Forum Espirita

GERAL => Outros Temas => Tópico iniciado por: Dhan em 23 de Fevereiro de 2010, 17:53

Título: Materialização de objetos
Enviado por: Dhan em 23 de Fevereiro de 2010, 17:53
Olá, amigos

Recentemente conversando com uma amiga médium não-espírita sobre os assuntos materializações e efeitos físicos, ela me contou detalhadamente experiências que vivenciou e que são surpreendentes, pois acredito na veracidade de seus relatos. Então vou contar uma dessas experiências aqui na tentativa de compreender melhor, com a ajuda dos irmãos, os fenômenos que ela presenciou e que me deixaram algumas incógnitas:

Mais ou menos quando tinha 20 anos e estava começando a trabalhar sua mediunidade, sem motivos aparentes passou a ter problemas incomuns: não conseguia dormir, tinha dificuldade para comer, fortes dores de cabeça, peso nas costas, etc. A pessoa responsável pelo seu desenvolvimento mediúnico não estava no Brasil (o templo estava fechado) e sem saber o que fazer, pois sentia que a causa era "espiritual", foi recomendada por parentes próximos a ir visitar um senhor muito conhecido, uma espécie de curandeiro local, que atendia num bairro vizinho.

Marcada a "consulta", lá foi ela, sentindo-se ainda muito mal, com os pais. Chegando lá, após o tal senhor falar um pouco sobre a vida dela sem que ela nem abrisse a boca, logo a informou que seu problema era urgente, mas que iria ajudá-la. O senhor fez apenas um pedido: trazer no dia seguinte uma dúzia de ovos! E uma recomendação: ficar o mais próximo possível dos ovos até voltar lá. E assim ela fez.

Retornando então a casa do "curandeiro" no dia seguinte à noite e trazendo os ovos consigo após seguir as recomendações, o senhor a pediu que segurasse os ovos com as mãos e rezasse quantos Pai Nossos conseguisse. Mas não demorou muito e ela começou a ficar tonta e então o senhor disse que já podia parar e que escolhesse quatro ovos da dúzia que havia trazido e que os quebrasse numa bacia que havia colocado em sua frente. Para sua surpresa, no primeiro golpe para quebrar os ovos veio a descobrir que eles estavam "duros". Então deu vários golpes para quebrá-los e para sua surpresa maior ainda de dentro deles apareceram diversos objetos materiais nada parecidos com clara e gema: apareceram uma chave enferrujada, terra, algumas linhas, restos de velas, pedaços de papéis com palavras aparentemente desconexas escritas à mão e o que parecia ser uma foto de uma pessoa que conhecia, mas assim que reconheceu quem era, a imagem misteriosamente desapereceu, ficando o papel em branco! Ela me conta que só deu tempo de mostrar ao seu pai, que estava presente, quem era na foto, antes da imagem sumir e que seu pai presenciou o mesmo fenômeno, ficando atônito.

Ao ver todos aqueles objetos na bacia ela foi logo entendendo tudo, pois já tinha algum conhecimento sobre em que eram utilizados aqueles elementos. E o senhor, ali presente o tempo todo, disse que a pessoa que ela viu na foto foi quem havia feito um trabalho de goécia (magia negra) para contundir espiritualmente e fisicamente essa minha amiga, tudo movido por uma grande inveja. Ela se emocionou principalmente por descobrir que havia sido uma parente próxima que havia feito o "trabalho". O senhor recomendou então que pegasse os objetos, levasse pra casa e que no dia seguinte despachasse em local apropriado. E avisou: "não coma nada essa noite, e se você se sentir mal, enjoada, deixe sair tudo". E não deu outra, ela vomitou várias vezes durante a noite um líquido de coloração acinzentada, sem mesmo ter comido nada. Teve febre, mas no dia seguinte acordou melhor. Três dias depois já não estava sentindo mas nenhum dos sintomas que a levaram a procurar o tal senhor curandeiro, e retomou sua vida normal e tranquila.

Esse tal senhor até hoje atende as pessoas que o procuram sem cobrar nada em São Paulo. Ele é um oceanógrafo aposentado que já foi marinheiro e passou mais de 15 anos no Tibet onde, em contato com diversos paranormais, aprendeu suas "técnicas" (sendo a mais popular essa manipulação com os ovos), segundo ela. Mas será que esse tipo de coisa se aprende? Em nenhum momento o senhor segurou nos ovos, ou teve tempo de trocá-los, descartando a hipótese de charlatanismo. Também já ouvi falar de outros curandeiros e benzedeiras no interior do Brasil que também utilizam ovos em seus rituais de cura. Em que a materialização dos objetos, os enjôos e vômitos durante à noite a livraram das problemas causados pelo trabalho maligno? Como se processou a cura? Como se processou a transmutação do interior dos ovos em objetos?  

Abs,

~Dhan

Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: Dhan em 23 de Fevereiro de 2010, 17:56
Vídeo no mínimo interessante. (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovLyZxdW90O2h0dHA6Ly93d3cueW91dHViZS5jb20vd2F0Y2g/dj1qbkRrOFdlWlpzayZxdW90Ow==)

Abs,

~Dhan
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: Mourarego em 23 de Fevereiro de 2010, 18:37
Ih mano Dhan,  essa senhora já foi desmascarada pelo Fantástico.
Abração,
Moura
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: Dhan em 23 de Fevereiro de 2010, 18:47
Ih mano Dhan,  essa senhora já foi desmascarada pelo Fantástico.
Abração,
Moura

É mesmo, amigo Moura? Vou ver se acho algo no YouTube. Mas o caso dessa dona no vídeo foi só um complemento ao meu post inicial. Pois a maior dúvida que tenho é: qual a relação da melhora dessa minha amiga médium com o fato dos objetos terem sido materializados dentro dos ovos? Se ela estava sendo obsediada ou recebendo cargas negativas de pensamento, em que a materialização dos objetos a ajudou na cura? O amigo que já andou muito por esse Brasil talvez possa me ajudar a entender melhor essa estória, partindo do princípio que não se trata de uma farsa.

Abs!

~Dhan

P.S.: Pesquisei sobre a reportagem do Fantástico mas não achei. O que achei foram muitos relatos de uma equipe da Rede Globo que foi para desmacará-la mas que voltou de lá bem menos cética e continuando a não compreender o fenômeno. Mas vou pesquisar mais...
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: Anton Kiudero em 23 de Fevereiro de 2010, 19:24
Ih mano Dhan,  essa senhora já foi desmascarada pelo Fantástico.

Eu diria que "alguem na rede globo ou no fantastico tentou descaracterizar esta senhora". Voce a conhece? Viu algum trabalho? Nem eu. Não estou nem dizendo que é tudo perfeito, apenas que devemos tomar muito cuidado ao repetir bobajadas veculadas pela TV.

A proposito, conta pra ninguem, mas ouvi dizer na TV Record que os espíritas são todos possuidos por satanas... E morrem loucos...  É melhor voce tomar cudado com este povo... ;)
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: B... em 23 de Fevereiro de 2010, 19:57
Vídeo no mínimo interessante. (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovLyZxdW90O2h0dHA6Ly93d3cueW91dHViZS5jb20vd2F0Y2g/dj1qbkRrOFdlWlpzayZxdW90Ow==)

Abs,

~Dhan

Não consegui ver o video ~Dhan... se puder postar outro link... abraços!
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: Dhan em 23 de Fevereiro de 2010, 20:09
B..., a URL correta é youtube.com/watch?v=jnDk8WeZZsk . É uma reportagem sobre uma suposta médium de materialização.

Se puder postar sua opinião sobre o tópico inicial também lhe agradeço! :)

Abs,

~Dhan
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: Dhan em 23 de Fevereiro de 2010, 21:27
Mano Anton,

Você que também já esteve de perto com desmanches de trabalhos malignos, se puder tentar me ajudar um pouco mais com sua experiência a entender a questão postada lhe agradeço!

Abs,

~Dhan
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: Mourarego em 23 de Fevereiro de 2010, 22:16
Ih mano Dhan,  essa senhora já foi desmascarada pelo Fantástico.

Anton, não foi alguém, foi uma equipe de mais de dez pessoas, entre os quais um Espírita.
Descobriu-se entre os fardos de algod~]ao, pequenos ossos, coisa mais de diferenciadas procedências..
na hora do espetéculo, o algopdão de cima era manuzeado de forma a se ter acesso ás peq

Eu diria que "alguem na rede globo ou no fantastico tentou descaracterizar esta senhora". Voce a conhece? Viu algum trabalho? Nem eu. Não estou nem dizendo que é tudo perfeito, apenas que devemos tomar muito cuidado ao repetir bobajadas veculadas pela TV.

A proposito, conta pra ninguem, mas ouvi dizer na TV Record que os espíritas são todos possuidos por satanas... E morrem loucos...  É melhor voce tomar cudado com este povo... ;)
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: Anton Kiudero em 23 de Fevereiro de 2010, 22:38
Você que também já esteve de perto com desmanches de trabalhos malignos, se puder tentar me ajudar um pouco mais com sua experiência a entender a questão postada lhe agradeço!

So posso lhe dizer que tudo isto existe e funciona. Era mais comum ha 30/40 anos atras do que hoje. Hoje parece que não havendo mais a necessidade do "fenomeno" para atrair a atenção, as coisas são realizadas mais no plano das energias mesmo. Alias, o que se materializa nestes trabalhos, não são apenas ossinhos e parafusos. Há tambem orgãos e partes de orgãos, tumores e até minuscuolos microchips além de materiais utilizados no trabalho negativo. Todas estas coisas são materializadas para um local visivel, algodão, ovos ou um coco. Se alguem puder me explicar como algo pode ser colocado dentro de um coco fechadinho e cheio de agua, então me explique.

Particularmente não vejo a necessidade de materializar algo para retira-lo de alguem. Os operadores podem realiza-lo perfeitamente sem a parte de materialização. Ha diversos centros espiritas, terreiros de umbanda e grupos apometricos que o fazem corriqueiramente.

Isto não impede que haja mutretas em todo lado com gente tentando faturar algum em cima de algum incauto. O que não nega o fenomeno.
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: Diegas em 24 de Fevereiro de 2010, 10:08
'...Para sua surpresa, no primeiro golpe para quebrar os ovos veio a descobrir que eles estavam "duros". Então deu vários golpes para quebrá-los e para sua surpresa maior ainda de dentro deles apareceram diversos objetos materiais nada parecidos com clara e gema: apareceram uma chave enferrujada, terra, algumas linhas, restos de velas, pedaços de papéis com palavras aparentemente desconexas escritas à mão e o que parecia ser uma foto de uma pessoa que conhecia, mas assim que reconheceu quem era, a imagem misteriosamente desapereceu, ficando o papel em branco! Ela me conta que só deu tempo de mostrar ao seu pai, que estava presente, quem era na foto, antes da imagem sumir e que seu pai presenciou o mesmo fenômeno, ficando atônito...'


Olá, Dhan


A única estranheza é a foto encontrada não ser a da própria vítima. A utilização dos apetrechos: velas, linhas, chave, terra ...é muito comum e faz parte do arsenal para positivar a magia. O mago desencarnado (veterano das sombras) faz um rebaixamento vibratorio nos duplos-etericos de cada elemento, posteriormente os liga com o duplo-eterico da vitima, sugando aos poucos a vitalidade, podendo levá-la à morte.


Abç
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: dim-dim em 24 de Fevereiro de 2010, 10:24

Olá!

Quando se compreende que a consciência é manipulável, tudo é possível...

Aliás, temos as religiões como exemplares manipuladores de consciências até hoje. E está para durar, a ilusão que elas criaram.


Namasté
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: Dhan em 24 de Fevereiro de 2010, 16:17
Citação de: Anton Kiudero link=topic=22195.msg89368#msg89368

Particularmente não vejo a necessidade de materializar algo para retira-lo de alguem. Os operadores podem realiza-lo perfeitamente sem a parte de materialização. Ha diversos centros espiritas, terreiros de umbanda e grupos apometricos que o fazem corriqueiramente.

Então, Anton, era exatamente isso que eu queria saber. Parece que a materialização dos objetos é somente mais uma das inúmeras formas de trabalho que se encontram disponíveis para a resolução de certos problemas espirituais. Também penso que não seja necessária a materialização, mas com certeza visa um objetivo e que na minha opinião é mostrar as pessoas mais endurecidas nas questões da Espiritualidade, pessoas que precisam de provas materiais, ou que tem um psiquismo voltado mais para este tipo de "trabalho", que há coisas sim além do que os olhos podem ver. E isto acaba lhes proporcionando a fé que necessitam.

Abs,
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: Dhan em 24 de Fevereiro de 2010, 16:25
A única estranheza é a foto encontrada não ser a da própria vítima. A utilização dos apetrechos: velas, linhas, chave, terra ...é muito comum e faz parte do arsenal para positivar a magia. O mago desencarnado (veterano das sombras) faz um rebaixamento vibratorio nos duplos-etericos de cada elemento, posteriormente os liga com o duplo-eterico da vitima, sugando aos poucos a vitalidade, podendo levá-la à morte.

Oi, Diegas

Obrigado por responder. Estou interado sobre os materiais utilizados para positivar ou ativar processos magísticos, em outras palavras, manipular ou movimentar eneregias no Plano Astral. E quando essas energias são endereçadas vibratoriamente a uma pessoa, e acaba se ligando a ela, acontecem inúmeros males que já sabemos.

Contudo, após minha amiga ter me contado esta estória fiquei indagando sobre como o mal foi cortado. Se através da materialização ou se a materialização foi apenas consequência do mal já ter sido cortado no Astral.

Abs,
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: Diegas em 25 de Fevereiro de 2010, 09:28
'...Contudo, após minha amiga ter me contado esta estória fiquei indagando sobre como o mal foi cortado. Se através da materialização ou se a materialização foi apenas consequência do mal já ter sido cortado no Astral...'

Olá, Dhan


O mal só poderia ser desfeito no mesmo plano em que foi processado os elementos. E isto deu-se quando da desmaterialização do feitiço. A chave, apresentando-se já com sinais de oxidação (enferrujada), também prenunciava o desencarne prematuro da vítima. Sem esquecer que em todo esse tramite, houve a intervenção do espaço, inspirando-a procurar o curandeiro.


Abç
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: dim-dim em 25 de Fevereiro de 2010, 11:24
Olá!

Um livro: Curandeirismo - Um Mal ou Um Bem? - Edições Loyola - S. Paulo - Brasil
448 páginas

Em Portugal: Editorial A. O. - Largo das Teresinhas, 5 - Braga

Parapsicologia - Oscar González Quevedo

Interessante, a manipulação da consciência pela sugestão ou hipnotismo.

Só tenho o livro em papel, não sei se há em formato digital.


Namasté
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: Siouxie em 25 de Fevereiro de 2010, 12:01
Bom dia

Em relação a esses rituais e magias da feitiçaria, com objectos e essas coisas, gostava que me pudessem elucidar se, colocando o nosso pensamento em niveis mais elevados e pedindo ajuda ao nosso guia espiritual, automaticamente esses feitiços se quebram ou se devemos consultar o centro espirita.  E quais são os sintomas primários que as pessoas que passam por isso apresentam?

Obrigado
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: Diegas em 26 de Fevereiro de 2010, 02:17
Parapsicologia - Oscar González Quevedo...'

Olá, dim-dim

Padre Quevedo ?

Por favor, leia (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5hcG9sb2dpYWVzcGlyaXRhLm9yZy9vYmplY29lc19yZWZ1dGFkYXMvcXVldmVkb19lX29fZXNwaXJpdGlzbW8uaHRt)


Abç
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: Diegas em 26 de Fevereiro de 2010, 02:32
Bom dia

Em relação a esses rituais e magias da feitiçaria, com objectos e essas coisas, gostava que me pudessem elucidar se, colocando o nosso pensamento em niveis mais elevados e pedindo ajuda ao nosso guia espiritual, automaticamente esses feitiços se quebram ou se devemos consultar o centro espirita.  E quais são os sintomas primários que as pessoas que passam por isso apresentam?

Olá, Siouxie


É importante destacar que em nosso planeta Terra não há santos. Por isso, da possibilidade de estarmos sujeitos a algum tipo de enfeitiçamento, desde que não cultivemos o 'orar e vigiar', preconizado por Jesus. Aliás, o feitiço não acontece somente na forma de despachos, com os seus apetrechos.

Mas o que é o feitiço ?


Ramatis responde:

Citar
Feitiço, sortilégio, bruxaria e enfeitiçamento significam operação de "magia negra" destinada a prejudicar a alguém; pode efetivar-se através da força do pensamento, das palavras e através de se convocar forças do mundo oculto para catalisar objetos, que depois irradiam energias maléficas em direção às pessoas visadas pelos feiticeiros. Portanto, toda movimentação de energias para fins destrutivos é um ato de enfeitiçamento.

Na lei de "correspondência vibratória", a matéria reage sobre a matéria, a eletricidade sobre a eletricidade, o magnetismo sobre o magnetismo, o fluído sobre o fluído, a radiação sobre a radiação, o pensamento sobre o pensamento e o sentimento sobre o sentimento. E como os objetos, coisas e seres do mundo, apesar de sua contextura e configuração física, são campos das mais variadas energias condensadas ou materializadas do Cosmo, eles podem ser ativados por forças do mesmo nível de vibração e descarregar sua carga saturada sobre pessoas visadas pelos feiticeiros.

A vítima vincula-se ao mesmo campo subvertido dos objetos enfeitiçados através do seu duplo-etérico, convertendo-se numa estação receptora de maus fluídos, espécie de excêntrico fio-terra, que recebe o impacto ofensivo e descarrega resíduos para o solo num fluxo contínuo de carga e descarga. O fenômeno é perfeitamente lógico e positivo, porque toda ação enfeitiçante é ativada no campo das energias livres em correspondência com as energias integradas nas coisas, objetos e seres. O trabalho mais importante dos feiticeiros ou magos consiste em inverter os pólos dessas forças, empregando-as num sentido agressivo e demolidor, conforme acontece com as próprias energias da natureza descobertas pelos homens.

A dinamite usada exclusivamente para romper pedras, calçar ruas ou construir alicerces, é um elemento benfeitor. Mas, é força maligna e destrutiva, quando a empregam para confecção de bombas e artefatos mortíferos, que arrasam cidades indefesas e trucidam homens nos campos de batalha. O álcool também beneficia, quando aplicado na composição de medicamentos e produtos químicos, na desinfecção e limpeza doméstica, mas é nociso e degradante quando embriaga o homem e o instiga ao crime. Aliás, o princípio de dualidade é um fundamento comum da própria vida: há o positivo e o negativo, o branco e o preto, a luz e a sombra, o macro e o micro, o masculino e o feminino, a saúde e a doença. Conseqüentemente, há o elemento fluídico bom e terapêutico, que preserva a saúde, assim como o enfeitiçamento que produz a enfermidade.

Mas o êxito da bruxaria também depende da cooperação eficiente dos espíritos desencarnados e comparsas do feiticeiro, os quais se encarregam de desmaterializar os objetos de enfeitiçamento, que funcionam como "acumuladores" e "condensadores" de forças obedientes à vontade experimentada e perversa, transportando as matrizes ou duplo etéricos para serem materializados nos travesseiros, colchões ou locais onde as vítimas permanecem freqüentemente.


...continua


Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: Diegas em 26 de Fevereiro de 2010, 02:35
Citar
O enfeitiçamento tanto provoca a doença psíquica na alma humana, por agir nos centros de força do comando perispiritual, como atrai nuvens de bactérias nocivas, que penetram na circulação fisiológica da criatura. Os objetos ou seres transformados em fixadores de fluídos nefastos são os agentes do enfeitiçamento, à guisa de projetores de detritos fluídicos a sujarem a aura perispiritual da vítima. Criam em torno do enfeitiçado um campo vibratório de fluídos inferiores, o qual então dificulta a receptividade intuitiva de instruções e recursos socorristas a serem transmitidos pelos guias ou conhecidos "anjos-da-guarda", que operam em faixa mais sutil.

O esforço principal do feiticeiro é isolar a vítima desse auxílio psíquico, deixando-a desamparada na esfera da inspiração superior e entregue apenas a sugestões malévolas que lhes desorientam a atividade financeira, provocam perturbações emotivas, condições pessimistas e conflitos domésticos. Assim, os prejuízos da vítima no campo material aliam-se aos distúrbios doentios no campo psíquico, sob o comando exclusivo de almas perversas do mundo invisível. E tanto mais a vítima se rebela ou aflige, em vez de optar pela oração e vigilância às suas próprias imprudências emotivas e pensamentos adversos, ela também oferece mais campo de ação favorável para os espíritos desregrados infelicitarem a sua vida. Pouco importa se a pessoa merece ou não merece o impacto do feitiço, mas a sua segurança e defesa dependem exatamente de sua maior ou menor integração ao Evangelho do Cristo. É o estado de "cristificação" proveniente da vivência incondicional dos ensinamentos evangélicos, que realmente desintegra toda a carga maléfica projetada sobre o homem.

Não basta o homem "ler" ou "suspirar" evangelicamente para elevar-se à graduação superior e imunizar-se contra os maus fluídos do mundo. É a sua vivência incessante, plena de pureza, renúncia, humildade e amor que então lhe proporciona a segurança espiritual no seio brutal das forças combativas e agressivas do mundo físico. O homem não atrai fluídos maléficos sobre si, desde que mantenha o pensamento limpo e fraterno sobre a irmã sensual que passa, o cidadão que erra, o vizinho que incomoda, o patrão que explora, o governo que se corrompe, o sacerdote que avilta a igreja, o companheiro que prevarica, ou os espíritos atrasados que escondem a sua desventura no asgar mentiroso da farsa circence. Indiscutivelmente, o amor incondicional é o estado de espírito que sustenta e defende o ser humano contra as mais diabólicas ofensivas do mundo oculto. O homem cristificado, paradoxalmente, pode ser um ateu, e no entanto, apesar de ele descrer de Deus, pode viver exatamente como "deseja" Deus...

Indubitavelmente, é a cristificação ensinada por Jesus a verdadeira e definitiva solução para os problemas do espírito humano no seu aprendizado material. O Evangelho resolve todos os problemas do mundo carnal e espiritual, sem necessidade de amuletos, talismãs, mitos, crendices, religiões, sortilégios, benzimentos, corpo-fechado, defumações, preces, despachos, passes, doutrinas, trabalhos de mesa ou de terreiros.

Eis por que a defesa e a imunidade natural do homem contra o enfeitiçamento verbal, mental e físico, também varia segundo o potencial de "cristificação", e não conforme a sua adesão a determinado credo. Há muita exortação lacrimosa nos templos religiosos, tendas espíritas ou umbandistas, que satisfazem o sentimentalismo em horas especiais, mas nada tem a ver com a vivência estóica e sadia, que o Evangelho conclama para a vida cotidiana. O homem não adquire a sua segurança espiritual contra os impactos ofensivos da bruxaria do mundo, só porque lê ou recita o Evangelho em momentos programados por líderes religiosos. Isso ele só conseguirá quando for tão assiduamente "evangelizado", como precisa atender a necessidade de respirar.



Abç
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: dim-dim em 26 de Fevereiro de 2010, 03:03
Parapsicologia - Oscar González Quevedo...'

Olá, dim-dim

Padre Quevedo ?

Por favor, leia (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5hcG9sb2dpYWVzcGlyaXRhLm9yZy9vYmplY29lc19yZWZ1dGFkYXMvcXVldmVkb19lX29fZXNwaXJpdGlzbW8uaHRt)


Abç

Eu como não sou religioso nem preconceituoso, até gosto de ler o Quevedo a demascarar a maior parte dos oportunistas que tudo fazem para sustentar a ignorância e meterem uns 'cobres' à algibeira. Espiritos cheios de paixões, camuflados na doutrina, a produzirem montes de contos fantasiosos e maravilhosos.

Aqui no fórum há pouco tempo ainda havia bruxos a receitarem todo tipo de mésinhas, mas como houve alguém que foi interferindo eles afastaram-se, tornaram-se mais comedidos.

E pensa o amigo que 99% do espiritismo brasileiro que se vê passar aí no fórum tem alguma coisa a ver com espiritismo? Falo do fórum porque é onde vejo a doutrina espirita do ESE, com as palavras de Jesus apenas na ponta da lingua.

Não é preciso ser médium ou ir à china para ver isto...

Agora claro a 'religião espirita'...

Só li um pouquito da sua recomendação e deixo aqui um trecho:

Na verdade o padre Quevedo não passa de um ferrenho inimigo da ciência e da religião espírita, tão apaixonado que, para cumprir a inglória missão de nos atacar, já entrou em conflito até com os setores mais lúcidos da sua própria Ordem Religiosa, contrapondo-se à tese da possessão demoníaca consagrada pela Igreja, além de ter ofendido muitos católicos ao classificar como "baboseiras" as mensagens de Medjugorie. Temos velhos recortes de jornais sobre tais assuntos que preferimos não explorar por uma questão de ética.


Namasté
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: M em 04 de Junho de 2010, 13:33
Prezado Dhan,

Me chamo Márcia  e lhe encaminhei um mensagem Pessoal. Gostaria muito da sua ajuda. 

Olá, amigos

Recentemente conversando com uma amiga médium não-espírita sobre os assuntos materializações e efeitos físicos, ela me contou detalhadamente experiências que vivenciou e que são surpreendentes, pois acredito na veracidade de seus relatos. Então vou contar uma dessas experiências aqui na tentativa de compreender melhor, com a ajuda dos irmãos, os fenômenos que ela presenciou e que me deixaram algumas incógnitas:

Mais ou menos quando tinha 20 anos e estava começando a trabalhar sua mediunidade, sem motivos aparentes passou a ter problemas incomuns: não conseguia dormir, tinha dificuldade para comer, fortes dores de cabeça, peso nas costas, etc. A pessoa responsável pelo seu desenvolvimento mediúnico não estava no Brasil (o templo estava fechado) e sem saber o que fazer, pois sentia que a causa era "espiritual", foi recomendada por parentes próximos a ir visitar um senhor muito conhecido, uma espécie de curandeiro local, que atendia num bairro vizinho.

Marcada a "consulta", lá foi ela, sentindo-se ainda muito mal, com os pais. Chegando lá, após o tal senhor falar um pouco sobre a vida dela sem que ela nem abrisse a boca, logo a informou que seu problema era urgente, mas que iria ajudá-la. O senhor fez apenas um pedido: trazer no dia seguinte uma dúzia de ovos! E uma recomendação: ficar o mais próximo possível dos ovos até voltar lá. E assim ela fez.

Retornando então a casa do "curandeiro" no dia seguinte à noite e trazendo os ovos consigo após seguir as recomendações, o senhor a pediu que segurasse os ovos com as mãos e rezasse quantos Pai Nossos conseguisse. Mas não demorou muito e ela começou a ficar tonta e então o senhor disse que já podia parar e que escolhesse quatro ovos da dúzia que havia trazido e que os quebrasse numa bacia que havia colocado em sua frente. Para sua surpresa, no primeiro golpe para quebrar os ovos veio a descobrir que eles estavam "duros". Então deu vários golpes para quebrá-los e para sua surpresa maior ainda de dentro deles apareceram diversos objetos materiais nada parecidos com clara e gema: apareceram uma chave enferrujada, terra, algumas linhas, restos de velas, pedaços de papéis com palavras aparentemente desconexas escritas à mão e o que parecia ser uma foto de uma pessoa que conhecia, mas assim que reconheceu quem era, a imagem misteriosamente desapereceu, ficando o papel em branco! Ela me conta que só deu tempo de mostrar ao seu pai, que estava presente, quem era na foto, antes da imagem sumir e que seu pai presenciou o mesmo fenômeno, ficando atônito.

Ao ver todos aqueles objetos na bacia ela foi logo entendendo tudo, pois já tinha algum conhecimento sobre em que eram utilizados aqueles elementos. E o senhor, ali presente o tempo todo, disse que a pessoa que ela viu na foto foi quem havia feito um trabalho de goécia (magia negra) para contundir espiritualmente e fisicamente essa minha amiga, tudo movido por uma grande inveja. Ela se emocionou principalmente por descobrir que havia sido uma parente próxima que havia feito o "trabalho". O senhor recomendou então que pegasse os objetos, levasse pra casa e que no dia seguinte despachasse em local apropriado. E avisou: "não coma nada essa noite, e se você se sentir mal, enjoada, deixe sair tudo". E não deu outra, ela vomitou várias vezes durante a noite um líquido de coloração acinzentada, sem mesmo ter comido nada. Teve febre, mas no dia seguinte acordou melhor. Três dias depois já não estava sentindo mas nenhum dos sintomas que a levaram a procurar o tal senhor curandeiro, e retomou sua vida normal e tranquila.

Esse tal senhor até hoje atende as pessoas que o procuram sem cobrar nada em São Paulo. Ele é um oceanógrafo aposentado que já foi marinheiro e passou mais de 15 anos no Tibet onde, em contato com diversos paranormais, aprendeu suas "técnicas" (sendo a mais popular essa manipulação com os ovos), segundo ela. Mas será que esse tipo de coisa se aprende? Em nenhum momento o senhor segurou nos ovos, ou teve tempo de trocá-los, descartando a hipótese de charlatanismo. Também já ouvi falar de outros curandeiros e benzedeiras no interior do Brasil que também utilizam ovos em seus rituais de cura. Em que a materialização dos objetos, os enjôos e vômitos durante à noite a livraram das problemas causados pelo trabalho maligno? Como se processou a cura? Como se processou a transmutação do interior dos ovos em objetos? 

Abs,

~Dhan


[/quote]
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: rogerio luis em 18 de Dezembro de 2010, 15:39
Bem, a citação do Antonio kiudero, digo que no umbral tá cheio de padres, pastores até espiritas que usaram dosm dons pra ganhar dinheiro, já vi a materilização da ederlazil, e estou convicto da veracidade daquela materilização, cabe a cada um acreditar ou não, Jesus é um só, o mesmo Deus abrange a todo ser humano, agora hipocrisia e loucura cabe apenas a quem a verdade ainda não libertou, sou espirita, a minha verdade é essa, se vc é evangelico, católico, então fortaleça a sua fé, criticar ou menosprezar o seu proximo sim é coisa de satanás.
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: Mourarego em 18 de Dezembro de 2010, 16:03
Rogério Luiz,
mais adiante o amigo irá ver que a "sua verdade" nem sempre foi verdade ou verdadeira, vai por mim.
O amigo começa por citar o Umbral que não existe segundo a obra básica da doutrina, depois segue falando em materialização.
Amigo, primeiro vá à doutrina e veja como e quem pode fazer materializações e a que ordem de Espíritos está dado tal trabalho.
A coisa não é assim, simples nem fácil.
Abração,
Moura
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: Tatiana Cecim em 31 de Maio de 2012, 03:53
[attach=1]
Olá, amigos

Recentemente conversando com uma amiga médium não-espírita sobre os assuntos materializações e efeitos físicos, ela me contou detalhadamente experiências que vivenciou e que são surpreendentes, pois acredito na veracidade de seus relatos. Então vou contar uma dessas experiências aqui na tentativa de compreender melhor, com a ajuda dos irmãos, os fenômenos que ela presenciou e que me deixaram algumas incógnitas:

Mais ou menos quando tinha 20 anos e estava começando a trabalhar sua mediunidade, sem motivos aparentes passou a ter problemas incomuns: não conseguia dormir, tinha dificuldade para comer, fortes dores de cabeça, peso nas costas, etc. A pessoa responsável pelo seu desenvolvimento mediúnico não estava no Brasil (o templo estava fechado) e sem saber o que fazer, pois sentia que a causa era "espiritual", foi recomendada por parentes próximos a ir visitar um senhor muito conhecido, uma espécie de curandeiro local, que atendia num bairro vizinho.

Marcada a "consulta", lá foi ela, sentindo-se ainda muito mal, com os pais. Chegando lá, após o tal senhor falar um pouco sobre a vida dela sem que ela nem abrisse a boca, logo a informou que seu problema era urgente, mas que iria ajudá-la. O senhor fez apenas um pedido: trazer no dia seguinte uma dúzia de ovos! E uma recomendação: ficar o mais próximo possível dos ovos até voltar lá. E assim ela fez.

Retornando então a casa do "curandeiro" no dia seguinte à noite e trazendo os ovos consigo após seguir as recomendações, o senhor a pediu que segurasse os ovos com as mãos e rezasse quantos Pai Nossos conseguisse. Mas não demorou muito e ela começou a ficar tonta e então o senhor disse que já podia parar e que escolhesse quatro ovos da dúzia que havia trazido e que os quebrasse numa bacia que havia colocado em sua frente. Para sua surpresa, no primeiro golpe para quebrar os ovos veio a descobrir que eles estavam "duros". Então deu vários golpes para quebrá-los e para sua surpresa maior ainda de dentro deles apareceram diversos objetos materiais nada parecidos com clara e gema: apareceram uma chave enferrujada, terra, algumas linhas, restos de velas, pedaços de papéis com palavras aparentemente desconexas escritas à mão e o que parecia ser uma foto de uma pessoa que conhecia, mas assim que reconheceu quem era, a imagem misteriosamente desapereceu, ficando o papel em branco! Ela me conta que só deu tempo de mostrar ao seu pai, que estava presente, quem era na foto, antes da imagem sumir e que seu pai presenciou o mesmo fenômeno, ficando atônito.

Ao ver todos aqueles objetos na bacia ela foi logo entendendo tudo, pois já tinha algum conhecimento sobre em que eram utilizados aqueles elementos. E o senhor, ali presente o tempo todo, disse que a pessoa que ela viu na foto foi quem havia feito um trabalho de goécia (magia negra) para contundir espiritualmente e fisicamente essa minha amiga, tudo movido por uma grande inveja. Ela se emocionou principalmente por descobrir que havia sido uma parente próxima que havia feito o "trabalho". O senhor recomendou então que pegasse os objetos, levasse pra casa e que no dia seguinte despachasse em local apropriado. E avisou: "não coma nada essa noite, e se você se sentir mal, enjoada, deixe sair tudo". E não deu outra, ela vomitou várias vezes durante a noite um líquido de coloração acinzentada, sem mesmo ter comido nada. Teve febre, mas no dia seguinte acordou melhor. Três dias depois já não estava sentindo mas nenhum dos sintomas que a levaram a procurar o tal senhor curandeiro, e retomou sua vida normal e tranquila.

Esse tal senhor até hoje atende as pessoas que o procuram sem cobrar nada em São Paulo. Ele é um oceanógrafo aposentado que já foi marinheiro e passou mais de 15 anos no Tibet onde, em contato com diversos paranormais, aprendeu suas "técnicas" (sendo a mais popular essa manipulação com os ovos), segundo ela. Mas será que esse tipo de coisa se aprende? Em nenhum momento o senhor segurou nos ovos, ou teve tempo de trocá-los, descartando a hipótese de charlatanismo. Também já ouvi falar de outros curandeiros e benzedeiras no interior do Brasil que também utilizam ovos em seus rituais de cura. Em que a materialização dos objetos, os enjôos e vômitos durante à noite a livraram das problemas causados pelo trabalho maligno? Como se processou a cura? Como se processou a transmutação do interior dos ovos em objetos? 

Abs,

~Dhan
Oi, estou com um problema com minha mãe bem familiar a este!Li o livro mediunidade, do Luiz Gonzaga Pinheiro e associei os problemas de saúde dela a um possível trabalho de magia feito por uma parenta que conhecemos.... Fizemos um trabalho de desmanche, mas este foi pago e nos ovos  que nos mandaram colocar embaixo da cama da minha mãe, apareceu um bicho todo retorcido... Parecia um pinto deformado, mas não era um pinto.
Minha mãe não vomitou nem nada e isso faz uns 3 dias já, ainda tivemos que comprar 7 velas pascal,” para fechar o corpo Dela” que são muito caras,estamos duvidado da veracidade do trabalho. Vc teria alguma opinião para me dar?
Grata, Tatiana C.
Título: Re: Materialização de objetos
Enviado por: Mourarego em 31 de Maio de 2012, 16:56
Tatiana, o que você nos conta foi um trabalho ligado a Umbanda e não ao Espiritismo.
O Espiritismo não trabalha com ovos ou qualquer outro material mesmo velas.
Abraços,
Moura