Forum Espirita

CODIFICAÇÃO => O Livro dos Médiuns => Tópico iniciado por: J.A em 03 de Abril de 2012, 20:54

Título: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: J.A em 03 de Abril de 2012, 20:54
Olá a todos, Estou aqui em busca de ajuda e esclarecimento.Estudo a doutrina a um tempo e ultimamente venho tendo sonhos premonitórios, e pelo que me parece encontros espirituais em sonho.
Mesmo lendo muito sobre mediunidade quando é com a gente nunca conseguimos distinguir.
Hoje por exemplo sonhei que desencarnei e via um homem todo de branco em um lugar muito claro e eu senti uma felicidade tão grande no sonho que a MUITO tempo eu não sinto...
Será isso algum sintomas?
Por favor amigos me ajudem!!
 :)
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Mizica em 03 de Abril de 2012, 22:03
 :) Oi Jana!
Boa noite!

Espero poder ajudar da melhor maneira possível. A primeira coisa a dizer-lhe é que voce continue estudando a Doutrina Espírita e sugiro que leia O Livro dos Médiuns com bastante cuidado e atenção. Caso vc estude a Doutrina por conta própria, sugiro que o faça sob a orientação de uma Casa Espírta séria, na qual a prática da leitura das Obras da Codificação Espírita seja uma constante.

Continue estudando com afinco e paciência e aos poucos irá tomando conhecimento e compreendendo o que acontece com voce.

Não precisa ficar tensa ou assustada, a mediunidade bem direcionada e compreendida pode lhe trazer grandes alegrias. É um trabalho digno e que exige boa vontade e uma formação moral segura, por parte do médium.

Fique com Deus e receba meu abraço de paz e carinho
Mizica
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: dgodv em 09 de Abril de 2012, 19:00
Amiga boa tarde.

Estude sobre sonhos no livro dos espíritos "CAPÍTULO VIII – Da emancipação da alma".

Mas já segue algum esclarecimento.
Quando dormimos nossa alma sai do corpo e vive no mundo espiritual. Isso não depende de mediunidade. Todos saimos do corpo quando dormimos, seja espirita, católico, evangélico ou ateu.

Só que poucas pessoas conseguem lembrar o que acontece.

Nesta hora em que dormimos, visitamos pessoas encarnadas e desencarnadas.

Então, todos os dias vivemos do outro lado, como já estivessemos mortos.

Um problema que aconteçe é que quando estamos fora do corpo (dormindo) nossas percepções se multiplicam, é como se enxergassemos com todo o corpo, e sentimos e vemos coisas que nosso corpo (nosso cérebro) não conhecem, então quando a alma volta nosso cérebro tenta achar algo parecido e vira uma bagunça.

Mas tem sonhos e encontros que lembramos perfeitamente. Como foi o seu.  Quando acordamos ainda escutamos uma voz no ouvido, pois foi real.

Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: amanuel em 16 de Abril de 2012, 14:38
tambem me acontece isso nos sonhos, tenho tido algumas informações mediunicas também  acordado.
 comecei a frequentar um centro espirita e a senhora que me atendeu me assustou dizendo que  os sonhos sao coisas reais, e que são uma preparaçao nossa da morte e que as pessoas que pensamos que ajudamos nos sonhos sao pessoas a quem fizemos mal no passado.
uns médiuns me falaram que eu durante os sonhos fazia resgate de umbral, e na verdade nesses sonhos eu persigo espiritos sempre e que fogem de mim, etc, será que são pessoas mesmo a quem eu fiz mal?
 e inclusive para nao andar no reiki porque esses grupos não tem preparação etc...acho que desconhecia o reiki ou nao sei, e que devo tirar curso de espiritismo.
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Mourarego em 16 de Abril de 2012, 18:18
amanuel,
esqueça o que lhe disseram, pois essas pessoas nem mesmo sabem da doutrina senão não lhe diriam semelhantes estultices.
Abraços,
Moura
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 16 de Abril de 2012, 19:21
amanuel,
esqueça o que lhe disseram, pois essas pessoas nem mesmo sabem da doutrina senão não lhe diriam semelhantes estultices.
Abraços,
Moura

Moura
a moça disse
Olá a todos
Logo
permitiu opiniões e informações de todos

kardec escreveu sobre sonhos e sobre encontros com espíritos nos nossos sonhos,mediunidade nos sonhos...
logo sonhamos todos nós e sonhos cada um tem o seu e até acontece de sonharmos os mesmos sonhos que o outro sonho, e acontece de revelarem os mesmos ocorridos.
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 16 de Abril de 2012, 19:25
Olá a todos, Estou aqui em busca de ajuda e esclarecimento.Estudo a doutrina a um tempo e ultimamente venho tendo sonhos premonitórios, e pelo que me parece encontros espirituais em sonho.
Mesmo lendo muito sobre mediunidade quando é com a gente nunca conseguimos distinguir.
Hoje por exemplo sonhei que desencarnei e via um homem todo de branco em um lugar muito claro e eu senti uma felicidade tão grande no sonho que a MUITO tempo eu não sinto...
Será isso algum sintomas?
Por favor amigos me ajudem!!
 :)

Posso dizer que concordo com você , pois estudamos e estudamos, mas quando os sintomas é com agente, ficamos receosos de assumir e até de relatar para uma melhor orientação...

Como relato, seus relatos são interessantes sim e creio que aqui neste fórum muitos já tiveram sonhos parecidos...

As questões mediunicas não requeram tão somente as leituras , mas antes de tudo sempre é bom o caompanhamento de instrures já experientes...é o que ocorre nas aulas de práticas mediúnicas nos Centros Espíritas
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: DANNYLEMOS em 16 de Abril de 2012, 20:10
oi jana,
não é necessariamente sitomas de mediunidade.Estudos sistematicos mostram que ao adormecermos,literalmente viajamos pelo espaço.Saimos do nosso envoltorio carnal e vamos a lugares onde nossas ondas vibracionais nos levam.voce pode sim ser mais sensitiva que outros.eu por exemplo sonhei na noite do desencarne do meu irmao.amanheci e me deram a noticia.tal e qual meu sonho.um abraço
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Sr.91 em 16 de Abril de 2012, 21:49
Ao meu ver, mediunidade não possui sintomas e sim sinais. Sinais que na maioria das vezes as pessoas não percebem, mas com o passar do tempo e o conhecimento do assunto verá que ninguem se torna medium da noite para o dia, mas educa sua mente diante de tal assunto e se dá conta de que nasceu com essa faculdade.
Interagir com espiritos, os corajosos, que sabem que eles nada mais sao do que pessoas fora da carne, todos querem e por isso ser medium é uma situação que agradaria muitas pessoas. Ser diferente, ainda mais de uma forma que todos aprovam , é algo que massageia o ego do ser humano que busca a validação de sua vida nas pessoas ao seu redor.
O medium é uma pessoa com os sentimentos a flor da pele, que busca um sentido na vida de uma forma maior que as outras pessoas.
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Meel Jacques em 19 de Abril de 2012, 02:58
Apesar de acreditar na Doutrina Espírita a muitos anos, não tenho um estudo da mesma e possa ser que meu entendimento seja bastante limitado, mas, pelo o que eu sei, independente de sermos médiuns ostensivos ou não, nossa alma se desprende ligeiramente de nosso corpo e, dependendo da situação e de seu nível moral de elevação, ela irá para outro lugar. Vibrações positivas certamente levará essa pessoa à um espaço compatível, assim como vibrações negativas levará essa alma para um lugar "ruim". Entretanto, como nada é 100% determinante na vida de uma pessoa, existem controvérsias. Como por exemplo, você pode ser bastante materialista e não querer se desprender do corpo e ficar com sua alma perto de seu corpo. Um espírito obsediado, o que na verdade é bastante comum, pode temer se libertar e se encontrar com esses espíritos, em teoria, "malfeitores". Ou, mesmo sem grande elevação, se a pedido de um espírito mais elevado, você for direcionado com bons pensamentos, você pode ser protegido.

Existe diversas possibilidades, sendo o desprendimento do corpo algo tão amplo, além de que encontramos muitas coisas no mundo espiritual que não conhecemos, que é difícil explicar. Entretanto, não é um assunto relevante. O importante, antes de tudo, é nos comprometermos com as missões que viemos cumprir nesse planeta, desenvolvendo nossas faculdades morais e nos ligando cada vez mais a Deus.

Se um sonho lhe perturba, sendo você médium ostensivo ou não, não há nada que se possa fazer a não ser rezar e pedir a Deus para que seu espírito possa ficar em paz, pedindo também ao seu guia espiritual, vulgo anjo da guarda, para que vele seu sono e lhe proteja. Ora essa, não existe força mais poderosa do que a de Deus. Além do mais, somos todos amigos aqui e caminhamos juntos em busca de crescimento e melhoria de nossas faltas anteriores. Devemos ser unidos e rezar pelo nosso irmão, lhe mandando muita fé e força.

Jana, se é para seu bem, tenho certeza que Deus está velando por você. Se algo lhe perturba, só pode ser resultado de uma perturbação interior. O mundo espiritual está dentro de cada um de nós. Mesmo que o mundo desabe sobre nossas cabeças, se mantivermos a paz interior, estaremos no céu. Cuide para sua melhoria e esteja sempre ligada ao nosso Pai, pedindo sua benção e não deixando de ser feliz.

Não sei se fui clara ou se dei a resposta correta, mas espero, do fundo de minha alma, que eu possa ter lhe ajudar a ter paz de espírito.

Espero que fiques melhor,

Meel Jacques.
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: DANNYLEMOS em 26 de Abril de 2012, 16:35
Ainda não li o livro dos médiuns..mas seria interessante nós aqui desse tópico entrar em outras salas de estudo com esse tema.um abraço a todos
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Randolfo - NEFCA em 26 de Abril de 2012, 22:53
Independente do que se imagina serem sintomas de mediunidade, cumpre dizer que diversas patologias comportamentais, emocionais e neurológicas possuem sintomas muito próximos.

Antes, portanto, de se concluir que uma coisa possa ser mediunidade, convém procurar aconselhamento médico ou psicológico sobre a questão.

Um dos casos clássicos confundidos com mediunidade é a Paralisia do Sono - sugiro que se leia a respeito.

E para o autor do tópico - sonhos premonitórios são aqueles que prevêem coisas que ACONTECEM. Se não acontecem, não são premonitórios.
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Sr.91 em 26 de Abril de 2012, 23:09
Randolfo,
fale de sua experiencia como médium ( se quiser é claro ). Você procurou ajuda médica?
Existe algo determinante na mediunidade que podemos perceber nas pessoas ditas médiuns obrigatoriamente?
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Randolfo - NEFCA em 27 de Abril de 2012, 00:01
Não procurei ajuda médica porque nunca tive "surtos" de idéias mediunicas. Jamais me considerei medium no sentido próprio da palavra. Jamais vi espiritos. Jamais falei com espiritos. Jamais ouvi espíritos. E jamais fui estive com idéia preconcebida de  que eu poderia ter alguma capacidade de me relacionar com espiritos.

Somente ao cabo de MUITOS ANOS na instituição espírita, após ESTUDOS DA TEORIA MEDIUNICA é que fui submetido a testes de mediunidade induzida e conseguimos alguns resultados, para minha surpresa e algum ceticismo. Por exemplo, eu descobri que sou vidente. Mas, não porque eu dizia que via espíritos, mas porque, quando nas experiencias mediunicas, outros videntes presentes confirmavam o que eu ACHAVA que estava vendo.

Contudo, já tive Paralisia do Sono e com toda naturalidade da ignorância, também já achei que fôsse algum assédio de espíritos "malignos". Sempre ao dormir tinha sensação de alguém no quarto, de alguém perto de mim, de pessoas falando comigo e pior - de pessoas tentando me sufocar. E eu tentando me mexer e não conseguia (daí o nome da doença). Ora, para o leigo, isso é uma verdadeira arapuca de espíritos obsessores...

Só que não era... Assim que comecei a comparar o que eu passava com os sintomas da Paralisia do Sono, percebi que eram idênticos. E tão logo eu obtive essa convicção, a doença nunca mais surgiu - como alías, acontece com todos que a sofrem: a informação sobre ela afasta seus sintomas.

A advertência que lançamos é para aqueles que, sem mais nem menos, consideram-se mediuns porque ACHAM que vêem espíritos, ACHAM que ouvem espíritos, ACHAM que há espíritos por perto. E principalmente, quando essa sensação afeta o cotidiano e as emoções do individuo. Mediunidade não causa ansiedade. O que causa isso é outra coisa. Então, deve-se investigar. Notoriamente, vale lembrar, todo psicopata ouve vozes... Todo esquizofrenico vê pessoas que não estão ali...
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Sr.91 em 27 de Abril de 2012, 00:10
Muito interessante sua postagem Randolfo, obrigado pela resposta !
Já tive a paralisia do sono, onde não conseguia falar, me senti preso e ainda por cima segurava algum bicho, uma especie de rato, nas mãos !
Não tratei como algo relacionado a espíritos. Achei estranho, mas passou e isso não é costumeiro..
Uma vez, entretanto, estava lucido, porem imóvel numa especie de sonolência maior que o normal e vi claramente um homem, sem camisa e vestido por uma calça descalço. Ele me deu um recado: Disse para eu ter equilíbrio interior.
Acredito que possa ter sido a manifestação do meu mentor. Não sei ao certo, mas acredito sim !
E você, como olha a questão dos mentores?
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Randolfo - NEFCA em 27 de Abril de 2012, 00:24
Citar
E você, como olha a questão dos mentores?

Não olho. Espiritos amigos já nos influenciam normalmente no dia a dia por meio de intuição, sendo desnecessárias "aparições" espetaculares para aconselhamentos.

Se você perguntar para mim quem seria o meu parceiro espiritual, seu nome ou coisa parecida, te informo: não faço a menor idéia.

Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Sr.91 em 27 de Abril de 2012, 00:38
Randolfo,
talvez por minha evolução e personalidade, me sinto feliz por saber que tenho um parceiro ou parceira espiritual me ajudando nessa encarnação. Admito meu pensamento pueril, mas é de curiosidade grande que as vezes me pergunto quem são eles e que nome adotam !
Vejo sua postura um tanto defensiva, poderia concordar? você age assim para não cair em deslumbramentos??
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Randolfo - NEFCA em 27 de Abril de 2012, 00:55
Companheiro, a partir do momento em que estou convicto de que estou em permanente comunicação com o plano espiritual, meu raciocínio caminha em outra direção. Creio que é isso.
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Sr.91 em 27 de Abril de 2012, 00:56
Com certeza é isso sim !
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: kleiberv007 em 19 de Julho de 2012, 05:58
Quanto tempo podem durar os sintomas?

Estou sofrendo distúrbios seguido, taquicardia, dores estranhos, sensações estranhas, às vezes eu me sinto tão mal eu penso que estou ficando louco, às vezes acho que estou doente, eu não entendo o que está acontecendo comigo, aproximadamente 4 anos atrás eu sei que sou médium e eu desenvolveu em outro lugar, mas, eu nunca experimentei nada parecido, eu penso que é porque que é minha hora porque antes eu tive que crescer e aprender e os livros dizem que é natural mas é como se tudo estava indo muito rápido, à noite é mais forte especialmente quando eu estou exercitando no ginásio, hoje quando cheguei me deu uma dor de garganta e enquanto faço exercícios me sinto estranho.
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: S0L em 19 de Julho de 2012, 12:58
Kleiber, primeiro é preciso avaliar seu físico-psíquico.
Procure um psicólogo pq o que vc narra pode ser um pico ansioso e precisa ser tratado.Dependendo do caso somente terapia j´ajuda e muito.Mas não deixe de procurar ajuda.
Depois que amenizar esta ansiedade , dedique-se ao estudo no centro.Participe dos grupos de estudo, isto vai lhe fazer bem,interagir com quem tb quer aprender.
Palestras,passe...isso tudo vai lhe acalmar.

Nem cogite a hipótese de trabalhar mediunicamente neste momento.O bom médium tem de ter base teórica, serenidade,disciplina,paciência e tolerância.E isso,qdo estamos em desarmonia ansiosa,é impossível.

Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: S0L em 19 de Julho de 2012, 13:02
Jana, os sonhos podem ser de base espiritual ou base inconsciente.Não tem como ficar interpretando.
No livro dos médiuns mesmo nos diz que isso não é uma atitude muito útil.
Procure uma casa espírita e faça um curso ou do Livro dos Médiuns, ou de mediunidade.

Sonhos não podem ser anaisados ao pé da letra pq qdo o perispírito se encontra fora do corpo nossas percepções aumentam muito,mas ao retornar, tais percepções podem ficar confusas.
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Zenaide Cabral em 19 de Julho de 2012, 13:50
Olá a todos.
Não sei dizer quando começaram os primeiros sintomas, só percebi mesmo quando comecei a psicografar, mas foi tão natural que não tive medo algum.
Fui no atendimento fraterno e lá me instruiram que começasse a estudar para aprender a desenvolver a mediunidade.
Não me sinto especial ou diferente por isso, mas sinto que a minha responsabilidade com o Espiritismo aumentou, pois antes só queria aprender agora sinto que preciso ajudar.
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Lorena Franco em 19 de Julho de 2012, 15:08
Eu não sei se sou medium ou devo desenvolver,mas quando eu era criança eu era audiovidente ,escutava claramente o que me falavam, geralmente chamavam meu nome. Na adolescência eu comecei a vislumbrar vultos e aparições,isso me motivou a estudar o espiritismo eu queria entender o que acontecia comigo. Logo depois eu parei de ouvir e ver, é estranho porque eu não fiz nenhum tipo de tratamento ou terapia contra obsessões.
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Mourarego em 19 de Julho de 2012, 16:51
Meus manos,
não se preocupem tanto.
vou lhes dizer:
São tantos os sintomas que podem ser apresentados como precursores de faculdade medianímica, que não há aquele que os possa dizer, este é e aquele não.
Investiguem o que lhes aconteça, primeiro na classe médica, busquem, uma, duas ou três opiniões, para poderem descartar causa psíquica ou física.
A não ser que a preocupação seja apenas para se dizerem médiuns, o que por si só já demonstra um erro procurem antes de tudo fazerem os cursos que o CE tem para tal coisa e estudem bem e seriamente a doutrina, pois não se pode brincar ou se vangloriar de ser médium, porque esta faculdade, pode ser suprimida.
Abraços,
Moura
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: italo souza em 29 de Outubro de 2012, 05:22
eu tive um dos primeiros sintomas aos dez anos sonhos de tempos passados em que eu era uma pessoa que estava ajudando  uma pessoa ferida a chegar no hospital depois aos treze anos comecei a ter dores constantes no coração sendo que depois de varios exames os medicos disse que eu não tava doente tava bem de saude mas mas as dores continuava e depois apareceu algo mas estranho comecei a senti fortes dores de cabeça e sentir presenças vozes nunca conseguir ver nada mas as presenças me segue ate hoje
ja estudei algumas coisas ja li alguns livros mas nada me ajudou
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: S0L em 29 de Outubro de 2012, 10:56
Ítalo, faça um curso de mediunidade em uma casa espírita para vc aprender a lidar com esta faculdade que é inerente a todos nós.;)
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: André Luis Carvalho em 29 de Outubro de 2012, 12:54
Olá irmã, bom dia.

Pra ser sincero, sonhos são um meio de comunicação entre os encarnados e os desencarnados. Porém existe a explicação de que nos sonhos podemos sentir emoções, dores, etc...

Eu mesmo já sonhei com o "arrebatamento", senti meu corpo levitar, ir aos céus, etc... Mas, por aparecer em meu sonhos, imagens de santos católicos (não tenho nada contra) não acreditei muito no sonho, não tem como explicar o que senti, mas garanto, era 100% real.

Peço para que tenha cuidado com o que sonha e com o que sente, sonhos são difíceis de serem explicados, não é sonhando que terás sua mediunidade expandida ou percebida, apenas o treinamento em um centro espírita sério pode nos dizer e nos orientar no nível e capacidade de mediunidade.

Espero que tenha ajudado.
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Fernando B. em 30 de Outubro de 2012, 11:08
Bom pessoal, a mediunidade é um assunto muito amplo e vir aqui e dizer isto ou aquilo seria imensamente pobre sobre tudo o que aquele que se interessa pelo assunto deve saber.

Então em primeiro lugar o que se deve fazer é conhecer sobre o assunto através do estudo das obras básicas, em especial o Livro dos Espiritos e em seguida O Livro dos Médiuns e depois é experimentar. Deixo abaixo um link com um belo resumo sobre o que vai encontar aquele que deseja conhecer e posteriormente se for o caso trabalhar com a mediunidade:

http://www.mundoespiritual.com.br/mediunidade.htm

Quanto aos sonhos esta é também um assunto extremamente importante e que merece um estudo aprofundado. As obras básicas falam muito pouco sobre a emancipação da alma, mas hoje em dia existe um vasto material a respeito do assunto. Deixo aqui também um outro link de um istituto que se dedica ao estudo do assunto:

http://www.viagemastral.com

Vale a pena conhecer!

Espero que ajudem aqueles que buscam por maior esclaremcimentos!

Forte abraço a todos!

Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Mourarego em 30 de Outubro de 2012, 14:11
Amigo Fernando, permita-me discordar.
Falamos essencialmente de Doutrina Espírita, e como tal, de uma doutrina cujos ensinos estão apenas entre as obras básicas.
Vou repetir, ensino doutrinário está apenas nas obras básicas pois que unicamente estas formam a doutrina espírita.
Daí seguir-se que eleger obra outra, qualquer, como meio de se conseguir entendimento de algo que não é competente já que lhe falta, à esta obra, o apoio e outorga do CUEE, é querer que um advogado, defenda seu cliente, tendo como doutrina, o apoio de literatura que mesmo falando das lides do Direito, esteja focada em país que não tenha um ordenamento jurídico de igual teor que o nosso.
Num exemplo simples: Eu com advogado posso trabalhar em |Portugal, mas para que isso aconteça terei de me adequar aos ritos que o Direito e a Justiça lusitana os tenha eleito.
Não posso, usar do sistema de Direito brasileiro para defender causas no Direito portugues, mesmo que nossa língua seja parecida.
Abraços,
Moura
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Dhi em 30 de Outubro de 2012, 15:26
Realmente somos sensíveis, todos somos, uns mais,bem mais, que podem precisar de auxilio... E como foi citado a cima, bom é ir até um acasa espírita seria... E acima de td e é como eu faço, orar... Falar com Deus...Ah! isso é maravilho, sentir o quanto Ele te ampara ... No entanto sempre peço À ELE que me afaste disso, pois não quero... quando estava passando por maus bocados devido a essa minha negação... DEus me amparou, e hoje posso até ter certos sentimentos fortes, sentir presenças... ms elas já não me afetam... escolhi não querer... Mas essas questões de sonhos, premunições isso eu gosto de ter... Outro dia sonhei que uma grande onda veio e destruiu muita coisa, tipo um maremoto ... foi forte intenso e bem real... apenas oro... Pois Deus sabe de todas as coisas. Pense Nele
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Fernando B. em 30 de Outubro de 2012, 16:47
Amigo Fernando, permita-me discordar.
Falamos essencialmente de Doutrina Espírita, e como tal, de uma doutrina cujos ensinos estão apenas entre as obras básicas.
Vou repetir, ensino doutrinário está apenas nas obras básicas pois que unicamente estas formam a doutrina espírita.
Daí seguir-se que eleger obra outra, qualquer, como meio de se conseguir entendimento de algo que não é competente já que lhe falta, à esta obra, o apoio e outorga do CUEE, é querer que um advogado, defenda seu cliente, tendo como doutrina, o apoio de literatura que mesmo falando das lides do Direito, esteja focada em país que não tenha um ordenamento jurídico de igual teor que o nosso.
Num exemplo simples: Eu com advogado posso trabalhar em |Portugal, mas para que isso aconteça terei de me adequar aos ritos que o Direito e a Justiça lusitana os tenha eleito.
Não posso, usar do sistema de Direito brasileiro para defender causas no Direito portugues, mesmo que nossa língua seja parecida.
Abraços,
Moura

Moura, meu amigo querido, suas palavras são perfeitas para aqueles que querem seguir a risca os ensinos da doutrina Espirita, que são maravilhosos e ricos em informações, principalmente se levarmos em conta o quão pouco tempo Kardec teve para trabalhar e nos deixar esse legado. Alias, se conseguissemos colocar em pratica tudo o que a Doutrina nos ensina, o mundo seria perfeito, mas aqui estamos para aprender.

No entanto, sinceramente esse não é o meu caso e creio que não seja o de muitos os que frequentam este espaço, afinal de contas temos o livre arbitrio e podemos cada um fazermos as nossas escolhas, graças a Deus!

Então, que cada um faça a sua escolha e tire por si próprio as suas conclusões.
Afinal de contas, as religiões são inumeras, as leis também, como o irmão mesmo lembrou, e realmente não da para querermos usar o codigo penal Brasileiro para defender um réu em Portugal, no entanto,  Deus é um só e o caminho para se chegar até ele também!

Abraço a todos!
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Mourarego em 30 de Outubro de 2012, 17:38
Mano Fernando, não digo que você esteja errado...
Porém, como aqui o que se deseja é somente conhecer mais da Doutrina, é que temos de nos colocar.
Afinal o amigo há de concordar, que não se vai a um jogo de basquete, para se falar em surf não é mesmo?
Abraços,
Moura
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: gigya em 30 de Outubro de 2012, 22:11
Olá, eu sempre tive uma dúvida e agora vejo por aqui uma oportunidade. Desde pequena não consigo dormir sozinha, sempre tenho que deixar a luz acesa e hoje além de ainda ser assim sinto calafrios, formigamentos nas mãos, fico sempre amedrontada pensando que alguém está comigo ali, até converso em pensamento e começo a orar! Fora isso no meu dia dia, procuro acender meus incensos, colocar hinos espíritas do João Cabete pois sou de Santos e frequento de vez em quando essa casa. Quando estou em casa procuro não sentar de costa pra um corredor grande que dá da cozinha para os quartos, tudo isso por causa do medo de ter alguém atrás de mim! Um dia desses, deitada em minha cama, senti meu braço sendo levantado, o que me deixou um pouco apavorada mas ao mesmo tempo senti uma proteção muito grande, por isso deixei me levar pela ocasião. Não sei se isso é um fenômeno de mediunidade ou se eu mesma estou ficando caduca, mas não tenho nada a perder se for uma coisa ou outra, não é mesmo? Abraços a todos e muito obrigada pela oportunidade de me abrir sobre esse assunto que me persegue desde pequena.
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Dhi em 31 de Outubro de 2012, 05:48
Gigya, penso que seja realmente uma sensibilidade aguçada, e que até meus colegas de fórum com mais sabedoria na doutrina espírita vão poder te auxiliar melhor, ms eu como de vez em quando sinto ... só oro, e peço a Deus... Mas seria interessante você ir ao centro espírita, eu fui e gostei bastante..
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Mourarego em 31 de Outubro de 2012, 14:04
Amiga Gigya,
se a amiga me permite, vou lhe dar um conselho muito poco convencional:
A amiga fala em incensos, hinos espíritas e quejandos, pare com tudo isso.
A DE não prevê o acender de incensos e mais não há em nenhuma de suas respostas, algo que valide tal uso.
A DE também não contém hinos, e, todas as canções do repertório escutado, são de autores do movimento espírita, e nada têm a ver com a parte doutrinária pois não passaram pelo CUEE.
São músicas, algumas interessantes mas a maioria é pobre quer de letra, quer de arranjo, salvo raríssima exceção.
Sendo assim, amiga, você ainda está imersa no espiritualismo, mas pouco afastada da DE, use como livro de cabeceira, a obra "O Que é o Espiritismo', que lhe facultará com certeza maior conhecimento da doutrina.
Abraços,
Moura

Olá, eu sempre tive uma dúvida e agora vejo por aqui uma oportunidade. Desde pequena não consigo dormir sozinha, sempre tenho que deixar a luz acesa e hoje além de ainda ser assim sinto calafrios, formigamentos nas mãos, fico sempre amedrontada pensando que alguém está comigo ali, até converso em pensamento e começo a orar! Fora isso no meu dia dia, procuro acender meus incensos, colocar hinos espíritas do João Cabete pois sou de Santos e frequento de vez em quando essa casa. Quando estou em casa procuro não sentar de costa pra um corredor grande que dá da cozinha para os quartos, tudo isso por causa do medo de ter alguém atrás de mim! Um dia desses, deitada em minha cama, senti meu braço sendo levantado, o que me deixou um pouco apavorada mas ao mesmo tempo senti uma proteção muito grande, por isso deixei me levar pela ocasião. Não sei se isso é um fenômeno de mediunidade ou se eu mesma estou ficando caduca, mas não tenho nada a perder se for uma coisa ou outra, não é mesmo? Abraços a todos e muito obrigada pela oportunidade de me abrir sobre esse assunto que me persegue desde pequena.

Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: André Luis Carvalho em 31 de Outubro de 2012, 16:25
Olá irmãos, boa tarde.

Concordo com o que diz o irmão Moura, essas "artes religiosas" ao meu ver são frutos do capital ($$), nada espiritual tem.

Pode ser algum tratamento psicológico, você deve ter associado a música ao seu bem estar, se metade de vocês que participam do fórum escutasse o tipo de música que escuto, me chamariam de servo do mal. Mas ao meu espírito e ao meu corpo faz bem, não consigo me concentrar ou ficar calmo com músicas religiosas, me sinto ofendido quando escuto algo assim. Já bandas como Slipknot, Iron Maiden, Pink Floyd, sim, consigo a paz de espírito, engraçado né? Mas ao meu ver são associações psicológicas, nada mais que isso.

Se você gosta, todo mundo respeita, mas associar a DE com músicas, insenso e até questões signosas (como eu associava e estava errado, graças ao fórum consertei meu erro) acho que não é o caminho.

Espero que tenha ajudado!
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: gigya em 01 de Novembro de 2012, 00:02
Obrigada Sr. Moura e Sr. Luis pela resposta. Mas apenas coloquei as canções e o incenso como forma de dizer que me sinto bem, não que isso seja uma resposta pra minha pergunta que acabei de fazer e não que isso seja um meio espiritual, como o Sr. Luis disse, pode ser psicológico mesmo, assim como ele escuta rock in roll! Eu queria apenas uma resposta na questão de mediunidade. A pergunta é, eu sentindo o que sinto todos os dias, eu posso ter mediunidade? Desculpe pela minha ignorância, mas isso realmente me perturba e gostaria muito de um esclarecimento! Abraços fraternos
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: gigya em 01 de Novembro de 2012, 10:28
Querida Dhi, muito obrigada pela tua resposta, que Deus a abençoe!
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Mourarego em 01 de Novembro de 2012, 14:48
Maninha Gigya,
Todos nós, uns mais, outros menos, temos a capacidade de SENTIR aos Espíritos.
é nesse contexto e apenas neste contexto, que Kardec e os Espíritos Superiores, nos ensinam, no primeiro parágrafo do capítulo Os Médiuns, em OLM.
O que quero dizer com isso? Simples:
Sentir aos Espíritos, não é a mesma coisa de produzir fenômenos espíritas.
Para que tal produção aconteça, há uma extensa gama de situações que devam se entrelaçarem.
Assim, a primeira delas é que o médium, seja dotado da faculdade (dom de produção), que implementa a produção daquele fenômeno.
Ou seja: Se o fenômeno é na área da escrita, o médium há de ter a faculdade medianímica, (medianímico: junção da qualidade mediúnica de sentir aos espíritos, com a faculdade de reproduzir no papel o ditado que lhe foi passado pelo Espírito).
Se o médium, mesmo podendo sentir aos Espíritos de modo geral, não tiver a faculdade de psicografia, não poderá produzir tal fenômeno.
Logo, e segundo outra explicação de OLM, a ninguém é dado poder afirmar, fulano é médium e sicrano não o é.
Qualquer resposta atinente a este setor será meramente especulativa, mormente se feita sem que haja pelo menos um conhecimento entre quem a emita e aquele que quer saber se é ou não médium.
Avalie que na mesma obra os Espíritos superiores ainda afirmam: "tudo se dá pela natureza das perguntas que se faça ao Espírito. Assim, se lhe perguntamos,. sou médium? ele nos poderá responder sim. mas se perguntarmos, sou médium psicográfico ele poderá responder, Não.
Abraços,
Moura

Obrigada Sr. Moura e Sr. Luis pela resposta. Mas apenas coloquei as canções e o incenso como forma de dizer que me sinto bem, não que isso seja uma resposta pra minha pergunta que acabei de fazer e não que isso seja um meio espiritual, como o Sr. Luis disse, pode ser psicológico mesmo, assim como ele escuta rock in roll! Eu queria apenas uma resposta na questão de mediunidade. A pergunta é, eu sentindo o que sinto todos os dias, eu posso ter mediunidade? Desculpe pela minha ignorância, mas isso realmente me perturba e gostaria muito de um esclarecimento! Abraços fraternos
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: italo souza em 04 de Novembro de 2012, 06:32
concordo mas ai quero que me explique uma coisa como pode eu tar conciente e não poder me mecher
outra coisa o sentimento eu conheço aquela pessoa e eu vi rapidamente uma pessoa e por segundos eu cheguei a ver imagens que eu nem sabia o que era e depois de um tempo comerçei a ir em lugares em sonhos  que eu nunca tinha visto
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Mourarego em 04 de Novembro de 2012, 15:24
Amigo Italo,
os cientistas do sono e a própria medicina já explicaram esse fenômeno.
Abraços,
Moura
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: italo souza em 05 de Novembro de 2012, 04:54
ta moura vc não entedeu eu não tava dormindo e sim acordado e bem conciente nessa ultima semana comerçei a escultar vozes que chamavam nomes que eu nunca tinha se quer ouvido falar essas vozes falavam em linguas que eu nem sabia qual era so entendi uma que era uma voz de mulher que falava em ingles claramente a seguinte palavras    ( não vira as costa olha tão le seguindo) e ou eu to escultando vozes ou pirei de vez isso ta me deixando louco e assustado bom seu conselho so vale pro sonhos que são poucos e o estudo cientifico dos sonhos não esclarece muito oque e que acontece com as pessoas pra terem sonhos como esse
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Mourarego em 05 de Novembro de 2012, 13:55
Italo,
deixe-me que te avise: Espíritos, se nos querem ensinar, avisar ou conduzir, não falam em línguas estranhas.
De que lhes serviria se sabem que não as entenderíamos?
Mas não serei eu  a lhe querer demover daquilo que o amigo quer acreditar.
Abraços,
Moura
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: italo souza em 06 de Novembro de 2012, 04:04
ta so quero saber porque eles tão falando em outras linguas
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: daniele guimaraes em 06 de Novembro de 2012, 15:06
PENSEM nisso: espíritos bons não comunicam com nós assim do nada...
Eles se comunicam em uma casa espirita seria o que posso te dizer que tudo isso são perturbações causadas por espíritos zombeteiros...
Por isso que uma boa casa espirita ajuda porque com o tempo vcs não serão mais perturbados e na hora certa e tendo mediunidade os espíritos bons irão comunicar...
E sempre "orai e vigiai ''.
Espero ter ajudado.  :D
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Mourarego em 06 de Novembro de 2012, 15:16
Errado amiga Daniele,
por serem bons, os Espíritos desta classe, têm por inciativa própria influenciarem aos que possam estar entrando num caminho onde o malogro lhes seja o fim da jornada.
E isso acontece muitas vezes ao dia e em qualquer lugar onde a pessoa esteja.
Esta a função deles, o trabalho a que se destinam com extrema felicidade.
Pensá-los restritos apenas as paredes de uma Centro Espírita é dar-lhes a aparência de presidiários sem que tenham cometido crime algum.
E dar aos Espíritos Zombeteiros, ou aos Maus Espíritos mais valência do que eles têm realmente.
abração,
Moura
PENSEM nisso: espíritos bons não comunicam com nós assim do nada...
Eles se comunicam em uma casa espirita seria o que posso te dizer que tudo isso são perturbações causadas por espíritos zombeteiros...
Por isso que uma boa casa espirita ajuda porque com o tempo vcs não serão mais perturbados e na hora certa e tendo mediunidade os espíritos bons irão comunicar...
E sempre "orai e vigiai ''.
Espero ter ajudado.  :D
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: italo souza em 07 de Novembro de 2012, 06:06
ta so quero saber se tem alguma chance de eu ta escultando pessoas vivas pedindo ajuda
e se tem pessoas que podem bloquear o contato de espiritos 
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: daniele guimaraes em 07 de Novembro de 2012, 13:41
Não quis dizer neste sentido, quis dizer que a maioria da pessoas não tem preparo suficiente para isso as vezes os espíritos ruins se passam pelos bons, e uma pessoa sozinha com certeza não consegue  perceber...
Todos nos precisamos sim de ajuda, sozinhos em nossa casa é meio dificil, claro acredito sim que os bons espíritos estão sempre ao nosso lado, com intuições e etc...
Nunca quis dizer que eles ficam presos como  se fosse uma prisão em uma casa espirita... nunca QUIS disser uma coisa dessas!!
SIM, a vários espíritos bons nos ajudando mas também tem muitos ruins e uma pessoa sozinha em casa não consegue diferenciar com certeza acredito nisso .
Somente um médium estudado consegue ....
ENTÃO não quis dizer isso ... desde já ate mais.
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Mourarego em 07 de Novembro de 2012, 14:15
Amigo Ítalo,
a chance de você estar escutando Espíritos ou encarnado, é de 2%.
Isso para não dizer que é ainda menor .
abraços,
Moura
ta so quero saber se tem alguma chance de eu ta escultando pessoas vivas pedindo ajuda
e se tem pessoas que podem bloquear o contato de espiritos 
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: italo souza em 08 de Novembro de 2012, 03:48
2% serio mas ta bom obrigado pela ajuda mas isso ja ta tirando minha paciencia tem dias que nem consigo dormi e isso ta me prejudicando muito 
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Mourarego em 08 de Novembro de 2012, 10:46
Fique tranquilo mano Italo,
nada há de anormal nesses acontecimentos, despreocupe-se que isso some, tal como apareceu.
abraços,
Moura
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: italo souza em 09 de Novembro de 2012, 03:01
obrigado pela ajuda moura espero que isso me deixe descansar
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Oliveira Freire em 09 de Novembro de 2012, 06:51
Ítalo, meu caro. Por que você não procura o tratamento espiritual do Centro Espírita que frequenta? Fora isso, comece a realizar o culto do evangelho no lar e, no momento em que você começar a ouvir tais vozes faça uma prece mentalmente.

Concomitantemente, ou posteriormente, caso estes métodos não surtam efeito, aconselharia que você buscasse ajuda psiquiátrica.

Ressalte-se bem, não o estou rotulando de louco ou portador de qualquer tipo de psicopatologia, contudo, a causa física é um fator que merece ser levado em consideração.
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Mourarego em 09 de Novembro de 2012, 14:39
Mano Oliveira,
o acontecimento havido com o mano Italo é tão comum, que indicar-se-lhe o caminho da medicina soa mal.
Primeiro porque não há aquele que sem conhecer a pessoa bem, e ainda mais de longe, possa indicar ou aventar tal hipótese;
Segundo por se tratar de fenomenologia muito comum e que na maioria dos casos provém do desconhecimento do que seja o mundo espiritual e a doutrina;
Terceiro porque, tais acontecimento começam e terminam, mais rapidamente se não lhes damo atenção ou preocupação excessiva.
Abração,
Moura
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Oliveira Freire em 09 de Novembro de 2012, 15:14
Realmente Mano Moura.

Perdão se fui indelicado, Ítalo. Você vai se sair bem, não tenho dúvidas. Não se assuste ou se deixe desesperar por tais acontecimentos, lembre-se que as faculdades mediúnicas são manifestações naturais. Tenha fé e viva normalmente e tudo ficará bem. Mas use o artifício da prece nos momentos difíceis, pois é bem útil.

Muita paz.
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Mourarego em 09 de Novembro de 2012, 15:22
O amigo não foi indelicado mano!
Eu foi quem fiz questão de aclarar mais o assunto.
Abraços,
Moura
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: italo souza em 12 de Novembro de 2012, 04:50
olha eu não tinha especificado isso ja vem de familia eu tenho uma prima que ver e esculta eu so conseguir ver uma vez ela e constante as visões que ela tem as vezes le ajusta e eu to escultando dia e noite sem parar isso vai me deixar doido
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Mourarego em 12 de Novembro de 2012, 14:55
Amigo Italo, OLM esclarece bem isso.
]Tanto a mediunidade quanto qualquer de suas faculdades não passa de pai a filho entende?
Abraços,
Moura
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: italo souza em 13 de Novembro de 2012, 05:13
bom se passa de pai pra filho isso eu não sei eu sei que ela tem mas vamos dizer sensibilidade eu apenas esculto e conseguir ver uma vez ela consegue ver detalhes e esculta ver presença bom a parte do pai pra filho não entendi ela minha prima
Título: Re: Primeiros sintomas da mediunidade
Enviado por: Irmão Franco em 30 de Novembro de 2015, 03:59
Olá amigos.
Vou colocar aqui uma prece que está no "Evangelho Segundo o Espiritismo" para breve raciocínio.

XII – No Momento De Dormir

            38 – Prefácio – O sono é o repouso do corpo, mas o Espírito não necessita desse repouso. Enquanto os sentidos se entorpecem, a alma se liberta parcialmente da matéria, gozando das suas faculdades espirituais. O sono foi dado ao homem para a reparação de suas forças orgânicas e das suas forças morais, enquanto o corpo recupera as energias gastas no estado de vigília, o espírito vai se retemperar entre os outros Espíritos. É então que ele tira, de tudo o que vê, de tudo que percebe, e dos conselhos que lhe são dados, as idéias que lhe ocorrem depois, em forma de intuições. É o retorno temporário do exilado à sua verdadeira pátria, a liberdade momentaneamente concedida ao prisioneiro. Mas acontece, como no caso dos prisioneiros perversos, que o Espírito nem sempre aproveita esse momento de liberdade para o seu adiantamento. Se conserva maus instintos, em vez de procurar a companhia dos Bons Espíritos, busca a dos seus semelhantes e dirige-se aos lugares em que pode liberar as suas más inclinações. Aquele que se acha compenetrado desta verdade eleve o seu pensamento, no momento em que sente aproximar-se o sono; solicite o conselho dos Bons Espíritos e daqueles cuja memória lhe seja cara, a fim de que venham assisti-lo, no breve intervalo que lhe é concedido. Se assim fizer, ao acordar se sentirá fortalecido contra o mal, com mais coragem para enfrentar as adversidades.

            39 – Prece – Minha alma vai encontrar-se por um instante com os outros Espíritos. Que venham os bons ajudar-me com os seus conselhos. Meu Anjo Guardião, fazei que ao acordar eu possa conservar uma impressão durável e benéfica desse encontro!

Paz e Luz a todos  :)