Forum Espirita

GERAL => O que é o espiritismo => Pluralidade Mundos Habitados => Tópico iniciado por: Nat em 25 de Novembro de 2007, 14:23

Título: CIENTISTAS RUSSOS ESTUDAM FENOMENAL GAROTO ÍNDIGO
Enviado por: Nat em 25 de Novembro de 2007, 14:23
Olá, amigos,
Recebi esse texto de uma amiga. Divido com vocês....
Seria tudo isso uma viagem total?    ;D
Beijinhos  :-*

CIENTISTAS RUSSOS ESTUDAM FENOMENAL GAROTO ÍNDIGO
O garoto fenômeno intelectual e paranormal, chamado Boriska, tem como mãe Nadezhda, uma dermatologista de uma clínica pública russa e se graduou no Instituto Médico de Volgograd por volta de 1991. O pai dele é um funcionário público aposentado.
Os cientistas russos assumem publicamente suas pesquisas sobre
espiritualismo abordando a reencarnação reconhecida cientificamente e a existência de vida extraterrestre.
Eis o texto completo, traduzido de uma das reportagens do PRAVDA, assinada pelo jornalista e cientista Gennady Belimov:
Em 11 de Janeiro de 1996, uma criança incomum nasceu na cidade de Volzhsky, na região de Volgograd, Rússia. Sua mãe, Nadezhda Kipriyanovich, descreve O trabalho de parto: "Foi muito rápido e não senti nenhuma dor. Quando me mostraram o bebê, ele me olhava fixamente com seus grandes olhos castanhos. Como médica, eu sei que não é habitual entre nascituros esse olhar concentrado. Exceto esse fato ele parecia um bebê normal."
Quando saiu da maternidade, de volta ao lar, Nadezhda começou a perceber que o menino, chamado Boris, tinha um comportamento singular: raramente chorava e nunca solicitava qualquer alimento. Ele crescia como as outras crianças, mas começou a falar frases inteiras aos oito meses. Com um ano e meio, lia jornais. Os pais deram a ele um jogo de peças para montar figuras e ele começou a elaborar peças geométricas combinando diferentes partes com precisão. "Eu tinha a impressão de que nós éramos como aliens para ele, aliens com os quais ele estava tentando se comunicar" - disse a mãe de Boris ou Boriska, como é chamado pela família.
Boriska começou a desenhar figuras que, à primeira vista, eram abstrações nas quais se misturavam tons de azul e violeta. Quando psicólogos examinaram os desenhos, disseram que o garoto estava, provavelmente, tentando representar a aura das pessoas que via ao seu redor. Aos três anos, Boris começou a conversar com seus pais sobre o Universo. Ele sabia nomear todos os planetas do Sistema Solar e seus respectivos satélites. Ele falava também nomes e número de Galáxias. Isso pareceu assustador e a mãe pensou que seu filho estava fantasiando; por isso, resolveu conferir se aqueles nomes realmente existiam. Consultou livros de astronomia e ficou chocada ao constatar que Boris, de fato, sabia muito sobre aquela ciência. Os rumores sobre o "menino-astrônomo" espalharam-se rapidamente na cidade. Boriska tornou-se uma celebridade local e as pessoas começaram a visitá-lo para ouvi-lo falar sobre civilizações extraterrestres, sobre a existência de antigas raças humanas cujos indivíduos mediam três metros de altura, sobre o futuro do planeta em função de mudanças climáticas.
Todos ouviam aquelas coisas com grande interesse embora não acreditassem nas histórias. Os pais decidiram batizar o filho, cogitando que talvez fosse uma questão espiritual pois acreditavam que havia algo errado com Boris. Mas o fenômeno não cessou: Boriska começou a falar às pessoas sobre seus "pecados". Um dia, na rua, abordou um rapaz e admoestou-o por usar drogas; falava com certos homens para parar de bater em suas mulheres; prevenia pessoas sobre a iminência de problemas e doenças. O menino sofre com o conhecimento prévio de desastres naturais ou sociais: durante a crise do Beslan, recusou-se a ir à escola enquanto durou o ataque. Quando perguntaram a ele o que sentia sobre o assunto respondeu que era como se algo queimasse dentro dele. "Eu sabia que o caso todo teria um final terrível" - disse Boriska.
Sobre o futuro do planeta, ele adverte que a Terra passará por duas situações muito perigosas nos anos de 2009 e 2013, com a ocorrência de catástrofes relacionadas à água.
Especialistas dos Instituto de Estudos do Magnetismo Terrestre e Ondas de Rádio da Academia Russa de Ciências (Institute of Earth Magnetism and Radio-waves of the Russian Academy of Sciences) fotografaram a aura de Boriska que mostrou-se forte, nítida de modo incomum. O professor Vladislav Lugovenko analisa: "Ele apresenta um espectograma laranja, O que significa que é uma pessoa alegre, positiva, com um intelecto muito poderoso .
Existe uma teoria de que o cérebro humano possui dois tipos básicos de memória: a memória de trabalho (consciente, voluntária) e a memória
remota...
Título: Re: CIENTISTAS RUSSOS ESTUDAM FENOMENAL GAROTO ÍNDIGO
Enviado por: Nat em 25 de Novembro de 2007, 14:24
...
Uma das habilidades do cérebro é salvar informações sobre a experiência, sejam emoções ou pensamentos, em uma dimensão que
transcende o indivíduo. Essas informações são capturadas por um singular campo informacional que faz parte do Universo. Poucas pessoas são capazes de acessar informações contidas nesse campo."
Ainda segundo Lugovenko, é possível medir as faculdades extra-sensoriais das pessoas com o auxílio de equipamentos especiais e através de procedimentos muito simples. Cientistas de todo o mundo têm-se se empenhado na pesquisa desses fenômenos a fim de revelar o mistério destas crianças extraordinárias, como o garoto Boris. Um dado interessante é que nos últimos 20 anos, bebês dotados de habilidades incomuns têm nascido em todos os continentes .
Os especialistas chamam estas crianças de "indigo children" ou"crianças azuis", possivelmente uma referência ao avatar indiano Khrisna (figura ao lado) que, segundo a lenda, era azul. "Boriska é uma dessas crianças.
Aparentemente, as "crianças azuis" tem a missão especial de promover mudanças em nosso planeta. Muitas delas têm as espirais do DNA notavelmente perfeitas o que lhes confere uma inacreditável resistência do sistema imunológico capaz de neutralizar a ação do vírus da AIDS. Eu tenho encontrado crianças assim na China, Índia, Vietnam entre outros lugares e estou certo de esta geração mudará o futuro da nossa civilização.
Enquanto as agências espaciais tentam encontrar sinais de vida no planeta Marte, Boriska, aos nove anos, relata aos seus parentes e amigos tudo o que sabe sobre a civilização marciana, informações que ele recorda de uma vida passadaUm jornalista russo entrevistou recentemente o menino sobre sua experiência como habitante de Marte:
ENTREVISTADOR - Boriska, você realmente viveu em Marte como dizem as pessoas da vizinhança?
BORISKA - Sim, eu vivi, é verdade. Eu tinha 14 ou 15 anos. Os marcianos faziam guerra todo o tempo e eu tinha de participar daquilo. Eu podia viajar no tempo e no espaço, podia voar em naves espaciais e também pude observar a vida no planeta Terra. As naves marcianas são muito complexas e podem se deslocar pelo Universo.
ENTREVISTADOR - Existe vida em Marte atualmente?
BORISKA - Sim, existe, mas o planeta perdeu sua atmosfera há muitos anos atrás como resultado de uma catástrofe global. O povo marciano ainda vive em cidade nos subterrâneos. Eles respiram gás carbônico.
ENTREVISTADOR - Qual é a aparência dos marcianos?
BORISKA - Eles são muito altos, uma altura média de sete metros. Eles possuem capacidades inacreditáveis. Boriska fala de Marte mas também tem lembranças de suas observações sobre Terra naquela existência passada: ele foi testemunha da destruição da lendária civilização da Lemúria, "a maior catástrofe que já aconteceu neste planeta. Um continente gigante foi engolido por terríveis tempestades oceânicas. Eu tinha um amigo lemuriano que morreu na minha frente esmagado por uma rocha. Não pude fazer nada. Nós estamos destinados a nos reencontrar em algum momento desta vida." Sobre o Egito, Boriska diz que existe um conhecimento precioso oculto sob uma pirâmide que ainda não foi descoberta: "A vida vai mudar quando a Esfinge for aberta. A Esfinge tem um mecanismo que aciona uma abertura secreta. O mecanismo está atrás da orelha."
Quanto ao aumento de nascimentos de crianças especialmente
dotadas, o garoto informa que isto é decorrência do fato de que "chegou a época" propícia para que elas venham à Terra porque o "renascimento do planeta se aproxima... Eles estão nascendo e estarão preparados para ajudar as pessoas... Amar seus inimigos, essa é a Lei.
Você sabe porque o lemurianos pereceram? Porque eles não investiram no desenvolvimento espiritual e mergulharam nas práticas da Magia desconsiderando esta Lei.
O amor é a verdadeira mágica!".
Boris encerrou a entrevista dizendo:
Kailis, e o entrevistador perguntou:
ENTREVISTADOR - O que você disse?
BORISKA - Eu disse Olá. Essa é a língua do meu planeta.
A URL desta reportagem, no site em inglês do Jornal PRAVDA, Rússia:
http://english.pravda.ru/science/19/94/378/16387_Boriska.html
 
Título: Re: CIENTISTAS RUSSOS ESTUDAM FENOMENAL GAROTO ÍNDIGO
Enviado por: Nat em 25 de Novembro de 2007, 17:32
Concordo contigo!  :-*
Título: Re: CIENTISTAS RUSSOS ESTUDAM FENOMENAL GAROTO ÍNDIGO
Enviado por: Vitor Santos em 25 de Novembro de 2007, 18:39
Olá Joshua

Concordo consigo. As pessoas que não são moralmente elevadas podem parecê-lo, por vezes, mesmo sem o ser.

Mas aqueles que são moralmente elevados demonstram-no invariávelmente com a sua conduta exemplar.

bem haja
Vitor Santos

Título: Re: CIENTISTAS RUSSOS ESTUDAM FENOMENAL GAROTO ÍNDIGO
Enviado por: Rone em 26 de Novembro de 2007, 10:54
Acredito que são espiritos que vieram nos ajudar, passando ensinamentos, porem podem ser afetados ainda por algo, assim, se deixando influenciar e superexcitando a mente. concordo.

Interessante, e nada é coincidência, enviei para o forum um livro que li (para ser aprovado e colocado para todos), do espirito zílio, e neste livro ele conta que fez parte da civilização lemuriana, e diz detalhes...

O espirito zilio foi o encarnado Raul Seixas, muito conhecido no Brasil por suas músicas, no livro ele conta sua experiencia apos a morte, muito interessante.

Um Roqueiro no Além

Nelson Moraes  espirito Zílio


Título: Re: CIENTISTAS RUSSOS ESTUDAM FENOMENAL GAROTO ÍNDIGO
Enviado por: Ana Ang em 28 de Novembro de 2007, 15:31

Olá querida Natália :)

No mínimo interessante o menino... e todas as considerações que faz. Não sei bem o que pensar, mas não descreio de nada, acho que tudo é possível e que o grande livro da Vida ainda contém muitas páginas a serem descobertas ::)

Igualmente interessante é o comportamento moral, lembrando-nos sempre que o amor é a verdadeira mágica...

Beijinhos com carinho  :-*
Título: Re: CIENTISTAS RUSSOS ESTUDAM FENOMENAL GAROTO ÍNDIGO
Enviado por: Raul Cabral em 28 de Novembro de 2007, 23:15
Olá amigos!
Bem interessante o artigo. Porém, nunca ouvi falar da tal civilização lemuriana...
Do que se trata? Tem algum livro que conte algo sobre isso?
Título: Re: CIENTISTAS RUSSOS ESTUDAM FENOMENAL GAROTO ÍNDIGO
Enviado por: Vitor Santos em 29 de Novembro de 2007, 10:42
Olá Raul

A civilização Lamuriana somos nós, que estamos sempre com lamúrias...(perdoem-me o trocadilho, mas não resisto)  :D

A civilização Lemuriana também não sei o que é. Junto-me no pedido de esclarecimento. :)

bem haja
Vitor Santos
Título: Re: CIENTISTAS RUSSOS ESTUDAM FENOMENAL GAROTO ÍNDIGO
Enviado por: Gigii em 29 de Novembro de 2007, 12:38
Caros companheiros

Adorei essa da “Lamúria” Vitor  :D

Bem quanto à Lemúria...

Foi Sócrates, em “Diálogos” de Platão, o primeiro a fazer referência às ilhas desaparecidas de um continente mais evoluido...a Atlântida.
Lemúria e Mu seriam 2 ilhas desse continente.

Mais tarde Edgar Armond (espirita brasileiro, que por sinal faz hoje 25 anos precisamente que desencarnou) em “Os Exilados da Capela” faz um resumo histórico da evolução dos povos.

Refere que a Atlântida foi habitada pelos espiritos exilados do planeta capela. Espiritos que não acompanharam a evolução espiritual, moral do planeta e aqui encarnaram com vista ao aperfeiçoamento.
Afirma Armond que Jesus reencarnou na época nesse continente, por duas vezes com o mesmo objectivo que o levou a reencarnar como Krisna e mais tarde como Jesus.
O desenvolvimento cientifico levou à distruição da Atlântida e os espiritos que evoluiram partiram para outro orbe, os restantes espalharam-se dando origem aos povos egipcio, celta (druida), grego, Aztecas , maia, etc...

Noutro livro dele, "Almas Afins" ele volta a fazer referencia ás reencarnações de 3 espiritos amigos, que se iniciam precisamente na Atlântida e encontram-se mais tarde no Egipcio.

Considero os livros dele interessantes, apesar de muitos espiritas guardarem reservas em relação ás afirmações que faz.

Espero ter ajudado... ;)

Abraços  :-*
Gi
Título: Re: CIENTISTAS RUSSOS ESTUDAM FENOMENAL GAROTO ÍNDIGO
Enviado por: Vitor Santos em 29 de Novembro de 2007, 13:19
Olá

Obrigado pelo esclarecimento, amiga Regina.

bem haja
Vitor Santos
Título: Re: CIENTISTAS RUSSOS ESTUDAM FENOMENAL GAROTO ÍNDIGO
Enviado por: Ligia Santos em 30 de Novembro de 2007, 22:42
Amiga Regina: Já li esse livro e digo já que passei a entender melhor a evolução,não só do nosso planeta,mas também do próprio Homem.O livro explica como se formou o nosso mundo,desde a pangea até à formação dos continentes que conhecemos hoje(aí sim,começamos também a entender melhor certos fenómenos geológicos que acontecem,tais como a destruição de Atlantis,situava-se na zona hoje coberta pelo oceano Atlântico)os primeiros indícios de vida,como se formaram os animais,como apareceram os primeiros homens,como eram fisicamente e de como estes chegaram ao estado físico,moral e espiritual dos dias de hoje.É muito interessante mesmo!Aconselho a todos lerem o livro e verão do que falo  :)
Podem fazer o dowload em: http://www.espiritismogi.com.br/livrosd.htm

Falando então sobre o sistema de onde provieram os espíritos mais evoluidos para ajudar no progresso da Humanidade e que habitaram esses continentes,o sistema de Capela.
Esses espíritos eram seres decaídos e degradados,que persistiam no mal.O mundo de provas e expiações em que habitavam estava a tornar-se num mundo regenerado e esses espíritos estavam como que atrasando o progresso dos demais(sabemos que o nosso mundo está a passar ou vai passar muito brevemente por esta fase).
Assim,esses espíritos rebeldes,que insistiam em não progredir,foram expulsos e como "castigo" a missão deles era vir ajudar-nos no progresso,pois o homem ainda estava numa fase,digamos,pré-histórica.Faltava-nos a moral e o grande conhecimento que eles adquiriram no seu mundo mais avançado.Essa foi a grande provação que tiveram de enfrentar,pois encarnar num mundo inferior ao que tenhamos vivido é uma grande e dura prova!
Tendo então uma vaga lembrança das suas vidas passadas no mundo distante da Capela, com o transcurso dos anos reuniram-se em quatro grandes grupos que se fixaram depois nos povos mais antigos, obedecendo às afinidades sentimentais e linguísticas que os associavam na constelação do Cocheiro.Formaram desse modo:grupo dos árias, a civilização do Egito,o povo de Israel e as castas da Índia.Dos árias descende a maioria dos povos brancos da família indo-europeia nessa descendência, mas também é necessário incluir os latinos, os celtas e os gregos, além dos germanos e dos eslavos.


Título: Re: CIENTISTAS RUSSOS ESTUDAM FENOMENAL GAROTO ÍNDIGO
Enviado por: Ligia Santos em 30 de Novembro de 2007, 23:00
(continuação)
Falando agora astronomicamente sobre o Sistema:
"Capella significa "pequena cabra". Um nome prévio desta estrela era Amalthea, que era a cabra que amamentou o bebé Zeus. Existem muitas histórias antigas em relação a esta estrela, pois cada cultura na Antiguidade encontrou um lugar para esta brilhante companheira de Touro, o seu vizinho mais próximo.
Para encontrar Cocheiro, primeiro localize Orion. Touro é para a direita (Oeste) e mesmo por cima destes dois, muito mais alto no céu, verá Capella.   Embora esta estrela marque aproximadamente o ponto médio da constelação, entre Sul e Norte, muitos dos mais interessantes aspectos da constelação são encontrados a Sul da estrela, para baixo até El Nath, a segunda estrela mais brilhante (gamma Aurigae) que é actualmente partilhada com Touro, e também conhecida como Beta Tauri.
As estrelas de Cocheiro são razoavelmente brilhantes; cinco são de segunda magnitude ou mais brilhantes. Alpha Aurigae (Capella), é a sexta estrela mais brilhante, com uma magnitude de 0.08. A estrela está a 43.5 anos-luz de distância, e tem cerca de dez vezes o tamanho do nosso Sol."-http://www.ga-esec-pinheiro-rosa.rcts.pt/constelacoes/cocheiro.htm

Desta constelação nasce também a teoria de que os egípcios construiram as suas pirâmides de acordo com essa "vaga ideia" que tinham do seu mundo de outrora.Também eles são provenientes de Capela.Se sobrepuserem uma mapa com o conjunto das grandes pirâmides com a constelação de Oríon e as estrelas das "Três Marias" verão que são bem iguais! Imagem em: http://www.espinoso.org/biblioteca/imagenes%20lugares/alineamiento_orion_piramides.jpg

"A assistência carinhosa do Cristo não desamparou a marcha desse povo cheio de nobreza moral. Enviou-lhe auxiliares e mensageiros, inspirando-o nas suas realizações, que atravessaram todos os tempos provocando a admiração e o respeito da posteridade de todos os séculos.Aquelas almas exiladas, que as mais interessantes características espirituais singularizam, conheceram, em tempo, que o seu degredo na Terra atingia o fim. Impulsionados pelas forças do Alto, os círculos iniciáticos sugerem a construção das grandes pirâmides, que ficariam como a sua mensagem eterna para as futuras civilizações do orbe. Esses grandiosos monumentos teriam duas finalidades simultâneas: representariam os mais sagrados templos de estudo e iniciação, ao mesmo tempo que constituiriam, para os pósteros, um livro do passado, com as mais singulares profecias em face das obscuridades do porvir.
Levantaram-se, dessarte, as grandes construções que assombram a engenharia de todos os tempos. Todavia, não é o colosso de seus milhões de toneladas de pedra nem o esforço hercúleo do trabalho de sua justaposição o que mais empolga e impressiona a quantos contemplam esses monumentos. As pirâmides revelam os mais extraordinários conhecimentos daquele conjunto de Espíritos estudiosos das verdades da vida. A par desses conhecimentos, encontram-se ali os roteiros futuros da Humanidade terrestre. Cada medida tem a sua expressão simbólica, relativamente ao sistema cosmogônico do planeta e à sua posição no sistema solar. Ali está o meridiano ideal, que atravessa mais continentes e menos oceanos, e através do qual se pode calcular a extensão das terras habitáveis pelo homem, a distância aproximada entre o Sol e a Terra, a longitude percorrida pelo globo terrestre sobre a sua órbita no espaço de um dia, a precessão dos equinócios, bem como muitas outras conquistas científicas que somente agora vêm sendo consolidadas pela moderna astronomia."
"Depois dessa edificação extraordinária, os grandes iniciados do Egito voltam ao plano espiritual, no curso incessante dos séculos. Com o seu regresso aos mundos ditosos da Capela, vão desaparecendo os conhecimentos sagrados dos templos tebanos, que, por sua vez, os receberam dos grandes sacerdotes de Mênfis. Aos mistérios de Ísis e de Osíris, sucedem-se os de Elêusis, naturalmente transformados nas iniciações da Grécia antiga.
Em algumas centenas de anos, reuniram-se de novo, nos planos espirituais, os antigos degredados, com a sagrada bênção do Cristo, seu patrono e salvador. A maioria regressa, então, ao sistema de Capela, onde os corações se reconfortam nos sagrados reencontros das suas afeições mais santas e mais puras, mas grande número desses Espíritos, estudiosos e abnegados, conservaram-se nas hostes de Jesus, obedecendo a sagrados imperativos do sentimento e, ao seu influxo divino, muitas vezes têm reencarnado na Terra, para desempenho de generosas e abençoadas missões."-A CAMINHO DA LUZ - Francisco Cândido Xavier – ditado pelo espírito Emmanuel

Bem,não vou divagar mais pois há muito mais no livro de interessante e que é muito extenso para se falar agora por aqui  :) "Os Exilados da Capela",de Edgard Armond, explica tudo isto ao pormenor.

Saudações
Título: Re: CIENTISTAS RUSSOS ESTUDAM FENOMENAL GAROTO ÍNDIGO
Enviado por: Ligia Santos em 30 de Novembro de 2007, 23:26
Só para completar ainda mais a teoria das pirâmides e dos egípcios: http://www.crystalinks.com/gpstats.html
Na parte onde se intitula "GEOPHYSICAL AND ASTRONOMICAL RELATIONS " está tudo explicado ao pormenor.  :o
Título: Re: CIENTISTAS RUSSOS ESTUDAM FENOMENAL GAROTO ÍNDIGO
Enviado por: Vitor Santos em 01 de Dezembro de 2007, 14:19
Olá

As teorias apresentadas são interessantes. Mas, no meu entender, não podemos dizer, de forma alguma, que fazem parte da ciência espirita.

Não tenho qualquer preconceito em adoptar teorias que a ciência material não adopta. O problema que se coloca aqui é saber se toda a informação que está disponivel nos "Exilados de Capela" e nas outras fontes mencionadas se pode considerar minimamente credivel. Como eu não sei se é (o que não quer dizer que não haja muitas outras pessoas que já saibam mais do que eu sobre isso), por enquanto, não adopto essas teorias como certas.

Não se trata, sequer, de questões essenciais para a doutrina. O facto de haver espiritas convictos que acredita no que está escrito nos "Exilados de Capela" e outros que não acreditam, não tem, a meu ver, qualquer importância.

bem hajam
Vitor Santos

 

Título: Re: CIENTISTAS RUSSOS ESTUDAM FENOMENAL GAROTO ÍNDIGO
Enviado por: claude em 04 de Janeiro de 2008, 18:23
Olá,

Voltando ao caso do menino Boris.
Eu tinha ouvido falar em algo parecido, só que com o nome de menino de Seul. Não creio que seja o mesmo caso, já que este do tópico aconteceu na Russia. Mas o caso era muito parecido, o garoto começou a falar com poucos meses de vida e etc...

De qualquer forma, concordo com o Vitor, esses casos não deveriam fazer parte da doutrina em si.
Agora, analisando as teorias, elas realmente são interessantes e se encaixam. Mas acho existem coisas que mesmo que sejam verdade as pessoas ainda não estão preparadas pra saber, esse eu acho que é um grande problema.
E de qualquer forma também, as informações que chegam do garoto são muito poucas, não dá pra tirar muitas conclusões.
Mas o que achei mais interessante, é que o garoto tenha uma noção tão boa e fale tão naturalmente assim de reencarnação e de suas vidas passadas.


Agora fazendo uma "analogia" quanto ao preparo das pessoas para receber certas informações, Jesus quando veio a Terra, sabiamente como só ele, não disse tudo o que sabia, disse uma pequena parte, uma ínfima parte, e mesmo assim a maioria das pessoas ainda não estavam preparadas para o que ele veio dizer, ora, até hoje a maioria das pessoas não estão.

Então imagina se Jesus tivesse falado que o planeta gira em torno do sol, que existem organismos microscópicos no ar, que um dia os homens construiriam objetos que levariam centenas de pessoas pelo ar e que essas mesmas naves poderiam destruir cidades... Com certeza, mesmo tudo sendo verdade, ninguém acreditaria nele, e ele não seria o que é hoje. Ele já estaria esquecido a muito tempo.





Título: Re: CIENTISTAS RUSSOS ESTUDAM FENOMENAL GAROTO ÍNDIGO
Enviado por: Irina em 20 de Agosto de 2008, 09:04
Bem eu... eu acho-o especial considerando fantasia ou não.. quer dizer, tudo aquilo que lhe aconteceu de falar aos 8 meses, ler jornais e ter provado a mãe que tinha acontecimentos sobre astronomia.. quer dizer.. é absolutamente fantastico, mesmo a mae tendo um parto sem dor, não acho que as pessoas devessem desconfiar assim tanto das outras, esse tipo de pessoas não inventa à toa e já basta o sofrimento de nascerem diferentes... mesmo que seje fantasia cmo ja li em algumas repostas na mensagem acho um menino com uma imaginaçao incrivel, e mesmo assim nao penso que teje a fantasiar, desde pequena fui treinada a nao confiar nas pessoas, desde pequena que pessoas me magoam e me usam, mas sempre penso "o erro é delas, nao meu", ganho muita magoa e revolta mas logo passa e tento nao errar... acho que deve ser um sofrimento enorme uma criança assim nascer no nosso planeta.. vivemos num planeta tao primitivo q ate eu as vezes penso que nao me encaixo  ;D e aposto que todos aqui do forum devem ter passado por pessoas que não nos respeitam em muitas opinioes, acham que nada é realidade, nao fazer como elas ne? alem disso... elas não sabem mas nós seguimos a unica realidade que temos certeza... aquilo que sentimos  :)
Título: Re: CIENTISTAS RUSSOS ESTUDAM FENOMENAL GAROTO ÍNDIGO
Enviado por: vovoivanise em 26 de Março de 2010, 16:08
concordo plenamente , pois ainda exite pessoa que duvida da existência de deus, como poderiam acreditar  àquela época. se jesus falasse de outros mundos e suas
evoluções!

abrs
ivanise
Título: Re: CIENTISTAS RUSSOS ESTUDAM FENOMENAL GAROTO ÍNDIGO
Enviado por: Douglas Laurindo em 05 de Junho de 2010, 21:45
Acho que o caso desse garoto não é dos primeiros de que já ouvi falar, mas é bem interessante...