Forum Espirita

CONVÍVIO => Off-topic => Espiritualismo => Tópico iniciado por: rafa26 em 22 de Junho de 2010, 03:39

Título: Bebidas alcoolicas, fumo e alimentos em reuniões Umbandistas.
Enviado por: rafa26 em 22 de Junho de 2010, 03:39
 Pergunta de um leigo grande simpatizante do Espiritismo e Umbanda.

Amigos, no momento estou procurando me educar lendo vários livros Espíritas e Umbandistas, mas ainda sou leigo em muitas coisas.

A minha pergunta é, o que dizer se vou em um terreiro de Umbanda e a entidade se dizendo ser de alto escalão como um tranca-rua ou outro de mesma ou maior importância pede, aceita e ingere alguma bebida alcoolica e/ou um charuto ? Seria lícito e espiritual o consumo de cigarros, bebidas ou alimentos ? Ou estas entidades não seriam entidades tão elevadas. Lembrem-se que não estou afirmando nada e apenas questionando com todo respeito devido.

Não quero criar polêmica pois respeito todas as crenças, estou apenas em busca de esclarecimento de 2 filosofias/religiões que tanto admiro e também jamais conceberia um conceito dizendo que a prática umbandista está certa ou errada sem ter qualquer base ou conhecimento a respeito.

Grato a todos e qualquer comentário será muito bem apreciado.
Título: Re: Bebidas alcoolicas, fumo e alimentos em reuniões Umbandistas.
Enviado por: rafa26 em 22 de Junho de 2010, 18:27
Caro amigo Moura Rêgo, você concordaria no caso então que a declaração de Divaldo Franco teria sido uma declaração de certa forma infeliz no vídeo abaixo ?

Embora ele não cite o uso de bebidas, fumo ou alimentos ele afirma que os espíritos não são muito evoluídos correto ?

http://www.youtube.com/watch?v=jiSlMMCtSlE (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWppU2xNTUN0U2xF)

Título: Re: Bebidas alcoolicas, fumo e alimentos em reuniões Umbandistas.
Enviado por: Mourarego em 22 de Junho de 2010, 19:49
De certo modo não de todo e qualquer modo.

Há um certo número de anos, estava numa reunião mediúnica fechada, quando ocorreu uma psicofonia d um Espírito que se dizia preto velho. o diretor da reunião então explicou sob a tôinica de divaldo essa coisa toda e pediu para que o Espírito lhe desse o nome e obteve a seguinte resposta:
"Sabe meu caro, há mais de 100 anos trabalho dentro das tribos mias afastadas na África, e com as correntes de iniciação Umbandistas no Brasil inteiro.
Pertenço sim a falange desse abnegados Espíritos,  de impuros, rasos, incultos ou ignorantes nada têm.
A razão de ter escolhido como prova essa situação na qual me encontro deve-se a ter ido alguns reencarnes onde dizimei, terminei, escurracei milhares de negros, nascidos na África  na Guinpé, no Congo, enfim, onde estivesse eu. Dizimei vidas de famílias inteiras, perturbei a evolução de várias tribos, e consequentemente, essa me seria a melhor forma de utilizar melhor da inteligência para que acendesse mais na condição moral que me foi  faltante naquela época negra da minha existência.
Se quer o amigo posso sim dar a conhecer este meu lado juntamente como nome que tinha naqueles momentos, porém será que estarão preparados para receber tal influencia vibracional sem sofrer dela a consequencia nefanda?
Sem mais esperou pela resposta daquele diretor de trabalho, que calado estava e sem falar nada continuou.
Em seguida, o Espírito voltando ao seu gestual e falar característicos terminou seu palestrar dando a todos a mais fiel resposta sobre o assunto escolhido e em seguida retirou-se.
Todos saímos ganhando quer com a explicação do ponto quer como conhecimento maior do que  chamamos de falange espiritual.
Quem perdeu?
 Apenas o "diretor" do trabalho que além do mais perdeu tempo hábil em haver ficado calado...
Deve ter sido por esse tipo de atitude que célebre pensador afirmou: "As vezes, grande sabedoria demonstramos, a sabermos ficar calados." E que hoje em dia o nosso "baixinho marrento", Romário, repete a seu modo quando diz: "Tal pessoa, calada, é um poeta".
abraços,
Moura
Título: Re: Bebidas alcoolicas, fumo e alimentos em reuniões Umbandistas.
Enviado por: Juruba em 23 de Junho de 2010, 17:29
Pelo o que sei o fumo é usado pois carrega grande energia etérea e astral pois durante a germinação do fumo ele vai recebendo energias do solo, do sol etc...
a bebida (em pequenas quantidades) seria uma forma de proporcionar uma maior excitação no cérebro ao medium, como se fosse uma forma de ''abrir as portas da percepção'', mas na minha opinião o uso desses elementos poderia ser dispensado ao utilizarem outras formas de obter as energias necessárias!

Abraço

Marcos
Título: Re: Bebidas alcoolicas, fumo e alimentos em reuniões Umbandistas.
Enviado por: Mourarego em 23 de Junho de 2010, 18:47
Pelo o que sei o fumo é usado pois carrega grande energia etérea e astral pois durante a germinação do fumo ele vai recebendo energias do solo, do sol etc...
a bebida (em pequenas quantidades) seria uma forma de proporcionar uma maior excitação no cérebro ao medium, como se fosse uma forma de ''abrir as portas da percepção'', mas na minha opinião o uso desses elementos poderia ser dispensado ao utilizarem outras formas de obter as energias necessárias!

Abraço

Marcos
Nao mano Marcos,  todos esses artigos formam o material de plano que é apenas utilizado na transmutação de energias malsãs em energias boas
O médium não as precisa ingerir.
Abraços,
Moura
Título: Re: Bebidas alcoolicas, fumo e alimentos em reuniões Umbandistas.
Enviado por: Juruba em 23 de Junho de 2010, 23:10
Citar
Nao mano Marcos,  todos esses artigos formam o material de plano que é apenas utilizado na transmutação de energias malsãs em energias boas
O médium não as precisa ingerir.
Abraços,
Moura

Pois bem, muito obrigado pela elucidação!

Abraço

Marcos
Título: Re: Bebidas alcoolicas, fumo e alimentos em reuniões Umbandistas.
Enviado por: Fernando Louren em 09 de Agosto de 2010, 18:59
Procurem analisar essas ideias de acordo com as obras Basicas da Doutrina.Voces não irão encontrar em nenhuma parte essas necesssidades de utilzar fumo ou bebidas para transmutar energias.
Gente , se não esta na Doutrina   NÃO existe .

Grande braço 
Paz e alegria !!
Título: Re: Bebidas alcoolicas, fumo e alimentos em reuniões Umbandistas.
Enviado por: Mourarego em 10 de Agosto de 2010, 15:57
Se não está não doutrina não existe".
Ah, amigo Fernando não é assim que a banda toca!!!
Não estar na doutrina não faz não existir, amigo, mas sim demonstra que a doutrina não consagra aquele ponto dentro da mesma visão.
O Espiritismo não trabalhando materializadamente, não tem os mesmos pontos de apoio da umbanda, não necessita dos mesmos materiais de plano que a Umbanda, mas isso só sabe quem conhece profundamente a umbanda o que não é o caso.
A diferença maior entre essas duas especificidades do Espiritualismo é que uma, o Espiritismo, trabalho com o intelecto e a Umbanda trabalha dentro da esfera material.
Por isso meu amigo, a Umbanda necessita de materiais de plano como as comidas, nas linhas mais baixas, ou o alcool, a pólvora, e tantas outras coisas.
Dizer-se então, "não existe" é provar ignorância sobre o assunto.
Num exemplo simplório, eu relembro a obra Nosso Lar  te em que Veneranda entra na floresta para pedir aos seres elementares, que fabricassem para ela o extrato com certas plantas e ervas que ela usaria para curar o novo marido da ex de André.
Abraços,
Moura
Título: Re: Bebidas alcoolicas, fumo e alimentos em reuniões Umbandistas.
Enviado por: jorge romanholi em 11 de Agosto de 2010, 23:52
Acho que tais questionamentos são um tanto imprecisos ! a cada um é dada uma missão em um lugar ou doutrina especifica ! tudo tem uma razão de ser ! n ão podemos aqui ficar criticando quem é certo ou errado pois cada um se especialisa dentro da doutrina a que pertence . isto ocorre em religões espiritismo ou doutrinas espiritualistas . na minha doutrian espiritualista (vale do amanhecer) nos consideramos como ciencia espirita, temos nossos rituais e por exemplo a captação de ectoplasma se faz simplesmente ao emitir sons falados ou no canto . enquanto outras doutrinas as fazem como por exemplo com sacrificio de animais . quanto a bebida somos expressamente proibidos de beber para que tenhamos puros nossos organismos afim de incorporar espiritos de luz que em nossa lei (tambem seguida pelas entidades) jamais incoporariam em alguem sob ingestão de bebida alcooloica até mesmo por que nossa incorporação é semi-conciente o que nos da total controle de nosso corpo e mente, o que  não ocorre em algumas doutrinas que tem o medium sua faculdade toda tomada . mas a cada um o  seu entendimento e o que importa é a conduta moral e a intenção de cada um em relação a caridade. eu jamais iria para qualquer doutrina que usasse os dois lados da moeda . mas isso sou eu. cada um tem o seu caminho e um dia saberemos de fato se todo nosso conhecimento é verdadeiro ou não ! a unica verdade absoluta que conheço é que a caridade é o unico caminho !      boa sorte a todos !          
Título: Re: Bebidas alcoolicas, fumo e alimentos em reuniões Umbandistas.
Enviado por: Fernando Louren em 12 de Agosto de 2010, 15:01
Belas palavras amigo Jorge !!
...Caridade acima de tudo ...

Grande abraço e muita paz e alegria
Título: Re: Bebidas alcoolicas, fumo e alimentos em reuniões Umbandistas.
Enviado por: jorge romanholi em 12 de Agosto de 2010, 20:52
MOURA
ABÇOS  QUE DEUS TE ABENÇOE SEMPRE !
Título: Re: Bebidas alcoolicas, fumo e alimentos em reuniões Umbandistas.
Enviado por: Mourarego em 12 de Agosto de 2010, 20:57
Obrigado pelos votos mano Jorge,
da mesma forma e na mesma intensidade eu os retribuo.
abraços,
Moura
Título: Re: Bebidas alcoolicas, fumo e alimentos em reuniões Umbandistas.
Enviado por: Fernando Louren em 13 de Agosto de 2010, 14:17
Caro amigo Jorge , sobre a questão da missão , concordo plenamente com você,
acredito que cada um de nós , independente de nosso nivel de evolução , desepenha uma missão na obra divina ,de acordo com as nossas possibilidades e limitações.

Grande abraço e muita paz e alegria !!!
Título: Re: Bebidas alcoolicas, fumo e alimentos em reuniões Umbandistas.
Enviado por: Buscador_SP em 13 de Agosto de 2010, 19:56
Boa tarde a todos! Sou novo no forum! e esta será minha primeira postagem! rsss

Espero que ajudem em algo!

Creio que o assunto sobre a Umbanda, Pretos-Velhos, Caboclos, Exus, Crianças....tudo isso é tão simples, mas nós relutamos em aceitar a simplicidade e queremos sempre transformar em algo complexo, até para alguns, na tentativa desesperada de mostrar inteligência.

Vamos então quebrar alguns mitos :

*O espiritismo é superior
*O espírita é evoluído


O espiritismo nao é superior. Nenhuma crença ( desde que se respeite a vida manifesta em qualquer forma ), pode ser taxada de inferior, pois acreditem, não é que todas as crenças são certas ou erradas, mas elas tem o seu ''segredo''.

O espírita nao é evoluído. No momento em que voce se torna espírita, nao torna-se evoluído. Evoluir depende de esforço, dizer-se ''espirita'' nao torna ninguem melhor. Agora as atitudes , essas sim, podem revelar a verdade com mais precisão. Não adianta mudar até o tom da voz, ou fazer curso de portugues avançado.....só porque virou espírita. Isso é piegas e irrita. E nao cola!!!!

Achar que só porque fala um portugues correto e elegante, é superior, é ridículo, pois que disse que a língua dos homens é a melhor inventada? Se ela é conhecida pelos homens, logo, falar a lingua dos homens com perfeição, nao torna o homem perfeito. Mesmo porque, nossa lingua ( seja qual idioma for ), é tão pobre, que nao define DEUS. E se nao define, é porque o proprio homem sabe da pobreza de sua linguagem. Então, um espírito dizer ''nego veio'', não significa ser atrasado. Pois conheço pessoas, EDUCADAMENTE podres e DIDATICAMENTE mal caráter.

Neste mundo, voce pode conhecer o diabo de terno e gravata, e jesus de calça bege e bola de chumbo no pé.

Portanto, Pretos-Velhos, Caboclos, sejam quais forem, não são superiores nem inferiores a Doutores, Medicos, ou qualquer profissão, lembrando que tanto doutores quando pretos-velhos, não passam de um estereotipo do planeta terra. Então, porque seriam doutores superiores?  Tem índio, que acha que inferiores somos nós! que comemos dinheiro, bebemos cerveja e coca-cola em vez de água.... e nao ele, que vive em harmonia com a natureza e respeita os animais e não mata para roubar um carro.

Quem é melhor, um negro velho, que foi espancado e torturado por ser negro, e mesmo assim resolve se apresentar no plano espiritual para fazer caridade ou o Grande homem da modernidade que passa a perna em tudo e em todos para ganhar dinheiro e sai uns com as mulheres dos outros.?

Quem é o inferior aí ?

Não se esqueçam que a umbanda apareceu justamente em uma reunião espírita. Para fazer o coitado do vaidoso entender, que  um espírito CABOCLO DAS 7 ENCRUZILHADAS era coberto de luz, porém nao era nos moldes do que o homem julga ser CIVILIZADO.

Então, tomem cuidado antes com a vaidade....pois a Umbanda pode ter mais a ensinar do que o Espiritismo.

Tudo depende do ponto do vista de cada um.

Provavelmente alguns estão pensando que sou Umbandista, mas sou da Seara Bendita, e trabalho no Kardecismo desde 1995. Mas como todo bom estudioso espírita, eu sei que podem existir coisas, que o espiritismo nao explica, mas a ciencia CODIFICA. Assim como, uma defumação, ou banho de ervas, ou a baforada de um simples charuto ;

o homem esquece que os proprios remédios que toma, a natureza que fornece a matéria prima.

Coitado do homem, sempre julgando os poderes da própria mãe.
Título: Re: Bebidas alcoolicas, fumo e alimentos em reuniões Umbandistas.
Enviado por: Mourarego em 13 de Agosto de 2010, 20:29
Embora concorde com quase o total de sua colocação mano ccsp, devo contudo colocar uma coisa que muitos pensam ser verdade mas que não o é.
antes do Caboclo Sete encruzilhadas ter aparecido, como Diz o Zélio Fernandino de Moraes, havia num estado do sul do pais e mesmo No maranhão algumas expressões já bem categorizadas , logo não nasceu em Niteroi mas em outro local e anos antes.
O caboclo, que na verdade ainda nem nessa falanges está, já que o nome dá conta da falange real onde ainda estava em passagem, apenas apareceu pela primeira vez àquele médium. Contudo não nascia ali e naquele dia a Umbanda.
Mesmo porque ali apareceu uma expressão de uma das linhas da umbanda que como se sabe contem sete, e dessas varias outras sub linhas.
Quando uma entidade se entitula caboclo  sete enruzilhadas demonstra que está em passagem de nível, ou seja, como se diz no jargão da umbanda mais simples "bolando", ou seja trocando de faixa vibratória. no caso como o "sobrenome" é das sete encruzilhadas" mostra bem claramente que a entidade ainda estivesse ligada à falange dos Exus, e ainda não atingindo senão as primeiras regiões de uma nova vibração, a dos caboclos que é a falange um cadinho acima da dos Exus.
É necessário que se entenda bem esse ponto senão corre-se sério risco de acreditar que não haja hierarquia moral dentre as falanges da umbanda.
Zélio devia saber disso, mas como se sabe, a vaidade não nos deixa, mais das vezes pintar com a tinta correta, mormente quando o divulgador sejamos nós.
abraços,
Moura
Título: Re: Bebidas alcoolicas, fumo e alimentos em reuniões Umbandistas.
Enviado por: Buscador_SP em 13 de Agosto de 2010, 21:09
Meu caro Jorge, obrigado pelas palavras ,e  fico feliz em saber que compartilha com a razão ''mais lógica'' da coisa.

Moura, obrigado por me corrigir, pois eu de fato mesmo não conhecia essa outra versão dos fatos, o qual me parece irresistivel! Aonde posso ler sobre isso? Material, qualquer coisa????

Fico feliz em participar do forum, grande abraço