Forum Espirita

CONVÍVIO => Off-topic => Espiritualismo => Tópico iniciado por: HelenaBeatriz em 22 de Fevereiro de 2011, 15:35

Título: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: HelenaBeatriz em 22 de Fevereiro de 2011, 15:35
Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus

Janeiro 9, 2008 in Budismo, Cristianismo

Desde o século passado que estudiosos apontam as surpreendentes semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus.
É como se Deus tivesse posto duas vertentes de uma mesma fonte adequadamente apropriadas para o mundo Ocidental e Oriental.

Veja alguns exemplos:

Buda: É mais fácil ver os erros dos outros que os próprios; é muito difícil enxergar os próprios defeitos. Espalham-se os defeitos dos outros como palha ao vento, mas escondem-se os próprios erros como um jogador trapaceiro”
Jesus: Por que olhas o cisco no olho de teu irmão e não vês a trave no teu? Como ousas dizer a teu irmão: deixa-me tirar o cisco de teu olho, pois sei corrigir o teu erro de visão? Hipócrita, tira primeiro o engano da tua visão, e só então poderás tirar o cisco do teu companheiro”.

Buda: “Não importa o que um homem faça, se seus actos servem à virtude ou ao vício, tudo é importante. Toda acção acarreta frutos”
Jesus: “Não pode a árvore boa dar maus frutos, nem a árvore má dar bons frutos. Porventura colhem-se figos de espinheiros ou ervas de urtigas? Toda árvore se conhece pelos frutos”.

Buda: A pessoa má fala com falsidade, acorrentando os pensamentos às palavras. Aquele que fala mal e rejeita o que é verdadeiramente justo não é sábio”.
Jesus: O homem bom tira coisas boas do tesouro do coração, e o mau retira coisas más, pois a boca fala do que está cheio o coração”.

Buda: Assim como a chuva penetra numa casa mal coberta, também a paixão invade uma mente dispersa. Assim como a chuva não penetra numa casa bem coberta, igualmente a paixão não invade uma mente bem formada”.
Jesus: Todo aquele que ouve as minhas palavras e as põe em prática é como um homem que construiu uma casa sobre a rocha. Caiu a chuva, uma torrente se abateu sobre a casa, mas ela não caiu, pois estava fundada sobre a rocha. Mas aquele que ouve as minhas palavras mas não as pratica é semelhante a um homem que construiu sua casa na areia. Veio a chuva, a torrente se abateu sobre ela, e ela desabou. E foi grande a sua ruína”.

http://caminhodomeio.wordpress.com/2008/01/09/semelhancas-entre-os-ensinamentos-de-buda-e-jesus/
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 23 de Fevereiro de 2011, 21:53
          Olá amiga Helena   (ref #0)

          E porque tanta semelhança entre o Buda e o Cristo? Já fez um estudo a respeito e bem analisou qual é a razão?
          Observe, minha amiga, que esses poucos ensinamentos referidos por você, nada têm que signifique regra de “salvação”; veja que todos eles tinham como objetivo, trazer um relacionamente melhor entre os homens; isso fizeram outros líderes de religiões, e era a finalidade de seus mandamentos e regras éticas. Os ensinamentos profundos, que objetivam levar a Deus, são também semelhantes entre eles, pois ambos, Jesus e Gautama, devem ter bebido sabedoria da mesma fonte; ambos são daqueles que não mais encontrando respostas para as desigualdades e sofrimentos do mundo, nas coisas do próprio mundo ou da vida, nem nas religiões existentes, partem para busca-las sozinhos; ambos, embora muitos reajam a esta afirmação, foram místicos; buscaram respostas para os problemas, desigualdades e sofrimentos do mundo, além do que as religiões, doutrinas, filosofias, podiam e podem dar. Eles foram além das religiões; por isso mesmo, não tinham qualqur religião e, hoje como sempre, religião alguma tem exclusividade sobre eles..
          Um abraço.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Matheus RA em 25 de Fevereiro de 2011, 08:08
Existe semelhanças em tudo na vida.

Agora e as diferenças....?

Ai podemos ver o balancete de forma real.
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 25 de Fevereiro de 2011, 17:18
          Olá, novo amigo Matheus RA   (ref#2)

          Fala-se, acima, das semelhanças dos ensinamentos de Jesus e os do Buda, e o amigo colocou:
          Cito você:
“Existe semelhanças em tudo na vida. Agora, e as diferenças...?”

          Cel: evidentemente, com as palavras “existe semelhanças em tudo na vida”, está dizendo (eu deduzi isso; se estou errado, peço me corrija) que as semelhanças podem ser apenas acidentais, certo? No entanto, veja meu amigo, você consegue apontar “diferenças” entre os ensinamentos desses dois iluminados? Se tentar, para começar, vai ver a extrema dificuldade em fazê-lo.
          Então sim, apontadas as diferenças, “podemos ver o balancete de forma real”, como o amigo sugere.

          Fique em Deus.


Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: HelenaBeatriz em 25 de Fevereiro de 2011, 17:27
Olá, amigos Coronel e Matheus!!

Obrigada pelo retorno!!


Sim, Coronel, até porque Jesus era um Buda, no caso: Yeshua era discípulo das tradições budistas theravada, segundo muitas vertentes.

Com muito carinho,
Helena
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 25 de Fevereiro de 2011, 21:00
          Helena Beatriz    (ref #4)

          Exato, minha amiga, e porque Gautama/ Sidarta era um Cristo.

          Um abraço.
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Espírita brasileiro em 08 de Maio de 2013, 16:40
Buda,Jesus,Krishna,Lao-tsé, que belos espíritos estes!
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 08 de Maio de 2013, 19:24
      Espírita brasileiro

      Espirita bras escreveu: Buda, Jesus, Krishna, Lao-tsé, que belos espíritos estes!

      Cel: exato; é pena q muitos não os compreenderam, nem os compreendem! E os ensinamentos de Jesus foram muito deturpados no correr dos séculos! Hoje, o q vemos nas doutrinas advindas do cristianismo, seus ensinamentos quase q só se referem ao q podemos chamar de "regras para bem-conviver, ou para bem-sobreviver". A "regras para a salvação", as doutrinas, ou não as compreenderam, ou esqueceram!
........................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 04 de Junho de 2013, 06:50


E quanto à principal dessemelhança?

Jesus: Há Deus!

Buda: Não há Deus!


Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 04 de Junho de 2013, 18:40
      Engana-se o amigo Brenno; para o Budismo não existe esse Deus conforme transmitem as religiões. Apenas isso!

      Para o misticismo, ocidental e oriental, a concepção de Deus, q as religiões transmitem, é absurda. Por isso se afirma q o misticismo, em particular (?) o budismo, não crê em Deus; a concepção q de Deus tem o misticismo, inclusive os misticos do cristianismo, é algo totalmente diferente.
      E isso é verdade; não crêem nesse Deus, no Deus das religiões;
      não crêem num Deus q cria seres ignorantes e os pune, impiedosamente, por serem ignorantes pois, se sábios fossem, não cometeriam os absurdos q cometem;
      Não crêem num Deus q não consegue derrotar o mal, ou que criou o mal para q seus filhos aprendam a se libertar do mal;
      um Deus q produz e sabe q sempre está repetindo a produção de seres q se tornarão, com absoluta certeza, pois esse Deus é onisciente, monstros possuidores das mais cruéis e degradantes qualificações e defeitos morais e, depois, os pune (ou lhes aplica corretivos cruéis) porq se tornaram aquilo q Ele sempre soube q se tornariam e q lhes deu habilitação para se tornarem;
      um Deus q dá a suas criaturas habilidades, aptidões, desejos, absoluta liberdade para q escolham cometer, ou não cometer o mal e, depois, as pune porq cometeram o mal;
      um Deus q, sendo todo poderoso, necessita de auxiliares para a obra de sua criação;
      um Deus q, sendo infinita sabedoria e amor, só sabe oferecer a seus filhos, um processo evolutivo baseado no fazer sofrer cruelmente;
      um Deus q, sendo pura e total perfeição, cria seres q se tornam pura e total imperfeição...
      um Deus q criou escolas/vidas para q nelas suas criaturas aprendam a se libertar do mal, defeitos morais e imperfeições e é exatamente aí, nessas mesmas escolas/vidas, que suas criaturas aprendem a se prender ao mal, q se tornam moralmente defeituosas e q se enchem das imperfeições, as mais monstruosas...
.........................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: FUSA em 05 de Junho de 2013, 00:37
Muito interessante Conforti.

Venho estudando budismo ultimamente e confesso que o Budha que as lendas contam me parece um ser muito mais "Real" e digo ate, mais evoluido do que o Jesus esquizofrenico mostrado na biblia (uma hora ele fala de amor ao proximo na outra diz que quem fizer coisa errada vai pro inferno!). Mas isso e' outra historia...

Quanto ao seu texto abaixo eu concordo que a visa de "Deus" realmente nao existe para eles. Lendo tambem o livro dos espiritos acho que os espiritos da codificacao tentaram trazer uma visao melhor de Deus, como sendo "a inteligencia suprema" respondendo a pergunta de Kardec do QUE e'Deus, ao inves de QUEM e' Deus. Mais adiante os proprios espiritos explicam que para nos que adiante tentar entender algo que nao tem explicacao e que nao tem explicacao e que ao inves de tentar entender isso deveriamos usar o nosso tempo nos melhorando.

Pois e', o Budha entendeu isso e, ao inves de perder tempo em tentar falar de Deus ou ate entende-lo viu que o melhor caminho de aperfeicoamento foi atraves de meditacao, do auto-conhecimento. Auto-conhecimento que la tambem no Livro dos Espiritos e Evangelho Seg Espiritismo se diz deveria ser o nosso objetivo principal.

Pra mim, comecando a estudar mais budismo, meditar, etc tem me ajudado a entender melhor o Espiritismo!

FUSA



      Engana-se o amigo Brenno; para o Budismo não existe esse Deus conforme transmitem as religiões. Apenas isso!

      Para o misticismo, ocidental e oriental, a concepção de Deus, q as religiões transmitem, é absurda. Por isso se afirma q o misticismo, em particular (?) o budismo, não crê em Deus; a concepção q de Deus tem o misticismo, inclusive os misticos do cristianismo, é algo totalmente diferente.
      E isso é verdade; não crêem nesse Deus, no Deus das religiões;
      não crêem num Deus q cria seres ignorantes e os pune, impiedosamente, por serem ignorantes pois, se sábios fossem, não cometeriam os absurdos q cometem;
      Não crêem num Deus q não consegue derrotar o mal, ou que criou o mal para q seus filhos aprendam a se libertar do mal;
      um Deus q produz e sabe q sempre está repetindo a produção de seres q se tornarão, com absoluta certeza, pois esse Deus é onisciente, monstros possuidores das mais cruéis e degradantes qualificações e defeitos morais e, depois, os pune (ou lhes aplica corretivos cruéis) porq se tornaram aquilo q Ele sempre soube q se tornariam e q lhes deu habilitação para se tornarem;
      um Deus q dá a suas criaturas habilidades, aptidões, desejos, absoluta liberdade para q escolham cometer, ou não cometer o mal e, depois, as pune porq cometeram o mal;
      um Deus q, sendo todo poderoso, necessita de auxiliares para a obra de sua criação;
      um Deus q, sendo infinita sabedoria e amor, só sabe oferecer a seus filhos, um processo evolutivo baseado no fazer sofrer cruelmente;
      um Deus q, sendo pura e total perfeição, cria seres q se tornam pura e total imperfeição...
      um Deus q criou escolas/vidas para q nelas suas criaturas aprendam a se libertar do mal, defeitos morais e imperfeições e é exatamente aí, nessas mesmas escolas/vidas, que suas criaturas aprendem a se prender ao mal, q se tornam moralmente defeituosas e q se enchem das imperfeições, as mais monstruosas...
.........................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amigo em 05 de Junho de 2013, 00:58
Engraçado esse tema e curioso,sabe uma animação que está fazendo sucesso entre os japoneses? Vejam:
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=X4adm1RGWw4#!
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 05 de Junho de 2013, 00:58
      Engana-se o amigo Brenno; para o Budismo ..........................
.......................................................................... as mais monstruosas...
.........................


O budismo não aceita Deus de forma nenhuma!

O budismo quer, por força, que Deus seja o próprio homem!

Arrogância, Prepotência, Orgulho!
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 05 de Junho de 2013, 01:05

Venho estudando budismo....................
.................. imperfeições, as mais monstruosas...



Realmente, FUSA,

Somente à um Jesus esquizofrênico se poderia comparar o esquizofrênico Buda.
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amigo em 05 de Junho de 2013, 01:12
Brenno não entendi esta citação:
O budismo quer, por força, que Deus seja o próprio homem!

Não foi o próprio Jesus que falou:-Vóis sois Deuses,tudo que quiserdes podereis realizar e muito mais...
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 05 de Junho de 2013, 01:22
Brenno não entendi esta citação:
O budismo quer, por força, que Deus seja o próprio homem!

Não foi o próprio Jesus que falou:-Vóis sois Deuses,tudo que quiserdes podereis realizar e muito mais...


Cita, a DE, essa suposta afirmação de Jesus?

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amós Ribeiro em 05 de Junho de 2013, 01:26
A maioria dos ocidentais estão condicionados com a ideia: "do sou o coitadinho" o "pobrezinho" etc...

O próprio Cristo já tinha falado: que este principio que muitos denominam como "Deus" habita em todos nós... que somos Deuses!
A diferença é que os orienteis reconhecem a divindade em si e em todas as coisas, enquanto os ocidentais fazem força para continuarem 'cegos'. 
O espiritismo deveria ser a primeira religião ocidental à romper com essas superstições sem sentido! 
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amigo em 05 de Junho de 2013, 01:39
1 – KARDEC, Allan. O Livro dos Espíritos: princípios da Doutrina Espírita. Tradução de Guillon Ribeiro. 67. ed. S.Paulo: FEB,/USE. 1985: Parte Primeira; Das Causas Primárias; Capítulo I; De Deus. pág. 51.

2 - KARDEC, Allan. O Evangelho Segundo o Espiritismo. Tradução de Guillon Ribeiro da 3ª francesa, revisada, corrigida e modificada pelo auto em 1866. 106. ed. Rio [de Janeiro]: FEB, 1992.cap. III, pág. 71.
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amigo em 05 de Junho de 2013, 01:42
"Lembra-te deles, os quase loucos de sofrimento, e trabalha para que a Doutrina Espírita lhes estenda socorro oportuno. Para isso, estudemos Allan Kardec, ao clarão da mensagem de Jesus Cristo, e, seja no exemplo ou na atitude, na ação ou na palavra, recordemos que o Espiritismo nos solicita uma espécie permanente de caridade – a caridade da sua própria divulgação".

Trecho retirado do livro Estude e Viva – FEB 9ª edição, cap. 40. Chico Xavier/Waldo Vieira. Pelos espíritos Emmanuel/André Luiz.
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Gabri-El em 05 de Junho de 2013, 01:56
"Culto ao UNO

Pedi a Bênção a Krishna,
e o Cristo me abençoou;
Orei ao Cristo,
e foi Buda que me atendeu;
Chamei por Buda,
e Krishna me respondeu"

Prof. Hermógenes


Os nomes mudam, as formas se diferem, as palavras atendem à ocasião, mas a Luz da Verdade provêm do mesmo Centro irradiador, no Qual a Unidade é a tônica.

Quem poderá entender isso? Ninguém!
Isso não se entende, porque entender diz respeito ao intelecto e este, não raro, se perde no labirinto da erudição, quando não se decai na vaidade.

Somente pelo Coração* podemos reconhecer a verdade nessas palavras.


*o centro síntese da sabedoria e do amor no Homem.

Fraternalmente...
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 05 de Junho de 2013, 03:01
A maioria dos ocidentais estão condicionados com a ideia: "do sou o coitadinho" o "pobrezinho" etc...

O próprio Cristo já tinha falado: que este principio que muitos denominam como "Deus" habita em todos nós... que somos Deuses!
A diferença é que os orienteis reconhecem a divindade em si e em todas as coisas, enquanto os ocidentais fazem força para continuarem 'cegos'. 
O espiritismo deveria ser a primeira religião ocidental à romper com essas superstições sem sentido!


A Verdade não cega, mas liberta:

“Não podendo fazer-se Deus, o homem quer ao menos ser uma parte de Deus.”

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 05 de Junho de 2013, 03:04
1 – KARDEC, Allan. O Livro dos Espíritos: princípios da Doutrina Espírita. Tradução de Guillon Ribeiro. 67. ed. S.Paulo: FEB,/USE. 1985: Parte Primeira; Das Causas Primárias; Capítulo I; De Deus. pág. 51.

2 - KARDEC, Allan. O Evangelho Segundo o Espiritismo. Tradução de Guillon Ribeiro da 3ª francesa, revisada, corrigida e modificada pelo auto em 1866. 106. ed. Rio [de Janeiro]: FEB, 1992.cap. III, pág. 71.


                                                  O Livro dos Espíritos
                                      PRINCÍPIOS DA DOUTRINA ESPÍRITA
                                                   PARTE PRIMEIRA
                                                Das causas primárias
                                                        CAPÍTULO I
                                                          DE DEUS   (Pág. 51)
1. Deus e o infinito. - 2. Provas da existência de Deus. - 3. Atributos da Divindade. -4. Panteísmo.
                                                    Deus e o infinito
1. Que é Deus?

“Deus é a inteligência suprema, causa primária de todas as coisas” (1). (Vide Nota Especial n° 1,da Editora (FEB), à pág. 494.)

2. Que se deve entender por infinito?

“O que não tem começo nem fim: o desconhecido; tudo que é desconhecido é infinito.”

3. Poder-se-ia dizer que Deus é o infinito?

“Definição incompleta. Pobreza da linguagem humana, insuficiente para definir o que está acima da linguagem dos homens”.



                                         O Evangelho Segundo o Espiritismo
                                                      CAPÍTULO III
                                    HÁ MUITAS MORADAS NA CASA DE MEU PAI

Diferentes estados da alma na erraticidade. - Diferentes categorias de mundos habitados. - Destinação da Terra. Causas das misérias terrenas. - Instruções dos Espíritos: Mundos superiores e mundos inferiores. - Mundos de expiações e de provas. – Mundos regeneradores. - Progressão dos mundos.

1. Não se turbe o vosso coração. - Credes em Deus, crede também em mim. Há muitas moradas na casa de meu Pai; se assim não fosse, já eu vo-lo teria dito, pois me vou para vos preparar o lugar. - Depois que me tenha ido e que vos houver preparado o lugar, voltarei e vos retirarei para mim, a fim de que onde eu estiver, também vós aí estejais. ( S. JOÃO, cap. XIV, vv. 1 a 3.)

Diferentes estados da alma na erraticidade

2. A casa do Pai é o Universo. As diferentes moradas são os mundos que circulam no espaço infinito e oferecem, aos Espíritos que neles encarnam, moradas correspondentes ao adiantamento dos mesmos Espíritos.
Independente da diversidade dos mundos, essas palavras de Jesus também podem referir-se ao estado venturoso ou desgraçado do Espírito na erraticidade. Conforme se ache este mais ou menos depurado e desprendido dos laços materiais, variarão ao infinito o meio em que ele se encontre, o aspecto das coisas, as sensações que experimente,

Onde a citação ???
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 05 de Junho de 2013, 03:10


"Culto ao UNO.................................
 ................................................amor no Homem.


O Livro dos Espíritos:

“Não podendo fazer-se Deus, o homem quer ao menos ser uma parte de Deus.”


Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amigo em 05 de Junho de 2013, 04:46
Brenno use o raciocínio onde quero chegar!

Acredita tu em imortalidade? em evolução?nas classificações espíritas ou de mundos?
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 05 de Junho de 2013, 04:47
      Amigo Brenno,

      O amigo já refletiu, já raciocinou profundamente para tentar entender qual é a causa de o homem ser assim?
....................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Vitor Santos em 05 de Junho de 2013, 12:33
Olá amigos

Na verdade o conceito de Deus, no sentido de Criador, Causa Primeira, parece não estar incluído em muitas versões do budismo. Li uma afirmação do Dalai Lama, relativamente ao Budismo Tibetano, que esclarecia que era um assunto que não estava esclarecido entre os budistas. Havia opiniões diferentes. Mas que não é um assunto "resolvido", digamos assim.

bem hajam   
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 05 de Junho de 2013, 14:02

Bom (minha opinião)

A semelhança dos ensinos...pode ser sim que há muitas... e na verdade existe muitas.
Mas observemos que muitos povos e ou pessoas que não conhecem nem a Buda e nem a Jesus...Apresentam e podem pelo bom senso chegar a estas assertivas morais que por momento concluímos por apresentarem semelhantes, pois quando meditarem para o que é melhor para esta comunidade e ao mesmo tempo o que poderá não prejudicar alguns desta mesma comunidade em benefício dos outros...Chegarão próximo em muitas partes aos ensinos de Jesus...A DE é clara pois afirma que todos os povos são assistidos pelos bons espíritos no que também afirma ser a moral do Cristo a irretorquível e ser o mesmo, O Cristo Jesus, o condutor do Movimento que nos faculta compreender as verdades expressas no Espiritismo e ainda o Apresenta como revelação Divina.

Não nos esqueçamos que Buda, segundo os escritos sobre Buda, ascendeu muitas de as suas vidas passadas  e meditando sobre si mesmo concluiu pelo equilíbrio das ações para o bem daquele que busca...O Famoso caminho do Meio.
Outra questão ao meu ver é  a tragetória, o percurso das tradições orais sobre Buda até serem compiladas, escritas...Se me lembro bem, passam dos duzentos anos...O que contribui para muitas interpretações e espoliações....Em Buda ocorre o reconhecimento dos seus ensinos aliados a  conduta de seus próprio entendimento ante o que buscava...Buda buscava!...que fique bem claro....tanto o é que Ele mesmo afirma...”Encontrei a minha Luz encontre vós a vossa.”
Em Buda existe um confronto pessoal e consecutivamente um adquirir...e um assumir.
Buda compreende o seu papel ante aqueles que passaram a segui-lo e exerce um mestrado a altura de seu potencial...Buda também atua como filosofo ante tantas questões morais da sociedade...
O Budismo é percebido e ensinado(não digo que tenha sido uma pretensão de Buda)como uma escola “Panteísta” e a questão confundível ante os ensinos morais de jesus é a confundível semelhança dos ensinos em si propagado pelos seus continuadores...a semelhança na superfície e a distância na profundidade.
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Anton Kiudero em 05 de Junho de 2013, 15:21
Seleção Imbativel!

(http://img337.imageshack.us/img337/324/timedosiluminados.jpg)

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 05 de Junho de 2013, 16:22
      A ênfase dada por todos desse time, q o Anton apresentou, se centra no amor, imprescindível, extremamente necessário nos relacionamentos e procedimentos dos encarnados entre si.

      Todos eles tiveram a percepção de q a vida é sofrimento, desde o abrir os olhos, ao nascer, até fechá-los, ao morrer; sofrimento em geral sem solução que o mundo possa oferecer, nem nas filosofias, ciências, medicinas, psicologias, nem nas religiões, pois q são inerentes à matéria ao qual o corpo carnal é vinculado. Todos perceberam, em seu tempo, que todos sofrem e q o sofrimento continuará pelo mundo, inexoravelmente. Por isso a necessidade do amor, q só o amor pode amenizar as dores naturais e inerentes à vida na carne.

      Por isso o Buda afirmou que "tudo é incerto e impermanente" (é a base da filosofia do Buda), afirmação q até o próprio Einstein estranhou qdo repetida por comprovação vinda da ciência moderna, a mecânica quântica, dizendo "mas Deus não joga dados!", pois acreditava na existência de uma justiça divina e que todos os eventos do mundo se realizam de conformidade com ela.

      Mais tarde, ao perceber a verdade da incerteza e impermanência de todos os eventos, fenômenos e acontecimentos (sejam físicos ou fisiológicos, e psicológicos e de relacionamentos), que produzem os sofrimentos dos homens, convencido, teria dito: "mas, se não é Deus, quem é q joga os dados?".

      Vem daí a semelhança dos ensinamentos de todos eles: atenuar os sofrimentos da humanidade, pela prática do amor, virtude tão exaltada por Jesus e Paulo, nas escrituras; pelo Buda e outros, nas suas tradições.
..................................
  .........................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 05 de Junho de 2013, 17:58
Interessante esta seleção Antoniana

só há homens

será um preconceito
ou uma evidência?
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 05 de Junho de 2013, 18:15
      Moisés de Cerq     (ref #29)

       Foi coisa como essa q provocou, na igreja romana, o início do culto à Maria, mãe de Jesus. Esse culto à Maria se iniciou cerca de mil anos depois da crucificação (cerca de 900 anos); as mulheres não iam às igrejas pois todos os vultos lembrados nos cultos, os nomes de anjos, santos, Deus etc, eram do sexo masculino. Esse foi um estratagema da igreja para q as mulheres comparecessem. E, agora, já há muitas santas nas igrejas.

      Mas ainda não há sacerdotes mulheres, como deve ser difícil encontrar uma "gurua", e como é difícil encontrar "pastoras" nas igrejas evangélicas.

      Alguma culpa dessa situação deve caber ao cristianismo, e aos costumes dos homens, e até hoje: a mulher sempre em segundo plano, como se o espirito/alma q habite um corpo feminino fosse inferior. 
..................................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Anton Kiudero em 05 de Junho de 2013, 18:30
Oh! Moises,

É um time de futebol... E foi criado na época da última copa, em 2010... Preconceito do autor não... Mas quem sabe aparece um time de volei feminino por ai?

Ram Wer com a palavra, talvez tenha alguma inspiração...

Anton

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: lineu em 05 de Junho de 2013, 18:38
Decerto, Sidarta Gautama foi animado por um Espírito Superior, pertencente à equipe do Espírito de Verdade, que reencarnou neste mundo para colaborar com o seu progresso.

Muitos dos seus ensinamentos assemelham-se aos ensinados pelo Mestre Jesus.

E a sua doutrina, em meio de alguns erros, contraditórios do Evangelho, evidenciam grandes verdades.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 05 de Junho de 2013, 18:52
      Lineu,

      Quer dizer q, para vc, o Espirito Superior, da equipe do Espirito da Verdade, fez o homem Sidarta, cujo corpo/cérebro/mente ele animava, cair em erros? Afinal, não podemos confiar nem em Espíritos Superiores? E aqueles espíritos q contribuíram na codificação, segundo vc, devemos ou podemos confiar neles?
.................................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 05 de Junho de 2013, 21:16
Brenno use o raciocínio onde quero chegar!

Acredita tu em imortalidade? em evolução?nas classificações espíritas ou de mundos?


Sim!

Acredito em imortalidade, em Individualidade, em evolução, daí as diferenças nas classificações dos Espíritos e dos Mundos.

Acredito também na criação dos Espíritos simples e ignorantes. E acredito no Livre-Arbítrio.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 05 de Junho de 2013, 21:52
      Moisés de Cerq     (ref #29)

       Foi coisa como essa q provocou, na igreja romana, o início do culto à Maria, mãe de Jesus. Esse culto à Maria se iniciou cerca de mil anos depois da crucificação (cerca de 900 anos); as mulheres não iam às igrejas pois todos os vultos lembrados nos cultos, os nomes de anjos, santos, Deus etc, eram do sexo masculino. Esse foi um estratagema da igreja para q as mulheres comparecessem. E, agora, já há muitas santas nas igrejas.

      Mas ainda não há sacerdotes mulheres, como deve ser difícil encontrar uma "gurua", e como é difícil encontrar "pastoras" nas igrejas evangélicas.

      Alguma culpa dessa situação deve caber ao cristianismo, e aos costumes dos homens, e até hoje: a mulher sempre em segundo plano, como se o espirito/alma q habite um corpo feminino fosse inferior. 
..................................

Pelo visto estais muito mal informado

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 05 de Junho de 2013, 21:54
Oh! Moises,

É um time de futebol... E foi criado na época da última copa, em 2010... Preconceito do autor não... Mas quem sabe aparece um time de volei feminino por ai?

Ram Wer com a palavra, talvez tenha alguma inspiração...

Anton



É se saiu bem

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 05 de Junho de 2013, 22:01
      Amigo Brenno,

      O amigo já refletiu, já raciocinou profundamente para tentar entender qual é a causa de o homem ser assim?
....................


115. Dos Espíritos, uns terão sido criados bons e outros maus?

“Deus criou todos os Espíritos simples e ignorantes, isto é, sem saber. A cada um deu determinada missão, com o fim de esclarecê-los e de os fazer chegar progressivamente à perfeição, pelo conhecimento da verdade, para aproximá-los de si. Nesta perfeição é que eles encontram a pura e eterna felicidade. Passando pelas provas  que Deus lhes impõe é que os Espíritos adquirem aquele conhecimento. Uns aceitam submissos essas provas e chegam mais depressa à meta que lhes foi assinada. Outros só a suportam murmurando e, pela falta em que desse modo incorrem, permanecem afastados da perfeição e da prometida felicidade”.

a) - Segundo o que acabais de dizer, os Espíritos, em sua origem, seriam como as crianças, ignorantes e inexperientes, só adquirindo pouco a pouco os conhecimentos de que carecem com o percorrerem as diferentes fases da vida?

“Sim, a comparação é boa. A criança rebelde se conserva ignorante e imperfeita. Seu aproveitamento depende da sua maior ou menor docilidade. Mas, a vida do homem tem termo, ao passo que a dos Espíritos se prolonga ao infinito”.

120. Todos os Espíritos passam pela fieira do mal para chegar ao bem?

“Pela fieira do mal, não; pela fieira da ignorância”.

121. Por que é que alguns Espíritos seguiram o caminho do bem e outros o do mal?

“Não têm eles o livre-arbítrio? Deus não os criou maus; criou-os simples e ignorantes, isto é, tendo tanta aptidão para o bem quanto para o mal. Os que são maus, assim se tornaram por vontade própria”.

133. Têm necessidade de encarnação os Espíritos que, desde o princípio, seguiram o caminho do bem?

“Todos são criados simples e ignorantes e se instruem nas lutas e tribulações da vida corporal. Deus, que é justo, não podia fazer felizes a uns, sem fadigas e trabalhos, conseguintemente sem mérito”.
 
262. Como pode o Espírito, que, em sua origem, é simples, ignorante e carecido de experiência, escolher uma existência com conhecimento de causa e ser responsável por essa escolha?

“Deus lhe supre a inexperiência, traçando-lhe o caminho que deve seguir, como fazeis com a criancinha. Deixa-o, porém, pouco a pouco, à medida que o seu livre-arbítrio se desenvolve, senhor de proceder à escolha e só então é que muitas vezes lhe acontece extraviar-se, tomando o mau caminho, por desatender os conselhos dos bons Espíritos. A isso é que se pode chamar a queda do homem”.



Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 05 de Junho de 2013, 22:05
      Lineu,

      Quer dizer q, para vc, o Espirito Superior, da equipe do Espirito da Verdade, fez o homem Sidarta, cujo corpo/cérebro/mente ele animava, cair em erros? Afinal, não podemos confiar nem em Espíritos Superiores? E aqueles espíritos q contribuíram na codificação, segundo vc, devemos ou podemos confiar neles?
.................................

éh

sua observação foi bem confortável...Conforti
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amigo em 05 de Junho de 2013, 22:09
Citar

Acredito em imortalidade, em Individualidade, em evolução, daí as diferenças nas classificações dos Espíritos e dos Mundos.

Acredito também na criação dos Espíritos simples e ignorantes. E acredito no Livre-Arbítrio.

Lamento te informar, você pensa que acredita,pois saberia que você pode chegar no estágio de jesus quando este estava na Terra,saberia que tudo que ele realizou, você um dia poderá realizar nesse ou em outros mundos! Saberia que Deus=pensamento poderia está integrado em você...Questão LE 625 e 244

Vois sois Deuses... Eu e o Pai somos um... totalmente coerente os ensinamentos de jesus com a doutrina!
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amigo em 05 de Junho de 2013, 22:21
Anton... uma dúvida essa seleção só vai haver gois espíritas ou gois de outras doutrinas? como seria um gol budista? com essa o Brasil venceria? rs
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 05 de Junho de 2013, 22:54
Citar

Acredito em imortalidade, em Individualidade, em evolução, daí as diferenças nas classificações dos Espíritos e dos Mundos.

Acredito também na criação dos Espíritos simples e ignorantes. E acredito no Livre-Arbítrio.

Lamento te informar, você pensa que acredita,pois saberia que você pode chegar no estágio de jesus quando este estava na Terra,saberia que tudo que ele realizou, você um dia poderá realizar nesse ou em outros mundos! Saberia que Deus=pensamento poderia está integrado em você...Questão LE 625 e 244

Vois sois Deuses... Eu e o Pai somos um... totalmente coerente os ensinamentos de jesus com a doutrina!


Lamentável é a discrepância entre o que está escrito na DE e o que alguns entendem:

244. Os Espíritos vêem a Deus?

“Só os Espíritos superiores o vêem e compreendem. Os inferiores o sentem e adivinham".

625. Qual o tipo mais perfeito que Deus tem oferecido ao homem, para lhe servir de guia e modelo?

“Jesus.”

Para o homem, Jesus constitui o tipo da perfeição moral a que a Humanidade pode aspirar na Terra. Deus no-lo oferece como o mais perfeito modelo e a doutrina que ensinou é a expressão mais pura da lei do Senhor, porque, sendo ele o mais puro de quantos têm aparecido na Terra, o Espírito Divino o animava.
Quanto aos que, pretendendo instruir o homem na lei de Deus, o têm transviado, ensinando-lhes falsos princípios, isso aconteceu por haverem deixado que os dominassem sentimentos demasiado terrenos e por terem confundido as leis que regulam as condições da vida da alma, com as que regem a vida do corpo. Muitos hão apresentado como leis divinas simples leis humanas estatuídas para servir às paixões e dominar os homens.

Onde aí o "eu e o pai somos um"?

Onde o "sois deuses"?

Certo é que os ensinamentos do Mestre foram distorcidos e as Verdades que Ele revelou foram adulteradas naquele velho livro que todos nós tão bem conhecemos.


Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Anton Kiudero em 05 de Junho de 2013, 23:52
Apesar do que alguns pensam, há vida inteligente fora do espiritismo.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: lineu em 06 de Junho de 2013, 00:34
Citação de: Coronel
Quer dizer q, para vc, o Espírito Superior, da equipe do Espírito da Verdade, fez o homem Sidarta, cujo corpo/cérebro/mente ele animava, cair em erros?

Aparentemente sim, Coronel...

Considerando-se que superioridade não implica necessariamente em perfeição.

Segundo o Espiritismo, os Espíritos Superiores, incluindo os mais elevados, não são plenamente desmaterializados e ainda necessitam passar por provas, até atingirem a perfeição absoluta.

Assim, pois, parece ser lícito inferir que os Espíritos Superiores, enquanto não se purificam, também são suscetíveis de “cair em erros”.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amós Ribeiro em 06 de Junho de 2013, 01:17
Citar
Aparentemente sim, Coronel...

Considerando-se que superioridade não implica necessariamente em perfeição.

Segundo o Espiritismo, os Espíritos Superiores, incluindo os mais elevados, não são plenamente desmaterializados e ainda necessitam passar por provas, até atingirem a perfeição absoluta.

Assim, pois, parece ser lícito inferir que os Espíritos Superiores, enquanto não se purificam, também são suscetíveis de “cair em erros”.


Amigo Lineu seria Maravilhoso se todos espiritas percebessem isto!

Admito! teu comentário é ILUMINADO!
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 06 de Junho de 2013, 02:44
Citar
Aparentemente sim, Coronel...

Considerando-se que superioridade não implica necessariamente em perfeição.

Segundo o Espiritismo, os Espíritos Superiores, incluindo os mais elevados, não são plenamente desmaterializados e ainda necessitam passar por provas, até atingirem a perfeição absoluta.

Assim, pois, parece ser lícito inferir que os Espíritos Superiores, enquanto não se purificam, também são suscetíveis de “cair em erros”.


Amigo Lineu seria Maravilhoso se todos espiritas percebessem isto!

Admito! teu comentário é ILUMINADO!


"O orgulho é que gera a incredulidade. O homem orgulhoso nada admite acima de si. Por isso é que ele se denomina a si mesmo de espírito forte. Pobre ser, que um sopro de Deus pode abater!".

“Não podendo fazer-se Deus, o homem quer ao menos ser uma parte de Deus".
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 06 de Junho de 2013, 13:51
Ou

Não podendo ser Superior ainda e nem compreender tal conquista
o homem rebaixa... tarari tarará...

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 06 de Junho de 2013, 16:59
      Não consigo entender certas coisas. Porq se diz q o homem é orgulhoso como se isso fosse um depreciativo para ele? Não é o Criador que nos dá a todos, aptidões, possibilidades, desejos, habilidades e absoluta liberdade para nos tornarmos possuidores de todas as qualidades morais q temos, sejam positivas ou negativas?
...................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: lineu em 06 de Junho de 2013, 18:16
Citação de: Moises
Não podendo ser Superior ainda e nem compreender tal conquista
o homem rebaixa... tarari tarará...

Sem essa, Moises.

A inferência de que Espíritos Superiores também são suscetíveis de cometer erros é corroborada pela própria codificação espírita.

A propósito disso, estude-se a análise de Allan Kardec a respeito do Espírito Swedenborg.

Para começar, clique aqui. (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3Vtb2xoYXJlc3Bpcml0YTEuYmxvZ3Nwb3QuY29tLmJyLzIwMTIvMDIva2FyZGVjLWFuYWxpc2Etc3dlZGVuYm9yZy5odG1s)
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 06 de Junho de 2013, 18:38
      Não consigo entender certas coisas. Porq se diz q o homem é orgulhoso como se isso fosse um depreciativo para ele? Não é o Criador que nos dá a todos, aptidões, possibilidades, desejos, habilidades e absoluta liberdade para nos tornarmos possuidores de todas as qualidades morais q temos, sejam positivas ou negativas?
...................


Olá Conforti
seu principio diz que Deus te deu entendimento
mas só que você não entende! !

Tens certeza que você pegou qdo Deus lho deu?
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 06 de Junho de 2013, 18:44
Citação de: Moises
Não podendo ser Superior ainda e nem compreender tal conquista
o homem rebaixa... tarari tarará...

Sem essa, Moises.

A inferência de que Espíritos Superiores também são suscetíveis de cometer erros é corroborada pela própria codificação espírita.

A propósito disso, estude-se a análise de Allan Kardec a respeito do Espírito Swedenborg.



Creio que você não leu corretamente
ambos os textos;
o que sugeres
e o que temos por base.

111. Segunda classe. Espíritos superiores.
— Reúnem a ciência, a sabedoria e a bondade. Sua linguagem só denota a benevolência, sendo inalteravelmente digna, elevada, freqüentemente, sublime. Sua superioridade torna-os, mais do que os outros, aptos a nos dar as noções mais justas sobre as coisas do mundo incorpóreo, nos limites do que é permitido ao homem conhecer. Comunicam-se de boa vontade com aqueles que, de boa-fé, procuram a verdade e cuja alma já está bastante desprendida das ligações terrestres para compreendê-la; porém, afastam-se daqueles a quem apenas a curiosidade anima, ou em quem a infl uência da matéria desvia da prática do bem.
  Quando, por exceção, encarnam na Terra, é para cumprir uma missão de progresso e nos oferecem, então, o tipo da perfeição a que a Humanidade pode aspirar neste mundo.
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: lineu em 06 de Junho de 2013, 19:35
Citação de: Moises
Creio que você não leu corretamente ambos os textos; o que sugeres e o que temos por base.

O texto “que temos por base” não invalida a inferência de que os Espíritos Superiores são suscetíveis de cometer erros.


Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 06 de Junho de 2013, 20:36
      Lineu   (ref #48 em: Hoje ????às 18:16 »

      Lineu colocou: A inferência de que Espíritos Superiores também são suscetíveis de cometer erros é corroborada pela própria codificação espírita.

      A propósito disso, estude-se a análise de Allan Kardec a respeito do Espírito Swedenborg.

      Conf: O amigo deve ter se enganado; na análise feita por Kardec, nada consta sobre q Espíritos Superiores são ainda suscetíveis de cometer erros. Nem no OLE se afirma isso. Em OLE apenas se ensina q pertencem à classificação imediatamente abaixo da classe de Espíritos Puros.
      E se Espiritos Superiores podem errar, como podemos confiar em tudo q nos transmitem?
.......................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 06 de Junho de 2013, 21:23
Bom

Voltando ao Budismo

a ideia do renascimento é a mesma da reencarnação?

Creio que há muita diferença...já que a DE espírita cita passagens de Jesus contidas no evangelho para afirmar que a moral do Cristo corrobora com os ensinos dos espíritos superiores...com a reencarnação e não com o renascimento

que acham?
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amigo em 06 de Junho de 2013, 22:22
Moises é o problema das traduções...o 1 a transcrever literalmente foi S Jerônimo que por ter recebido a tarefa tão responsável relutou em traduzir,depois vieram outros e tambem colocavam seus pitecos sempre na base do catolicismo, é o mesmo que se dá na codificação de Kardec nas obras de Herculano e Guilon Ribeiro se notar a diferença da FEB com Lake, o professor Celestino tem um programa na rádio Boa Nova super explicativo sobre isso

Renascimento= renascer denovo

Reencarnação= nascer denovo

pra mim é o mesmo...

Budismo e a diferença

Admite que um ser humano volte a renascer em um corpo de animal

Karma - ação inviolavel que não tem como abreviará ou amenizar diferente dos critérios da lei de causa e efeito onde dependendo da conduta do individuo pode ocorrer esses reajuste de abreviar as consequências ou até mesmo não ser mais necessário
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 07 de Junho de 2013, 00:03
Olá Amigo

ainda não foi esta a intenção

A ideia do budismo por ser panteísta
tem uma visão diferente e a trata de renascimento
já o espiritismo
aborda a reencarnação

Uma coisa é a continuidade das ideias por um outro ser
outra coisa é a volta do mesmo ser para adquirir novas ideias

! !

compreendeu?
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: lineu em 07 de Junho de 2013, 00:14
Citação de: Coronel
O amigo deve ter se enganado; na análise feita por Kardec, nada consta sobre q Espíritos Superiores são ainda suscetíveis de cometer erros.

Não, Coronel.

Na referida análise, Kardec refere-se a muitos erros cometidos pelo Espírito Swedenborg.

O Espírito Swedenborg pertence à equipe do Espírito de Verdade e colaborou efetivamente na elaboração da doutrina espírita. E, inclusive, consta nominalmente na lista dos Espíritos Superiores que assinaram os Prolegômenos.

Para confirmar, clique aqui. (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5nZWFlLmluZi5ici9wdC9saXZyb3MvbGUvbGUwLTEtMS5odG1s)


Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 07 de Junho de 2013, 00:18
      Não consigo entender certas coisas. Porq se diz q o homem é orgulhoso como se isso fosse um depreciativo para ele? Não é o Criador que nos dá a todos, aptidões, possibilidades, desejos, habilidades e absoluta liberdade para nos tornarmos possuidores de todas as qualidades morais q temos, sejam positivas ou negativas?
...................


O orgulho está no querer ser Deus ou, ao menos, uma parte dEle!
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Anton Kiudero em 07 de Junho de 2013, 00:31
Todo espírito, mesmo os que acompanham Jesus há centenas de  milenios, neste e em outros orbes, estão sujeitos a erros e quedas. Pois há espíritos de todos os graus evolutivos acompanhando Jesus. E cada um contribui com o que pode contribuir sem com isto deixar de cumprir as suas provas. Nisto esta a grandeza do Pai.

O erro, se podemos denominá-lo assim, dos homens é considerar a alguns espíritos "infaliveis" e infalivel só há Deus e Dele não temos conhecimento, apenas acreditamos que existe por fé, racional ou emocional, mas fé pura.

Quem criou os "deuses" dos tempos antigos, ou em termos católicos "santos", ou mais modernamente no meio espírita "espiritos superiores", são sempre os homens. Mudam apenas os termos...

A diferença existente entre o espírito mais superior e o mais atrasado dos que vivem no orbe terrestre é infima aos olhos divinos. E todos estão igualmente a centenas de milhares de anos aquem da condição dos irmãos de outros orbes que breve virão nos visitar em multidão. A maioria dos terrestres nos sentiremos quase que como primatas...

Ao menos é esta informação que me é passada ha algum tempo.

Mas por favor não acreditem nisto, não criem verdades desnecessariamente.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: antevazin em 07 de Junho de 2013, 01:00
Deus é a causa primária de todas as coisas: então tanto faz acreditar em Jesus, Kardec, Buda, Krishna, papai noel ou não acreditar em nenhum o importante e amar a Deus acima de tudo e ao proximo seja ele quem for, como a si mesmo, e ai meus caros amigos é que o bixo pega. Quem ai faz isso hoje em dia, que se habilita a dar seu testemunho? Eu nem pensar.
Os tópicos só ficam polarizados por um simples motivo, intolerancia, vaidade.Citam doutrinas e textos dos tais mestres mas não conseguem manter o mínimo de cortesia, isso que estão a distância um do outro, imaginem se estivessem um na frente do outro, era MMA na certa; . Kardec e os outros  foram para o buraco.
Breno, em relação a distorções da biblia, podem tambem existir na codificação e outros textos religiosos, não me lembro de estar lá quando foram escritas;vc sim?
Abraços.
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 07 de Junho de 2013, 01:50
     
      Moises de Cerq. Pereira    (ref #49 em: 060613, às 18:38)


      Moisés escreveu: seu principio diz que Deus te deu entendimento mas só que você não entende! Tens certeza que você pegou qdo Deus lho deu?

      Conf: Olá, amigo Moisés; talvez vc possa me ensinar a entender.

      E o amigo pergunta se tenho certeza que peguei qdo Deus me deu esse entendimento.

      Veja, Moisés: só existe certeza de três coisas (e olhe lá!): primeira: que estamos aqui (e nem temos certeza do que somos e do que é esse "aqui" onde acreditamos q estamos); segunda: que a morte física nos espreita à nossa frente, e terceira: q não temos certeza de mais nada.

      O restante são conjecturas, imaginações, suposições vindas dos condicionamentos q as tradições, culturas, ciências, sociedade e religiões nos impuseram e nos impõem desde q nossa consciência (que também não temos certeza do q é) se abre para a vida (q tb não temos certeza do q seja).

      Veja que tudo é experimentado e interpretado por nossa área psicológica, o que significa dizer q tudo é psicológico, tudo é experiência psicológica, inclusive o q dizemos ser fisiológico ou físico. E nossa área psicológica nos engana o tempo todo, nos dá interpretações que podem estar erradas, sobre tudo q vemos, ouvimos, degustamos, cheiramos e sentimos, pois ninguém tem certeza de o q é isso que nossos sentidos de relação com o mundo percebem. Para nós, para nossa compreensão, não existe certeza de mais nada.
......................


Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 07 de Junho de 2013, 05:04

Breno, em relação a distorções da biblia, podem tambem existir na codificação e outros textos religiosos, não me lembro de estar lá quando foram escritas;vc sim?
Abraços.



Na Verdade, Antevazin, eu me lembro de não ter estado lá!

Quanto à erros, pode ser que exista algum na Codificação, sim!

Apenas que, os Espíritos Superiores que a ditaram, tiveram a humildade de não se arrogar infalibilidade!


Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 07 de Junho de 2013, 13:41
Deus é a causa primária de todas as coisas: então tanto faz acreditar em Jesus, Kardec, Buda, Krishna, papai noel ou não acreditar em nenhum o importante e amar a Deus acima de tudo e ao proximo seja ele quem for, como a si mesmo, e ai meus caros amigos é que o bixo pega. ......

Abraços.

Mas
tipo assim
amando Deus acima de tudo
deveríamos ao menos
identificar  quem Este Ser Amado
nos enviou
para não cairmos no precipício do
"tanto faz"
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 07 de Junho de 2013, 13:44
     
      ..............

      Veja que tudo é experimentado e interpretado por nossa área psicológica, o que significa dizer q tudo é psicológico, tudo é experiência psicológica, inclusive o q dizemos ser fisiológico ou físico. E nossa área psicológica nos engana o tempo todo, nos dá interpretações que podem estar erradas, sobre tudo q vemos, ouvimos, degustamos, cheiramos e sentimos, pois ninguém tem certeza de o q é isso que nossos sentidos de relação com o mundo percebem. Para nós, para nossa compreensão, não existe certeza de mais nada.
......................




Será que está área psicológica
não está vivendo a área geriátrica? (que é o meu caso)

Conforti
não sabemos o que é tudo
para fazermos certas afirmações

Se para você tudo é psicológico
veja entãon que a sua gravidade está no psicológico
área dificil esta

....

Mas voltando a Buda e a Jesus
o que me diz do renascimento budista

o que vem a ser?
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 07 de Junho de 2013, 22:56
Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus

Buda: “Não importa o que um homem faça, se seus actos servem à virtude ou ao vício, tudo é importante. Toda acção acarreta frutos”
Jesus: “Não pode a árvore boa dar maus frutos, nem a árvore má dar bons frutos. Porventura colhem-se figos de espinheiros ou ervas de urtigas? Toda árvore se conhece pelos frutos”.

Buda: Assim como a chuva penetra numa casa mal coberta, também a paixão invade uma mente dispersa. Assim como a chuva não penetra numa casa bem coberta, igualmente a paixão não invade uma mente bem formada”.
Jesus: Todo aquele que ouve as minhas palavras e as põe em prática é como um homem que construiu uma casa sobre a rocha. Caiu a chuva, uma torrente se abateu sobre a casa, mas ela não caiu, pois estava fundada sobre a rocha. Mas aquele que ouve as minhas palavras mas não as pratica é semelhante a um homem que construiu sua casa na areia. Veio a chuva, a torrente se abateu sobre ela, e ela desabou. E foi grande a sua ruína”.



Buda: “Não importa o que um homem faça, se seus actos servem à virtude ou ao vício, tudo é importante. Toda acção acarreta frutos”

Jesus: “Não pode a árvore boa dar maus frutos, nem a árvore má dar bons frutos. Porventura colhem-se figos de espinheiros ou ervas de urtigas? Toda árvore se conhece pelos frutos”.

Não há semelhança alguma entre os dois textos.

O texto atribuído à Jesus ensina claramente que pelas ações do homem se pode conhecer o caráter do Espírito nele encarnado.

E o texto atribuído à Buda ensina o quê?


Buda: Assim como a chuva penetra numa casa mal coberta, também a paixão invade uma mente dispersa. Assim como a chuva não penetra numa casa bem coberta, igualmente a paixão não invade uma mente bem formada”.

Jesus: Todo aquele que ouve as minhas palavras e as põe em prática é como um homem que construiu uma casa sobre a rocha. Caiu a chuva, uma torrente se abateu sobre a casa, mas ela não caiu, pois estava fundada sobre a rocha. Mas aquele que ouve as minhas palavras mas não as pratica é semelhante a um homem que construiu sua casa na areia. Veio a chuva, a torrente se abateu sobre ela, e ela desabou. E foi grande a sua ruína”.

No texto atribuído a Jesus ensina-se que o Homem que pratica os ensinamentos morais que o Mestre nos trouxe não será abatido frente às vicissitudes da vida.

Quanto ao texto do Buda...............?



Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 08 de Junho de 2013, 00:30
      Moisés de Cerq    (ref  #63, 070613)

      Conf (msg anterior):  Veja que tudo é experimentado e interpretado por nossa área psicológica, o que significa dizer q tudo é psicológico, tudo é experiência psicológica, inclusive o q dizemos ser fisiológico ou físico. E nossa área psicológica nos engana o tempo todo, nos dá interpretações que podem estar erradas, sobre tudo q vemos, ouvimos, degustamos, cheiramos e sentimos, pois ninguém tem certeza de o q é isso que nossos sentidos de relação com o mundo percebem. Para nós, para nossa compreensão, não existe certeza de mais nada.
......................
      Moisés respondeu: Será que está área psicológica não está vivendo a área geriátrica? (que é o meu caso)

      Conf: nem pense nisso; vc deve ser bem menos “geriátrico” do que eu, que estou em minha nona década. E se for verdade q, às vezes, aconteça de uma área “invadir” a outra, nos estrepamos ainda mais do q já estamos pois, como disse, não existe certeza de nada, senão daquelas 2 ou 3 coisas, lembra-se?

      Lembra-se q o “principio da incerteza”, determinado por Heisenberg, fisico quântico (há quem os chame de físicos místicos!), quase “derrubou” Einstein pois, para este, nada era incerto, tudo já estava “planejado” pelo Criador, tanto q disse: “mas Deus não joga dados!” Mais tarde se convenceu da verdade de q de nada podemos ter certeza e chegou a concordar q “Deus joga dados”, q Heisenberg estava certo. E, talvez, esse “Deus joga dados” esteja apenas em nossa interpretação, pois não sabemos realmente o q está “acontecendo do outro lado do pano de fundo do palco”, que é a vida.

      Moises: não sabemos o que é tudo para fazermos certas afirmações. Se para você tudo é psicológico veja então que a sua gravidade está no psicológico... área difícil esta...

      Conf: vc tem razão, não sabemos o que seja o “tudo”; e eu não fui claro ao falar com vc;  o q eu tentei dizer é q, para nós, encarnados, tudo é psicológico, tudo é experiência psicológica, pois tudo é interpretado por nossa psique, seja a gravidade ou a ausência dela se estivermos num desses veículos q já tem levado o homem para além da influencia da massa do planeta. Esse quadro q está na parede, à sua frente, é uma experiência psicológica; na realidade não sabemos o que seja realmente: energia condensada, vibrações de determinada espécie q nossos sentidos (aí, a visão) captam?! Percebem q aí há uma coisa, e o cérebro/psique interpretam essa coisa como um quadro.   
........
      Moisés: Mas voltando a Buda e a Jesus, o que me diz do renascimento budista.

      Conf: desconheço isso. Talvez seja um novo ânimo que se mostra entre os budistas, um reavivamento das palavras do Buda...!

     Amigo, vc tem o dom de ser sucinto; eu sou o oposto, me perdoe.
.............................



Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: EsoEstudos em 08 de Junho de 2013, 01:14
Minha gente, cuidado com o segregacionismo...

SEGREGACIONISMO - É incrível como todas as religiões pregam exatamente o contrário do segregacionismo sem embargo de ser a grande maioria dos religiosos segregacionistas. Dentre os evangélicos, há os irmãos e as criaturas. Dentre os católicos, os salvos e os perdidos. Em meio aos espíritas, os que resgatam o seu carma e os que ainda mais o negativam. E assim por diante. Mesmo que não se diga, percebe-se claramente que a maioria dos religiosos sente que os que lhe comungam a fé constituem um grupo à parte, distinto do restante da humanidade.

Pretender que os ensinos de Jesus sejam inéditos é, no mínimo, ingenuidade.
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 08 de Junho de 2013, 04:36
Minha gente, cuidado com o segregacionismo...

SEGREGACIONISMO - É incrível como todas as religiões pregam exatamente o contrário do segregacionismo sem embargo de ser a grande maioria dos religiosos segregacionistas. Dentre os evangélicos, há os irmãos e as criaturas. Dentre os católicos, os salvos e os perdidos. Em meio aos espíritas, os que resgatam o seu carma e os que ainda mais o negativam. E assim por diante. Mesmo que não se diga, percebe-se claramente que a maioria dos religiosos sente que os que lhe comungam a fé constituem um grupo à parte, distinto do restante da humanidade.

Pretender que os ensinos de Jesus sejam inéditos é, no mínimo, ingenuidade.




Em OLE isso está bem claro:

626. Só por Jesus foram reveladas as leis divinas e naturais? Antes do seu aparecimento, o conhecimento dessas leis só por intuição os homens o tiveram?

“Já não dissemos que elas estão escritas por toda parte? Desde os séculos mais longínquos, todos os que meditaram sobre a sabedoria hão podido compreendê-las e ensiná-las. Pelos ensinos, mesmo incompletos, que espalharam, prepararam o terreno para receber a semente. Estando as leis divinas escritas no livro da Natureza, possível foi ao homem conhecê-las, logo que as quis procurar. Por isso é que os preceitos que consagram foram,
desde todos os tempos, proclamados pelos homens de bem; e também por isso é que elementos delas se encontram, se bem que incompletos ou adulterados pela ignorância, na doutrina moral de todos os povos saídos da barbárie.”


Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amós Ribeiro em 08 de Junho de 2013, 12:01

Breno, em relação a distorções da biblia, podem tambem existir na codificação e outros textos religiosos, não me lembro de estar lá quando foram escritas;vc sim?
Abraços.



Na Verdade, Antevazin, eu me lembro de não ter estado lá!

Quanto à erros, pode ser que exista algum na Codificação, sim!

Apenas que, os Espíritos Superiores que a ditaram, tiveram a humildade de não se arrogar infalibilidade!


Gostei de ver amigo Breno,
Não podemos apontar defeitos sem antes vê os nossos!

Talvez haja outras possibilidade em relação aos erros da doutrina.. pode ser má interpretação (Assim como há em diversas vertentes espirituais e religiosas) ou algo que os ES não quiseram nos revelar... como diria Chico Xavier: "A verdade que fere é pior do que a mentira que consola".
 
Quem sabe o papel de desvendar à verdade seja algo exclusivamente nosso? superando barreiras de preconceitos e intolerância? Observando além de culturas, crenças e ideologias?

Quando este dia chegar, a religião será só uma, porque excluiremos tudo que nos separa!

 

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 08 de Junho de 2013, 12:37
      Moisés de Cerq    (ref  #63, 070613)

      Conf (msg anterior):  Veja que tudo é experimentado e interpretado por nossa área psicológica, o que significa dizer q tudo é psicológico, tudo é experiência psicológica, inclusive o q dizemos ser fisiológico ou físico. E nossa área psicológica nos engana o tempo todo, nos dá interpretações que podem estar erradas, sobre tudo q vemos, ouvimos, degustamos, cheiramos e sentimos, pois ninguém tem certeza de o q é isso que nossos sentidos de relação com o mundo percebem. Para nós, para nossa compreensão, não existe certeza de mais nada.
......................
      Moisés respondeu: Será que está área psicológica não está vivendo a área geriátrica? (que é o meu caso)

      Conf: nem pense nisso; vc deve ser bem menos “geriátrico” do que eu, que estou em minha nona década. E se for verdade q, às vezes, aconteça de uma área “invadir” a outra, nos estrepamos ainda mais do q já estamos pois, como disse, não existe certeza de nada, senão daquelas 2 ou 3 coisas, lembra-se?

      Lembra-se q o “principio da incerteza”, determinado por Heisenberg, fisico quântico (há quem os chame de físicos místicos!), quase “derrubou” Einstein pois, para este, nada era incerto, tudo já estava “planejado” pelo Criador, tanto q disse: “mas Deus não joga dados!” Mais tarde se convenceu da verdade de q de nada podemos ter certeza e chegou a concordar q “Deus joga dados”, q Heisenberg estava certo. E, talvez, esse “Deus joga dados” esteja apenas em nossa interpretação, pois não sabemos realmente o q está “acontecendo do outro lado do pano de fundo do palco”, que é a vida.

      Moises: não sabemos o que é tudo para fazermos certas afirmações. Se para você tudo é psicológico veja então que a sua gravidade está no psicológico... área difícil esta...

      Conf: vc tem razão, não sabemos o que seja o “tudo”; e eu não fui claro ao falar com vc;  o q eu tentei dizer é q, para nós, encarnados, tudo é psicológico, tudo é experiência psicológica, pois tudo é interpretado por nossa psique, seja a gravidade ou a ausência dela se estivermos num desses veículos q já tem levado o homem para além da influencia da massa do planeta. Esse quadro q está na parede, à sua frente, é uma experiência psicológica; na realidade não sabemos o que seja realmente: energia condensada, vibrações de determinada espécie q nossos sentidos (aí, a visão) captam?! Percebem q aí há uma coisa, e o cérebro/psique interpretam essa coisa como um quadro.   
........
      Moisés: Mas voltando a Buda e a Jesus, o que me diz do renascimento budista.

      Conf: desconheço isso. Talvez seja um novo ânimo que se mostra entre os budistas, um reavivamento das palavras do Buda...!

     Amigo, vc tem o dom de ser sucinto; eu sou o oposto, me perdoe.
.............................





gostei das informações
e do bate papo

não sei se sou sucinto
mas
vamos indo
sendo panteísta o que fizeram do Budismo
não pode haver reencarnação
mas
entra o renascimento
é uma diferença interessante de se notar

até
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 08 de Junho de 2013, 12:42
Minha gente, cuidado com o segregacionismo...

SEGREGACIONISMO - É incrível como todas as religiões pregam exatamente o contrário do segregacionismo sem embargo de ser a grande maioria dos religiosos segregacionistas. Dentre os evangélicos, há os irmãos e as criaturas. Dentre os católicos, os salvos e os perdidos. Em meio aos espíritas, os que resgatam o seu carma e os que ainda mais o negativam. E assim por diante. Mesmo que não se diga, percebe-se claramente que a maioria dos religiosos sente que os que lhe comungam a fé constituem um grupo à parte, distinto do restante da humanidade.

Pretender que os ensinos de Jesus sejam inéditos é, no mínimo, ingenuidade.

Não estamos agindo assim...estamos?

estamos comparando
e buscando entender

Serão os budistas segregadores?
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Anton Kiudero em 08 de Junho de 2013, 12:55
Minha gente, cuidado com o segregacionismo...

SEGREGACIONISMO - É incrível como todas as religiões pregam exatamente o contrário do segregacionismo sem embargo de ser a grande maioria dos religiosos segregacionistas. Dentre os evangélicos, há os irmãos e as criaturas. Dentre os católicos, os salvos e os perdidos. Em meio aos espíritas, os que resgatam o seu carma e os que ainda mais o negativam. E assim por diante. Mesmo que não se diga, percebe-se claramente que a maioria dos religiosos sente que os que lhe comungam a fé constituem um grupo à parte, distinto do restante da humanidade.

Pretender que os ensinos de Jesus sejam inéditos é, no mínimo, ingenuidade.

Não estamos agindo assim...estamos?

estamos comparando
e buscando entender

Serão os budistas segregadores?

Todo aquele que segue uma unica religião em detrimento das demais e a considera "certa", em algum momento acabará considerando algo nas demais "errado".

O espiritismo não foi concebido como religião e é em essencia uma doutrina universalista e ecumenica, mas foi reduzida conceitualmente à uma religião, o que faz com que os espíritas acreditem que estejam "certos" e os demais estejam "errados". E com isto atacam as demais sem mesmo as conhecerem...

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: EsoEstudos em 08 de Junho de 2013, 17:47
Minha gente, cuidado com o segregacionismo...

SEGREGACIONISMO - É incrível como todas as religiões pregam exatamente o contrário do segregacionismo sem embargo de ser a grande maioria dos religiosos segregacionistas. Dentre os evangélicos, há os irmãos e as criaturas. Dentre os católicos, os salvos e os perdidos. Em meio aos espíritas, os que resgatam o seu carma e os que ainda mais o negativam. E assim por diante. Mesmo que não se diga, percebe-se claramente que a maioria dos religiosos sente que os que lhe comungam a fé constituem um grupo à parte, distinto do restante da humanidade.

Pretender que os ensinos de Jesus sejam inéditos é, no mínimo, ingenuidade.

Não estamos agindo assim...estamos?

estamos comparando
e buscando entender

Serão os budistas segregadores?

Segrega quem pretende único um dado caminho de elevação espiritual...
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 08 de Junho de 2013, 20:38

Segrega quem pretende único um dado caminho de elevação espiritual...



Aí eu pergunto:

Haverá outro caminho que não aquele ensinado pela Doutrina Espírita?

Ou seja, a Reencarnação, a prática da Caridade?

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 08 de Junho de 2013, 21:23

Todo aquele que segue uma unica religião em detrimento das demais e a considera "certa", em algum momento acabará considerando algo nas demais "errado".

Anton !
a sua astúcia me admira
....
Sabe!
Não se segue o Espiritismo em detrimento de outra religião...quelquer que ela seja
segue-se o Espiritismo por encontrar nEle uma razão maior para não se detrimir
e...esta é a razão.
ninguém que segue duas religiões poderá ser tomado por sensato...
Ou Uma ou outra

Citar
O espiritismo não foi concebido como religião e é em essencia uma doutrina universalista e ecumenica, mas foi reduzida conceitualmente à uma religião, o que faz com que os espíritas acreditem que estejam "certos" e os demais estejam "errados". E com isto atacam as demais sem mesmo as conhecerem...


Bom!
digo que você não meditou no que pronuncia
O espiritismo não é algo concebido por quem quer que seja
como sujeres erroneamente
é uma Doutrina que se baseia nas observações e entendimento das leis naturais
logo concebida antes foram as leis e não a DE.
compreende

O que vem sendo concebido
é o nosso entendimento e aceitação

...

Oras
se há diferença nos ensinos
logo detrimento possui
aquele me pior apresenta suas resoluções
isso sim é importante para nós
que em conjunto passamos a conceber o bonsenso
entre ambas...entre aquilo que alcançamos

tipo
é !
não é!
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 08 de Junho de 2013, 21:25
Minha gente, cuidado com o segregacionismo...

SEGREGACIONISMO - É incrível como todas as religiões pregam exatamente o contrário do segregacionismo sem embargo de ser a grande maioria dos religiosos segregacionistas. Dentre os evangélicos, há os irmãos e as criaturas. Dentre os católicos, os salvos e os perdidos. Em meio aos espíritas, os que resgatam o seu carma e os que ainda mais o negativam. E assim por diante. Mesmo que não se diga, percebe-se claramente que a maioria dos religiosos sente que os que lhe comungam a fé constituem um grupo à parte, distinto do restante da humanidade.

Pretender que os ensinos de Jesus sejam inéditos é, no mínimo, ingenuidade.

Não estamos agindo assim...estamos?

estamos comparando
e buscando entender

Serão os budistas segregadores?

Segrega quem pretende único um dado caminho de elevação espiritual...

Para elevar-se
o que conta não é a qualidade do elevador?

querendo pegar trinta ao mesmo tempo!
ai já é com quem quer pegar.
O correto será averiguar as garantias
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 08 de Junho de 2013, 21:29
Que fique bem claro
o que se avalia nestes estudos
são as semelhanças dos ensinos
se há ou não

oras
o fato de espíritas
apresentarem o ensinos espíritas a luz dos ensinos de Jesus
jamais se pretende deteriorar algo ou alguém...

encontrar-se no espiritismo não é um erro
muito menos no Budismo


!
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: EsoEstudos em 08 de Junho de 2013, 22:05


Enfim... Muito se diz em espirais sem fim... Confirma-se denegando e nega-se sob concordância...

Quando aos elevadores, recomendável subir um andar de cada vez quando o assunto é elevação espiritual.

De um para outro andar --- cabe a ilustração --- pode-se optar por diferentes elevadores. Ainda bem... Já pensaram no jovem Gandhi? Se apenas um elevador houvesse...

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Anton Kiudero em 08 de Junho de 2013, 22:18

Segrega quem pretende único um dado caminho de elevação espiritual...

Aí eu pergunto:

Haverá outro caminho que não aquele ensinado pela Doutrina Espírita?

Ou seja, a Reencarnação, a prática da Caridade?

E será que apenas os espíritas reencarnam e praticam a caridade?

Reencarnar é lei a que todos estão sujeitos e caridade é Benevolencia com todos, Indulgencia aos erros alheios e Perdão aos pecados, o que não é nem exclusivo dos espíritas e tampouco é caminho que todos seguem.

Se bem me recordo, Benevolencia, Indulgencia e Perdão ou seja, a Caridade é igualmente ensinada em todos os templos, independente de sua origem...

Resumindo, em suas palavras, há muitos caminhos...
Que cada um siga o seu em felicidade...

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Anton Kiudero em 08 de Junho de 2013, 23:22
Todo aquele que segue uma unica religião em detrimento das demais e a considera "certa", em algum momento acabará considerando algo nas demais "errado".
Anton ! a sua astúcia me admira
....
Sabe! Não se segue o Espiritismo em detrimento de outra religião...quelquer que ela seja segue-se o Espiritismo por encontrar nEle uma razão maior para não se detrimir e...esta é a razão.
ninguém que segue duas religiões poderá ser tomado por sensato... Ou Uma ou outra

Pois é, Moises, mas espiritismo não é religião e por este único motivo pode ser estudado e praticado igualmente pos catolicos, evangelicos, budistas, mussulmanos ou judeus... Ao menos foi assim colocado por Kardec.

Quando puder me explique o que significa o verbo "detrimir" que não encontrei no dicionário.

O espiritismo não foi concebido como religião e é em essencia uma doutrina universalista e ecumenica, mas foi reduzida conceitualmente à uma religião, o que faz com que os espíritas acreditem que estejam "certos" e os demais estejam "errados". E com isto atacam as demais sem mesmo as conhecerem...

Bom! digo que você não meditou no que pronuncia O espiritismo não é algo concebido por quem quer que seja como sujeres erroneamente é uma Doutrina que se baseia nas observações e entendimento das leis naturais logo concebida antes foram as leis e não a DE. compreende

O que vem sendo concebido é o nosso entendimento e aceitação

Então voce sugere que as 1019 questões do LE foram colocadas e respondidas ao acaso sem qualquer planificação. E sendo fruto do acaso, voce acredita no que esta escrito? Mas é claro que a DE foi concebida, elaborada e isto esta no bojo da introdução ao LE.
 
Todos os ensinamentos espirituais sempre foram dispensados por mestres que nada escreveram e todas as religiões que surgiram destes ensinamentos foram sempre criadas pelos homens. Isto aconteceu com todas e tambem acontece com o espiritismo.

Esta a razão pela qual nos foi dito no Apocalipse de João que "não entrarão na Nova Jerusalém os que se deitam com mulheres". Mulheres era o termo utilizado pelos hebreus para definir religiões e "nova Jerusalem" é o mundo de regeneração. Traduzindo esta frase para os tempos atuais temos que "quem segue qualquer religião não esta apto a passar para o mundo de regeneração".

E o merito do espiritismo foi, entre outros, o de apresentar as mesmas verdades universais apresentadas anteriormente mas sob veste filosofica/cientifica. E por enquanto parece que não emplacou. Um grupo de pessoas apropriou-se destes ensinamentos e transformou-os em nova religião contraria a todas as demais.  E a historia, infelizmente se repete.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amós Ribeiro em 08 de Junho de 2013, 23:52
Citar
Ninguém que segue duas religiões poderá ser tomado por sensato...
Ou Uma ou outra


O que é isto amigo Moises? somos livres para seguir ou não qualquer religião ou crença.. quantas quisermos ou não.
Não devemos impor nossas ideias sobre o próximo, creio que à doutrina espirita não ensina deste jeito!

   
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: EsoEstudos em 09 de Junho de 2013, 02:56

Segrega quem pretende único um dado caminho de elevação espiritual...


Aí eu pergunto:
Haverá outro caminho que não aquele ensinado pela Doutrina Espírita?
Ou seja, a Reencarnação, a prática da Caridade?


Se há outros caminhos?
Depende do que você chama de "caminho"...
A grande questão é que ninguém tem a patente pela invenção da Lei do Progresso, a não ser, é claro, o Criador.
O mundo já produziu --- e continuará produzindo, não se iluda --- evolucionários de altíssima estirpe para os padrões humanos, mesmo totalmente fora do Espiritismo... Assim  como produz convulsionários mesmo dentro do Espiritismo, e vice-versa...
Um certo hebreu disse: não vim destruir a lei, mas sim dar-lhe cumprimento...

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 09 de Junho de 2013, 04:07

      Amós Ribeiro      (ref #80)


      Em termos, meu amigo Amós, concordo com o q vc disse, q somos livres para seguir ou não qualquer religião ou crença... quantas quisermos ou não. Mas, na realidade, "não somos livres para nada". Todas as decisões q tomamos e todas as escolhas que fazemos estão "presas" ao passado ou ao q a vida nos ensina, e nos leva a fazer. Até mesmo para seguir os ensinamentos do Mestre, ou de outro personagem qualquer, não temos liberdade; somos "levados" a, forçosamente, segui-los ou a não segui-los; não depende de nós.
..........................................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 09 de Junho de 2013, 06:44

E será que apenas os espíritas..........................................
..............................................................siga o seu em felicidade...



E será que apenas os espíritas reencarnam e praticam a caridade?

Eu não afirmei isso!

Eu afirmei que esse é o caminho (Reencarnação, Prática da Caridade) para a ascensão Espiritual ensinado pela Doutrina Espírita.

E pergunto se haverá outro caminho para a ascensão Espiritual além desse.



Reencarnar é lei a que todos estão sujeitos e caridade é Benevolencia com todos, Indulgencia aos erros alheios e Perdão aos pecados, o que não é nem exclusivo dos espíritas e tampouco é caminho que todos seguem.

Se bem me recordo, Benevolencia, Indulgencia e Perdão ou seja, a Caridade é igualmente ensinada em todos os templos, independente de sua origem...


886. Qual o verdadeiro sentido da palavra caridade, como a entendia Jesus?

“Benevolência para com todos, indulgência para as imperfeições dos outros, perdão das ofensas.”

O amor e a caridade são o complemento da lei de justiça. pois amar o próximo é fazer-lhe todo o bem que nos seja possível e que desejáramos nos fosse feito. Tal o sentido destas palavras de Jesus: Amai-vos uns aos outros como irmãos.


Resumindo, em suas palavras, há muitos caminhos...
Que cada um siga o seu em felicidade...

Quais seriam esses caminhos para a ascensão Espiritual ensinados por outras doutrinas além da Reencarnação e Prática da Caridade ensinados pela Doutrina Espírita?


Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 09 de Junho de 2013, 06:55

Segrega quem pretende único um dado caminho de elevação espiritual...


Aí eu pergunto:
Haverá outro caminho que não aquele ensinado pela Doutrina Espírita?
Ou seja, a Reencarnação, a prática da Caridade?


Se há outros caminhos?
Depende do que você chama de "caminho"...
A grande questão é que ninguém tem a patente pela invenção da Lei do Progresso, a não ser, é claro, o Criador.
O mundo já produziu --- e continuará produzindo, não se iluda --- evolucionários de altíssima estirpe para os padrões humanos, mesmo totalmente fora do Espiritismo... Assim  como produz convulsionários mesmo dentro do Espiritismo, e vice-versa...
Um certo hebreu disse: não vim destruir a lei, mas sim dar-lhe cumprimento...


Eu me refiro à caminho como meio de alcançar um resultado, portanto o que pergunto é se haverá outro meio de se alcançar a elevação Espiritual que não seja através da Reencarnação e da prática da Caridade, como ensina a Doutrina Espírita.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Anton Kiudero em 09 de Junho de 2013, 12:18
Quais seriam esses caminhos para a ascensão Espiritual ensinados por outras doutrinas além da Reencarnação e Prática da Caridade ensinados pela Doutrina Espírita?

O amigo aprecia distorcer as palavras. Não disse que há outros caminhos, apenas disse e o transcrevo abaixo, que o que o amigo considera o grande diferencial entre o espiritismo e as demais denominações religiosas, não existe. TODAS pregam a caridade e reencarnação não é objeto da vontade do espírita, mas lei universal que se aplica a todos, religiosos de qualquer tribo e ateus igualmente.

E se isto não distingue o espíritismo, todas as demais denominações religiosas são caminhos identicos. As religiões servem a grupos de espiritos que precisam passar pela prova de serem adeptos de alguma religião, e esta é a prova. Não a tribo religiosa a qual o espirito aderiu.

Reencarnar é lei a que todos estão sujeitos e caridade é Benevolencia com todos, Indulgencia aos erros alheios e Perdão aos pecados, o que não é nem exclusivo dos espíritas e tampouco é caminho que todos seguem.

Se bem me recordo, Benevolencia, Indulgencia e Perdão ou seja, a Caridade é igualmente ensinada em todos os templos, independente de sua origem...

Resumindo, em suas palavras, há muitos caminhos...
Que cada um siga o seu em felicidade...

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Haga em 09 de Junho de 2013, 16:38

O espiritismo não foi concebido como religião e é em essencia uma doutrina universalista e ecumenica, mas foi reduzida conceitualmente à uma religião, o que faz com que os espíritas acreditem que estejam "certos" e os demais estejam "errados". E com isto atacam as demais sem mesmo as conhecerem...


Se muitos entendessem isto, muitos dos topicos neste forum seriam desnecessários, inclusive este ;)
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Carlos Cmz em 09 de Junho de 2013, 17:18
Irmãos,  não se fechem na própria consciência.
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 09 de Junho de 2013, 21:19
Citar
Ninguém que segue duas religiões poderá ser tomado por sensato...
Ou Uma ou outra


O que é isto amigo Moises? somos livres para seguir ou não qualquer religião ou crença.. quantas quisermos ou não.
Não devemos impor nossas ideias sobre o próximo, creio que à doutrina espirita não ensina deste jeito!

   

É só fazermos o teste
...Veremos que não é uma questão apenas de liberdade.


........mas como fui livre em pronunciar meu parecer
és para pronunciar o seu.
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 09 de Junho de 2013, 21:25


Quando puder me explique o que significa o verbo "detrimir" que não encontrei no dicionário.


"Eu nun conseguo"

quis dizer "agravo"
e errei

sniff

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 09 de Junho de 2013, 22:15


O espiritismo não foi concebido como religião e é em essencia uma doutrina universalista e ecumenica, mas foi reduzida conceitualmente à uma religião, o que faz com que os espíritas acreditem que estejam "certos" e os demais estejam "errados". E com isto atacam as demais sem mesmo as conhecerem...

Bom! digo que você não meditou no que pronuncia O espiritismo não é algo concebido por quem quer que seja como sujeres erroneamente é uma Doutrina que se baseia nas observações e entendimento das leis naturais logo concebida antes foram as leis e não a DE. compreende

O que vem sendo concebido é o nosso entendimento e aceitação

Então voce sugere que as 1019 questões do LE foram colocadas e respondidas ao acaso sem qualquer planificação. E sendo fruto do acaso, voce acredita no que esta escrito? Mas é claro que a DE foi concebida, elaborada e isto esta no bojo da introdução ao LE.
 


Como foi dito acima

estamos rodando e rodando....


Você disse;
...e é em essência uma doutrina universalista e ecumênica,...

não sei Antom
se é assim como você coloca...se é esta a essência
confesso que não sei...

ecumenismo é uma visão das Igrejas cristãs para as igrejas cristãs..
numa visão particular de corporativismo...

por isso não afirmaria neste contexto
acredito que foge do tema do tópico

Sobre Budismo e Ensinos de Jesus...

em Jesus, como assunto do tópico, entra a moral Espirita por se apoiar na moral do Cristo
no Budismo, penso eu, ..
que partimos para um conhecimento do mesmo
e uma decifração de seus ensinos e postulados...

é por ai que
que vejo que deve seguir o tópico

Como o Breno está participando
com citações da moral Espírita.
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Anton Kiudero em 09 de Junho de 2013, 22:31


Quando puder me explique o que significa o verbo "detrimir" que não encontrei no dicionário.


"Eu nun conseguo"

quis dizer "agravo"
e errei

sniff

 :D :D :D
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 09 de Junho de 2013, 23:03
Uffaaaa !

 ;D
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amós Ribeiro em 10 de Junho de 2013, 01:43

      Amós Ribeiro      (ref #80)


      Em termos, meu amigo Amós, concordo com o q vc disse, q somos livres para seguir ou não qualquer religião ou crença... quantas quisermos ou não. Mas, na realidade, "não somos livres para nada". Todas as decisões q tomamos e todas as escolhas que fazemos estão "presas" ao passado ou ao q a vida nos ensina, e nos leva a fazer. Até mesmo para seguir os ensinamentos do Mestre, ou de outro personagem qualquer, não temos liberdade; somos "levados" a, forçosamente, segui-los ou a não segui-los; não depende de nós.
..........................................

 Em termos também concordo com você amigo Conforti, tudo em seu devido lugar e tempo! talvez sejamos o radical intolerante de ontem, que não enxergávamos nada acima de nossas ceitas...

 

 


Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amós Ribeiro em 10 de Junho de 2013, 01:50
Citar
Ninguém que segue duas religiões poderá ser tomado por sensato...
Ou Uma ou outra


O que é isto amigo Moises? somos livres para seguir ou não qualquer religião ou crença.. quantas quisermos ou não.
Não devemos impor nossas ideias sobre o próximo, creio que à doutrina espirita não ensina deste jeito!

   

É só fazermos o teste
...Veremos que não é uma questão apenas de liberdade.


........mas como fui livre em pronunciar meu parecer
és para pronunciar o seu.

Amigo Moises encontramos no espiritismos pessoas de varias denominações religiosas, há muitos católicos no espiritismo por exemplo... assim como deve haver budistas, umbandistas etc..



 
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Anton Kiudero em 10 de Junho de 2013, 04:58
Você disse;
...e é em essência uma doutrina universalista e ecumênica,...

não sei Antom
se é assim como você coloca...se é esta a essência
confesso que não sei...

ecumenismo é uma visão das Igrejas cristãs para as igrejas cristãs..
numa visão particular de corporativismo...

ecumênico
adj.
1. Relativo ao universo, a toda a terra habitada.
2. Universal.

O termo “ecumênico” só indica que o espiritismo não se fundamenta no ensinamento de um único mestre ou escola. Muitos foram os enviados do Pai, trazendo informações semelhantes, com palavras diferentes. E o espiritismo é essencialmente ecumenico ou universalista.

Nada tem a ver com igrejas cristãs, que se utilizam deste termo.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 10 de Junho de 2013, 10:25

O amigo aprecia distorcer as .............................................
....................................que o cada um siga o seu em felicidade...[/i]



O amigo aprecia distorcer as palavras.

Eu não distorço nada! Apenas fiz uma pergunta que o Sr. se arvorou em responder e acabou por não responder nada.


Não disse que há outros caminhos, apenas disse e o transcrevo abaixo, que o que o amigo considera o grande diferencial entre o espiritismo e as demais denominações religiosas, não existe. TODAS pregam a caridade

O Budismo prega a prática da Caridade?


e reencarnação não é objeto da vontade do espírita, mas lei universal que se aplica a todos, religiosos de qualquer tribo e ateus igualmente.

Os Protestantes, Católicos e Muçulmanos pregam a Reencarnação?


E se isto não distingue o espíritismo,

Já vimos que distingue.


todas as demais denominações religiosas são caminhos identicos.

Como poderiam ser se não pregam a mesma coisa?


As religiões servem a grupos de espiritos que precisam passar pela prova de serem adeptos de alguma religião, e esta é a prova. Não a tribo religiosa a qual o espirito aderiu.

Esse seu conceito não faz parte da Doutrina Espírita.


Reencarnar é lei a que todos estão sujeitos

Mas que poucas Doutrinas ensinam.


e caridade é Benevolencia com todos, Indulgencia aos erros alheios e Perdão aos pecados, o que não é nem exclusivo dos espíritas e tampouco é caminho que todos seguem.
Se bem me recordo, Benevolencia, Indulgencia e Perdão ou seja, a Caridade é igualmente ensinada em todos os templos, independente de sua origem...

É claro! A prática de atos de Caridade com benevolência e indulgência, aliados ao perdão.


Resumindo, em suas palavras, há muitos caminhos...

Segundo as palavras da Doutrina Espírita só há um caminho: A Reencarnação com a prática da Caridade.

Que cada um o siga se quiser alcançar a felicidade!
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Anton Kiudero em 10 de Junho de 2013, 12:49
O amigo aprecia distorcer as palavras.

Eu não distorço nada! Apenas fiz uma pergunta que o Sr. se arvorou em responder e acabou por não responder nada.

Não disse que há outros caminhos, apenas disse e o transcrevo abaixo, que o que o amigo considera o grande diferencial entre o espiritismo e as demais denominações religiosas, não existe. TODAS pregam a caridade

O Budismo prega a prática da Caridade?

Claro, e de uma maneira bem mais profunda do que as religiões ocidentais. Estude e leia. Depois observe e veja...

e reencarnação não é objeto da vontade do espírita, mas lei universal que se aplica a todos, religiosos de qualquer tribo e ateus igualmente.

Os Protestantes, Católicos e Muçulmanos pregam a Reencarnação?

Voce jamais falou em pregar que é um termo que esta começando a martelar agora. Falou em "praticar" o que é bem diferente. E a resposta é SIM, os Protestantes, Católicos e Muçulmanos e todos os adeptos de todas as demais denominações religiosas ou não, neste orbe e nos demais no universo, "praticam" a reencarnação, que não é de ninguem, é lei universal.

As religiões servem a grupos de espiritos que precisam passar pela prova de serem adeptos de alguma religião, e esta é a prova. Não a tribo religiosa a qual o espirito aderiu.

Esse seu conceito não faz parte da Doutrina Espírita.

Bem, se TUDO o que acontece é prova, e se consubstanciam no SER, ESTAR e FAZER, ainda há alguma duvida a respeito disto?

Voce esta tentando defender e diferenciar o espiritismo das demais religiões. Mas primeiramente o espiritismo NÂO é religião. Em segundo lugar os pontos que voce levantou para comparar são comuns a todos, portanto não sei aonde voce quer chegar.

Sugiro estudar mais, tanto ao espiritismo como as demais religiões e doutrinas antes de opinar...
Por enquanto as suas manifestações assemelham-se aos amigos de terninho preto e Biblia na mão entre os quais a maioria é gente muito boa.


Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 10 de Junho de 2013, 16:36

Claro, e de uma maneira.................................
........................................................... é gente muito boa.



Claro, e de uma maneira bem mais profunda do que as religiões ocidentais. Estude e leia. Depois observe e veja...

Seria mais correto dizer que a prega de uma maneira bem mais subjetiva, pois fica-se somente na "intenção". Além do que conceitua a Caridade de forma totalmente diversa daquela ensinada pelo Mestre Jesus e pela Doutrina Espírita.


Voce jamais falou em pregar que é um termo que esta começando a martelar agora. Falou em "praticar" o que é bem diferente. E a resposta é SIM, os Protestantes, Católicos e Muçulmanos e todos os adeptos de todas as demais denominações religiosas ou não, neste orbe e nos demais no universo, "praticam" a reencarnação, que não é de ninguem, é lei universal.


Essas "espertezas" não funcionam, caro Sr. Anton, não são aceitáveis num debate lógico!

Eu jamais escreveria uma tolice tal como: "praticar a Reencarnação"!

A Caridade, sim, podemos praticá-la através de atos materiais, exercendo o nosso Livre-Arbítrio, mesmo à contragosto daqueles que discordam dos ensinamentos da Doutrina Espírita.


Bem, se TUDO o que acontece é prova, e se consubstanciam no SER, ESTAR e FAZER, ainda há alguma duvida a respeito disto?

Provas são as vicissitudes da vida do encarnado. O fato de ser adepto dessa ou daquela Doutrina não constitui a prova em si mas o ensejo de sofre-la.


Voce esta tentando defender

Nunca tive essa intenção, mesmo porque o Espiritismo não necessita de defesa.


e diferenciar o espiritismo das demais religiões.

O Espiritismo tem em sua Doutrina muitos pontos que o diferenciam das demais.


Mas primeiramente o espiritismo NÂO é religião.

É evidente que não!


Em segundo lugar os pontos que voce levantou para comparar são comuns a todos, portanto não sei aonde voce quer chegar.

Seriam comuns à todos se Evangélicos, Católicos e Muçulmanos também ensinassem a Reencarnação, o que não é Verdade.


Sugiro estudar mais, tanto ao espiritismo como as demais religiões e doutrinas antes de opinar...

Sugiro-lhe o mesmo.


Por enquanto as suas manifestações assemelham-se aos amigos de terninho preto e Biblia na mão entre os quais a maioria é gente muito boa.


Esses argumentos ad hominem que o Sr. tanto usa denotam claramente sua falta de argumentos lógicos e, o que é pior, seu preconceito e falta de respeito aos nossos irmãos evangélicos


Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Anton Kiudero em 10 de Junho de 2013, 17:48
Eu afirmei que esse é o caminho (Reencarnação, Prática da Caridade) para a ascensão Espiritual ensinado pela Doutrina Espírita.

Quais seriam esses caminhos para a ascensão Espiritual ensinados por outras doutrinas além da Reencarnação e Prática da Caridade ensinados pela Doutrina Espírita?

Como sua memoria anda curta, coloquei as suas palavras.

Se reencarnação é segundo o que o amigo diz, um caminho, é algo realizável ou não, ou seja prática. Mas como não ha esta opção...

Amigo, isto é apenas portugues, não tem nada a ver com doutrina alguma.

Quanto à caridade o amigo anda muito desinformado, mas basta informar-se antes de opinar...
Por enquanto visualizo-o de terninho preto e um livro na mão... Isto não é argumento algum, é a imagem que o amigo passa...
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 10 de Junho de 2013, 18:37
Citar
Ninguém que segue duas religiões poderá ser tomado por sensato...
Ou Uma ou outra


O que é isto amigo Moises? somos livres para seguir ou não qualquer religião ou crença.. quantas quisermos ou não.
Não devemos impor nossas ideias sobre o próximo, creio que à doutrina espirita não ensina deste jeito!

   

É só fazermos o teste
...Veremos que não é uma questão apenas de liberdade.


........mas como fui livre em pronunciar meu parecer
és para pronunciar o seu.

Amigo Moises encontramos no espiritismos pessoas de varias denominações religiosas, há muitos católicos no espiritismo por exemplo... assim como deve haver budistas, umbandistas etc..



 

Amós
você colocou em cheio
sua observação

Será que
o dificil hoje em dia é achar espíritas em casas espíritas?

! ! !

Amós
se a porta esta aberta é só entrar
não é assim ?

.....

Agora
será que um católico vai
ao Centro Espírita
absorve seus ensinos e pareceres
e voltando a Igreja
não encontrará nela
contrariedades evidentes?

ou ele é intocável
e não possui
escrupulos e sensibilidade

Chega uma hora
que o Padre vai convidá-lo
para uma sociedade
o padre entra com o pé

que pensa?

meu
temos que decidir uai!

mas
continuemos
e ele com a pança
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amós Ribeiro em 10 de Junho de 2013, 20:50
É porque amigo Moises,

Muitas vezes pertencendo a  uma, duas, três.. denominação religiosa, é a melhor forma de observar, comparar e experienciar antes de se tomar qualquer ideia preconcebida, muitos precisam disto.

Há os que se identificam somente com uma religião, outros com varias.. 
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 11 de Junho de 2013, 06:40


Como sua memoria anda curta......................................
........................................................a imagem que o amigo passa...


Pois é isso mesmo, Sr. Anton, existe apenas um único caminho!

Que não é o da salvação pela graça, nem pelo sacrifício do cordeiro; não é o caminho do meio, nem o da beirada; não é o caminho da iluminação, nem o do blackout e, muito menos, o do ilusionismo.

Também não passa pelo caminho da falta de argumento, nem o do preconceito!

O Caminho da Ascensão Espiritual são as sucessivas encarnações pelas quais o Espírito, criado simples e ignorante, deve passar para se instruir intelectual e moralmente. Onde, passando pelas vicissitudes da vida corporal, terá o ensejo de praticar atos morais e materiais sempre no exercício de seu Livre-Arbítrio, tendo assim o mérito por sua própria ascensão.

Esse é o caminho único, que nos é ensinado pela Doutrina Espírita?


 
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Anton Kiudero em 11 de Junho de 2013, 09:48
Pois é isso mesmo, Sr. Anton, existe apenas um único caminho!

Que não é o da salvação pela graça, nem pelo sacrifício do cordeiro; não é o caminho do meio, nem o da beirada; não é o caminho da iluminação, nem o do blackout e, muito menos, o do ilusionismo.

Também não passa pelo caminho da falta de argumento, nem o do preconceito!

O Caminho da Ascensão Espiritual são as sucessivas encarnações pelas quais o Espírito, criado simples e ignorante, deve passar para se instruir intelectual e moralmente. Onde, passando pelas vicissitudes da vida corporal, terá o ensejo de praticar atos morais e materiais sempre no exercício de seu Livre-Arbítrio, tendo assim o mérito por sua própria ascensão.

Esse é o caminho único, que nos é ensinado pela Doutrina Espírita?

Se para o amigo esta compreensão satisfaz, viva com ela até alcançar uma compreensão mais ampla e seja feliz....

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 11 de Junho de 2013, 14:28
É porque amigo Moises,

Muitas vezes pertencendo a  uma, duas, três.. denominação religiosa, é a melhor forma de observar, comparar e experienciar antes de se tomar qualquer ideia preconcebida, muitos precisam disto.

Há os que se identificam somente com uma religião, outros com varias.. 


Amós tem de tudo

quando analisa várias religiões ao mesmo tempo
é que não pertence a nenhuma
está analisando


mas cada um faz o que quer de si

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 11 de Junho de 2013, 14:31

O Caminho da Ascensão Espiritual são as sucessivas encarnações pelas quais o Espírito, criado simples e ignorante, deve passar para se instruir intelectual e moralmente. Onde, passando pelas vicissitudes da vida corporal, terá o ensejo de praticar atos morais e materiais sempre no exercício de seu Livre-Arbítrio, tendo assim o mérito por sua própria ascensão.

Esse é o caminho único, que nos é ensinado pela Doutrina Espírita?



O Espiritismo ensina assim mesmo
... e nos solicita que empunhemos a bandeira da caridade, na prática.
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Anton Kiudero em 11 de Junho de 2013, 16:16
A religião, qualquer que seja, destina-se a afastar o homem do Pai.
A religião cria os intermediários para falar com o Pai.
A religião cria as regras e com isto cria o pecado e seu consequente pensamento de culpa, que não existe no reino do Pai.

Felizes os que não seguem a qualquer religião e estabelecem contato direto interior com o Pai, sem culpas, sem apegos de qualquer ordem, sem desejos e sem ilusões.

Apenas sendo felizes, sempre. Não se sujem com as religiões porque nenhuma os fará sair do pantanoso mundo humano. Mas estudem a todas porque em cada uma irão encontrar uma parte da verdade...




Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 11 de Junho de 2013, 16:58
A religião, qualquer que seja, destina-se a afastar o homem do Pai.
A religião cria os intermediários para falar com o Pai.
A religião cria as regras e com isto cria o pecado e seu consequente pensamento de culpa, que não existe no reino do Pai.

Felizes os que não seguem a qualquer religião e estabelecem contato direto interior com o Pai, sem culpas, sem apegos de qualquer ordem, sem desejos e sem ilusões.

Apenas sendo felizes, sempre. Não se sujem com as religiões porque nenhuma os fará sair do pantanoso mundo humano. Mas estudem a todas porque em cada uma irão encontrar uma parte da verdade...



Bom Anton
pelo visto
mesmo não tendo religião
você não conseguiu manter este contato com o Pai
...
a não ser!
a não ser!

Que seja o Sr. Pai da Ilusão

ai sim...contato puríssimo

.....................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 11 de Junho de 2013, 17:04
Renascimento;

Algumas fontes, principalmente advindas da Teosofia, atribuem a esses renascimentos características similares às da reencarnação e a palavra reencarnação é inclusive usada com frequência para se referir aos renascimentos. No entanto, é geralmente aceito pelos instrutores budistas atuais que, em vista das doutrinas budistas de anatta (não-eu) e anicca (impermanência), reencarnação é um conceito considerado por muitos como incompatível com o ensinamento budista.O renascimento (ou emanação) descrito pelo Budismo é em vez disso uma herança de agregados impermanentes, não de uma verdadeira identidade permanente.

Reencarnação

O Espiritismo é o maior divulgador da doutrina da reencarnação no Brasil e na maioria dos países ocidentais. O espiritismo crê que a reencarnação é um processo obrigatório até o espírito não precisar mais reencarnar, isso se dá quando ele se torna um espírito puro. A reencarnação, na visão espírita, é uma oportunidade do espírito se aperfeiçoar, intelectualmente, através do trabalho, e moralmente, através da constante busca do espírito pela felicidade eterna. Assim, a reencarnação é vista como uma bênção pelo espírito, pois é uma oportunidade de progresso. Além de trabalhar para o seu desenvolvimento, o espírito quando reencarna, também vêm expiar faltas que cometeu em encarnações anteriores.

"Para o espiritismo, a reencarnação é uma prova da justiça de Deus"

retirado deste site;

http://www.berzinarchives.com/web/pt/archives/approaching_buddhism/introduction/basic_question_karma_rebirth.html
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: lineu em 11 de Junho de 2013, 19:18
Citação de: Anton
A religião, qualquer que seja, destina-se a afastar o homem do Pai.

Tal pensamento assemelha-se à afirmativa de que “a religião é o ópio do povo”.

Esse era o pensamento de Hegel - panteísta.

Tal pensamento influenciou as ideias de Marx e de Hitler.

Resultados do hegelianismo: O marxismo e o nazismo.

Daí suscita-se a seguinte pergunta: O Espírito de Verdade, como o guia da humanidade da Terra, aprova tal pensamento?

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: MarcosBorges em 12 de Junho de 2013, 01:48
Oi Moises,

De que fonte vem tanta distorção e desinformação sobre o conceito budista de renascimento?

Abraço fraterno
Marcos Borges
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: MarcosBorges em 12 de Junho de 2013, 03:21
Não existe no budismo um conceito e ensinamento que corresponda a forma como conceituamos reencarnação. O termo incompatível não é preciso. O melhor é entender que o ciclos de existência dos seres ensinado no budismo tem uma visão diferenciada da visão reencarnacionista, mas ambas se referem as existências como uma roda da vida.

No budismo todas as coisas são impermanentes e dependentes. Quando se refere ao "eu" como impermanente e que a essência é o "não-eu" não quer dizer ausência de existência do ser mas, o que identificamos nesta vida como forma, cor, sexo, nome, personalidade, profissão e outros valores acumulados que necessitamos materialmente nesta vida, como sendo o que caracteriza e individualiza o ser, são impermanentes. Para os budista não só nesta vida essas coisa estão em constante mudança, e por isso são impermanentes, como também não se leva através do fluxo de renascimentos.

O renascimento do ser está mais como um passar de uma chama de uma vela para outra vela, enquanto a anterior se apaga. A chama é o ser não-eu. A cada renascimento deixa para trás o que não pode levar para o próximo corpo. Mas o que motiva a continuação do renascimento é o desejo que o mantem ligada as suas ações e intenções acumuladas em existências anteriores o que para o budismo sustenta o sofrimento, no sentido de insatisfação.

Não existe um não-ser preso ao fluxo de renascimentos na condição de erraticidade como ensina a doutrina espirita. Muita embora exista no budismo tibetano monges que entram em estado de transe e recebem instruções dos protetores ou dharmapalas.

Nunca vi referencia de que renascimento é o mesmo que emanação. Emanação é a forma como os budistas identificam o ser renascido ou da manifestação de um protetor, por exemplo os das escolas tibetanas se refere a manifestação dos dharmapalas. Como não tem em seus ensinamentos algo como alma dos mortos se comunicando, se refere ao protetor se manifestando durante o transe como emanação de bodhisattvas.

A filosofia budista tem conceitos que não existem paralelos com conceitos espiritualistas ocidentais.

Abraço fraterno
Marcos Borges
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 12 de Junho de 2013, 05:17

A filosofia budista tem conceitos que não existem paralelos com conceitos espiritualistas ocidentais.

Abraço fraterno
Marcos Borges


E não se pode pretender comparar dois Mestres cujos ensinamentos partem de princípios irreconciliáveis!

O Mestre Jesus: Teísmo.

O Mestre buda: Ateísmo.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 12 de Junho de 2013, 13:30
Oi Moises,

De que fonte vem tanta distorção e desinformação sobre o conceito budista de renascimento?

Abraço fraterno
Marcos Borges

Olá Marcos Borges


Voce tem razão na sua pergunta
na verdade eu falhei em não postar a fonte que retirei este texto...
que não é de minha autoria...
Vou corrigir em minha postagem

Como havia perguntado algumas vezes se alguém
sabia explicar a diferença de renascimento e reencarnação
e não houve colocações posteriores...
resolvi postar este trecho que retirei deste Site;

http://www.berzinarchives.com/web/pt/archives/approaching_buddhism/introduction/basic_question_karma_rebirth.html

valeu pela observação
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amós Ribeiro em 12 de Junho de 2013, 14:06

A filosofia budista tem conceitos que não existem paralelos com conceitos espiritualistas ocidentais.

Abraço fraterno
Marcos Borges


E não se pode pretender comparar dois Mestres cujos ensinamentos partem de princípios irreconciliáveis!

O Mestre Jesus: Teísmo.

O Mestre buda: Ateísmo.


Meu amigo há budistas "teístas", o Budismo só não impõe à crença em uma deidade como um dogma! fica à critério de seus seguidores...
O Budismo foca mais na superação do ego, apegos, paixões e no domínio da mente, é nisto que buscam à elevação espiritual, independente de crer ou descrer em uma deidade.       
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 12 de Junho de 2013, 14:28
Não existe no ..........que não existem paralelos com conceitos espiritualistas ocidentais.

Abraço fraterno
Marcos Borges

Valeu Marcos

pela citação

Atingiu  o objetivo
do tópico
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 12 de Junho de 2013, 14:30

A filosofia budista tem conceitos que não existem paralelos com conceitos espiritualistas ocidentais.

Abraço fraterno
Marcos Borges


E não se pode pretender comparar dois Mestres cujos ensinamentos partem de princípios irreconciliáveis!

O Mestre Jesus: Teísmo.

O Mestre buda: Ateísmo.


Meu amigo há budistas "teístas", o Budismo só não impõe à crença em uma deidade como um dogma! fica à critério de seus seguidores...
O Budismo foca mais na superação do ego, apegos, paixões e no domínio da mente, é nisto que buscam à elevação espiritual, independente de crer ou descrer em uma deidade.       

será a mesma visão de EGO
que se tem em Jung ?
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 12 de Junho de 2013, 14:35

A filosofia budista tem conceitos que não existem paralelos com conceitos espiritualistas ocidentais.

Abraço fraterno
Marcos Borges


E não se pode pretender comparar dois Mestres cujos ensinamentos partem de princípios irreconciliáveis!

O Mestre Jesus: Teísmo.

O Mestre buda: Ateísmo.



Será que este ateísmo
não seria na questão
antropomorfa?

"“Os seres humanos que se apegam demasiado aos valores materiais são obrigados a reencarnar incessantemente, até compreenderem que ser é mais importante do que ter.”

Buda (563 a.C - 483 a.C)"
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amós Ribeiro em 12 de Junho de 2013, 14:45

A filosofia budista tem conceitos que não existem paralelos com conceitos espiritualistas ocidentais.

Abraço fraterno
Marcos Borges


E não se pode pretender comparar dois Mestres cujos ensinamentos partem de princípios irreconciliáveis!

O Mestre Jesus: Teísmo.

O Mestre buda: Ateísmo.


Meu amigo há budistas "teístas", o Budismo só não impõe à crença em uma deidade como um dogma! fica à critério de seus seguidores...
O Budismo foca mais na superação do ego, apegos, paixões e no domínio da mente, é nisto que buscam à elevação espiritual, independente de crer ou descrer em uma deidade.       

será a mesma visão de EGO
que se tem em Jung ?

Eu particularmente interpreto como o "ego" que nos prende as más tendencias, o ego que nos prende as ilusões, e consequências negativas!   
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 12 de Junho de 2013, 14:55
É!

Amós


valeu pelas colocação
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 12 de Junho de 2013, 22:18
      Anton      (ref #106, de 11.06.13)

      De perfeito acordo com o Anton. As religiões impedem o acesso à verdade. Por isso sábios dizem: "aquele q se liga a religião é imaturo; está ainda no jardim da infância das coisas do espirito e, dificilmente, chegará à graduação universitária!"
............................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: MarcosBorges em 12 de Junho de 2013, 23:55
Breno

Outro equivoco comum para o pensamento ocidental. Budismo não é uma filosofia ateísta e nem teísta. Esta historia de que budismo é bom para ateus ou coisa de ateu é invencionice ocidental. Não existe no budismo a necessidade de se fundamentar no teísmo ou no ateísmo. Budismo não diz que tal fulano para ser adepto do budista, precisa ser monge e tem que deixar de ser teísta ou ser ateísta, e nem faz proselitismo. Somente quem quer seguir a vida monástica é que vai encontrar resistência em manter-se ligado aos cultos religiosos que praticava anteriormente.

Eu mesmo que venho estudando o budismo e percebo que é uma filosofia e religião bem distinta das tradicionais ocidentais, mas não quer dizer que seus ensinamentos sejam menos importantes para o aprimoramento moral.

Não vejo os ensinamentos de Jesus e de Buda como irreconciliáveis. São distintos mas não irreconciliáveis. Veja que o próprio Buda ensina a não acreditar cegamente no que lê ou ouve o que os mestres superiores ensinam, o que inclui ele mesmos, mas experiencie e pratique, raciocine, critique e pergunte, para então saber e conhecer a verdade. Assim, fé no budismo está associada ao conhecimento e ao saber, sem essa base a fé é vazia e sem sentido (isto pode ser considerado fé racionalizada?!). Procure ler um bom livro sobre introdução ao Budismo escrito por um monge budista (Dalai Lama e thich nhat hanh são os mais conhecidos) e perceberá o que eu digo. O livro "Budismo para o Leigo" é uma boa introdução. Não veja isso como um proselitismo ou uma tendência a conversão  ;D mas, como um estudo histórico e filosófico. Leia sem a atenção de encontrar pontos divergentes ou convergentes, isso vai evitar formar ideias preconcebidas.


Abraço fraterno

Marcos Borges
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 13 de Junho de 2013, 00:03
      Marcos Borges     (ref sua #122)

      Marcos, muito boa sua msg.
.................................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: MarcosBorges em 13 de Junho de 2013, 00:37
Certamente Amos

Existem varias escolas no budismo e todas seguem os ensinamentos de buda mas, tem explicações distintas para varias questões filosóficas que surgiram depois de buda. As escolas tibetanas são as mais misticas e eles fazem reverências a deidades que são as emanações de buda e dos bodhisattvas. Não confundir com deuses no sentido ocidental. As reverências no qual se ajoelham e espalmam as mãos para frente com a cabeça no chão não tem correlação com a forma como os ocidentais fazem ao orar para imagens de santos ou para imagens do jesus crucificado. Isso é muito estranho para um oriental que desde o nascimento teve orientação budista e fez peregrinação aos monastérios para as reverencias. O que entendi e aprendi é que as reverencias são formas de manter a mente atenta a não desviar do caminho correto ao perceber que os atributos dos bodhisattva existem também nele. Certamente fazem pedidos nas reverências mas seus pedidos são para manter sempre a mente no caminho correto, superando os sofrimentos e conquistando prosperidade e harmonia.

"O Budismo foca mais na superação do ego, apegos, paixões e no domínio da mente, é nisto que buscam à elevação espiritual, independente de crer ou descrer em uma deidade."

Sim são estas são Dukkhas, alguns traduzem para sofrimento outros para insatisfação. Saber que o sofrimento existe, que os sofrimentos tem uma causa, que é possível eliminar as causa do sofrimento e que todos podem conhecer o caminho para eliminar os sofrimentos (o caminho é o caminho óctuplo, que são oito ensinamentos), são consideradas as quatro nobres verdades e é a base não só para a elevação espiritual mas o caminho para sair da roda dos renascimentos. Mas para nos ocidentais praticar e entender o budismo com o pensamento voltado para religiões ocidentais vai encontrar dificuldade, pois a compreensão dos textos ficam difíceis. Eu mesmo tenho dificuldades de compreender em alguns pontos questões como a vacuidade. Assim como para falar um idioma estrangeiro com fluência temos que pensar no idioma, para entender a pratica dos ensinamentos de buda temos que pensar como alguém que viveu em uma cultura budista desde a infância. Isso não quer dizer que não se pode conhecer e entender aspectos básicos do budismo. Dalai lama teve contato com varias religiões, sempre diz que não precisa largar a religião que pratica para estudar os ensinamentos de buda e nem precisa mudar seus conceitos por isso. Se a sua religião lhe traz paz e harmonia, ensina a compaixão e a caridade e orienta como deve praticar o que é eticamente correto, continue nela e não deixe-a para ser budista.


Abraço fraterno
Marcos Borges   
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amós Ribeiro em 13 de Junho de 2013, 00:55
Certamente Amos

Existem varias escolas no budismo................................................................................................. budista.


Abraço fraterno
Marcos Borges   


Verdade amigo Borges, comentário esclarecedor.
 
Pensava que o budismo era somente não-teísta, agora vejo que não é bem assim.
O Budismo é uma religião  aberta para diferentes filosofias, ideologias e crenças, sem distinções.

 
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: MarcosBorges em 13 de Junho de 2013, 01:04
Oi Moises,

O link que você postou é bem elucidativo, embora existam muitos pontos nos quais quem não está acostumado com, termos, conceitos e explicações vai ficar bem confuso dado a forma de abordagem filosófica. Mas como vê o budismo é bem racional, ou seja faz perguntas, forma criticas e não considera um postulado como dogma, aceita que continuamente repensemos os paradigmas.

Uma vez assisti a uma documentário no +GloboSat sobre a vida monástica desde criança. E mostra a vida de crianças nos monastérios na China; elas brincam, trabalham e suas conversas é de um linguajar filosófico, no qual formam postulados e testam entre eles se o mesmo tem lógica. Respeitam seus mestres mas não se envergonham de questioná-los, os próprios mestres as incentivam a pensar através do questionamento e ao mesmo tempo orienta como devem proceder o raciocínio lógico. Isso não existe em nenhuma religião ocidental no qual deve-se crer e ter fé e, isso é o bastante.

O texto abaixo que retirei do seu link demonstra muito bem que o Budismo não se considera teísta e nem ateísta, mas não deixar de analisar suas proposições de forma racional e também não considera seus argumentos de forma dogmática.

"Pergunta: Se a vida envolve a transferência de consciência, existe algum começo?

Resposta: O budismo ensina que não há começo. Um começo é ilógico. A continuidade da matéria, da energia e das mentes individuais é sem início. Se houvesse um início, de onde este início veio? O que havia antes deste início?

Algumas pessoas dizem, “Nós precisamos de um começo. Assim, Deus criou tudo.” Elas defendem [a existência de] um Deus criador, que recebe vários nomes nas diferentes religiões. A pergunta que um budista faria é: “De onde Deus vem? Deus tem um início”? [De duas, uma:] ou elas teriam que responder que Deus é sem início, neste momento o debatedor budista diria, “Ah ha, aqui está tempo sem começo”, ou elas teriam de apontar para algo ou alguém que criou Deus, o que contradiz a sua própria filosofia.

Um ateu diz: “Não há nenhum Deus. Tudo veio do nada. O universo evoluiu a partir do nada. Nossos contínuos mentais vieram do nada”. Então perguntamos: “De onde vem este nada?” Eles respondem: “ Este nada sempre nos cerca. Sempre houve o nada. Este nada não teve um início.” Então mais uma vez, nós voltamos para a ausência de início. Qualquer que seja a resposta dada, nós retornamos para esta ausência de começo.

Se ausência de início é a única conclusão lógica a que podemos chegar, então nós examinamos: “É possivel que algo funcional venha do nada? Como pode o nada produzir algo?” Isso não faz nenhum sentido; as coisas precisam ter causas. Será que a outra explicação, a de haver um criador, faz sentido? Teriamos que examinar esta afirmacao mais detalhadamente. Por exemplo, se um ser onipotente ou até se um Big Bang puramente físico criou tudo, então a criação aconteceu num dado momento, devido à influência de uma motivação, objetivo ou circunstância? Se sim, então aquilo que influenciou a criação de tudo existia antes desta, e isso não faz sentido. Se um criador tem compaixao mas nao tem um principio, como e que este criador poderia ter criado a compaixao?  A compaixao tambem ja existia.

A terceira alternativa a considerar é: será que as coisas sem início podem continuar? Essa é uma abordagem mais científica, que está de acordo com a idéia de que a matéria não é nem criada nem destruída, apenas transformada. O mesmo vale para contínuos mentais individuais. Não há um início, e tudo se transforma de forma dependente, devido a causas e circunstâncias."



Abraço fraterno

Marcos Borges

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 13 de Junho de 2013, 23:04
Oi Moises,

O link que você postou é bem......................................................
...............................................dependente, devido a causas e circunstâncias.


Abraço fraterno

Marcos Borges


O que está na DE é, de longe, muito mais lógico!

1. Que é Deus?

“Deus é a inteligência suprema, causa primária de todas as coisas”

2. Que se deve entender por infinito?

“O que não tem começo nem fim: o desconhecido; tudo que é desconhecido é infinito.”

3. Poder-se-ia dizer que Deus é o infinito?

“Definição incompleta. Pobreza da linguagem humana, insuficiente para definir o que está acima da linguagem dos homens.

Deus é infinito em Suas perfeições, mas o infinito é uma abstração. Dizer que Deus é o infinito é tomar o atributo de uma coisa pela coisa mesma, é definir uma coisa que não está conhecida por uma outra que não está mais do que a primeira.

4. Onde se pode encontrar a prova da existência de Deus?

“Num axioma que aplicais às vossas ciências. Não há efeito sem causa. Procurai a causa de tudo o que não é obra do homem e a vossa razão responderá.”

Para crer-se em Deus, basta se lance o olhar sobre as obras da Criação. O Universo existe, logo tem uma causa. Duvidar da existência de Deus é negar que todo efeito tem uma causa e avançar que o nada pôde fazer alguma coisa.

5. Que dedução se pode tirar do sentimento instintivo, que todos os homens trazem em si, da existência de Deus?

“A de que Deus existe; pois, donde lhes viria esse sentimento, se não tivesse uma base? É ainda uma conseqüência do princípio - não há efeito sem causa.”

6.O sentimento íntimo que temos da existência de Deus não poderia ser fruto da educação, resultado de idéias adquiridas?

“Se assim fosse, por que existiria nos vossos selvagens esse sentimento?”

Se o sentimento da existência de um ser supremo fosse tão-somente produto de um ensino, não seria universal e não existiria senão nos que houvessem podido receber esse ensino, conforme se dá com as noções científicas.

7. Poder-se-ia achar nas propriedades íntimas da matéria a causa primária da formação das coisas?

“Mas, então, qual seria a causa dessas propriedades? É indispensável sempre uma causa primária.

Atribuir a formação primária das coisas às propriedades íntimas da matéria seria tomar o efeito pela causa, porquanto essas propriedades são, também elas, um efeito que há de ter uma causa.

8. Que se deve pensar da opinião dos que atribuem a formação primária a uma combinação fortuita da matéria, ou, por outra, ao acaso?

“Outro absurdo! Que homem de bom-senso pode considerar o acaso um ser inteligente? E, demais, que é o acaso? Nada.”

A harmonia existente no mecanismo do Universo patenteia combinações e desígnios determinados e, por isso mesmo, revela um poder inteligente. Atribuir a formação primária ao acaso é insensatez, pois que o acaso é cego e não pode produzir os efeitos que a inteligência produz. Um acaso inteligente já não seria acaso.

9. Em que é que, na causa primária, se revela uma inteligência suprema e superior a todas as inteligências?

“Tendes um provérbio que diz: Pela obra se reconhece o autor. Pois bem! Vede a obra e procurai o autor. O orgulho é que gera a incredulidade. O homem orgulhoso nada admite acima de si. Por isso é que ele se denomina a si mesmo de espírito forte. Pobre ser, que um sopro de Deus pode abater!”

Do poder de uma inteligência se julga pelas obras. Não podendo nenhum ser humano criar o que a Natureza produz, a causa primária é, conseguintemente, uma inteligência superior à Humanidade.
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 14 de Junho de 2013, 00:35
      O amigo Brenno lembrou que "a reencarnação e a prática da caridade, são o caminho para a ascensão Espiritual ensinado pela Doutrina Espírita" e pergunta: "Quais seriam esses caminhos para a ascensão Espiritual ensinados por outras doutrinas além da Reencarnação e Prática da Caridade ensinados pela Doutrina Espírita?"

      Conf: para muitas doutrinas religiosas, reencarnação e prática da caridade nada têm a ver com ascensão espiritual.

      Primeiramente, qto à reencarnação: não são muitas as doutrinas reencarnacionistas. No Ocidente, das cristãs, só a espirita. No Oriente, há outras reencarnacionistas mas, em geral, apenas em sua vertente popular, exotérica; na sua outra vertente, a esotérica, de concepções mais profundas, nas quais, às vezes, nem mesmo existe uma doutrina a ser seguida, mas um trabalho individual daqueles homens buscadores de Deus q não mais encontraram respostas nas religiões populares, dificilmente se encontrará uma simples menção à reencarnação de um mesmo "eu".

      Para aquelas doutrinas em cuja visão "nós e o Pai somos um", nem mesmo se menciona algo sobre a reencarnação pois não existe qualquer necessidade de retorno, de aprendizado, de aperfeiçoamento espiritual, pois, como para a ciência mais avançada do mundo, "todos somos um", somos uma só mente ou consciência universal (a q se dá o nome de Deus); só existe uma mente e nós somos essa mente.

      Assim, se já somos aquilo q, enqto encarnados e iludidos pelo mundo material, buscamos ser, não existe necessidade de nada mais; nada existe a se fazer! Para esses, a necessidade de aprender só se refere às necessidades da sobrevivência dentro da matéria.

      Quanto à caridade: é necessário lembrar q Paulo e Jesus enalteceram a caridade, não a caridade como simples manifestação de amor ao próximo (que pode ser apenas manifestação externa de algo q não existe internamente), mas na sua acepção de amor, como a mais excelsa das virtudes. No entanto, nem eles, nem qualquer outro sábio ou mestre, afirmou q é a caridade que traz elevação espiritual. Aliás, para esses citados, a reencarnação não passa de algo convencionado pelos homens pois não há culpas nem culpados e nenhuma necessidade de chegar a algum lugar mais elevado, senão na concepção das religiões e dos seres humanos presos à vida na matéria. 

      Essa é a bandeira do espiritismo, e com muita razão pois, se a vida é sofrimento para todos, humanos e não humanos, sem excepção, se não houver amor, a vida e o mundo se tornarão ainda mais caóticos do q são.

      Para Jesus, Paulo, sábios e mestres, não é a caridade, nem mesmo no seu sentido de amor, que salva, mas o conhecer a verdade de quem e do que realmente somos ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará!"); (pois o conhecer a verdade, é ser a verdade). A caridade, na sua acepção de amor é imprescindível, pois só aquele q chega a compreender q o amor é extremamente necessário, conquistará uma mente que apresentará condições para pode chegar a conhecer a verdade. Podemos dizer: o amor está no caminho, mas o alvo colimado é onde o caminho leva: a verdade
................................

     
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: MarcosBorges em 14 de Junho de 2013, 00:50
Oi Brenno,

A lógica não julga que argumento é mais lógico do que outro ou que um verdadeiro e outro falso, procura demonstrar. Mesmo demonstrando por raciocínios dedutivos e indutivos não pode superar a evidencia empírica. Assim a razão e lógica são importantes mas não deixam de ser expressão do intelecto humano, seja encarnado ou desencarnado.

A doutrina espirita tem a sua posição quanto a existência de Deus e seus atributos e, forma argumentos lógicos a favor. Embora tenha uma lógica, a doutrina espirita não é a mais lógica somente porque tem na existência de Deus um dos postulados.

"linguagem humana, insuficiente para definir o que está acima da linguagem dos homens.” Isso vale tanto para o Budismo como para o Espiritismo.

O fato de "não existir efeito sem causa", de que "universo existe, logo tem uma causa" e "é indispensável sempre uma causa primária.”
não faz destas proposições uma lógica irrefutável que demonstra a existência de Deus. São argumentos lógicos que a doutrina espirita utiliza para fundamentar a existência de Deus, mas considerar que de longe é o mais lógico é muita presunção. A DE tem seu corpo lógico que não pode ser dogmático; a lógica não é estática, se não a fosse não existiria nada que a linguagem humana pudesse alcançar.

Tenho minha crença em Deus, mas não coloco essa os postulados pelo qual fundamento minha crença de forma logicamente irrefutável.


Abraço fraterno

Marcos Borges
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amós Ribeiro em 14 de Junho de 2013, 02:05
Olá  MarcosBorges

O que o amigo acha da teoria quântica em respeito ao plano material, diz: que este plano tri-dimensional, pode ser emanação de uma tecnologia bi-dimensional.. que trabalha em nosso consciente, nos fazendo viver uma ilusão como se fosse uma realidade.

Ou seja: segundo esta teoria tudo que vivemos não passa de uma simples ilusão, criada propositalmente em nosso consciente!


Acho esta teoria muito estranha, quase descarto-a, 
Mas desde muito tempo mestre e profetas vem nos alertando sobre à ilusão do mundo, desapego etc...
É o que me faz dar  plausibilidade à esta teoria. 

Até mesmo o espiritismo diz que aqui é uma escola, lugar de aprendizado, que voltaremos para nosso lugar de origem, que aqui não passa de uma sombra da realidade.   

Se realmente isto for comprovado, provará que há seres pessoais por traz da criação do universo...
 
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: EsoEstudos em 14 de Junho de 2013, 14:40
Comparações são construtivas e consentâneas com o caráter universalista da DE. Mas não há, ou ao menos não deveria haver, competição... O espiritismo é melhor do que o budismo? É o mesmo que perguntar se o ar é melhor do que a água... O organismo Humanidade precisa de ambos, assim como de miríades de outras coisas...
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 14 de Junho de 2013, 14:42
Valeu Marcos
pelas colocações ao link postado por mim
.....


Já teve um período que lia algo do Budismo
e ia pesquisando e analisando
(mas pela imensidão...foi pouco conteúdo )

Pelo Visto
as escolas Budistas
tem como ponto de reflexão a prórpia vida de Buda
como uma teologia ( Buda é o objeto central)
e se diferem gradualmente entre si nestas interpretações
de acordo com suas culturas regionais e de época.

Por terem Buda como ponto alto
teem também em conjunto  suas próprias conclusões
e entendimento como interpretações ápices.
e ai formam-se seus seguidores...continuadores


Como toda a vida e ações de Buda ...
passaram por mais de duzentos anos de tradições orais (apenas orais)
Pois nada Buda escreveu
ou escreveram dele na mesma época
antes de serem escritas
entendo que
predominou mais que o própiro Buda,
os interesses das próprias escolas...ou dos Mestres
Também!
não poderia ser de outra maneira
desenvolveram assim pelos recursos do tato e de suas conclusões
diante das posições que deveriam serem tomadas
por necessidade.


Com com coisas que envolve a vida de Jesus

É diferente

(mas são assuntos que devem ser mais análisados)
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 14 de Junho de 2013, 19:38
      Moisés de Cerq.   (ref #131 em: 140613, às 14:42)

      Referente ao tema, o amigo Moisés, sensatamente, escreveu: "são assuntos q devem ser analisados". Como a DE também recomenda isso, vamos tentar analisar.
   
      Primeiramente precisamos saber q todos os verdadeiros iluminados, ensinam ensinamentos semelhantes, pois vêm de experiencias semelhantes q apenas diferem, na comunicação aos demais, devido a culturas, costumes, tradições diferentes.

      Moisés disse: as escolas Budistas têm como ponto de reflexão a própria vida de Buda como uma teologia (Buda é o objeto central) e se diferem gradualmente entre si nestas interpretações de acordo com suas culturas regionais e de época.

      Conf: é evidente e o amigo deve saber que a mesma coisa ocorre com o Cristianismo e com outras grandes religiões. Assim, no Cristianismo, o "ponto de reflexão" é a própria vida de Jesus, e também “como uma teologia” pois, até hoje, muitos o consideram como sendo Deus. Esses fatos nascem da imaginação ou fantasias  dos homens, não das palavras dos iluminados.

      No Cristianismo há também, como em todas as religiões, diferentes interpretações, fato q levou ao surgimento de divisões e subdivisões e até a genocídios e a conflitos sangrentos, entre as divisões, como ocorreu no Cristianismo.

      No entanto, as divisões e subdivisões ocorrem apenas na vertente popular das religiões. As grandes religiões do mundo (talvez todas) têm sua vertente popular e uma outra a q, anteriormente, muitos, erradamente, chamavam (e muitos chamam ainda) "ocultismo".  Assim, o Judaísmo, tem sua vertente popular, e uma não popular q é a Kabala; no Islamismo, a fase não popular é o Sufismo; o mesmo ocorre com outras, inclusive com o Cristianismo, a cuja fase não popular deram o nome de Cristianismo Esotérico.

      À vertente popular pertencem as religiões q vemos pelo mundo; à vertente não popular, são certas denominações erradamente chamadas religiões, mas q, de religiões nada têm, senão o trabalho de buscar "aquilo" a que as religiões exotéricas dão o nome de Deus.

      Digo "aquilo" porq, nas linhas esotéricas (talvez em todas), não se busca, nem se crê num Deus criador, vingador, punidor, finito, com características pessoais à “imagem e semelhança” dos homens, que necessita de auxiliares e prepostos para cumprir seus desígnios, e que está em algum lugar do universo, afastado de suas criaturas, ele "lá", nós "aqui".

      Nelas, busca-se a união com o Todo, com o Absoluto, o Eu, o Único sem Segundo, o Tudo e o Nada, com a Realidade Ultima (ou, conforme os nomes q as facções populares usam, a Divindade ou Deus).

      Assim, esses conceitos q têm sido colocados aqui, pertencem apenas à fase popular do Budismo. E, nas religiões, muitas vezes, conceituações da fase não popular são absorvidas pela fase popular.

      Todas as linhas espiritualistas são semelhantes em “algumas” coisas, como na busca da emancipação espiritual. Mas, no mais, são muito diferentes. Um aspecto das populares é a busca da "salvação" pela prática do amor, do perdão pelos erros cometidos, de uma felicidade que nunca termine. Em geral, se organizam conforme escrituras e ensinamentos daqueles que foram considerados mais elevados, ou enviados por Deus.

      Contudo, esse aspecto, eventualmente, é substituído por algo, no qual não existe nem hierarquia, nem organização e, às vezes, nenhuma doutrina ou teoria.

      Aquele primeiro aspecto das religiões é sua fase “exotérica”; o segundo aspecto é a fase “esotérica”. Comparadas com as da fase exotérica, as concepções da fase esotérica, são completamente diferentes.

      Assim, o cristianismo, o judaísmo, o budismo, hinduísmo, islamismo, taoísmo e outras, têm sua fase exotérica, às quais o povo se adapta e com elas se satisfaz. Contudo, há aqueles q, insatisfeitos por não encontrarem mais respostas nas crenças ou doutrinas populares, a q antes se ligavam, vão além dessa fase, e se iniciam na fase esotérica, mais profunda, onde reside a essência e o objetivo comum é a busca da verdade/Deus, hoje, agora, já.

      Essas superficiais são as chamadas religiões, disseminadas pelo mundo. Aquelas profundas não são religiões, no sentido em que empregamos esta palavra. São escolas tradicionais onde prevalece a busca da união com Deus, através da eliminação do ego que, com suas concepções ilusórias, impede o acesso à verdade.

      Como dizem os mestres: “O ego é o véu que encobre a verdade”, e: “Aquele que se liga a religiões organizadas é imaturo. Ainda está no jardim da infância das coisas do espírito e, dificilmente chegará à graduação universitária”.

      Assim, amigos, entre a vertente exotérica e a esotérica do Budismo quase não existe ponto de contato, senão no objetivo da busca da Realidade Unica e Final. As concepções, o entendimento, os procedimentos, são completamente diferentes.

      Devido às considerações acima, pesquisadores e estudiosos sérios não mais dividem as religiões em cristianismo, judaísmo, budismo etc, mas em "exotéricas" e "esotéricas". 

      A diferença fundamental não está entre as religiões; a diferença não é uma linha
que divide verticalmente hindus de muçulmanos, de budistas, de cristãos etc. A linha divisória é horizontal e ocorre apenas uma vez, cortando de um lado a outro todas as religiões históricas.

      Acima, está o exoterismo, superficial, de muitos seguidores, popular, cheio de crenças, relatos e experiências diferentes, com deuses até mesmo designados por palavras diferentes e conceituados também de modos diferentes, e com divisões indicadas pelas diferentes denominações.

      Abaixo da linha horizontal, está o esoterismo, profundo, a essência, de poucos, sem nenhuma divisão, no qual a experiências máxima (a q notáveis deram o nome de “experiência de concordância universal”) é, em qualquer época e em qualquer lugar, igual para todos.

      Moisés: Como toda a vida e ações de Buda... passaram por mais de duzentos anos de tradições orais (apenas orais) pois nada Buda escreveu, ou escreveram dele na mesma época... Com com coisas que envolve a vida de Jesus é diferente.

      Conf: meu amigo, se bem entendi o q vc quis dizer, não é, nem foi diferente; veja q Jesus também nada escreveu; tudo se passou através tradições orais q, captadas por outros homens em entrevistas com discípulos, ou os próprios discípulos, escreveram. A diferença é q no caso de Jesus, os escritos foram feitos mais próximos de sua morte.
...............................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 15 de Junho de 2013, 02:14

      Conf: para muitas doutrinas religiosas.........................................
....................................................................................... leva: a verdade
     


    Conf: para muitas doutrinas religiosas, reencarnação e prática da caridade nada têm a ver com ascensão espiritual.

Mais uma razão para não se querer comparar os ensinos de Jesus e Buda.


 Primeiramente, qto à reencarnação: não são muitas as doutrinas reencarnacionistas. No Ocidente, das cristãs, só a espirita.

Temos também a Umbanda.


No Oriente, há outras reencarnacionistas mas, em geral, apenas em sua vertente popular, exotérica; na sua outra vertente, a esotérica, de concepções mais profundas, nas quais, às vezes, nem mesmo existe uma doutrina a ser seguida, mas um trabalho individual daqueles homens buscadores de Deus q não mais encontraram respostas nas religiões populares, dificilmente se encontrará uma simples menção à reencarnação de um mesmo "eu".

      Para aquelas doutrinas em cuja visão "nós e o Pai somos um", nem mesmo se menciona algo sobre a reencarnação pois não existe qualquer necessidade de retorno, de aprendizado, de aperfeiçoamento espiritual, pois, como para a ciência mais avançada do mundo, "todos somos um", somos uma só mente ou consciência universal (a q se dá o nome de Deus); só existe uma mente e nós somos essa mente.

      Assim, se já somos aquilo q, enqto encarnados e iludidos pelo mundo material, buscamos ser, não existe necessidade de nada mais; nada existe a se fazer! Para esses, a necessidade de aprender só se refere às necessidades da sobrevivência dentro da matéria.

Panteísmo.

Não podendo ser Deus querem, ao menos, ser uma parte dEle.


      Quanto à caridade: é necessário lembrar q Paulo e Jesus enalteceram a caridade, não a caridade como simples manifestação de amor ao próximo (que pode ser apenas manifestação externa de algo q não existe internamente), mas na sua acepção de amor, como a mais excelsa das virtudes. No entanto, nem eles, nem qualquer outro sábio ou mestre, afirmou q é a caridade que traz elevação espiritual. Aliás, para esses citados, a reencarnação não passa de algo convencionado pelos homens pois não há culpas nem culpados e nenhuma necessidade de chegar a algum lugar mais elevado, senão na concepção das religiões e dos seres humanos presos à vida na matéria.

  Essa é a bandeira do espiritismo, e com muita razão pois, se a vida é sofrimento para todos, humanos e não humanos, sem excepção, se não houver amor, a vida e o mundo se tornarão ainda mais caóticos do q são.

      Para Jesus, Paulo, sábios e mestres, não é a caridade, nem mesmo no seu sentido de amor, que salva, mas o conhecer a verdade de quem e do que realmente somos ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará!"); (pois o conhecer a verdade, é ser a verdade). A caridade, na sua acepção de amor é imprescindível, pois só aquele q chega a compreender q o amor é extremamente necessário, conquistará uma mente que apresentará condições para pode chegar a conhecer a verdade. Podemos dizer: o amor está no caminho, mas o alvo colimado é onde o caminho leva: a verdade

Opiniões pessoais não são Doutrina!

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 15 de Junho de 2013, 02:29

O fato de "não existir efeito sem causa", de que "universo existe, logo tem uma causa" e "é indispensável sempre uma causa primária.” não faz destas proposições uma lógica irrefutável que demonstra a existência de Deus.

Abraço fraterno

Marcos Borges

O argumento está colocado, basta refutá-lo!

Em nada adianta dizer simplesmente que o argumento não é irrefutável.



Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 15 de Junho de 2013, 13:58
      Moisés de Cerq.   (ref #131 em: 140613, às 14:42)

      Referente ao tema, o amigo Moisés, sensatamente, escreveu: "são assuntos q devem ser analisados". Como a DE também recomenda isso, vamos tentar analisar.
   
      Primeiramente ........ A diferença é q no caso de Jesus, os escritos foram feitos mais próximos de sua morte.
...............................
^

Olá Conforti
Gostei das semelhanças expostas nas suas colocações
valeu mesmo.

Pelo visto
kardec dá um salto
ou melhor impulsiona-nos
para um novo patamar

que acha?
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 15 de Junho de 2013, 15:22
      Brenno Stoklos      (ref #33)

      Conf (msg anterior): para muitas doutrinas religiosas, reencarnação e prática da caridade nada têm a ver com ascensão espiritual.

      Brenno: Mais uma razão para não se querer comparar os ensinos de Jesus e Buda.

      Conf: o amigo se esquece de duas coisas:

      Primeira: que nem mesmo o Mestre ensinou q a caridade, nem em sua acepção mais elevada de amor incondicional, promove a elevação espiritual. E até mesmo o oposto: a elevação espiritual é q traz amor incondicional.

      Segunda: que a doutrina aconselha sabiamente q devemos estudar e "comparar" outras doutrinas com a nossa.
.........................
...........................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Anton Kiudero em 15 de Junho de 2013, 18:44
A reencarnação não leva automaticamente à elevação espiritual. A reencarnação é apenas mais uma oportunidade para praticar o amor a Deus acima de tudo. Nada além disto.

Ao espiritismo coube estudar e divulgar a tecnologia das comunicações entre os planos espirituais e o processo da reencarnação.

Mas o caminho para a elevação espiritual passa bem ao largo do conhecimento da reencarnação e da pratica da caridade aparente.

E este caminho já é ensinado ha milenios em diversas escolas e na atualidade denomina-se "reforma íntima", que consiste resumidamente em desapegar-se de tudo incluindo de si mesmo e de suas verdades.

Muitos o tentam e muitos o conseguem.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 15 de Junho de 2013, 19:13
      Brenno Stoklos      (ref #33)

      Conf (msg anterior): para muitas doutrinas religiosas, reencarnação e prática da caridade nada têm a ver com ascensão espiritual.

      Brenno: Mais uma razão para não se querer comparar os ensinos de Jesus e Buda.

      Conf: o amigo se esquece de duas coisas:

      Primeira: que nem mesmo o Mestre ensinou q a caridade, nem em sua acepção mais elevada de amor incondicional, promove a elevação espiritual. E até mesmo o oposto: a elevação espiritual é q traz amor incondicional.

      Segunda: que a doutrina aconselha sabiamente q devemos estudar e "comparar" outras doutrinas com a nossa.
.........................
...........................


que nem mesmo o Mestre ensinou q a caridade, nem em sua acepção mais elevada de amor incondicional, promove a elevação espiritual. E até mesmo o oposto: a elevação espiritual é q traz amor incondicional.

Onde, na DE, está contido esse ensinamento?

Como já disse: Opiniões pessoais não são Doutrina.


que a doutrina aconselha sabiamente q devemos estudar e "comparar" outras doutrinas com a nossa.

Basta que o Sr. cite o trecho da DE onde isso está escrito para ver-se o engano.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 15 de Junho de 2013, 19:36

A reencarnação não....................................
.................................................... o conseguem.



A reencarnação não leva automaticamente à elevação espiritual.

Para isso é preciso praticar o Amor e praticar a caridade enquanto encarnado.


A reencarnação é apenas mais uma oportunidade para praticar o amor a Deus acima de tudo.

E para praticar o Amor ao próximo, praticar a Caridade, evoluir intelectualmente, etc...


Ao espiritismo coube estudar e divulgar a tecnologia das comunicações entre os planos espirituais e o processo da reencarnação.

E também ensinar inúmeros conceitos de Moral, de Justiça, mostrar o caminho único de elevação espiritual, dar provas lógicas da existência de Deus, da Individualidade e da dupla natureza (Espiritual e Material) dos Espíritos, etc..., etc..., etc...


Mas o caminho para a elevação espiritual passa bem ao largo do conhecimento da reencarnação e da pratica da caridade aparente.

Tal caminho não existe!


E este caminho já é ensinado ha milenios em diversas escolas e na atualidade denomina-se "reforma íntima", que consiste resumidamente em desapegar-se de tudo incluindo de si mesmo e de suas verdades.

A Reforma Íntima é a depuração e aprimoramento do Espírito pela Reencarnação, com a prática do Amor e da Caridade e o aprendizado das Verdades Espirituais. É o caminho que a Doutrina Espírita ensina para a elevação Espiritual.


Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 15 de Junho de 2013, 21:19
 
      Brenno Stoklos     (ref #138)

      Conf (msg anterior): para muitas doutrinas religiosas, reencarnação e prática da caridade nada têm a ver com ascensão espiritual.

      Brenno (msg ant): Mais uma razão para não se querer comparar os ensinos de Jesus e Buda.

      Conf Msg ant): com essas palavras vê-se que o amigo se esquece de duas coisas:

      Primeira: que nem mesmo o Mestre ensinou q a caridade, nem em sua acepção mais elevada de amor incondicional, promove a elevação espiritual. E (é) até mesmo o oposto: a elevação espiritual é q traz amor incondicional.

      Segunda: que a doutrina aconselha, sabiamente, q devemos estudar e "comparar" outras doutrinas com a nossa.
..................
      Brenno (msg atual): Onde, na DE, está contido esse ensinamento? Como já disse: Opiniões pessoais não são Doutrina. Basta que o Sr. cite o trecho da DE onde isso está escrito para ver-se o engano.


      Conf (msg atual): Brenno, se vc procurar, com certeza vai encontrar.

      Primeiro, qto à afirmação de que “a elevação espiritual é q traz amor incondicional”: o amigo deve se lembrar q a doutrina não é inquestionável e q Kardec, entre outras coisas, recomendou q devemos raciocinar para entendê-la melhor, portanto, q usemos nossa cabeça. 

      Assim, usando nossa cabeça, tentemos perceber q se nós não melhorarmos quanto à nossa compreensão das necessidades do próximo e do mundo (e isto é q é evolução espiritual!), o amor não nascerá em nosso coração; o sentimento de amor não brota “espontaneamente” no íntimo de ninguém, nem do modo q vc disse em msg anterior que “basta querer”. O nascimento do amor é provocado, "eventualmente", pela compreensão de q a vida de todos, humanos e não humanos, é repleta de sofrimentos, e que, nem as ciências, nem as medicinas do corpo e da mente, nem as filosofias, nem as religiões, enfim, que o mundo não tem solução para esse sofrimento. Daí, mas nem sempre, pode surgir o amor (vem da percepção de que todos sofrem, certo? Ou de onde o amigo supõe que vem o amor?).

      Observe q a evolução (ampliação) espiritual, vem tão somente da compreensão daquilo q o mundo - escola que nos ensina tanto a ser bons, como a ser maus - nos traz através da influência das experiências/lições q, incessantemente, a vida nos proporciona.

      A evolução espiritual não vem do querer, mas do compreender, concorda?.  Vc não é bom, honesto, humilde simplesmente porq deseja ser, mas por compreender q é assim q vc deve ser. Veja que ninguém se torna bom simplesmente por querer ser bom, como ninguém se torna mau simplesmente porq quer ser mau, ou porq escolheu ser mau.

      Segundo, qto ao q coloquei sobre q “a doutrina aconselha, sabiamente, q devemos estudar e "comparar" outras doutrinas com a nossa e, pela comparação, até mesmo escolher seguir outra doutrina”, esse conselho (q é até, vamos dizer, democrático, de gente de mente aberta e sem preconceitos), o amigo, não sendo iniciante espírita, deve ter se esquecido que está lá no LM, cap 3, item 35. E (é) repetição, com mais detalhes, do sábio conselho de Paulo: “Estudai de tudo e guardai o que for bom!”.
....................................
     
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Anton Kiudero em 15 de Junho de 2013, 23:36
Ao espiritismo coube estudar e divulgar a tecnologia das comunicações entre os planos espirituais e o processo da reencarnação.

E também ensinar inúmeros conceitos de Moral, de Justiça, mostrar o caminho único de elevação espiritual, dar provas lógicas da existência de Deus, da Individualidade e da dupla natureza (Espiritual e Material) dos Espíritos, etc..., etc..., etc...

Bem, amigo, não existe "moral espírita" visto o espiritismo neste aspecto apenas retransmitir a moral judaico/cristã. E tambem não existem os etc, etc...

Mas o caminho para a elevação espiritual passa bem ao largo do conhecimento da reencarnação e da pratica da caridade aparente.

Tal caminho não existe!

Apenas porque o amigo não o conhece ou não o ve, não quer dizer que não existe... O amigo esta praticando uma daquelas máximas latinas que tanto gosta de utilizar, eu apenas digo que é uma opinião individual...

E este caminho já é ensinado ha milenios em diversas escolas e na atualidade denomina-se "reforma íntima", que consiste resumidamente em desapegar-se de tudo incluindo de si mesmo e de suas verdades.

A Reforma Íntima é a depuração e aprimoramento do Espírito pela Reencarnação, com a prática do Amor e da Caridade e o aprendizado das Verdades Espirituais. É o caminho que a Doutrina Espírita ensina para a elevação Espiritual.

Bem, lamento informar-lhe que o que o amigo denomina de caminho para a elevação espiritual apenas ancora o espirito à materia. Não tem nada a ver com a reforma intima, tão mencionada mas cujo caminho ou metodo não é ensinado pelo espiritismo.

O amigo confunde "conhecimento" que a nada leva com elevação espiritual, que é algo oposto, e por isto não consegue compreender este tópico, limitando-se a atacar aos que discordam de suas opiniões.

Estou sem tempo disponivel há alguns dias e infelizmente não posso me estender sobre o tema agora. Mas há diversos foristas que o estão fazendo muito bem.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 16 de Junho de 2013, 00:00
É pelo visto virou um combate...

Disse; pelo visto.

Ataque ao estudo espírita num Fórum espírita

mais um tópico interessante
que é parece ser levado ao caminho do beleléu...

Tomara que não.

Poderíamos citar Confúcio e a grandeza da China
nos aspecto filosofia social...talvez!
talvez?

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 16 de Junho de 2013, 00:03
A velha Doutrina Kiunderista

Já a conhecia

Anton! Anton!

quantos avisos amigáveis

que mal te pergunte

Tem ido aso Centro?
tomas passe?
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Anton Kiudero em 16 de Junho de 2013, 00:24
A velha Doutrina Kiunderista

Já a conhecia

Anton! Anton!

quantos avisos amigáveis

que mal te pergunte

Tem ido aso Centro?
tomas passe?

Amigo Moises,

Atenha-se ao tópico e as regras do forum. Kiunderismo é algo que somente existe na mente de algumas pessoas já que nem eu e nem quem usa este termo, incluindo a voce, sabe o que quer dizer.

Se discorda do que escrevi acima, discorde, é seu direito, mas seja claro e objetivo...

Anton



Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 16 de Junho de 2013, 07:43


      Conf Msg ant): com essas palavras................................
.............................................................. e guardai o que for bom!”.
     


  Brenno Stoklos     (ref #138)


Primeira: que nem mesmo o Mestre ensinou q a caridade, nem em sua acepção mais elevada de amor incondicional, promove a elevação espiritual. E (é) até mesmo o oposto: a elevação espiritual é q traz amor incondicional.

Não sei a que Mestre o Sr. se refere, talvez seja o Buda, mas com certeza não é ao Mestre Jesus pois este ensinou exatamente que a prática do Amor e da caridade é que nos leva á elevação espiritual.


Primeiro, qto à afirmação de que “a elevação espiritual é q traz amor incondicional”: o amigo deve se lembrar q a doutrina não é inquestionável

Desde que o questionamento seja lógico.


e q Kardec, entre outras coisas, recomendou q devemos raciocinar para entendê-la melhor, portanto, q usemos nossa cabeça.

É isso mesmo que devemos fazer. 

Assim, usando nossa cabeça, tentemos perceber q se nós não melhorarmos quanto à nossa compreensão das necessidades do próximo e do mundo (e isto é q é evolução espiritual!),

Até aqui, perfeito!


o amor não nascerá em nosso coração; o sentimento de amor não brota “espontaneamente” no íntimo de ninguém,

Realmente o Amor não "brota espontaneamente" em nosso coração. Temos que querer (exercitar o Livre-Arbítrio), buscar e nos esforçar para aprender o Amor!


nem do modo q vc disse em msg anterior que “basta querer”.

E reafirmo : Basta querer!


O nascimento do amor é provocado,

É aprendido.


"eventualmente", pela compreensão de q a vida de todos, humanos e não humanos, é repleta de sofrimentos, e que, nem as ciências, nem as medicinas do corpo e da mente, nem as filosofias, nem as religiões, enfim, que o mundo não tem solução para esse sofrimento.

A solução está em evoluir!


Daí, mas nem sempre, pode surgir o amor (vem da percepção de que todos sofrem, certo? Ou de onde o amigo supõe que vem o amor?).

Do aprendizado.


Observe q a evolução (ampliação) espiritual,

Evolução Espiritual é a depuração e o aprimoramento do Espírito.


vem tão somente da compreensão daquilo q o mundo - escola que nos ensina tanto a ser bons, como a ser maus - nos traz através da influência das experiências/lições q, incessantemente, a vida nos proporciona.

Evolui-se Reencarnando e Praticando o Amor e a caridade.


A evolução espiritual não vem do querer, mas do compreender, concorda?

Para compreender é necessário querer.


Vc não é bom, honesto, humilde simplesmente porq deseja ser, mas por compreender q é assim q vc deve ser.

Só compreende quem quer compreender.


Veja que ninguém se torna bom simplesmente por querer ser bom,

Só se torna bom aquele que quer.


como ninguém se torna mau simplesmente porq quer ser mau, ou porq escolheu ser mau.

Também só é mau quem quer.


Segundo, qto ao q coloquei sobre q “a doutrina aconselha, sabiamente, q devemos estudar e "comparar" outras doutrinas com a nossa e, pela comparação, até mesmo escolher seguir outra doutrina”, esse conselho (q é até, vamos dizer, democrático, de gente de mente aberta e sem preconceitos), o amigo, não sendo iniciante espírita, deve ter se esquecido que está lá no LM, cap 3, item 35. E (é) repetição, com mais detalhes, do sábio conselho de Paulo: “Estudai de tudo e guardai o que for bom!”.

Só o que o amigo não percebeu é que este trecho do Livro dos Médiuns não se refere à Doutrina Espírita mas, apenas e tão somente, ao estudo das manifestações espirituais em sessões espíritas. O que, aliás, é o tema central do Livro dos Médiuns.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 16 de Junho de 2013, 08:17

Bem, amigo, não existe..........................
.........................................estão fazendo muito bem.


Bem, amigo, não existe "moral espírita" visto o espiritismo neste aspecto apenas retransmitir a moral judaico/cristã.

E o faz com muita propriedade! Inclusive tornado-a mais claramente compreensível e dando-lhe a mais justa interpretação e aplicação!


E tambem não existem os etc, etc...

Ficaria por demais extenso transcrever toda a Doutrina Espírita nesse pequeno espaço.


Apenas porque o amigo não o conhece ou não o ve, não quer dizer que não existe... O amigo esta praticando uma daquelas máximas latinas que tanto gosta de utilizar, eu apenas digo que é uma opinião individual...

A afirmação não é minha, é da Doutrina Espírita.


Bem, lamento informar-lhe que o que o amigo denomina de caminho para a elevação espiritual apenas ancora o espirito à materia.

A Doutrina Espírita afirma o contrário! Como ela foi ditada por Espíritos Superiores é mais digna de crédito.


Não tem nada a ver com a reforma intima, tão mencionada mas cujo caminho ou metodo não é ensinado pelo espiritismo.

O Espiritismo não só ensina o caminho único para a elevação Espiritual como também criou a expressão "reforma íntima".


O amigo confunde "conhecimento" que a nada leva com elevação espiritual, que é algo oposto,

Então, para o budismo, a elevação espiritual seria sinônimo de ignorância?


e por isto não consegue compreender este tópico, limitando-se a atacar aos que discordam de suas opiniões.

Eu não ataco ninguém! Faço argumentar com base na DE.


Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Vitor Santos em 16 de Junho de 2013, 14:03
Olá amigos

A minha experiência deste mundo é que os mais aptos para sobreviver aqui na Terra são os mais egoístas. Aqueles que são mais ambiciosos, do ponto de vista material. Aqueles que são frios e que não têm nojo de passar por cima dos outros para alcançar os seus objectivos. Aqueles que, quando vêm as coisas a dar para o torto, saltam logo do barco, sem querer saber se os que lá ficam são capazes de sobreviver ou não. "Os ratos são os primeiros a abandonar o navio".

O individuo que não é assim, que é altruísta, ou, até menos do que isso, que seja pelo menos uma pessoa cumpridora das suas obrigações e solidária com os outros, que cumpra as suas missões terrestres honestamente, remuneradas ou não, parece ter essas tendências naturalmente. Se não inatas, pelo menos da educação. Mas como há gémeos homozigóticos que são muito diferentes Inclino-me para que a componente mais forte na bondade da pessoa é inata. Podemos discutir se é da alma, se é da constituição genética, ou de ambas. A minha experiência de vida diz-me isso.
   
Dependendo do meio onde a pessoa vive, e até da saúde física, cerebral ou do resto do corpo, a pessoa manifesta mais as suas qualidades e defeitos. A planta depende também da terra onde está plantada. Se a pessoa vive entre boas pessoas, tende a valorizar mais as boas acções, do que se vive entre bandidos. Uma pessoa que vive cheia de dores, tem tendência para ser pouco paciente, por exemplo...

O que não me parece possível é transformar uma pessoa que tem mais tendência para desejar fazer o mal do que o bem, numa pessoa boa, com base no ensino de uma doutrina religiosa ou espiritualista. Aliás, as pessoas que aceitam a moral Cristã, ou Budista, como um bom modelo, e que não são religiosos apenas para obter vantagens materiais, é porque já têm em si essa tendência.

É mais fácil uma pessoa que tenha tendência para fazer o bem e, sobretudo, que não queira fazer o mal, poder estragar-se, com más influências, atrofiando em si as boas qualidades, do que atrofiar as más qualidades numa pessoa que tenha tendência para fazer o mal.

É claro que o nosso comportamento tem por base muitos factores, e que é um assunto demasiado complexo para fazer generalizações. Cada caso é um caso. Para saber se somos melhores ou piores do que outra pessoa qualquer, teríamos de ser capazes de nos colocar na pele dela, o que não é possível. Os modelos comportamentais têm muitas variáveis em jogo, e não são tão exactos como o comportamentos dos sistemas físicos não vivos.

Assim, este debate é como aquele da galinha e do ovo. Quem é que nasceu primeiro? O ovo ou a galinha? As más acções ou as pessoas com mais tendência para elas?


É a bondade inata, ou adquirida em tenra idade, que faz as pessoas valorizar a moral, e daí, que essas pessoas tenham mais tendência para procurar a religião, ou é a religião que pode transformar a pessoa? A minha experiência é que a pessoas com tendência para ser mais ruins, não se transformam em pessoas boas e altruístas por frequentar a religião, ou por aprender doutrinas espiritualistas. Se a pessoa não tem uma tendência natural para isso, jamais vai ser altruísta. Isso não se aprende. Pelo contrário, a experiência de vida na Terra, diz-nos que os mais bem adaptados parecem ser os egoístas, porque a justiça terrena é muito precária. Do ponto de vista material, o crime compensa, se não formos apanhados, se a consciência não nos acusa ou não nos estorva muito. As pessoas que se sentem culpadas já têm alguma consciência moral. Normalmente cometem crimes quando se sentem sem saída, e não como primeiro impulso.

Em certas idades, como a adolescência, e em pessoas para quem o que os outros pensam é demasiado importante, as más companhias podem corromper. Quando eu era jovem, fiz coisas em grupo, de que depois me arrependi. E estou certo que, se estivesse sozinho, não as fazia. E o mesmo, decerto, com os outros. Não estou a dizer que eu era melhor que eles, apenas que o convívio pode atenuar o senso de consciência individual. Pois as pessoas, por vezes, querem sobressair no grupo, e cegam um pouco com isso.           


Quanto a Jesus, na minha óptica, ele não dizia que o altruísmo e a caridade são o caminho da evolução espiritual. Ele simplesmente enunciava uma lei de Deus, logo da natureza: para Deus, e para todos os efeitos, todos os espíritos são igualmente importantes. E isso tem de ter repercussão. Enquanto encarnados pode-nos parecer que assim não é, mas durante a nossa vida milenar de espíritos, só progride quem agir a favor desta lei. Nenhum espírito é favorecido ou prejudicado em relação a outros, no computo da sua história de espírito milenar. É a vida espiritual que é justa, não é a justiça dos homens da Terra. Os espíritos só vão progredindo à medida que vão interiorizando que não são mais nem menos do que todos os outros.   
   

bem hajam
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 16 de Junho de 2013, 19:12
      Moisés     (ref #142)

      Amigo de Cerq., como vc mesmo falou da "necessidade de analisar", o q significa refletir, raciocinar, questionar, comparar acerca de alguma questão ou tema q não esteja muito claro, isso q vc, aparentemente, critica dizendo se tratar de "ataque aos conceitos espiritas num fórum espirita", são com certeza raciocínios para melhor entender.

      Todas as doutrinas religiosas populares, sem exceção de nenhuma, tem seus pontos confusos, obscuros, incoerentes e mesmo contraditórios. A doutrina espirita não esta livre dessas coisas, e devemos, como recomenda a doutrina, procurar raciocinar sobre a fé (fé raciocinada)!

      Essas discussões, com certeza, podem levar a uma melhor compreensão daquilo q estamos estudando ou falando, ou mesmo à busca de esclarecimentos mais aceitáveis em outras fontes.
...................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 16 de Junho de 2013, 21:29
A velha Doutrina Kiunderista

Já a conhecia

Anton! Anton!

quantos avisos amigáveis

que mal te pergunte

Tem ido aso Centro?
tomas passe?

Amigo Moises,

Atenha-se ao tópico e as regras do forum. Kiunderismo é algo que somente existe na mente de algumas pessoas já que nem eu e nem quem usa este termo, incluindo a voce, sabe o que quer dizer.

Se discorda do que escrevi acima, discorde, é seu direito, mas seja claro e objetivo...

Anton




Tá oquei
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 16 de Junho de 2013, 21:50
      Moisés     (ref #142)

      Amigo de Cerq., como vc mesmo falou da "necessidade de analisar", o q significa refletir, raciocinar, questionar, comparar acerca de alguma questão ou tema q não esteja muito claro, isso q vc, aparentemente, critica dizendo se tratar de "ataque aos conceitos espiritas num fórum espirita", são com certeza raciocínios para melhor entender.

      Todas as doutrinas religiosas populares, sem exceção de nenhuma, tem seus pontos confusos, obscuros, incoerentes e mesmo contraditórios. A doutrina espirita não esta livre dessas coisas, e devemos, como recomenda a doutrina, procurar raciocinar sobre a fé (fé raciocinada)!

      Essas discussões, com certeza, podem levar a uma melhor compreensão daquilo q estamos estudando ou falando, ou mesmo à busca de esclarecimentos mais aceitáveis em outras fontes.
...................

Perfeito!
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 17 de Junho de 2013, 00:21

      Todas as doutrinas religiosas populares, sem exceção de nenhuma, tem seus pontos confusos, obscuros, incoerentes e mesmo contraditórios. A doutrina espirita não esta livre dessas coisas, e devemos, como recomenda a doutrina, procurar raciocinar sobre a fé (fé raciocinada)!


Mostre-nos então, Sr. Conforti, esses pontos (Questão/Resposta) da Doutrina Espírita onde o Sr. julga ver confusão, obscuridade, incoerência ou mesmo contradição, para que possamos, juntos, estudar e avaliar.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 17 de Junho de 2013, 02:00

Vai ser sempre confuso
não tem como
e isto envolve todas
é mais fácil

vejo assim
Quando as coisas estão confusas
estão confusas em nós
nós é que não discernimos
está óbvio
esta confuso
esta claro
esta confuso

aceitar algo
envolve mudanças
envolve enfrentamento
muitas vezes os outros
e ou os meios que estamos

mais doido se envolve nós
para que sair do comodismo
ou do que já está alicerçado
destruir?
derribar?
reerguer?

Confuso não?

quem vai se submeter a tal?

então nosso raciocínio fica tangenciando (quis dizer contornando)
e não adentra
não assume

A verdade ofusca
não tem como
precisa de tempo

Chega momentos
que
até o tempo precisa de seu espaço
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 17 de Junho de 2013, 13:57
A DE
diz que existe muitas semelhanças
entre os ensinos de todos os sábios
fala-nos de ensinos como germéns
mas nos fala também
de muitos equivocos
interesses pessoais
luxúrias
poderes
domínios

enfim

hoje somos nós
os mesmos homens de ontem

é nesse carater que aceito o espiritismo
para mim fica mais compreensivel.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Vitor Santos em 17 de Junho de 2013, 18:33
Olá amigo Moisés

Citar
hoje somos nós
os mesmos homens de ontem

é nesse carater que aceito o espiritismo
para mim fica mais compreensivel.


Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/outras-doutrinas-espiritualistas/semelhancas-entre-os-ensinamentos-de-buda-e-jesus/150/#ixzz2WTwtZexY

Ou melhor, muitos de nós, não sei se todos, somos os mesmos espíritos que encarnaram nos homens que habitaram a Terra noutros tempos. É essa a minha interpretação das suas palavras. E se eu estou a entender bem, concordo plenamente que é isso que nos indica a doutrina espirita.

Isso quer dizer que, se hoje somos adeptos da doutrina espirita, ou de outra qualquer, amanhã podemos reencarnar e ser adeptos de outra doutrina, em principio mais avançada, com base na doutrina espirita actual, ou não, mas que também seja reencarnacionista.

Se o que acreditávamos no passado hoje nos parece, por vezes, obsoleto, amanhã podemos achar obsoleto parte do que acreditamos hoje.

Saber que cada um de nós é um único espírito imortal, associado provisoriamente a um corpo de carne mortal, já não é nada mau. Basta para a nossa vida na Terra ter um propósito, um significado. Quer dizer que não somos meras máquinas de carne mortais, mas muito mais. Eu espero que assim seja. E já me contenta saber isso. O resto todas as doutrinas mais ou menos sensatas indicam: não fazer aos outros aquilo que não gostamos que nos façam, não fazer o que reprovamos em outrém. Todas elas acabam por decretar a igualdade entre os espíritos. E só progride quem agir com base nessa lei. Desta forma, o egoísmo, o orgulho, a inveja, o ódio e o ressentimento, etc. têm de ser ultrapassados, pois são comportamentos que partem do facto de que nós e os nossos são mais importantes, enquanto espíritos, do que os outros.

No dia de hoje eu agradeço a Deus, pois nem tudo foi perfeito, da minha parte. Errei, como já é costume, mas consegui sentir-me grato a Deus e a todas forças que nos empurram na direcção Dele, pois tive alguma fé, alguma coragem, alguma paciência e alguma resignação. De todas, a prova da paciência e a aceitação da realidade presente sem emoções negativas relativas ao passado, são as mais dificieis para mim. E enquanto eu não aprender a lição, continuarão a ser, talvez...

bem haja
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 18 de Junho de 2013, 06:12
A DE
diz que existe muitas semelhanças
entre os ensinos de todos os sábios
fala-nos de ensinos como germéns
mas nos fala também
de muitos equivocos
interesses pessoais
luxúrias
poderes
domínios

enfim

hoje somos nós
os mesmos homens de ontem

é nesse carater que aceito o espiritismo
para mim fica mais compreensivel.

E sendo, nós, os mesmos homens de ontem, tomara estejamos hoje um pouquinho melhores e mais sábios.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Vitor Santos em 18 de Junho de 2013, 09:10
Olá amigo Breenno

Citar
E sendo, nós, os mesmos homens de ontem, tomara estejamos hoje um pouquinho melhores e mais sábios.

Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/outras-doutrinas-espiritualistas/semelhancas-entre-os-ensinamentos-de-buda-e-jesus/150/#ixzz2WYDffiEo

Ninguém na Terra tem capacidade para avaliar quem é melhor e mais sábio. Pelo menos eu não reconheço essa capacidade a ninguém, porque eu nem sou capaz de reconhecer quem são esses mais sábios. Seria capaz de dar mais ouvidos a pessoas que se destacaram pela sua forma espiritual de estar no mundo, como Jesus, S. Francisco de Assis, Madre Teresa de Calcutá, etc. Mas não conheço ou reconheço ninguém assim, entre as pessoas que leio e ouço, em palestras, e as pessoas com quem convivo.

Só por dizer que pertencem, ou pertencerem efectivamente ao movimento espirita, as pessoas não se tornam sábias e perfeitas. Eventualmente os bons espíritos poderão avaliar isso. Mas penso que não estão interessados nessa conversa. Os que aceitaram a missão de nos ajudar (ajudar a nós, as pessoas que são espíritos encarnados na Terra), penso que agem como bons pais, que muito amam os filhos, ou como bons irmãos que muito amam os seus irmãos. Para eles todos são irmãos igualmente importantes, e o objectivo é que todos evoluam, para se tornarem espíritos mais felizes, mais livres. Não perdem tempo a classificar os desgraçados que vivem aqui, mas a ajudá-los. Na minha interpretação da doutrina espirita e das palavras de Jesus todos irmãos de criação, todos são espíritos igualmente importantes, todos merecem o amor de todos, mesmo que se encontrem mergulhados na miséria, moral e /ou material, por eles provocada ou provocada pela engrenagem social onde estão integrados.

No movimento espirita, como em outros, há pessoas que dão algumas das suas noites a percorrer as ruas, a ajudar os sem abrigo, sem querer saber porque é que eles são sem abrigo, outros a ajudar os idosos que já não são independentes e estão sós e/ou sem recursos para se sustentar, nem que seja só fazendo-lhes companhia, a ajudar os desempregados a preparar-se o melhor possível para aumentar a probabilidade de encontrar um emprego, a ajudar os doentes e os deficientes que não podem angariar sustento. Enfim, pessoas que tentam colmatar um pouco a negligência de quem comanda os destinos das nações. Essas pessoas mostram o que é comportar-se como espirita. Essas pessoas, embora imperfeitas também, porque a Terra não é um mundo de espíritos perfeitos, interpretam correctamente a doutrina espirita, e são as adequadas para serem os lideres da mesma.

Aqueles que é só conversa (como eu, por exemplo, pois eu pouco ou nada faço pelos outros, fora do meu circulo familiar), não têm legitimidade moral para dirigir os outros. Eu, pessoalmente, nem sequer gosto de comandar, para mal dos meus pecados, pois neste mundo onde vivo parece que a função de dirigir os outros é mais nobre do que as outras, o que, para mim, é um erro. Todas as funções na sociedade são igualmente importantes e nobres, desde que sejam honestas e úteis a alguém. Mas neste mundo onde vivo, até uma figura mediática, que dá uns ponta-pés numa bola, por exemplo, é considerada mais importante do que o cientista mais genial e esforçado, ou que os homens que mais contribuem para o progresso civilizacional da sociedade humana.

Assim, de nada adianta desejar melhorar só em palavras. É preciso encontrar a fé e a força anímica necessárias para colocar em prática esse desejo. Faço votos para que o amigo, bem como todos nós , sejam capazes de o realizar, tanto quanto lhes for possível. Mas não é com "beatices" que lá vamos (as Beatrizes - Bea's - nada têm a haver com beatices - risos)

bem hajam   
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Anton Kiudero em 18 de Junho de 2013, 11:10
O ser humano é apenas a encarnação de um espírito. Em outras palavras, é o conjunto de provas que o espírito solicitou passar. E seres humanos jamais reencarnam, nascem e morrem. O espirito que animou o sábio de ontem pode animar o idiota de hoje e espírito que animou o idiota de ontem pode animar o sábio de hoje.

"Ser sábio" ou "ser idiota" é prova, expiação e missão. Acreditar "ser" qualquer coisa é ilusório, porque o ser humano não "é" nada, apenas pensa que "é".



Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 19 de Junho de 2013, 21:21


Ninguém na Terra tem capacidade para avaliar....................
.......................................................que lá vamos (as Beatrizes - Bea's - nada têm a haver com beatices - risos)

bem hajam   


Mas eu acho que nos é possível avaliarmos pelo menos a nós mesmos. E, nessa avaliação, seria muito bom se pudéssemos perceber que nos tornamos um pouquinho melhores e mais sábios em relação ao nosso passado. Claro que dentro daquilo que nos é possível conseguir nesse nosso atual estágio evolutivo.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 19 de Junho de 2013, 22:46

E sendo, nós, os mesmos homens de ontem, tomara estejamos hoje um pouquinho melhores e mais sábios.



Tomara mesmo
bem na verdade oprogresso existe,
mas
pelas oportunidades
poderíamos avançar muito mais
se muito não deperdiçassemos
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 19 de Junho de 2013, 22:49
O ser humano é apenas a encarnação de um espírito. Em outras palavras, é o conjunto de provas que o espírito solicitou passar. E seres humanos jamais reencarnam, nascem e morrem. O espirito que animou o sábio de ontem pode animar o idiota de hoje e espírito que animou o idiota de ontem pode animar o sábio de hoje.

"Ser sábio" ou "ser idiota" é prova, expiação e missão. Acreditar "ser" qualquer coisa é ilusório, porque o ser humano não "é" nada, apenas pensa que "é".



depende muito dos valores que se dá a sabedoria
e a idiotice
até por que um sábio sendo um idiota
conforme sua concepção
não seria lá muito animado
Já!
um idiota sendo sábio....seria até animado...

Tudo indica
que a relação sobre os valores  corresponde muito
perante os argumentos
muito mesmo...

não vejo que a DE
esclarece assim

abraços
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 19 de Junho de 2013, 22:55
Na DE
quando os espíritos falam em educação
parece-me que não falam na educação representada pelo acumulo de informações
não é bem assim
enetendo que ela nos fala em educação moral
aquele educação que nos faz um homem de bem
que faz de nós possuidores de valores de tal ordem...

A DE
nos fala sim que há necessidades de varias encarnações
mas representa estas várias reencarnações
como sendo a prova da misericordia de DEUS
que é Bom e Complacente...
Mas deixa-nos claro que não evoluimos apenas por que reencarnamos
...ou por que sofremos, isto também não

Evoluímos por nos tornarmos pessoas de bem,
pela pratica da caridade, da justiça ...da cosntante busca do que é correto


venho entendendo assim
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 20 de Junho de 2013, 03:15
Na DE
quando os espíritos falam em educação
parece-me que não falam na educação representada pelo acumulo de informações
não é bem assim
enetendo que ela nos fala em educação moral
aquele educação que nos faz um homem de bem
que faz de nós possuidores de valores de tal ordem...

A DE
nos fala sim que há necessidades de varias encarnações
mas representa estas várias reencarnações
como sendo a prova da misericordia de DEUS
que é Bom e Complacente...
Mas deixa-nos claro que não evoluimos apenas por que reencarnamos
...ou por que sofremos, isto também não

Evoluímos por nos tornarmos pessoas de bem,
pela pratica da caridade, da justiça ...da cosntante busca do que é correto


venho entendendo assim

É que existem alguns que não querem concordar com o que a DE ensina!

Querem, antes, que a DE concorde com suas crenças e opiniões pessoais.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Vitor Santos em 20 de Junho de 2013, 10:34
Olá amigo Brenno

Citar
Mas eu acho que nos é possível avaliarmos pelo menos a nós mesmos. E, nessa avaliação, seria muito bom se pudéssemos perceber que nos tornamos um pouquinho melhores e mais sábios em relação ao nosso passado. Claro que dentro daquilo que nos é possível conseguir nesse nosso atual estágio evolutivo.


Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/outras-doutrinas-espiritualistas/semelhancas-entre-os-ensinamentos-de-buda-e-jesus/150/#ixzz2WkJMr8pY

Aí eu concordo com o amigo. Não em avaliarmo-nos a nós mesmos em relação aos outros, mas em avaliarmos a nossa situação de ontem com a nossa situação de hoje. Isto é, avaliarmos a nossa própria evolução. É essa a questão importante para um espirita, no meu entendimento limitado.

Mas, pela minha experiência pessoal, também penso que essa tarefa é bastante mais difícil do que parece à primeira vista. As nossas limitações são de vária ordem, desde as limitações fisicas (o nosso corpo de carne, o nosso estado de saude psicológica e fisica), até às limitações espirituais (as que provêem da alma).

Não tenho vergonha de sentir e declarar as minhas limitações. Pelo contrário, tenho de fazer tudo para contar com elas. Tal como devo contar com as minhas qualidades. Pois todos nós temos qualidades e defeitos.

As nossa constituição psicológica é complexa. Nós não somos máquinas. Umas vezes somos capazes outras não. As nossas opções são bloqueadas pelas nossas emoções. Não somos criaturas capazes de usar a razão livremente, como um computador que está sempre na mesma forma para fazer cálculos. Muitas vezes ficamos confusos e cheios de dúvidas. Pelo menos é o que se passa comigo.

bem haja
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: MarcosBorges em 26 de Junho de 2013, 02:55
Oi Amos

Desculpe pela demora. Estava viajando.

"Segundo esta teoria tudo que vivemos não passa de uma simples ilusão, criada propositalmente em nosso consciente!"

"Mas desde muito tempo mestre e profetas vem nos alertando sobre à ilusão do mundo, desapego etc... É o que me faz dar  plausibilidade à esta teoria. "

Dentre esta existem diversas teorias da mecânica quântica que trata sobre a realidade e o espaço. Mas existem alguns físicos que extrapolam os fenômenos quânticos para ensinamentos orientais. O problema é quando dão asas a imaginação e acabam interpretando ensinamentos orientais como se fossem explicitamente explicações para os fenômenos quânticos.

Já vi associação do conceito de vacuidade no budismo ao vácuo quântico. Nada haver uma coisa com outra. A primeira esta associada a ausência de todo sofrimento, da realidade do não-eu e da percepção de que todas as coisas não tem existência independente. A segunda trata da existência de partículas virtuais, pares de partícula de antipartículas virtuais, que ainda não aconteceram (não se tornaram físicas). O fenômeno ocorre quando fótons gama se aproximam de núcleos de átomos pesados e em aceleradores de partículas.

O mesmo para ilusão que tem mais o caráter da percepção equivocada da realidade no que tange a natureza da consciência, da mente e de que tudo no universo tem natureza impermanente (mesmo a consciência que é eterna está em constante mudança) e não separada (interdependente). Assim a ilusão é uma característica dos seres sencientes que estão presos, e os mantém presos e sujeitos a serie de nascimentos e mortes. No aspecto moral alimentar o orgulho e o egoísmo para conquista valores materiais e status social e que é isso que nos torna felizes e prósperos é uma ilusão. Se orgulhar que, o que sou agora, um nome, uma personalidade, uma forma corporal, os bens materiais e financeiros é permanente e devemos a todo custo mante-los permanentes, é uma ilusão. Achar que o meio ambiente os animais são imutáveis, que existe algo imutável no universo e que a consciência é imutável, é uma ilusão.

Por isso que o conceito de uma divindade imutável, ou um único Deus imutável é estranho para a filosofia budista.


Abraço fraterno
Marcos Borges















Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: MarcosBorges em 26 de Junho de 2013, 03:10
"Pelo Visto as escolas Budistas tem como ponto de reflexão a prórpia vida de Buda
como uma teologia ( Buda é o objeto central)"


São três objetos centrais no budismo, as três joias, objetos de refugio; o Buda, o Dharma e Sangha. O Buda é como natureza superior da consciência e que como ele os budistas podem atingir o estado de Buda e se libertar de todo sofrimento. O Dharma é a Lei, os ensinamentos espirituais e morais, que leva o ser a se tornar amoroso e liberto do sofrimento. E a Sangha que literalmente é a comunidade espiritual onde encontra momentos para paz e reflexão através do estudo dos ensinamentos.

Em todas as religiões no qual seus adeptos procuram o desenvolvimento do homem de bem, existem três joias, seu mestre, seus ensinamentos e a comunidade espiritual na qual buscam refugio; momentos de reflexão e estudo. A doutrina Espírita não fica fora disso.

Abraço fraterno
Marcos Borges
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: MarcosBorges em 26 de Junho de 2013, 03:23
Oi Conforti

"À vertente popular pertencem as religiões q vemos pelo mundo; à vertente não popular, são certas denominações erradamente chamadas religiões, mas q, de religiões nada têm, senão o trabalho de buscar "aquilo" a que as religiões exotéricas dão o nome de Deus.

      Digo "aquilo" porq, nas linhas esotéricas (talvez em todas), não se busca, nem se crê num Deus criador, vingador, punidor, finito, com características pessoais à “imagem e semelhança” dos homens, que necessita de auxiliares e prepostos para cumprir seus desígnios, e que está em algum lugar do universo, afastado de suas criaturas, ele "lá", nós "aqui".

      Nelas, busca-se a união com o Todo, com o Absoluto, o Eu, o Único sem Segundo, o Tudo e o Nada, com a Realidade Ultima (ou, conforme os nomes q as facções populares usam, a Divindade ou Deus)."

No que tange o Budismo existem diferentes escolas cada qual com suas tradições, mas todas seguem os ensinamentos orais de Buda, que foi passado pelos seus discípulos. Nunca soube que existe uma forma popular e não-popular no budismo. Não existe no budismo ensinamentos esotéricos e herméticos. O budista que não segue o sacerdócio recebe o mesmo ensinamento dos que procuram a vida monástica. O monge (atua como professor) passa ao povo o ensinamento de Buda e exemplifica através das suas ações. A diferença é que no segundo há um código de conduta, estudo constante, meditações são seguidas com muita disciplina e manutenção e divulgação das tradições budistas (culturais).


Abraço fraterno

Marcos Borges
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 26 de Junho de 2013, 03:27

Em todas as religiões no qual seus adeptos procuram o desenvolvimento do homem de bem, existem três joias, seu mestre, seus ensinamentos e a comunidade espiritual na qual buscam refugio; momentos de reflexão e estudo. A doutrina Espírita não fica fora disso.

Abraço fraterno
Marcos Borges


Quem seria o "mestre" da Doutrina Espírita?

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amós Ribeiro em 26 de Junho de 2013, 03:50


Olá Marcos Borges,

Citar
Digo "aquilo" porq, nas linhas esotéricas (talvez em todas), não se busca, nem se crê num Deus criador, vingador, punidor, finito, com características pessoais à “imagem e semelhança” dos homens, que necessita de auxiliares e prepostos para cumprir seus desígnios, e que está em algum lugar do universo, afastado de suas criaturas, ele "lá", nós "aqui".


Sairei do tópico um pouquinho...

A Cada dia que passa estou chegando a conclusão que aqueles, que não acreditam nos deuses com as características citadas pelo Sr. estão enganados.

Os escritos sagrados antigos, não "foram meras fantasias", são obras que devem ser interpretadas, para que possamos reconhecer os seus reais significados, e desvendarmos os mistérios da antiguidade, enquanto não mudarmos a nossa visão preconcebida permaneceremos na ignorância. 

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------



Cidade antiga da Índia ainda emite radiação
 

A ruínas de Harappa.


Uma pesada camada de cinza radioativa em Rajasthan, na Índia, cobre um área de 5 kms quadrados, a 16 quilômetros oeste de Jodhpur.  Os cientistas estão investigando o local, onde um projeto habitacional está sendo desenvolvido.

Por algum tempo tem se notado que há um grande percentual de defeitos de nascença e câncer nesta área sob construção.  Os níveis de radiação registrados têm sido tão altos nos instrumentos dos investigadores, que o governo indiano isolou a região.

Os cientistas escavaram uma cidade antiga, onde a evidência mostra que uma explosão atômica datada de milhares de anos atrás (de 8.000 a 12.000), destruíu a maior parte dos prédios e provavelmente meio milhão de pessoas morreram.  Um pesquisador estima que foi usada uma bomba nuclear do tamanho das usadas no Japão em 1945.

O Mahabharata,  um dos mais épicos textos clássicos da Índia, claramente descreve uma explosão catastrófica que abalou o continente.

“Um único projétil, carregado com toda a força do Universo… Uma coluna incandescente de fumaça e uma chama tão clara quanto 10.000 sóis, apareceu em todo seu esplendor… era uma arma desconhecida, um trovão de ferro, um mensageiro gigantesco da morte, o qual reduziu às cinzas uma raça inteira.

Os corpos estavam tão queimados que ficaram irreconhecíveis.  Suas mãos e unhas caíram, os vasos estavam quebrados sem qualquer causa aparente, os pássaros se tornaram brancos.

Após algumas horas, os alimentas ficaram infectados.  Para escapar deste fogo, os soldados se jogaram no rio.“

O historiador Kisari Mohan Ganguli diz que os escritos sagrados indianos são cheios de tais descrições, as quais se assemelhar às explosões atômicas de Hiroshima e Nagasaki.  Ele diz que as referências mencionam sobre charretes batalhando nos céus e armamentos de exterminação.  Uma batalha antiga é descrita no Drona Parva, uma seção do Mahabharata.

“O trecho fala sobre um combate onde a explosão de armamentos de exterminação decimam exércitos inteiros, causando uma multidão de guerreiros com seus cavalos, elefantes e armamentos a serem carregados para longe, como se fossem folhas secas”, diz Ganguli.

“Ao invés de nuvens na forma de cogumelos, o escritor descreve uma explosão perpendicular com nuvens de fumaça abrindo como um guarda-sol gigantesco.  Há comentários sobre a contaminação dos alimentos e do cabelo das pessoas caindo”, relata Ganguli.

 

O arqueólogo Francis Taylor diz que entalhes em alguns dos templos da região, que ele conseguiu traduzir, sugerem que eles rezavam para serem poupados da grande luz que estava vindo para destruir a cidade.

“É muito fascinante imaginar que alguma civilização possuía tecnologia nuclear antes de nós.  A cinza radioativa adiciona credibilidade para os relatos indianos antigos que descrevem uma guerra atômica”, diz Taylor.

A construção do projeto de habitação no local foi paralisado enquanto os cinco membros da equipe conduzem suas investigações.  O líder do projeto é Lee Hundley, que foi pioneiro na investigação após o alto nível de radiação foi descoberto.

Há uma evidência de que o Império Rama (a Índia de hoje) foi devastada por uma guerra nuclear.  O Vale Indus, agora o deserto de Thar, e o local de cinza radioativa encontrado ao oeste de Jodhpur fica naquela região.

Até o bombardeamento de Hiroshima e Nagasaki, o homem moderno não poderia imaginar qualquer armamento tão horrível e devastador quanto aqueles descritos nos textos indianos antigos.  Porém, estes textos descrevem precisamente os efeitos de uma explosão atômica.

Quando as escavações de Harappa e Mohenjo-Daro alcançaram o nível das ruas, eles descobriram esqueletos espalhados pelas cidade, muitos dando as mãos e espalhando-se pelas ruas como se em algum instante, algo horrível tivesse acontecido.  As pessoas estavam deitadas, não enterradas, nas ruas da cidade.  Os esqueletos datavam de milhares de anos atrás.

O que poderia ter causado tal coisa?  Por que os corpos não se decompuseram ou foram comidos pelos animais selvagens?  Além disso, não há qualquer causa aparente de morte causada por algo fisicamente violento.

Estes esqueletos estão entre os mais radioativos já encontrados, equiparados aos encontrados em Hiroshima e Hagasaki.  Em um local, pesquisadores soviéticos encontraram um esqueleto que tinha um nível radioativo de 50 vezes mais alto que o normal.  Outras cidades têm sido encontradas no norte da Índia, as quais possuem indicações de explosões de grande magnitude.  Uma dessa cidades, encontrada entre o rio Ganges e as montanhas de Rajmahal, parece ter sido sujeita a um calor intenso.  Grandes massas de argila das paredes, muros e fundações desta cidade antiga estão ‘fundidas’, devido ao intenso calor que foram submetidas.  Estas estruturas estão literalmente vitrificadas.  E já que não há evidência de uma erupção vulcânica em Mohenjo-Daro ou outras cidades, o calor intenso necessário para derreter a argila, somente pode ser explicado por uma explosão atômica ou alguma outra arma desconhecida.  As cidades foram completamente destruídas.

Os esqueletos foram datados de 2500 AC.  Devemos mencionar que foi utilizado o método de carbono para esta determinação e este método mede a quantidade de radiação deixada no objeto.  Quando explosões atômicas ocorreram na área onde o objeto se encontra, faz com que estes pareçam muito mais jovens.

O cientista chefe do Projeto Manhattan, o Dr. J. Robert Oppenheimer, conhecia os textos da antiga literatura Sanskrit. Em uma entrevista, 7 anos após o teste nuclear de Almagordo, ele declarou que “Cidades antigas cujos tijolos e muros de pedra foram literalmente vitrificados, ou seja, fundidos, podem ser encontradas na Índia, Irlanda, Escócia, França, Turquia e outros países.  Não há explicação lógica para a vitrificação de fortes e cidades de pedras, exceto que ocorreu devido à uma explosão nuclear.”

Ainda temos muito o que aprender sobre a história da raça humana, e este blog desconfia que quando realmente tivermos todos os dados agregados, descobriremos que a nossa história, como a conhecemos hoje, terá que ser completamente reescrita.


Fonte: http://ovnihoje.com/2011/05/15/cidade-antiga-da-india-ainda-emite-radiacao/#axzz2SLTLXFrG

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: MarcosBorges em 26 de Junho de 2013, 04:00
Oi Brenno,

Em nada adianta dizer simplesmente que o argumento não é irrefutável."


Você não entendeu minha colocação. Não estou me referindo a busca em refuta-lo caso não aceite. Ou dizer por dizer que tal argumento é irrefutável. O argumento proposto procura explicar uma causa e como tal é uma proposição sob a condicional, e não por si mesma evidente, obvia e irrefutável. Mesmo que os considere como axiomas, os mesmos não são irrefutáveis pois, antes de tudo são argumentos lógicos usados para explicar inicialmente a existência de Deus e não por si mesmo um raciocínio evidente por natureza. Tais argumentos não são parte de uma teoria ou uma hipótese sobre Deus, mas axiomas que como tal não tem a preocupação de ser demonstrado ou provado, mas usados pela razão como ponto de partida para deduções. As demonstrações sobre Deus e seus atributos são por sua natureza racional puramente questões da metafísica. Não estou negando ou minimizando os argumentos sobre a existência de Deus mas, colocando "cada macaco no seu galho" e, portanto, tal busca pela objetividade, se limita a raciocínios apriorísticos.


Abraço fraterno

Marcos Borges
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: MarcosBorges em 26 de Junho de 2013, 04:32
Quem seria o "mestre" da Doutrina Espírita?

Pelo visto você sabe a resposta, como disse em seu comentário de um post anterior: "Mestre Jesus pois este ensinou exatamente que a prática do Amor e da caridade é que nos leva á elevação espiritual."

Mestre necessariamente não é um fundador de uma doutrina ou religião, mas alguém moral e intelectualmente capaz de ser modelo do qual utilizamos como padrão de homem de bem que devemos aspirar.

Alguns podem argumentar que a Doutrina não é de um único espírito ou mestre mas dos espíritos superiores. Da mesma forma podemos considerar o cristianismo (primitivo) o trabalho conjunto de homens com uma proposta moral de levar ensinamentos que esclarecem a respeito do amor e da caridade, e do exercício e exemplificação de ambos. Contudo, tanto a doutrina espírita que teve como trabalhadores os espíritos superiores e o cristianismos que teve como trabalhadores homens e mulheres dedicados ao amor ao próximo, ambos seguem os ensinamentos de um único mestre, Jesus.

Abraço fraterno

Marcos Borges

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 26 de Junho de 2013, 14:10
"Pelo Visto as escolas Budistas tem como ponto de reflexão a prórpia vida de Buda
como uma teologia ( Buda é o objeto central)"


São três objetos centrais no budismo, as três joias, objetos de refugio; o Buda, o Dharma e Sangha. O Buda é como natureza superior da consciência e que como ele os budistas podem atingir o estado de Buda e se libertar de todo sofrimento. O Dharma é a Lei, os ensinamentos espirituais e morais, que leva o ser a se tornar amoroso e liberto do sofrimento. E a Sangha que literalmente é a comunidade espiritual onde encontra momentos para paz e reflexão através do estudo dos ensinamentos.

Em todas as religiões no qual seus adeptos procuram o desenvolvimento do homem de bem, existem três joias, seu mestre, seus ensinamentos e a comunidade espiritual na qual buscam refugio; momentos de reflexão e estudo. A doutrina Espírita não fica fora disso.

Abraço fraterno
Marcos Borges

Olá Marcos
valeu pela informação
abraços

Visto que eu não estava tão distante em minhas reflexões

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 27 de Junho de 2013, 04:04
Oi Brenno,

Em nada adianta dizer simplesmente que o argumento não é irrefutável."


Você não entendeu minha colocação. Não estou me referindo a busca em refuta-lo caso não aceite. Ou dizer por dizer que tal argumento é irrefutável. O argumento proposto procura explicar uma causa e como tal é uma proposição sob a condicional, e não por si mesma evidente, obvia e irrefutável. Mesmo que os considere como axiomas, os mesmos não são irrefutáveis pois, antes de tudo são argumentos lógicos usados para explicar inicialmente a existência de Deus e não por si mesmo um raciocínio evidente por natureza. Tais argumentos não são parte de uma teoria ou uma hipótese sobre Deus, mas axiomas que como tal não tem a preocupação de ser demonstrado ou provado, mas usados pela razão como ponto de partida para deduções. As demonstrações sobre Deus e seus atributos são por sua natureza racional puramente questões da metafísica. Não estou negando ou minimizando os argumentos sobre a existência de Deus mas, colocando "cada macaco no seu galho" e, portanto, tal busca pela objetividade, se limita a raciocínios apriorísticos.


Abraço fraterno

Marcos Borges


 ???  ??? ???

O que significaria:

Um axioma não é irrefutável porque é, antes de tudo, um argumento lógico?

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 27 de Junho de 2013, 04:13
Quem seria o "mestre" da Doutrina Espírita?

Pelo visto você sabe a resposta, como disse em seu comentário de um post anterior: "Mestre Jesus pois este ensinou exatamente que a prática do Amor e da caridade é que nos leva á elevação espiritual."

Mestre necessariamente não é um fundador de uma doutrina ou religião, mas alguém moral e intelectualmente capaz de ser modelo do qual utilizamos como padrão de homem de bem que devemos aspirar.

Alguns podem argumentar que a Doutrina não é de um único espírito ou mestre mas dos espíritos superiores. Da mesma forma podemos considerar o cristianismo (primitivo) o trabalho conjunto de homens com uma proposta moral de levar ensinamentos que esclarecem a respeito do amor e da caridade, e do exercício e exemplificação de ambos. Contudo, tanto a doutrina espírita que teve como trabalhadores os espíritos superiores e o cristianismos que teve como trabalhadores homens e mulheres dedicados ao amor ao próximo, ambos seguem os ensinamentos de um único mestre, Jesus.

Abraço fraterno

Marcos Borges

Para a Doutrina Espírita (Espiritismo) Jesus é um Mestre. O Mestre é Deus.

626. Só por Jesus foram reveladas as leis divinas e naturais? Antes do seu aparecimento, o conhecimento dessas leis só por intuição os homens o tiveram?

“Já não dissemos que elas estão escritas por toda parte? Desde os séculos mais longínquos, todos os que meditaram sobre a sabedoria hão podido compreendê-las e ensiná-las. Pelos ensinos, mesmo incompletos, que espalharam, prepararam o terreno para receber a semente. Estando as leis divinas escritas no livro da Natureza, possível foi ao homem conhecê-las, logo que as quis procurar. Por isso é que os preceitos que consagram foram,
desde todos os tempos, proclamados pelos homens de bem; e também por isso é que elementos delas se encontram, se bem que incompletos ou adulterados pela ignorância, na doutrina moral de todos os povos saídos da barbárie.”
                                                           (O Livro dos Espíritos)

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Vitor Santos em 27 de Junho de 2013, 12:38
Olá amigos

Jesus é um mestre, não é é o único mestre que encarnou na Terra. Felizmente houve muitos outros. E até podem estar encarnados, neste momento, importantes mestres em missão, de grande craveira, capazes de iluminar a humanidade inteira. Deus queira que assim seja. Para nós é óptimo, mas pare esses mestres deve ser uma missão desagradável e difícil. É como quem está habituado a viver no "céu" descer ao "Inferno". Todavia, eles têm arcaboiço para isso, e sabem contornar melhor as dificuldades do que nós.

bem hajam
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Vitor Santos em 27 de Junho de 2013, 12:42
Olá

O mestre conhece e ensina as leis da natureza espiritual e/ou material.  Deus, o Criador, concebeu essas leis. E entre elas definiu que é permitido a espíritos já avançados, encarnar de livre vontade, em mundos que lhe são inferiores. Ou seja, mundos em que eles viveram, mas já ultrapassaram.

bem hajam
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Anton Kiudero em 27 de Junho de 2013, 17:40
Reencarnação

A reencarnação ou a pluralidade das existências corpóreas de um espírito não é coisa nova no conhecimento do planeta. Para a parte ocidental do planeta, ela foi relembrada por Allan Kardec no Livro dos Espíritos. Nesta obra, porém, Kardec afirma que tal ensinamento foi tomado de Pitágoras (LE 222).

Apontou esta origem porque, no seu tempo, não havia muito contato do seu povo com o conhecimento do chamado oriente.  Entre os habitantes desta parte do planeta, a reencarnação é milenar, suplantando em muito o conhecimento de Pitágoras. Para aqueles, a reencarnação é uma verdade existencial há milhares de anos e serviu como guia de vida há várias gerações de orientais. Hoje, com a globalização do planeta, muitos dos ensinamentos das gerações anteriores do oriente estão sofrendo mudanças.

Kardec recebeu a notícia da reencarnação do espírito como uma condição para aquele que não tenha alcançado a perfeição na vida corpórea anterior (LE 166). Todos os espíritos devem evoluir na escala espiritual; para isto eles habitam temporariamente uma vestimenta carnal e passam uma existência corpórea. Quando, nesta existência, não alcançam a evolução necessária, tornam a vestir à mesma vestimenta e têm uma nova existência.

Para a espiritualidade que atendeu a Kardec, este processo atende a exigência da Justiça de Deus. Assim, expiando e se aprimorando em nova existência, os espíritos recebem a Justiça de Deus que sempre dá uma nova chance aos seus filhos (LE 167).

Os antigos orientais tinham este mesmo entendimento: imaginavam que cada reencarnação servia para expiar faltas de vidas anteriores e servia como aprendizado para novas lições.

Entretanto, este conhecimento ao invés de facilitar a evolução espiritual dos orientais, acabou servindo como desculpas para atrasos: foi por causa destes conhecimentos que os orientais aceitaram posturas de kamikazes nas guerras que travaram; muitos haraquiris foram praticados pela certeza de que novas existências corporais viriam para que a evolução fosse alcançada. A consciência da existência da reencarnação passou a servir como motivação para a desistência da vida corpórea atual.

Os ocidentais que receberam e aceitaram as informações a respeito desta Providência Divina ainda não chegaram a tal ponto, mas também estão utilizando a reencarnação como uma necessidade. Afirmam que todos os espíritos têm de passar por este processo. Isto não é uma Verdade Universal.

O espírito não é obrigado a reencarnar. Ele só o faz quando não alcança a evolução necessária em uma existência. Caso isto tenha acontecido, o processo de reencarnação não é necessário.

Entendendo-se que a reencarnação serve como expiação, ou seja, pagamento de débitos que se acumulam em vidas anteriores, caso não haja mais débitos, não há necessidade de se encarnar, pois nada mais há a quitar. A reencarnação só acontece para aqueles que possuem débitos. Sabendo-se que a reencarnação foi criada por Deus para que o espírito alcance determinada evolução na escala espiritual, compreenderemos que quando esta evolução for alcançada, não haverá mais necessidade dela.

Assim sendo, a reencarnação só é obrigatória para aqueles que ainda devem ou possuem conhecimentos que necessitam obter. Por isto na questão 169 do LE, a espiritualidade afirmou que a quantidade de encarnações depende do passo com que o espírito caminhe na sua evolução.

Acreditar na necessidade de uma nova existência está hoje, entre os ocidentais, gerando o mesmo comodismo que um dia gerou nos orientais. Muitas das expiações e dos aprendizados que o espírito deveria ter nesta encarnação estão sendo postergadas com a desculpa que existirá uma nova chance para efetuar este pagamento ou de aprender esta lição.

O importante não é acreditar ou não na reencarnação, pois não foi para este fim que o espírito veio à carne, mas sim aproveitar esta vida para fazer a sua reforma íntima. É necessário não ferir ou magoar os outros e aprender seus ensinamentos para que o espírito evolua. Não adianta reencarnar milhares de vezes se em nenhuma delas conquistar a evolução.  Não é pela pluralidade de existências que o espírito alcança a evolução, mas sim por, em uma delas, praticar os atos necessários para se evoluir. Não é o conhecimento da reencarnação que pode libertar o espírito, mas sim o cumprimento da lei de Deus: amar a Deus acima de todas as coisas e ao próximo como a si mesmo.

Portanto, não importa se você acredita ou não na reencarnação, esta é a chance que Deus lhe deu para você evoluir, seja ela a primeira ou a milionésima encarnação. O importante não é viver renascendo, mas aproveitar um dos renascimentos para elevar-se.

Jesus, ao responder a Nicodemos, não afirmou que existia a reencarnação. A pergunta ao Mestre foi como poderia um homem adulto voltar a barriga da sua mãe, ou seja, ganhar uma nova existência material. Jesus respondeu que o importante é nascer de novo, ou seja, mudar a você mesmo: desaprender o que já aprendeu e começar a praticar uma nova vida. Este ensinamento combina com os transmitidos pelo Buda Gautama: é preciso que o ser humano livre-se de seus conceitos, ou seja, sua forma de ver o mundo para alcançar a evolução.

O próprio Maomé, a quem não é creditado o ensinamento da reencarnação, trouxe um ensinamento do Anjo Gabriel onde afirma que aquele que não cumprir as leis de Deus será jogado no inferno (vida carnal), e ali permanecerá trocando de peles (reencarnando) até que arrependa-se de seus feitos.

Se todos os enviados de Deus falaram disso, isto é uma Verdade Universal, entretanto, não pode servir de desculpas para o adiamento do renascimento: não pode tornar-se objetivo de vida, mas uma porta aberta por Deus para aqueles que não conseguiram o renascimento nesta existência (LE 171).

Para acabar com a ociosidade da busca da essência da encarnação foi que o plano espiritual criou o comunismo na China. Apesar de aparentemente este regime político ser contrário à espiritualização, acabou com o comodismo gerado pelo conhecimento das muitas vidas carnais deste povo tão importante para o destino do planeta: com a invasão ao Tibete, o regime comunista também acabou com o isolamento no qual este povo vivia, globalizando os conhecimentos espirituais que eles possuíam.

Foi o advento de fatos como estes e da Segunda Guerra Mundial que trouxe ao ocidente o conhecimento do oriente e vice-versa. São ações de Deus objetivando dar a todos os habitantes do planeta a mesma chance (Justiça). 

O que terá Ele que fazer agora para acabar com a ociosidade do ocidente?
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 29 de Junho de 2013, 02:34

Reencarnação



                                                          A Reencarnação

166. Como pode a alma, que não alcançou a perfeição durante a vida corpórea, acabar de depurar-se?

“Sofrendo a prova de uma nova existência.”

a) - Como realiza essa nova existência? Será pela sua transformação como Espírito?

Depurando-se, a alma indubitavelmente experimenta uma transformação, mas para isso necessária lhe é a prova da vida corporal.”

b) - A alma passa então por muitas existências corporais?

Sim, todos contamos muitas existências. Os que dizem o contrário pretendem manter-vos na ignorância em que eles próprios se encontram. Esse o desejo deles.”

c) - Parece resultar desse princípio que a alma, depois de haver deixado um corpo, toma outro, ou, então, que reencarna em novo corpo. E assim que se deve entender?

“Evidentemente.”

167. Qual o fim objetivado com a reencarnação?

Expiação, melhoramento progressivo da Humanidade. Sem isto, onde a justiça?”

168. É limitado o número das existências corporais, ou o Espírito reencarna perpetuamente?

A cada nova existência, o Espírito dá um passo para diante na senda do progresso. Desde que se ache limpo de todas as impurezas, não tem mais necessidade das provas da vida corporal.”

169. É invariável o número das encarnações para todos os Espíritos?

“Não; aquele que caminha depressa, a muitas provas se forra. Todavia, as encarnações sucessivas são sempre muito numerosas, porquanto o progresso é quase infinito.”

170. O que fica sendo o Espírito depois da sua última encarnação?

“Espírito bem-aventurado; puro Espírito.”

172. As nossas diversas existências corporais se verificam todas na Terra?

“Não; vivemo-las em diferentes mundos. As que aqui passamos não são as primeiras, nem as últimas; são, porém, das mais materiais e das mais distantes da perfeição.”

173. A cada nova existência corporal a alma passa de um mundo para o outro, ou pode ter muitas no mesmo globo?

“Pode viver muitas vezes no mesmo globo, se não se adiantou bastante para passar a um mundo superior.”

a) - Podemos então reaparecer muitas vezes na Terra?

“Certamente.”

b) - Podemos voltar a este, depois de termos vivido em outros mundos?

“Sem dúvida. É possível que já tenhais vivido algures e na Terra.”

174. - Tornar a viver na Terra constitui uma necessidade?

“Não; mas, se não progredistes, podereis ir para outro mundo que não valha mais do que a Terra e que talvez até seja pior do que ela.”

175. Haverá alguma vantagem em voltar-se a habitar a Terra?

“Nenhuma vantagem particular, a menos que seja em missão, caso em que se progride aí como em qualquer planeta.”

a) - Não se seria mais feliz permanecendo na condição de Espírito?

“Não, não; estacionar-se-ia e o que se quer é caminhar para Deus.”



222. Não é novo, dizem alguns, o dogma da reencarnação; ressuscitaram-no da doutrina de Pitágoras.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 02 de Julho de 2013, 00:03
Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus

      Brenno   (ref #151 em: 17 de Junho de 2013, 00:21)

      Conforti (msg anterior): Todas as doutrinas religiosas populares têm seus pontos confusos, obscuros, incoerentes e mesmo contraditórios. A doutrina espírita não está livre disso...

      Brenno: Mostre-nos então, Sr. Conforti, esses pontos (Questão/Resposta) da Doutrina Espírita onde o Sr. julga ver confusão, obscuridade, incoerência ou mesmo contradição, para que possamos, juntos, estudar e avaliar.
 
      Cel: conforme a DE, tudo vem da criação divina, dos universos, às menores partículas de matéria ou de energia, as bactérias e vírus etc. Mas de onde vem o egoísmo, a “chaga da humanidade”, origem de todos os defeitos morais? Fomos nós mesmos que, criados iguais, simples e ignorantes, por nossa própria vontade, por nosso livre-arbítrio, o colocamos em nossa natureza, em nosso coração, e à força? Ou vem do ato da criação? Ou nasceu na erraticidade?!

      Pela doutrina as duas últimas hipóteses são absurdas pois, ao sermos criados, só vimos com uma imperfeição, a ignorância, pai e mãe de todas as outras pois, se sábios fôssemos, nenhum erro cometeríamos, nenhuma imperfeição nos alcançaria, concorda? No entanto, o egoísmo é considerado a causa de todos os males q cometemos. Como entender isso se a própria doutrina afirma q o egoísmo é resultante da proximidade em q nos achamos da matéria, na qual somos colocados por Deus?

      Mas, então, como é q adquirimos tantas e tão monstruosas imperfeições? A vida nos ensinou a ser assim cheio de defeitos ou nós mesmos desejamos e escolhemos nos tornar cheios deles e, em consequência, podendo escolher ser felizes, estamos sempre escolhendo ser infelizes?

      LE /115 – “Dos Espíritos, uns terão sido criados bons e outros maus?”. Resp: “Deus criou todos os Espíritos simples e ignorantes, isto é, sem saber. A cada um deu determinada missão, com o fim de esclarecê-los e de os fazer chegar progressivamente à perfeição... Uns aceitam submissos essas provas e chegam mais depressa à meta que lhes foi assinada. Outros só a suportam murmurando e, pela falta em que desse modo incorrem, permanecem afastados da perfeição e da prometida felicidade”.

      Cel: aí está uma estranheza: "Deus criou os espíritos simples e ignorantes, mas lhes dá provas diferentes e, uns são submissos a elas enquanto outros, diferentemente dos primeiros, reclamam!" O que foi q produziu essa diferença entre espíritos criados iguais? Aí está afirmado que, antes de Deus lhes dar provas, já eram desiguais, pois q reagem desigualmente às provas, certo? Ou se tornam desiguais devido a q as missões q Deus lhes dá são desiguais e, por isso, as reações são desiguais. Novamente vem a questão da desigualdade. Afinal, qual é a causa dessa desigualdade inicial? Meu amigo, vc não responderá a esta pergunta, mas não só vc; ninguém, nem qualquer religião a responderá porq elas mesmas não aceitarão a resposta!.

      LE /118 - Podem os Espíritos degenerar? Resp: Não; à medida que avançam, compreendem o que os distanciava da perfeição. Concluindo uma prova, o Espírito fica com a ciência que daí lhe veio e não a esquece. Pode permanecer estacionário, mas não retrograda.

      Cel: se não há degeneração, como devemos classificar o fato de nós, criados sem imperfeição alguma (exceto a ignorância), com o correr do tempo, séculos e milênios, nos tornarmos possuidores de tantas e tão monstruosas imperfeições? Vc classificaria isso de evolução ou degeneração, retrocesso, regressão, pois de uma condição de limpos de imperfeições nos tornamos possuidores de numerosas imperfeições? Como a DE afirma q o espírito não degenera, se ela mesmo afirma q, criados sem imperfeições (limpos, puros, livres, virgens de imperfeições), com o tempo nos tornamos cheios de imperfeições as mais monstruosas e degradantes?! Nós nos tornamos baixos, podres, corruptos, corrompidos, cheios de vícios e defeitos morais, q antes não tínhamos! Isso é progresso espiritual ou moral, ou é estagnação ou degeneração?

      LE /119 – “Não podia Deus isentar os Espíritos das provas que lhes cumpre sofrer para chegarem à primeira ordem?” Resp: “Se Deus os houvesse criado perfeitos, nenhum mérito teriam para gozar dos benefícios dessa perfeição. Onde estaria o merecimento sem a luta? Demais, a desigualdade entre eles existente é necessária às suas personalidades. Acresce ainda que as missões que desempenham nos diferentes graus da escala estão nos desígnios da Providência, para a harmonia do Universo.” 

       Cel: novamente a mesma pergunta: de onde se origina essa desigualdade? O que é que causa a desigualdade se são todos iguais no ato da criação? Meu amigo, ninguém q esteja ligado a qualquer religião consegue responder a esta pergunta; a resposta existe mas, dificilmente, as religiões e seus seguidores a aceitarão.

      LE /120 – “Todos os Espíritos passam pela fieira do mal para chegar ao bem?” Resp: “Pela fieira do mal, não; pela fieira da ignorância”.

      Cel: e, evidentemente, ninguém pode ser culpado ou responsabilizado por ser ignorante; ainda mais sendo a ignorância uma circunstancia imposta, no ato da criação, pelo próprio Criador. Mas, e qual é a causa de nem todos passarem pela fieira do mal?

      LE /121- “Por que é que alguns Espíritos seguiram o caminho do bem e outros, o do mal?”. Resp: “Não têm eles o livre-arbítrio? Deus não os criou maus; criou-os simples e ignorantes, isto é, tendo tanta aptidão para o bem quanta para o mal. Os que são maus, assim se tornaram por vontade própria”.
     
      Cel: novamente a questão das desigualdades q ninguém explica. E mais uma coisa: Deus a todos nós criou ignorantes e simples e nos deu aptidões, possibilidades, habilidades, disposição e portas totalmente abertas para escolhermos seguir pelo caminho do bem ou pelo do mal e, depois, se seguimos pelo do mal, nos pune! E mais uma coisa: por ser ignorante o espírito pode errar desde o princípio, pois pode escolher, por ser ignorante, o caminho errado e não é sua a culpa, mas do fato de ser ignorante!!

      Quem responde?  Quem pode explicar: todos criados iguais; no entanto, as vontades se tornam desiguais e a resistência às tentações também! Uns têm forças para resistir às tentações; outros não têm. Vê-se que ter ou não forças para resistir às tentações já não é por vontade própria, certo? (e por não ter forças, não há deméritos!). Então, porque é? E o que é que faz que uns resistam e outros não?

      LE /122 – “Como podem os Espíritos, em sua origem, quando ainda não têm consciência de si mesmos, gozar da liberdade de escolha entre o bem e o mal...? Resp: “O livre-arbítrio se desenvolve à medida que o Espírito adquire a consciência de si mesmo. Já não haveria liberdade, desde que a escolha fosse determinada por uma causa independente da vontade do Espírito. A causa não está nele, está fora dele, nas influências a que cede em virtude da sua livre vontade”. Pergunta a) “Donde vêm as influências que sobre ele se exercem?”. Resp: “Dos Espíritos imperfeitos, que procuram apoderar-se dele, dominá-lo, e que rejubilam com o fazê-lo sucumbir”.

       Cel: veja aí uma resposta confusa: "não haveria liberdade se a causa fosse determinada por uma causa independente da vontade do espirito. A causa não está nele, está fora dele, nas influências a que cede em virtude da sua livre vontade”. Afinal, isso significa q há, ou não há liberdade à ação do espirito? Aí mesmo está se afirmando q, para q haja liberdade, a causa tem de depender do espirito, ao mesmo tempo q afirma q a causa está fora do espirito!? E veja q essas palavras apoiam o q sempre digo: q todas as lições (as causas do q fazemos) vêm da escola da vida e não da responsabilidade do espírito. Como diz a questão acima, “a causa não está nele, está fora dele, nas influências a que cede em virtude da sua livre vontade”. Veja q aí se afirma q as causas estão <fora> do espírito, certo?

      E de novo a questão de máxima importância (pois q pelas desigualdades é q os procedimentos são desiguais e uns podem ser felizes e outros infelizes e a busca de <todos> os homens, <sem exceção”, é a felicidade): porq uns têm vontade suficiente para resistir às influencias nocivas dos espíritos imperfeitos, e outros não têm?! Em nenhuma religião há resposta definitiva para esta pergunta.

      LE/124 – “Pois que há Espíritos que desde o princípio seguem o caminho do bem absoluto e outros, o do mal absoluto, deve haver, sem dúvida, gradações entre esses dois extremos, não?” Resp: “Sim, certamente, e os que se acham nos graus intermediários constituem a maioria.”

      Cel: meu amigo, aí está uma questão/resposta até mesmo contraditória, e a questão q ela provoca, também nem vc nem qualquer religião responde. <No princípio>, somos todos perfeitamente iguais; no entanto, <desde o princípio> somos desiguais pois a doutrina afirma q <desde o princípio>, uns seguem pelo caminho do bem absoluto, enquanto outros, também <desde o princípio>, seguem pelo caminho do mal absoluto! Como explicar isso?

      LE /131 – “Há demônios, no sentido que se dá a esta palavra?”. Resp: “Se houvesse demônios, seriam obra de Deus. Mas,...”.

       Cel: amigo, demônios não existem, é evidente; no entanto, o mal existe, concorda? E, segundo a doutrina, todo mal procede dos espíritos, certo? E de onde procedem os espíritos? É evidente q é de Deus, o Criador de todas as coisas, a causa primária de tudo q existe. Mas como o mal pode proceder do espírito se o espírito procede de Deus, e de Deus, conforme afirma a doutrina, nada q procede pode ser mau, injusto ou ininteligente? Vc consegue explicar isto?
 
      Cel: meu amigo; aí estão apenas algumas questões de respostas estranhas; há muitas outras!
..................................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amós Ribeiro em 02 de Julho de 2013, 02:25

Eu particularmente, não creio que nossos irmãos superiores estejam no ápice da evolução, daí as contradições. mas por serem superiores no sentido moral fazem o que podem para nos ajudar à evoluir, porem não tem às chaves de todos os conhecimentos, ainda não são oniscientes.

 
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 03 de Julho de 2013, 18:00
Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
      Marcos Borges    (ref #166 em: 27.06.13, as 03:23)

      Olá, amigo Borges,
      (Obs: repeti trechos de msg anterior para q não se perca o fio da meada)

      Conforti (msg anterior): "À vertente popular pertencem as religiões q vemos pelo mundo; à vertente não popular, são certas denominações erradamente chamadas religiões, mas q, de religiões nada têm, senão o trabalho de buscar "aquilo" a que as religiões exotéricas dão o nome de Deus.

      Digo "aquilo" porq, nas linhas esotéricas (talvez em todas), não se busca, nem se crê num Deus criador, vingador, punidor, finito, com características pessoais à “imagem e semelhança” dos homens, que necessita de auxiliares e prepostos para cumprir seus desígnios, e que está em algum lugar do universo, afastado de suas criaturas, ele "lá", nós "aqui".

      Nelas, busca-se a união com o Todo, com o Absoluto, o Eu, o Único sem Segundo, o Tudo e o Nada, com a Realidade Ultima (ou, conforme os nomes q as facções populares usam, a Divindade ou Deus)."

      Borges escreveu: No que tange o Budismo existem diferentes escolas cada qual com suas tradições, mas todas seguem os ensinamentos orais de Buda, que foi passado pelos seus discípulos. Nunca soube que existe uma forma popular e não-popular no budismo. Não existe no budismo ensinamentos esotéricos e herméticos.

      Conf: olá, amigo Borges, é q eu não fui claro; a vertente esotérica das religiões (logo também a do budismo), como coloquei, não é constituída de grupos de pessoas organizadas para um estudo ou prática regular. Por isso, coloquei na msg anterior, “esse aspecto (o exotérico, popular), eventualmente, é substituído por algo, no qual não existe nem hierarquia, nem organização e, às vezes, nenhuma doutrina ou teoria” e, no qual o “buscador caminha sozinho”.

      Todas as religiões devem ter esse aspecto esotérico, q não tem nada a ver com ocultismo, hermetismo ou coisa semelhante; são apenas aqueles q, em sua busca da verdade, vão “além” de suas religiões, pois nelas não mais encontram as respostas que procuram. Não mais encontrando respostas nas religiões, muitos se satisfazem com as q já têm ou, desiludidos, estagnam em suas buscas; mas outros, insatisfeitos, determinados, vão em frente e decidem encetar uma busca por conta própria; por isso disse q muitas vezes estão sozinhos e q não mais seguem teorias nem doutrinas. As denominações q indicam religiões conhecidas, apenas mostram de onde vieram, e foram dadas para fins de compreensão ou estudo.

      Observe, o amigo Borges, q esses não são nem monges, nem budistas q, como esses q, como vc disse, não seguem o sacerdócio e recebem o mesmo ensinamento dos que procuram a vida monástica. Eles não recebem ensinamentos de mais ninguém (talvez alguns procurem aqueles q são considerados sábios entre os homens; a busca deve ter muitas nuances). Logo, nenhum código de conduta, senão o q sua mente lhe faz compreender, nenhuma muleta, nenhuma autoridade. Todas as religiões, doutrinas, crenças, o amigo sabe, são apenas muletas para aqueles q ainda não sabem andar sozinhos. Para aqueles q pertencem à vertente esotérica, na qual, como coloquei na msg anterior, “não existe nenhuma divisão” (como cristianismo, islamismo, hinduísmo, etc), as muletas foram abandonadas e continuam a busca caminhando sobre as próprias pernas.
.........................................




Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 03 de Julho de 2013, 23:12

Todas as doutrinas religiosas populares têm seus pontos confusos, obscuros, incoerentes e mesmo contraditórios. A doutrina espírita não está livre disso...


A Doutrina Espírita não tem nenhum ponto confuso, obscuro, incoerente e nem contraditório!

Basta estudá-la, amigo Conforti.

Para esclarecer suas dúvidas comece pelo Capítulo III de A Gênese!

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 03 de Julho de 2013, 23:20

Eu particularmente, não creio que nossos irmãos superiores estejam no ápice da evolução, daí as contradições. mas por serem superiores no sentido moral fazem o que podem para nos ajudar à evoluir, porem não tem às chaves de todos os conhecimentos, ainda não são oniscientes.

 

O Espíritos Superiores não estão no ápice da evolução espiritual, pois ainda não são Puros Espíritos, e não serão oniscientes pois este é um atributo exclusivo de Deus!

Quanto à Doutrina que nos ensinaram, contém ela tudo o que é necessário para atingirmos o grau de evolução que comporta o estágio do Planeta em que vivemos. Não havendo nela (Doutrina Espírita) nenhuma contradição!

As supostas contradições estão, na Verdade, na deficiência de entendimento de alguns que assim pensam!

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 04 de Julho de 2013, 18:16
          O amigo sugeriu estudarmos "A Gênese".

          Vamos lá. Vamos ver como é necessário raciocinar, e muito, para que tenhamos uma “fé raciocinada”, como manda a doutrina:

          “A Gênese (??, ??): "Sendo Deus o princípio de todas as coisas e sendo todo sabedoria, todo bondade, todo justiça, tudo o que dele procede há de participar dos seus atributos, pois o que é infinitamente sábio, justo e bom nada pode produzir que seja ininteligente, mau e injusto. O mal que observamos não pode ter nele a sua origem".

      "A Gênese", portanto, afirma que “de Deus nada pode proceder que seja mau, ou injusto ou destituído de inteligência”. No entanto, é patente a todos nós, q de Deus procedem seres, nós mesmos, com aptidões, possibilidades, habilidades, disposições, desejos e plena liberdade para q nos tornemos maus, injustos e sem inteligência em nossas ações e que, por ser onisciente, Deus sabe ao nos criar, desde sempre, em que tipos de monstros nos tornaremos; sabe, portanto, q está criando seres q se tornarão verdadeiros monstros; e, depois, estranhamente, nos pune por termos nos tornado monstros, sendo q Ele mesmo nos criou com essas aptidões, com essa destinação!!

      Afinal, de onde procedem os espíritos, de onde procedemos nós? O que somos nós, q sempre estamos sendo penalizados pela Lei, justamente pelo fato de sermos maus, injustos e de agirmos de modo totalmente ininteligente (pois agimos contra nós mesmos!)? Somos realmente seres procedentes de Deus e de uma criação “especial”, como afirma a codificação? E quais serão os seres que procedem de Deus e que não são nem ininteligentes, nem maus, nem injustos?

      Veja a questão LE/610: “... o homem, na ordem da criação, é um ser à parte, visto possuir faculdades que o distinguem de todos os outros e ter outro destino. A espécie humana é a que Deus  escolheu para a encarnação dos seres que podem conhecê-lo”.

      Daí se deduz que a espécie humana, criação divina, pois por Deus produzida, é das mais importantes, concordam?! Contudo, criados todos iguais, sob todos os aspectos, em que nos transformamos nós, criaturas divinas que somos, pois procedemos de Deus?! Em verdadeiros monstros de perversidade, corruptos, imorais e amorais, destruidores da harmonia da própria criação divina (e somos criados por que Deus de nós necessita para que O auxiliemos - pois o Todo Poderoso precisa de quem o auxilie - na obra de Sua criação!), pedófilos, estupradores, destruidores e exploradores dos semelhantes, criminosos dos crimes mais hediondos, loucos, malignos e, sobretudo produtores de todo o mal e sofrimentos do mundo!

      E todas essas criaturas, por mais defeituosas moralmente q sejam, são divinas; viemos da divina criação, somos produtos de Deus, procedemos de Deus do qual, como afirma a DE, nada pode proceder q seja mau, injusto ou ininteligente! Como dizer então, como está em “A Gênese”, que nada que procede de Deus pode ser mau ou injusto ou não-inteligente?!

      Talvez, digam: “mas no momento da criação não somos nem maus, nem injustos, nem ininteligentes, é isso q a questão está afirmando! E (é) depois que nos tornamos tão imperfeitos assim!”

      Então, perguntaríamos: “e qual é a causa de nos tornarmos assim tão imperfeitos, criaturas q somos da Suprema Perfeição?” Evidentemente, nos tornamos tão imperfeitos devido às influências vindas das experiências/lições q recebemos da escola que, conforme as doutrinas, é criada por Deus para q nela aprendamos a nos libertar das imperfeições.

      Sinceramente, quem me ajuda a entender isso? Na mesma escola destinada por Deus para q nela aprendamos a nos libertar das imperfeições, é nela mesma q aprendemos a nos prender às mais monstruosas imperfeições!!
............................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amós Ribeiro em 04 de Julho de 2013, 22:25
          O amigo sugeriu estudarmos "A Gênese".

          Vamos lá. Vamos ver como é necessário raciocinar, e muito, para que tenhamos uma “fé raciocinada”, como manda a doutrina:... libertar das imperfeições, é nela mesma q aprendemos a nos prender às mais monstruosas imperfeições!!
............................

A meu ver, o problema da humanidade é  pensar que 'Deus' é uma ser pessoa.

Em alguma das obras espirita ensina que Deus é um ser pessoal? há espirita dizendo que não, porém não cheguei a fazer um estudo profundo sobre esta questão.
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 05 de Julho de 2013, 03:27
          O amigo sugeriu estudarmos "A Gênese".

          Vamos lá. Vamos ver como é necessário raciocinar, e muito, para que tenhamos uma “fé raciocinada”, como manda a doutrina:... libertar das imperfeições, é nela mesma q aprendemos a nos prender às mais monstruosas imperfeições!!
............................

A meu ver, o problema da humanidade é  pensar que 'Deus' é uma ser pessoa.

Em alguma das obras espirita ensina que Deus é um ser pessoal? há espirita dizendo que não, porém não cheguei a fazer um estudo profundo sobre esta questão.


Aí depende do que o amigo Amós entende por "ser pessoal".

Qual o entendimento que o amigo tem desse conceito?

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 05 de Julho de 2013, 04:34
     
     O amigo sugeriu estudarmos...............................................
...............................................................mais monstruosas imperfeições!!


"A Gênese", portanto, afirma que “de Deus nada pode proceder que seja mau, ou injusto ou destituído de inteligência”. No entanto, é patente a todos nós, q de Deus procedem seres, nós mesmos, com aptidões, possibilidades, habilidades, disposições, desejos e plena liberdade para q nos tornemos maus, injustos e sem inteligência em nossas ações e que, por ser onisciente, Deus sabe ao nos criar, desde sempre, em que tipos de monstros nos tornaremos; sabe, portanto, q está criando seres q se tornarão verdadeiros monstros;

Até aqui, perfeito.


e, depois, estranhamente, nos pune por termos nos tornado monstros, sendo q Ele mesmo nos criou com essas aptidões, com essa destinação!!

Errado! Deus não nos pune, sofremos as consequências de nossos atos! E Deus não nos criou com a destinação de nos tornarmos monstros mas de nos tornarmos perfeitos!


Afinal, de onde procedem os espíritos, de onde procedemos nós?

De Deus!


O que somos nós, q sempre estamos sendo penalizados pela Lei, justamente pelo fato de sermos maus, injustos e de agirmos de modo totalmente ininteligente (pois agimos contra nós mesmos!)?

Ignorantes!


Somos realmente seres procedentes de Deus e de uma criação “especial”, como afirma a codificação?

Sem dúvida!


E quais serão os seres que procedem de Deus e que não são nem ininteligentes, nem maus, nem injustos?

Aqueles que já se purificaram, atingiram a perfeição.


Veja a questão LE/610: “... o homem, na ordem da criação, é um ser à parte, visto possuir faculdades que o distinguem de todos os outros e ter outro destino. A espécie humana é a que Deus  escolheu para a encarnação dos seres que podem conhecê-lo”.


Perfeito! A Doutrina Espírita se refere aqui à espécie humana (Corpos materiais).


Daí se deduz que a espécie humana, criação divina, pois por Deus produzida, é das mais importantes, concordam?!

Sim!


Contudo, criados todos iguais, sob todos os aspectos, em que nos transformamos nós, criaturas divinas que somos, pois procedemos de Deus?! Em verdadeiros monstros de perversidade, corruptos, imorais e amorais,

Consequência da diversidade de experiências, tempo de existência e exercício do Livre-Arbítrio!

Lembrando ainda que nem todos somos monstros de perversidade, corruptos, imorais e amorais, pedófilos, estupradores, destruidores e exploradores dos semelhantes, criminosos dos crimes mais hediondos, loucos, malignos e, sobretudo produtores de todo o mal e sofrimentos do mundo!


destruidores da harmonia da própria criação divina

Nada nem ninguém é capaz de destruir a harmonia da criação Divina.


(e somos criados por que Deus de nós necessita para que O auxiliemos - pois o Todo Poderoso precisa de quem o auxilie - na obra de Sua criação!)

Existe uma diferença muito grande entre necessitar e querer!

Deus apenas quer que contribuamos para a obra da criação mas não necessita!


E todas essas criaturas, por mais defeituosas moralmente q sejam,

Mais uma vez: Não somos defeituosos mas ignorantes.


são divinas; viemos da divina criação, somos produtos de Deus, procedemos de Deus do qual, como afirma a DE, nada pode proceder q seja mau, injusto ou ininteligente!

Perfeito!


Como dizer então, como está em “A Gênese”, que nada que procede de Deus pode ser mau ou injusto ou não-inteligente?!

Porque o mal, a injustiça e o agir com ininteligência procede de nós mesmos e não de Deus!

Livre-Arbítrio! Lembra-se?


Talvez, digam: “mas no momento da criação não somos nem maus, nem injustos, nem ininteligentes, é isso q a questão está afirmando! E (é) depois que nos tornamos tão imperfeitos assim!”

Ninguém "se torna" imperfeito! A imperfeição à que a Doutrina Espírita se refere é a ignorância. E é desta, aliada à diversidade de tempo de criação e de experiências mais o exercício do Livre-Arbítrio, que procedem o mal, a injustiça e a "ininteligência".


Então, perguntaríamos: “e qual é a causa de nos tornarmos assim tão imperfeitos, criaturas q somos da Suprema Perfeição?”

Não há causa para um efeito inexistente! Pois que não nos tornamos imperfeitos!


Evidentemente, nos tornamos tão imperfeitos devido às influências vindas das experiências/lições q recebemos da escola que, conforme as doutrinas, é criada por Deus para q nela aprendamos a nos libertar das imperfeições.

Mais uma vez: Não nos tornamos imperfeitos!


Sinceramente, quem me ajuda a entender isso? Na mesma escola destinada por Deus para q nela aprendamos a nos libertar das imperfeições, é nela mesma q aprendemos a nos prender às mais monstruosas imperfeições!!

Nunca! Jamais o Sr entenderá a Justiça Divina enquanto buscar entendimento partindo de princípios totalmente equivocados!



Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amós Ribeiro em 06 de Julho de 2013, 03:36
          O amigo sugeriu estudarmos "A Gênese".

          Vamos lá. Vamos ver como é necessário raciocinar, e muito, para que tenhamos uma “fé raciocinada”, como manda a doutrina:... libertar das imperfeições, é nela mesma q aprendemos a nos prender às mais monstruosas imperfeições!!
............................

A meu ver, o problema da humanidade é  pensar que 'Deus' é uma ser pessoa.

Em alguma das obras espirita ensina que Deus é um ser pessoal? há espirita dizendo que não, porém não cheguei a fazer um estudo profundo sobre esta questão.


Aí depende do que o amigo Amós entende por "ser pessoal".

Qual o entendimento que o amigo tem desse conceito?


Me refiro à um ser que possui personalidade, características e individualidades.
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 06 de Julho de 2013, 04:15

Me refiro à um ser que possui personalidade, características e individualidades.



Então podes considerá-lo como um ser pessoal.

Pois que Deus é um Ser que possui Inteligência, Vontade Própria e Consciência de Si mesmo (Personalidade), Características Próprias (Atributos) e Individualidade (É distinto de Sua criação).

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amós Ribeiro em 06 de Julho de 2013, 04:20

Me refiro à um ser que possui personalidade, características e individualidades.



Então podes considerá-lo como um ser pessoal.

Pois que Deus é um Ser que possui Inteligência, Vontade Própria e Consciência de Si mesmo (Personalidade), Características Próprias (Atributos) e Individualidade (É distinto de Sua criação).

Segundo à doutrina Deus é uma pessoa?
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 06 de Julho de 2013, 05:31

Segundo à doutrina Deus é uma pessoa?


13. Quando dizemos que Deus é eterno, infinito, imutável, imaterial, único, onipotente, soberanamente justo e bom, temos ideia completa de Seus atributos?

“Do vosso ponto de vista, sim, porque credes abranger tudo. Sabei, porém, que há coisas que estão acima da inteligência do homem mais inteligente, as quais a vossa linguagem, restrita às vossas idéias e sensações, não tem meios de exprimir. A razão, com efeito, vos diz que Deus deve possuir em grau supremo essas perfeições, porquanto, se uma Lhe faltasse, ou não fosse infinita, já Ele não seria superior a tudo, não seria, por conseguinte, Deus. Para estar acima de todas as coisas, Deus tem que se achar isento de qualquer vicissitude e de qualquer das imperfeições que a imaginação possa conceber.”

Deus é eterno. Se tivesse tido princípio, teria saído do nada, ou, então, também teria sido criado, por um ser anterior. É assim que, de degrau em degrau, remontamos ao infinito e à eternidade.

É imutável. Se estivesse sujeito a mudanças, as leis que regem o Universo nenhuma estabilidade teriam.

É imaterial. Quer isto dizer que a sua natureza difere de tudo o que chamamos matéria. De outro modo, ele não seria imutável, porque estaria sujeito às transformações da matéria.

É único. Se muitos Deuses houvesse, não haveria unidade de vistas, nem unidade de poder na ordenação do Universo.

É onipotente. Ele o é, porque é único. Se não dispusesse do soberano poder, algo haveria mais poderoso ou tão poderoso quanto ele, que então não teria feito todas as coisas. As que não houvesse feito seriam obra de outro Deus.

É soberanamente justo e bom. A sabedoria providencial das leis divinas se revela, assim nas mais pequeninas coisas, como nas maiores, e essa sabedoria não permite se duvide nem da justiça nem da bondade de Deus.

14. Deus é um ser distinto, ou será, como opinam alguns, a resultante de todas as forças e de todas as inteligências do Universo reunidas?

Se fosse assim, Deus não existiria, porquanto seria efeito e não causa. Ele não pode ser ao mesmo tempo uma e outra coisa.
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amós Ribeiro em 06 de Julho de 2013, 12:59


Não vi alguma afirmação, em relação à deus como uma pessoa :-\
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 07 de Julho de 2013, 04:47


Não vi alguma afirmação, em relação à deus como uma pessoa :-\


Se você vê, entende, uma pessoa como um ser humano, é evidente que Deus não é uma pessoa (ser Humano).

Mas se entendermos por pessoa um ser que possui Individualidade, Personalidade (Consciência de si Mesmo e Vontade Própria) e Atributos Próprios, então Deus é, sim, uma pessoa.

Mais simples e claro do que isso é impossível de se expressar!

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 07 de Julho de 2013, 23:06
      Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus

      Amós  (ref 184 em: 04 de Julho de 2013, 22:25)

      Conforti (msg anterior):... na escola da vida para onde somos compulsoriamente mandados para aprender a nos libertar das imperfeições, é nela mesma q aprendemos a nos prender às mais monstruosas imperfeições!!!!
............................

       Amós escreveu: A meu ver, o problema da humanidade é pensar que 'Deus' é um ser pessoal. Em alguma das obras espíritas ensina que Deus é um ser pessoal?

      Conf: acredito q, hoje, nenhuma religião ainda afirme q Deus é um ser pessoal. Entretanto, tudo q os homens dizem sobre Deus, vem do q as religiões e doutrinas nos dizem. O problema é q elas nos dizem tantas tolices, muitas baseadas em superstições e suposições, e conceitos q as tradições, culturas e sociedades a q pertencemos, passam para nós.

      Mas, será mesmo esse “o” problema da humanidade? Ou o problema da humanidade será o fato de, para tudo, dependermos de Deus, de suas leis, de seu perdão ou de interpretarmos tudo isso erradamente?

      Veja que, os homens, nós, na ansiedade e esperança de q haja algo q, afinal, faça cessar os sofrimentos q, sem dúvida e inexoravelmente atinge a todos, e q nos leve a uma condição de felicidade duradoura, conferimos a Deus, mesmo sem conhecê-lo, uma série de atributos baseados nas virtudes humanas, levadas a mais alta potência. Nos baseamos no que as religiões nos comunicam, pois temos confiança em suas fontes. No entanto, as concepções das religiões sobre o Criador são, por vezes, enormemente contraditórias pois, eqto para umas Deus é amor e justiça, para outras Deus é ódio e vingança.

      Mas,“o” problema da humanidade, o verdadeiro problema, com certeza, é a ignorância. Observe q, da ignorância vêm todos os problemas do mundo. Lembremos q a doutrina afirma q o egoísmo é a maior chaga da humanidade e q, do fato de usarmos erradamente o livre-arbítrio, nascem todos os males do mundo. Se fôssemos sábios, e não ignorantes, evidentemente não mais seríamos egoístas e não usaríamos o livre-arbítrio de modo a causar danos aos irmãos e, consequentemente, a sermos, num futuro próximo ou longínquo, submetidos a sofrimentos torturantes a se alongarem por multiplicadas encarnações dolorosas e se estenderem a até milhões de anos, como diz a doutrina!

       A ignorância é pai e mãe de todos os nossos erros! Tanto q, pelas doutrinas, o espírito encarna para, afinal, chegar à sabedoria.

      E preciso compreender q, qdo as doutrinas ou religiões se referem à ignorância, q é o q atrasa o processo evolutivo, ou à sabedoria, q é o q o faz avançar, evidentemente não estão se referindo à uma sabedoria de conhecimentos humanos, ciências, tecnologias, medicinas, matemáticas, filosofias etc (de como construir aviões, foguetes, mísseis, televisores, ultrassons, de como chegar a Marte, descobrir a cura para doenças etc etc), mas a uma sabedoria q, certamente, representa o conhecimento das coisas do espírito, de Deus, e que nos levará à compreensão de quais devem ser nossos procedimentos, ações e obras, para atingirmos a libertação que nos aproximará da perfeição do espírito.

      Contudo, quer O acreditemos um ser pessoal ou impessoal, o mundo será o mesmo, mas nossa compreensão de o q seja a vida e de o q sejamos nós mesmos, e mesmo de qual seja o trabalho a desenvolver para que de Sua perfeição nos aproximemos, podem se transformar profundamente.
.......................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 08 de Julho de 2013, 01:40

Conf: acredito q, hoje, nenhuma religião ainda afirme q Deus é um ser pessoal. Entretanto, tudo q os homens dizem sobre Deus, vem do q as religiões e doutrinas nos dizem. O problema é q elas nos dizem tantas tolices, muitas baseadas em superstições e suposições, e conceitos q as tradições, culturas e sociedades a q pertencemos, passam para nós.



Também para o amigo Conforti deixo a pergunta:

O que o amigo considera como um "ser pessoal"?

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amós Ribeiro em 08 de Julho de 2013, 11:42
      Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus

      Amós  (ref 184 em: 04 de Julho de 2013, 22:25)

      Conforti (msg anterior):... na escola da vida para onde somos compulsoriamente mandados para aprender a nos libertar das imperfeições, é nela mesma q aprendemos a nos prender às mais monstruosas imperfeições!!!!
............................

       Amós escreveu: A meu ver, o problema da humanidade é pensar que 'Deus' é um ser pessoal. Em alguma das obras espíritas ensina que Deus é um ser pessoal?... mesmos, e mesmo de qual seja o trabalho a desenvolver para que de Sua perfeição nos aproximemos, podem se transformar profundamente.
.......................

Realmente amigo Conforti, a ignorância é a causa de todos os males!

Abraços meu irmão.
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 08 de Julho de 2013, 16:17

 a ignorância é a causa de todos os males!



Assim nos ensina a Doutrina Espírita:

Fomos criados simples e ignorantes, pela Vontade Soberana de Deus!





Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 10 de Julho de 2013, 19:55
Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
      Brenno  (ref #196 em: 08 de Julho de 2013, 16:17).

      O amigo Brenno citou o q disse o Amós:

      Amós disse: "a ignorância é a causa de todos os males!".

      Brenno acrescentou: Assim nos ensina a Doutrina Espírita: Fomos criados simples e ignorantes, pela Vontade Soberana de Deus!

      Conf: Não sei se, pelo fato de ter citado o q disse o Amós, isso significa q o Brenno concordou com o que ele disse. Mas, se concordou com q a "ignorância é a causa de todos os males", e acrescentou q "a ignorância nos é dada pela Soberana Vontade de Deus", a quem caberá a responsabilidade do surgimento de tantos males no mundo, se a ignorancia é a causa de todos eles?
.......................................

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 11 de Julho de 2013, 06:46
Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
      Brenno  (ref #196 em: 08 de Julho de 2013, 16:17).

      O amigo Brenno citou o q disse o Amós:

      Amós disse: "a ignorância é a causa de todos os males!".

      Brenno acrescentou: Assim nos ensina a Doutrina Espírita: Fomos criados simples e ignorantes, pela Vontade Soberana de Deus!

      Conf: Não sei se, pelo fato de ter citado o q disse o Amós, isso significa q o Brenno concordou com o que ele disse. Mas, se concordou com q a "ignorância é a causa de todos os males", e acrescentou q "a ignorância nos é dada pela Soberana Vontade de Deus", a quem caberá a responsabilidade do surgimento de tantos males no mundo, se a ignorancia é a causa de todos eles?
.......................................


A responsabilidade da prática do Bem ou do Mal só pode ser daquele que o pratica.

Deus nos criou ignorantes mas não nos lançou no Mundo a viver como homens já conscientes e responsáveis. O princípio de nossa evolução é nos seres unicelulares.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 12 de Julho de 2013, 23:29
Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
      Brenno     (ref #198, 11.07.13, às 06:46)

      Amós (msg anterior): a ignorância é a causa de todos os males!.

      Brenno acrescentou: Assim nos ensina a Doutrina Espírita: Fomos criados simples e ignorantes, pela Vontade Soberana de Deus!

      Conf: Não sei se, pelo fato de ter citado o q disse o Amós, isso significa q o Brenno concordou com o que ele disse. Mas, se concordou com q a "ignorância é a causa de todos os males", e acrescentou q "a ignorância nos é dada pela Soberana Vontade de Deus", a quem caberá a responsabilidade do surgimento de tantos males no mundo, se a ignorância é a causa de todos eles?

      Brenno respondeu: A responsabilidade da prática do Bem ou do Mal só pode ser daquele que o pratica.

      Conf: meu jovem, novamente não entendo seu raciocínio. Todos os erros, “pecados” que praticamos, são exatamente vindos de nossa ignorância. Se sábios fôssemos nenhum erro praticaríamos, nenhum imperfeição ou defeito moral possuiríamos, é evidente. Logo, só praticamos o mal, por sermos ignorantes. E nem mesmo a falha justiça dos homens pune, senão por ser falha, os q erram por serem ignorantes.

       Brenno: Deus nos criou ignorantes mas não nos lançou no Mundo a viver como homens já conscientes e responsáveis. O princípio de nossa evolução é nos seres unicelulares.

      Conf: vc deve ter desejado escrever "mas nos lançou no mundo", mas escreveu "mas não nos lançou no mundo, certo? Mas, continuemos: e de onde nos vêm as aptidões, habilidades, possibilidades, desejos e absoluta liberdade para que caminhemos pela estrada do mal?

....................................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amós Ribeiro em 14 de Julho de 2013, 01:15
Amigos Conforti, Breno e todos que estão lendo este tópico,

É preciso do menor para se chegar o maior,  de sermos inferior para nos tornar superior, de sermos ignorantes para nos ternar sábios. não me perguntem porque o 1 tem que vim antes do 2  e logo após o 3, e se isto é bom ou mal.

Logo, logo veremos o mal como algo essencial no processo evolutivo, é preciso ser ignorante para tornar-se sábio.... o mal, a ignorância não é um absurdo, é algo preciso para nossa evolução.

Se somos espíritos eternos, e estamos na infância da eternidade, o que seremos daqui à bilhões de anos? estaremos rindo do mal, como rimos da ingenuidade de uma criança.

Porque o Cristo, Buda e outros mestres, acaçaram o amor incondicional? pois sabem que o mal é fruto da ignorância da falta de conhecimento, da ingenuidade espiritual... Foi por isso que fomos orientados a amar nossos inimigos e toda corja ruim.

Ainda que sejamos atingidos por um cometa, e formos extirpados da face da terra.... e daí? não estamos caminhado pra gozar de toda plenitude do universo?
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 14 de Julho de 2013, 03:05


      Conf: vc deve ter desejado escrever "mas nos lançou no mundo", mas escreveu "mas não nos lançou no mundo, certo? Mas, continuemos: e de onde nos vêm as aptidões, habilidades, possibilidades, desejos e absoluta liberdade para que caminhemos pela estrada do mal?




Mas não nos lançou no mundo a viver como Homens já conscientes e responsáveis. O princípio de nossa evolução é nos seres unicelulares.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 15 de Julho de 2013, 17:56
Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
      Amós   (ref #200)

      Amós escreveu: É preciso do menor para se chegar o maior,  de sermos inferior para nos tornar superior, de sermos ignorantes para nos ternar sábios...

      Conf: porq é preciso? E (é) preciso partir do inferior para o superior, ou isso é apenas uma dedução de nossa lógica, de nossa sabedoria cheia de falhas, tanto q Paulo disse: “a sabedoria dos homens é loucura para Deus”?

      Amós: Logo, logo veremos o mal como algo essencial no processo evolutivo, é preciso ser ignorante para tornar-se sábio.... o mal, a ignorância não é um absurdo, é algo preciso para nossa evolução.

      Conf: meu amigo Amós, sinceramente não entendi seu “é preciso ser ignorante para tornar-se sábio”; também não entendi “o mal é essencial no processo evolutivo”. Com isso o amigo quer dizer q, no seu entendimento, Deus criou o mal para que o espírito aprenda a não ter mal no coração? Deus criou o mal para q aprendamos a do mal nos livrar?

      E o amigo crê que todo esse mal que há no mundo é necessário, que o homem, criação Daquele q Suprema Perfeição, Infinita Sabedora é tão imperfeito e ignorante q só aprende com as dores dos cânceres, deformações mentais e físicas, estupros, crimes hediondos, doenças degradantes e fétidas, e todo esse rol sem fim de sofrimentos torturantes, desesperadores, insuportáveis q a vida nos oferece?

      O processo evolutivo, para a doutrina, é direcionado ao aperfeiçoamento espiritual, à “salvação” q, pela doutrina, só é possível pela prática da caridade, na sua acepção de amor.

      Devemos crer q o fato de a alguém a terrível lei de causa e efeito impor dores torturantes, a q muitos não resistem e até procuram por fim à vida, esse alguém aprende a sentir amor?!  O processo mais eficiente para fazer q alguém aprenda a amar, é fazer q esse alguém sofra terrivelmente?! Fazer sofrer, ensina a amar?! Ou faz até mesmo descrer de tudo e a odiar a vida e a Deus, que é o q tantas vezes vemos no mundo? Será que alguém conhece quem deixou de ser mau, e se tornou bom, pelo fato de as chicotadas dos sofrimentos torturantes lhe caírem sobre as costas?

      E (é) verdade q há quem, devido a penalidades sofridas passe a agir bondosamente, mas não por lhe ter nascido o amor, q antes não tinha, e sim por ter lhe nascido o medo de que os sofrimentos da lei se repitam.

      Amós: Se somos espíritos eternos, e estamos na infância da eternidade, o que seremos daqui à bilhões de anos? Estaremos rindo do mal, como rimos da ingenuidade de uma criança.

      Conf: isso diminui o sofrimento de alguém? Leve essas palavras à mãe que tem nos braços o filhinho agonizando com dores sem fim, àqueles que vêm seus filhos terem os pés amputados a machadadas, aos leprosos, aos cancerosos, àqueles q vêem seus filhos escravizados pelas drogas, ou a esposa, ou filha sequestrando crianças para lucrarem com a venda de órgãos. Diga-lhes que tudo isso passará em alguns “zilhões” de anos...

      Amós: Porque o Cristo, Buda e outros mestres, alcançaram o amor incondicional? Pois sabem que o mal é fruto da ignorância da falta de conhecimento, da ingenuidade espiritual... Foi por isso que fomos orientados a amar nossos inimigos e toda corja ruim.

      Conf: não, meu jovem; esses alcançaram o amor incondicional porq, pelo fato de terem conhecido a verdade, lhes despertou um amor quase “insuportável” pelos semelhantes (conforme testemunhos), pois vêem q estes continuam sofrendo de modo terrível exatamente por não conhecerem a verdade q eles já conhecem. Por esse amor, muitos morreram tentando ensinar como entrar no caminho q leva à verdade.
.............................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 15 de Julho de 2013, 18:07
Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus

      Brenno   (ref #201)

      Conf (msg anterior): Mas, de onde nos vêm as aptidões, habilidades, possibilidades, desejos e absoluta liberdade para que caminhemos pela estrada do mal?

      Breeno: Mas Deus não nos lançou no mundo a viver como Homens já conscientes e responsáveis. O princípio de nossa evolução é nos seres unicelulares.

      Conf: sim, meu jovem, isso explica o porq dos erros, mas não o porq dos sofrimentos dos homens.

      O amigo se esquece de q todos os sofrimentos dos homens vêm das transgressões à Lei de Deus; q só sofrem os q merecem (exceções apontadas pela DE).

      Assim, se sofremos (e a vida é sofrimento, entremeado de alguns momentos de descontração e alegrias; o tempo todo há sofrimentos, e sofrimentos terríveis, e basta olhar o mundo para ver q isso é uma verdade, tanto q a própria doutrina diz q este é um mundo de expiações, por erros praticados), e sofremos porq adquirimos habilidades, aptidões, possibilidades, propensões, desejos e absoluta liberdade para que caminhemos pela estrada dos erros e do mal, porq como vc mesmo explicou, devido ao fato de “o principio de nossa evolução é nos seres unicelulares", e devido a isso é que erramos tanto (por nos enchermos de imperfeições, como vc disse, porq “Deus não nos lançou ao mundo já conscientes e responsáveis”), onde estão as transgressões à Lei, q aí praticamos? O q é q justifica os sofrimentos dos homens?
..................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti em 15 de Julho de 2013, 19:05
Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus

      Amós   (ref #195 em: 08 de Julho de 2013, 11:42)

      Amós escreveu: Realmente amigo Conforti, a ignorância é a causa de todos os males!

      Conf: exatamente, amigo, pois se sábios fôssemos, e não ignorantes, nenhum erro cometeríamos, nos libertaríamos de todas as imperfeições, concorda?

      E, para que o amigo raciocine um pouco, lhe pergunto: sendo "a ignorância a causa de todos os males" qual é a causa da ignorância, já q sofremos e tantas vezes de modo torturante por praticarmos males justamente pelo fato de sermos ignorantes?
.............................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 16 de Julho de 2013, 00:47

Mas, de onde nos...........................
.......................................................dos homens?



Imperfeição = ignorância.

Para evoluir é necessário corrigir nossa imperfeição = ignorância e isso só é possível vivendo, tendo experiências, praticando atos.

Para aprender (evoluir) é necessário que soframos as consequências de nossos atos sejam elas boas ou ruins.

Quando fazemos uma escolha e praticamos o ato decorrente pela primeira vez, não temos a consciência, não sabemos, se é um bem ou um mal. Somente após fazermos a escolha, praticar o ato e sofrer as consequências dessa prática é que aprenderemos.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Amós Ribeiro em 16 de Julho de 2013, 02:24
Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus

      Amós   (ref #195 em: 08 de Julho de 2013, 11:42)

      Amós escreveu: Realmente amigo Conforti, a ignorância é a causa de todos os males!

      Conf: exatamente, amigo, pois se sábios fôssemos, e não ignorantes, nenhum erro cometeríamos, nos libertaríamos de todas as imperfeições, concorda?

      E, para que o amigo raciocine um pouco, lhe pergunto: sendo "a ignorância a causa de todos os males" qual é a causa da ignorância, já q sofremos e tantas vezes de modo torturante por praticarmos males justamente pelo fato de sermos ignorantes?
.............................


Amigo Conforti, não posso te explicar, porque um cão ou um gato não pode escrever, dirigir, ler ou falar....   .......rrsrsrrsrs........

Mais uma vez: não me perguntem porque o 1 tem que vim antes do 2  e logo após o 3, e se isto é bom ou mal.

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 16 de Julho de 2013, 07:12

Amigo Conforti, não posso te explicar



Alguns ousam pedir à Deus contas de Seus atos!

Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Conforti84 em 30 de Julho de 2013, 21:41
      Brenno Stoklos     (ref #12 em: 050613, às 00:58)

      O amigo Brenno colocou: O budismo não aceita Deus de forma nenhuma!

      Conf: não é isso! O budismo não aceita o Deus das religiões; tanto é assim q o que o budismo se propõe é a levar todos os homens àquilo que se resume no que de Deus, pregam as religiões – bem aventurança, felicidade sem mácula, amor incondicional, sabedoria.

      Mas não é o Deus das religiões ou doutrinas organizadas com base em livros ditos sagrados, um Deus idealizado, imaginado pelos homens segundo o q as doutrinas nos transmitem. É aquele Deus a que Jesus chamou de Pai, depois que percebeu q “eu e o Pai somos um!”.

      Brenno: O budismo quer, por força, que Deus seja o próprio homem!

      Conf: exatamente como está nas palavras de Jesus: 'eu/homem e Deus somos um!'; como está nas palavras de Paulo e de muitos outros q despertaram e compreenderam!

      Brenno: Arrogância, Prepotência, Orgulho!

      Conf: amigo Brenno, faltou aí uma palavra, com certeza a mais importante a ser colocada: ignorância, pois é da ignorância q nascem a arrogância, a prepotência e o orgulho, concorda? Então, meu jovem, só falta um esclarecimento, que pode trazer resposta a todas as nossas perguntas e dúvidas: se da ignorância, como vc sabe,  nascem todos esses defeitos morais e outros, de onde nasce a ignorância?

      Se todo efeito tem sua causa, qual será a causa q tem como efeito o fato de os filhos Daquele q, conforme a concepção dos espíritos encarnados ou não, é sabedoria, perfeição, amor, serem tão arrogantes, prepotentes, orgulhosos, ignorantes?

      (Não devemos esquecer que os termos Buda e Cristo têm o mesmo significado: significam q, conforme o entendimento geral, esses homens despertaram, compreenderam, tiveram a mente/consciência individual iluminada pela verdade).
.............................
Título: Re: Semelhanças entre os ensinamentos de Buda e Jesus
Enviado por: Brenno Stoklos em 31 de Julho de 2013, 00:11
   
      O amigo..............................
..........................................pela verdade.



O Livro dos Espíritos.

Estude e aprenda.