aos céus
     Que, da obra ousada, é minha a parte feita:
     O por fazer é só com Deus.

     E ao imenso e possível oceano
     Ensinam estas quinas que aqui vês
     Que o mar com fim será grego ou romano:
     O mar sem fim é português.

     E a Cruz ao alto diz que o que me há na alma
     E faz a febre em mim de navegar
     Só encontrará de Deus na eterna calma
     O porto sempre por achar.

        Fernando Pessoa - Mensagem





                       http://www.youtube.com/watch?v=UP-tzU1I1R4 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVVQLXR6VTFJMVI0)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 25 de Dezembro de 2009, 12:22
Bom dia, Lucineide!!  :D Que bom vê-la por aqui, amiga!!
Sempre bem-vinda!!
Feliz Natal!!! ;D
Bjs e carinhos,
Helena
-------------------------------------------------------------------------------

(http://i7.tagstat.com/tags/03n/03nfYuuv1.gif)

E então é Natal!!!!!!....
q venha cheio de paz, amor e esperanças...
q seu dia luz da vida venha repleto de luz!
beijos ...muitos!!!

Neste Natal te desejo:
um mar de alegrias
estar em boa companhia
não se perder pelo caminho
ter muito carinho
ser só sentimento
dar boas risadas
curtir o momento
ter com quem partilhar
muitos abraçar
realizar os desejos
ganhar muitos beijos
ser pura emoção
virar poesia
soltar a imaginação
se fazer fantasia
e sempre...sempre
muito amor no coração


http://www.youtube.com/watch?v=7NfvmD69IB4 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTdOZnZtRDY5SUI0)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 25 de Dezembro de 2009, 23:25
Traze-me (Cecília Meireles)

Traze-me um pouco das sombras serenas
que as nuvens transportam por cima do dia!
Um pouco de sombra, apenas,
- vê que nem te peço alegria.
Traze-me um pouco da alvura dos luares
que a noite sustenta no teu coração!
A alvura, apenas, dos ares:
- vê que nem te peço ilusão.
Traze-me um pouco da tua lembrança,
aroma perdido, saudade da flor!
-Vê que nem te digo - esperança!
-Vê que nem sequer sonho - amor!



http://www.youtube.com/watch?v=w4-UcFMGd3w (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXc0LVVjRk1HZDN3)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Dezembro de 2009, 18:42
Gostaria

Queria compartilhar contigo os momentos mais simples
e sem importância.
Por exemplo:
sair contigo para passear, sentir-te apoiada em meu braço,
ver-te feliz ao meu lado
alheia a todo mundo que passasse.

Gostaria de sair contigo para ouvir música, ir ao cinema,
tomar sorvete, sentar num restaurante
diante do mar,
olhar as coisas, olhar a vida, olhar o mundo
despreocupadamente,
e conversar sobre "nós" – esse "nós" clandestino
que se divide em "tu e eu"
quando chega gente.

Encontrar alguém que perguntasse: "Então, como vão vocês?"
E me chamasse pelo nome, e te chamasse pelo nome
e juntasse assim nossos nomes, naturalmente,
na mesma preocupação.

Gostaria de poder de repente te dizer:
Vamos voltar pra casa...
( Como se felicidade pudesse ser uma coisa
a que tivéssemos direito como toda gente)
Queria partilhar contigo os momentos menores
da minha vida,
porque os grandes já são teus.

(Poema de JG de Araujo Jorge
do livro – A Sós – 1958 )


http://www.youtube.com/watch?v=Wi2g9UmB1kU (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVdpMmc5VW1CMWtV)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 28 de Dezembro de 2009, 20:49
“CONFESSANDO QUE TE ADORO”
J. G. de Araujo Jorge


Quanto tempo esta paixão
que ninguém via
ocultava em meu silêncio
dia e noite, noite e dia.

Eram para outros teus olhares,
os teus beijos
e eu morrendo de ciúmes
disfarçava os meus desejos.

Sofri bastante esperando este momento
em que tudo revelando
terminasse o meu tormento.

Mas hoje em fim posso dizer
que meu amor é infinito
como o mar
no coração de um pescador.

Já vejo agora mais estrelas na amplidão
pelas matas mais perfumes
e mais flores pelo chão.

Talvez por isto não esconda esta alegria
confessando que te adoro
dia e noite, noite e dia.

Mas hoje em fim posso dizer
que o meu amor é infinito
como o mar
no coração de um pescador.

http://www.jgaraujo.com.br/LP/Faixa4/confessando-que-te-adoro.html (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5qZ2FyYXVqby5jb20uYnIvTFAvRmFpeGE0L2NvbmZlc3NhbmRvLXF1ZS10ZS1hZG9yby5odG1s)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 28 de Dezembro de 2009, 22:20


CIUME.
O que é isso?
Que me faz ficar zangada
Ficar toda atrapalhada
Quando não estou contigo!
Será que é o ciúme
Que me faz ficar assim
Por não ter você por perto
E sempre longe de mim.
O que é isso?
É paixão descontrolada
É ciúme exagerado
Mais já parei pra pensar.
Vou deixar você sozinho
Vou seguir o meu caminho
Vou me libertar.
O que é isso?
 Já não sei mais quem sou
Vou libertar-me deste amor
Que me faz tanto sofrer.
Este sentimento estranho
Que me faz enlouquecer
Percebi que é ciúme
Que eu sinto de você
O que é isso?
A doença do amor
É o medo de perder
Vou curar esta doença
Para não perder você.
***(M. do Carmo de Assis)



http://www.youtube.com/watch?v=iNL0_5XBamg (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWlOTDBfNVhCYW1n)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 28 de Dezembro de 2009, 22:26
FELIZ ANO NOVO

Mais um ano termina
e um outro começa de novo
Se vai tudo que é velho
respira-se um ar de renovo

Despedidas do que é passado
e de tudo que foi um estorvo
Nas lembranças do ano que vai
essa é a esperança do povo

Mil sonhos, projetos, desejos
entre abraços que até me comovo
Taças tilintam entre os fogos
um brinde: - "Feliz Ano Novo"

Men@


http://www.youtube.com/watch?v=6bvnfsKI-to (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTZidm5mc0tJLXRv)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 29 de Dezembro de 2009, 12:23

Olá!

LA PANTERA ROSA
http://www.youtube.com/watch?v=bxpe6y6eh3k&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWJ4cGU2eTZlaDNrJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
----------------

" José Gomes Ferreira "

Devia morrer-se de outra maneira.
Transformarmo-nos em fumo, por exemplo.
Ou em nuvens.
Quando nos sentíssemos cansados, fartos do mesmo sol
a fingir de novo todas as manhãs, convocaríamos
os amigos mais íntimos com um cartão de convite
para o ritual do Grande Desfazer: "Fulano de tal comunica
a V. Exa. que vai transformar-se em nuvem hoje
às 9 horas. Traje de passeio".
E então, solenemente, com passos de reter tempo, fatos
escuros, olhos de lua de cerimônia, viríamos todos assistir
a despedida.
Apertos de mãos quentes. Ternura de calafrio.
"Adeus! Adeus!"
E, pouco a pouco, devagarinho, sem sofrimento,
numa lassidão de arrancar raízes...
(primeiro, os olhos... em seguida, os lábios... depois os cabelos... )
a carne, em vez de apodrecer, começaria a transfigurar-se
em fumo... tão leve... tão sutil... tão pólen...
como aquela nuvem além (vêem?) — nesta tarde de outono
ainda tocada por um vento de lábios azuis...


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Dezembro de 2009, 13:12
Olá, dim-dim!!
Que bons ventos o tragam sempre, amigo querido!!
Sabe, a pantera cor de rosa lembra-me meu pai, já desencarnado. Ele adorava o desenho! rs

Carinhos,
Helena
--------------------------------------------------------------------------


AUTOPSICOGRAFIA

O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.

E os que lêem o que escreve,
Na dor lida sentem bem,
Não as duas que ele teve,
Mas só a que eles não têm.

E assim nas calhas da roda
Gira, a entreter a razão,
Esse comboio de corda
Que se chama o coração.


http://www.youtube.com/watch?v=36JbQcZkYMQ (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTM2SmJRY1prWU1R)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Dezembro de 2009, 13:20
Quero ignorado, e calmo
Por ignorado, e próprio
Por calmo, encher meus dias
De não querer mais deles.
Aos que a riqueza toca
O ouro irrita a pele.
Aos que a fama bafeja
Embacia-se a vida.
Aos que a felicidade
É sol, virá a noite.
Mas ao que nada espera
Tudo que vem é grato.
(Fernando Pessoa)


http://www.youtube.com/watch?v=lHEVUrI5TRo (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWxIRVZVckk1VFJv)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 29 de Dezembro de 2009, 13:35

Olá amiga Helena!
Agora é a vez da pantera!
Namasté
------------------

La pantera rosa
http://www.youtube.com/watch?v=54Q8FZ7Fo6U&feature=PlayList&p=8AA42BC58C201985&index=5&playnext=2&playnext_from=PL (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTU0UThGWjdGbzZVJmFtcDtmZWF0dXJlPVBsYXlMaXN0JmFtcDtwPThBQTQyQkM1OEMyMDE5ODUmYW1wO2luZGV4PTUmYW1wO3BsYXluZXh0PTImYW1wO3BsYXluZXh0X2Zyb209UEw=)
------------

" Pablo Neruda "

Nega-me o pão, o ar,
a luz, a primavera,
mas nunca o teu riso,
porque então morreria.


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Dezembro de 2009, 19:10
É Talvez o Último Dia da Minha Vida

É talvez o último dia da minha vida.
Saudei o sol, levantando a mão direita,
Mas não o saudei, dizendo-lhe adeus,
Fiz sinal de gostar de o ver antes: mais nada.
Alberto Caeiro ( Fernando Pessoa)


http://www.youtube.com/watch?v=stX789L6KDE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXN0WDc4OUw2S0RF)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 29 de Dezembro de 2009, 20:11

Olá!

Pink Panter
http://www.youtube.com/watch?v=TVYB0SaMmpA&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVRWWUIwU2FNbXBBJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
----------------

" Manuel Bandeira "

Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma.
A alma é que estraga o amor.
Só em Deus ela pode encontrar satisfação.
Não noutra alma.
Só em Deus — ou fora do mundo.
As almas são incomunicáveis.

Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo.

Porque os corpos se entendem, mas as almas não.


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: lucineide.c em 30 de Dezembro de 2009, 12:10


          http://www.youtube.com/watch?v=f3ooUnPQWIU (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWYzb29VblBRV0lV)

      Este video é para você querida Helena.Um abraço e que 2010 seja para ti de grandes realizações. Beijos!!!!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 30 de Dezembro de 2009, 21:24
Obrigada, mil vezes obrigada, minha doce e querida Lucineide! Fiquei emocionada...
Muito lindo o vídeo!! Muito mesmo...
É verdade, amiga, quantas vezes??
Mas vamos em frente, acreditando na Força e na Luz que Ele nos oferece sempre.
E por falar em luz, você a tem no nome...
Desejo-lhe, amiga, um 2010 muito feliz, com a felicidade que só pode vir dAquele que sabe o que é melhor para cada um de nós caminhantes da Terra.

A todos os amigos do Fórum desejo um 2010 repleto de paz, amor e muita fé em nossas vidas.

Bjs e carinhos,
Helena Beatriz
---------------------------------------------------------------------------------

(http://lh6.ggpht.com/_98k7duCJN84/SzyyMisDR0I/AAAAAAAAG2Y/tOoiYHdADV4/s800/azul3.jpg)

http://www.youtube.com/watch?v=25I4f0REHxE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTI1STRmMFJFSHhF)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 02 de Janeiro de 2010, 23:00

Olá!
Amiga Helena estive a ver a pantera!
Agora deixo isto!
Namasté
-------

Roy Orbison - Pretty Woman
http://www.youtube.com/watch?v=mBrbpWwWafQ&feature=channel (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW1CcmJwV3dXYWZRJmFtcDtmZWF0dXJlPWNoYW5uZWw=)
-------------

"Aldous Huxley "
Estava eu sentado, perto do mar

Estava eu sentado, perto do mar, a ouvir com pouca atenção um amigo meu que falava arrebatadamente de um assunto qualquer, que me era apenas fastidioso. Sem ter consciência disso, pus-me a olhar para uma pequena quantidade de areia que entretanto apanhara com a mão; de súbito vi a beleza requintada de cada um daqueles pequenos grãos; apercebia-me de que cada pequena partícula, em vez de ser desinteressante, era feito de acordo com um padrão geométrico perfeito, com ângulos bem definidos, cada um deles dardejando uma luz intensa; cada um daqueles pequenos cristais tinha o brilho de um arco-íris... Os raios atravessavam-se uns aos outros, constituindo pequenos padrões, duma beleza tal que me deixava sem respiração... Foi então que, subitamente, a minha consciência como que se iluminou por dentro e percebi, duma forma viva, que todo o universo é feito de partículas de material, partículas que por mais desinteressantes ou desprovidas de vida que possam parecer, nunca deixam de estar carregadas daquela beleza intensa e vital. Durante um segundo ou dois, o mundo pareceu-me uma chama de glória. E uma vez extinta essa chama, ficou-me qualquer coisa que nunca mais esqueci que me faz pensar constantemente na beleza que encerra cada um dos mais ínfimos fragmentos de matéria à nossa volta.



Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 03 de Janeiro de 2010, 00:06
Obrigada amigo dim-dim por compartilhar msg tão profunda do grande Audous Huxley. Adorei a lembrança!
Umas curiosidades sobre ele:
Em 1958 este inglês visitou o Brasil, tendo conhecido os índios do Xingu e as favelas do Rio de Janeiro.
Aldous Huxley faleceu no mesmo dia (22 de novembro de 1963) em que John Fitzgerald Kennedy, presidente dos USA, então baleado na cabeça em Dallas, Texas.
Em 1959, foi agraciado pela Academia Americana de Artes e Letras com um prêmio por seus romances. Tal premiação era concedida a cada cinco anos e havia sido entregue anteriormente a Ernest Hemingway, Thomas Mann, Steinbeck  e Theodore Dreiser.

Estudou na aristocrática escola de Eton, que foi obrigado a abandonar aos dezesseis anos, devido a uma doença nos olhos que quase o cegou impedindo-o de cursar medicina. Huxley permaneceu quase cego por toda a sua vida.
O mundo perdeu um médico mas ganhou um escritor de peso... Os tecelões do destino sempre agindo!!
Um abraço fraterno,
Helena
------------------------------------------------------------------------------------

http://www.youtube.com/watch?v=S7_YFKyhQMI (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVM3X1lGS3loUU1J)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 04 de Janeiro de 2010, 13:36

Olá!

Bom dia amiga Helena, por aqui chove!

O primeiro livro que li de Aldous Huxley, portas da percepção, há muitos anos, fez-me interessar pela parapsicologia, até hoje.

Deixo isto, adeus!
--------------
Lhasa de Sela - De cara a la pared
http://www.youtube.com/watch?v=AOLg_XY2cWA&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUFPTGdfWFkyY1dBJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
------------

" Cesário Verde "
Sardenta

Tu, nesse corpo completo,
Ó láctea virgem doirada!
Tens o linfático aspecto
Duma camélia melada.


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Janeiro de 2010, 13:54
Olá amigo dim-dim!!
Vou dar uma olhada nesse link logo mais.
Por aqui o sol brilha, faz muito calor, após muitos dias de chuva e tragédia na região sudeste, principalmente no meu querido estado do Rio, foco maior no município de Angra dos Reis, com maior número de vítimas fatais.
Carinhos,
Helena
-------------------------------------------------------------------------------------------

(http://t2.gstatic.com/images?q=tbn:qYoKZImrLwIERM:http://img514.imageshack.us/img514/7784/ilhagrande02mk6.jpg)(http://t2.gstatic.com/images?q=tbn:Gpe6hUgNYbqIpM:http://www.estradas.com.br/imagens/fotobracuhy.jpg)(http://t1.gstatic.com/images?q=tbn:71CtLPBRHo-toM:http://www.lfturismo.com.br/imagens/Angra%2520dos%2520Reis.jpg)(http://t0.gstatic.com/images?q=tbn:agKQQ9b4qYCEOM:http://www.ilhagrandeangra.com.br/imagens/bananal5.jpg)


A história do município de Angra dos Reis percorre os "grandes ciclos econômicos" da história do Brasil. No início da colonização, esta foi uma região cobiçada por vários povos europeus na busca da exploração e contrabando de produtos tropicais. Geograficamente possuidor de uma costa marítima privilegiada, com uma grande baía e centenas de ilhas, o município era importante entreposto comercial para as grandes rotas marítimas que, vindas da Europa e/ou África, navegavam pela América do Sul, indo em direção a São Paulo, e as bandas do Continente do Rio Grande de São Pedro, como eram chamadas as terras localizadas no extremo sul do Brasil.
Nos primeiros duzentos anos, a região compreendida pelos atuais municípios de Angra dos Reis e Parati, viu desaparecer a cultura originária dos povos indígenas e assistiu à gradativa implantação de latifúndios escravistas voltados à produção de açúcar e aguardente, assim como gêneros alimentícios destinados à população. A pesca de baleia teve sua importância neste período.
No início dos oitocentos, as conseqüências da descoberta do ouro em Minas Gerais e Goiás passam a afetar a localidade, que vê aumentar o tráfico de escravos africanos e a circulação de mercadorias pelo seu litoral e interior.
Esta época viu surgir o famoso "Caminho Novo" estrada mandada construir pelo El-Rei de Portugal, que fazia a ligação por terra entre São Paulo e o interior da Minas Gerais, ligando estas regiões ao Rio de Janeiro, evitando assim o percurso marítimo antigo, via entreposto de Angra dos Reis e Parati, acossado por piratas e corsários ávidos pelo ouro e diamantes. Esta via possuía uma ligação direta com Angra dos Reis, através de Lídice e Rio Claro, impulsionando assim a prosperidade da região.
No século XIX, o município e suas "paróquias" vivem períodos áureos proporcionados pelo café, como é exemplo da Vila Histórica de Mambucaba, que alcançou grande prosperidade econômica com a expansão da lavoura cafeeira e do comércio que alimentava o porto ali existente, chegando a possuir até um teatro.
Com a construção da estrada de ferro D. Pedro II, por volta de 1864, e a posterior abolição da escravidão, temos um período de crise e decadência. Segundo Lia Osório Machado, pesquisadora da Universidade Federal do Rio de Janeiro, " a construção da ferrovia foi fator de impacto mais imediato na região de Angra dos Reis. Rompia com os antigos parâmetros de localização e velocidade, ou seja, mexia com espaço e o tempo; mais concretamente, a ferrovia era capaz de transportar grandes quantidades de carga entre Rio de Janeiro e São Paulo, deixando para trás as antigas trilhas e estrada de barro, com suas tropas, cavalos e liteiras. Estas continuaram a ser utilizadas, porém perderam seu papel de transporte dominante".
As matas voltaram a fechar as montanhas, ressurge, naquela região da Serra da Bocaina, um apogeu da vida selvagem. O nosso século, em seus primórdios, encontra uma economia de subsistência, uma população rarefeita nos inúmeros povoados caiçaras, dispersos em pequenas fainas de sobrevivência, como a pesca, o cultivo de cana, mandioca e banana, o fabrico de aguardente, cestarias, etc.

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Janeiro de 2010, 13:55
Continuação...

(http://img.datatravel.com.br/galeriasV2/Operadoras/95/Pacotes/Angra%20dos%20Reis%20-%20Igreja.jpg)

O novo século manterá a tradição que diz que o município sempre esteve ligado aos grandes ciclos econômicos do pais. Com o fim da República Velha e a ascensão da Era Vargas, teremos a construção de um ramal ferroviário ligando Angra dos Reis a estrada de Com a política desenvolvimentalista de Juscelino Kubitscheck, a década de cinqüenta assistirá a construção do Estaleiro Verolme, de capital holandês, no atual distrito de Jacuecanga. A indústria naval seria privilegiada pela interligação com a Companhia Siderúrgica Nacional na construção de seus navios metálicos e pela posição geográfica de nosso litoral. Este empreendimento, concluído em 1969, trará muito capital para região, com a vinda de muitos migrantes e a construção de vilas operárias, incrementando o comércio local e o crescimento da cidade.
A década de 70 deslumbrará um novo período, uma época autoritária e excludente, que trará uma grande mutação à região, submissa aos desígnios da ditadura militar instalada no pais em 1964. A partir daí, Angra dos Reis se converterá em área de segurança nacional, perdendo a prerrogativa de eleger seus dirigentes e tendo seus movimentos sociais sufocados.
A Usina Nuclear Angra I (1972-1980), o Terminal Petrolífero da Baía da Ilha Grande (1974-1979) e a Rodovia Federal Rio-Santos (BR-101) redefinem a cidade e seus espaços, causando uma série de transformações, como vinda de milhares de migrantes em busca de novas frentes de trabalho. O crescimento intenso da população e a expansão da cidade continuam nas áreas urbanas, gerando a ocupação desordenada dos morros do centro e adjacências, bem como a criação de grandes bairros periféricos.
Nesta época, os empreendimentos turísticos, incentivados pela facilidade de acesso proporcionado pela construção da Rodovia Rio-Santos, iniciam o processo de ocupação dos melhores terrenos ao longo do litoral.
Esse processo provocou inúmeras modificações na organização do espaço de nosso município, resultando em vários conflitos de terras e alijando a população caiçara, que foi obrigada a deslocar-se para áreas menos valorizadas, como os morros do centro e periferias distantes. Além disso, trouxe uma diminuição da área agrícola e do número de agricultores; passaram a ser comuns os aterros e a destruição dos mangues, fazendo com que surgisse uma grande demanda por obras de infra-estrutura.
Com a reurbanização da orla central da cidade, a ampliação da pista do aeroporto para 1.200 m, a utilização sustentável dos recursos naturais principalmente da Ilha Grande e a valorização do patrimônio cultural, a consolidação da atividade turística como a principal fonte de recursos e geração de renda deverá ser o marco histórico que o final do milênio registrará para Angra dos Reis.
http://www.angra2000.com.br/procissao_aol/festa.htm (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5hbmdyYTIwMDAuY29tLmJyL3Byb2Npc3Nhb19hb2wvZmVzdGEuaHRt)

http://www.angra.rj.gov.br/asp/index.asp (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5hbmdyYS5yai5nb3YuYnIvYXNwL2luZGV4LmFzcA==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 06 de Janeiro de 2010, 15:18

Olá!
Amiga Helena, vamos rir...
É o melhor remédio, e quando conseguimos rir de nós próprios, melhor ainda!
Namasté
-------------
Mr. Bean---The Beach
http://www.youtube.com/watch?v=NZyvm1lMnGY&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU5aeXZtMWxNbkdZJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
----------------

" Fernando Pessoa "

Ó sino da minha aldeia,
Dolente na tarde calma,
Cada tua badalada
Soa dentro da minha alma.

E é tão lento o teu soar,
Tão como triste da vida,
Que já a primeira pancada
Tem o som de repetida.

Por mais que me tanjas perto
Quando passo, sempre errante,
És para mim como um sonho,
Soas-me na alma distante.

A cada pancada tua,
Vibrante no céu aberto,
Sinto mais longe o passado,
Sinto a saudade mais perto.


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 06 de Janeiro de 2010, 19:39
É verdade, amigo dim-dim!! Rir desopila o fígado!! rsrs  ;D
Obrigada por nos trazer um pouco do humor britânico! rs

Carinhos,
Helena
-----------------------------------------------------------------------------------

Manhã para se feliz

Esta é uma manhã para ser feliz
em um lugar, de algum modo,
é uma manhã para ser feliz...

Esta é uma manhã para dois, para dois juntos
abraçados e tontos, num remoinho
não como nós, eu aqui, diante do sol, das árvores,
de tudo envergonhado porque estou sozinho...

Esta é uma manhã que me fala de ti, nas nuvens,
na transparência do ar,
neste azul do céu, imaculado,
na beleza das coisas tocadas de sonho
e imaturidade...

Uma manhã de festa
para ser feliz de verdade!
Esta é uma manhã
para te Ter ao meu lado...

Quando Deus fez uma manhã como esta
estava com certeza apaixonado...

(Poema de JG de Araujo Jorge –
do livro - Espera- 1960)


http://www.youtube.com/watch?v=fddswrZWHR8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWZkZHN3clpXSFI4)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 14 de Janeiro de 2010, 22:16


Simplesmente

Eu sou tudo ou nada
Sou forte ou frágil
Dependo do momento
Sou como cristal furta-cor
Que se sujeita a projeção
Ou como a rocha granítica...
Pareço-me com a luz
As vezes com o vento...
Da luz no vento
Amando faço muito
Faço pouco
Faço o que preciso for
Não me julgue
Sou simplesmente mulher
Sinônimo-antônimo do amor.


http://www.youtube.com/watch?v=QjExZHe3iYo (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVFqRXhaSGUzaVlv)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 18 de Janeiro de 2010, 20:42
Para Léon Tolstoi

Sou mulher arretada
Parente de Lampião
Sou a Anna Karenina
Caipira e menina
Nascida aqui no sertão
E que no sertão se criou...
Não vou terminar minha vida
Como a Anna de Moscou
Vivo aqui nas campinas
A andar pelas montanhas
Vivendo essa loucura
Que é a arte de viver
Entre riachos e colinas
Minha alma pequenina
Meu coração de mel
Não guarda nenhuma maldade
Um dia deixarei saudade

Anna Karenina do Sertão


http://www.youtube.com/watch?v=XunB44gE6rE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVh1bkI0NGdFNnJF)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 21 de Janeiro de 2010, 16:01
(http://lh6.google.com/nandacastrosatoi/SPw0PaNkTUI/AAAAAAAABeM/zTcHpL0nk0o/s800/30.png)
POESIA JAPONESA/ O HAIKU JAPONÊS
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/mmanuelr/hjapao1.gif)

A ORIGEM
            O haiku deriva duma forma anterior de poesia, em voga no Japão entre os séculos IX e XII, designada por tanka; tinha 5 versos, de 5 e 7 sílabas, que tratavam temas religiosos ou ligados à corte.
No século XV, os muitos concursos de poesia tanka deram origem a um jogo de escrita de longos poemas: a primeira estrofe, de 3 versos (com 5, 7 e 5 sílabas), era sugerida por um poeta e as restantes iam surgindo e associando-se, num jogo competitivo entre vários poetas. Este tipo de poesia era a renga, de temática clássica, e os primeiros três versos (os mais importantes, pois serviam de mote) designavam-se por hokku. No século XVI,  tornou-se mais popular o haikai-renga, de temática humorística.
Rapidamente a estrofe inicial de 3 versos acabou por se tornar uma forma independente de poesia. Mas só no século XIX, o mestre Masaoka Shiki lhe atribuiu um nome: haiku  (pela junção das palavras haikai e hokku).



(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/mmanuelr/hjapao2.jpg)
A EVOLUÇÃO
 
Bashô Matsuo (1644–1694), considerado o primeiro e maior poeta japonês de haiku, nasceu samurai e adoptou a simplicidade tanto na vida como na criação poética.
Enriqueceu o haiku, superando a artificialidade de poetas anteriores e tornando-o artistica e socialmente aceite.
 A par de poemas de carácter lúdico, começou a valorizar o papel do pensamento no haiku, imprimindo-lhe o espírito do budismo zen.
Versátil, os seus poemas sugeriam os mais variados estados de espírito: humor, depressão, euforia, confusão,... permitindo uma consciência da grandiosidade da natureza ( física e humana ).

Este caminho
Ninguém já o percorre,
Salvo o crepúsculo.

De que árvore florida
Chega? Não sei.
Mas é seu perfume.

 Outros poetas do género se lhe seguiram: Buson Yosa (séc. XVIII),  Shiki Masaoka (séc. XIX), Koi Nagata (séc. XX).
De salientar Shiki, crítico de Bashô por considerar que a sua poesia carecia de pureza e tinha demasiados elementos explicativos: o haiku deveria ser a partilha de um momento e não a sua explicação, privilegiando a descrição visual e o estilo conciso.
Nem Shiki nem os poetas contemporâneos afirmaram uma ligação ao zen, como Bashô, embora seja inegável que a essência desta filosofia continue presente em muitas composições haiku.

(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/mmanuelr/hjapao3.jpg)
As características

“O haiku é mais do que uma forma de poesia; é uma forma de ver o mundo. Cada haiku capta um momento de experiência; um instante em que o simples subitamente revela a sua natureza interior e nos faz olhar de novo o observado, a natureza humana, a vida”. (A. C. Missias, biólogo e poeta americano)

Basicamente, o haiku define-se como uma forma poética que, quanto à forma, tem três versos curtos e, quanto ao conteúdo, expressa uma percepção da natureza.
            Os três versos (sem rima) apresentam, respectivamente, 5, 7 e 5 sílabas métricas japonesas. A métrica japonesa assenta essencialmente no elemento duração: por exemplo, a palavra Bashô, metricamente tem três sílabas ou unidades de som, porque o /o/ final é longo.
 São dois os elementos de conteúdo, em não mais do que duas frases: uma percepção sensorial (particular e imediata) e uma percepção sugestiva  (de maior amplitude circunstancial ou semântica). A separação entre os dois elementos é feita por uma palavra ou sinal gráfico (kireji).
            A percepção sensorial parte de um vocábulo associado a um elemento da natureza e, frequentemente, às estações do ano (Kigo)
O kigo representa o aqui e agora que originou uma dada emoção/sugestão. Não apresenta objectividade, mas a subjectividade expressa provém sempre de uma objectividade captada pelos sentidos. Uma sensação concreta – visual, auditiva, táctil – permite associações, sentimentos, memórias, o reconhecimento de um conjunto mais amplo em que essa sensação se encaixa. O kaiku capta o instantâneo, regista, enquadra, presentifica, evoca, emociona... a ligação semântica entre as palavras expostas será sempre feita pelo leitor.
É, pois, uma forma de poesia breve, depurada, bela, simples e fluente. É uma reacção estética minimalista à crescente consciência humana do caos.
   Exige uma atenção aos mais pequenos eventos da natureza objectiva e imediata; uma permanente atitude de espanto perante o fenómeno da natureza.

Pressupõe uma relação entre o particular e o geral, entre o mais individualmente percebido e o ritmo cósmico da natureza, entre a efemeridade da sensação e o eco que esta pode despertar na sensibilidade e na memória, promovendo uma união entre o sujeito e o objecto. .


 

 
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: hcancela em 22 de Janeiro de 2010, 13:58
Olá amigos(as)

Helena amiga, não consigo superá-la nas suas imagens lindas... :-* :-* :-*

Bem?  Aqui fica minha contribuição em video. ;) ;) ;) ;)

http://www.youtube.com/watch?v=FApRdF-TgpU (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUZBcFJkRi1UZ3BV)

Abração
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 23 de Janeiro de 2010, 15:09
Olá, Cancela!! Que bom vê-lo por aqui! Sempre bem-vindo!!
Um abração!
Helena
-------------------------------------------------------------------------------------

Gostaria

Queria compartilhar contigo os momentos mais simples
e sem importância.
Por exemplo:
sair contigo para passear, sentir-te apoiada em meu braço,
ver-te feliz ao meu lado
alheia a todo mundo que passasse.

Gostaria de sair contigo para ouvir música, ir ao cinema,
tomar sorvete, sentar num restaurante
diante do mar,
olhar as coisas, olhar a vida, olhar o mundo
despreocupadamente,
e conversar sobre "nós" – esse "nós" clandestino
que se divide em "tu e eu"
quando chega gente.

Encontrar alguém que perguntasse: "Então, como vão vocês?"
E me chamasse pelo nome, e te chamasse pelo nome
e juntasse assim nossos nomes, naturalmente,
na mesma preocupação.

Gostaria de poder de repente te dizer:
Vamos voltar pra casa...
( Como se felicidade pudesse ser uma coisa
a que tivéssemos direito como toda gente)
Queria partilhar contigo os momentos menores
da minha vida,
porque os grandes já são teus.

(Poema de JG de Araujo Jorge
do livro – A Sós – 1958 )


http://www.youtube.com/watch?v=7NCZ4l8FCFc (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTdOQ1o0bDhGQ0Zj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 23 de Janeiro de 2010, 15:17
Num céu de peixinhos brancos,
Vem ser minha companheira
No país de saltimbancos.

Durmo em areias abertas,
Numa baía redonda,
- se não me despertas,
Me transformo em onda!

Cecília Meireles


http://www.youtube.com/watch?v=Rc94XAuncwg (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVJjOTRYQXVuY3dn)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 24 de Janeiro de 2010, 13:42

Olá amiga Helena!
Bom dia
Namasté
--------------

Rão Kyao - Fado da chegada
http://www.youtube.com/watch?v=uzbLqQMmFpk&feature=fvw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXV6YkxxUU1tRnBrJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2dw==)
--------------
" Fernando Pessoa "

Vaga, no azul amplo solta,
Vai uma nuvem errando.
O meu passado não volta.
Não é o que estou chorando.

O que choro é diferente.
Entra mais na alma da alma.
Mas como, no céu sem gente,
A nuvem flutua calma.

E isto lembra uma tristeza
E a lembrança é que entristece,
Dou à saudade a riqueza
De emoção que a hora tece.

Mas, em verdade, o que chora
Na minha amarga ansiedade
Mais alto que a nuvem mora,
Está para além da saudade.

Não sei o que é nem consinto
À alma que o saiba bem.
Visto da dor com que minto
Dor que a minha alma tem.


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 24 de Janeiro de 2010, 14:10
Que bom ver vc por aqui, dim-dim!!! :D Fico muito feliz, amigo!!! :D

Carinhos,
Helena
----------------------------------------------------------------------------------------

Repare na beleza
de uma flor brotando...
Sinta o frescor
da chuva, da brisa
após um dia quente...
Escute o canto dos pássaros
Sinta o odor das folhas
 em uma floresta...

Existem maravilhas neste mundo,
Aproveitemos a vida!
Saudemo-la a cada manhã!
A cada entardecer!
Observemos seus detalhes mágicos...

Conquiste a felicidade nas coisas simples,
A felicidade é simples, bem simples.
Não tente complicá-la...
A Natureza está em tudo
O caminho é senti-la.


http://www.youtube.com/watch?v=-nWg1ugKJQs (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PS1uV2cxdWdLSlFz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 24 de Janeiro de 2010, 14:14
Fale-me de suas tristezas
que contigo chorarei.
E o lenço guardado no bolso
contigo dividirei.

De todas as suas alegrias,
quero poder compartilhar.
Se me fizeres segredo,
mesmo assim irei vibrar!

Se o amor te machucares
e levar-te à solidão,
verás minha mão em teu ombro
consolando o coração!

Se acaso se aborrecer
por algo que lhe falei,
de certo foi a verdade
dura,mas pro seu bem!

E mesmo sem nada dizer
do seu silencio lerei.
Por mais que nada me fales
teu problema saberei.

Quero que agora saibas
da mais pura sinceridade
que eu viveria na escuridão
mas nunca sem sua amizade!

Pois é a sua amizade
que se faz luz na escuridão
e lembra-me que a vida...
vale a pena Viver!
(Vânia)


http://www.youtube.com/watch?v=HFIufYYDudU (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUhGSXVmWVlEdWRV)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 31 de Janeiro de 2010, 16:51


(http://almacollins.zip.net/images/passaros.jpg)

Tem gente que tem cheiro de passarinho quando canta,
de sol quando acorda, de flor quando ri.
Ao lado delas, a gente se sente no balanço de uma rede
que dança gostoso numa tarde grande, sem relógio e sem agenda. (...)

Tem gente que tem cheiro das estrelas que Deus acendeu no céu
e daquelas que conseguimos acender na Terra.
Ao lado delas, a gente não acha que o amor é possível, a gente tem certeza. (...)

Tem gente, COMO VOCÊ, que nem percebe como tem a alma perfumada!
E que esse perfume é Dom de Deus.

-Carlos Drummond de Andrade-


http://www.youtube.com/watch?v=1qgSyzUFcoE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTFxZ1N5elVGY29F)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 01 de Fevereiro de 2010, 13:59
(http://lh6.google.com/fanyvirissimo/R914td-r8OI/AAAAAAAAADc/3WB_coxVxPQ/s400/Dreams_Come_True-large.jpg)

"Nunca deixe de abrir uma nova porta
Por ela podem entrar amigos inesperados,
amores verdadeiros,
aventuras inesquecíveis.
E não se esqueça,
principalmente,
de mantera janela bem aberta.
Ela trará ao fim de cada
dia um lindo Pôr do Sol.
E a certeza que vale a pena viver!”


http://www.youtube.com/watch?v=UopYJEryeMU (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVVvcFlKRXJ5ZU1V)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Fevereiro de 2010, 12:52
Se com banhar-se todo dia alguém pode chegar a Deus,
Quem dera eu fosse uma baleia no oceano mais profundo;
Se por comer raízes e frutas Ele pode ser achado,
Quisera eu tomar na vida a forma de um cabrito;
Se as contas de um rosário levam alguém a encontrá-Lo,
Quero um dia rezar com as sementes da floresta;
Se ídolos de pedra têm o poder de revelá-Lo,
Quero adorar com humildade uma pedreira comum;
Se é só bebendo leite que esse Deus se manifesta,
Muitos bebês e bezerros devem conhecê-Lo muito bem;
Se rejeitar as mulheres atrai a graça de Deus,

Por que eunucos não há aos milhares pelo mundo?
Sabemos em nossos corações,
que para achar o Divino,
Só o amor,
E nada mais,
É de fato indispensável.

Kika krepski®


http://www.youtube.com/watch?v=Xj5qE_uD5Kw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVhqNXFFX3VENUt3)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Fevereiro de 2010, 15:16
(http://lh3.ggpht.com/_98k7duCJN84/S2gkdFtGMNI/AAAAAAAAHaE/-CcnMabPfVo/s800/estrela%20minha.jpg)

http://www.youtube.com/watch?v=g8hItcjQZVM (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWc4aEl0Y2pRWlZN)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Fevereiro de 2010, 15:26
(http://api.ning.com/files/bU5g*VYWV0BSAE4h1n4QGP9fftSxhkfavAtLgEWHUYfMhedCcH5aBzyNKHYcl6MUfr5mItz3XByMVy4WKsmLubX4n8J*ZyG6/RosaAmarela.jpg)

A rosa amarela


Aquela rosa amarela
Que deixei na tua janela
Só restam agora os espinhos
Murchou no calor do sol

Morreu assim, antes da hora,
Mas deixou a esperança
De um dia mesmo a distância
Abrir de novo o teu coração
Pra receber o amor
O encanto e o carinho

As flores que te darei,
Outras rosas amarelas
Que pintei numa aquarela,
Essas nunca morrerão

Anna Karenina


http://www.youtube.com/watch?v=xW49ltFDN3M (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXhXNDlsdEZETjNN)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 03 de Fevereiro de 2010, 18:11
(http://lh4.ggpht.com/_RQw6dABdVIY/S2VqA-xXFUI/AAAAAAAADbk/hcFJ-cIkwb0/s400/u17613217.jpg)

PICHAÇÃO DA ALMA

Quando as letras concretizarem o encontro,
numa só linha,beijando o muro,feito dança sofrida,
sua imagem,num gemido,escapará da alma.

Quando as tintas valsarem tontas,
vestindo roupa nova na velha muralha,
é por você,que tontas valsarão.

O meu peito incendiará em cores,
riscando saudade na pele fria de cimento.

No olho vazio desse muro pintado,
verei aceso seu nome, feito sorriso.

Ele carece de cores,
pra despertar do escuro.

Rosy Moreira

http://www.youtube.com/watch?v=oQfJ2tOmuBs (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW9RZkoydE9tdUJz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 05 de Fevereiro de 2010, 10:54
(http://images.orkut.com/orkut/photos/OgAAAHdNhsdw7WsKhTBzvlLpcov6037IYxMXTX5kVSNwGgdw24pycnlIWqiEvvX25hk8-QFZiheA1smEXelW152tic4Am1T1UP47-JxktSnfCOwrgHBzuVjwz3Bc.jpg)

http://www.youtube.com/watch?v=3dIulEZk4dM (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTNkSXVsRVprNGRN)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 05 de Fevereiro de 2010, 11:02
(http://lh5.ggpht.com/_0Bz87wXbAV4/Scolc9FfHBI/AAAAAAAACxQ/-yPBgVOPK0U/s1600/c4b.png)


Os poemas são pássaros que chegam
não se sabe de onde e pousam
no livro que lês.
Quando fechas o livro, eles alçam vôo
como de um alçapão.
Eles não têm pouso
nem porto;
alimentam-se um instante em cada
par de mãos e partem.
E olhas, então, essas tuas mãos vazias,
no maravilhado espanto de saberes
que o alimento deles já estava em ti...
Mário Quintana


http://www.youtube.com/watch?v=bX0Z8l-dSVM (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWJYMFo4bC1kU1ZN)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 05 de Fevereiro de 2010, 11:15
(http://farm1.static.flickr.com/153/351080641_fef1d7b49b.jpg)

É tão fundo o silêncio entre as estrelas.
Nem o som da palavra se propaga,
Nem o canto das aves milagrosas.
Mas lá, entre as estrelas, onde somos
Um astro recriado, é que se ouve
O íntimo rumor que abre as rosas.

- José Saramago -


http://www.youtube.com/watch?v=TMqaO7De4jU (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVRNcWFPN0RlNGpV)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 05 de Fevereiro de 2010, 11:27
(http://farm4.static.flickr.com/3615/3321865929_6297ca554f.jpg)

VERDE

Por mais que madura,
tenho sede de ser verde.

Feito versos de verão,
em penhascos...vividos.

Pousados perigosamente
sob os lábios do espaço.

Rosy Moreira


http://www.youtube.com/watch?v=ILyrjlUkt0Y (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUlMeXJqbFVrdDBZ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 07 de Fevereiro de 2010, 14:26
(http://lh3.ggpht.com/_dA16yVa70Og/S1u2JG1rW5I/AAAAAAAADv0/Nm7Qa1HanMA/s1280/22012.png)


http://www.youtube.com/watch?v=8tzWiH_Rn8g (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTh0eldpSF9Sbjhn)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 07 de Fevereiro de 2010, 14:32
Amor

E nunca chegamos ao fim da taça,
Por mais que a esvaziemos.

Agora,
sei que isto é amor...

http://www.jgaraujo.com.br/declama/amor.html (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5qZ2FyYXVqby5jb20uYnIvZGVjbGFtYS9hbW9yLmh0bWw=)


http://www.youtube.com/watch?v=MDJzGIcxX-c (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU1ESnpHSWN4WC1j)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 08 de Fevereiro de 2010, 12:24
(http://lh5.ggpht.com/_0ViXlOrubC8/Smwp5Ft0BVI/AAAAAAAABEU/zZg8UUSvj60/s1280/26073R.jpg)

(http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=91903949)

http://www.youtube.com/watch?v=w5t1Bodtp_8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXc1dDFCb2R0cF84)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: lucineide.c em 09 de Fevereiro de 2010, 03:56
 Olá amiga Helena, muita saúde e prosperidade a ti !
 Deixo aqui uma música do Nosso Rei  Roberto Carlos. Amei essa música.

      A mulher que eu amo

A mulher que eu amo tem a pele morena
é bonita é pequena e me ama também
a mulher que eu amo tem tudo que eu quero
e até mais do que espero, encontrar em alguém
A mulher que eu amo tem um lindo sorriso
é tudo que eu preciso pra minha alegria
a mulher que eu amo tem nos olhos a calma
ilumina minh’alma, é o sol do meu dia
Tem a luz das estrelas e a beleza da flor
Ela é minha vida, Ela é o meu amor
Seu amor é pra mim o que há de mais lindo
se ela está sorrindo eu sorrio também
tudo nela é bonito, tudo nela é verdade
e com ela eu acredito na felicidade
A mulher que eu amo enfeita minha vida
meu sonhos realiza, me faz tanto bem
Seu amor é pra mim o que há de mais lindo
se ela está sorrindo eu sorrio também
tudo nela é bonito, tudo nela é verdade
e com ela eu acredito na felicidade.

http://www.youtube.com/watch?v=qC-SI2XSAMk (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXFDLVNJMlhTQU1r)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 09 de Fevereiro de 2010, 14:51
Obrigada pelo mimo, Lucineide!! Adorei, amiga!!
Bjs e carinhos!!
------------------------------------------------------------------------------------------(http://lh3.ggpht.com/_dA16yVa70Og/SbSouByi2lI/AAAAAAAABiM/M454hx97dbk/s800/090311.png)

(http://lh3.ggpht.com/_dA16yVa70Og/SbSoyrzwSjI/AAAAAAAABiY/d4Y68F-K400/s400/bd09031.png)

http://www.youtube.com/watch?v=zCkeyPyB73s (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXpDa2V5UHlCNzNz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 09 de Fevereiro de 2010, 23:41
(http://www.lendoesonhando.blogger.com.br/post_lya_final1.gif)

Sumi porque só faço besteira em sua presença, fico mudo
quando deveria verbalizar, digo um absurdo atrás do outro quando
melhor seria silenciar, faço brincadeiras de mau gosto e sofro
antes, durante e depois de te encontrar.
Sumi porque não há futuro e isso não é o mais difícil de
lidar, pior é não ter presente e o passado ser mais fluido que o ar.
Sumi porque não há o que se possa resgatar, meu sumiço é
covarde mas atento, meio fajuto meio autêntico, sumi porque
sumir é um jogo de paciência, ausentar-se é risco e sapiência,
pareço desinteressado, mas sumi para estar para sempre do seu
lado, a saudade fará mais por nós dois que nosso amor e sua
desajeitada e irrefletida permanência.
(Martha Medeiros)


http://www.youtube.com/watch?v=pe3wHhW0tf8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXBlM3dIaFcwdGY4)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Fevereiro de 2010, 11:46
(http://farm3.static.flickr.com/2231/2140365413_861c8abb2f.jpg)


BONS AMIGOS

Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!
Machado de Assis



http://www.youtube.com/watch?v=qA52MtiMtgI (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXFBNTJNdGlNdGdJ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Fevereiro de 2010, 12:08
(http://lh6.ggpht.com/_ZLCgCQ7cF5I/StXObzd1nKI/AAAAAAAAAsk/u67QMdoI0mM/s800/19.jpg)


Verdes são os campos

(Luís de Camões)

Verdes são os campos,
De cor de limão:
Assim são os olhos
Do meu coração.

Campo, que te estendes
Com verdura bela;
Ovelhas, que nela
Vosso pasto tendes,
De ervas vos mantendes
Que traz o Verão,
E eu das lembranças
Do meu coração.

Gados que pasceis
Com contentamento,
Vosso mantimento
Não no entendereis;
Isso que comeis
Não são ervas, não:
São graças dos olhos
Do meu coração.


http://www.youtube.com/watch?v=TeJb5ybq6P0 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVRlSmI1eWJxNlAw)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: lucineide.c em 10 de Fevereiro de 2010, 20:53


     Nosso Juramento
Gilliard

Não posso ver-te triste porque me mata
Teu semblante infeliz meu doce amor
Me causa pena o pranto que tu derramas
E se enche de angustia meu coração

Eu sofro mais que tudo se te entristeces
Não quero a incerteza ter faça chorar
Nós dois amor juramos eternamente
E se os mortos amam depois da morte amamos mais

Se eu morrer primeiro tu me promete
Sobre o meu peito inerte deixar cair
Todos prantos que mostra tua tristeza
Para que todos saibam do teu querer

Se morreres primeiro eu te prometo
Escreverei a história do nosso amor
Com minha alma cheia de sentimento
Escreverei com sangue com tinta sangue do coração

No poedo verte triste porque me mata porque me mata
No quiero que laguta te aga diorar
Nós dois amor juramos eternamente
E os mortos amam depois da morte amamos mais

Se morreres primeiro eu te prometo
Escreverei a história do nosso amor
Com minha alma cheia de sentimento
Escreverei com sangue com tinta sangue do coração



http://www.youtube.com/watch?v=SI0fN5UxhX0 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVNJMGZONVV4aFgw)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 14 de Fevereiro de 2010, 15:07
Lindo, Lucineide!!
Bjs e carinhos!!!
Helena
-----------------------------------------------------------------------------------------
(http://1.bp.blogspot.com/_6Vzb0b214zE/ShGkhdgIaTI/AAAAAAAABLU/2XCeP9kK6t8/s400/pescador+de+ilus%C3%B5es.jpg)

“Se não houver frutos,
Valeu a beleza das flores.
Se não houver flores,
Valeu a sombra das folhas.
Se não houver folhas,
Valeu a intenção das sementes.”

- Henfil -


http://www.youtube.com/watch?v=qzgU-KdNBcY (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXF6Z1UtS2ROQmNZ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 14 de Fevereiro de 2010, 15:17
(http://lh6.ggpht.com/_dA16yVa70Og/Sa3zFbnz_wI/AAAAAAAABds/AwpshwE1ZeI/s1280/040309.png)

http://www.youtube.com/watch?v=5E4mBoGX6Dw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTVFNG1Cb0dYNkR3)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Fevereiro de 2010, 14:06
(http://lh6.ggpht.com/mrlbarbosa8/SMVseLFIn7I/AAAAAAAAGFc/xEp1DfVoUOs/s800/i18.png)

Motivo

Cecília Meireles

Eu canto porque o instante existe
e a minha vida  está completa.
Não sou alegre nem sou triste :
sou poeta.

Irmão das coisas fugidias,
Não sinto gozo nem tormento.
Atravesso noites e dias 
no vento.

Se desmorono ou se edifico,
se permaneço ou me desfaço,
– não sei, não sei. Não sei se fico
ou passo.

Sei que canto. E a canção é tudo.
Tem sangue eterno e asa ritmada.
E um dia sei que estarei mudo:
– mais nada.



http://www.youtube.com/watch?v=yJqrQk9Ol48 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXlKcXJRazlPbDQ4)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Fevereiro de 2010, 14:09

(http://lh3.ggpht.com/_dA16yVa70Og/S2z4iltIu3I/AAAAAAAAD4I/KamcuU9M_OI/s800/06022.png)

http://www.youtube.com/watch?v=6Iapqgekl3I (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTZJYXBxZ2VrbDNJ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Fevereiro de 2010, 14:13
(http://lh5.ggpht.com/_dA16yVa70Og/SzqzPgywaII/AAAAAAAADiI/ZgTySNmmgp4/s1280/30123.png)

http://www.youtube.com/watch?v=Q1yTcfVkmpY (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVExeVRjZlZrbXBZ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Fevereiro de 2010, 14:16
(http://meninalori.files.wordpress.com/2008/01/out_0006.jpg)


CANÇÃO DE OUTONO

Perdoa-me, folha seca,
não posso cuidar de ti.
Vim para amar neste mundo,
e até do amor me perdi.

De que serviu tecer flores
pelas areias do chão,
se havia gente dormindo
sobre o própro coração?

E não pude levantá-la!
Choro pelo que não fiz.
E pela minha fraqueza
é que sou triste e infeliz.
Perdoa-me, folha seca!
Meus olhos sem força estão
velando e rogando áqueles
que não se levantarão...

Tu és a folha de outono
voante pelo jardim.
Deixo-te a minha saudade
- a melhor parte de mim.
Certa de que tudo é vão.
Que tudo é menos que o vento,
menos que as folhas do chão...
Cecília Meireles


http://www.youtube.com/watch?v=b9eQp-z2zjs (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWI5ZVFwLXoyempz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Fevereiro de 2010, 23:40
(http://lh3.ggpht.com/_LLTHlV_I9Vw/SZcdCd5aWaI/AAAAAAAAAzs/iVMlDDddf1Y/s512/877149_Flowers_and_butterfly.png)

Hoje me bateu um vazio,
uma saudade enorme de ti
Queria, te contar minhas coisas tolas
estas que ficam em rodopios na alma
Falar do tempo, dos passarinhos que cantam...
das flores que perfumam, te ler um poema de amor
Olhar teus olhos, através do meu amor fantasia,
Desenhado, rabiscado em minha alma,
Que não quero, que o tempo apague,
Hoje eu queria te dizer que se os meus olhos
não te veem e minha boca não te beija,
gosto mesmo assim de te amar...
 Hoje me bateu um vazio,
uma saudade enorme de ti ...


http://www.youtube.com/watch?v=3txJJchS4MA (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTN0eEpKY2hTNE1B)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Bluemoon em 20 de Fevereiro de 2010, 00:29
Querida amiga Helena, muita Paz...

Estava só a ver as mensagens recentes e reparei neste poema que achei muito bonito mesmo!

Eu já ia desligar o pc (pois tenho que levantar cedo) e reparei que tinha uma musica também e abri: que linda música amiga! que linda voz a cantora que a canta!

Já vou dormir com uma melodia bonita no ouvido! É para ter bons sonhos!!

Obrigada amiga por partilhar o poema e a musica tao melodiosa de se ouvir.

desejo-lhe um bom fim de semana e um bom descanso.

Muita Paz e muita Luz no seu coração...
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 20 de Fevereiro de 2010, 18:32
Bluemoon querida, fico muito feliz que tenha gostado, viu?!!
Obrigada por seu retorno carinhoso, amiga!
Bjs,
Helena
---------------------------------------------------------------------------------------

(http://lh4.ggpht.com/_dA16yVa70Og/S3S7DDtLHrI/AAAAAAAAD7Q/rs5hzRYUNG4/s800/12021.png)



http://www.youtube.com/watch?v=J6YEqYCpSaw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUo2WUVxWUNwU2F3)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Bluemoon em 20 de Fevereiro de 2010, 18:47
Olá querida amiga Helena, muita Paz...

Querida eu é que lhe agradeço por pertencer a este grupo de amigos que também são meus e seus!

Um beijo com carinho no seu coraçao amiga.

Fique na Paz de Deus...
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 20 de Fevereiro de 2010, 19:01
(http://lh3.ggpht.com/_eQa_BkP-ixQ/Sskh52QaMYI/AAAAAAAAE38/Na2_toz4BMI/s800/mensagem_0401.gif)


Não abandone a leveza dos seus gestos,
nem a suavidade de suas palavras
Para fingir força vã...

Não deixe de tocar as rosas imaginando-lhe os espinhos,
nem de se emocionar ao receber um carinho
Temendo parecer frágil...

Siga seu próprio modelo...
Seja sempre verdadeiro
Simples como a natureza
Apaixonado pela vida.


Acaricie em pensamento quem lembrar
Aceite a doçura extrema do som revigorante
Extraído dos lábios de quem pronunciar o seu nome


E que o vento possa levar-lhe a tristeza
Trazendo-lhe novos ares repletos de vida
Talvez ele até lhe sussurre baixinho
Garantindo que a solidão é imaginária

Haverá sempre alguém, sempre,
Em algum cantinho do mundo,
Torcendo por sua felicidade...


http://www.youtube.com/watch?v=ieRWKSqOTsA (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWllUldLU3FPVHNB)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Fevereiro de 2010, 15:25
(http://www.orizamartins.com/photo20050612163515.jpg)

Nunca te sintas em solidão... como esta árvore,

aparentemente solitária em plena imensidão,

lembra-te de que sempre haverá o sol para te abraçar e aquecer...

e mesmo após seu declínio no horizonte,

poderás contar com a companhia das estrelas,

plêiade de amigas a te acalentar desde o infinito.

Ninguém está só quando usufrui a presença das criaturas de Deus...


http://www.youtube.com/watch?v=48eL5Zmb1go (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTQ4ZUw1Wm1iMWdv)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 25 de Fevereiro de 2010, 20:09
(http://1.bp.blogspot.com/_6FJxW805m7Y/RnrHPZYrUAI/AAAAAAAAABk/ipVvwQ-Tfx4/s320/eus.gif)



Tenho em mim um amontoado de eus
e gosto de cada um deles esparramados dentro da minha alma
Nos meus sonhos, ou meus desejos...
Por vezes, sinto-me meio forasteira em mim
Andarilha, sem rumo, sem píer,
E por clichê, sem porto
no mar de ondas enormes dos meus pensamentos ,
ou em pleno mar calmo, sereno, sem ondas,
o meu mar manso...
Esta procura imensa, que nem mesmo sei o que é
faz sentir-me incompleta, imperfeita, falta algo
e por isto as minhas mutações, ou talvez esteja
ainda esteja completando-me !!!!
Mas eu sempre aviso, não me conheces pelo que me vês!
Pois as minhas outras, estão escondidas em alterações
Vez que outra, uma delas aparece rapidamente
Acelera a minha vida, ou acalma minha alma e
retorna a seu habitat dentro de mim
E eu volto a ser novamente o que tua achas que sou
(Sandra Mello)


http://www.youtube.com/watch?v=JO_t1soHbYE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUpPX3Qxc29IYllF)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 25 de Fevereiro de 2010, 20:17
(http://lh5.ggpht.com/_iWzP0uTovms/StZ8Mhlsw7I/AAAAAAAAApg/LsAqBd8lRNY/s512/rii.jpg)

Laço de gratidão

(http://lh6.ggpht.com/_kyyujIUho5Q/So_4bGLSzKI/AAAAAAAALKU/lzJeke-4HTI/L56.png)

Gostaria de escrever-lhes um bilhete de gratidão
Colher algumas flores e mirras
Margaridas, tulipas, dálias...
E enviá-las com todo meu coração

Gostaria de encher um cesto
Com potinhos de geléias de damasco
Potinhos de carinho e afeto
Com fitas brancas criar um laço

Um laço de amizade sincera
Alegria, união, paz
Respeito, admiração, bondade
Um laço que não se desfaz.

Arnalda Rabelo


http://www.youtube.com/watch?v=aV99ypbCidw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWFWOTl5cGJDaWR3)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Março de 2010, 15:30
(http://lh6.ggpht.com/_dA16yVa70Og/S1UQbVnHhUI/AAAAAAAADsE/7dyeXV2CMkA/s800/19011.png)

http://www.youtube.com/watch?v=umnFkURwitk (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXVtbkZrVVJ3aXRr)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Março de 2010, 15:36
(http://lh3.ggpht.com/_3-iMOm8hT4s/Sqpsef97UOI/AAAAAAAAABc/QQxN68Jdd_s/s800/11091.png)



http://www.youtube.com/watch?v=9JL2iJI0CcY (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTlKTDJpSkkwQ2NZ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 07 de Março de 2010, 10:40
(http://3.bp.blogspot.com/_Kpeov3_d-aU/Sz-pF_9621I/AAAAAAAAJqo/OJFK9oI4Kz0/S220/corrrente+do+bem.jpg)

Gratidão

Não é frase feita,
mas sentida,
por quem sabe
o que é o amor,
o carinho, a compaixão,
a solidariedade, a dor,
a tristeza.

Tudo isto
como coisas da Vida,
que nos contempla
ou nos entristece.

Nestas horas,
existem Amigos
e aparece a gratidão,
como uma virtude,
como uma atitude
que faz :
de amigos sempre,
a frase perfeita!

(José Manuel Brazão)


http://www.youtube.com/watch?v=hmDBcj5OYdo (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWhtREJjajVPWWRv)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 07 de Março de 2010, 11:48
(http://1.bp.blogspot.com/_Kpeov3_d-aU/S5FrwvAjLMI/AAAAAAAAMJM/4PocteD_b6s/s400/Amor+da+minha+vida.bmp)

Amo-te
como nunca amei!

O tempo passa
e no meu silêncio
amo a tua voz,
o teu pensamento,
o teu querer,
a tua paixão!

Vivemos
este amor ardente,
com admiração
um pelo outro,
com o desejo
de que o tempo pare
para nós saborearmos
este amor doce,
generoso
e carinhoso;
este amor único!

Seguiremos
nossos caminhos,
sempre unidos,
queridos,
como amantes
de uma só vida,
que nos uniu,
sorriu
e nos levará
até sempre,
ao pensamento
do meu e teu poema,
poema da nossa vida!

(José Manuel Brazão)


http://www.youtube.com/watch?v=VvvqZgMGYsY (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVZ2dnFaZ01HWXNZ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 07 de Março de 2010, 11:53
(http://1.bp.blogspot.com/_Kpeov3_d-aU/S5G9GbUskOI/AAAAAAAAMJU/w4V9AXT71GI/s400/Ressurgi+livre.JPG)

Ressurgi

Ressurgi na brandura da minha voz
(sim, da minha!)
Avizinhei-me da minha própria saudade
E beijei a esperança

O azedume escorreu-me por entre os dedos
Ficando num poema de desencanto
(desses que costumava escrever)

O refulgir do olhar
(do meu olhar)
Encosta-me à vida com a doçura dos novos dias
Agora, tudo é tão claro e colorido
Como um peito livre de palavras mórbidas

Vanda Paz


http://www.youtube.com/watch?v=xpMaKQ6msXo (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXhwTWFLUTZtc1hv)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 13 de Março de 2010, 15:59
(http://lh4.ggpht.com/_cU8HprV-d-U/SwC7DJgLXEI/AAAAAAAAA9c/RAis9rXZgFQ/s400/Charles%20C%5B1%5D.%20Curran%2C%201902.jpg)



Narciso se apaixonou pela rosa
que amava o lirio
que amava a hera
que namorava o amor-perfeito
mas morria de amores
pela primavera...



http://www.youtube.com/watch?v=sfGQNHu-FNE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXNmR1FOSHUtRk5F)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 13 de Março de 2010, 16:11
Como Se Fosse a Primavera

Composição: Pablo Milanés/Nicolas Guillén/Chico Buarque

(http://1.bp.blogspot.com/_XtS5V8YY7L4/SCN7j5CY8aI/AAAAAAAAEIk/OFHr6jZ5kl0/s400/06+Maio+2008+Roseiral+042.jpg)

De que calada maneira
Você chega assim sorrindo
Como se fosse a primavera
Eu morrendo
E de que modo sutil
Me derramou na camisa
Todas as flores de abril

Quem lhe disse que eu era
Riso sempre e nunca pranto?
Como se fosse a primavera
Não sou tanto
No entanto, que espiritual
Você me dar uma rosa
De seu rosal principal

De que calada maneira
Você chega assim sorrindo
Como se fosse a primavera
Eu morrendo
Eu morrendo


http://www.youtube.com/watch?v=8ATlLIV_sEA (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PThBVGxMSVZfc0VB)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Doniztti em 16 de Março de 2010, 11:57
Helena beatriz,da minha parte muito ti agradeço,por postares coisas tão lindas assim,onde podemos ter acesso,a tais maravilhas,muito lindo parabens.

Que a luz divina de cristo ilumine teu ser. 

abraços.
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Março de 2010, 13:41
Muito obrigada pelo retorno tão amável, Doniztti!! Fico muito feliz por vc ter gostado.
Com carinho e gratidão,
Helena
---------------------------------------------------------------------------------

O medo
A Antonio Candido

        "Porque há para todos nós um problema sério...
         Este problema é o do medo."
                   (Antonio Candido, Plataforma de Uma Geração)

(http://1.bp.blogspot.com/_c72K8qlg3Rw/STkaWN4p-5I/AAAAAAAAAJc/mrWNl5t6Av8/s400/medo.jpg)

Em verdade temos medo.
Nascemos escuro.
As existências são poucas:
Carteiro, ditador, soldado.
Nosso destino, incompleto.

E fomos educados para o medo.
Cheiramos flores de medo.
Vestimos panos de medo.
De medo, vermelhos rios
vadeamos.

Somos apenas uns homens
e a natureza traiu-nos.
Há as árvores, as fábricas,
Doenças galopantes, fomes.

Refugiamo-nos no amor,
este célebre sentimento,
e o amor faltou: chovia,
ventava, fazia frio em São Paulo.

Fazia frio em São Paulo...
Nevava.
O medo, com sua capa,
nos dissimula e nos berça.

Fiquei com medo de ti,
meu companheiro moreno,
De nós, de vós: e de tudo.
Estou com medo da honra.

Assim nos criam burgueses,
Nosso caminho: traçado.
Por que morrer em conjunto?
E se todos nós vivêssemos?

Vem, harmonia do medo,
vem, ó terror das estradas,
susto na noite, receio
de águas poluídas. Muletas

do homem só. Ajudai-nos,
lentos poderes do láudano.
Até a canção medrosa
se parte, se transe e cala-se.

Faremos casas de medo,
duros tijolos de medo,
medrosos caules, repuxos,
ruas só de medo e calma.

E com asas de prudência,
com resplendores covardes,
atingiremos o cimo
de nossa cauta subida.

O medo, com sua física,
tanto produz: carcereiros,
edifícios, escritores,
este poema; outras vidas.

Tenhamos o maior pavor,
Os mais velhos compreendem.
O medo cristalizou-os.
Estátuas sábias, adeus.

Adeus: vamos para a frente,
recuando de olhos acesos.
Nossos filhos tão felizes...
Fiéis herdeiros do medo,

eles povoam a cidade.
Depois da cidade, o mundo.
Depois do mundo, as estrelas,
dançando o baile do medo.

Carlos Drummond de Andrade
In A Rosa do Povo
José Olympio, 1945
© Graña Drummond


http://www.youtube.com/watch?v=A8Q9dlSAB0U (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUE4UTlkbFNBQjBV)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Doniztti em 19 de Março de 2010, 14:04
Helena vc esata muito chic com seus posters, lindos continue ,pessoas como vc enobrece o forum.
Muita paz no teu lindo coração.
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Março de 2010, 14:10
Você tem medo de quê?

(http://eddson.files.wordpress.com/2008/04/medo1.jpg)

Admita.
Você tem medo.
Medo de dar a cara à tapa.
Medo do próximo passo.
Medo do que os outros vão pensar.
Medo de dar tudo errado.
Medo de perder o controle.
Medo de nunca ter tido o controle.
Medo do porvir.
Medo de sentir culpa.
Medo de sentir.
É o medo que te corrompe.
Não há mal algum em sentir medo,
desde que isso não defina os seus dias.
O que há de melhor no mundo mora atrás do medo.
É preciso transpor seus medos para ter a recompensa do alívio,
para ganhar o presente do futuro.
O futuro não se constrói com medo.
Aliás, dizem que o futuro a Deus pertence...
E você só consegue tomar posse dele
quando se desapega do medo.
(Bianca de Viti)


http://www.youtube.com/watch?v=H8VTGTuJXi8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUg4VlRHVHVKWGk4)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: hcancela em 20 de Março de 2010, 11:10
Olá amigos(as)

DESILUSÃO

O telefone não emite sinal, emudeceu,

A canção é estarrecedora,

Respiração cessou,

Dor ensurdecedora.

 

O destino me magoou,

Resta apenas um silêncio infinito,

Minha lágrima secou,

Amar transformou-se em mito.

 

Deságua no lânguido rio, a desilusão,

 Buracos negros na alma são evidências,

Cegas emoções em meu coração,

Não poder te amar alimentou minhas carências.

 

À noite, insone, meu maior medo,

Lembranças da sua aveludada alma, de seu nobre coração,

Novela da vida real com um conhecido enredo:

Amar, amar, amar, e abraçar implacavelmente a solidão...

(João Rodrigo I. Matsumoto)


SAUDAÇÕES FRATERNAS

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 21 de Março de 2010, 20:52
Olá, amigo Cancela!!! Como é bom vê-lo por aqui!!
Um abração!
Helena
-----------------------------------------------------------------------------------

A ESTRELA

(http://croagfilliu.files.wordpress.com/2006/07/estrela.jpg)

Vi uma estrela tão alta,
Vi uma estrela tão fria!
Vi uma estrela luzindo
Na minha vida vazia.

Era uma estrela tão alta!
Era uma estrela tão fria!
Era uma estrela sozinha
Luzindo no fim do dia.

Por que da sua distância
Para a minha companhia
Não baixava aquela estrela?
Por que tão alta luzia?

E ouvi-a na sombra funda
Responder que assim fazia
Para dar uma esperança
Mais triste ao fim do meu dia.

(Manuel Bandeira)


http://www.youtube.com/watch?v=FChtutJc334 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUZDaHR1dEpjMzM0)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Março de 2010, 14:16
(http://h1.vibeflog.com/2006/07/17/20/3912583.jpg)


Eu sei

Eu sei,
você vai fugir, vai se esquivar
por ter medo de falar
coisas que eu não quero ouvir.
Eu sei,
você vai silenciar
sem saber que só aumenta
minha angustia de entender
o que se passa com você.
Também sei,
que o tempo vai passar
e selar nossas tristezas...
pondo as cartas sobre a mesa
vai fechando cicatrizes
mas a fenda que há por dentro
desta ausência tão sentida
ficará ampla , irrestrita
no meu peito para sempre
feito chaga que não cura
e sangra sempre em dias cinza.

Lúcia Gönczy


http://www.youtube.com/watch?v=-Due64sOcJU (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PS1EdWU2NHNPY0pV)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 22 de Março de 2010, 15:59

Olá!

Boa tarde, amiga Helena!
Estou só de visita!
Namasté
------

'Mont Saint Michel' ~ Mike Oldfield
http://www.youtube.com/watch?v=3iRZnk54d68&feature=player_embedded# (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTNpUlpuazU0ZDY4JmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZCM=)
--------------------

"Se desejardes olhar uma flor, olhai-a. Mas, só podeis olhá-la, se o pensamento não funciona no momento em que a estais olhando - pensamento na forma de conhecimentos quanto à espécie ou à cor da flor. Estais, então, imediata e diretamente em contato com a flor. Quando tal contato existe, não há "observador". O observador é o criador das imagens, e é ele que impede o contato direto com um fato, com uma flor, com a morte, ou com aquilo que chamamos "solidão"." (Krishnamurti)


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Março de 2010, 20:01
Olá, dim-dim!! Ah, amigo, como é bom vê-lo por aqui!!
Sempre bem-vindo!
Carinhos,
Helena
------------------------------------------------------------------------------------
(http://lh6.ggpht.com/_xxd966PFcGY/SSQ3a2eG2SI/AAAAAAAABsc/kO_5gQFclHM/s400/236.png)


Ąђ!Ŧєlίcίđαđє!

É rєcσทђєcєr qυє α νίđα
έ σ мαίѕ ναlίσѕσ ρrєѕєทтє,
£αçσѕ đє тσđαѕ αѕ cσrєѕ
α єทνσlνєr α νίđα đα gєทтє.
Є cαđα đία έ υм мίlαgrє
Cαđα мαทђã υмα ทσνα ѕємєทтє
Є σ qυє ναlє α ρєทα мєѕмσ
É αмαr α νίđα...ѕίмρlєѕмєทтє!


http://www.youtube.com/watch?v=mIiajaIVWEc (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW1JaWFqYUlWV0Vj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 23 de Março de 2010, 19:45
(http://lh5.ggpht.com/adriasneves/SM8Gtt0XYuI/AAAAAAAABNc/B1oY0tCpJfU/s800/66np2iu.png)

  

    O Beija-Flor

    O verde beija-flor, rei das colinas,
    Vendo o rocio e o sol brilhante
    Luzir no ninho, trança d'ervas finas,
    Qual fresco raio vai-se pelo ar distante.

    Rápido voa ao manancial vizinho,
    Onde os bambus sussurram como o mar,
    Onde o açoká rubro, em cheiros de carinho,
    Abre, e eis no peito úmido a fuzilar.

    Desce sobre a áurea flor a repousar,
    E em rósea taça amor a inebriar,
    E morre não sabendo se a pode esgotar!

    Em teus lábios tão puros, minha amada,
    Tal minha alma quisera terminar,
    Só do primeiro beijo perfumada!

                                                  Leconte de Lisle
                                        Tradução de D. Pedro II Brasil, filho de D. Pedro I (BR) ou Pedro IV (Portugal) (*)

    ___________
    (*)Tradução de Le Colibri, in Poesias completas de D. Pedro II: originais e traduções, sonetos do exílio, autênticas e apócrifas. Prefácio de  Medeiros e Albuquerque. Rio de Janeiro: Guanabara, 1932. Poema integrante da série Versões.


http://www.youtube.com/watch?v=uQoKf-t0d-4 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXVRb0tmLXQwZC00)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 25 de Março de 2010, 13:50
(http://3.bp.blogspot.com/_zTYxOZYsDcM/SyBw7F2cr0I/AAAAAAAAJng/QF0iG4QVl2Y/s400/maeefilho2.jpg)

"Em meio à confusão de minha mente te procurei sem saber que já estava longe de tua presença querida.

Assim fiquei só, com meus pensamentos e o silêncio veio habitá-los, como uma nova morada de paz.

Apenas por lembrá-la, fez com que novo rumo se mostrasse diante de mim, iluminando a estrada que agora deveria percorrer.

Doce paz de meus dias, mãe amada, que tantas vezes me embalou em meio às tristezas da vida.

Sinto-te através das preces que a mim envias e agradeço a Deus por ter sido nessa existência teu filho.

Muito... sei que devo aprender a caminhar com meus próprios pés, na vida que me chama.

Aprender as lições que preciso compreender, para um dia estar preparado para recebê-la e retribuir-lhe todo carinho e amparo que sempre me deste.

O amor não tem limites e o bem maior de amar é compreender o quanto erramos e que através do arrependimento damos o primeiro passo para alcançar a paz interior.

Anjos nos esperam, com mãos de luz, para sempre amparar os que através da transformação íntima encontram o verdadeiro caminho de Deus.

Querida mãe, receba meu abraço e minha eterna gratidão".


Assinado : Adalberto (psicografia)


http://www.youtube.com/watch?v=54cnV6UeV2g (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTU0Y25WNlVlVjJn)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Março de 2010, 11:27
(http://lh6.ggpht.com/_NFrbzf10DBY/SdArqRcEn0I/AAAAAAAADnQ/ohAfwKrblbw/s800/1966520xs203j0e2v.png)

Para quem, nos felinos, aprecia,
a beleza, o carisma, o fino trato,
um simples gato pode ser poesia...

         
        1
        Chegando devagarinho,
        o gato leva o silêncio
        ao canto do passarinho.

2
O amor indiscreto
dos gatos de rua
ofende a pureza da lua?

        3
        Na mesa posta,
        o gato se lambe
        porque se gosta.

4
Um pulo de gato,
gracioso e exato,
qual verso no ar...

        5
        Tapeando a rosa,
        o gato antegoza
        ciúmes do beija-flor...

6
O rabo do gato no muro
descreve uma interrogação
que insulta o cachorro no chão.

        7
        No rastro do rato,
        o gato, sem bulha,
        mergulha no mato.

8
Os olhos do gato preto,
repiscam no negrume,
namorando o vagalume.

        9
        Gato gaiato,
        bola de pelo,
        rola o novelo.

10
A gata dengosa no cio,
olhando o telhado vazio,
parece gemer sete vidas.


11
Resta vaga magia
quando o gato afia
as unhas no tapete.
12
A tarde se fica,
enquanto o gato
dorme na bica.

        13
        Na poça de rua,
        um gato bebendo
        o brilho da lua.

        14
        Do gato, restou o ronronado;
        mas do canário, coitado,
        apenas as penas.

15
No contrazul da janela,
qual nuvem no contravento,
gato branco passa lento...
16
Um gato vadio
miando no frio:
assim me sinto.


        17
        Olhar de gato,
        mesmo com sono,
        ainda decifra o dono.
        18
        Na rua antiga, cena de aquarela,
        em cores triviais de tarde morna;
        a madorna dum gato na janela.

19
O olhar da gata persa
conta uma estória inversa
das mil e uma noites.
20
Um gato pardo de andar
esguio e desafio
no olhar de esfinge.

         
        21
        Por causa dum gato,
        sem dono nem sono,
        perdi meu sapato.

        Bartolomeu Correia de Melo


http://www.youtube.com/watch?v=K9KQzxAuKlg (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUs5S1F6eEF1S2xn)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Março de 2010, 12:02
(http://alegrao.files.wordpress.com/2007/07/gato-01.jpg)


Poema para os gatos

Silêncio,
eis a tarefa
de todos os gatos.
Poucos sabem perscrutar
(talvez ninguém em plenitude)
o grau de solidão necessária
ao saber auto suficiente
para ser felino e doméstico
em sua tarefa de monge
guardião do inextricável
em quem o homem não percebe
a metafísica natural,
recolhimento
saber
sensualidade
e aceitação.

(Artur da Távola)


http://www.youtube.com/watch?v=8DVPWEBztWE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PThEVlBXRUJ6dFdF)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Marli Pacheco em 28 de Março de 2010, 03:31
Boa noite Helena, boa noite amigos....



 Felicidade Realista
 

A princípio, bastaria ter saúde, dinheiro e amor, o que já é um pacote louvável, mas nossos desejos são ainda mais complexos.
Não basta que a gente esteja sem febre: queremos, além de saúde, ser magérrimos, sarados, irresistíveis. Dinheiro? Não basta termos para pagar o aluguel, a comida e o cinema: queremos a piscina olímpica e uma temporada num spa cinco estrelas.
E quanto ao amor? Ah, o amor... não basta termos alguém com quem podemos conversar, dividir uma pizza e fazer sexo de vez em quando. Isso é pensar pequeno: queremos AMOR, todinho maiúsculo. Queremos estar visceralmente apaixonados, queremos ser surpreendidos por declarações e presentes inesperados, queremos jantar à luz de velas de segunda a domingo, queremos sexo selvagem e diário, queremos ser felizes assim e não de outro jeito.
É o que dá ver tanta televisão. Simplesmente esquecemos de tentar ser felizes de uma forma mais realista. Ter um parceiro constante, pode ou não, ser sinônimo de felicidade. Você pode ser feliz solteiro, feliz com uns romances ocasionais, feliz com um parceiro, feliz sem nenhum.
Não existe amor minúsculo, principalmente quando se trata de amor-próprio.
Dinheiro é uma benção. Quem tem, precisa aproveitá-lo, gastá-lo, usufruí-lo. Não perder tempo juntando, juntando, juntando. Apenas o suficiente para se sentir seguro, mas não aprisionado. E se a gente tem pouco, é com este pouco que vai tentar segurar a onda, buscando coisas que saiam de graça, como um pouco de humor, um pouco de fé e um pouco de criatividade.
Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar o improvável. Fazer exercícios sem almejar passarelas, trabalhar sem almejar o estrelato, amar sem almejar o eterno.
Olhe para o relógio: hora de acordar. É importante pensar-se ao extremo, buscar lá dentro o que nos mobiliza, instiga e conduz mas sem exigir-se desumanamente. A vida não é um jogo onde só quem testa seus limites é que leva o prêmio.
Não sejamos vítimas ingênuas desta tal competitividade. Se a meta está alta demais, reduza-a. Se você não está de acordo com as regras, demita-se. Invente seu próprio jogo. Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade. Ela transmite paz e não sentimentos fortes, que nos atormenta e provoca inquietude no nosso coração.
Isso pode ser alegria, paixão, entusiasmo, mas não felicidade."
 

Mario Quintana
 
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 30 de Março de 2010, 22:49
Boa noite, Pacheco!!
Obrigada, por sua atenciosa colaboração.
Carinhos,
Helena
-----------------------------------------------------------------------------------
(http://img511.imageshack.us/img511/7341/minha027vi4.gif)

Aqui, nesta floresta de sentidos perenes
Onde o geo-silêncio acorda e geme em tormentas
Aqui, neste deserto de raízes secas e expostas
O sal e a espuma criam e recriam formas de sentimentos e luz
Aqui, na profundidade abissal dos sonhos
Há de existir um tesouro de cadências e estrelas ainda por abrir
Aqui, onde a inúbia desgarra a serenidade e ecoa no horizonte
Encontro o esqueleto enterrado do tempo e suas espúrias horas
Aqui, não há mais que portas e janelas, ora abertas, ora fechadas
E a paisagem é uma sombra que metaboliza a razão das coisas
Aqui, onde o desencontro das certezas é uma dádiva
Não há lugar para a agonia das marés vazantes das saudades
Aqui , neste recôndito espaço do éter, o caos é um instantes de constelações
E deambulam os desejos e as poesias livres como cavalos selvagens
Aqui dentro da minha alma...
Flavio Pettinichi


http://www.youtube.com/watch?v=rBD6npHyO3g#noexternalembed (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXJCRDZucEh5TzNnI25vZXh0ZXJuYWxlbWJlZA==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 30 de Março de 2010, 22:58
(http://bp0.blogger.com/_wH_hWEYCa1c/SAyxszxvmMI/AAAAAAAADsQ/vhasnGtVJAI/s400/CalKulCover.jpg)

QUEM SERIA EU ?

Quem seria eu
se você não fosse
o sal do meu tempero
das amargas lembranças, o doce ?

Canção companheira
das tardes, noites e dias
uma nota que faz a harmonia
na dissonância de minhas melodias?

Do agitado oceano de prantos
a âncora e um porto seguro
das tempestades do escuro passado
minha luz do presente e do futuro ?

Presença constante e amiga
que prá minha solidão foi a despedida
um bálsamo para o meu coração
amor da minha vida !!!

Men@


http://www.youtube.com/watch?v=pbWNZ7ayJOo#noexternalembed (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXBiV05aN2F5Sk9vI25vZXh0ZXJuYWxlbWJlZA==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: MAROCHA em 31 de Março de 2010, 01:25
Oi HELENA !  BOA NOITE !

  Adorei essa poesia !

  ABRAÇOS !

     Marocha
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: MAROCHA em 31 de Março de 2010, 01:49
Linda Helena também, aquela mensagem do filho desencarnado para sua

 adorada mãezinha,  mostrando  "UM AMOR SEM LIMITE"  num lindíssimo vídeo cantando

Roberto Carlos  tão linda música e letra um amor sem limite.... E o vídeo mostra

cenas do Timor e seus habitantes e uma mensagem também pra eles dias melhores....

 Simplesmente belo e emocionante !

   Abraços Helena!

     Marocha
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 01 de Abril de 2010, 15:17

Olá!

Boa tarde, amiga Helena!
Cá estou eu... a deixar música e poesia!
Adeus amiga!! Namasté
---------

PINK FLOYD HIGH HOPES (TRADUÇÃO)
http://www.youtube.com/watch?v=7ace9doAlgA#noexternalembed&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTdhY2U5ZG9BbGdBI25vZXh0ZXJuYWxlbWJlZCZhbXA7ZmVhdHVyZT1yZWxhdGVk)
------------

Cecília Meireles
NOTURNO

Quem tem coragem de perguntar, na noite imensa?
E que valem as árvores, as casas, a chuva, o pequeno transeunte?

Que vale o pensamento humano,
esforçado e vencido,
na turbulência das horas?

Que valem a conversa apenas murmurada,
a erma ternura, os delicados adeuses?

Que valem as pálpebras da tímida esperança,
orvalhadas de trêmulo sal?

O sangue e a lágrima são pequenos cristais sutis,
no profundo diagrama.

E o homem tão inutilmente pensante e pensado
só tem a tristeza para distingui-lo.

Porque havia nas úmidas paragens
animais adormecidos, com o mesmo mistério humano:
grandes como pórticos, suaves como veludo,
mas sem lembranças históricas,
sem compromissos de viver.

Grandes animais sem passado, sem antecedentes,
puros e límpidos,
apenas com o peso do trabalho em seus poderosos flancos
e noções de água e de primavera nas tranqüilas narinas
e na seda longa das crinas desfraldadas.

Mas a noite desmanchava-se no oriente,
cheia de flores amarelas e vermelhas.
E os cavalos erguiam, entre mil sonhos vacilantes,
erguiam no ar a vigorosa cabeça,
e começavam a puxar as imensas rodas do dia.

Ah! o despertar dos animais no vasto campo!
Este sair do sono, este continuar da vida!
O caminho que vai das pastagens etéreas da noite
ao claro dia da humana vassalagem!


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 01 de Abril de 2010, 21:58
Obrigada, amigos queridos, pelo retorno, pelo carinho, pelas visitas tão benfazejas!
Adorei!!
Carinhos,
Helena
---------------------------------------------------------------------------------
(http://lh5.ggpht.com/_rdRPP-luqVk/S7S_THUkx-I/AAAAAAAAAMQ/5HnK_FF7pdY/s400/OQAAACT0gZQ_ck_TlhMma4bwo7ZYemPfb07bRN1C9ZBSD1CgcQB2W3OF5uL8ml0AUKQM2Tsx73EBZNuT2FuB1QKhU8UAm1T1UKa87PtMleJm3ZOoSKGTLAnXHBIW.jpg)

DANÇA COMIGO ?

Dança comigo ?
se não souber os passos te ensino
e se pisar nos meus pés, juro não ligo !

Dança comigo ?
cole o teu rosto neste homem menino
e o deixe encontrar no teu corpo um abrigo !

Dança comigo?
una ao meu terno o teu lindo vestido
faça eu sentir que sou mais que um amigo !

Dança comigo ?
e eu te prometo que nunca termino
esse louco caso de amor que tenho contigo !

Men@


http://www.youtube.com/watch?v=DmoOx0omJHg#noexternalembed (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PURtb094MG9tSkhnI25vZXh0ZXJuYWxlbWJlZA==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 01 de Abril de 2010, 22:11
(http://lh6.ggpht.com/_dA16yVa70Og/S67zBJMvjOI/AAAAAAAAETc/5XIJx07U1V0/s800/27034.png)

http://www.youtube.com/watch?v=NPXieYSVrlw#noexternalembed (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU5QWGllWVNWcmx3I25vZXh0ZXJuYWxlbWJlZA==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Abril de 2010, 13:25
(http://2.bp.blogspot.com/_IbBDJS2UfyE/Sh2Lz-y7x2I/AAAAAAAABjE/0rvOtzm14jk/s320/heal-world.jpg)


"CURE O MUNDO "

Há um lugar em seu coração

E eu sei que é amor

E esse lugar poderia ser

Muito mais brilhante que amanhã

E se você realmente tentar

Saberá que não é preciso chorar

Nesse lugar você vai sentir

Que não há dor ou sofrimento

Existem maneiras de se chegar lá

Se você se importa o suficiente pelo que é vivo

Abra um pequeno espaço

Faça um lugar melhor

Cure o mundo

Faça dele um lugar melhor

Pra você e para mim

E para a humanidade inteira

Há pessoas morrendo

Se você se importa o suficiente pelo que é vivo

Faça deste um lugar melhor

Para você e para mim

Se você quer saber porque

Há amor que não pode mentir

O amor é forte

Só se importa em oferecer com alegria

Se tentarmos, veremos

Nesta felicidade que não podemos sentir

Medo ou pavor

Paramos de existir e começamos a viver

Então parece que sempre

O amor é o suficiente para que cresçamos

Então faça um mundo melhor

Faça um mundo melhor...

Cure o mundo

Faça dele um lugar melhor

Pra você e para mim

E para a humanidade inteira

Há pessoas morrendo

Se você se importa o suficiente pelo que é vivo

Faça deste um lugar melhor para você e para mim

E o sonho no qual fomos concebidos

Revelará um rosto cheio de alegria

E o mundo no qual acreditamos uma vez

Brilhará novamente em graça

Então porque continuamos a matar a vida

A ferir esta Terra, a crucificar sua alma

Embora seja fácil de ver

Esse mundo é paradisíaco

Seja a luz de Deus

Poderíamos voar tão alto

Nunca deixar nossos espiritos morrerem

Em meu coração, sinto que são todos irmãos

Criar um mundo sem medo

Juntos choraremos lágrimas de felicidade

Ver as nações transformarem suas armas em arados

Nós podemos mesmo chegar lá

Se você se importasse o suficiente com o que é vivo

Abra um pequeno espaço

Faça um lugar melhor...

Cure o mundo

Faça dele um lugar melhor

Pra você e para mim

E para a humanidade inteira

Há pessoas morrendo

Se você se importa o suficiente com o que é vivo

Faça deste um lugar melhor para você e para mim

Cure o mundo

Faça dele um lugar melhor

Para você e para mim

E para a humanidade inteira

Há pessoas morrendo

Se você se importa o suficiente com o que é vivo

Faça deste um lugar melhor para você e para mim

Cure o mundo

Faça dele um lugar melhor


http://www.youtube.com/watch?v=2xBmbKM_A-w (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTJ4Qm1iS01fQS13)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Abril de 2010, 13:28

Doce Sonhos

(http://1.bp.blogspot.com/_IbBDJS2UfyE/SpM3J5bAEwI/AAAAAAAABnk/tLf2SpH4TLE/s320/1216477401_nas_asas_do_vento_norte_ou_sul.jpg)

Doces sonhos produzem isso
Quem sou eu pra desacreditar?
Viajando o mundo e os sete mares
Todos estão procurando por algo
Alguns deles querem te usar
Alguns deles querem ser usados por você
Alguns deles querem abusar de você
Alguns deles querem ser abusados por você
*
Doces sonhos produzem isso
Quem sou eu pra desacreditar?
Viajando o mundo e os sete mares
Todos estão procurando por algo

*
Se eu quero usar você
Ou abusar de você?
Eu quero saber o que há dentro de você
*
Mexa-se
Mexa-se
Mexa-se
Mexa-se
Mexa-se
Mexa-se
MEXA-SE!

(Shimada)


http://www.youtube.com/watch?v=ve9GI_CTWbU (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXZlOUdJX0NUV2JV)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 05 de Abril de 2010, 14:59
O auto retrato – Mário Quintana

(http://4.bp.blogspot.com/_kU4pom1cHe8/Sz9WRb1xPvI/AAAAAAAAB08/X-flUZixcic/s400/eu_2.jpg)

 No retrato que me faço
- traço a traço -
às vezes me pinto nuvem,
às vezes me pinto árvore...
às vezes me pinto coisas
de que nem há mais lembrança...
ou coisas que não existem
mas que um dia existirão...
e, desta lida, em que busco
- pouco a pouco -
minha eterna semelhança,
no final, que restará?
Um desenho de criança...
Terminado por um louco!

(Mário Quintana)


http://www.youtube.com/watch?v=fRTU0z-xu0o (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWZSVFUwei14dTBv)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: lucineide.c em 07 de Abril de 2010, 22:44
Boa noite querida amiga, aqui vai um video com uma música maravilhosa.

http://www.youtube.com/watch?v=D1YEJk5WtZE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUQxWUVKazVXdFpF)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Abril de 2010, 17:31
Oi, Lucineide querida! Sempre bem-vinda! Obrigada por sua contribuição!
Bjs e carinhos,
Helena
---------------------------------------------------------------------------------
(http://lh3.ggpht.com/mayumi.mar/R79Sn_0wOwI/AAAAAAAACEE/zu8rAWTmzUw/s400/345534097.gif)

LÁGRIMA

A lágrima
cai dos olhos
rola na face
transborda a emoção,
na alegria do encontro
na dor da separação.
Marcada no lenço
guarda a saudade
do tempo passado
na felicidade ou desilusão.
A lágrima verte
da alma feliz
do coração sofrido;
enfim ela bendiz
o alivio do corpo
do bem que se quis.

AMARILIS PAZINI AIRES


http://www.youtube.com/watch?v=wLgtDYEit0c&feature=PlayList&p=4CECC8F5F84806DB&playnext_from=PL&playnext=1&index=20 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXdMZ3REWUVpdDBjJmFtcDtmZWF0dXJlPVBsYXlMaXN0JmFtcDtwPTRDRUNDOEY1Rjg0ODA2REImYW1wO3BsYXluZXh0X2Zyb209UEwmYW1wO3BsYXluZXh0PTEmYW1wO2luZGV4PTIw)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 13 de Abril de 2010, 16:37
(http://lh3.ggpht.com/valbehannah/SMgBwbGVdSI/AAAAAAAAA6k/jEltMFY3LZE/s800/3.png)

http://www.youtube.com/watch?v=nC-pTIfE37Q (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW5DLXBUSWZFMzdR)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Abril de 2010, 13:23
(http://lh5.ggpht.com/_dA16yVa70Og/S8vniFbZBTI/AAAAAAAAEfo/L9PJtBQ-4xs/s800/18043.png)

(http://lh4.ggpht.com/_PE_qdG1YUiE/SgZcQc8ATCI/AAAAAAAADoQ/hbZIqkLo9GA/OgAAAPP49nBt41z_P7Z8BRx9r6NNAciVBbB0vR40yftWGIkjHPRI8MeLO9E7vgHkB8dM6M3KgupcswighRVultqkJWEAm1T1UGM4bzT_lkhOyJzKWbDAeaKtdrnq.jpg)

http://www.youtube.com/watch?v=O-9TRG_4A5o (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU8tOVRSR180QTVv)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 23 de Abril de 2010, 14:41

(http://www.wiltonjr.com/images/d8791d926bee_8631/2503693296_fc835736d4.jpg)

Se és grande...
Se és grande, lembra-te dos pequenos;
Se és forte, ampara os fracos;
Se és poderoso, defende os humildes;
Se és rico, pensa nos pobres e famintos;
Se és bom, amisera-te dos maus;
Se és justo, compadece-te dos iníquos;
Se és sábio, interessa-te pelos ignorantes;
Se és puro, apiada-te dos viciados;
Se és livre, condói-te dos escravos;
Se estás com Deus e O conheces, deplora e penaliza-te dos que O desconhecem e não percebem a Sua presença.
Se, porém não te lembras dos pequenos, nem amparas os fracos, nem defendes os humildes, nem pensas nos pobres, nem te amiseras dos maus, nem te compadeces dos viciados, nem te condóis dos escravos, nem deploras, nem te penalizas dos que desconhecem Deus - realmente não és grande, nem forte, nem poderoso, nem rico, nem bom, nem justo, nem sábio, nem puro, nem livre; e, finalmente, não é verdade tão-pouco que conheces Deus e sentes a Sua divina presença.


http://www.youtube.com/watch?v=pRDIggpHL-w&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXBSRElnZ3BITC13JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 24 de Abril de 2010, 18:08
Eis aqui um poema de Inês de Castro, psicografado por Chico Xavier, que consta do livro " mensagens de Inês de Castro" .


Alfabeto de Estrelas

Roguei à fonte que me desse
Algum desses poemas imortais,
Mas a fonte me disse que podia
Afastar-me da sede e nada mais.
Pedi à brisa me envolvesse o anseio
Nesse poema assim profundo,
E a brisa respondeu, alígera e singela,
Que Deus unicamente dera a ela
O poder de acalmar o calor do verão,
Quando o verão quisesse incendiar o mundo.
Então sob a fadiga da procura
Na longa caminhada
Dormi na própria estrada
E cheguei a sonhar
Que vinhas do mais Alto,
De longe, muito longe,
Da imensidão celeste.
E me trouxeste, oh! Soberano Amado,
O excelso poema inexplicado.
Nada disseste pelo verbo humano,
Mas me entregaste, amado soberano,
O poema divino em versos dos mais sábios,
Na esplendente nudez dos próprios lábios.
Então senti, precipitadamente,
Que o poema esperado
Estava todo escrito em vibrações sublimes,
Em altas vibrações,
E eu para entendê-las
Fazia inesperadamente em mim
Um alfabeto de estrelas.

(Poema do espírito de Inês de Castro, recebido por Francisco Cândido Xavier, extraído do livro Mensagens de Inês de Castro, Ed. GEEM)


http://www.youtube.com/watch?v=S-uLWJWi0Mw&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVMtdUxXSldpME13JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 24 de Abril de 2010, 18:29
Manuel Bandeira, religioso e humilde e pleno de ternura:

Fiz tantos versos a Teresinha...
Versos tão tristes, nunca se viu!
Pedi-lhe coisas. O que eu pedia
Era tão pouco! Não era glória...
Nem era amores... Nem foi dinheiro...
Pedia apenas mais alegria:
Santa Teresa nunca me ouviu!

Para outras Santas voltei os olhos.
Porém as Santas são impassíveis
Como as mulheres que me enganaram.
Desenganei-me das outras Santas
(Pedi a muitas, rezei a tantas)
Até que um dia me apresentaram
A Santa Rita dos Impossíveis.

Fui despachado de mãos vazias!
Dei volta ao mundo, tentei a sorte.
Nem alegrias mais peço agora,
Que eu sei o avesso das alegrias.
Tudo o que viesse, viria tarde!
O que na vida procurei sempre
— Meus impossíveis de Santa Rita —
Dar-me-eis um dia, não é verdade?
Nossa Senhora da Boa Morte!


http://www.youtube.com/watch?v=RttPjD719Lw&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVJ0dFBqRDcxOUx3JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)

 

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Abril de 2010, 14:09
(http://lh5.ggpht.com/_VrNUwj2_4Y0/S9RE9h3aLKI/AAAAAAAAABo/kOfyztd7FWc/s400/menina%20com%20flores.jpg)

Estão voltando as flores

Composição: Paulo Soledade

Vê, estão voltando as flo....res
Vê, nessa manhã tão lin....da
Vê, como é bonita a vi.....da
Vê, há esperança ain......da

Vê, as nuvens vão passan......do
Vê, um novo céu se abrin......do
Vê, o sol iluminan.....do

Por onde nós vamos indo
Por onde nós vamos indo.


http://www.youtube.com/watch?v=fSLhVIjvNls&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWZTTGhWSWp2TmxzJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: sheila_cap em 28 de Abril de 2010, 00:49
"Sorria. Mas não se esconda atrás deste sorriso.
Mostre aquilo que você é.
Sem medo.
Existem pessoas que sonham.
Viva, tente.
Felicidade é o resultado desta tentativa.

Ame acima de tudo.
Ame a tudo e a todos.
Não faça dos defeitos uma distância e sim uma aproximação.

Aceite.
A vida, as pessoas.
Faça delas a sua razão de viver.
Entenda os que pensam diferentemente de você.
Não os reprove.

Olhe à sua volta, quantos amigos...
Você já tornou alguém feliz?
Ou fez alguém sofrer com o seu egoísmo?

Não corra... Para que tanta pressa?
Corra apenas para dentro de você.
Sonhe, mas não transforme esse sonho em fuga.
Acredite! Espere! Sempre deve haver uma esperança.
Sempre brilhará uma estrela.

Chore! Lute! Faça aquilo que você gosta.
Sinta o que há dentro de você.
Ouça... Escute o que as pessoas têm a lhe dizer.
É importante.
Faça dos obstáculos degraus para aquilo que você acha supremo.
Mas não esqueça daqueles que não conseguiram subir a escada da vida.

Descubra aquilo de bom dentro de você.
Procure acima de tudo ser gente.
Eu também vou tentar.

Hei, você... Não vá embora.
Eu preciso lhe dizer que você pode e deve ser feliz...
Porque você existe!"

Cris Passinato
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 06 de Maio de 2010, 21:06
Que linda poesia, Sheila!! Adorei!!
Bjs,
Helena
-------------------------------------------------------------------------------

(http://lh4.ggpht.com/_Fo2RUTdg--4/S-HnfrGw0qI/AAAAAAAAARU/DHhaORhRFF0/s640/cats6.jpg)

http://www.youtube.com/watch?v=Mb_JEtJSFxU&feature=player_embedded (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU1iX0pFdEpTRnhVJmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZA==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 06 de Maio de 2010, 21:20
(http://lh4.ggpht.com/_bFf7khnzgBI/S-K8JMgFzBI/AAAAAAAAACQ/2TG_WpqD4tI/s400/girl.jpg)

Debruçada


Vivo debruçada na janela...
Com meus olhos distantes
As vezes bem sorridentes,
Outras nem tanto...
Percorrendo sonhos e realidades
Preencho assim meu precioso tempo
Com as lindas flores que colho,
De um mágico e secreto jardim,
Vou enfeitando algumas vidas

Para dentro do meu castelo,
Trago-as todas as manhãs
Pois acredito que florindo tudo,
Todos os cantos deste lugar,
Enchendo-os de suave perfume,
A luz do sol também entrará
Através da minha poesia.



http://www.youtube.com/watch?v=aaeRGCyxtMk&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWFhZVJHQ3l4dE1rJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 07 de Maio de 2010, 21:24
(http://omeualentejo.blogs.sapo.pt/arquivo/estrelas.jpg)

"Ora (direis) ouvir estrelas! Certo
Perdeste o senso!" E eu vos direi, no entanto,
Que, para ouvi-Ias, muita vez desperto
E abro as janelas, pálido de espanto ...

E conversamos toda a noite, enquanto
A via láctea, como um pálio aberto,
Cintila. E, ao vir do sol, saudoso e em pranto,
Inda as procuro pelo céu deserto.

Direis agora: "Tresloucado amigo!
Que conversas com elas? Que sentido
Tem o que dizem, quando estão contigo?"

E eu vos direi: "Amai para entendê-las!
Pois só quem ama pode ter ouvido
Capaz de ouvir e de entender estrelas."
(Olavo Bilac)




http://www.youtube.com/watch?v=nkvLq0TYiwI (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW5rdkxxMFRZaXdJ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 08 de Maio de 2010, 14:37
(http://www.saltoquantico.blog.br/wp-content/uploads/2010/05/A-Luz-do-Palco.jpg)

A Luz do Palco.

por Delano Mothé.

Os sentimentos são eles mesmos, aqui ou alhures;
As emoções iguais se revelam, em fulano ou cicrano.

Um olhar de desilusão é o próprio desalento,
em qualquer par de olhos.

Um sorriso aberto é a alegria estampada,
independente de que boca o espelhe.

Um coração resplandecendo: nada mais que o amor,
que reluz na pele e cintila nos olhos, em qualquer recanto.

Protagonistas são eles, os sentimentos;
Eu, mero cenário, figurante, plateia?…

Que teatro é esse armado dentro do peito?
O papel que me cabe é o de ser apenas palco?…

Não!
Quero me fazer sentir,
Representando o roteiro do coração!
Brilhando e fazendo brilhar!
Interpretando a Vida em suma essência!
Vivendo a própria consciência!…

(Poema composto originalmente em 10 de janeiro de 1998, com as devidas adaptações e aprimoramentos conceituais, de 04 de maio de 2010, propiciados por nossa Bendita Escola Espiritual-Cristã de Sabedoria e Felicidade.)


http://www.youtube.com/watch?v=u3RsEcghGjI (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXUzUnNFY2doR2pJ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 08 de Maio de 2010, 15:17
(http://lh5.ggpht.com/_XRun51P21-U/S-NjqZa05LI/AAAAAAAABbA/kwsJ9q5Jkv0/porque.jpg)(http://lh4.ggpht.com/_XRun51P21-U/S-Ng8kaa9mI/AAAAAAAABeI/XfTMJFNfmL0/s512/porque_t.jpg)

http://www.youtube.com/watch?v=z4NWvY0lbto&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXo0Tld2WTBsYnRvJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 18 de Maio de 2010, 16:09
(http://lh5.ggpht.com/_oMUqpYlLPdI/SqpZxtF41HI/AAAAAAAAChc/P-EVWkKRaHU/s800/364%20c%C3%B3pia.png)


http://www.youtube.com/watch?v=SQJOr3cXul4 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVNRSk9yM2NYdWw0)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 18 de Maio de 2010, 23:47
(http://lh4.ggpht.com/gueishajp/SNM3a2L9SQI/AAAAAAAAFQk/86rSQQHsyT8/s800/rain2%5B1%5D.gif)

PRECISAMOS DE AMOR

Precisamos de amor
em todos os momentos da vida
único sentimento que a tudo dá sentido
seja d'alma uma alegria ter vivido
ou de um coração ferido na dor
precisamos de amor

Precisamos de amor
para idealizar os projetos e planos
realizar com sucesso os sonhos
receber os troféus nas vitórias
em derrotas ou desenganos
precisamos de amor

Precisamos de amor
amor incondicional, sublime e verdadeiro
conjugando como verbo, o primeiro
que é infinito e para a eternidade
para a paz e a fraternidade
precisamos de amor

Men@


http://www.youtube.com/watch?v=WH02L19xhlo (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVdIMDJMMTl4aGxv)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Maio de 2010, 19:09
(http://lh5.ggpht.com/_VgLee4t8x_g/SlOCEvUD-4I/AAAAAAAACCc/V8d4NuHtlQo/11.png)

O que há dentro de ti?

Há céus para contemplares
em puro silêncio,
Há  jardins  com cores a florir,
Há energias para dar realidade
ao teu desejo de crescer,
de sentir a inocência
e a essência do amor.

Dentro de ti há flores
A perfumar teus sonhos
Há estrelas coloridas
A iluminar tua alma
Aprende a dar-te paz
Permitindo-te momentos de silêncio,
Momentos em que manifestarás
a real necessidade de ires ao encontro
da paz divina que em ti vive.
Resgata-a pois, e sê feliz!


http://www.youtube.com/watch?v=IxAtwqy7e4Y (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUl4QXR3cXk3ZTRZ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 21 de Maio de 2010, 14:42
(http://lh4.google.com/_0V2d9WPNpQA/SAJz4BxhRzI/AAAAAAAAACw/A1nbDmDRHhE/s400/JANELA.jpg)

O que é a amizade?

É passar um carinho sem fim,
É ouvir o chamado do outro.
É saber o momento certo
de ficar calado, de apenas ouvir.
Amizade é somar sem titubear
alegrias, dores, tristeza e dividir.
É respeitar o espaço do outro,
Silenciar seus segredos sempre.
É ter e passar a certeza
da mão estentida e do abraço quente.
Uma cumplicidade que não se explica,
Apenas existe, fortalece e se sente!

http://www.youtube.com/watch?v=7UZn-qSo5u4 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTdVWm4tcVNvNXU0)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: WOLLER em 21 de Maio de 2010, 23:47
Olá Helena
Teus poemas e poesias me tocam o coração e a alma.
Parabéns!

vlw amiga ;)


PS - Belo trabalho
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: aldapablo em 22 de Maio de 2010, 00:08
boa noite HELENA MUITO LINDO AMO O MICHAEL ADOREI A POESIA MUITA PAZ ALDA
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: lucineide.c em 23 de Maio de 2010, 21:55
   Boa noite querida Helena, adoro seus poemas.
Um abraço e muitos beijinhos!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 23 de Maio de 2010, 22:16
Obrigada amigos Woller, Alda e Lucineide, pelo retorno tão carinhoso. Fico feliz que tenham gostado.
Bjs,
Helena
------------------------------------------------------------------------------
(http://lh4.ggpht.com/_XRun51P21-U/S_h3EHwfXrI/AAAAAAAAB2I/zWHKT6ovid8/Imagem1.jpg)

http://www.youtube.com/watch?v=3UdwqszgFxo (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTNVZHdxc3pnRnhv)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 23 de Maio de 2010, 22:23
(http://erikamaize.blog.terra.com.br/files/2009/04/incertezas.jpg)

INCERTEZAS
Se fosse entender o coração
Não conseguiria
Se tentasse mudar a razão
Me perderia.
Por mais que tentei, foi tudo impossível.
Tantas foram as vezes que eu quis mudar o final
Mas fiquei sem o começo
E meu coração se enche de emoção
Acabando com o medo, enganando o segredo.
E vai viver o que a vida tem de melhor
Se fosse entender tudo isso
O medo, a razão, o segredo, a vida.
Não poderia ser o que sou
Nem tão pouco viver a minha vida
(Nilton Alves)


http://www.youtube.com/watch?v=GCx_2-gCUlE&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUdDeF8yLWdDVWxFJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 24 de Maio de 2010, 17:38
(http://apaz.no.sapo.pt/peacedaytop2.jpg)

Estado de Alerta.

por Aline Rangel


Diante da tormenta que confunde,

Eleva o pensamento a Deus e ora.

O coração que busca o conforto do Alto

Encontra a solução mais acertada,

Vislumbra escolhas melhores,

Percorre os caminhos do Bem.

Mais vale o minuto de sintonia com o Amor,

Que salva,

Do que horas de conversa com uma razão,

Que enlouquece.

Pensar corretamente é pensar com Deus,

E n’Ele depositar as esperanças…

Quase perdidas.

Despertar é  ouvir o alerta firme,

E encontrar a misericórdia dos Santos…

Incompreendidos…

Agir conscientemente é agir com Fé,

E sentir a proteção dos Anjos…

Tão desacreditada.

Ser feliz é  servir com a bem-aventurança

Dos que não temem a Divina Batalha da Bondade

Porque a Vitória é certa – hoje, amanhã e depois…

E sempre… Avante!



http://www.youtube.com/watch?v=V-A4GaePvlM (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVYtQTRHYWVQdmxN)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: aldapablo em 24 de Maio de 2010, 23:20
QUERIDA HELENA ADOREI OS VIDEOS LINDAS MENSAGEM BEIJOS FIQUE COM DEUS ALDA
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Gigii em 27 de Maio de 2010, 16:32
Querida beatriz  :-*...se me permite divulgo aqui o meu blogzinho de poesias...

 Poesias des-encantadas (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3BvZXNpYXNkZXNlbmNhbnRhZGFzLmJsb2dzcG90LmNvbS8=)

Beijitos a todos
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 28 de Maio de 2010, 13:16
Oi, Alda querida!! Obrigada por seu retorno pleno de carinho, amiga.
Bjs!!

Oi, Gi querida!! Claro que pode, amiga!! Esta é a sua casa!!
Bjs!!
-----------------------------------------------------------------------------------

(http://www.nosrevista.com.br/wp-content/uploads/2009/11/carlos_drummond_de_andradade_-jpg.jpg)

Sonho de um sonho

Sonhei que estava sonhando
e que no meu sonho havia
outro sonho esculpido.
Os três sonhos sobrepostos
dir-se-iam apenas elos
de uma infindável cadeia
de mitos organizados
em derredor de um pobre eu.
Eu que, mal de mim! sonhava.

Sonhava que no meu sonho
retinha uma zona lúcida
para concretar o fluido
como abstrair o maciço.
Sonhava que estava alerta,
e mais do que alerta, lúdico,
e receptivo, e magnético,
e em torno a mim se dispunham
possibilidades claras,
e, plástico, o ouro do tempo
vinha cingir-me e dourar-me
para todo o sempre, para
um sempre que ambicionava
mas de todo o ser temia...
Ai de mim! que mal sonhava.

Sonhei que os entes cativos
dessa livre disciplina
plenamente floresciam
permutando no universo
uma dileta substância
e um desejo apaziguado
de ser um ser com milhares,
pois o centro era eu de tudo
como era cada um dos raios
desfechados para longe,
alcançando além da terra
ignota região lunar,
na perturbadora rota
que antigos não palmilharam
mas ficou traçada em branco
nos mais velhos portulanos
e no pó dos marinheiros
afogados em mar alto.

Sonhei que meu sonho vinha
com a realidade mesma.
Sonhei que o sonho se forma
não do que desejaríamos
ou de quanto silenciamos
em meio a ervas crescidas,
mas do que vigia e fulge
em cada ardente palavra
proferida sem malícia,
aberta como uma flor
se entreabre: radiosamente.

Sonhei que o sonho existia
não dentro, fora de nós,
e era toca-lo e colhe-lo,
e sem demora sorve-lo,
gasta-lo sem vão receio
de que um dia se gastara.

Sonhei certo espelho límpido
com a propriedade mágica
de refletir o melhor,
sem azedume ou frieza
por tudo que fosse obscuro,
mas antes o iluminando,
mansamente convertendo
em fonte mesma de luz.
Obscuridade! Cansaço!
Oclusão de formas meigas!
Ó terra sobre diamantes!
Já vos libertais, sementes,
germinando à superfície
deste solo resgatado!

Sonhava, ai de mim, sonhando
que não sonhara...Mas via
na treva em frente a meu sonho,
nas paredes degradadas,
na fumaça, na impostura,
no riso mau, na inclemência,
na fúria contra os tranqüilos,
na estreita clausura física,
no desamor à verdade,
na ausência de todo o amor,
eu via, ai de mim, sentia
que o sonho era soinho, e falso.

Carlos Drummond de Andrade


http://www.youtube.com/watch?v=AnKO7D5kCnc (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUFuS083RDVrQ25j)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Conforti em 28 de Maio de 2010, 22:00
ESPERANÇA                                                         (Jan 2008)
(jcl, Campinas, 74)

Gente, veículos, buzinas, guardas apitando.
Bancos, negócios, câmbio, venda e compra.
Sol forte, no alto, iluminando a cidade.

Repentinamente,
No meio da tarde ruidosa e quente,
Sem qualquer espera,
Aquela sensação nunca sentida,
Que cresce dentro do peito,
Toma conta da razão,
Abafa a estridente vida lá de fora,
E inunda de êxtase o coração.

Uma presença indescritível de vitalidade,
De saúde, alegria, de felicidade,
Aumentando,
Dominando o ser,
Subjugando-o.
Uma sensação de bem estar íntimo, de euforia,
Sem ligação com fatos do passado, do presente,
E as mil coisas de todo dia-a-dia.

Sentimento tão bom e de tal suavidade,
Tão firme, poderoso, de tamanha intensidade...
Que, impotente,
Ou o ser explodirá, de tanta felicidade,
Ou, sem forças, quedará inconsciente,
Em meio ao movimento externo da cidade.

A pequena porta lateral do templo convida
E, fugindo da rua e seu ruidoso vai-e-vem,
Ajoelho-me na capela do Santíssimo,
A mais escura, cheia de sombras, sem ninguém.

Enquanto cresce, a beleza inexplicável interior
Faz desaparecer o rumor da vida da cidade,
E, ali, ajoelhado física e espiritualmente,
Espero o quê, a coisa, que não conheço,
Que deve estar para nascer, brotar, acontecer...

Tudo está apagado.
Não mais sei onde estou, quem sou, o que faço...
Tudo que existe, agora, é só felicidade...
Não mais preocupações, problemas, esforços, cansaços;
Os desejos, as necessidades, tudo se foi, nada ficou;
Só aquele vivo sentimento de felicidade,
Que anula até o pensamento
E que só e unicamente percebo com intensidade...
O ser já não é separado ou independente
E só daquela sensação está consciente.
É como se houvessem luzes, sem luzes,
Perfumes, sem perfumes,
Música, sem música...

E, extasiado, aguarda sem querer, e sem poder não querer,
Aquilo que, parece, se avizinha,
De dentro ou de fora, não advinha...
..................................................................................
Aos poucos, a consciência volta...
Um arrepio toma conta do corpo, delicadamente.
Depois, os ruídos da rua se aproximam
E penetram a capela escura, lentamente.
Vejo as sombras, o genuflexório, o altar;
Sinto os joelhos, o calor, a vida de fora, todo o corpo vibrar.
Dentro, no íntimo, a maravilhosa sensação perdura,
Mas, agora, mais fraca, leve, obscura.

Deixo o templo;
A vida chama; há compromissos.
Mas preciso analisar, lembrar aqueles momentos,
Gravar, entender tão belos sentimentos...
Parece que, lá dentro, dentro de mim, alguém tem as respostas...
...
Hoje, só restam lembranças e saudades,
Resíduos que ficaram na mente e no coração.
A esperança, avivo-a sempre e sempre,
Nos momentos de relaxamento e de meditação.
Sopro as cinzas no desejo de que, ali, oculta,
Se inflame a brasa que restou,
E me incendeie, de novo, todo o ser,
E me faça de tudo esquecer
Com a recordação da felicidade que então me visitou.

Quando se repetirá?
Virá com mais força, com mais intensidade?   
Fará que o ser todo derreta, exploda, flutue,
Definitivamente, de felicidade?...

Hoje, apenas recordações e esforços
Que me façam andar pela mesma estrada
E me levem àquele ponto singular
Que não sei mais achar na minha caminhada...

Esperança...

....................................................

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Conforti em 28 de Maio de 2010, 22:10


FALA-ME,  SENHOR!                                            (Dez 2007)
 (jcl, ribpreto,

Fala-me, Senhor!
Com Tua voz silenciosa, fala-me!
Ensina-me o próximo passo do caminho.
Ao longe, as luzes prometidas me atraem.
E, sem forças para resistir, avanço.

Os precursores nos informaram maravilhas,
As quais aumentam o clarão distante.
Vencida uma etapa, inconscientemente percorrida,
A seguinte se apresenta exigindo consciência,
Atenção e serviço, desempenho e esforço,
Muitas vezes embaraços, bloqueios, obstáculos.

Agora, parece, nada mais a fazer; tudo já foi tentado.
Aguardo Tua voz, que me ensine o próximo passo.
Espero impaciente, mas de mente aberta,
A manifestação divina que me oriente
Qual bússola apontando o norte.
Como deixar crescer o ímpeto da marcha,
Sem saber fazer ampliar o ímpeto da alma?

É isso que peço a ti: devoção, mar imenso
De ondas que arrebatem o pequeno barco que eu sou
E me lancem às praias de Teus braços.

Fazer chorar, se preciso, todo meu ser;
Tremer, se necessário, o coração.
Abalar a mente, a razão inquietar.
Mas, ao final, mostrar-me a claridade
Da luz matinal, do áureo alvorecer.

Tu estás iluminando, com chamas inextinguíveis,
O universo todo, toda a criação.
E, aí, nesse fogo divino,
Nessa luz, procuro adentrar.

Senhor, ensina-me a sentir-te e a chorar.
...............................................................
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Conforti em 28 de Maio de 2010, 22:14

INTEGRAÇÃO       (jcl, campinas, 74)           
A Rosa desabrocha; termina o longo sonho;
É o fim de uma etapa, dum trecho do caminho.
Adão desperta e vive, liberto finalmente.
Está vencida a senda, de buscas e de trevas,
Da consciência simples, da mais simples criatura,
À Consciência Maior, ao Superconsciente.

Eras, milênios após a sementeira,   
Os hábitos nocivos, as falhas derradeiras,
O mal em seu interior, o homem aniquilou.
Do jogo de espelhos, do Mal e da Bondade,
Na trilha de receios, em busca da Verdade,
Do Amor sem preconceitos, o tempo terminou.

A Cruz perdeu seu peso no curso dessa lida,
Nos mil degraus das vidas, que fazem a Grande Vida,
O homem aprendeu a Lei: se fez sofrer, sofreu.
Erguendo-se, aprumou-se, tornou-se um Novo Ser
De Consciência Plena, em Áureo Alvorecer;
Vitória merecida: um novo “Eu” encontrou.

Pra traz dores, sofreres, limitações sem fim! 
Não mais finita vida, miséria, morte, enfim.
Não mais questões, mistérios nos mundos e nos céus.
Os imos dos porquês, eventos, ilusões,
Do ser o sofrimento, as últimas razões,
Numa palavra - a Esfinge -, deixa cair seus véus.

Tudo valeu seu preço e nada foi demais,
Na Obscura Noite, antes trevas totais,
Intensos raios descem, levando à Ascensão.
O homem participa agora do movimento eterno,
Vê o girar das rodas do Micro ao Macrocosmo,
E já não é mais homem, conhece a Perfeição.

No tom que agora emite o seu novo vibrar,
Sua nota complementa a música sem par
Que Deus comanda e rege em escala universal.
E em meio à Harmonia, enceta nova senda
De mente unida à Mente, de vida unida á Vida,
Rumo ao Centro do Círculo, à Integração Final.
.........................................................................
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Conforti em 28 de Maio de 2010, 22:18


LÁGRIMAS DE DEVOÇÃO

De dentro de minha alma
O Cristo chama.
Após tanta espera, tanta angústia,
O véu tende a se rasgar e me mostrar a Luz...

Ó, meu Pai, responde-me sempre às indagações que me assaltam, Enchendo de dúvidas e desconfianças o coração!
Porque estou frio, sem o calor da devoção, que me aproxime de Ti? Porque, no íntimo, os conceitos não se unem levando às Grandes conclusões?

Estou, como antes, trilhando errado caminho?
Ou a trilha é certa, a senda mágica,
E me aproximo do ideal sem perceber?

Fala-me, ó Pai! Mais uma vez considera-me Teu filho, o filho Pródigo que após tantos erros, busca refúgio no regaço de teus braços.

Faze-me chorar, Senhor!
Chorar de alegria e amor, de emoção e felicidade.
Aproxima-me do colimado objetivo
Por quem luto com devoção.
Substitui, no meu pensar, a imaginação pela fé.
A visualização pelo real, a secura, pela devoção.

Leva-me a Ti, Mostra-me a Verdade,
Faze-me o novo homem,
De consciência maior
E coração mais amplo.
....................................................................




Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Conforti em 28 de Maio de 2010, 22:22




O CHAMADO INTERIOR                                             
(jcl, ribpreto, mar 2006)


Senhor,
Inspira-me, todos os instantes, a procurar-Te,
      Na melodia,
             Na flor,
                     No ramo oscilando ao vento,
No pássaro que canta alegremente,
Na cor da nuvem tocada pelo sol poente,
No murmúrio das águas buliçosas,
No sorriso da criança inocente,
No olhar da mãe para o filhinho que dorme,
Na ternura dos enamorados,
Na pele enrugada da mulher sofrida,
No suor da testa do doente, que teima em sorver o ar precioso,
No olhar triste do pobre, cobiçando, pregado à vitrine,
                O brinquedo impossível para o filho...

Senhor,
Parece que mais Te recordo naquelas coisas
       Tristes,
             Melancólicas,
                     Singelas.
Talvez porque nos toquem mais agudamente o coração,
E nos comovam
E levem a meditar na solução
Que não é nossa,
Mas que virá quando o homem se despir
De seu manto de ambição,
         Desamor,
                 Malícia,
                         Egoísmo,
                                 Ignorância,
E perceber que somos todos irmãos,
Semelhantes ou iguais,
Viajores do mesmo barco,
Atrás, sem o saber, das mesmas experiências,
Buscando, inconscientemente,
             O mesmo objetivo,
                           Que és Tu.

E, como a mim, inspiras a todos,
Mas não Te ouvimos o chamado.
Nossa mente está sempre cheia de outros apelos,
E não há, quase nunca, lugar para o Teu.
São apelos tentadores,
        Com vestes coloridas,
                Odores embriagantes,
                        Sons sedutores,
                                Roçares suaves e doces,
Mas que, após o atendimento,
Despem suas máscaras
Mostrando-nos a queda,
       A cilada,
             A decadência,
                     A escuridão.

Ó, Divino Inspirador,
Continua Teu trabalho
De nos chamar sutilmente,
       De longe e de perto,
               De fora e de dentro.
Aos poucos, nos voltaremos a Ti
Quando houver cansaço dos convites
         Das sereias do poder,
                  Da beleza,
                           Da embriaguez dos sentidos.
Das ilusões que cercam nossos dias,
         Com molduras tentadoras
                   E tentadoras circunstâncias.
Inspira-nos, Senhor, pois permanecemos nas trevas,
Ferindo pés e mãos nas quedas do caminho
E não percebemos que Tu
És a própria força que nos leva a procurar-Te,
E, de olhos mentais
        Fechados,
              Preconceituosos,
                     Iludidos,
Não percebemos que Te buscamos
Onde não podemos Te encontrar
Pois que Tu estás tão perto,
           Junto de nós,
                  Bem aqui,
                           No coração.
............................................................................
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Conforti em 28 de Maio de 2010, 22:34
ESTA NOITE, POIS QUE O TEMPO É BOM

(Perceba a sensibilidade deste poema de Charles Ferdinand Bomaz, contido no Jornal “A Cidade”, na coluna “Andarilho, no caminho dos homens, em busca de Deus”).
............................
Vem sentar-te ao meu lado, no banco,
diante da casa, mulher;
é teu direito; vai fazer quarenta anos
que estamos juntos.

Anoitece, o tempo está bom e é,
também, o anoitecer de nossa vida;
tu mereceste bem um momento de
repouso.

Eis que os filhos estão encaminhados e
partiram pelo mundo;
e, novamente, somos apenas dois,
como no começo.

Lembras-te, mulher?
Não tínhamos nada para começar;
estava tudo por fazer.
Nós demos tudo, mas foi duro.
É preciso coragem, perseverança.
É preciso amor, e o amor não é aquilo
que a gente pensa, quando começa.
Não são apenas os beijos que se trocam,
as palavras sussurradas ao ouvido,
ou sentir-se cerrado um contra o outro.
O tempo da vida é longo,
o dia de núpcias é apenas um dia.

E é em seguida, tu te lembras?
É só em seguida que a vida começa.
É preciso fazer o que está desfeito;
é preciso refazer, pois está desfeito ainda.

Vêm os filhos; é preciso nutri-los, vesti-los,
educá-los. E não acaba mais.
Às vezes ficavam doentes
e tu passavas a noite de pé.
Eu trabalhava da manhã ao anoitecer.
Ás vezes dá o desespero; os anos se sucedem
e a gente não progride e até parace que recua.
Lembras-te, mulher?
Todas as preocupações, todo o trabalho;
somente tu estavas lá.

Permanecemos fiéis um ao outro.
Assim, pude apoiar-me em ti e
te apoiaste em mim.
Tivemos sorte de estar unidos;
lançamo-nos os dois à obra,
agüentamos firme.

O verdadeiro amor não é aquilo que se pensa.
O amor verdadeiro não é de um dia,
mas de sempre.
É ajudar-se, compreender-se.

E, pouco a pouco, a gente vê
que tudo se arranja.
As crianças cresceram e se saíram bem..
Nós lhes havíamos dado o exemplo.

Consolidamos os alicerces da casa.
Que todas as casas do país sejam sólidas,
e o país será sólido.

Por isso, vem para o meu lado e olha,
pois é o tempo da colheita
quando tudo é rosado ao anoitecer
e uma poeira rósea se eleva por toda parte
entre as árvores.

Senta-te aqui, pertinho de mim.
Não diremos nada;
não precisamos dizer mais nada.
Precisamos apenas estar juntos ainda um vez e,
no contentamento da tarefa cumprida,
esperar que a noite chegue.

.............................................................................
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Conforti em 28 de Maio de 2010, 22:38
                 

                    ORAÇÃO
   (jcl, ribpreto, 20/05/88)


Senhor, Pai, transforma-me o ser.


Transforma-me

             Do carbono da iniqüidade,
             No diamante de Tua glória;

             Das trevas da ignorância,
             No esplendor do conhecimento da Verdade;

             Dos desequilíbrios sem fim,
             Na harmonia de Tua semelhança.


Leva-me,

             Das cadeias da escravidão à carne,
             À liberdade do domínio do Eu;

             Do orgulho e do preconceito,
             À simplicidade e humildade,

             Da impotência ante a dor do semelhante,
             Ao poder de Tuas mãos e bênçãos;

             Da separatividade ilusória do ser,
             À comunhão e identidade com o Cristo,
                                                              Teu filho.

Abre-me os olhos, desperta-me, quebra as algemas,
Rasga os véus e mostra, à minha consciência,
A bem-aventurança da realidade de Tua presença
                                                                   em mim.
..................................................................................

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: aldapablo em 29 de Maio de 2010, 00:39
BOA NOITE HELENA ;OBRIGADO VOCE POR ME DAR A OPORTUNIDADE DE LER SUAS MENSAGEM LINDAS E EU ESTOU SEMPRE APRENDENDO COM ELAS MUITA PAZ .ALDA
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: hcancela em 29 de Maio de 2010, 17:58
Olá amigos(as)

Desejo que em sua vida...

Não exista cara feia,
Não exista bolso furado,
Não exista tempo apressado,
Muito menos grãos de areia.

Não exista tempo fechado,
Não exista problema dobrado,
Não exista sonho frustrado,
Muito menos amor acabado.

Não exista amigo esquecido,
Não exista negócio falido,
Não exista boato mexido,
Muito menos dinheiro sumido.

Não exista tempo nublado,
Não exista ambiente abafado,
Não exista corpo dobrado,
Muito menos bom senso abalado.

Não exista mágoa engolida,
Não exista emoção reprimida,
Não exista alma sofrida,
Muito menos felicidade perdida...

Só desejo que você seja feliz!!!

 
SAUDAÇÕES FRATERNAS
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Maio de 2010, 18:23
Olá, Coronel!!
Lindas poesias!! Parabéns!
Um  abraço!

Alda querida, é sempre bom "vê-la" por aqui, amiga!!
Bjs!!


Oi, amigo Cancela!! Linda poesia!!
Bjs!

Helena
---------------------------------------------------------------------------------------
(http://3.bp.blogspot.com/_LMU5LvbDw5w/SwFGI30IamI/AAAAAAAAAVs/auPZZWZB9D8/s320/14+(l%C3%A1bios+e+cora%C3%A7%C3%B5es).bmp)

Pode contar seus segredos ao vento,
Mas depois não vá culpá-lo
Por contar tudo às árvores...

(Khalil Gibran)


http://www.youtube.com/watch?v=ayNQ7bywOD0&feature=PlayList&p=0A9ADBF4AE5AD277&playnext_from=PL&playnext=1&index=23 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWF5TlE3Ynl3T0QwJmFtcDtmZWF0dXJlPVBsYXlMaXN0JmFtcDtwPTBBOUFEQkY0QUU1QUQyNzcmYW1wO3BsYXluZXh0X2Zyb209UEwmYW1wO3BsYXluZXh0PTEmYW1wO2luZGV4PTIz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Maio de 2010, 18:42
(http://1.bp.blogspot.com/_cMIyKFn8u5k/SbBZFApyH2I/AAAAAAAAAcg/aLcAf9Xzuos/s400/%28musa1%29.JPG)

| MUSA |


Quando nos une em palavras
Me usa e devora o pensamento
Com um desmedido encantamento
Arranca ideias ideais
 

Transcrevo, pincelo, canto
Externo a incontida emoção
Exponho o motivo, sem razão
Lapido a obra prima que há
 

Pedra de brilho infinito
Garimpo em incansáveis tentativas
Consumidas, outrora consumadas
Procuradas, jamais atingidas
 

Exalas a inspiração
Busco a perfeição
Sem encontrá-la

Já que tão bem
Ela se esconde
Dentro de ti

| Angelo Portilho |



http://www.youtube.com/watch?v=xQrS8zY8nV4&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXhRclM4elk4blY0JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: aldapablo em 30 de Maio de 2010, 01:25
BOA NOITE HELENA COMO VOCE ADIVINHOU ADORO O FAGNER MUITA PAZ AMIGA ALDA
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Julha em 01 de Junho de 2010, 20:44
Querida Hekena como são lindas essas poesias, me encantaram..... te desejo do fundo do meu coração muita paz e luz!!!!! Abraços c/ muito carinho
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Junho de 2010, 15:01
Bom dia, amigas! Obrigada Alda e Julha pelo retorno carinhoso.
Bjs!!
Helena
-----------------------------------------------------------------------------------
(http://www.galeriaaberta.com/carlos_j_silva/slides/Momentos%20de%20Ternura.jpg)

Carinho que nos acolhe...
Carinho que nos acalma...
Carinho...
Pode ter plumagem bonita,
Pelo macio, cheiro de flor,
Gosto de bala de morango
Ou bombom de chocolate.
É tão bom de se sentir ...
Carinho...
Quem sabe dar se fortifica;
quem o recebe se acalma,
se tranqüiliza, se equilibra.
Carinho é sinônimo de amor,
Ternura morninha que abraça
Repleta de cumplicidade...
Ofereço-lhe meu carinho!


http://www.youtube.com/watch?v=SRkHdDQjFvM&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVNSa0hkRFFqRnZNJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Junho de 2010, 15:42
(http://blog.cancaonova.com/maninha/files/2009/09/vela.jpg)

Fé é a LUZ que se acende
Em nossos corações cansados
Espantando a escuridão
Das dúvidas cruciantes,
Que fazem doer,
Que debilitam,
Que desequilibram...
Roubando-nos a paz.

Mas é frágil como a flama das velas...

Que a cerquemos dos Ventos
Tempestuosos da mágoa,
Das dúvidas que fragilizam,
Para que nunca se apague.

Ela mantem-nos vivos
Nos dando a certeza
Que cada manhã é um recomeço,
Cada alvorecer um novo futuro
Que sempre há uma nova chance
De sermos felizes...


http://www.youtube.com/watch?v=umufXFOipuU&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXVtdWZYRk9pcHVVJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)





Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 06 de Junho de 2010, 15:06
Razão

(http://2.bp.blogspot.com/_ALG7ZrxOYa0/SkucE-35SII/AAAAAAAAC0o/tIWAEpD-l_k/s400/mascaras%5B1%5D.jpg)

Razão e emoção sempre juntas
seja qual for a razão ou a emoção,
razão sem fundamento,
emoção por essa razão ou não...

Emoção apela ao sentimento
seja ele qual for no momento,
amor, ódio, tristeza ou alegria,
uma razão com fundamento...

Sentimentos consolidam a razão
em viver-se com fundamento,
emoção une a razão com sentimento,
constituindo a união de um só Ser!


http://www.youtube.com/watch?v=5AC4Vaj86IY&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTVBQzRWYWo4NklZJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 06 de Junho de 2010, 15:09
O SILENCIO DAS ROSAS

(http://images.paraorkut.com/img/graphics/buquet20de20rosas20mesclado20lindo.jpg)

Sentir o amor, curtir a vida,
Olhar o tempo amar o sol, a brisa o luar.
Deixar se levar pelo perfume das rosas
E entregar se ao amor...
Ir fundo e fazer de contas que tudo é a primeira vez...
No silencio das rosas existem palavras
Que dão razão ao sentimento.
Que nos fala pelo momento,
e mesmo calada exibe o que de mais belo representa o amor.
E o coração mesmo com medo da saudade,
Busca ser amado, enfim é bonito o amor.
E porque não fazer de contas que tudo é a primeira vez. . .
Nilton Alves


http://www.youtube.com/watch?v=NPXieYSVrlw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU5QWGllWVNWcmx3)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: hcancela em 06 de Junho de 2010, 20:45
Olá amigos(as)


Na Estrada de Santiago 
Madredeus
Carreiro
Deserto
Tão longe
E tão perto
Anseio
Secreto
Encontro
Mais certo


    Caminha
    Na estrada
    De Santiago
    Na estrada
    Marcada
    Por tanto passo


Ao longo
Dos séculos
Passaram
Milhões
A vista
Cansada
De tantas
Paixões

    Percorre
    A estrada
    De Santiago
    Estrada
    Marcada
    Por tanto passo


E como
Se sente
Tão
Acompanhado
Se não vê
Mais gente
Nem tem
Ninguém ao lado

    Caminha
    Na estrada
    De Santiago
    Na estrada
    Marcada
    Por tanto passo

 
SAUDAÇÕES FRATERNAS
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 08 de Junho de 2010, 20:27
Oi, amigo Cancela!! Bela poesia.  ;)
É sua?? :D
Bjs!
Helena
---------------------------------------------------------------------------------
Houve um tempo

(http://3.bp.blogspot.com/_5nplk1h5t5s/SPyUa8zl-kI/AAAAAAAAAVo/4yBMCXrEMwc/s400/6872483-lg.jpg)


Já faz muitos anos
Que o amor me apareceu.
Tinha cara de menino,
Sorriso sempre presente,
Palavras bem colocadas,
Que faziam florir o coração.

Sempre um presentinho na mão!


Houve um tempo,
Está nítido na lembrança,
Em que os sonhos eram a dois.
O futuro era alegre,
Tinha cara de menina,
Com segredos no coração...

Esse tempo deixou um sabor
Doce que ainda não acabou...
De promessas felizes...
De desejos não realizados...
Ficou um cheirinho no ar
 De um tempo perdido?
Ou que apenas  passou?

Mas já faz tanto tempo!


http://www.youtube.com/watch?v=RmXCVOmOCPU (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVJtWENWT21PQ1BV)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: MAROCHA em 08 de Junho de 2010, 20:57
Oi Helena, que lindo o "Silêncio das rosas " ! Musica ,letra e vóz !

   Mas ouiro verão virá  e tem quem ache que as rosas falam ......

       ABRAÇOS

     MAROCHA
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 08 de Junho de 2010, 21:24
É verdade, Marocha!! O RC acredita que as rosas falam, dentre muitos, né? rs
Bjs!
Helena
-------------------------------------------------------------------------------------

(http://lh6.ggpht.com/_nkkV_7ibX7o/SYr4CZOeZRI/AAAAAAAAAd4/swqQ9foeYx0/s400/ATcAAACVlKFSjQqjau4ABJDKv0bPotau9Y6OVQ0qpnQ5THmFDd0P77UNSgEBWKt4OPixwQTV8z1_aAO0hDx8i5G77tpfAJtU9VDm9mqyUFTVTt7l8hXHOPRJuDpHRA%5B1%5D.jpg)

Faça

Da vida uma eterna melodia.
Faça dos sonhos objetivos.
Viva sem medo de morrer.
Ame sem medo de sofrer.
Escolha sem medo de errar.
Seja feliz sem medo da tristeza.
Conquiste o mundo...
Faça amigos...
desfrute do amor.
Colecione aventuras e desventuras...
 Brinque como a criança
Que ainda vive em você.
Não tenha medo do amanhã.
Sinta o gosto da vida!
Chocolate, musica, dança,
livros, areia, folhas secas...

Enlouqueça, chore, se machuque...
E reflita após... Sem culpa!
Só não deixe que sua estrela pare de
brilhar!
Pois seria o começo do fim...


http://www.youtube.com/watch?v=Ry3DGLeejPA&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVJ5M0RHTGVlalBBJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: hcancela em 13 de Junho de 2010, 13:35
Olá amigos(as)



NATAL DOS SONHOS”

 

À meia noite os sinos dourados badalam,

É o nascimento do menino Jesus,

O emocionado coral de vozes entoam,

A envolvente canção de amor que seduz.

 

 Árvore natalina reluzente,

Adornada com coloridas bolinhas,

No seu topo uma estrela incandescente,

Agradável magia e fantasia, exibidas.

 

Ao redor da árvore de porte gigantesco,

Presentes variados em grandes quantidades,

Crianças pobres felizes: clímax romanesco,

Doações carinhosas das instituições de caridades.

 

Dos céus as anjinhas observam comovidas,

Às lágrimas, notam o sorriso no rosto dos meninos, a brincar,

E o brilho no olhar das meninas entretidas,

Com presentes que nunca haviam sonhado em desfrutar.

 

Natal esperançoso, ansiar que emanem,

Nos corações dos seres humanos, o encantamento do amor,

De suas almas exclusivamente irradiem,

O carisma contagiante do esplendor.

 

(João Rodrigo I. Matsumoto)


SAUDAÇÕES FRATERNAS
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 16 de Junho de 2010, 22:27
NO MEU FUNERAL

(http://lh6.ggpht.com/_sBwX6_f8cgs/SlPLYzP72dI/AAAAAAAAEfg/rwMR4hjpyZQ/image_thumb.png?imgmax=800)

No dia em que levarem meu corpo morto
Não penses que meu coração ficará neste mundo.
Não chores por mim, nada de gritos e lamentações
- Lembra que a tristeza é mais uma cilada do 'demônio'.

Ao ver o cortejo passar, não grites: "ele se foi!"
Para mim, será esse o momento do reencontro.
E quando me descerem ao túmulo, não digas adeus!
A sepultura é o véu diante da reunião no paraíso.

Ante a visão do corpo que desce
Pensa em minha ascensão.
Que há de errado com o declínio do sol e da lua?
O que te parece declínio, é tão somente alvorada.

E ainda que o túmulo te pareça uma prisão,
E é ele que liberta a alma:
Toda semente que penetra na terra germina.
Assim também há de crescer a semente do homem.

O balde só se enche de água
Se desce ao fundo do poço.
Por que deveria o José do espírito
Reclamar do poço em que foi atirado?

Fecha a tua boca deste lado
E abre-a mais além.
Tua canção triunfará
No alento do não-lugar.

- Rumi -
(Texto extraído do inspirado livro "Poemas Místicos", de Jalad ud-Din Rumi, maravilhoso poeta sufi - Editora Attar).
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 18 de Junho de 2010, 21:06
Apego cômico

(http://lucianonassyn.files.wordpress.com/2009/09/chorar-e-rir.jpg)

Diz-se MOR daquilo que é maior
No contrato de união estabelecido
Femininamente, aMOR
E usando da licença poética,
Misturada ao sotaque mineiro,
O másculo, mas não machista, huMOR
Uma combinação interessante
Independente do gênero (e da espécie)
Tão necessária quanto esquecida
A mor e hu mor em larga escala
Completam-se, como deveria ser
Tanta falta fazem aos sentimentos
Daqueles que brigam para viver
Enquanto perdem o melhor da festa
Já que gostar e sorrir simplesmente
Para o bem da cabeça, alma e corpo
É tão somente o que nos resta...

Angelo Portilho

http://www.youtube.com/watch?v=YOQeod5d8Jo&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVlPUWVvZDVkOEpvJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Conforti em 25 de Junho de 2010, 04:18
Amigos,

A vários companheiros forneci ERRADO o endereço de um Blog. Abaixo vai o CORRETO:


                              http:/www.obuscdordedeus.blogspot.com
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Junho de 2010, 00:43
VISTA CANSADA

(http://2.bp.blogspot.com/_cWCUavHmDw8/SSYTuxYmRJI/AAAAAAAAACA/NdEw52TO2M0/s320/vista+cansada.jpg)

"Se eu morrer, morre comigo um certo modo de ver, disse o poeta.
Um poeta é só isto: o modo de ver."

O diabo é que de tanto ver, a gente banaliza o olhar.
Vê não-vendo.

Experimente ver pela primeira vez o que você vê todo dia, sem ver.
Parece fácil, mas não é.
O que nos cerca, o que nos é familiar, já não desperta curiosidade.
O campo visual da nossa rotina é como um vazio.

Você sai todo dia, por exemplo, pela mesma porta.
Se alguém lhe perguntar o que você vê no seu caminho, você não sabe.
De tanto ver, você não vê.

Sei de um profissional que passou 32 anos a fio pelo mesmo hall
do prédio do seu escritório.
Lá estava sempre, pontualíssimo, o mesmo porteiro.
Dava-lhe bom dia e às vezes lhe passava um recado ou uma correspondência.
Um dia o porteiro cometeu a descortesia de falecer.

Como ele era? Sua cara? Sua voz? Como se vestia?
Não fazia a menor idéia. Em 32 anos, nunca o viu.
Para ser notado, o porteiro teve de morrer.
Se um dia no seu lugar estivesse uma girafa, cumprindo o rito,
pode ser que também ninguém desse por sua ausência.
O hábito suja os olhos e lhes baixa a voltagem.
Mas há sempre o que ver: gente, coisa, bichos.
E vemos? Não, não vemos.

Uma criança vê o que o adulto não vê.
Tem olhos atentos e limpos para o espetáculo do mundo.
O poeta é capaz de ver pela primeira vez o que, de tão visto ninguém vê.
Há pai que nunca viu o próprio filho.
Marido que nunca viu a própria mulher,
isso existe às pampas.

Nossos olhos se gastam no dia-a-dia, ficam opacos.
É por aí que se instala no coração o monstro da indiferença.

Otto Lara Rezende


http://www.youtube.com/watch?v=duCgxC64nzI (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWR1Q2d4QzY0bnpJ)
 
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Junho de 2010, 17:19
RABISCO

(http://lh5.ggpht.com/_RQw6dABdVIY/TCXo1zVg5OI/AAAAAAAAESk/1RbipPGxLVo/s400/3641584006_712499abfb.jpg)

Sou um simples rabisco
tênue e leve,
no quadro negro dos desamparos.

Sou simples grão de areia
que o vento move e une,
feito quebra-cabeças
milagrosamente montado.

Ponteiro estendido que sobe e desce,
comandando o tempo
 uno ou múltiplo das horas,
testemunhando a gestação dos dias.

Sou as anotações da vida,
ora inteira,ora dilacerada,
traduzindo o idioma que o silêncio fala,
sem máscara de espanto.

Suaves letras verticalmente desenhadas,
agarradas à parede do horizonte,
igual ponto luminoso na escuridão da distância.

Marcadamente belas:

A
M
O
R

Rosy Moreira


http://www.youtube.com/watch?v=2-SuGOIUv3s (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTItU3VHT0lVdjNz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 05 de Julho de 2010, 15:43
(http://www.amoremversoeprosa.com/cirandas/imagens/412jgaraujojorge.jpg)Uma homenagem à J. G. de Araújo Jorge (José Guilherme de Araújo Jorge) nasceu na Vila de Tarauacá, no Estado do Acre, aos 20 de maio de 1914.
Ainda jovem iniciou-se na poesia. Estudou em Coimbra, Portugal, e fez curso de Extensão Cultural na Universidade de Berlim, Alemanha. Além de escritor, locutor e redator de programas radiofônicos, professor de História e Literatura, líder estudantil, tinha política em suas veias. Foi candidato a vários cargos públicos. Elegeu-se deputado federal pelo Estado da Guanabara, em 1970. Foi reeleito em 1974 e 1978. Mesmo combatidos pelos críticos, seus trinta e seis livros tinham grande aceitação e foram publicados em diversos países.
Foi conhecido como o Poeta  do Povo e da Mocidade, pela sua mensagem social e política e por sua obra lírica, impregnada de romantismo moderno, mas às vezes, dramático.
Foi um dos poetas mais lidos, e talvez por isto mesmo, o mais combatido do Brasil. Faleceu em 27 de Janeiro de 1987.


Confissão Inicial
J. G. de Araújo Jorge

Às vezes, tenho a impressão
de que não devia publicar estas palavras
nascidas para viverem em surdina
ao teu ouvido.

Às vezes penso que deveria deixar no limbo
do coração
estas palavras de ti e para ti
e que tomaram imprevistamente
a forma de canção.

Estas palavras que te colhem toda
e te deixam nua,
e me dão a impressão de que também
tenho nu o coração, em plena rua.




http://www.youtube.com/watch?v=gjU6l4y01jY (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWdqVTZsNHkwMWpZ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 05 de Julho de 2010, 16:55

(http://morethanwords3.files.wordpress.com/2009/11/de-bem-com-a-vida.jpg)

A VIDA

A vida
já está nos nossos olhos refletida
desde o primeiro instante em que os abrimos,

- é essa paisagem que encontramos
e penduramos
na parede do quarto onde dormimos...

A vida
vive escondida sob um véu,
no meu olhar de sonho ardente e vago...

- é um mesmo trecho de céu
no fundo de um mesmo lago...

( J. G. de Araújo Jorge )


http://www.youtube.com/watch?v=LswprLugla0&feature=PlayList&p=4009E7AB1C670539&playnext_from=PL&playnext=1&index=81 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUxzd3ByTHVnbGEwJmFtcDtmZWF0dXJlPVBsYXlMaXN0JmFtcDtwPTQwMDlFN0FCMUM2NzA1MzkmYW1wO3BsYXluZXh0X2Zyb209UEwmYW1wO3BsYXluZXh0PTEmYW1wO2luZGV4PTgx)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 06 de Julho de 2010, 20:22

Olá!

Boa tarde, amiga HelenaBeatriz!!
Cá estou eu!! Para lhe dizer, amiga, que gostei da paisagem e das palavras lá no tópico da "Liberdade".
Abraços e beijinhos, amiga Helena!!

Mother - Pink Floyd & Sinead O'Connor - Legendado - Will
http://www.youtube.com/watch?v=-ObB5q6UTIg&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PS1PYkI1cTZVVElnJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
-------

" Juan Ramón Giménez "

...E eu partirei.
Mas os pássaros ficarão cantando;
E meu jardim ficará com sua árvore verdejante,
Com seu poço dágua.
Em muitas tardes os céus serão azuis e plácidos,
E os sinos da torre repicarão,
Como repicam esta tarde.
Aqueles que me amaram passarão,
E a cidade explodirá de novo cada ano.
Mas meu espírito sempre vagará nostálgico
No mesmo recanto escondido do meu jardim florido.


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 07 de Julho de 2010, 14:32

Olá!

Boa tarde, amiga HelenaBeatriz!!
Como sei que gosta da Pantera... fui com ela à praia!!

A pantera cor de rosa na praia
http://www.youtube.com/watch?v=yFc2oLL9A1g&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXlGYzJvTEw5QTFnJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
--------

" Alberto Caeiro (Fernando Pessoa) "

A espantosa realidade das coisas
É a minha descoberta de todos os dias.
Cada coisa é o que é,
E é difícil explicar a alguém quanto isso me alegra,
E quanto isso me basta.

Basta existir para se ser completo.

Tenho escrito bastantes poemas.
Hei-de escrever muitos mais, naturalmente.
Cada poema meu diz isto,
E todos os meus poemas são diferentes,
Porque cada coisa que há é uma maneira de dizer isto.

Às vezes ponho-me a olhar para uma pedra.
Não me ponho a pensar se ela sente.
Não me perco a chamar-lhe minha irmã.
Mas gosto dela por ela ser uma pedra,
Gosto dela porque ela não sente nada,
Gosto dela porque ela não tem parentesco nenhum comigo.

Outras vezes oiço passar o vento,
E acho que só para ouvir passar o vento vale a pena ter nascido.

Eu não sei o que é que os outros pensarão lendo isto;
Mas acho que isto deve estar bem porque o penso sem esforço,
Nem ideia de outras pessoas a ouvir-me pensar;
Porque o penso sem pensamentos,
Porque o digo como as minhas palavras o dizem.

Uma vez chamaram-me poeta materialista,
E eu admirei-me, porque não julgava
Que se me pudesse chamar qualquer coisa.
Eu nem sequer sou poeta: vejo.
Se o que escrevo tem valor, não sou eu que o tenho:
O valor está ali, nos meus versos.
Tudo isso é absolutamente independente da minha vontade.


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 07 de Julho de 2010, 22:43
Oi, dim-dim!! Que bom vê-lo por aqui, amigo!!
E que lindas poesias... Vc sabe que adoro a Pantera, né?! rs
Fiquei muito feliz! ;) :D
Bjs e Carinhos,
Helena
-----------------------------------------

(http://lh3.ggpht.com/clcarina09/SJEzrUOoneI/AAAAAAAABjk/CnY4Buuhhkw/bgelpjd1.gif)




Borboletas significam mudanças.
A alma humana parece uma borboleta.
Com a morte física
Sua alma escapa do corpo
Plainando como uma borboleta,
Simbolizando sua transformação.

Borboletas representam metamorfose
Saindo da vida corpórea para a vida espiritual.
 Borboleta, Psyché, ALMA, por sair do casulo.
É então a alma imortal,
 clareza, recomeço e liberdade.


http://www.youtube.com/watch?v=qvZHo3-RW6Y (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXF2WkhvMy1SVzZZ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 08 de Julho de 2010, 23:31
(http://images.recados.net/img/recados/Saudade_30824507_27_saudade.jpg)

Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já...

Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida...

Saudade é sentir que existe o que não existe mais...

Saudade é o inferno dos que perderam,
é a dor dos que ficaram para trás,
é o gosto de morte na boca dos que continuam...

Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
aquela que nunca amou.

E esse é o maior dos sofrimentos:
não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.

O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido.

Pablo Neruda


http://www.youtube.com/watch?v=brxK3Pp4FEA&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWJyeEszUHA0RkVBJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 09 de Julho de 2010, 21:36

Olá!

Boa noite, amiga HelenaBeatriz!!

King Crimson (John Wetton) - Starless
http://www.youtube.com/watch?v=qYJpY_xvLf8&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXFZSnBZX3h2TGY4JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
-------

... Posso magoar-me? Posso matar-me? Posso injuriar-me? A quem posso temer? Podeis temer a vós mesmos? Então, todo o desgosto desaparecerá. Quem me pode causar desgosto? Eu sou a Existência única do universo. Então, todos os ciúmes desaparecerão. De quem terei ciúmes? De mim próprio? Então, todos os maus sentimentos desaparecerão. Contra quem terei maus sentimentos? Contra mim mesmo? Não há ninguém no universo a não ser eu.

Esse é o único caminho, dizem os vedantistas, para o conhecimento. Matai as diferenciações, matai essa superstição de que existem muitos. "O que está neste mundo de muitos, vê aquele Único. O que está nesta massa de inconsciência, vê aquele único Ser consciente. Quem está neste mundo de sombras, aprende aquela Realidade - e nela está a paz eterna e em ninguém mais, "em ninguém mais." (Swami Vivekananda)


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 11 de Julho de 2010, 15:11
É... dim-dim! Quanta sabedoria, amigo! Obrigada por dividi-la conosco.
Bjs e carinhos,
Helena
------------------------------------------------------------------------------------
(http://mob219.photobucket.com/albums/cc166/recado/glimboo/mulheres_arte/0161.gif?t=1255207402)

SE TU FOSSES MEU MUNDO

Se fosse teu mundo, te indicaria o caminho
Pela ponte do meu coração deixaria entrar.
Te daria um castelo feito de amor- perfeito.
Se fosse teu mundo, pediria para
Deitar em mim, na minha paz
E adormecerias olhando as estrelas
Te mandaria uma brisa morna, falaria às luas
Que cantassem para ti a música do amor sem fim

Se fosse teu mundo, te daria um céu
Em um infinito azul com nuvens faceiras
A desenhar teu nome, um sol brilhante,
Uma chuva fina para te molhar e aquecer
Com beijos secaria teu corpo...
Se fosse teu mundo, faria um poema na areia fina,
Pediria ao mar que o deixasse ali
Para sempre...
Que não o apagasse nunca
Porque nele estaria descrito
O meu amor por ti...
Se fosse teu mundo, te deixaria perdido em mim
E eu amor, te permitiria ir embora...
Mas tu ficarias, nos meus sonhos.

(desconheço autoria)


http://www.youtube.com/watch?v=bbdakZjHTys&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWJiZGFrWmpIVHlzJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: lucineide.c em 13 de Julho de 2010, 21:02

        Olá amiga Helena,vim trazer essas flores para que elas perfumem o seu dia.
        Amigo é aqule que igual ao seu anjo guardião,anda contigo na alegria e na dor. Que mesmo sem você o vê, põe pétalas de rosas no teu caminho mesmo que neste exista muitos espinhos.
      Um abraço e mil bjssss! :-* :-*
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 15 de Julho de 2010, 12:35
Obrigada pelas flores, Lucineide querida! Amei!!
Bjs e carinhos,
Helena
-------------------------------------------------------------------------------------
(http://evandrojrs.files.wordpress.com/2010/02/crescer-21.jpg?w=425&h=567)

Crescer
É poder perdoar a mais dura ofensa...
É esquecer o erro dos outros e lembrar suas virtudes.
Crescer
É nunca ferir ninguém, mesmo sendo ferido...
Nunca magoar ninguém, mesmo sendo magoado...
É poder dar... Sem esperar receber..
É amar intensamente, mesmo sendo odiado.
Crescer
É ser sincero nas palavras e em atos,
Mesmo que tudo seja falso...
É procurar sempre a justiça..
Procurar falar sempre a verdade.
Crescer
É ajudar com sinceridade...
É tentar compreender antes de julgar...
É ter o coração aberto disposto a amar a todos...
Disposto a ser amigo em todos os momentos.
É aprender a ser Humanamente amoroso
Na busca do seu deus interior,
Nos palcos da vida...


http://www.youtube.com/watch?v=1HaFwQtYwI0&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTFIYUZ3UXRZd0kwJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 16 de Julho de 2010, 22:37

Olá!

Boa noite, amiga HelenaBeatriz!!

A Dream within a Dream - Alan Parsons Project
http://www.youtube.com/watch?v=VZyNKrYo9I4&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVZaeU5LcllvOUk0JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
-------

" Alberto Caeiro (Fernando Pessoa) "

Um dia de chuva é tão belo como um dia de sol.
Ambos existem; cada um como é.

Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 18 de Julho de 2010, 14:32

Olá!

Boa tarde, amiga HelenaBeatriz!!
Passei aqui de visita para deixar-lhe esta bela música oferecida pela nossa amiga Ere, aqui:
http://www.forumespirita.net/fe/audio-video/palavras-e-musica/msg74991/#msg74991 (http://www.forumespirita.net/fe/audio-video/palavras-e-musica/msg74991/#msg74991)
E deixo-lhe, também, o pardalzinho de Manuel Bandeira que sei que a amiga gosta!!

Stand By Me | Playing For Change | Song Around the World
http://www.youtube.com/watch?v=Us-TVg40ExM (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVVzLVRWZzQwRXhN)
--------

" Manuel Bandeira "
Pardalzinho

O pardalzinho nasceu
Livre. Quebraram-lhe a asa.
Sacha lhe deu uma casa,
Água, comida e carinhos.
Foram cuidados em vão:
A casa era uma prisão,
O pardalzinho morreu.
O corpo Sacha enterrou
No jardim; a alma, essa voou
Para o céu dos passarinhos!


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Julho de 2010, 15:02
Obrigada, meu gentil amigo dim-dim!! É sempre muito bom recebê-lo nessas páginas...Quanta alegria vc traz!!
Adorei todos os presentes!!!! ;) :D Lindíssimos!!
Uma semana de muita força e paz pra vc!
Com muito carinho,
Helena
---------------------------------------------------------------------------------------
(http://lh6.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/TEIb6yyUc-I/AAAAAAAAARE/55MG3Ae02Nw/s400/1228150200X8yy3GC.jpg)


DESEJOS VÃOS... !!!

"Eu queria ser o Mar de altivo porte
Que ri e canta, a vastidão imensa!
Eu queria ser a Pedra que não pensa,
A pedra do caminho, rude e forte!
Eu queria ser o Sol, a luz intensa,
O bem do que é humilde e não tem sorte!
Eu queria ser a árvore tosca e densa
Que ri do mundo vão e até da morte!
Mas o Mar também chora de tristeza…
As árvores também, como quem reza,
Abrem, aos Céus, os braços, como um crente!
E o Sol altivo e forte, ao fim de um dia,
Tem lágrimas de sangue na agonia!
E as Pedras… essas… pisa-as toda a gente!…

(FLORBELA SPANCA)


http://www.youtube.com/watch?v=6VhFgIM2b5Q&feature=fvst (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTZWaEZnSU0yYjVRJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2c3Q=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Julho de 2010, 15:25
(http://farm4.static.flickr.com/3067/2979641305_f85716e91a.jpg)

Minha sombra descansa na areia
Ela é bem maior que eu
Aos poucos ela vai encolhendo
Só escuto agora o som da minha respiração
Está um silencio...
Um silencioso hoje...
O dia, vaidoso, se enche de cores.

Tenho uma janela como companheira...
Ela espia o dia, o dia expia por mim...
Eu espio os dois, e a preguiça me acompanha...
Estar caminhando pelas praias é bom!
Uma paz se instala....
Acho que vou desenhar flores na areia....
Ou talvez volte pra casa e lá desenhe
Pinte, escreva em uma folha de papel...
Esperando, esperando, que um beija-flor...
Entre pela minha janela que espia o dia
E beije as minhas flores de papel....


http://www.youtube.com/watch?v=NLo4tXCs6g8&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU5MbzR0WENzNmc4JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Julho de 2010, 15:36
(http://lh4.ggpht.com/scrapsnenny/SNxD9FBn9II/AAAAAAAAIig/i7tjrg0apyw/pastatrz2028629.gif)

"O vento é sempre o mesmo,
mas sua resposta é diferente em cada folha.
Somente a árvore seca
fica imóvel entre borboletas e pássaros".

(Cecília Meireles)


http://www.youtube.com/watch?v=gWsmOY1Sgl8 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWdXc21PWTFTZ2w4)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 20 de Julho de 2010, 15:16
(http://lh5.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/TETaqjCiG2I/AAAAAAAAASc/i6nWWitlzJ0/s400/1215795736zbrct6G.jpg)

Luar do Sertão

Composição: Catulo da Paixão Cearense / João Pernambuco
Não há, oh gente, oh não
Luar como esse do sertão
Não há, oh gente, oh não
Luar como esse do sertão

Oh, que saudade do luar da minha terra
Lá na serra branquejando folhas secas pelo chão
Esse luar lá da cidade tão escuro
Não tem aquela saudade do luar lá do sertão

Se a lua nasce por detrás da verde mata
Mais parece um sol de prata prateando a solidão
E a gente pega na viola que ponteia
E a canção e a lua cheia a nos nascer do coração

Não há, oh gente, oh não
Luar como esse do sertão
Não há, oh gente, oh não
Luar como esse do sertão

Coisa mais bela neste mundo não existe
Do que ouvir-se um galo triste
No sertão se faz luar

Parece até que a alma da lua é que descanta
Escondida na garganta desse galo a soluçar

Ah, quem me dera que eu morresse lá na serra
Abraçada à minha terra
E dormindo de uma vez
Ser enterrado numa grota pequenina
Onde à tarde a surunina
Chora a sua viuvez

Não há, oh gente, oh não
Luar como esse do sertão
Não há, oh gente, oh não
Luar como esse do sertão.


http://www.youtube.com/watch?v=EcYKtBY5pHg (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUVjWUt0Qlk1cEhn)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 20 de Julho de 2010, 16:00
(http://lh5.ggpht.com/_QkJZilYiheY/TEChc6VBaVI/AAAAAAAACBM/5X-SacES3f4/s400/1fc72a3f%202.png)

“No fim tu hás de ver que as coisas mais leves são as únicas
que o vento não conseguiu levar:
um estribilho antigo
um carinho no momento preciso
o folhear de um livro de poemas
o cheiro que tinha um dia o próprio vento...”
(Mário Quintana)


http://www.youtube.com/watch?v=219BbjSbB3A&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTIxOUJialNiQjNBJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 20 de Julho de 2010, 18:51
(http://static.blogstorage.hi-pi.com/photos/marceloramos.spaceblog.com.br/images/mn/1224297368/Relogio-da-Vida.jpg)

AH! OS RELÓGIOS

Amigos, não consultem os relógios
quando um dia eu me for de vossas vidas
em seus fúteis problemas tão perdidas
que até parecem mais uns necrológios...

Porque o tempo é uma invenção da morte:
não o conhece a vida - a verdadeira -
em que basta um momento de poesia
para nos dar a eternidade inteira.

Inteira, sim, porque essa vida eterna
somente por si mesma é dividida:
não cabe, a cada qual, uma porção.

E os Anjos entreolham-se espantados
quando alguém - ao voltar a si da vida -
acaso lhes indaga que horas são...

Mario Quintana - A Cor do Invisível


http://www.youtube.com/watch?v=kpjn6SRFts0 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWtwam42U1JGdHMw)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: hcancela em 21 de Julho de 2010, 19:22
Olá amigos(as)




Os amigos verdadeiros
Não se compram nem se vendem
São a luz, são candeeiros
Que nas vidas se acendem ...

Amigos que são do peito
Mesmo em difíceis caminhos
Vendo em nós qualquer defeito
Nunca nos deixam sozinhos...

As amizades sinceras
Nunca falsas nem fingidas
São constantes Primaveras
A florir as nossas vidas...

A amizade é sentimento
Que habita nos corações
Devia ser um fomento
A motivar multidões...

Quem comungar a amizade
Genuina e verdadeira
Sente em si felicidade
Que ilumina a vida inteira.

Do belo que a vida tem
A maior preciosidade
É dar e obter d’alguém
A verdadeira amizade !...

Amigos que são do peito
Mesmo em difíceis caminhos
Vendo em nós qualquer defeito
Nunca nos deixam sozinhos.

Euclides Cavaco


SAUDAÇÕES FRATERNAS
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Julho de 2010, 00:18
Oi, Cancela!! Que bom vê-lo por aqui :D
Linda poesia!
Carinhos,
Helena
------------------------------------------------------------------------------------
(http://lh5.ggpht.com/adriasneves/SM8Gtt0XYuI/AAAAAAAABNc/B1oY0tCpJfU/s800/66np2iu.png)


Beija-flor

Márcia Fasciotti

Flor...
Flor que beija
Flor que deseja
O beijo do beija-flor
Que não a beija...
Ele voa
Desaparece, reaparece
E pousa em outra flor
Saudade - dor
Esperança perdida nos jardins,
Cravos, rosas
Margaridas e jasmins.
Voe e pouse em outra flor.
Sinta o perfume dela.
Leve seu pólen prá florir outra janela.
Traia todas as flores,
Com beijos de todas as cores...
Mas cumpra com seu dever...
Resgate o que cativou.
Faça renascer,
Desejo - beijo - flor,
 e o amor...
Beija!!! Flor...


http://www.youtube.com/watch?v=uQoKf-t0d-4 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXVRb0tmLXQwZC00)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 22 de Julho de 2010, 21:29

Olá!

Boa noite, amiga Helena!!

Scorpions - Wind Of Change (blowing stories mix)
http://www.youtube.com/watch?v=KKJUSaeGc74&feature=PlayList&p=0A6E50941E4404DF&index=8&playnext=7&playnext_from=PL (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUtLSlVTYWVHYzc0JmFtcDtmZWF0dXJlPVBsYXlMaXN0JmFtcDtwPTBBNkU1MDk0MUU0NDA0REYmYW1wO2luZGV4PTgmYW1wO3BsYXluZXh0PTcmYW1wO3BsYXluZXh0X2Zyb209UEw=)
-----------

"Juan Ramón Jiménez"

A solidão era eterna
e o silêncio inacabável.
Detive-me com uma árvore
e ouvi falar as árvores.


Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Julho de 2010, 23:24
Boa noite, amigo dim-dim!
É sempre bom tê-lo por perto... Que vc tenha lindos sonhos!!
Com carinho,
Helena
(http://lh5.ggpht.com/cintia.ema/SMaqQizAoAI/AAAAAAAAHq4/yYH64zQDfD8/s400/982331botlluaz19.png)
--------------------------------------------------------------------------------
(http://lh5.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/TEbyBVzhZBI/AAAAAAAAATE/moYmY2BhOXk/s400/1266306599Hy4UGIx.jpg)

Poeminha besta
Na voz rouca das palavras que flutuam
Nestas folhas amareladas onde ficam caídas
Um pouco de mim, da minha essência pedaços
Nacos da alma, na minha insana sanidade
Perdidas estão gotas de um espírito sonolento
Que marcaram indelevelmente meu coração.
Entre o que passou e o que ficou de mim perdido
Dentre as porções e poções de sonhos
Em minhas fantasias quase reais
Uma busca contínua por respostas
Neste dia nem tão frio
De um noite malemolente,
Mas com um doce perfume
Onde o tempo, parecendo que parou,
Segue, preguiçoso, enquanto espero.
Fico neste bailar de letras
A desembrulhar saudades...


http://www.youtube.com/watch?v=J8OSK1RwtE4&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUo4T1NLMVJ3dEU0JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 23 de Julho de 2010, 17:35


(http://lh5.ggpht.com/_Kd8jn6FCRos/SlByQoTiQ2I/AAAAAAAABG4/tlfxUrmn5Y4/s400/Roadtop.png)

(http://www.gifs-animados.net/animais/animalani44.gif)

(http://lh6.ggpht.com/_OQorP7ZJVSI/Sx2aTrIqftI/AAAAAAAAG98/XDXKwSQKR3M/KG1.gif)

http://www.youtube.com/watch?v=gscenpI6vDc&feature=fvsr (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWdzY2VucEk2dkRjJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2c3I=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 26 de Julho de 2010, 16:00
(http://lh3.ggpht.com/_5lcfOb-MWPk/SgdeCmWtV8I/AAAAAAAABsQ/ckYzDB9lWm8/etPXO8fsvP.png)


...Um tempo que refaz o que desfez,
Que recolhe todo sentimento
E bota no corpo uma outra vez...
(Chico Buarque)



http://www.youtube.com/watch?v=FTLFj94gO1g (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUZUTEZqOTRnTzFn)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Edgar j em 26 de Julho de 2010, 16:53
Muito bom!!!essa poesia beija-flôr ,me comoveu quero musica-la,posso?
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 26 de Julho de 2010, 17:03
Olá Edgar!!
Amigo, a poesia é de Márcia Fasciotti. Não sei como funciona os direitos autorais, caso ela tenha registrado...
Um abraço,
Helena
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 28 de Julho de 2010, 13:34
(http://3.bp.blogspot.com/_zTYxOZYsDcM/TAHBlvxRIWI/AAAAAAAAKE0/ISQrNDVOhC8/s400/chico-livro-parnaso1-1.jpg)



CARTA LIGEIRA -
Alfredo Nora


Meu Lasneau, não é bilhete,
Não é ofício, nem ata.
É o coração que desata
Meus pesares num lembrete.

I
Lasneau amigo, esta choça,
Onde a carne, breve, passa,
Cheia de lama e fumaça,
É minúscula palhoça.

A Terra, ante o sol da Graça,
É feio talhão de roça,
Detendo por balda nossa
Descrença, guerra e cachaça.

Agora é que entendo isso,
Mas é triste a fé sem viço
Que o sepulcro impõe à pressa...

Espere sem alvoroço,
Além da prisão de osso,
A vida real começa.

II
Oh! meu caro, se eu pudesse
Dizer tudo o que não disse,
Sem a velha esquisitice
Que inda agora me entontece!

Entretanto, é clara a messe
Da sementeira de asnice.
Perdi tempo em maluquice
E o tempo me desconhece.

É natural que padeça
A minha pobre cabeça
Perante a Luz, face a face.

Não me olvide em sua prece,
Desejo que a luta cesse,
Que a coisa melhore e... passe.

Alfredo Nora
Alfredo José dos Santos Nora nasceu em 18 de novembro de 1881, no município de Piraí, Estado do Rio, e desencarnou em 13 de novembro de 1948. Poeta e jornalista. Era concunhado de Sebastião Lasneau, tb poeta.

Do livro Parnaso de Além-Túmulo, de Chico Xavier.
Imagem: Flickr - Michael Cavén


http://www.youtube.com/watch?v=Ou6Z6hRddvo (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU91Nlo2aFJkZHZv)

Biografia de Sebastião Lasneau
http://www.vivendoemsintonia.com/2010/03/biografia-sebastiao-lasneau.html (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy52aXZlbmRvZW1zaW50b25pYS5jb20vMjAxMC8wMy9iaW9ncmFmaWEtc2ViYXN0aWFvLWxhc25lYXUuaHRtbA==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 30 de Julho de 2010, 14:56
(http://lh6.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/TFLFTEj3ExI/AAAAAAAAAVE/tofZZChx-gY/s400/%21cid_070e01c7d8e4%24397db030%24a8c0fea9%40angela.jpg)

Feliz aquele que consegue,
Ao menos ligeiramente saber,
Ou buscar saber, numa busca
Consciencial bastante exaustiva,
O que procura...
Pois quem não sabe,
Sequer se preocupa em saber,
Aquilo que procura, não conseguirá
Perceber o que encontra...
E nesse caminhar desatento
Pelas veredas da vida
Não compreenderá que
A arte de viver começa
A ganhar sabor e sentido
Quando aprendemos a
Desembrulhar os presentes
Que a vida nos oferece
A cada breve momento
Assim, em retribuição, 
Conseguimos doar sentimentos,
Cultivados com a força
Que a Natureza nos outorga,
Aos seres que amamos


http://www.youtube.com/watch?v=Q3oo9oHDMBc&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVEzb285b0hETUJjJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 31 de Julho de 2010, 23:35
(http://lh3.ggpht.com/_ZBC_23QGnKQ/S-maJfS4j7I/AAAAAAAABj4/ZM5Ebqydf7E/s400/beija-flor_3.jpg)

Que Felicicidade!

A νίđα é tão preciosa, tão rara...
Mesmo ignorantes em seus meandros,
Ou talvez por isso mesmo,
A cada amanhecer um novo presente
Se vislumbra em nosso cotidiano.
Vivemos com laços de vários tons
Formatos e cores variadas
A envolver nossas vidas
E a enlaçar muitas outras.
Se acreditarmos que existir
Em si já é um espetáculo, um milagre
Que a cada manhã somos brindados
Com novas sementes de esperança
Sentiremos que o que vale mesmo,
Na contabilidade final da existência,
É amar, amar e amar... Simplesmente!


http://www.youtube.com/watch?v=zCXfX6_oWJ0 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXpDWGZYNl9vV0ow)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 31 de Julho de 2010, 23:52
(http://lh6.ggpht.com/_p3Q_9ehNpkY/TEj_0aLYHMI/AAAAAAAAADM/GCAAVHmddWw/s400/brincando.jpeg)


(http://img96.imageshack.us/img96/6214/livro10.jpg)

http://www.youtube.com/watch?v=nLNdSnf4Dwg&feature=fvw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW5MTmRTbmY0RHdnJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2dw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 01 de Agosto de 2010, 00:20
(http://lh4.ggpht.com/_aVoQR7Qelhk/SBC0yf26V1I/AAAAAAAADwU/Vy5NRUK2pfE/s800/Rubem_Alves.gif)


http://www.youtube.com/watch?v=b4FR0oBLtWM&feature=channel (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWI0RlIwb0JMdFdNJmFtcDtmZWF0dXJlPWNoYW5uZWw=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Agosto de 2010, 22:49
(http://www.saltoquantico.com.br/wp-content/imagens/menina-chorando.jpg)

O preconceito é a grande chaga da humanidade
Onde quer que ele esteja escondido,
Pois ele é covarde, se mascara e se enfeita
Nos cantos escuros do subconsciente,
Sob os mais singelos e variados disfarces.
Arranquemo-lo fora, pois é erva daninha
Que avassala as sementes do bem da alma
Destruindo qualquer nobreza em nosso coração
Com seus poderes de auto-fagia consciencial
Consome, a cada segundo, nosso deus interior.

Sabemos que existe um amanhã pleno
De alegrias verdadeiras, de paz e luz...
Basta acreditarmos em nossa força interna,
E doarmos, sem medo de ser feliz,
Ternura, tolerância, filhas diletas do Amor,
Que seca as chagas da dor dos feridos do caminho.

Espalhemos bons pensamentos, sorrisos
Cultivemos a paz interior e exterior
Porque o que importa mesmo é a certeza
Que somos caminhantes do tempo
E que o infinito é nossa estrada...
E como células de um mesmo corpo cósmico
Tratemos da nossa sombra doente
Com mudanças de atitude a cada dia
Façamos  nossa parte nos palcos da vida,
Com esperança, alegria e humildade,
Como o passarinho que carrega no bico
A água que aplaca o incêndio da floresta.


http://www.youtube.com/watch?v=9R71ITGOMTE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTlSNzFJVEdPTVRF)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Agosto de 2010, 23:04
(http://lh5.ggpht.com/_iWzP0uTovms/StZ96_g7LYI/AAAAAAAAAqc/525xjlO6gwA/s512/rid.jpg)

Como gosto de ti

Gostar de ti é um gostar sem distância.
Valioso demais para ser descartado
grande demais para ser perdido e
importante demais para ser esquecido.
És especial demais pra mim não só
pela tua maneira de ser e agir,
mas também pela profundidade com que
atinges meu coração...
Se um dia olhares para trás
e vires que não te sigo, olha
para frente e verás que estarei
a te esperar para dizer-te que:
Gosto muito de ti e que podes
contar sempre comigo !!!
(desconheço autoria)


http://www.youtube.com/watch?v=-vU631PiJLM (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PS12VTYzMVBpSkxN)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Agosto de 2010, 23:42
(http://lh3.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/TFLGjZwzviI/AAAAAAAAAVU/wTDq32ye1XE/s400/2150569.jpg)

Primavera

O meu amor sozinho
É assim como um jardim sem flor
Só queria poder ir dizer a ela
Como é triste se sentir saudade
É que eu gosto tanto dela
Que é capaz dela gostar de mim
E acontece que eu estou mais longe dela
Que da estrela a reluzir na tarde
Estrela eu lhe diria
Desce à Terra, o amor existe
E a poesia só espera ver
Nascer a primavera
Para não morrer
Não há amor sozinho
É juntinho que ele fica bom
Eu queria dar lhe todo o meu carinho
Eu queria ter felicidade
É que o meu amor é tanto
Um encanto que não tem mais fim
E no entanto ela nem sabe
Que isso existe
E é tão triste se sentir saudade
Amor eu lhe direi
Amor que eu tanto procurei
Ah! quem me dera eu pudesse ser
A tua primavera
E depois morrer
(Carlos Lyra e Vinícius de Moraes)


http://www.youtube.com/watch?v=Y4qW8iBHFM0&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVk0cVc4aUJIRk0wJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
Título: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: ram-wer em 05 de Agosto de 2010, 00:17
Oi, Heleninha,

Achei bem bonito o vídeo das cores.  Sei que o trouxe para complementar o texto
sobre preconceito.

É. Mas eu adoro filmes preto-e-branco, com imagem e música evocativas.

Óbvio que tem de ser um bom filme.  Sabe?  Tem enredo que fica muito melhor
sem cores.  

Agora, o "Avatar", por exemplo, perderia toda a graça se descolorissem.  ;)

O vídeo abaixo poderia ter fotos coloridas.
Mas algo me diz que ficou bem mais romântico assim, P & B.

Beijão, RW

http://www.youtube.com/watch?v=wP5lMZihgq0 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXdQNWxNWmloZ3Ew) It's Hard to Say Goodbye, Claudine Longet. Vídeo de Nonchey.
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 05 de Agosto de 2010, 21:49
RW, meu gentil amigo, é sempre bom vê-lo por perto!!! Fico muito feliz!! :D
Linnnnndo vídeo... linnnnda música...Adoooooorei... !!!  ;)
Tb gosto de filmes e fotografias em p&b ... É cool! rs 8) A turminha daqui de casa não concorda! rs  :-\  Que pena... Tem espaço e momento para tudo, não é mesmo? Tudo! Com ou sem luz, com todas as cores, sem nenhuma cor, com nuances de cinza...
Bjs, :-*
Helena
--------------------------------------------------------------------------------------

(http://lh6.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/TFn4cIm4RUI/AAAAAAAAAVk/_yv4rMwVk2E/s400/153.png)

Olha de novo:

não existem brancos,
não existem amarelos,
não existem negros..

somos todos arco-íris.

(Ulisses Tavares)


http://www.youtube.com/watch?v=e-RlJiTbSRY (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWUtUmxKaVRiU1JZ)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 05 de Agosto de 2010, 22:16
(http://lh3.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/TFm9IC5tg1I/AAAAAAAAAVc/Vfj5NxsSgPo/s400/ANDANA%7E1.JPG)

É necessário abrir os olhos e perceber
que as coisas boas estão dentro de nós,
onde os sentimentos
não precisam de motivos
nem os desejos de razão.
O importante é aproveitar
o momento e aprender sua duração,
pois a vida está nos olhos de quem saber ver.

Gabriel Garcia Marquez

http://www.youtube.com/watch?v=nLKGc3yl1jQ (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW5MS0djM3lsMWpR)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 05 de Agosto de 2010, 22:23
(http://4.bp.blogspot.com/_lfdfIuHJ_jk/SpvjpPo2VYI/AAAAAAAAA_E/fWQDPvjCDdo/s400/homem+s%C3%B3.jpg)

"SALMO DO SILÊNCIO"

Tão grande é meu silêncio que ouviria
uma hóstia pousar sobre uma nuvem ,
a floração de estrelas no abismo
e o murmúrio de Deus amando o mundo.

Neste convulso silêncio escutaria
uma luz caminhando no infinito
e a tristeza de um anjo abandonado.

Tão puro meu silêncio que escuto
o solitário coração de Deus
fluindo angústia.
E às vezes sinto desdobrar-se
em silêncio e mais silêncio
a grande voz a murmurar
meu nome
na negra solidão inacessível.

(Yttérbio Homem de Siqueira/de "Abismo Intacto"/1932-1981-RG do Norte)


http://www.youtube.com/watch?v=L3vCaKoTY6c&feature=fvsr (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUwzdkNhS29UWTZjJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2c3I=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 14 de Agosto de 2010, 22:55
(http://lh3.ggpht.com/ComunidadeDns/SGfp6G17QnI/AAAAAAAAFQo/qXMaRAo7xpE/s400/dns12.png)



Sou companhia, mas posso ser solidão...
Tranquilidade e inconstância, pedra e coração.
Sou abraços, sorrisos, ânimo, bom humor,
sarcasmo, preguiça e sono.
Música alta e silêncio.
Serei o que você quiser,
mas só quando eu quiser.


Clarice Lispector


http://www.youtube.com/watch?v=g8hItcjQZVM (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWc4aEl0Y2pRWlZN)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 14 de Agosto de 2010, 23:25


(http://2.bp.blogspot.com/_70JElYVm91Q/S-9KDIcIHRI/AAAAAAAAE4k/tdV2svC5pcI/s1600/1259688693PP5GuFA.jpg)

  Não é que vivo em eterna mutação,
 com novas adaptações a meu renovado viver
e nunca chego ao fim de cada um dos modos de existir.
Vivo de esboços não acabados e vacilantes.
Mas equilibro-me como posso,
entre mim e eu,
entre mim e os homens,
entre mim e Deus. -

Clarice Lispector


http://www.youtube.com/watch?v=WaWbnsMa4fQ&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVdhV2Juc01hNGZRJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 15 de Agosto de 2010, 12:52
(http://lh5.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/TGck2IfhKOI/AAAAAAAAAZc/gwEKtc9fT68/s400/44%20%282%29.png)

"A felicidade aparece
para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam
e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas
que passam por suas vidas"


(Clarice Lispector)



http://www.youtube.com/watch?v=T8U9rVfFR3I&feature=player_embedded (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVQ4VTlyVmZGUjNJJmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZA==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 16 de Agosto de 2010, 22:34
(http://1.bp.blogspot.com/_2f6WmDolIl4/S4n_CEoh-4I/AAAAAAAABDo/Npdf7M-bdJQ/s400/Nicoletta+Tomas-2.jpg)


Fecho a porta
Invento uma felicidade     
Num futuro antes que o tempo termine
Um tempo que chegará, sem ouvido nem ruído
E na luz que ilumina a minha liberdade
Surges tu!
No ar, aromas voláteis conduzem-nos um ao outro
E os meus sentidos inteiros e cheios
Desejam o abraço que nos faz ser um só
Numa torrente de desejo e emoção
Confundo-me no teu corpo
Debruço-me sobre ti
Ouço o teu silêncio  enquanto me escutas
Já não sei o que digo e o que faço
Só sei que renasço
Não te deites sem mim
Contigo apetece-me tudo!...
AHA


http://www.youtube.com/watch?v=KOytOSZBBfE&feature=player_embedded# (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUtPeXRPU1pCQmZFJmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZCM=)!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 16 de Agosto de 2010, 22:38
(http://3.bp.blogspot.com/_2f6WmDolIl4/S3i-O1e5g_I/AAAAAAAABCk/75tZFSuglmA/s400/Ga%C3%ABna+da+Sylva-3%28Tempestade+e+Calma...%29.jpg)

Tempestade e calma

Morre o azul do dia
Suavemente a noite chega
Os sons apagam-se um a um...
Noite cheia de sono ou falta dele
Nesta noite fria e molhada
Uma sombra espessa abriga o meu corpo
Noite favorecedora dos prazeres
Onde, na escuridão calma
A alma se abre e estremece
Como uma flor a quem o vento leva o amor
Sonhos e desejos penetram alternadamente
Coração e corpo
Onde descansam...
AHA


http://www.youtube.com/watch?v=caVr-VdeDvw&feature=player_embedded (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWNhVnItVmRlRHZ3JmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZA==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Dothy em 17 de Agosto de 2010, 11:13
         ***A Primavera da Vida***

A Primavera da vida
Não é quando temos 18 anos
E não sabemos nada de nada
E pensamos que sabemos tudo;
Quando pensamos
Que nossas dores de amor
Serão eternas...
A primavera da vida
Chega quando nos sentimos
Prontos para nascer
Para as coisas boas e belas
Que a vida nos oferece;
Quando nos sentimos bem conosco mesmos
E podemos nos olhar no espelho e dizer:
-Agora sei o que quero,
Sei do que preciso
E sei o que vou buscar;
Não tenho medo de errar.
A primavera da vida
Chega quando olhamos para trás
Sem ressentimentos,
Sem arrependimentos
E para o futuro com o brilho nos olhos
De quem já descobriu
Que dores não são eternas
E alegrias também não,
 Mas que a vive
E sobrevive apesar de tudo.
É quando a gente descobre
Que nunca é tarde demais
Pra recomeçar.



(Letícia Thompson)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Dothy em 18 de Agosto de 2010, 20:37
 -

           PERGUNTEI A UM SÁBIO ...

Qual a diferença que havia entre o Amor e a Amizade,


ele me disse essa verdade..."O Amor é mais sensível,

A Amizade mais segura.

O Amor nos dá asas,

a Amizade o chão.

No Amor há mais carinho,

na Amizade compreensão.

O Amor é plantado

  e com carinho cultivado,

a Amizade vem faceira,

e com troca de alegria e tristeza,

torna-se uma grande e querida companheira.

Mas, quando o Amor é sincero

ele vem com grandes amigos,

e quando a Amizade é concreta,

ela é cheia de Amor e carinho.

Quando se tem amigos

como vocês...

ambos sentimentos coexistem!!!

dentro do seu coração.
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: katiatog em 19 de Agosto de 2010, 00:20
  Relíquias

Nesta velha caixinha abandonada,
que a mão do tempo fez mudar de cor,
retalhos de minh'alma emocionada
guardei, outrora, com carinho e amor...

Relíquias...Eram cantos da alvorada,
e hoje traduzem nostalgia e dor.
Restos mortais de uma ilusão doirada,
vago perfume de sidéria flor.

Ai! Tudo o vento do destino leva!
A luz se apaga e, a divagar em treva,
eram lembranças que doridas são!

Na vida é tudo assim! Tudo envelhece
mas, dentro d'alma o sonho não fenece
e o coração... é sempre o coração.

             Emiliana Delminda

<BR><a href="http://www.recados.net" >(http://images.paraorkut.com/img/recados/Boa-noite_166356767_035_boa_noite.jpg)[/url]

Recados Para Orkut - Click Aqui! http://www.recados.net (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5yZWNhZG9zLm5ldA==)[/url]
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Dothy em 19 de Agosto de 2010, 01:19
Hino à Amizade

                                                                       (Letícia Thompson)

Vou te ofertar

Na doçura da amizade

Estrelas que não se pode contar,

Mas que contarão

Nossas velhas histórias,

Elas brilharão

Como milhões de pirilampos

Em noites escuras...

Florirão

Como centenas de flores do campo

E falarão

Das nossas aventuras,

Dos caminhos

Que tivemos que passar

E dos mares que atravessamos,

Das barras que seguramos,

Do quanto viajamos em sonhos

À terras distantes

Buscando felicidade.

Dirão

Das noites sem lua

Em que você foi meu luar

Dos dias sem riso

Em que você foi meu sorriso...

E que quando eu pensei

Que não restava mais nada,

Você foi minha estrada,

Minhas mãos e minhas pernas,

Pra que eu pudesse caminhar.

E que quando fui embora

Seus olhos choraram sozinhos

Porque não quiseram me ver partir.

Tudo minhas estrelas

Vão te lembrar,

Mas que te lembrem,

Sobretudo,

É que não te esqueço,

Que você ainda é,

Por vezes,

Meus braços e minhas pernas

E um lindo luar,

Que enfeita minha vida,

Uma amizade tão querida,

Tão difícil de se esquecer,

Tão fácil de se guardar

Uma pessoa tão linda,

Tão fácil de se amar!!!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Dothy em 20 de Agosto de 2010, 17:07

De coração para coração - ( Letícia Thompson)

O que separa corações não é a distância, é a indiferença.
Há pessoas juntas estando separadas por milhares de quilômetros
e outras separadas vivendo lado-a-lado.
Muitas vezes nos importamos com o que acontece no mundo,
nos sensibilizamos e pensamos até em fazer alguma coisa,
mas nos esquecemos do que se passa ao nosso lado,
na nossa casa, na nossa família e mesmo na vizinhança.
Colocamos, sem querer, barreiras entre os corações que nos cercam.
A indiferença mata lentamente, anula qualquer sentimento;
e assim criamos distâncias quando estamos tão próximos.
As pessoas se habituam tanto àquelas que convivem com elas
que elas passam a não notá-las mais, a não dar mais importância.
Mas, se quisermos transformar o mundo,
comecemos por transformar a nós mesmos.
Se quisermos entrar em combates para melhorar algo para o futuro,
que esse combate comece dentro da nossa própria casa.
Precisamos olhar os que estão ao nosso lado sempre com olhos novos.
Comunicar mais, destruir mais barreiras e construir mais pontes.
Precisamos nos dar de coração a coração.
A melhor maneira de acabar com a indiferença de uma pessoa em relação a nós é amá-la.
O amor transforma tudo.
Não permita que pessoas ao seu lado morram de solidão!
Não permita que elas sintam-se melhor fora de casa que dentro dela!
Dê atenção, dê do seu próprio tempo!
Comunique-se!
Assista menos televisão e converse mais.
Riam juntos.
Há quanto tempo você não diz para a pessoa que vive ao seu lado que gosta dela?
A gente não recupera tempo perdido.
Mas podemos decidir não perder mais.
Vamos amar os corações que nos cercam
e tentar alcançar novamente aqueles que se distanciaram.
Há sempre tempo para se amar.
E se não houvesse, o próprio amor seria capaz de inventar...

Abraços afetuoso a todos os amigos e irmãos deste espaço de Luz e Amor...

Sejam todos bem vindos!!!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: macili em 22 de Agosto de 2010, 01:18
Boa noite amiga Helena Beatriz,

Ontem, pela primeira vez, vi este seu tópico de poesias e fiquei deslumbrada.
Amo poesias e com muito bom gosto você as posta, acompanhadas de belíssimas imagens e músicas em vídeos.
Parabéns, este espaço é relaxante e lindo.
Como não consegui ver tudo, estou postando uma poesia, que caso você a tenha colocado aqui, peço desculpas.
É que me sinto feliz em participar dos tópicos, me faz bem. Espero que gostes.
Com carinho da amiga
Macili

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Tardes de Primavera

Tardes de primavera morrem devagar,
como vento que balança flores,
num dourado bordado de pétalas
dançando...

Tardes de primavera são mornas,
morrem serenas como deveriam ser
todas as mortes...

Tardes de primavera são pássaros,
voando em direção ao sol
morrem esvoaçantes no horizonte...

Tardes de primavera são doces,
Horas que morrem lentas e douradas,
dispersas no sol poente...

Tardes de primavera são assim,
douradas e serenas mortes
também no coração da gente...


(Sônia Schmorantz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: katiatog em 23 de Agosto de 2010, 17:13
Querida amiga HelenaBeatriz

Parabéns pela sua iniciativa de compartilhar poesias.

O seu cantinho está muito lindo!

Aprecio e coleciono poesias desde os meus 12 anos.

Se me permitir, terei imenso prazer em postar algumas poesias também.

Abraço carinhoso

Katia
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: katiatog em 23 de Agosto de 2010, 17:24
   Acompanha-me

Vem comigo e acompanha meus passos
Eu vim do espaço azul...
Eu quero ser teu caminho,
te conduzir pela estrada da vida.
E quero ser tua luz...
Vem e não receies!
Que este Amor que sinto e que trago
em meu coração é puro e sincero...
Não temas o nosso futuro e não penses em nada!
Basta vir comigo e acompanhar meus passos...
E seguiremos juntos,
pelos rumos da vida,
Sejam eles feitos de tristeza ou alegria...
Vem, mas traz teu coração,
transbordando de fé!
Fé no nosso amor
Fé em nós dois
Acompanha-me!
Serás feliz!!!

                 Selma L da Veiga Rodrigues
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 23 de Agosto de 2010, 19:09
Queridas Katia, Dothy e Macili!! Adorei!! Muito lindas as poesias!!
Obrigada pelo carinho e por compartilhá-las!
Sejam muito bem-vindas, amigas!!
Bjs!
Helena

(http://lh5.ggpht.com/_g5vKcJYsvbw/SkE2wX-if3I/AAAAAAAAD5E/TpId4cya2kU/s400/l_cf98be3fe12b4b8d9cba81bc492f4bdfmm.png)

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

(http://lh4.ggpht.com/_UhEXjtIUmHo/TDPcAuGSgEI/AAAAAAAAC4g/vF__8X54kR0/s000/div33.png)


http://www.youtube.com/watch?v=QjsjZWlRVvo
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: macili em 23 de Agosto de 2010, 19:29
Invasão de Coração

Entre!
Entre sem bater
A chave está na porta

Entre ...
Invada este coração,
percorra seus labirintos,
desvende os seus segredos,
e amenize os medos
medo este de se ferir

Entre ...
Ocupe os espaços vazios,
e abra todas as janelas
para a felicidade

Mas se não puder ficar ...
Não deixe cicatrizes no lugar,
Saia de mansinho,
sem machucar,
e deixe a chave no lugar!

(by Zaza)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 24 de Agosto de 2010, 13:09
Amarelinha...

(http://4.bp.blogspot.com/_ktWJn49PCUY/R3Wt1e9XTPI/AAAAAAAAI5I/xnzmB3msh9c/s400/927200642022PM.jpg)

Isso, vai pulando.
Feito criança.
Que aos poucos vai fazendo seu caminho.
Bem devagarinho entre erros e acertos,
Jogando sua pedrinha,
Pulando pelas casinhas,
Entre erros e acertos
Juntos aos seus amiguinhos de brincadeira
Vai saindo do inferno e chegando ao céu.
Vamos fazer da vida um jogo de amarelinha
Pulando, errando, jogando, acertando,
Evitando pisar na linha,
Rindo, recomençando, caindo até levantando.
Sem trapaça e sem roubo.
Pois na brincadeira e no jogo da vida
Um toma conta do outro...
Por amor e aventura,
Pelo desejo de jogar de verdade
E até aprender a esperar sua vez.

Vamos brincar de amarelinha?
Ir pulando...
Ir brincando...
Um de cada vez...
Esperando a vez...
Rindo porque acertou...
Lamentando a vez que errou...
Mas brincando e jogando sem desistir de ser feliz
Vamos jogando até chegar no céu?
(By H.Strega)


Yanni - "Felita" (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUZOb1ZhWUR0YmE0JmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2c3Ij)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 24 de Agosto de 2010, 23:21
(http://lh5.ggpht.com/_R_3NrZCLrZ0/S9BMjOKIEBI/AAAAAAAAF4k/XHNxzbMR_bI/s400/0305.png)


Não consigo mais

conter as lágrimas

Minha face acolhe

cada uma que teima

em cair dos meus olhos

A saudade, a espera

doi tanto que meus olhos

soltam minha dor,

na esperança de

aliviar meu coração que...

sofre com a sua ausência !

(autor desconhecido )



Vanessa da Mata -- Amado (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUV5M1c3MzExWjNnIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: katiatog em 25 de Agosto de 2010, 04:58
      O tempo é um fio

O tempo é um fio
bastante frágil
Um fio fino.
Que à toa escapa.

O tempo é um fio
Tecei!  tecei!
Rendas de bilro
com gentileza
Com mais empenho
franças espessas.
Malhas e redes
com mais astúcia.

O tempo é um fio
que vale muito.

Franças espessas
carregam frutos.
Malhas e redes
apanham peixes.

O tempo é um fio
por entre os dedos.
Escapa o fio,
perdeu-se o tempo.

Lá vai o tempo
como um farrapo
jogado à toa!

Mas ainda é tempo!

Soltai os potros
aos quatro ventos,
mandai os servos
de um pólo a outro,
vencei escarpas,
dormi nas moitas,
voltai com o tempo
que já se foi!

      Henriquieta Lisboa


<BR><a href="http://www.recados.net" >(http://images.paraorkut.com/img/recados/paz_1055944364_paz1.gif)[/url]

Recados Para Orkut - Click Aqui! http://www.recados.net (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5yZWNhZG9zLm5ldA==)[/url]
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Compadre Lemos em 25 de Agosto de 2010, 05:55
Ontem, Hoje, Sempre!

( Compadre Lemos )

Tempo único, uníssono, homogêneo,
Ainda assim, dividido:
Ontem, hoje, sempre!

O homem, no tempo, cego, orgulhoso, egoísta,
Ainda assim, avançando:
Ontem, hoje, sempre!

O Cristo, no tempo, incompreendido,
Ainda assim, ensinando:
Ontem, hoje, sempre!

E Deus, no tempo, Eterno, Imutável e Bom
E, por isso mesmo, criando:
Ontem, hoje, sempre!

Seja o ontem o meu equívoco,
Seja o hoje o meu aprendizado,
Seja o sempre a aplicação!

"-- Levanta-te e anda!"

...
Juiz de Fora Mg
25/08/2010
Compadre Lemos.
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 25 de Agosto de 2010, 14:18
(http://lh5.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/THT2cpTClVI/AAAAAAAAAeA/hc1hOUHiz0Q/s400/vladimir-kush-3.jpg)

Como nuvens pelo céu
Passam os sonhos por mim.
Nenhum dos sonhos é meu
Embora eu os sonhe assim.
São coisas no alto que são
Enquanto a vista as conhece,
Depois são sombras que vão
Pelo campo que arrefece.
Símbolos? Sonhos? Quem torna
Meu coração ao que foi?
Que dor de mim me transtorna?
Que coisa inútil me dói?

(Fernando Pessoa)


YouTube - Broadcast Yourself. (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUVHdFRibFRSMFlVJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 25 de Agosto de 2010, 22:50
(http://lh5.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/TGpnohJsQ8I/AAAAAAAAAaw/csTzty2sERE/s400/1268414082S7qlwCJ.jpg)


"Gosto de olhar as pedras e os desenhos do vento
na superficie da água, gosto de sentir as modificações
da luz quando o sol está desaparecendo do outro lado
do rio, gosto de sentir o dia se transformando em noite
e em dia outra vez, gosto de olhar as crianças brincando
no corredor de entrada e das palmeiras que existem
no meio da minha rua — gosto de pensar que vou sempre
ter olhos para gostar dessas coisas, e por mais sozinho
ou triste que eu esteja vou ter sempre esse olhar sobre as coisas."

(Caio Fernando Abreu)


Love is Blue (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTdJS1QxZHVDUUFjIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Agosto de 2010, 21:58
(http://4.bp.blogspot.com/_zX8gTuQlWPs/R1iTrsTjehI/AAAAAAAAAKY/y7vYivYja-o/s400/CORACAO%2520na%2520praia.jpg)

Rifa-se um coração quase novo.
Um coração idealista.
Um coração como poucos.
Um coração à moda antiga.
Um coração moleque que insiste em pregar peças no seu usuário.
Rifa-se um coração que na realidade está um pouco usado,
meio calejado, muito machucado e que teima em alimentar sonhos,
 e cultivar ilusões.
Um pouco inconseqüente que nunca desiste de acreditar nas pessoas.
Um leviano e precipitado, coração
que acha que Tim Maia estava certo quando escreveu...
"não quero dinheiro,eu quero amor sincero, é isso que eu espero..."
Um idealista...
m verdadeiro sonhador...
Rifa-se um coração que nunca aprende.
Que não endurece, e mantém sempre viva a esperança de ser feliz
sendo simples e natural.
Um coração insensato que comanda o racional
sendo louco o suficiente para se apaixonar.
Um furioso suicida que vive procurando relações e emoções verdadeiras.
Rifa-se um coração que insiste em cometer sempre os mesmos erros.
Esse coração que erra, briga, se expõe.
Perde o juízo por completo em nome de causas e paixões.
Sai do sério e, às vezes revê suas posições arrependido de palavras e gestos.
Este coração tantas vezes incompreendido.
Tantas vezes provocado.
Tantas vezes impulsivo.

Rifa-se este desequilibrado emocional que abre sorrisos
 tão largos que quase dá pra engolir as orelhas,
mas que também arranca lágrimas e faz murchar o rosto.
Um coração para ser alugado
 ou mesmo utilizado por quem gosta de emoções fortes.
Um  órgão abestado indicado apenas para quem quer viver intensamente e,
contra indicado para os que apenas pretendem passar pela vidamatando o tempo,
 defendendo-se das emoções.
Rifa-se um coração tão inocente que se mostra sem armaduras
e deixa louco o seu usuário.
Um coração que quando parar de bater ouvirá o seu usuário
dizer para São Pedro na hora da prestação de contas:
"O Senhor poder conferir",
 eu fiz tudo certo, só errei quando coloquei sentimento.
Só fiz bobagens e me dei mal quando ouvi este louco coração
de criança que insiste em não endurecer e,
 se recusa a envelhecer".
(Clarice Lispector?)

JIMMY CLIFF - I CAN SEE CLEARLY NOW TRADUÇÃO - LEGENDA (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTlkcWZtaXpvQlBBIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 30 de Agosto de 2010, 17:48
(http://lh4.ggpht.com/_lYWVxfqSbWY/TBuaNB-4JyI/AAAAAAAAIVs/r88Cs-7zu-g/s400/glykyj23.png)
Queria poder citar tudo aquilo que vivi de bom,
 Dizer os nomes de todos que que me constuiram
Fazendo de mim quem sou e o que sou...
Contar todas as maluquices que aprontei
 E confidenciar as que eu ainda pretendo,
 Aquelas que ja tenho listadas...
Pensei em tantas coisas pra escrever aqui,
 Mas abandonei todas as idéias.
Fiz coisas erradas e vou continuar fazendo.
 Fiz coisas certas e vou continuar fazendo.
 Mas nunca vou deixar morrer
A paixão que tenho   pela vida.
Mimar e ser mimada pelo mundo,
Aceitando amor que nos dão,
Faz bem ao coração.

Caetano Veloso - Mimar voce (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVV6Z3NzMFNueFVJIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 30 de Agosto de 2010, 20:20
(http://t1.gstatic.com/images?q=tbn:7xddCqYyJ6QyiM:http://blig.ig.com.br/avistadomeuponto/files/2007/03/ciume.jpg&t=1)
[size=1.35em]O Ciúme           [/size]                             
        [size=1.35em]Dorme o sol a flor do Chico meio dia
  Tudo esbarra embriagado de seu lume
  Dorme ponte, Pernambuco, Rio, Bahia
  Só vigia um ponto negro, o meu ciúme

  O ciúme lançou sua flecha preta
  E se viu ferido justo na garganta
  Que nem alegre, nem triste, nem poeta
  Entre Petrolina e Juazeiro canta

  Velho Chico vens de Minas
  De onde o oculto do mistério se escondeu
  Sei que o levas todo em ti
  Não me ensinas
  E eu sou só, eu só, eu

  Juazeiro nem te lembras desta tarde
  Petrolina nem chegaste a perceber
  Mais na voz que canta tudo ainda arde
  Tudo é perda, tudo quer buscar, cadê

  Tanta gente canta, tanta gente cala
  Tantas almas esticadas no curtume
  Sobre toda a estrada, sobre toda sala
  Paira, monstruosa sombra do ciúme.[/size]        Caetano Veloso -
Gal Costa & Caetano Veloso-O Ciúme(vcd-ntsc) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXozM29ObUk5Rkc0JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)

       
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: ss em 30 de Agosto de 2010, 23:27
Frei Hermano da Câmara - Fado da Despedida (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVhLR1dHN1ZBb0xzIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: ss em 31 de Agosto de 2010, 01:04
Mother - Pink Floyd & Sinead O'Connor - Legendado - Will (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PS1PYkI1cTZVVElnJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: ss em 01 de Setembro de 2010, 20:02
Deva Premal - OM NAMO BHAGAVATE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWw1LVdhRXdyWGFrIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 01 de Setembro de 2010, 22:33



(http://lh6.google.com/MensagensImagens/SGKhC5UUU5I/AAAAAAAABdg/7wn1M08GOKk/196.jpg)


Santana - Let There Be Light (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUxJM1VCRmlWd3hjJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2dyN3cw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 01 de Setembro de 2010, 22:35
(http://lh4.ggpht.com/_Izx4cBMocYE/S9QwVj-FHNI/AAAAAAAAANE/kAQvsJsBoME/s576/meIX.JPG)

http://www.youtube.com/watch?v=rgRgYpue5zQ&feature=related
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 01 de Setembro de 2010, 22:37
(http://lh4.ggpht.com/_pGV-8FzNit0/SobolRW8D_I/AAAAAAAABZM/PmyCZe7ChR8/s800/pensamentoXI.JPG)

MARIA BETHANIA " LUAR DO SERTÃO " (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWJnOGUzdjRwRVhvJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZSM=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 03 de Setembro de 2010, 13:02
(http://lh4.ggpht.com/_-U0g9qMMZvs/SQs6I0LBmPI/AAAAAAAAHSk/r94iUEIw_U8/22-1.gif)


Eu me permito
Sonhar e acreditar.
Na vida, apesar das tristezas que ela possa trazer,
E fazer o meu melhor.
No hoje e no amanhã,
Nas pessoas e no amor.
Eu me permito
Lutar pelos meus ideais
Sem medo do que possa acontecer.
Eu me permito aprender e a mudar,
Eu me permito idealizar
Reconquistar, realizar...
Eu me permito amar
Sofrer, chorar...
Vencer...
E se cair,
Levantar...
Recomeçar novamente!
(desconheço autoria)


Zizi Possi - Mais Simples (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWQwUnlLZlZ5ZVNVIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: ss em 04 de Setembro de 2010, 01:14
Amália Rodrigues - Estranha forma de vida (1965) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXVGZ2N0VVJ5R3A0JmFtcDt0cmFuc2xhdGVkPTEj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Setembro de 2010, 20:59
(http://www.scielo.br/img/revistas/icse/v7n12/n12a20fig01.jpg)

A parte que me cabe
(Agnaldo Tavares)


Um povo acostumado a ser escravo
A mesmice de uma vida submissa...
Entregues a um pensamento burguês:
Devo ser o que sou e aceitar
A miséria por companheira inseparável!

Não quero migalhas de um governo fajuto!
Quero o que me é direito:
“A parte que me cabe neste latifúndio!”

Quero por meu suor a preço justo!
Não quero o que é teu,
Mas quero o que é meu!

Não quero petróleo e nem urânio
Quero leite e pão e...
Um bom estudo pro meu guri!

Não quero discursos partidários
Legendas, emblemas, lemas...
Nada me importa o teu diário!...

Não quero promessas; quero ações!
E quero urgência no meu caso
Não o descaso a minha dor!

Quero que me veja como sou!
Que me toque e sinta...
Que não me encare por robô!

Sou humano! Sou divino!
Pertencente a este mundo...
“Quero a parte que me cabe neste latifúndio!”


Funeral de um lavrador - Chico Buarque - Guido Rita (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PThQMjhERVhoQ3dRJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 05 de Setembro de 2010, 12:21
(http://lh5.ggpht.com/valeriavalente07/SA3RyiO5mKI/AAAAAAAABJo/1Z93Q4K0n0I/s640/21.png)

MINHA INFÂNCIA

Saudades... tempos idos da minha infância!
Tudo era felicidade... não conhecia a dor,
Corria pelas campinas, movendo distância,
Era meu mundo de paz... recanto abstrator.

A brisa olente que tocava em meu peito,
Fazia das silvas, ternas canções de amor,
Jubilosos momentos... tudo era perfeito!
Eu, criança, bailando como um sonhador.

Vida minha, meta da suntuosidade pueril!
Ignoto das lágrimas, eu não sentia solidão,
Liberdade! Vertente de uma vida pastoril.

Eram deleites para meu diminuto coração,
Toda minha meninice em existência serril,
Cuja lembrança, dá-me saudade e emoção.

Riva.


João e Maria - Chico Buarque e Nara Leão (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXlkMVIyTGlELWFzJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 05 de Setembro de 2010, 12:35
(http://i387.photobucket.com/albums/oo314/liziakz/arcoiris-1.gif)

ESPAÇO DAS QUIMERAS

O marulho das vagas que vem lá da praia,
É o canto cifrado das águas a perscrutar,
Enlevo sonoro de um musical sob a alfaia,
Escumas argentadas sob um céu com luar.

Brisa marinha que baloiça os coqueiros,
Edifica uma paisagem em desejo apreciar,
Murmúrio das águas, são céleres veleiros
Que levam os pescadores para o alto-mar.

Assim é meu recanto que busco solidão,
Para estes versos aprazer-me e deleitar,
Monumental aquarela deste meu rincão.

Que passo minha vida em poesia rimar,
Minh’alma escreve o que diz o coração,
Espaço das quimeras! Este é meu lugar!
Rivadávia Leite
19/06/2005


Gen Rosso - Venne un angelo (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW1FMjlIWGF1bklrIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 05 de Setembro de 2010, 13:10

(http://lh4.ggpht.com/_dA16yVa70Og/THcw3etL9DI/AAAAAAAAFPo/GHjxQm_Cdnc/s800/260813.gif)

Per Amore - Zizi Possi (Tradução) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVpTT0JVNTNRY2VVIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: maria gi em 05 de Setembro de 2010, 14:04
Adorei todas as poesias. Vou procurar as que fiz depois escrevo aqui.

Mª Gi
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: ss em 06 de Setembro de 2010, 01:19
Sinead O'Connor - Sacrifice (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWgyVVR3cm1HTzdRJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dim-dim em 09 de Setembro de 2010, 22:05

Olá!

Animals - Dogs (Part 1)
Animals - Dogs (Part 1) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVduRGFpQVozWjlBJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
--------

...este incessante morrer obstinado,
esta morte vivente,
que te retalha, oh, Deus,
em tua rigorosa obra
nas rosas, nas pedras,
nos astros indomáveis
e na carne que se queima,
como uma fogueira acesa por uma música,
um sonho,
um matiz que atinge o olho.
...e tu, tu próprio,
talvez tenhas morrido eternidades de eras aí fora,
sem que saibamos a respeito,
nos refugos, migalhas, cinzas de ti;
tu que ainda estás presente,
como um astro imitado por sua própria luz,
uma luz vazia sem astros
que nos alcança,
escondendo
sua infinita catástrofe.


"JOSÉ GOROSTIZA"


Ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/audio-video/palavras-e-musica/#ixzz0z4IZ2Yon

Boa noite amiga HelenaBeatriz!!

Namasté
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Setembro de 2010, 10:50
Olá, amigos!! Obrigado por compartilhar tanta coisa linda! :D

Olá, dim dim!! Como é bom vê-lo por aqui!!! :D

Um lindo fim de semana para todos!

Bjs!!
Helena
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

(http://lh4.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/TIlhh6-rBcI/AAAAAAAAAhk/DVE7s0sLrgI/s400/Chaplin_Carlitos.png)

Caminhos do Coração
Gonzaguinha


Há muito tempo que eu saí de casa
Há muito tempo que eu caí na estrada
Há muito tempo que eu estou na vida
Foi assim que eu quis, e assim eu sou feliz

Principalmente por poder voltar
A todos os lugares onde já cheguei
Pois lá deixei um prato de comida
Um abraço amigo, um canto prá dormir e sonhar

E aprendi que se depende sempre
De tanta, muita, diferente gente
Toda pessoa sempre é as marcas
Das lições diárias de outras tantas pessoas

E é tão bonito quando a gente entende
Que a gente é tanta gente onde quer que a gente vá
E é tão bonito quando a gente sente
Que nunca está sozinho por mais que pense estar

É tão bonito quando a gente pisa firme
Nessas linhas que estão nas palmas de nossas mãos
É tão bonito quando a gente vai à vida
Nos caminhos onde bate, bem mais forte o coração

E aprendi ...






Caminhos do Coração (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUh4c0JVM3B4MU5jJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Setembro de 2010, 23:18
(http://lh4.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/TIoxl2d6FsI/AAAAAAAAAh8/nUXQ8bSrvrs/s400/1250773606avNkzXh.jpg)

Se os sonhos não pudessem criar novos tempos,
se a esperança não iluminasse cada amanhecer,
se a cada novo dia não pudessemos escrever uma nova história,
a vida seria repleta de certezas. Mas, a vida é cheia de incertezas,
e é isso que nos estimula a sonhar
e a depositar nossas esperanças no amanhã,
sabendo que, o hoje é uma fonte inesgotável de possibilidades de ser feliz.

Desconhecido


O Que é, O que é (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTZaUzFFN1lONkRFJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: mecame em 10 de Setembro de 2010, 23:21
Parabéns a todos os irmãozinhos e irmãzinhas que postam estas maravilhas para banhar a nossa alma de luz. A paz de Cristo a todos
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Setembro de 2010, 23:45
Mecame, obrigada por sua manifestação de carinho!!
(http://lh6.ggpht.com/_jifWQ4dYHDw/SMlkYwMtqhI/AAAAAAAABig/LF1R6PSGHV4/s400/1533466frk6lh642h.png)
Muita força e luz pra vc!!
Bjs,
Helena
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

(http://lh3.ggpht.com/_dA16yVa70Og/TExNWu9UuMI/AAAAAAAAFII/O7G_Z3WXa80/s1280/22077.png)

Richard Clayderman - Claro de luna. (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUJjeGRNR0hjZzJZJmFtcDtwPTdGQkQ4M0NCMTUxNkYwQjQmYW1wO3BsYXluZXh0PTEmYW1wO2luZGV4PTg0Iw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Setembro de 2010, 23:53
(http://lh4.ggpht.com/_0sf7H-l4Vp4/SaRnl9xMkBI/AAAAAAAAB50/Bq6dR2B9ngA/s800/72rpvrm.jpg)

"Que os pensamentos
me impedem de sonhar,
deixo os desejos escreverem
de mil formas o amor em mim.
Agora quando a vida me impede de querer,
deixo que os sonhos me desenhem mil vezes".


♪ Maria Bethânia - Onde Estará o Meu Amor? ♫ (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUVzM3Nnd3lWLS1vJmFtcDtwPTdGQkQ4M0NCMTUxNkYwQjQmYW1wO2luZGV4PTg2JmFtcDtwbGF5bmV4dD0yIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 11 de Setembro de 2010, 14:07
(http://lh3.ggpht.com/_2EIn1YC8mrA/SWiSRixwTmI/AAAAAAAAObQ/hAt6BVgilxM/BEIJOS.gif)

Sonhar é uma das melhores
coisas da vida, ,

Mas o melhor mesmo
é acordar e lutar para realizar cada um de
nossos sonhos.

(http://lh5.ggpht.com/raiodesol70/R5VHYgVtpdI/AAAAAAAAAcI/I4M2oSHBNL0/s400/estrelas+dan%C3%A7antes.gif)

Sapato Velho - Roupa Nova (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTVrTjRXalZNU3lZIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 11 de Setembro de 2010, 14:15
(http://lh5.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/TItkxBj5GmI/AAAAAAAAAiM/r8vBXmuWvok/s400/1247615646rjLMWRd.jpg)

Eu soltei as rédeas da vida,
Galopei rumo aos ventos
 Passei por muitos atalhos, dor e sofrimento.
Os corcoveados e os tombos me serviram de lição
 Mantenho apertado as rédeas da minha imaginação
Pois não quero mais galopar nos ventos da solidão...

(desconhecido)

Be my baby - The Ronettes (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVF6aGJHYUN3QnpzJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
 
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 11 de Setembro de 2010, 14:36
(http://lh5.ggpht.com/_kMzBHgjMZSg/STczEiR_vwI/AAAAAAAAAWY/FoAFvSUCmSA/Fairy_Land_CMMV_H_D_Johnson_%5B1%5D.jpg)

Viva em paz com Deus
seja como for que o imagines.
Entre os teus trabalhos
e aspirações, mantenha-te
em paz com a tua alma
apesar da ruidosa
confusão da vida.
Raios de Luz
pra você!
(Semeadores do bem)


vangelis - la petite fille de la mer - Slideshow jim warren art (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU9Ya015enlzMHFFIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Cardozo58 em 12 de Setembro de 2010, 03:03


Que Eu Não Esqueça!!!

Quando eu discordar de irmãos que opinam, usando de recursos ásperos
Que eu não esqueça dos efeitos da fúria

Quando eu taxar de pieguice, palavras gentis adornadas de senso fraterno
Que eu não esqueça de minha própria condição consciencial, que necessita do amor incondicional e da compreensão

Quando eu defender bandeiras, encerrando possibilidades de entendimento
Que eu não esqueça dos motivos das guerras mundiais que mataram milhões

Quando eu não tiver motivos para ouvir mais
Que eu não esqueça que uso recursos perecíveis, doados por bondade divina para o uso em evolução para o bem e o crescimento fraterno

Quando eu não mais sentir vontade de ser gentil
Que Deus me cale...

E quando Deus me calar...
Sómente o que de bom plantei ficará, pois só o Amor sobrevive...como única verdade.

(Ghost)


http://www.youtube.com/watch?v=04XLZAKqxJQ (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTA0WExaQUtxeEpR)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 13 de Setembro de 2010, 16:33
(http://mirabaeta.files.wordpress.com/2010/05/borboleta-linda.jpg)


Borboletas!
Quem dera pudesse
Ser como vocês!
Coloridas
Uma aquarela
Da nuance mais bela
Voar pelos campos
Perfumados
Pousar em flores
Colher amores
Doces odores
Mil cores!
Ah, borboletas!
Me levem em suas asas
Me deixem viajar
Sentir a brisa
A felicidade composta
A resposta
Para meu desejo de
liberdade
(autor desconhecido)



Danyel Gérard - Butterfly (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU1tSy1LY1VBMklRJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 14 de Setembro de 2010, 13:01
(http://static.blogstorage.hi-pi.com/photos/intensospensamentos.spaceblog.com.br/images/gd/1252559850/O-VENTO.jpg)



Quem ama nada exige.
Perdoa sem traçar condições.
Sabe sacrificar-se pela
felicidade alheia.
Renuncia com alegria ao
que mais deseja.
Não espera reconhecimento.
Serve sem cansaço.
Apaga-te para que outros brilhem.
Silencia as aflições, ocultando as
próprias lágrimas.
Retribui o mal com o bem.
É sempre o mesmo em
qualquer situação.
(Chico Xavier)


YouTube - Broadcast Yourself. (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXg4bzA3SXBTdy1VJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 15 de Setembro de 2010, 19:28
(http://3.bp.blogspot.com/_tM9o7V5gO2o/TDvR5kSrrrI/AAAAAAAAALs/zEJi9tpqf10/s1600/orkut_animais028.jpg)

Toda amizade é uma história particular.
É uma história de conquista.
Primeiro, descobre-se o outro.
Todo mundo parece igual, mas não é.
E é justamente o diferente
de cada um que torna cada ser único.
E de repente ali está a sementinha da
amizade fecundada...
A gestação começa.
A sensibilidade do outro nos toca.
Dá até vontade de chorar.
Não sabemos direito o porquê de nos
sentirmos próximos de alguém
Mesmo assim tão longe,
 tão diferente e tão igual.
Mas amizade não se questiona:
 Vive-se dela e pra ela.
Bendita seja essa gestação amiga!
Sem prazo, sem tempo, sem hora marcada!
Bendita seja a amizade,
Prova-nos que Deus se faz conhecer
 través de cada um que
 alcança nosso coração.


Roberto Carlos 50 anos de carreira - Especial da TV GLOBO (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTc0cFc1N25LaF9FJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 15 de Setembro de 2010, 19:37
(http://sitedepoesias.com/imagens/poemas/37425.jpg)


Ternura (Soneto)

Ternura... é como uma estrela de ouro
Que para muitos passa desapercebida
São fragmentos de um reluzente tesouro
Que deixam nossa aura mais colorida.
 
Ternura... é um sol quente e louro
Que aquece o inverno da nossa vida.
E que ás vezes por simples desdouro,
Permanece como relíquia bem escondida.
 
Ternura... é como a brisa soprando
Pelos prados de trigais ondulantes
Com os rouxinóis alegres cantando
 
Nas Campinas floridas e verdejantes.
Ternura... é um sorriso de aurora,
Quando a noite termina e o dia aflora.


(Jose Aparecido Botacini)



Jovem Guarda - "Ternura" - Wanderléia (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PV9McFRYTnVPS0hjJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 16 de Setembro de 2010, 00:42
(http://www.orkut.gmodules.com/gadgets/proxy?refresh=86400&container=orkut&gadgets=http%3A%2F%2Forkut.com%2Fimg.xml&url=http%3A%2F%2Fwww.recadodeorkut.com%2F422%2F032.gif)

London London - Caetano Veloso (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PURNXzJFZHl5dGFVJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 16 de Setembro de 2010, 11:38
(http://lh4.ggpht.com/_GZM5IONfrgE/SotdR_ZtWAI/AAAAAAAAAN4/pJOkMsA0nYI/s400/5378522872-62449642.png)

                  Pouso na beirada das pedras,
                  fechando as asas brancas
                  que me levam ao céu.

                  Contemplo o tremular das águas,
                  e vejo o turvo fundo do mal.
                  Aquele que aflige as criaturas,
                  que as faz ficar temerosas, inquietas,
                  trancadas dentro de suas casas
                  ou nos obscuros porões da psique.

                  Buscam uma luz no fim do túnel,
                  consciências que despertem do torpor dos dias.
                  Mãos que se estendam em amparo,
                  e lenços amigos que enxuguem lágrimas.

                  O mundo tornou-se um campo minado,
                  onde o egocentrismo impera,
                  na busca desenfreada do TER.
                  As criaturas esqueceram-se de que o SER
                  abre as portas do coração,
                  enriquecendo a vida,
                  alegrando a alma.

                  No frescor das luminosas manhãs,
                  vem o perfume da doce primavera,
                  mas nem todos tem olhos de ver,
                  a não ser o vil metal que os escraviza.

                  Pobres almas a vagar sem tempo,
                  para amar, sonhar, transcender-se.

                  Na utopia, jogo o graveto da esperança,
                  de que os homens abram seus olhos e mentes,
                  assim como abro as minhas asas da paz,
                  para alçar vôo ao universo em expansão. 

                     (Guida Linhares)


La paloma (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PS1lSERYTHIzMjhBJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2c3Ij)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Setembro de 2010, 23:42
(http://lh6.google.com/estervian/SKy0e6QiRFI/AAAAAAAAEGo/2Ne4vaIrjA0/s800/paisagem11.png)

Jardim de encantos...

Nossa existência é um jardim de encantos,
Alegrias, flores, risos, dores, prantos,
Abrigo de ervas, de culturas mil.
Regatos despontam de dolentes fontes,
Alvoradas rompem por detrás dos montes,
Resplandece a vida num clamor febril.

Surgem os amores, ardem corações,
Curvam-se vontades ante as tentações
De humanos desejos, temperando vidas.
Mas as tempestades vão rompendo aos poucos
Laços de amizades, nos tornando loucos,
Egoístas, tristes, de almas sofridas.

Sendo esta vida um imenso jardim,
Busquemos tratá-lo, torná-lo, enfim,
Morada de amor, bondade, oração.
Pois se não regarmos os canteiros d’alma,
Se não cuidarmos do jardim com calma,
As daninhas ervas o exterminarão.
(Oriza Martins)

ENIGMA - SADENESS - TRADUÇÃO (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTNvVUtZSC03dEJRJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Setembro de 2010, 23:48
(http://www.orizamartins.com/englishhdr.jpg)


Podíamos saber um pouco mais
da morte. Mas não seria isso que nos faria
ter vontade de morrer mais
depressa.

Podíamos saber um pouco mais
da vida. Talvez não precisássemos de viver
tanto, quando só o que é preciso é saber
que temos de viver.

Podíamos saber um pouco mais
do amor. Mas não seria isso que nos faria deixar
de amar ao saber exactamente o que é o amor, ou
amar mais ainda ao descobrir que, mesmo assim, nada
sabemos do amor.

Nuno Júdice


YouTube - Broadcast Yourself. (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWcwQy1tYk9aQVdjJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 20 de Setembro de 2010, 00:03
(http://www.homemsonhador.com/CaminhoPomba.gif)

A VIDA É UM SOPRO...

Greta Marcon

Meu pensamento não para,
mais veloz que um "Trem Bala",
não me deixa dormir em paz...
Eu cheguei ontem no mundo,
dormi um sono profundo
e hoje a lembrança é voraz...
Não sei quanto ainda me resta,
pra eu poder fazer a festa
e soprar minha "velinha",
pois a vida é um sopro...
Só Deus sabe como eu sofro,
ao saber que é o "fim da linha"...
Não me sinto preparada
pra enfrentar a nova estrada,
mas vou ter que ir sozinha.
Eu vou fazer a "passagem"
e preciso de coragem
nessa hora que é só minha...


Era - Divano Linguagem Imaginaria Traduzida (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXpjbDg4eE9QM3pZJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: MAROCHA em 20 de Setembro de 2010, 00:09
Oi Helena ! Beleza de poesias, videos, um enrequecimento para o FÒRUM !  Abraços !






                MAROCHA

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 20 de Setembro de 2010, 00:12
(http://3.bp.blogspot.com/_Kpeov3_d-aU/Sp3MH16cXzI/AAAAAAAAFzw/crydRu6KofU/s200/No+jardim+do+meu+cora%C3%A7%C3%A3o.gif)

No jardim
do meu coração
vejo as rosas
que exalam amor!

Cuido delas
como se fossem crianças,
donzelas ou mulheres!

Logo pela manhã
sorriem
para cuidar delas:
ficarão viçosas,
generosas,
sedutoras
e carinhosas,
para o poeta
mais uma vez
se inspirar
na paixão,
no amor,
no romance
e no sonho!

Mais tarde
e na vida,
terei alegria
por praticarem
o que lhes ensinei
no jardim
do meu coração
e expresso
através da Poesia!

José Manuel Brazão


As Rosas Não Falam (Cartola - O Eterno) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXRlMkhmRHNYY1hzJmFtcDtwPUZEMUU5OEEyNDI3OTY1RUYmYW1wO3BsYXluZXh0PTEmYW1wO2luZGV4PTY0Iw==)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 20 de Setembro de 2010, 00:17
Oi, Marocha! Que bom vê-lo por aqui!!
Obrigada pelo carinho de sempre!!
Bjs!
Helena-
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
(http://lh4.ggpht.com/_gX4VwbagqvY/THnuvTRZZUI/AAAAAAAAAnw/kPLkYqtwtbg/s700/3109106.jpg)

Gonzaguinha - "Nunca pare de sonhar" (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUlIcHVKMHVsdmtNIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 20 de Setembro de 2010, 11:59
(http://1.bp.blogspot.com/_g6AQC0Yocv4/TEjdsCzVflI/AAAAAAAAOss/12SelZPItVM/s1600/Sertao_paraibano_14.jpg)


O Sertão e as Consequências

O sertão quando está com o chão molhado
O roceiro trabalha com amor
Todo dia se vê o beija-flor
Nas roseiras voando a todo lado
O carão*, o profeta do roçado,
Anuncia que o inverno já chegou
A rolinha canta que o fogo apagou
É  prova que está com o papo cheio
O inverno elimina o aperreio
Que a seca feroz trouxe e deixou

Muitos gostam da área do sertão
Tendo inverno é lugar bom de morar
Mas se a seca chegar pra castigar
Sofre o povo, animais e o próprio chão
Perde o milho, o arroz e o feijão
O camponês vai pra frente de emergência
Mesmo assim cada um com paciência
Pede força a Jesus o soberano
E aguarda chegar o novo ano
Pra encher de fartura a residência
(Edgar Ramalho de Freitas)


*(http://1.bp.blogspot.com/_ql8Wjuf7cYY/SiB3Si48xzI/AAAAAAAAAMg/oHvpMGb560Q/s400/car%C3%A3o.jpg)O carão (Aramus guarauna) é uma ave gruiforme, presente no estado da Flórida (USA), no México, na Bolívia, Argentina e no Brasil. É o único representante da família Aramidae e do género Aramus.

YouTube - Broadcast Yourself.[/ur (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUFSX3BfM2JNc2YwJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2c3Ij)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 20 de Setembro de 2010, 21:03
(http://i170.photobucket.com/albums/u256/BethSantana/Ave20Fenix.gif)

Levante a sua cabeça
Pois já levantei a minha

Não quero saber o que acontecerá amanhã
Quero andar, sorrir, cantar...

E mesmo que nessa floresta haja feras
Que me mataram no passado
continuarei a andar, sorrir e amar...

Quero seguir caminhando
Não quero ter medo de viver
Ou de acordar a mim mesma
Chegou o momento de acreditar
Que haverá um amanhã
E estarei nele mais segura e feliz.

Não se perca dentro de si mesmo
Como um dia me perdi...
Abra a janela do seu mundo e recomece
Sempre há uma saída
Acredite no Dono da Vida

Sua vida pode ser diferente
(desconheço autoria)


Emotion In Motion (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW9VaUZBcVhRMnFZIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: maria gi em 26 de Setembro de 2010, 16:29
Poetas

Lindas poesias
Que tocam a alma
E nos deixam ecantadas
Poesias de Amor
De amizade, de morte
de mil nuances
Poetas que
Nem escultores
Nestas obras
Deixam nossos
Corações enlevados
E alegres

Gigi
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: hcancela em 01 de Outubro de 2010, 22:20
Olá amigos(as)


Com três letrinhas apenas

Se escreve a palavra mãe

A palavra mais pequena

A maior que o Mundo tem.

(Sem Autor)

Saudações fraternas
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 09 de Outubro de 2010, 11:52
Olá, amigos queridos! Como é bom vê-los por aqui!! Fico muito feliz!!!!
Bjs e carinhos,
Helena
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
(http://ipt.olhares.com/data/big/128/1286478.jpg)

Sou entre flor e nuvem,
estrela e mar.
Por que havemos de ser unicamente humanos,
limitados em chorar?
Não encontro caminhos
fáceis de andar
Meu rosto vário desorienta as firmes pedras
que não sabem de água e de ar
E por isso levito.
É bom deixar
um pouco de ternura e encanto indiferente
de herança, em cada lugar.
(trecho)
Cecília Meireles


MELODIA DA NATUREZA_Vídeo musical relaxante (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTZWd2tlc09Vc2tzJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: hcancela em 16 de Outubro de 2010, 09:59
Olá amigos(as)



Há quem sonhe com coisas que aconteceram
Há quem sonhe com coisas que aconteceram, e explicam porquê. Eu sonho com coisas que nunca acontecerão e pergunto: porque não?
 
Autor desconhecido


Saudações fraternas
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 23 de Outubro de 2010, 11:38
(http://www.seuorkut.com.br/imagens/gif/felicidade/1felicidade1.gif)

Às vezes, o mar bravio
dá-nos lição engenhosa:
afunda um grande navio,
deixa boiar uma rosa!

(Luiz Otávio)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 24 de Outubro de 2010, 13:15
(http://4.bp.blogspot.com/_hqUBOfN6w0U/SuynSBK1-DI/AAAAAAAAA9o/CG4j3vdhq_M/s400/cansa%C3%A7o.jpg)

Fernando Pessoa - O que há em mim é sobretudo cansaço


O que há em mim é sobretudo cansaço
Não disto nem daquilo,
Nem sequer de tudo ou de nada:
Cansaço assim mesmo, ele mesmo,
Cansaço.

A subtileza das sensações inúteis,
As paixões violentas por coisa nenhuma,
Os amores intensos por o suposto alguém.
Essas coisas todas -
Essas e o que faz falta nelas eternamente;
Tudo isso faz um cansaço,
Este cansaço,
Cansaço.

Há sem dúvida quem ame o infinito,
Há sem dúvida quem deseje o impossível,
Há sem dúvida quem não queira nada -
Três tipos de idealistas, e eu nenhum deles:
Porque eu amo infinitamente o finito,
Porque eu desejo impossivelmente o possível,
Porque eu quero tudo, ou um pouco mais, se puder ser,
Ou até se não puder ser…

E o resultado?
Para eles a vida vivida ou sonhada,
Para eles o sonho sonhado ou vivido,
Para eles a média entre tudo e nada, isto é, isto…
Para mim só um grande, um profundo,
E, ah com que felicidade infecundo, cansaço,
Um supremíssimo cansaço.
Íssimo, íssimo. íssimo,
Cansaço…

                                                                Álvaro de Campos


19-Amália Hoje & Sempre,4-" Cansaço "-Fado-World Music-By Zinda Kauffman (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU5sSlRkMWFPNVlzIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 25 de Outubro de 2010, 13:14
(http://lh3.ggpht.com/_THnqLKBa4lI/SXIc5F8EobI/AAAAAAAAFyo/PT15HIZYfXA/s400/Z1wneey1.png)

Eu amo tudo o que foi
Tudo o que já não é
A dor que já não me dói
A antiga e errônea fé
O ontem que a dor deixou
O que deixou alegria
Só porque foi, e voou
E hoje é já outro dia.
(Fernando Pessoa)


(http://lh4.ggpht.com/uardi7/SKniTz3vOgI/AAAAAAAAY4U/oYeEt2m_0o8/s800/ps.gif)

Diferença entre amar e gostar (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWZlbi11VGJnYTVJIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: ram-wer em 26 de Outubro de 2010, 00:00

Heleninha, é um prazer ver você de volta.

Bonitos versos.  Lindo esse último vídeo.

Às vezes, é no solo úmido do "gostar" que se esconde a sementinha do amor...

Beijão, Ram
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 26 de Outubro de 2010, 13:11
Oi, RW!! Que bom ver vc por aqui, amigo!! Fico muito feliz!! ;) :D

Sim, Ram, muitas vezes o amor passa pelo gostar, admirar, querer bem...
 É... E ele pode até escolher caminho inverso, meio tortuoso.  Não é verdade?? rs

Aliás, como o amor escolhe caminhos estranhos em algumas ocasiões... rs :-\

Bjs! :-*
Helena
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
(http://lh4.ggpht.com/_1BofS7chHG0/TKx6rHwHqRI/AAAAAAAAAvw/sLbORtX-JTs/s800/lembro.jpg)


Procure o que há de bom
em tudo e em todos.
Não faça dos defeitos
uma razão para a distância,
e sim, um motivo
para a aproximação!


Elton John - Skyline Pigeon (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW5QemxHa2xWTmIwJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Outubro de 2010, 14:04
(http://lh6.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/TMdpGSOtjZI/AAAAAAAAAnA/FCDJ1cVMIHk/s400/33914.jpg)

Uma linda caixinha de música,
Pequenina e singela,
em seu interior uma bela melodia,
trazendo-me lembranças já esquecidas.
No encanto dessa música,
me transformo numa menina
delicadamente vestida de rosa,
e na magia de meus sonhos caminho
por entre as nuvens até encontrá-la.
Nessa pecinha pequena,
ponho-me à imaginar.
Como seria eu lá dentro
esperando a música começar...

Hoje eu quero um dia de alegria
então, basta dar a corda e entrar na fantasia.
A engrenagem começa a dar vida
ao que antes era uma simples caixinha.

Cor–de–rosa traja a bailarina,
girando entre as notas da linda melodia.
E eu fecho os olhos e me sinto envolvida
naquela dança que harmoniza a vida.

Então, vai viajando no vento o som.
Vai, vai girando com o mundo o som.
Vai se espalhando e mudando o tom.
Transforma os segundos de dor em algo bom.
E entra como som pelo ouvido
e sai como um suspiro.
Entra como som pelo ouvido
e sai como um riso bom.

E quando o som terminar
basta dar a corda .
Caixinha de música
que ao mundo renova.


( Daniella Fernandes )


Antique Music Box (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PV9aRVM1Q3hZaThzJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Novembro de 2010, 11:53
(http://lh3.google.com/poeamor/SJ5QSAGs7OI/AAAAAAAABXA/4RbRK3IYdUc/father-son%5B1%5D.jpg)

" Ser sábio não é saber decifrar fórmulas
ou desvendar enigmas;
Ser sábio é ter humidade o suficiente

Para partilhar um pouco do que se sabe
Com quem sabe menos que a gente."

(VPPG).


Violeta Parra-Volver a los diecisiete (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVE2VzgtQktucUFFJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2c3Ij)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Novembro de 2010, 12:03
(http://lh6.ggpht.com/_M9r0aWaJG-s/S6peR060GbI/AAAAAAAAAaE/l1Oe-HzQ4Ds/s800/ARMAZEM_019.jpg)


Sabe de uma coisa?

Mesmo que você cometa enganos
e esteja errado sobre quase tudo,
ainda assim a sua vida será uma
aventura fantástica e muito divertida!

Você dormirá cada noite sabendo que fez
tudo que podia - e isso fez a diferença!
Acordará a cada dia, antecipando o futuro
tão belo e excitante quanto puder imaginar!

E sabe de outra coisa?

Se você ouvir seu coração e usar a cabeça,
nunca estará errado, porque querer é poder,
mas é preciso saber querer...

Você pode querer tudo,
mas se não souber querer,
não vai querer...

Querer tudo, é querer nada!


Gracias a La vida.Violeta Parra (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU5jYVNQYVc2WWRZJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Novembro de 2010, 21:32
(http://lh3.google.com/_pBBmgaG55_M/ST3cUr-TS0I/AAAAAAAADYk/a3jmNl-nAz8/s800/nicole09_std.jpg)

Deixe que a vida aconteça
E que aconteça cada dia,
Não como uma festa
Mas como criança que passa
E a cada dor
Com doces se presenteia.

Veja a beleza da flor !
Entenda a vida com amor
junte nas mãos rosas
E presenteie,
A quem lhe ferir com a dor...

( Marta Peres )


Red Roses For A Blue Lady (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXhuRXVKTXlfRV9FJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 03 de Novembro de 2010, 16:01
(http://lh3.ggpht.com/_h_zHCBAvIpg/THKWCC_QENI/AAAAAAAANKQ/eEN9DsTDfbw/s400/trista1.png)

Saudade é a nostalgia de uma ausência
Que a gente sonha, que não se foi de vez...
Não tem dia, nem hora, nem data marcada
Se sente e..., pronto!
Embora não se fale nada, está lá...
Bem no abismo da alma da gente.
Só quem se foi..., não sabe da dor que deixou...
São coisas da vida;
feita de idas e vindas...
Que só o amor é capaz de fazer.
Abrace, enquanto tens tempo, para o amor viver...
Que saudade de abraçar,
Um abraço, bem demorado, em você!

( Soraya LUZ Macedo )


Canteiros Fagner - Cecília Meireles (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXZZS2IzdDczamE4JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 03 de Novembro de 2010, 16:21
(http://files.nireblog.com/blogs4/lilithpassionwords/files/liberdade.jpg)


"Liberdade é o espaço que a felicidade precisa..."

"O valor das coisas não está no tempo em que elas duram,
mas na intensidade com que acontecem.
Por isso existem momentos inesquecíveis,
coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis".
(Fernando Pessoa)

Maria Bethânia declama Fernando Pessoa e cantando O doce mistério da vida (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWxHMFJuOVNXSzc0JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 03 de Novembro de 2010, 22:16
(http://lh3.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/TNFwKHfdJ4I/AAAAAAAAAnQ/mCzLN6uAjJU/s400/1286714940IWYVJSa.jpg)

Aves de Arribação
Castro Alves

I

Era o tempo em que ágeis andorinhas
Consultam-se na beira dos telhados,
E inquietas conversam, perscrutando
Os pardos horizontes carregados ...

Em que as rolas e os verdes periquitos
Do fundo do sertão descem cantando ...
Em que a tribo das aves peregrinas
Os Zíngaros do céu formam-se em bando!

Viajar! viajar!  A brisa morna
Traz de outro clima os cheiros provocantes.
A primavera desafia as asas,
Voam os passarinhos e os amantes!  ...

(...)

V

Hoje a casinha já não abre à tarde
Sobre a estrada as alegres persianas.
Os ninhos desabaram... no abandono
 Murcharam-se as grinaldas de lianas.

Que é feito do viver daqueles tempos?
Onde estão da casinha os habitantes?
 ... A Primavera, que arrebata as asas...
Levou-lhe os passarinhos e os amantes!...


♪ Geraldo Azevedo - Canta Coração ♫ (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVM1a1Y1bHhBRG5rJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Novembro de 2010, 12:27
(http://1.bp.blogspot.com/_k0XM_D_gEXY/SByCuvzMD0I/AAAAAAAAAAo/NAY4xIMsMek/s320/folha+ao+vento.jpg)

Sou uma folha que vaga...
Sem a menor pretensão de ser feliz;
Apenas me entrego... Não contesto,
Não espero que milagres aconteçam;
Escrevo a minha história dia a dia,
Em alguns deles deixo falar a minh'alma,
Mesmo quando em frangalhos arquejantes;
Em outros, dimana o mel da ventura...
Quase sempre sou coração,
Raramente sou razão.
Sou apenas alguém,
Que crê imensamente
No poder transformante do AMOR.


Isaac Shepard - "Leaves In The Wind" (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUxXN2pqdE5EQV84Iw==)


By Joana Rodrigues[/b]
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Novembro de 2010, 12:34
(http://bp3.blogger.com/_t8CRqi5ug2E/RzhLDKzNTqI/AAAAAAAAAeY/ANM3j_rZ7mc/s400/Tiradentes5.gif)

CIDADEZINHA QUALQUER

(Drummond)


Casas entre bananeiras
mulheres entre laranjeiras
pomar amor cantar.

Um homem vai devagar.
Um cachorro vai devagar.
Um burro vai devagar.
Devagar ... as janelas olham.

Eta vida besta, meu Deus.


Isaac Shepard - "Letting Go" (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUdrNXhYcnA5cldVJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Novembro de 2010, 20:18
(http://plasticpassion.files.wordpress.com/2008/04/warofwords57.jpg)

Todas as palavras amargas que você deixa

de dizer são escravas suas, obedecendo-lhe a vontade.

Mas aquelas que você disser fazem de você um escravo,

pois não as conseguirá apagar da consciência,

nem evitar os dissabores que irão causar.


Por essa razão, vale a pena falar somente o que nós também gostaríamos de ouvir com alegria.
Agindo assim, jamais nos arrependeremos.



***com base no cap. Lembrete, adaptação de Laura E. Richards de  O livro das virtudes,  v. II, de William J.  Bennett, ed.Nova Fronteira.


GONZAGUINHA " PALAVRAS " (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXc5WmtUcWRGOFEwJmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZCM=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: hcancela em 05 de Novembro de 2010, 19:26
Olá amigos(as)


A VIDA É CONSTRUÍDA NOS SONHOS E CONCRETIZADA NO AMOR!


Saudações fraternas
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dOM JORGE em 06 de Novembro de 2010, 19:28
                                         VIVA JESUS!

      Boa-tarde! queridos irmãos.


            " Inflama-me, poente: faz-me perfume e chama;
         
              que o meu coração seja igual a ti, poente!

              descobre em mim o eterno, o que arde, o que ama,

              ... e o vento do esquecimento arraste o que é doente!


                                 ( Juan Ramòn Jimenez )



                                    PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dOM JORGE em 06 de Novembro de 2010, 20:30
                                  VIVA  JESUS!

      Boa-noite! queridos irmãos.


           Sou o poeta do corpo,
           E sou o poeta da alma.

           Os prazeres do céu estão comigo,
           Os pesares do inferno estão comigo.
           Aqueles, enxerto e faço crescer em mim mesmo
           Estes, traduzo numa nova língua.

          Sou o poeta da mulher tanto
          Quanto do homem,
          E digo que é tão bom ser mulher
          Quanto ser homem,
          E digo que não há nada maior
          Que a mãe dos homens.


                          ( Walt Withman )

     
                                                 PAZ, MUITA PAZ!
           
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 06 de Novembro de 2010, 22:37
Olá, amigos!!
Muito bem-vindos! ;) :D
Carinhos,
Helena
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

(http://lh4.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/TNWf2tJY1WI/AAAAAAAAAng/q7bdmbRk2AY/s400/hotel-fazenda.jpg)

MANHÃ NA ROÇA

O sol clareia o horizonte,
Canta o galo no poleiro,
Bala a ovelhinha no monte,
Piam pintos no terreiro.

A fazenda despertou,
Num ruído alvissareiro.
Na roça o sol já encontrou
O matutino roceiro.

Tudo então vibra e se agita,
Nos trabalhos da lavoura,
Enquanto a ave saltita,
Na ramagem que o sol doura.

A vaca chama o terneiro,
Que ainda dorme no curral!
Mais longe grunhem cevados,
Grasnam patos no quintal.

Eis a vida que desperta,
Para o penoso labor,
Que dará colheita certa
De lucro compensador.

Alda Pereira da Fonseca


Tristeza do Jeca (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVpsVVhzUUJuSU9nJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2c3Ij)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dOM JORGE em 06 de Novembro de 2010, 23:35
                                       VIVA  JESUS!

   Olá, queridos irmãos.

       
                              QUERER


           Não te quero senão porque te quero
           E de querer-te a não querer-te chego
           E de esperar-te quando não te espero
           Passa meu coração do frio ao fogo.
           Te quero porque só a ti te quero,
           Te odeio sem fim, e odiando-te rogo,
           E a medida de meu amor viageiro
           É não ver-te e amar-te como um cego.
           Talvez consumirá a luz de janeiro
           Seu raio cruel, meu coração inteiro.
           Roubando-me a chave do sossego.
           Nesta história só eu morro
           E morrerei de amor porque te quero
           Porque te quero, amor, a sangue e a fogo.


                                 ( Pablo Neruda )


                                              PAZ, MUITA PAZ!
           
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 07 de Novembro de 2010, 21:18
(http://lh5.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/TNcTg5GeSaI/AAAAAAAAAno/mchcQdGGnUE/s400/SEM_TT%7E1.JPG)

Para cada tempestade,
uma realização.
Para cada lágrima,
um sorriso.
Para cada cuidado,
uma promessa.
Uma benção,
para cada provação.
Para cada olhar,
uma doce canção..


Jeremy Camp - My Desire (legenda) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWctNGVNaS1sU0xnJmFtcDtwPTY4RDYzRjIyNzVGMkUzOTImYW1wO3BsYXluZXh0PTEmYW1wO2luZGV4PTE2Iw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 07 de Novembro de 2010, 21:25
(http://lh4.ggpht.com/_qGEbPVn8gO0/TNPu6Puc_PI/AAAAAAAAAbk/_CZlZLfskL4/s400/EudanC3A7ando.png)


O carisma é a expressão da alma. Quando a alma fala,
sua essência espiritual e divina se manifesta, e a pessoa brilha,
conquista, aparece. É nela que reside sua força e poder.
Negá-la é preferir a obscuridade.

_ Zíbia Gasparetto _


Yani- Butterfly Dance (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXJVeElPQ3lvOTV3Iw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 08 de Novembro de 2010, 19:15
(http://lh4.ggpht.com/sirleischeffel/SJ_DTEDITNI/AAAAAAAAHMk/YEHYVdResfE/VELOSO247.jpg)

CAMINHOS...

Se me perguntares por que caminhos andei...
Certamente, responderia que nem sei.
Foram tantos e tão poucos
Foram certos e foram loucos.
Foram desertos e lotados
Foram comuns e inusitados
Foram diferentes e diversos
Foram certos e perversos
Apenas, uma coisa eu sei
Que muito caminhei.
Também sei algo mais
De caminhar não terminarei jamais..


http://www.youtube.com/watch?v=BcID17wcZHU&feature=player_embedded#
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 08 de Novembro de 2010, 19:32
(http://lh6.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/TNfWidtd48I/AAAAAAAAAn4/Mj-FUqmpzuA/s400/1286712598wIpQaqU.jpg)

Silêncio,
eis a tarefa
de todos os gatos.
Poucos sabem perscrutar
(talvez ninguém em plenitude)
o grau de solidão necessária
ao saber auto suficiente
para ser felino e doméstico
em sua tarefa de monge
guardião do inextricável
em quem o homem não percebe
a metafísica natural,
recolhimento
saber
sensualidade
e aceitação.

Artur da Távola
(http://lh6.ggpht.com/lillas2008/SESB2IWlKUI/AAAAAAAAAEk/qprkJ9-BPv4/s400/gato-1.png)

http://www.youtube.com/watch?v=ZSXtRDSPmKs&feature=player_embedded#
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Novembro de 2010, 10:54
(http://lh6.ggpht.com/_TrPCkbEtGDE/SyJJCwdA1yI/AAAAAAAAKx8/dhZ8fGtEItc/love.gif)

Amanhecer

Amanheceu chuva fina
Pequenas gotas escorrem
pelo vidro da janela
As flores do jardim
exalam intenso perfume
Borboletas dançam em volta delas

Dia cinza, mas de beleza ímpar
Uma silenciosa manhã
De cantar de pássaros
e latidos de cães mais ao longe ...

Da grama vem o cheiro de mato
Grama verdinha que nem esperança
Igual aquela que se vê
nos olhos das crianças

Não vai dar sol, mas quem sabe?
O dia ainda é longo
e ainda não é tarde

( Regina Ragazzi )



Fernanda Takai e Rodrigo Amarante - O Ritmo da Chuva (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWhLSWRvYmJ1UkxBI3dz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 17 de Novembro de 2010, 12:10
(http://3.bp.blogspot.com/_CoKxyqiJLMo/TJyJvIiGXGI/AAAAAAAAARM/jpZCbxduoS8/s1600/doa%C3%83%C2%A7%C3%83%C2%A3o1.jpg)

Da Dádiva
(Gibran/"O profeta")

            Então um homem opulento disse: “Fala-nos da dádiva.”

            E ele respondeu:

            “Vós pouco dais quando dais de vossas posses.

            É quando dais de vós próprios que realmente dais.

            Pois, o que são vossas posses senão coisas que guardais por medo de precisardes delas amanhã?

            E amanhã, que trará o amanhã ao cão ultraprudente que enterra ossos na areia movediça enquanto segue os peregrinos para a cidade santa?

            E o que é o medo da necessidade senão a própria necessidade?

            Não é vosso medo da sede, quando vosso poço está cheio, a sede insaciável?

            Há os que dão pouco do muito que possuem, e fazem-no para serem elogiados, e seu desejo secreto desvaloriza suas dádivas.

            E há os que têm pouco e dão-no integralmente.

            Esses confiam na vida e na generosidade da vida, e seus cofres nunca se esvaziam.

            E há os que dão com alegria, e essa alegria é já a sua recompensa.

            E há os que dão com pena, e essa pena é o seu batismo.

            E há os que dão sem sentir pena nem buscar alegria nem pensar na virtude:

            Dão como, no vale, o mirto espalha sua fragrância no espaço.

            Pelas mãos de tais pessoas, Deus fala; e através de seus olhos Ele sorri para o mundo.

            É belo dar quando solicitado; é mais belo, porém, dar sem ser solicitado, por haver apenas compreendido;

            E para os generosos, procurar quem recebe é uma alegria maior ainda que a de dar.

            E existe alguma coisa que possais guardar?

            Tudo o que possuís será um dia dado.

            Dai agora, portanto, para que a época da dádiva seja vossa e não de vossos herdeiros.

            Dizeis muitas vezes: “Eu daria, mas somente a quem merece”.

            As árvores de vossos pomares não falam assim, nem os rebanhos de vossos pastos.

            Dão para continuar a viver, pois reter é perecer.

            Certamente, quem é digno de receber seus dias e suas noites é digno de receber de vós tudo o mais.

            E quem mereceu beber do oceano da vida, merece encher sua taça em vosso pequeno córrego.

            E que mérito maior haverá do que aquele que reside na coragem e na confiança, mais ainda, na caridade de receber?

            E quem sois vós para que os homens devam expor o seu íntimo e desnudar seu orgulho a fim de que possais ver seu mérito despido e seu amor-próprio rebaixado?

            Procurai ver, primeiro, se mereceis ser doadores e instrumentos do dom.

            Pois, na verdade, é a vida que dá à vida, enquanto vós, que vos julgais doadores, são meras testemunhas.

            E vós que recebeis – e vós todos recebeis – não assumais encargo de gratidão a fim de não pordes um jugo sobre vós e vossos benfeitores.

            Antes, erguei-vos, junto com eles, sobre asas feitas de suas dádivas;

            Pois se ficardes demasiadamente preocupados com vossas dívidas, estareis duvidando da generosidade daquele que tem a terra liberal por mãe e Deus por pai.”


Vangelis - Memories Of Blue (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXdsRFdYdi1jSWg4JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 17 de Novembro de 2010, 12:17


(http://2.bp.blogspot.com/_QtzfyKGFd9k/TKZN8xT6bYI/AAAAAAAAERc/3Z5s6dYrKaE/s1600/tempo.jpg)

O Poeta
(Gibran)
 

            Sou um estrangeiro neste mundo.

            Sou um estrangeiro, e há na vida do estrangeiro uma solidão pesada e um isolamento doloroso. Sou assim levado a pensar sempre numa pátria encantada que não conheço, e a sonhar com os sortilégios de uma terra longínqua que nunca visitei.

            Sou um estrangeiro para minha alma. Quando minha língua fala, meu ouvido estranha-lhe a voz. Quando meu Eu interior ri ou chora, ou se entusiasma, ou treme, meu outro Eu estranha o que ouve e vê, e minha alma interroga minha alma. Mas permaneço desconhecido e oculto, velado pelo nevoeiro, envolto no silêncio.

            Sou um estrangeiro para o meu corpo. Todas as vezes que me olho num espelho, vejo no meu rosto algo que minha alma não sente, e percebo nos meus olhos algo que minhas profundezas não reconhecem.

            Quando caminho nas ruas da cidade, os meninos me seguem gritando: “Eis o cego, demos-lhe um cajado que o ajude.” Fujo deles. Mas encontro outro grupo de moças que me seguram pelas abas da roupa, dizendo: “É surdo como a pedra. Enchamos seus ouvidos com canções de amor e desejo.” Deixo-as correndo. Depois, encontro um grupo de homens que me cercam, dizendo: “É mudo como um túmulo, vamos endireitar-lhe a língua.” Fujo deles com medo. E encontro um grupo de anciãos que apontam para mim com dedos trêmulos, dizendo: “É um louco que perdeu a razão ao freqüentar as fadas e os feiticeiros.”

            Sou um estrangeiro neste mundo.

            Sou um estrangeiro e já percorri o mundo do Oriente ao Ocidente sem encontrar minha terra natal, nem quem me conheça ou se lembre de mim.

            Acordo pela manhã, e acho-me prisioneiro num antro escuro, freqüentado por cobras e insetos. Se sair à luz, a sombra de meu corpo me segue, e as sombras de minha alma me precedem, levando-me aonde não sei, oferecendo-me coisas de que não preciso, procurando algo que não entendo. E quando chega a noite, volto para a casa e deito-me numa cama feita de plumas de avestruz e de espinhos dos campos.

            Idéias estranhas atormentam minha mente, e inclinações diversas, perturbadoras, alegres, dolorosas, agradáveis. À meia-noite, assaltam-me fantasmas de tempos idos. E almas de nações esquecidas me fitam. Interrogo-as, recebendo por toda resposta um sorriso. Quando procuro segura-las, fogem de mim e desvanecem-se como fumaça.

            Sou um estrangeiro neste mundo.

            Sou um estrangeiro e não há no mundo quem conheça uma única palavra do idioma de minha alma...

            Caminho na selva inabitada e vejo os rios correrem e subirem do fundo dos vales ao cume das montanhas. E vejo as árvores desnudas se cobrirem de folhas num só minuto. Depois, suas ramas caem no chão e se transformam em cobras pintalgadas.

            E as aves do céu voam, pousam, cantam, gorgeiam e depois param, abrem as asas e viram mulheres nuas, de cabelos soltos e pescoços esticados. E olham para mim com paixão e sorriem com sensualidade. E estendem suas mãos brancas e perfumadas. Mas, de repente, estremecem e somem como nuvens, deixando o eco de risos irônicos.

            Sou um estrangeiro neste mundo.

            Sou um poeta que põe em prosa o que a vida põe em versos, e em versos o que a vida põe em prosa. Por isto, permanecerei um estrangeiro até que a morte me rapte e me leve para minha pátria.

(Extraído de “Temporais”)


Blade Runner-Love Theme-Full version (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUM5S0FxaGJJWjdvJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)

 
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 17 de Novembro de 2010, 12:22
(http://1.bp.blogspot.com/_NRtwcokkvXU/TArALhAS_tI/AAAAAAAABZY/dqZNrW6jzEg/s1600/sobre_os_filhos.jpg)

 
Dos Filhos

("O Profeta"/Gibran)
 

            E uma mulher que carregava o filho nos braços disse: “Fala-nos dos filhos.”

            E ele disse:

            Vossos filhos não são vossos filhos.

            São filhos e filhas da ânsia da vida por si mesma.

            Vêm através de vós, mas não de vós.

            E, embora vivam convosco, a vós não pertencem.

            Podeis outorgar-lhes vosso amor, mas não vossos pensamentos,

            Pois eles têm seus próprios pensamentos.

            Podeis abrigar seus corpos, mas não suas almas;

            Pois suas almas moram na mansão do amanhã, que vós não podeis visitar nem mesmo em sonho.

            Podeis esforçar-vos por ser como eles, mas não procureis faze-los como vós,

            Porque a vida não anda para trás e não se demora com os dias passados.

            Vós sois o arco dos quais vossos filhos, quais setas vivas, são arremessados.

            O Arqueiro mira o alvo na senda do infinito e vos estica com Sua força para que suas flechas se projetem, rápidas e para longe.

            Que vosso encurvamento na mão do Arqueiro seja vossa alegria:

            Pois assim como Ele ama a flecha que voa, ama também o arco, que permanece estável.


Um Pedaço de Mim (Ópera do Malandro) Chico Buarque (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXYxbi14Wk9pOVBvIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 17 de Novembro de 2010, 12:30


(http://4.bp.blogspot.com/_iKOwfG4V-SU/S9KHRtNtYiI/AAAAAAAAAEI/ZtHZgyx3HJQ/s1600/1214763573_loucura21.jpg)

O Louco

            Perguntais-me como me tornei louco. Aconteceu assim:

            Um dia, muito tempo antes de muitos deuses terem nascido, despertei de um sono profundo e notei que todas as minhas máscaras tinham sido roubadas – as sete máscaras que eu havia confeccionado e usado em sete vidas – e corri sem máscara pelas ruas cheias de gente gritando: “Ladrões, ladrões, malditos ladrões!”

            Homens e mulheres riram de mim e alguns correram para casa, com medo de mim.

            E quando cheguei à praça do mercado, um garoto trepado no telhado de uma casa gritou: “É um louco!” Olhei para cima, para vê-lo. O sol beijou pela primeira vez minha face nua.

            Pela primeira vez, o sol beijava minha face nua, e minha alma inflamou-se de amor pelo sol, e não desejei mais minhas máscaras. E, como num transe, gritei: “Benditos, benditos os ladrões que roubaram minhas máscaras!”

            Assim me tornei louco.

            E encontrei tanto liberdade como segurança em minha loucura: a liberdade da solidão e a segurança de não ser compreendido, pois aquele que nos compreende escraviza alguma coisa em nós.


Balada do louco - Ney Matogrosso (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUo0Y09Hcm1zWXRvIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dOM JORGE em 18 de Novembro de 2010, 01:13
                                    VIVA JESUS!

    Boa-noite! caros irmãos.


          " Admiro a terra, quero-a, sempre gostei dela.

            Sempre me senti feliz por estar vivo:

            apesar da guerra, das más notícias,

            não sou capaz de matar em mim a simples

            alegria de viver. "


                                ( Julien Green )


                                           PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: hcancela em 18 de Novembro de 2010, 19:37
Olá amigos(as)

Discutir não alimenta.

Reclamar não resolve.

Revolta não auxilia.

Desespero não ilumina.

Tristeza não leva a nada.

Lágrima não substitui suor.

Irritação intoxica.

Deserção agrava.

Calúnia responde sempre com o pior.

Para todos os males, só existe um medicamento de eficiência comprovada.

Continuar na paz, compreendendo, ajudando, aguardando o concurso sábio do Tempo, na certeza de que o que não for bom para os outros não será bom para nós.
***********
Albino Teixeira.

Saudações fraternas
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Novembro de 2010, 22:23
Olá, amigos!! Sempre bom vê-los por aqui.
Sim, a paz é essencial. ;)
Com carinho,
Helena(http://lh5.ggpht.com/_sjxlAMJpsSI/TNYQmHGunNI/AAAAAAAAACk/fdPqgAl6Juo/s400/50180_006zqsz0.png)
--------------------------------------------------------------------------------------------

(http://lh4.ggpht.com/_sjxlAMJpsSI/TNYORsFzkAI/AAAAAAAAACc/9lZh4Q3Fvuo/s400/rty78.jpg)

“Todo jardim começa
com um sonho de amor .
Antes que qualquer árvore
seja plantada ou qualquer lago
seja construído, é preciso
que as árvores e os lagos
tenham nascido dentro da alma.
Quem não tem jardins por dentro,
não planta jardins por fora
e nem passeia por eles...”

Rubem Alves


O Mundo Além da Palavras - Jalal-ud-Din Rumi (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUFCLW1IdmZlNjZJIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Novembro de 2010, 22:34
(http://lh5.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/TOZ0hRgRipI/AAAAAAAAAqQ/IlGzt2emkP4/s400/CRIANA%7E2.JPG)

venha comigo olhar os campos..

cante comigo tbm meu canto

eu só não quero cantar sozinho

eu quero um coro de passarinhos..


Eu quero apenas (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTI1d3dnUU45T2xjIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Novembro de 2010, 22:42
(http://lh6.ggpht.com/_douKx4M6Fl8/SyLm-RsinEI/AAAAAAAAAZQ/oeVpQsP-fb8/s400/resp.png)


"Enfeite-se com margaridas e ternuras
e escove a alma com flores,
com leves fricções de esperança.
De alma escovada e coração acelerado,
saia do quintal de si mesmo
e descubra o próprio jardim..."
(Carlos Drummond de Andrade)



Marisa Monte Arnaldo Antunes (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWNpcUZKamVYRU0wJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Novembro de 2010, 11:25
(http://lh6.ggpht.com/_-U0g9qMMZvs/S-314CGQJFI/AAAAAAAAaI0/rLzmBvDF-hQ/An1.gif)


 
"Ter fé é acreditar naquilo que ninguém acredita.
É fazer aquilo que ninguém faz.
É ser grande no pequeno espaço que nos dão.
É ser rei na terra dos plebeus...
E ser plebeu na terra dos reis.
É olhar ao lado e ver montanhas.
É fechar os olhos e ver o caminho.
É dizer ao mundo para cuidar do mundo,
mesmo que a voz não passe das paredes.
E inexoravelmente ser apenas tão completamente
o que se é, para inexoravelmente poder,
apenas tão completamente, o que ninguém pode."


Leschek Karwoth - The Faith Keeps Me Alive (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVpNVXhOZDl1ai1NIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Novembro de 2010, 11:38
(http://www.meionorte.com/imagens/2010/09/06/47fb2746eeb2a84b113e36cf3e4821a5.jpg)

Capitu

Nunca mais
olhos de ressaca
desejos, inconstâncias
nem sonhos pueris
em mim, esta lagoa rasa
afoga memórias
cuja profundidade
fazia valer o perigo.

que se guarde sempre:
para continuar vivendo -
viver!
Lúcia Gönczy


Olhos de Ressaca (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW1Ra3hPd2lHbUVnJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2c3Ijd3M=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dOM JORGE em 22 de Novembro de 2010, 12:09
                                     VIVA JESUS!

     Olá, queridos irmãos.


           " O amor é quando a gente mora um no outro. "



                                ( Mario Quintana )



                                          PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Novembro de 2010, 12:49
Casamento

Adélia Prado

(http://mundoverdeblog.files.wordpress.com/2009/06/casal-cozinhando-menor.jpg)


Há mulheres que dizem:
Meu marido, se quiser pescar, pesque,
mas que limpe os peixes.
Eu não. A qualquer hora da noite me levanto,
ajudo a escamar, abrir, retalhar e salgar.
É tão bom, só a gente sozinhos na cozinha,
de vez em quando os cotovelos se esbarram,
ele fala coisas como "este foi difícil"
"prateou no ar dando rabanadas"
e faz o gesto com a mão.


O silêncio de quando nos vimos a primeira vez
atravessa a cozinha como um rio profundo.
Por fim, os peixes na travessa,
vamos dormir.
Coisas prateadas espocam:
somos noivo e noiva.


Sing for your supper - The Mamas and the Papas 1967 - Tradução e legendas em português. (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PThRWVNnS05IODdBJmFtcDtwbGF5bmV4dD0xJmFtcDtsaXN0PVBMMzdGMkQ2MjdCQTY0QTI0RCZhbXA7aW5kZXg9MTMj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Novembro de 2010, 19:39
(http://lh5.ggpht.com/_IYcfk-0KPYE/SpDJFIckpeI/AAAAAAAAJpA/sto4kejjX5k/.gif)



Todos os dias, quando acordo,

vou correndo tirar a poeira
da palavra amor..."


Clarice Lispector


(http://lh4.ggpht.com/tery500/SBe7UyEJmYI/AAAAAAAAAfM/W50hElw2zMw/s400/anjo+13.gif)

Não desista do amor- Mensagem linda (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTN4UGJ5MWpBZUxBJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Novembro de 2010, 19:48
(http://lh5.ggpht.com/_ljfDyu3L5bY/SRdmDiF3DiI/AAAAAAAABEQ/AVzwQTjQiLA/s800/fisherxn5.png)

"Feliz o que espalha, em seus caminhos,
a semente da Amizade,
pois seus frutos hão de vingar fazendo,
de sua vida, canteiro de luz
repleto de sentimentos maiores.
Jamais a solidão o acercará, pois o
perfume da Flor da Amizade é bênção na
seara da vida rumo ao Pai..."


Amigos Para Sempre (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXU1NGs2QnlYdEh3Iw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Novembro de 2010, 19:55
(http://lh5.ggpht.com/_qrTITVwUN3k/TPHI3Vwqd-I/AAAAAAAAFck/Rvx2FXpWDJw/s800/mont%20cintia21.jpg)

Só Deus é a vida
mas você pode restituir aos outros
o desejo de viver
Só Deus pode dar a paz
mas você pode semear união
Só Deus pode dar a força
mas você pode apoiar quem desanimou


Amigos (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVVpNzROaktSckFRJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 01 de Dezembro de 2010, 12:09
(http://lh6.ggpht.com/_IvQE1DZG-c8/RyuHE1vPLpI/AAAAAAAAAQo/uVT3zsc0PWM/s400/384915016-59387562.png)

O ser humano está carente de felicidade verdadeira...
Está carente de compreensão, ternura, de um ombro amigo...
De ouvidos que o escutem com vontade de ajudar,
De mãos que se estendam oferecendo um pouco de amor...

O Amor possui muitos e preciosos filhotes:
 Delicadeza, Bom ânimo e Caridade, fazem parte da família
Aquele que ama não atropela os sentimentos do seu próximo,
Não se regozija das fugazes vitórias terrenas,
Pois intui que somos todos um só organismo vivo
A infelicidade de quem quer que seja será a doença da alma,
Será a célula virulenta que contaminará o Todo.
Somos todos células compondo o Grande organismo cósmico.


Buscar arejar o coração, tê-lo envolvido no Amor Maior
É a melhor forma de viver plenamente a vida!


Roberto Carlos - "Jesus Cristo" (12/12) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUxCdC10MFJ6d0ZNJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 01 de Dezembro de 2010, 12:17
(http://lh6.ggpht.com/_dm_B64Gc8E8/Sx0zexZBcyI/AAAAAAAABWs/Zc0n5jJssdQ/s800/pedido.png)

Quero uma casa no campo (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUh4OGRpV2I3VUI0JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 01 de Dezembro de 2010, 18:47
(http://lh3.ggpht.com/su.walber/SOfeI5MoABI/AAAAAAAAD1g/elmNPw6rbwY/s800/56.png)

A felicidade é construída todos os dias,
nos pequenos detalhes, nos encontros e nas reflexões.
Eu acredito na felicidade e sei que Deus diz sim
para aquilo em que acreditamos.
Se sua vida não está do modo como você gostaria,
dê um jeito de transformá-la...
É o maior presente que pode dar a si mesmo."
(Roberto Shinyashiki)


The Polyphonic Spree - Light and Day (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXJISm9fa2xtUGNBJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2dyM=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Dezembro de 2010, 11:15
(http://lh6.ggpht.com/_ezkbc3jAOro/S_87x7L_B_I/AAAAAAAAAc4/2K6Mt4h-qV4/s800/voo.png)

"As vezes eu ouço passar
o vento e só de ouvir
o vento passar vale a
pena ter nascido"

(Fernando Pessoa)


Quando o vento soprar Tino (com legenda) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PV9nSWptUWdDdEQwJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2c3Qj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 08 de Dezembro de 2010, 18:55
(http://lh3.ggpht.com/_MX5aaHb33Rg/TPu7KMwTTpI/AAAAAAAACNk/qjAE7VxXvsQ/c1.gif)

Abraço!
Abraço é aconchego
Afago doce
caloroso
Que de tão espontâneo
ninguém percebe
Que é troca que logo
se recebe
Que tem sabor
traz alegria
Abraço é coisa de quem ama
Abraço é mais que se tocar
se dar
Abraço é fala sem palavras
Falar apenas com
o coraçao
Que quando um vai
o outro ja vém
Abraço é gesto
de ternura
Abraço é beijo
na alma
É caricia da forma
mais pura.


Jairo Lambari - Por um abraço (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUcxd3NOUDJWNzNvIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 08 de Dezembro de 2010, 19:06
(http://lh5.ggpht.com/_ja1ZFnsJJ9g/TK4XLlsAjbI/AAAAAAAACA4/fmmcinh1dUc/s.png)

Luciano Pavarotti - Caruso ( Te voglio bene assai) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUt1RHdzaVhQMDBBIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 09 de Dezembro de 2010, 10:17
(http://images.paraorkut.com/img/recados/Borboleta_846353409_03_borboletas.gif)

Não espero nem desespero
meu caminho sigo.
Enquanto falam de pérolas,
ostra continuo;
reciso do mar barulhento
das ondas que me guiam.
Embora só e à deriva...
- é dos naufrágios que me faço.

Machucados tantos, pérolas;

não desejo nada a não ser isso:

o Bem e a Paz seja como for e onde;
Vivo a minha vida e procuro,
apesar de tudo,
estar em sintonia com o Universo.
 
 
Lúcia Gönczy


Un angelo - Santo California - 1975 - con testo (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWhPZnVTN0ZldDJBJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dOM JORGE em 09 de Dezembro de 2010, 11:44
                                           VIVA JESUS!


   Bom-dia! queridos irmãos.



                                       Todo mundo giz

                                       que ali jaz um haikai

                                       porque blue- ou bliss.



                                                ( Bith )


                                                     PAZ, MUITA PAZ!     
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 09 de Dezembro de 2010, 20:39
Olá, amigo dom Jorge! Que Jesus o abençoe!
Carinhos,
Helena
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
(http://lh3.ggpht.com/_dA16yVa70Og/TOvxE51QNKI/AAAAAAAAFgg/ktChIexH9vA/s800/231104.png)

Os Caçulas - A Chuva Que Cai - 1968. (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWJnX3NYU1FDZUpFIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dOM JORGE em 10 de Dezembro de 2010, 17:35
                                     VIVA JESUS!


   Boa-tarde! queridos irmãos.



                                   DESPEDIDA


      Correnteza abaixo, riacho frio para o mar,
      a onda libertadora ela refere:
      Não mais por ti meus passos irão,
      para sempre e sempre
      Corrente, doce corrente, por gramado e prado
      Um riacho, então, um rio:
      Agora, por ti, meus passos devem ir,
      para sempre e sempre
      Mas aqui suspirará vosso carvalho
      E aqui vosso arbusto estremecerá
      E aqui por ti zumbirão as abelhas
      para sempre e sempre
      Milhares de sóis jorrarão sobre ti,
      Milhares de luas rebrilharão;
      Mas não por ti meus passos irão,
      para sempre e sempre.


 
                                ( Alfred Tennyson )



                                         PAZ, MUITA PAZ!
     
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 13 de Dezembro de 2010, 20:29
(http://lh6.ggpht.com/_1dXWD7KKSBY/TQTNPuyPzaI/AAAAAAAADMc/EHCjHalDVkw/s400/002B054JsBU.jpg)

Certas manhãs surgem branquinhas,
com a brisa balançando cortinas,
e o calor inquietando os corpos.

Certas manhãs são presentes, são brindes,
são tão naturais que instigam instintos extintos,
e dão vontade de caminhar em colinas, apreciar flores,
ouvir gaiteiros tocando, se embrenhar em matas.

Certas manhãs já nascem com o cheiro do café no ar,
com toalhas de mesa xadrez e cuscuz de milho.

Certas manhãs nascem prontas, completas,
em si mesmas repletas de sinais, de signos escondidos,
de recados sussurrados nos ouvidos.

Certas manhãs dão na gente vontade de mudar.
Mudar tudo, mudar nossa vida, mudar o rumo, quiçá o mundo...

Matilda Penna


Al Green-Let's stay Together(Live) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU1Well4cUc5TjFjJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2c3Ij)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 14 de Dezembro de 2010, 15:35
(http://images.orkut.com/orkut/photos/OgAAAHt5iRKSwa8q092K_W0Ozo_srqYhHeOCbV7dP3D2756m6T71ianQfYCsuaJlvQBCrj3ZNB8vGiGZGV4d0iKqdaoAm1T1UPnYxM39IecS0NRdbKrevn0f40mw.jpg)

Evite indagar porque, a uns, muitas coisas foram
dadas a mais do que a você.
Há quem consegue na vida mais saúde,
ou mais beleza física,
ou mais riqueza,
ou mais amigos,
ou aparentemente mais felicidade.
A quem mais foi dado, mais será exigido e cobrado.
Contente-se com o que você ganhou.
É mais importante que você aumente o pouco que recebeu,
do que ter muito a enterrar,
como aquele coitado
que não trabalhou sobre os talentos recebidos e,
por isso, não mereceu a recompensa.


David Lanz - Variations on a Theme From Pachelbel's Canon in D Major (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXQ4cU91d05NbnFNIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dOM JORGE em 14 de Dezembro de 2010, 17:03
                                        VIVA JESUS!



  Boa-tarde! queridos irmãos.


                                 LUZ SUBLIME


             Guarda contigo a fé por luz sublime,
             constantemente acesa trilha afora,
             que nada te detenha ou desanime,
             no esforço de servir que te aprimora.

             O sofrimento é benção que redime,
             valoroso cinzel ferindo embora.
             E fardo que sustentas, se te oprime,
             é o generoso apoio que te escora.

             Recorda o Mestre Amado e continua
             plantando amor na gleba triste e nua,
             dos corações crivados de amarguras...

             E encontrarás ao termo dos teus passos
             o Cristo que, a sorrir, te estende os braços,
             do seu Reino de excelsos resplendores.



                               ( Auta de Souza )


 
                                             PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 17 de Dezembro de 2010, 10:33
(http://lh3.ggpht.com/_09KDwMxz7Ys/SQkkkk-7dCI/AAAAAAAAHXI/cl1up4x1KxQ/s400/102.jpg)

-Às vezes, quando eu digo

“Eu estou bem” ,
eu quero alguém para me olhar nos olhos,
me abraçar apertado e dizer:


“Eu sei que você não está”


(DA)

(http://lh5.ggpht.com/_o-YEvH5FkEw/THNM4TKwUiI/AAAAAAAADzA/fHKQgLNHZ5Y/c202c.png)

se eu me Apaixonar (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXNsVnlQS1pfb1RVJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 17 de Dezembro de 2010, 11:51


(http://lh3.ggpht.com/_twRHcNiOv9w/S7s9HsbRlrI/AAAAAAAAFhs/S5p4xnNfKdc/SAnimados-fe01.gif)



YouTube - Broadcast Yourself. (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXpaYzZWWm1ia0pVJmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZCM=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dOM JORGE em 17 de Dezembro de 2010, 12:00
                                         VIVA JESUS!



   Bom-dia! queridos irmãos.



                      A  pedra da rua,

                      Humilham-te sem cessar,

                      Ah, os pés humanos...



                          ( Fanny Dupré )



                                     PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 17 de Dezembro de 2010, 13:21
(http://lh4.ggpht.com/_WNnwy9qpGuc/SYy9H93QKbI/AAAAAAAAH4Q/o-6L918TMg0/s1600/bomdia30.gif)

Que Deus te cuide com carinho
Que te indique o melhor caminho
Que te ensine sobre o verdadeiro amor
Que te perdoe quando preciso for
Que Deus te dê asas pra voar
Nos sonhos te ajude a pousar
Mas também, te mostre a realidade
Que terás que enfrentar
Sem nunca por nada recuar
Que Deus te faça ver
Que no sorriso de uma criança
Mora toda a esperança
Que tanto precisas pra viver
Que Deus te faça compreender
Porque amanhece antes de anoitecer
Porque o sol se esconde quando a lua quer brilhar
E porque o sol brilha quando ela vai descansar
Que Deus te ofereça amigos verdadeiros
E que tu saibas cultivar
Cada amizade que em tua vida Ele plantar


TRADUÇÃO: I'LL BE THERE (MICHAEL JACKSON & JACKSON FIVE) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVRuZ1l6S1JVVldjIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 18 de Dezembro de 2010, 11:58
(http://lh3.ggpht.com/rgntrindade2/SNGQH4CaAGI/AAAAAAAABIg/pG5pE9UXibQ/s400/amigoanim.png)

Uma olhada ocasional para o topo
mantém a meta em mente,
Mas muitas cenas bonitas
devem ser observadas
de cada novo patamar alcançado.


I CAN WAIT FOREVER (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWJYSTQ3OTE3RERzJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2dyM=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Dezembro de 2010, 10:05
(http://lh6.ggpht.com/_4sWrWh7SqP8/STY-cw50PuI/AAAAAAAAKOw/0CGhfQSVwns/.png)

"Ser feliz não é ter um céu sem tempestades, caminhos sem acidentes,
trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem decepções.
Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas,
segurança no palco do medo, amor nos desencontros.
Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas refletir sobre a tristeza.
Não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos.
Não é apenas ter júbilo nos aplausos mas encontrar alegria no anonimato.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver a vida,
apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz não é uma fatalidade do destino,
mas uma conquista de quem sabe viajar para dentro do seu próprio ser."
(Augusto Cury)


"Final Feliz" - Alexandre Pires e Caetano Veloso (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXNBLVBJSTczMTdRIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 20 de Dezembro de 2010, 15:34
(http://lh3.ggpht.com/_iWzP0uTovms/TPGq52zq2dI/AAAAAAAACyc/TRO8sTJYu80/s00/flopi2.jpg)

"Metade de mim é ninho.
A outra metade, passarinho." (Rosa Berg)


Não importa se a estação do ano muda, se o século vira,
se o milênio é outro, se a idade aumenta; conserve sempre a vontade de viver, não se chega à parte alguma sem ela...
Desejo à você uma tarde iluminada, cheia de cores, perfumes, passarinhos, paz, aconchego, carinho, amor.... e tudo mais à que tenha direito!

Boa semana festiva, amigos! Obrigada pelo carinho!!
Bjs![/img]

(http://lh5.ggpht.com/_iWzP0uTovms/TPG6ZKVTrLI/AAAAAAAACyo/UIAY2jhu-M4/s400/barrabeijaflor.png)

JESSÉ - PAZ DO MEU AMOR / MENINO PASSARINHO (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUhTZEczZ2trOG9nIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dOM JORGE em 20 de Dezembro de 2010, 17:57
                                        VIVA JESUS!



   Olá, caros irmãos.


                           sem saudade de você

                           sem saudade de mim

                           o passado passou enfim



                                ( Alice Ruiz )


 
                                         PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Dezembro de 2010, 19:45
(http://lh6.ggpht.com/_Ym7NUTMiTeQ/TRhhFzMWbEI/AAAAAAAAAr8/IWJyf2QNAhA/s400/radio_getty.jpg)

Vai pelas ondas do rádio
seja de qual for a sua cidade
pelas ondas das boas energias

O meu abraço carinhoso
 Com o desejo q vc guarde
no seu melhor lugar
coisas lindas que acontecerão
nessa última semana de 2010.

Confia e aproveita!
Dê  sempre graças a Deus
O melhor o espera
Agora e sempre.


Happy New Year 2011 Video Poem ecard (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXBkQURacWpER3VjJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Dezembro de 2010, 19:49
(http://lh3.ggpht.com/_fDJmTHcsI9o/TAGMeSUIBMI/AAAAAAAABPQ/QJCfMm5CfUA/s400/Animation21.png)

Eu desejo que você tenha um belo amanhecer,
e que, amanhecendo, você desperte sorrindo
E que, sorrindo, você siga contagiando todos a sua volta
Que seu anjo da guarda sempre lhe acompanhe,
Fazendo sua luz ser mais brilhante...

Essa luz que tantas vezes já iluminou os meus Dias
Quero que a sua saúde, em momento algum,
Possa deixá-la na mão...
Nenhum mal-estar, nenhum nada,
pode atrapalhar o seu LINNNDO DIA...
E espero que ao fim deste,
antes do seu repouso,
você ainda tenha
ânimo para ler toda essa mensagem de novo.

Porque eu lhe desejo um Linnndo Dia,
Hoje,
Amanhã,
 depois,
e semmmmpre.
 Adoooooro você!

Deus a Abençõe semmmmmpre mais e que " Ele " Ilumine cada passo seu...

(Margareth)

Boys Town Gang - can't take my eyes off you (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUdxVUN1dHVnUDBFIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Dezembro de 2010, 19:59


(http://www.messages.oriza.net/by-oriza-amizade-bom-dia-1.gif)

Rob Costlow - Bliss (Piano) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTBwVF9FLUJOcVJjJmFtcDtmZWF0dXJlPWxpc3RfcmVsYXRlZCZhbXA7cGxheW5leHQ9MSZhbXA7bGlzdD1NTEd4ZEN3VlZVTFhjNm1CTzJuOVprMEhuNzRUbHAtajhQIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Dezembro de 2010, 20:08
(http://lh5.ggpht.com/_VylgySBO4iQ/S54sZPt-VNI/AAAAAAAAADg/D7xJd9Poixw/s400/ricca981.png)

O verbo amar

Te amei: era de longe que te olhava
e de longe me olhavas vagamente...
Ah, quanta coisa nesse tempo a gente sente,
que a alma da gente faz escrava.

Te amava: como inquieto adolescente,
tremendo ao te enlaçar, e te enlaçava
adivinhando esse mistério ardente
do mundo, em cada beijo que te dava.

Te amo: e ao te amar assim vou conjugando
os tempos todos desse amor, enquanto
segue a vida, vivendo, e eu, vou te amando...

Te amar: é mais que em verbo é a minha lei,
e é por ti que o repito no meu canto:
te amei, te amava, te amo e te amarei!

(Poema de JG de Araujo Jorge
do livro -Bazar de Ritmos- 1935)


Rob Costlow - "Not Alone" (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWdjNGdJeGFPYzJZJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 28 de Dezembro de 2010, 22:25
(http://lh3.ggpht.com/cileneolsil/SGfRTEfL75I/AAAAAAAAAkY/bMSnEjpj7dI/s400/th_pic45.png)
(http://lh4.ggpht.com/_-U0g9qMMZvs/SkofRVeYwgI/AAAAAAAAMiY/-CwVGi7WKLY/%2BZ.gif)

Amar, talvez seja,
 um privilégio do ser humano.
Então abra seu coração e deixe
entrar toda a alegria que
a vida pode nos trazer !
Que a alegria, boa companheira,
ilumine os corações colocando
 um sorriso nos lábios de cada um de nós.
 Que a esperança transforme em
realidade todos os seus ideais nobres...

Uma cascata de alegrias e um 2011 de paz e luz!


An Adagio By Francis Lai (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVJrS1RWbVpMQk0wJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 28 de Dezembro de 2010, 22:34

(http://lh5.ggpht.com/_bEN_S3kjV_Q/SYCnvcDg0SI/AAAAAAAADTU/tuLkYrh4nTQ/s800/.png)

Que a nossa contínua missão
Seja a de semear a paz

Cultivando-a principalmente
Dentro do nosso coração

Que as nossas armas sejam sempre o AMOR
Em todas as suas formas

Fraterno, afetivo, verdadeiro e incondicional
Pois o nosso destino é a
F E L I C I D A D E!


An Adagio by Frank Pourcel (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTZYWEljY0FkdXFFJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Dothy em 28 de Dezembro de 2010, 23:45
Olá Helena...

Que maravilhoso entrar aqui amiga, e sentir tanta energias positivas, tanta afetividade,..
Parabéns amiga, por tornar este espaço tão agradável para quem entra...
Brigada por todo apoio e ricas contribuições lá no estudo...
Assim que terminar o estudo, virei aqui para contribuir com este lugar de acolhimento e carinho
...

Bjs e abraços carinhosos
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Dezembro de 2010, 10:55
Dothy querida, obrigada por sua ternura, amiga!

Parabéns pela condução do tópico, com a também dulcíssima Katia.
Que Deus as cubra de bênçãos, muita força e luz.

Este espaço é seu, amada.
Vê-la aqui só me trará mais alegria.
Bjs e carinhos sempre!
Helena

(http://lh6.ggpht.com/_8MEpTNvj15Y/TRpptv1J03I/AAAAAAAAE8E/dsqs236xlYE/s400/ano%20novo.png)

Que seu ano novo
Seja repleto de coisas novas
Oportunidades
Conhecimento
Lazer
Que as pessoas entrem
Na sua vida pra ficar
Que o amor predomine
E que vc seja muito feliz
São os meus votos
Para seu 2011.
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Dezembro de 2010, 11:01
(http://lh5.ggpht.com/_Evo2QjXTvY4/ShQKnTxnn1I/AAAAAAAAFEU/h98IiU9Icak/s400/flor.png)

"Quantas vezes pedimos a Deus
Um pouco de força,
E a resposta vem,
Um sorriso
Um olhar cúmplice
Um cartãozinho
Um gesto de amor
E a gente
Insiste em prosseguir
Em acreditar,
Em dividir
Em estar, em ser;
E Deus insiste em nos abençoar,
Em nos mostrar o caminho:
O caminho de casa...


Happy New Year 2011 Times Square - Animated Ball Drop (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWtXQXBKU3pxUk5FI3dz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Dezembro de 2010, 11:12
(http://lh3.ggpht.com/_Njb3mXkNCU4/Su3l-WqIp-I/AAAAAAAAiF8/5wjfD7PXfGU/cryst.gif)

"Na convivência, o tempo não importa.
Se for um minuto, uma hora, uma vida.
O que importa é o que ficou deste minuto,
desta hora, desta vida...
Lembra que o que importa
é tudo que semeares colherás.
Por isso, marca a tua passagem,
deixa algo de ti,
do teu minuto,
da tua hora,
do teu dia,
da tua vida."



2011 HAPPY NEW YEAR (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVM1RWVxSEJ5Z1JBJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2dyN3cw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 13 de Janeiro de 2011, 11:31
(http://lh4.ggpht.com/_h_zHCBAvIpg/TSxwJN5LUEI/AAAAAAAANkU/ichG1vqEoMs/s400/yt56789.jpg)

Águas que correm
Sempre estão indo para algum lugar
Águas debaixo da ponte...
Encontram-se
Como águas são teus sonhos
Nunca desista de tentar...
Viver é não desistir.
Viver é continuar tentando !!!


Bread - Everything I Own (Traduzida) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PV9yTXBweXp0NkxVJmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZCM=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 13 de Janeiro de 2011, 14:19
(http://t0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcRYe8Cuu9FuKR3LF1S7JobHx5JYFmO0PuSz2hSKTXkOUzNDjH08KA)

" Reportagem "


O trem estacou, na manhã fria,
num lugar deserto, sem casa de estação:
a parada do Leprosário...
Um homem saltou, sem despedidas,
deixou o baú à beira da linha,
e foi andando. Ninguém lhe acenou...
Todos os passageiros olharam ao redor,
com medo de que o homem que saltara
tivesse viajado ao lado deles...
Gravado no dorso do bauzinho humilde,
não havia nome ou etiqueta de hotel:
só uma estampa de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro...
O trem se pôs logo em marcha apressada,
e no apito rouco da locomotiva
gritava o impudor de uma nota de alívio...
Eu quis chamar o homem, para lhe dar um sorriso,
mas ele ia já longe, sem se voltar nunca,
como quem não tem frente, como quem só tem costas...

( Guimarães Rosa )


A Vida é uma Viagem de Trem (Trenzinho Caipira de Villa Lobos) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWdadWtJVy1zcTg0JmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2c3Qj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 13 de Janeiro de 2011, 14:25
(http://lh3.ggpht.com/_JEv84zgu2FM/TS8ECNhLugI/AAAAAAAAB8o/0QAC20WyIZU/s400/liberdade.jpg)
Hoje estou me libertando,

de tudo que me tornava escrava.

Abrirei portas e janelas

e deixarei que o sol entre

com seus raios envolventes

tocando minha alma,

meu corpo, me aquecendo

para um novo viver.

 

Denise Pires


Oswaldo Montenegro - Só (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVNtXy1xQ195UUlZJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Dothy em 15 de Janeiro de 2011, 01:05
MEU ANJO DE LUZ!!


Amigo Jesus...
Meu anjo de luz...
Minha alma quando em ti pensa...
Sempre alcança paz e esperança...
A felicidade aos poucos me contagia...
Me libertando da tristeza e horas vazias...
A solidão, aos poucos abandona o meu coração...
Meus dias se transformam na mais perfeita sintonia..
Preciso contigo ficar... Seja aqui, ou em qulaquer lugar..
De ti, eu não quero mais me afastar... Tua companhia é a minha maior alegria...
Com todas as dificuldade que eu encontro... Contigo, eu sempre soluciono...
Medos e incertezas, eu á não tenho mais..... Pela porta da segurança, contigo, eu quero entrar..
Obrigada senhor jesus...
Que para nos mostrar que há tudo é possivel perdoar,... Tu nasceste para nos ensinar


Dothy
Publicado no Recanto das Letras em 17/12/2010
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Dothy em 15 de Janeiro de 2011, 01:14
Olá querida amiga Helena... Muita paz a ti...

Como é bom estar aqui neste espaço aconchegante e muito lindo...
Obrigada pelas boas vindas e  por teres criado para nós este encanto...


 Abraços  e beijos afetuosos
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dOM JORGE em 15 de Janeiro de 2011, 07:58
                                VIVA JESUS!


            Bom-dia! caros irmãos.


                 
                   PODES


Só Deus é a Providência,
mas podes ser o auxílio.

Só Deus é a Luz,
mas podes ser a lâmpada.

Só Deus é a Alegria Perfeita,
mas podes ser o sorriso.

Só Deus é o Amor Integral,
mas podes ser a benção.

Só Deus é a Sabedoria,
mas podes ser a boa palavra.

Só Deus é Tudo no Bem,
mas podes ser a migalha.


Francisco Cândido Xavier
Livro: Deus Sempre
Espírito: Emmanuel


                                      PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 15 de Janeiro de 2011, 11:37
Olá, Dothy querida, como é bom vê-la por aqui. Fico muito feliz, amiga!
Que poesias lindas!

Bem-vindo, amigo dom Jorge! Sim, Viva Jesus sempre!
Com carinho,
Helena
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

(http://lh5.ggpht.com/_--K_W8pHkJk/SB4Gh5Cre1I/AAAAAAAAByU/QGEa7IcCqIM/s800/barrefe.png)

Era uma vez o País das Fadas.
Ninguém sabia direito onde ficava,
e mta gente (a maioria)
até duvidava que ficasse em algum lugar.
Mesmo quem ñ duvidava (e eram poucos)
tb ñ tinha a menor idéia
de como fazer para chegar lá.
Mas, entre esses poucos, corria a certeza q,
se quisesse mesmo chegar lá,
vc dava 1 jeito e acabava chegando.
Só 1 coisa era fundamental (e dificílima):
acreditar.
Era 1 vez, tb, nesse tempo
(que nem tempo antigo era ... era tempo de agora, q nem o nosso),
1 pessoa que acreditava.
1 pessoa comum, que lia jornais,
via TV (e sentia medo, q nem a gente),
ficava duro (q nem a gente),
tentava amar, não dava certo (q nem a gente).
Em tudo, a pessoa era assim q nem a gente.
Com aquela diferença enorme: era 1 pessoa que acreditava.
Nada no bolso ou nas mãos,
1 dia resolveu sair em busca do País das Fadas.
E saiu ...
Ficou pensando em quem poderia convidar para ir junto.
Alguém de q gostasse mto e tb acreditasse.
Sorriu ainda mais qdo, sem esforço, lembrou de 1 porção de gente.
Esse convite agora está sempre nos seus olhos : quem acredita sabe encontrar.
Ñ garanto q foi feliz para sempre,
mas o sorriso era lindo qdo pensou todas essas coisas
— ah, disso eu não tenho a menor dúvida.
E você?
(por Margareth)

Beyonce Somewhere Over the Rainbow live (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUp5c0xMSzVTWWdnIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: eternaaprendiz em 15 de Janeiro de 2011, 13:16
Olá irmãos! Quanta coisa bonita eu vi por
aqui! Muita Paz e Luz para tds!

 
(http://www.recadodeorkut.com/199/004.gif)



 Luz Sublime       

Auta de Souza

Guarda contigo a fé por luz sublime,

constantemente acesa trilha afora,

que nada te detenha ou desanime,

no esforço de servir que te aprimora.

 

O sofrimento é benção que redime,

Valoroso cinzel ferindo embora,

E fardo que sustentas, se te oprime,

É o generoso apoio que te escora.

 

Recorda o Mestre Amado e continua

Plantando amor na gleba triste e nua,

Dos corações crivados de amargores...

 

E encontrarás ao termo dos teus passos

O Cristo que, a sorrir, te estende os braços,

Do seu Reino de excelsos resplendores!

Mensagem recebida pelo médium Francisco Cândido Xavier
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 17 de Janeiro de 2011, 22:41
Olá, eternaaprendiz!
Como é bom vê-la por aqui!!
Carinhos,
Helena
(http://lh5.ggpht.com/_2stJaqDE9QA/SbaLKnMACEI/AAAAAAAASZ8/M6FPXkQCo_A/s800/ede%20%286%29.gif)
...
(http://1.bp.blogspot.com/_48zng2yL3k0/TOyW0A3CEpI/AAAAAAAAAP8/snmkmP3czEY/s1600/saudade1.jpeg)

Grito e nada sai!
Ando em notas musicais
flutuo num poema ou
danço nas estrelas.
Vôo com os pássaros,
sonho com um bolero e
lanço versos de saudade!
(não sei de quem...)


I miss You *Miley Cyrus - Tradução (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUQ3SDI2WU5DMWdRIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 17 de Janeiro de 2011, 22:50
(http://lh3.ggpht.com/_0i0r69uysKU/TQVxR-EOYCI/AAAAAAAAb20/EyL_dwJtHZY/s800/silvia198.jpg)

Quando nada mais houver,
eu me erguerei cantando,
saudando a vida
... E numa louca corrida
entregarei meu ser ao ser do Tempo
e a minha voz à doce voz do vento.
Despojado do que já não há
solto no vazio do que ainda não veio,
minha boca cantará
cantos pelo que se foi,
cantos de espera pelo que há de vir...
(desconheço autor)


Feeling Groovy by Paul Simon and Art Garfunkel (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU52bFc0YkVqQjVBJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2dyM=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dOM JORGE em 17 de Janeiro de 2011, 23:28
                                     VIVA JESUS!


      Boa-noite! queridos irmãos.

            Refresca-te, irmã,
         
            na água da pequena tigela de cobre

            com pedacinhos de gelo,

            abre os olhos sob a água, lavá-os,

            enxugá-te com a toalha áspera,

            e lança um olhar num livro que amas.

            Começa assim

            um dia belo e útil.

                               ( Bertolt Brecht )


                                            PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 18 de Janeiro de 2011, 11:34
Que linda poesia, amigo dOM Jorge.
Carinhos,
Helena
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
(http://t3.gstatic.com/images?q=tbn:bEhTJ1iMdbETUM:http://i111.photobucket.com/albums/n127/sonialinsesilva/Mensagens/borboleta20douradacpiaeg9.jpg&t=1)

Sorri quando a dor te torturar
E a saudade atormentar
Os teus dias tristonhos vazios

Sorri quando tudo terminar
Quando nada mais restar
Do teu sonho encantador

Sorri quando o sol perder a luz
E sentires uma cruz
Nos teus ombros cansados doridos

Sorri vai mentindo a sua dor
E ao notar que tu sorris
Todo mundo irá supor
Que és feliz
Charles Chaplin


YouTube - Broadcast Yourself. (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWlpS0ptQmdBZkZFIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dOM JORGE em 19 de Janeiro de 2011, 09:25
                                     VIVA JESUS!


         Bom-dia! queridos irmãos.


                 Carta aos Discípulos

Se és discípulo sincero
Do Evangelho de Jesus,
Não deponhas no caminho
O peso de tua cruz.

Pelo fato de estudantes
Nesse roteiro de amor,
Encontrarás na tarefa
O cálice de amargor.

É que quanto mais te eduques
Nos esforços da ascensão,
Mais sofrerás com o duelo
Do egoísmo e da ambição.

Pensando no Amado Mestre,
Ponderando-Lhe a bondade,
Hás de chorar, vendo o mundo
No abismo da iniqüidade.

Terás dor, porquanto, em paz,
Nunca feres, nem odeias.
Sentido contigo próprio
As amarguras alheias.

Vai com fé pelo caminho,
Leva a charrua na mão,
Trabalha, aguardando o Cristo
No fundo do coração.

Desconfia da lisonja.
Esquece o que te ofender.
Coloca, acima dos homens,
O que te cumpre fazer.

Sê modesto. Há sempre últimos
Que no céu serão primeiros.
Conta sempre com Jesus
Acima dos companheiros.

Um amigo terrestre pode
Ir com tua alma ao porvir,
Mas inda é o homem do mundo
Sempre disposto a cair.

Recebe com precaução
Quem te venha agradecer.
Por muita coisa que faças
Não fazes mais que o dever.

A palavra sem os atos
É um cofre sonoro e oco.
Evita o que fala muito
E edifica muito pouco.

Sê desprendido da posse,
Mas, conserva os bens da luz.
O discípulo conhece
Que ele próprio é de Jesus.

Nunca sirvas às discórdias,
Ao despeito, à confusão.
Deves ser, por onde passes,
Ensino e consolação.

Sabendo que nada vales
Sem o amparo do Senhor,
Conquistarás no futuro
O seu Reinado de Amor.



Casimiro Cunha

Do livro Cartas do Evangelho, de Francisco Cândido Xavier


                                           PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 19 de Janeiro de 2011, 11:29
(http://3.bp.blogspot.com/_G2zAcgChdms/TGhEXeiXQtI/AAAAAAAAA6I/TXTDjlY_rq4/s1600/sol.jpg)

        Ora ser audacioso, ora ser prudente
       é o mesmo que Adptar-se às situações e circunstâncias,
       sem deixar de agir e persistir de alguma maneira.
       Rui Barbosa observou:

    " Aqueles que pararam esperando as coisas melhorarem,
      acabarão descobrindo mais tarde que aqueles  que não pararam,
      estão tão na frente que não poderão mais alcançados ".


VIVER E LUTAR (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW8yYjZrQXVUQkpFIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Fevereiro de 2011, 21:06
(http://lh3.ggpht.com/_3f20vAPgFZo/TUa3_SXH4gI/AAAAAAAAAxE/cxGV6JnHOug/s400/2999338111_b7f3b42d74_z.jpg)

Queria te presentear com doces palavras
Para aumentar tuas alegrias...
Aquecer teu coração com a esperança
Colorindo tua vida com as melhores lembranças
Presentear-te com o maior sentimento
Mostrando-te o valor do AMOR
Que enfrenta tempo e distância
E de mansinho ampliar
O amor em teu coração!
Ah! Como eu queria...
Num passe de mágica
Tornar mais belos teus dias
E encher de flores teu caminhar

E quando chegasse a noite
Seria como as estrelas
Velaria pelo teu sono
Embalar-te-ia com uma canção
E te faria dormir e sonhar...
(autor desconhecido)


Roxette - Listen To Your Heart (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXlDQ19iNVdITFgwJmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZCM=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Fevereiro de 2011, 21:16
(http://lh4.ggpht.com/_Qml6dscqJYA/SezfhVhCHvI/AAAAAAAAC1I/apGo6PD0QC4/s640/.jpg)

Saudade palavra doce,
Retrata-nos tanto amargor
Saudade é como se fosse espinho cheirando a flor
É uma palavra breve,
Mas tão longa de sentir
E a gente que a escreve tem,
A saber, traduzir
Um desejo de estar perto, de quem longe
Esta de nós, um ai que não sei ao certo
Se é um suspiro ou se é uma voz
Um sorriso de tristeza, um soluço de alegria,
Suplicio da incerteza, esperança que alivia.
Saudade é suspiro é ânsia, vontade da gente ver
A quem nos vê a distância com olhos de bem querer
A saudade é calculada por algarismos também
Distância multiplicada pelo fator querer bem
Saudade é tristeza é tédio que enche os olhos de ardor
Saudade dor que é remédio
Remédio que aumenta a dor
A palavra é bem pequena
Mas diz tanto de uma vez
Por ela valeu a pena
Inventar-se o português.
(Bastos Tigre)


Onde anda você Toquinho Vinicius de moraes (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXg3ODdJZ0QtZlFBJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Fevereiro de 2011, 21:20
(http://lh3.ggpht.com/_eY0AnHecGrs/STR3QpOUIEI/AAAAAAAADRc/d_cJHXGDsvM/s800/fantasia1.png)

"Certas coisas são tão evidentes,
apesar de inexplicáveis, que a gente
não pode deixar de acreditar..."


(Caio Fernando Abreu)


Natalie Cole - Non Dimenticar (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXQ0UjJnSHlCdmZjIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Fevereiro de 2011, 20:13
(http://lh5.ggpht.com/_Zlj6VxyeVaI/TA128K6_bTI/AAAAAAAABiM/XaY9GjM7fAo/s800/cora.png)

O começo de toda mudança é o sorriso.
 Mas é importante que o ato de sorrir seja sincero
e expresso nas ações, nas atitudes,
 para que o efeito seja verdadeiro e duradouro.
Caso contrário será como ensinaTolstoi                                                                                                         

  " Cada um pensa em mudar a humanidade, mas ninguém pensa em mudar a si mesmo".

Carinhoso - Marisa Monte e Paulinho da Viola (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PThWcDJ5X0RvZTR3I3dz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Fevereiro de 2011, 20:19
(http://lh6.ggpht.com/_WzSKAnWkO7g/SyvziaxJi1I/AAAAAAAAE0g/aMwNUGHStt0/239679.gif)(http://lh6.ggpht.com/_JqYeXcBqx80/S7GDjT-bAiI/AAAAAAAADEw/cu6E0UQCLV4/Ani-CGIA%20%287%29.gif)
"A beleza só pode ser compreendida

pelo espírito e o espírito só nasce e  se desenvolve em sua companhia."

(Khalil Gibrán)
(http://lh6.ggpht.com/_JqYeXcBqx80/S7GDjT-bAiI/AAAAAAAADEw/cu6E0UQCLV4/Ani-CGIA%20%287%29.gif)(http://lh6.ggpht.com/_WQTTHSxe53Q/SmKKyrOZeWI/AAAAAAAACLA/5VPG6CzVDDY/s400/floati%20%2868%29.png)
Velha Infância (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTcwdWV3VExPWjRzJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Fevereiro de 2011, 20:29
(http://lh4.ggpht.com/_iWzP0uTovms/TJamETnsYhI/AAAAAAAACro/C1tHZCIo-kI/s00/leilao%20de%20jardim.jpg)


"O amigo é a resposta aos teus desejos.
Mas não o procures para matar o tempo! Procura-o sempre para as horas vivas.
Porque ele deve preencher a tua necessidade, mas não o teu vazio."

In: "O Profeta"


TRIBALISTAS - ANJO DA GUARDA (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUdxWXlDck8tUk9nJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Fevereiro de 2011, 20:37
(http://lh6.ggpht.com/_UjrR4CQqMsU/SUu3m0xHWQI/AAAAAAAAD_A/a-qdlxOh4Xo//3.jpg)

"Deixem que as diferentes crenças existam, deixem que floresçam e que a glória de Deus seja cantada em muitas linguas, numa variedade de melodias".
 "CAMINHANTE, NÃO HÁ CAMINHO,
O CAMINHO É FEITO AO ANDAR.
AO ANDAR SE FAZ O CAMINHO
E AO OLHAR PARA TRAZ,
SE VÊ A SENDA QUE NUNCA
SE VAI VOLTAR A TRILHAR.
CAMINHANTE NÃO HÁ CAMINHO,
SOMENTE RASTROS NO MAR"

Antonio Machado

Nada é Impossível - Cecília Meireles (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTM4LUZQb1JudGVjJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 06 de Fevereiro de 2011, 12:18
(http://lh5.google.com/BymonicaU2/SLQDkQxPf5I/AAAAAAAAB2Q/D-GHZYT1mYY/moni15.jpg)

Perguntei a um sábio,
a diferença que havia entre amor e amizade,
ele me disse essa verdade...
O Amor é mais sensível,a Amizade mais segura.
O Amor nos dá asas,a Amizade o chão.
No Amor há mais carinho, na Amizade compreensão.
O Amor é plantado e com carinho cultivado,
a Amizade vem faceira, e com troca de alegria e tristeza,
torna-se uma grande e querida companheira.
Mas quando o Amor é sincero ele vem com um grande amigo,
e quando a Amizade é concreta,
ela é cheia de amor e carinho.
Quando se tem um amigo ou uma grande paixão,
ambos sentimentos coexistem
dentro do seu coração.
(atribuído à William Shakespeare)


Vangelis - Albedo 0.39 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW4wLV95YlpBWUZ3JmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2c3Qj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 06 de Fevereiro de 2011, 12:24
(http://lh6.google.com/BymonicaU2/SJNHWa_1OrI/AAAAAAAABiE/F-qSjsaTUeA/moni9.jpg)

Nunca se esqueça, sua presença
é um presente para o mundo,
vocé é única só uma igual a você.
Sua vida pode ser o que quiser,
viva os dias, apenas um de cada vez.
Conte suas bençãos, não seus problemas,
Conseguirá superá-los venha o que vier.
Dentro de nós há muitas respostas.
Compreenda, tenha coragem, seja forte.
As decisões são muito importantes
para serem deixadas ao acaso,
Alcance seu máximo espiritualmente.
Seu melhor é seu prêmio...
Seu prêmio é sua paz


Zizi Possi - Asa Morena. (stereo) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXpFTlNtZjZTMVFVIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 07 de Fevereiro de 2011, 13:33
(http://lh6.google.com/BymonicaU2/SJNG8J96ysI/AAAAAAAABhU/QZ16DMEGRlA/moni3.jpg)

".. Espera-se o amor chegar
e transformar a arma em jasmins.
E ouvir ao longe os clarins
de uma nova aurora,
um novo tempo"...

(Carlos Drummond )


Quando O Amor Acontece - João Bosco (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUluOU9iY2tCR0VJJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: MAROCHA em 07 de Fevereiro de 2011, 21:13
Oi Helena, mais um vídeo muito bom ! Antonio Machado com texto ótimo! Gostei muito !



  Abraços !
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 07 de Fevereiro de 2011, 22:47
Oi, Marocha!
Obrigada, amigo por ser sempre tão generoso. Que Deus o fortaleça!
Bjs,
Helena
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------
(http://lh3.ggpht.com/_FIkiJTPDEiQ/TTcoAJ6P0dI/AAAAAAAAAnk/DUwKFQGeZVs/s400/AZULNTR3.jpg)


Suave é o sonho...

Basta ser breve e transitório o pensamento para
ser sonho. Ao sonhar eu venço mundos com a
loucura incompreendida da ilusão. Os sonhos são
silenciosos e suaves,como suaves são a inocência.



KID ABELHA - "Nada Sei" ( http://bethneumann.wordpress.com) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUV6QmxUQmVxRjJ3Iw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 07 de Fevereiro de 2011, 23:02
(http://lh5.ggpht.com/_3f20vAPgFZo/TT79hKbeZ_I/AAAAAAAAAvI/uLBcTk_8kG0/s400/162796_484840878993_102954373993_6043020_1588793_n.jpg)

A delicadeza do amor
É entender que as nuvens
negras passam, tudo passa...
E logo ao amanhecer  nasce o sol
 com seus raios multicoloridos
nos mostrando que vale a pena viver.
Cada gesto simples da natureza,
só nos mostra o quanto é infinita
sua capacidade de reconstrução.


Eu tive um sonho (kid Abelha) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUJrYmlmWFNSUXBNJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 07 de Fevereiro de 2011, 23:06
(http://lh3.ggpht.com/_0-Mi1ZfzAzc/StCXvIsKZ5I/AAAAAAAAAPI/Upxno3UsE2U/s400/0168y.png)

Um sonho que se sonha sozinho

é só um sonho que se sonha sozinho.

Mas um sonho que se sonha junto é realidade..


(Raul Seixas)




Kid Abelha - Os Outros (Acústico MTV) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWVQWTRuX0VVYnFnJmFtcDtmZWF0dXJlPWxpc3RfcmVsYXRlZCZhbXA7cGxheW5leHQ9MSZhbXA7bGlzdD1NTEd4ZEN3VlZVTFhkMVZmc1JHZGhhUGw4enlfQi04QnY5Iw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 07 de Fevereiro de 2011, 23:16
(http://lh4.ggpht.com/_FNd884-Cj4M/TU0-8RIpGHI/AAAAAAAAHh0/d1nEWUOaCQ4/1c036e33.jpg)
Às vezes,
não é preciso entender
o carinho que as pessoas
tem por nós.
Basta apenas aceitar
e tentar retribuir
tudo do melhor jeito,
ou até melhor.
E se não for com palavras,
basta sorrir.
Isso vai nos ajudar,
a tornar o mundo bem mais bonito
e muito mais feliz . . .


Paula Toller Sonhos (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWUyOF9nQ0VyZGFZJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 07 de Fevereiro de 2011, 23:27
(http://lh5.ggpht.com/_ighFin-69VQ/S43Izi3NjcI/AAAAAAAACqk/2JrCD7TfmOM/s512/1695969.jpg)


Remissão

Naquele dia fazia um azul tão límpido, meu Deus,
que eu me sentia perdoado pra sempre não sei de quê.

[Mario Quintana]


João e Maria - Chico Buarque e Nara Leão (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXlkMVIyTGlELWFzJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 14 de Fevereiro de 2011, 18:14
(http://lh3.ggpht.com/__MmK52N9Fyk/SNMUljx5V-I/AAAAAAAANEY/PTlZiQHxosM/840261.gif)

"As mensagens bonitas são como borboletas
Ou como os pássaros...
que devem seguir por todos os jardins
trazendo novas cores e odores nas sementes
que fazem florescer nos nossos corações..."

Viviane Dick


Butterfly Waltz by Brian Crain (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXhxQ2RLT2RYNUZRJmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZCM=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 14 de Fevereiro de 2011, 18:22
(http://lh6.ggpht.com/__MmK52N9Fyk/SCJeLuDJ2gI/AAAAAAAAE80/TciQN0-Ys1c/651476x1j2rjpkvd.gif)



As pessoas são irracionais, ilógicas e egocêntricas...
Ame-as MESMO ASSIM...
Se vc tem sucesso em suas realizações,
ganhará falsos amigos e verdadeiros inimigos.
Tenha sucesso MESMO ASSIM...
A honestidade e a franqueza o tornam vulnerável.
Seja honesto e franco MESMO ASSIM...
Aquilo que vc levou anos para construir,
pode ser destruído de um dia para o outro.
Construa MESMO ASSIM...
Se vc der ao mundo e aos outros o melhor de si mesmo,
você corre o risco de se machucar.
Dê o q vc tem de melhor MESMO ASSIM...
(desconheço autoria)


Kiss the Rain (Yiruma) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVdybDh3ZVlUbUdVJmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZCM=)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 15 de Fevereiro de 2011, 11:00
(http://lh4.ggpht.com/_qkMNZiOhSi0/SWDZ5n4h1XI/AAAAAAAAAks/-kP5YIWeDYE/s400/b.png)


"A amizade é assim:
É sentir o carinho
É ouvir o chamado.
É saber o momento
de ficar calado
Amizade é somar alegrias
É dividir tristeza
É respeitar o espaço
silenciar o segredo
È a certeza
da mão estentida
A cumplicidade que
não se explica
Apenas vive"
(desconheço autoria)


Love Songs - Love's Gift by Saxophonist Greg Vail (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTZDcHk3TDZsb2I4JmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZCN3cw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 15 de Fevereiro de 2011, 16:34
(http://lh3.ggpht.com/buziana7/SKLmIxGFDHI/AAAAAAAACIA/Gh0YuyBFEXg/s400/voa.png)

A águia gosta de pairar nas alturas,
acima do mundo,
não para ver as pessoas de cima,
mas para estimulá-los a olhar para cima..

(Elisabeth Küber-Ross)

.. e nesse olhar pra cima
sair da "mesmice" que as vezes
nem percebemos estar
e ir mais..
muuuito mais..
com todas as possibilidades..
com boas energias !!!


(http://lh3.ggpht.com/_AF1GcvWp39Y/TTccvIbLszI/AAAAAAAADQo/PB3LKgYd14c/s512/ALE_pens8.jpg)

Existe um lugar, um tempo e um espaço.
Em algum lugar na colina, onde as coisas ainda estão acontecendo.
Cinto o cheiro da água da chuva que corre numa vertente colina abaixo.
Descanso na sombra onde o silêncio só é quebrado pelo som
das águas batendo nas rochas.
Logo sigo em frente e deixo pata trás este delicioso som que
em meus sonhos não se apagam.


THE LOVIN' SPOONFUL- Lonely (Amy's Theme) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXVfOFppNEdhZnlJIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 15 de Fevereiro de 2011, 16:43
(http://lh3.ggpht.com/_oV77VTmAmkE/S3sm2esC68I/AAAAAAAAAGQ/ubR_JaWmR34/anigif.gif)

Nem sei se tenho condições de falar a esse respeito
pois ainda mal aprendi a viver..
Entretanto, se as coisas estão difíceis
e há pouco o que fazer, respire.
É o que tenho feito todos os dias .
Respiro porque sei que nessa maré eternamente mutável,
as águas que passam ainda são gentis e se renovam,
e o mar pode me trazer o inesperado.

(do filme Náufrago)


ALAIN DELON - Laetitia (Leticia) (Stereo) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU9ZNjExN0Y0Y1hNJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 15 de Fevereiro de 2011, 16:59
(http://i529.photobucket.com/albums/dd333/ronaldojpm5/Decorated%20images/2f89becada7f648607a5a714afc2612f-1.jpg)


Levante os olhos, ria com vontade, faça
grandes projetos...
Reinvete-se, ame-se, perdoe-se
Acenda a cor em seu rosto
e a luz em seus olhos,
Mantenha sua beleza
E seja feliz !!!



Aqueles Olhos Verdes - Milton Nascimento (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUtndkk1MUgtZ3o0Iw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 17 de Fevereiro de 2011, 14:21
(http://lh4.ggpht.com/_w_-TwsGDsIE/SZg7ZE2bPzI/AAAAAAAAHCM/tajEp5A5sfc/.gif)

ESPINHOS DA VIDA
Marcial Salaverry
 
Com os espinhos das rosas,
os dedos espetamos...
Espinhos da vida,
são os problemas que encontramos...
Os espinhos existem,
para nos mostrar que o mundo não é perfeito,
e nem nós o somos...
Como em nosso caminhar,
espinhos encontramos,
e outros assim julgamos,
espinhos para alguém, poderemos ser...
O melhor que da vida podemos obter,
é com amizade e respeito nortear nosso viver,
para os espinhos evitar...
Marcial Salaverry


The Corrs - Little Wing (Unplugged) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU01clZneG1la2VNI3dz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 24 de Fevereiro de 2011, 23:00
(http://www.ger.org.br/index_artigos2007_arquivos/misc11n.jpg)

Caminhante, não há caminho!!
O caminho se faz  ao andar.
Ao andar se faz o caminho
e ao voltar a vista atrás se vê a senda
 que nunca se há de voltar a pisar.
Caminhante não há caminho ...
(Antonio Machado Ruiz)


O QUE O TEMPO TECE - Rosafogo.vfb.2010 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVc3eUpkZE5jeXZVIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dOM JORGE em 27 de Fevereiro de 2011, 14:22
                                                   VIVA JESUS!


       Bom-dia! queridos irmãos.

Diante, portanto, de qualquer situação, é necessário amar.

Desamado, se deve amar.

Perseguido, é preciso amar.

Odiado, torna-se indispensável amar.

Algemado a qualquer paixão dissolvente, a libertação vem através do amor.

Quando se ama, se é livre.

Quando se ama, se é saudável.

Quando se ama, se desperta para a plenitude.

Quando se ama, se rompem as couraças e os anéis que envolvem o corpo, e o Espírito se movimenta produzindo vida e renovação interior.

O amor é luz na escuridão dos sentimentos tumultuados, apontando o rumo.

O amor é bênção que luariza as dores morais.

O amor proporciona paz.

O amor é estímulo permanente.

( do livro: Amor, Imbatível Amor, por Joanna de Ângelis )


                                       PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Fevereiro de 2011, 20:15
(http://lh4.ggpht.com/_abbAs8yTXzM/TWf-_IBwGuI/AAAAAAAACDA/D8yYYXNgg8U/s400/1mimosdelicados1.png)

A doggy summer - A kutyák is szeretik a strandot (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXBrUE5hNERCRkhJIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Fevereiro de 2011, 20:20
(http://images.orkut.com/orkut/photos/OQAAAJN0nNVN-ZdsxujRCF2Zd1XwAIxuem29X5gybZ2E17WQbI-s2wQCWmEghtrjsffTAO-DSOVHCHoX6q4WVeidjawAm1T1UJKCnMfLdcOhGm8HeHI0i3DqLq2o.jpg)

Se eu gosto de poesia?
Gosto de gente,
bichos, plantas, lugares, chocolate, vinho,
papos amenos, amizade, amor.
Acho que
a poesia está contida nisso tudo.
(Carlos Drummond de Andrade)


ERNESTO CORTAZAR - Autumn Rose (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTFOdGc1aHotWmN3Iw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Fevereiro de 2011, 20:22
(http://lh4.ggpht.com/_PgRDWBUmEzU/S6D5ZfDmVRI/AAAAAAAAO38/nUxsJviPArI//bor5.png)

" Gosto de borboletas.
Me fazem lembrar que na vida,
tudo se transforma.
Sempre.. "


(Vanessa Leonardi)


LA VIDA ES BELLA - Ernesto Cortázar (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUotc1FYNmVfcTk0JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Fevereiro de 2011, 20:32
(http://1.bp.blogspot.com/_1aGRHi0O1sU/SatDC3AYYPI/AAAAAAAAAKo/uUknBnWpoLg/s320/3307232211_83dd8a12b6.jpg)


No alto daquela serra
Passa boi, passa boiada
Também vai passar agora
O seu Boiadeiro da Estrada ..


(http://i.ytimg.com/vi/vZyFt0VefEo/1.jpg)


Prepare o seu coração
Pras coisas que eu vou contar
Eu venho lá do sertão
Eu venho lá do sertão
Eu venho lá do sertão
E posso não lhe agradar ...


Disparada - Jair Rodrigues (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXlIanhtUGR3eklBI3dz)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Fevereiro de 2011, 20:36
(http://lh6.ggpht.com/su.walber/SOBQ8ndngHI/AAAAAAAADSs/RgEuZW9ieMA/s800/4.png)

A verdadeira amizade é uma planta
que se desenvolve lentamente.

(George Washington)


Ernesto Cortazar - Sicilian Romance (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PURZWGRMc3dPTHRzIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Fevereiro de 2011, 20:40
(http://lh3.ggpht.com/_qrTITVwUN3k/TWgDg9Nna3I/AAAAAAAAGoQ/2FLq1ymNplc/s800/amo202.jpeg)

Ser feliz não é uma fatalidade
do destino, mas uma conquista
de quem sabe viajar para
dentro do próprio ser
perdoando ...
e perdoando-se...


Ernesto Cortazar - Moments of Solitude (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTh2SU5qYWNqZ1kwJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Fevereiro de 2011, 20:48
(http://lh6.ggpht.com/pinheiroelzi/SCsHw8AbC-I/AAAAAAAAArU/3bPID3OXTOI/s400/animation3th6.png)

EM QUE PENSAS?

Onde estará teu pensamento?
Talvez num triste lamento,
pois quem esperavas...
Não veio.
Tua alma chora
por essa demora...
Mas veja!
Há tanta beleza ao teu redor
cultiva só lembranças boas...
Olha para o lado,
e verás alguém apaixonado
que apenas quer te amar...
(deconheço autoria)


Ernesto Cortazar - Forever You And I (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUlEV3NGT3BOaUJRJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Março de 2011, 12:26
(http://lh6.ggpht.com/_0Bz87wXbAV4/SW3N4xYhPUI/AAAAAAAAB9I/MZipBDqv634/90.png)

"Existem manhãs em que abrimos a janela e
temos a impressão de que o dia nos está esperando ..."

( Baudelaire )


ENYA - a day without rain (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUJzOEFYbFR3aEowIw==)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Março de 2011, 12:30
(http://lh6.ggpht.com/_2kf-IY_OBqc/SQdcmD6qOXI/AAAAAAAAIaA/fWdJTLiwl24/s800/9229.gif)

Que em seu caminhar
 e também em todos os momentos de sua vida,
você possa ter como companheira fiel,
a mais bela das conquistas:
a sua felicidade!


Wild Child - Enya (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVl2ZGhCeXJldlpBJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Março de 2011, 12:45
(http://lh3.ggpht.com/_yt_1MGGOYEM/TCffyjfJYCI/AAAAAAAAJIQ/OSTDaPGa0i4/mulher-contemporanea-69-74.jpg)

Precisa-se de um amigo
que diga que vale a pena viver,
não porque a vida é bela,
 mas porque já se tem um amigo.
Precisa-se de um amigo
para se parar de chorar.
Para não se viver debruçado no passado
 em busca de memórias perdidas.
Que nos bata nos ombros sorrindo
ou chorando, mas que nos chame de amigo,
para ter-se a consciência de que ainda se vive...
(Vinícius de Moraes)


Enya - Angeles (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXF0Q3h5WUJ1UVljJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Março de 2011, 12:48
(http://www.meu.cantinho.nom.br/fotos3/prima_ninho02.gif)

"Há momentos na vida em que
sentimos tanto a falta de alguém,
que o que mais queremos é
tirar esta pessoa de nossos
sonhos e abraçá-la..."
(Clarice Lispector)


Enya - On your Shore (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW4wOEpSeFZMS0xFJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dOM JORGE em 26 de Março de 2011, 10:50
                                      VIVA JESUS!


        Bom-dia! queridos irmãos.


               Dilema  
Basílio Seixas

 

Alguém partiu... E ao longe a estranha e muda escolta

Segue um casulo inerme à estreita cova escura...

Se a trilha humana foi a vasta semeadura,

O caminho do Além traz a justa recolta.

 

O corpo cai, a terra o esconde e a turba volta...

Morrem na alcova fria e ultriz da sepultura

Os derradeiros ais da escala da amargura

Em que o triste marcava o suplício e a revolta...

 

Mas dilema cruel de ansiedade me inunda,

Ao fitar a alma livre até que se reintegre

Na extrema exaltação da vida que persiste...

 

Não sei dizer quem sente a emoção mais profunda:

Se quem ficou na sombra arrasado e alegre;

Se quem subiu à Luz ditoso e triste!...

 

 

Poeta de origem humilde, Basílio Seixas nasceu em 1884 e faleceu com apenas 19 anos de idade, em 23 de março de 1903, vítima de tuberculose, quando ainda cursava o 2º ano do curso jurídico no Rio de Janeiro. O soneto acima integra o livro Antologia dos Imortais, obra psicografada pelos médiuns Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira.


                                       PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dOM JORGE em 30 de Março de 2011, 10:02
                                   VIVA JESUS!


         Bom-dia! queridos irmãos.

                 Voltando

 Luiz Guimarães Júnior
 

Após a longa e frígida nortada

Da existência no mundo de invernia,

Busquei contente a paz que me sorria

No fim da áspera senda palmilhada.

 

Voltei. Nova era a vida, nova a estrada

Que minhalma extasiada percorria;

Divinal era a luz que resplendia,

Em revérberos lindos de alvorada.

 

De volta, e os mesmos seres que me haviam

Ofertado na Terra amores santos,

Envoltos em ternuras e em carinhos,

 

Novamente no Além me ofereciam

Lenitivo às agruras dos meus prantos,

Nas carícias risonhas dos caminhos.

 

 

Luiz Guimarães Júnior, poeta nascido no Rio de Janeiro em 17 de fevereiro de 1845, desencarnou em Lisboa com 53 anos de idade. Jornalista, comediógrafo e diplomata, foi membro da Academia Brasileira de Letras. O soneto acima integra o Parnaso de Além-Túmulo, obra psicografada pelo médium Francisco Cândido Xavier.
 


                                             PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dOM JORGE em 04 de Abril de 2011, 10:14
                                   VIVA JESUS!


      Bom-dia! queridos irmãos.

O desafio do momento

 
Louvadas sejam as mãos que operam as ações do Bem, dirigidas por mentes devotadas à fidelidade aos norteamentos do Consolador.

Não é fácil encontrar-se na Terra muitas almas dispostas a renúncias e sacrifícios em favor dos tempos novos que, paradoxalmente, todos aguardam.

A impressão que se tem é que mentes muito poderosas mas negativas, que conhecem bastante a esfera das fragilidades humanas, atuam no sentido de minar o bom ânimo ou de insuflar desesperança em muitos corações, afastando-os dos caminhos seguros do Senhor.

Nada obstante, as falanges do Bem, capitaneadas por Prepostos de Jesus Cristo, diligentes e discretas, seguem firmes no empenho de desfazer espessas sombras que desorganizam e perturbam, além de iluminar consciências, incentivando-as à esperada fidelidade aos ensinamentos do Espiritismo.

É com essa reflexão que convidamos todos os irmãos de boa vontade para participarem da Caravana do Amor, que não se pode desmontar nem atarantar diante das investidas negativas do tempo presente.

O labor do Cristo nunca encontrou, na Terra, terreno fácil ou aceitação tranquila, mesmo entre indivíduos que se afirmam como seguidores do Bem. Para muitos deles seria mais interessante que a Mensagem Espírita não os retirasse das zonas de conforto nas quais se alocam, sem nenhum anseio de desacomodar-se, de ir à luta ou de efetuar as indispensáveis mudanças pelos caminhos da existência.

Como o Mestre afirmou que não se pode atender aos interesses de dois senhores, pelo risco de não se conseguir agradar a ambos igualmente, sentimos que já é tempo de optarmos pela polaridade mais importante para nós, ou seja, de fazermos as nossas escolhas definitivas para a vida.

É preciso que definamos a própria escala de valores, uma vez que ao assumirmos compromisso com a Verdade que liberta e com o Bem que alimenta, correremos menor risco de resvalar ou de nos conturbar à frente dos serviços a cumprir Seara afora.

A nossa união em torno do ideal espírita não pode ser procrastinada, sob pena de perdermos o passo do progresso anelado nas idas do nosso Movimento Espírita, que se propõe difundir a exuberante mensagem do Mundo Maior.

Não temos mais tempo para qualquer modalidade de fuga, de defecção ou de negligência perante os compromissos com o futuro, que já começou.

Vários grupos de companheiros domiciliados nos Campos do Além, com os quais cooperamos pessoalmente, têm se somado às Falanges do Cristo, no sentido de reativar mentes incontáveis e de sensibilizar um sem-número de corações, para que não mais percamos a oportunidade de servir fielmente a Jesus.

Unamo-nos, pois, irmãos, fortalecendo-nos, reciprocamente, para que, devidamente reforçados e responsáveis, alcancemos a excelência da reencarnação e realizemos o nosso melhor esforço pela construção do sonhado mundo novo, a começar de nós mesmos e dos nossos dependentes intelectuais ou afetivos.

Para tanto, não deveremos nos afastar do estudo aprofundado do Espiritismo, por meio de sérias meditações, de discussões e análises graves sobre seus conteúdos tão felizes.

Não mais podemos ver o mundo a incendiar-se sem que nos apresentemos como operadores da paz e da alegria, da lucidez e do trabalho, sem qualquer omissão indevida.

No ensejo, bons amigos, contamos com a companhia dos caros Jaime Rolemberg e Leopoldo Machado, embora outros valorosos servidores desencarnados participem desses luminosos interesses.

O nosso grandioso Espiritismo, enfim, deve ser a nossa filosofia de vida ou não resistiremos ao peso do anticristo, que se materializa de diversas formas, pelas estradas da nossa evolução para o Criador. O tempo melhor, pois, é o agora!

Embora saibamos não ser fácil corporificar no mundo o projeto de Jesus Cristo, não poderemos esquecer que o nosso tempo é, de fato, o agora, e o nosso melhor dia é o de hoje.

Desejo abraçar a todos os irmãos que sustentam com seriedade o nosso Movimento, em todos os lugares, e despedir-me com fraternal carinho, sua irmã

                                               Nancy Leite de Araújo ( espírito )


Mensagem psicografada pelo médium José Raul Teixeira em 5 de novembro de 2010, durante a Reunião Ordinária do Conselho Federativo Nacional em Brasília, Distrito Federal. Nancy Leite de Araújo nasceu no bairro da Glória, no Rio de Janeiro, em 13 de janeiro de 1918 e converteu-se ao Espiritismo em 1934. No decênio de 1940, pertenceu ao Movimento de Mocidades Espíritas, promovido pelo professor Leopoldo Machado. Em 1949, passou a dirigir a Secretaria de Assuntos Infantis da antiga Liga Espírita do Distrito Federal, hoje Conselho Espírita do Estado do Rio de Janeiro, sendo uma das pioneiras nesse movimento. Em 1945, foi eleita presidente do Centro Espírita Ibirajara, no bairro de Vila Isabel, onde permaneceu até a data de sua desencarnação. Durante o I Congresso de Mocidades Espíritas do Brasil, em 1948, conheceu o Coronel Jaime Rolemberg de Lima. Foi uma amizade fraterna e sólida, sem dúvida conduzida também pela Espiritualidade, e daí surgiu uma intensa etapa de trabalho.


                                                   PAZ, MUITA PAZ!

Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dOM JORGE em 10 de Abril de 2011, 18:29
                                      VIVA JESUS!


        Boa-tarde! queridos irmãos.

              Século XX

Amaral Ornellas
 

Ante o século XX, em que a vida proclama

A vitória solar do cérebro sublime,

Alastram-se no mundo a santidade e o crime,

A glória senhoril e a decadência em lama.

 

Alteia-se no Espaço a inteligência em chama,

Enquanto, a pleno chão, em lágrimas se exprime

O espírito sem fé a que se acolha ou arrime,

Entre a aflição que o fere e a luta que o reclama...

 

Qual estrela, porém, sobre o estranho conflito

Refulge o Espiritismo – a fonte do Infinito –

A verter, sem que o lodo a tisne ou sobrenade!

 

A grandeza do Céu volve a falar de novo...

É Jesus que retorna ao coração do povo,

Para erguer sobre a Terra a Nova Humanidade.

 

Amaral Ornellas nasceu no Rio de Janeiro em 20/10/1885 e desencarnou a 5/01/1923. Este soneto, psicografado por Francisco Cândido Xavier, consta do livro Servidores no Além, editado pelo Instituto de Difusão Espírita, de Araras, SP.



                                                        PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: Victor Passos em 12 de Abril de 2011, 10:33
Ola muita paz e harmonia
Bons Amigos e Amigas

(http://www.culturalivre.net/wp-content/uploads/2007/08/1553801.jpg)

Autopsicografia
   
O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.

E os que leem o que escreve,
Na dor lida sentem bem,
Não as duas que ele teve,
Mas só a que eles não têm.

E assim nas calhas de roda
Gira a entreter a razão,
Esse comboio de corda
que se chama o coração.

          Fernando Pessoa
Título: Re: POESIAS DA ALMA E DO CORAÇÃO...
Enviado por: dOM JORGE em 13 de Abril de 2011, 16:32
                                     VIVA JESUS!


      Boa-tarde! queridos irmãos.

             PÉTALAS

Tem gente que tem cheiro de passarinho quando canta. De sol quando acorda. De flor quando ri. Ao lado delas, a gente se sente no balanço de uma rede que dança gostoso numa tarde grande, sem relógio e sem agenda. Ao lado delas, a gente se sente comendo pipoca na praça. Lambuzando o queixo de sorvete. Melando os dedos com algodão doce da cor mais doce que tem pra escolher. O tempo é outro. E a vida fica com a cara que ela tem de verdade, mas que a gente desaprende a ver. Do texto "Almas Perfumadas"


                                                            PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 19 de Abril de 2011, 01:59
                                    VIVA JESUS!


        Boa-noite! queridos irmãos.

                   Caminho da luz

           Olavo Bilac
Além do mundo amargo e miserando
Há na morte um caminho florescente,

Onde a alegria mora eternamente

Entre flores e pássaros cantando.

 

Estrada de ouro e luz ignescente,

Onde passam espíritos em bando,

Suaves corações glorificando

Os triunfos da lágrima pungente.

 

Nesse caminho, as almas vencedoras

Guardam consigo as joias da ventura,

Sem que os séculos possam desfazê-las.

 

Esplendores de sóis, clarões de auroras,

Flores de amor e paz risonha e pura

Há nessa estrada fúlgida de estrelas!...

Do livro Lira Imortal, ditado por Espíritos Diversos, obra psicografada pelo médium Francisco Candido Xavier.


                     
                                                              PAZ, MUITA PAZ!
 
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 20 de Abril de 2011, 22:39
                                    VIVA JESUS!


        Boa-noite! queridos irmãos.

              A crucificação  


Fita o Mestre, da cruz, a multidão fremente,

A negra multidão de seres que ainda ama.

Sobre tudo se estende o raio dessa chama,

Que lhe mana da luz do olhar clarividente.

 

Gritos e altercações! Jesus, amargamente,

Contempla a vastidão celeste que o reclama;

Sob os gládios da dor aspérrima, derrama

As lágrimas de fel do pranto mais ardente.

 

Soluça no silêncio. Alma doce e submissa,

E, em vez de suplicar a Deus para a injustiça

O fogo destruidor em tormentos que arrasem,

 

Lança os marcos da luz na noite primitiva,

E clama para os Céus em prece compassiva:

“Perdoai-lhes, meu Pai, não sabem o que fazem!...“

 

 
 

O poeta Olavo Bilac, natural do Rio de Janeiro, nasceu em 16 de dezembro de 1865 e aí faleceu em 1918. Con­siderado, ao seu tempo, o Príncipe dos Poetas Brasileiros, foi sócio fundador da Academia Brasileira de Letras. O soneto acima integra o Parnaso de Além-Túmulo, obra psicografada pelo médium Chico Xavier.



                                                               PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 22 de Abril de 2011, 12:10
                                  VIVA JESUS!


        Bom-dia! queridos irmãos.

                Além-túmulo

Emílio Kemp Larbeck
 

A alma foge à cadeia... O corpo é cela,

Cova e grilhão de que me desenfurno.

Mas reconheço, humilde e taciturno:

Inda estou preso ao chão que me afivela...

 

O firmamento exibe a imensa umbela...

Descanso o olhar nos raios de Saturno...

Milhões de sóis brilhando, ao céu noturno,

São glórias de que a vida se constela...

 

O espaço, nos recôncavos profundos,

Eleva, aformoseia, ascende e prova

A luz de que Deus guarda os dons supremos.

 

Mas, oh mistério! Em meio a tantos mundos,

Dá-nos a morte apenas veste nova

Para ingressar nos mundos que trazemos!

 

Emílio Kemp Larbeck nasceu em Niterói-RJ em 1873 e faleceu em Porto Alegre-RS em 9 de outubro de 1955. Depois de realizar seus estudos primários e secundários em Niterói, diplomou-se pela Faculdade de Medicina do Paraná. Jornalista, poeta, romancista e comediógrafo, exerceu importantes cargos técnicos e administrativos em Porto Alegre. Assumiu a direção, em 1913, do tradicional Correio do Povo, dessa mesma cidade. No Rio de Janeiro, foi redator de alguns jornais e colaborou nas revistas simbolistas. Membro da extinta Academia de Letras do Rio Grande do Sul e da Academia Fluminense de Letras. O soneto acima integra o livro Antologia dos Imortais, obra psicografada pelos médiuns Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira.
 


                                                           PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 23 de Abril de 2011, 11:14
                                        VIVA JESUS!


       Bom-dia! queridos irmãos.

               Calvário Acima


Eis a luta, alma querida,
Este é o roteiro da vida,
Se buscamos a ascensão...
Por fora, golpes e dores
Nos caminhos remissores,
E angústia no coração.

Tempestades, ventanias,
Horas tristes e sombrias,
Incompreensão a gritar!...
A terra empedrada e dura,
O desencanto e amargura,
No sonho a desesperar...

Mas, sigamos para a frente,
Embora a estrada inclemente,
De ombros vergados à cruz!
Vencendo a sombra e a agonia,
Alcançaremos, um dia,
O monte da eterna luz.

Subamos sem desalento...
A palma do sofrimento
É santa renovação,
Quem, com Jesus, segue e lida,
Atinge os cimos da vida
Ao sol da ressurreição.

João de Deus
(Livro: "Relicário de Luz" - Psicografado por Chico Xavier)



                                                                PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 25 de Abril de 2011, 09:18
                                     VIVA JESUS!


      Bom-dia! queridos irmãos.

             Recado

Emílio de Menezes
 

A você, meu irmão, antes que parta

Para o jardim que a escória humana aduba

No cultivo da terra fria e farta,

Falo como quem sopra velha tuba.

 

Andei fazendo prosa, verso e carta,

Esvaziando prato, copo e cuba,

Mas a morte triunfal tudo coarta

No tiro certo com que nos derruba.

 

De olhar em outro rumo, inda poeto

Atendendo a alegria do improviso

De coração feliz conquanto inquieto.

 

No incenso a Baco já não me agonizo,

Prossigo além, exótico e discreto,

Mangando embora, mas com regra e siso...

 
 

O poeta Emílio de Menezes nasceu em Curitiba-PR em 4 de julho de 1866 e desencarnou no Rio de Janeiro em 6 de junho de 1918. O soneto acima integra o livro Antologia dos Imortais, obra psicografada pelos médiuns Waldo Vieira e Francisco Cândido Xavier



                                                          PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 27 de Abril de 2011, 11:18
                                        VIVA JESUS!


      Bom-dia! queridos irmãos.

              Contrastes

Antônio Nobre
 
Quando partimos, no verdor dos anos,

Da vida pela estrada florescente,

As esperanças vão conosco à frente

E vão ficando atrás os desenganos.

 

Rindo e cantando, céleres e ufanos,

Vamos vogando descuidosamente.

Eis que chega a velhice e, de repente,

Desfazendo ilusões, matando enganos.

 

Só então percebemos claramente

Quanto a existência é rápida e falaz

E vemos que acontece exatamente

 

O contrário dos tempos de rapaz:

Os desenganos vão conosco à frente

E as esperanças vão ficando atrás.

 

Antônio Nobre, poeta português, nascido no Porto, em 16/8/1867, e morto, aos 33 anos, vítima de tuberculose. Obras: Só, Despedidas, Primeiros Versos.



                                                            PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 28 de Abril de 2011, 20:26
                                   VIVA JESUS!


     Boa-tarde! queridos irmãos.

            A Muda

Quem penetre no jardim,
Quando em plena floração,
Não pode dissimular
Sincera admiração.

Açucenas desabrocham
Desdobrando-se em beleza,
Mostrando a maternidade
Das forças da Natureza.

Além do jardim florido,
Quem se dirija ao pomar,
Experimenta emoção
Que não pode disfarçar.

As árvores generosas,
Sob auréolas de verdura,
Servem pomos de bondade
Às mesas da criatura.

Flores ricas, frutos nobres,
Na abundância indefinível,
Demonstram a Providência
Na bondade inexaurível.

Observe-se, porém,
Como quem cumpre o dever,
Que o nosso primeiro impulso
Vem da idéia de colher.

As flores são decepadas,
Esmaga-se o fruto a esmo,
Em tudo o egoísmo extremo,
Dando conta de si mesmo.

São raros os previdentes
Que guardam consigo a muda,
Por plantá-la com desvelo
Na terra que sempre ajuda.

Em nossa vida, igualmente,
Se vamos à luz dos bons,
Refletimos tão somente
Na colheita de seus dons.

*

Não basta, porém, ganhar,
Por deixarmos de ser pobre:
Plantemos em nossa vida
A muda do exemplo nobre.


Casimiro Cunha

Do livro Cartilha da Natureza, de Francisco Cândido Xavier,
pelo Espírito Casimiro Cunha.


                                                            PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 29 de Abril de 2011, 09:51
                                      VIVA JESUS!


      Bom-dia! queridos irmãos.

              Rainha do Céu

Antero de Quental
 

Excelsa e sereníssima Senhora,

Que sois toda bondade e complacência,

Que espalhais os eflúvios da clemência

Em caminhos liriais feitos de aurora!...

 

Amparai o que anseia, luta e chora,

No labirinto amargo da existência.

Sede a nossa divina providência

E a nossa proteção de cada hora.

 

Ó Anjo Tutelar da humanidade,

Que espargis alegria e claridade

Sobre o mundo de trevas e gemidos:

 

Vosso amor, que enche os céus ilimitados,

É a luz dos tristes e dos desterrados,

Esperança dos pobres desvalidos!...

 

Antero de Quental, poeta português, nascido na ilha de São Miguel, nos Açores, em 1842, e desencarnado por suicídio, em 1891, retorna a nós pelo lápis incomparável de Francisco Cândido Xavier.


                                                            PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 30 de Abril de 2011, 09:46
                                      VIVA JESUS!


      Bom-dia! queridos irmãos.

              Voz humana

Augusto dos Anjos
 

Uma voz. Duas vozes. Outras vozes.

Milhões de vozes. Cosmopolitismos.

Gritos de feras em paroxismos,

Uivando subjugadas e ferozes.

 

É a voz humana em intérminas nevroses,

Seja nas concepções dos ateísmos,

Ou mesmo vinculadas a gnosticismos

Nos singultos pré-agônicos, atrozes.

 

É nessa eterna súplica angustiada

Que eu vejo a dor em gozos, insaciada,

Nutrir-se de famélicos prazeres.

 

A dor que, gargalhando em nossas dores,

É a obreira que tece os esplendores

Da evolução onímoda dos seres.

 

 Augusto dos Anjos, inimitável poeta paraibano, nascido em 1884 e desencarnado em Leopoldina (MG) em 1914, volta por meio da psicografia  de Francisco  Cândido Xavier.



                                                          PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 01 de Maio de 2011, 09:40
                                     VIVA JESUS!


        Bom-dia! queridos irmãos.

                    Ideal
Olavo Bilac
 

Na Terra um sonho eterno de beleza

Palpita em todo o espírito que, ansioso,

Espera a luz esplêndida do gozo

Das sínteses de amor da Natureza;

 

É ansiedade perpetuamente acesa

No turbilhão medonho e tenebroso

Da carne, onde a esperança sem repouso

Luta, sofre e soluça, e sonha presa.

 

Aspirações do mundo miserando,

Guardadas com ternura, com desvelos,

Nas lágrimas de dor do peito aflito!...

 

Mas que o homem realiza apenas, quando,

Rotas as carnes, brancos os cabelos,

Sente o beijo de glória do Infinito!...

 

 

Olavo Bilac nasceu no Rio de Janeiro-RJ em 16 de dezembro de 1865 e aí faleceu em 1918. Foi considerado, ao seu tempo, o Príncipe dos Poetas Brasileiros. O soneto acima integra o Parnaso de Além-Túmulo, obra psicografada pelo médium Francisco Cândido Xavier
 
 

                                                                PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Maio de 2011, 14:25
Cântico

(http://3.bp.blogspot.com/_RxOyL54mVD4/Rqv-zZZg-BI/AAAAAAAABu8/GmBLrjO4ng8/s400/arvore%2520torta.jpg)


O vento verga as árvores, o vento clamoroso da aurora...

Tu vens precedida pelos vôos altos,

Pela marcha lenta das nuvens.

Tu vens do mar, comandando as frotas do Descobrimento!

Minh'alma é trêmula da revoada dos Arcanjos.

Eu escancaro amplamente as janelas.

Tu vens montada no claro touro da aurora.

Os clarins de ouro dos teus cabelos na luz!

[Mario Quintana; Aprendiz de Feiticeiro, 1950]


Vangelis - Direct - Will of the wind (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUFuVEVNYy1xUVB3Iw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Maio de 2011, 14:32
No silêncio terrível

(http://i498.photobucket.com/albums/rr345/tagsetags/Surreal/sdff.jpg)


No silêncio terrível do Cosmos

Há de ficar uma última lâmpada acesa.

Mas tão baça

Tão pobre

Que eu procurarei, às cegas, por entre papeis revoltos,

Pelo fundo dos armários,

Pelo assoalho, onde estarão fugindo imundas ratazanas,

O pequeno crucifixo de prata

- O pequenino, o milagroso crucifixo de prata que tu me deste um dia

Preso a uma fita preta.

E por ele os meus lábios convulsos chorarão

Viciosos do divino contato da prata fria...

Da prata clara, silenciosa, divinamente fria - morta!

E então a derradeira luz se apagará de todo...


[Mario Quintana; Aprendiz de Feiticeiro, 1950]


❤ Jon Anderson & Vangelis - I'll find my way home ❤ (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVZvc0ZpWTFTaWZBJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 02 de Maio de 2011, 14:39
As Belas, As Perfeitas Máscaras

(http://andre.aquino12.blog.uol.com.br/images/botticelli_birth_venus.jpg)


As belas, as perfeitas máscaras de perfil severo
Que a morte, no silêncio, esculpe,
Encheram-se de uma estranha claridade...
Que anjos tocam, através do mundo e das estrelas,
Através dos sensíveis rumores,
O canto grave dos violoncelos profundos?


Alma perdida, vagabunda, Messalina sonâmbula, insaciada...
Que procuras na noite morta, Alma transviada,
Com tuas mãos vazias e tristes?
Cantam os violoncelos... A noite sobe como um balão...
Meus olhos vão ficando cada vez mais lúcidos...
Soluçam os violoncelos... Ah,
Como é gelado o teu lábio,
Pura estrela da manhã!


[Mario Quintana; Aprendiz de Feiticeiro, 1950]


Jon and Vangelis - I Hear You Now (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUZjclRLRVVBSTRFJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: ram-wer em 03 de Maio de 2011, 01:43
Oi, Heleninha,

Até que enfim apareceu, hein?  É um prazer te ver de volta.

Sabe, não curti muito esses poemas de Quintana, não.

Mas esse último vídeo, I Hear You Now, foi sensacional.  Ótima voz e sintetizadores muito bem tocados.  Música de primeira.  Adorei.

Beijão, Ram
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: Dothy em 03 de Maio de 2011, 09:30
Querida amiga Helena... Que saudades...

       Muita paz e lua em teu  bondoso coração,

 Que bom que voltaste para continuar dando vida e beleza a este quadro da alma e coração

Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: Dothy em 03 de Maio de 2011, 09:35
Perdoe Sempre

Celso Martins

 

Se alguém o prejudica, prontamente
Procure perdoar aquela ofensa...
Fácil não é, porém, será imensa
A paz no coração se for paciente,
Talvez seu agressor seja um doente
Que, ao falar, no agir sequer não pensa...
Talvez em seu espírito a descrença
Impere atroz, infrene, acerbamente...
 Aprenda a desculpar para o seu bem...
Não traga mágoas nunca contra alguém
Que, porventura, pise no seu calo!
 Exercite com fé a tolerância,
E vencerá, por fim, na sua instância
De entender seu algoz e, um dia, até amá-lo...

 

 

 




 
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: Dothy em 03 de Maio de 2011, 09:36
Querida amiga Helena e caros visitantes, desejo a vocês uma:

(http://img1.recadosonline.com/284/045.jpg) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5yZWNhZG9zY29tZm90b3MuY29t)

 Recados perfeitos de Ter&ccedil;a-feira! (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5yZWNhZG9zY29tZm90b3MuY29t)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 03 de Maio de 2011, 19:39
Olá, meus queridos RAM e Dothy!!
Que bom tê-los por perto.
Obrigada pelo carinho, amigos!!
(http://lh5.ggpht.com/_9-fcc6gc3Og/SZ5Y0V-B85I/AAAAAAAAA_A/ckyK2UMO0DQ/s400/ptr00az.png)

Sabe, RAM, esta é apenas uma fase do Quintana, ele foi mudando. Confesso que também gosto mais de suas criações mais recentes. Mas achei interessante sua visão nos idos de 50...rs

Bjs com muito carinho,
Helena
(http://lh5.ggpht.com/_Rbfrf5DLnzE/SilgZvutXoI/AAAAAAAAATM/VEqTtVYE7-c/2_20080516dantrip_d_o_cola71a.gif)
------------------------------------------------------------------------------------------------

(http://lh3.ggpht.com/_0V2d9WPNpQA/SeZ3bWVnHNI/AAAAAAAAFEE/lDqx4Efk7gI/s400/tenpl.png)

Fere de leve a frase... E esquece... Nada
Convém que se repita...
Só em linguagem amorosa agrada
A mesma coisa cem mil vezes dita.

Mario Quintana


FANATISMO - FAGNER E ZECA BALEIRO (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXdwdVhQSkRoRlBBIw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 03 de Maio de 2011, 19:47
(http://lh5.ggpht.com/yumisabrina/SJXjRgwpo_I/AAAAAAAABpk/swd9jESv4zM/s640/mfgif345.png)

AH! OS RELÓGIOS

Amigos, não consultem os relógios
quando um dia eu me for de vossas vidas
em seus fúteis problemas tão perdidas
que até parecem mais uns necrológios...

Porque o tempo é uma invenção da morte:
não o conhece a vida - a verdadeira -
em que basta um momento de poesia
para nos dar a eternidade inteira.

Inteira, sim, porque essa vida eterna
somente por si mesma é dividida:
não cabe, a cada qual, uma porção.

E os Anjos entreolham-se espantados
quando alguém - ao voltar a si da vida -
acaso lhes indaga que horas são...



dim dom dom (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWRuMVkzX0x3M2U4JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 04 de Maio de 2011, 14:33
                                 VIVA JESUS!


        Bom-dia! queridos irmãos.                     
                     
                      Saudade e Esperança

               Saudade, uma palavra singular, que não existe em muitos idiomas, e que faz da Língua Portuguesa uma das privilegiadas por poder utilizá-la.

Saudade, vocábulo que nos remete ao passado e nos faz relembrar...

Saudade dos momentos da infância, das brincadeiras, da comida desregrada, das roupas, e porque não dos mimos, dos beijos, dos carinhos;

Saudade dos amigos que nos animaram, nos auxiliaram, nos motivaram ou simplesmente nos escutaram, e que por razões diversas da vida não vemos mais;

Saudades dos carinhos de pai, de mãe, de irmão, que com o desenrolar da vida se tornam mais formais, mais burocráticos;

Saudade do que fomos, das despreocupações, da pureza, da inocência, dos momentos de tranqüilidade e também dos de agitação;

Uma saudade muito diferente da do “ser saudosista”, pois estamos cientes que passou, que estamos em um tempo diferente, e que não podemos retornar...

Mas podemos sim experimentar este sentimento único de saudade, pois invariavelmente nos ensinou, nos incentivou, e certamente nos trouxe grandes momentos de felicidade e permitiu chegar ao que somos hoje.

E se temos saudades é porque temos esperança. Não a esperança de quem duvida de que alguma coisa aconteça. Mas a esperança que mesmo diante da certeza e da verdade que aprendemos, quer ardente e sinceramente que elas aconteçam.

Esperança de reencontrar aqueles que deixamos pelo caminho;

Esperança que nossa luta, nossa batalha para a transformação do hoje produza um amanhã melhor;

Esperança que poderemos viver em equilíbrio e em harmonia permanentemente;

Somos agentes deste ser soberano, o tempo. E devemos trabalhar, auxiliar, escutar, aprender, lutar, viver incessantemente para utilizá-lo ao nosso favor.

Que possamos sempre sentir estes sentimentos de saudade, pois precisamos apreciar o nosso passado, afinal ele é a nossa história. E que tenhamos sim esperança, pois é ela que nos permite aplicar nossos melhores esforços no presente, em busca de um futuro promissor.

Como agentes do tempo, imbuídos da saudade do que fomos e esperançosos do que seremos, que possamos aproveitá-lo a cada momento e viver intensa e entusiasticamente o dia de hoje.

         Eduardo Villar


                                                             PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 06 de Maio de 2011, 22:35
                                 VIVA JESUS!


         Boa-noite! queridos irmãos.

                   À Mãe de Jesus

 Fábio Silveira
 

Ave Maria,

Ave Imaculada Santa.

Iluminada em bondade,

Cheia de amor, cheia de graça,

Majestosa luz que encanta

Os campos lamaçados dos ais sem pudor.

 

Convosco sois Jesus Cristo, Nosso Senhor.

Vosso filho na terra, manjedoura em manta,

Vosso companheiro dos céus em esplendor,

Serena melodia que nos acalanta.

 

Bendita, querida entre as mulheres sois vós.

Exemplo de mãe. Exemplo de proteção.

Espelho augusto. Espelho da evolução.

Abrigo seguro dos caminhos após.

 

Bendito ventre.

Fausto Fruto que traduz a sementeira

Do nosso Mestre Jesus.

 

 
Fábio Luís Faria Silveira, 30 anos, professor de Educação Física e de Ciências, reside em Juiz de Fora-MG, onde participa da Associação Espírita Paz e Amor.
 
 

                                                                PAZ, MUITA PAZ!
 
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 09 de Maio de 2011, 11:22
                                     VIVA JESUS!


        Bom-dia! queridos irmãos.

                Salve Rainha!


Salve Rainha!
Mãe de tantas dores
Te ergo meus olhos,
cantando louvores.

 Rainha dos Anjos,
Recebe o meu preito
Mãe esplendorosa,
cola-me ao Teu peito
Envolve-me o pranto.

Toma nossos lares, famílias e amigos,
Tua mão bendita estende para nós
Apieda-Te dos nossos inimigos
Protege-nos, ampara-nos, Mãe de todos nós.

Traz ao mundo a Paz e a fraternidade
Ampara, acolhe, socorre, a humanidade
Excelsa e doce Mãe plena de bondade.

Leva nossas preces aos pés de Jesus
Mãe dos aflitos, que esteve ao pé da cruz.

Oh Virgem Santíssima
Mãe de tantos nomes
Maria de Nazaré,
Nossa Senhora é.
Excelsa mãe das dores.

Teu manto resplandecente
cubra a Terra inteira,
Nos eflúvios do Teu Amor Bendito
Alça-nos aos caminhos de luz no Infinito.

Traz-nos a PAZ!...
Neste mar de iniquidade
És Âncora da Fé,
Sublime Virtude,
Mãe da Caridade.

Manuela Neves



                                                                 PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 10 de Maio de 2011, 10:05
                                            VIVA JESUS!


         Bom-dia! queridos irmãos.

               
Prece pela Paz

“Deus, nosso Pai !

Pedimos tua ajuda para a humanidade, para que ela se torne mais pacífica; que todas as pessoas possam compreender a importância da paz, o quanto ela nos faz bem.

Pedimos também por todas as pessoas que estão sofrendo neste momento.

Dá alívio a toda dor e ampara os que estão passando fome ou não têm onde morar.

Ampara as crianças abandonadas e ajuda-as a encontrar alguém que cuide delas.

Finalmente te agrademos por tudo que temos, pela família, pelo amor, pela vida, pois sabemos que é ela, a vida, a grande escola do nosso espírito...

Assim seja.” (Saara Nousiainen )



                                                                   PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: Dothy em 11 de Maio de 2011, 09:21
querida amiga Helena, membros e vistantes um....
(http://img1.recadosonline.com/105/177.jpg) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5yZWNhZG9zY29tZm90b3MuY29t)

 Gostou? Ent&atilde;o envie uma Mensagem de Bom Dia tamb&eacute;m! (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5yZWNhZG9zY29tZm90b3MuY29t)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: Dothy em 11 de Maio de 2011, 09:24
mãos

Auta de Souza

Harpas de amor tangendo de mansinho

A música do bem ditosa e bela,

As mãos guardam a luz que te revela

A mensagem de paz e de carinho.

 

Não te digas inútil ou sozinho...

Na existência mais triste ou mais singela,

Nas mãos todo um tesouro se encastela,

Derramando-se em bênçãos no caminho.

 

Ara, semeia, tece, afaga e ajuda...

Mãos no trabalho são a prece muda

De nosso coração, vencendo espaços...

 

E, aprendendo com Cristo, ante o futuro,

Tuas mãos, como servas do amor puro,

São estrelas fulgindo nos teus braços.

 

Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 13 de Maio de 2011, 14:20
                                      VIVA JESUS!


       Bom-dia! queridos irmãos.

                 Cântico  fraterno

João de Deus Ramos
 

Canta, irmão, canta o carinho!

Canta o rio em todo canto

Fazendo o próprio caminho

Belo e santo.

 

Dura o bem, dura a alegria,

Dura o amor e a paz perdura.

Somente o mal desce à via

Da loucura.

 

Vibra, irmão, vibra em Jesus!

Vibra o Sol, em raios vibra,

E o dossel de sua luz

Equilibra.

 

Chora a vida rumo à frente.

A evolução chora, chora,

Pois o pranto é lava ardente

Que aprimora.

 

Sente, irmão, sente o perfume,

A brisa chegando à porta;

Seu passo que aviva o lume

Reconforta.

 

− Onde há paz? Onde há bondade?

Onde há amor e há riso aonde?

Onde?! Em ti ! És a verdade

Que se esconde...

 

João de Deus Ramos nasceu em S. Bartolomeu de Messines, Algarves, Portugal, em 8 de março de 1830 e desencarnou em Lisboa, em 11 de janeiro de 1896. Bacharelou-se em Direito pela Universidade de Coimbra em 1859 e exerceu também o jornalismo e o magistério, sendo considerado um verdadeiro apóstolo da instrução. O poema acima integra o livro Antologia dos Imortais, obra psicografada pelos médiuns Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira.


                                                                     PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 15 de Maio de 2011, 15:51
                                       VIVA JESUS!


        Bom-dia! queridos irmãos.

                  Desconforto
Hermes Fontes
 

Não me bastou, Senhor, velar atento
A misteriosa luz com que, à procura

De um luminoso céu em miniatura,

Vivi sonhando em meu deslumbramento!

 

Dentro do meu ideal supus que, isento

De toda a dor, de toda a mágoa obscura

Alcançasse o castelo da ventura

Na glorificação do pensamento.

 

Mas, ai de mim! Meu barco pequenino

Perdeu-se em meio à torva tempestade

Sem divisar a luz de qualquer porto;

 

E as minhas esperanças de menino

E os anelos de amor e mocidade

Naufragaram no grande desconforto.

 

 

Do livro Lira Imortal, ditado por Espíritos Diversos por intermédio do médium Francisco Candido Xavier.
 

                                                                 PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 21 de Maio de 2011, 10:11
                                      VIVA JESUS!


          Bom-dia! queridos irmãos.

                    Reencarnação
De cimo a cimo, a ideia viva esbarro...

Luzem constelações... O Céu rutila...

Estrelas resplendentes fazem fila,

Multicores vagões do Etéreo Carro.

 

Mas revejo, enlevado, o sol da vila...

O regaço materno, ansioso, agarro;

Ouço meu pai de crônico pigarro

E a voz do lar por música tranquila.

 

Fito a mesa singela, o caldo, a broa;

O velho cão rafeiro (1) geme à toa...

Ah! Saudades! Sois tudo quanto exerço!...

 

Preces a Deus, em lágrimas, transponho...

Aspiro a refazer a vida e o sonho,

Quero chorar nos júbilos do berço!...

 

(1) Cão rafeiro: diz-se de, ou cão treinado para guardar gado.

 

O poeta Antônio Francisco da Costa e Silva nasceu em Amarante, Piauí, em 28 de novembro de 1885, e faleceu no Rio de Janeiro-RJ em 29 de junho de 1950. O soneto acima integra o livro Antologia dos Imortais, obra psicografada pelos médiuns Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira.
 


                                                            PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 25 de Maio de 2011, 10:55
                                        VIVA JESUS!


            Bom-dia! queridos irmãos.

                    Desencarnação

Álvaro Sá de Castro Meneses
 

Dorme a ninfa obscura em desvão da floresta...

Tênue réstia solar dissolve a névoa fina.

Agita-se o casulo. A múmia pequenina

É féretro mirim que, súbito, se enfresta.

 

A borboleta em luz, como alguém que protesta

Contra o sono letal sob a folha mofina,

Desdobra as asas de ouro e, leve bailarina,

Sobe às grimpas do azul em delírio de festa...

 

A morte é assim também... No corpo inerte, langue,

Silêncio e rigidez trabalham de partilha,

Tentando nova forma a que a vida se engrade!...

 

Mas do estojo larval, sem o lume do sangue,

A alma ressurge e voa, ascende, canta e brilha,

Ave do Grande Além, galgando a imensidade...

 

 

Álvaro Sá de Castro Meneses nasceu em Niterói-RJ em 3 de junho de 1883 e desencarnou no Rio de Janeiro em 7 de março de 1920. Formado pela Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais do Rio de Janeiro, morou algum tempo no Pará, onde foi professor e jornalista, tendo também exercido a magistratura em seu Estado natal. Foi redator, no Rio de Janeiro, de A Tribuna, de O Imparcial e do Jornal do Commercio. Pertenceu à Academia Fluminense de Letras. O soneto acima integra o livro Antologia dos Imortais, obra psicografada pelos médiuns Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira.




                                                               PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 27 de Maio de 2011, 20:00
                                   VIVA JESUS!


      Boa-tarde! queridos irmãos.

            Prece

Auta de Souza
 

Estendei vossa mão bondosa e pura,

Mãe querida dos fracos pecadores,

Aos corações dos pobres sofredores

Mergulhados nos prantos da amargura.

 

Derramai vossa luz, toda esplendores,

Da imensidade, da radiosa altura,

Da região ditosa da ventura,

Sobre a sombra dos cárceres das dores!

 

Ó Mãe! Excelsa Mãe de anjos celestes,

Mais amor, desse amor que já nos destes,

Queremos nós em cada novo dia;

 

Vós que mudais em flores os espinhos,

Transformai toda a treva dos caminhos

Em clarões refulgentes de alegria.

 

Auta de Souza nasceu no Rio Grande Norte, em 1876, e lá mesmo desencarnou aos 24 anos de vida.  Deixou-nos um único livro, Horto.



                                                               PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 28 de Maio de 2011, 12:41
                                         VIVA JESUS!


         Bom-dia! queridos irmãos.

                    Desilusão 
Antero de Quental
 
Quem sou eu? Quem sou eu? No abismo escuro
Do meu atribulado pensamento
Sinto ainda as áscuas(1) do pavor violento
Em que andei como nau sem palinuro!(2)
 
E... ouço uma voz: “Tu és verme obscuro
Vitimado no grande desalento,
Que procurou a mágoa e o sofrimento
Sem caridade, o amor sagrado e puro”.
 
Ó promessas do “nada” inexistente!...
A morte abriu-me as portas do presente
Amargo e interminável pela dor;
 
Infeliz do meu ser fraco e abatido,
Pois o anseio de nada, paz e olvido
Foi apenas um sonho enganador!
 

(1) Áscua – brasa; chispa que se desprende do ferro em brasa ao ser malhado.

(2) Palinuro – piloto, guia.

 

Do livro Lira Imortal, obra ditada por Espíritos Diversos, psicografada pelo médium Francisco Candido Xavier.

de Janeiro-RJ em 29 de junho de 1950. O soneto acima integra o livro Antologia dos Imortais, obra psicografada pelos médiuns Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira.
 
 

                                                                 PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 31 de Maio de 2011, 18:20
                                       VIVA JESUS!


         Boa-tarde! queridos irmãos.

'' ESPERO QUE VOCÊ''

Espero que você possa aceitar as coisas como elas são
Sem pensar que tudo conspira contra você,
Porque parte de nós é entendimento...
Mas a outra parte é aprendizado...

Que você possa ter forças para vencer todos os seus medos
E que, no final, possa alcançar todos os seus objetivos
Porque parte de nós é cansaço...
Mas a outra parte é vontade...

Que tudo aquilo que você vê e escuta possa lhe trazer conhecimento
Que essa escola possa ser longa e feliz
Porque parte de nós é o que vivemos...
Mas a outra parte é o que esperamos...

Que você possa aprender a perder sem se sentir derrotada
Que isso possa fazer você cada vez mais guerreira...
Porque parte de nós é o que temos...
Mas a outra parte é sonho...

Que durante a sua vida você possa construir sentimentos verdadeiros
Que você possa aceitar que só quem soube da sombra, pode saber da luz...
Porque parte de nós é angústia...
Mas a outra parte é conforto...

Que você nunca deixe de acreditar
Que nunca perca sua fé
Porque parte de DEUS é amor...
E a outra parte também !

 
Nós não somos o que gostaríamos de ser.
Nós não somos o que ainda iremos ser.
Mas, graças a Deus,
Não somos mais quem nós éramos.

        Martin Luther King


                                                                PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 01 de Junho de 2011, 12:35
                                       VIVA JESUS!


         Bom-dia! queridos irmãos.                 

             O ESPÍRITO E O TEMPO

O espírito no tempo.
O espírito na dimensão física.
O espírito na dimensão espiritual.
Como criatura divina o espírito surge no tempo: simples e ignorante.
No tempo o espírito, por determinação divina, deverá atingir a felicidade plena, pelo desenvolvimento das suas potencialidades nas áreas das emoções, dos sentimentos, da inteligência e outras ainda não conhecidas.
No tempo que principia na simplicidade e na ignorância para atingir a sabedoria e a felicidade plena: o fluxo do tempo na evolução.
Tempo de ignorar e de saber.
Tempo de chorar e de rir.
Tempo de medo e de coragem.
Tempo de desespero e de esperança.
Tempo de tristeza e de alegria.
Tempo de ódio e de amor.
Tempo de fracasso e de vitória.
Tempo de erro e de acerto.
Tempo de egoísmo e de solidariedade.
Tempo de orgulho e de humildade.
Tempo de mentira e de verdade.
Tempo de descrença e de fé.
Tempo de trevas e de luz.
Tempo de parar e de crescer.
Tempo de morte e de vida.
Tempo na dimensão da matéria:
Tempo de experiências difíceis e fáceis.
Tempo de nascimento e de morte.
Tempo na dimensão espiritual:
Tempo da essência da vida.
Tempo em outras formas de ser e de sentir.
Tempo de um novo viver.
Tempo de ser o que é.
Tempo de viver o presente:
Tempo das experiências da vida física.
Tempo das soluções para os problemas.
Tempo de entender e praticar.
Tempo de no presente colher o passado.
Tempo de no presente construir o futuro.
Tempo de ser feliz pelo tempo que passou.
Tempo de ser feliz pelo tempo que virá.
Tempo de ser venturoso no tempo que passa.
Tempo que não passa pelo tempo que é.
Tempo da eternidade, na eternidade do nosso tempo de SER!

 

Aylton Paiva é agente fiscal de rendas aposentado, ex-diretor da Câmara Municipal de Lins e dirigente espírita, é Diretor do Departamento de Assistência e Promoção Social da União das Sociedades Espíritas do Estado de São Paulo.


                                                                    PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 05 de Junho de 2011, 14:52
                                            VIVA JESUS!


      Bom-dia! queridos irmãos.

               Vozes do Consolador

Cruz e Souza
 

O vós que andais à espera da ventura,

O coração cruciado de amargores,

Aluviões de peitos sofredores

Sobre a Terra, na estrada negra e dura.

 

Tolerai vosso dia de tortura,

Pois nos cadinhos purificadores

Dos caminhos da penas e das dores,

A fé de todo o espírito se apura!...

 

Chorai na vossa senda de esperança,

Na ânsia de amor, de paz e de bonança,

Entre os sonhos das noites dolorosas.

 

Chorai que as vossas lágrimas divinas

São clarões de alvoradas peregrinas,

Estrelando as estradas tenebrosas.

 
Soneto extraído do livro Lira Imortal, obra ditada por Espíritos Diversos, por intermédio do médium Francisco Cândido Xavier


   
                                                              PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 09 de Junho de 2011, 15:41
                                        VIVA JESUS!


          Bom-dia! queridos irmãos.

                 Suave caminho

Mário  Pederneiras
 

Assim... ambos assim, no mesmo passo,

Iremos percorrendo a mesma estrada;

Tu, no meu  braço trêmulo amparada,

Eu, amparado no teu lindo braço.

 

Ligados neste arrimo, embora escasso,

Venceremos as urzes da jornada...

E tu te sentirás menos cansada

E eu menos sentirei o meu cansaço.

 

E assim, ligados pelos bens supremos,

Que para mim o teu carinho trouxe.

Placidamente pela vida iremos,

 

Calcando mágoas, afastando espinhos,

Como se a escarpa desta vida fosse

O mais suave de todos os caminhos.

 

Mário Pederneiras nasceu no Rio de Janeiro, em 1867, e lá faleceu em 1915, deixando para nosso encantamento “Agonia”, “Rondas Noturnas” e “Outono”.



                                                           PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 11 de Junho de 2011, 11:24
                                       VIVA JESUS!


            Bom-dia! queridos irmãos.

                  Apelo ao viajor

Arlindo Costa e Silva
 

Viajante do mundo, para  e pensa

Assinalando os dons que Deus te empresta:

A natureza a derramar-se em festa,

A visão, a beleza, o sonho, a crença...

 

Ergue-te ao sol do amor, caminha e incensa,

De paz constante e de alegria honesta,

O trecho da jornada que te resta,

Procurando servir sem recompensa.

 

Segue fazendo o bem por onde fores,

Esquecendo nos trilhos redentores

Charcos e penas, sombras e penares...

 

Porque um dia, ante o tempo que te espreita,

Receberás os frutos da colheita,

Na espécie de sementes que plantares.

 

Arlindo Costa e Silva nasceu em Piranjuba, antiga Pouso Alto, Goiás, em 28/9/1880, e faleceu em Anápolis, Goiás, em 4/1/1928. Foi professor do Grupo Escolar Uberabense e fundador do jornal Lírios do Vale, título de que se serviu para o seu primeiro livro, editado em 1907. Em Anápolis, onde passou a residir em junho de 1912, foi coletor estadual e presidente do Conselho Municipal. Criou o primeiro Grupo Escolar da cidade, e contribuiu para a fundação da Escola Normal. Nestas instituições exerceu o magistério. Era deputado estadual quando desencarnou. O soneto acima integra o livro Antologia dos Imortais, psicografia de Waldo Vieira e Francisco Cândido Xavier.



                                                              PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 14 de Junho de 2011, 11:20
                                       VIVA JESUS!


        Bom-dia! queridos irmãos.

                Salve Rainha!


Salve Rainha!
Mãe de tantas dores
Te ergo meus olhos,
cantando louvores.

 Rainha dos Anjos,
Recebe o meu preito
Mãe esplendorosa,
cola-me ao Teu peito
Envolve-me o pranto.

Toma nossos lares, famílias e amigos,
Tua mão bendita estende para nós
Apieda-Te dos nossos inimigos
Protege-nos, ampara-nos, Mãe de todos nós.

Traz ao mundo a Paz e a fraternidade
Ampara, acolhe, socorre, a humanidade
Excelsa e doce Mãe plena de bondade.

Leva nossas preces aos pés de Jesus
Mãe dos aflitos, que esteve ao pé da cruz.

Oh Virgem Santíssima
Mãe de tantos nomes
Maria de Nazaré,
Nossa Senhora é.
Excelsa mãe das dores.

Teu manto resplandecente
cubra a Terra inteira,
Nos eflúvios do Teu Amor Bendito
Alça-nos aos caminhos de luz no Infinito.

Traz-nos a PAZ!...
Neste mar de iniquidade
És Âncora da Fé,
Sublime Virtude,
Mãe da Caridade.

Manuela Neves



                                                                 PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 15 de Junho de 2011, 00:37
(http://2.bp.blogspot.com/_YIwUWdeEdU0/TIS90mHhBjI/AAAAAAAAH_g/189BpKjxXX0/s400/beijaflor9.gif)

Vazio;
Que vontade profana de ficar só,
De não usar máscara alguma
De iludir-me com a minha sorrateira verdade.

E ainda atrevem-se a
Dizer que eu não sou feliz,
Que sozinho não  há motivos
Para sorrir.

Ah meus combatidos amigos e adversários,
Creio que vocês tolos não me conheçam
Muito menos freqüentem a minha faceira
Imaginação. (Mário Cardoso)


ASK THE MOUNTAINS - Vangelis (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTBwZWprUU1OeGRnIw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: ram-wer em 15 de Junho de 2011, 00:58
Oi, Heleninha,

Que vídeo magnífico, hein?  Esse Vangelis era mesmo um inspirado. Só achei a introdução meio demorada, mas valeu a pena.  Maior musicaço!

Ah, eu adoraria compor músicas dessa qualidade.  Mas não reclamo, não.  Fico contente com minhas composições meio desconjuntadas, rsrsrs.

Aurio Corrá, Vangelis, Enya, Andreas Vollenweider... esses tiveram (ou têm) antenas sintonizadas com a Nova Era.

Beijão, Ram
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 15 de Junho de 2011, 01:25
É verdade, RAM... Essas figuras são incríveis, os grandes da "Nova Era". Tem tb a Loreena Mckennitt e o Yanne. São ótimos!
Qto a mim... Bem, não toco nada, só a vida...rs
Carinhos,
Helena
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------
(http://lh6.ggpht.com/-tL0KA5N2IR4/TQUt6gO-vSI/AAAAAAAAK40/NrnljyPW3MI/s800/paravoce.gif)


PRESENTE

O que te dar neste dia?
O que te daria eu ontem
quando não te conhecia?
E amanhã, o que darei
se hoje não te dei
o que devia?

O que te dou é apenas
sombra do que queria.
Dou-te prosa, e o desejo
era dar-te poesia.

    Affonso Romano de Sant'Anna



Loreena McKennitt - La Serenissima (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW01NFNtVnNRcWdjJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)

Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 15 de Junho de 2011, 01:41

Ópera La Traviata:
Acto I
Óperas de Giuseppe Verdi

(http://i209.photobucket.com/albums/bb10/xana_014/81ea818f48b2536f6e81fc0429839f8f.gif)


É noite de festa na casa da socialite Violetta Valéry. Violetta, prometida ao Barão Douphol, é apresentada pelo seu amigo Gastone de Letorières a Alfredo Germont. Gastone conta que ele já conhecia Violetta há algum tempo e a amava em segredo. Alfredo, então, fazendo um brinde a Violetta, declara-lhe o seu amor.

Violetta responde a Alfredo que, sendo uma mulher mundana, não sabe amar e que só lhe poderia oferecer a amizade, sendo que Alfredo deveria procurar outra mulher. Mas ainda assim, Violetta oferece-lhe uma camélia que carrega entre os seios e pede-lhe que volte no dia seguinte. Após a festa, Violetta permanece só e começa a dar-se conta do quão profundamente lhe tocaram as palavras de Alfredo, um amor que ela jamais conheceu anteriormente.
[editar] Acto II

Violetta e Alfredo iniciam um relacionamento amoroso e vão morar para uma casa de campo, nos arredores de Paris. Aninna, a criada de Violetta, conta a Alfredo que Violetta tem ido constantemente a Paris vender seus bens, para suportar as despesas da casa de campo.

Giorgio Germont, o pai de Alfredo, visita Violetta e suplica-lhe que abandone Alfredo para sempre. Giorgio conta-lhe sobre a sua família e especialmente a sua filha, em Provença, e acredita que ver Alfredo envolvido com uma mulher mundana destruiria a sua reputação.

Contrariada, Violetta atende às súplicas de Giorgio e sela um envelope endereçado a Alfredo. Violetta parte para uma festa na casa da sua amiga Flora Bervoix e Alfredo lê a carta. Desconfiado de que Violetta possa tê-lo traído, Alfredo vai até a casa de Flora para se vingar.
[editar] Acto III

A festa tem início com um grupo de mascarados que lhes proporcionam um divertimento. Violetta chega à festa acompanhada pelo Barão Douphol. Alfredo surge logo em seguida.

Alfredo começa a jogar com o Barão e ganha. No momento em que o jantar é servido, Violetta e Alfredo permanecem a sós no salão e Alfredo força-a a confessar a verdade. Violetta, mentindo, diz amar o barão. Furioso, Alfredo convoca todos para o salão e atira à cara de Violetta todo o dinheiro ganho no jogo e desafia Douphol para um duelo. Violetta desmaia, Alfredo é reprimido por todos e a festa termina.
[editar] Acto IV

Violetta está doente e empobrecida, depois de se desfazer de todos os bens. Tomada pela tuberculose, recebe cartas de vários amigos e uma, em especial, chama-lhe a atenção. É de Giorgio Germont, arrependido por ter colocado Violetta contra Alfredo.

Giorgio e Alfredo visitam Violetta, e reconciliam-se. Violetta e Alfredo começam a fazer planos de vida para depois da recuperação de Violetta. No entanto, Violetta está muito debilitada físicamente e começa a sentir o corpo ceder. Entrega a Alfredo um retrato seu e avisa-o para que o entregue à próxima mulher por quem ele se apaixonar. Violetta sente os espasmos da dor cessarem, mas em seguida expira.


La Traviata - Preludio (Musica Classica) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTUzeDV6d0VwM2NZJmFtcDtmZWF0dXJlPXlvdXR1YmVfZ2RhdGFfcGxheWVyIw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 15 de Junho de 2011, 13:26
(http://lh4.ggpht.com/_g90Bu7owbwo/Szk3qeP1MtI/AAAAAAAAAQ0/eBR43JRdGVw/s400/g.jpg)


...Saudade é amar um passado que ainda não passou,
É recusar um presente que nos machuca,
É não ver o futuro que nos convida...
Pablo Neruda


Nara Leão - Cuitelinho (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXpDWGZYNl9vV0owIw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 15 de Junho de 2011, 14:02
(http://lh5.ggpht.com/-UK2pQo7N6Fw/TfZ5pRhl_BI/AAAAAAAAAc8/zs2CO_qqcIc/s400/eagle-attack-gif-animation.png)

"É livre quem deixou de ser escravo de si mesmo."
( Sêneca )

"Não devemos acreditar na maioria que diz
que apenas as pessoas livres podem ser educadas,
 mas sim acreditar nos filósofos que dizem
que só as pessoas educadas são livres."

( Epiteto )

Free again... Barbra Streisand (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW9ESEhkVThYMG1VJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)

Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 15 de Junho de 2011, 22:19
                                           VIVA JESUS!


          Bom-dia! queridos irmãos.

                  Deus

Antero de Quental

 


Quem, senão Deus, criou obra tamanha,

O espaço e o tempo, as amplidões e as eras,

Onde se agitam turbilhões de esferas,

Que a luz, a excelsa luz, aquece e banha?

 

Quem, senão Ele fez a esfinge estranha

No segredo inviolável das moneras,

No coração dos homens e das feras,

No coração do mar e da montanha?!

 

Deus!... somente o Eterno, o Impenetrável,

Poderia criar o imensurável

E o Universo infinito criaria!...

 

Suprema paz, intérmina piedade,

E que habita na eterna claridade

Das torrentes da Luz e da Harmonia!

 

Antero de Quental, inesquecível poeta lusitano, nascido na Ilha de São Miguel, nos Açores, em 1842, e desencarnado em 1661, volta a brilhar nas páginas do Parnaso de Além-Túmulo, que a psicografia de Chico Xavier nos ofereceu.



                                                                  PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 17 de Junho de 2011, 11:35
                                       VIVA JESUS!


         Bom-dia! queridos irmãos.

                  Alma e Sonho



Voa leve
Como pluma ao vento
E segue rumo as mais belas paisagens,
Alma minha..

Vai buscar a paz dos anjos
Na melodia celestial.
Caminha por entre o lume das estrelas
E traga o brilho para o olhar dos que choram em silêncio,
Seca com ele os seus prantos de dor.

Vai...
Evola livre sobre as nuvens alvinhas do dia,
Para que ao fim da jornada
Retornes serena, alma minha,
Ao descanso noturno do meu corpo em sono.


      pelo espírito Glauco


                                                               PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: ken em 17 de Junho de 2011, 16:13
Bom dia a todos

"Desejo a você ..." - (Carlos Drummond de Andrade)

"Desejo a você
Fruto do mato
Cheiro de jardim
Namoro no portão
Domingo sem chuva
Segunda sem mau humor
Sábado com seu amor
Filme do Carlitos
Chope com amigos
Crônica de Rubem Braga
Viver sem inimigos
Filme antigo na TV
Ter uma pessoa especial
E que ela goste de você
Música de Tom com letra de Chico
Frango caipira em pensão do interior
Ouvir uma palavra amável
Ter uma surpresa agradável
Ver a Banda passar
Noite de lua Cheia
Rever uma velha amizade
Ter fé em Deus
Não Ter que ouvir a palavra não
Nem nunca, nem jamais e adeus.
Rir como criança
Ouvir canto de passarinho
Sarar de resfriado
Escrever um poema de Amor
Que nunca será rasgado
Formar um par ideal
Tomar banho de cachoeira
Pegar um bronzeado legal
Aprender um nova canção
Esperar alguém na estação
Queijo com goiabada
Pôr-do-Sol na roça
Uma festa
Um violão
Uma seresta
Recordar um amor antigo
Ter um ombro sempre amigo
Bater palmas de alegria
Uma tarde amena
Calçar um velho chinelo
Sentar numa velha poltrona
Tocar violão para alguém
Ouvir a chuva no telhado
Vinho branco
Bolero de Ravel
E muito carinho meu."

Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 18 de Junho de 2011, 13:53
Cântico da velhice.

(http://3.bp.blogspot.com/_vRiSGYjf-AI/S51B5uH5CvI/AAAAAAAAF54/PAPA6ihAxs0/s400/idosos%2Bfelizes,%2Bfestejando)
Felizes aqueles que envelhecem, pois estão vivos.
Eles guardam em si todas as noites que tiveram,
Guardam as recordações, a incerteza, a sabedoria
E as muitas experiências do pecado e da virtude.
Felizes os que envelhecem, pois eles estão ávidos,
Não são mais esporádicos os seus sentimentos,
E bem mais ponderadas as suas esperas, sim,
Agora é muito mais visível a sua plenitude.
Os velhos são completos, pois têm em si a criança,
Têm o adolescente em si, o jovem, o interlúdio,
Em si têm os processos, as passagens, a tardança,
Do tempo têm o segredo, da eternidade o conteúdo.
Felizes os que envelhecem sem urgência, rindo,
Dançando, girando, tecendo, amando com ciúme
Como a sensação daqueles sonhos em que voamos.
Com filhos ou sem filhos, a envelhecer procriando.
Nada foi perdido, nem desfeito, em sua cronometria,
Todo o seu ímpeto transformou-se em premência
E o seu corpo e as suas rugas, em geografia.
Felizes os que envelhecem, eles são o pico lindo
Das montanhas, e o derradeiro queixume
De todas aquelas mil inexperiências vividas.
Têm cem olhos que sabem discernir as hidras,
E os cabelos feitos da alva prata mais pura.
Leves e significantes se abrem seus sorrisos.
Felizes são, a ciência agora é mais apreciada.
Conhecem claramente a fatalidade das estradas
E vão, vão, pois sabem que a vida se resume
Àquela água lassa que core sob a clepsidra.
Todos temos de viver para uma posteridade,
Não importam nossos desejos, nossas vãs mentiras.
Felizes os que envelhecem altivos, como os poetas
Descritos pelos poemas não-românticos, e boêmios
Versos em que a vida é feita apenas de brevidades.
Felizes são os velhos seduzidos e os que seduzem,
Desvendam labirintos, quimeras e traduzem linhas
Sem medo de errar, de morrer, ou do oblívio,
Cantados pelo cântico dos cânticos. Estão vivos,
Vivos, vivos, vivos, vivos!
Felizes aqueles que para sempre vivem.


Ana Miranda é romancista, autora de Boca do Inferno, Desmundo e Dias & Dias, entre outros livros, editados pela Companhia das Letras. Suas crônicas encontram-se reunidas no volume Deus-dará, da Editora Casa Amarela.




Vangelis - Conquest Of Paradise /Alpha- Cosmos (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTZJZlNSYjFsc0pRJmFtcDtmZWF0dXJlPXNoYXJlIw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 18 de Junho de 2011, 14:11
(http://lh5.ggpht.com/_oZ3W5t-ckpg/TAB1i80lIQI/AAAAAAAADFg/zePXz0bvdFk/s400/BRAOS_~1.JPG)


Que você seja assim, como o mar que vai e vem,
num infinito aprendizado, ser melhor a cada dia.
Você, você e mais você, o que pode
transformar vidas, começando pela sua.

( Paulo R. Gaefke )



O Barquinho - Bossa Nova (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWl0OU5fYkxLVmF3JmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2c3Ij)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 18 de Junho de 2011, 14:17
(http://images.orkut.com/orkut/photos/OgAAAHH1cWuZpkiAUt1IOiWFWjGsDpS0KavcFvar_OnY1u4Jzr6kwGisERI_UMJZ2fjGNylggIinBK5iiDPc2B3nBx4Am1T1UGg1dfyzp1hZz7eRKZ8zUesyYin9.jpg)



"Quero para mim o espírito desta frase,
transformada a forma para a casar com o que eu sou:
Viver não é necessário;o que é necessário é criar."

________________Fernando Pessoa



FLAUTA DE PAN (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXB5aVpzZEJadmJnIw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: hcancela em 18 de Junho de 2011, 18:11
Olá amigos(as)


ANJINHA ADOLESCENTE"

 

Mesmo sem contigo ter falado,

Suas asas angelicais cintilaram,

Por um instante mágico ter te tocado,

Meu amor e minha alma por ti afloraram.

 

Tive o privilégio de contemplar,

O teu corpo esguio, uma linda canção,

Repeti até o amanhecer, te amar,

Tua cútis é o mais belo e gracioso refrão.

 

Arrastei-me aos sinais rosáceos de teu olhar,

Embriagado pelo perfume de sua adolescência,

 Obcecado pelo seu sorriso a eternamente admirar,

Deixe-me, por favor, afagar carinhosamente sua essência.

 

Meus sonhos, por tua linda alma feminina, são guiados,

À noite ao luar, com o violão a te banhar,

Tua boca, teus lábios estrelados,

Em meu coração, pulsam a exclusivamente te amar.

(João Rodrigo I. Matsumoto)


Saudações fraternas
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 19 de Junho de 2011, 11:12
                                    VIVA JESUS!


         Bom-dia! queridos irmãos.

                Atende a Jesus 

Casimiro Cunha
 

Todo apelo da verdade,

Do amor, da consolação,

É Jesus que te procura

À porta do coração.

 

Já pensaste? A mão do Mestre

Que te alivia e te acalma,

Custou muito a despertar

O íntimo de tua alma.

 

Muita vez, foi necessário

Que visses miséria e dor,

A fim de experimentares

Os bens de Nosso Senhor.

 

Atende à voz de Jesus.

Condição? Trabalho? Idade?

Nada empana, sobre a Terra,

A luz da boa vontade.

 

Busca vibrar no Evangelho,

Reforma-te, sem alarde.

Atende agora. Amanhã

Talvez seja muito tarde.

 
Do livro Cartas do Evangelho, obra ditada por Espíritos Diversos, psicografada pelo médium Francisco Cândido Xavier.


                                             
                                                                PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 22 de Junho de 2011, 10:29
                                        VIVA JESUS!


        Bom-dia! queridos irmãos.

               História antiga

Raul de Leoni
 


No meu grande otimismo de inocente,

Eu nunca soube por que foi... um dia

Ela me olhou indiferentemente;

Perguntei-lhe por que era... Não sabia...

 

Desde então, transformou-se, de repente,

A nossa intimidade correntia

Em saudações de simples cortesia

E a vida foi andando para a frente.

 

Nunca mais nos falamos... vai distante...

Mas, quando a vejo, há sempre um vago instante

Em que seu mudo olhar no meu repousa,

 

E eu sinto sem, no entanto, compreendê-la,

Que ela tenta dizer-me alguma cousa,

Mas que é tarde demais para dizê-la.

 

Raul de Leoni nasceu em Petrópolis (RJ) em 1895, e faleceu com apenas 31 anos, em Itaipava (RJ). Considerado “o mais harmoniosos dos poetas”, deixou-nos “A Luz Mediterrânea” e “Ode a um poeta morto”.



                                                                  PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Junho de 2011, 15:25
Que lindas poesias, amigos!
Carinhos,
Helena
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------
Em Busca da Centelha Sagrada.

por Aline Rangel.

(http://deusemnos.files.wordpress.com/2009/03/amoruniversal.jpg?w=450&h=337)

Um olhar diferente sobre si –

E o susto:

“Era eu mesmo o que esperava?”

Diante do espelho da vida, um encontro -

Inesperado!

Tantas certezas ilusórias,

Tantos receios desnecessários,

Tantas expectativas distorcidas!

Tantas vozes esquecidas e sufocadas,

E quanta distância!

Do Si.

Desconstruir-se, recriar-se,

Ressignificar o que passsou –

Alerta-nos o Grande Mestre! (1)

Conversar consigo, ouvir-se,

Colocar-se diante de si!

Levar um ponto de luz às sombras íntimas

E cuidar-se neste caminho de tantas surpresas.

Rever-se.

Aceitar-se.

Educar-se.

Amar-se.

Ter esperança  no futuro

E agir melhor, agora mesmo!

Conhecer os sentimentos feridos,

Abandonados,

As emoções maltratadas,

Negadas.

Procurar e enxergar

A Treva e o Ouro,

O lixo e a Luz.

Aprender a revelar-se

Sem ferir,

E a encontrar, bem diante dos olhos,

Despertos,

A Esperança  e Felicidade guardadas -

O Tesouro do Amor de Deus!

Em nós, uma Centelha,

Sagrada,

O caminho para Transformação.



(1) Referência ao Espírito Matheus de Antioquia, Grande Mestre e Pai Coletivo, que na Palestra do último domingo, 19 de junho de 2011, respondeu a perguntas feitas por componentes da plateia, através da abençoada e maravilhosa mediunidade do nosso Mentor-Professor Encarnado, Canal e Representante D’Eles, Benjamin de Aguiar (por meio da incorporação).
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Junho de 2011, 15:50

(http://lh5.ggpht.com/nauana1/SQImvb0lCoI/AAAAAAAAARE/mmGGRujHynY/s400/Bitter.jpg)

O AMOR SE FOI


Em silêncio estou partindo
Tentando esquecer o passado
Do peito vou subtraindo
A dor de um amor fracassado

O cristal do espelho partiu
Nossa imagem ficou distorcida
O nosso castelo ruiu
E agora estou de partida

Não cabe apontar quem tem culpa
Se é que existe um culpado
Qualquer tentativa é desculpa
Por isso eu parto calado

Parto agora, nesse instante
Deixo aqui minhas lembranças
Levo um coração pulsante
Sem alentos de esperança

Não pergunte pra onde vou
É vago o meu caminhar
Nossa história terminou
Vamos outra começar

No peito vou carregando
O ardor da desilusão
Em busca de paz vou cantando
pra espantar a solidão

O nosso amor acabou
Todo o encanto se desfez
Foi belo enquanto durou
e agora ruiu de vez

Nossos erros foram tantos
Nosso amor não resistiu
E agora só resta o pranto
do sonho que sucumbiu

Sem lágrimas vamos selar
A nossa separação
E toda angustia arrancar
Do meu e do seu coração

Vamos em paz caminhar
Sem mágoas, sem ressentimentos
E com muitas saudades lembrar
Dos nossos melhores momentos

Não me julgues mal querida
Não me culpes se eu errei
Hoje é outra nossa vida
Mas saiba que um dia eu te amei

Ficam aqui nossas lembranças
Nesse adeus de despedida
Fortalecendo esperanças
De recompor nossas vidas

Em busca de novos caminhos
Devemos agora seguir
Tirando do peito os espinhos
Esperando o sol sorrir

E assim seremos felizes
Nesta nova caminhada
Esquecendo nossos deslizes
Buscando a paz esperada

© Magno R Almeida




Verônica Ferriani - Rosa (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWZyVHNkYVJKMElBJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)





Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: ken em 22 de Junho de 2011, 17:06
Olá a todos

Poesia Divina....


"Quando eu sorrio

Em mim Tu sorris.

Quando eu choro

Em mim está o Teu pranto.

Quando eu acordo

É meu Teu bom dia.

Quando eu ando

Caminhas comigo.

Tu sorris e chora

Despertas e andas

Tal qual eu:

Minha imagem és Tu.

Mas...se eu sonho

Tu estas acordado.

Se tropeço, permaneces firme.

E se morro, Tu és minha vida!"



Paramahansa Yogananda - Song of the Soul

Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 23 de Junho de 2011, 13:06
(http://lh6.ggpht.com/_k5sThiCHad0/SpU_g73RX5I/AAAAAAAAAF8/gjyKF0Cx6FE/s00/mod_article600300_15.png)

RECOMECE ...

Como faz o sol todos os
dias
como faz a rosa ao desabrochar.
Como faz a brisa
que o som da vida leva
num lindo bailar.
A água da cachoeira que
vai e vem sem trégua
num som de dar inveja
ao ilustre maestro
que a tenta imitar
Recomece!
Como faz a onda que balança o mar
Como faz a areia que vive a rolar
Recomece!
Porque a vida é agora e ela
te convida:
Vem recomeçar!


Frejat - Amor Pra Recomeçar (Ensaio Multi Show) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU9yOURmMXNiLVdJJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 24 de Junho de 2011, 14:15
(http://lh6.ggpht.com/_6Orzf9v9D5c/SgE4JqaCC4I/AAAAAAAAFLk/Jg8VgTxGjWU/as.gif)

"Prece do Amanhecer"


Senhor
"No silêncio deste dia que amanhece,
Venho pedir-te a Paz, a Sabedoria, a Força.
Quero ver hoje o mundo com os olhos cheios de amor.
Ser paciente, compreensivo, manso e prudente.
Ver além das aparências teus filhos,
Como tu mesmo os vês,
E assim, não ver senão o bem em cada um.
Cerra meus ouvidos a toda calúnia.
Guarda minha língua de toda a maldade.
Que só de bênçãos se encha meu espírito.
Que eu seja tão bondoso e alegre,
Que todos quantos se achegarem a mim,
Sintam sua presença.
Reveste-me de tua beleza, Senhor,
E que , no decurso deste dia,
"Eu Te Revele a Todos."

Gregorian - the moment of peace (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUhMODlzdDFVcU1vJmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZCM=)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 24 de Junho de 2011, 14:19
(http://lh3.ggpht.com/_7T5WrK_zJ20/TCfaSXn-5qI/AAAAAAAAA7Q/-ndQt4plv04/s400/shutterstock_13712632-343073%28FB%29.jpg)

Há saudades que caminham comigo
aconchegadas num lugar
gostoso que a memória tem.


- Ana Jácomo -


YouTube - Broadcast Yourself. (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXY5U0J4WmRMdmtzJmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZCM=)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 24 de Junho de 2011, 21:05
(http://lh3.ggpht.com/_mmgEexoDQ5E/SQoGnv8C9II/AAAAAAAABvQ/Y6hS1FAXlcA/s320/planet-clock-3d.jpg)

Tempo ..


Você ama a vida?
Então não desperdice o tempo, porque
é desse material que a vida é feita..
(http://[/size][/font][/b][url]http://lh5.ggpht.com/_piN8DuLL04A/ScpyjENigbI/AAAAAAAAfSw/SK3LUnKqoVA/.gif[/url])

Oração ao Tempo - Caetano Veloso (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTJOVWR6bmtDWjc0Iw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 25 de Junho de 2011, 12:31
(http://lh4.ggpht.com/-BEx1IEoufjw/TgUjS1zvh5I/AAAAAAAAJvM/zVtZSerGvFk/s400/casinha%252520branca%252520%2525282%252529.jpg)




CASINHA BRANCA
Guida Linhares

No meu sonho te encontrei
numa casinha branca
toda florida de jasmins
Vestias teu terno riscado
uma flor no bolso
e chapéu de lado.

Tu que andas de pé no chão
estavas muito engraçado.
Mas olhei teus zóinhos
e vi ternura de montão,
fiquei toda encantada
e me destes a mão.

Então sorristes
com aquele jeito
que só voce sabe
e eu me senti menina
no teu bem querer
que tanto me fascina.

No meu vestido de chita
com rosa no cabelo,
te lasquei um beijo
e na procissão de São João
pedimos pela nossa união.

Assim nas bandas da serrania,
em preguiçosas tardes
encontramos paz e alegria,
quando ficamos juntinhos
curtindo nossos carinhos.

E então da casinha branca
as luzes se apagarão
e no ninho abençoado
uma luzinha bruxuleante do abajur
vai iluminar meu namorado
dentro do meu sonho dourado.


Baú de Recordações
2oo6


LÁ NO PÉ DA SERRA - Você Vai Gostar.wmv (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXYyZUxKeUNVQXpZJmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZCM=)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 25 de Junho de 2011, 12:36

(http://quefricote.files.wordpress.com/2008/10/chuva-1.gif)

Mistério

Gosto de ti, ó chuva, nos beirados,
Dizendo coisas que ninguém entende!
Da tua cantilena se desprende
Um sonho de magia e de pecados.

Dos teus pálidos dedos delicados
Uma alada canção palpita e ascende,
Frases que a nossa boca não aprende,
Murmúrios por caminhos desolados.

Pelo meu rosto branco, sempre frio,
Fazes passar o lúgubre arrepio
Das sensações estranhas, dolorosas…

Talvez um dia entenda o teu mistério…
Quando, inerte, na paz do cemitério,
O meu corpo matar a fome às rosas!
Florbela Espanca



Enya - Listen to the rain (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTY4Nms5cWNtemt3JmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZCM=)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 25 de Junho de 2011, 12:46
(http://mscamp.files.wordpress.com/2010/02/chuva-cai-chuva.jpg)

Cuide bem da natureza

Hoje acordei cedo, contemplei mais uma vez a natureza.
A chuva fina chegava de mansinho.
O encanto e aroma matinal traziam um ar de reflexão.
Enquanto isso, o meio ambiente pedia socorro.
Era o homem construindo e destruindo a sua casa.
Poluição, fome e desperdício deixam o mundo frágil e degradado.
Dias mais quentes aquecem o “planeta água”.
Tenha um instante com a paz e a harmonia.
Reflita e preserve para uma consciência coletiva.
Ainda há tempo, cuide bem da natureza.

Gleidson Melo


Kenny G - In the Rain (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWxmV1p5T0tCMkVZIw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 25 de Junho de 2011, 12:51
(http://lh5.ggpht.com/_2PIJq8DcRDQ/TNNebhez0ZI/AAAAAAAAAzw/xyokXExhgD0/s640/91fa8e0a72a588601d2c1e84ee3a85a4eb480444%20c%C3%B3pia.jpg)



“As dores que recebemos são as colheitas
dos espinhos que arremessamos.”
(Emmanuel)




Kenny G - If (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW5ydnRreG9ESjJBJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 25 de Junho de 2011, 13:00
(http://perlbal.hi-pi.com/blog-images/700697/gd/129065956236/Casinha-Branca.jpg)




CASINHA BRANCA
 
Quando da memória me sirvo
Abrindo suas portas travadas
Avisto a casinha branca
Que me cobriu e protegeu
O choro me vem
Como nuvem e chuva
O sono me vem
Como brisa e cansaço
E ela vem abrir a porta
Com um sorriso no rosto
A saudade se dissipa
No acarinhar do abraço!




Maria Bethania - Casinha Branca (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVA4QklwUmZCMXZVJmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZCM=)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 26 de Junho de 2011, 21:44
(http://3.bp.blogspot.com/_2Y0e_krzMnI/TFsR9TPKDcI/AAAAAAAAAcg/ASftbSwV2RY/s1600/z-poemas15.gif)


O Caminho da Vida

O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza, porém nos extraviamos.

A cobiça envenou a alma dos homens... levantou no mundo as muralhas do ódios... e tem-nos feito marchar a passo de ganso para a miséria e morticínios.

Criamos a época da velocidade, mas nos sentimos enclausurados dentro dela. A máquina, que produz abundância, tem-nos deixado em penúria.

Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos; nossa inteligência, empedernidos e cruéis. Pensamos em demasia e sentimos bem pouco.

Mais do que de máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido.

(O Último discurso, do filme O Grande Ditador)
Charles ChaplinCharles Chaplin

Los paisajes más lindos del mundo (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW9ySktWRjdQekk4JmFtcDtOUj0xJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2d3Aj)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 26 de Junho de 2011, 21:55
(http://lh6.ggpht.com/_ZTpUQ-yaVV4/TamK7to6PjI/AAAAAAAAAkc/RvDqvz69_tY/s00/lolla70.png)
Enya - La mejor musica+ belleza de naturaleza (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVlFRFNXdXJ0bmdrJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 26 de Junho de 2011, 22:00

(http://lh3.ggpht.com/_slvtT2tGNyU/S9tn8yOc19I/AAAAAAAADM0/m-_JZUcU0Qk/fer-.jpg)

Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo.
(…)

Conquistámos todo o mundo antes de nos levantar da cama;
Mas acordámos e ele é opaco,
Levantámo-nos e ele é alheio,
Saímos de casa e ele é a terra inteira,
Mais o sistema solar e a Via Láctea e o Indefinido.
(…)

Come chocolates, pequena;
Come chocolates!
Olha que não há mais metafísica no mundo senão chocolates.
Fernando Pessoa, 1888-1935, poeta português, Tabacaria



LAS ROSAS Y SUS SIGNIFICADOS (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWtXZHM3QWxYR2dFJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 27 de Junho de 2011, 11:32
                                         VIVA JESUS!


        Bom-dia! queridos irmãos.

               Diante da Terra

Edmundo Xavier de Barros
 
Fugindo embora à paz de eternos dons divinos,

Sem furtar-se, porém, à luta que aprimora,

O homem é o semeador dos seus próprios destinos,

Ave triste da noite, esquivando-se à aurora...

 

Em derredor da Terra, estrelas cantam hinos,

Glorificando a luz onde a Verdade mora,

Mas no plano da carne os impulsos tigrinos

Fazem a ostentação da miséria que chora!

 

Necessário vencer nos vórtices medonhos,

Santificar a dor, as lágrimas e os sonhos,

Do inferno atravessar o abismo ígneo e fundo,

 

Para ver a extensão da noite estranha e densa,

Que os servos da maldade e os filhos da descrença

Estenderam, sem Deus, sobre a fronte do mundo!...


 
 

Poeta e desenhista notável, Edmundo Xavier de Barros, nascido em 1861, no Estado de Goiás, desencarnou na cidade do Rio de Janeiro, como capitão da arma de Cavalaria, em 17 de janeiro de 1905. O soneto acima integra o Parnaso de Além-Túmulo, obra psicografada pelo médium Francisco Cândido Xavier



                                                         PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Junho de 2011, 14:16
(http://lh6.ggpht.com/_orCxVTObs5w/S_60NXZ6NHI/AAAAAAAABYE/w9hFFxMxKGU/s400/dyn003_original_377_400_xpng_2664404_b7fd997f16503addc2b338754f8ecb0e%5B1%5D.png)

“Eu gosto de delicadeza.

Seja nos gestos, nas palavras, nas ações,
no jeito de olhar, no dia-a-dia e até no que
não é dito com palavras, mas fica no ar...”


(Manuel Bandeira)


Top 10 Piano Songs (HD) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXBlZ2ZMSkJJUExrJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQjd3M=)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Junho de 2011, 14:46

(http://1.bp.blogspot.com/_nVqo1gl5F2Y/TU_RukAxftI/AAAAAAAAAEA/tmUF4fxJ8z8/s800/universo-natural-chakras-anatomia-energc3a9tica-sutil.jpg)

"Nada na vida deve ser temido, somente compreendido. Agora é hora de compreender mais, para temer menos.
 
(Marie Curie)


YouTube - Broadcast Yourself. (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXJUNXpDSG4wdHNnIw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 27 de Junho de 2011, 22:14
(http://lh5.ggpht.com/_cQBaMf5G1VA/SnMOtENlNAI/AAAAAAAAELM/D13hjwf-_74/s400/1373218.jpg)

Tudo é Fugaz

Considera com frequência a rapidez com que se passam
e desaparecem os seres e os acontecimentos.
A substância, como um rio, está em perpétuo fluir,
 as forças em perpétuas mudanças, as cuasas
a modificarem-se de mil maneiras;
apenas há aí uma coisa estável;
 e abre-se-nos aos pés o abismo infinito do passado
 e do futuro onde tudo se some.
Como não há-de ser louco o homem que,
neste meio, se incha ou se encrespa ou se lamenta,
como se qualquer coisa o tivesse perturbado
durante um tempo que se visse, um tempo considerável?

Marco Aurélio (Imperador Romano), in "Pensamentos"


Miró-Oswaldo Montenegro - Música: Não Há Segredo Nenhum- Novo CD Canções de Amor.wlmp.wmv (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVFMUzZkMUZxZ2VVJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: hcancela em 27 de Junho de 2011, 23:20
Isso Heleninha,tudo é fugaz mesmo,só o Amor é que não.


Bjsuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 28 de Junho de 2011, 22:37
Olá, Cancela!! Que bom tê-lo por perto, meu gentil amigo!
É verdade... tudo é fugaz, porque este mundo é impermantente, como o reflexo da lua na água. Buda dizia que todas as nossas realizações serão devastadas pelos ventos da mudança.
Nós vivemos dançando na corda oscilante do inesperado, caindo ora pra lá ora pra cá... Não é verdade? rs
Mas o amor, o verdadeiro amor, é a razão de tudo; é um fato.
Bjs e carinhos!!!
(http://lh4.ggpht.com/bjpen10/SJKBMvujgzI/AAAAAAAAA18/pae5pr3MelY/s200/bb1.png)

-------------------------------------------------------------------------------------------------

(http://images.orkut.com/orkut/photos/PQAAAAFOaT1f_hL784UG4qGwWycPKJe6RI3v1_eC-s2BpnqubkZFBN-dA6FRJGCeG2aeb1rrvaJoMW_S-dZQrvLm_p0Am1T1UIifs-07n3HkthdI5LUan5rhkhnu.jpg)

Amo as pessoas que escutam passarinho quando canta
Que olham o céu quando levantam
Que brincam na chuva
Que fazem barquinhos como criança
Que sabem que o faz de conta
É um mundo simplesmente feliz...


(http://lh6.ggpht.com/_266VW3Ca4zE/Stugf0pLepI/AAAAAAAAAjI/9Aj-fgY4TZc/12.gif)

Penas do Tiê-Raimundo Fagner e Nana Caymmi (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXZGUXZTR2tBQmtvIw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Junho de 2011, 15:44
(http://lh5.ggpht.com/_7M1oihlA9xs/SloVc9iz-9I/AAAAAAAABwg/zL210effP-k/7elwa6-1.gif)

Amanhecer
Quero nascer de novo cada dia que nasce.
Quero ser outra vez novo,
puro, cristalino.
Quero lavar-me, cada manhã,
do homem velho,
da poeira velha,
das palavras gastas,
dos gestos rituais.
Quero reviver a primeira
manhã da criação, o
primeiro abrir dos olhos
para a vida.
Quero que cada manhã,
a alma desabroche
do sono como a rosa do botão,
e surja, como
a aurora do oceano,
ao sorriso dos teus lábios,
ao gesto de tua mão.
Quero me engrinaldar para
a festa renovada com que
cada dia nos convidas e
desdobrar as asas como
a águia em demanda do sol.
Quero crer, a cada nova aurora,
que esta é a definitiva,
a do encontro com a felicidade,
a da permanência assegurada,
a de teu sim definitivo.


__Chico Xavier__
Beijos de afago na Alma...

Gilberto Gil - Não Chore Mais (No Woman, No Cry) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVBTTmx3bGZ3NkRZJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 29 de Junho de 2011, 15:53
(http://lh3.ggpht.com/_XEoPeSCZVYU/Sre8i0aQRPI/AAAAAAAAABM/sAhb4_bahHU/s500/1bNWn9llYp.jpg)

Amigos são como o sol...
Que ilumina o meu dia,
com um caloroso sorriso,
e deixam o meu dia mais feliz...
Amigos são como a Lua,
Sempre me encantam
E me inspiram na minha vida...
Amigos são fragmentos de amor,
sementes que me alimentam,
Abastecendo o celeiro do coração,
com força, amor e esperanças...
Amigos são anjos de luz,
que iluminam  minha alma,
Aquecendo-a com carinho...
Quem tem amigos,
não sente a frieza da vida...


Bob Marley and Gilberto Gil (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTg5aWVGZ2tULTNnJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 30 de Junho de 2011, 21:30
(http://images.orkut.com/orkut/photos/PQAAAI9b1YGI6btPd5bKpWo-IuwCr80vtU7F9SbUyxQcPAkpJr4Oa-qvYYMGgTBkbzgmsF4uOkYcaVkPXdeTLjQdKeQAm1T1UGLYmSrSG_WJuj9AmYxhFCCZ2KUd.jpg)

Por um lado, ter um inimigo é muito ruim.
 Perturba nossa paz mental
e destrói algumas de nossas coisas boas.
Mas, se vemos de outro ângulo,
somente um inimigo nos dá a oportunidade de exercer a paciência.
Ninguém mais do que ele nos concede a oportunidade para a tolerância.
Já que não conhecemos a maioria dos cinco bilhões
 de seres humanos nesta terra,
a maioria das pessoas também não nos dá oportunidade
 de mostrar tolerância ou paciência.
Somente essas pessoas que nós conhecemos
e que nos criam problemas
 é que realmente nos dão uma boa chance
 de praticar  a tolerância e a paciência.
Dalai Lama



Luar Do Sertão - Luiz Gonzaga e Milton Nascimento (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUlVNEEzVFZZaGtRJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2c3Ij)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 30 de Junho de 2011, 21:37
(http://d.yimg.com/cc/image/resize/*/550x4500/true/false/http%3A%2F%2Fd.yimg.com%2Fgg%2Fu%2F72b4b47d8b05ebec1cdc6cec181a3a960ba3c874.jpeg)

Eu só quero viver em paz e usufruir do que Deus nos deixou no mundo, não preciso de riquezas materiais para ser feliz. Apenas quero sentir o que Deus nos fala em nossos ouvidos em um simples soprar do vento.
Bob Marley


bob marley (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW5sazlTajROczJrIw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 01 de Julho de 2011, 10:25
                                        VIVA JESUS!


       Bom-dia! queridos irmãos.

               Poetas Redivivos

Eles, os poetas, voltam do País da Luz, cantando outra vez.

Muitos deles, nos escuros labirintos de ontem, mergulhavam o tesouro da inspiração nas, correntes espessas do pessimismo e da angústia, hoje, porém, redivivos no Mundo Maior, acendem a flama do próprio estro, clareando-nos o caminho.

Basta vezes, agora, se referem à dor, mas unicamente para nomeá-la por trilha ascendente no rumo da perfeita alegria. Falam de saudade e sonho, provação e lágrima, mostrando-lhes a função de cinzéis no burilamento do espírito.

Pássaros da inteligência, cindindo o espaço da grande libertação, voltam a reconfortar os irmãos que ainda se debatem no visco das paixões terrenas, arrastando o pesado lastro do sofrimento reparador, restaurando-lhes a força e reavivando-lhes a esperança. E, nessa faina bendita de esparzir compreensão e alegria, ensinamento e consolo, expressam-se no idioma que lhes é peculiar, comunicando vida nova a quantos lhes respirem a faixa de ideal e beleza.

Efetivamente, dispensariam qualquer apresentação no limiar deste trabalho que lhes consubstancia a mensagem de paz e amor; entretanto, cala-se-nos a voz, diante dos lavores artísticos em que se lhes vazam, nestas páginas, a idéia e a emoção, para que lhes identifiquemos tão-somente o anseio de espalhar sobre a Terra as sementes do progresso espiritual.

Irmãos da Luz, esquecem a senda de sombras que atravessaram no mundo e, convertidos todos eles, em vexilários da alvorada, reúnem-se aqui para proclamarem às criaturas irmãs da Terra que, além da morte, a vida não cessa, tanto quanto, para lá da noite, desabrochará sempre o fulgor de novo dia.

Ao contemplá-los, emergindo de novas Castálias da Imortalidade Triunfante, saudamos neles - companheirismo beneméritos - toda uma legião de construtores da Era Nova, rogando ao Senhor da Vida, não só para que nos predisponha a receber-lhes proveitosamente a visita edificante e renovadora, mas também para que os enalteça e abençoe.

Emmanuel

Psicografia de Francisco Cândido Xavier



                                                               PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 01 de Julho de 2011, 13:27
(http://lh6.ggpht.com/_iJ-e62tFSZ4/TEI8O7Gw_wI/AAAAAAAAENA/ahLu0319x5o/s512/02cxd.png)

...posso dizer agora
que não te amo mais
mas não posso dizer
que vou te esquecer...
(sandra mello flor)


AMOR I LOVE YOU (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTVUZFRhY2l6WWRBJmFtcDtmZWF0dXJlPWZ2c3Ijd3M=)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 01 de Julho de 2011, 13:35
(http://lh3.ggpht.com/-eOq_FQlKpgI/TgxQev6MIcI/AAAAAAAABDs/u9JkkJBkMe8/s400/bom%252520dia.png)

...cada tiquinho de Paz que levo para uma pessoa

vale a Paz que nunca foi minha !

*Chico Xavier *


A Paz - Roupa Nova (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUNVX0pSS29GOE5zIw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 01 de Julho de 2011, 13:44
(http://images.orkut.com/orkut/photos/PQAAAOVP51gRxeaMYjJ1BsV2Pg_fjMucIQ28CYYaKFxxBxqWx4bBvofpXn3F9mL1IOytVS06NjWoDnOK1PwRdRayPW4Am1T1ULE1gqjb8L-QIgWHyBE-_l5b0Vp3.jpg)

Que a cada manhã,
você sinta em seu coração
a certeza de que
a vida sempre espera
de braços abertos,
para receber suas expectativas
 e realizá-las uma a uma.


YouTube - Broadcast Yourself. (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTZ1NHUxWmxna2Y0JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 03 de Julho de 2011, 08:57
                                      VIVA JESUS!


       Bom-dia! queridos irmãos.

             
Afeições

Se pretendes conquistar
A bênção do amor na vida,
Não prendas, alma querida,
O coração de ninguém.

O amor é assim qual o rio
Que tanta grandeza encerra,
Ele, o irmão... a irmã é a terra,
Unidos fazendo o bem.

Se a terra prendesse o rio,
Ei-lo pântano perfeito;
Se o rio largasse o leito,
Eis o deserto a reinar;

Mas se um apóia o outro,
Trabalhando livremente,
Formam a grande corrente
Que se renova no mar

Nessa linha, as afeições,
Sob o respeito profundo
Que devemos dar ao mundo,
Aos que amamos - teus e meus –
São sempre o amor sem mudança
Em constante primavera,
A luz divina que espera
Mais luz nas Luzes de Deus.


Maria Dolores

Do Livro “Maria Dolores”, Francisco Cândido Xavier, pelo Espírito Maria Dolores


                                                             PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 04 de Julho de 2011, 11:49
                                        VIVA JESUS!


         Bom-dia! queridos irmãos.

                   Sândalo ferido

Aureci Figueiredo Martins

Quando alguém te ferir, irmão querido,
Não permitas que o ódio te exaspere:
Busca a força que a prece nos confere
E perdoa o algoz, compadecido.

Deixa que a voz do amor te retempere
Pondo-te a ouvi-la desensurdecido:
"Sede vós como o sândalo ferido
Que aromatiza a lâmina que o fere."

Nossas dores são débitos passados;
Agressores, amigos disfarçados
A quem devemos reconhecimento.

Há pois no mundo um sábio regramento:
Injustiças as há, e há culpados;
Não existem porém injustiçados.
 

O confrade e poeta Aureci Figueiredo Martins, associado ao website http://www.institutoesp.blogspot.com/, reside em Porto Alegre, RS.


                                                              PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Julho de 2011, 14:07
(http://lh4.ggpht.com/_CESROCqYSrs/TdBZ2v8pf_I/AAAAAAAABtQ/a_ZpaxEk51Y/s400/tumblr_l1n60iR1gV1qbnus9o1_500.jpg)


“Há pessoas que guardam seus sonhos em uma caixinha
e dizem que têm ilusões.
Depois guardam as caixas e,
de vez em quando,
abrem-nas para comprovar que os sonhos continuam ali.
São grandes planos,
mas nunca sairão de suas caixas.
É preciso muita coragem pra saber
se somos tão bons quanto nossos sonhos.”

Erma Bombeck


* Além Do Arco-Íris * - Luiza Possi (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTVJRzdXTTlQd3RBIw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: Mizica em 04 de Julho de 2011, 14:29
 :-* :-*
Bom dia com carinho!
Mizica

SEGUNDO CORAÇÃO

DEVERA, para o amor, haver na gente,
um outro coração intercalado,
que para o amor pulsasse unicamente,
sem ódio, sem rancor e sem pecado.

Que fosse um coração imunizado
contra qualquer sentido diferente;
feito do amor, por ele escravizado,
pulsando sem cessar, constantemente!

Que o amor impuro que há purificasse,
banindo a ingratidão, a falsidade,
e sem amar, a mais ninguém deixasse.

Que a vida desse o dom da meiga flor,
tornando-a, sem luxúria, sem maldade,
amor!. Somente amor! ... Somente amor! ...



Psicografia de Chico Xavier
Do livro - Flores de Outono, pelo espírito Jésus Gonçalves.
Livraria Allan Kardec Editora.

Deus cuida de mim (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTlRandXcVN2RTZFJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Julho de 2011, 15:18
(http://files.pro-vocare-rn.webnode.com.br/200000005-6e42b6f3c9/corpus_christi.gif)
Jesus Cristo
Maria Bethânia
Composição: Roberto Carlos e Erasmo Carlos

Jesus Cristo, Jesus Cristo
Jesus Cristo eu estou aqui
Olho pro céu e vejo uma nuvem branca
Que vai passando
Olho na terra e vejo uma multidão
Que vai caminhando
Como essa nuvem branca
Essa gente não sabe aonde vai
Quem poderá dizer o caminho certo
É você meu Pai
Jesus Cristo, Jesus Cristo
Jesus Cristo eu estou aqui

Toda essa multidão tem no peito amor
E procura a paz
E apesar de tudo a esperança não se desfaz
Olhando a flor que nasce
No chão daquele que tem amor
Olho pro céu e sinto
Crescer a fé no meu Salvador
Jesus Cristo, Jesus Cristo
Jesus Cristo eu estou aqui

Em cada esquina eu vejo
O olhar perdido de um irmão
Em busca do mesmo bem
Nessa direção caminhando vem
É meu desejo ver aumentando sempre
Essa procissão
Para que todos cantem na mesma voz essa oração
Jesus Cristo, Jesus Cristo
Jesus Cristo eu estou aqui

MARIA BETHANIA " JESUS CRISTO " (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWl5MTBySDJLak5vIw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Julho de 2011, 15:36
(http://sitedepoesias.com/imagens/poemas/72337.jpg)
Campos dos Girassóis

Galáxia campestre, sóis em flores!
Tapete natural, dançarinos do vento.
Fraternidade de abraços e toques.
Olhos da vida, plexos solares,
Vestes de pétalas amarelas,
E no interior, coração dourado.
Ouro vivo a brindar a brisa,
Num lúdico balanço, num ensaio,
Partículas do Todo,
E o Todo está em todas as partes.
Campos do céu em visita a Terra,
Brincam com os sentidos.
Tingem em amarelos a imaginação.
(Gilberto Brandão)

Girassol - Alceu Valença (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVFJRW5IN2NRTnFzJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Julho de 2011, 15:50
(http://sitedepoesias.com/imagens/poemas/70664.jpg)


 
Frutos, por que não nascem os frutos?
Insistem em surgir flores, belas flores,
Mas onde está a polpa dos frutos?
Deserto avança sobre o oásis,
Ou o oásis expande sobre o deserto?
Criação e criaturas, de onde vêm?
Não sabendo a gênese, ainda assim,
Haveremos de construir o último instante?
Nenhuma exclamação, somente interrogações,
Dos tantos ‘por ques’,
Que só tiveram silêncio como resposta,
Ainda assim, melhor o silêncio,
Do que a tolice que sobre tudo avança.
Sol que não esquenta, que ilude com a luz,
Qual lume que se perde nas trevas de cada um?
Calados, que todos se calem, voz alguma,
Nem espada, nem cajado, apenas passos,
Numa estrada sem fim, em trilhas perdidas,
Olhos perdidos para o infinito dos muitos céus.
E um insistente coração pulsando para não morrer.
E todo tempo parece antes perturbar que consolar,
A eternidade incomoda, a efemeridade é insuficiente,
São tantas as reflexões já perdidas, já idas,
E já existe tanto passado, que o futuro se escasseia,
Então, resta um sorrir meio melancólico,
Um brotar de ironia, que gargalhou em sarcasmo,
Para depois clamar pela estranha felicidade,
E ela musa fugidia, entreolhou para o olhar da alma,
E esta recolheu-se, não quis ser por um momento,
Beijou com afeto a vontade, mas só quis ser livre.
Gilberto Brandão Marcon


I AM FREE (EU SOU LIVRE) .wmv (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW1rNnlteUtMclZnIw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Julho de 2011, 19:25
(http://palavrastodaspalavras.files.wordpress.com/2008/05/manoel-de-andrade-foto-do-poema-do-cleto-amigos1.jpg)
BONS AMIGOS

Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!
Machado de Assis


http://lh4.ggpht.com/-TtSp2dRMhDY/Te-0IH-gxgI/AAAAAAAADFQ/tR4_Elp3TFU/75%252528FB%252529.jpg
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Julho de 2011, 19:34
(http://3.bp.blogspot.com/_CnsNRXINA_k/SlO0Xpc782I/AAAAAAAADKQ/Sm87ok2Tgn4/s400/amigos.bmp)

A Lista

Faça uma lista de grandes amigos,
quem você mais via há dez anos atrás...
Quantos você ainda vê todo dia ?
Quantos você já não encontra mais?
Faça uma lista dos sonhos que tinha...
Quantos você desistiu de sonhar?
Quantos amores jurados pra sempre...
Quantos você conseguiu preservar?
Onde você ainda se reconhece,
na foto passada ou no espelho de agora?
Hoje é do jeito que achou que seria?
Quantos amigos você jogou fora...
Quantos mistérios que você sondava,
quantos você conseguiu entender?
Quantos defeitos sanados com o tempo,
era o melhor que havia em você?
Quantas mentiras você condenava,
quantas você teve que cometer ?
Quantas canções que você não cantava,
hoje assobia pra sobreviver ...
Quantos segredos que você guardava,
hoje são bobos ninguém quer saber ...
Quantas pessoas que você amava,
hoje acredita que amam você?
Oswaldo Montenegro


A Lista - Oswaldo Montenegro (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWFWOTl5cGJDaWR3Iw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Julho de 2011, 20:36
(http://lh3.ggpht.com/-SW8U-wsMe6s/TegJS_yrBhI/AAAAAAAAAXI/F7rNOPF8zHg/s400/_c9d.jpeg)

A vida me chama...
Com passos largos e sorriso torto!

E eu piso descalça, algumas vezes ferindo os pés,
outras vezes pisando em flores...

E quando é dia busco a luz do sol
para guiar meus passos e quando é noite?

Danço nas estrelas
para não morrer meus sonhos...

Lou Witt

Maneva Pisando descalço (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWlxODUtaG05VTBFIw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Julho de 2011, 23:47
(http://lh5.ggpht.com/_Q5gc-rU7Za0/SSSIZK_Mw1I/AAAAAAAALvA/VS8vz6kn7kU//dns3.png)

Ternura

Eu te peço perdão por te amar de repente
Embora o meu amor
seja uma velha canção nos teus ouvidos
Das horas que passei à sombra dos teus gestos
Bebendo em tua boca o perfume dos sorrisos
Das noites que vivi acalentando
Pela graça indizível
dos teus passos eternamente fugindo
Trago a doçura
dos que aceitam melancolicamente.
E posso te dizer
que o grande afeto que te deixo
Não traz o exaspero das lágrimas
nem a fascinação das promessas
Nem as misteriosas palavras
dos véus da alma...
É um sossego, uma unção,
um transbordamento de carícias
E só te pede que te repouses quieta,
muito quieta
E deixes que as mãos cálidas da noite
encontrem sem fatalidade
o olhar estático da aurora.
(Vinícius de Moraes)


ILUMINADOS ( Ivan Lins ).wmv (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTJQNFlDdi1yOGxBIw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 04 de Julho de 2011, 23:56
(http://i30.tinypic.com/6jhf8y.jpg)



Amor em paz

Eu amei
Eu amei, ai de mim, muito mais
Do que devia amar
E chorei
Ao sentir que iria sofrer
E me desesperar

Foi então
Que da minha infinita tristeza
Aconteceu você
Encontrei em você a razão de viver
E de amar em paz
E não sofrer mais
Nunca mais
Porque o amor é a coisa mais triste
Quando se desfaz
(Vinícius de Moraes)



Vieste & Iluminados _ Ivan Lins_(montagem c/ legenda) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUtieFk1MC1oaS1VJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 05 de Julho de 2011, 00:02
(http://jaimeefreitas.files.wordpress.com/2010/06/viver31.jpg)
Soneto a quatro-mãos

Tudo de amor que existe em mim foi dado
Tudo que fala em mim de amor foi dito
Do nada em mim o amor fez o infinito
Que por muito tornou-me escravizado.

Tão pródigo de amor fiquei coitado
Tão fácil para amar fiquei proscrito
Cada voto que fiz ergueu-se em grito
Contra o meu próprio dar demasiado.

Tenho dado de amor mais que coubesse
Nesse meu pobre coração humano
Desse eterno amor meu antes não desse.

Pois se por tanto dar me fiz engano
Melhor fora que desse e recebesse
Para viver da vida o amor sem dano.
Vinícius de Moraes

É preciso saber viver (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWV0SWRNVmQzRllZJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 05 de Julho de 2011, 00:12
(http://2.bp.blogspot.com/_jL43hZIgXJA/TGBBFWMKUQI/AAAAAAAAAEg/VwLZjeOTtQg/s400/casal-de-idosos-brincando-%5B1%5D.jpg)

Amor

Vamos brincar, amor? vamos jogar peteca
Vamos atrapalhar os outros, amor, vamos sair correndo
Vamos subir no elevador, vamos sofrer calmamente e sem precipitação?
Vamos sofrer, amor? males da alma, perigos
Dores de má fama íntimas como as chagas de Cristo
Vamos, amor? vamos tomar porre de absinto
Vamos tomar porre de coisa bem esquisita, vamos
Fingir que hoje é domingo, vamos ver
O afogado na praia, vamos correr atrás do batalhão?
Vamos, amor, tomar thé na Cavé com madame de Sevignée
Vamos roubar laranja, falar nome, vamos inventar
Vamos criar beijo novo, carinho novo, vamos visitar N. S. do Parto?
Vamos, amor? vamos nos persuadir imensamente dos acontecimentos
Vamos fazer neném dormir, botar ele no urinol
Vamos, amor?
Porque excessivamente grave é a Vida.


Barão Vermelho - Por Você (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTdPMzNFS1VlNXNJIw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 05 de Julho de 2011, 13:26
(http://lh5.ggpht.com/_IThQsybvTG0/SFMMNxFWGJI/AAAAAAAAH10/tpdpm5RxIsU/s350/ROSA20AZUL20663.jpg)
Preciso Dizer Que Eu Te Amo
Cazuza
Composição: Bebel Gilberto / Cazuza / Dé

Quando a gente conversa
Contando casos, besteiras
Tanta coisa em comum
Deixando escapar segredos
E eu não sei que hora dizer
Me dá um medo, que medo

É que eu preciso dizer que eu te amo
Te ganhar ou perder sem engano
É, eu preciso dizer que eu te amo tanto

E até o tempo passa arrastado
Só pra eu ficar do teu lado
Você me chora dores de outro amor
Se abre e acaba comigo
E nessa novela eu não quero
Ser teu amigo

É que eu preciso dizer que eu te amo
Te ganhar ou perder sem engano
É, eu preciso dizer que eu te amo tanto

Eu já nem sei se eu tô misturando
Eu perco o sono
Lembrando em cada riso teu
Qualquer bandeira
Fechando e abrindo a geladeira
A noite inteira

Eu preciso dizer que eu te amo
Te ganhar ou perder sem engano
Eu preciso dizer que eu te amo tanto


Eu preciso dizer que te amo... Cazuza & Bebel (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXMzQkd2Wkh2UUQ0Iw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 05 de Julho de 2011, 15:40
(http://lh3.ggpht.com/-flRS-RQCscE/TgnqwXgYQgI/AAAAAAAADLE/F_j4v-XnPfw/17%252528FB%252529.png)


"Ame algo mais elevado,
algo maior,
algo no qual você se perderá
e que não possa controlar;
você pode ser possuído por ele,
mas não pode possuí-lo.
Então o ego desaparece, e,
quando o amor não tiver ego,
ele será prece.
(Osho)


musica indiana (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXVFYzhzRjBXeDdZJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 05 de Julho de 2011, 15:44
(http://www.gotasdeamoreluz.com.br/gifs/216.gif)

A começar por Mim

Jesus,
Quero postar-me sempre a Teu serviço,
E cantar mundo afora a Tua mensagem
Transformada na Terra em confortante
e doce aragem.
Não pretendo, jamais, fazer-me omisso,
Ante tanto trabalho que me espera
Como seareiro da esperança,
Antecipando as conquistas da nova era.

Mestre,
Quero seguir-Te sem cansaço,
E pautar-me pelos Teus ensinamentos,
passo a passo,
Apresentando ao mundo o nosso Pai.
Quando vejo o caminho em que
nossa humanidade vai,
E percebo os enganos, os vícios, os males e a dor,
Sinto que posso ser útil onde for,
Sinto, então, que posso ser Teu instrumento.
Fortifica-me, assim, e ilumina-me
cada sentimento,
Inspira-me na ação do bem de cada dia.
Sabedor como sou de que esperas que a alegria
Alcance cada lar e cada coração,
Que vibras para que tudo seja renovação
Nos rumos dessa vida planetária,
Não permitas, Jesus,
Que a luta necessária possa cansar-me a alma.
Faze-me mais consciente do meu próprio dever,
Para que Teu servidor honrado eu possa ser,
Dando brilho e valor aos labores pelo mundo.
Quero dizer-Te, enfim,
Que posso abrir os braços
E abraçar os meus irmãos, que, como eu,
São caminheiros do progresso,
E, por isso, Jesus, é que ainda Te peço:
Abrasa-me todo ser para que eu seja
nobre e companheiro,
Espalhando no planeta o Teu luzeiro,
E, ao mesmo tempo, que ouvir-Te a doce voz,
Porque, então, jamais me sentirei a sós,
E, encorajado, cantarei, enfim,
Toda ventura que me irá na alma,
Feliz por poder acolher-Te dentro de mim.

Pelo Espírito
Ivan de Albuquerque

indiani d'america *** now we are free (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWJRZnVUNE1wemdVJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: Dothy em 06 de Julho de 2011, 00:11
Querida amiga Helena... Muita paz e luz

 Que felicidade termos novamente tua companhia

Como é maravilhoso estar neste espaço dedicado a poesia




Diante da noite


 

Amaral Ornellas

 

Clamando em toda a Terra há sofrimento insano,

Ao látego da dor que vibra estrada afora,

Abrindo sem cessar, em sombra que apavora,

Os conflitos do mal escuro e desumano.

 

Enquanto o mundo hostil se despedaça e chora,

Desditoso e revel no extremo desengano,

Abre teu coração ao Cristo soberano

E aguarda a nova luz da sublimada aurora.

 

Ruge, em torno de nós, a tempestade imensa...

O aquilão da impiedade e o frio da descrença

Trazem negrume e lama à carne transitória.

 

Somente com Jesus a alma operosa e atenta

Vive acima da treva e acima da tormenta,

Prelibando o esplendor da suprema vitória.

 

 

 

Do Livro  "Através do Tempo", de Francisco Cândido Xavier - Espíritos Diversos

Digitado por Dora Carvalho
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 06 de Julho de 2011, 13:38
Dothy, como fico feliz com suas palavras... Obrigada, amiga!
Linda poesia trazida por espíritos amigos ao nosso amado Francisco Cândido Xavier...
Com gratidão,
Helena
(http://lh3.ggpht.com/_r7mREx_BKjQ/TEjwPvUYFmI/AAAAAAAAArU/-UKqCuP7W_Y/s400/n904.png)
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------
(http://lh4.ggpht.com/_RyFh5u0y_iM/TTuDrQCLE_I/AAAAAAAABjs/bUKeGsRXyaM/1308409o4jd97e30o.gif)
Por Motivos de Força Maior
Getúlio côrtes

Então,cheguei sozinho e quis rever a nossa casa.
O desalinho dos cabelos disfarçei
O muro mal pintado, algumas flores escondidas,
Degraus empoeirados, a varanda esquecida,
No meio de uma sala um tapete
No fim do corredor a porta do nosso quarto
Que guardava antigas frases e atitudes inseguras
Todos os erros, os nossos gestos incontidos
Seus apuros e segredos.
Depois de tanto tempo, eu a encontro se escondendo
Atrás de frases repetidas, pra justificar
A sua decisão de separar as nossas vidas.
Por isso acomodei, sem ter razão pra contornar.
Você se fez senhora,somente por respeito
E por escrito, mas fica o dito por não dito,
E as suas mágoas eu respeito,
Mas não aceito o argumento de que agora se arrepende
E por motivo de força maior, é melhor partir

Se alguém me acompanha,deve saber
Que às vezes só ganha quem sabe perder.




Roberto Carlos - Por motivo de força maior (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWxPY0dSSFliU3BvJmFtcDtOUj0xIw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 06 de Julho de 2011, 13:44
(http://lh4.ggpht.com/_CftI3rtOyYY/St6MS7k-vvI/AAAAAAAAAE8/IH7w9rCsB6c/s400/.png)


Pássaros

Existem ausências...
que se tornam pássaros na leveza
De um vôo sem estação, sem brumas ou sol
Apenas um vôo silencioso sem direção...

¬Cida Luz¬


Uma Vez Mais - Ivo Pessoa (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVBnalBocVAxNTNFJmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZCM=)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 06 de Julho de 2011, 13:52
(http://lh4.ggpht.com/-GUpTSynyw8Y/ThJhN1immbI/AAAAAAAAQ7k/2bOxUIf27Y0/s800/trago.png)

   
Seja alegre e sereno(a) sempre, e quando a tristeza quiser encobrir o sol de sua vida faça uma oração com fé é louvor ao pai Deus e a luz brilhará novamente em você.
Sergio Siqueira


Tristeza - Toquinho (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTRlU1Q2N1h1ei00Iw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 06 de Julho de 2011, 14:04
(http://lh3.ggpht.com/_AGNfuySIl5s/STHilC-NUPI/AAAAAAAACa0/CUq-EMo6fec/s400/Namorar.png)



Um anjo...
... foi o que me tornei. Morri mas sobrevivi pelo seu amor.
Estou aqui agora, por você.
Para te tomar em meus braços e
te fazer se apaixonar por mim novamente.

Eu te amo mas seu amor foi embora quando morri;
mas estou aqui agora, para te levar comigo.

Sonhe comigo; te carregarei em meus braços,
voando dentro da noite.
Acorde ao meu lado e beije-me
na cama, nas nuvens, no céu.
Brilhante e Irradiante.

Me ame; seu amor é tudo o que
eu preciso.
Você me faz viver melhor cada vez
mais. Você me dar tudo só por
respirar.

Seu olhar me enlouquece.
Sou um anjo apaixonado.
Um anjo vivendo no mundo real
novamente.
Sou um anjo vivendo por seu amor.
Um amor que me oprime inevitavelmente.

Sou um anjo... vivendo sozinho; esperando você
acreditar que estou vivo.
Sou um anjo... alimentado pela esperança
de te ter de novo ao meu lado. Em meus
braços.
Sou um anjo... vivendo angustiado.
..............................................Carlos Eduardo A. Souza




Soneto do Amor Total Vinícius de Moraes (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUFwdUtuUTlNQXFZJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 07 de Julho de 2011, 00:44
                                      VIVA JESUS!


       Boa-noite! queridos irmãos.

              Tudo fala de Amor

Fita, viajor, o Azul do velário bendito!
A vida se revela a súbitos relampos...
Cataratas de luz rolam nos céus escampos,
Tudo fala de amor na pompa do Infinito!

Contempla a Terra presa a pávido conflito!
Faustos, cimos, lauréis são pobres pirilampos,
Se prelibas a paz de outros sóis e outros campos,
Alma pairando além...Além do peito aflito!

Por muito hajas sofrido, em lágrimas, sozinho,
Perdoa a pedra, a serpe, o empeço, a poeira, o espinho...
Pensa nas florações da eterna primavera!

Segue esparzindo em torno os pomos da alegria,
Enquanto a noite passa e a aurora se anuncia,
Ama, crê, serve, chora, apura, sonha e espera!...


*Alves de Faria

Do livro “Sonetos de Vida e Luz”, de Waldo Vieira, por Espíritos DiversosTudo fala de Amor
 
















Fita, viajor, o Azul do velário bendito!
A vida se revela a súbitos relampos...
Cataratas de luz rolam nos céus escampos,
Tudo fala de amor na pompa do Infinito!

Contempla a Terra presa a pávido conflito!
Faustos, cimos, lauréis são pobres pirilampos,
Se prelibas a paz de outros sóis e outros campos,
Alma pairando além...Além do peito aflito!

Por muito hajas sofrido, em lágrimas, sozinho,
Perdoa a pedra, a serpe, o empeço, a poeira, o espinho...
Pensa nas florações da eterna primavera!

Segue esparzindo em torno os pomos da alegria,
Enquanto a noite passa e a aurora se anuncia,
Ama, crê, serve, chora, apura, sonha e espera!...


*Alves de Faria

Do livro “Sonetos de Vida e Luz”, de Waldo Vieira, por Espíritos Diversos


                                                              PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 07 de Julho de 2011, 17:11
(http://lh6.ggpht.com/_BkIcAs3lzRA/SjVItizGR-I/AAAAAAAACVM/TL87Lp_FaBc/11h5jqw.png)

Quando for amar, ame o mais profundo que puder.
Quando for falar, fale o que for realmente  necessário...
Quando for sorrir, procure fazê-lo com os olhos também...
Quando pensar em desistir, lembre-se da luta que foi começar

Quando quiser se declarar a alguém, faça isso com sinceridade
Sem medo do que - quem quer que seja - pensará de você...


Carinhoso - Jessé Sadoc - Um Barzinho, um violão - .wmv (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWRpRFF1eU1nYWxrIw==)

Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 09 de Julho de 2011, 00:09
(http://lh4.ggpht.com/_ynQJzaqKuAU/TErWDDoR2II/AAAAAAAABTM/mPs2oV4mJGs/s800/2.png)


Da mais linda rosa vi brotar o perfume...

Da mais linda rosa vi brotar o perfume...
Do mais suave sorriso presenciei esperança...
De um forte abraço confiança...
De um nobre gesto ternura...
Em um simples toque, medo...
No mais arrepiante olhar, dúvidas...
Nas mortes importunas, frieza...
Em cada passo, firmeza...
Em você, a mais pura beleza...
Em mim, a fraqueza do amor!!!
(Kleberson Rodrigues Gomes)


Rosa-Luiz Melodia (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUV5OW5jeXVPUFVZJmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 09 de Julho de 2011, 00:22
(http://3.bp.blogspot.com/_VhY4VXOy5ZY/Sc6etKQ2XmI/AAAAAAAAAGs/TPmuacccB3Y/s320/sofrimento.jpg)
Eu só peço a Deus
Beth Carvalho

    Composição: Leon Gieco e Raul Ellwanger

    Eu só peço a Deus
    Que a dor não me seja indiferente
    Que a morte não me encontre um dia
    Solitário sem ter feito o que eu queria

    Eu só peço a Deus
    Que a injustiça não me seja indiferente
    Pois não posso dar a outra face
    Se já fui machucado brutalmente

    Eu só peço a Deus
    Que a guerra não me seja indiferente
    É um monstro grande e pisa forte
    Toda fome e inocência dessa gente

    Eu só peço a Deus
    Que a mentira não me seja indiferente
    Se um só traidor tem mais poder que um povo
    Que este povo não esqueça facilmente

    Eu só peço a Deus
    Que o futuro não me seja indiferente
    Sem ter que fugir desenganando
    Pra viver uma cultura diferente.

Eu só peço a Deus - Mercedes Sosa e Beth Carvalho - music4peace (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXR6OUFxSC1NcXU4Iw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 09 de Julho de 2011, 22:28
(http://images.orkut.com/orkut/photos/PQAAAFGleW-RahtSCGM9RviS49q-unqqimMv3hpvuXrFVEq2jfhH1fM2t-MON-jD4Oeajq3uwoxh5nAq2l4tKQel39sAm1T1ULS13omKqMKX1RL7lZ2PugBtDGuh.jpg)

"......Amo pessoas que soltam bolinhas de sabão,
pipas coloridas e param para escutar a música do realejo,
elas brincam com a criança interior da alma ... "
D.A.


Trio Esperança - Bolinha de sabão (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVQtUEpTM3pTWnU4Iw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Julho de 2011, 00:33
PRECE ÁRABE

(http://2.bp.blogspot.com/_7a2iHS94gNk/SupDGptvpYI/AAAAAAAAAYs/mLYSXdfPE_g/s320/prece.jpg)

Deus, não consintas que eu seja
O carrasco que sangra as ovelhas,
Nem uma ovelha nas mãos dos algozes.
Ajuda-me a dizer sempre a verdade
Na presença dos fortes,
E jamais dizer mentiras para ganhar os aplausos dos fracos.

Meu Deus!
Se me deres a fortuna,
não me tires a felicidade;
Se me deres a força, não me tires a sensatez;
Se me for dado prosperar,
não permita que eu perca a modéstia,
Conservando apenas o orgulho da dignidade.
Ajuda-me a apreciar o outro lado das coisas,
Para não enxergar a traição dos adversários,
Nem acusá-los com maior severidade do que a mim mesmo.
Não me deixes ser atingido pela ilusão da glória, quando bem sucedido
E nem desesperado quando sentir insucesso.
Lembra-me que a experiência de um fracasso
poderá proporcionar um progresso maior.

Ó Deus!
Faze-me sentir que o perdão é maior índice da força,
E que a vingança é prova de fraqueza.
Se me tirares a fortuna,
Deixe-me a esperança.
Se me faltar a beleza da saúde,
Conforta-me com a graça da fé.
E quando me ferir a ingratidão e a
incompreensão dos meus semelhantes,
Cria em minha alma a força da desculpa e do perdão.

E finalmente Senhor,
Se eu Te esquecer,
Te rogo mesmo assim,
Nunca Te esqueças de mim !

(Traduzido do Árabe por Seme Draibe.)

Prece Árabe (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PW5Ha09PR2lONWtrI3dz)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Julho de 2011, 12:16
(http://3.bp.blogspot.com/-Nop3lFbu4PU/TeUI1KHPy4I/AAAAAAAAFFM/1pFEPARziAc/s320/pt039.jpg)

Não desista, vá em frente.
Sempre há uma chance de você tropeçar em algo maravilhoso.
Nunca ouvi falar em ninguém que tivesse tropeçado em algo enquanto estava sentado.

Caio Fernando Abreu


Tocando em Frente - Paula Fernandes & Leonardo (Novela Araguaia) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWtSV0pwYzlmR2F3I3dz)

Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Julho de 2011, 12:32
Um domingo de paz, amigos!!
Bjs e carinhos!

(http://3.bp.blogspot.com/-P_HF4naoeoE/TeYqDRetKVI/AAAAAAAAFFk/YnJXRCRcuKw/s320/pt045.jpg)

Tenho tanto direito de receber amor quanto de respirar.
Tenho o direito de respirar porque existo.
Tenho o direito de ser amado porque existo.
Sou merecedor do meu próprio amor.
Não permito que a opinião negativa dos outros
 ou preconceito da sociedade me façam achar
 que não sou bom o suficiente.
 Eu mereço ser amado.
Aceito e reconheço isso.
Percebo que agora me tratam
como uma pessoa merecedora de amor.

Louise Hay


Flash Back (Anos 80 e 90) - Parte I (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXY1Z2Y5RC1hS1k0JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Julho de 2011, 12:57
(http://28.media.tumblr.com/tumblr_lh6pk0Bqcw1qgnzdpo1_500.jpg)

"Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele,
ou por sua origem, ou sua religião.
Para odiar, as pessoas precisam aprender...
e se elas aprendem a odiar,
podem ser ensinadas a amar,
pois o amor chega mais naturalmente
ao coração humano do que o seu oposto.
A bondade humana é uma chama
que pode ser oculta,
 jamais extinta.

(Nelson Mandela)


Racismo afecta identificação com a dor física do outro (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PXBBS3ZSWThZSTFVIw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Julho de 2011, 13:12


(http://1.bp.blogspot.com/-GPPdXTZirHg/TcKJMXvLErI/AAAAAAAAE0k/Lf1AYnLYSjs/s320/1b924da6a7a80dae5eb50a22ee5f2e06299555d9.jpeg)

Você tem preocupações? Tem muitos pensamentos do tipo “e se”? Você está identificado com a mente, que está se projetando num futuro imaginário e criando o medo. Não há como enfrentar tal tipo de situação, porque ela não existe. É um fantasma mental. Você pode parar com essa insanidade que corrói a saúde e a vida aceitando simplesmente o momento presente...

Viva no presente!

Eckhart Tolle


FRANCIS HIME & CHICO BUARQUE " E SE " (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PThoYlJfN3J0djVnIw==)


Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Julho de 2011, 16:14
(http://3.bp.blogspot.com/-4fx-gxtVcrw/TcAzQ1GMnTI/AAAAAAAAANI/iGeJEfxAYGE/s300/sorria.jpg)
Ei!
Sorria... Mas não se esconda atrás desse sorriso...
Mostre aquilo que você é, sem medo.
Existem pessoas que sonham com o seu sorriso, assim como eu.
Viva! Tente! A vida não passa de uma tentativa.
Ei! Ame acima de tudo, ame a tudo e a todos.
Não feche os olhos para a sujeira do mundo, não ignore a fome!
Esqueça a bomba, mas antes, faça algo para combatê-la, mesmo que se sinta incapaz.
Procure o que há de bom em tudo e em todos.
Não faça dos defeitos uma distancia, e sim, uma aproximação.
Aceite! A vida, as pessoas, faça delas a sua razão de viver.
Entenda! Entenda as pessoas que pensam diferente de você, não as reprove.
Ei! Olhe... Olhe a sua volta, quantos amigos...
Você já tornou alguém feliz hoje?
Ou fez alguém sofrer com o seu egoísmo?
Ei! Não corra. Para que tanta pressa? Corra apenas para dentro de você.
Sonhe! Mas não prejudique ninguém e não transforme seu sonho em fuga.
Acredite! Espere! Sempre haverá uma saída, sempre brilhará uma estrela.
Chore! Lute! Faça aquilo que gosta, sinta o que há dentro de você.
Ei! Ouça... Escute o que as outras pessoas têm a dizer, é importante.
Suba... faça dos obstáculos degraus para aquilo que você acha supremo,
Mas não esqueça daqueles que não conseguem subir a escada da vida.
Ei! Descubra! Descubra aquilo que há de bom dentro de você.
Procure acima de tudo ser gente, eu também vou tentar.
Ei! Você... não vá embora.
Eu preciso dizer-lhe que... te adoro, simplesmente porque você existe.
(Nine)

SORRIA.wmv (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVJfOFRyQmt2Z3Q0JmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZCM=)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Julho de 2011, 23:22
(http://4.bp.blogspot.com/_Kpeov3_d-aU/S-D56FMJV3I/AAAAAAAANIk/rwJMV1MAgzc/s400/Vestir+um+poema+XXX.jpg)

UM POEMA

Não tenhas medo, ouve:
É um poema
Um misto de oração e de feitiço...
Sem qualquer compromisso,
Ouve-o atentamente, de coração lavado.
Poderás decorá-lo
E rezá-lo
Ao deitar ao levantar,
ou nas restantes horas de tristeza.
Na segura certeza de que mal não te faz
E pode acontecer que te dê paz...

Miguel Torga

Ney Mato Grosso - Poema (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVFsR3ZjX3A4ajZJIw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 10 de Julho de 2011, 23:29
(http://lh4.ggpht.com/_BhacCDvoQns/SXaEh3PeT4I/AAAAAAAAD48/C7mMCm8NQ4M/s400/MeninaFlor.Miss%C2%AA.jpg)


Celebrar!

Se você me perguntar o que é Deus, direi: o total de todas as celebrações — celebrações pequenas e mundanas.

Um amigo vem e segura a sua mão ou te abraça. Não perca essa oportunidade — porque Deus veio na forma da mão, na forma do amigo. Uma pequena criança passa e ri. Não perca isso, ria com a criança — porque Deus riu através da criança. Você passa na rua e uma fragrância vem dos campos. Pare ali por um momento e se sinta grato — porque Deus veio como fragrância.

Se você puder celebrar momento a momento, a vida se tornará religiosa — e não existe outra religião, não há necessidade de ir a qualquer templo. Então, onde você estiver é o templo, e tudo o que você estiver fazendo é religião.


Osho


YouTube - Broadcast Yourself. (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUJBVWRSZm9VbWF3JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
/celebrar.html#ixzz1RkCFb7TG
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 11 de Julho de 2011, 11:48
                                      VIVA JESUS!


       Bom-dia! queridos irmãos.

                 Determinismo

Antero de Quental
 

Nas estradas do mundo, no infinito,

Nas incontáveis eras milenárias,

Na aluvião de ideias multifárias,

O homem é o mesmo ser errante e aflito...

 

E ouve-se, a todo o tempo, o estranho grito

De heroísmo das almas solitárias,

Guias de luz dos miseráveis párias,

Saturadas de amor puro e bendito.

 

Mas segredos eternos e divinos

Pesam sobre a balança dos destinos,

Subjugando o mundo descontente.

 

E a humanidade, ansiosa de bonança,

No mistério do sonho e da esperança.

Conquista o céu, lutando eternamente.

 
Soneto psicografado pelo médium Francisco Candido Xavier, extraído do livro Lira Imortal, obra ditada por Espíritos Diversos.



                                                          PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 12 de Julho de 2011, 10:31
                                      VIVA JESUS!


        Bom-dia! queridos irmãos.

               
Ouve


Escuta! Enquanto a paz da oração te domina,
Qual melodia excelsa, a fremir, doce e mansa,
Há quem padeça e morra à míngua de esperança,
Rogando amparo, em vão, no lençol de neblina.

Ouve! A sombra tem voz que clama e desatina...
É a provação que ruge... A dor que não descansa...
Desce do pedestal da fria segurança,
Transfigura a bondade em fonte cristalina.

Estende o coração!... Serve, instrui, alivia...
Das sementes sutis de ternura e alegria
Prepararás, agora, o jardim do futuro...

Um dia, voltará à pátria de onde vieste
E apenas colherás na luz do Lar Celeste
O que dás de ti mesmo ao solo do amor puro.


Adolfo Oscar do Amaral Ornellas



                                                            PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 12 de Julho de 2011, 22:19
(http://www.brasilwiki.com.br/fotos/noticia_8023.jpg)
“Gatos amam mais as pessoas do que elas permitiriam. Mas eles têm sabedoria suficiente para manter isso em segredo” – Mary Wilkins -
Gato levado
Desceu do telhado
Correu pela casa
Estragou o bordado
Sujou todo o chão

Gato fominha
Engoliu a sardinha
Bebeu todo leite
Mais fome ele tinha
Comeu a ração

Gato matreiro
Banhou-se inteiro
Girou as orelhas
Fugiu sorrateiro
De medo do cão

Gato xereta
Entrou na maleta
Fez som engraçado
Diversas caretas
Lambeu minha mão

Gato cansado
Dormiu espichado
Orelhas em pé
Psiiiiiiiiu! Cuidado!
Não acorde ele não.


o ron ron do gatinho (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVpTWHRSRFNQbUtzJmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZCM=)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 12 de Julho de 2011, 22:48
Brincando de era uma vez

(http://images.orkut.com/orkut/photos/OgAAAEf_N0wm71aULsuSRKS4g3jDNZAW_DADcu022Ut1NHeFW5TUtxRrJkiJQjXQJyFaPvCxYTQdHJg9mlgnyBUvl4kAm1T1UAXGy5ftUy98Pn7uD5G3E2hdaDsI.jpg)


Era uma vez uma gatinha solitária
Vivendo num estacionamento à deriva
Brincava, se assustava, as vezes se escondia
Em busca de comida, o que viesse serviria ...


Talvez quisesse também da chuva abrigo
Talvez buscasse um coração amigo...
Quem sabe, no fundo, sentisse o perigo
A rondar-lhe dias e noites da curta vida?

Todavia a gatinha sabia miar, correr, saltar
Era vivaz, mas sentia fome, medo e frio
Os olhos verdes, lindos, mas remelentos...
Seus ossinhos frágeis, seu pelo ralo e sujo


Talvez, inocente, naqueles seres visse
Gigantes, fortes, poderosos em sua lida,
A passar por ela como se não existisse...
E assim, brincavam todos de era uma vez ...

A pequena felina aguardava um banho,
Um afago, um tratamento mais cordial...
Será que ninguém conseguia enxergar?

Mas o fato, o real, que não podemos negar
Seriam as muitas pulgas a lhe sugar e coçar
E seu estômago roncando alto sem parar...

Helena Beatriz

Gatinha Manhosa (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUtDcVNzamlFOWQ4Iw==)

Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 12 de Julho de 2011, 22:57
(http://4.bp.blogspot.com/_1sa5Cqgfzh8/TP5enphpSKI/AAAAAAAAArY/ryM0Pzm7vdM/s1600/gatos-poesia.jpg)

ODE AO GATO
Pablo Neruda

Os animais foram imperfeitos,
compridos de rabo, tristes de cabeça.
Pouco a pouco se foram compondo,
fazendo-se paisagem,
adquirindo pintas, graça vôo.

O gato, só o gato apareceu
completo e orgulhoso:
nasceu completamente terminado,
anda sozinho e sabe o que quer.

O homem quer ser peixe e pássaro,
a serpente quisera ter asas,
o cachorro é um leão desorientado,
o engenheiro quer ser poeta,
a mosca estuda para andorinha,
o poeta trata de imitar a mosca,
mas o gato quer ser só gato
e todo gato é gato do bigode ao rabo,
do pressentimento à ratazana viva,
da noite até os seus olhos de ouro.

Não há unidade como ele,
não tem a lua nem a flor tal contextura:
é uma coisa só como o sol ou o topázio,
e a elástica linha em seu contorno firme e sutil
é como a linha da proa de uma nave.

Os seus olhos amarelos deixaram
uma só ranhura para jogar as moedas da noite .

Oh pequeno imperador sem orbe,
conquistador sem pátria,
mínimo tigre de salão,
nupcial sultão do céu das telhas eróticas,
o vento do amor na intempérie
reclamas quando passas
e pousas quatro pés delicados no solo,
cheirando, desconfiando de todo o terrestre,
porque tudo é imundo
para o imaculado pé do gato.

Oh fera independente da casa,
arrogante vestígio da noite,
preguiçoso, ginástico e alheio,
profundíssimo gato,
polícia secreta dos quartos,
insígnia de um desaparecido veludo,
certamente não há enigma na tua maneira,
talvez não sejas mistério,
todo o mundo sabe de ti
e pertences ao habitante menos misterioso

talvez todos acreditem,
todos se acreditem donos,
proprietários, tios de gato,
companheiros, colegas,
discípulos ou amigos do seu gato.

Eu não.
Eu não subscrevo.
Eu não conheço o gato.
Tudo sei, a vida e o seu arquipélago,
o mar e a cidade incalculável,
a botânica o gineceu com os seus extravios,
o pôr e o menos da matemática,
os funis vulcânicos do mundo,
a casca irreal do crocodilo,
a bondade ignorada do bombeiro,
o atavismo azul do sacerdote,
mas não posso decifrar um gato.

Minha razão resvalou na sua indiferença,
os seus olhos têm números de ouro.


Marina Lima - Gata Todo Dia (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PThEVlBXRUJ6dFdFIw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: Dothy em 13 de Julho de 2011, 12:14
Querida amiga Helena e amigos membros e visitantes... Muita paz

Gratidão



Por tudo quanto nos déstes,

Pelo pão, pelo agasalho,

Pelo amor, pelo trabalho

De benditos cirineus,

 

Pedimos na gratidão

De nossa fé comovida,

Que o Céu vos resguarde a vida,

Na Bênção da Luz de Deus.


 
Jésus Gonçalves
ESTRADAS E DESTINOS - Francisco Cândido Xavier - Espíritos Diversos
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: Dothy em 13 de Julho de 2011, 12:21
LIÇÃO  DE  FÉ

 

Maria Dolores

 

Coração, não te perturbes,

Se, em torno, há quem se desmande,

Se a luta surge tão grande,

Que tudo é aflição no ar...

Abraça os próprios deveres,

Acalma-te, serve e lida,

Que Deus, sustentando a vida,

Só nos pede confiar.

 

Olha os exemplos do campo,

Na noite de tempestade,

O solo é treva e ansiedade

Sob o granizo e bater;

Caem troncos, rolam penhas,

O raio quebra a montanha,

O lodo se desentranha,

É a gleba a se desfazer.

 

Escondem-se, furna em furna,

Os peregrinos da estrada,

Passarinhos na ramada

Lançam pios de oração;

Ouvem-se gritos selvagens,

É o vento brandindo o açoite,

Cortando as formas da noite

E uivando desolação.

 

Mas outro dia está pronto...

A madrugada vem vindo,

Um roseiral no céu lindo

É o jardim que o Sol produz;

O clarão cresce e se espalha,

A brisa afaga os caminhos,

Brilham copas, cantam ninhos,

Toda a Terra é um mar de luz.

 

Coração, assim também,

Depois da estrada de prova,

Eis que a vida se renova

Na esperança a ressurgir;

A bênção do amor renasce,

A alegria se proclama,

É Deus que te busca e chama

A novo e belo porvir.

 


Do livro Recanto de Paz. Psicografia de Francisco Chavier
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 13 de Julho de 2011, 13:39
Bom dia, Dothy! Bom dia amigos!
Obrigada por encher as páginas com tanta beleza! ;) :)
Bjs e carinhos,
Helena
(http://lh6.ggpht.com/lindos.desenhos.mensagens/SDmyhgoSsoI/AAAAAAAAE_g/8FbEPRTrC5E/s200/Mini-Hello056.gif)
---------------------------------------------------------------------------------
(http://www.rollingstone.com.br/imagens/5687/20081117191508_5687_medium_johnny-depp-chapeleiro-louco.jpg)

Louco
*
Pareço louco, mas eu sou poeta
Transformo realidade em poesia
Filosofando firme em uma meta
Registros! Sem oculta hipocrisia
Poeta sempre sonha acordado
Enxerga a realidade diferente
Vivendo nesse mundo, esmagado
Coloca no papel a dor latente
Fascínio pela vida inquietante
Domínio no segredo obscuro
Definitivamente um ser pensante
Filosofo de sentimento puro
São noites escrevendo utopias
Pensar é um prazer, na solidão
Autor de um universo de magias
Sou louco, neste mundo de ilusão
*
Jane Rossi

NEY MATOGROSSO - Balada do Louco (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVhVWHdCUW55RVp3JmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZCM=)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: Rose FRA em 13 de Julho de 2011, 18:04
Amigos que gostam de um tópico alegre e profundo como este, aqui vai uma poesia que achei a cara de todos que aqui estao.... dedico a todos os amigos, visitantes e afins essa poesia que fala muito fundo aos nossos coracoes, quando estamos a ponto de desistir... mas no fundo, nao desistimos e isso nos torna mais fortes e determinados.
Com carinho da
Rose


Quantas vezes nós pensamos em desistir,
deixar de lado, o ideal e os sonhos;
Quantas vezes batemos em retirada, com o coração amargurado pela injustiça;
Quantas vezes sentimos o peso da responsabilidade, sem ter com quem dividir;
Quantas vezes sentimos solidão, mesmo cercados de pessoas;
Quantas vezes falamos, sem sermos notados;
Quantas vezes lutamos por uma causa perdida;
Quantas vezes voltamos para casa com a sensação de derrota;
Quantas vezes aquela lágrima, teima em cair, justamente na hora que precisamos parecer fortes;
Quantas vezes pedimos a Deus um pouco de força, um pouco de luz;
E a resposta vem, seja lá como for, um sorriso, um olhar cúmplice, um cartãozinho, um bilhete, um gesto de amor;
E a gente insiste,
Insiste em prosseguir, em acreditar, em transformar, em dividir, em estar, em ser;
E Deus insiste em nos abençoar,
Em nos mostrar o caminho:
Aquele mais difícil,
mais complicado, mais bonito.
E a gente insiste em seguir,
por que tem uma missão...
SER FELIZ!


Gonzaguinha- eu apenas queria que você soubesse (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PVE0SDV4OFNjRExzIw==)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 13 de Julho de 2011, 19:33
Rose, que linda poesia, amiga!!
Obrigada pela sua postagem!!
Gonzaguinha é tudo de bom tb, não é verdade?
Carinhos,
Helena
(http://t3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcSc_cowQF-9qQovUmHvQigFWROfk-mH8gOlRahGqs2YMLX6qT5r)
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
(http://4.bp.blogspot.com/_XA3k9NX86vQ/TJTIP0mWw_I/AAAAAAAAHwU/VJPAhv3QXss/s300/um-homem.png)


VERBO SER


Que vai ser quando crescer?
Vivem perguntando em redor. Que é ser?
É ter um corpo, um jeito, um nome?
Tenho os três. E sou?
Tenho de mudar quando crescer? Usar outro nome, corpo e jeito?
Ou a gente só principia a ser quando cresce?
É terrível, ser? Dói? É bom? É triste?
Ser; pronunciado tão depressa, e cabe tantas coisas?
Repito: Ser, Ser, Ser. Er. R.
Que vou ser quando crescer?
Sou obrigado a? Posso escolher?
Não dá para entender. Não vou ser.
Vou crescer assim mesmo.
Sem ser Esquecer.

Carlos Drummond de Andrade


Gonzaguinha - Um Homem também chora (legendado) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWd0eFN0bmNuQUI0JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQj)
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 14 de Julho de 2011, 12:19
                                         VIVA JESUS!


         Bom-dia! queridos irmãos.


                 "Deus é bom, mas não te percas
Em votos ineficazes.
A Terra escuta o que dizes,
O Céu contempla o que fazes."

(Do livro "Trovadores do Além", Francisco Cândido Xavier, pelo Espírito Augusto de Oliveira)



                                                          PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: dOM JORGE em 16 de Julho de 2011, 11:31
                                      VIVA JESUS!


         Bom-dia! queridos irmãos.

                 
Prece a Jesus

Sê louvado, Senhor, pela bendita escola
Da verdade, em que Fé por sol se descortina,
Restaurando de novo a Celeste Doutrina
Em que o Mundo se eleva e a Vida se acrisola.

Templo, celeiro, lar, aconchego, oficina,
Revelação, apoio, entendimento, esmola,
Tudo que ampara, educa, alivia ou consola
Em tudo aqui te exalta a Presença Divina!...

Enquanto o Mundo chora, anseia, luta e avança,
Faze de nossa casa um pouco de Esperança
Na construção do Bem à luz que te descerra...

Aspiramos contigo a ser, dia por dia,
Uma forja de paz que trabalha e confia,
Uma fonte de Amor na aspereza da Terra.


Auta de Souza



                                                            PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: kellcris em 18 de Julho de 2011, 03:58
Mãos
Harpas de amor tangendo de mansinho
A música do bem ditosa e bela,
As mãos guardam a luz que te revela
A mensagem de paz e de carinho.

Não te digas inútil ou sozinho...
Na existência mais triste ou mais singela,
Nas mãos todo um tesouro se encastela,
Derramando-se em bênçãos no caminho.

Ara, semeia, tece, afaga e ajuda...
Mãos no trabalho são a prece muda
De nosso coração, vencendo espaços...

E, aprendendo com Cristo, ante o futuro,
Tuas mãos, como servas do amor puro,
São estrelas fulgindo nos teus braços.


Auta de Souza


Muita luz a todos...
Título: Re: Poesias da Alma e do Coração...
Enviado por: HelenaBeatriz em 18 de Julho de 2011, 13:33
Amigos, uma semana muito feliz para todos!
Carinhos,
Helena
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------
(http://lh3.ggpht.com/-IttrD_A_-go/TiNOjTjGfWI/AAAAAAAAAH8/WyFZMZ5hrCA/s400/hotel-fazenda.jpg)

"A Lua Que Te Dei"

(Paralamas)

Posso te falar do sonho

Das flores

De como a cidade mudou

Posso te falar do medo

Do meu desejo

Do meu amor

Posso falar da tarde que cai

E aos poucos deixar ver

No céu, a lua

Que um dia eu te dei

Gosto de fechar os olhos

Fugir do tempo

De me perder

Posso até perder a hora

Mas sei que já passou das seis