Forum Espirita

GERAL => Outros Temas => Pedagogia Espírita => Tópico iniciado por: Rose FRA em 21 de Setembro de 2011, 12:18

Título: Cigarro - apague essa idéia.....O Perispírito fica Impregnado...
Enviado por: Rose FRA em 21 de Setembro de 2011, 12:18
Amigos de Forum,

Paz de Jesus a Todos....

vou deixar um novo texto hoje, para cooperar com os amigos que fumam, com os que querem parar de fumar e para todos que desejam se
informar melhor sobre os danos que o cigarro causa, nao somente a saúde física, mas também a saúde do Espírito, pq o Perispírito fica impregnado com
toda a gama de venenos ingeridos pela fumaca....

Há uma explicacao muito boa que Emmanuel trouxe para nós.... leiam e aproveitem para ajudar aos que nao sabem desses danos que acontecem ao
nosso corpo material e espiritual.

Com muito carinho, desejo que vc que fume para de fumar e com atencao, apreco, com os todos que participam desse Forum.

Que nós consigamos ter a paz de Jesus,  dentro de nós por toda a eternidade....

Abracos fraternos e boa leitura...

Rose


Livro: Manual Prático do Espírita - Ney Pietro Peres

CIGARRO - O Perispírito Fica Impregnado

Os efeitos nocivos do fumo transpoem os níveis puramente físicos, atingindo o envoltório sutil e vibratório que modela, vivifica e abastece o organismo humano, denominado perispírito ou corpo espiritual.

O perispírito, na regiao correspondente ao sistema respiratório, fica, gracas ao fumo, impregnado e saturado de partículas semimateriais nocivas que absorvem vitalidade, prejudicando o fluxo normal das energias espirituais sustentadoras, as quais, através dele, se condensam para abastecer o corpo físico.

O fumo nao só induz impurezas no perispírito - qu sao visíveis aos médiuns videntes, à semelhanca de manchas, formadas de pigmentos escuros, envolvendo os órgaos mais atingidos, como os pulmoes -, mas também amortece as vibracoes mais delicadas, bloqueando-as, tornando o homem até certo ponto insensível aos envolvimentos espirituais de entidades amigas e protetoras.

Após o desencarne, os resultados do vício do fumo sao desastrosos, pois provocam uma espécie de paralisia e insensibilidade aos trabalhos dos espíritos socorristas por longo período, como se permanecesse num estado de inconsciência e incomunicabilidade, ficando o desencarnado prejudicado no recebimento do auxílio espiritual.

Numa entrevista dada ao jornalista Fernando Worm (publicada na Folha Espírita, agosto 1978, ano V, n° 53), Emmanuel, através de Chico Xavier, responde às seguintes perguntas:

F.W - A acao negativa do cigarro sobre o perispírito do fumante prossegue após a morte do corpo físico?  Até quando?

Emmanuel: O problema da dependência continua até que a impregnnacao dos agentes tóxicos nos tecidos sutis do corpo espiritual ceda lugar à normalidade do envoltório presispiritual, o que, na maioria das vezes, tem a duracao do tempo em que o hjábito perdurou na existência física do fumante.  Quando a vontade do interessado nao está suficientemente desenvolvida para arredar de si o costume inconveniente, o tratamento dele, no Mundo Espíritual, ainda exige quotas diárias de sucedâneos dos cigarros comuns, com ingredientes análogos aos dos cigarros terrestres, cuja administracao ao paciente diminui gradativamente, até que ele consiga viver sem qualquer dependência do fumo.

F.W. Como descreveria a acao dos componentes do cigarro no perispírito de quem fuma?

Emmanuel: As sensacoes do fumante inveterado, no Mais Além, sao naturalmente as da angustiosa sede de recursos tóxicos a que se habituou no Plano Físico, de tal modo obcecante que as melhores licoes e surpresas da Vida Maior lhe passam quase que inteiramente despercebidas, até que se lhe normalizem as percepcoes.  O assunto, no entanto, com relacao à saúde corpórea, deveria ser estudado na Terra mais atentamente, já que a resistência orgânica decresce consideravelmente com o hábito de fumar, favorecendo a instalacao de moléstias que poderiam ser claramente evitáveis.  A necrópsia do corpo cadaverizado de um fumante em confronto com o de uma pessoa sem esse hábito, estabelece clara diferenca.


O fumante também alimenta o vício de entidades vampirizantes que a ele se apegam para usufruir das mesmas inalacoes inebriantes.   E com isso, através de processos de simbiose a níveis vibratórios, o fumante pode coletar em seu prejuízo as impregnacoes fluídicas maléficas daqueles que deixam o enfermico triste, grosseiro, infeliz, preso à vontade de entidades inferiores, sem o domínio e a consciência dos seus verdadeiros desejos.  Dentro desse processo de impregnacao fluídica mórbida, o vício do fumo reflete-se nas reencarnacoes posteriores, principalmente na predisposicao às enfermidades típicas do aparelho respiratório.
Título: Re: Cigarro - apague essa idéia.....O Perispírito fica Impregnado...
Enviado por: amandastz em 21 de Setembro de 2011, 13:24
Bom dia!

Sou nova por aqui e  espero ter entendido as regras!!
Gostaria de expressar a minha opnião sobre um assunto tão importante e tão incomodo para mim:

Infelizmente os vícios fazem as pessoas ficarem presas na comodidade do "eu não consigo, eu não posso" ao invés de assumirem que não querem. Pra mim, o primeiro passo para acabarem com a maldição de um vício é reconhecer que não querem sair dele. Que o vício é mais forte. A partir disso qualquer um disposto a vencer esse inimigo é capaz. Pra lutar contra algum mal é preciso antes reconhecer o tamanho e o poder que ele tem sobre você, e assim procurar armas que ajudem a vencê-lo.
 
Título: Re: Cigarro - apague essa idéia.....O Perispírito fica Impregnado...
Enviado por: Anton Kiudero em 21 de Setembro de 2011, 14:29
Ja tomei conhecimento, atraves de leituras, de que é exatamente isto o que sente o espirito apos o desprendimento da matéria. Ou seja, quem fumou por 50 anos ficará mais ou menos 50 anos desintoxicando-se. Vejam que falo de sensações...

Título: Re: Cigarro - apague essa idéia.....O Perispírito fica Impregnado...
Enviado por: Mourarego em 21 de Setembro de 2011, 14:59
Meus amigos,
não vai aqui nenhuma propaganda do tabaco nem nenhuma apologia ao tabagismo.
Porém o fumo, só atinge, tanto quanto os outros vícios, a parte material ou seja ao corpo, não se transmitindo ao perispírito nem ao Espírito.
Esta invencionice já é bem conhecida e velha no meio do movimento espírita.
Não existem nódoas perispirituais, criptógramos carnudos ou quejandos.
Abraços,
Moura
Título: Re: Cigarro - apague essa idéia.....O Perispírito fica Impregnado...
Enviado por: JoseVasconcellos em 21 de Setembro de 2011, 15:15
ATENÇÃO, por favor!...
Não nos iludamos quanto a obviedade que é, hoje em dia, o fato de que o fumante é, na visão da erraticidade, um "suicida"!
E sabemos bem, ou melhor, temos uma triste tênue noção do que um suicida sofre após desencarnar.

Muita Paz, muita Luz, muito aprendizado!

José
Título: Re: Cigarro - apague essa idéia.....O Perispírito fica Impregnado...
Enviado por: Mourarego em 21 de Setembro de 2011, 15:33
Amigo José Vasconcellos,

A erraticidade não tem visão alguma, pois que é apenas um estado em que os espíritos vão estar até se tornarem Puros.
A visão dos espíritos também no estado etéreo não se modifica, em uma realidade diferente da verdade se lhes é apresentada.
O fumo, sabemos, é um mal, trás riscos inúmeros, porém não se constitui em algo que possa se dizer uma suicídio.
quem se quer matar , assim o faz por elemento de vontade, e que para ter o fim que deseja pensa em todos os pormenores.
Logo, sendo o fumante, apenas uma pessoa que adquiriu um mau hábito, não quer, por isso e nem tem a vontade de se matar.
Não existe a figura de um suicida que não tivesse a vontade em se matar.
Em OLE se nota na resposta no tema Suicídio, que qualquer vício numa extensão apenas, poderia ser vista como suicídio moral. não material.
Note também que a referida questão fala em"abuso das paixões".
Por isso se diz que numa extensão, quer dizer, tomando-se por paixão a qualquer dos vícios, se poderia dizê-lo "suicídio moral".
releia a questão abaixo:
"952. O homem que perece como vítima do abuso das paixões que, como o sabe, deve abreviar o seu fim, mas às quais não tem mais o poder de resistir, porque o hábito as transformou em verdadeiras necessidades físicas, comete um suicídio?
É um suicídio moral. Não compreendeis que o homem, neste caso, é duplamente culpado? Há nele falta de coragem e bestialidade, e além disso o esquecimento de Deus."

Gente convém não misturarmos as coisas.
abraços,
Moura
Título: Re: Cigarro - apague essa idéia.....O Perispírito fica Impregnado...
Enviado por: JoseVasconcellos em 21 de Setembro de 2011, 16:03
Meu caro amigo, deixando de lado a semântica, haverá "suicídio" maior que o suicídio moral? Quando o encarnado comete esse desatino não será crime maior justamente o perpetrado contra a Lei Moral da Conservação, Lei essa já ditada por Joanna através do nosso bravo Divaldo?

As coisas não se misturam, meu querido amigo, antes, elas se sobrepõem buscando a interpretação reveladora.

Muita Paz, muita Luz e muito Aprendizado!

José
Título: Re: Cigarro - apague essa idéia.....O Perispírito fica Impregnado...
Enviado por: Mourarego em 21 de Setembro de 2011, 16:42
Amigo por favor...
você me pede para deixar a semântica e continua dentro dela hehehe.
Quando explicamos sobre suicídio devemos sempre ter em mente que o popular vai compreendê-lo pela morte ministrada por uma pessoa a ela mesma.
O suicídio moral que se vê descrito na resposta dos espíritos superiores é uma alegoria posto que não existe.
Ninguém se suicida moralmente...
Mormente encarnado pois a vida, neste caso se passa em mundo materializado ou material onde a obrigação se passa na carne.
O suicídio moral, mesmo alegoricamente só atinge em termos de explicação do mundo espiritual que é totalmente moral.
Contudo é uma imagem de retórica, amigo. É para facilitar, apenas uma explicação feita em moldes dados ao entendimento geral.
Abraços,
Moura
Título: Re: Cigarro - apague essa idéia.....O Perispírito fica Impregnado...
Enviado por: JoseVasconcellos em 21 de Setembro de 2011, 17:59
Ora! Que seja então, meu amigo  ;D, você me fez repensar no que seja a interpretação de "semântica", ela, de alguma forma, muda para cada ótica. Interessante isso, mas, também, óbvio, não é mesmo!?

Seja como for, acho que fica um pouco mais complexo delongar essa conversa - alías muito boa - e o ponto de interrupção está em termos visões diferentes no que tange um suicídio moral.
A mim parece que o suicídio moral não é fato só no Mundo Espiritual, afinal somos Espíritos permanentemente, por breves períodos encarcerados, por outros tantos (quase normalmente maiores) em Estado Verdadeiro ou mais próximo disso.

O suicidio moral, ao contrário do término do tempo de um corpo premeditadamente, se levarmos em consideração que estamos em constante estado de aprendizado evolutivo, (quando menos, quase que totalmente estagnados por um motivo ou outro de nossas falhas existenciais), mas esse "suicídio" acontece quando, propositadamente, nos desviamos de Caminhos que nós mesmos nos dispusemos a trilhar, nesse momento o "suicídio" (Nossa! Será semântica aí?!) acontece!

Do outro lado, do lado da matéria, no corpo físico encarcerante onde aprendemos a cada instante e purgamos e pagamos nossos débitos com nossas consciências eternas, nele, se sabemos que uma ação pode terminar nosso período de aprendizado e, mesmo assim, insistimos nela... Ora! É suicídio, sim!

Em "Nosso Lar", André Luiz fala sobre seu "suicídio". Ao lermos o texto fica - para muitos, tenho certeza - difícil de enxergar um suicida naquelas suas "ações desregradas" e tão simples ou até mesmo, comuns para os dias de hoje, mesmo ele cuidando para tingi-las com tons fortes, mas, lá está um suicídio, tanto que os pobres Espíritos menos afortunados que lhe cruzam o caminho nas terras umbralinas gritam-lhe a sentença: "SUICIDA"!... Então o que esperarmos do fumante nesses tempos de século XXI onde tão bem sabemos ser essa atitude fatal aos órgãos?

Ah, sim! Claro! É assim que interpreto o que estudei e estudo até hoje :)


Muita Paz, muita Luz e muito Aprendizado!

José
Título: Re: Cigarro - apague essa idéia.....O Perispírito fica Impregnado...
Enviado por: fernando machado em 21 de Setembro de 2011, 19:16
obrigado Mourarego,por explicações tão ricas em detalhes
obrigado!!
Título: Re: Cigarro - apague essa idéia.....O Perispírito fica Impregnado...
Enviado por: Mourarego em 21 de Setembro de 2011, 21:14
Amigo José,
deixe-me dizer que André expressa apenas a opinião dele, e que esta não faz doutrina, não passou pelo método que da validade a toda a doutrina entende?
Andre nos traz, tal como seu apelido nos lembra, reportagens espirituais.
Seu apelido, só para relembrar é "Repórter do Além".
A obra sobre a qual o amigo reflete é um romance, não se atendo nem a doutrina como fundo, mas sim ao mundo espiritual que ele em sua situação ainda via.
Abraços,
Moura

Ora! Que seja então, meu amigo  ;D, você me fez repensar no que seja a interpretação de "semântica", ela, de alguma forma, muda para cada ótica. Interessante isso, mas, também, óbvio, não é mesmo!?

Seja como for, acho que fica um pouco mais complexo delongar essa conversa - alías muito boa - e o ponto de interrupção está em termos visões diferentes no que tange um suicídio moral.
A mim parece que o suicídio moral não é fato só no Mundo Espiritual, afinal somos Espíritos permanentemente, por breves períodos encarcerados, por outros tantos (quase normalmente maiores) em Estado Verdadeiro ou mais próximo disso.

O suicidio moral, ao contrário do término do tempo de um corpo premeditadamente, se levarmos em consideração que estamos em constante estado de aprendizado evolutivo, (quando menos, quase que totalmente estagnados por um motivo ou outro de nossas falhas existenciais), mas esse "suicídio" acontece quando, propositadamente, nos desviamos de Caminhos que nós mesmos nos dispusemos a trilhar, nesse momento o "suicídio" (Nossa! Será semântica aí?!) acontece!

Do outro lado, do lado da matéria, no corpo físico encarcerante onde aprendemos a cada instante e purgamos e pagamos nossos débitos com nossas consciências eternas, nele, se sabemos que uma ação pode terminar nosso período de aprendizado e, mesmo assim, insistimos nela... Ora! É suicídio, sim!

Em "Nosso Lar", André Luiz fala sobre seu "suicídio". Ao lermos o texto fica - para muitos, tenho certeza - difícil de enxergar um suicida naquelas suas "ações desregradas" e tão simples ou até mesmo, comuns para os dias de hoje, mesmo ele cuidando para tingi-las com tons fortes, mas, lá está um suicídio, tanto que os pobres Espíritos menos afortunados que lhe cruzam o caminho nas terras umbralinas gritam-lhe a sentença: "SUICIDA"!... Então o que esperarmos do fumante nesses tempos de século XXI onde tão bem sabemos ser essa atitude fatal aos órgãos?

Ah, sim! Claro! É assim que interpreto o que estudei e estudo até hoje :)


Muita Paz, muita Luz e muito Aprendizado!

José
Título: Re: Cigarro - apague essa idéia.....O Perispírito fica Impregnado...
Enviado por: Rose FRA em 26 de Setembro de 2011, 14:22
Amigos,

continuando as dicas para os que fumam e desejam mais informacoes sobre o Fumo, trago hoje a todos, a dica que pode ser encontrada no  livro: Manual Prático do Espírita, por Ney Pires Prieto.

Esses textos servem para todos, mais ainda para aqueles que creêm na vida eterna e nao questionam tanto, que analisam pelos próprios crivos, da sua sensibilidade ou  simplesmente para aqueles, que tentam renovar suas vidas, atraves de boas palavras, de dicas para ajudar uns aos outros, de ânimo para todos.... nem sempre o que sabe muito, tem a vivência da sua própria leitura... pensemos nisso.

Aqui com carinho para todos os Amigos que desejam parar com o fumo ou estao procurando um apoio para isso....

Rose


Deixar de Fumar:  Um Trabalho de Reforma Íntima
O esclarecimento trazido pelo Espírito vem aduzir maior número de razoes, e com maior profundidade, àqueles defendidos pela Medicina e Saúde Pública.

Dentro de um propósito tranformista, que a vivência doutrinária nos evidencia, é indispensável abandonar o fumo, principalmente os que se dedicam aos trabalhos de assistência espiritual, que veiculam energias vitalizantes, transmitidas nos servicos de passes.

O zelo e o respeito ao organismo, que nos é legado na presente existência, devem nos levar a compreender qeu nao temos o direito de comprometê-lo com a carga de toxinas que o fumo acrescenta, alertando-nos com relacao a esse problema.

A necessidade de cada vez mais nos capacitarmos espiritualmente nao pode dispensar a libertacao de vícios, dentre eles o fumo.   Encontramos inúmeras razoes que justificam o deixar de fumar e nao conseguimos enumerar uma apenas que, objetivamente, justifique o vício.

A Vontade é A Ferramenta Fundamental

Há varios métodos que ensinam como deixar de fumar, porém todos partem de um pressuposto: A Vontade.

A vontade pode ser fraca ou forte, e ela diz muito do propósito e da capacidade de decisao que imprimimos à nossa vida.  A vontade, como vimos, pode ser fortalecida por afirmacoes repetidas por nós mesmos, como forcas desencadeadoras de nossas potencialidades psíquicas, pensando e até dizendo: "eu quero deixar de fumar", " eu nao tenho necessidade do fumo", "eu vou deixar de fumar".

Assim, vamos fortalecendo a vontade e, ao largarmos o cigarro, devemos fazê-lo de uma só vez, pois nao é aconselhável, deixr aos poucos.  O acompanhamento médico, porém, é recomendado em qualquer caso.

Resistir de todos os modos aos impulsos que naturalmente vao surgir: dessa forma, no decorrer dos dias, a autoconfianca aumenta.  Com isso desenvolvemos um treinamento de grande valor com realcao aoa domínio e ao controle da vontade, conduzindo-a em direcao ao aperfeicoamente interior, trabalho esse do qual sempre nos afastamos, levados por envolvimentos de toda sorte.

Nada se conquista sem trabalho.  E, vencendo o fumo, capacitamo-nos a superar outros condicionamentos que nos prejudicam igualmente na caminhada evolutiva.

Faca sua própria avaliacao individual.
1 - O fumo constitui um hábito para voce?
2 - Já refletiu sobre as doencas que o fumo provoca?
3 - Sofreu alguma consequência doentia do fumo?
4 - Analise as suas reacoes ao tentar dominar o impulso de fumar.  O que sente?
Inquietacao - Desespero - Tremor - Irritacao
5 - A que atribui a predominante reacao verificada acima?
Vontade fraca - Organismo habituado - Necessidade de prazer
6 - Acha-se capaz de dominar o desejo incontido de fumar?  Jà tentou fazê-lo?
7 - Admite poder fortalecer a sua vontade pela auto-sugestao?
8 - Tendo concluído que o fumo é nocivo ao corpo e ao espírito, sente alguma vontade de deixá-lo?
9 - Aceita o desafio de nao se deixar levar pelo vício de fumar?  Prove quem é mais forte, voce ou o fumo.
10 - Já pensou que o fumo nao passa de algumas folhinhas picadas e queimadas, transformadas em fumaca?  E isso lhe pode dominar?
Título: Re: Cigarro - apague essa idéia.....O Perispírito fica Impregnado...
Enviado por: rosabranca65 em 26 de Setembro de 2011, 15:01
:) Rose, muito obrigada por sua contribuição. Acredito que qualquer vício atrapalha nossa vida terrena e mais ainda nossa vida espiritual. Uma pessoa com um vício grave com certeza ficará "poluída", trazendo danos a si mesma e tornando as coisas muito mais difíceis.
Título: Re: Cigarro - apague essa idéia.....O Perispírito fica Impregnado...
Enviado por: Dalmo Rebelo em 26 de Setembro de 2011, 15:11
Gostei muito dos assuntos abordados neste tópico, pois tenho proximo pessoas que fumam e vejo como é dificil as pessoas conseguirem parar com esse vicio que tanto mal faz a saúde.
Minha mãe e minha sogra fumam, e quando eu e minha esposa vamos na casa delas, ao retornar para casa notamos como o cheiro do cigarro fica empreguinado em nossas roupas, isso fica facil de notar pois eu e minha esposa não fumamos sendo assim em nossa casa o cheiro fica aflorado...
Apesar do incomodo para quem não é fumante, temos que aprender a respeitar e fazer o possivel para ajudar os que fumam no caminho do tratamento para que possam conseguir parar (acompanhei minha mãe em algumas tentativas de parar e sei que não é nada fácil), e a orientar os mais jovens a nem mesmo iniciar. Acredito que nos dias de hoje informação não falta, o quer precisamos é fazer com que as pessoas possam se conscientizar de que o fumo realmente não vale a pena...
Título: Re: Cigarro - apague essa idéia.....O Perispírito fica Impregnado...
Enviado por: Rose FRA em 26 de Setembro de 2011, 15:38
:) Rose, muito obrigada por sua contribuição. Acredito que qualquer vício atrapalha nossa vida terrena e mais ainda nossa vida espiritual. Uma pessoa com um vício grave com certeza ficará "poluída", trazendo danos a si mesma e tornando as coisas muito mais difíceis.

Oi Querida Companheira de Jornada Rosabranca,
é isso mesmo, uns ajudando aos outros no que podemos.... agora o esforco maior vem de cada um... vem de nós mesmos... os textos que posto por aqui, tem esse intuito, de ajudar, de fazer o outro se sentir acompanhado, mesmo com seus vícios ... afinal somos todos irmaos e as nossas fraquezas sao bem parecidas, senao iguais.... rsrsrs

Gracas a DEus encontramos em várias dicas e palavras o conforto para esses momentos, onde, depois de uma leitura, refletirmos no que lemos, no que estamos fazendo de nossa vida eterna.....  essa dádiva maravilhosa que nos foi confiada por Deus.

Obrigada pelo retorno Amiga e fique na paz de DEus e Amor no seu coracao.

Com carinho da
Rose
Título: Re: Cigarro - apague essa idéia.....O Perispírito fica Impregnado...
Enviado por: Rose FRA em 26 de Setembro de 2011, 15:46
Gostei muito dos assuntos abordados neste tópico, pois tenho proximo pessoas que fumam e vejo como é dificil as pessoas conseguirem parar com esse vicio que tanto mal faz a saúde.
Minha mãe e minha sogra fumam, e quando eu e minha esposa vamos na casa delas, ao retornar para casa notamos como o cheiro do cigarro fica empreguinado em nossas roupas, isso fica facil de notar pois eu e minha esposa não fumamos sendo assim em nossa casa o cheiro fica aflorado...
Apesar do incomodo para quem não é fumante, temos que aprender a respeitar e fazer o possivel para ajudar os que fumam no caminho do tratamento para que possam conseguir parar (acompanhei minha mãe em algumas tentativas de parar e sei que não é nada fácil), e a orientar os mais jovens a nem mesmo iniciar. Acredito que nos dias de hoje informação não falta, o quer precisamos é fazer com que as pessoas possam se conscientizar de que o fumo realmente não vale a pena...

É Meu Amigo de Jornada Terrena, Dalmo Rebelo,

sei muito bem o que vc está falando... hoje como ex-fumante, sinto na pele o que é entrar em contato com esse "odorzinho" que impregna o nariz, a roupa, o cabelo, os armários... tudo!!

Posso te dizer de cadeira, que sei o que sua mae deve ter passado, na tentativa de parar de fumar.... mas o esforco é o único aliado que temos nessa luta, nessa batalha contra nós mesmos.... tem que ter muita forca de vontade... e acreditar que somos maiores, mais fortes do que o  nosso próprio vício.

Já li em vários livros e ouvi em palestras... que infelizmente nao existe fumar menos, nao existe tentar parar ou algo assim.... parar de fumar é uma atitude radical... ou vc é fumante ou nao é fumante... nao existe mais ou menos.   Parei de fumar e durante 12 meses ou mais eu tinha um pacote inteiro, com 20 macos dentro do meu guarda-vestidos, para satisfazer a minha louca fantasia, de que um dia de recaída eu iria fumar, para nao morrer de vontade... que sempre pensei que fosse morrer sem meu cigarro..... pois esse pacote de cigarrro... joguei depois de mais de um ano no lixo... nem cogitei em dar a ninguém.... ninguém merecia esse "veneno" de presente.

Pois conte isso para sua mae... e quem sabe ela entra em contato com a forca maior que ela tem dentro dela e comece a mudar de atitude. 

Cigarro Apaguem Essa Idéia... estou muito feliz pela sua participacao e testemunho sobre o fumo....

Obrigada pela participacao e retorno....

Paz de Jesus a todos nós e tenha um ótimo dia....

Rose
Título: Re: Cigarro - apague essa idéia.....O Perispírito fica Impregnado...
Enviado por: Edna☼ em 26 de Setembro de 2011, 16:55
Olá Rose e demais amigos,

Para aqueles que já estão conscientes dos malefícios do fumo, e que desejam vencer o vício, podem contar, também, com a ajuda de um dos grupos de apoio:


Fumantes Anônimos é uma irmandade de pessoas que sentiram o poder da adicção à nicotina. Encontramos uma solução, uma maneira de viver e crescer sem nicotina, e compartilhamos isto livremente com os outros e com cada um que deseje juntar-se a nós.


https://www.nicotine-anonymous.org/pubs.php?language=10


Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/convivio-dos-membros-do-forum/grupos-de-apoio-precisando-de-ajuda/#ixzz1Z4bvrV6n


Desejo força e boa sorte!

Abraços fraternos,

Edna ;)


Título: Re: Cigarro - apague essa idéia.....O Perispírito fica Impregnado...
Enviado por: Rose FRA em 27 de Setembro de 2011, 10:26
Edna, querida.... muito obrigada pela dica... a uniao faz a forca e assim vamos ajudando o nosso próximo.... principalmente no combate ao FuMo....

Vamos apagar essa idéia....

Obrigada pela contriuicao e carinho... fique com Deus e muita paz...

Rose
Título: Re: Cigarro - apague essa idéia.....O Perispírito fica Impregnado...
Enviado por: Anton Kiudero em 27 de Setembro de 2011, 12:00
O fumo assim como qualquer vicio é um apego ou desejo ou melhor ainda, uma paixão por algo que o espirito encarnado acredita ser 'bom' ou 'gostoso'. E como todos os apegos são mentais, moldam o seu entorno, o perispirito, e é desta forma que qualquer apego que o espirito humanizado cultive enquanto na materia será refletido em sua aparencia perispiritual.

Isto pode ser desde algo simples e 'inocuo' até formas grotescas, mas que devem ser igualmente eliminadas pela mente (ou desmagnetizadas pelos amigos espirituais) antes da formação de uma nova personalidade. 

A isto se denomina de 'umbral', por onde todos passamos invariavelmente, por periodos que podem ser de poucas horas a milhares de seculos.

Por isto a importancia do desapego a tudo, durante a existencia material, porque depois virão apenas as consequencias...


Título: Re: Cigarro - apague essa idéia.....O Perispírito fica Impregnado...
Enviado por: Rose FRA em 27 de Setembro de 2011, 12:38
Estimaado Irmao Anton Kiudero,

obrigada pelas palavras, que vieram a complementar e mostrar o quanto estamos juntos, para ajudar ao nosso próximo, para orientar muitas vezes e orientando, somos muitas vezes também orientados, nao é mesmo??

Muita luz para vc e obrigada pela participacao tao importante...

Paz a todos...

Rose