Forum Espirita

GERAL => Outros Temas => Pedagogia Espírita => Tópico iniciado por: HelenaBeatriz em 01 de Março de 2011, 20:53

Título: Sugestões para melhoria do relacionamento humano
Enviado por: HelenaBeatriz em 01 de Março de 2011, 20:53
Sugestões para melhoria do relacionamento humano


Fonte: Folheto da FEB para a área de Atendimento Espiritual da Casa Espírita.
Baseado no Livro Agenda Cristã

    1 - Procure colocar-se na situação de seu interlocutor para entendê-lo acertadamente.

          Esforce-se por entender o companheiro menos esclarecido. Nem sempre você dispõe de recursos para compreender como é indispensável.

    2 - Não seja um rigoroso defensor da sinceridade. Dê sua opinião sem palavras ou entonações agressivas.

          Observe seus métodos de cultivar a verdade. Muitas pessoas que se presumem verdadeiras, são veículos de perturbação e desânimo.

    3 - Não seja o "dono da verdade".

          Seja leal, mas fuja da franqueza descaridosa. A pretexto de ser realista, não pretenda ser mais verdadeiro que Deus, somente de cuja Autoridade Amorosa recebemos as revelações de cada dia.

    4 - Estimule as pessoas à prática do bem. Descubra o lado positivo de cada um. Seja otimista.

          Não saia de vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem (Paulo ´Efésios 4,29).
          Lembre-se que o mal não merece comentários em tempo algum.
          Sua conversação dirá das diretrizes que escolheu na vida.
          O otimismo (...) é manancial de força para seus dias de luta.

    5- Deixe os outros falarem também. Saber escutar é uma habilidade passível de desenvolvimento.

          Evite a verbosidade avassalante; quem conversa sem intermitência, cansa a quem ouve.
          Pense muito. Medita mais. Fale pouco.
          Fale o menos possível, relativamente a você e a seus problemas.
          A palavra é de prata; o silêncio é de ouro (dito popular).

    6 - Respeite idéias contrárias às suas. Não queira impor sua opinião.

          Não encarcere seu vizinho no seu modo de pensar, dê ao companheiro oportunidade de conceber a vida tão livremente quanto você.

    7 - Aprenda a expressar-se corretamente, sem o uso de gírias, jargão profissional, palavreado ou gestos vulgares.

          Fala - construindo.

          Guarde cuidado no modo de exprimir-se, em várias ocasiões as maneiras dizem mais que as palavras.

    8 - Use a palavra como instrumento de auxílio. Evite zombarias.

          Ajude conversando. Uma boa palavra auxilia sempre.
          Evite assuntos desconcertantes para o ouvinte. Todos tems zonas nevrálgicas no destino, sobre as quais precisamos fazer silêncio
.