Forum Espirita

GERAL => O que é o espiritismo => Tópico iniciado por: francopi em 12 de Maio de 2012, 19:35

Título: À luz do espiritismo o que é obsessão?
Enviado por: francopi em 12 de Maio de 2012, 19:35
        Gostaria de saber de que forma a palavra “obsessão” é fundamentada na Doutrina espírita.   E se “amar” incondicionalmente é uma obsessão? - É claro tirando deste contexto o amor de Deus; os amores familiares e amores pátrios. 
Título: Re: À luz do espiritismo o que é obsessão?
Enviado por: Randolfo - NEFCA em 12 de Maio de 2012, 21:08
Obsessão, em termos simples, é o poder de sugestão que um espírito possui sobre um encarnado.

Esse poder pode ser a obsessão simples, do simples sugestionamento, Fascinação, onde a sugestão alcança níveis de credulidade cega e a Subjugação, onde o encarnado abdica de parcela de seu próprio livre arbítrio em função do assédio de um espírito.

"Amar incondicionalmente" não se enquadra como obsessão, exceto se um espírito sugestiona um encarnado a "amar obsessivamente". Então, entramos no ramo da patologia do comportamento. Coisa para psicólogo.

...e também já não é mais amor.
Título: Re: À luz do espiritismo o que é obsessão?
Enviado por: Guadalupe Girassol em 12 de Maio de 2012, 21:37
O que quer dizer com amar incondicionalmente?
Título: Re: À luz do espiritismo o que é obsessão?
Enviado por: Hebe M C em 12 de Maio de 2012, 22:56
Amar sem escolher a quem, aceitando tudo e todos como são, sem fanatismo, de forma serena, sem magoas, sem posse, sem apegos.
Título: Re: À luz do espiritismo o que é obsessão?
Enviado por: Luzceano em 12 de Maio de 2012, 23:35
        Gostaria de saber de que forma a palavra “obsessão” é fundamentada na Doutrina espírita.   E se “amar” incondicionalmente é uma obsessão? - É claro tirando deste contexto o amor de Deus; os amores familiares e amores pátrios. 
Concordo com Randolfo e com a Hebe
O amor incondicional não é uma obsessão
A doutria espirita, Jesus nos ensinam que para evoluirmos precisamos aprender a amar incondicionalmente.
Uma das formas do amor incondicional é amar sem esperar receber algo em troca. E tambem receber o mal e dar o bem. E tambem alguem nos prejudicar e quando essa pessoa precisar de ajuda nos ajudamos sem comentar o mal que aquela pessoa nos fez
Título: Re: À luz do espiritismo o que é obsessão?
Enviado por: Randolfo - NEFCA em 13 de Maio de 2012, 00:35
Na verdade nada há de complexo na obsessão - ela nada mais é do que sugestionamento. O problema são as "outras coisas" que inventaram em função disso, gerando práticas estranhas e bizarras no movimento espirita.

Uma das invenções mais notórias do movimento espírita é a "desobsessão" para a obsessão simples. O problema da obsessão é moral. Não se moraliza um indivíduo - isso é atributo dele. O que se pode fazer é apresentar uma verdade e ele é quem deve escolher o caminho a trilhar.

A outra invenção do movimento espírita é atribuir à obsessão inúmeras coisas, inclusive doenças - numa notória falta de conhecimento da letra da codificação.
Título: Re: À luz do espiritismo o que é obsessão?
Enviado por: francopi em 13 de Maio de 2012, 01:19
                  Estou muito alegre com as respostas que tenho tido até o momento. Andei lendo em tópicos relacionados à palavra “obsessão”; que por sinal são diversos, e isto tem me ajudado a dirimir algumas confusões que o tema por sua complexidade me apresenta.                           
                  É muito interessante para eu poder contemplar a diversidade de nossos pensamentos em torno de apenas uma palavra.   É bem o caso da Nobre professora Marianna; do mundo divino que cautelosamente faz uma abrangente explanação sobre a palavra obsessão e sem deixar de fazer referenciações nos dá uma boa luz a este respeito. Entretanto, pelo visto terei que oportunamente abrir outro tópico acrescentando ainda outras duvida que relacionadas ao assunto que por mim é quase que totalmente desconhecido e que diante da minha ignorância me deixa perplexo.
Título: Re: À luz do espiritismo o que é obsessão?
Enviado por: Sr.91 em 13 de Maio de 2012, 01:25
        Gostaria de saber de que forma a palavra “obsessão” é fundamentada na Doutrina espírita.   E se “amar” incondicionalmente é uma obsessão? - É claro tirando deste contexto o amor de Deus; os amores familiares e amores pátrios.

 
     Oláaá companheiros alguma vez estive em uma palestra que disse que a obsessão é a maior chaga da humanidade atualmente. Sabemos que somos influenciados todos os dias, tanto para o bem como para o mal, entretanto é valido essa constatação?
Título: Re: À luz do espiritismo o que é obsessão?
Enviado por: Randolfo - NEFCA em 13 de Maio de 2012, 01:40
Citar
Oláaá companheiros alguma vez estive em uma palestra que disse que a obsessão é a maior chaga da humanidade atualmente. Sabemos que somos influenciados todos os dias, tanto para o bem como para o mal, entretanto é valido essa constatação?

Mais uma inversão de valores. Quer dizer que o maior problema da humanidade é a obsessão e não a atitude e o pensamento dos homens encarnados?

Estranho isso... Veja como é semelhante ao discurso evangélico de colocar a culpa de todos os problemas no "diabo"... O "diabo" virou obsessor. É o processo de igrejificação no movimento espírita indo de vento em popa!!!

O maior problema da humanidade é a moral do homem. E isso não é "atualmente". Sempre foi... O bom senso diz o contrário?
Título: Re: À luz do espiritismo o que é obsessão?
Enviado por: Bianca Perucia em 13 de Maio de 2012, 01:43
"Amar incondicionalmente" não se enquadra como obsessão, exceto se um espírito sugestiona um encarnado a "amar obsessivamente". Então, entramos no ramo da patologia do comportamento. Coisa para psicólogo.
Talvez não seja coisa para psicólogo, mas sim para centro espírita. Imaginemos o seguinte quadro:

Existe um espírito que está obsediando uma jovem mulher, desde os seus 16/17 anos, boicotando todos os seus relacionamentos afetivos. Ele tem de reencarnar como seu filho para se harmonizar com ela, não suporta o atual companheiro dela, não quer nascer filho dos dois. Ela acaba conhecendo uma terceira pessoa que "agrada" ao obsessor, ele o quer para seu pai e passa a obsediar este, de forma a juntar os dois. Mas tem outro obsessor na parada, este terceiro elemento é viúvo e a sua mulher desencarnada, não estando preparada para o ver casar de novo, tudo faz para que ele não consiga ter um novo relacionamento...

Caso de psicólogo? Caso de centro espírita!...
Título: Re: À luz do espiritismo o que é obsessão?
Enviado por: Randolfo - NEFCA em 13 de Maio de 2012, 01:50
Citar
Existe um espírito que está obsediando uma jovem mulher, desde os seus 16/17 anos, boicotando todos os seus relacionamentos afetivos.

Me desculpe, mas de que forma um espírito faria isso, se obsessão é "sugestão"? Que poder é esse que teria tal espírito??

Poderia explicar como se processaria este fenomeno, por gentileza?

Citar
Ele tem de reencarnar como seu filho para se harmonizar com ela, não suporta o atual companheiro dela, não quer nascer filho dos dois. Ela acaba conhecendo uma terceira pessoa que "agrada" ao obsessor, ele o quer para seu pai e passa a obsediar este, de forma a juntar os dois. Mas tem outro obsessor na parada, este terceiro elemento é viúvo e a sua mulher desencarnada, não estando preparada para o ver casar de novo, tudo faz para que ele não consiga ter um novo relacionamento...

Especulação de folhetim, me perdoe. Uma mistura de enredo de romance de fotonovela, daquelas antigas. Estamos falando de atitude e de moral. Sua descrição acima é puramente determinista, como se espíritos realmente tivessem poder de determinar o futuro das relações humanas.

Qualquer pessoa obcecada por outra precisa de tratamento psicológico ou psiquiátrico. Você tem certeza de que, diante de alguém que te persegue em sua vida cotidiana você vai considerar que ela está em seu juízo perfeito?

Além disso, me perdoe, o que pode uma casa espírita fazer neste sentido? O que diz o Livro dos Mediuns sobre isso?... Afinal, você acaba de especular sobre um caso de obsessão simples. Para sua surpresa, o LM nos diz que isso deve ser solucionado SEM INTERVENÇÃO DE TERCEIROS. Se desejar, trago para cá a citação exata do capítulo.
Título: Re: À luz do espiritismo o que é obsessão?
Enviado por: Sr.91 em 13 de Maio de 2012, 01:56
"Amar incondicionalmente" não se enquadra como obsessão, exceto se um espírito sugestiona um encarnado a "amar obsessivamente". Então, entramos no ramo da patologia do comportamento. Coisa para psicólogo.
Talvez não seja coisa para psicólogo, mas sim para centro espírita. Imaginemos o seguinte quadro:

Existe um espírito que está obsediando uma jovem mulher, desde os seus 16/17 anos, boicotando todos os seus relacionamentos afetivos. Ele tem de reencarnar como seu filho para se harmonizar com ela, não suporta o atual companheiro dela, não quer nascer filho dos dois. Ela acaba conhecendo uma terceira pessoa que "agrada" ao obsessor, ele o quer para seu pai e passa a obsediar este, de forma a juntar os dois. Mas tem outro obsessor na parada, este terceiro elemento é viúvo e a sua mulher desencarnada, não estando preparada para o ver casar de novo, tudo faz para que ele não consiga ter um novo relacionamento...

Caso de psicólogo? Caso de centro espírita!...
Que mente fertil... ;D
Mas, amiga sophia, a obsessão causa prejuizo no obsediado moral e fisica e nesse caso que você sugeriu me pareçe mais influenciações que ocorre todos os dias com todas as pessoas exercendo seu livre arbitrio. A obsessão vai mais alem, causa constrangimentos, inibições, fere a dignidade humana, aprisiona o pensamento. UM exemplo: A vitima e o algoz tem similaridades com as paixões mundanas, e o obsediado tentando se melhorar, não consegue ter exito devido a ter dentro de si a tendencia, o gosto, e luta contra si mesmo. O obsessor, que atraves dele consegue usufruir desses prazeres do mundo material, usa e abusa de sugestionamentos, situações, mexendo com o ponto fraco, tentando fazer sua presa se render as má vontades, confundindo seus sentimentos e causando uma desarmonia mental.
Título: Re: À luz do espiritismo o que é obsessão?
Enviado por: Bianca Perucia em 13 de Maio de 2012, 02:26
Mas, amiga sophia, a obsessão causa prejuizo no obsediado moral e fisica e nesse caso que você sugeriu me pareçe mais influenciações que ocorre todos os dias com todas as pessoas exercendo seu livre arbitrio. A obsessão vai mais alem, causa constrangimentos, inibições, fere a dignidade humana, aprisiona o pensamento.

Pois é, imaginemos mais um pouco: a obsediada sendo alvo da mentalização constante do terceiro elemento que, por sua vez, está também obsediado (duplamente), vê-se vampirizada energéticamente: tem, permanentemente, um sono incapacitante que
a impede de trabalhar, estudar, ler, enfim, concentrar-se. Não quer sair de casa porque se sente "observada" o tempo todo (desenvolve fobias). É outra vertente da obsessão: a obsessão de um encarnado por outro encarnado...
Título: Re: À luz do espiritismo o que é obsessão?
Enviado por: Mourarego em 13 de Maio de 2012, 17:30
Sophia,
Não existe essa tal de vampirização energética.
nenhum Espírito se mantém da energia de outro.
Só existe obsidiado por causa da afinidade entre este e o obsessor, sendo os dois doentes.
Abraços,
Moura
Título: Re: À luz do espiritismo o que é obsessão?
Enviado por: Hebe M C em 13 de Maio de 2012, 17:46
        Gostaria de saber de que forma a palavra “obsessão” é fundamentada na Doutrina espírita.   E se “amar” incondicionalmente é uma obsessão? - É claro tirando deste contexto o amor de Deus; os amores familiares e amores pátrios.

 
     Oláaá companheiros alguma vez estive em uma palestra que disse que a obsessão é a maior chaga da humanidade atualmente. Sabemos que somos influenciados todos os dias, tanto para o bem como para o mal, entretanto é valido essa constatação?
Sim é valida, a influencia e afinidade se dão pelo pensamento e pela intenção.
Leia influencia dos Espíritos no nosso pensamento em OLE.
Título: Re: À luz do espiritismo o que é obsessão?
Enviado por: Mourarego em 13 de Maio de 2012, 17:56
Não vejo assim.
A obsessão só ocorre diante da afinização e cumplicidade entre obsessor e obsidiado.
Ora, ela há de vir pela baixa moram e o comprazimento afim que haja para os dois nos mesmos pensares e obrares.
Sendo assim fica demonstrada que há um fato gerador e este é a ignorância.
O ignorante não sabendo agir acertadamente,  tal como os criminosos, pode muita vez lhe ter sugerido um padrão comportamental, que por sua óptica ignorante leve-o a destorcer a moral, fazendo desta, por suas ações, apenas uma carantonha.
Quando assim está, já está adoecido e partilhando das mesmas coisas com outros pode estabelecer momentos em que este outro, possa ficar de modo a sentir-se ofendido, ou com inveja ou que por pura maldade, queria fazer do outro um escravo mental. (figurativo).
Juntando a esse fato, o orgulho e a vaidade, e mesmo a cupidez, copo elementos outros tem-se um cenário propício à obsessão.
É como entendo.
Abraços,
Moura
Título: Re: À luz do espiritismo o que é obsessão?
Enviado por: Hebe M C em 13 de Maio de 2012, 23:40
Moura,
Eu respondi ao Viajante.
A influencia, tanto para o bem quanto para o mal sempre existe, está em OLE, porém a obsessão só se estabelece por afinidade de sentimento,  logicamente.
No caso de obsessão, não existe vitima nem algoz e sim pensamentos e intenções que se comprazem.

Um abç
Hebe
Título: Re: À luz do espiritismo o que é obsessão?
Enviado por: francopi em 14 de Maio de 2012, 02:26
              Então podemos afirmar de forma peremptória que a obsessão é inerente a apenas um indivíduo?  E que o elemento obsessor é cúmplice do sujeito obsidiado? E que os dois agem e interagem entre si com promiscuidade a tal nível que podemos atribuir a este comportamento como sendo uma patologia da psique?




abraços.
Título: Re: À luz do espiritismo o que é obsessão?
Enviado por: Randolfo - NEFCA em 14 de Maio de 2012, 04:17
Citar
E que os dois agem e interagem entre si com promiscuidade a tal nível que podemos atribuir a este comportamento como sendo uma patologia da psique?

Segundo o Espiritismo, não. Patologia da psique, por ser patologia, é atributo físico. Todo desvio patológico é causado por imperfeições dos órgãos.

Moral não é patologia, entretanto. Como o organismo reage ao apelo moral do indivíduo é que é. Contudo, o tratamento é físico, medicinal. Espíritos não são psicopatas, nem autistas, nem têm sindrome do pânico. Espíritos são apenas bons, ruins, alegres ou tristes e tudo o que mais de emoções ele puder possuir.
Título: Re: À luz do espiritismo o que é obsessão?
Enviado por: Mourarego em 14 de Maio de 2012, 17:04
E é exatamente isso maninha Hebe!
Abração,
Moura

Moura,
Eu respondi ao Viajante.
A influencia, tanto para o bem quanto para o mal sempre existe, está em OLE, porém a obsessão só se estabelece por afinidade de sentimento,  logicamente.
No caso de obsessão, não existe vitima nem algoz e sim pensamentos e intenções que se comprazem.

Um abç
Hebe
Título: Re: À luz do espiritismo o que é obsessão?
Enviado por: francopi em 17 de Maio de 2012, 13:25

                      Tomemos por exemplo, os amores de infância, que se excluídos os amores incondicionais como o amor de Deus, das mães, das famílias é amores pátrios. Evidencia-se, depois daqueles, este, que quem sabe seja um dos mais puros por sua característica de sentimentos que predispõe alguém a desejar o bem do outrem com sentimentos de dedicação absoluta. Constitui assim, a entrega de um ser a outro ser com devoção e desprovido de interesses quaisquer.   Se traduzindo em afeição, amizade, carinho, simpatia, ternura em casos quase que se extendem pelo decorrer das vidas de determinados indivíduos que tem seus amores silenciosos guardados pelo tempo. Podemos dizer então, que este se trata de “Amor platônico”. Ligação amorosa sem aproximação sexual. Quem de nós não tem em recôndito um amor puro de criança em si guardado por sete chaves?  Mas a pergunta que se faz é:
 
- Será que o amor prolongado e inolvidável e sem consolidação que se adentra pelo tempo e que se transborda quando chegamos à decrepitude por intermédio das saudades e das lembranças. Seja também uma obsessão?
Como podemos compreender este tipo de nuance da natureza humana?

Abraços.
Francisco Pires.
Título: Re: À luz do espiritismo o que é obsessão?
Enviado por: francopi em 08 de Abril de 2013, 14:33
"Observação. - A cura das obsessões graves requer muita paciência, perseverança e devotamento. Exige também tato e habilidade, a fim de encaminhar para o bem Espíritos muitas vezes perversos, endurecidos e astuciosos, porquanto há-os rebeldes ao extremo. Na maioria dos casos, temos de nos guiar pelas circunstâncias. Qualquer que seja, porém, o caráter do Espírito, nada se obtém, é isto um fato incontestável pelo constrangimento ou pela ameaça. Toda influência reside no ascendente moral. Outra verdade igualmente comprovada pela experiência tanto quanto pela lógica, é a completa ineficácia dos exorcismos, fórmulas, palavras sacramentais, amuletos, talismãs, práticas exteriores, ou quaisquer sinais materiais. A obsessão muito prolongada pode ocasionar desordens patológicas e reclama, por vezes, tratamento simultâneo ou consecutivo, quer magnético, quer médico, para restabelecer a saúde do
organismo. Destruída a causa, resta combater os efeitos. (Veja-se: O Livro dos Médiuns, 2ª Parte, cap. XXIII - "Da obsessão". - Revue Spirite, fevereiro e março de 1864; abril de 1865: exemplos de curas de obsessões.)". (O Evangelho Segundo o Espiritismo.Pág. 435).