Forum Espirita

CODIFICAÇÃO => O Livro dos Médiuns => Tópico iniciado por: Paulotr em 19 de Março de 2010, 12:23

Título: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Paulotr em 19 de Março de 2010, 12:23
Salve a todos!

Sou novo aqui no forum e tenho a certeza de que vou aprender muito com vocês.

Vou colocar uma questão que provavelmente ja ocorreu e ocorre com muitas pessoas.

Bem, sou católico por herança, mas não frequento a igreja. Tenho um apreço muito grande pelo Espiritismo e pela Umbanda. Acredito que a verdadeira religião é aquela que pratica a caridade sem preconceitos. Atualmente venho estudando o evangelho segundo o espiritismo, o livro dos mediuns e o livro dos espiritos, além de alguns livros de Carlos Baccelli (Inacio Ferreira) os quais estou adorando!

Pois bem, sempre fui muito cetico quanto a reliosidade em geral. Devido a fatos que ocorreram em minha vida e escandalos e desgraças que vemos na TV eu acabei me afastando e desacreditando em um poder maior ou da reliosidade de uma forma geral.

Sempre fui uma pessoa muito dedicada a tudo o que faço, ao trabalho, a familia, aos meus sonhos, etc, mas as coisas sempre acabavam mal. No trabalho, apesar de todos gostarem de mim e do meu trabalho, eu nunca era o escolhido para as promoçoes, ou o pior, era escolhido nas demissões! Em casa as coisas também pareciam dar errado, meus sonhos sempre pareciam ser interrompiudos por problemas que apareciam do nada, comecei a entrar em depressão, desanimo, insonia, começaram algumas doenças onde os medicos acharam estranho parea a minha idade, etc, etc... e tudo isso que estava ocorrendo com minha vida eu desconfiava que não poderia ser apenas coisas da minha cabeça, da minha imaginação... eu sempre achei que tinha que ter uma resposta mais plausível, mais concreta.. uma explicação de Deus ou seja la de que for!

Recentemente, quando tirei minhas ferias do trabalho, resolvi procurar uma benzedeira que pudesse me ajudar nesse descarrego. Fui visitar uma dessas benzedeiras e na minha vez de ser atendido conversamos um pouco. Essa senhora me disse que teve sua vida religiosa doutrinada na Umbanda e que ela era medium, e tal. Antes mesmo de eu expor os meus problemas e minhas intenções, ela me foi dizendo tudo o que estava ocorrendo comigo, como se tivesse lendo a minha vida! Isso realmente me chamou a atenção, pois cetico que eu sou (ou era!) sempre desconfiei desse tipo de gente, mas nesse caso eu fiquei imopressinado pela precisão que ela relatava os fatos que ocorriam comigo, sem mesmo eu ter aberto a minha boca.
De tudo o que ela me disse, um fato que me chamou a atenção, foi que ela me disse que tudo isso que estava ocorrendo comigo era decorrente de uma abertura que eu tinha, de um canal aberto onde eu acabava atraindo tanto coisas boas quanto ruins e que isso se dava a minha mediunidade, e ela me aconselhou a procurar um centro espirita. Ela ate me perguntou se eu ja havia frequentado um centro espirita e eu respondi que sim, pois realmente ja tinha ido por diversas vezes em um centro espirita, e ela ate achou estranho de nunca terem dito a mim de que eu tinha essa mediunidade.

Bem, sai de la de certa forma mais aliviado, pois alguem conseguiu ver o que realmente eu estava passando e que como eu imaginava, as coisas que me ocorriam não era apenas coisas da minha cabeça, mas por outro lado, esse papo de mediunidade me deixou com uma certa suspeita, pois nos meus 40 anos de vida nunca me ocorreu um fato sequer que pudesse me mostrar ou dar sinais de mediunidade!

Depois disso voltei ao centro espirita que frequentei por um tempo e fui fazer a entrevista fraterna. Contei toda essa historia que relatei aqui, mas pra dizer a verdade não sai de la contente ou satisfeito com as respostas.

Depois disso comecei a estudar por conta os livros que citei acima, mas não passa um dia sequer que não me vem essa ideia de mediunidade!

Eu gostaria muito de conversar com alguem que pudesse me ver com os olhos do espirito e dizer se realmente tenho essa mediunidade mais aflorada, qual tipo de mediunidade eu tenho e como desenvolve-la! ou se tudo isso não passa de um grande engano!
Estou vivendo entre o certo e o incerto.... eu queria muito saber essa verdade, pois se realmente tenho esse dom eu quero desenvolve-lo e usá-lo para a pratica da caridade! No fundo da minha alma eu gostaria de ter esse dom!

Será que alguem pode me orientar sobre isso?

muito obrigado,
e que Deus nos dê muita luz!
Paulo

 
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: EmBuscaDaLuz em 19 de Março de 2010, 13:35
Seja bem-vindo, amigo!
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Mourarego em 19 de Março de 2010, 14:14
Amigo Paulo, se as respostas de quem lhe atendeu no CE que você foi não lhe agradaram, é porque para a sua pergunta "Tenho mediunidade" a resposta que se temn na obra de Kardec é a seguinte: Mediunidades por se radicar no organismo é comum a todos. As qualidades mediúnicas, que são as fderramentas que o médium usa, tipo psicografia etc, é que são o foco. Uns as têm, uma ou várias, outros não.
assim, e como ensina a codificação, ninguém pode sem ver e testar dizer quie você tenha alguma entende?
Isso deveria ser dito cruamente, porém muitos médiuns não o fazem deixando a pessoa imersa em seus sonhos ou preocupação.
assim procure outra casa espírita e refaça o mesmo trajeto perguntando etc mas meu conselho seria de que o amigo estude a obra O Livro dos Espíritos e o Livro dos Médiuns, assim o amigo aprenderá da própria doutrina o que é certo.
Abraços,
Moura
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Paulotr em 19 de Março de 2010, 14:41
Obrigado pela recepção e obrigado Moura pela resposta.

Eu entendo que os CEs sempre irão dizer o que ensina a doutrina, de que todos nós somos mediuns, mas a questão é: O quanto eu tenho de mediunidade e qual é a mediunidade que está ligada a minha pessoa?

Entendo também que os CEs poderão ou irão responder a essa questão me dizendo assim: Irmão, você tera que fazer o curso, aprender a doutrina e somente após 3 ou 4 anos de estudo você poderá saber isso.

Entendo que os CEs ligados a federação Kardecista devem sempre seguir uma norma ou regra, mas será que é preciso esperar todo esse tempo? Não existe a possibilidade de conseguir essa resposta de imediato?

Para mim, que sempre fui desligado da religião, saber que tenho tal dom de mediunidade com condições de usá-la para a caridade, irá certamente me causar uma mudança muito grande (que ja começou!!) e com certeza irei "meter as caras" nos estudos. O que eu não gostaria, até pela ansiedade em que me encontro, é ter que esperar 4 anos para ter essa resposta.

abraços,
Paulo

Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Mourarego em 19 de Março de 2010, 14:57
Infelizmente sim meu amigo Paulo.
eu também por longo tempo lutei para que os cursos fossem de menor tempo, porém hoje compreendo que a duração dos cursos está correta e forma melhores médiuns.
Quem quer só o obra-obra não aguenta entende?
Mas o amigo estudando as obras que lhe passei poderá ser mais rápido na compreensão dos temas.
contudo reforço, quanto a saber quanto de mediunidade ou seja quais as qualidades mediúnicas vc tem isso ninguém,pode te dizer e quem disser mentirá.
abraços,
Moura
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Denise Costa em 19 de Março de 2010, 16:51
Ola Paulo..seja bem vindo ao forum...!!! achei interessante sua historia, porem acredito que somente vc vai conseguir saber o tipo da sua mediunidade....estudando a doutrina, frequentando o centro, fazendo curso...assim vc vai desenvolve-la, leve o tempo qeu for...vc nao precisa saber que tipo de mediunidade tem para fazer a caridade...a caridade é algo que vem do coração e independe da mediunidade, esta é so mais um instrumento para  te auxiliar na ajuda com o proximo...qto a sua ansiedade em querer saber...rsrsrs...parecemos criança a espera de um doce nao?? rsrsrs....tente controlar lembrando que tudo ao tempo de nosso Pai, nunca no nosso...talvez vc nao esteja pronto para tal dom...precisa estudar para ter conhecimento e ai sim pratica-lo....sao coisas que nao podemos explicar ou obter repostas de imediato...mas tente acalmar seu coração e manter o Senhor em seu coração para guia-lo para o caminho dEle....espero que tenha ajudado em alguma coisa...!!!
Bjsss...tenha fé que sua mediunidade irá aflorar da melhor forma!!!
Fique em paz e com Deus!!
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Paulotr em 19 de Março de 2010, 16:56
Moura,

Respeito a posição da doutrina espirita e ate entendo que para se formar bons medius é preciso conhecer, mas por outro lado, fico me perguntando.... A propria doutrina espirita foi concebida através de manifestações mediunicas, o nosso maior representante do espiritismo, Chico Xavier, escreveu livros e livros através de manifestações mediunicas, enfim, tudo relacionado ao espiritismo tem de alguma forma uma manifestação mediunica e, no entanto, me parece que os centros espiritas tem uma resitencia muito grande no que se refere a mediunidade. No centro onde frequentei por um tempo é meio que proibido falar em mediunidade e dificilmente vemos um medium ou podemos conversar com mediuns incorporados, por exemplo! Incrivel isso! Fico me perguntando se Chico Xavier, por exemplo, no inicio de sua caminhada espiritual, tivesse que estudar 5 anos para poder realizar as suas obras através de manifestações mediunicas! Isso é uma das coisas que não consigo entender direito, ou melhor, não consigo compreender muito bem o motivo.

Existem tantos livros psicografados por grandes nomes e existem tantos mediuns, e eu me pergunto, ja pensou se pudessemos, por exemplo, assistir a uma reunião em um centro onde um medium incorporasse o Dr. Bezerra de Menezes, ou qualquer outro mentor de alto nivel espiritual, e que pudessemos ouvir dos proprios espiritos os ensinamentos ao invés de termos que comprar livros para isso?

é uma questão que me incomoda um pouco....mas!

abs,
Paulo
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Paulotr em 19 de Março de 2010, 17:03
Oi denise,
Muito obrigado.

Sim, rs...me sinto uma criancianha diante do conhecimento que me falta. Sei que é preciso estudar, mas se a mediunidade é um dom que eu tenho, e que certamente foi combinado antes da minha reencarnação, porque não é possivel que me seja revelado? Porque tenho que estudar 5 anos ou mais? Veja bem, não estou querendo usa-la agora, apenas saber... como eu disse, se eu soubesse, por exemplo, que eu tenho o dom a incorporação, eu certamente estudaria com um vigar a mais, concorda? mesmo que demore 5 anos para essa manifestação..

obrigado.
Paulo
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Blue soft em 19 de Março de 2010, 19:04
          Paulo querido,
desde que li a sua pergunta e junto a ela a mensagem fiquei me questionandoe refletindo sobre tudo o que disse.
          A sua pergunta no começo do tópico, me indica dúvida e me pareceu no decorrer do eu texto que gostaria de opiniões, mas quando uma opinião lhe foi dada e essa não ia de encontro com o que gostaria de ouvir, ficou triste,
chateado mesmo.
         Bem, como o Moura colocou só há uma maneira bastante eficaz de se saber uma pessoa médium ou não, com a prática. Não dá para alguém chegar até você e lhe dizer médium, porque isso é um modo de generalizar, porque o próprio Kardec nos diz médium a todos.
         Não que haja uma barreira dentro dos Centros para a mediunidade, porque como você mesmo mencionou, a doutrina está toda ela calcada na revelação dos espíritos e claro através dos médiuns.
         E é isso que faz e tem feito a diferença, o Espiritismo é um doutrina codificada, tem um alicerce, uma coluna, uma base, e não aceitando isto, acontece que deixamos de ser espíritas, para sermos de outra religião qualquer.
        Acontece que a mediunidade não é o ponto mais importante dentre os objetivos da Doutrina Espírita e sim a moral, a melhora da criatura e o seu crescimento espiritual.
        Tenho visto, hoje, mais do que antigamente, muita gente desejando a mediunidade como maneira de resolver seus problemas, mas percebo que essas mesmas pessoas depois de um pouco de tratamento, estes disponíveis em todos os Centros, palestras, passes e água fluidificada, as pessoas retornarem sem nenhum tipo de arrepio e qualquer sinal de que são médiuns.
          Não digo, que este é o seu caso, mas posso lhe dizer com toda certeza de que é importante o estudo, antes de se adentrar em reunião mediúnica. E já te explico, na reunião mediúnica não encontramos amigos espirituais, assim como muitos acreditam, encontramos espíritos em muito sofrimento e que muitas vezes, passaram anos de suas vidas sem conversar ou até sem se reconhecerem como  desencarnado. E para isso não dá apenas para dizer simples palavras mágicas, há que se ter um certo conhecimento para auxiliar aquele que esteja necessitanto e para isso e por isso precisamos do estudo.
           E o tempo, muitos falam que 5 anos é muito 2 é pouco, olha, às vezes, acho que a grande diferença que há entre o Espiritismo e as outras que se utilizam de manifestações para cumpriem suas tarefas é que na doutrina a harmonia  entre os membros,  o conhecimento e o carinho são de suma importância, porque o trabalho é em grupo, não dá para se fazer reunião mediúnica solitário, todos os membros são necessários, como um grande máquina e querendo ou não, harmonia, amizade entre pessoas só se dá com o tempo, com os encontros e por fim vem aquilo que é imprecindível nas nossas reuniões
a confiança, não dá para executar uma tarefa desse porte, onde somos "fiscalizados" por espíritos a todo momento sem confiar um no outro.
           Reconheço que as coisas não estão muito fáceis para o seu lado, mas amigo, não esqueça Deus, nosso Pai, está ao seu lado, não o desamparará, estará sempre com você. Tenha fé que tudo se resolverá. Depende de você, talvez ser um pouco mais paciente, ter mais tranquilidade, faça grandes modificações neste momento.

                        Abraços fraternos,

                            Blue Soft

                             
                       
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Mourarego em 19 de Março de 2010, 19:41
Moura,

Respeito a posição da doutrina espirita e ate entendo que para se formar bons medius é preciso conhecer, mas por outro lado, fico me perguntando.... A propria doutrina espirita foi concebida através de manifestações mediunicas, o nosso maior representante do espiritismo, Chico Xavier, escreveu livros e livros através de manifestações mediunicas, enfim, tudo relacionado ao espiritismo tem de alguma forma uma manifestação mediunica e, no entanto, me parece que os centros espiritas tem uma resitencia muito grande no que se refere a mediunidade. No centro onde frequentei por um tempo é meio que proibido falar em mediunidade e dificilmente vemos um medium ou podemos conversar com mediuns incorporados, por exemplo! Incrivel isso! Fico me perguntando se Chico Xavier, por exemplo, no inicio de sua caminhada espiritual, tivesse que estudar 5 anos para poder realizar as suas obras através de manifestações mediunicas! Isso é uma das coisas que não consigo entender direito, ou melhor, não consigo compreender muito bem o motivo.

Existem tantos livros psicografados por grandes nomes e existem tantos mediuns, e eu me pergunto, ja pensou se pudessemos, por exemplo, assistir a uma reunião em um centro onde um medium incorporasse o Dr. Bezerra de Menezes, ou qualquer outro mentor de alto nivel espiritual, e que pudessemos ouvir dos proprios espiritos os ensinamentos ao invés de termos que comprar livros para isso?

é uma questão que me incomoda um pouco....mas!

abs,
Paulo

tudo em matéria de doutrina, para ser considerado como tal deve conter a outorga do Controle Universal do Ensino dos Espíritos, como está descrito no artigo que postei na seção Artigos Espíritas onde de meu só há o começo e as palavras finais, o restante foi extraido totalmente das obras o ESE e A Gênese na forma como lá estão.
Sendo assim, nada que não contenha a tal outorga não pode ser considerado senão como opinião pessoal mesmo que venha pela psicografia de qualquer outro médium renomado.
Por isso gastei algum tempo  elencando apenas o que a doutrina estabelece como princípios básicos logo o alicerce dela mesma entende Paulo?
Isso para que eu mesmo não venha depois e colocando um texto meu em pena consonancia com o que a doutrina diga, e o queira diz doutrina também.
Eu, Paulo, por melhor que conheça a doutrina, nunca farei doutrina com meus textos, sem que esses tenham passado pelo mesmo método que os Espíritos Superiores trouxeram a kardec mesmo que minhas opiniões sejam do mais apurado moral cristão.
Abraços,
Moura
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Paulotr em 19 de Março de 2010, 19:47
Ola, Blue Soft.

Obrigado pela resposta.

Bem, eu não tenho a intenção de me tornar um medium apenas para resolver meus problemas pessoais, o que eu quero é cumprimr com a minha obrigação nessa encarnação, pois pode ser que seja isso o que foi combinado antes de eu nascer novamente nesse corpo. Infelizmente, ou melhor, felizmnete não lembramos das vidas passadas, mas por outro lado posso ter aceito essa condição de medium na pratica da caridade para corrigir meus erros e o tempo passou e não fiz nada a respeito.
De qualquer forma vou continuar a estudar os livros de Kardec, ate porque conhecimento nunca é demais.

obrigado.
Paulo
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Mourarego em 19 de Março de 2010, 20:07
Amigo Paulo,
nesse corpo de hoje só reencarnamos uma vez. O corpo segundo a doutrina é como roupa que o Espírito troca a cada estada na Terra ou em outro mundo qualquer onde o progresso ainda se faça através da veste física.
A obrigação que você e todos a têm é a de progredir, mesmo que esta não inclua o trabalho mediúnico, amigo, um bom caixa ou servente na casa espírita também ajuda e se eleva como Espírito.
E mano, vida o Espírito só a tem uma. O restante são experiências que ele passa hora aqui ou em outro mundo, ou desencarnadamente.
Abração,
Moura
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Blue soft em 19 de Março de 2010, 20:30
Ola, Blue Soft.

Obrigado pela resposta.

Bem, eu não tenho a intenção de me tornar um medium apenas para resolver meus problemas pessoais, o que eu quero é cumprimr com a minha obrigação nessa encarnação, pois pode ser que seja isso o que foi combinado antes de eu nascer novamente nesse corpo. Infelizmente, ou melhor, felizmnete não lembramos das vidas passadas, mas por outro lado posso ter aceito essa condição de medium na pratica da caridade para corrigir meus erros e o tempo passou e não fiz nada a respeito.
De qualquer forma vou continuar a estudar os livros de Kardec, ate porque conhecimento nunca é demais.

obrigado.
Paulo


                Paulo querido,
não disse que este é o seu caso, até porque não poderia fazer tal afirmação,
entendo a sua vontade, entendo que o sofrimento que por hora vivenciamos,
unido aos problemas que temos, nos coloca em situação de encontrar solução.
              Já encontrou a primeira, estudar a doutrina, entender causas passadas
e futuras dos sofrimentos.
               A doutrina tem uma assertiva muito conhecida, que nos diz: "Fora da
caridade não há salvação", e esta caridade é a nossa doação ao próximo, não
é na mediunidade que faremos caridade, preimeiro tentemos auxiliar os encarnados.
              Quantas vezes, passamos por uma pessoa na rua desamaparada com
frio e nem damos a mínima, quantas vezes, poderíamos ter deixado alguma coisa
 para fazer uma visita a um dos pequeninos de Deus, quantas pessoas precisaram
 da sua ajuda e nem percebemos?
              Então, amigo, tudo tem seu tempo, se tivesse uma tarefa com a
mediunidade antes, já teria tido este encontro, sim e talvez tenha este
compromisso, mas pode ser que só esteja começando agora.
              Bem, amigo se não tiver vergonha ou qualquer outro sentimento,
volte ao Centro onde te disseram palavras que você não gostou, pois me
pareceram sérios, entre em um grupo de estudo, faça amizade, ajude
na arrumação da Casa, faça as visitas e que sabe não engresse em uma tarefa,
como o passe é que todos precisamos ter a certeza de que o tarefeiro mão
abandonará a tarefa sem mais nem menos.
      

                     Abraços Fraternos,


                       Blue Soft.

P.S. Estou em minha Casa Espírita há 20 anos, já fiz de tudo lá e uma coisa que
não abro mão é limpar os banheiro no final das tarefas semanais e posso lhe afirmar são muitos e claro cansa, mas faço com todo carinho e nesta tarefa me sinto muito bem, porque as pessoas me olham com gratidão, porque deixo tudo bem limpinho, imagina entrar em uma Centro e ter o banheiro sujo?
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Mourarego em 19 de Março de 2010, 20:48
Uma da coisas que sempre faço é deixar ordenadas e em posição correta as cadeiras onde fazemos reuniões mediúnicas restritas.
Afinal, que se dirá de uma sala em completa desordem?
Abraços,
Moura
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Diegas em 20 de Março de 2010, 03:40
'...Estou vivendo entre o certo e o incerto.... eu queria muito saber essa verdade, pois se realmente tenho esse dom eu quero desenvolve-lo e usá-lo para a pratica da caridade!...'

Olá, Paulotr


Na sua busca por explicações que pudessem esclarecê-lo do porquê de tanta angustia, encontrou nas palavras de uma benzedeira o seu renascimento para a Espiritualidade. Recem-saído do cepticismo, finalmente parece ter encontrado o caminho.

Por que considera importante saber o tipo de mediunidade ? Isso faria de voce uma pessoa melhor ? Penso que todos podemos exercer a Caridade, a qualquer tempo, no nosso dia-a-dia, no contato com aqueles que nos cercam, independente de qualquer muleta mediúnica ou religiosa.

Quantas vezes não notamos individuos que consagram várias horas do dia, no mau-humor, em flagrante competição e prejuizo ao proximo ou a Natureza, e à noite sair todo perfumado e convencido a um centro espirita na expectativa que doará energias positivas na pratica de uma Caridade institucionalizada ?



Abç
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: CGiovanna em 20 de Março de 2010, 12:55
[size=10pt]Prezado Paulo, seja bem vindo.

Sou nova por aqui também,

Frequentei centro de Umbanda com minha mãe por alguns anos, e o que pude observar que, na maioria das vezes, as pessoas esperam que os espíritos resolvam todos os seus problemas e angustias. Por favor, não estou generalizando, não me interpretem mal.

Pude observar também, que há pessoas que ficam tão obsecadas que creditam aos espíritos tudo de ruim que acontecem em suas vidas, até tropeços, e esquecem que suas atitudes e seus maus pensamentos atraem coisas boas ou ruins para sua vida.

Quando comecei a estudar a doutrina levei um tempo para aceitar as mudanças que deveria fazer em minha vida. Sou médium psicofônica, mas ao contrário de vc, não queria exercer e nem  participar de sessões para fazer a caridade. Eu era nova, pensava que iria atrapalhar a minha vida, queria "aproveitar".

A doutrina explica que temos de, antes de trabalhar como médiuns e independente de sua mediunidade, fazer a nossa reforma íntima, ou seja, trabalharmos em nossas vidas para sermos pessoas melhores e fazermos o bem, sempre.

E outra coisa que coloquei em prática em minha vida, e posso dizer que a mudou e muito, foi diante de difuculdades e desesperos, parar de creditar a culpa aos outros ou ao fato de eu ser médium, e ter mais fé  em nosso Pai Celestial e parar o que eu estiver fazendo para orar, fazer prece, rezar, seja qual nome der.

Se não formos fieis ao amor de Deus, se não acreditarmos nele, não será o execício da mediunidade que vai melhorar a nossa vida. O espiritismo em si não melhora a vida de ninguém, o execrcío da mediunidade sozinho não vai facilitar em nada a nossa vida, pois tem de ser encarada com muita responsabilidade não obrigação para amenizar sofrimentos.

Médiuns irresponsáveis, que pensam que indo a casa espírita e execendo mediunidade em si já está fazendo a caridade estão se enganando. A espiritualidade não pude os médiuns pelo não exercício da mediunidade, nossas má ações e inclinações é que trazem tragédias para nossas vidas.

Temos, antes de tudo, seguir os exemplos do Cristo, independente de sermos médium ou de estudar a doutrina espírita. LONGE DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO.

Faça o execercício de a cada dia tentar ser uma pessoa melhor, seja resignado diante das dificuldades de a vida lhe impõe, e aí sim, a espiritualidade em si, vai lhe mostrar a melhor maneira de  exercer a sua mediunidade.

Lembre-se:

NINGUÉM É ÓRFÃO DO AMOR DE DEUS.

Estou apenas lhe dizendo o que foi bom pra mim, que é tentar ser uma pessoa melhor, aí sim poder ajudar aos outros. Se não posso me ajudar a progredir, como poderei levar progresso ao outro? Se não me amo, como oferecer amor ao outro?

Que Deus o abençõe, e a todos nós também.
[/size]
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Nielson em 21 de Março de 2010, 02:24
Olá irmão Paulo! Bem-vindo!
Bem, assim como você, estou aprendendo e estudando. Sei que sou médium (como todos somos), fiquei muito tempo me perguntando que tipo de mediunidade tenho e acabei dando importância demais a isso, em vez de me concentrar coisas muito mais importantes, como colocar em prática tudo o que é ensinado em O Evangelho Segundo O Espiritismo. Confesso a você que o estudo constante e a prece são o melhor auxílio. Seja paciente e dedique-se ao estudo e em fazer o bem sempre. Como nos ensinou Kardec "fora da CARIDADE não há salvação", entendeu? Não importa se já somos médiuns desenvolvidos ou iniciantes, façamos o bem sempre. O amor é o maior dom que devemos desenvolver e pôr em prática em cada momento da nossa vida!

Abraço na alma!!!
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Paulotr em 21 de Março de 2010, 10:33
Agradeço a todos pelas respostas e opiniões.
Uma pequena mudança em minha vida ja ocorreu, isso é fato! E se por acaso Deus me deu esse dom, mesmo que ainda não revelado, tenho certeza de que um dia ira aparecer.

Uma coisa que eu gostaria de comentar, e que talvez tenha alguma relação com tudo isso que está me ocorrendo, é que por mais cetico que eu fosse eu sempre achei que eu deveria praticar a caridade. É como se no fundo da minha alma aquela "voz" me dizia Faça a Caridade!!!!  Por mais que eu saiba que a verdadeira caridade é aquela feita de coração, sem nenhuma intenção de receber algo em troca, eu sei que quem faz a caridade sempre recebe muito mais em troca do que quem a recebe. O que a gente recebe em troca é aquela sansação de paz e felicidade por ter feito algo de bom! A nossa alma se engrandece! Eu ja tentei por algumas vezes fazer a caridade do tipo contribuir com valor para instituições, ajudar com cesta basica, etc.. mas confesso que em nenhuma delas eu tive essa sensação de dever cumprido, entendem? e isso acabou por me desmotivar.. que tipo de caridade eu posso fazer??? fico me perguntando... por mais que eu saiba que as instituiçoes de caridade, por exemplo,  necessitam da ajuda financeira para sobreviver, eu não sinto que é essa o tipo de caridade que eu deva fazer.
Antes mesmo de toda essa mudança acontecer comigo, eu, em minhas orações, sempre pedi a Deus para que pudesse me dar o dom da cura... não sei porque, mas eu sempre tive vontade de ter esse dom e poder ajudar a curar os males do corpo e alma das pessoas....eu fico imaginando como deve ser a alegria de alguem que consegue curar um irmão, a sensação de paz e amor que essa pessoa recebe... e depois dessa mudança em minha vida, eu fico me perguntando: Sera que esse dom mediunico que me disseram que tenho não poderia ser usado para a cura? Será que Deus de alguma forma não está atendendo as minhas preces para que eu possa curar as pessoas? Ja pensaram? Por isso ate estou com certa ansiedade em saber se realmente tenho esse dom.... Para mim iria ser a confirmação da graça de Deus para uma pessoa que sempre foi cetica!! Ser medium, praticar a caridade curando e orientando as pessoas??? ja pensaram?? quem sabe?? Para Deus tudo é possivel!

Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: CGiovanna em 21 de Março de 2010, 17:35
Prezado Paulo,

Me desculpe se estou interpretando errado, mas tenho a impressão que vc está deslumbrado com ess história de mediunidade.

Vc diz querer curar pessoas e pede a Deus o dom da cura, esquecendo que milagres não existem, "CADA UM SEGUNDO OS SEUS MERECIMENTOS".

Mediunidade não é para ser tratada como algo "extraordinário", e sim como uma resposabilidade.

Quer curar pessoas? Forme-se médico ou vá trabalhar como passista, vc vai ajudar a "curar" pessoas, se é assim que o deseja.

Espiritismo não é fantasia, é razão. Pense um pouco mais racionalemente e encontrará resposta pra suas perguntas, e infelizmente, as respostas podem ser tão simples que decepcionam.

Abraços
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: migueljgjr em 21 de Março de 2010, 19:30
Moura,


Existem tantos livros psicografados por grandes nomes e existem tantos mediuns, e eu me pergunto, ja pensou se pudessemos, por exemplo, assistir a uma reunião em um centro onde um medium incorporasse o Dr. Bezerra de Menezes, ou qualquer outro mentor de alto nivel espiritual, e que pudessemos ouvir dos proprios espiritos os ensinamentos ao invés de termos que comprar livros para isso?

é uma questão que me incomoda um pouco....mas!

abs,
Paulo

Aqui na minha cidade (Andradina) há um CE desse tipo, tem reuniões as terças e quintas. Na terça feira mais de 300 pessoas participam, a médium fala incorporada e no campo espiritual eles tratam de nossas enfermidades. Na quinta o trabalho de desobsessão, alguns médium servem apenas como aparelhos para receber espíritos sofredores, enquanto a médium que é a chefe do centro doutrina os sofredores enquanto ensina os mais de 200 encarnados que assistem.
Esse centro é ótimo, já freqüentei outros, mas esse é meu preferido. É um centro espírita mesa branca, a médium tem uma mediunidade consciente, as vezes ela durante o trabalho faz desdobramento para ir, junto com seu guia (que desencarnou há alguns anos, ele era o chefe do CE antes dela), buscar alguns espíritos sofredores. Nesse centro, segundo explicação da própria casa, eles possuem espíritos especialistas em todas as áreas, há quem trate de drogados, suicidas, doentes, etc.
Quanto a mediunidade é melhor vc  ter calma. Qdo era pequeno um espírito me disse (através de um médium incorporado) que qdo eu crescesse iria ser um ótimo cavalo de espírito. Bem, cresci e me garanti em um bom concurso público e agora estou angustiado tb, acho que estou no caminho errado por não ter desenvolvido minha mediunidade, mas sou novo, tenho 28 anos e acredito que não estou preparado, identifico muitos defeitos em mim, acho que tenho que me melhorar e estudar antes de qq coisa. Ainda não tive nenhuma manifestação clara de mediunidade, qdo estou dormindo, as vezes tenho a impressão de que algum espírito quer incorporar em mim, fico paralisado, me esforço por acordar, as vezes minha esposa diz que eu acabo gemendo de tanto esforço que faço para acordar, qdo acordo as vezes sinto que minhas mãos (que estão paradas) recebem uma força que faz um movimento circular e as vezes, de olhos fechados vejo algumas coisas que não consigo identificar. Também sinto uma pressão no centro da testa, essa é mais freqüente.
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Paulotr em 22 de Março de 2010, 11:17
Ola Miguel,
Obrigado pela resposta.

Gostaria muito de conhecer um CE assim, pena que aqui na minha cidade não conheço um CE que trabalha dessa forma.

Bem, pelos sinais que você está relatando pode mesmo ser indicios de que a sua mediunidade está mais aflorada. Desejo-lhe sorte nessa jornada e saiba que ser medium é um compromisso serio!!

Que Deus te de muita luz!
abs,
Paulo
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Nielson em 22 de Março de 2010, 11:53
Olá Paulo!

Sugiro que vá com calma no que diz respeito aos seus anseios. Desejar curar as pessoas todos nós desejamos, mas não torne isso o objetivo de sua vida, como se fosse a mediunidade que VOCÊ quer. Não escolhemos a mediunidade, se sou psicógrafo, não dá para eu ser psicofônico, a não ser que já tenha vindo com essa aptidão também.
Podemos curar pessoas? Claro que sim. Somos energia!!! Podemos emanar e emiti-la por meio do pensamento.
Porém, amigo, existe uma cura muito melhor: a CURA DA ALMA!!! A raiz de todos os males está dentro de nós. Quando melhoramos e nos curamos moralmente, não nos importamos com a doença física, pois sabemos que podemos melhorarmos ainda mais por meio dela.
Ajude as pessoas a curarem seus espíritos, obscurecidos pelo mal. Essa é a melhor das "mediunidades".

Abraço na alma!!!!


Agora, respondendo ao amigo Miguel:

Também venho sentindo essa pressão forte no centro da testa e com certa frequência, sinto a presença de irmãos necessitados. Estou estudando e tentando melhorar moralmente, para poder - um dia - participar da reunião mediúnica.

Abraço fraterno!!!
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Paulotr em 22 de Março de 2010, 12:31
Obrigado Nielson,

Acho que não estou conseguindo me expressar direito com relação ao que sinto, e como não tenho o conhecimento de vocês, acabo cometendo erros.

Vou continuar com meus estudos e buscando um lugar ideal onde eu possa me desenvolver, um lugar onde haja um equilibrio entre a teoria e a pratica. Se realmente eu trago em mim algo que foi planejado antes da minha passagem por essa vida e se for da vontade de Deus, isso ha de aparecer em algum momento.

Por hora quero esquecer todo esse assunto de mediunidade.. só espero que essa motivação que deu inicio a uma pequena mudança em minha vida não se desfaça assim como começou.

Fiquem com Deus,
Paulo

Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Nielson em 22 de Março de 2010, 22:39
Amado amigo!!!

Seja paciente! Tudo acontece a seu tempo!!!
Todos nós temos essa ansiedade no início! Eu estava tão eufórico quanto você. E parece que no início, assim que começamos a frequentar e a estudar, passamos a ter umas sensações que com o tempo passam. Pode ter certeza!
Entendo o que você está passando. É natural no início. E eu também recebi estes conselhos. É como se fôssemos crianças (e ainda o somos), que precisam de alguns sábios conselhos.
Faça o seguinte: quando toda essa ansiedade passar e você realmente sentir o desejo (vindo do fundo do seu ser) de ajudar aos irmãos necessitados desencarnados, peça pra participar da reunião mediúnica, ou melhor, antes de tudo isso, comece a participar das reuniões de estudo da mediunidade.

Tenha fé, e seja paciente (falta pouco...)

E reitero o que eu disse: se deseja mesmo o dom de curar, faça preces pelas pessoas que necessitam da cura. Transmita o amor para elas.

Um forte abraço, meu irmão!!!
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Mourarego em 22 de Março de 2010, 22:46
Deste um bom conselho, mano Nielson,
criança que não sabe usar o martelo, não deve brincar com pregos.
Outro exemplo disso é a natação: Quantos se encontram com a "Dama de Negro" quando decidem brincar em praias perigosas.
Assim também com a doutrina, Inúmeros são os casos de obsessões estabelecidas com novatos.
Abração,
Moura
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Luzceano em 23 de Março de 2010, 19:14
Oi Paulo

Vou contar um pouco de minha historia
Sofri muito antes de chegar a um centro espírita li a biografia de Chico Xavier e fiquei maravilhado com a vida dele e quando eu comecei a frequentar o centro espírita eu achava que tinha uma missão e que um dia eu seria como ele ( é eu era maluco ) aqui na terra e esperava uma mensagem do plano espiritual para saber o que eu devia fazer qual era minha missão .
Eu queria saber qual era a minha missão e nada de resposta do plano espiritual ai eu ouvi uma palestra em que contava a historia de uma sábio, o discípulo perguntou a o sábio
-Você consegue resumir a bíblia em uma palavra. E o sábio disse:
-Sim amor
Ai comecei a repara que resumindo a vida de Jesus ela se resume em amor resumindo a vida de Chico Xavier se resume em amor ávida de Gandi se resume em amor e foi ai que eu compreendi que minha missão era essa, que e a mesma de todos nos, aprender a viver a vida com amor, não importa qual é o nosso trabalho o importante é fazer-lo com amor e com tanta gente precisando de ajuda não da para ficar parado em casa vendo tv todo o dia ou no computador.
O nosso mundo esta cheio de instituições de caridade cheio de centros espíritas precisando de pessoas par ajudar a manter a continuidades dos trabalhos de auxilio aos nessecitados

Não a missão mais importante do que a de ajudar a manter uma instituição de caridade ou um centro espirita com o nosso trabalho

Muita paz em nossa mente e muito amor em nosso coração
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Aprendiz1 em 23 de Março de 2010, 19:21
Agradeço imensamente as orientações passadas aqui, me foram degrande valia.

Abraços fraternos
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: MiguelitoCochabamba em 24 de Março de 2010, 20:24
Olá Paulo,

Muito interessante e curioso seu relato, conterrâneo. Parece que os seus relatos batem bastante com a minha história até aqui.

Sobre a mediunidade, como o pessoal já disse antes, todos nós temos mediunidade. Até onde eu aprendi e li, depende de nós aprendermos a lidar com ela.

Sobre a caminhada... o jeito é estudar com afinco. Estou já há algum tempo nesse estudo e vejo que quanto mais leio, menos conhecimento tenho  ;D

Do mais, espero que você encontre seu caminho e possa tirar todas as suas dúvidas. Não deixe de buscar apoio fraterno e de buscar suas respostas em um Centro Espírita e nas leituras. Falo por mim, depois desse tombo que tomei, comecei uma nova vida ao lado do espiritismo.

Abs[]
Miguelito.
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: PaulinhoCe em 25 de Março de 2010, 11:55
Caro Paulo, permita-me ser um pouco demorado na minha historia, ela reflete exatamente o que voce sente.
Lá pelos vinte e poucos anos, eu era usuário de drogas e a minha vida era muito ruim, materialmente e espiritualmente. Passando fome, privando meus filhos do que era básico para a sua sobrevivência e praticando toda sorte de sentimentos pobres, um dia fui levado à um Centro Espírita para tomar um passe.
A espiritualidade sempre existiu em minha mente, eu já havia lido vários livros com teor espirituais mas o espiritismo em sí nunca havia sido mostrado assim à mim.
Quando entrei na sala onde eram dados os passes, me deitaram numa cama e eu comecei a chorar copiosamente, implorava para que me deixassem continuar lá, mesmo após o passe e fiquei então mais um pouco naquele ambiente que me era muito agradável.
Nunca mais voltei ao Centro Espírita mas a partir daquele dia a minha vida começou a mudar. Abandonei as drogas, trabalhei árduamente e reconstruí a minha vida material mas o espírito continuava apenas alimentando-se das ações inconscientes que eu praticava, boas e más.
Sempre fui de boa índole, graças à Deus, mas não existe homem sobre a terra que não tenha defeitos e os meus continuaram a alimentar a pobreza do meu espírito.
Passaram-se mais de 30 anos nesse estágio de vida e nesses ultimos anos o materialismo continuava preponderando sobre o espírito levando-me a ter maus sentimentos em relação às pessoas que me eram queridas ou estranhas.
Meus negócios cairam de repente, o que me levaram até a pensar em suicídio, embora num rápido pensamento que foi prontamente afastado mas que existiu.
Eu estava no fundo do poço emocional, achava que ia perder a minha empresa, minha casa, pois já havia perdido muitos bens por conta dessa crise nos negócios.

Um abençoado dia desses, me ocorreu ir ao Centro Espírita, o mesmo que fui na juventude, para buscar consolo e conforto às minhas dores que eram básicamente materiais, e muito mais espirituais mas eu não havia me conscientizado disso.
Quando cheguei ao Centro, o horário que eu achava ser para o início da palestra era uma hora mais tarde e fiquei em frente esperando.
Fui tentado a ir embora, movido pela impaciencia mas resisti ao refletir tratar-se de uma tentação se opondo à minha ida em busca de ajuda.
Nesse mesmo instante, um homem que carregava molhos de madeira em um carro, fraquejava com o peso dela e senti uma vontade férrea de ajudá-lo, o que fiz imediatamente e sem qualquer intenção de aparecer, de me mostrar aos outros mas sim movido por uma força interior que me testava, analizava a bondade que poderia haver em minha alma.
O agradecimento dele me foi de um valor inestimável, aliado ao sorriso que me deu com uma sinceridade nos olhos que me comoveu.
Fiz a consulta e assisti à palestra, já confortado pelos acontecimentos anteriores, e saí dali com a alma mais leve.
A esperança já havia se instalado em mim e no outro dia baixei os livros "O Livro dos Espíritos" e "O Livro dos Médiuns" de Kardec, devorando-os frenéticamente como um alimento essencial à alma.
Assim como voce, meu irmão Paulo, eu já havia tido sinais de mediunidade mesmo antes desses dias, quando visitei uma senhora que era espírita e senti uma energia muito forte num determinado local de sua casa. Ela falou-me que aquele local era o preferido pelo espírito do seu marido, com quem ela conversava frequentemente e que se eu havia sentido a energia é porque deveria estudar e conhecer a filosofia espírita pois eu tinha alguma mediunidade.
Voltando à atualidade, quando regressei do Centro Espírita voltei mais sereno e no outro dia fechamos um negócio que nos aliviou de alguns problemas financeiros, até mesmo do pão nosso de cada dia.
Voltei mais vezes ao Centro Espírita e já totalmente envolvido com a leitura e com o ambiente, passei a me sentir com desejo de ser médium e poder ajudar as pessoas, assim como voce.

Após essa longa dissertação, cheguei ao ponto que eu queria:

A sua vontade e a minha, de ajudar as pessoas, movida pelos ensinamentos que recebemos e pelas leis de Deus, deve ser praticada sem orgulho, sem vaidade.
A caridade deve brotar de nosso íntimo, não como uma obrigação mas sim como uma  vontade natural, cuja paga resume-se ao bem estar do necessitado.
Tenha calma, as coisas acontecerão conforme tem que acontecer.
Eu sempre falo uma frase que me inspira muito:
"Nem uma folha cai sem os desígnios de Deus".

Muito obrigado, que Deus o ilumine e que os Espíritos evoluidos o ajude, bem como à todos que aqui se fazem presentes.

Paulinho Cé
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Paulotr em 25 de Março de 2010, 11:56
Oi, Miguelito.

Obrigado pela sua mensagem.

Estou estudando sim e vou continuar a estudar ate que eu tenha uma resposta para o que estou buscando.

Não quero dar o passo maior que a minha perna, sei que tenho muito o que aprender, mas eu queria apenas saber se tenho esse dom ou não, era só isso. Se a resposta virá com os estudos, então vou estudar!

O caminho que eu quero seguir eu acredito que ja descobri e vou continuar nesse caminho. Espero que eu possa sempre contar também com o espiritismo para meu aprimoramento.

abraços fraternos,
Paulo
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Paulotr em 25 de Março de 2010, 12:14
Ola, Paulinho Cé.

Fiquei comovido com o seu relato, irmão! Que bom que você encontrou o seu caminho!

Pois é, faz muito tempo que sinto essa vontade de ajudar o proximo, mas como eu relatei em uma dessas respostas, não sinto que a minha forma correta será atraves de doações, por exemplo.

Sinto que preciso ajudar as pessoas vendo-as, tendo o contato com elas, ensinando-as, dando conselhos, passes ou sei la o que.

Como ja relatei também na topico inicial, tenho uma atração muito grande pela umbanda e fico muito emocionado ao ver os pais-velhos, com todo o seu conhecimento, humildade e simplicidade, ensinando e dando os sabios consehos as pessoas que buscam apoio e sinto que é por esse caminho que meu intimo me diz para seguir.

Por isso, fico um pouco ansioso em saber se tenho esse dom, entende? É dificil eu explicar e as vezes as pessoas interpretam mal minhas intenções.

Como eu não tenho preconceitos com relação a religião (graças a Deus!) e por ter um respeito muito grande pelo espiritismo eu vim buscar o apoio dos irmãos aqui desse forum e fico feliz em saber que estou tendo o apoio da maioria.

Fique com Deus.
abraços fraternos,
Paulo


Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: PaulinhoCe em 25 de Março de 2010, 12:31
Paulo, eu acho que as doações são caridade mas não me satisfazem completamente tambem.
Creio que visitar doentes em um hospital, idosos num asilo, presos numa cadeia, são formas de levar a solidariedade e um pouco de paz à eles.
Se tivermos o dom de levar tambem a Palavra de Deus, será magnífico e esta sim é a melhor forma do bem.

Que os bons espíritos o guiem e que Deus o ajude.

Paulinho cé
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: CarlaL em 03 de Abril de 2010, 20:24
Oi Paulo,tudo bem?

Primeiro lugar gostaria de dizer que coompreendo suas ansiedades,pois ja passei por isso que vc está passando,são muitas perguntas sem respostas,muita vontade de saber mais sempre mais,e principalmente praticar!
Primeiro passo, pode ser procurar as respostas verdadeiras dentro de vc mesmo,ja dizia um velho sábio da antiquidade..Conheça-te a ti mesmo,e conhecerás o universo...
Vc é de Jundiai não é mesmo,vou te dar uma dica de um centro muito bom que conheci e que vou voltar a frequentar,ai vai o endereço:
União Espirita Jundiaiense
Escola "Humberto de Campos"
Rua Joaquim Nabuco,52-Ponte São João-Jundiai-SP
telefone-46072494
Achei interessante dar essa dica,porque alem de ter muitos cursos interessantes,vc pode marcar uma entrevista com o dirigente dos cursos o Cassio Lambert,ja conversei com ele e gostei muito se vc for vc ira se sentir diante de um amigo....quem sabe ele pode esclarecer algumas de suas duvidas!
Um abraço,espero ter contribuido de alguma forma.
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: MARCILIO em 03 de Abril de 2010, 21:14
Grande Paulo!
Realmente é chato depois de uma certa idade voltar a estudar, porém sem a sua presença constante em uma casa espírita, trabalhando como tarefeiro, como bem disse o Irmão Moura: o servente o varredor do Centro, e outros trabalhos que o
Centro exige são também de suma importância, e se educando mediunicamente, você não irá descobrir até onde pode ir. Tenha a certeza que se não estudar, mesmo que passe a fazer o trabalho de Médium de incorporação, você terá que continuar, sempre, a estudar.
      Que os bons espíritos te iluminem.
                                                     Marcilio
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: fernandaesouza em 04 de Abril de 2010, 04:14
Paulo,
Meu pai é médium, eu sou médium, para te falar a verdade, toda a minha família é médium.

Bom, meu pai é um exemplo de pessoa que passou por vários centros espíritas até achar um no qual se adaptasse melhor e pudesse desenvolver sua mediunidade.

Se vc precisa é de mais abertura e quer conversar com as entidades incorporadas, aconselho que vá a um centro de umbanda, tvz lá vc se adapte melhor.

Mas essa é uma busca sua. E se vc for médium mesmo, pode até ter certas influências que possam estar colocando em dúvida essa sua 'crença' no espiritismo e nas casas espíritas.

Penso que é só experimentando que saberá qual é a melhor casa espírita para vc.

Abraços e muita luz!
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Carol_2009 em 04 de Abril de 2010, 05:38
Olá! Olha confesso que não li todas as respostas... Mas tenho certeza que estudando vc vai descobrir que tipo de mediunidade vc tem... Eu, por exemplo, sempre ouvia vozes, muitas vezes até acordava assustada e achava que essas vozes eram apenas estresse do dia a dia, até por que eu não entendia muito bem o que elas falavam... rsrs... não lia nada sobre espiritismo, muito menos sobre mediunidade... até que um dia tive sérios problemas, comecei a frequentar um CE e descobri que era médium... frequentava de umbanda e na 3ª ou 4ª vez que fui, incorporei.... fácil fácil... pra quem nunca tinha estudado nada da doutrina??? Nem era o certo, né? Incorporar sem nem estudar... mas depois disso comecei a estudar e (voltando ao assunto das vozes), descobri que tb era médium auditiva...
Não sei quanto a sua mediunidade, mas com o estudo vc vai descobrir...
Vc já pensou se vc for médium intuitivo? Como é que vc vai saber se esse for o seu tipo de mediunidade? E se vc tiver mais de um tipo?
Siga os conselhos das pessoas aqui do fórum... eles só têm a acrescentar....

Abraços!!!
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Paulotr em 05 de Abril de 2010, 12:52
Oi Carla,
Pois é, tenho vontade de aprender, mas de praticar também!
Muito obrigado pela dica.
Viu fazer uma visita a esse centro e ver o que eu acho. Obrigado mesmo!!

Paulo

Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Paulotr em 05 de Abril de 2010, 12:58
Marcilio,

Obrigado pela resposta.

Não tenho problema algum em estudar, aleás, gosto muito de estudar. O que me chateia um pouco é só estudar! Gostaria de encontrar um lugar onde houvesse um equilibrio entre estudar e praticar. Trazendo para a nossa vida, você ja viu um bom medico que só ficou nos estudos, sem ter praticado?
Mas, como eu disse, não é esse o meu caso, não estou reclamando de que tenho que estudar, só acho que iniciar a pratica depois de 4 ou 5 anos é demais, você não acha?

abs,
Paulo
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Paulotr em 05 de Abril de 2010, 13:04
Oi Fernanda,

A familia toda é medium? que legal! Vocês tem muito trabalho a fazer!!
Eu comecei a frequentar um centro de umbanda. É um centro muito antigo, fundado em 1956 e gostei muito de la por ser um lugar muito serio, onde eles ainda respeitam a umbanda fundada por Zelio de Moraes. Estou gostando muito de la e ja conversei com o zelador da casa sobre meu desenvolvimento e ele me disse que é para eu ter um pouco de paciencia que em breve vai me chamar para iniciar o meu desenvolvimento. Fiquei muito feliz com isso.
Pois é, o que eu gostaria de saber é se sou medium mesmo, só isso!!!
E se eu conseguisse descobrir isso, certamente iria me empenhar muito mais nos estudos, entende?
abs,
Paulo
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Paulotr em 05 de Abril de 2010, 13:10
Oi Carol,

Obrigado pela resposta.

Estou estudando sim, mas só não sei como vou descobrir se sou medium lendo os livros, entende? Algum espirito vai aparecer e me dizer? ou, de que forma isso vai acontecer?

Pois é, o meu caso é diferente do seu... eu nunca tive nenhum sinal de mediunidade, nunca!! aleas, eu ate duvidava de tudo isso exatamente por nunca ter me ocorrido nada! Eu dizia que era medium do tipo pedra, hehe....

Mas, quando me disseram que eu era, fiquei muito feliz ao ponto de mudar a minha vida! passei a estudar, a mudar a forma de pensar, mudar a forma de agir, controlo melhor meus pensamentos, evito de fazer um monte de coisas erradas, parei de beber e de fazer coisas muito piores!!  só por conta disso, mas como nunca me ocorreu nada, fico com essa duvida! Como eu ja disse anteriormente, eu gostaria apenas de saber se reaslmente sou.... isso seria para mim como um fertilizante para minha alma... eu certamente iria me empenhar muito mais nos estudos e principalmente nessa mudança em minha vida!

ats,
Paulo
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Mourarego em 05 de Abril de 2010, 15:17
"Médiuns todos o são", esta é a afirmação que se encontra logo ao começo do capítulo sobre Médiuns em O Livro dos Médiuns.
Mas o´que é a mediunidade? Não amigos não se trata de conversar com Espíritos ou psicografar. Isso é qualidade mediúnica ou faculdade mediúnica, e elas são várias.
Acontece que uma pessoa pode ser médium, quer dizer ter o que normalmente todos têm, a mediunidade, sim, porque ela é comum a todos os humanos, ou seja, Espíritos encarnados. Mas como dizia, podemos ser, mas não determos nenhuma faculdade mediúnica, psicografia, psicofonia etc. E mais, podemos a ter ter alguma faculdade mas sermos médiuns inertes, ou seja, aqueles que não produzem nenhum fenômeno.
Por isso mesmo na sequencia do estudo Kardec diz, amparado pelos Espíritos Superiores, que só por meio de tentativas se pode saber se detemos ou não tal qualidade e diz mais, afirma que essas tentativas devam ser muitas pois a coisa não se dá, via de regra, logo na primeira vez.
Essa a dificuldade e que se agiganta quando se encontra, ainda no mesmo capítulo outra afirmação: ninguém há que possa dizer este é médium e aquele não.
Amigos estamos tratando de obra doutrinária, logo há que se ter em mente que ela é a doutrina. fora dela o que se tem são opiniões pessoais as quais se deve primeiro procurar ver se são verdadeiras e exequíveis.
Dessa forma, a vivência nos CES a formação que não é assim tão demorada (eu também já tive meus tempos de achar que os cursos eram muito demorados), hoje vejo o erro que cometia. pois bem é essa formação que nos vai fazer conhecer a base dos fenômenos e quanto estivermos na fase das tentativas saber identificar se temos uma ou algumas dessas faculdades mediúnicas.
Espero ter ajudado.
abraços,
Moura
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: pati em 11 de Abril de 2010, 18:52
"por mais que eu saiba que as instituiçoes de caridade, por exemplo,  necessitam da ajuda financeira para sobreviver, eu não sinto que é essa o tipo de caridade que eu deva fazer."


Companheiro Paulo,
 Pode ter certeza de que é de suma importância a ajuda financeira. Está no Evangelho Segundo o Espiritismo: caridade material e caridade moral (cap.XIII).
Aqui, onde frequento, não só estudamos. Lavamos, cozinhamos, pagamos o aluguel da casa, doamos roupas,alimentos e, inclusive, educamos a mediunidade. VÊ que coloquei em último lugar, o q vc chama de desenvolvimento mediúnico. Não que seja de menos importância, mas ela, a importância, diminui com a necessidade de praticar a mediunidade. A prática desse dom não implica, necessariamente, em incorporações ou psicografias. Como disse o amigo Moura, o fenômeno é coisa diferente da prática.
Coloquei em outro tópico o seguinte: a Casa que frequento, (aliás participei da sua fundação, há 12 anos) está em obras, portanto, temporariamente fechada. E aí? A mediunidade cessa por isso? Vamos deixar de trabalhar? Não e não. O exercício, a prática, não tira férias!! Os estudos, em grupo, estão impossibilitados de acontecer; mas continuamos, individualmente, a estudar. Qto à prática, vou dar um exemplo bem atual: com as enchentes aqui, em Niteroi, estamos mobilizados em auxiliar como pudermos. É com a incorporação? Sabemos a resposta, não é mesmo? A solidariedade é uma forma de nos melhorar, então, uma coisa leva à outra, irmão. Com as atualizações de nossas virtudes, estaremos "desenvolvendo" o dom da mediunidade; nos educando como médiuns, como pessoas, o que dá no mesmo.
Leia com atenção os textos do Moura. Muito sensatos e escritos por quem lê e estuda a Doutrina dos Espíritos.
Abra seus olhos e coração. Continue a ler, independente de estudar. O estudo é mais profundo que a leitura, mas precisamos insistir.
Depende única e exclusivamente da nossa vontade.

Estejamos em Deus.
pati
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: SandraMara em 11 de Abril de 2010, 19:38
Olá Paulo,

Já te disseram praticamente tudo. Entretanto, eu também tinha essa ansiedade, "queria porque queria" saber qual tipo de mediunidade eu tinha, até que passei por um processo obsessivo. Não foi fácil... Aí eu vi que mais do que ter, é necessário saber equilibrá-la.

Aprendi também que se quero curar os outros, primeiro tenho que curar a mim.

 É pelas nossas imperfeições que os problemas se apresentam. Apesar de estar mais equilibrada, ainda tenho dificuldade para não sentir-me mal em determinadas situações. Isso significa que preciso de muito estudo e disciplina.

Não dê tanta importância ao que as pessoas falam. Ouça você mesmo. Escute dentro e verá que as respostas são dadas, nós é que preferimos não ouvir.

Boa sorte em seu caminho...   
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Bruna Maria da Silva em 04 de Novembro de 2010, 15:25
 Bom Dia.
 Espero que algem possa me ajudar.
 Bom desde que me conheço por gente fui levada  a igreja católica por meus pais que seguiam essa religião, com tempo me desgostei muito das doutrinas cátolidas, então comecei a estudar o umbandismo ainda não era o que eu queria, fio para a igreja evangélida e também não me encontrei, foi quando comecei a estudar o espiritismo, desde criânça sempre tive uma certa sensibilidade as coisas pois teve contatos com espiritus, mais sentia muito medo e por esse motivo nunca tive coragem de procurar entender o que estava acontecendo, com o tempo isso passou, mais hoje ao escutar ou ouvir relatos de passoas que tiveram alguma experiancia do tipo eu começo a chorar sem querer, quando me vejo estou em um pranto que não é meu, e meu coração fica abertado, não sei se o motivo é que eu tenha medo disso, não sei, mais é muito extranho.
 Como disse, gosto muito da religião espiritismo e procuro sempre ler sobre, mesmo também tendo um desapago ao cardecismo, pois acho a filosófia espirita muito crente e a mais plausível, mais já freguentei CE cardecistas e não consigo ver lá o que eu leio nos livros psicografados, forma como são pasados é muito mais magestozas, então pracuro estudar e pretendo montar um grupo de estudos sobre.
 Mais voltando ao assunto, gostaria de saber se isso é ou não uma manifestação mediunica ou um simplesmente medo.
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Mourarego em 04 de Novembro de 2010, 17:13
Bruna,
não existe kardecismo ou cardecismo, só existe Espiritismo.
Kardec não inventou nada, seu trabalho, que foi importantíssimo foi o de codificar a doutrina que os Espíritos Superiores já haviam deixado pelas mãos de tres mocinhas novas.
Ande bem devagar minha amiga estudando a doutrina, das obras chamadas de Codificação. Isso para ir com mais certeza e ter menos erros de conclusão.
A doutrina tem de ser estudada séria e perseverantemente, e quando não se tem, ainda conhecimento dela montar-se um grupo de estudos sem que ninguém mais embasado esteja presente, não é o melhor caminho.
Por último, Espiritismo ou doutrina Espírita, não é religião mas sim apenas uma doutrina.
Abraços,
Moura
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Emmanuelina em 05 de Novembro de 2010, 13:24
Oi Paulo, seja bem vindo!

Os desafios da mediunidade, de como lidar com ela, são muitos, tanto pra o iniciante como para o mais experiente na pratica dela. E preciso estudar e muito, nao ha outro caminho melhor, principalmente o Livro dos Mediuns.

Abaixo reproduzo uma pagina de um livro que estou lendo, acho oportuna.

Estudo e Prática


   “Esta análise do papel dos médiuns e dos processos pelos quais os Espíritos se comunicam é tão clara quanto lógica. Dela decorre, como princípio, que o Espírito haure, não as suas idéias, porém, os materiais de que necessita para exprimi-las, n cérebro do médium e que, quanto mais rico em materiais for esse cérebro, tanto mais fácil será a comunicação.”
   — Allan Kardec (Da Nota ao final do Cap. XIX, II parte, O Livro dos Médiuns)


   O discernimento do Codificador nos facilita em tudo o serviço maravilhoso da mediunidade espírita-cristã.
   Recomendando, pela sua clareza e pela sua lógica, o que os Espíritos Erasto e Timóteo ensinaram sobre o papel dos médiuns e dos processos pelos quais os Espíritos se comunicam, podemos afirmar, graças à experiência já granjeada como médium na última reencarnação, que os “modismos”, as “adulterações”, os “achismos” e todas as posturas anti-doutrinárias e, por isso, improdutivas, deteriorantes, têm por efeito o desconhecimento e não aplicação do que O Livro dos Médiuns contém, como verdadeiro guia e insuperável orientação aos trabalhadores do Espiritismo.
   Necessitamos compreender que os Espíritos precisam dos médiuns para o prosseguimento dos ensinos superiores, visando ao consolo e instrução dos semelhantes.
               E os médiuns, por sua vez, não estão convocados a exercerem nenhuma liderança em termos humanos, nem a constituir galerias vaidosas e pseudo-superiores de serviço específico. Carecem todos eles, isso sim, de se instruírem, de praticarem com esforço e perseverança a Doutrina Consoladora, consoante nos foi entregue por Jesus: santamente.
   O de que os Espíritos se valerão na constituição mediúnica para se comunicarem, é o material disposto em seu psiquismo, e esse material precisa estar revisado, limpo, ordenado pelas lições do Espiritismo e do Evangelho de Cristo.

Do livro A Mediunidade Espírita - Pelo Espírito Yvonne A. Pereira -  Psicografado por Wagner Gomes da Paixão
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Carla Silveira em 28 de Janeiro de 2013, 14:18
Oi Paulo,tudo bem?
Meu nome é Carla e tenho 22 anos sou de BH-MG e não pude deixar de comentar sobre esse dialogo grande que houve por aqui.
De uma certa forma,você não irá descobrir a real resposta nas pessoas aqui,por mais que elas possam parecer te ajudar,as pessoas que estão aqui são apenas seres no qual alguns deles terão a oportunidade de lhe mostrar alguns pontos (No caso apareceu em sua vida motivos para que procurasse a benzedeira). Não lhe conheço e nem devo lhe julgar,não é minha intenção e nem mesmo direitos de fazer isso,mas nao pude deixar de observar que tu não tem a calma de parar,refletir e lêr,você tem pressa para encontrar a resposta,pois pensa que tem de encontrar a resposta a qualquer custo de forma rápida e fácil,sobre você.
Meu caro amigo,se me permiti lhe chamar assim,te digo que minha família toda é mistura de católicos com espiritas e até mesmo médiuns, eu segui a religião católica fiz tudo que um católico poderia fazer,primeira comunhão,crismas e tudo,mas não me sentia completa isso fez com que o espiritismo se revelasse mais em minha vida, fui em alguns centros e em todos me senti bem, completa, mas não fui para achar respostas de ser médium ou não, mas sempre quis ter esse dom, sempre senti algumas coisas inexplicáveis, arrepios, medos constantes do nada sem saber reais motivos, ate mesmo aconteceu algo comigo depois da desencarnação de minha vozinha, mas te conto em uma outra oportunidade. E tudo isso me fez ainda mais crer que eu poderia ser médium, tive pressa em saber, mas não corri atras para saber de alguém, seja la a pessoa com o dom para falar, sempre tive medo de receber a resposta do sim, pois caso você tenho lido algum livro como disse mesmo, sabe que a pessoa ao seguir terá de honrar  e ajudar pessoas de varias formas, como exemplo temos Chico Xavier.
 Então sempre tive medo de enfrentar esse compromisso. Mas até hj nao procurei saber,me acontece sim as vezes algo sem explicações, nunca vi o espirito em si ao natural como Chico, e nao tenho talvez vontade em saber se tenho esse dom. Mas tenho vontade de ajudar pessoas, sempre gostei, seja financeiramente ou com minhas forças humana, eu leio os livros tenho dado uma parada, mas lia segundo os espíritos de Kardec entre outros. Então uma coisa lhe falo, não tem como eu aprender a ler e escrever sem pegar em um lapis e um livro. Se quer realmente, leia, ajude as pessoas, e nao importa o ano se é 5 ou 10 nao existe isso. Mas lembre que quando desencarnado, vai continuar a estudar na colonias espirituais. Beijos e um forte abraço!
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Mourarego em 28 de Janeiro de 2013, 15:07
Meus amigos, a coisa toda está contida nas primeiras perguntas e respostas contiga no capítulo "Dos Médiuns", na obra OLM.
Explica-se:
"159. Toda pessoa que sente a influência dos Espíritos, em qualquer grau de intensidade, é médium. Essa faculdade é inerente ao homem. Por isso mesmo não constitui privilégio e são raras as pessoas que não a possuem pelo menos em estado rudimentar. Pode-se dizer, pois, que todos são mais ou menos médiuns(...)"

Aqui já começamos a divisar algo de importante:
todos somos, mais ou menos médiuns, segundo a clareza com que sinamos a influência dos Espíritos.
Mas divisar não quer dizer prodigalizar fenômeno algum, apenas se sente, nada mais.

Então sigamos em frente:
" Usualmente, porém, essa qualificação se aplica somente aos que possuem uma faculdade mediúnica bem caracterizada, que se traduz por efeitos patentes de certa intensidade, o que depende de uma organização mais ou menos sensitiva.
Deve-se notar, ainda, que essa faculdade não se revela em todos da mesma maneira. Os médiuns têm, geralmente, aptidão especial para esta ou aquela ordem de fenômenos, o que os divide em tantas variedades quantas são as espécies de manifestações(...)"

Como podemos compreender, até agora a explicação só nos mostra as coisas inerentes à mediunidade, ou seja à faculdade em si mesma.
todavia, se eu recebo o ditado dos espíritos, além de ser um médium como explicado acima, possuo uma qualidade medianímica, a da psicografia.
Logo, a partir daqui se começa a falar não mais em mediunidade, mas sim das faculdades medianímicas, ou seja aquelas que dividimos,  com os espíritos, daí o termo começar por "mediu"... e continua, falando das nossas próprias condições de Espíritos conhecida com "animismo", por isso o termo ou neologismo, mediunismo ou mediuimidade.
Estas, uns a têm, Divaldo, Chico etc, outros não a tiveram ou a têm, ex: Kardec.
Aqueles que não a tenham hoje, não a podem conseguir através de rezas invocações de Espíritos, ou mesmo de milagre, já que não terão as condições próprias para as abrigarem nesta encarnação, sem contudo, deixarem de sentir a influência dos Espíritos.
Estas abaixo, algumas delas:
"(...)As principais são: médiuns de efeitos físicos, médiuns sensitivos ou impressionáveis, auditivos, falantes, videntes, sonâmbulos, curadores, pneumatógrafos, escreventes(...)"

Espero ter explicado de maneira clara oque está em OLM.
Abraços,
Moura
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Vitor Santos em 28 de Janeiro de 2013, 19:10
Olá amigos

Não tenho mediunidade ostensiva, nem a pretendo ter. Aquilo que me interessa na mediunidade, é a ligação desse fenómeno à ciência. É o fenómeno em si. Para estudar espiritismo não é preciso ser médium, temos o Livro dos Espíritos.

Sinceramente eu penso que a maior parte dos médiuns ostensivos exercita a mediunidade visando o próprio equilíbrio psicológico. E não por uma questão de altruismo. Não quer dizer que não hajam pessoas em que coexista o altruismo e a mediunidade, mas não é o caso geral.

bem haja
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Mourarego em 29 de Janeiro de 2013, 14:23
Mano Vitor:
"Sinceramente eu penso que a maior parte dos médiuns ostensivos exercita a mediunidade visando o próprio equilíbrio psicológico. E não por uma questão de altruismo."
Aquele que pensa assim pensa correta e apoiadamente como a DE ensina.
É o foco de toda a DE o burilamento moral do Espírito, encarnado ou não.
Depois sim, as questões de altruísmo, que hoje constam para muito subvertidas em seu valor.
Primeiro o Conhecimento, tanto da De quanto da ação a ser proposta e isso para nós mesmos, depois sim a Caridade cm o próximo pois a primeira delas é modificar-se a si mesmo, mesmo que pouco, para depois atender sob o aspecto da ascendência moral, aos necessitados.
Sobre esta ascendência diz OLE, " Já vos disse: A ascendência moral é irresistível".
Não basta sermos Espíritas há que mantermos nossos pés no chão. Parabéns.
Abraços,
Moura

Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/o-livro-dos-mediuns/mediunidade-como-saber/45/?action=post;num_replies=48#ixzz2JNGC5We7
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: S0L em 29 de Janeiro de 2013, 20:02
Paulo,  a mediunidade é inerente ao ser humano.Está no pacote.
Com o tempo, com os estudos, vamos aprendendo quais tipos de mediunidade temos e com que nível ou intensidade aparecem.
Esta senhora benzedeira pode ser uma médium de cura muito boa,mas daí a supor que tudo que ela fala é verdade absoluta;vai um longo caminho.
 Ninguém tem um canal que permite isso ou aquilo;vc é igual a todos aqui.O que nos permite maior e melhor "uso" da faculdade mediúnico é o estudo constante, o trabalho no bem, vivência do evangelho e reforma íntima constante .
Vc diz que é cético,mas ao mesmo tempo diz que gosta de estudar alguns livros da codificação e simpatiza tb com a umbanda(que é bem diferente do espiritismo);então existe uma incoerênciazinha aí.
O que vc ouviu no atendimento espiritual(fraterno)na casa espírita talvez tenha sido: busque o estudo da mediunidade, ingresse num grupo de estudo e que todos somos médiuns.
Eu sempre digo nos cursos e palestras que estudar em grupo, na casa espírita, de preferência;é muito mais proveitoso pq temos contato com quem sabe mais, menos ou sabe diferente e isso,é enriquecedor.
Quer sua resposta?Estude e persevere.
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: S0L em 29 de Janeiro de 2013, 20:09
Em tempo: não existe padrão de duração de curso de mediunidade.Vai durar o tempo que precisar para acabar a apostila da FEB ou Livro dos Médiuns.
O curso nosso aqui no sul de MG dura em média 1 ano e meio.Uns 2 meses antes de acabar começam as partes práticas de sensibilização.
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Mourarego em 30 de Janeiro de 2013, 14:52
Na verdade maninha SOL, a grande maioria dos Cursos, qualquer um deles, leva de tres a quatro anos.
O Estudo do ESDE é outra coisa.
Abraços,
Moura
Em tempo: não existe padrão de duração de curso de mediunidade.Vai durar o tempo que precisar para acabar a apostila da FEB ou Livro dos Médiuns.
O curso nosso aqui no sul de MG dura em média 1 ano e meio.Uns 2 meses antes de acabar começam as partes práticas de sensibilização.

Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Vitor Santos em 30 de Janeiro de 2013, 15:09
Olá

Citar
Na verdade maninha SOL, a grande maioria dos Cursos, qualquer um deles, leva de tres a quatro anos.
O Estudo do ESDE é outra coisa.
Abraços,
Moura

Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/o-livro-dos-mediuns/mediunidade-como-saber/45/#ixzz2JTIq5HXj

A duração do curso é indiferente. O que interessa é a avaliação do resultado da formação. Cursos sem avaliação são como vendedores sem comissão. Ela existe? Como é feita, e por quem? 

bem haja
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Mourarego em 30 de Janeiro de 2013, 15:18
Concordo maninho Vitor!
Este aliás, um ponto, que se não estivesse marginal ao tema eu gostaria muito de debater com o amigo já que nossas assertivas se assemelham na conclusão.
abraços,
Moura
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Andressa Z. em 22 de Agosto de 2013, 19:13
Muito interessante essa questão, acho que é uma pergunta que muitos buscam. Para mim, ouvir que tenho mediunidade fez com que muitos sentimentos que eu tenho façam sentido agora. É normal a ansiedade em saber que tipo de mediunidade que se tem, logo após ouvir uma coisa que nunca esperaria.
Vou começar hoje a ler o Livro dos Médiuns e ainda estou em busca de um centro espírita no qual me identifique para estudar.
Assim que soube sobre a minha mediunidade, mesmo achando que jamais teria pois nunca vi ou ouvi nada, comecei a me recordar de algumas coisas...tiveram alguns momentos faz pouco tempo em que sentia um medo muito forte a apertar meu coração, arrepios e a sensação de que alguém se aproximava mais e mais e assim que chegava perto de mim sentia um grande estalo no ouvido. O que fiz foi rezar e pedir a Deus pra aguardar o momento ideal, que eu não estava preparada para ver ou ouvir nada, que morreria de medo e não poderia ajudar ninguém assim..engraçado, pois eu sentia que algo estava para acontecer de alguma forma, mas não sabia o que!
Outro episódio se passou a quase dez anos comigo na minha cidade natal na adolescência. Dormia na casa de uma amiga quando de madrugada vejo todo o quarto dela no escuro, a luz da rua entrando pelas janelas, sabia que ela dormia na cama ao lado e o estranho é que estava deitava e via o meu nariz, queixo de perfil, como se estivesse "deslocada" do corpo...sentia uma coisa muito forte e ruim ao meu lado, mas não conseguia e tinha medo de saber o que era e o pior que não conseguia gritar os me mexer um dedinho que fosse!!Fazia muita força pra ir pra cama da minha amiga!Após isso acontecer, sonhei (eu acho) com um rapaz que estava na porta do quarto na penumbra, parecia adolescente, com jeans e usando um moleton daqueles com capuz, parecia moreno claro e de alguma forma eu soube que ele se chamava Beto..nunca tinha o visto na minha vida e nem conhecia algum Beto...meu sentimento por ele é que ele não era de todo ruim, me parecia perdido de alguma forma, ruim mas com receio, querendo alguma coisa, orientação parecia.
Quando enfim consegui acordar quase matei minha amiga de susto, fui suando para cama dela e contei tudo, perguntei se ela conhecia algum Beto, ela disse que achava que era um nome de um parente bem distante que tinha sido envolvido com drogas, não me lembro se era falecido ou não.
No outro diz contei pra minha mãe e ela disse pra mim rezar...fui à caminho da escola, momento em que ficava bem sozinha e refletia e orei muito, "conversei" só falei é claro com o tal Beto mentalmente, falei para ele aceitar ajuda, procurar algum espírito de luz ou alguém que realmente tivesse condições de ajudá-lo, eu só poderia orar de coração por ele.
Sempre tive medo desses "pesadelos" de estar presa ao corpo pq tenho SEMPRE a sensação de que alguém está comigo e vai aparecer a qualquer momento!
Não via isso tudo como mediunidade, julgava normal. Minha dúvida é: como lidar se algo do gênero acontecer de novo sem que eu esteja totalmente avançada nos estudos?Como fazer com que aconteça (se for pra acontecer), enquanto eu estiver acordada, preparada, ou até em sonho mas sem essa sensação de estar presa que me deixa apavorada??
Obrigada gente querida!! :D
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Andressa Z. em 22 de Agosto de 2013, 23:45
Se alguém souber me ajude por favor!! ::)
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Brenno Stoklos em 24 de Setembro de 2013, 07:54

O caminho do aprendizado é o estudo!

Temos, aí, toda a Codificação para nos instruirmos.

Ênfase, no caso, para O Livro dos Médiuns.

Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Mourarego em 24 de Setembro de 2013, 15:06
Eu sempre digo:
melhor ser um médium improdutivo do que ser um médium mistificador.
Afinal, o uso de qualquer faculdade medianímico não é obrigatório e o não uso destas não trás nenhum mal a ninguém.
Abraços,
Moura
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Rodrigo da Cruz em 25 de Setembro de 2013, 01:11
Caros amigos do fórum,
Tive a impressão de que nosso irmão Paulo, simplesmente pode não se identificar com a metodologia e as normas de estudo e conduta da Doutrina Espírita. Pareceu-me que as palavras da benzedeira, seguidora da corrente espiritual de Umbanda, tocaram-lhe mais o coração que todas as palavras contidas na Codificação e nas obras psicografadas que leu. Então, penso que talvez deva ele buscar orientação em outro caminho. Particularmente me identifico com a DE e imagino que quase todos que comentaram aqui, mas acho que nosso irmão Paulo se sentiria mais à vontade desenvolvendo sua mediunidade através de outras técnicas. Não me pareceu impaciência nem desinteresse, apenas falta de identificação doutrinária.
Abraços fraternos...
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Silviaslimamae em 25 de Setembro de 2013, 03:39
Na verdade maninha SOL, a grande maioria dos Cursos, qualquer um deles, leva de tres a quatro anos.
O Estudo do ESDE é outra coisa.
Abraços,
Moura
Em tempo: não existe padrão de duração de curso de mediunidade.Vai durar o tempo que precisar para acabar a apostila da FEB ou Livro dos Médiuns.
O curso nosso aqui no sul de MG dura em média 1 ano e meio.Uns 2 meses antes de acabar começam as partes práticas de sensibilização.



Posso estar errada, mas aqui em Brasília, na casa que frequento (uma das "maiores"), há um curso sobre o livro dos médiuns, mas quando a gente termina o ESDE pode ingressar no grupo de estudo/prática da mediunidade. É a teoria e a prática tudo junto. Pra mim, tudo é muito novo nesse campo. Já fui vendo a teoria e a prática junto. E ao que percebi, só podemos ficar no grupo, em média, 2 anos.
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Brenno Stoklos em 25 de Setembro de 2013, 04:22

Posso estar errada, mas aqui em Brasília, na casa que frequento (uma das "maiores"), há um curso sobre o livro dos médiuns, mas quando a gente termina o ESDE pode ingressar no grupo de estudo/prática da mediunidade. É a teoria e a prática tudo junto. Pra mim, tudo é muito novo nesse campo. Já fui vendo a teoria e a prática junto. E ao que percebi, só podemos ficar no grupo, em média, 2 anos.



Sobre essa questão de tempo:

Estudo a Doutrina Espírita há mais de quarenta anos.

Exerço a mediunidade (psicografia, psicofonia) há trinta e oito anos.

Penso que estou a meio caminho do conhecimento ideal!


Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Mourarego em 25 de Setembro de 2013, 15:38
Ih mano Brenno, se eu fosse juntgar o meui tempo de Umbanda ao do Espiritismo, entre estudos e prática medianímica, eu teria uns 46 anos ininterruptos.
Entretanto, mesmo estudando a doutrina tres horas por dia em geral e todos os dias, me vejo ainda raspando a casca do ovo.
Deixem-me contar um causo aconteido comigo ainda na Umbanda Iniciática:
Na irmandade que eu frequentava, de tres em tres meses a equipe composta por tres Espíritos que patrocinavam e presidiam as reuniões, era trocada.
EEu nunca quisera participar deste triunviratum espiritual, porém um dia não deu para sair pela tanmgente e tive se aceitar o convite.
Garotão esperto, para não dar mancada, cxheguei em casa do trabalho de toddos os dias, e rascunhei tudo oque eu faria na presidência da reunião. elenquei tudo da recepção dos que iriam tomar passes, das turmas de médiuns a trabalharem com esta ou aquela vibração que precisasse ser realinhada etc.
Fui poara a Irmandade todo tranquião, pensando ter descoberto o mapa da mina.
Sabem qual foi a primeira atitude doGuia quendo incorporou em mim? Ele simplesmente, pegou o papelzinho que eu escrevera e amassando-o jogou na lata de lixo.
Méium qu nunca perdeu a consciência, logicamentge senti algum dissabor, ora, eu tinha tido um trabalho danado e gastado muit tempo para fazer o rascunho e agora ele que nem lera direito amassava e jogava no lixo?
Levou tempo até que outro Espírito, com um sorriso que nunca vou esquecer, após a reunião, quando eu já estava desincorporado, me chamou e me explicou tudo.
Abração,
Moura
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Silviaslimamae em 25 de Setembro de 2013, 16:56

Posso estar errada, mas aqui em Brasília, na casa que frequento (uma das "maiores"), há um curso sobre o livro dos médiuns, mas quando a gente termina o ESDE pode ingressar no grupo de estudo/prática da mediunidade. É a teoria e a prática tudo junto. Pra mim, tudo é muito novo nesse campo. Já fui vendo a teoria e a prática junto. E ao que percebi, só podemos ficar no grupo, em média, 2 anos.



Sobre essa questão de tempo:

Estudo a Doutrina Espírita há mais de quarenta anos.

Exerço a mediunidade (psicografia, psicofonia) há trinta e oito anos.

Penso que estou a meio caminho do conhecimento ideal!

Eita! Sou fraldinha! No grupo que participo, uma colega completou 2 anos no grupo e foi convidada a participar de outro trabalho na casa (grupo de passe). Não sei bem o que acontece, mas lá, por exemplo, há grande déficit de vagas nos grupos mediúnicos (há fila de gente querendo entrar) e olhe que são muitos.  ::)
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 25 de Setembro de 2013, 19:05
.... No grupo que participo, uma colega completou 2 anos no grupo e foi convidada a participar de outro trabalho na casa (grupo de passe). Não sei bem o que acontece, mas lá, por exemplo, há grande déficit de vagas nos grupos mediúnicos (há fila de gente querendo entrar) e olhe que são muitos.  ::)

As casas costuma oferevcer outras oportunidades
pois muitos só adentram se se pega no braço
enquanto outro é preciso com o mesmo braço usar de freio

....

Os espíritos percebem e conhecem todos os que frequentam o ambiente
eles também participam das oportunidades oferecidas

o bom é dedicarmos
com bonddade e dedicação
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Brenno Stoklos em 26 de Setembro de 2013, 06:58

Ih mano Brenno, se eu fosse juntgar o meui tempo de Umbanda ao do Espiritismo, entre estudos e prática medianímica, eu teria uns 46 anos ininterruptos.

Abração,
Moura


Mas aí, mano Moura, eu fico em desvantagem. Pois que o amigo já tem pelo menos dez anos de dianteira na idade!  ;D

Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Brenno Stoklos em 26 de Setembro de 2013, 07:09

Eita! Sou fraldinha! No grupo que participo, uma colega completou 2 anos no grupo e foi convidada a participar de outro trabalho na casa (grupo de passe). Não sei bem o que acontece, mas lá, por exemplo, há grande déficit de vagas nos grupos mediúnicos (há fila de gente querendo entrar) e olhe que são muitos.  ::)



Amiga Silviaslimamae,

Talvez, mesmo sendo "fraldinha" como a amiga diz, possa ter mais entendimento dos assuntos da De do que muitos que que estão há décadas no ME.

O conhecimento da DE depende, sim, de tempo, mas do tempo que dedicamos ao seu estudo. Da perseverança e da dedicação que damos à esse estudo.

Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Andressa Z. em 26 de Setembro de 2013, 11:26
Quanto mais estudamos, mais a gente se depara que não sabemos é de nada!rs
Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Mourarego em 26 de Setembro de 2013, 15:38
Brenno, maninhop,
uma das grandes falhas de muita casa espírita est[á na condução desavisada e irresponsável de pessoas ao trabalhjo do pase.
Indicam estas casas que por ser um trabalho de doação, (como se todos os outros trabalhos não o fossem), pode, qualquwer um participar porque os espíritos abneghados irão ajudar.
Tristemnte aviso: A ban da não toca assim.
É na função dos pases que médiuns desde os magneticistas, e os médiuns curadores encontram seu lugar mais apropriado, entretanto não há verificação, não se faz uma verificação se a pessoa conhece bem o trabalho, a doutrina e se tenha esta capacidade, então, há muito médium apenas administrando o placebo poisd que a ação não pode ser totalmente espiritual.
Passes ou são, típicos da magnetização animal, e ai o médium poderá mesmo trabalhar sem a influenciação dos Espíritos, com opode ser assistido, quer dizer, o médium doa sua capacidade mas para reforçá-la ao cêntuplo(linguajar de Kardfec), chama a si, pela oração, o auxíio dos Bome gênios.
Como se pode entender facilmente, não são todos e sim alguns que podem estar nessa atividade caritativa e tão importante.
Abraços,
Moura

Eita! Sou fraldinha! No grupo que participo, uma colega completou 2 anos no grupo e foi convidada a participar de outro trabalho na casa (grupo de passe). Não sei bem o que acontece, mas lá, por exemplo, há grande déficit de vagas nos grupos mediúnicos (há fila de gente querendo entrar) e olhe que são muitos.  ::)



Amiga Silviaslimamae,

Talvez, mesmo sendo "fraldinha" como a amiga diz, possa ter mais entendimento dos assuntos da De do que muitos que que estão há décadas no ME.

O conhecimento da DE depende, sim, de tempo, mas do tempo que dedicamos ao seu estudo. Da perseverança e da dedicação que damos à esse estudo.


Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Silviaslimamae em 27 de Setembro de 2013, 00:11



Amiga Silviaslimamae,
Talvez, mesmo sendo "fraldinha" como a amiga diz, possa ter mais entendimento dos assuntos da De do que muitos que que estão há décadas no ME.
O conhecimento da DE depende, sim, de tempo, mas do tempo que dedicamos ao seu estudo. Da perseverança e da dedicação que damos à esse estudo.

De todo modo, fico com o filósofo Sócrates " que sabia que nada sabia". Tenho mesmo muito o que aprender ainda, mas tenho pressa não. Essa é a vantagem de ser eterno!  ::)

Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Brenno Stoklos em 27 de Setembro de 2013, 05:51

De todo modo, fico com o filósofo Sócrates " que sabia que nada sabia". Tenho mesmo muito o que aprender ainda, mas tenho pressa não. Essa é a vantagem de ser eterno!  ::)



Com toda a certeza, amiga Silviaslimamae,

Saber-se que pouco, ou nada, se sabe já é um princípio de sabedoria!

Título: Re: Mediunidade... como saber??
Enviado por: Brenno Stoklos em 27 de Setembro de 2013, 05:55
Brenno, maninhop,
uma das grandes falhas de muita casa espírita est[á na condução desavisada e irresponsável de pessoas ao trabalhjo do pase.
Indicam estas casas que por ser um trabalho de doação, (como se todos os outros trabalhos não o fossem), pode, qualquwer um participar porque os espíritos abneghados irão ajudar.
Tristemnte aviso: A ban da não toca assim.
É na função dos pases que médiuns desde os magneticistas, e os médiuns curadores encontram seu lugar mais apropriado, entretanto não há verificação, não se faz uma verificação se a pessoa conhece bem o trabalho, a doutrina e se tenha esta capacidade, então, há muito médium apenas administrando o placebo poisd que a ação não pode ser totalmente espiritual.
Passes ou são, típicos da magnetização animal, e ai o médium poderá mesmo trabalhar sem a influenciação dos Espíritos, com opode ser assistido, quer dizer, o médium doa sua capacidade mas para reforçá-la ao cêntuplo(linguajar de Kardfec), chama a si, pela oração, o auxíio dos Bome gênios.
Como se pode entender facilmente, não são todos e sim alguns que podem estar nessa atividade caritativa e tão importante.
Abraços,
Moura



Sem dúvidas, mano Moura,

Aí a importância da dedicação ao estudo.