Forum Espirita

CONVÍVIO => Off-topic => Espiritualismo => Tópico iniciado por: ken em 16 de Maio de 2010, 17:09

Título: O Abismo (R.A.Ranieri/André Luiz)
Enviado por: ken em 16 de Maio de 2010, 17:09
Paz


Ken
Título: Re: O Abismo (R.A.Ranieri/André Luiz)
Enviado por: anjoverde em 16 de Maio de 2010, 23:02
obrigada Ken, pela postagem, adorei o livro
já havia lido outros que tambem falam sobre esses seres sofredores e ainda perdidos
bjks
Marli
Título: Re: O Abismo (R.A.Ranieri/André Luiz)
Enviado por: La. em 17 de Maio de 2010, 00:45
Com certeza uma das leituras mais marcante em minha vida! Que realmente deve ser divulgada e refletida!

Título: Re: O Abismo (R.A.Ranieri/André Luiz)
Enviado por: FELIPA ROOTS em 29 de Agosto de 2011, 14:13
ola irmãos
gostaria de saber se alguem apresentou dificuldades de ler este livro'o abismo'ja e a terceira vez que tento e nao consigo,sinto calafrios e um peso assustador fazendo com que eu pare a leitura.alguem tem ideia do que pode ser isso?

positividades
Título: Re: O Abismo (R.A.Ranieri/André Luiz)
Enviado por: HamLacerda em 29 de Agosto de 2011, 15:22
Com certeza uma das leituras mais marcante em minha vida! Que realmente deve ser divulgada e refletida!


Não pelos os espíritas, pois esse tipo de leitura não é diferente do que a Igreja Católica e outras religiões pregam para amedontrar as pessoas - neste caso, para vender livros.

Kardec, no livro O Céu e o Inferno, deixa muito claro que esse tipo de metodologia pscológica é muito prejudicial para o espírito, quando desencarna. Muito diferente dos livros de Chico, como Nosso Lar, no qual André Luiz fala sobre estas coisas, não para colocar medo nas pessoas, mas objetivando esclarecimentos. Aliás, dizer que este livro é de autoria do espírito de André Luiz, é atestar que não tem conhecimento algum nas obras de André Luiz. Esse livro é cheio de mitologia, de misticismo, esoterismo, uma linguagem totalmente diferente de André Luiz. etc do qual em André Luiz não vemos nem de longe. Pode se de algum André Luiz, menos do André Luiz que escreveu através de Chico.


Além disso, estas leituras perece que faz as pessoas perderem a compreensão na Doutrina Espírita. Já tive vários exemplos de amigos, parentes e conhecidos, que depois de lerem estes livros, ficam totalmente perdido nos ensinamentos de Kardec, ou seja, fazem uma bagunça tão grande na cabeça que não conseguem discernir uma coisa da outra. Passam a acreditar em coisas como talismãs, feitiços, que os espíritos tem poder de fazer mal aos desencarnados, etc, do qual, no Livro dos Espírito diz totalmente o contrário.


Não quero estender este assunto pq sei que tem muita gente apaixonada por estes livros. De fato, parece que temas de ficções, que meche com o medo das pessoas, tem muita aceitação.

Esse site abaixo foi quem abriu meus olhos para estes livros. No início, despertou a curiosidade para ler alguns deles, mas como sempre tive o hábito de pesquisar sobre o que leio, tive a sorte de cair neste site. E, sempre que recomendo para os amigos, que gostavam de ler estes livros, eles pararam imediatamente a leitura, pois este site é bem claro e lógico em seus argumentos.

http://www.orientacaoespirita.org/critica.htm

Título: Re: O Abismo (R.A.Ranieri/André Luiz)
Enviado por: HamLacerda em 29 de Agosto de 2011, 15:26
Aliás, este tópico não deveria está na área de "espiritualismo" ?
Título: Re: O Abismo (R.A.Ranieri/André Luiz)
Enviado por: Anton Kiudero em 29 de Agosto de 2011, 15:50
Esta critica do Passini é uma pandega. Não sabe do que esta falando...
Título: Re: O Abismo (R.A.Ranieri/André Luiz)
Enviado por: HamLacerda em 29 de Agosto de 2011, 17:45
Se é ou não, Anton, não vou entrar nesta discussão. Só falei do assunto pq colocaram o tópico na área de "livros espíritas".

Se tivesse postado na área correta, ou seja, no tema de espiritualismo, eu não teria dito uma só palavra.


Abraços
Título: Re: O Abismo (R.A.Ranieri/André Luiz)
Enviado por: GuiCruz em 16 de Setembro de 2016, 02:49
As obras de Raniere são místicas e sensacionalistas, carecem de embasamento e credibilidade.
Emmanuel disse a Chico que caso ele lhe ditasse algo que contrariasse Kardec que ficasse com Kardec e esquecesse o que disse. O mesmo se aplica aqui, qualquer obra que contrarie as obras básicas da doutrina e não passe pelo crivo de conselho sério, não merece figurar entre obras espíritas. Mistificadores e médiuns fascinados são os maiores inimigos da doutrina e ainda quase nada conhecemos das obras do Codificador para ousarmos descarta-las como superadas, afinal são obras do próprio Cristo que estaríamos cometendo a imprudência e a petulância de desmerece-las. As obras do Codificador representam o Consolador prometido por Cristo e assim será até o final dos tempos, como nos asseverou o próprio Cristo.