Forum Espirita

CONVÍVIO => Off-topic => Tópico iniciado por: Vitor Santos em 04 de Setembro de 2009, 22:22

Título: PREOCUPANTE!
Enviado por: Vitor Santos em 04 de Setembro de 2009, 22:22
Olá

Ontem vi um documentário que me impressionou.

Uma americana dedicou-se a fazer bonecos que têm um aspecto quase igual a um bebé. Alguns até respiram, através de um motor que faz esse efeito.

O problema é que há pessoas que lhe compram os bonecos e falam deles como se de um filho se tratasse. Algumas levam os bonecos à rua em carrinhos de bebés.

Trata-se de instinto maternal, de doença psicológica ou de tudo junto? Não me parece saudável.

Havia um casal que andava com um bebé boneco e diziam que não estavam para ter um real.

Há quem tenha vários bonecos.

Há casais em que um conjugue quer aquilo e outro não. Houve um homem que disse que o boneco da mulher lhe faz lembrar a morgue e bebés mortos. Mas tolera a situação.
 
bem hajam
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Vitor Santos em 04 de Setembro de 2009, 22:26
Olá

Para verem o que exemplos da arte reborn ( a arte não é estranha, o que é estranho é alguém comprar os bebes bonecos para substituir bebes verdadeiros).

http://www.elo7.com.br/productProfile.do?webCode=4BAD3&sortBy=&pageNum=&albumWebCode=&productIndex=0&gclid=COm06uLx2JwCFUoB4wodpHc-Jw (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5lbG83LmNvbS5ici9wcm9kdWN0UHJvZmlsZS5kbz93ZWJDb2RlPTRCQUQzJmFtcDtzb3J0Qnk9JmFtcDtwYWdlTnVtPSZhbXA7YWxidW1XZWJDb2RlPSZhbXA7cHJvZHVjdEluZGV4PTAmYW1wO2djbGlkPUNPbTA2dUx4Mkp3Q0ZVb0I0d29kcEhjLUp3)

bem hajam
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: deiae em 04 de Setembro de 2009, 22:36
Acredito que esse comportamente reflete o nível de desequíbrio a que podemos chegar, pela falta de auto-conhecimento. O ser humano anda tão voltado pras coisas externas que a falta amor-próprio se manifesta como uma espécie de vazio interior. Acabamos tentando preencher esse vazio de inúmeras formas, seja cuidando de um animal/boneco como se fosse gente, seja buscando nas outras pessoas ou nas drogas algum sentimento que preencha esse vazio...
A cura? Auto-conhecimento...
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: sonho em 04 de Setembro de 2009, 22:39
Olá Vitor!

Também vi esse documentário e digo-lhe que me fez alguma impressão, especialmente porque alguns bonecos eram mesmos idênticos a bébés reais.

Contudo, como apanhei o documentário no final não entendi a realidade das pessoas que os adquiriam. Uma das senhoras chegou a perder o neto? Não consegui entender...

Também me fez muita impressão o casal que andava na rua com o carro de bébé, mais o boneco dentro, chegando a passear com ele pela loja, e comprando roupas carissimas para o mesmo, como um filho se tratasse.

Tal como o amigo Vitor não consigo entender o que leva as pessoas a desejarem bonecos tão idênticos a bébés reais mas que na verdade, como não têm "vida" parece que estão mortos, daí a expressão de um dos maridos de uma senhora, dizer que aquele quarto cheio de bonecos parecia uma morgue de bébés.

Eu também fiquei impressionada. :o  

Abraço amigo
Sonho :)
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Blue soft em 04 de Setembro de 2009, 22:59
         Vitor querido,
vou cochichar isto com você, aqui no Rio tinha uma atriz,
modelo e mais um monte de atributos que andava pelos
Shoppings com este bebê no colo, no carrinho e dizia que
lhe fazia bem, pois parecia de verdade e que ela se sentia
menos só.
        Bem, amigo, não posso julgar o sentimento, mas se
estamos precisando de pseudos companheiros para não
nos sentirmos solitários alguma coisa está errada, ainda
mais quando temos, pelo menos no Brasil, tantas crianças
em orfanatos.
        Poderíamos adotar e criá-los, contudo a facilidade
das coisas fazem que escolhamos o que nos parece melhor,
uma vida sem dores de cabeça, sem preocupações e o pior
sem amadurecimento, se não quero me responsabilizar com
seres vivos, não queremos crescer, ou melhor queremos ser
filhos eternos.


                    Abraços fraternos,


                       Blue Soft

 
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Mourarego em 04 de Setembro de 2009, 23:06
O mais preocupante é que muitas desas pessoas, que compram bebes, que parecem-se com humanos, têm trabalho e tratam como filhos a seus cachorros e gatos, para não falar em répteis...
Abraços,
Moura
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Atlante em 04 de Setembro de 2009, 23:06
Olá
Explicar como?

Trata-se de um desequilibrio psico-emocional que nem a ciência consegue explicar.

Cada vez mais se vai perdendo aquele ancestral conceito de família, pai, mãe, filhos. Cada vez se casa mais tarde, cada vez se tem filhos mais tarde e se não tiver melhor ainda, porque não tem quem chateie.
No entanto o instinto maternal e, em muitos casos, paternal não morreu. Então trata-se um bomeco como se trataria um filho.

Claro que o problema não é de agora, ele já vem de trás. Se agora surgiu um boneco, ele apenas vem substituir outros elementos antes adoptados como substituição dos filhos. Até porque se olharmos bem para as técnicas de vendas bem sabemos que o lançamento de muitos produtos surge na sequência de estudos de mercado.

Mas a lei de causa e efeito não deixa de se fazer presente em tudo na vida.
Por isso podemos observar a dificuldade que, cada vez mais, mulheres têm em engravidar.
Nunca, no chamado mundo civilizado, se recorreu tanto a tratamentos de fertilidade e cada vez mais se recorre à inseminação como forma de engravidar.

Atlante    
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: MarcoALSilva em 05 de Setembro de 2009, 00:01

O que me impressiona é a escolha por uma "solução" tão bizarra quando, a bem da verdade, poder-se-ia fazer algo mais construtivo, simples e que não exigiria mais do que boa-vontade: dar carinho a alguém.

Se a adoção (que, realmente, pressupõe uma liturgia burocrática absurda) passa longe das cogitações do ser, que tal ao menos visitar abrigos ou asilos?

É curioso... Muitos torcem o nariz ou consideram mera demagogia tal proposição... De minha parte ando um pouco intolerante para com atitudes como "adotar" uma boneca...  Já vi muitos velhinhos sedentos de uma visitinha, rápida que seja, para uma conversa, apenas isso.

Para quem faz é pouco... Para quem recebe, muitas vezes, é tudo.

Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Mourarego em 05 de Setembro de 2009, 16:51
Concordo contigo mano Marco.
Abração,
Moura
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Anton Kiudero em 05 de Setembro de 2009, 18:23

Cada um vive a sua verdade. Que para outros pode parecer absurda.
E uns e outros vivem dominados pelas mesmas ilusões que cada um acredita serem realidades.
Portanto nada existe a ser julgado. O julgamento será sempre um achismo de quem ainda se desconheçe.

Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Mourarego em 05 de Setembro de 2009, 18:28

Cada um vive a sua verdade. Que para outros pode parecer absurda.
E uns e outros vivem dominados pelas mesmas ilusões que cada um acredita serem realidades.
Portanto nada existe a ser julgado. O julgamento será sempre um achismo de quem ainda se desconheçe.



"(...)nada existe a ser julgado. O julgamento será sempre um achismo de quem ainda se desconheçe".
Antes de escrever pense, Anton, depois de escrever repense e reflita para não falar bobagens como esta.
Senão, o Juiz age por achismo, e se age para que o curso de Direito e a Escola de Magistratura?
O jogador de futebol para chegar ao profissionalismo, passa por categorias de base para aprender achismos?
E na doutrina, a Plêiade então mostra bem que apenas age por achismos e demonstra que os Espíritos Puros recebendo as ordens de Deus, assim o fazem para conhecer o achismo divino...
Edificante, meu mano.
Abraços,
Moura
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Haga em 05 de Setembro de 2009, 19:00
Porquê preocupante? Os adultos não tem o mesmo direito  de brincar com bonecos como as  crianças? Os adulto não jogam tambem jogos Playstation e jogos de computadores,por exemplo? Secalhar ainda gostam de brincar com bonecos hehe   ;D

Preocupante só se não distinguirem que aquilo é apenas um boneco. Não sejam tão sérios :D



Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Mind em 05 de Setembro de 2009, 19:04
Olá amigos...  
     Confesso que desconhecia esta notícia, no entanto estou consciente que, esta seja mesmo consumada por factores emocionais. Sei também, que a projecção de sentimentos nobres, como o amor num objecto, cria forte vibração ao mesmo chegando a ser visível a certos sensitivos pela luz que os mesmos objectos irradiam por esse efeito; porém essas vibrações, poderiam ser doadas a uma das tantas crianças órfãs, famintas, sem um lar, pois viram suas casas bombardeadas por actos humanos (guerra)!
     Claro que cada um tem livre escolha; mas na minha opinião, adorar um boneco estaria em última estância…
Abraço fraterno.
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Mourarego em 05 de Setembro de 2009, 19:18
Amigo haga,,
não deves ter prestado atenção ao termo em uso, ele é: "adaptar", adotar um boneco, cá para nós, é coisa de malucos ou de desapetrechados da razão.
Abraços,
Moura
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Vitor Santos em 05 de Setembro de 2009, 22:22
Olá amigo Haga

Aquilo que vi na reportagem parece-me preocupante, precisamente porque não parecia tratar-se de uma brincadeira.

Mas como eu já disse ser preocupante não significa ser criticável, pois não me parece que essas pessoas estejam a fazer mal a outrém. A elas próprias não sei se estão a fazer mal. Só se desilude quem se ilude, mas quem sou eu para saber o que é melhor para as outras pessoas...

Não pretendi fazer julgamentos morais, apenas fiquei impressionado amigo.

Olá Nelson

O amor por um objecto é um problema, não um sentimento nobre, na minha opinião. Ou é desequilibro psicológico ou é apego à matéria. Parece ser uma reacção defensiva perante uma perda ou um trauma passado que nos leva a procurar algo que não saia do nosso controle por não ser dotado de vontade nem autonomia. É medo de sofrer, talvez...

Se as pessoas emitem uma luz por amar um objecto, então essa luz nada tem a haver com evolução moral (espiritual). É outro fenómeno qualquer (não sei explicar, nem sequer vejo tal coisa).

bem hajam
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Mind em 06 de Setembro de 2009, 01:25
     Olá amigo Vítor Passos, quero desde já lhe pedir desculpa por não mencionar a fonte do conhecimento que eu vou mencionar por palavras minhas; mas com o aprendizado desse livro, eu li nesse mesmo livro, que nossos pensamentos imitem vibrações de frequência alta, ou baixa de acordo com a intensidade dos nossos pensamentos, o amor portanto tem uma frequência alta e o ódio baixa, significa que são pólos opostos, quanto mais elevados nossos pensamentos em amor, mais alta a frequência.
     Nossos pensamentos funcionam como ondas e vibrações que as mesmas quando dedicadas a determinados objectos como por exemplo os santos de louça de uma igreja, em que as pessoas com viva fé as adoram, criam esse efeito de vibração, do qual eu referi que alguns sensitivos conseguem ver!
     Meu caro amigo Victor, assim que eu der com o livro, eu lhe citarei o nome para que não restem dúvidas ao que menciono… O amigo Vítor diz que o amor por um objecto, é um problema e não um sentimento nobre e eu concordo; mas se pensarmos que essas pessoas possuem características psicológicas diferentes das nossas, fácil será entender, o porquê de eu falar que essas pessoas possam adorar esses bonecos com essa intensidade, infelizmente neste mundo já vi um pouco de muito; mas muito pouco de tudo! Tive a sorte de ter lido este livro com certeza o amigo Victor leu muitos outros interessantes que não li.
Abraço Fraterno.
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Vitor Santos em 06 de Setembro de 2009, 12:30
Olá Nelson

Amigo penso que se está a dirigir a mim: Vitor Santos, e não ao amigo Vitor Passos. Por isso estou a responder.

Ainda não consegui encontrar fundamentação para essa teoria das vibrações dos pensamentos. Já li várias pessoas a falar nisso, já li muitos artigos, mas até hoje ainda não encontrei sequer definições objectivas em relação a isso.

Umas pessoas parecem estar a falar de simpatia de pensamentos. Isso nada tem a haver com vibrações. Mas empregam a palavra vibrações por analogia com a teoria ondulatória da fisica, penso eu.

Outras levam a palavra "vibrações" mais à letra, pressupondo uma teoria ondulatória para as coisas do espirito. Será que essa teoria existe mesmo?

Sobre a "luz" emitida pelos pensamentos, que os tais sensitivos vêem, não tenho conhecimento.

Sabemos que a linguagem dos espiritos desencarnados é o pensamento e não a palavra.

Desta forma, por um fenómeno de emanicipação da alma, será possivel aos médiuns captar imagens mentais de outros espiritos encarnados ou desencarnados e até saber o que estão a pensar. Será isso que quer dizer? Talvez alguém com essas capacidades nos possa ajudar.

Há que esclarecer que a mesma motivação que leva à adopção dos bonecos pode estar na base de outros comportamentos diferentes, que não chamam tanto a atenção. Por vezes nem nós próprios compreendemos as nossas motivações. Eu próprio tenho as minhas manias  e os meus maus hábitos...

bem haja
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Mind em 06 de Setembro de 2009, 14:36
     Olá amigo Vítor Santos, peço desculpa pela troca do nome.
    -Todos temos nossas manias e opiniões, isso é indiscutível…
Amigo Victor, sou um estudioso, estudo para meu aprimoramento moral e intelectual, é um tema complicado de justificar pois como o meu amigo sabe, o "espiritual" não é de todo de facil interpretação pois muito ainda se desconhece , apesar das recentes descobertas nomeadamente:  
                         - o efeito da fé num doente, e o efeito de diferentes estilos de música na constituição mineral num simples copo de água; mas isso é já um outro tema, porém um pouco interligado a este que nos estamos a aclarar.
     Como respostas às suas perguntas, vou mencionar o livro que anteriormente não tinha encontrado a autoria. Deixo abaixo em anexo (pdf).  
     Se o amigo Vítor Santos o desejar ler, posteriormente gostaria que me desse sua opinião relativamente ao mesmo, será um gosto em poder compartilhar a sua opinião.
Abraço Fraterno.
C. Torres Pastorino- Técnica da Mediunidade.
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Mourarego em 06 de Setembro de 2009, 18:20
    Olá amigo Vítor Santos, peço desculpa pela troca do nome.
    -Todos temos nossas manias e opiniões, isso é indiscutível…
Amigo Victor, sou um estudioso, estudo para meu aprimoramento moral e intelectual, é um tema complicado de justificar pois como o meu amigo sabe, o "espiritual" não é de todo de facil interpretação pois muito ainda se desconhece , apesar das recentes descobertas nomeadamente:  
                         - o efeito da fé num doente, e o efeito de diferentes estilos de música na constituição mineral num simples copo de água; mas isso é já um outro tema, porém um pouco interligado a este que nos estamos a aclarar.
     Como respostas às suas perguntas, vou mencionar o livro que anteriormente não tinha encontrado a autoria. Deixo abaixo em anexo (pdf).  
     Se o amigo Vítor Santos o desejar ler, posteriormente gostaria que me desse sua opinião relativamente ao mesmo, será um gosto em poder compartilhar a sua opinião.
Abraço Fraterno.
C. Torres Pastorino- Técnica da Mediunidade.

Amigo Nelson,
cuidado como que diga o Pastorino. Em um dos seus livros ele diz textualmente "nesse campo temos a certeza que andamos bem mais que o próprio Kardec". Uma estupensa balela já que ele segue o seu método e não o de Kardec e que, por isso, não pode dizer o que disse.
Falo de cadeira porque verti ao formato pdf uns cinco livros que a mim foram passados por amigo de um CE, e neles vi, entre coisas boas, muita coisa ruim e despropositada, como esta mesma afirmação que ele faz.
quanto a esta pequena frase tua: "e o efeito de diferentes estilos de músicana constituição mineral num simples copo de água".
Já ficou patente a todos os que seguiram essa armação proposta por um niponico, que tudo não passou de balela e que, inquirida sua secretária ela afiançou não haver prova alguma nem nenhum estudo da tese que disseram ter sido referenciada pela ciência.
Eu também segui e mesmo devo ainda ter nos meus guardados a resposta da secretária em carta por ela assinada sobre o assunto.
No mais, fortaleço minha admiração por ti e teu estudo e convoco a ti para seguir na mesma linha. Não acertarem,os sempre, mas estaremos na estrada acertada, tal como o mano Victor. é sempre bom que hajam discordâncias, mas que sejam produto, de estudo sério e grave, como é o teu.
Abração,
Moura
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Mind em 06 de Setembro de 2009, 19:40
Olá amigo Moura…
    Esse livro (pdf) de C. Torres Pastorino – (Técnica da Mediunidade.)
Foi-me ofertado pela ADEP. Associação de Divulgadores De Espiritismo de Portugal, num CD de final de curso (básico de espiritismo) http://www.adeportugal.org/cbe/ (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5hZGVwb3J0dWdhbC5vcmcvY2JlLw==)  do qual o tenho o maior carinho e confiança, pois tenho a certeza que eles o fazem com amor á doutrina espírita “Kardecista”.
     Confesso que esse livro me deu gosto em ler.
É sempre bom ouvir opinião de amigos, pois é assim mesmo que podemos expor nossas ideias e assim ajudarmos ou sermos ajudados, no conhecimento, no entanto eu confio nos meus irmãos, que trabalham incessantemente para divulgar esta Doutrina esclarecedora, da qual eu abraço com amor.
Abraço Fraterno.
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Mourarego em 06 de Setembro de 2009, 20:41
Considero, amigo Nelson,
Pastorino como tendo sido um bom estudante dos aspectos da doutrina, mas como pesquisador, não seguiu ele o mesmo processo de Kardec, seu grupo enveredou por método próprio como ele mesmo informa em um dos cinco livros da série que eu verti ao pdf.
Dessarte perdeu ele, ali uma ótima oportunidade de submeter sua pesquisa, que acredito feita sob o manto da verdade, ao controle universal, e assim conseguir a outorga daqueles que antes já haviam se manifestado sob o mesmo controle, junto a Kardec.
Abraços,
Moura
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: PAULINO em 06 de Setembro de 2009, 21:15
 
Boas Noites

Deixa-me rezar por eles, Senhor !

...pelos que defendem o que os livros escrevem...
...ou o que os homens escrevem o que querem nos livros..
...ou por aqueles que lêm nos livros aquilo que querem...
...por aqueles que se defendem no que os livros escrevem...
...ou por aqueles que são o resultado do que lêm no que os livros...
...e por aqueles que vêm nos livros o êxtase divino da mensagem espírita...

...!

Paulino
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Mind em 06 de Setembro de 2009, 21:53
Caro amigo Paulino, minha índole pediu-me para não responder á sua inoportuna observação pois este é um local de convívio de troca de opiniões e estudo.
Mas uma vez que você não reflectiu antes de colocar essa mensagem eu vou fazer-lhe as seguintes questões:

O que o livro dos médiuns?
O que é o livro dos espíritos?
O que é o evangelho segundo o espiritismo?
O que é Génese?
A final o que seria dos nossos conhecimentos se não estudássemos através dos conhecimentos que nos deixaram nesses mesmos livros?
O que seria a doutrina espírita sem a codificação expressa nos livros?Seria o meu amigo, com as suas rezas que viria a casa de cada um de nós como um novo messias fazer chegar esse conhecimento?
Sou amigo de todos aqui no Fórum e estava a conversar com o amigo Vitor e o Moura apenas como forma de estudo!
 

Peço desculpa pela minha imperfeição  
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Gigii em 07 de Setembro de 2009, 13:11
Olá Vitor!

Realmente a situação não é inédita.
Quantos casais adoptam um cãozinho lindo, tratam como um filho, levam ao veterinário assiduamente, compram a melhor ração, gastam fortunas em escovas, pentes, coleiras.... mas...não desejam ter filhos.

E porquê? Porque é preferível cuidar de um animal, ou até mesmo de um boneco, do que de um ser humano?

Porque o ser humano exprime emoções, zanga-se, desilude, revolta-se, age em liberdade...

Enfrentar as relações humanas é dificil,para quem deseja ainda possuir os outros, e torná-los escravos da sua vontade.

Assim, isto mais não é que uma fuga...mais uma...de enfrentar as diferenças, os sentimentos, a vida sem julgamentos.

É a minha opinião...

Beijitos
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Mourarego em 07 de Setembro de 2009, 16:09
Amiga Gigii,
Apesar de ter como correta a sua resposta anterior, tenho, contudo de expressar minha mais profunda contradita sobre a parte do não julgar.
aqueles que não julgam alienam-se no seguir, muitas vezes, a cegos de nascença.
A questão é julgar àquilo que se conhece e dentro do terreno das ações e das idéias mas nunca como forma de pendurar no laço da forca o companheiro em desacerto. é a isso que muitos ainda não compreenderam.
Senão, por que Jesus nos diria que julgássemos com acerto? aliás mesmo uma oração cristã acaba por ensinar, "(...) a julgar os vivos e os mortos", não é mesmo?
Da mesma forma e no mesmo sentido mas referindo-se a nós, encarnados, os Espíritos Reveladores dizer para que julguemos a tudo, para que possamos escolher a situação melhor para nossos atos. Se não para que Deus, Justiça infinita e Inteligência Suprema, haveria de nos dotar de inteligência, razão e livre arbítrio|? Pense nisso!
Abração,
Moura
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Anton Kiudero em 07 de Setembro de 2009, 17:09
A questão é julgar àquilo que se conhece e dentro do terreno das ações e das idéias mas nunca como forma de pendurar no laço da forca o companheiro em desacerto. é a isso que muitos ainda não compreenderam.

Não se deve julgar exatamente devido as razões apresentadas.
Primeiro porque o ser humano não conhece coisa alguma, possui verdades pessoais, o que é outra coisa.
Segundo, porque o ser humano não se conhece e nem ao menos sabe porque possui estas verdades pessoais.
Terceiro, consequentemente todo julgamento pessoal será sempre um achismo pessoal e um criador de provas.

Senão, por que Jesus nos diria que julgássemos com acerto? aliás mesmo uma oração cristã acaba por ensinar, "(...) a julgar os vivos e os mortos", não é mesmo?

Uai, mas quem julgava os vivos e os mortos não era Deus ou algo se alterou nestes dois últimos milenios, que tenha me escapado?

Será que agora Deus outorgou aos homens procuração para julgar os vivos e os mortos?

Da mesma forma e no mesmo sentido mas referindo-se a nós, encarnados, os Espíritos Reveladores dizer para que julguemos a tudo, para que possamos escolher a situação melhor para nossos atos.

Cada espírito possui o absoluto livre arbítrio para fazer o que desejar segundo o seu julgamento, mas apenas para si mesmo, o que é outra coisa e não é deste julgamento que se esta falando por aqui.  

Quando julga qualquer outra coisa que não seja a si mesmo, o espírito esta cindindo o universo em dois, a parte que "gosta" ou que esta "certa" e a parte de que "não gosta" ou que esta "errada". Esta atitude negativa deverá em algum momento no futuro ser compensada por uma atitude positiva, o amor, para restabelecer o equilibrio. Cada espírito é responsavel por tudo o que faça, e o julgamento é uma ação do espírito.

Não julgar significa não ver diferença entre os espíritos, as encarnações, os acontecimentos e as coisas. Não fazer acepção de pessoas. Quem julga esta produzindo uma ação interna, so sua e será o único afetado por seu julgamento.

O julgamento não afeta a ninguem mais, e é uma perda de tempo para quem julga. E este o motivo do ensino generico: Não julge, porque será julgado (por voce mesmo, que criou o julgamento) pelos critérios utilizados ao julgar.

Sendo Deus o criador de todas as coisas, qualquer julgamento é, em ultima analise, um julgamento que o espírito faz a Deus ou ao universo. E isto não me parece algo digno de pessoas sãs e que deveria ser preocupante para quem ja consegue descortinar, ao menos parcialmente, as perspectivas do espírito.

Abraço,
Anton

Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Mourarego em 07 de Setembro de 2009, 18:46
Anton,
desculpe-me mas o amigo deveria consultar mais o dicionário pois mete-se a dizer o que um termo quer dizer e complica-se por fazer dele uma idéia dispare doque o termo quer dizer.
Abração,
Moura
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Anton Kiudero em 07 de Setembro de 2009, 19:09
desculpe-me mas o amigo deveria consultar mais o dicionário pois mete-se a dizer o que um termo quer dizer e complica-se por fazer dele uma idéia dispare doque o termo quer dizer.

Mas o que é que o dicionário tem a ver com a psicologia do espírito humanizado, o universo e Deus? Estamos conversando sobre os fundamentos do pensamento de Cristo.

Mas se voce não desejar conversar a respeito porque o tema lhe incomoda, tudo bem, é seu direito, mas por favor, pare de julgar os outros por si.

A proposito, ha quanto tempo voce começou a julgar os vivos e os mortos?

Anton
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Vitor Santos em 08 de Setembro de 2009, 23:27
Olá amigo Nelson

Comecei a ler o tal "Pastorino", mas não me parece muito lógico, para dizer a verdade. E digo porquê:

O autor (que parece saber um bocado de electricidade), mistura os fenómenos espirituais com os fenómenos electromagnéticos, como se fosse tudo a mesma coisa. Parece quase um manual de espiritismo para electricistas. Será isso? Ou será que lendo os manuais de electromagnetismo também ficamos a perceber das coisas do espirito?

As leis do electromagnetismo foram deduzidas através dos estudo de fenómenos fisicos, materiais. Ora, será lógico generalizar as leis da matéria às coisas do espirito? Em principio as coisas do espírito serão mais complexas do que a matéria que conhecemos. As coisas do espirito nem sequer dependem da matéria que conhecemos para existir. O espirito pode existir sem a matéria.

Conclusão:

- Desculpe lá mas não percebo nada desse livro. Há sempre a possibilidade de eu não conseguir compreender o que leio e outras pessoas compreenderem, claro. Será que nas entrelinhas há informação que me está a escapar e é por isso que eu não compreendo? será que alguém pode e quer ajudar-me a compreender?

bem hajam
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Mourarego em 08 de Setembro de 2009, 23:40
Não se pode negar o conhecimento do Pastorino, diplomado em quatro cadeiras.
contudo, parece-me que se perdeu em cientificismo excludente já que obrou em método próprio, e isso, ante ao método eleito pela plêiade, não o condenaria, mas simplesmente o alijaria de uma conclusão dentro dos parametros doutrinários.
notem bem, estar alijado não condiz com uma certeira aferição de que estivesse errado em sua pesquisa, mas ao eleger método diferente não pôde colocar sua pesquisa, sob uma óptica que não fosse a sua, personalíssima.
Não erra o amigo Victor a não ver muita coisa...
abraços,
Moura
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Mind em 09 de Setembro de 2009, 00:39
Olá amigo Vítor, cumprimentos.

     Bom, eu gostei, pelo seguinte: o autor ao longo do livro tenta conciliar o processo da mediunidade com a vertente científica (física, electricidade, magnetismo, anatomia, fisiologia, bioquímica, etc.).

     Na verdade o nosso cérebro emite ondas pelo pensamento, (frequência).
     Nós sabemos que somos energia, razão pela qual conhecemos também pela epilepsia.
Um telecomando de um televisor, funciona por ondas (infravermelhos), por tanto é uma energia que emite a onda e um receptor (ex: televisor) que capta, recebe e transforma de modo a que a onda emitida seja para um fim e não para outro.
     Penso que este processo seja semelhante ao que se passa com os pensamentos que emitimos, razão pelos quais os espíritos sentem afinidade ou repulsão devido á elevação ou mediocridade de nossos pensamentos, ou seja; tudo uma questão de sintonia vibratória, gerada pela frequência emitida de nossos pensamentos…

     O espírito existe sem corpo físico; mas não deixa de ser uma matéria mais subtil, com um corpo perispirito. Portanto, o processo será idêntico; mas com uma agravante, pois um desencarnado precisa de um médium para interagir com nossa matéria e mesmo sem corpo físico nunca deixa de ser energia.

     Seguindo esta lógica de raciocínio, pode-mos concordar com muito o que o livro tenta fazer transparecer, embora o processo mediúnico a meu modo de ver é muito mais complexo que o que a nossa ciência ate ao momento disponibiliza!

     Amigo Vitor, não é uma questão de estrelinhas, eu não acredito em tudo o que os livros dizem, eu sigo uma lógica de ideias racional e fundamentada, tudo o que ultrapasse os limites do meu conhecimento, eu tenho duas opções:

    1º- Ou estudo, pesquiso e tento chegar a “bom porto”.
     2º- Ou posso correr o risco de enveredar-me por “mares furtivos”.
Como Espírita que desejo ser, prefiro seguir os métodos de estudo de alguém que prossiga os métodos ensinados pelo nosso Codificador, Allan Kardec.
Não tem que pedir desculpas amigo Vítor.
 Agradeço por ter compartilhado comigo a sua opinião, da qual sei que tem a sua razão.

Abraço Fraterno.
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Mind em 09 de Setembro de 2009, 00:52
Olá amigo Moura…

-Ora aí está!
Compete-nos a nós estudiosos, separar o trigo do joio, pois neste livro pode existir muito joio; mas muito trigo pode ser colhido.



Não se pode negar o conhecimento do Pastorino, diplomado em quatro cadeiras.
contudo, parece-me que se perdeu em cientificismo excludente já que obrou em método próprio, e isso, ante ao método eleito pela plêiade, não o condenaria, mas simplesmente o alijaria de uma conclusão dentro dos parametros doutrinários.

Abraço Fraterno.
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Vitor Santos em 09 de Setembro de 2009, 04:31
Olá Nelson

Respeito a sua opinião amigo. E não pretendo desviá-lo das obras que gosta e que acha mais adequadas.

Compreendo que podemos fazer analogias, para nos fazermos entender, mas o Pastorino não separa a analogia do objecto em estudo. É uma mistura que sinceramente não entendo. E a minha formação tem a haver com electromagnetismo...

Inspiração cientifica, na minha opinião, é sermos objectivos e claros.

Pode ser que qualquer dia eu consiga entender o que o Pastorino quer efectivamente dizer, no que diz respeito às coisas do espírito, já que para estudar electromagnetismo tenho outras vias melhores, os livros científicos.

bem haja
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Mind em 09 de Setembro de 2009, 08:22
Olá amigo Vítor...
     -Eu também respeito a sua opinião, não estou a tentar fazer-lhe perder razão, eu o entendo.
     Não é minha área Física, nem Química, apenas leio um pouco de tudo e depois de ler peço opiniões de várias pessoas assim como fiz consigo.
     Não discordo de si; porem continuo reconhecendo neste livro utilidade nalguns aspectos.
Não ponho em causa a sua sabedoria nem a do amigo Moura, ainda bem que este espaço possa ser espaço de encontro com “mentes” das quais, tal como eu buscam respostas para suas dúvidas de forma coerente.
     Ainda não sou leitor de livros científicos apenas leio excertos deles; mas o amigo Vítor já me fez despertar a curiosidade.   ;)

Abraço fraterno
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Vitor Santos em 09 de Setembro de 2009, 12:15
Olá amigo Nelson

Citar
Não ponho em causa a sua sabedoria nem a do amigo Moura, ainda bem que este espaço possa ser espaço de encontro com “mentes” das quais, tal como eu buscam respostas para suas dúvidas de forma coerente.

Relativamente ao amigo Moura, será ele que deve responder.

Relativamente a mim:

- Nós sabemos que não existem penas eternas, mas isso não retira o significado a uma máxima popular que se adapta a esta situação: "de sábios está o inferno cheio".

- Eu não sou, nem me quero fazer passar por sábio. Sou um homem comum, do povo. O que não me impede de exprimir aquilo que penso.

- Na minha opinião, não devemos seguir nem sábios nem ninguém cegamente. Todos temos a capacidade de raciocinar e sentir. Não devemos deixar que ninguém nos imponha aquilo que devemos ser ou acreditar.

- As pessoas que falam nas coisas do espirito e que querem efectivamente transmitir os seus conhecimentos, abrem o jogo e dizem tudo o que sabem, não para impor os seus pontos de vista, mas para que as pessoas os compreendam e decidam se os aceitam ou não. Assim fez Kardec e é por isso que eu hoje sou adepto das ideias espiritas. O espiritismo não é mais que um sistema de ideias coerentes entre si. E devemos ser adeptos de ideias e não de pessoas.

bem haja
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Mind em 09 de Setembro de 2009, 12:52
Sabedoria
s. f.
1. Grande fundo de conhecimentos.
2. Saber.
3. Qualidade de sabedor.
4. Prudência.
5. Ciência.
6. Razão.

Sabedoria (em grego Σοφία, "sofía") é o que detém o "sábio" (em grego σοφός, "sofós"). Desta palavra derivam várias outras, como por exemplo, φιλοσοφία -"amor à sabedoria" (filos/sofia).

     Há também o termo "Phronesis" - usado por Aristóteles na obra Ética a Nicômaco para descrever a "sabedoria prática", ou a habilidade para agir de maneira acertada".
     É um conceito diferente de "inteligência" ou de "esperteza".
Mesmo para "sophia" há conceitos diferentes: muitos fazem distinção entre a "sabedoria humana" e a "sabedoria divina" (teosofia).
Sabedoria humana seria a capacidade que ajuda o homem a identificar seus erros e os da sociedade e corrigi-los. Sabedoria divina será provavelmente a capacidade de aprofundar os conhecimentos humanos e elaborar as versões do Divino e questões semelhantes.
    Na Bíblia Sagrada (versão revista da tradução de João Ferreira de Almeida) pode-se encontrar, dentre muitos outros, os seguintes versículos referentes à sabedoria:
"Ora, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e não censura, e ser-lhe-á dada." [/u] (Tiago 1:5)
"Feliz é o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire entendimento; pois melhor é o lucro que ela dá do que o lucro da prata, e a sua renda do que o ouro". (Prov. 3:13-14)

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Sabedoria (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3B0Lndpa2lwZWRpYS5vcmcvd2lraS9TYWJlZG9yaWE=)


Na referência do amigo Moura eu não fiz uma pergunta e sim uma observação!!!


Lembremos que Filosofia é uma disciplina “ a arte de saber pensar “ a doutrina Espírita também tem filosofia no seu tríplice aspecto, portanto todos nós temos liberdade de sermos pensadores!
 Contudo, peço desculpas por ter mencionado Sabedoria á sua pessoa, não era minha intensão ofender e sim respeitar.

Abraço Fraterno.
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Mourarego em 09 de Setembro de 2009, 16:31
Olá amigo Moura…

-Ora aí está!
Compete-nos a nós estudiosos, separar o trigo do joio, pois neste livro pode existir muito joio; mas muito trigo pode ser colhido.



Não se pode negar o conhecimento do Pastorino, diplomado em quatro cadeiras.
contudo, parece-me que se perdeu em cientificismo excludente já que obrou em método próprio, e isso, ante ao método eleito pela plêiade, não o condenaria, mas simplesmente o alijaria de uma conclusão dentro dos parametros doutrinários.

Abraço Fraterno.
Ppronto! Dissestes tudo amigo Nelson!
todavia pensando nos ainda novatos na doutrina nosso dever de mais calejados é o do estar avisando sobre o método e da falta de comprovação pelo CUEE o que retira da tese a pretensão de se ver incluída como doutrinária.
abração,
Moura
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Mind em 09 de Setembro de 2009, 16:49
É verdade amigo Moura, sou apenas um mero novato…
   Para começar tem de ser mesmo assim, na minha ignorância aprendendo com aqueles que sabem mais e que se disponibilizem a compartilhar conhecimentos, daqui por alguns anos talvez seja eu no lugar de ensinar algo.  ;)

     Tenho aprendido bastante aqui, também com os pensamentos de amigos que nos congratulam com seus conhecimentos, por vezes pode dar a sensação de implicância, mas no fundo, temos que confrontar com os nossos melhores conhecimentos afim de sermos confrontados de igual forma!
     É um método de estudo para mim, não quero que fiquem com imagens erradas de mim.
 Agradeço amigo Moura e acredite que admiro seu conhecimento.
Abraço fraterno.
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Mourarego em 09 de Setembro de 2009, 17:03
Chamo de novatos ou noviços na doutrina, àqueles que ainda não tem sequer um conhecimento inicial, que ainda estão no afã de serem Espíritas pela magia do trabalho mediúnico. Desses poucos se aliam ao estudo meu mano e este não é seu caso.
É de pessoas como você que eu me alimento doutrinariamente. por que?
Ora, porque suas aferições, tal como as do Victor e de outros companheiros me fazem reler muitas vezes um mesmo capítulo da codificação olhando-o também na roupagem das obras que sobram entre as básicas.
Assim recarrego minha memória, não quero impor nada a ninguém mas também não sou vaquinha de presépio e a qualquer "não é assim" mudo de opinião. Defendo a ferro e fogo minha convicção.
Outras vezes, contudo, mudo de opinião na hora, quando convencido, já aconteceu N vezes. e mostro onde estava meu erro, no intuíto de facilitar as coisas aos que chegam hoje ao estudo.
abraços,
Moura
Título: Re: PREOCUPANTE!
Enviado por: Mind em 09 de Setembro de 2009, 17:14
     Eu entendo perfeitamente o amigo Moura, pois é nítida a sua paixão pela Doutrina, nunca coloquei isso em causa e é por essa razão que sinto admiração por si e pelo amigo Vítor.


Abraço fraterno.