Forum Espirita

CODIFICAÇÃO => O Livro dos Médiuns => Tópico iniciado por: iasmin duarte em 10 de Agosto de 2010, 21:50

Título: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: iasmin duarte em 10 de Agosto de 2010, 21:50
Ate que ponto a esquizofrenia pode ser uma mediunidade mal trabalhada e ate que ponto é um problema físico?
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: MarcoALSilva em 10 de Agosto de 2010, 23:33

Não creio que alguém possa responder de forma categórica.

No entanto, a esquizofrenia paranóide, que dentre outros aspectos caracteriza-se por alucinações, é uma psicopatologia grave conquanto passível de tratamento e cura. Já aí verificamos um ponto interessante: a possibilidade de cura. O fenômeno medianímico geralmente não desaparece. Imagino que há casos psiquiátricos e casos apenas aparentemente psiquiátricos.

No livro "Diário de uma Esquizofrênica", vemos a descrição de pequenos seres que sempre e sempre aconselhavam com sabedoria a esquizofrênica. Perante a medicina, foi um caso de esquizofrenia, mas, pensemos, seria mesmo? Um psicopatologia que gera bons conselhos?

Não sou médico e não posso aventar da viabilidade ou não desse questionamento. Mas sei que há casos de personalidade múltipla que já foram descritos como "condomínio espiritual", sendo um autêntico fenômeno de mediunidade descontrolada...

O tópico é de todo pertinente e interessante. Quem já tenha convivido com um médium sabe que não há qualquer chance de ser considerado vítima de uma psicose... Mas há os que perdem-se em fascínios de toda sorte. Há aí como que um híbrido de fenomenologia espiritual e perda do equilíbrio, podendo chegar a um desarranjo mental.

Arrisco-me a opinar que há esquizofrênicos, há esquizofrênicos com dotes medianímicos e, na grande maioria, há os que exercem faculdades mediúnicas plenamente sadios.

Parabéns pelo tópico!

Marco
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Jayme Tadeu em 11 de Agosto de 2010, 18:43
Na Esquizofrenia clássica, ocorrem perturbações do Pensamento ( deírios, desagregação, incoerência, etc...), da Afetividade ( embotamento afetivo, ambivalência afetiva, etc...), da Sensopercepçao ( alucinações auditivas, visuais, viscerais, etc...), da Psicomotricidade ( estupor, agitação, flexibilidade cérea, etc...), associados a um Comportamento bizarro, estranho e inadequado.
Tudo isso vai levar a um prejuízo significativo na vida de relações do paciente, causando-lhe sofrimento.
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Jayme Tadeu em 11 de Agosto de 2010, 18:46
E a mediunidade ostensiva, alguém pode me explicar como se manifesta e se gera sofrimento e incapacitação para o médium ???
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mourarego em 11 de Agosto de 2010, 20:26
REspondendo no geral:
Meidunidade não pode ser confundida nem atrelada à esquisofrenia, ou ao contrário.
Uma coisa nada tem a ver com a a outra.
Uma é atributo do Espirito outra doença psiquica.
Logo esquisofreniua é o que é e mediunidade outra coisa com a qual não se mistura.
Mediunidade , como disse é um atributo e como tal é comum a todo ser encarnado, redicando-se no roganismo.
Logo sempre´[ está em forma ostensiva e utilizável.
No entanto confunde-se ese atributo comoutra coisa que advém de outra fonte, que seja a qualidade medianimica ou seja, um conjunto de aptidões que algums médiuns têm e outros não as têm
Assim ser médium não é poder psiciografar mas apenas sentir a influencia dos Espíritos, mas psicografar constitui-se em faculdade que faz com que alguns médiuns possam receber ditados dos Espíritos.
Assim sendo chamar-se de mediunidade a capacidade de psicografar é um erro de compreensão, pois se trata de faculdade medianimica que pode ser até retirada por mau uso. O capítulo perda e suspensão da mediunidade fala sobre isso no LM.
abraços,
Moura
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Jayme Tadeu em 11 de Agosto de 2010, 21:53
Alguém poderia me especificar, quando, em caso de alterações mentais, deve-se procurar a casa espírita, e quando deve se procurar ajuda médica/psiquiátrica ?
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: jorge romanholi em 11 de Agosto de 2010, 23:19
Pelo que sei de esquizofrenia é que, uma obseçao prolongada se torna um problema patologico . uma vez retirada a causa espiritual deve-se procurar tratamento pscologico que busca estabilizar os sontomas .  isto está na ultima pagina do evangelho segundo o espiritismo com o seguite texto (copia do texto) :
A obsessão muito prolongada pode ocasionar desordens patológicas e reclama, por vezes,
tratamento simultâneo ou consecutivo, quer magnético, quer médico, para restabelecer a saúde do
organismo. Destruída a causa, resta combater os efeitos. (Veja-se: O Livro dos Médiuns, 2ª Parte, cap.
XXIII - "Da obsessão". - Revue Spirite, fevereiro e março de 1864; abril de 1865: exemplos de curas de
obsessões.)
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mariazinha C.Valenti em 12 de Agosto de 2010, 15:10
Oi amigos
            Dentro do que aprendi, com alguma vivência no atendimento ao publico,
acho que em qualquer anormalidade notada no comportamento de alguém, sempre existe a necessidade de recorrer aos tratamentos espirituais, porém é preciso que o doente colabore mudando seu modo de pensar e de agir. Para isto ele precisa de algum estudo (ouvir palestras, fazer leituras edificantes, pois as nossas falhas são portas abertas para as entidades negativas atuarem, criando assim gvrande confusão. Lembramos também que o tratamçento espiritual não dispensa o tratamento médico.
Só após a persistência nos dois tipos de tratamento podemos avaliar a natureza do problema.       Um abraço fraterno Mariazinha
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mourarego em 12 de Agosto de 2010, 17:08
Pelo que sei de esquizofrenia é que, uma obseçao prolongada se torna um problema patologico . uma vez retirada a causa espiritual deve-se procurar tratamento pscologico que busca estabilizar os sontomas .  isto está na ultima pagina do evangelho segundo o espiritismo com o seguite texto (copia do texto) :
A obsessão muito prolongada pode ocasionar desordens patológicas e reclama, por vezes,
tratamento simultâneo ou consecutivo, quer magnético, quer médico, para restabelecer a saúde do
organismo. Destruída a causa, resta combater os efeitos. (Veja-se: O Livro dos Médiuns, 2ª Parte, cap.
XXIII - "Da obsessão". - Revue Spirite, fevereiro e março de 1864; abril de 1865: exemplos de curas de
obsessões.)

Então , amigo Jorge,
reestude a doutrina pois em momento algum Kardec ou qualquer outro Espírito que nela trabalhou diz isso.
Observe o que eles dizem: "A obsessão muito prolongada pode ocasionar desordens patológicas e reclama, por vezes, tratamento simultâneo ou consecutivo, quer magnético, quer médico, para restabelecer a saúde do organismo. Destruída a causa, resta combater os efeitos. (Veja-se: O Livro dos Médiuns, 2ª Parte, cap. XXIII - "Da obsessão". - Revue Spirite, fevereiro e março de 1864; abril de 1865: exemplos de curas de obsessões.)

Logo, os Espíritos citam uma exceção e sob a forma de possibilidade e não de obrigatoriedade em acontecer.
Precisamos estar bem atentos amigo Jorge, senão acabamos por propagar erros ao invés de acertos. E o pior, colocando na boca dos Espíritos Superiores, e mesmo de kardec, palavras que eles não disseram ou informações que eles não deram.
Abraços,
Moura
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: jorge romanholi em 12 de Agosto de 2010, 17:57
MEU CARO AMIGO MOURAREGO ACHO QUE VOU SAIR DO FORUM ESPIRITA . AQUI TA CHEIO DE DONOS DA VERDADE QUE NÃO SABEM COLOCAR E DISCUTIR SEUS PONTOS DE VISTA OU DE SUAS INFORMAÇÕES DE FORMA RACIONAL. PREFEREM MANDAR OUTROS ESTUDAREM OU EM OUTRAS FORMAS DE NOS CHAMAREM DE BURROS OU IDIOTAS ! JA IMAGINARAM SE OS CIENTISTAS SE DEGLADIESSEM AO DISCUTIREM SEUS  PONTOS DE VISTA ? NÃO TINHA UM CIENTISTA VIVO ! A DOUTRINA ESPIRITA OU ESPIRITUALISATA NOS ENSINA EM PRIMEIRO LUGAR O AMOR A TOLERANCIA E HUMILDADE ,  POREM AQUI ALGUMAS PESSOAS PARECEM NÃO PASSAR NEM PERTO DA HUMILDADE. HUM FORUM DEVE SE COLOCAR SEU PONTO DE VISTA SEM ESTAR SE SOBREPONDO AO OUTRO ! TENHO CERTEZA QUE ALGUNS NEM COLOCAM SUAS OPNIÕES COM MEDO DE SEREM ATACADOS COMO JA VI VARIOS CASOS AQUI ! 
Pelo que sei de esquizofrenia é que, uma obseçao prolongada se torna um problema patologico . uma vez retirada a causa espiritual deve-se procurar tratamento pscologico que busca estabilizar os sontomas .  isto está na ultima pagina do evangelho segundo o espiritismo com o seguite texto (copia do texto) :
A obsessão muito prolongada pode ocasionar desordens patológicas e reclama, por vezes,
tratamento simultâneo ou consecutivo, quer magnético, quer médico, para restabelecer a saúde do
organismo. Destruída a causa, resta combater os efeitos. (Veja-se: O Livro dos Médiuns, 2ª Parte, cap.
XXIII - "Da obsessão". - Revue Spirite, fevereiro e março de 1864; abril de 1865: exemplos de curas de
obsessões.)

Então , amigo Jorge,
reestude a doutrina pois em momento algum Kardec ou qualquer outro Espírito que nela trabalhou diz isso.
Observe o que eles dizem: "A obsessão muito prolongada pode ocasionar desordens patológicas e reclama, por vezes, tratamento simultâneo ou consecutivo, quer magnético, quer médico, para restabelecer a saúde do organismo. Destruída a causa, resta combater os efeitos. (Veja-se: O Livro dos Médiuns, 2ª Parte, cap. XXIII - "Da obsessão". - Revue Spirite, fevereiro e março de 1864; abril de 1865: exemplos de curas de obsessões.)

Logo, os Espíritos citam uma exceção e sob a forma de possibilidade e não de obrigatoriedade em acontecer.
Precisamos estar bem atentos amigo Jorge, senão acabamos por propagar erros ao invés de acertos. E o pior, colocando na boca dos Espíritos Superiores, e mesmo de kardec, palavras que eles não disseram ou informações que eles não deram.
Abraços,
Moura

Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mourarego em 12 de Agosto de 2010, 18:16
Oi amigos
            Dentro do que aprendi, com alguma vivência no atendimento ao publico,
acho que em qualquer anormalidade notada no comportamento de alguém, sempre existe a necessidade de recorrer aos tratamentos espirituais, porém é preciso que o doente colabore mudando seu modo de pensar e de agir. Para isto ele precisa de algum estudo (ouvir palestras, fazer leituras edificantes, pois as nossas falhas são portas abertas para as entidades negativas atuarem, criando assim gvrande confusão. Lembramos também que o tratamçento espiritual não dispensa o tratamento médico.
Só após a persistência nos dois tipos de tratamento podemos avaliar a natureza do problema.       Um abraço fraterno Mariazinha


Não Mariazinha, quase nunca existe a possibilidade de atendimento Espiritual ou qualquer tratamento.
dizer-se isso é não atender ao ensino que se tem na obra básica que diz que mesmo as obsessões, quando de forma simples possam ser extirpadas pelo próprio obsedado.
Como a amiga pode notar há muita falácia extremista, que faz de exceções regra dura.
abraços,
Moura
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mourarego em 12 de Agosto de 2010, 18:23
MEU CARO AMIGO MOURAREGO ACHO QUE VOU SAIR DO FORUM ESPIRITA . AQUI TA CHEIO DE DONOS DA VERDADE QUE NÃO SABEM COLOCAR E DISCUTIR SEUS PONTOS DE VISTA OU DE SUAS INFORMAÇÕES DE FORMA RACIONAL. PREFEREM MANDAR OUTROS ESTUDAREM OU EM OUTRAS FORMAS DE NOS CHAMAREM DE BURROS OU IDIOTAS ! JA IMAGINARAM SE OS CIENTISTAS SE DEGLADIESSEM AO DISCUTIREM SEUS  PONTOS DE VISTA ? NÃO TINHA UM CIENTISTA VIVO ! A DOUTRINA ESPIRITA OU ESPIRITUALISATA NOS ENSINA EM PRIMEIRO LUGAR O AMOR A TOLERANCIA E HUMILDADE ,  POREM AQUI ALGUMAS PESSOAS PARECEM NÃO PASSAR NEM PERTO DA HUMILDADE. HUM FORUM DEVE SE COLOCAR SEU PONTO DE VISTA SEM ESTAR SE SOBREPONDO AO OUTRO ! TENHO CERTEZA QUE ALGUNS NEM COLOCAM SUAS OPNIÕES COM MEDO DE SEREM ATACADOS COMO JA VI VARIOS CASOS AQUI ! 
Pelo que sei de esquizofrenia é que, uma obseçao prolongada se torna um problema patologico . uma vez retirada a causa espiritual deve-se procurar tratamento pscologico que busca estabilizar os sontomas .  isto está na ultima pagina do evangelho segundo o espiritismo com o seguite texto (copia do texto) :
A obsessão muito prolongada pode ocasionar desordens patológicas e reclama, por vezes,
tratamento simultâneo ou consecutivo, quer magnético, quer médico, para restabelecer a saúde do
organismo. Destruída a causa, resta combater os efeitos. (Veja-se: O Livro dos Médiuns, 2ª Parte, cap.
XXIII - "Da obsessão". - Revue Spirite, fevereiro e março de 1864; abril de 1865: exemplos de curas de
obsessões.)

Então , amigo Jorge,
reestude a doutrina pois em momento algum Kardec ou qualquer outro Espírito que nela trabalhou diz isso.
Observe o que eles dizem: "A obsessão muito prolongada pode ocasionar desordens patológicas e reclama, por vezes, tratamento simultâneo ou consecutivo, quer magnético, quer médico, para restabelecer a saúde do organismo. Destruída a causa, resta combater os efeitos. (Veja-se: O Livro dos Médiuns, 2ª Parte, cap. XXIII - "Da obsessão". - Revue Spirite, fevereiro e março de 1864; abril de 1865: exemplos de curas de obsessões.)

Logo, os Espíritos citam uma exceção e sob a forma de possibilidade e não de obrigatoriedade em acontecer.
Precisamos estar bem atentos amigo Jorge, senão acabamos por propagar erros ao invés de acertos. E o pior, colocando na boca dos Espíritos Superiores, e mesmo de kardec, palavras que eles não disseram ou informações que eles não deram.
Abraços,
Moura

Amigo Jorge, não lkhe quero dizer que fique ou que se vá pois é seu o livre arbítrio.
O Fórum é de debates, e nesse ponto algus, por vezs se tornam mais veementes e é nessa hora que se deve usar para com eles, isso mesmo que o amigo diz que njão existe, hukmildade e tolerância.
avalie o amigo , sem qualquer tendencia, se não é o amigo que também quer para si o que não dá aos outros? pense bem...
Afinal esse ditame, dito por Jesus  diz mesmo assim, Fazer ao próximo que que se quer que este faça a nós mesmos, não é isso?
como um forista antigo, aprendi e lhe passo agora, uma dica para andar melhor dentro dos debates: Eu respondo apenas dentro das obras básicas de doutrina, e repito a mesma sentença quantas vezes for necessário.
Não tenho qualquer preocupação quem que esta forma de postar seja mal vista, ou desprezada por um ou por outro, posto que não quero modificar a ninguém mas apenas dizer o que a Doutrina diz com verdade e verificadamente.
Tente fazer o mesmo sem se preocupar com os ditos "donos da verdade" que sob meu ponto de vista não existem por aqui, pois afinal quando se tem uma certeza, ou como diz um outro forista, uma "convicção", não se muda de prima face, não é mesmo?
Fique com Deus e escolha o seu caminho, meu amigo.
abração,
Moura
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: iasmin duarte em 13 de Agosto de 2010, 19:55
REspondendo no geral:
Meidunidade não pode ser confundida nem atrelada à esquisofrenia, ou ao contrário.
Uma coisa nada tem a ver com a a outra.
Uma é atributo do Espirito outra doença psiquica.
Logo esquisofreniua é o que é e mediunidade outra coisa com a qual não se mistura.
Mediunidade , como disse é um atributo e como tal é comum a todo ser encarnado, redicando-se no roganismo.
Logo sempre´[ está em forma ostensiva e utilizável.
No entanto confunde-se ese atributo comoutra coisa que advém de outra fonte, que seja a qualidade medianimica ou seja, um conjunto de aptidões que algums médiuns têm e outros não as têm
Assim ser médium não é poder psiciografar mas apenas sentir a influencia dos Espíritos, mas psicografar constitui-se em faculdade que faz com que alguns médiuns possam receber ditados dos Espíritos.
Assim sendo chamar-se de mediunidade a capacidade de psicografar é um erro de compreensão, pois se trata de faculdade medianimica que pode ser até retirada por mau uso. O capítulo perda e suspensão da mediunidade fala sobre isso no LM.
abraços,
Moura

Querido amigo , comecei o tópico pois trabalho em um hospital psiquiátrico e lá dentro observamos que na grande maioria das vezes a esquizofrenia não era um problema físico e sim espiritual muitas vezes uma mediunidade mal trabalhada, e em outras uma obsessão muito forte ligada a outras vidas.
gostaria de entender se fisicamente há alguma razão para a esquizofrenia você me disse que não poderia entender a esquizofrenia como mediunidade então por favor me explica qual a diferença física em uma pessoa esquizofrênica?  você pode por favor me explicar o que no corpo de um esquizofrênico funciona diferente do que no corpo de uma pessoa normal?
desde já muito obrigada =]
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: iasmin duarte em 13 de Agosto de 2010, 20:08
gostaria de acrescentar uma coisa na Bíblia, Jesus várias vezes cura loucos expulsando "demônios" o que mostra claramente que em muitos casos a loucura pode sim ser uma obsessão!
só nos resta saber se não em todos =]
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mourarego em 13 de Agosto de 2010, 20:10
Entendo o seu ponto, amiga Iasmim, porém tenho de dizer como está na doutrina, e não é assim que ela estabelece.
Não há uma razão que junte a doença psiquica com uma causa advinda da mediunidade.
Mediunidade não tras consequencias,  contudo por falta de foprmação Espírita muitos médicos seguindo a cartilha da ciencia não vêem que algumas pssoas que já tenham o germen de alguma doença podem também serem médiuns.
Por isso tanta confusão no diagnóstico.
Sim muitos dos que estão nos hospícios são médiuns mas não estão ali por causa de mediunidade mal encaminhada porque que isso não existe.
nem mesmo pode ser causa uma obsessão simples.
Nos casos de obsessões prolongadas e na forma de obsessões muito pronunciadas, pode ser que o germen encontre uma breha para eclodir.
Mas note, há o vocábulo "pode" e não o vocábulo "obrigatoriamente", logo não é regra mas exceção.
Abração,
Moura
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mourarego em 13 de Agosto de 2010, 20:13
gostaria de acrescentar uma coisa na Bíblia, Jesus várias vezes cura loucos expulsando "demônios" o que mostra claramente que em muitos casos a loucura pode sim ser uma obsessão!
só nos resta saber se não em todos =]

A biblia nos tras uma linguagem cheia de alegorias maninha Iasmin.
No episódio da expulsão de demonios para uma vara de porcos, o caso nunca existiu.
o Episódio biblico ensina que após a expulsão os porcos mergulharam num abismo caindo no oceano.
Abraços,
Moura
contudo os hisptoriadores relatam que geograficamente não existia nem o precipício nem mesmo um mar no local aludido pelo escritor bíblico.
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: jorge romanholi em 13 de Agosto de 2010, 20:35
minha cara amiga sb
segundo estudos em minha doutrina e em varios relatos minha visão é a seguinte:
a mediunidade é comum a todos os seres humanos ! uns tem mais outros tem menos aflorada a mediunidade que tambem não é unica  e seim varias formas de mediunidade. portanto sabemos que os efeitos obsecivos podem afetar a qulquer ser humano seja numa incorporação , quer seja numa simples indução em seus pensamentos e sentimentos . o que o desenvolvimento mediunico se propõe na verdade é atingir o equilibrio ou seja que o medium aprenda a manipilar estas forças , consiga distinguir de onde vem se da luz ou das trevas. portanto aqueles que não conseguem ter esse equilibrio podem sim por uma obseção prolongada vir a ter problemas patologicos . ja vi muitos casos em que houve uma melhora muito grande em pessoas exquisofrenicas que passaram tratamentos espirituais e que tambem tiveram acompánhamento da medicina da terra na busca de amenizar os efeitos atravez de medicações e tratamentos pscologicos ! como diz meu mentor devemos usar os dois lados da moeda ! isso não quer dizer (ja digo por que sei que posso ser alvo de q uestionamentos) que isso seja tomado como regra geral. tudo pode ter causas diferentes. mas uma grande prova do que afirmo é que a ciencia não sabe a causa e nem tem meios para curar um exquisofrenico somente consegue amenizar os efeitos ! e sambemos perfeitamente que onde a ciencia não  consegue resolver ainda não é o tempo ou é problema espiritual ! abços !
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mourarego em 13 de Agosto de 2010, 21:08
Mediunidade é um atributo comum a todo ser encarnado, este se enraiza no organismo.]
é aisso que se chama mediunidade.
As ferramentas pelas quais se possa entrar em contato com o mundo Espiritual ou produzir fenomenos medianimicos são conhecidas como  faculdades ou qualidades medianimicas
é por meio destas últimas que se psicografa, se promove, do nosso lado a materialização de objetos ou Espíritos etc.
Estas, em poucas linhas as diferenças que parece que não estão bem conhecidas ainda.
abraços,
Moura
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: jorge romanholi em 13 de Agosto de 2010, 21:19
alguns mediuns são portadores de um só tipo de faculdade mediunica , outros podem ter varias  . a pscografia conforme relato dos espiritos pode ser desenvolvida por todos mas o restante depende do organismo apto ou não !
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mourarego em 13 de Agosto de 2010, 21:28
É isso ai mano Jorge. Mas note o que se desenvolve não é a faculdade, mas sim a capacidade do médium em estar mais conforme o que lhe dite o Espírito esses seriam no dizer dos Espíritos Superiores, no LM os médiumns maleáveis, ou seja aqueles que mais possibilidades teriam de poder receber com maior exatidão a qq ditado de qq Espírito. Há médiuns entretanto que só recebem de um Espírito e apenas num sentido de ditados.
abraços,
Moura
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Rangell em 13 de Agosto de 2010, 22:02
Olá! amigos esquizofrenia é causada por obsessores (Obsessão, espiritos inferiores que polulam a terra e pertubam espiritos encarnados porem fracos que deixam abertos as portas das sua alma). Não devemos deixar de ressaltar que doença "Psíquica" (loucura) é sintoma de espiritos obsediados.

R.
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: iasmin duarte em 13 de Agosto de 2010, 22:32
moura estou estudando essa doença a muito tempo, analisando casos coletando opiniões e tenho ate experiência em vivencia pois tive dois casos na familia, o que eu estou tentando provar é que não existem essas doenças e que esses nomes são nomes inventados pelos cientistas que não acreditam no mundo espiritual. a esquizofrenia é uma doença que não tem uma causa fixa algumas psiquiatras defendem a tese de que seria um distúrbio na glândula pineal a glândula que produz cerotonina (o hormônio da felicidade) estudos já comprovaram que mediuns possuem a pineal calcificada com cristais de apatita uma pedra capaz de captar ondas eletromagnéticas quanto maior a capacidade mediunica mais cristais na glândula pineal e esses cristais também prejudicam o funcionamento da glândula pineal (assim como os esquizofrenicos!), outro grupo de psiquiatras acreditam que não tenha uma causa física e seja desencadeado através da vivencia o que daria abertura para a tanto a mediunidade quanto para a obsessão já que não seria um problema físico. entendo que você baseie sua vida nas obras básicas porem de 1863 para 2010 muita coisa mudou a própria esquizofrenia foi descoberta no séc XIX or Emil Kraepelin portanto não me surpreende que isso não conste nas obras básicas visto que não era um problema pertinente na época, mais agradeço pela sua opinião ela certamente (com a sua permissão) constara no meu livro =]
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mourarego em 13 de Agosto de 2010, 22:41
Olá! amigos esquizofrenia é causada por obsessores (Obsessão, espiritos inferiores que polulam a terra e pertubam espiritos encarnados porem fracos que deixam abertos as portas das sua alma). Não devemos deixar de ressaltar que doença "Psíquica" (loucura) é sintoma de espiritos obsediados.

R.

Rangel, só faltou vc citar o livro da obra básica em que está isso
doutrina é doutrina amigo.
abraços,
Moura
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mourarego em 13 de Agosto de 2010, 22:42
moura estou estudando essa doença a muito tempo, analisando casos coletando opiniões e tenho ate experiência em vivencia pois tive dois casos na familia, o que eu estou tentando provar é que não existem essas doenças e que esses nomes são nomes inventados pelos cientistas que não acreditam no mundo espiritual. a esquizofrenia é uma doença que não tem uma causa fixa algumas psiquiatras defendem a tese de que seria um distúrbio na glândula pineal a glândula que produz cerotonina (o hormônio da felicidade) estudos já comprovaram que mediuns possuem a pineal calcificada com cristais de apatita uma pedra capaz de captar ondas eletromagnéticas quanto maior a capacidade mediunica mais cristais na glândula pineal e esses cristais também prejudicam o funcionamento da glândula pineal (assim como os esquizofrenicos!), outro grupo de psiquiatras acreditam que não tenha uma causa física e seja desencadeado através da vivencia o que daria abertura para a tanto a mediunidade quanto para a obsessão já que não seria um problema físico. entendo que você baseie sua vida nas obras básicas porem de 1863 para 2010 muita coisa mudou a própria esquizofrenia foi descoberta no séc XIX or Emil Kraepelin portanto não me surpreende que isso não conste nas obras básicas visto que não era um problema pertinente na época, mais agradeço pela sua opinião ela certamente (com a sua permissão) constara no meu livro =]

Ok Iasmin, mas por enquanto vamos ficando com o que a doutrina estabelece certo?
abraços,
Moura
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Rangell em 13 de Agosto de 2010, 23:19
moura amigo sou Espírita, médium curador e me deparo com esse tipo de situação de forma freqüente.E você amigo qual é sua experiencia prática do espiritual?
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: iasmin duarte em 13 de Agosto de 2010, 23:23
Rangell, estou fazendo um estudo sério sobre esquizofrenia já que você tem experiência você se importaria em me contar?
desde já agradeço sua colaboração =]
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mourarego em 13 de Agosto de 2010, 23:26
Rangel,
esse problema é só seu, a pergunta feita foi  em que obra codificada está o ensino que embasa o seu pensamento anterior?
A esta o amigo não respondeu e a mim pouco importa oi que o amigo faz ou diga que seja.
E só para responder a essa frase bombástica sobre essa nova a falácia sobre prática, o que se faz aqui é prática Espírita meu amigo, pois debater, elucidar, aprender junto a tantos sobre uma doutr8ina no caso a Espírita também é uma prática, pena que o amigo não saiba...
simples assim.
Abraços,
Moura
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mourarego em 13 de Agosto de 2010, 23:28
Rangell, estou fazendo um estudo sério sobre esquizofrenia já que você tem experiência você se importaria em me contar?
desde já agradeço sua colaboração =]

Amiga Iasmin,
por favor desfaça uma curiosidade deste seu amigo: A amiga pertence a área da psquiatria, ou psiquiatria, ou seja tem diploma na área?
Abração,
Moura
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: iasmin duarte em 13 de Agosto de 2010, 23:36
hahaha na verdade não eu estudo por minha conta, minha avó foi internada com esquizofrenia no pinel e minha tia também. então desde pequena eu estudo muito essas doenças já ouvi vários especialistas e agora estou fazendo um estudo mais especifico com o espiritismo, mais profissionalmente eu vou começar agora a faculdade de economia e não tenho diploma em área nenhuma tenho apenas 18 anos xD

o hospital psiquiatra que trabalho é somente como voluntária: dando banho, levando pra passear , lendo histórias etc =]
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Rangell em 13 de Agosto de 2010, 23:38
Iasmin amiga estou a disposto a tirar todas as suas duvidas, mas pelo que vejo e leio este forum  é acessado por estudiosos da verdade que discriminan os pensamentos alheios.
André Luiz é bastante claro para que nos alonguemos em qualquer consideração.
Cada médium com sua mente.
Cada mente com seus raios, personalizando observações e interpretações.
Bom , como disse JESUS cada um comforme suas obras.
e-mail rangel22_sa@hotmail.com
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mourarego em 13 de Agosto de 2010, 23:46
o hospital psiquiatra que trabalho é somente como voluntária: dando banho, levando pra passear , lendo histórias etc =]

Obrigado amiga, pela informação.
abraços,
Moura
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mariazinha C.Valenti em 14 de Agosto de 2010, 11:32
Oi amigos,
De forma algulma pretendo me impor como dona da verdade, pois a vedade pertence a Deus. Mas, tanto estudando como exercendo trabalhos práticos mediúnicos, conseguimos aprender algumas coisas.
Quando Jesus diz: "Vá e não peques mais"  acho que quiz  dizer: corrija-se dos defeitos, para cortar a sintonia com as trévas.  Quando diz: "Conhecereis a Verdade e a verdade vos libertará" quer dizer eleva-se atravez dos conhecimentos para saber se defender.
A Esquisofrenia, é uma doença mental que precisa ser tratada com medicamentos, portanto, com acompanhamento médico, mas, a Mediunidade de "provas"  quando não educada devidamente pode ser confundida com qualqluer doença mental. Se o paciente conciliar o tratamento médico com o Espiritual e mais os conhecimentos Evangelico-doutrinário  vai adquirindo meios de se defender, porque fecha os canais negativos de sintonia e automáticamente  abre os positivos.  Assim possibilita a assimilação dos tratamentos.

Fraternidade e carinho a todos - Mariazinha
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mourarego em 14 de Agosto de 2010, 18:12
Mariazinha,
permita-me mas não existe "mediunidade de provas", quem inventou essa coisa ou estava "chapado" ou estava em franca obsessão.
Provas e expiações quem passa é o Espírito e não por meio de alguma faculdade medianímica, simplesmente as sofre e ponto.
Outro ponto a ser considerado é que mediunidade tal como a faculdade medianimica, quando se a tem, já vem pronta, portanto educa-se ao médium no que tange ao treinamento da característica de tal faculdade e não a ela em sim esse treinamento faz do médium melhor dotado para exercer, quando a tem tal e tal faculdade.
Por outra os canais negativos ou positivos,  isso é um excrescência amiga, a moral do médium é que o torna mais sensível a influenciações boas ou más.
Esta a doutrina.
abração,
Moura
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mariazinha C.Valenti em 16 de Agosto de 2010, 22:21
oi amigos
Texto colhido no livro "A Vida Nossa de Cada Dia"
Quando se nota anormalidade no comportamento de uma pessoa, o primeiro a fazer é um bom tratamento Espiritual, em seguida uma Escola, isso para certificar-se de que ela é realmente Médiium, ou uma pessoa doente ou perturbada.
A Escola de Educação Mediúnica é de suma importância.
Exisste a Mediunidade Natural e a de Provas.
A difeença: Mediunidade de provas nos é cedida e programada para o desempenho de uma tarefa com a qual resgatamos débitos, que adquimos no passado, com ela buscamos experiências nescessária ao nosso adiantamento.
Teremos que prestar contas dela, porque nos foi confiada.
A Mediunidade Natural:  é aquela que todos possuem e que em muitos está latente.
Ela vem a se desenvolver através da vivência e do aprimoramento. As experiências adquiridas vão colaborando para o desenvolvimento das faculdades mentai, perfazendo as conquistas do Espíritos, aumentando a percepção, a visão e a sensibilidade no estado normal da pessoa.
Acreditamos que essa Mediunidade se desenvolve naturalmente, paralela À inteligência e a moralização da pessoa.  É um aprimoramento das faculdades mentais e qualidades morais.  Portanto é uma conquista do Espírito. Faz parte da elevação Espiritual do ser humano.

Muita Paz a todos  -  Mariazinha
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: AnaVelasquez em 16 de Agosto de 2010, 23:35

Há de se observar que a mediunidade e a esquizofrenia devem ser sempre consideradas de forma distinta.
Muitos médiuns foram taxados de portadores de doença mental, como muitos ainda o são, por mentes atrasadas e preconceituosas, mas a esquizofrenia não é um indicativo de mediunidade.
ABRAÇOS A TODOS!
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: jorge romanholi em 17 de Agosto de 2010, 00:07
A esquizofrenia é uma psicose que aparece, na maioria dos casos, em jovens, caracterizando-se por distúrbios de afetividade e demência precoce, causando freqüentes fenômenos de audição de vozes, visões e alucinações que, para a Ciência, têm origem apenas na mente transtornada.
É a mais grave e mais freqüente psicose endógena, caracterizando-se pela dissociação da vida mental, que desagrega as associações de idéias, a afetividade e conduz a uma forma peculiar com autismo, ausências.
Segundo o Dicionário de Psicanálise, de Elizabeth Roudinesco e Michel Plon (Jorge Zahar Editor), e Vocabulário Contemporâneo de Psicanálise, de David E. Zimerman (Ed. 2001 da Artmed), é um termo cunhado em 1911 por Eugen Bleuler, para designar uma forma de loucura a que Emil Kraepelin dera o nome de “demência precoce”, e cujos sintomas fundamentais são a incoerência do pensamento, da afetividade e da ação, o ensimesmamento (ou autismo) e uma atividade delirante. Na Psiquiatria e na Psicanálise, o termo impôs-se para caracterizar, ao lado da paranóia e da psicose maníaco-depressiva, um dos três componentes modernos da psicose em geral. Freud usou a denominação de neurose narcisista – e também parafrenia – e considerava que a característica principal dessa psicopatologia psicótica consistia num desapego da libido do mundo exterior e sua regressão para o ego, diferentemente das neuroses, nas quais a libido é investida em objetos substitutos. Freud estabeleceu a diferença entre a esquizofrenia e a paranóia, mas sem se aprofundar nos transtornos esquizofrênicos.
A Ciência fica confusa e se perde diante da maioria dos casos de esquizofrenia, pois os exames clínicos geral e neurológico nada acusam, bem como não se registram alterações na consciência e síndromes psico-orgânicas.
A Engenharia Genética tem pesquisado a estrutura dos genes, concluindo que existe uma mutação que pode levar à esquizofrenia, geralmente associada à necessidade incontrolável de fumar.
Para a Doutrina do Amanhecer, a esquizofrenia é resultante de um fenômeno de obsessão  decorrente da mediunidade mal conduzida e não desenvolvida, desencadeando no sistema nervoso os mais perigosos fenômenos alucinatórios: vivências delirantes e alucinadas, desagregação do pensamento, dos sentimentos e da escala de valores, condutas discordantes, alterações do “Eu”, evoluindo para estados de deterioração da personalidade, com prejuízo predominante na vida afetiva e nas atividades.
O Homem precisa ter consciência de seu tempo na Terra e no Astral, usando toda a sua sabedoria e sua força para trabalhar com amor, na Lei do Auxílio. No seu interior psíquico deve dar vazão à casualidade, superando os insultos que lhe podem transtornar a mente, lançando-o em infelizes estados alucinatórios que denominados esquizofrenia.
 “Falamos muito de consciência ou peso de consciência.
No entanto, é preciso constância, o que mais falta ao Homem, e também ter a razão do tempo, na Terra e no Astral.
No interior psíquico, damos vazão à casualidade, pelos insultos transtornando a mente.
E os infelizes estados alucinatórios, sem saber, vão integrando as margens da esquizofrenia. São freqüentes os fenômenos de vozes, visões, de alucinações que a própria esquizofrenia produz.
Esquizofrenia, efeito da mediunidade, isto sim, alterações relacionadas com o sistema nervoso em relação ao mecanismo são as mais freqüentes, as mais perigosas, nos fenômenos alucinatórios.”
 “Se a consciência falhar, entra no quadro de regressão, porém sem qualquer prejuízo do destino traçado aqui na Terra.
Somente a esquizofrenia dá esse direito, porque os esquizofrênicos recebem pelo seu triste compromisso. O esquizofrênico é atingido em seus dois sistemas: cérebro-espinhal, que serve às ações e movimentos controlados pelo perispírito;  e o vago-simpático, que realiza as funções da vida vegetativa.
Somente os grandes cientistas voltam com esse compromisso, para desafiar sua Ciência sem a Ciência de Deus!
Porém, ainda não conseguiram porque, sem Deus, o Homem não se encontra senão com sua própria esquizofrenia.
Em resumo: o Iniciado que fez sua consagração consciente só irá errar se for esquizofrênico. Estaciona, porém não regride.
A regressão, repito, não tira nada físico e não muda o curso da vida. Apenas, perdendo sua proteção, o mesmo sofra mais, uma vez que a proteção o vinha ajudando
“Vem, então, o caso dos esquizofrênicos. A esquizofrenia é o mal mais comum em nossos dias. É um caso perigoso de ser diagnosticado, pois são supersticiosos. É difícil, porém, com carinho e força, tudo evolui. Deve ser analisada sem qualquer comentário ao alcance do paciente.
Existe a esquizofrenia por uma pena passiva; a esquizofrenia ativa e a esquizofrenia hereditária - a mais perigosa, porque envolve toda a família. É um elítrio em cobrança, anulando a personalidade e se reajustando. Nobres entre nobres, espíritos de reais tiranos! E, por último, a esquizofrenia de Horus: O portador é todo diferente, é o mais complicado de todos os médiuns, criando um porte altaneiro, procurando discutir suas teses e, muitas vezes, nos deixa incapacitados de um raciocínio normal. Chegamos até a pensar que suas explicações são convincentes.
É preciso, então, uma psicologia toda especial: Fazer-se humilde, fingindo gostar de seus esclarecimentos, mas, sem perder tempo, instruí-lo sobre a Doutrina, explicando-lhe a  fazendo-a em seu favor.


Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Aidian em 07 de Outubro de 2010, 21:38
Caro amigo Moura, antes de tudo quero agradecer a oportunidade de poder discutir/esclarecer assunto que tanto me chama atenção há várias décadas. Dentro de algumas famílias, como a minha, há comprovados casos de transtornos mentais de forma geral. Dados estes comprovados por peritos na psiquiatria. Levando alguns destes ao suicídio, outros ao uso de álcool como forma esconder-se através de um véu transparente; isolamento social; marginalização pela sociedade dita normal; falências absoluta de tudo a que qualquer "normal" necessita: família,amigos,trabalho,respeito... Outros muitos a isolamento num qualquer Hospital Psiquiátrico.  Já outros, com muita sorte, após atravessarem todo este vale de lágrimas, usando muitas vezes como última cartada e abominando a roleta russa com a vida, inesplicavelmente, repito, magicamente, conseguem de fato consideráveis melhoras junto à respeitáveis e consideradas Casas Espíritas. Enfim, quizera eu ter descoberto este último caminho... Deus! Quantos ainda estariam entre nós e eu, por minha vez, não teria que "levar" este peso até meu ajuste final!
Abração e muita luz caro Moura
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mourarego em 08 de Outubro de 2010, 16:28
Vamos deixar de dfar à doutrina um poder e um quinhão que ela nunca quise ter, propagou ou alrdeou.
A esquisofrênia é doença psíquica, e quem a tem a desenvolver-se deve procurar um psiquiatra.
Nenhum fumante pode ser levado à esquisofrênica pelo mau hábito de fumar, beber, ou qualquer outro cometimento que o faça já em excesso. Assim só acontece se ele já tiver em gérmen  esta doença. Mas ai, ele a desenvolverá, no a igreja, nos templos budistas, no ateísmo ou em qualquer outra condição, já que o gérmen em desenvolvimento não trás caracteres religiosos ou filosóficos.
abraços,
Moura
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: JORGE LL em 28 de Outubro de 2010, 11:16
Prezados senhores:
Sendo familiar de uma pessoa portadora de esquizofrenia aos 15 anos.   Ela se encontra em tratamento psiquiátrico e com terapia cognitiva, no entanto tenho um desejo enorme de ajudá-la no cotidiano.      Assim  gostaria de orientações por quem vive situação semelhante e até mesmo por pessoas portadora de tal acometimento afim de  melhorar  a rotina de convivência.       
A pessoa que sito ficou dois anos em atividades escolares sem aproveitamento, porém sempre foi boa aluna e agora demonstra grande interesse em retornar.   Desejo contribuir para minimizar a frustração e baixo-estima se vier.
Peço e faço alguns questionamentos que abaixo descrevo:
- como fazer do ponto de vista prático para melhorar as atividades cognitivas como concentração e memória ?
- como minimizar as inquietações ?
- como estimular fazer atividades físicas já que as inquietações as desestimulam ?
- existe alguma terapia alternativa a cognitiva que possa ajudar ?
- existe algum medicamento homeopático / fitoterápico que traz algum benefício comprovado?
- o seguimento na doutrina espírita traz consequências benéficas  comprovadas ?
Grato.
Jorge – e-mail:   universoxyj.123@gmail.com   
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mourarego em 28 de Outubro de 2010, 17:35
Jorge meu mano,
você que passa por este tormento já que tem na familia um portador desta patologia, deve ter resposta clara.
O espiritismo não trata da patologia esquisofrenia, não oferece receitas, nem procedimentos.
Na verdade, a doutrina tem como foco a transformação do ser encarnado.
O amigo já deve ter o seu parente sendo tratado por um especialista, confie nele mas sempre peça uma outra opinião médica.
No teor da doutrina o amigo pode fazer preces por esta pessoa, que sempre vão surtir efeitos.
Portanto,  se receber alguma opinião sobre tratamento confira com quem lhe der a opinião se a pessoa é médico e da área, ser apenas Espírita não adianta, Aliás tratar-se-á de crime previsto no código penal, o crime de falsa qualidade.
abraços,
Moura
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mariazinha C.Valenti em 28 de Outubro de 2010, 23:22
Amigo Jorge
Atendo no plantao de orientaçao e encaminhamento em uma grande casa Espirita ha mais ou menos 45 anos .Ja atendi muitos casos de esquisofrenia. Devo lhe dizer que o Espiritismo nao cura a doença, mas, pode amenizar muito os sintomas , uma vez que trata as perturbaçoes paralelas . Sem interromper o tratamento medico encaminhe a pessoa para um tratamento Espiritual numa boa casa Espirita. Incentive a frequentar os cursos que a casa oferece e tambem as leituras recomendadas pela casa . Com os conhecimentos ,mesmo que precarios, ela vai colaborar para uma boa melhora.

Boa sorte meu irmao  Mariazinha 
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Luiz Claudio Bezerra em 02 de Novembro de 2010, 03:53
Ola,pela primeira vez entro neste forum espirita e o que acho dois amigos,nao mais  que isso IRMAOS,que pelo jeito se dizem espiritas,um que vai sair do forum o outro nao sei,claro que cada um tem a sua verdade,mas nao precisamos disso tudo,precisamos parar e pensar um pouquinho mais em nossas atitudes,para nao magoarmos nossos irmaos com respostas mal dadas ou algo mais.Sejamos irmaos amigos e companheiros de jornada e nao desistamos tao facil,que possamos discutir,criticar mais com respeito ao proximo,e temos que estar prontos a ouvir as verdades as criticas construtivas e que possamos nos entender como irmaos e espiritas que dizemos SER,um abraco do amigo e irmao claudio se assim vos posso chamar.
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Emmanuelina em 02 de Novembro de 2010, 23:14
Nestas resposta dadas por Emmanuel atraves de Chico Xavier, vemos que na essencia a esquizofrenia, tem sua causa na culpa, e o efeito está no desequilibrio do quimismo cerebral.

99 — A origem das moléstias   
P — Como é que os Amigos Espirituais interpretam a origem das moléstias mentais complexas como, por exemplo, a esquizofrenia? Ela terá cura?
R — Eles observam, muitas vezes, que nascemos com processos alusivos a moléstias chamadas incuráveis, como resultados de complexos de culpas adquiridos por nós mesmos em existências passadas. Por exemplo: um homem extermina a vida de outro homem e parte para o Além; a vítima perdoou ao verdugo, mas a consciência do verdugo não concordou com esse perdão, e ele continua com o remorso, com o problema da culpa a lhe estragar a tranquilidade íntima. Dessa forma, os pensamentos de remorso percutem sobre o corpo espiritual e determinam o desequilíbrio da distribuição dos agentes químicos do organismo, já que, em verdade, cada um de nós tem determinada farmácia na sua própria vida íntima e as substâncias químicas perdem o seu nível ideal, particularmente no cérebro, a cabine por onde o Espírito se manifesta. Adquirindo culpas intensas e profundas, é muito natural que a criatura renasça com problemas de esquizofrenia, mas acreditamos que a Ciência, mais tarde, segundo a necessária permissão do Alto, sanará perfeitamente a moléstia em descobrindo, com o amparo da Misericórdia Divina, o caminho para restabelecer o nível de distribuição das substâncias químicas no cérebro enfermiço, para que essa distribuição atinja a circulação desejável.
Entrevistas – Emmanuel/Chico Xavier

4. — Por que razões a esquizofrenia surge na idade infantil ou mesmo depois da puberdade, quando a vida da criatura começa a desabrochar em plenitude de esperança e promessa?
A esquizofrenia, na essência, decorre de transformações de caráter negativo no quimismo da vida cerebral. Esse problema, no entanto, procede da Vida Espiritual, antes do processo reencarnatório, de vez que o problema da culpa, instalado em nós, por nós mesmos, na experiência terrestre, se transfere conosco, pela desencarnação, no rumo do Mais Além. Muitas vezes, atravessamos condições de vida purgatorial, no Outro Mundo, mas somos devolvidos à Terra mesmo, aos núcleos habitacionais em que as nossas culpas foram adquiridas, e, frequentemente, carreamos conosco as telas da esquizofrenia. Quando o processo da esquizofrenização se patenteia violento, eis que as perturbações consequentes se manifestam na criatura em período de desenvolvimento infantil, mas na maioria dos casos a esquizofrenia aparece depois da puberdade ou logo após a maioridade física. Os Instrutores Espirituais são unânimes em afirmar que esse desequilíbrio decorre de nossos próprios débitos, nas áreas das forças espirituais de que dispomos no campo da própria consciência. 
Chico Xavier em Goiânia — Entrevistas — Emmanuel
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mourarego em 03 de Novembro de 2010, 15:42
Amiga Emannuelina,
agora me explique onde está a base de doutrina para afirmação de Emmanuel, via Chico?
Emmanuel dá a opinião dele, mas como não faz doutrina ficamos ai não é mesmo?
abraços,
Moura
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Emmanuelina em 05 de Novembro de 2010, 16:29
Amigo Moura,

Diria que estão detalhados nas respostas acima, de modo muito didático e prático, o cumprimento perfeito da Lei de Causa e Efeito pelo processo da reencarnação, quando "cada um colhe aquilo que plantou". No caso, Emmanuel-Chico especifica cientificamente o que podemos constatar na psiquiatria humana, demonstrando, ao mesmo tempo, que a Bondade de Deus usa as circunstâncias geradas pelas ações da criatura para educá-la essencialmente. É assim que a Lei de Amor vigente no
Universo se revela a todos nós!

Gostaria de saber se segundo seu conhecimento doutrinario, há algo na resposta de Emmanuel vai contra o que nos ensina  os Espiritos na Codificaçao?

Paz no seu coraçao.
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mourarego em 05 de Novembro de 2010, 16:48
Maninha Emmanuelina.
Chico não faz doutrina ou seja, nada do que ele trouxe pode ser considerado doutrina, mas sim opinião pessoal do Espírito que ditou.
Isso sim é doutrina e se encontra bem exposto no item dois da introdução ao ESE e no capítulo I de A Gênese, bem como na Revista Espírita., todas obras puramente doutrinárias.
Abração,
Moura
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Praiero! em 05 de Novembro de 2010, 17:00
kkkkkk, posso ate rir ao ler esse topico, pois tenho isso que a medicina chamou de esquizofrenia e tenha certeza que voce pode usa-la para potencializar seu lado positivo sim, acredito que o estudo do evagelho e o tratamento espiritual pode abrir canais magicos e em alguns casos, ou no meu caso pelo menos, te faz perceber a vida de uma forma muito mais profunda, ao ponto de adquirir um magnetismo impar capaz de tocar as pessoas ate no pensamento ... é sem duvida uma grande provação essa experiencia pois a tendencia é te taxarem de louco, mas acredito que em alguns caso a pessoa tem uma conexão muito forte com a natureza que supera ate comunicabilidade com os espiritos, acho que a coisa é mais profunda quando se trata o assunto da esquizofrenia, principalmente se ela é direcionada com alegria de viver e a certeza de que a fatores espirituais estao ligados a ela.

Abraços em todos
Fiquem com Deus


   
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mourarego em 06 de Novembro de 2010, 14:12
Diz o ditado popular e com se sabe, a voz do povo é a voz de Deus, Praiero.
"muito riso, pouco siso".
Logo, atribuo a muita exposição ao sol da praia essa sua intervenção.
Verifique se não está com insolação.
Você diz, "acredito que o estudo do evagelho e o tratamento espiritual pode abrir canais magicos", esqueça. na doutrina não há nem mágicas ou magias ou mágicos.
Pior ainda, diz que "te faz perceber a vida de uma forma muito mais profunda, ao ponto de adquirir um magnetismo impar capaz de tocar as pessoas ate no pensamento ... ", esqueça.
Esquisofrenia é uma doença, e uma causa ruim não trás frutos bons meu amigo, a ciência diz: "é um transtorno psíquico severo que se caracteriza classicamente pelos seguintes sintomas: alterações do pensamento, alucinações (visuais, cinestésicas, e sobretudo auditivas), delírios e alterações no contato com a realidade. Junto da paranoia (transtorno delirante persistente, na CID-10) e dos transtornos graves do humor (a antiga psicose maníaco-depressiva, hoje fragmentada na CID-10 em episódio maníaco, episódio depressivo grave e transtorno bipolar), as esquizofrenias compõem o grupo das Psicoses"
ai está, de um lado a ciência comprovando a afirmação que eu fiz retirada de outra afirmação esta feita pelo codificador.
Amigo, antes de rir tenha por conduta mostrar a base na qual se fundamenta e a base doutrinária que certifique a sua postagem.
Abraços,
Moura
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Emmanuelina em 06 de Novembro de 2010, 17:27
Amigo Moura,

Emmanuel/Chico nao faz doutrina, e isto é claro, pois a DE ja está feita há 150 anos, e eu conheço o CUEE.
A questão não essa. Vc me perguntou “agora me explique onde está a base de doutrina para afirmação de Emmanuel, via Chico?” E eu te pergunto novamente, onde não há a base, onde há contradição aos princípios e leis contidos no LE?
Emmanuel apenas jogou luz sobre uma situação utilizando dos princípios e leis contidos na DE. Mas isso eu já te disse isso.

O trabalho de Paulo Tarso, que nem discípulo de Jesus foi, mas se tornou apostolo, pelo vivencias e pelejas, não faz parte do Evangelho do Senhor, mas o que seria o Cristianismo Nascente sem as lutas de Paulo pela unidade do Evangelho?

Então com invalidar o trabalho de Chico Xavier, falo o trabalho(livros), não estou falando do médium.
O trabalho de Chico Xavier não é DE, mas sempre esteve a serviço da sua divulgação, dos seus ensinos, ele não criou nem principio e nem lei que já não estivesse codificada na DE.

Até.
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mourarego em 07 de Novembro de 2010, 14:15
Amiga Emmanuelina,
Emmanuel não é um Espírito superior, está abaixo destes, logo a resposta lhe vai em forma de outra pergunta: pode, um Espírito de menor qualidade que um Superior, trazer mais luz que as informações que já são doutrina, trazidas por Espíritos superiores e aprovadas pelo CUEE?
A resposta vai encerrar este nosso papo, claro.
abração,
Moura
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Emmanuelina em 08 de Novembro de 2010, 20:27
Amigo Moura,

Nossa conversa vai se encerrar sim, porque eu nao vou debater com voce a superiodade ou nao-superiodade de Emmanuel. Que alias nao está em pauta. O que importa é conteudo e nao o nome como nos ensina Kardec.

Bye.
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mourarego em 09 de Novembro de 2010, 13:48
Na falta de lastro, amiga Emmanuelina, as frases de efeito sempre aparecem.
Abração,
Moura
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: AugustoCésar em 27 de Junho de 2011, 03:17
O tópico tem boas contribuições e gostaria de dar a minha.

Há uma confusão grande (e não é só em fóruns espíritas sobre o assunto) em 3 níveis mas algumas das dúvidas estão definidas já.

Todo médium é louco? Não. Mediunidade enquanto prática que ocorre dentro dos centros espíritas tem uma lógica bem definida. Não é "loucura", não é esquizofrenia.

Os médiuns tem alguma "marca" de esquizofrenia? Não. Foi citado um estudo sobre a pineal, mas a pineal não é um local onde alterações são descritas mais comumente na esquizofenia. Há estudiosos brasileiros inclusive estudando ambas as questões: alterações cerebrais na mediunidade e na esquizofrenia, na última, os estudiosos estão chegando agora a alguns pontos que todos concordam.

As manifestações mediúnicas usam algum "caminho" por onde os sintomas da esquizofrenia se manifestam? Para responder isto seria necessário que soubéssemos com clareza e exatidão um e outro, o que não é o caso, por isto, qualquer fala neste sentido, é achismo. nada contra o achismo, ams precismaos destacar que sou eu que acho, é minha opinião e conviver bem com as opiniões dos outros. :)

O espiritismo pode colaborar no tratamento dos esquizofrênicos? Sim. Espiritismo é uma prática cultural que pode ser benéfica sim como muitas outras. Afirmar que curamos o transtorno ou que somos essenciais e que só se pode entender esquizofrenia à luz do espiritismo é opinião.

No centro, eu pergunto o que o indivíduo está procurando, se quer participar do centro, como todo mundo, vai fazer e frequentar o que der conta e gostar.

Os esquizofrênicos com diagnóstico já definido que já aocmpanhei tiveram muitas dificuldades em se adaptar a todas as atividades e em todos os ambientes, mesmo dentro de suas casas.

Alguns "esquizofrênicos", porém, "sararam" milagrosamente e então, a rigor, numa avaliação posterior do caso, encontrava histórias que apontavam mais problemas psicológicos com sintomatologia parecida que o transtorno psicótico estável que recebe o nome que estamos discutindo aqui.

A causa da esquizofrenia é influência espiritual? esta pergunta é muito vaga. Numa definição mais ampla, sim. Tudo que ocorre em nosso mundo é por influência espiritual, no mínimo, influência do espírito reencarnado.

Sendo bem específico, todos os sintomas da esquizofrenia decorrem da influência dos espíritos desencarnados? Parece que não. Pode-se especular, baseado no que estamos informados sobe o que ocorre no processo de comunicação mediúnica, que alguns sintomas podem decorrer de influênica espiritual mas outros, mais importantes no diagnóstico do quadro, naõ podem.

Infelizmente para nós, conhecemos pouco das questões do funcionamento do cérebro e menos ainda da interação cérebro - espírito, por isto, só podemos especular mas há ditados  mediúnicos que falam coisas que pelo menos eu gosto de ler por ir de encontro com o que eu acho interessante acreditar: a esquizofrenia seria uma prova (toda doença teria este caráter) cuja causa tem a ver com culpas passadas (o que não é novidade nenhuma) que desarranjam a estrutura do cérebro.

Um esquizofrênico em crise parece com um médium ostensivo? Para mim, hoje, não. Em outros momentos de minha vida já tive dúvidas, mas o tempo me esclareceu todas. Médiuns tem funcionalidade (vivem suas vidas normalmente), esquizofrênicos na sua forma clássica não (precisam de ajuda de medicamento e outros recursos para contornar seus sintomas).
Título: Re: esquizofrenia X mediunidade ostensiva
Enviado por: Mourarego em 27 de Junho de 2011, 15:59
Mano Augusto, vou lhe responder dentro de seu próprio texto ok?


O tópico tem boas contribuições e gostaria de dar a minha.

Há uma confusão grande (e não é só em fóruns espíritas sobre o assunto) em 3 níveis mas algumas das dúvidas estão definidas já.

Todo médium é louco? Não. Mediunidade enquanto prática que ocorre dentro dos centros espíritas tem uma lógica bem definida. Não é "loucura", não é esquizofrenia.

EU: Na verdade a mediunidade,é um atributo comum a qualquer ser encarnado, humano, naturalmente.
A ocorrência desta se dá nos mais diferentes locais,igrejas,templos, praças públicas, CEs, ou em casa mesmo.
Divaldo por exemplo psicografa em casa, Raul Teixeira também. Logo não está restrita.
Outro senão que gostaria de esclarecer, a prática se dá não pela mediunidade em si, mas sim pelo uso de qualquer das faculdades medianímicas que o médium possua.

Os médiuns tem alguma "marca" de esquizofrenia? Não. Foi citado um estudo sobre a pineal, mas a pineal não é um local onde alterações são descritas mais comumente na esquizofenia. Há estudiosos brasileiros inclusive estudando ambas as questões: alterações cerebrais na mediunidade e na esquizofrenia, na última, os estudiosos estão chegando agora a alguns pontos que todos concordam.

EU: É dito pela imensa maioria daqueles que têm formação médica na área que a glândula pineal, dita como sendo o centro da mediunidade por poucos, vem se atrofiando, tal como aconteceu como o nosso apêndice.
Sendo assim cabe a questão: atrofiada a glândula não se vai ter mais médiuns, não é certo?

As manifestações mediúnicas usam algum "caminho" por onde os sintomas da esquizofrenia se manifestam? Para responder isto seria necessário que soubéssemos com clareza e exatidão um e outro, o que não é o caso, por isto, qualquer fala neste sentido, é achismo. nada contra o achismo, ams precismaos destacar que sou eu que acho, é minha opinião e conviver bem com as opiniões dos outros. :)

EU: O caminho é a emanação perispiritual pois este é o agente das sensações do Espírito ensina a doutrina. OU seja:Tudo se dá de perispírito a perispírito.

O espiritismo pode colaborar no tratamento dos esquizofrênicos? Sim. Espiritismo é uma prática cultural que pode ser benéfica sim como muitas outras. Afirmar que curamos o transtorno ou que somos essenciais e que só se pode entender esquizofrenia à luz do espiritismo é opinião.

No centro, eu pergunto o que o indivíduo está procurando, se quer participar do centro, como todo mundo, vai fazer e frequentar o que der conta e gostar.

Os esquizofrênicos com diagnóstico já definido que já aocmpanhei tiveram muitas dificuldades em se adaptar a todas as atividades e em todos os ambientes, mesmo dentro de suas casas.

Alguns "esquizofrênicos", porém, "sararam" milagrosamente e então, a rigor, numa avaliação posterior do caso, encontrava histórias que apontavam mais problemas psicológicos com sintomatologia parecida que o transtorno psicótico estável que recebe o nome que estamos discutindo aqui.

A causa da esquizofrenia é influência espiritual? esta pergunta é muito vaga. Numa definição mais ampla, sim. Tudo que ocorre em nosso mundo é por influência espiritual, no mínimo, influência do espírito reencarnado.

EU: Opa! Há um erro crasso logo ao começo de sua resposta. Esquisofrenia, loucura etc nada têm a ver com mediunidade. Isso é afirmado no LM.

Sendo bem específico, todos os sintomas da esquizofrenia decorrem da influência dos espíritos desencarnados? Parece que não. Pode-se especular, baseado no que estamos informados sobe o que ocorre no processo de comunicação mediúnica, que alguns sintomas podem decorrer de influênica espiritual mas outros, mais importantes no diagnóstico do quadro, naõ podem.

EU:Pode afirmar que não, puramente, mano Augusto.

Infelizmente para nós, conhecemos pouco das questões do funcionamento do cérebro e menos ainda da interação cérebro - espírito, por isto, só podemos especular mas há ditados  mediúnicos que falam coisas que pelo menos eu gosto de ler por ir de encontro com o que eu acho interessante acreditar: a esquizofrenia seria uma prova (toda doença teria este caráter) cuja causa tem a ver com culpas passadas (o que não é novidade nenhuma) que desarranjam a estrutura do cérebro.

Um esquizofrênico em crise parece com um médium ostensivo? Para mim, hoje, não. Em outros momentos de minha vida já tive dúvidas, mas o tempo me esclareceu todas. Médiuns tem funcionalidade (vivem suas vidas normalmente), esquizofrênicos na sua forma clássica não (precisam de ajuda de medicamento e outros recursos para contornar seus sintomas).
Abraços,
Moura