Forum Espirita

GERAL => O que é o espiritismo => Pluralidade Mundos Habitados => Tópico iniciado por: Viana em 13 de Dezembro de 2008, 18:29

Título: Os Profetas... E profecias
Enviado por: Viana em 13 de Dezembro de 2008, 18:29
 ::) :o
Profetas, profecias e seres divinos.

Não há nada de misterioso nem de divino (como muitos querem) em conteúdos de varias escrituras (dito sagradas – como a bíblia, por exemplo), quando demonstra os seus vários profetas (como Jesus, por exemplo); que revelavam coisas do futuro, com as quais se faziam passar por deuses, diante de um povo tão antigo que sequer conheciam uma bicicleta (o que para nos hoje é um simples celular, para eles seria um deus falando com outro deus)!
Hoje, tudo isso é mais do que compreensível e simples:
Os EUA já possuem uma máquina do tempo (testada e comprovada), que possibilitou cientistas a avançarem no tempo. A máquina foi computando, quando então o relógio marcador do tempo, em 2012 parou, ouve então um vazio, nada mais foi visto, até quando mais adiante a visão retornou, quando então foram vistos um mundo totalmente diferente, tudo tecnologicamente mais avançado, como que se o mundo tivesse sido totalmente destruído, e mais adiante (talvez milênios á frente), tivesse sido novamente reconstruído. (quem quiser saber mais sobre essa máquina, é só pesquisar na internet)! 

Note bem, compare:

Hipótese (1)...

Digamos que você entre em um foguete (máquina do tempo), avance até o ano 2050, observe tudo o que lá existe - descobrirá que o mundo já teria sido destruído em uma guerra nuclear, e que os sobreviventes, já bem mais experientes; deram um reinicio ao mundo, com tudo tecnologicamente bem mais avançado. Aí então você retorna para nossa época (2005), conta para nós, tudo o que você viu lá (em 2050)!... Como você acha que nós, hoje iríamos nos comportar diante de você?
E aí então, com o passar dos anos, quando as coisas que você nos disse, começarem a se confirmar; certamente que nós, o consideraríamos como um deus, ou no mínimo um profeta de deus, não acham?!
(se bem que hoje a humanidade já conhece muito bem os avanços tecnológicos, e sabe que tudo isso já é muito possível, e não confundiria isso com feitos divinos)!
 

Hipótese (2)...

Ou então você entra no foguete (máquina do tempo), e volta lá para o ano (30 da nossa era), e pousa em meio aquele povo nômade Beduíno, montando camelos; a seguir você passa a falar de tudo isso que já está acontecendo em nossa época (ano 2005), e lhes fala a respeito dos furacões, vulcões, terremotos (devido à extração de petróleo desordenadamente = fenômenos então naturais), inundações, guerras mundiais, explosão demográficas, inflação, desemprego, AIDS, câncer, infartos... E todos esses males do século 20 / 21... O que você acha que irá acontecer?... Certamente você será mesmo confundido como um João, um Paulo, ou até mesmo como o Jesus Cristo!

Hoje, isso é tudo muito simples, e muito fácil de entender, minha gente - não tem nada de mistério nem de divino em tudo isso - hoje, qualquer criança já é capaz de lidar com computador e telefone celular (coisa que para aquela época; seriam considerados como um deus, ou um demônio)!
Portanto; aquilo que lá no passado aconteceu, não tem nada a ver com profecias nem profetas enviados por deus, coisa nenhuma... Mas apenas seres de outros tempos que visitaram aquele povo primitivo, que sequer conheciam uma caixa de fósforos!

Exemplo:

Nem é preciso viajar no tempo – basta pegar um helicóptero, sobrevoar uma aldeia indígena na Amazônia (aquelas que ainda não tiveram contacto com o homem civilizado), lance-se um míssil sobre uma das ocas; a destruindo totalmente... É lógico que os índios prostrados de rosto em terra dirão “tupã nos visitou, está zangado com nós e veio para nos destruir”. 

Compare:
O helicóptero = carruagem de fogo, fogo, trovão, luz forte... (a gloria de deus).
O piloto = demônios, anjos de deus... (ou o próprio deus).
O míssil = a mão de deus, a ira de deus... (um fogo destruidor da parte de deus)!
(carruagem de fogo, som de muitas águas, voz de trovão, fogo, fumaça, luz muito forte, Anjos e demônios)???... Pois foi exatamente isso que aquele povo, nos tempos de “Jesus”, viram e confundiram com visitações divinas; pelo que, não dá para criticá-los.

Nota:
A propósito, é importante que se diga que aquele que lá esteve naqueles tempos (se é que esteve) - não poderia se chamar JESUS, mas no mínimo YASHUA, YESHUA, YOSHUA, ou YESHU, pois na língua Hebraica não existe (j), e sim (y) – Jesus é uma invenção Católica Romana, seguida pelos evangélicos!

Arrebatamentos (abduções) sempre aconteceram, compare:
(Antigamente):
-No apocalipse; João teria sido levado pelo Anjo “o Anjo me levou e me mostrou todas as cousas que em breve irão acontecer”... Paulo teria sido arrebatado... Elias teria sido arrebatado em uma carruagem de fogo-.

(Recentemente):
http://www.ceticismoaberto.com/ufologia/suenaga_rossiberlet.htm

http://www.vigilia.com.br/sessao.php?categ=3&id=80

http://www.ufogenesis.com.br/noticias/noticias.asp?noticias=1072

http://www.vigilia.com.br/sessao.php?categ=3&id=26

http://www.vigilia.com.br/sessao.php?categ=3&id=58

Na internet, é só procurar por: Extraterrestres, ufos, óvnis, discos voadores e abduções!

Por favor, minhas gentes, ponham as suas mentes a trabalhar, e verão que tudo isso já é possível nos dias de hoje, todos sabem que somos visitados por extraterrestres.
Pesquisem páginas na internet, que provam tudo isso, e que revela portais dimensionais, triângulos das bermudas e etc.

--------------------------------------------------


Passado, presente e futuro.

Permitam-me dar-vos um exemplo do que é um deslocamento, ou uma viagem no tempo (um ponto de localização no tempo):
Vamos imaginar que diante de nós exista um rio; digamos que esse rio percorra um diâmetro de 10 km de comprimento.
Vamos dividir este rio em três pontos de referência.
Lá em cima na nascente do rio, tem um pescador sentado à margem, e a este pescador vamos denominá-lo de homem (a).

Logo abaixo, na metade do rio; podemos encontrar um outro pescador, e a este vamos denominá-lo de homem (b).

E finalmente, bem mais a baixo, no término do rio; estará um ultimo pescador, ao qual iremos denominar de o homem (c).

Voltemos agora a o primeiro pescador no inicio do rio, homem (a); este toma uma bóia e a empurra para o meio do rio, e a solta correnteza abaixo; (isso seria o presente)!
O pescador, homem (b) que está na metade do rio, nesse momento, ele está (no futuro), porém quando ele vê a bóia passando por ele (no meio do rio); para ele começa a ser o presente, enquanto que o pescador (a) que soltou a bóia já passou a estar no (passado).

Enquanto que o pescador, o homem (c), que está no final do rio; que ainda continua a estar no (futuro); quando finalmente a bóia chega até ele, de imediato, este passa a estar no (presente); enquanto que os demais pescadores, os homens (a e b), passam a fazer parte do (passado)!

Observe-se a que questão em foco não são os pescadores, pois ambos estão na margem do mesmo rio, e no mesmo dia (que para ambos seria o presente), mas o caso em questão é a bóia, que se desloca em um mesmo rio, no mesmo dia; só que em horários, ou tempos diferentes.

Assim seria uma viagem no tempo; tudo ocorre no mesmo dia e lugar, quando o foco está no viajante, que pode estar no passado, no presente, ou no futuro, porém no mesmo palco, que é o planeta terra.

Vou dar um exemplo:
Digamos que de fato tenham existidos os conhecidos profetas bíblicos (o que é muito possível), porém não existe nada de fenomenal nas suas profecias, pois certamente aqueles aldeões pastores de ovelhas recebiam as suas mensagens de seres muito mais avançados tecnologicamente do que nós, os que vinham de uma outra dimensão e esfera do tempo, os extraterrestres, conhecidos como anjos, demônios e o espírito santo; e estes simplesmente conheciam o passado, o presente e o futuro, e para eles era muito fácil prever o nosso futuro; o que para eles já era mais do que conhecido (eles apenas contavam o filme que eles já tinham assistido)... Porém para nós isso ainda estaria no futuro! Notem que não existe nenhum mistério, nem mesmo milagres nenhum, muito menos adivinhações (pois contar o que já ocorreu, não consiste em adivinhação, mas sim no relato de um fato já acontecido)!

Facílimo, não é mesmo?

-------------------------------------------

Quanto ao fato de acreditar ou não, na possibilidade de Extraterrestres virem até nós, só por não poder ser declaradamente provado; também não pode ser provado que eles não o possam! Não se pode duvidar, só porque algo é improvável, até porque quando eu tinha 10 anos de idade (hoje tenho 63); se alguém falasse em TV colorida com controle remoto, em telefone celular, que um dia o homem iria à lua e de lá enviaria som e imagem; certamente seria preso e considerado como louco... Só que hoje isso é tão comum como ver a chuva caindo.
A humanidade evoluiu e junto à tecnologia; coisas que á 10 anos atrás era impossível; hoje já é obsoleto. Então como duvidar de que existam seres em outras dimensões, capaz de enviar, não só o som e imagem lá da lua (como nós já o fizemos), mas também a matéria, (como naves e seus ocupantes?) Hoje todos tem em casa um aparelho de TV, mas quase ninguém sabe explicar como recebe o som e a imagem - isso se tornou uma coisa muito comum, mas não deixa de ser um grande mistério para um leigo como eu.
Volte 50 anos no passado e você irá contestar tudo isso; dirá que isso é impossível, que nunca poderá efetivamente acontecer, que isso é imaginação de loucos e fanáticos, no entanto, hoje é plenamente real comum e aceitável. Imaginem só o que poderá acontecer daqui á 50 anos? É por essas e por outras que eu acho que não podemos duvidar de nada, tudo é possível... É só questão de tempo, é só esperar e logo acontece!  :(


VIANA... De olho bem aberto!
;)
Título: Re: Os Profetas... E profecias
Enviado por: Ramon em 23 de Agosto de 2009, 16:32

 O que acha desse caso descrito aqui no forum?
_______________

Abdução    - CASO CHICO MONTEIRO

http://www.forumespirita.net/fe/outros-temas/aconteceu-comigo/msg56461/#new (http://www.forumespirita.net/fe/outros-temas/aconteceu-comigo/msg56461/#new)

 Por Wendel Ferreira Martins, Diretor Técnico do CUB
Este insólito, fantástico e curioso caso que narraremos supostamente aconteceu numa terça-feira, dia 25 de fevereiro de 1992, numa estrada que liga as cidades de Miraí e Guiricema-MG, onde o personagem Chico Monteiro, ex-radialista, sofreu uma experiência de abdução contado em seu livro “Eu viajei num Disco Voador”/Chico Monteiro-Rio de Janeiro: Mirahy, 1995.
Chico Monteiro era radialista importante na cidade de Cataguases-MG, trabalhava na Rádio Cataguases AM, tendo muita influência como formador de opinião, voz inconfundível e preciso nas palavras, casado e pai de uma filha, tinha 39 anos quando aconteceu o ocorrido.
Por incrível que possa parecer e porque não, decepcionante, ele já se interessava por assuntos ligados a Discos Voadores e Extraterrestres, era ligado a Ufologia esotérica e relatava publicamente que já tivera contatos indiretos com seres de outros planetas e que estes o estava preparando para um contato mais direto. Há relato em seu livro, de experiências ufológicas na Fazendo São Lourenço em Itamarati de Minas-MG e mensagens telepáticas dos “famosos” extraterrestres DAAUD, RAJNEVE e ASHTAR que dizia ser seus amigos.
Ele relata que sabia que naquele dia teria uma experiência (ao contrário da grande maioria dos casos da literatura ufológica), teria inclusive avisado sua esposa Pompéia e filha Fernanda que igualmente estavam assustadas e apreensivas, pois acreditavam no fenômeno. Outro fato curioso, é que este suposto contatado relata que tem um implante metálico, “chip”, implantado no seu polegar esquerdo pelo espírito do Dr. Fritz numa antiga sessão espírita, e que este pulsava como as batidas de seu coração quando um OVNI(s) ou seres estavam por perto, fato que acontecera naquele dia. Ao chegar por volta das 17:30h, ele percorria de carro a rodovia que liga Cataguases a Itamarati de Minas tentando chegar até a referida Fazenda São Lourenço onde ele julgava  ser o local do encontro. Este percurso é de 22 km de distância, portando menos de meia hora de carro, de forma inexplicável então, não sabendo o porquê ele se viu agora dirigindo na estrada que liga Miraí a Guiricema – duas cidades próximas a Cataguases, porém opostas à direção de Itamarati de Minas, algo em torno de 35 km do local onde previamente achava estar, quando olhou para o relógio, eram 17:45h e ele não parava de se perguntar: ”Meu Deus como isso aconteceu, será que já viajei e não me lembro de mais nada, como poderia estar naquela estrada se estava na estrada de Itamarati de Minas”?
Chico Monteiro parou num acostamento e sentia seu polegar esquerdo pulsar como nunca pulsara, observava a beleza do local e as pequenas matas nos topos dos morros, foi quando relata de súbito o aparecimento de um enorme objeto em formato de charuto, do tamanho de um prédio de 10 andares, este objeto parou por cima de seu carro, abriu-se uma porta, emitiu uma luz e ele juntamente com o carro foram levados para dentro.
Em entrevistas futuras, fato não contado em seu livro ele relata que no momento da abdução passava um carro Fusca pelo local e que certamente este veículo e seu condutor percebera toda a movimentação, fato nunca esclarecido, pois este motorista até hoje não foi encontrado. Já dentro da nave, olhou para o relógio percebeu que eram 18 horas, se encontrava numa sala enorme toda “computadorizada” e logo percebeu a presença de três seres, relata que eram “maravilhosos, iluminados como reflexos dos raios solares, altos, roupas como que laminadas”. Um destes seres ele indicava que já conhecia, pois se tratava de seu amigo DAAUD que telepaticamente apresentou os outros dois seres como sendo o Comandante ASHTAR e o Grande Comandante RAJNEVE, sentou-se então numa espécie de cadeira e uma grande tela se abriu onde pode ver nitidamente imagens de seus familiares, amigos e pontos do Brasil e do exterior; nesta hora o transmitiram todas aquelas tradicionais mensagens de alerta quanto ao dano do homem ao planeta e preocupações com o futuro da humanidade e pode conferir aspectos ligados a um certo “poder cirúrgico” em seu próprio corpo. Iniciou-se então toda uma “conversa” telepática com os seres que pareceu durar horas, tendo sempre no fundo a tal tela mostrando imagens do mundo, relata que viu claramente Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, a Casa Branca, guerras pelo mundo, hospitais, mortes na África e outros locais que não conhecia, maiores detalhes deste diálogo estão na íntegra em seu livro, caso alguém se interesse. Foi então levado a um local que denominou “num lado paralelo ao da Terra”, algo tipo uma grande casa, hotel ou hospital em meio a uma grande floresta que parecia ser a Amazônica, ali os seres o informaram que seria um local destinado para 12 mil pessoas que serviria para “uma preparação para a reconstrução do planeta terra”.
Chico, depois relata que após de ver toda sua trajetória de vida passar na tela, percebeu que já estava retornando, inclusive reconheceu lugares por onde passava, disse que muitas pessoas olhavam para cima percebendo o objeto. Com o tempo agora, carregado, muitos relâmpagos fora deixado no mesmo local pelo mesmo processo, entrou em seu carro e percebeu em se tratar de
19:04h, sentindo-se desconcentrado foi de primeira marcha até a sua casa, onde sua família e amigos o esperavam. Naquele momento ele pouco conversou, sentia-se cansado assim como durante muitos dias após.
Chico Monteiro, após esta suposta abdução, mudou de vida, passou a se interessar por aspectos espirituais e curas mediúnicas, largou sua profissão e criou um centro de ajuda e congregação religiosa-kardecista. Após anos em sua cidade, recebendo gente do Brasil inteiro; inclusive personalidades como dramaturgos, artistas de televisão, pensadores, escritores, atletas e socialites; ele então mudou para o Rio de Janeiro sem dar explicações maiores e mensalmente “atende” na cidade de Rio Novo-MG ao lado de outros “gurus” espirituais. Hoje ele de certa forma exita em dar entrevistas a grupos ufológicos e nega novos contatos físicos com os tais seres.
Muitos aspectos teriam que ser observados após todo este contexto, se por um lado qualquer um ligado a Ufologia científica repudiaria toda esta história de amigos extraterrestres, conversas telepáticas, controle e observação do planeta Terra, mensagens apocalípticas, outras observações e investigações necessariamente teriam que ser feitas. Houve algo de extraordinário que mudou a vida deste personagem, o apoio incondicional de seus familiares e amigos próximos, fato já estudado e confirmado; a altíssima incidência de relatos de avistamentos de objetos tanto próximos a Fazendo São Lourenço em Itamarati de Minas quanto na estrada que liga Miraí a Guiricema, inclusive no tal período da abdução, por fim um fato não comentado em seu livro: Chico necessitou ser internado, cerca de alguns dias após sua experiência, sofria de fortes dores de cabeça, febre alta e  tinha estranhas manchas vermelhas na pele, assim como uma visível perturbação psíquica-emocional, foi atendido no Hospital Cataguases, os médicos nunca diagnosticaram sua doença que estranhamente também desapareceu de forma súbita, nesta ocasião foram feitas radiografias de seu polegar esquerdo que mostram um estranho e misterioso artefato.  Outro fato de relevância é que sabemos de um outro abduzido de forma semelhante, na mesma estrada, trata-se do pequeno agricultor Antônio Sobrinho, morador da zona rural de São Sebastião da Vargem Alegre-MG, que sofrera sua experiência na década de 80, não sabemos de seu paradeiro; se para uns é uma prova da história de Chico, para outros, este teria se inspirado nesta história clássica da região para inventar seu relato, nunca saberemos a resposta.
A equipe do CUB recentemente entrou em contato com a assessoria do agora paranormal e médium Chico Monteiro na tentativa de uma entrevista de caráter científico, tudo parece caminhar para um encontro onde poderemos levantar muitas questões a despeito deste insólito e curioso caso.