Forum Espirita

GERAL => O que é o espiritismo => Tópico iniciado por: Mario de Araujo em 22 de Abril de 2007, 14:51

Título: Tudo explicado.
Enviado por: Mario de Araujo em 22 de Abril de 2007, 14:51
Sera tudo desvendado ao homem?
O espiritismo explica tudo mas a civilizaçao evolui,assim como os conhecimentos.As verdades serao as mesmas daqui a 50/100 anos?
Nao seria interessante fazer uma nova versao do livro dos espiritos,mais actual?
Título: Re: Tudo explicado.
Enviado por: SB em 22 de Abril de 2007, 16:56
Olá Mario Araujo,  :)

Na minha opinião a resposta é, não.

Isto porque apesar de estar tudo na codificação, nós ainda nao temos o total conhecimento de tudo, por isso o conhecimento que fazemos dela, será de acordo ás nossas capacidades.

E claro que daqui a 50/100 anos tudo será diferente. Mais evoluidos, portanto.Redefinições embargam o nosso sere, e nao fossemos nós um sere em progresso  ;)

Quanto a uma nova versão dos livros do espiritos, será se, assim um dia os espiritos reunirem todas as condições, desde a vontade ao trabalho cretirioso, serio e se houver eventualmente essa necessidade. Tb é a minha opinião.

Mas sabes, o livro dos espiritos é para cada um, uma versão bem diferente e interessante, pois como individuos as experiencias essas tb individuais, assim a cada um, nos esclarece de uma forma unica, e mt intima  ;)

Um abraço Mario
Título: Re: Tudo explicado.
Enviado por: Gabriel em 22 de Abril de 2007, 17:11
Creio que antes de tentar explicar tudo, o espiritismo poderia começar comprovando alguma coisa. ;D

abraçooo
Título: Re: Tudo explicado.
Enviado por: Vitor Santos em 22 de Abril de 2007, 20:47
Olá Gabriel

Os espiritas não precisam de provar absolutamente nada a ninguém. Obrigado, mas precisa de se preocupar com a credibilidade da doutrina Espirita.  :)

Como disse a Susana, os Espiritos superiores saberão o momento certo para renovar a sua mensagem. Não se preocupe com eles que eles não precisam que nos preocupemos com eles.  :D

bem hajam
Vitor Santos
Título: Re: Tudo explicado.
Enviado por: Gabriel em 22 de Abril de 2007, 21:02
Olá Gabriel

Os espiritas não precisam de provar absolutamente nada a ninguém. Obrigado, mas precisa de se preocupar com a credibilidade da doutrina Espirita.  :)




É o que sempre dizem...



Título: Re: Tudo explicado.
Enviado por: Vitor Santos em 22 de Abril de 2007, 21:05
Olá

A verdade é para ser dita quantas vezes for necessário.

bem haja
Vitor Santos
Título: Re: Tudo explicado.
Enviado por: Mario de Araujo em 23 de Abril de 2007, 14:19
A verdade...tanto sangue,tanta dor,injustiças e intolerancias trouxe ao mundo este simple conceito.Quem tem a verdade?Os Catolicos,os Hindus,os Evangelicos,etc?Ou será que os Ateus,os Cientologistas,os Espiritas terao descoberto a verdade?
Nao temos qualquer referencia que nos diga quem tem a verdade,talvez sermos bons para com os demais,a tentativa de nos aperfeiçoar mos e de suprimir defeitos,talvez.
Pessoalmente,nao declino nada mas avalio tudo e cada vez mais fico indeciso perante tanta informaçao espiritual.
Título: Re: Tudo explicado.
Enviado por: SB em 23 de Abril de 2007, 14:40
Compreendo-o perfeitamente.

Sempre fui uma pessoa que tudo questionou.

E se houve alguma coisa que aprendi é que as respostas não são fáceis de se conseguirem.

Por isso Amigo, dê tempo ao tempo. Num sentido de o raciocínio estar lado a lado do sentimento, e encontrar dentro de si, o ser que é.

Nada se encontra fora, esta tudo dentro de nós. Deus esta dentro de nós, no amor que germina faz tempo.

Não importa se é ou deve ser espírita ou católico, ateu ou cientista, pois ser isso sem sentir que o é, não passa de rotulo...uma publicidade de imagem, que é trabalhada para os olhos que esperam desse rotulo algo…quem sabe uma publicidade enganosa.

Sempre me ouviram dizer aqui, que quando encontrei o livro do espíritos eu me encontrei…mas confesso que depois houve um tempo em que me questionei exactamente como o Mário, acho que faz parte da nossa evolução, dar o certo por incerto e vice versa.


A busca e o tempo determinará o que sente, Mário, e o que deverá ser, que será VOCÊ PROPRIO, com defeitos e virtudes…Não importa que seja espírita ou não, isso não o fará diminuído nem maior…não importa seja evangélico, ou catolico…tb não importa…Importa que seja tão verdadeiro consigo, que consiga descobrir-se e aceitar-se, pois só assim poderá aceitar a sociedade tal qual ela é, mm que com sofrimento, nada é por acaso…e não se preocupe, Deus gosta de todos nós como somos, com este ou com aquele defeito, siga Deus, acredite nele…Basta-lhe isso!


um Abraço amigo
Título: Re: Tudo explicado.
Enviado por: Vitor Santos em 23 de Abril de 2007, 15:36
Olá Mário Araujo

Em complemento ao que disse a Susana, tenho a dizer o seguinte:

De acordo com o espiritismo, já devemos andar a reencarnar na terra há muito tempo. O que é mau hoje foi o resultado das asneiras que todos fizémos em vidas passadas por aqui. O que semeámos no passado, colhemos agora, e o que semearmos agora colheremos no futuro. É uma responsabilidade colectiva.

Você disse:

Nao temos qualquer referencia que nos diga quem tem a verdade,talvez sermos bons para com os demais,a tentativa de nos aperfeiçoar mos e de suprimir defeitos,talvez.

É isso que diz a doutrina espirita: o único caminho possivel é o auto-aperfeiçoamento. Não há gurus nem sacerdotes nem amigos nem espiritos que nos ajudem se nós próprios não decidirmos que queremos melhorar.

bem haja
Vitor Santos
Título: Re: Tudo explicado.
Enviado por: Mourarego em 23 de Abril de 2007, 17:31
Amigos,
tenho adorado ler esses posts. fico feliz mesmo com a busca de unanimidade vista pelas respostas coincidentes.
Ao amigo Mario Araujo, informo que a busca pela Verdade, por vezes toma rumos diferentes do que para quem deseja a elevação espiritual possa ter como meta até a meca. A verdade que procuramos, essa que alude a elevação do Espírito, esta está dentro de nós, por isso em OLE, os Espíritos ao responderem a questão:"qual o cjeito mais rápido para que um Espírito possa evoluir? Assim eles responderam: "Disse o filósofo: Conhece-te a ti mesmo." Notou a diferença?
Não que existam duas verdades, ela é una, porém há verdade e Verdade, essa que Jesus nominou, e que os Espíritos nos conclamam a perseguir é a que tem o "V" maiúsculo. Disse o Cristo: Conhecereis a verdade e ela vos libertará. Ora, nada nos vem de graça ou como graça, tudo demanda trabalho nosso e nese caso em proveito nosso, assim se não damos azo a esta procura interior, estaremos fadados, a uma sucessão de reencarnes inócuos e alienados, que não nos levarão a lugar algum.
Não foi atoa, que o codificador, excertando da Boa Nova, alguns trechos, a estes deu formato codificado, sob a visão da doutrina que os Espíritos de Escol lhe passavam, haveria de existir, um liame a ligar a doutrina de observação, à Palavra do intérprete do Pai, e essa forma nos chegou aos dezoito diasde abril de 1857 com a primeira edição de O Livro dos Espíritos.
Abraços,
Moura
Título: Re: Tudo explicado.
Enviado por: Vitor Santos em 23 de Abril de 2007, 18:35
Olá Moura Rego

Grande resposta, mano Moura Rego. Você foi encontrar uma das "fórmulas" intemporais, universais e mais úteis que existe:

"- Conhece-te a ti mesmo"

bem haja
Vitor Santos 
Título: Re: Tudo explicado.
Enviado por: Mario de Araujo em 02 de Maio de 2007, 14:04
Ok,
Entramos na filosofia porem,quando se partem de certas premissas,tais como a existencia de entidades que nos afectam,bem ou mal,na reencarnaçao,e nao existem provas inquestionaveis,tudo se torna numa questao de crença,a base de muitas religioes,nao é tao logico e racional como o Espiritismo alega ser.
O problema mantem se,a questao que levantei permanece,que certezas temos?
Nao é suposto ter certezas,é assim que funciona?
Argumenta se partindo das declaraçoes do Livro dos Espiritos,de supostas comunicaçoes com as ditas entidades,que nem todos vêm,ouvem ou sentem.
Se tivesse alguma especie de mediunidade,tirando o espaço para aquilo que seja interno(imaginaçao,doença,etc)talvez pensasse como os Espiritas,porem,nao consigo adaptar como "verdade" a muito tentadora versão que o espiritismo nos dá sobre o universo,alias,sobre tudo o que existe.
Afinal,ninguem tem aqui certezas...
Título: Re: Tudo explicado.
Enviado por: M em 02 de Maio de 2007, 17:14
Olá Mário de Araújo,

O Espiritismo defende cinco princípios básicos:

-Existência de Deus,
-Imortalidade da alma
-Comunicabilidade dos Espíritos
-Reencarnação/ Lei de causa e efeito
-Pluralidade dos mundos habitados

Quanto à existência de Deus: por enquanto não há meio termo. Para uns, tudo é evidência da existência de Deus; para outros, pelo contrário. Temos pelo meio a "pequena" questão de não sabermos sequer o que é Deus. Cada um concebe Deus de uma forma diferente, imperfeita, e proporcional ao seu grau de entendimento.

Vamos deixar essa questão de parte, então. Ela é com que "a excepção que confirma a regra".

Passemos à pluralidade dos mundos habitados. Não está provado que exista vida inteligente em outros planetas. No entanto, o que é que a sua intuição e raciocínio lhe dizem? Carl Sagan era um ateu convicto e era da opinião de que há vida inteligente sem ser na Terra. É uma questão em aberto, esta. Falta provar. Também o foi a teoria de que toda a matéria é constituida por átomos, que já vinha dos antigos Gregos (muito antes de se dedicarem a ganhar a Portugal em futebol).

(continua)
Título: Re: Tudo explicado.
Enviado por: M em 02 de Maio de 2007, 18:15
Relativamente à reencarnação; um exemplo entre muitos é o do Dr. Ian Stevenson, reputado psiquiatra e investigador, que não era espírita (faleceu em Fevereiro deste ano), e que durante mais de 40 anos estudou (entre outros aspectos ligados à vida para além da vida) cerca de 4000 casos de reencarnação, com todo o rigor. o Dr. stevenson era de opinião de que a reencarnaçã será em breve aceite pela comunidade científica como lei biológica. Há que ler Stevenson e outros pesquisadores, e então fazer um juizo acerca da reencarnação. Se á partida nos rimos do assunto e não o levamos a sério, alinhamos pela posição de todos os opositores ás novas ideias, que frequentemente se enganam redondamente ao considerá-las delirantes.

Algumas obras de Stevenson, listadas em Inglês:

Twenty Cases Suggestive of Reincarnation (1966)
Cases of the Reincarnation Type: Ten Cases in India (1975)
Cases of the Reincarnation Type: Ten Cases in Sri Lanka (1978)
Cases of the Reincarnation Type: Twelve Cases in Lebanon and Turkey (1980)
Cases of the Reincarnation Type: Twelve Cases in Thailand and Burma (1983)
Unlearned Language: New Studies in Xenoglossy (1984)
Reincarnation and Biology: A Contribution to the Etiology of Birthmarks and Birth Defects (1997)
Where Reincarnation and Biology Intersect (1997)
Children Who Remember Previous Lives: A Quest of Reincarnation (2001)
European Cases of the Reincarnation Type (2003)

(continua)
Título: Re: Tudo explicado.
Enviado por: M em 02 de Maio de 2007, 18:25
Acerca da imortalidade da alma, tomemos também um exemplo e uma área de investigação: O Dr. Raymond Moody Junior, médico, com formação em Filosofia, que não é espírita e que tem estudado milhares de casos de experiências de quase-morte (EQM).
Alguns cientistas desdenham desta temática, afirmando a priori que as experiências que os pacientes relatam de vivências tidas durante curtos períodos em que estiveram clinicamente mortos são alucinações.
Agora, como desde há 150 anos, há pesquisadores que concluem sem pesquisar.
Contudo, bastaria acompanharem o trabalho por exemplo do dr. Moody para saberem que não pode tratar-se de alucinação quando a pessoa que esteve clinicamente morta relata factos ocorridos longe do local, pensamentos e conversas de pessoas que não se encontravam junto de si.

(continua)
Título: Re: Tudo explicado.
Enviado por: M em 02 de Maio de 2007, 18:27
Uma lista (em Inglês) de leituras recomendadas pelo próprio Dr. Moody:

Life After Life, Raymond Moody
Life After Loss, Raymond Moody
Reunions, Raymond Moody
Phaedo, Plato
The Apology, Plato
A Grief Observed, C.S. Lewis
Oh, The Places You'll Go, Dr. Seuss
Ordered To Return, Dr. George Ritchie
Many Lives, Many Masters, Dr. Brian Weiss
Books by Dr. Melvin Morse
Books by Dannion Brinkley

(continua)

Título: Re: Tudo explicado.
Enviado por: Mario de Araujo em 02 de Maio de 2007, 18:36
Ola,Mario,refere se ao livro "Vida depois da vida"?Por acaso,foi o ultimo livro que li.
Abraço.
Título: Re: Tudo explicado.
Enviado por: M em 02 de Maio de 2007, 18:40
Relativamente à comunicabilidade dos Espíritos, citarei o exemplo do Professor Doutor Mário Simões, que é psiquiatra e antropólogo, e se dedica à investigação e ao ensino universitário. O Professor Mário Simões não é espírita e pouco conhece do Espiritismo. A questão da imortalidade da alma interessou-o quando um paciente em hipnose falou de vivências no plano espiritual e em anteriores encarnações. Desde então tem desenvolvido um estudo metódico que lhe permite concluir que a mediunidade é um estado alterado de consciência, que não é uma doença, que não é sugestão, fraude ou "vómito do subconsciente", visto que considera haver evidências científicas da existência do Espírito.
Trata-se de um cientista sério e pragmático.

(continua)
Título: Re: Tudo explicado.
Enviado por: M em 02 de Maio de 2007, 18:43
Exactamente, Mário Araújo. E entretanto fico por aqui no que toca ao desdobrar dos pilares do Espiritismo, pois a mediunidade implica que haja imortalidade da alma. Não pretendi ser exaustivo, apenas que se pode racionalmente ser espírita, com base em evidências científicas. Mesmo as religiões, por trás dos seus mitos e alegorias, contêm o germe da verdade que descobriremos a pouco e pouco.
M.
Título: Re: Tudo explicado.
Enviado por: SB em 27 de Maio de 2007, 20:29
Ola Mário Araujo,

Compreendo-o quando diz que tudo não passa de filosofia.

Mas isso faz parte da nossa vida. Todos temos uma filosofia de vida.

E passe ela pelo espiritismo ou nao, na minha opinião nao tem grande importância, desde que dentro da filosofica de cada um possa trazer consigo a fé e a felicidade.

Desde que a filosofia de cada um seja promissora na evolução.

A de querer mais do que tem a cada dia que seja vivido.

Embora nada nos traga certezas, outras tantas incertezas trouxe-nos a certeza que seja qual for o caminho que percorremos, todos nos dirigimos para o mesmo destino, o da perfeição, o de vir a sermos  seres de Luz.

Não importa muito se fomos maus ou bons, importa o momento e o que podemos fazer por ele. Importa que queiramos melhorar, que queiramos acreditar em nós.

Importa ter coragem pelo que possamos fazer por nós, mesmo que seja pouco, pois o que nada faz pelo medo de fazer mesmo que pouco, perde o sentido, o norte da vida.

Não importa muito que nao acredite no que lhe digo, mas que acredite no que vc sente.

Não importa muito temer as incertezas, importa antes que tente vencer os seus receios ou olhar outra realidade que nao a sua, e procurar fora dos limites o que nao consegue alcançar.

Importa acreditar, crer, que pensamentos fazem as coisas acontecer, e que a negatividade apenas tras consigo a tristeza.

Não pretendo que seja espirita, mas dentro da minha filosofia, encontro o racional, como um polo negativo e a emoção como um polo positivo, cientificamente o negativo e o positivo atraem-se e procuram o equilibrio, por isso, pense, sinta verdadeiramente e nisto acredite em si ...apenas isso...e as respostas chegar-lhe-ão!

Um forte abraço