Forum Espirita

CODIFICAÇÃO => O Livro dos Médiuns => Tópico iniciado por: taise em 26 de Março de 2010, 12:23

Título: Preciso de ajuda
Enviado por: taise em 26 de Março de 2010, 12:23
Sou Ana Taise,tenho 27 anos e quero ajuda de alguém com mais experiência do que eu.Vou contar um pouco da minha história:sou frequentora de espírita desde pequena quando minha mãe desencarnou, mas posso dizer que sou espírita desde os 15 anos ao optar por não fazer crisma.Fiz o Esde e desde os 20 anos sou evangelizadora espírita(um trabalho que adoro).há alguns comecei a sentir dores de cabeça fortíssimas que só melhoram em reuiões de desobsessão e todas as vezes eu era orienta a procurar um grupo mediúnico sério e eu não procurava.Há dois anos eu tive uma crise que durou muito tempo e fui orientada a frequentar um grupo mediúnico e assim o fiz.Por mais de um ano estava no grupo até que a mediunidade de psicofonia digamos "floresceu" em mim. Só que hoje eu sei que estou com espíritos próximos a mim porque meu coração dispara e minha cabeça doi de uma forma que não passa com remédio algum.Só passa quando digamos recebo esses espiritos.E eu frequento o centro espirita regularmente na reuniao mediúnica e a evangelização infantil e eu não me considero uma pessoa ruim.O que posso fazer para não sentir mais essas dores de cabeça?
Se alguém puder me ajudar,eu agradeço.
Título: Re: Preciso de ajuda
Enviado por: Blue soft em 26 de Março de 2010, 12:48
           Taise querida,
o que nos afasta dos maus espíritos é principalmente o bem que fazemos,
algumas vezes,não fazemos o mal, não, mas também não fazemos o bem
em favor do próximo.
           Bem, o que me parece é que há um desajuste, porque está no Centro
Espírita todo o tempo, não é garantia de não sermos envolvidos ou
influenciados por espíritos equivocados.
          Normalmente, no dia que antecede e no próprio dia da reunião o
médium fica mais sensível e já sente a proximidade desses espíritos, contudo,
não significando que tenha que se envolver a ponto de uma passividade.
         Eu costumo dizer que, a melhor forma de levar os espíritos que estão
em nosso convívio a mudar de pensamento é indo para o estudo e para
não nos ligarmos a eles só mudando nossos pensamentos.
         Sendo assim, ore, mas com toda profundida, estude com afinco e
tente encontrar algo que goste para trabalhar a caridade, são esses os
melhores elementos para nos levar a um certo equilíbrio.

                Que Jesus, o nosso Mestre, esteja lhe auxiliando e dando o apoio
de que tanto necessita para prosseguir na sua caminhada.


                            Abraços fraternos,

                    Blue Soft

P.S. Querida Taise, talvez, esteja passando por algum momento difícil,
e a mediunidade, como algo inerente ao homem reflete o nosso estado
de espírito, não sei se é este o seu caso, mas tente se perceber.
Título: Re: Preciso de ajuda
Enviado por: Diegas em 26 de Março de 2010, 15:37
'...Há dois anos eu tive uma crise que durou muito tempo e fui orientada a frequentar um grupo mediúnico e assim o fiz.Por mais de um ano estava no grupo até que a mediunidade de psicofonia digamos "floresceu" em mim. Só que hoje eu sei que estou com espíritos próximos a mim porque meu coração dispara e minha cabeça doi de uma forma que não passa com remédio algum.Só passa quando digamos recebo esses espiritos.E eu frequento o centro espirita regularmente na reuniao mediúnica e a evangelização infantil e eu não me considero uma pessoa ruim.O que posso fazer para não sentir mais essas dores de cabeça?...'


Olá, taise


Voce não é uma pessoa ruim, mas concorda que foi por meio dessa dor de cabeça que começou o seu desenvolvimento mediúnico ? Então, um tanto desconfortável com essa situação, anseia por livrar-se dela, alega merecer outro tipo de tratamento. O auto-merito está no esforço de levar a evangelização aos pequeninos.

Vide que essa fase de desenvolvimento mediúnico é momentanea. Passa rapidinho, tão logo esteja devidamente preparada a recepcionar entidades espirituais gabaritadas. O inicio do desenvolvimento mediúnico é sempre dificil. Sempre realizado por alguns companheiros de graduação pouco elevada, ainda necessitados de um melhor esclarecimento. Mas se estão ao nosso lado é por que foram autorizados pelos nossos mentores. É como uma pista de mão dupla, onde voce e o espirito comunicante se ajudam mutuamente.

Portanto, não devemos ser egoistas e/ou ingratos com os nossos mentores, considerando-nos abandonados ou desprotegidos. E nem devemos exigir um merecimento o qual suspeitamos possuir. Pense como o seu desenvolvimento também, de forma bem direta, com o conhecimento que voce tem do Evangelho de Jesus, permite auxiliar na elevação daquele irmãozinho espiritual necessitado de luz.

O Evangelho não prega: Amar ao proximo como a si mesmo ? Quer alguém mais proximo do que esse companheiro espiritual que solicita a sua compreensão e carinho ?



Abç

  
Título: Re: Preciso de ajuda
Enviado por: Luzceano em 06 de Abril de 2010, 05:24
Oi Taise
Aquetão não é se voce é má, mas voce deveria se perguntar se voce esta se esforçãndo para cumprir o que voce se dispos a cumprir antes de reencarnar?
Título: Re: Preciso de ajuda
Enviado por: goveia em 04 de Agosto de 2010, 14:42
Olá taise, espero que possa refletir um pouco mais sobre essa questão.
Infelizmente, é comum atribuir-se como determinante, a presenca da pessoa a um reunião mediúnica, para que os "sintomas" apontados sejam minimizados ou definitivamente curados.
Ocorre que existem muitas nuanças no psiquismo humano, que estamos muito longe de alcançar, que afetam o rotina de todo candidato ao mediunato. Portanto, além da frequencia, é necessário avaliar, estudar muito a si mesma, para em si conhecendo, agir de forma preventiva, antecipando os fatos que te levam aos "sintomas".
O fato de existir a prédisposição à mediunidade, leva o candidato a conviver de forma mais intensa, a influencia energética de todos que estejam ao seu redor, sejam encarnados ou não. e essa influencia pode disparar dispositivos psíquicos existentes em cada um de nós, que necessitam de nós controle seguro e perseverante.
Torna necessário conhecer o nível moral das companhias espirituais, o nosso próprio equilíbrio moral, ou esforço moralizante, para nos aproximarmos das melhores influencias, ao tempo em que nos preparamos melhor para o cometimento mediúnico. ou seja, no dia da reunião, devemos agir muito mais moderadamente, conter nossos vicios, se existirem, enquanto não os vencemos, conter nossos impulsos agressivos, procurando atitudes mais brandas e pacíficas, em atitute de oração, elevando nossa mente a níveis superiores, sem contudo, deixarmos nosso cotidiano normal.
Há que existir um esforço de melhoria dos níveis de tudo que ofereçemos, especialmente, no nosso mundo intimo, afim de que a mediunidade, em suas expressões, possam fluir por nossos instrumentos, de forma mais suave e limpida.
lembre-se que a mediunidade em nós, é "puramente" a expressão de pensamentos alheios através do nosso organismo, sendo que essa expressão, pedende profundamente da forma como manuseamos o nosso modo de ser e de viver, qualificando ou desqualificando a nossa própria mente, para tal desiderato.
reflita e verifique se vc não pode contribuir um pouco mais, para o alivio de si mesma.
                                                  abraços