Forum Espirita

CONVÍVIO => Off-topic => Tópico iniciado por: Victor Passos em 15 de Dezembro de 2008, 19:54

Título: Espioritismo e Metapsiquica
Enviado por: Victor Passos em 15 de Dezembro de 2008, 19:54
A ciência oficial não admitiu de pronto as verdades reveladas pelos espíritos. Formaram-se inúmeras associações, sociedades e comissões com o ideal de desmascará-las, porém, quanto mais se estudava, mais aumentava o número de adeptos.

Muitos homens de ciência se convencem a respeito da autenticidade dos fenômenos, entre eles o fisiologista francês Charles Richet. Em conjunto com o dr. Geley e o prof. Friedrich Myers, Richet fundou o Instituto Metapsíquico Internacional em Paris, sendo designado como presidente da entidade.

A metapsíquica trata do estudo dos fenômenos psíquicos anormais, como a telepatia, a clarividência, a dupla visão, materializações etc. Em 1922, Charles Richet apresentou à Academia de Ciências o “Tratado de Metapsíquica”.

Os fenômenos metapsíquicos se dividem em objetivos e subjetivos. A metapsíquica objetiva trata de fenômenos materiais que a mecânica conhecida não explica, uma realidade tangível e acessível aos nossos sentidos. Divide-se em telecinesia, que é uma ação mecânica sem atuação e sem contato sobre objetos ou pessoas(raps, levitação, movimentação de mesas, escrita direta, transporte de objeto, casas assombradas, etc) e ectoplasmia, que é a formação de objetos diversos, que parecem sair do corpo humano, tomam aparência material e são tangíveis (materializações de objetos e seres com aparência dos que já viveram na Terra.)

Já a metapsíquica subjetiva trata de fenômenos mentais, sensibilidades ocultas e percepções desconhecidas, como telepatia, clarividência, clariaudiência. xenoglosssia, escrita automática, etc. Nela, temos a cripterstesia, que é o estudo da faculdade de conhecimento das faculdades sensoriais normais.