Forum Espirita

GERAL => Outros Temas => Tópico iniciado por: tuca.regina em 22 de Maio de 2010, 05:38

Título: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: tuca.regina em 22 de Maio de 2010, 05:38
Boa noite, estou meio perdida,
não sei se é aqui mesmo que posto essa duvida, se não for, me auxiliem por favor.

Estava lendo Coríntios1 cap.14 v.34 e 35,
que diz o seguinte:

34-As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas;
porque não lhes é permitido falar;
mas estejam sujeitas, como também ordena a lei.

35-E, se querem aprender alguma coisa,
interroguem em casa a seus próprios maridos;
porque é vergonhoso que as mulheres falem na igreja.

Alguém saberia me explicar o que significa essa passagem?
Se sabemos que espírito não tem sexo, porque essa diferença?
Aguardo uma resposta
Abraços fraternos!!!
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: Hebe M C em 22 de Maio de 2010, 14:51
Não entendi, também não estudei Teologia,mas acredito que por ter sido escrita a trocentos anos, deve carregar uma série de tradições do Judaismo ortodoxo.
No mundo mulçumano ainda é assim. As mulheres não dirigem a palavra a não ser para seus maridos. Tenho um sobrinho que morou na Arábia Saudita e sua esposa teve muita dificuldade em se adaptar. Eles eram Fisioterapeutas.
As   clinicas eram separadas por sexo. Ela não podia sair com ele para tomar um chop ou passear quando tivesse outro homem presente pois era coisa de homem.
Ela não podia conversar com outro homem mesmo ao lado dele. Ela tinha que falar para ele e ele se dirigia ao outro reportando o que ela disse mesmo profissionalmente.
Um abraço
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: Mourarego em 22 de Maio de 2010, 16:22
Ainda ao tempo de jesus, as mulheres eram tidas como seres menores, só existiam para servir aos homens, notem que mesmo sendo elas que faziam as comidas não podiam com eles sentarem-se.
na verdade só veio começar a se modificar com Jesus, não que elas passassem a se sentar entre os apóstolos, nada disso, mas jesus quando indicou Maria de Magdala para ser sua sucessora, criou mais celeuma entre os apóstolos e Pedro foi um dos primeiros a se zangar.
Eram os tempos, amigos, nada demais se visto historicamente. Daí a bíblia apresentar essa passagem.
Abraços,
moura
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: Conforti em 22 de Maio de 2010, 17:14
Bom dia

Concordo com a Hebe e com o Moura. As mulheres, pelos costumes, sempre foram consideradas inferiores aos homens; afinal, pela tradição judaica, foram feitas, segundo o Gênesis, de um pedacinho de Adão, uma "costela", e só para servir ao primeiro homem que, conforme a bíblia, Deus considerou que necessitava de uma "ajuda adequada" pois se achava só!
Veja que, mesmo no Brasil, as mulheres nunca tiveram direitos iguais, tanto que, somente em 1936 (se não me falha a memória) obtiveram o direito de votar (nos homens).      
Nas escrituras vamos encontrar muitas passagens onde costumes se misturam com preceitos ditos religiosos.
Abraços.
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: 1Berto em 22 de Maio de 2010, 21:46
Prezada Tuca,

Boa noite.

Você levanta uma questão que gera inferências mais profundas do que parece.

Primeiro, o que se lê na carta de Paulo demonstra que ele Paulo, o apóstolo não deixou de ser fariseu, isto é, um homem letrado e obediente às leis e costumes judaicos daquele tempo, apesar de já ser convertido à doutrina cristã. Daí, a resposta dada pelo Moura e pelo Coronel, ou seja, da importância de se considerar o momento histórico ao qual foram escritas aquelas cartas;
Segundo, porque Paulo não deixara de todo os costumes farisaicos, ele não entendera a plenitude das lições passadas por Jesus, ou seja, de que as mulheres teriam direitos tanto quanto os homens; que para ele, Jesus, não existia diferenças diante de Deus para homens e mulheres, a não ser, naturalmente, as diferenças funcionais;
Terceiro [aí vai a sutileza de sua pergunta] que apesar das grandes lições, ensinamentos que podemos extrair dos textos bíblicos, não podemos considera-los como palavra de Deus, palavra final, etc.

Por fim, desejo colocar que, apesar de estarmos no século 21, ainda somos vítimas de preconceitos enraizados, por força de nosso condicionamento psicológico, há muito tempo em nossas almas.

Vamos refletindo...
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: tuca.regina em 22 de Maio de 2010, 22:03
Boa tarde amigos,
obrigado a todos pelas respostas, foram muito esclarecedores.
Abraços Fraterno a todos.
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: casquinha em 22 de Maio de 2010, 23:15
Aprende-se muito neste Forum Espírita! Sinto-me pequenino, mas graças a vós aprendi mais um pouco. É verdade que a época era outra. Jesus apareceu em 1º, depois da sua morte a mulheres, o que criou um rebuliço entre os apóstolos que queriam e julgavam ir ser eles, os primeiros a ver Jesus ressuscitado.
Nas igrejas portuguesas ainda nos anos de 1960/70, os homens ficavam separados das mulheres, agora já ficam juntas com a família. Obrigado a todos os que participam neste tema. Abraço
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: Doniztti em 22 de Maio de 2010, 23:48
Amigo Casquinha,aqui NO Brasil existe uma denominação doutrinaria intitulada congregação cristã no Brasil,que segue normas que durante o culto,as mulheres ficam separadas dos homens,acredito que por essa entidade "dita" crista ter ramificações em outros paises,o costume deva ser padrão.
Abraços a ti.
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: MongeShaolin em 23 de Maio de 2010, 00:00
Ainda ao tempo de jesus, as mulheres eram tidas como seres menores, só existiam para servir aos homens, notem que mesmo sendo elas que faziam as comidas não podiam com eles sentarem-se.
na verdade só veio começar a se modificar com Jesus, não que elas passassem a se sentar entre os apóstolos, nada disso, mas jesus quando indicou Maria de Magdala para ser sua sucessora, criou mais celeuma entre os apóstolos e Pedro foi um dos primeiros a se zangar.
Eram os tempos, amigos, nada demais se visto historicamente. Daí a bíblia apresentar essa passagem.
Abraços,
moura

Pois é, isto mesmo.
Veja também irmã, estas passagens:

Quero porém, que saibais que Cristo é a cabeça de todo homem, o homem a cabeça da mulher, e Deus a cabeça de Cristo ( 1Co 11:3 ).

Porque o homem não proveio da mulher, mas a mulher do homem( 1Co 11: 8 ) ;

nem foi o homem criado por causa da mulher, mas sim, a mulher por causa do homem( 1Co 11:9 ).

A mulher aprenda em silêncio com toda a submissão ( 1 Tm 2:11 ).

Pois não permito que a mulher ensine, nem tenha domínio sobre o homem, mas que esteja em silêncio( 1Tm 2:12 ).

Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva.
E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão( 1Tm 2:13-14).

Mais uma prova que a bíblia não é a palavra de Deus, foi escrita por homens, e de acordo com a cultura e preconceitos da época.

Abraços fraternos.
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: Hebe M C em 23 de Maio de 2010, 00:51
A submissão ainda existe, temos ainda que percorrer um grande caminho para que este estigma acabe.
Na China a filha mulher era considerada um zero a esquerda. No mundo mulçumano também, no Ocidente a luta pela igualdade foi maior. Mas lembro-me do meu avô na mesa ao abrir uma garrafa de vinho fazia um brinde com as seguintes palavras " Salute, Figli Maschi" sorrindo. Era em tom de brincadeira ,mas o brinde era para desejar filhos homens.
Engraçado, parece que ninguém tinha  Mãe.
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: Mourarego em 23 de Maio de 2010, 01:46
No Japão a mulher anda atrás do homem comquem se casou.
Interessante essa coisa da submissão. Interessante mas errada do ponto de vista Espírita, porque ambos são Espíritos e estes não têm sexo.
Abraços,
Moura
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: Hebe M C em 23 de Maio de 2010, 01:58
Muito errado!!!!!!!
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: lmota em 23 de Maio de 2010, 02:33
Não podemos nos esquecer de quando analisarmos um texto observemos os seguintes pontos: quando foi escrito; para quem foi escrito e para que foi escrito.
Sabemos o papel da mulher naqueles tempos. Os versículos citados encontram-se em um contexto orientador do comportamento das pessoas diante das  manifestações mediúnicas de psicofonia, nas reuniões da igreja de Corinto.

(...) I Coríntios 14:1 Segui o amor; e procurai com zelo os dons espirituais, mas principalmente o de profetizar.2 Porque o que fala em língua não fala aos homens, mas a Deus; pois ninguém o entende; porque em espírito fala mistérios.3 Mas o que profetiza fala aos homens para edificação, exortação e consolação.4 O que fala em língua edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja.5 Ora, quero que todos vós faleis em línguas, mas muito mais que profetizeis, pois quem profetiza é maior do que aquele que fala em línguas, a não ser que também intercede para que a igreja receba edificação.6 E agora, irmãos, se eu for ter convosco falando em línguas, de que vos aproveitarei, se vos não falar ou por meio de revelação, ou de ciência, ou de profecia, ou de doutrina?7 Ora, até as coisas inanimadas, que emitem som, seja flauta, seja cítara, se não formarem sons distintos, como se conhecerá o que se toca na flauta ou na cítara?8 Porque, se a trombeta der sonido incerto, quem se preparará para a batalha?9 Assim também vós, se com a língua não pronunciardes palavras bem inteligíveis, como se entenderá o que se diz? porque estareis como que falando ao ar.10 Há, por exemplo, tantas espécies de vozes no mundo, e nenhuma delas sem significação.11 Se, pois, eu não souber o sentido da voz, serei estrangeiro para aquele que fala, e o que fala será estrangeiro para mim.12 Assim também vós, já que estais desejosos de dons espirituais, procurai abundar neles para a edificação da igreja.13 Por isso, o que fala em língua, ore para que a possa interpretar.14 Porque se eu orar em língua, o meu espírito ora, sim, mas o meu entendimento fica infrutífero.15 Que fazer, pois? Orarei com o espírito, mas também orarei com o entendimento; cantarei com o espírito, mas também cantarei com o entendimento.16 De outra maneira, se tu bendisseres com o espírito, como dirá o amém sobre a tua ação de graças aquele que ocupa o lugar de indouto, visto que não sabe o que dizes?17 Porque realmente tu dás bem as graças, mas o outro não é edificado.18 Dou graças a Deus, que falo em línguas mais do que vós todos.19 Todavia na igreja eu antes quero falar cinco palavras com o meu entendimento, para que possa também instruir os outros, do que dez mil palavras em língua.20 Irmãos, não sejais meninos no entendimento; na malícia, contudo, sede criancinhas, mas adultos no entendimento.21 Está escrito na lei: Por homens de outras línguas e por lábios de estrangeiros falarei a este povo; e nem assim me ouvirão, diz o Senhor.22 De modo que as línguas são um sinal, não para os crentes, mas para os incrédulos; a profecia, porém, não é sinal para os incrédulos, mas para os crentes.23 Se, pois, toda a igreja se reunir num mesmo lugar, e todos falarem em línguas, e entrarem indoutos ou incrédulos, não dirão porventura que estais loucos?24 Mas, se todos profetizarem, e algum incrédulo ou indouto entrar, por todos é convencido, por todos é julgado;25 os segredos do seu coração se tornam manifestos; e assim, prostrando-se sobre o seu rosto, adorará a Deus, declarando que Deus está verdadeiramente entre vós.26 Que fazer, pois, irmãos? Quando vos congregais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação.27 Se alguém falar em língua, faça-se isso por dois, ou quando muito três, e cada um por sua vez, e haja um que interprete.28 Mas, se não houver intérprete, esteja calado na igreja, e fale consigo mesmo, e com Deus.29 E falem os profetas, dois ou três, e os outros julguem.30 Mas se a outro, que estiver sentado, for revelada alguma coisa, cale-se o primeiro.31 Porque todos podereis profetizar, cada um por sua vez; para que todos aprendam e todos sejam cosolados;32 pois os espíritos dos profetas estão sujeitos aos profetas;33 porque Deus não é Deus de confusão, mas sim de paz. Como em todas as igrejas dos santos,34 as mulheres estejam caladas nas igrejas; porque lhes não é permitido falar; mas estejam submissas como também ordena a lei.35 E, se querem aprender alguma coisa, perguntem em casa a seus próprios maridos; porque é indecoroso para a mulher o falar na igreja.36 Porventura foi de vós que partiu a palavra de Deus? Ou veio ela somente para vós?37 Se alguém se considera profeta, ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor.38 Mas, se alguém ignora isto, ele é ignorado.39 Portanto, irmãos, procurai com zelo o profetizar, e não proibais o falar em línguas.40 Mas faça-se tudo decentemente e com ordem.
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: Ludmey em 23 de Maio de 2010, 05:55
Olá amigos,
Bem, esta passagem é no mínimo intrigante por dois motivos básicos: a relação dos antigos judeus e as mulheres tidas naquela época como um "seres inferiores e a relação de Jesus com as mesmas (não podemos esquecer que Jesus fora o grande influenciador de Paulo e para o que viria ser a doutrina das maiorias das igrejas cristãs nos dias de hoje). Bem, essa passagem fica realmente duvidosa se levarmos em conta que em Gálatas 3,27-28 o mesmo Paulo que "escreveu" a carta aos Coríntios escreve o seguinte: "Pois todos vós que fostes batizado em Cristo fostes revestidos de Cristo. Não há mais judeus nem grego, escravo nem homem livre, homem nem mulher; pois todos vós sois um só em Jesus Cristo". O livro que eu indico a todos os irmãos lerem é " O que Jesus disse? O que Jesus não disse? - Quem mudou a bíblia e por quê do autor Bart D. Ehrman. Ele vai a fundo nessas questões que segundo ele:
"A igualdade em Cristo pode ter-se manifestado nos cultos de adoração feitos pelas comunidades paulinas. Mais que silenciosas "ouvintes da palavra" as mulheres parecem ter estado ativamente envolvidas nas reuniões semanais dos companheiros, participando, por exemplo, orando e profetizando, tanto quanto os homens (ver 1 Coríntios 11) [...]
Quando lemos documentos posteriores associados às igrejas de Paulo depois de sua morte, podemos ver disputas surgindo em torno dos papéis que as mulheres podiam assumir; por fim, sobreveio o esforço de suprimir todo o papel das mulheres nas igrejas [...]
Obviamente os copistas que reproduziram os textos que, mais tarde, vieram a constituir as Escrituras estavam envolvidos em debates desse papel das mulheres nas igrejas. E em algumas ocasiões os debates causaram impacto sobre os textos que eram copiados, dado que algumas passagens foram mudadas para refletir as posições dos copistas que a reproduziam. quase todas as vezes que mudanças desse tipo acontecem, o texto é mudado em vista de limitar o papel da mulher e diminuir a sua importância para o movimento cristão."
Especificamente a passagem em questão o autor ressalta:
"... Pairam dúvidas sobre essa passagem. Pelo que se sabe, os versículos em questão (34 e 35) estão embaralhados em alguns de nossos mais importantes testemunhos. Em três manuscritos gregos e em alguns testemunhos latinos, eles não se encontram aqui, depois do versículo 33, mas depois do versículo 40. Isso levou alguns pesquisadores a supor que esses versículos não teriam sido escritos por Paulo, mas originados de uma espécie de nota marginal acrescentada por um copista, provavelmente influenciado por 1 Timóteo 2*. A nota teria sido, portanto, inserida em diferentes lugares do texto por vários copistas-alguns colocaram a nota depois do versículo 33 e outros a inseriram depois do versículo 40... Esses versículos não se coadunam com seu contexto imediato. Nessa parte de 1 Coríntios 14, Paulo está analisando a questão da profecia na Igreja e instruindo os profetas cristãos acerca de como devem se comportar durante as reuniões cristãs de culto. Esse é o tema dos versículos 26-33, que retorna nos versículos 36-40. Se os versículos 34-35 forem retirados desse contexto, a passagem parece fluir coerentemente como uma discussão do papel dos profetas cristãos. A discussão sobre as mulheres surge como uma intrusão naquele contexto imediato, interrompendo instruções que Paulo está dando sobre um tema diferente... A alteração, não há dúvida, foi feita por um copista preocupado em enfatizar que as mulheres não deviam ter função pública na igreja. que elas deviam manter-se em silêncio e subserviente aos seus maridos."

*Nota: Os pesquisadores descobriram que 1Timóteo não foi escrito por Paulo e sim por um de seus seguidores. 

espero ter contribuído positivamente nessa discussão e leiam esse livro vale muito a pena!!!!

Paz de Deus a todos e todas. :-*    
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: NEIDSON SANTOS em 23 de Maio de 2010, 19:55
Que a Paz do Mestre Jeus esteja com todos. Há todo um contexto histórico em toda passagem bíblica. Há   sempre um ideia  de submissão das mulheres desde o  início, basta observar  nos evangelhos  ref. as genealogias eh sempre nomes de homesns que  as famílias são geradas.  No  judaismo quem  gera  é sempre o homem quem concebe eh a mulher. Um só homem pode engravdar várias mulheres. Muita Paz.  Penso que e essa  a ideia. :)
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: Hebe M C em 23 de Maio de 2010, 20:26
Em resumo independente do que está nas tradições e na Biblia.
Deus não considera a mulher inferior e nem que tenha necessáriamente ser subjugada ao homem. Uma vez que, na condição de espírito, não tem sexo e o escolhe para reencarnar de acordo com a sua evolução.
Pobre do homem que subjuga a sua mulher se achando superior.
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: heitorcostadacruz em 23 de Maio de 2010, 20:45
Saudações!

o problema é colocar a Bíblia como infálivel provinda de "Deus" que na verdade a tradução hebraica é Heloim que esta no plural heloim (Deuses).
Imaginem a egrégora criada a milênios citando ai diversos papas e bispos e muitos reformadores como Lutero calvin e etc. Muitos infelizmente colocam diversos textos a aplicá-la ao pé da letra corroendo a si mesmo e aos outros numa verdadeira deturpação de seus ensinos.

Forte abraço!
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: RicardoDavila em 07 de Setembro de 2010, 17:31
Olá, vc pode me passar o contato de seu sobrinho ??? talvez eu vá morar na Arábia...Obrigado !
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: Vitor Santos em 07 de Setembro de 2010, 21:08
Olá

Para falar a um povo que viveu há 2000 anos, de forma a conseguir ser ouvido, Paulo não podia ir completamente contra os costumes instalados na sociedade. Mas em tudo o que ele disse não há conivência, de espécie nenhuma, com costumes de violência nem de negação da igualdade entre os espiritos humanos, perante Deus.

Jesus e o seu seguidor, Paulo, sempre disseram: ama o teu próximo como a ti mesmo e a Deus acima de todas as coisas. O próximo são as mulheres e os homens, pois Jesus não disse para amarmos só os homens ou só as mulheres. O próximo são todas as criaturas de Deus. Amar a Deus, também é amar o próximo, pois Deus é infinitamente bom e justo, ou seja, para Ele não há privilegiados nem prejudicados, em relação a todos os outros. Logo, se Deus quer o nosso bem, quer o bem dos outros também...     

Não é de admirar que houvesse naquela altura alguma descriminação das mulheres. No mundo de hoje ainda há quem condene mulheres à morte por apedrejamento.

Basta que imaginemos a dificuldade que ainda é hoje, passados 2000 anos, em muitos países em que vigora o Islamismo, por exemplo, defender as mulheres contra os costumes bárbaros dos homens e da sociedade, em geral. Tomara que o problema fosse apenas elas não poderem falar livremente, nos templos...

Mas ainda que subsistisse alguma dúvida, no Livro dos Espíritos, de Allan kardec, está bem esclarecido que os espiritos não têm sexo. Tanto podemos encarnar como homens, como podemos encarnar como mulheres, como heterossexuais, como homossexuais, com cor de pele branca, amarela, negra, etc.

A lei da reencarnação define com clareza que aquele homem que hoje descrimina a mulher amanhã pode vir como mulher para o mesmo planeta, sofrendo da descriminação social para que ele próprio contribuiu numa encarnação anterior. É um incentivo muito grande a nos consideramos iguais, do ponto de vista espiritual, a todas as outras criaturas humanas.

Se bem fizermos a cama, melhor nos podemos deitar nela, no futuro.  Assim todos acreditassem e agissem com base na lógica da reencarnação .

Se todos agirem de acordo com as palavras de S.Paulo, não vem o mal ao mundo. E quem as conhece, na integra, sabe que não é justo pensar que S.Paulo descriminava as mulheres ou qualquer outra criatura humana, por opção ou iniciativa própria. Ele era um Cristão a 100%, não há dúvidas a esse respeito. 

bem hajam
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: filhodobino em 07 de Setembro de 2010, 21:26
Ainda ao tempo de jesus, as mulheres eram tidas como seres menores, só existiam para servir aos homens, notem que mesmo sendo elas que faziam as comidas não podiam com eles sentarem-se.
na verdade só veio começar a se modificar com Jesus, não que elas passassem a se sentar entre os apóstolos, nada disso, mas jesus quando indicou Maria de Magdala para ser sua sucessora, criou mais celeuma entre os apóstolos e Pedro foi um dos primeiros a se zangar.
Eram os tempos, amigos, nada demais se visto historicamente. Daí a bíblia apresentar essa passagem.
Abraços,
moura

Amado irmão,
O misticismo RosaCruz, nos ensina que os Egípcios antigos não agiam assim...
Sócrates não defendia isso...
Platão não defendeu isso...
Jesus em seus Evangelhos deu inúmeras provas de que isto é impiedade e grosseria com nossas irmãs...
Ainda hoje, na ICAR mulher não pode ler o Evangelho na Igreja(isto ainda é canônico), para tampar o sol com a peneira inventaram a leitura das epístolas para as mulheres.... (quando eu era coroinha e missa era rezada em latim tinha isso não...  ranço da ortodoxia que combatemos gentilmente, mostrando pelos fatos que ainda há muito a ser feito no conserto dos psiquismos...
Saúde e Paz!
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: Mourarego em 08 de Setembro de 2010, 16:00
Porém, amigo,
todos os historiadores, e dentre eles um grande número de judeus, tal como Jesus, dizem e provam a mesma coisa.
Uma coisa se tem de separar logo mano filho do bino: quando tratamos de fatos vamos à história, e não aos muitos tipos de misticismos.
abraços,
Moura
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: filhodobino em 08 de Setembro de 2010, 16:06
Porém, amigo,
todos os historiadores, e dentre eles um grande número de judeus, tal como Jesus, dizem e provam a mesma coisa.
Uma coisa se tem de separar logo mano filho do bino: quando tratamos de fatos vamos à história, e não aos muitos tipos de misticismos.
abraços,
Moura

Puro jogo de interesses, só Imutável um é, nem um nem outro tem a primazia da verdade, o mistico diz claramente de sua imperfeição, e expõe...
Outros se escudam na erudição para dizer e em seguida não dizer e depois tornar a dizer....
e quando a coisa aperta, dizem que entendemos errado....
Só isso,
Saúde e Paz!
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: Mourarego em 08 de Setembro de 2010, 16:13
Amigo, por favor, essa sua afirmação depõe contra toda a classe de historiadores.
Procure se informar mais um cadinho.
abraços,
Moura
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: filhodobino em 08 de Setembro de 2010, 16:24
Amigo, por favor, essa sua afirmação depõe contra toda a classe de historiadores.
Procure se informar mais um cadinho.
abraços,
Moura

Qual amigo a do imutável?
Pelo menos o místico, testa em sí, e só fala do que sente...
acertos puros? eu o disse antes, Só Deus, isso ofende historiador?
não ofende mistico...
A mística contida nos Evangelhos nos ensinam a não mandar alguem estudar, posto que um místico se queda na modésta frase de Paulo, que de mim nada sei...
Salomão no Eclesiastes falou que o contrário é ilusão das ilusões, arrogância do saber.
O mistico busca pela intuição, e crê que todo filho de Deus também o pode fazer, por isso não sente ofendido, e crê na alteridade com forma de compreender que todos são doutores em seus próprios níveis.
Um leão é rei na sua ferocidade....
Um cacique é rei na sua tribo...
Um pajé é sábio nas suas especialidades...
Só a Erudição do saber, rotula, divide e coloca divisões de sangue, de clãs, de brasões familiares, de freudiano, de seguidor de young, de roustangista, de kardecista...
estou errado?
Agradeceria e ser-lhe-ia eternamente grato se me corrigires a contento,  pelo menos na metade do que o meu anjo de guarda me aconselha.
Saúde e Paz!

Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: Diegas em 08 de Setembro de 2010, 16:55
Olá.


Não podemos esquecer que muitos romanos submeteram-se a Maria de Magdala, num processo total de inversão de valores morais da época.  O seu modo de vida dissoluto e a beleza fisica despertava no mulheril e homens judeus os sentimentos mais contraditorios. A Lei Moisaica era rigorosa e punia com apedrejamento qualquer trangressão religiosa/moral. Mas ela, antes de conhecer o rabi da Galileia e as mensagens sublimes, e dedicar-se na divulgação da Boa Nova, fora protegida de alguns ilustres romanos que a cortejavam em seu palácio principesco.



Abç
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: filhodobino em 08 de Setembro de 2010, 17:24
Amados Irmãos,
Este artigo foi postado por:
http://www.ime.usp.br/~cesar/projects/lowtech/mundodesofia/aristoteles.html

"Mistico tudo estuda, retem o que interessa, este artigo não recomendo como fundamento, mas serve à cultura e à erudição, humana... ególatra. "(meu grifo), o restante é cópia.

Aristóteles (384-322 a.C.) foi aluno da Academia de Platão. Era natural da Macedônia e filho de um médico famoso. Seu projeto filosófico está no interesse da natureza viva. Ele foi o último grande filósofo grego e também o primeiro grande biólogo da Europa. Utilizava-se da razão e também dos sentidos em seus estudos. Criou uma linguagem técnica usada ainda hoje pela ciência e formulou sua própria filosofia natural.

Aristóteles discordava em alguns pontos de Platão. Não acreditava que existisse um mundo das idéias abrangedor de tudo existente; achava que a realidade está no que percebemos e sentimos com os sentidos, que todas as nossas idéias e pensamentos tinham entrado em nossa consciência através do que víamos e ouvíamos e que o homem possuía uma razão inata, mas não idéias inatas.

Para Atistóteles, tudo na natureza possuía a probabilidade de se concretizar numa realidade que lhe fosse inerente. Assim, uma pedra de granito poderia se transformar numa estátua desde que um escultor se dispusesse a escupi-la. Da mesma forma, de um ovo de galinha jamais poderia nascer um ganso, pois essa característica não lhe é inerente.

Aristóteles acreditava que na natureza havia uma relação de causa e efeito e também acreditava na causa da finalidade. Deste modo, não queria saber apenas o porquê das coisas, mas também a intenção, o propósito e a finalidade que estavam por trás delas. Para ele, quando reconhecemos as coisas, as ordenamos em diferentes grupos ou categorias e tudo na natureza pertence a grupos e subgrupos. Ele foi um organizador e um homem extremamente meticuloso. Também fundou a ciência da lógica.

Aristóteles dividia as coisas em inanimadas (precisavam de agentes externos para se transformar) e criaturas vivas (possuem dentro de si a potencialidade de transformação). Achava que o homem estava acima de plantas e animais porque, além de crescer e de se alimentar, de possuir sentimentos e capacidade de locomoção, tinha a razão. Também acreditava numa força impulsora ou Deus (a causa primordial de todas as coisas).

Sobre a ética, Aristóteles pregava a moderação para que se pudesse ter uma vida equilibrada e harmônica. Achava que a felicidade real era a integração de três fatores: prazer, ser cidadão livre e responsável e viver como pesquisador e filósofo. Cria também que devemos ser corajosos e generosos, sem aumentar ou diminuir a dosagem desses dois itens. Aristóteles chamava o homem de ser político. Citava formas de governo consideradas boas como a monarquia, a aristocracia e a democracia. Acreditava que sem a sociedade ao nosso redor não éramos pessoas no verdadeiro sentido do termo.

Para ele, a mulher era "um homem incompleto". Pensava que todas as características da criança já estavam presentes no sêmen do pai. Sendo assim, o homem daria a forma e a mulher, a substância. Essa visão distorcida predominou durante toda a Idade Média.

Saúde e Paz!
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: filhodobino em 08 de Setembro de 2010, 17:39
Vejam Irmãos,
Há poucos anos atráz, talvez uns quinze, o senhor que foi tutor na infância da minha esposa, me repetiu isso com uma segurança, que fiquei mudo...Mas afirmou com tal convicção como se dele fossem estas palavras, e ele desembargador aposentado pelo ES...  estou repetindo hoje pela primeira vez...

"Para ele, (Aristótels)*a mulher era "um homem incompleto". Pensava que todas as características da criança já estavam presentes no sêmen do pai. Sendo assim, o homem daria a forma e a mulher, a substância. Essa visão distorcida predominou durante toda a Idade Média.

Ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/outros-temas/duvida-sobre-uma-passagem-da-biblia/msg143143/#msg143143#ixzz0yxMYyjlO
*meu grifo.
Então Irmão querido,
Nobre Mourarego, mandaste, estudar cadinho mais, estudí... mas não aprendí... só pra rimar...
Sossega Irmão...
Saúde e Paz!
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: filhodobino em 08 de Setembro de 2010, 17:49
Irmãos,
Falo do que sei, do que não sei, digo que não sei... Repito o que me foi dito...
Estudando a anatomia e fisiologia feminina para trabalhar 3 novos anti-concepcionais,velhos lançamentos de uma multinacional, dos primeiros) os fisiologistas de então, nos garantiram que na mulher é muito melhor o controle  hormonal e por conseguinte tem órgãos mais perfeitos na esfera da reprodução humana, por isso, também tem melhor controle emocional.
Um dos fisiologistas que nos dava aula, o mais gaiato, asseverou, que todos somos primeiro mulheres, só depois é que viramos homens, (mas antes de nascer)... repito o que ouvi... estorias... que podem ser como podem não ser....
Pelo sim pelo não...
Sei lá entende?
Saúde e Paz!
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: filhodobino em 08 de Setembro de 2010, 18:44
Amados Irmãos,
Não seria esta uma pura manifestação mística?
  JOãO[14]
26 Mas o Ajudador, o Espírito Santo a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto eu vos tenho dito.
27 Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; eu não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.
28 Ouvistes que eu vos disse: Vou, e voltarei a vós. Se me amásseis, alegrar-vos-íeis de que eu vá para o Pai; porque o Pai é maior do que eu. (Jesus voltou, apareceu primeiramente a Maria [Madalena], posteriormente aos apóstolos, materializando-se)
29 Eu vo-lo disse agora, antes que aconteça, para que, quando acontecer, vós creiais. (Certamente, Jesus falou dessa forma por estar se referindo às manifestações espirituais, tanto a Sua volta quanto ao envio do Ajudador - Espírito Verdade)
Saúde e Paz!
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: filhodobino em 08 de Setembro de 2010, 18:46
Indago ainda sobre esta,
Não seria também?
"A percepção do desconhecido é a mais fascinante das experiências. O homem que não tem os olhos abertos para o misterioso passará pela vida sem ver nada".
.
Albert Einstein de Max Wulfant (1879-1955)
Nasceu de uma família de judeus de classe média, cuja religiosidade era, no entanto,
 liberal * . A criança preocupava a família, pois levou cerca de três anos para começar a falar. Seus familiares temiam a hipótese de problemas mentais, e a criança apresentou-se irascível até os sete anos de idade.   
www.enciclopedia.com.br (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5lbmNpY2xvcGVkaWEuY29tLmJy)
.
(Ver: Fé de Albert Einstein)
*Não ortodoxa - (meu grifo).
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: Tolomei em 08 de Setembro de 2010, 18:57
No Ato dos Apóstolos, e nas Cartas de Paulo vemos como o papel da mulher foi importante no Evangelho nascente , e como que em diversas situações elas assumiram papel de destaque nas Igrejas e na divulgação do Evangelho do Cristo. Sem elas o Cristianismo nascente não seria o mesmo. Apenas o Judaísmo ortodoxo não queria a mulher nas decisões das Sinagogas e Sinédrio,  pois o regime político era,  e ainda é o da Teocracia - ou seja,  os chefes religiosos são os poderosos que mandam no estado e nas leis do povo judeu.  O Espiritismo é uma religião que nasce dando total importância as mulheres - os médiuns principais da Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas eram mulheres. Hoje no Brasil, muitas mulheres são responsáveis pelo movimento espírita - devem ser a maioria absoluta na direção do movimento espírita. Ainda temos muitas dificuldades , mas acho que a questão está superada. Nos livros mediúnicos então nem se fala. A mulher está sempre em um plano espiritual mais elevada. Abraços,
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: Conforti em 13 de Setembro de 2010, 03:22

          Moura Rego, mano e amigo.               (ref #20)

          Você diz que: “Uma coisa se tem de separar logo, mano filho do bino: quando tratamos de fatos vamos à história, e não aos muitos tipos de misticismos”.

          Meu amigo, no universo nada existe independente; tudo é interconectado, interligado; qualquer movimento da menor “engrenagem” desse infinito “mecanismo” afeta todas as engrenagens. História, misticismo, religiões, fenômenos e existências espirituais ou não etc, são interdependentes...

          Abraços e fique em Deus.
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: Rosa Maria Souza Ribeiro em 22 de Outubro de 2010, 01:53
Amigos,
Lembro que, até hoje, em pleno século XXI, as sinagogas tradicionais ainda apresentam a " fronteira " entre homens e mulheres, conforme orienta a Torá. Porém, segundo alguns rabinos, as mulheres possuem uma espiritualidade aguçada, tendo um poder de concentração nato. E pasmem: a mechitzá ( a tal divisória ) teria sido  criada para os homens, não para as mulheres! Os homens se desconcentram fácil e precisariam de uma separação física para poderem dedicar-se com maior intenção, no momento das preces. Pelo sim, pelo não, considerando e observando outras questões onde a mulher é tratada como se tivesse menos importância, ainda vejo no texto de Paulo a visão histórica menor que tinham da mulher na época e que muitos grupos ainda conservam até hoje.

Abraços,
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: Mourarego em 22 de Outubro de 2010, 17:17

          Moura Rego, mano e amigo.               (ref #20)

          Você diz que: “Uma coisa se tem de separar logo, mano filho do bino: quando tratamos de fatos vamos à história, e não aos muitos tipos de misticismos”.

          Meu amigo, no universo nada existe independente; tudo é interconectado, interligado; qualquer movimento da menor “engrenagem” desse infinito “mecanismo” afeta todas as engrenagens. História, misticismo, religiões, fenômenos e existências espirituais ou não etc, são interdependentes...

          Abraços e fique em Deus.


Mano Coronel,
"separar" não quer dizer e nem explica ou afirma que não está intercalado de, ou ao lado de, por isso usa-se o verbo separar para mostrar apenas o que no caso seria o mais indicado.
abração,
Moura
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: filhodobino em 22 de Outubro de 2010, 17:49
Amados como não estamos produzindo doutrina, em um tópico geral, penso que a liberdade para expressar pensamentos é boa alternativa de troca de idéias, para manter o movimento, a impermanência ativa...

Reflito:
Primeiro no que postei alhures:
Um dos fisiologistas que nos dava aula, o mais gaiato, asseverou, que todos somos primeiro mulheres, só depois é que viramos homens, (mas antes de nascer)... repito o que ouvi... estorias... que podem ser como podem não ser....
Pelo sim pelo não...
Sei lá entende?
Saúde e Paz!

Ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/outros-temas/duvida-sobre-uma-passagem-da-biblia/15/#ixzz136goX74N

Agora no que encontrei no Evangelho de Tomé:

(108) Jesus disse: "Quem beber de minha boca tornar-se-á como eu. Eu mesmo me tornarei ele, e as coisas que estão ocultas ser-lhe-ão reveladas."
(109) Jesus disse: "O Reino é como o homem que tinha um tesouro [escondido] em seu campo sem saber. Após sua morte, deixou o campo para seu [filho]. O filho não sabia [a respeito do tesouro]. Ele herdou o campo e o vendeu. O comprador ao arar o campo encontrou o tesouro. Começou então a emprestar dinheiro a juros a quem queria."
(110) Jesus disse: "Quem encontrou o mundo e tornou-se rico, que renuncie ao mundo."
(111) Jesus disse: "Os céus e a terra se dobrarão diante de vós. E aquele que vive do Vivo não conhecerá a morte. Jesus não disse: ‘Quem se encontra é superior ao mundo?’"
(112) Jesus disse: "Ai da carne que depende da alma; ai da alma que depende da carne."
(113) Seus discípulos disseram-lhe: "Quando virá o Reino?"
[Jesus disse]: "Ele não virá porque é esperado. Não é uma questão de dizer: ‘eis que ele está aqui’ ou ‘eis que está ali’. Na verdade, o Reino do Pai está espalhado pela terra e os homens não o vêem."
(114) Simão Pedro disse-lhes: "Que Maria saia de nosso meio, pois as mulheres não são dignas da vida."
Jesus disse: "Eu mesmo vou guiá-la para torná-la macho, para que ela também possa tornar-se um espírito vivo semelhante a vós machos. Porque toda mulher que se tornar macho entrará no Reino do Céu."
Traduzido por Raul Branco
Saúde e Paz!
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: Cibele SAS em 22 de Outubro de 2010, 18:47

Mas, ao dizer "Eu mesmo vou guiá-la para torná-la macho", que será que "macho" significaria nessa mensagem? Corajoso, culto? Jesus chamou para si a missão de dar coragem à mulher e eliminar as diferenças?
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: Mourarego em 22 de Outubro de 2010, 21:50
O que ficou esquecido de ser citado é que ao tempo de Jesus, as mulheres eram tidas como impuras, tanto que serviam para lavar as roupas e utensílios da casa, fazer a comida, mas a sua impureza as proibia de sentarem-0se a mesa com os homens.
Quando Jesus diz, "vou guá-la para tornar-se macho" dá a entender não que ela se tornará macho, e é o restante de sua fala que explica tudo, "(...) para que ela também possa tornar-se um espírito vivo semelhante a vós machos(...)" Logo, Jesus queria se referir aos atos que somente os homens (machos), podiam fazer naqueles tempos.
como os de legislar, tomar decisões políticas etc. Ao deixar jesus, maria de Madgdala, ao comando dos apóstolos, Jesus arranjou a desordem entre os apóstolos e o mais exaltado foi Pedro que disse, no falar dos historiadores, "Se o cetro do comando ficar na mão de mulher eu não o seguirei."
Consta que com Maria, Jesus manteve relacionamento e deixou prole.
Mas parece-me que  não querem que isso seja divulgado, aliás uma posição externada pela igreja católica.
Para se falar desses assuntos não basta o que está no ESE ou na bíblia, mas sim os relatos dos modernos historiadores trazem mais informações ao fatos daquela época.
O ESE nos ensina sobre as leis morais meus amigos por isso nele não há toda a bíblia mas apenas os trechos nos quais a doutrina está inculcada.
Abraços,
Moura

Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: Conforti em 22 de Outubro de 2010, 22:17
Mano Moura   (ref #33)

Me perdoe; agora entendi o que o mano quis dizer.

Um abraço.
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: Conforti em 22 de Outubro de 2010, 23:23
          Amigos, boa noite.
          Com relação a essas “estranhezas”, que hoje compreendemos, pois que se deviam aos costumes e crenças daquelas épocas e regiões, trago-lhes, para reflexão, as citações mais abaixo. Alerto os amigos, que as citações que trago, das quais me lembrei devido à resposta da Cibele, não se relacionam a costumes ou a culturas, desta ou de qualquer época, mas a assuntos que se vinculam à compreensão da verdade que liberta, a que se referiu Jesus e que, portanto, estão perfeitamente de acordo com as lições que os mestres nos dariam séculos atrás ou nos dias de hoje e nos dias futuros.
          "Obs.: destaquei com << >> as palavras mais sugestivas para a reflexão).
          Primeiro, repito citações dos amigos, contidas em respostas anteriores.
          Citação do Filhodobino:
“Simão Pedro disse-lhes: "Que Maria saia de nosso meio, pois as mulheres não são dignas da vida."
”E Jesus disse: "Eu mesmo vou guiá-la para torná-la macho, para que ela também possa tornar-se um espírito vivo semelhante a vós machos. Porque toda mulher que se tornar macho entrará no Reino do Céu”.
          Citação de Cibele:
”Mas, ao dizer "Eu mesmo vou guiá-la para torná-la macho", que será que "macho" significaria nessa mensagem? Corajoso, culto? Jesus chamou para si a missão de dar coragem à mulher e eliminar as diferenças?”
          E, agora, as citações de que falei:
          “I Coríntios, 16:15-17: “Não sabeis que os vossos corpos são membros de Cristo? Aquele que se une ao Senhor é <<um>> espírito com ele”.
          “João, 17:21: “A fim de que todos sejam <<um>>; e como és tu, ó Pai, em mim, e eu em ti, também sejam eles <<um>> em nós”.
          “Plotino, místico, aconselha a “redução de nossa alma a <<Um>>”, para que se tenha o “percebimento” de Deus”.
          “Maister Eckhart, místico e teólogo cristão: “Tudo na Divindade é <<Um>>, e a respeito disso não há o que dizer”, e nos estimula a “sermos, portanto, esse <<Um>>, para podermos conhecer Deus”.
          Para sermos esse Um precisamos abandonar o dualismo, como sugere o Evangelho de Tomé, citado pelo Filhodobino: “Eles lhe perguntaram: Nós, sendo filhos, entraremos no Reino? E Jesus lhes respondeu: Quando fizerdes de dois <<um>>, e quando fizerdes o interior como o exterior, e o superior como o inferior, e quando fizerdes o <<macho e a fêmea>>  <<um>> só, então entrareis no Reino”; e “Jesus disse: Eu sou a luz que está acima de todos eles, Eu sou o Todo,... Racha um pedaço de pau, Eu estou ali; ergue a pedra e ali Me encontrarás”.     
          “Pedro, nos seus Atos: “És meu pai, mãe, irmão, amigo, escravo, administrador; tu és o Todo e tudo está em ti; e tu És, e nada mais é senão tu”.
          E, completando com Jesus: “Eu e o Pai somos <<um>>”.
          Amigos, reflitam: “todos”, <<um>> só; do mesmo modo “macho e fêmea”, <<um>> só.           

          Fiquem em Deus. 
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: licia f em 22 de Outubro de 2010, 23:46
Aprendo tanto com esses debates.Bom fim de semana pra todos
Título: Re: Duvida sobre uma passagem da bíblia
Enviado por: lizbeth em 23 de Outubro de 2010, 02:22

Muita Paz, Luz e Amor para todos nós.

Jesus Manso e Humilde de Coração, fazei nossos corações semelhantes ao Vosso.

 :-*