Forum Espirita

CONVÍVIO => Off-topic => Tópico iniciado por: Holybaby em 18 de Setembro de 2010, 23:53

Título: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Holybaby em 18 de Setembro de 2010, 23:53
Caríssimos irmãos, venho humildemente trazer à mesa, e ao conhecimento de muitos, um texto interessantíssimo, de Fernando Travi, publicado na revista Super Interessante de novembro de 2001, mas que somente li em 2005. Este texto me fez simpatizar ainda mais com o Carpinteiro Nazareno. É uma nova perspectiva, baseada em três escritos achados em três lugares diferentes. Baixe o texto.
Talvez alguns de vocês já o conheçam. Trata-se do artigo intitulado A Fraude de São Paulo. Não pretendo convencer ninguém, nem bagunçar as convicções dos outros – isso não me agrada. Eu tenho por natureza a tendência de advogar sempre em favor do mais fraco (e nem é por pura Caridade – é mais forte que eu). Nem de longe sou alguém evoluído. Meu espírito ainda é primitivo demais, tomado de paixões e apegos inexplicáveis. Mas apesar dessa tendência samurai de lutar contra os mais fortes em nome da dignidade e honra, me causa pesar e tristeza saber que algo que eu defendo fere a fé e a convicção de pessoas boas, caridosas, que acreditam de coração. Por isso, eu peço: se você ainda é apegado(a) na tradição bíblica cristã ocidental, desconsidere este tópico, e nem baixe o arquivo. Respeito sua fé e quero que continue sendo quem é, uma alma caridosa, independentemente de regras morais e crenças. Mas, se você é uma pessoa aberta ao diálogo, à ponderação científica, equilibrada e saudável, e gosta de compartilhar com outros suas idéias, ouvindo também as dos outros, vamos conversar sobre a argumentação do senhor Fernando Travi.
Sejamos caridosos com o próximo, ouvindo com respeito e falando com doçura, e posição sincera. Tenho amigos de certas religiões cristãs que, mesmo sendo muito corteses comigo, não gostam de conversar sobre as diferenças de nossas crenças. É como se, apenas conversando, houvesse a chance de nos tornarmos inimigos (ou de se converterem...). Não é por aí. Eu adoro trocar idéias espirituais com as pessoas, e acho que, apesar de minha pouca evolução, consigo fazê-lo com respeito e consideração, ouvindo com interesse suas posições, e não deixando de prezar e admirar a pessoa que elas são. Para mim, a história de Jesus sempre esteve tão cercada de misticismo e austeridade, com tantas leis e ameaças, que acabei por voltar-me às idéias orientais. Quando deparei-me com este texto, senti uma alegria tão grande, como se tivesse descoberto o verdadeiro Cristo.
Justamente por eu não ser evoluído, espero que todos vocês colaborem, dêem palpite, julguem, acrescentem! Eu acatarei com respeito e alegria, afinal, é muito bom estar aqui com vocês!

http://parpen.tripod.com/FSP.htm
ou
http://super.abril.com.br/superarquivo/2001/conteudo_119762.shtml

(Quinta-feira, 16 de setembro de 2010. .)
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Holybaby em 22 de Setembro de 2010, 18:15
  ::) + ??? +  :'(
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Mirina em 22 de Setembro de 2010, 18:43
Olá Holybaby,

muito, muitissimo interessante o artigo e digno de estudos mais aprofundados.
Após ler o artigo chegou a procurar as epistolas e fazer sua própria comparação?
Tenho que ser sincera, não conheço em profundidade os ensinamentos de Paulo de Tarso, mas sempre me foi ensinado em colégio de freiras de que era um dos doze apóstolos!!!
Pelo teor das diferenças destacadas no artigo, concluo que a manipulação da informação sempre utilizada pela cupula do catolicismo tem sua raiz já na época de seu nascimento como igreja, não lhe parece?
Mas fico em dúvida quanto a pergunta do seu tópico "Quem foi Jesus?"
Neste caso, creio que não devemos recorrer aos ensinamentos de Paulo de Tarso para nos elucidar.  Então qual seria o melhor caminho para buscarmos esta resposta?
Respeito profundamente Gandhi por suas idéias inovadoras e sabedoria!  E com certeza se outro homem, em outra parte do universo chegou as mesmas conclusões, podemos ter de fato nesta revelação o principio da universalidade, regra do controle universal sobre os ensinamentos dos espiritos.  Então acho que deveriamos realmente pesquisar a fundo e ter coragem de levantar esta bandeira, caso nossa convicção tenha sido longamente debatida e refutada até chegarmos a um ponto de convergencia do bom senso e da razão.
Vamos ao debate!!!!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Holybaby em 22 de Setembro de 2010, 20:54
Obrigado, irmã!

Creio que também não sou tão estudioso. Sei apenas que Paulo não era um dos 12, mas viveu na época de Jesus. Ele converteu-se após a cruscificação, quando perseguia os seguidores da doutrina. Paulo não era nem apóstolo, nem escolhido. Mas seus textos (Romanos, Colossenses, Tessalonissenses, e mais um monte de livros) fazem hoje parte da Bíblia cristã (graças a um dos Consíglios realizados na idade média, quando decidiram quais escritos fariam parte da Bíblia.
Paulo era um romano, e como tal, tinha interesse em preservar seu modo e sua cultura.
Não o condeno, pois não tenho conhecimento o suficiente. Mas também não vou confiar cegamente no que ele dizia.

Adorei mesmo a idéia do Cristo vegetariano!
Abração!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Mirina em 22 de Setembro de 2010, 21:46
ok amigo,

vou escolher um texto deste dos quais vc citou e vou trazer ao tópico para estudarmos.

Abs fraternos,
Mirina
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: filhodobino em 22 de Setembro de 2010, 22:04
Amados Irmãos,
Rigorosamente, no ápice do conceito fé ... Penso Jesus assim:

JOÃO 1

1 No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.
2 Ele estava no princípio com Deus.
3 Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e sem ele nada do que foi feito se fez.
4 Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens;
5 a luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram contra ela.
6 Houve um homem enviado de Deus, cujo nome era João.
7 Este veio como testemunha, a fim de dar testemunho da luz, para que todos cressem por meio dele.
8 Ele não era a luz, mas veio para dar testemunho da luz.
9 Pois a verdadeira luz, que alumia a todo homem, estava chegando ao mundo.
10 Estava ele no mundo, e o mundo foi feito por intermédio dele, e o mundo não o conheceu.
11 Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.
12 Mas, a todos quantos o receberam, aos que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus;
13 os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus.
14 E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade; e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai.
15 João deu testemunho dele, e clamou, dizendo: Este é aquele de quem eu disse: O que vem depois de mim, passou adiante de mim; porque antes de mim ele já existia.
16 Pois todos nós recebemos da sua plenitude, e graça sobre graça.
17 Porque a lei foi dada por meio de Moisés; a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo.
Saúde e Paz!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Mirina em 22 de Setembro de 2010, 22:10
Citação maravilhosa amigo filhodobino.
Creio realmente que estas palavras encerram uma perfeita definição de Jesus!
Agora, sobre o tema Paulo de Tarso, gostaria muito de conhecer sua opinião!

Luz e Paz!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: filhodobino em 22 de Setembro de 2010, 22:51
Citação maravilhosa amigo filhodobino.
Creio realmente que estas palavras encerram uma perfeita definição de Jesus!
Agora, sobre o tema Paulo de Tarso, gostaria muito de conhecer sua opinião!

Luz e Paz!


Amada Irmã,
No tocante a Paulo, não tive oportunidade de me aprofundar, posto que as Cartas de Paulo, são muito específicas para a era do Cristianismo nascente, e a Codificação veio colocar ordem em alguns enganos cometidos nas cartas...
Nada que desdoure o belíssimo trabalho, é que se misturar muito, o tico e o teco entram em choque...
O que mais me enlevou foi a leitura de Paulo e Estevão, então de Paulo, estudo pouco...
Saúde e Paz!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Mirina em 22 de Setembro de 2010, 23:14
Querido amigo,

obrigada mais uma vez. 
De novo voce tem razão, se misturar muito nos perderemos em minucias....
Mas desvendar os pontos no qual o cristianismo foi manipulado não deixa de ser uma proposta realmente muito estimulante, pois derrubará por terra certamente muitos conceitos e dogmas que até hoje nos prendem espirtual e moralmente, e muitas vezes tolhem nossa evolução.

Abs,
Mirina
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: MarcoALSilva em 23 de Setembro de 2010, 00:20

Meus Amigos, permitam-me opinar.

Falar sobre Jesus costuma ser uma fonte de infindáveis polêmicas... Por que? Porque o tema repousa em convicções religiosas, ao invés de informações históricas...

Eu não tenho nada contra o catolicismo ou as religiões evangélicas. Acho mesmo que desempenham, cada uma a seu turno, as finalidades que o Pai destinou consoante as limitações e necessidades dos homens, inclusive os espiritualistas.

Mas, francamente, das três grandes filosofias religiosas do mundo, quais sejam, o Cristianismo, o Islamismo e o Budismo, é sem dúvida  o Cristianismo que mais desenvolveu-se sobre autênticas deturpações e alterações ao longo de sua vida...

Paulo contaminou o cristianismo com sua visão pessoal? Por óbvio! Pouco importa se teve boa intenção etc etc etc... O fato é que adulterou o ensinamento do Mestre. Se traduzir já é trair, quanto mais interpretar mudando conforme a opinião pessoal...

A igreja que se desenvolveu a partir do ensino do Mestre existe hoje em dia? Por Deus! Não!!! Mesmo não sendo plenamente possível sabermos como era, detalhe a detalhe, o Cristianismo Primitivo, certamente era muito, muito, mas muito diferente mesmo desse cristianismo que campeia no Ocidente...

Havia mais de uma centena de evangelhos... Mais de uma centena!!!  A igreja queimou todos, menos os quatro que elegeu, depois de reescrevê-los à vontade, que passaram a ser os "canônicos"...

É por isso que não devemos confundir Jesus com o Cristo...

No Cristianismo Primitivo não havia a confusão do Filho com o Pai. Num dos concílios da igreja houve bispos que foram expulsos a pontapés (literalmente) por dizerem que o Filho não era o Pai...

Os rosacruzes (linha de Heindel) não confundem sequer Jesus com o Cristo...

Independentemente de quaisquer considerações esotéricas, eu não me permito confundir o Jesus que foi cunhado pelos interesses da igreja com o Cristo.

Belo tópico! Espero que mais companheiros opinem!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: IANCO em 23 de Setembro de 2010, 00:56
Ola, amigos.
Paulo, pelo que percebemos em suas espistolas,  introduziu de certa forma o judaismo, no cristianismo.
Basta vermos o caso da participação da mulheres nas assembleias (como vimos na matéria postada no tópico), sabemos que o AT, é super machista.
Nossos irmãos evangélicos como ainda muitos deles fazem uso do AT nos cultos, do mesmo modo,  adoram também as espistolas de Paulo, para a mesma finalidade.

Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Mirina em 23 de Setembro de 2010, 01:35
Olá Marco,

gostaria que voce nos informasse mais sobre estes visões diferentes de Jesus, do Cristo, do Pai e do Filho!
Como disse fui criada em colégio de freiras, dentro dos cultos católicos. Também não sou contra ou a favor de nenhuma religião ou culto, e acredito que todas servem ao seu propósito segundo o grau de evolução e julgamento de cada um.
Mas ainda hoje, quando vou a uma missa da Igreja Católica, os textos usados para o evangelho são os textos de Paulo, suas epistolas, e todas essas informações me deixaram muito interessada.

Também não sabia da queima das centenas de Evangelhos....
Acho que devemos estudar esta questão a fundo, pois, na Igreja Catolica a reencarnação não é aceita, porém nos evangelhos ela esta anunciada.  Existe aí uma contradição que nos coloca confusos, e creio que seu esclarecimento pode e deve elucidar nossas próprias crenças.

Acrescente-nos suas informações para que possamos estudar estas questões por vários angulos!

Abs,
Mirina
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: MarcoALSilva em 23 de Setembro de 2010, 02:22
Já assim pude postar anteriormente:

http://biosofia.net/2005/09/21/o-concilio-de-niceia/


Caros amigos do FE,

Gostaria de trazer novamente este tópico à sua consideração.

Permitam-me expor as seguintes cogitações:

Uma doutrina horrível nasceu da comunhão dos interesses de Constantino e de vários Bispos da então iniciante fé cristã. No começo do século IV o Imperador Constantino autorizou os cristãos à profissão de sua fé, realizando poucos anos depois um concílio na cidade de Nicéia em que, ao pretexto da discussão de divergências teológicas, cunhou uma doutrina bem delineada aos seus interesses e sob os contornos de suas próprias convicções. Buscando massificar sua influência e dominação através da fé cristã, retirou os cristãos das catacumbas em que se reuniam e deu-lhes templos e liturgia. Já aí desestruturou um dos fundamentos do cristianismo primitivo, promovendo a edificação de igrejas para quem, até então, livremente adorava seu Deus nas reuniões livres e na concepção de ter no coração o templo sagrado da fé. Adotou o mito solar dos egípcios e as datas pagãs, demarcando no calendário eventos como solstícios e equinócios sob designações outras.

O próprio Cristo teve sua história recontada ao preço da destruição de centenas de escritos, restando apenas quatro evangelhos que rascunham o mito solar sob a trindade que a cultura dos faraós narrava desde a antiguidade, ecoando com a trindade dos indianos e de outras tradições inclusive do médio oriente.

O maior dos Mestres que esteve entre nós teve sua vida recontada sob eventos e narrativas que se repetem nos evangelhos canônicos em detrimento de centenas de outros evangelhos, por assim dizer, cassados. Jesus, o grande Avatar da Era de Peixes, que nos ensinou a Lei do Amor, reuniu os seus seguidores e os identificou por dois peixes. A doutrina de Constantino instituiu o culto à cruz, venerando um instrumento de tortura e morte.

Aprendemos a ver no sofrimento de Jesus a prova de seu Amor pelos homens, subvertendo o conteúdo de seu ensinamento à conta de uma discutível homenagem à dor, ao assassínio, venerando pelo sofrimento aquele que nos veio trazer a noção de elevação do espírito a Deus, de incondicional amor ao semelhante, de merecimento por sublimação da conduta e, fundamentalmente, de um viver de alegria, paz e comunhão com o Alto.

Aprendemos a ter em mente a imagem de um mártir ensangüentado, humilhado, ferido, torturado e traído, mantendo esquecido o homem que brincava com as crianças, que sorria, que ensinava por parábolas e caminhava com seus discípulos, livre e feliz por trazer a boa nova de amor e de libertação para todos sem distinção.

O concílio asseverou que o Mestre era o próprio Deus encarnado. Trouxe o Criador à Terra, confundindo-O com Seu nobre filho, para confundir o homem na crença de que, tendo sido Jesus morto na cruz, o próprio Deus assim foi ofendido.

O cristão foi condenado a ser o profitente de uma fé erguida sobre o assassinato de seu Deus enquanto homem. Eis aí o veneno mortal inoculado em séculos dessa monstruosa doutrina: o homem tomou o próprio Deus em suas mãos e o "matou numa cruz".

A maior das ironias: tomou a cruz como símbolo de sua fé.

A Besta está na Terra há muito tempo. Campeia no sentimento devastador de culpa e castigo que a idéia de redenção oculta na ironia suprema de que o "assassinato de Deus" seria a nossa absolvição...

Reitero o tópico propondo que meditemos sobre a noção de que os ensinamentos do Cristo nos chegam pelos mesmos textos que herdamos do concílio de nicéia.

http://www.forumespirita.net/fe/off-topic/concilio-de-niceia/msg46499/#msg46499

Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: MarcoALSilva em 23 de Setembro de 2010, 02:25

Jesus - Visão do rosacrucianismo de Heindel
Jesus e Cristo-Jesus


Para obter ligeiro vislumbre do grande Mistério do Gólgota e compreender a Missão de Cristo como fundador da Religião Universal do futuro, é necessário conhecer primeiramente a natureza exata dessa missão. Incidentalmente, conheceremos a natureza de Jeová, a cabeça das religiões de raça, como o Taoismo, Budismo, Induísmo, Judaísmo, etc., e a identidade do "Pai", a quem Cristo, em tempo próprio, entregará o reino.

No credo cristão encontra-se esta sentença: "Jesus-Cristo, o unigênito Filho de Deus". Para a generalidade dos homens, estas palavras reportam-se a certa pessoa, aparecida na Palestina há uns dois mil anos, de Quem se fala como Jesus-Cristo, - um indivíduo somente, "o unigênito Filho de Deus".


É um grande erro. Nessa sentença são caracterizados três Seres bem distintos e diferentes. É de maior importância que o estudante compreenda claramente a natureza exata desses três Grandes e Exaltados Seres, enormemente diferentes em glória, mas que merecem nossa mais profunda e devotada adoração.

[...]

Cristo tem o poder de construir e funcionar num veículo tão inferior como o corpo de desejos, o veículo usado pelos Arcanjos, mas não pode descer mais. O significado disso será agora examinado.

Jesus pertence à nossa humanidade. Estudando o homem Jesus na Memória da Natureza, podemos segui-lo em suas vidas anteriores. Nelas viveu sob diversas circunstâncias, sob vários nomes, em diferentes encarnações, do mesmo modo que outro qualquer ser humano. Isto não sucede com o Ser Cristo. No Seu caso só pode encontrar-se uma única encarnação.

Todavia, não se imagine que Jesus tenha sido um indivíduo comum. Era de mente singularmente pura, muito superior à grande maioria da nossa presente humanidade. Esteve percorrendo o Caminho da Santidade através de muitas vidas, preparando-se para a maior honra que poderia ter recebido um ser humano.

Sua mãe, a Virgem Maria, era também da mais elevada pureza humana, por isso foi escolhida para ser a mãe de Jesus. O pai, José, era um elevado Iniciado, capaz de realizar o ato de fecundação como um sacramento, sem nenhum desejo ou paixão pessoal.

Em consequência, o formoso, puro e amoroso espírito conhecido pelo nome de Jesus de Nazaré veio ao mundo num corpo puro e sem paixões. Este corpo era o melhor, o mais perfeito que se podia produzir na Terra. A tarefa de Jesus nesta encarnação, era cuidar e desenvolver o seu corpo até o maior grau de eficiência possível para o grande propósito a que devia servir.

Jesus de Nazaré nasceu mais ou menos no tempo indicado pela História, e não no ano 105 antes de Cristo, conforme indicam algumas obras ocultistas. O nome Jesus era comum no Oriente. Um iniciado chamado Jesus viveu no ano 105 A.C. e obteve a iniciação egípcia. Não foi Jesus de Nazaré, com quem estamos a relacionar-nos.

[...]

Cristo não podia nascer num corpo denso. Não tendo nunca passado por uma evolução semelhante à do Período Terrestre, teria de adquirir, primeiramente, a capacidade de construir um corpo denso como o nosso. Porém, ainda que tivesse essa capacidade, seria inconveniente para um Ser tão elevado empregar energia na construção do corpo durante a vida ante-natal, a infância, a juventude, e levá-lo até a maturidade indispensável.

Ele deixara de empregar ordinariamente o Espírito Humano, o corpo mental e o de desejos, embora tivesse aprendido a construí-los no Período Solar e retivesse a capacidade de construí-los e de neles funcionar quando fosse necessário.

Cristo usou todos esses veículos próprios e só tomou de Jesus os corpos vital e denso. Quando Jesus atingiu trinta anos de idade, Cristo penetrou nesses corpos e empregou-os até o final de Sua Missão, no Gólgota. Depois da destruição do corpo denso, Cristo apareceu entre os discípulos em corpo vital, no qual funcionou ainda durante algum tempo. O corpo vital é o veículo que Ele empregará quando aparecer novamente. Nunca tomará outro corpo denso.

[...]

[Conceito Rosacruz do Cosmos - Max Heindel]

http://esoestudos.blogspot.com/2010/03/jesus-visao-do-rosacrucianismo-de.html
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: MarcoALSilva em 23 de Setembro de 2010, 02:28

De qualquer forma, o importante é a conduta, a ascensão, enfim, o ensinamento de Amor.


Jesus Cristo

Cogitar acerca da natureza de Jesus implica em caminhar por uma senda árdua de difícil progressão. Pensar na natureza de Jesus leva a pensarmos no que era o cristianismo em si nos primeiros tempos. Na verdade é muito difícil saber-se hoje o que era efetivamente o cristianismo primitivo, aquele existente logo depois dos tempos em que o Mestre esteve na Terra. De qualquer forma, o cristianismo era uma crença simples fundada no ideal de fraternidade e amor, sem templos nem sacerdotes. Claro que esse aspecto sofreu intensa modificação nos vários concílios católicos que se sucederam.

Pelas mais variadas razões, inclusive o interesse de Constantino em auferir vantagem da fé que reunia com simplicidade as camadas populares, aliado ao interesse de um clero em formação, ávido por impor-se como estrutura dominante da fé, da doutrina adotada, numa troca de favores entre o Estado e a Igreja que duraria muitos séculos.

Em meio a isso tudo, dentre cogitações mundanas, discutiu-se sobre a natureza de Jesus. Era filho de Deus, distinto do Pai, ou era o próprio Pai? E o Espírito Santo? Por óbvio existem argumentações profundas na seara filosófica em defesa deste ou daquele ponto de vista. As escolas esotéricas em geral, por sua vez, oferecem interpretações e a "verdade" última só conhecida dos "iniciados".

Não pretendo discutir qual o melhor caminho a seguir na senda filosófica ou mística. Mas me atrevo a destacar um aspecto simples, tão simples quanto o ideal de amor do cristianismo primitivo.

O Mestre esteve na Terra como exemplo máximo de um viver de Amor.

Sofreu intensamente por isso. Em seu tempo o costume aceito valorava-se ainda pela noção do olho por olho, dente por dente. Ensinar a oferecer a outra face parecia muito estranho naqueles dias. Pregar o desapego, os valores espirituais, uma vida com simplicidade sem ambições de conquista, em pleno império romano e sob o rigor de uma fé arrogante e vaidosa, não era uma missão que uma alma comum poderia assumir.

Entendamos que Jesus é o homem e o Cristo a alma sublime que governa este Mundo.

Não se confundem. Jesus tinha que ser o mais sublime ser humano para que o Cristo pudesse nele habitar. Só mesmo assim um homem poderia fazer o que Jesus fez. Por isso dizemos Jesus Cristo.

Não nos deixemos seduzir por uma discussão tão vazia quanto aquela sobre a santíssima trindade...

Jesus é o Cristo?

Isso é mesmo que perguntar:

A água é a chuva?

A chama é a luz?

As estrelas são o Universo?

http://esoestudos.blogspot.com/2009/09/jesus-cristo.html
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: lineu em 23 de Setembro de 2010, 05:44
Esta mensagem constitui uma opinião pessoal fundamentada nas entrelinhas deduzidas da leitura das diversas cartas constantes do Novo Testamento, atribuídas ao apóstolo Paulo. E tem o exclusivo propósito de colaborar com o estudo desenvolvido neste tópico, manifestando o entendimento de que foi sensata a ação política do referido apóstolo no sentido de propagar o evangelho cristão.

Parece que Paulo conhecia bem a doutrina de ação política que orientava o relacionamento do estado romano com os povos conquistados. E a aplicava, como doutrina própria, convenientemente adaptada aos princípios evangélicos, na liderança que exercia sobre os grupos de cristãos primitivos, classificados como gentios.

A ação política do império romano fundava-se no interesse de tirar lucros do domínio exercido sobre as nações conquistadas com o mínimo possível de conflitos. E para isso adotava os pressupostos da ação racional, consistentes em definir objetivos fáceis de serem atingidos com os meios efetivamente disponíveis.

A ação política adaptada de Paulo fundava-se no interesse de expandir o cristianismo nascente, movido pelo desejo de ampliá-lo e fortalecê-lo. E, para esse propósito, adotava o método de doutrinar os seus grupos à prática dos princípios cristãos com o necessário cuidado de não conflitar com as providências determinadas pelo governo romano.

Acrescente-se a isso outras medidas adotadas por Paulo no sentido de orientar a convivência pacífica dos seus grupos com os integrantes das forças policias tanto do estado quanto do clero. E, sobretudo as próprias medidas preventivas que visavam a preservar a sua liderança nos grupos.

Aparentemente, portanto, o Evangelho transmitido por Jesus de Nazaré difundiu-se no mundo ocidental graças à ação política prudentemente adotada pelo denominado apóstolo dos gentios.

Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Diegas em 23 de Setembro de 2010, 09:32
Citação de: Holybaby
Paulo era um romano, e como tal, tinha interesse em preservar seu modo e sua cultura.


Citar
'...Os guardas ficaram imóveis, tomados de assombro. Paulo, entretanto, continuou em voz firme:

— Quanto a mim, pergunto-vos: — Será lícito açoitardes um cidadão romano, antes de condenado ?

O centurião que presidia os serviços da flagelação suspendeu os primeiros dispositivos. Zelfos foi chamado com espanto. Ciente do ocorrido, o tribuno interrogou o Apóstolo, sumamente admirado:

— Dize-me. És de fato romano?

— Sim.

Ante a firmeza da resposta, Zelfos achou razoável modificar o tratamento do prisioneiro. Receoso de complicações, ordenou que o ex-rabino fosse retirado do tronco, permitindo-lhe ficar à vontade no acanhado âmbito da cela. Somente então, Paulo de Tarso conseguiu algum repouso num leito duro, recebendo uma bilha de água trazida com mais respeito e consideração. Saciou a sede intensa e dormiu, apesar das feridas sangrentas e dolorosas. Zelfos, contudo, não estava tranqüilo. Desconhecia, por completo, a condição do acusado.

Temendo complicações prejudiciais para a sua posição, aliás invejável do ponto de vista político, procurou avistar-se com o tribuno Cláudio Lisias. Esclarecendo o motivo de sua preocupação, o outro murmurou:

— Isso me surpreende, porque a mim afirmou que era judeu, natural de Tarso da Cuida.

Zelfos explicou, então, que tinha dificuldade para discernir a causa, concluindo:

— Pelo que dizes, ele parece-me antes um mentiroso vulgar.

— Isso não — exclamou Lisias —, naturalmente possuirá titulos de cidadania do Império e agiu por motivos que não estamos habilitados a apreciar.
(*)


E muito antes de se converter, Paulo de Tarso assim se manifestava à respeito dos romanos e gregos:

Citar
'...Não posso queixar-me, porquanto o Tribunal me confere atualmente atribuições especialissimas. Sabes que Gamaliel há muito vem instando com meu pai a respeito da minha transferência para Jerusalém, onde me prometem lugar de relevo na administração do nosso povo. Como sabemos, o antigo mestre está idoso e deseja retirar-se da vida pública. Não tardarei a substituí-lo no voto das mais altas deliberações, além de auferir atualmente ótima remuneração, independente da contri¬buição que me vem de Tarso periodicamente. Tenho, acima de tudo, o ideal político de aumentar meu prestígio junto aos rabinos. É preciso não esquecer que Roma é poderosa e que Atenas é sábia, tornando-se indispensável acordar a eterna hegemonia de Jerusalém como tabernáculo do Deus único. Precisamos, pois, dobrar os joelhos de gregos e romanos ante a Lei de Moisés...'
(*)


(*) Do livro Paulo e Estevão, de Emmanuel.



Abç


Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Diegas em 23 de Setembro de 2010, 09:49
Da revista Superinteressante:

Citar
Há vários indícios de que, como num plano de sabotagem, Paulo divulgou, em nome do Messias, uma doutrina falsificada.


Como poderia Paulo ter deturpado ou sabotado a Doutrina de Jesus se ele foi auxiliado pelo plano espiritual - Estevão-apedrejado, que fora o maior dos pregadores da doutrina de Jesus, tornara-se um companheiro inseparavel, inspirando-o nos momentos mais dificil da existencia fisica.
----------


Citar
Jesus: O casamento deve ser entre um homem e uma mulher, que por perfeito amor e simpatia são unidos; e enquanto o amor e a vida duram, como deve ser em perfeita liberdade. (Quando tinha 18 anos, Jesus foi casado com Míriam, uma virgem da tribo de Judá, com quem viveu sete anos). Paulo: Quero que todos os homens sejam como eu sou. (Celibatário) (I Coríntios 7:7)


Por aqui se vê que o vazio/delirio de uma reportagem. Baseado em qual fonte se afirma que Jesus era casado ?



Abç
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Holybaby em 23 de Setembro de 2010, 13:08
 :D Obrigado, querida Mirina, e também aos caros opinantes Marco, e aos demais.

Fico feliz que estejamos conversando sobre algo tão polêmico (e eu diria até perigoso, visto o fanatismo de alguns irmãos de outras crenças), de uma forma tão civilizada e caridosa.

Continuemos nesta linha pacífica e fraternal, firmando o pensamento nas coisas boas, na Caridade para com os outros, que nenhum exaltado vai ter a vontade de tentar impor pela arrogância a sua opinião, mas sim todos serão ouvidos e acolhidos.

Abrações!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Holybaby em 23 de Setembro de 2010, 13:14
Da revista Superinteressante:

Citar
Há vários indícios de que, como num plano de sabotagem, Paulo divulgou, em nome do Messias, uma doutrina falsificada.


Como poderia Paulo ter deturpado ou sabotado a Doutrina de Jesus se ele foi auxiliado pelo plano espiritual - Estevão-apedrejado, que fora o maior dos pregadores da doutrina de Jesus, tornara-se um companheiro inseparavel, inspirando-o nos momentos mais dificil da existencia fisica.
----------


Citar
Jesus: O casamento deve ser entre um homem e uma mulher, que por perfeito amor e simpatia são unidos; e enquanto o amor e a vida duram, como deve ser em perfeita liberdade. (Quando tinha 18 anos, Jesus foi casado com Míriam, uma virgem da tribo de Judá, com quem viveu sete anos). Paulo: Quero que todos os homens sejam como eu sou. (Celibatário) (I Coríntios 7:7)


Por aqui se vê que o vazio/delirio de uma reportagem. Baseado em qual fonte se afirma que Jesus era casado ?



Abç


Saudações.

Primeiro, eu pergunto: Quem disse que Paulo foi inspirado pelo plano superior???

Segundo: Se alguém podem garantir que Jesus não foi casado, é porque esteve lá. Qual provas nos oferecem de que não foi??? E eu estou falando de provas, não de "escritos doutrinários passionais".

Abraços!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Leone em 23 de Setembro de 2010, 13:26
Olá Mirina

Acaso procurou o significado da palavra Apóstolo?

Procure p.f. no Google por exemplo.

Lá encontrará: Na tradição cristã, os apóstolos, também chamados de discípulos de Jesus, foram os judeus enviados (como indicado pela palavra grega ἀπόστολος, apóstolos) por Jesus para pregar o Evangelho, inicialmente apenas aos judeus e depois também aos gentios, em todo o mundo antigo. Eram em total doze pessoas.

Segundo o Evangelho de Lucas, "Ele chamou para si os seus discípulos, e deles escolheu doze, a quem ele chamou de apóstolos" (Lucas 6:13).

[editar] Intuito missionário
O cristianismo, ao contrário do judaísmo de onde tem origem, tem por intenção missionar o maior número possível de pessoas. O judaísmo é uma religião que se caracteriza por um conjunto de regras de comportamento, algumas das quais são vistas como pouco convenientes para a sua aceitação pelos outros povos (nomeadamente a circuncisão e as regras de alimentação). Por outro lado, o monoteísmo é apelativo para os povos politeístas (ver sociologia da religião de David Hume).

Tanto a religião judaica como a cristã eram monoteístas e apelativas para muitos dos romanos, politeístas. Mas enquanto que os judeus mantiveram as suas tradições religiosas, os cristãos, inicialmente uma pequena seita do judaísmo, dispuseram-se a acabar com essas tradições para em contrapartida se tornarem mais apelativos aos gentios. Os apóstolos tiveram, neste contexto, um papel fundamental.

Os apóstolos - especialmente Paulo de Tarso, um homem que não conheceu Jesus pessoalmente mas que é considerado pelos próprios apóstolos como um apóstolo também, e foi escolhido por Jesus para pregar aos gentios - estes foram aqueles que receberam a incumbência, do próprio Jesus, de esclarecer aos povos, incluindo os gentios, que não basta seguir à risca um conjunto de regras de comportamento nem realizar rituais (como os judeus acreditavam) para agradar a Deus e receber o seu favor, a sua salvação e que Deus deseja a salvação de todos e não apenas dos judeus, isto permitiu a entrada dos povos gentios nesta religião nascente.

Os tempos apostólicos - no sentido estrito do termo - constituem o período de vida dos 12, mais São Paulo, da ressurreição até à morte de cada um deles.

O sucesso da estratégia incutida ao cristianismo pelos apóstolos é evidente. Enquanto que o judaísmo permaneceu uma religião monoteísta transmitida de geração em geração, o cristianismo foi adoptado por outros povos (o Império Romano teve um importante papel na sua divulgação) e cresceu para influenciar a história e cultura da Europa desde então.


Cumprimentos
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Holybaby em 23 de Setembro de 2010, 13:43
Caro amigo, acho que tu tá confundindo.

Se a Mirina está te escrevendo em outro tópico e tu respondeu aqui, houve confusão.

Se a resposta é para o post acima, não foi a Mirina, fui eu, Beto.

Agradeço suas respostas, mas não creio que devamos discutir tanto. Eu expus o que penso, tu expos o que pensa, eu te respeito e fico feliz com o interesse no assunto. Continue colaborando. Abraços!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Mirina em 23 de Setembro de 2010, 13:53
Amigos,

agradeço imensamente a colaboração e participação de todos.
Analisando os textos enviados, construi as seguintes hipoteses:
1 - O cristianismo em seu nascedouro teve como principio fundamental o espiritismo e a reencarnação, e uma religião sem templos ou sacerdotes.
2 - O espiritismo em seu nascedouro pelas mãos de Alan kardec instituiu também a mesma liberdade de fé, mas nos instruiu quanto ao principio da universalidade, onde, uma revelação para ser considerada verdade deveria aparecer de forma simultanea e identica quanto ao fundo, em diversos pontos da terra e pelas mãos de varios mediuns estranhos entre si.
3 - Embora servindo a uma missão designada pelo próprio Cristo, Paulo de Tarso manipulou convenientemente sua evangelização para encontrar força junto ao Império Romano, instituindo para tanto o clero, e os principios ritualisticos decorrentes daí.  E obteve como resultado uma Igreja forte porém repressora e manipuladora, ligada aos bens materiais e afastada cada vez mais da espiritualidade trazida pelo Cristo.

Na minha opinião, não acho producente discutirmos a partir daí fatos mais corriqueiros como a questão de haver ou não Jesus contraido matrimônio, ou se de fato Paulo de Tarso era ou não um apóstolo genuino.
Creio que nossos estudos deveriam estar voltados mais para construir de maneira sólida a vertente espirita trazida pelo Cristo a terra, que no meu entendimento foi um dos mais importantes e iluminados ensinamentos, e toda sua importancia no tocante a moral e a fé humana e divina.
Qual a opinião de voces quanto as hipoteses levantadas e o caminho deste debate?

Abs,
Mirina
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Holybaby em 23 de Setembro de 2010, 14:07
Cara irmã, tu tem razão (Se ele era apóstolo ou não é apenas especulação. Todos podem ser...).

Gostei das tuas conclusões, e agradeço o interesse em colaborar com os irmãos.
Como já postei em outro tópico, ainda há pouco achei mensagens de dois colegas que estavam chateados com outro, que disseram não mais opinar, mas que declaravam que voltariam à discussão sadia conosco. Entretanto, as mensagens sumiram (ou estou louco?). Se encontrar alguma, avise (uma é do Nino, que falava sobre a Globo...).

Agradeço desde já!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: filhodobino em 23 de Setembro de 2010, 14:22
Amados Irmãos,
A codificação, não veio trazer nenhuma novidade, exceto uma...
Nos ensinar a pensar por nós mesmos... sem preocuparmos-nos em sermos seguidores disso ou daquilo....
As informações esparças, dificultam nosso entendimento, posto que muito, mas muito pouco de tudo que lemos e ouvimos conseguimos juntar em seguimentos contínuos a mesma idéia... então vira tudo uma confusão...
O importante que aprendi na Doutrina Espírita, é que não há diferenças...
Será que há diferenças?
Pelo sim pelo não, juntei aleatoriamente algumas idéias, sem pretenção nenhum a não ser juntar e aqui coloco, se puder ser útil a alguém Louvado seja Nosso Senhor Jesús o Cristo....
Saúde e Paz!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Holybaby em 23 de Setembro de 2010, 14:31
Obrigado pelo texto, irmão!

Lerei com cuidado à noite (agora estou no trabalho). Parece ser bem interessante.
Abraços!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: filhodobino em 23 de Setembro de 2010, 14:36
Amados Irmãos,
Os terapeutas, foram e ainda o é agentes que se doam com intenção de melhor orientar a forma com encadeamos nossos pensamentos....
Hoje, temos os psicólogos, mas são poucos e caros...
Temos as religiões, mas sempre puxam a brasa pra sua sardinha...
A ousadia de Kardec, parece que não sensibilizou adequadamente ...
Posto que foi o único a dizer, Fé inabalável, só o é o que pode enfrentar frente a frente a razão em quaisquer tempos e épocas, situações, credos, individualidades, mas carece de assimilar por si mesmo...meu grifo.
A razão da reencarnação num corpo e no esquecimento também é essa...
Quando temos dificuldades e saimos dos trilhos, a consciência, promove emoções que visam retorno aos trilhos do melhor encadeamento dos pensamentos...
Se ignoramos os avisos da conciência, começam a aparecer as provas...
Se ignoramos as provas, vamos precisar de longos estágios em Nosso Lar, e recomeçarmos...
Há uma só Lei...
Cada ser vivente desenvolve-se como quer dentro dessa lei...
Objetivo: Auto-Educação - Amor, Amor, Amor,
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: filhodobino em 23 de Setembro de 2010, 14:44
Amados Irmãos,
A codificação, não veio trazer nenhuma novidade, exceto uma...
Nos ensinar a pensar por nós mesmos...

Ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/off-topic/quem-foi-jesus-29228/new/#new#ixzz10MMtYU00

Cristo, chorou, mas não podia explicar o que sabia, preciso é que a humanidade se debatesse e aprendesse por sí...

Lucas 19;
32 Partiram, pois, os que tinham sido enviados, e acharam conforme lhes dissera.
33 Enquanto desprendiam o jumentinho, os seus donos lhes perguntaram: Por que desprendeis o jumentinho?
34 Responderam eles: O Senhor precisa dele.
35 Trouxeram-no, pois, a Jesus e, lançando os seus mantos sobre o jumentinho, fizeram que Jesus montasse.
36 E, enquanto ele ia passando, outros estendiam no caminho os seus mantos.
37 Quando já ia chegando à descida do Monte das Oliveiras, toda a multidão dos discípulos, regozijando-se, começou a louvar a Deus em alta voz, por todos os milagres que tinha visto,
38 dizendo: Bendito o Rei que vem em nome do Senhor; paz no céu, e glória nas alturas.
39 Nisso, disseram-lhe alguns dos fariseus dentre a multidão: Mestre, repreende os teus discípulos.
40 Ao que ele respondeu: Digo-vos que, se estes se calarem, as pedras clamarão.
41 E quando chegou perto e viu a cidade, chorou sobre ela,
42 dizendo: Ah! se tu conhecesses, ao menos neste dia, o que te poderia trazer a paz! mas agora isso está encoberto aos teus olhos.
43 Porque dias virão sobre ti em que os teus inimigos te cercarão de trincheiras, e te sitiarão, e te apertarão de todos os lados,
44 e te derribarão, a ti e aos teus filhos que dentro de ti estiverem; e não deixarão em ti pedra sobre pedra, porque não conheceste o tempo da tua visitação.
Saúde e Paz!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: filhodobino em 23 de Setembro de 2010, 14:55
Amados Pensemos:
No princípio era o verbo...
O que significa a paralavra verbo?
Sempre que pergunto numa reunião o que significa verbo... As pessoas invariávelmente respondem... Ação...
Engano...
O verbo é o comando da ação...
Veja o sargento dando ordem unida... "Ordinário, marchem!
Onde está o verbo? marchando?
E Disse Deus faça-se a Luz...
Onde está o verbo... fazendo?
E a luz se fez... sob comando do verbo...
Aquele que pensa que não sabe pensar, se torna seguidor de quem pensa...
Que fez Paulo? Ensinou a pensar... pela palavra, pelas cartas, pelos atos...
Quem prefere não ter tempo para pensar e segue o que os outros pensam não tem o direito de se queixar ... o que pode fazer é começar a pensar ou buscar outro para seguir...
Saúde e Paz!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Leone em 23 de Setembro de 2010, 15:08
Mirina
Mundo de Regeneração
 
 Mensagens: 117
Participação: 11
 
Sexo: 
Só é seu aquilo que voce dá!!
Relevância: +37

 P.F. analise caro companheiro

Muita paz para si são os meus sinceros desejos.

   
Cidade: São Paulo
País: Brasil
 Re: Quem Foi Jesus?
« Responder #2 em: Ontem às 18:43 »Citar 0  Gostou? Olá Holybaby,

muito, muitissimo interessante o artigo e digno de estudos mais aprofundados.
Após ler o artigo chegou a procurar as epistolas e fazer sua própria comparação?
Tenho que ser sincera, não conheço em profundidade os ensinamentos de Paulo de Tarso, mas sempre me foi ensinado em colégio de freiras de que era um dos doze apóstolos!!!
Pelo teor das diferenças destacadas no artigo, concluo que a manipulação da informação sempre utilizada pela cupula do catolicismo tem sua raiz já na época de seu nascimento como igreja, não lhe parece?



Ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/off-topic/quem-foi-jesus-29228/#ixzz10MTkMPdg
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: filhodobino em 23 de Setembro de 2010, 15:14
Amados Irmãos,
A codificação, não veio trazer nenhuma novidade, exceto uma...
Nos ensinar a pensar por nós mesmos... sem preocuparmos-nos em sermos seguidores disso ou daquilo....
As informações esparças, dificultam nosso entendimento,

Ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/off-topic/quem-foi-jesus-29228/msg148594/#msg148594#ixzz10MSRVzkq

Será que Jesus se acovardou, e queria na última hora, desistir de sua missão?
Porque que Jesus pediu... que o Pai afastasse de sí aquele cálice?

Marcos 14...

27 Disse-lhes então Jesus: Todos vós vos escandalizareis; porque escrito está: Ferirei o pastor, e as ovelhas se dispersarão.
28 Todavia, depois que eu ressurgir, irei adiante de vós para a Galiléia.
29 Ao que Pedro lhe disse: Ainda que todos se escandalizem, nunca, porém, eu.
30 Replicou-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje, nesta noite, antes que o galo cante duas vezes, três vezes tu me negarás.
31 Mas ele repetia com veemência: Ainda que me seja necessário morrer contigo, de modo nenhum te negarei. Assim também diziam todos.
32 Então chegaram a um lugar chamado Getsêmane, e disse Jesus a seus discípulos: Sentai-vos aqui, enquanto eu oro.
33 E levou consigo a Pedro, a Tiago e a João, e começou a ter pavor e a angustiar-se;
34 e disse-lhes: A minha alma está triste até a morte; ficai aqui e vigiai.
35 E adiantando-se um pouco, prostrou-se em terra; e orava para que, se fosse possível, passasse dele aquela hora.
36 E dizia: Aba, Pai, tudo te é possível; afasta de mim este cálice; todavia não seja o que eu quero, mas o que tu queres.
37 Voltando, achou-os dormindo; e disse a Pedro: Simão, dormes? não pudeste vigiar uma hora?
38 Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca.
39 Retirou-se de novo e orou, dizendo as mesmas palavras.
40 E voltando outra vez, achou-os dormindo, porque seus olhos estavam carregados; e não sabiam o que lhe responder.
41 Ao voltar pela terceira vez, disse-lhes: Dormi agora e descansai.-Basta; é chegada a hora. Eis que o Filho do homem está sendo entregue nas mãos dos pecadores.

Penso assim:
O Cristo estava no primeiro dia da Terra, Iluminou Atlantes, Celtas, Bhuda, Khrisna, Egípcios, encaminhou os Hebreus para o Egito usando José e a fome de seus...Tirou os Judeus da escravidão, mandou profetas, retornou os Judeus para nova escravidão, novamente foram libertos, para que?
Para ensinar a todos a pensar...
O Pensamento é todo o argumento da criatura eterna...
Cristo estava prestes a amargar seu calvário... e em tendo que amargar seu calvário a lei de causa e efeito seria encrenca pura...
E não o é até hoje?
Não O Cristo não se acovardou... manifestou compaixão, pois os minutos seguintes selariam a divisão da história da humanidade...
E o Cordeiro, já não foi mais o Verbo... e sim o Sujeito...
Saúde e Paz!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: filhodobino em 23 de Setembro de 2010, 15:24
Queridos e amados Irmãos,
Eu penso assim:
Jamais houve qualquer manipulação....
O que acontece é o seguinte... Bhuda, nada quis deixar escrito... escreveram por ele.
Sócrates nada quis deixar escrito... Platão escreveu por ele.
O Cristo nada quis deixar escrito... centenas de milhares e até nós mesmos estamos a escrever por Ele...
Ninguém pode escrever por outrem com inteira fidelidade ao pensamento de outrem...
Os ensinamentos são apenas guias, que de acordo com cada psiquismo vai se formando uma doutrina para sí...
Fico triste, quando a ortodoxia, dizer que se permitirem haverá uma religião, para cada ser humano... Que importa isso? Religião nenhuma vai mudar o que É...
Nós é que ainda não somos, e Ele nos deu a liberdade de pensar e "achar",  a problemática toda começa quando a gente não quer pensar, e acha mais viável, mais confortável, menos trabalhoso, e seguimos...
Por isto estão certas todas as religiões em cobrar dízimo, e ainda cobram pouco...
Faça-se cada um filho de Deus padrinho de seu próximo pelo exemplo, e as religiões, deixarão de existir, e não haverá mais religiões, o Lennon já "imagine" assim...
Saúde e Paz!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Mirina em 23 de Setembro de 2010, 19:50
Querido amigo filhodobino,

a doutrina espirita realmente não veio para criar ou deturpar nenhuma religião.
Mas todos nós sofremos ainda os dogmas e conceitos que nos foram ensinados durante tanto tempo em nome de Jesus Cristo.

Esta forma de doutrinação pelo medo, pela punição e pela dor, se de fato foi manipulada por este ou aquele apóstolo, concílio ou crença, origina uma enorme diferença na maneira como pensamos o mundo. 

Se ao estudarmos encontrarmos um caminho diferente de entender os ensinamentos do Cristo, então também poderemos nos libertar desta visão catastrofica da vida, eternamente sujeita a punições, consequencia de um pecado que não cometemos, e que insistem em afirmar que continuaremos eternamente pagando.

A doutrina espirita liberta posto que desloca o eixo do sofrimento para o próprio individuo e a ele fornece as ferramentas para que esta situação seja modificada, através da vontade firme em seguir os ensinamentos e promover a reforma íntima.   
O pensar, o raciocinar usando para isto a luz dos ensinamentos, a doutrina espirita, a ciencia e o bom senso são fatores preponderantes para o progresso, e o conhecimento adquirido é a chave para a evolução.

Por isso considero de maior importancia a investigação positiva, para construir novos e melhores conceitos sobre os ensinamentos, e fujo da aceitação irrestrita e do estudo com o unico propósito de descontruir o que existe.

Meu convite é que ao promover a desconstrução forneçamos as pedras para um novo construir, usando para isto as bases já edificadas, porém construindo um edificio menos torto, mais transparente e mais valioso.

Abs a todos,
Mirina
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: filhodobino em 23 de Setembro de 2010, 20:48
Amada Irmã o pensamento que finaliza seu post é sedutor... assim de primeira vista, até parece sustetável, mas...

Citar
Meu convite é que ao promover a desconstrução forneçamos as pedras para um novo construir, usando para isto as bases já edificadas, porém construindo um edificio menos torto, mais transparente e mais valioso.

Mateus 9;
12 Jesus, porém, ouvindo isso, respondeu: Não necessitam de médico os sãos, mas sim os enfermos.
13 Ide, pois, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifícios. Porque eu não vim chamar justos, mas pecadores.
14 Então vieram ter com ele os discípulos de João, perguntando: Por que é que nós e os fariseus jejuamos, mas os teus discípulos não jejuam?
15 Respondeu-lhes Jesus: Podem porventura ficar tristes os convidados às núpcias, enquanto o noivo está com eles? Dias virão, porém, em que lhes será tirado o noivo, e então hão de jejuar.
16 Ninguém põe remendo de pano novo em vestido velho; porque semelhante remendo tira parte do vestido, e faz-se maior a rotura.
17 Nem se deita vinho novo em odres velhos; do contrário se rebentam, derrama-se o vinho, e os odres se perdem; mas deita-se vinho novo em odres novos, e assim ambos se conservam.

Há uma máxima entre os construtores, mais barato fica, quem derruba e constroi de novo... que o que vai consertando...
Sei lá entende?
Daí a importância que dei ao tema: Quem foi Jesus?
Saúde e Paz!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Diegas em 23 de Setembro de 2010, 21:04
Citação de: Holybaby
Primeiro, eu pergunto: Quem disse que Paulo foi inspirado pelo plano superior???

Certamente que não foi Fernando Travi - fundador da Igreja Essênia de Jesus Cristo - e que assina a reportagem.

Para dirimir sua duvida sobre a vida de Paulo de Tarso, recomendo a leitura do livro Paulo e Estevão, psicografado por Francisco Cândido Xavier.


Citar
Segundo: Se alguém podem garantir que Jesus não foi casado, é porque esteve lá. Qual provas nos oferecem de que não foi??? E eu estou falando de provas, não de "escritos doutrinários passionais".

Pois é: Fernando Travi estava lá ? Não compete a ele garantir que Jesus fora casado ? Por que inverter o ônus da prova ? Que traga a fonte para nossa leitura.



Abç
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Diegas em 23 de Setembro de 2010, 21:17
Queridos e amados Irmãos,
Eu penso assim:
Jamais houve qualquer manipulação....
O que acontece é o seguinte... Bhuda, nada quis deixar escrito... escreveram por ele.
Sócrates nada quis deixar escrito... Platão escreveu por ele.
O Cristo nada quis deixar escrito... centenas de milhares e até nós mesmos estamos a escrever por Ele...
Ninguém pode escrever por outrem com inteira fidelidade ao pensamento de outrem...

Olá.

Concordo contigo que há uma diferença enorme entre o que ensinaram os grandes mestres da Espiritualidade e o modo pelo qual foram interpretados.

Mas no caso de Paulo de Tarso as epistolas/cartas dirigidas às comunidades saíram de suas proprias mãos, sem qualquer interferencia que não fosse a dos que adaptaram os textos originais, ao longo do tempo, conforme as conveniencias e interesses religiosos.

É o que penso sobre o assunto.

Sei lá, entende ?



Abç

Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: filhodobino em 23 de Setembro de 2010, 21:27
Caro Irmão Diegas,
Por considerar justo o pensamento que expões, é que sempre preferí ficar somente com os Evangelhos, Jó, e Eclesiastes, e a Codificação Espírita-Cristã.
Um Estudo sobre tudo que Paulo escreveu, é tarefa, que não estou à altura para realizá-la, posto que para fazê-la com justeza terei que recorrer a obras escritas em Grego, posto que nas Cartas é que ocorreram maiores detalhamentos diferentes para obter apoio de Constantino... Penso que Eles estavam certíssimos... assim como Galileu o fez... e que Sócrates se recusou a fazer...
É muita história...
Saúde e Paz!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Holybaby em 24 de Setembro de 2010, 12:32
Queridos e amados Irmãos,
Eu penso assim:
Jamais houve qualquer manipulação....
O que acontece é o seguinte... Bhuda, nada quis deixar escrito... escreveram por ele.
Sócrates nada quis deixar escrito... Platão escreveu por ele.
O Cristo nada quis deixar escrito... centenas de milhares e até nós mesmos estamos a escrever por Ele...
Ninguém pode escrever por outrem com inteira fidelidade ao pensamento de outrem...
Os ensinamentos são apenas guias, que de acordo com cada psiquismo vai se formando uma doutrina para sí...
Fico triste, quando a ortodoxia, dizer que se permitirem haverá uma religião, para cada ser humano... Que importa isso? Religião nenhuma vai mudar o que É...
Nós é que ainda não somos, e Ele nos deu a liberdade de pensar e "achar",  a problemática toda começa quando a gente não quer pensar, e acha mais viável, mais confortável, menos trabalhoso, e seguimos...
Por isto estão certas todas as religiões em cobrar dízimo, e ainda cobram pouco...
Faça-se cada um filho de Deus padrinho de seu próximo pelo exemplo, e as religiões, deixarão de existir, e não haverá mais religiões, o Lennon já "imagine" assim...
Saúde e Paz!


Achei uma ótima colocação, principalmente quando diz: "O Cristo nada quis deixar escrito... centenas de milhares e até nós mesmos estamos a escrever por Ele...
Ninguém pode escrever por outrem com inteira fidelidade ao pensamento de outrem... ".

Parabéns pelo "Xeque-Mate", caro irmão!  ;D
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Holybaby em 24 de Setembro de 2010, 12:34
Queridos e amados Irmãos,
Eu penso assim:
Jamais houve qualquer manipulação....
O que acontece é o seguinte... Bhuda, nada quis deixar escrito... escreveram por ele.
Sócrates nada quis deixar escrito... Platão escreveu por ele.
O Cristo nada quis deixar escrito... centenas de milhares e até nós mesmos estamos a escrever por Ele...
Ninguém pode escrever por outrem com inteira fidelidade ao pensamento de outrem...

Olá.



Concordo contigo que há uma diferença enorme entre o que ensinaram os grandes mestres da Espiritualidade e o modo pelo qual foram interpretados.

Mas no caso de Paulo de Tarso as epistolas/cartas dirigidas às comunidades saíram de suas proprias mãos, sem qualquer interferencia que não fosse a dos que adaptaram os textos originais, ao longo do tempo, conforme as conveniencias e interesses religiosos.

É o que penso sobre o assunto.

Sei lá, entende ?



Abç



Também concordo. Quem saberá tais mistérios?  ???
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Holybaby em 24 de Setembro de 2010, 16:08
 :'(

Queridos irmãos, por favor, leiam isto:


http://www.forumespirita.net/fe/convivio-dos-membros-do-forum/'nosso-lar'-cede-espaco-para-'lula'/new/#new
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: lineu em 24 de Setembro de 2010, 22:49
Esta mensagem representa uma opinião pessoal. E tem por fim cooperar no estudo deste tópico manifestando o entendimento de que o misticismo que envolve a pessoa de Jesus de Nazaré, conforme consta no Novo Testamento, deve ser atribuído à perversão moral de integrantes da classe sacerdotal da Igreja Católica Apostólica Romana.

Desde os primórdios do Cristianismo até a impressão da Bíblia de Gutenberg, por volta de 1455, a Igreja Católica Apostólica Romana teve a oportunidade de manipular livremente as escrituras sagradas referentes ao Evangelho cristão. E à sua classe sacerdotal, por isso, devem-se imputar as aberrações textuais atualmente verificadas na doutrina do Cristo.

Toda ação racional pressupõe o livre emprego de meios disponíveis para a consecução de objetivos pretendidos. E também presume a existência de interesses predominantes na aplicação desses meios, naturalmente originários de desejos satisfatórios de necessidades humanas.

A necessidade de dominância, por efeito natural, gera o desejo de influência social, que traduz a vontade de comandar o comportamento dos seres humanos com os quais se relaciona, em benefício de interesses próprios. E a perversidade humana tende a superar quaisquer escrúpulos morais frágeis quando é animada por interesses materiais.

A própria conjuntura atual comprova que o clero regular da igreja católica apostólica romana é composto por grande número de pessoas moralmente pervertidas para as quais os valores éticos, morais e espirituais da mensagem evangélica transmitida por Jesus nada representam de prático para a satisfação dos seus interesses escusos. E parece indicar que essa realidade é tradicional e remonta aos primórdios do Cristianismo.

Além disso, a própria História da humanidade registra fatos tenebrosos que ressaltam a perversidade imanente dessa classe sacerdotal, pontilhando-lhe a crueldade, a ganância, a corrupção, a desonra e outros vícios que a caracterizam. E, nas suas análises, não se omite em atribuir-lhe responsabilidade pelo marcante atraso de desenvolvimento da era medieval.

Obviamente, no prazo de aproximadamente 1400 anos, com a irrestrita liberdade de manipulação dos textos originais do Novo Testamento e a plena soberania sobre as classes sociais, o clero romano adulterou a autêntica mensagem cristã, dela suprimindo ou interpolando pontos satisfatórios dos seus interesses materiais. E, enceguecido pela própria volúpia, nem sequer teve a capacidade de interpretar, nas entrelinhas da mensagem, que a sua demência já estava prevista...

Na promessa do Consolador.
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: filhodobino em 24 de Setembro de 2010, 23:37
Amados do Meu coração, companheiros de jornada,...

Citar
Concordo contigo que há uma diferença enorme entre o que ensinaram os grandes mestres da Espiritualidade e o modo pelo qual foram interpretados.
Citar
Mas no caso de Paulo de Tarso as epistolas/cartas dirigidas às comunidades saíram de suas proprias mãos, sem qualquer interferencia que não fosse a dos que adaptaram os textos originais, ao longo do tempo, conforme as conveniencias e interesses religiosos.
Citar
É o que penso sobre o assunto.

A codificação os ensinou a penar sem usar a palavra, (alteridade)...
Ponhamos no lugar dos cristãos que viveram sob o império de Constantino...
Qual era o objetivo mais importante?
Preservar a essência do Evangelho, o que foi feito à dura, penas, tanto que é o cristianismo a religião que tem em todos os tempos o maior numero de mártires...Apesar dos erros que também cometeu, posto que religião cristã é didigida por homens.... e Até o Espiritismo que foi organizado e coordenado peloEspírito da Verdade e tem apenas 150 anos já sofreu invenções aos montes, que dirá o Bhudismo, o Islanismo, o Cristianismo....
Importa que permaneça a essência... que e o que verdadeiramente leva o filho de Deus a refletir e a evoluir.
Então o que verdadeira
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Mirina em 25 de Setembro de 2010, 00:21
Olá amigos,

excelente texto do Lineu, que nos obriga a entender a manipulação do evangelho como consequencia do desejo dos que estão no poder em não modificar seu estatus quo.
Logo, e a partir deste raciocinio, entendo que o manejo das escrituras sagradas serviu e serve ainda a um sem numero de individuos sem escrúpulos, que se utilizam da imagem de um Deus morto para aterrorizar e subjugar o consciente coletivo.

Mas o que me deixa mais ainda estarrecida é saber que, nos tempos atuais, com toda a informação que hoje já temos, a própria igreja católica não se manifesta e se dispõe a corrigir tal distorção, e ainda pior, continua atuando como se fosse a unica e absoluta dona da verdade.  Uma hipocrisia que esta cristalizada e recebe o aval de milhares de seguidores.

O espiritismo por sua vez, surgiu pelas mãos de Kardec, e desde de seu nascedouro nos incita a questionar, duvidar, refutar, entender e esclarecer, e jamais aceitar um conceito como verdade absoluta, sem que este não tenha sido divulgado em diferentes pontos, por diferentes pessoas.

Então eu pergunto aos queridos amigos, devo considerar somente os livros da codificação como obras dignas de estudo e esclarecimento?
Todo o ensino de Jesus Cristo está ali esgotado, ou o conteudo que perdemos tem ainda muito mais a nos revelar e nos instruir?

Volto a afirmar, fui criada sob os dogmas do catolicismo e todas estas informações me deixam com a sensação de ter sido enganada por longa data. 

Se Jesus Cristo não escreveu nada, confiou na tradição passada oralmente, que depois foi documentada, e, não se trata de simples narração de historia, mas sim de ensinamentos valiosos que até hoje norteiam nossas ações.
Quero as respostas, quero a oportunidade de entender a obra de Cristo com todas as suas nuances e riqueza.  Alguém pode me ajudar?
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: filhodobino em 25 de Setembro de 2010, 00:54
Irmã Mirina,
Se algum dia a Igreja tivesse aceitado essa idéia, teria, se permitido com tamanha riqueza e poder, deixar esse negócio de Evangelho prá lá...
Eles Creêm... é humano, e agradecamos a Deus o Evangelho ter chegado a nossos dias...
Senão os Evangelhos seriam somente cinzas...
Entre mortos e feridos salvaram-se todos.
Saúde e Paz!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: MarcoALSilva em 25 de Setembro de 2010, 00:56
Olá amigos,

excelente texto do Lineu, que nos obriga a entender a manipulação do evangelho como consequencia do desejo dos que estão no poder em não modificar seu estatus quo.
Logo, e a partir deste raciocinio, entendo que o manejo das escrituras sagradas serviu e serve ainda a um sem numero de individuos sem escrúpulos, que se utilizam da imagem de um Deus morto para aterrorizar e subjugar o consciente coletivo.

Mas o que me deixa mais ainda estarrecida é saber que, nos tempos atuais, com toda a informação que hoje já temos, a própria igreja católica não se manifesta e se dispõe a corrigir tal distorção, e ainda pior, continua atuando como se fosse a unica e absoluta dona da verdade.  Uma hipocrisia que esta cristalizada e recebe o aval de milhares de seguidores.

O espiritismo por sua vez, surgiu pelas mãos de Kardec, e desde de seu nascedouro nos incita a questionar, duvidar, refutar, entender e esclarecer, e jamais aceitar um conceito como verdade absoluta, sem que este não tenha sido divulgado em diferentes pontos, por diferentes pessoas.

Então eu pergunto aos queridos amigos, devo considerar somente os livros da codificação como obras dignas de estudo e esclarecimento?
Todo o ensino de Jesus Cristo está ali esgotado, ou o conteudo que perdemos tem ainda muito mais a nos revelar e nos instruir?

Volto a afirmar, fui criada sob os dogmas do catolicismo e todas estas informações me deixam com a sensação de ter sido enganada por longa data. 

Se Jesus Cristo não escreveu nada, confiou na tradição passada oralmente, que depois foi documentada, e, não se trata de simples narração de historia, mas sim de ensinamentos valiosos que até hoje norteiam nossas ações.
Quero as respostas, quero a oportunidade de entender a obra de Cristo com todas as suas nuances e riqueza.  Alguém pode me ajudar?




Pois é...  Esse é um probleminha chato em relação ao qual a imensa maioria prefere pensar let it be....

Uma grande crítica que alguns fazem ao Espiritismo é a vinculação ao evangelho herdado da manipulação da igreja.

Mas não há ensinamentos cristãos nesses evangelhos? Por óbvio que sim!!!

Não houve uma modificação do ensino de Amor em sua essência, mas muito, muito do contexto foi, sim, alterado.

Analisemos, examinemos, meditemos...

Afinal, nós não somos autômatos que recebem inputs que se processam sem que o senso crítico possa avaliar.

Desconfie de tudo o que importe em segregação, superficialidade ou salvacionismo... Confie nos ensinos de desapego de tudo o que este mundo representa; confie na ênfase ao mundo da alma.

O mais importante: abandone quaisquer noções de crime e castigo com que a igreja contaminou o ensinamento do Cristo.

É apenas uma sugestão.


Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: filhodobino em 25 de Setembro de 2010, 01:03
Amado irmão Marco,
Essa idéia aliada ao que o Espiritismo Cristão me explicou, me fez entender, que eu deveria me conduzir mesmo assim... e é oque tenho feito...

Citar
Desconfie de tudo o que importe em segregação, superficialidade ou salvacionismo... Confie nos ensinos de desapego de tudo o que este mundo representa; confie na ênfase ao mundo da alma.

O mais importante: abandone quaisquer noções de crime e castigo com que a igreja contaminou o ensinamento do Cristo.
Ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/off-topic/quem-foi-jesus-29228/msg149234/?topicseen#msg149234#ixzz10Ujyd2RU

Saúde e Paz!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Mirina em 25 de Setembro de 2010, 16:24
Amigo Marco,

achei excelente seus conselhos e creio que a partir deles consigo dar um norte aos meus estudos e no aprofundamento de meus conhecimentos.

Obrigado por iluminar minhas idéias!
Concordo também com o filhodobino, é infrutifero tentar caçar as bruxas a esta altura....
Então tentarei usar com sabedoria meu senso crítico e de julgamento para não mais me sentir manipulada pela consciencia coletiva.  Vou me fixar na essencia como bem lembrado pelos meus amigos e dispensar os detalhes.

Abs e muita luz a todos,

Mirina

Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: filhodobino em 25 de Setembro de 2010, 16:59
Amados Irmãos,
Sem Jesus o Cristo, não há ciência de vida, maior... (pode haver igual)...
Amar a Deus sobre todas as coisas... e ao próximo como a sí mesmo!(LEI).

Para o dia-a-dia:
33 Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
34 Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã; porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.

Para orar:
“Abençoados seremos todos nós, que buscamos a Verdade, e que evitamos as trevas da ignorância”.
“Abençoados seremos todos nós que nos submetemos à Lei que nos ilumina com a Verdade em todos nossos caminhos”.
“Que a Lei nos proteja com todas as bondades do Amor, nos mantendo distantes do mal”.
“E ilumine nossos corações e também nossa intuição para as coisas da vida, e nos gratifique sempre com o conhecimento das coisas eternas”.

E... viver... viver... viver... viver...
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Mirina em 25 de Setembro de 2010, 17:17
Amém irmão filhodo bino,

Deus nos abençoe sempre e levarei esta prece sempre comigo,

abs
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Holybaby em 27 de Setembro de 2010, 12:48
Olá amigos,

excelente texto do Lineu, que nos obriga a entender a manipulação do evangelho como consequencia do desejo dos que estão no poder em não modificar seu estatus quo.
Logo, e a partir deste raciocinio, entendo que o manejo das escrituras sagradas serviu e serve ainda a um sem numero de individuos sem escrúpulos, que se utilizam da imagem de um Deus morto para aterrorizar e subjugar o consciente coletivo.

Mas o que me deixa mais ainda estarrecida é saber que, nos tempos atuais, com toda a informação que hoje já temos, a própria igreja católica não se manifesta e se dispõe a corrigir tal distorção, e ainda pior, continua atuando como se fosse a unica e absoluta dona da verdade.  Uma hipocrisia que esta cristalizada e recebe o aval de milhares de seguidores.

O espiritismo por sua vez, surgiu pelas mãos de Kardec, e desde de seu nascedouro nos incita a questionar, duvidar, refutar, entender e esclarecer, e jamais aceitar um conceito como verdade absoluta, sem que este não tenha sido divulgado em diferentes pontos, por diferentes pessoas.

Então eu pergunto aos queridos amigos, devo considerar somente os livros da codificação como obras dignas de estudo e esclarecimento?
Todo o ensino de Jesus Cristo está ali esgotado, ou o conteudo que perdemos tem ainda muito mais a nos revelar e nos instruir?

Volto a afirmar, fui criada sob os dogmas do catolicismo e todas estas informações me deixam com a sensação de ter sido enganada por longa data. 

Se Jesus Cristo não escreveu nada, confiou na tradição passada oralmente, que depois foi documentada, e, não se trata de simples narração de historia, mas sim de ensinamentos valiosos que até hoje norteiam nossas ações.
Quero as respostas, quero a oportunidade de entender a obra de Cristo com todas as suas nuances e riqueza.  Alguém pode me ajudar?


Concordo plenamente, irmãzinha!

Se a Codificação, o LE, ensina a questionar, a ponderar, devemos
então estudar e opinar sobre o ESE, e sobre tantos outros escritos
(como a Bíblia).

O próprio LE ensina a julgar as mensagens espirituais (lembram? Se
forem mensagens de acordo com a Caridade e Amor ao próximo, são de
espíritos bons e esclarecidos; se forem torpes, materialistas,
contraditórias ou inúteis, são de seres atrasados).

Outra coisa que lembro bem do LE: diz claramente (em minhas
palavras, pois não recordo as do LE) que "os espíritos não passariam
suas mensagens de paz a um muçulmano, vituperando o Maomé." Para um
cristão, isso soa piedoso e justo. Vai ver, para os árabes, diriam:
"Não chegaremos para um cristão falando que Jesus era apenas um
profeta... Ou um dos Iluminados".
Acho que os próprios espíritos mantém segredos que ainda não estamos
prontos para ouvir. Talvez tudo venha a mudar rapidamente, e devemos
manter a mente aberta, o coração puro, e a Caridade. O resto, seja o
que for...
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Leone em 02 de Outubro de 2010, 18:35
Meu caro
filhodobino

Por favor me explique:

Porquê nos debate dos temas da Doutrina dos Espíritos mantem um esforço constante para citar a Bíblia?

Bíblia, ou seja, conjunto de livros, contém um conjunto de textos que, se completa, congrega o Antigo Testamento e o Novo Testamento.
Dos originais em Aramaico principalmente há muitas traduções dos textos com nuances interpretativas conforme quem fez as traduções e, creio, que lhes deu um sentido que considerava certo.
Contudo os textos originais estão escritos numa língua que não usava vogais o que complica não só a sintaxe da escrita como , e muito especialmete, a semântica logo, a compreensão do que se queria dizer originalmente.
Na Doutrina dos Espíritos encontramos sempre a referência a um Deus de Suprema Bondade, que não castiga nem premeia, antes nos concede o livre arbítrio e nos resposabiliza pelo uso que dele fazemos.
Nos textos Bíblicos, pelo contrário, encontramos muitas vezes referencia a um Deus castigador, punitivo, que me faz pensar que não se coaduno com o conceito de Deus.
Posso contudo não estara ver bem o problema mas, continuo a preferir o DEUS que nos é demonstrado na obra de Kardec que, acredito, lhe foin transmitida pelos Espíritos superiores.
Cumprimentos
Muita paz para o caro irmão
desjos extensivos aos companheiros de particpação no fórum
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Mourarego em 02 de Outubro de 2010, 18:47
Acabando a discussão...
Jesus, com todos sabem foi o namorado da Madonna!
:)
abraços,
Moura
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Mirina em 02 de Outubro de 2010, 18:58
Olá amigo Leone,

a LE nos ensina que na época em que os textos biblicos foram escritos, o entendimento que o homem tinha para compreender Deus eram ainda muito rudimentares.  Então o texto, e inclusive Paulo de Tarso, como compreendi após este debate, utilizaram-se dos meios que possuiam para fazer compreender a idéia de um Deus unico e misericordiosos, completamente contrária as noções divinas da época.
Hoje aceitamos um Deus que não castiga e não pune e sim "dá a cada um conforme sua obra"poque possuimos progresso intelectual para isso.

A citação do filhodobino, que por vezes parecem preciosismos, nos faz refletir sobre nosso entendimento.  Por vezes auxiliam, por vezes confundem, mas não deixam de ser interessantes.

Abs,
Mirina
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: filhodobino em 02 de Outubro de 2010, 19:10
Meu caro
filhodobino
Por favor me explique:
Porquê nos debate dos temas da Doutrina dos Espíritos mantem um esforço constante para citar a Bíblia?

filhodobino explica:  Não cito a Biblia, irmão... Cito o Evangelho de N.S.J. Cristo, que conforme a codificação é modelo e guia para a humanidade. Mas cito também o Eclesiastes, Jó, Gênesis e Exodo(moisaicos);
Replico OLE para melhor esclarecer:

625. Qual o tipo mais perfeito que Deus tem oferecido ao homem, para lhe servir de
guia e modelo?
“Jesus.”
Para o homem, Jesus constitui o tipo da perfeição moral a que a Humanidade pode
aspirar na Terra. Deus no-lo oferece como o mais perfeito modelo e a doutrina que ensinou
é a expressão mais pura da lei do Senhor, porque, sendo ele o mais puro de quantos têm
aparecido na Terra, o Espírito Divino o animava.
Quanto aos que, pretendendo instruir o homem na lei de Deus, o têm transviado,
ensinando-lhes falsos princípios, isso aconteceu por haverem deixado que os dominassem
sentimentos demasiado terrenos e por terem confundido as leis que regulam as condições da
vida da alma, com as que regem a vida do corpo. Muitos hão apresentado como leis divinas
simples leis humanas estatuídas para servir às paixões e dominar os homens.
626. Só por Jesus foram reveladas as leis divinas e naturais? Antes do seu
aparecimento, o conhecimento dessas leis só por intuição os homens o tiveram?
“Já não dissemos que elas estão escritas por toda parte? Desde os séculos mais
longínquos, todos os que meditaram sobre a sabedoria hão podido compreendê-las e ensinálas.
Pelos ensinos, mesmo incompletos, que espalharam, prepararam o terreno para receber
a semente. Estando as leis divinas escritas no livro da Natureza, possível foi ao homem
conhecê-las, logo que as quis procurar. Por isso é que os preceitos que consagram foram,
desde todos os tempos, proclamados pelos homens de bem; e também por isso é que
elementos delas se encontram, se bem que incompletos ou adulterados pela ignorância, na
doutrina moral de todos os povos saídos da barbárie.”

627. Uma vez que Jesus ensinou as verdadeiras leis de Deus, qual a utilidade do
ensino que os Espíritos dão? Terão que nos ensinar mais alguma coisa?
“Jesus empregava amiúde, na sua linguagem, alegorias e parábolas, porque falava de
conformidade com os tempos e os lugares. Faz-se mister agora que a verdade se torne
inteligível para todo mundo. Muito necessário é que aquelas leis sejam explicadas e
desenvolvidas, tão poucos são os que as compreendem e ainda menos os que as praticam. A
nossa missão consiste em abrir os olhos e os ouvidos a todos, confundindo os orgulhosos e
desmascarando os hipócritas: os que vestem a capa da virtude e da religião, a fim de
ocultarem suas torpezas. O ensino dos Espíritos tem que ser claro e sem equívocos, para
que ninguém possa pretextar ignorância e para que todos o possam julgar e apreciar com a
razão. Estamos incumbidos de preparar o reino do bem que Jesus anunciou. Daí a
necessidade de que a ninguém seja possível interpretar a lei de Deus ao sabor de suas
paixões, nem falsear o sentido de uma lei toda de amor e de caridade.”

filhodobino ainda explicando:
mas estudo além da codificação, misticismo cuja cultura está também diretamente ligada aos ensinos do Mestre Jesus, ...
Estudo o meu psiquismo para me conhecer melhor... para tanto busco tanto em psicologia, teosofia, nos estudos miticos, filosofia, e logo no inicio da minha vida estudei também teologia, mas foi pouco e esse pouco me bastou por enquanto....
Posso contudo não estara ver bem o problema mas, continuo a preferir o DEUS que nos é demonstrado na obra de Kardec que, acredito, lhe foin transmitida pelos Espíritos superiores.
Cumprimentos
Muita paz para o caro irmão
desjos extensivos aos companheiros de particpação no fórum
filhodobino encerra dizendo:
Presentemente estou bastante envolvido em dotar o meu psiquismo de pleno entendimento de alteridade, para melhor compreender as diferenças e os jeitos diferentes dos meus irmãos compreenderem, posto que penso que sou eu que tenho que compreendê-lo, e não posso determinar compreensão   ao que posto...
Isto porque posto para aprender, e sinto-me satisfeito que tenhas me inquirido, pois assim me concedestes a mim(perdôe a redundância, mas a mesma é proposital) a oportunidade de me escutar primeiro, antes de lhe prazeirosamente responder...
Saúde e Paz!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: MarcoALSilva em 02 de Outubro de 2010, 20:29

"Jesus" é a transposição para a cultura hebraica do mito solar.


Pronto... Arrumei pra cabeça...
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: filhodobino em 02 de Outubro de 2010, 20:38

"Jesus" é a transposição para a cultura hebraica do mito solar.


Pronto... Arrumei pra cabeça...

Amado Irmão, gostei da sua manifestação... deverasmente como diria Odorico Paraguaçú, a resposta que o Espírito da verdade deu à questão 626 que Kardec formulou nos leva a outro rumo, (na aparência), qual seria a interpretação dessa resposta segundo a sua opinião? Gostaria de conhecê-la.
Saúde e Paz!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: MarcoALSilva em 02 de Outubro de 2010, 21:03
626. Só por Jesus foram reveladas as leis divinas e naturais? Antes do seu
aparecimento, o conhecimento dessas leis só por intuição os homens o tiveram?

“Já não dissemos que elas estão escritas por toda parte? Desde os séculos mais
longínquos, todos os que meditaram sobre a sabedoria hão podido compreendê-las e ensinálas.
Pelos ensinos, mesmo incompletos, que espalharam, prepararam o terreno para receber
a semente. Estando as leis divinas escritas no livro da Natureza, possível foi ao homem
conhecê-las, logo que as quis procurar. Por isso é que os preceitos que consagram foram,
desde todos os tempos, proclamados pelos homens de bem; e também por isso é que
elementos delas se encontram, se bem que incompletos ou adulterados pela ignorância, na
doutrina moral de todos os povos saídos da barbárie.”


Pois é, meu caro Amigo Filho do Bino...

Muito ao contrário do que grande parte das pessoas tende a considerar, o mito não é uma simples fábula dita por um insandecido que verteu beberagens alucinógenas... Ou que tenha inalado gases naturais alucinógenos...

O mito é a lição passada desde sempre e para sempre.
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: MarcoALSilva em 02 de Outubro de 2010, 21:06

Ah! Sim... Pertinente mencionar que, segundo Tom Harpur, 95% da Bíblia (e todo o evangelho) é uma coletânea de mitos.

Em última análise, um mito é um ensinamento arquetípico... Por isso não tem nada de histórico.
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: filhodobino em 02 de Outubro de 2010, 21:24
Amado Irmão Marco,
Eu teria um reforço autêntico, dessa admirável aliança, (mas, por questões de ética e direitos privados não o faço), que todo Cristão fala, e nem sabe explicar o que a nova aliança, ficam pensando apenas no Judaísmo, mas, sabemos que a Saga dos Hebreus, começa no apogeu dos Faraós, com a história de José... do período que os hebreus ficaram no cativeiro egipcio, nos padres ortodoxos peregrinos, dos monges Egipcios dos quais o mais conhecido seria São Bento, criticados por sua busca mistica, pelos modernos arautos do Cristianismo os denominavam Giróvagos, (posto que eram peregrinos que em hordas iam se estabelecendo em conventos e outros seguiam adiante levando o Evangelho, que vieram até os celtas (Espanha, Portugal, Grã-Bretanha, (mais os continentais conhecidos por Bretões), Quando a igreja se firmou, já encontrou os celtas praticamente cristianizados, mas com a pureza dos primeiros dias e então entraram em choque com o vaticano, e por razões também de cunho do Ego dos monarcas, fundaram a igreja Anglicana...
e inclusive o Concílio Vaticano II, organizou e ainda funciona uma busca aos conhecimentos desses... giróvagos....
e Para finalizar, Paulo se confessava Grego por parte de mãe, (a responsável por sua educação inicial, tendo sido encaminhado porteriormente ao Faraisaismo por seu genitor hebreu) por isto tinha cidadania Romana.... é mistura que dá pano prá manga...
Mas um dia teremos condições de tirar tudo a limpo, se valer a pena né?
Saúde e Paz!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: filhodobino em 02 de Outubro de 2010, 22:42

Ah! Sim... Pertinente mencionar que, segundo Tom Harpur, 95% da Bíblia (e todo o evangelho) é uma coletânea de mitos.

Em última análise, um mito é um ensinamento arquetípico... Por isso não tem nada de histórico.

Amado Irmão,
Com profundo respeito às crenças e a todo tipo de fé... mas até Lennon "Imagine"isto...
Saúde e Paz!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: NS em 14 de Outubro de 2010, 19:11
Boa tarde


"............A maioria dos autores do Novo Testamento nunca conheceu ou viu Jesus em
suas vidas. Eles viveram muitos anos depois que Ele deixou a Terra. Não reconheceriam
Jesus de Nazaré se o vissem na rua."


"Os autores da Bíblia tinham muita fé e eram grandes historiadores. Ouviram as histórias
que foram contadas a eles e a seus amigos por pessoas mais velhas - que as tinham ouvido
de outras pessoas mais velhas - até finalmente fazerem um registro escrito.
E nem tudo que os autores da Bíblia escreveram foi incluído no documento final.
Os ensinamentos de Jesus já tinham levado ao aparecimento de "igrejas" - e, como
acontece sempre que as pessoas se reúnem em grupos formados em torno de uma idéia
influente, havia certos indivíduos dentro dessas igrejas, ou desses enclaves, que
determinavam que partes da História de Jesus seriam contadas - e como. Esse processo de
selecionar continuou durante toda a compilação, a produção literária e a publicação dos
evangelhos, e da Bíblia. Até mesmo vários séculos depois que os textos sagrados originais foram escritos, um
concílio determinava mais uma vez que doutrinas e verdades deviam ser incluídas na Bíblia
então oficial - e quais seriam "prejudiciais" ou "prematuras" para se revelar às massas.
E também houve outros textos sagrados - escritos em momentos de inspiração por
homens comuns, que não eram mais loucos do que você."


in "Conversando com Deus" de Neale Donald Walsch


Supostamente esta resposta vem da Fonte....

Até sempre
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: MarcoALSilva em 15 de Outubro de 2010, 02:27

Uma sugestão:

Pesquisem o mito de Hórus.

Procurem ler sobre a "história" de Hórus.

O cristianismo não existiria sem os egípcios...
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: NS em 15 de Outubro de 2010, 19:14
Marco tens razão meu amigo!!

A história repete-se!! Deus mostra-se das mais variadas formas......enquanto uns o olham do cimo da montanha, outros olham-no do vale - perspectivas diferentes, duas verdades até (isto porque Deus é tudo o que É e o que não É, porque para saber o que É precisa de saber o que não É).

Bhuda, Jesus, Khrisna...e tantos outros milhões deles, foram Mestres.

A verdade é que nós somos DEUS, cada um de nós é Deus, porque nós criamos o nosso pensamento, eu acredito que somos UM.

Como poderia ser de outra forma? Como poderia um Deus dizer que Esta é a minha Religião? A verdade é que, tudo é DEUS, desde a pedra até ao mais complexo Ser.

Para cada um de nós, basta olhar para dentro e sentir quem lá está :)

cps e até sempre
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: MarcoALSilva em 16 de Outubro de 2010, 03:06
[...]
A verdade é que, tudo é DEUS, desde a pedra até ao mais complexo Ser.
[...]

 :)

Pois é...  Paulo conhecia a sabedoria antiga e fez uma mistura danada...

Ainda bem que as verdades são universais, como essa que você anunciou.
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Leone em 18 de Dezembro de 2010, 11:48
Citando do irmão Marco:

"O mais importante: abandone quaisquer noções de crime e castigo com que a igreja contaminou o ensinamento do Cristo."

De que igreja?

Igreja (reunião dos crentes).

Hoje, como no passado, os crentes podem reunir-se em igreja em qualquer lado. Jesus reunia-se em igreja no campo, no monte, ou seja, em espaço aberto.  Por comodidade, aconchego, os crentes passaram a reunir-se em igreja nos templos e estes pelo facto de serem utilizados para a reunião em igreja acabaram por passar a serem chamados de igreja como acontece nos dias de hoje.
E, hoje, será que haverá igreja nos templos quando muita gente lá está reunida?
E. será que nos centros Espíritas haverá igreja aquando das reuniões dos irmãos de doutrina?

E os de outros cultos, Cristãos ou não, reunidos em nome de DEUS, estarão ou não reunidos em igreja?

Muita paz para vós

Que Jesus esteja convosco   


Ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/off-topic/quem-foi-jesus-29228/30/#ixzz18ShvuyUH
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: MarcoALSilva em 18 de Dezembro de 2010, 15:33
[...]
De que igreja?
[...]

Aquela, dentre as demais, que fez conchavo com Constantino. Sim, a Igreja Católica Apostólica Romana.

Tinha essa designação na época? Certamente não. Mas é a ela que me refiro. De qual vertente das catacumbas advieram os cristãos primitivos que a compunham naquele momento, não sei. Mas, agora isso não tem mais importância. O fato é que de seu credo veio a base da fé de metade do planeta.

Abraço!
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: Leone em 18 de Dezembro de 2010, 18:57
Olá Marco

Entenda que ao colocar a questão nos termos que coloquei não pretendi mais que posicionar as coisas.
Na Doutrina que procuro seguir, a Doutrina dos Espíritos codificada pelo Professor Rivail e publicada sob pseudónimo Allan Kardec a conselho do seu mentor para que não se confundisse com obra até então produzida, temos verificado o quê?
Orientação estrita da obra em todos os países? e mesmo na área geográfica de cada país?
Quando analisamos os dados históricos verifcamos que os Apóstolos fizeram como ensinado pelo Mestre (ide e pregai como eu próprio fiz) levando a palavra a diversos locais e procuraram transmitir a mensagem.
É assim que podemos constatar a existencia dos Cristãos do Leste Europeu ( a Ortodoxa Russa), a da zona do adiático e do Egeu ( a Ortodoxa Grega ), a do médio Oriente e norte de África (a Jacobita ) hoje pràticamente absovida pelo Islamismo, a de Roma ( I.C.A.R ), que após o cisma de Constantinópola (a noava Roma antes do ano 1000) esteve de costas voltadas até à visita de João Paulo II.
Mas a I.C.A.R., a que é mais conhecida no mundo Ocidental, manteve-se fiel aos ensinos dos Apóstolos? não é a resposta quanto a mim que até posso estar enganado.
O Cristianismo como Jesus ensinou por quantos anos se manteve? e foi fácil a simples divulgação da mensagem? como poderia ter sido fácil se os divulgadores da palavra estavam num mundo das divindades do Politeismo?
E mesmo após se começar a divulagação o que é possível constatar pelos registos? que havia quem tivesse opinião divergente de outros seguidores e por isso necessário seria o seu afstamente, mesmo que pela violência se necessário( Ário, Origens apenas como exemplo).
E depois da instituição da I.C.A.R. o que constatamos? Os Albigenses, os Cátaros, os Valdenses, os Hussitas, os Lolardistas, os Fraticelosos Beuinos, etc.
E o que aconteceu com o dissidente  Martinho Lutero (Luteranismo)?  Quantas igrejas há hoje que se denominam de Evangélicas e são resultado de dissidências do Luteranismo e outras dissidências das dissidentes?
Além disto temos ainda o Anglicanismo que é o resultado da não possibilidade de divórcio na I.C.A.R. e então há que criar a sua própria Igreja, e também a que nasceu dos irmãos Weslley no segimento das reuniões de alguns estudantes ao estudar metódicamenmte a Bíblia. Hoje a igreja Metodista que dimensão tem?

É irmão Marco, esperemos que os ensinamentos dos Espíritos codificados pelo nosso Mestre Allan Kardec, continuem a servirnos de orientação e que não haja movimentos traticidas (mais).

Muita paz e desejos de um Santo e Feliz Natal
Título: Re: Quem Foi Jesus?
Enviado por: MarcoALSilva em 18 de Dezembro de 2010, 22:05
[...]
É irmão Marco, esperemos que os ensinamentos dos Espíritos codificados pelo nosso Mestre Allan Kardec, continuem a servirnos de orientação e que não haja movimentos traticidas (mais).
Muita paz e desejos de um Santo e Feliz Natal

Que a Vida sempre e sempre nos traga as preciosas oportunidades de ascensão à Luz!
FELIZ NATAL!!! Um bom 2011!!!