Forum Espirita

CODIFICAÇÃO => O Livro dos Espíritos => Tópico iniciado por: ALISSON CLESSIO em 04 de Agosto de 2011, 03:59

Título: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: ALISSON CLESSIO em 04 de Agosto de 2011, 03:59
Oi, Irmãos muita paz,

Em relação as questões 44 a 47 do Livro dos Espíritos.

A espécie humana surgiu no seu tempo certo e na hora certa de acordo com a vontade de DEUS, na introdução vemos Allan Kardec, resumir os pontos principais da Doutrina Espirita, entre eles; "Entre as diferentes espécies de seres corpóreos, Deus escolheu a espécie humana para a encarnação dos Espíritos que chegaram a certo grau de desenvolvimento, dando-lhe superioridade moral e intelectual sobre as outras".

Logo não somos dessedentes dos primatas?
 
A Evolução só se dá Moral e Intelectual?

Irmãos, me tirem  essa dúvida.
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 04 de Agosto de 2011, 13:15
Olá, amigo. Esta questão é uma das mais controvertidas no meio espírita, pois sugere várias interpretações. Não há um consenso nem mesmo entre os espíritos da codificação.

Veja que esta mesma questão que vc postou foi interpretada de uma forma, e, eu, ja interpretei de outra. Veja abaixo:

"Entre as diferentes espécies de seres corpóreos, Deus escolheu a espécie humana para a encarnação dos Espíritos que chegaram a certo grau de desenvolvimento, dando-lhe superioridade moral e intelectual sobre as outras".

Antes de encarnar na espécie humana, onde estes espíritos estavam encarnados?


Abraços

Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: filhodobino em 04 de Agosto de 2011, 14:02
Oi, Irmãos muita paz,

Em relação as questões 44 a 47 do Livro dos Espíritos.

A espécie humana surgiu no seu tempo certo e na hora certa de acordo com a vontade de DEUS, na introdução vemos Allan Kardec, resumir os pontos principais da Doutrina Espirita, entre eles; "Entre as diferentes espécies de seres corpóreos, Deus escolheu a espécie humana para a encarnação dos Espíritos que chegaram a certo grau de desenvolvimento, dando-lhe superioridade moral e intelectual sobre as outras".

Logo não somos dessedentes dos primatas?
 
A Evolução só se dá Moral e Intelectual?

Irmãos, me tirem  essa dúvida.

Amado irmão,
o filhodobino pensa assim, dentro do que aprendi com a doutrina Espírita...
O principio inteligente individualizado, se individua nos aspectos morais, e se exercita em inteligencia, em conjunto com os processos coletivos, em quaisquer épocas que humanidade viva sua experiência...
Exemplo:
A ferramenta excitadora do orgulho, para proporcionar percepções ao evoluendo, independe se as oportunidades se deram nos primeiros jogos olímpicos, no inicio dos jogos modernos ou na última olimpíada.
A síndrome provocada pelo lugar mais alto do podium, pode tanto ser estimulo da melhor qualidade, ou provocar efeitos colaterais enormes no psiquismo do evoluendo, (falo aqui do meu entendimento do que seja o lívre-arbítrio), dependendo da forma pela qual o mesmo assimilar esse estímulo.
Não percebo mal... apenas formas que conduzem o evoluendo mais suavemente pela senda, ou de forma mais espinhosa, todavia não há males sem curas...
Se a intenção do amigo é sanar dúvida acerca do que o aprimoramento da matéria, pode melhorar no aprimoramento da evolução, o filhodobino pensa que somente as boas técnicas de educação e comunicação, são verazes melhores...
O filhodobino não enxerga que melhorias fisiológicas animalizadas, possam ajudar muito, todavia crê em formas mais facilitadoras...
Saúde e Paz!
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 04 de Agosto de 2011, 14:08
Logo não somos dessedentes dos primatas?
Não tinha observado esta conclusão.

Segundo penso, não somos descendentes dos primatas, nem de qualquer animal terreste, visto que o elo que liga os animais aos homens não deve se dar neste planeta, pois, os corpos dos animais terrestres são muito inferiores ao da especie humana e o processo de evolução muito lento. 

Na Revista Espírita, 1858, Bernard Palissy nos da uma descrição do planeta Jupter na qual os animais deste planeta são parecidos com o Homo neanderthalensis da terra. 

Kardec nos diz o seguinte sobre esta descrição de Palissy: "pedimos às pessoas desejosas de aprofundarem seriamente essa ciência nova, estudarem com cuidado esse quadro e dele se compenetrarem; nele encontra-rão a chave de mais de um mistério".(Pag. 47 ed. online)


Bom, o resto é com vc. Estude e tire suas conclusões.

Abrços
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Hebe M C em 04 de Agosto de 2011, 14:13
FILOSOFIA ESPÍRITA - VOLUME I
 
Questão 47 comentada
CAPÍTULO 47
0047/LE
ORIGEM DO HOMEM
 
O corpo físico certamente é filho da Terra, como é filho do espaço cósmico, como é obra de Deus, que o estruturou pelas mãos sábias do Cristo. Nas várias mensagens falamos sempre um pouco da formação do homem-corpo, como falamos do homem-Espírito, os dois afinizando-se para uma luta em comum. Tudo evolui no grande esquema de Deus.
O corpo humano vem de priscas eras, de degrau a degrau, em uma subida indescritível no sistema de despertamento dos valores, aqueles talentos espirituais que . existem em tudo e desabrocham em todos os lugares em busca de Deus. Nada existe morto no universo, tudo vive e tudo pulsa em função de engrandecer-se. O esquema do corpo humano foi feito há bilhões de anos pelos engenheiros siderais. Foram marcados de etapa a etapa os escalões evolutivos, para que o Espírito pudesse despertar mais depressa as qualidades que lhe dormem no fundo d'alma. Tudo foi feito com a perfeição dos que construíram, faltando apenas o despertamento dos valores.
A usina humana que serve ao Espírito imortal ainda tem muito que melhorar, para que no amanhã possa servir de instrumento a Espíritos altamente evoluídos e, por vezes, tornar-se um corpo quase fluídico. Isso é trabalho do tempo, juntamente com o espaço e os esforços assinalados pelas inteligências encarnadas e desencarnadas, que trabalham na Terra.
Podemos fazer uma fraca comparação, que serve para certo esclarecimento: o espermatozóide da Terra, acasalando-se com o óvulo do espaço cósmico, foi progredindo e avançando de transformação em transformação, até chegar na marca do tempo, para nos mostrar a beleza da vida onde o Espírito pudesse ingressar para novos aprendizados, preso na vestimenta da carne. O corpo humano é uma glória da natureza, correspondendo à ambição do Espírito para que este se libertasse das condições grosseiras e abrisse os olhos à luz do sol espiritual.
O homem veio da Terra, como não? É o homem-corpo, que volta para ela, retomando à sua origem. O ser espiritual passa para o mundo que lhe é próprio, em seqüência de fazer os céticos crerem em um poder maior, que a tudo dirige na maior harmonia que se pode perceber. Essa força é o Deus de que todos falamos, e ao qual sempre pedimos as bênçãos: é o Deus do Amor.
Se o corpo veio da Terra, encontra o Espírito que veio de Deus, para uma missão grandiosa no enriquecimento dos valores que correspondem aos encontros. Para tanto, existem as reencarnações quantas forem necessárias, até o término do curso que lhes cabe fazer, envolvidos nos limites da matéria.
Concitamos a todos que estão na Terra, dependendo dela para elevar-se, que aproveitem as oportunidades. As condições de se educar são muito grandes e os meios de aprendermos são favoráveis. Principalmente no momento que atravessamos, descem dos céus chuvas de livros ao toque da música celestial, nos mostrando como aprender, como servir, como entender, e como amar, nos ajudando a libertar das peias da ignorância. Os livros espíritas são cursos espirituais, como sendo a misericórdia divina, ajudando os homens a compreenderem melhor a vida, aproveitando o tempo nas urdiduras do espaço. Lê, mas estuda, sem esquecer a aplicação no dia-a-dia. Pedimos a Jesus que abençoe os teus esforços.
 

FILOSOFIA ESPÍRITA - VOLUME I
 
Questão 48 comentada
CAPÍTULO 48
0048/LE
APARECIMENTO DO HOMEM
 
Até então não podemos determinar a época em que surgiu o homem na Terra, bem como os seres vivos em geral. Essa data se perde nos arquivos da natureza. Somente é dado revelar aos homens aquilo que se lhes pode falar. A evolução é um livro que vai se abrindo aos poucos, para aqueles que crescem pela força do progresso. O que se pode fazer é uma estimativa, como sempre. A idade é como se fosse um registro humano, as barreiras se interpõem à vontade e nos perdemos nas nossas deduções.
Somente sabemos que o homem é o ser mais novo na casa terrestre. Ele é, pois, a herança de gigantescos esforços da natureza, que vem subindo de degrau a degrau, assinalando a sua posição como tipo aprimorado no laboratório da vida. Nós estamos em época de ganhar tempo e fazer crescer a fraternidade na Terra. Se nos empenharmos somente em conhecer os primórdios dos nossos ancestrais, se somente nos preocuparmos com as ciências que nos levam a conhecer o corpo somático, diminuiremos os nossos conhecimentos sobre a alma, dos quais tanto carecemos. Procuremos estudar o Espírito e, por vezes, seus corpos que lhes servem de instrumentos na grande jornada evolutiva. Que as outras ciências fiquem para depois, depois que aprendermos a amar e a reconhecer a necessidade de servir.
Quanto mais se descobrem remédios no mundo físico, mais surgem doenças e desequilíbrios. Remédios podem servir para remediar as situações, enquanto não se conhece a verdadeira fonte dos infortúnios. A medicina oficial se esqueceu e ainda não tem condições para diagnosticar as causas verdadeiras de todas as doenças, para então encontrar o remédio eficaz, de todas as enfermidades. Será que não é melhor procurar saber quando é que apareceu o ódio na Terra? Iremos assombrar-nos com a sua idade e esse medo nos levará a combatê-lo pela raiz. Assim seria com o ciúme, a inveja, a maledicência, etc.
Todos sonhamos com um paraíso terrestre e espiritual, para nós e toda a humanidade, mas esquecemos que esse paraíso haverá de ser conquistado, formado dentro de nós, para que ele se enraíze por fora. Não podemos ser felizes com a infelicidade alheia. Qualquer coisa que estivermos desperdiçando, provocará falta em algum lugar. O homem espiritualizado tem o dever de orar, pedindo na súplica a ajuda de Deus, para que ele possa fazer o que deve ser feito.
Esse desequilíbrio que notamos na economia de uma nação, e certamente na Terra, é prova evidente dos desequilíbrios das criaturas. É o c arma pesado, individual e coletivo, da humanidade. A solução é a mudança de costumes dos homens, é a transformação dos conceitos da vida, é começar na grande escola que existe e que se chama lar. Ele é, pois a célula que pode garantir a harmonia de todos os povos, se o Evangelho for vivido dentro dele. O culto do Evangelho no lar é o primeiro passo para o despertamento espiritual. Ao nascer, a criança recebe as primeiras sugestões do Amor através dos ensinamentos do Cristo, e essa criança vai crescendo envolvida na dignidade e no dever, no amor de uns para com os outros, dedicando-se à caridade por onde passar. Encontraremos, então, uma juventude esclarecida, com uma visão maior do futuro. E neste regime poderá aparecer o novo homem na Terra, o homem de luz, que desconhece as trevas. As escolas que o orientam são escolas de paz.
Depois que a Terra for transformada na esperada terra da promissão, não haverá mais guerras, nem fome, peste ou contradições entre os homens. Tudo será harmonia. A humanidade, desfrutando a felicidade, perderá essa ansiedade de querer saber o impossível. Somente desejará o que a própria evolução comportar. E o homem verdadeiro começará a surgir, desde essa época, na Terra.

 

Pelo Espírito Miramez


Um abç
Hebe
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: filhodobino em 04 de Agosto de 2011, 15:15
Oi, Irmãos muita paz,
Em relação as questões 44 a 47 do Livro dos Espíritos.
Logo não somos dessedentes dos primatas?
A Evolução só se dá Moral e Intelectual?
Irmãos, me tirem  essa dúvida.
Amado irmão,
o filhodobino pensa assim, dentro do que aprendi com a doutrina Espírita...
O principio inteligente individualizado, se individua nos aspectos morais, e se exercita em inteligencia, em conjunto com os processos coletivos, em quaisquer épocas que humanidade viva sua experiência...

O filhodobino não enxerga que melhorias fisiológicas animalizadas, possam ajudar muito, todavia crê em formas mais facilitadoras...
Saúde e Paz!

Dizendo a mesma coisa de outra maneira...
Sob a nossa pele, tanto quanto sob o pelo e ou couro e ou penas e ou escamas, de todos os outros nossos irmãos, há três sistemas que proporcionam interação adequada ao biotipo, no qual estagia em evolução um princípio inteligente, se individualizando, para individuar-se...
A cada biotipo, a fisiologia foi desenvolvida, em processos milenares, tais que se prestaram sempre a fornecer sua carcaça carnal a um evoluendo nas condições tais que sempre serviram aos Espíritos, oportunidades de em estarem exercitando suas inteligencias ao mesmo tempo adjudicando também evolução pela intelectualização da matéria.
Nos humanos há(a grosso modo de dizer) dois sistemas nervosos importantes que regulam a interação do principio individualizante ao corpo, responsáveis que são: pela estimulação de órgãos como a bexiga, e o aparelho digestivo, as glândulas, seus canais e a corrente sanguínea outro que se responsabiliza pela estimulação dos músculos, articulações e tendões do esqueleto e outros órgãos que trabalham na manutenção do equilíbrio, da postura e na execução dos movimentos...
O terceiro sistema é ainda mais variado de acordo com cada biotipo e se responsabiliza pelo "sentir" perceber e executar o que for preciso para seu sucesso que está envolvido com o cheirar, o tato, o frio ou calor, a palatabilidade essencial na seleção e mutação dos fatores nutricionais, visando adaptação.
Esse "sentir", também permite aos humanos se adaptar até com as religiões que professam, segundo as vontades individuais...
O filhodobino não teme que seu DNA seja noventa e tantos porcento semelhante ao do rato, pois o filhodobino nem é rato, nem é "esse véio careca gordo e barrigudo que a luz me mostra no espelho"...
filhodobino é outra coisa, que não sabe explicar direito... mas É...

Então filhodobino só louva-a-Deus, com "Dê" maiúsculo, para diferenciar do irmão voador, pela oportunidade de viver e aprender...
Filhodobino se preocupa só com as coisas do Espírito, eterno e suas necessidades para evoluir.

Saúde e Paz!
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Hebe M C em 04 de Agosto de 2011, 15:28
Penso que toda a espécie evolui, mas cada uma na sua sequencia.
Pode ser que o ser humano tenha tido aspecto e inteligencia semelhante aos macacos no principio ao encarnar na Terra, mas não fazia parte da mesma cadeia evolutiva.

Trouxe um capítulo interessante.

Gênese segundo o Espiritismo


Doutrina dos anjos decaídos e da perda do paraíso
Os mundos progridem na proporção do progresso moral de seus habitantes. Por ocasião da ascensão hierárquica de um mundo, sofre mutação sua população encarnada e desencarnada, quando então os espíritos que perseveram no mal "apesar de sua inteligência e do seu saber" são exilados para mundos menos adiantados, alguns ainda "na infância da barbárie". Lá, passarão a aplicar sua "inteligência e a intuição dos conhecimentos que adquiriram ao progresso daqueles entre os quais passam a viver". A intuitiva lembrança que guardam de seu mundo de origem é para eles como um paraíso que perderam por sua própria culpa. Para os habitantes de seu novo "hábitat" são tidos como anjos decaídos.
A Terra recebeu espíritos exilados de um mundo mais adiantado, embora não despojados de seu orgulho e maus instintos - a raça adâmica - cuja missão foi a de fazer progredir os homens, que se encontravam em estado primitivo de desenvolvimento.
Cristo foi o Salvador prometido por Deus, que lhes ensinou a Lei do Amor e da Caridade, mostrando o caminho para merecerem a "felicidade dos eleitos".
A teoria do "pecado original" implica numa relação entre as almas nascidas no tempo de Adão e no tempo de Cristo, ou seja, espíritos reencarnados - quando então se justifica o envio de um Salvador aos espíritos exilados ao tempo de Adão, ainda manchados de vícios. O pecado original é ,assim, "peculiar a cada indivíduo e não resultado da responsabilidade da falta de outrem a quem jamais conheceu". A missão do Cristo só é concebível admitindo-se a reencarnação das mesmas almas, esclarecendo-lhes quanto às vidas passadas e quanto ao futuro que as aguarda após despojarem-se de suas imperfeições.
Os espíritos podem estacionar em seu desenvolvimento, mas nunca regredir. Assim, os espíritos exilados para um mundo inferior, conservam seu desenvolvimento moral e intelectual, apesar do meio onde se encontram.
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Mourarego em 04 de Agosto de 2011, 15:53
A Espécie humana, amigos, conquanto falemos apenas da parte física, assemelha-se a dos grandes símios, mas reparem, fiz questão de colocar "assemelha-se", logo, nem igualdade guarda para com estes.
Apesar de o homem, estar no mesmo reino, (Animal), é deste uma Espécie que no dizer dos Espíritos Superiores, o coloca como um ser especial, dotado de atributos que nenhum outro animal os tenha.
Por isso é que é considerado um ser a parte na creação.
Abraços,
Moura
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: filhodobino em 04 de Agosto de 2011, 16:03
Amados,
No que tange à inteligencia o filhodobino aprendeu com DE e é da seguinte forma que pensa, embora não feche questão nem encerra em verdade:...

Inteligência é atributo do Espírito, e no encarnado faculta-lhe como ir a um poço apanhar agua, apanha na conformidade de seu vasilhame...
Há uma espécie, (se assim podemos exprimir) de inteligência instintiva, desenvolvida ao longo das era incognoscíveis, da qual o ser encarnado, usa e lhe é extremamente útil, e essa essência, é que vai amoldando às suas necessidades evolutivas de cada individuo...
Essa essência inteligente instintiva, é em boa parte nos encarnados silvícolas e outros menos desenvolvidos diferenciada em qualidade moral e intelectiva, na conformidade com o vasilhame do encarnado.
Filhodobino entende inteligência, como algo que evolui nas creaturas de Deus, que associadas ao sentimento, se enobrece infalivelmente. É portanto diferente de conformidade com o status da Creatura, não sendo no entanto estanques, para esse ou para aquele...
Todavia, vejo ainda incapacidade na creatura, desenvolvê-la na máquina, como perseguem alguns adeptos da robótica, como os alquimistas que dotaram-nos das ciências quimicas.

Saúde e Paz!
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: jrmarin em 04 de Agosto de 2011, 20:55
ola a todos! Embora é proclamado que "a vida dorme nos minerais, vibra nos vegetais e agita-se nos animais" eu PENSO que todas as cadeias possa ter um mesmo núcleo como principio, porem uma vez dentro de uma cadeia evolutiva, só acontece progressão dentro do mesmo "reino", e que embora animal, o homem por contar com inteligencia teve evolução dentro do reino "hominal". (no LE é dito q o fluido universal, principio de tudo é puro mistério).
paz e luz
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: filhodobino em 04 de Agosto de 2011, 22:27
Ninguem ainda questionou sobre a hipóteses de que podemos ser criações dos espíritos superiores, como os robôs são criações humanas. Penso que esta questão resolveria muitas lacunas, inclusive dos animais.

Prefiro não me prender a nenhuma hipótese em particular e ser aberto a todas.

Amado irmão,
Essa era a idéia base do criador de Flash Gordon e foi a idéia base de Steven Spielberg, assim o penso...
Saúde e Paz!
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 04 de Agosto de 2011, 23:14
Talvez não tenha entendido minha hipótese, meu caro, porque, segundo penso, as idéias não são patentiadas no mundo espiritual.

A ciência, em menos de uma década, descobriu várias coisas que corroboram com a idéia de que o homem criará um corpo tão humano quanto o nosso. O mapeamento do genoma humano, a célula sintética de Craig Venter, a interação entre cerebro e máquina de Miguel Nicolellis, e agora uma rede neural artificial, além de milhares de outras coisas na área da genética, nanotecnologia e nanorobótica.

Não vejo pq não chegará um dia criar um corpo humano tão perfeito quanto o nosso. Só não sei se será possível criar um que os espíritos possam encarnar, mas, segundo penso, nossa tecnologia já está tão avançada, e, além disso, os cientitas sugerem que entre 2020 até 2040 a ciencia dará um salto tão grande, que não vejo pq não pensar que em mundos superiores os espíritos ja tenham criado corpos humanos como os nossos capazes de receber um espírito. Só não conjeturo como eles trouxeram para a terra. Isso seria outra discussão.

Veja estas notícias.

Nosso nóbel:
http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=rede-neural-artificial-dna&id=010150110721

Rede neural sintética:
http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=rede-neural-artificial-dna&id=010150110721

Porque o futuro não precisa de nós :
http://adrianodeaquino.blogspot.com/2007/12/poque-o-futuro-no-precisa-de-ns.html



abrçs
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Hebe M C em 04 de Agosto de 2011, 23:32
HamLacerda,
É dito no Livro dos Espíritos que o próprio Espírito modela seu perispírito a partir do FCU.
Assim como o seu corpo físico será mais denso ou fluídico de acordo com o mundo que habita dependendo do seu adiantamento moral. Ou virá para mundos mais atrasados em missão, sendo assim seu corpo será igual ao mundo que irá habitar.
Não são os Espíritos Superiores que o modelam ou criam.
Assim como qualquer célula tronco que se transforma em qualquer tecido do corpo, tem que haver uma matriz, essa matriz ainda não foi descoberta, ou seja, é preciso tirar uma célula de um corpo já existente para que ele atue nos diversos tecidos.
Quem anima a matéria é o Espírito , ela existe somente para que ele se manifeste.
O homem por enquanto não cria, só recria em cima do que já existe.
Não sei se me fiz entender ou se fui confusa.
Aguardo o seu comentário
Um abç
Hebe
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Kazaoka em 05 de Agosto de 2011, 00:55
A nossa forma física humana, o nosso corpo como organização biológica com certeza evolui de formas mais rudimentares como a dos símios. Só que, naquela época, esta linhagem já tinha um arcabouço biológico, principalmente no que diz respeito às aptidões intelectuais, que ofereciam bases para receber um Ser espiritual como o Espírito humano. Dá para deduzir isso analisando os símios de hoje, mesmo na atualidade nota-se uma diferença de capacidade intelectual entre as espécies (orangotangos, chipanzés, gorilas, micos, etc.). A linhagem que serviu de habitáculo ao Espírito humano era susceptível de evoluir biologicamente em resposta aos estímulos criados pelo princípio que o animava.
O que é difícil para nós é separarmos nós Espíritos de nós matéria (hominal). Achamos que para sermos Espíritos humanos temos que estar presos a forma e organização biológica que temos hoje. Seremos sempre Espíritos e sempre humanos, independente de estarmos aqui na Terra ou no espaço, em uma outra morada das muitas (milhões no universo conhecido) da casa de nosso Pai.
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Hebe M C em 05 de Agosto de 2011, 01:20
Concordo Kazaoka.

Um abç
Hebe
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Kazaoka em 05 de Agosto de 2011, 01:31
A ciência pode sintetizar um ser e, quem sabe, até animá-lo. Mas, será que lhe dará vida (vitalidade, intelectualidade e moral). Ah!!! Moral, este atributo exclusivo do Espírito humano não nasce em uma poça d'água como explica a ciência sobre a origem da vida na terra.
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 05 de Agosto de 2011, 01:50
A ciência pode sintetizar um ser e, quem sabe, até animá-lo. Mas, será que lhe dará vida (vitalidade, intelectualidade e moral). Ah!!! Moral, este atributo exclusivo do Espírito humano não nasce em uma poça d'água como explica a ciência sobre a origem da vida na terra.
Mas é exatamente o que eu estou colocando para ser discutido, caro Kazaoka. Acho até meio dogmático não acreditar que a ciência possa criar um corpo humano e anima-lo.  Seria tomar as mesmas atitudes dos evangélicos e ortodoxos, dos quais, mesmo mostrando na frente deles, eles não acreditariam. Isso pra mim é questão de tempo. A ciência avançou muito nessa ultima década e especula-se que dará um salto na próxima. Conjectura-se até que criará humanoides tão inteligentes que serão capazes de exterminar a espécie humana ou farão seus escravos. Muitos cientistas estão convictos que isso acontecerá e estão com muito medo (claro que isso é na visão científica, não na visão espírita, uma vez que sabemos que isso não acontecerá, tendo em vista as leis Divinas) e o mundo científico está em euforia com as novas descobertas da nano genética e no campo da nano robótica.

A dúvida é se ela, a ciência, poderá "criar" um corpo humano capaz de um espírito encarnar.


Sobre o que Hebe disse, penso que não é nada impossível para os espíritos superiores criarem um corpo capaz de ser moldado ou receber as impressões através do perispírito, ou , conforme as ações morais dos espíritos, uma vez que o perispírito também é matéria.


Deem uma olhada nestes links

http://www.mphp.org/ciencia-e-tecnologia/singularidade-tecnologica-e-nanotecnologia.html

http://techbits.com.br/2006/a-singularidade-esta-proxima/
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Kazaoka em 05 de Agosto de 2011, 02:20
Hamlacerda,
tudo bem que temos liberdade de pensar, deduzir, raciocinar, divagar, etc.
Esta questão da ciência terrena abrir concorrência com o Criador, dos humanóides escravizar os humanos, etc., são visões que nem cabe-nos queimar nossos fosfatos com tais suposições. Mas para amenizar a nossa mente, vamos imaginar que tudo isso venha a acontecer. Certamente nós Espíritos humanos não estaremos reencarnando por aqui para sermos ferramentas de robôs e nem para sermos Espíritos de laboratórios. Este mundo estará sob os cuidados de Deus e dos que Ele designar para isso ou tiverem suas responsabilidades(culpas) pela situação que aqui venha imperar.
"A cada um, segundo suas obras"
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 05 de Agosto de 2011, 03:07
Mas Kazaoka, vc deu ênfase logo na parte que eu abri parêntesis!

O que eu disse é que a ciência, embora uma parte esteja convicta, nunca conseguirá "criar" humanoides que destruirão ou escravizarão a terra. Criará humanoides, como "criou" a bomba atômica, isso eu acredito, entretanto, criar é uma coisa destruir é outra.

Isso eu disse somente para enfatizar as possibilidades que os cientistas estão achando que serão capazes com as novas tecnologias.


Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 05 de Agosto de 2011, 03:53
Sei que está longe de ser um animal como o nosso, mas vejam os os cientistas conseguiram.

 (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PUZnX0pjS1NIVXRRJmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZCNhdD0zNjg=)


E essa?


Conheçam o robo de inteligência artificial SOINN


Este robô pode pensar, aprender e agir por si mesmo usando inteligência artificial. Ele está sendo desenvolvido pelo Grupo Hasegawa no Instituto de Tecnologia de Tóquio.

Usando uma tecnologia chamada de uma rede neural auto-replicante, ou SOINN (Self-Organizing Network Neural Incremental), ele pode pensar como os humanos quando se depara com tarefas que nunca fez antes. Ele pode fazer suposições e decisões com base em sua experiência passada e conhecimento.

Bem como informações sensoriais do robô, em forma de visual, auditivo e tátil de dados, SOINN obtém informações de outras fontes, incluindo a Internet e outros robôs experiências e conhecimento. Desta forma, torna-se gradualmente mais inteligente.

     "Por exemplo, suponha que este robô não sabe como fazer chá, e é enviado para uma pessoa idosa que vive sozinha. E suponha que a pessoa pede para fazer uma xícara de chá verde. O robô não sabe, por isso pede informações a robôs em todo o mundo como fazer chá. Suponha, por exemplo, que um robô no Reino Unido diz-lhe como fazer o chá de estilo britânico. Nós pensamos que este robô vai se tornar capaz de transferir esse conhecimento para sua situação imediata, e fazer o chá verde usando um bule de chá japonesa. "

http://sekai-onigiri.blogspot.com/2011/08/conhecam-o-robo-de-inteligencia.html

Robot That Can Learn, Think And Act By Itself #DigInfo (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU9DMlRUc2xmX1lNJmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZCN3cw==)
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 05 de Agosto de 2011, 03:56
O corpo humano é somente uma máquina...




Britânico deve ter alta após receber coração de plástico
Atualizado em  2 de agosto, 2011 - 14:51 (Brasília) 17:51 GMT

(http://wscdn.bbc.co.uk/worldservice/assets/images/2011/08/02/110802162453_matthew_green_pa_304x171_pa.jpg)
Matthew Green (centro), com sua família e o motor portátil de seu coração artificial (PA)

Green (ao centro, com sua família) usará um mortor portátil para manter seu coração funcionando

Um paciente de 40 anos que chegou perto da morte por falência cardíaca poderá voltar para casa, após receber um implante de coração artificial em um hospital britânico.

Após ter seu coração substituído por um órgão de plástico no Papworth Hospital, em Cambridge, Inglaterra, Matthew Green vai aguardar em casa um doador para um transplante permanente.

Acredita-se que seja a primeira vez que um paciente britânico vai para casa com o órgão artificial implantado. Na grande maioria dos casos, por razões de segurança e para facilitar seu monitoramento, os pacientes nestas condições ficam internados.

Cerca de 900 operações desse tipo foram feitas no mundo.

Segundo o cirurgião cardiologista Steven Tsui, diretor do serviço de transplantes do hospital, havia riscos de que o londrino Green não sobrevivesse enquanto aguardava na lista de espera por um transplante.

"A lista do hospital tem uma média constante de 30 pessoas aguardando um transplante", explicou Tsui. "Um terço dos pacientes fica esperando por mais de um ano." [...]

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2011/08/110802_britanico_coracao_artificial_mv.shtml

------------------------------------------------------------------------------------------------

Esta também é bastante antiga.


Cientistas criam fígado artificial

Milhões de brasileiros convivem com doenças do fígado, como a hepatite C e a cirrose. Nesse complexo órgão, ocorre a maior parte das reações metabólicas do organismo e a purificação do sangue. A falência hepática significa quase uma sentença de morte. É muito difícil encontrar doadores compatíveis para um transplante bem-sucedido. Graças à engenharia de tecidos e à ousadia de um cientista turco, esses pacientes começam a vislumbrar uma esperança de cura. Korkut Uygun, do Centro de Engenharia Médica do Hospital Geral de Massachusetts, ajudou a criar em laboratório pelo menos 20 fígados que se mostraram funcionais. Cinco deles foram implantados em camundongos.

A ideia de produzir fígados artificiais foi inspirada pela fabricação de um coração pulsante sintético — a façanha da médica norte-americana Doris Taylor, da Universidade de Minnesota, foi publicada dois anos atrás pela revista científica Nature Medicine. “Não achávamos que fosse funcionar para o fígado. Ao contrário desse órgão, o coração tem uma matriz extracelular muito fina”, explica Korkut, em entrevista ao Correio, por e-mail. O que ele e seus colegas fizeram foi usar um detergente especial para lavar o fígado cujas células são inviáveis. O resultado da lavagem é uma carapuça (matriz) descelularizada, dotada de microarquitetura e de vasos sanguíneos. “Usamos esses vasos para repovoar a matriz com células hepáticas”, afirma Korkut. Em um estudo secundário, Korkut obteve um grande número de células de alta qualidade, a partir de fígados danificados. “Para nossa surpresa, depois da retirada das células, a matriz reteve o formato e o comportamento do fígado”, acrescenta.

(http://imgsapp2.correiobraziliense.com.br/app/noticia_127983242361/2010/06/16/197910/20100616084156739691i.jpg)
Sequência de fígados que foram lavados para eliminar células danificadas e que depois foram reprovados por células boas

O cientista de Massachusetts lembra que milhares de pacientes morrem a cada ano. Em alguns casos, nem mesmo o transplante é solução de cura. Isso porque o fígado ficou bastante danificado, após não ter sido abastecido com oxigênio e sangue por muito tempo. “A ideia é usar esses órgãos danificados apenas para criar um enxerto transplantado. Após a lavagem da matriz e o repovoamento com células, mantemos o fígado no laboratório, por alguns dias, para que elas possam se reconectar e restabelecer suas funções”, comenta o coautor do estudo divulgado também pela Nature Medicine.

O processo
A pesquisa teve duas fases. A primeira etapa foi manter os fígados recelularizados em biorreatores, o que permite uma avaliação sobre como eles realizam certas funções específicas. “Por exemplo, vemos como o órgão produz albumina, uma proteína necessária para manter a pressão osmótica no sangue. Também medimos a produção de enzimas responsáveis pela eliminação de toxinas do sangue”, relata Korkut. De acordo com ele, os resultados comprovaram que o fígado recelularizado preservou a maior parte das especializações do fígado natural, ainda que não tão perfeitamente. “Testamos mais de 20 fígados recelularizados. Cinco deles foram transplantados em camundongos. Para analisar se o novo órgão permaneceria intacto, nós o mantivemos por apenas oito horas. Tudo funcionou bem”, comemora.

O estudo pode abrir brecha para que, um dia, os médicos usem as células do paciente para fabricar um novo fígado, a partir do próprio órgão danificado. “Se formos bem-sucedidos, poderíamos usar essa técnica para tratar da falência hepática”, diz o turco, que vê na engenharia de tecidos uma excelente solução para um grande número de problemas da medicina. Ele reconhece, porém, que repetir o trabalho da natureza é um desafio “bastante complexo”. “Pesquisas intensas têm sido feitas há décadas, mas com poucos sucessos. Se formos realmente sortudos, poderemos fazer com que isso funcione em 10 anos”, garante. Ainda assim, Korkut prefere a cautela e faz uma recomendação à população em geral. “Eu não começaria a beber de forma contumaz, apostando que em 10 anos haverá um novo fígado à minha espera”, ironiza.
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 05 de Agosto de 2011, 04:02
A fábrica de pele


Laboratório alemão cria a primeira linha de montagem para produzir tecido humano em escala. Pode ser a salvação das cobaias

(http://revistagalileu.globo.com/Revista/Galileu2/foto/0,,52968085,00.jpg)

Ó UMA PICADINHA: Robô corta e coleta amostra de tecido para reproduzi-lo em série num processo 100% automatizado
Crédito: Rafael Kroetz/Fraunhofer/divulgação

Um braço robótico leva os ingredientes de uma máquina para a outra. Eles passam por uma linha de montagem, onde são filtrados e misturados até se chegar ao produto final, pronto para a venda. Tudo automatizado, comandado à distância por um operador. Poderia ser a descrição de uma indústria química ou de alimentos, mas é da fábrica de pele inaugurada neste ano pelo Instituto Fraunhofer, na Alemanha, a primeira do mundo a produzir tecido humano em escala. Ela tem capacidade para entregar por mês 5 mil discos de pele pouco menores que uma moeda de um centavo, ao preço de 50 euros (cerca de R$ 120) a unidade. Ok, mas quem vai comprar isso?

O instituto, que aplica US$ 2,3 bilhões por ano em pesquisas de saúde, energia e comunicações, mira um mercado que deve se expandir. A União Europeia decidiu proibir, depois de 2013, a venda de cosméticos testados em animais. A pele feita em laboratórios é um dos procedimentos alternativos mais cotados para substituir as cobaias nessa tarefa. Outros clientes em potencial são as companhias farmacêuticas, já que também é melhor usar tecido humano para experimentar novos remédios do que ratinhos e coelhos. “A fábrica será importante ainda para produzir pele em transplantes”, diz a bioquímica alemã Heike Walles, diretora do projeto no instituto. O procedimento seria útil, por exemplo, na recuperação de pacientes que tiveram queimaduras graves.

A tecnologia de reproduzir partes de tecidos já existe em centros especializados, mas a fabricação em grande escala ainda não era feita. “Há poucas empresas no mundo que fazem pele reconstituída para cosméticos. A maioria produz membranas, culturas celulares mais simples. Fabricar em escala é um passo considerável”, diz o bioquímico Jadir Nunes, doutor pela Universidade de São Paulo e conselheiro da Associação Brasileira de Cosmetologia. O novo sistema alemão promete acelerar e baratear esse tipo de produção.

(http://revistagalileu.globo.com/Revista/Galileu2/foto/0,,52968142,00.jpg)

LINHA DE MONTAGEM

A fabricação de pele é uma espécie de replicação acelerada de tecidos obtidos com doadores voluntários. De acordo com os cientistas, cada doação de material humano é suficiente para 100 discos. Em um laboratório cercado por vidros para não haver contaminação, as máquinas trabalham sozinhas, comandadas do lado de fora por um especialista. Primeiro, picotam a amostra e filtram os pedacinhos. Depois, substâncias importantes para a replicação são extraídas e manipuladas, enquanto as células são “alimentadas” (confira o processo completo na próxima página). O resultado, a pele reconstituída, é uma substância esbranquiçada, mas que também pode adquirir outras tonalidades. “A vida é de 6 dias dentro da clínica”, explica Michaela Kaufmann, pesquisadora assistente do Instituto Fraunhofer.

(http://revistagalileu.globo.com/Revista/Galileu2/foto/0,,52968146,00.jpg)

[...]

http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI244240-17773,00-A+FABRICA+DE+PELE.html

Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 05 de Agosto de 2011, 04:06
Nosso Nobel

(http://blogs.estadao.com.br/link/files/2011/04/nicolelils.jpg)

Miguel Nicolelis não precisa ser reconhecido por mais ninguém – e nem ganhar o Nobel no qual é listado como eterno candidato – para provar que é o cientista brasileiro mais importante hoje. O paulistano da Bela Vista ganhou no ano passado um prêmio de mais de US$ 2,5 milhões (R$ 4,4 milhões) dos Institutos Nacionais de Saúde dos EUA (NIH, na sigla em inglês) que, distribuído ao longo de cinco anos, financiará sua pesquisa sobre a fusão entre homens e máquinas, cujos resultados vêm devolvendo a esperança para tetraplégicos e pacientes de Parkinson. Há mais vinte anos à frente de um laboratório na Universidade Duke, o neurocientista acaba de reunir suas ideias, teorias e descobertas em um livro publicado em março nos EUA e que chega em junho ao Brasil, pela Companhia das Letras, como Muito além do nosso eu – A nova neurociência que une cérebro e máquinas e como ela pode mudar nossas vidas.

Agora, ele se prepara para finalizar seus dois maiores projetos na vida: a construção de um polo de ciência em Macaíba, Natal, e a finalização de uma veste robótica que poderá fazer que tetraplégicos voltem a andar, usando só a força do pensamento. “É o que quero fazer com um adolescente brasileiro paralisado na abertura da Copa do Mundo de 2014. Não me interesso por prêmios. Esse sim é o meu maior sonho. Se tudo der certo, esse menino dará o pontapé inicial”, promete.

E, se tudo parece dar certo, o Nobel também parece mais próximo. O cientista foi convidado para apresentar um simpósio em plena Fundação Nobel, em Estocolmo, na Suécia. Pela primeira vez, os comitês responsáveis pelas premiações nas área da Medicina, Química e Física se reuniram para organizar um evento multidisciplinar, cujo tema é justamente a fusão homem-robô, assunto do qual ele é a maior autoridade no mundo.

Quais foram as descobertas mais importantes da neurociência nos últimos dez anos?
Primeiramente, ela possibilitou observar populações de células de uma dimensão que ninguém tinha visto ainda. No meu livro, separei dez princípios descobertos pela nova neurociência. Experimentos nos últimos dez anos mostraram, por exemplo, que o processamento não é localizado, mas distribuído. Que os neurônios podem participar de vários circuitos simultaneamente. Que o sistema incorpora ferramentas artificiais como extensões do modelo do seu próprio corpo. O nosso corpo não termina no epitélio, mas se estende até o limite da ferramenta que a gente usa sobre o controle do cérebro. E uma série de outras descobertas mais técnicas e específicas, mas que na minha opinião formam o corpo de uma nova ciência do cérebro.

A resposta de um membro biônico já é similar à do corpo? Pode explicar como o órgão se adapta a uma estrutura externa?
Mesmo se você enviar o sinal para o Japão e esperar ele voltar, é 20 milissegundos mais rápido do que o sinal que sai da cabeça e vai para o músculo do macaco. Mas, para que isso ocorra, o cérebro tem de ser retreinado. Esse é outro princípio, o da plasticidade, o cérebro pode se adaptar. Uma vez que você está usando um artefato robótico, artificial, o cérebro tem de remapear sua relação com ele. Nós medimos isso, pela primeira vez, em tempo real. Com isso, o que demonstramos foi a capacidade do corpo de se estender, a libertação dos limites físicos através do cérebro. A mente pode entrar em um diálogo bidirecional com outro dispositivo. Era isso que ninguém sabia ainda. Mas esse meu experimento ainda era uma parte básica da pesquisa. Na verdade, ele surgiu para tentar provar uma teoria de quase duzentos anos. Queríamos resolver essa questão, e conseguimos, mas, no processo, notamos que estávamos mexendo em uma área que tinha um enorme potencial clínico. Poderia realmente ajudar as pessoas.

(http://blogs.estadao.com.br/link/files/2011/05/macaco.jpg)

Quando isso poderá ser aplicado nas pessoas?
Nos próximos três anos e meio queremos fazer a demonstração do projeto Walk Again, um consórcio multinacional de pesquisadores de neurociência e robótica que está desenvolvendo uma estrutura robótica para fazer que tetraplégicos voltem a se movimentar com autonomia completa, apenas com a força do pensamento. Estamos concluindo a primeira fase, demonstrando que é possível extrair sinais de controle motor de todo o corpo. Já mostramos que isso é valido para os membros superiores e inferiores e agora podemos controlar o balanço e o equilíbrio, o que é fundamental para andar.

O primeiro protótipo do exoesqueleto já foi finalizado?
O exoesqueleto está sendo desenvolvido por um roboticista com o qual trabalho há muitos anos, Gordon Cheng. Está sendo finalizado agora, em Munique. Criamos uma versão que será controlada de forma autônoma por um macaco – o que ele pensar, a tecnologia reproduzirá. Será uma estrutura de corpo inteiro, muito similar à que estamos desenvolvendo para a aplicação clínica em pessoas. Claro que o macaco não vai sair jogando bola, mas, se demonstrarmos que ele pode ter autonomia de movimento, cumpriremos o objetivo final. Conseguimos mexer com três variáveis fundamentais: tempo – a tecnologia é mais veloz que o ‘hardware biológico’ –, espaço – o membro biônico pode estar em qualquer lugar do universo – e força – o cérebro pode movimentar um guindaste industrial ou uma ferramenta nanométrica com o mesmo esforço. O controle do robô mistura os sinais dos pensamentos com reflexos robóticos. É como se fosse o corpo da gente, que tem comandos central e local. Ele é movimentado por motores hidráulicos. É feito de um material muito leve, que, apesar de resistente, pode ser dobrado.

(http://blogs.estadao.com.br/link/files/2011/05/walkagain.jpg)

[...]

http://blogs.estadao.com.br/link/quero-fazer-um-tetraplegico-dar-o-pontape-inicial-da-copa-de-2014/
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 05 de Agosto de 2011, 04:10
Cérebro artificial ajudará a entender o cérebro biológico

(http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/imagens/010150110530-cerebro-artificial-2.jpg)
O objetivo não é criar um monstrengo para jogar xadrez ou pilotar uma nave espacial, mas compreender o mau funcionamento do cérebro humano, que leva a doenças como Parkinson e Alzheimer. [Imagem: Nevit Dilmen/Wikimedia]

Máquina única


Construir um cérebro artificial, copiado do verdadeiro, para entender como esta extraordinária máquina funciona e deixa de funcionar.

Esse é o desafio do Projeto Cérebro Humano, centrado na Escola Politécnica Federal de Lausanne (EPFL), na Suíça, mas incluindo pesquisadores de várias partes da Europa.

O projeto está agora disputando um financiamento da União Europeia de um bilhão de euros.

"60 mil artigos científicos sobre o cérebro são publicados anualmente", afirma Henry Markram. Em vez de deixar esses artigos dormindo nas bibliotecas, o Projeto Cérebro Humano pretende integrá-los para construir uma máquina única no mundo.

Cérebro artificial


Markram e seus colegas já estão trabalhando desde 2005 em um projeto de cérebro artificial, chamado Cérebro Azul (Blue Brain), o mais próximo tecnicamente possível do cérebro biológico.

Nesse caso, o trabalho foi realizado com técnicas de engenharia reversa: em vez de desenhar um objeto antes de ser construído, pega-se um objeto existente para depois preparar um plano.

O primeiro passo foi dado com as proteínas, essas moléculas grandes que formam as células, e em seguida com os neurônios, através dos quais passam as informações, e as células gliais que os alimentam e modulam as transmissões, feixes de íons que passam de uma célula a outra através de longos filamentos.

[...]

http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=cerebro-artificial&id=010150110530
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 05 de Agosto de 2011, 04:15
Está já é bem antiguinha...

DARPA contrata desenvolvimento do robô militar Cheetah e do humanóide Atlas

(http://planobrasil.com/images/cheetah/cheetah.jpg)

Agência de projetos de defesa americana DARPA contratou Boston Dynamics para 2 projetos: um quadrúpede e um humanóide.
O robô Cheetah terá uma espinha flexível, cabeça e pescoço articulados e, possivelmente, uma cauda.
Será capaz de acelerar rapidamente e fazer curvas fechadas para poder “perseguir ou fugir”, disse a companhia em um comunicado.

A Boston Dynamics diz Cheetah vai correr “mais rápido do que os mais rápidos corredores humanos.”
O segundo robô a construir, o humanóide Atlas, vai ter um tronco, dois braços e duas pernas, e será capaz de subir e fazer manobras em terrenos acidentados.
O robô “poderá por vezes, andar ereto como um bípede, às vezes virando de lado para passar através de passagens estreitas”, e às vezes usando suas mãos para maior sustentação e equilíbrio.
Atlas será baseado, em parte, em Petman , um robô antropomórfico desenvolvido para o exército dos EUA, ver foto.
Até recentemente, apenas as pernas do robô  tinham sido publicadas, mas agora a empresa tem revelado todo o corpo.
Atlas será diferente de humanóides existentes que usam técnicas estáticas para controlar seus movimentos, contando apenas com uma abordagem de controle dinâmico, a companhia disse.
“Ao contrário do Asimo da Honda, ea maioria dos outros robôs humanóides que você viu, o Atlas vai andar como um homem”, disse Rob Playter, da Boston Dynamics.
A empresa diz que os dois robôs se destacam por sua rapidez no uso da dinâmica, jogando ou balançando as pernas e os braços para manter o equilíbrio e superar os obstáculos.
Diz também que, além de aplicações militares, Chita e Atlas poderia encontrar usos em emergências, combate a incêndios, agricultura avançada, e as viagens de veículos em locais que são inacessíveis aos veículos convencionais de rodas e lagartas.

Fontes:    Boston Dynamics spectrum.ieee.org

(http://planobrasil.com/images/cheetah/atlas.jpg)

Petman 4.4 mph (Updated April 2010) (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PWphX1VzbVhWUFZrJmFtcDtmZWF0dXJlPXBsYXllcl9lbWJlZGRlZCN3cw==)
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 05 de Agosto de 2011, 04:45
Sinapse artificial memoriza e esquece como o cérebro

Redação do Site Inovação Tecnológica - 14/07/2011
Circuito sináptico memoriza e esquece como o cérebro


(http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/imagens/010810110714-pulso-ultrassom-cerebro.jpg)
Há anos os cientistas tentam emular o cérebro por meio de software. Mas um grupo de cientistas japoneses está adotando uma abordagem de hardware. [Imagem: ASU/Jamie Tyler]

Emulando o cérebro

Um grupo de pesquisadores japoneses desenvolveu um circuito eletrônico que imita o sistema de memorização e esquecimento que caracteriza o aprendizado do cérebro humano.

O "circuito sináptico" - um dispositivo totalmente de hardware - reproduz de forma totalmente autônoma dois fenômenos que são marcas registradas da atividade neural do cérebro: a memorização das informações necessárias e o esquecimento das informações desnecessárias.

Acredita-se que a memória seja o resultado de dois tipos de plasticidade sináptica: a plasticidade de curto prazo e a potenciação de longo prazo. Só os registros mais importantes - e, portanto, mais fortes ou mais intensos - passariam ao registro definitivo.

Os cientistas tentam há anos reproduzir esse comportamento neural do aprendizado, dentro do campo conhecido como engenharia neuromórfica.

Isso vem sendo tentado principalmente por meio de software, o que não é uma tarefa fácil devido à complexidade das interconexões verificadas nos processos neurais que dão sustentação ao pensamento.

Mas Takeo Ohno e seus colegas do Instituto Nacional de Ciência dos Materiais, no Japão, decidiram adotar uma abordagem de hardware.

(http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/imagens/010810110714-circuito-sinaptico-5.jpg)

Circuito sináptico

O circuito sináptico é essencialmente uma chave atômica de lacuna - onde a lacuna se refere a uma minúscula distância entre dois eletrodos -, que funciona como um memristor.

O componente é formado por um eletrodo de prata, recoberto com sulfeto de prata (Ag2S), e um contra-eletrodo de platina, com uma separação de um nanômetro entre eles - portanto, um componente totalmente inorgânico.

Seu funcionamento se dá pela formação e destruição de uma "ponte", formada por um átomo de prata, que se coloca entre os dois eletrodos. A ponte é construída e destruída controlando-se a reação eletroquímica (uma reação de estado sólido) do condutor híbrido iônico/eletrônico, ou eletroiônico, o sulfeto de prata.

A chave atômica tem dois estados de condutância: o primeiro é produzido por um sinal fraco, o que faz com que esse estado se degrade rapidamente; o outro é gerado por um sinal mais forte, o que exige um outro sinal igualmente forte que o anule.

[...]

http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=sinapse-artificial&id=010810110714
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: filhodobino em 05 de Agosto de 2011, 12:52
Amado Irmão,
Saúde e Paz!
Sem adentrar os aspectos técnicos, guiando-me embasado na manchete, à guisa de anti-tese, me lembro que o processador do meu pc também faz a mesma coisa...
Se lembra e mantém enquanto convém a execução do que preciso em memoria cache e depois quando mudo minha necessidade de execução de programa, esquece-se do anterior para lembrar do atual, e quando o desligo, esquece tudo, precisa até do boot para reiniciar direcionando dados e processando...
Saúde e Paz!
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Mourarego em 05 de Agosto de 2011, 15:02
Exatamente mano Lacerda,
e se não cogitaram disso é que se lembram que somos, com diz a obra codificada, creações de Deus.
Abraços,
Moura
Ninguem ainda questionou sobre a hipóteses de que podemos ser criações dos espíritos superiores, como os robôs são criações humanas. Penso que esta questão resolveria muitas lacunas, inclusive dos animais.

Prefiro não me prender a nenhuma hipótese em particular e ser aberto a todas.
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 05 de Agosto de 2011, 15:46
Uhé, Moura, até vc confundindo as coisas. Somos espíritos, caro amigo. O corpo não é outra coisa senão o instrumento de que o espírito se serve e sobre o qual, ao mesmo tempo, exerce sua ação. Estou apenas comparando o corpo humano com os corpos humanóides, assim como kardec comparou os corpos humanos com os corpos dos macacos, pois sabemos que a origem do corpo humano em nada prejudica o espírito, como diz kardec:

"Fique bem entendido que aqui unicamente se trata de uma hipótese, de modo algum posta como princípio, mas apresentada apenas para mostrar que a origem do corpo em nada prejudica o Espírito, que é o ser principal, e que a semelhança do corpo do homem com o do macaco não implica paridade entre o seu Espírito e o do macaco. (kardec, A Gênese. itém 15)


Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Mourarego em 06 de Agosto de 2011, 16:53
Não mano Lacerda,
veja, você não apenas compara os corpos mas lança uma hipótese que não pode encontrar base na doutrina a de sermos, como você explica aqui " podemos ser criações dos espíritos superiores".
Espíritos Superiores não cream nada, apenas Deus tem este poder.
Foi a isso que me referi e a que volto a reafirmar.
Abraços,
Moura
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Kazaoka em 06 de Agosto de 2011, 19:09
HamLacerda,
As vezes as colocações que fazemos em palavras escritas não transmitem a idéia e o sentimento que imprimimos a elas. Sou um fascinado pela ciência e por tudo que ela consegue avançar no conhecimento. tanto físico como metafísico.
Suas colocações não são nada contrário ao que vivenciamos hoje e, que as projeções para o futuro nos apontam como uma das probabilidades de que possam vir a acontecer. E o que colocamos são, também, deduções nossas, baseado no que encontramos na sequência lógica de raciocínio dentro do que a Doutrina dos Espíritos nos ensina. O que dissemos, volto a repetir, é que em situação como a ilustrada, com a Terra e as Almas que aqui habitam, sendo dominada pelas obras da ciência, quem deverá ter a responsabilidade de lidar com os efeitos, são os mesmos que arquitetaram a causa. E isso é notório em uma das Leis: "A semeadura é livre mas, a colheita é obrigatória".   
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: EsoEstudos em 06 de Agosto de 2011, 21:29


[...]

71. A inteligência é atributo do princípio vital?

“Não, pois que as plantas vivem e não pensam: só têm vida orgânica. A inteligência e a matéria são independentes, porquanto um corpo pode viver sem a inteligência. Mas, a inteligência só por meio dos órgãos materiais pode manifestar-se. Necessário é que o Espírito se una à matéria animalizada para intelectualizá-la.”

O trecho mais importante dessa informação é: Mas, a inteligência só por meio dos órgãos materiais pode manifestar-se.

Sob pena de existir uma autêntica impropriedade do ensino dos Espíritos, a informação é de meridiana clareza: a inteligência só pode se manifestar através de órgãos materiais.

Por óbvio não se está afirmando que a inteligência depende de órgãos do corpo físico humano para se manifestar. Absurdo dos absurdos, levaria à impossibilidade de haver inteligência individualizada além dos limites intrínsecos do assim chamado plano físico.

É o corpo espiritual que delimita e restringe a inteligência individualizada, não é verdade?

Mas então, por um mínimo de lógica, é de se ter à conta que esse corpo espiritual, psicossoma, perispírito (ou dê-se-lhe o nome que se der – p. ex. corpo astral), é um veículo material dotado de órgãos que servem à manifestação da inteligência individualizada.

Vejamos o que vem na sequência:

72. Qual a fonte da inteligência?

“Já o dissemos; a inteligência universal.”

a) - Poder-se-ia dizer que cada ser tira uma porção de inteligência da fonte universal e a assimila, como tira e assimila o princípio da vida material?

“Isto não passa de simples comparação, todavia inexata, porque a inteligência é uma faculdade própria de cada ser e constitui a sua individualidade moral. Demais, como sabeis, há coisas que ao homem não é dado penetrar e esta, por enquanto, é desse número.”

Portanto, a individualidade do ser pensante decorre de sua capacidade de pensar, que, por sua vez advém da inteligência universal, sendo certo também que só por meio dos órgãos materiais essa inteligência individualizada pode se manifestar.

Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/profile/?area=showposts;sa=messages;u=24563#ixzz1UHaDKlMu


O veículo de manifestação poderá até mesmo ser feito 100% de estruturas não orgânicas, desde que a interface de conexão com a essência pensante exista.

Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Kazaoka em 07 de Agosto de 2011, 02:32
Marco,
o que você coloca é doutrinariamente correto, nem necessitamos do futuro com suas ficções e incertezas para ter-mos confirmações de tais fatos. O princípio inteligente pode animar um corpo inorgânico, encontramos citações desta possibilidade até mesmo nos registros da era da Codificação, quando objetos como pranchetas, mesas, etc., adquiriam vitalidade e expressavam materialmente as impressões da inteligência que os animavam. Mas isto não deve ser entendido como uma encarnação do Espírito àqueles objetos, mas, sim como a injeção de uma energia capaz de alterar-lhe as propriedades e fazer-lhes prestar ao propósito que levou à aplicação desta força. É como utilizar o rádio para transmitir o som de nossas vozes ou a câmera  fotográfica para gravar imagens ou a TV para transmitir imagem e som, o nostálgico fio do telégrafo para decodificar mensagens por impulsos magnéticos. Todos estes instrumentos sofrem nossa impressão, manifestam nossa vontade mas não estamos intrínsecos a estes equipamentos, não fazemos parte deles.  Concluindo, a ciência já tem uma gama imensa de meios que facilitariam o intercâmbio com a esfera espiritual, dependo apenas da vontade dos de lá para usufruirem destas facilidades e, dentro da ciência espírita existe estudos sérios sobre esta questão, um destes estudos é a TCI (TransComunicação Instrumental)  como diz na própria codificação, os Espíritos, principalmente os de ordem superior, não estão à nossa disposição, nem para atenderem aos nossos caprichos e nem para responderem a questões que não estão em acordo aos propósitos das tarefas que lhes foram atribuidas. E imaginar a sintetização de uma organização material capaz de abrigar um Espírito reencarnante, dispensando o concurso da organização animal formada dentro das leis naturais da criação é uma coisa que levaria a uma total revolução e reparação em tudo que dispomos para o nosso entendimento e para a nossa evolução como Espírito eterno no momento em que vivemos. 
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: ALISSON CLESSIO em 09 de Agosto de 2011, 14:15
Marco,
o que você coloca é doutrinariamente correto, nem necessitamos do futuro com suas ficções e incertezas para ter-mos confirmações de tais fatos. O princípio inteligente pode animar um corpo inorgânico, encontramos citações desta possibilidade até mesmo nos registros da era da Codificação, quando objetos como pranchetas, mesas, etc., adquiriam vitalidade e expressavam materialmente as impressões da inteligência que os animavam. Mas isto não deve ser entendido como uma encarnação do Espírito àqueles objetos, mas, sim como a injeção de uma energia capaz de alterar-lhe as propriedades e fazer-lhes prestar ao propósito que levou à aplicação desta força. É como utilizar o rádio para transmitir o som de nossas vozes ou a câmera  fotográfica para gravar imagens ou a TV para transmitir imagem e som, o nostálgico fio do telégrafo para decodificar mensagens por impulsos magnéticos. Todos estes instrumentos sofrem nossa impressão, manifestam nossa vontade mas não estamos intrínsecos a estes equipamentos, não fazemos parte deles.  Concluindo, a ciência já tem uma gama imensa de meios que facilitariam o intercâmbio com a esfera espiritual, dependo apenas da vontade dos de lá para usufruirem destas facilidades e, dentro da ciência espírita existe estudos sérios sobre esta questão, um destes estudos é a TCI (TransComunicação Instrumental)  como diz na própria codificação, os Espíritos, principalmente os de ordem superior, não estão à nossa disposição, nem para atenderem aos nossos caprichos e nem para responderem a questões que não estão em acordo aos propósitos das tarefas que lhes foram atribuidas. E imaginar a sintetização de uma organização material capaz de abrigar um Espírito reencarnante, dispensando o concurso da organização animal formada dentro das leis naturais da criação é uma coisa que levaria a uma total revolução e reparação em tudo que dispomos para o nosso entendimento e para a nossa evolução como Espírito eterno no momento em que vivemos.


Irmãos muita paz,

 Falando agora de Matéria. Estava lendo o Antigo Testamento, e vejo que as idades dos primeiros homens e mulheres ,são bastante elevadas 200,300 anos e assim sucessivamente, como explicar essa disparidade, é simplesmente alegoria ou naquela época se media os dias diferentes de hoje?

Aguardo a Resposta!
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Kazaoka em 09 de Agosto de 2011, 16:08
Alisson,

transcrevo parte de entrevista do Severino Celestino, concedida a CVDEE. O Dr Severino é um estudioso dos textos bíblicos e é espírita. Acredito que se você buscar nos estudos deste cientista, informações a respeito do que questiona, você terá informações importantes e esclarecedoras sobre o assunto.



Podemos confiar na Bíblia como documento, devido a diversas alterações com o decorrer do tempo e de diversas alterações?

Resposta: A Bíblia sofreu muitas alterações nas suas diversas traduções. No entanto, a Bíblia em seu texto original, o HEBRAICO, é confiável, pois apesar das diversas adversidades enfrentadas pelo povo hebreu, os seus sacerdotes e escribas souberam, em todas as regiões por onde o povo hebreu passou, conservar seus textos íntegros. Os escribas ainda hoje trabalham na conservação dos textos originais. Em todas as Sinagogas judaicas do mundo inteiro existem textos originais da Bíblia e mais de um.


Quais livros que são lendas, ou cheias de simbolismos, e os que são verdadeiros, não lendários na Bíblia?

Resposta: Qualquer livro da Bíblia deve ser avaliado antes de sua leitura sobre  três aspectos:Quando foi escrito? Para quem foi escrito? E Por que foi escrito? Partindo-se destas premissas você pode sem dificuldade, filtrar o que é ensinamento, o que é história e o que é lenda. Assim, por exemplo, o Gênesis até o capítulo 11 se constitui de proto-história. A história de Adão e Eva, por exemplo, é uma Lenda.

Não vou cometer a irresponsabilidade de lhe responder com base na superficialidade de conhecimento que tenho sobre este tema. Por isso, julgo prudente sugerir-lhe o aprofundamento do seu estudo sobre esta questão, buscando fontes dignas, estruturando conceitos, confrontando hipóteses e sistemas, etc.. E assim que tiver uma visão bem embasada, traga-a para nosso conhecimento e enriquecimento de nosso aprendizado.

Mais material afins:

Mensagem original postada por Dedei:
Em que parte das escritura (Velho testamento) mostra a mudança de idade?
Pois pessoas viviam 500 anos e hoje vivem até 100 no máximo. Queria saber onde falar dessa mudança e por qual motivo isso aconteceu?


Parece que ocorreu um processo, não foi imediato como em um versículo, em Gênesis 11(quando as línguas são confundidas) temos uma cronologia interessante, mostra que não foi logo após o Dilúvio que regrediu a longevidade humana (pelo menos dos Patriarcas), vemos que após o Dilúvio ainda havia pessoas vivendo '500 anos' como respectivamente Sem, Arfaxade, Selá e Eber (levando o 'vivedores' para muitos anos pos-dilúvio!). Depois acontece algo curioso, depois de Eber, nasce Pelegue (quando a Terra foi dividida (Gên. 10:25), não em línguas, mas geograficamente mesmo!) que reduz na metade a duração de vida vivendo 'apenas' 239 anos, assim como seu filho Reú, depois a perspectiva de vida começa a diminuir gradualmente entre os Patriarcas: Abraão com 165, Isaque com 180 e Jacó 147 anos culminando com José falecendo aos 110 anos de idade, relativamente bem normal para nós..
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 09 de Agosto de 2011, 16:16
Não mano Lacerda,
veja, você não apenas compara os corpos mas lança uma hipótese que não pode encontrar base na doutrina a de sermos, como você explica aqui " podemos ser criações dos espíritos superiores".
Espíritos Superiores não cream nada, apenas Deus tem este poder.
Foi a isso que me referi e a que volto a reafirmar.
Abraços,
Moura
Olá Moura.

Veja que tem base na Doutrina pq os espíritso Superiores criam muitas coisas. ;)



12. - A felicidade dos Espíritos bem-aventurados não consiste na ociosidade contemplativa, que seria, como temos dito multas vezes, uma eterna e fastidiosa inutilidade.

A vida espiritual em todos os seus graus é, ao contrário, uma constante atividade, mas atividade isenta de fadigas.

A suprema felicidade consiste no gozo de todos os esplendores da Criação, que nenhuma linguagem humana jamais poderia descrever, que a imaginação mais fecunda não poderia conceber. Consiste também na penetração de todas as coisas, na ausência de sofrimentos físicos e morais, numa satisfação intima, numa serenidade dalma imperturbável, no amor que envolve todos os seres, por causa da ausência de atrito pelo contacto dos maus, e, acima de tudo, na contemplação de Deus e na compreensão dos seus mistérios revelados aos mais dignos. A felicidade também existe nas tarefas cujo encargo nos faz felizes. Os puros Espíritos são os Messias ou mensageiros de Deus pela transmissão e execução das suas vontades. Preenchem as grandes missões, presidem à formação dos mundos e à harmonia geral do Universo, tarefa gloriosa a que se não chega senão pela perfeição. Os da ordem mais elevada são os únicos a possuírem os segredos de Deus, inspirando-se no seu pensamento, de que são diretos representantes.

13. - As atribuições dos Espíritos são proporcionadas ao seu progresso, às luzes que possuem, às suas capacidades, experiência e grau de confiança inspirada ao Senhor soberano.

Nem favores, nem privilégios que não sejam o prêmio ao mérito; tudo é medido e pesado na balança da estrita justiça.

As missões mais importantes são confiadas somente àqueles que Deus julga capazes de as cumprir e incapazes de desfalecimento ou comprometimento. E enquanto que os mais dignos compõem o supremo conselho, sob as vistas de Deus, a chefes superiores é cometida a direção de turbilhões planetários, ê a outros conferida a de mundos especiais. Vêm, depois, pela ordem de adiantamento e subordinação hierárquica, as atribuições mais restritas dos prepostos ao progresso dos povos, à proteção das famílias e indivíduos, ao impulso de cada ramo de progresso, às diversas operações da Natureza até aos mais ínfimos pormenores da Criação. Neste vasto e harmônico conjunto há ocupações para todas as capacidades, aptidões e esforços; ocupações aceitas com júbilo, solicitadas com ardor, por serem um meio de adianta-mento para os Espíritos que ao progresso aspiram.

14. - Ao lado das grandes missões confiadas aos Espíritos superiores, há outras de importância relativa em todos os graus, concedidas a Espíritos de todas as categorias, podendo afirmar-se que cada encarnado tem a sua, isto é, deveres a preencher a bem dos seus semelhantes, desde o chefe de família, a quem incumbe o progresso dos filhos, até o homem de gênio que lança às sociedades novos germens de progresso. É nessas missões secundárias que se verificam desfalecimentos, prevaricações e renúncias que prejudicam o indivíduo sem afetar o todo.
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Lucazan em 09 de Agosto de 2011, 18:18
Resp. questão 27 OLE:

"...Se o fluido universal fosse matéria, não haveria razão para que o Espírito não o fosse também. Ele está colocado entre o Espírito e a matéria; é fluido, como a matéria é matéria; suscetível, por suas inumeráveis combinações com ela e sob a ação do Espírito, de poder produzir uma infinita variedade de coisas das quais conheceis apenas uma pequena parte. Esse fluido universal, primitivo, ou elementar, sendo o agente que o Espírito utiliza, é o princípio sem o qual a matéria estaria em perpétuo estado de dispersão e nunca adquiriria as propriedades que a força da gravidade lhe dá."

Resp. questão 536b OLE:

" Deus não exerce ação direta sobre a matéria; ele tem agentes devotados em todos os graus da escala dos mundos."

LM - CAPÍTULO V - Das Manifestações Físicas Espontâneas - Arremesso de objetos

9ª Onde foste buscar os objetos que atiraste?
"São objetos muito comuns. Achei-os no pátio e nos jardins próximos."

10ª Achaste-os todos, ou fabricaste algum? (Ver adiante o cap. VIII.) "
Não criei, nem compus coisa alguma."

11ª E, se os não houvesse encontrado, terias podido fabricá-los?
"Fora mais difícil. Porém, a rigor, misturam-se matérias e isso faz um todo qualquer."

Os espíritos criam, pois são agentes de Deus na criação.

Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 09 de Agosto de 2011, 18:56
Resp. questão 27 OLE:

"...Se o fluido universal fosse matéria, não haveria razão para que o Espírito não o fosse também. Ele está colocado entre o Espírito e a matéria; é fluido, como a matéria é matéria; suscetível, por suas inumeráveis combinações com ela e sob a ação do Espírito, de poder produzir uma infinita variedade de coisas das quais conheceis apenas uma pequena parte. Esse fluido universal, primitivo, ou elementar, sendo o agente que o Espírito utiliza, é o princípio sem o qual a matéria estaria em perpétuo estado de dispersão e nunca adquiriria as propriedades que a força da gravidade lhe dá."

Resp. questão 536b OLE:

" Deus não exerce ação direta sobre a matéria; ele tem agentes devotados em todos os graus da escala dos mundos."

LM - CAPÍTULO V - Das Manifestações Físicas Espontâneas - Arremesso de objetos

9ª Onde foste buscar os objetos que atiraste?
"São objetos muito comuns. Achei-os no pátio e nos jardins próximos."

10ª Achaste-os todos, ou fabricaste algum? (Ver adiante o cap. VIII.) "
Não criei, nem compus coisa alguma."

11ª E, se os não houvesse encontrado, terias podido fabricá-los?
"Fora mais difícil. Porém, a rigor, misturam-se matérias e isso faz um todo qualquer."

Os espíritos criam, pois são agentes de Deus na criação.


Olá, amigo Lucazan. Nenhuma de suas questões cabe em minhas colocações, uma vez que há uma confusão na palavra "espírito". Espírito, que me refiro, é empregada aqui para designar a individualidade e não mais o elemento inteligente universal.

Se voltar na outra página, verá que estou me referindo a ciência dos espírito, espíritos que habitam mundos superiorse, como Júpter, fora do sitema Solar, Fora da nossa galáxia, Fora das outras galáxias etc etc... Espíritos que embora sejam ainda materiais e encarnantes, possuem uma inteligênica fora da nossa capacidade de compreesão. Compare esta inteligencia com a inteligencai terrestre, dos avanços científicos que ja alcançamos, e entenderá do que eu estou falando sobre os espíritos (individualidade) poderem criar corpos humanos para que nossos espíritos (elemento inteligente Universal) possa vestir.




Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Kazaoka em 09 de Agosto de 2011, 19:04
Não quero advogar por ninguém mas, será que não está havendo uma confusão entre "criar" e "elaborar". Criar parte da origem do estado das coisas ou do Ser e isso é da alçada de Deus. Já, elaborar trata-se de manipular à partir de algo ou alguma coisa que já existe. Concluindo, o criador, que é Deus, cria e os elaboradores, que são os Espíritos, elaboram à partir do que já está criado.
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 09 de Agosto de 2011, 19:08
Penso que seja isso, Kazaoka. Mas quando coloquei "criar", não pensei que poderiam fazer esta confusão, uma vez que sabemos que o princípio de todas as coisas parte de Deus.

A palavra "criar" foi designada no mesmo sentido que nós empregamos aqui na terra, quando dizemos que fulano criou uma estátua, ou beltrano criou uma música, um quadro etc.

Ou seja, que hipoteticamente os espíritos superiores (mundos adiantados) aprenderam a tecnologia e "criaram" os corpos humanos terrestres.
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Mourarego em 09 de Agosto de 2011, 22:38
Realmente mano Lacerda, e nesse dia então Deus perderia toda a graça hehehe
Dá não maninho!
Abraços,
Moura
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 09 de Agosto de 2011, 23:04
Veja, Moura, que as obras de Deus foram criadas para o pensamento e a inteligência do espírito. Deus não precisa mais participar da criação, uma vez que Ele quer que aprendemos todas as suas leis. Ele, segundo penso, criará novas dificuldades e leis para os espíritos que estão no grau máximo, tendo em vista que suas leis são imutáveis, e as coisas criadas segue uma perfeição que Ele não precima interferir.

Obs: Nossa! Cometi um erro grotesco no post #38, referente à menssagem postada ao Lucazan. Se for possível, Moura, pode deletar a parte que está entre parentesis, que me referi aos espíritos errantes e encarnantes como "elemento inteligente universal?"


54. - Que as obras de Deus sejam criadas para o pensamento e a inteligência; que os mundos sejam moradas de seres que as contemplam e lhes descobrem, sob o véu, o poder e a sabedoria daquele que as formou, são questões que já nos não oferecem dúvida; mas, que sejam solidárias as almas que as povoam, é o que importa saber.

60. - Acostumados, como estamos, a julgar das coisas pela nossa insignificante e pobre habitação, imaginamos que a Natureza não pode ou não teve de agir sobre os outros mundos, senão segundo as regras que lhe conhecemos na Terra. Ora, precisamente neste ponto é que importa reformemos a nossa maneira de ver.

61. - Ora, se é tal a variedade que a Natureza nos há podido evidenciar em todos os sítios deste pequeno mundo tão acanhado, tão limitado, quão mais ampliado não deveis considerar esse modo de ação, ponderando nas perspectivas dos mundos enormes! quão mais desenvolvida e pujante não a deveis reconhecer, operando nesses mundos maravilhosos que, muito mais do que a Terra, lhe atestam a inapreciável perfeição!

Não vejais, pois, em, torno de cada um dos sóis do espaço, apenas sistemas planetários semelhantes ao vosso sistema planetário; não vejais, nesses planetas desconhecidos, apenas os três remos que se estadeiam ao vosso derredor. Pensai, ao contrário, que, assim como nenhum rosto de homem se assemelha a outro rosto em todo o gênero humano, também uma portentosa diversidade, inimaginável, se acha espalhada pelas moradas eternas que vogam no seio dos espaços.
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Carlos Soares em 10 de Agosto de 2011, 00:26
                 Caro Amigo Ham


                 Steven Spielberg imitou você no filme  "O milagre veio do espaço" ( Batteries not inclueds), onde pequenos seres  feitos de pedaços inorgânicos se replicam, e após montada a estrutura, a interface inteligente age.

                 Quando ao levantar uma mesa de 200kg, o espírito explica que "não faz força, mas empresta vida a ela segundo a sua vontade", é esse o princípio que está sendo utilizado.

                 A evolução assim se dá,  no princípio de contem e está contido. A estrutura orgânica da vida se organiza em complexidade cada vez maior.  O menor sempre estará contido no maior mas nunca poderá conte-lo.  Não esquecendo que o mundo espiritual preexiste e o material poderia deixar de existir. A matéria é só o play ground dos espíritos!

                 Abraço Fraterno!!   
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 10 de Agosto de 2011, 01:54
                 Caro Amigo Ham


                 Steven Spielberg imitou você no filme  "O milagre veio do espaço" ( Batteries not inclueds), onde pequenos seres  feitos de pedaços inorgânicos se replicam, e após montada a estrutura, a interface inteligente age.

                 Quando ao levantar uma mesa de 200kg, o espírito explica que "não faz força, mas empresta vida a ela segundo a sua vontade", é esse o princípio que está sendo utilizado.

                 A evolução assim se dá,  no princípio de contem e está contido. A estrutura orgânica da vida se organiza em complexidade cada vez maior.  O menor sempre estará contido no maior mas nunca poderá conte-lo.  Não esquecendo que o mundo espiritual preexiste e o material poderia deixar de existir. A matéria é só o play ground dos espíritos!

                 Abraço Fraterno!!   
Exatamente Carlos, e este princípio a Ciência ja realizou com Miguel Nicolellis. Ele conseguiu que um macaco controlasse, através de seu pensamento, um braço robótico do outro lado do mundo. Postei esta matéria na página anterior. Vale a pena conferir.

No futuro, com o avanço da nanorobótica, da nanogenética e da neurociência, suponho que será possível criar células artificiais com códigos pré-determinados (postei uma matéria na outra página) para cada função do corpo, se agrupando e construindo uma veste humana com bilhões de células pré-programadas, como nosso corpo, do qual cada célula dessa poderá ser controlada através do pensamento, e, deste modo, poderemos mecher os braços, as pernas, e todos os membros do corpo, somente com o esforço mental, como fazemos.

Quem acompanha as novidades na ciências, sabe que isso é possível e não está muito longe.

Imagina se em outros mundos, como Júpter, eles não já possuem tecnologia para construir células reprodutoras, como a nossa, capaz de se agrupar e ter formado o nosso corpo humano? Nos mundos mais avançados que Júpiter, consequentimente, os espíritos teriam tecnologías muito mais avançadas capaz de construir corpos mais perfeitos, como os usados pelos habitantes de Júpiter, e assim por diante.


Na copa de 2014 Miguel Nicolellis quer testar esta tecnologia em um esqueleto robótico para deficientes físicos.

http://blogs.estadao.com.br/link/quero-fazer-um-tetraplegico-dar-o-pontape-inicial-da-copa-de-2014/
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Carlos Soares em 10 de Agosto de 2011, 02:22
                  Caro Amigo Ham!

               
                  É isso aí! Não temos noção de tempo e espaço, de quanta vida surgiu nesse mundão de DEUS, e quantos seres alados surgiram para interferir na nossa evolução biológica.

                  Como disse acima, só não podemos nos esquecer de que o mundo espiritual preexiste e que o mundo material   poderia deixar de existir. Tudo o que surge de matéria em qualquer orbe, é antes direcionado pelo princípio espiritual.

                  Se somos filhos de Deuses carnais? Sim é possível! Mas não desmerece em nada o Creador, só distancia um pouco a mais no tempo  e  no espaço, o ponto de nossa origem.

                  Abraço Fraterno! 
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 10 de Agosto de 2011, 02:30
                  Caro Amigo Ham!

               
                  É isso aí! Não temos noção de tempo e espaço, de quanta vida surgiu nesse mundão de DEUS, e quantos seres alados surgiram para interferir na nossa evolução biológica.

                  Como disse acima, só não podemos nos esquecer de que o mundo espiritual preexiste e que o mundo material   poderia deixar de existir. Tudo o que surge de matéria em qualquer orbe, é antes direcionado pelo princípio espiritual.

                  Se somos filhos de Deuses carnais? Sim é possível! Mas não desmerece em nada o Creador, só distancia um pouco a mais no tempo  e  no espaço, o ponto de nossa origem.

                  Abraço Fraterno! 
Não, amigo, estamos falando dos corpos materiais, da nossa carcaça corpórea que serve de instrumento para o espírito. Não tem nada a ver com o espírito ou o perispírito. Cuidado para não fazer confusão, pois, definitivamente, não somos filhos de Deuses carnais. Estou levantando uma hipóteses que nossos corpos, nossa carcaça, pode ter sido feita pelos espíritos mais adiantados.

Note o título do tópico: "Surgimento da espécie humana". A espécie humana é denominada pelos corpos humanos, pois o espírito é espírito; não é humano, nem Jupiteriano, nem marciano.

Abraços
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Carlos Soares em 10 de Agosto de 2011, 18:51
                   Caro Amigo Ham!


                   Aí cê mi dexa doido!  Que a carne é fruto de criação espiritual, evoluindo através do tempo como uma armadura para abrigar consciências em queda, é ponto pacífico em qualquer doutrina espiritualista.  Não entendi sua argumentação ao contrário!

                   No sexto dia DEUS crea o homem à sua semelhança( espírito perfeito) descansa no sétimo. No inicio do capII GEN  o espírito de DEUS pairava sobre a terra e para ará-la decide
crear Adão do barro. (matéria)(carne).

                   Abraço Fraterno!!
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 10 de Agosto de 2011, 19:26
Rsrssr... Calma, deixa eu tentar explicar.

O problema foi o contexto que vc deu a palavra espírito, como na frase " Se somos filhos de deuses carnais". Ora, se somos filhos de deus carnais, e estes deuses carnais - suponho que vc se refere aos espíritos encarnados - logo, segundo este racioncínio, fomos criados pelos espíritos, e não por Deus. Portanto, a um erro ao entender que sendo, hipoteticamente, os espíritos mais adiantados que desenvolveram, (ou "criaram"), o corpo humano(carcaça, veste, roupa), são eles nossos "pais".

Estamos falando somente do corpo humano, ou seja, da carcaça corpórea. Esta carcaça, ou corpo humano, não tem nada a ver com o espírto, uma vez que é apenas uma roupa, uma veste material, que o espírito usa conforme a natureza do mundo que tem que encarnar.


Abraços



Veja essa explicação no Livro dos Médiuns, para não ficar nenhuma dúvida.
54. Numerosas observações e fatos irrecusáveis, de que mais tarde falaremos, levaram à consequência de que há no homem três componentes:

, a alma, ou Espírito, princípio inteligente, onde tem sua sede o senso moral;

, o corpo, invólucro grosseiro, material, de que ele se revestiu temporariamente, em cumprimento de certos desígnios providenciais;

, o perispírito, envoltório fluídico, semimaterial, que serve de ligação entre a alma e o corpo.
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Carlos Soares em 11 de Agosto de 2011, 00:39
                    Caro Amigo Ham!


                    Lendo assim friamente o item2, dá a impressão de que ao chegar ao orbe,
 com força gravitacional requerida ao seu exílio, o espírito simplesmente retira do fluido       universal os elementos necessários à formação do seu corpo material, como se tivesse                  ao seu dispor um guarda roupas.

                    No nosso caso, quando a água, temperatura ambiente, atmosfera se
 estabilizaram deu-se início ao estercamento do terreno com matéria orgânica que
propiciasse o advento futuro de espécies mais complexas, através da criação de
 seres gigantescos, oriundos de simples unicelulares, para simplesmente serem
soterrados por terremotos, maremotos e erupções vulcânicas.

                     Assim estercado o solo, este está preparado para receber tipos de
 vida mais finos, até a chegada dos mamíferos primatas, que no nosso caso foi a
 espécie que mais se aproximou da necessidade mínima de processamento cerebral
requerida para servir de vestimenta à uma consciência autônoma, o que não quer
 dizer que esta vestimenta já esteja pronta hoje.

                     Milhões de anos foram gastos na preparação de espécies até chegar a
 um ponto em que o princípio vital pudesse animar uma consciência autônoma, o que
você quer dizer  "invólucro grosseiro".


                      Abraço Fraterno!!
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 11 de Agosto de 2011, 12:22
É mais ou menos isso, Carlos. Mas quem referiu primeiramente a carcaça humana, como involucro grosseiro, foi Kardec.  :D


Também, como vc disse, não quer dizer que esta vestimenta ja esteja pronta. Mas, suponhamos que em outros mundos, os espíritos mais avançados descobriram como adiantar este processo, e enviaram um corpo masculino e um feminino aqui para a terra.


Um parêntesis em seu ultimo parágrafo. Segundo penso, nossos corpos não são a continuação, ou evolução, dos corpos dos macacos, pois isso contraria todas as leis da natureza, uma vez que seria um salto enorme para o macaco, em termos de evolução espiritual. Mesmo que o processo fosse entre centenas de milhares de anos aqui na terra. Penso que nosso espírito ja viajou muito esse Universo físico, vestindo vários corpos de espécie de animais, em vários mundos físicos, inclusive no mundo de espíritos muito adiantados, até poder habitar um corpo humano.

Veja o que diz no Livro dos Espírtios:

597 a Esse princípio é uma alma semelhante à do homem?

– É também uma alma, se quiserdes, depende do sentido que se dá a essa palavra; mas é inferior à do homem. Há entre a alma dos animais e a do homem tanta distância quanto há entre a alma do homem e Deus.


Abraços
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 12 de Agosto de 2011, 16:06




----------------



Cientistas criam 1º animal com informação artificial no código genético

Roland Pease

Da BBC Radio Science

Atualizado em  11 de agosto, 2011 - 16:52 (Brasília) 19:52 GMT



Pesquisadores de Cambridge (Grã-Bretanha) criaram o que alegam ser o primeiro animal com informação artificial em seu código genético.

A técnica, segundo a equipe de cientistas do Medical Research Council (Conselho de Pesquisa Médica ou MRC, na sigla em inglês), pode dar aos biólogos "controle átomo por átomo" das moléculas em organismos vivos.

(http://wscdn.bbc.co.uk/worldservice/assets/images/2011/08/11/110811181551_nematode304.jpg)
Depois de modificação, verme brilha quando colocado sob luz ultravioleta

O trabalho da equipe de pesquisadores usou vermes nematoides e foi publicado na revista especializada Journal of the American Chemical Society.

Os vermes, da espécie Caenorhabditis elegans, têm um milímetro de comprimento, com apenas mil células formando seu corpo transparente.

Segundo o estudo, o que torna o animal único é que seu código genético foi estendido para criar moléculas biológicas que não são conhecidas no mundo natural.

Genes são as unidades hereditárias dos organismos vivos que os permitem construir o seu mecanismo biológico – as moléculas de proteína – a partir de “blocos de construção” mais simples, os aminoácidos.

Nos organismos naturais vivos, são encontrados apenas 20 aminoácidos, unidos em diferentes combinações para formar as dezenas de milhares de proteínas diferentes necessárias para manter a vida.

Mas os pesquisadores Jason Chin e Sebastian Greiss fizeram um trabalho de reengenharia da máquina biológica do verme para incluir um 21º aminoácido, não encontrado na natureza.

Proteína

Jason Chin, do Laboratório de Biologia Molecular do Medical Research Council, afirma que a técnica tem um potencial transformador, pois proteínas poderão ser criadas sob controle total dos pesquisadores.

Mario de Bono, especialista em vermes Caenorhabditis elegans e que também trabalha no Laboratório de Biologia Molecular, afirma que este novo método poderá ser aplicado em uma ampla variedade de animais.

No entanto, até o momento, esta é apenas uma prova de um princípio. A proteína artificial que é produzida em cada célula do minúsculo corpo do verme contém um corante fluorescente que brilha em uma cor de cereja quando colocada sob a luz ultravioleta. Se o truque genético tivesse fracassado, não haveria o brilho.

Chin afirma que qualquer aminoácido artificial poderia ser escolhido para produzir novas propriedades específicas, e De Bono sugere que esta abordagem agora pode ser usada para introduzir em organismos proteínas criadas que podem ser controladas pela luz.

Os dois pesquisadores agora planejam colaborar em um estudo detalhado de células neurais no cérebro do nematoide, com o objetivo de ativar ou desativar neurônios isolados de forma precisa e com minúsculos flashes de laser.


Fonte: http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2011/08/110811_animal_codigo_artificial_fn.shtml
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Carlos Soares em 13 de Agosto de 2011, 05:18
                  Caro Amigo Ham!


                  É justamente este o ponto fraco da teoria evolucionista, a evolução segundo DARWIN, só dá saltos positivos, todas as mutações genéticas requeridas entre as espécies
não geraram fósseis, que comprovassem seres híbridos, sem espécie definida. Não temos macaco sem pelo, nem homens com rabo por exemplo.  O que deu origem a tanta ficção
sobre os "Elos perdidos".

                  Como citei em post anterior, a evolução se dá do mais simples para o mais
complexo, não por acaso ou sorte, mas sim pela necessidade de peças reutilizáveis na próxima espécie vindoura. Lendo o quinto  dia da  criação,vemos a criação de todos os animais cada um segundo a sua espécie.  Vendo o LE temos que cada espécie retira a porção de fluido vital necessária às suas funções. O projeto espiritual está pronto, falta é material para executá-lo.

                   Resumindo, sem o macaco o homem não poderia surgir por falta de placa mãe,
que pudesse manipular os milhões de megabybtes requeridos pelo princípio vital para
manipular a matéria e direcioná-la a um salto evolutivo para o DNA humano. Esse raciocínio
é o mesmo que transforma uma nadadeira em pé ou uma guelrra em pulmão.     

 
                   Abraço Fraterno!                 
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: dOM JORGE em 13 de Agosto de 2011, 11:08
                                        VIVA JESUS!


        Bom-dia! queridos irmãos.

                  Os ancestrais do homem
e o Espiritismo  

As últimas informações divulgadas na grande imprensa dizem que as semelhanças entre o genoma do homem e o do chimpanzé são de 96%, fato que tem levado vários cientistas à conclusão de que o homem e o chimpanzé tiveram um ancestral comum que teria vivido na Terra há 6 milhões de anos.

Ao tratar do surgimento do homem na Terra, Allan Kardec afirma em sua derradeira obra, “A Gênese”, cap. XI, que, em face da semelhança existente entre o corpo do homem e o do macaco, alguns fisiologistas concluíram que o primeiro é apenas uma transformação do segundo. “Bem pode dar-se – escreveu Kardec no capítulo mencionado – que corpos de macaco tenham servido de vestidura aos primeiros Espíritos humanos, forçosamente pouco adiantados, que viessem encarnar na Terra, sendo essa vestidura mais apropriada às suas necessidades e mais adequadas ao exercício de suas faculdades, do que o corpo de qualquer outro animal.” “Em vez de se fazer para o Espírito um invólucro especial, ele teria achado um já pronto. Vestiu-se então da pele do macaco, sem deixar de ser Espírito humano, como o homem não raro se reveste da pele de certos animais, sem deixar de ser homem.”

O codificador do Espiritismo deixou, porém, bem claro que assim escrevia por hipótese, de modo algum posta como princípio mas formulada apenas para mostrar que a origem do corpo em nada prejudica o Espírito, que é o ser principal, e que a semelhança do corpo do homem com o do macaco não implica paridade entre o seu Espírito e o do macaco.

Concluindo o pensamento, Kardec disse que é provável que os primeiros homens aparecidos na Terra pouco diferissem do macaco pela forma exterior e não muito também pela inteligência. “Em nossos dias – acrescentou – ainda há selvagens que, pelo comprimento dos braços e dos pés e pela conformação da cabeça, têm tanta parecença com o macaco, que só lhes falta ser peludos, para se tornar completa a semelhança.”

Em 1938, setenta anos depois da publicação de “A Gênese”, Emmanuel trouxe informações novas – e não apenas hipóteses – ao entendimento do assunto. Resumidamente, asseverou o mentor espiritual de Chico Xavier em seu livro “A Caminho da Luz”, pp. 30 a 32, que os primeiros antepassados do homem remontam ao período terciário, onde se encontravam, sob a orientação das esferas espirituais, algumas raças de antropóides, no Plioceno inferior.

Esses antropóides e os ascendentes dos símios tiveram a sua evolução em pontos convergentes, daí os parentescos sorológicos entre o organismo do homem moderno e o do chimpanzé. Não houve, porém, propriamente falando, uma "descida da árvore", no início da evolução humana. As forças espirituais que dirigem os fenômenos terrestres, sob a orientação de Jesus, estabeleceram uma linhagem definitiva para todas as espécies, dentro das quais o princípio espiritual encontraria o processo do seu acrisolamento, em marcha para a racionalidade.

Os antropóides das cavernas espalharam-se, aos grupos, pela superfície do globo, ao longo dos séculos, sofrendo as influências do meio e formando os pródromos das raças futuras. Extraordinárias experiências foram realizadas então pelos mensageiros do invisível, até fixarem no "primata" os característicos aproximados do homem futuro.

Os séculos correram, até que um dia os Espíritos operaram uma definitiva transição no corpo perispiritual preexistente dos homens primitivos, surgindo assim os primeiros selvagens de compleição melhorada, tendendo à elegância dos tempos futuros.

Estas informações trazidas por Emmanuel não fazem, evidentemente, parte do corpo doutrinário do Espiritismo, pelo simples fato de serem revelações singulares, mas é bom considerá-las com a devida atenção, em respeito ao seu autor e ao médium utilizado, cabendo, todavia, ao tempo – e somente ao tempo –  confirmá-las ou desmenti-las.


             Editorial-O Consolador



                                                           PAZ, MUITA PAZ!
 
 
 
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 13 de Agosto de 2011, 14:31
                  Caro Amigo Ham!


                  É justamente este o ponto fraco da teoria evolucionista, a evolução segundo DARWIN, só dá saltos positivos, todas as mutações genéticas requeridas entre as espécies
não geraram fósseis, que comprovassem seres híbridos, sem espécie definida. Não temos macaco sem pelo, nem homens com rabo por exemplo.  O que deu origem a tanta ficção
sobre os "Elos perdidos".

                  Como citei em post anterior, a evolução se dá do mais simples para o mais
complexo, não por acaso ou sorte, mas sim pela necessidade de peças reutilizáveis na próxima espécie vindoura. Lendo o quinto  dia da  criação,vemos a criação de todos os animais cada um segundo a sua espécie.  Vendo o LE temos que cada espécie retira a porção de fluido vital necessária às suas funções. O projeto espiritual está pronto, falta é material para executá-lo.

                   Resumindo, sem o macaco o homem não poderia surgir por falta de placa mãe,
que pudesse manipular os milhões de megabybtes requeridos pelo princípio vital para
manipular a matéria e direcioná-la a um salto evolutivo para o DNA humano. Esse raciocínio
é o mesmo que transforma uma nadadeira em pé ou uma guelrra em pulmão.     

 
                   Abraço Fraterno!                 
Seria, amigo, se estivéssemos falado somente do corpo. O ponto principal é a alma do animal. Esta, segundo penso, já passou por diversos reinos - animais e vegetais - pela terra, e por todo o Universo a fora. Uma vez na terrra, a alma do animal passa de um corpo à outro, de espécie em espécie, até a espécie de animal mais desenvolvida (segundo a capacidade da alma), que segundo alguns são os macacos, mas segundo penso, são os animais domésticos por eles terem mais contato com os seres humanos, e deste modo progridem mais com a "força das coisas", que outros animais que ainda estão distantes dos seres humanos.

Quando eu digo animal, tem dois sentidos, por esta razão que confunde. Tem o "animal", a alma do animal, e tem o animal, o corpo do animal sem a alma.

Então resumindo, ficaria assim:

- A alma do animal já habitou diversos corpos de animais, até se desenvolver em mundos superiores e ter condições de habitar o corpo do ser humano, o mais imperfeito da criação;

- O corpo dos animais, e dos primatas, em geral,  são sempre primatas; nunca serão corpos humanos


Abraços
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Mourarego em 13 de Agosto de 2011, 15:04
Mano Lacerda,
Não há qualquer possibilidade da "especie de alma", que têm os animais, passar de uma Espécie a outra.
Isso fica bem claro quando se estuda a Metempsicose.
Em cada espécie, em cada essência, há uma linha progressiva que apena a estas lhes cabem.
Este é o ensino prestado em OLE, m A Gênese, e na Revue.
Trocando em miudos:a alma de um cachorro não passará por via de progresso, a ser a alma de um antílope, ou de um leão.
Da mesma forma, respondendo os Espíritos superiores, na primeira edição de OLE, à questão de número 127, respondem dessa forma:
"Nâo! Não!, Homens o somos desde natos." E finalizam explicando: "Cada ser vivo, progride apenas dentro de sua Espécie e de sua essência".
Se o amigo se interessar, eu lhe envio esta questão, que como disse está na primeira edição de OLE, tanto em francês, quanto em português.
Abraços,
Moura
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 13 de Agosto de 2011, 15:35

Moura, eu não denominei que espécie de seres a alma encarnaria. Eu disse que ela passaria de animail a animal, ou de espécie a espécie. Mas não disse que estas espécies seria espécies inferiores. Disse no sentido de que a alma dos animais, ao passar de animais a animais, ou de espécie a espécie, sempre no sentido de desenvolvimento, ou seja, sempre pra frente.

Que eu saiba, isso não tem nada a ver com a Mentempsicose, uma vez que a mentempsicose seria o sentido inverso.

Quando vc diz isso:
"Nâo! Não!, Homens o somos desde natos." E finalizam explicando: "Cada ser vivo, progride apenas dentro de sua Espécie e de sua essência".

Veja que em momento algum os espíritos estão falando da alma, mas somente do corpo do animal, ou seja, da sua carcaça, pq alma não tem espécie.
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 13 de Agosto de 2011, 15:43
Veja Moura, como vc está errado em suas afirmações:

11 O fato de ser comum a origem do princípio inteligente dos seres vivos não é a consagração da doutrina da metempsicose?

– Duas coisas podem ter a mesma origem e não se parecerem em nada mais tarde. Quem reconheceria a árvore, suas folhas, flores e frutos no germe sem forma contido na semente de onde saiu? A partir do momento que o princípio inteligente atinge o estágio necessário para ser Espírito e entrar no período de humanização, não tem mais relação com seu estado primitivo e não é mais a alma dos animais, como a árvore não é a semente. No homem, não há mais do animal senão o corpo e as paixões que nascem da influência do corpo e do instinto de conservação inerente à matéria. Não se pode, portanto, dizer que aquele homem é a encarnação do Espírito de tal animal e, assim, a metempsicose, tal como se entende, não é exata.
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 13 de Agosto de 2011, 15:55
A parte em vermelho, do qual Kardec explica, é exatamente o que eu disse acima, ou seja, a alma dos animais mudam de corpos e de espécies, mas sempre na progreção do estado inferior para o superior. Ou seja, a alma que habitou/encarnou no corpo de um rato, pode habitar no corpo de um macaco (seria uma transmigração direta, é verdade, mas estou somente adiantando o processo, ou seja, depois de ter passado por diversos outros corpos e ter adquirido condições de habitar/encarnar no corpo do macaco), mas não se pode dar o contrário, uma vez que o corpo do macaco é superior ao corpo do rato.


613 Por mais errada que seja a idéia ligada à metempsicose, não seria resultado do sentimento intuitivo das diferentes existências do homem?

– Esse sentimento intuitivo se encontra nessa crença como em muitas outras; mas, como faz com a maioria de suas idéias intuitivas, o homem alterou sua natureza.

Seria verdadeira a idéia da metempsicose se ela definisse como sendo a progressão da alma de um estado inferior a um estado superior em que adquirisse desenvolvimentos que transformassem sua natureza. Porém, é falsa no sentido de transmigração direta do animal para o homem e vice-versa, o que dá idéia de um retrocesso ou de uma fusão; portanto, essa fusão não poderia acontecer entre seres corporais de duas espécies, porque seria indício de que estão em graus não assimiláveis e deve acontecer o mesmo com os Espíritos que as animam. Se o mesmo Espírito pudesse animá-las alternativamente, haveria, conseqüentemente, uma identidade de natureza que se traduziria na possibilidade da reprodução física.
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 13 de Agosto de 2011, 16:25
Moura, somente hoje, depois de ter lido seu ultimo post e ter relacionado com os outros, é que compreendi pq vc não aceita, de forma alguma, que a alma dos animais um dia se tornará espírito.

Está claro que tudo está relacionado ao seu conceito de Metempsicose. Metempsicose, na época de Kardec, e até mesmo hoje, confunde com reencarnação pq tem dois significados: Um, do qual a alma não involui, ou seja, a alma de um macaco não volta a ser a alma de um rato, ou de um gambá. Nem o espírito de um homem volta a ser a alma de um animal, ou voltar a ser princípio inteligente. Esse era um conceito, do qual Kardec queria que fosse o admitido para não confundir com o outro abaixo.

Outro, era a transmigração da alma, tanto no que foi dito acima, como de homem para homem. Esse conceito é muito antigo e por esta razão que Kardec fez tais perguntas naquele sentido, para deixar as coisas bem claras, pq a transmigração de corpos de homens para homens é a própria reencarnação.

Você está confundindo Mentempscose com Metacomorfose. Mentempscose, do qual os espíritos estavam se referindo, é a involução dos corpos ou da alma. Do contrário, estaria dizendo que a reencarnação não existe.


Veja o que diz os espíritos:
"Conseguintemente, a metempsicose, como a entendem não é verdadeira."


Abraços


Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 13 de Agosto de 2011, 16:51
Veja que o conceito de Mentepscose estava ligado ao conceito de reencarnação desde  a epóca de Pitagoras:


Transmigração é uma doutrina filosófica de origem indiana, transportada para o Egito, de onde mais tarde Pitágoras a importou para a Grécia. Os discípulos desse filósofo ensinavam ser possível uma mesma alma, depois de uma período mais ou menos longo no império dos mortos, voltar a animar outros corpos de homens ou de animais, até que transcorra o tempo de sua purificação e possa retornar à fonte da vida. Como se constata, há uma diferença capital entre a metempsicose e a doutrina da reencarnação: em primeiro lugar, a metempsicose admite a transmigração da alma para o corpo de animais, o que seria, para os Espíritas Kardecistas, uma degradação; em segundo lugar, esta transmigração não se opera senão na Terra. Os Espíritas lecionam o contrário, que a reencarnação é um progresso constante, que o homem é um ser cuja alma nada tem de comum com a dos animais, que as diferentes existências podem realizar-se, quer na Terra, quer, por uma lei progressiva, em mundos de ordem superior, até que se torne Espírito purificado.
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 15 de Agosto de 2011, 01:13
Acho que esta questão 692, e as noticias que postei atrás, faz muito sentido, uma vez que corrobora com a hipótese de que nossos corpos físicos, tanto dos homens como dos animais, foram feitos e aprimorado pelos espíritos mais adiantados. E, segundo penso, foram aqueles que habitaram a terra em sua formação. Essa idéias pode dar "nó" na cabeça de algumas pessoas, tendo em vista a dificuldade de entender como os espíritos puderam habitar a terra em sua formação. Entretanto, uma leitura na Genêse, pode esclarecer.


692 O aperfeiçoamento genético das raças animais e dos vegetais, pela ciência, é contrária à lei natural? Estaria mais conforme com essa lei deixar as coisas seguirem seu curso normal?

Deve-se fazer tudo para chegar à perfeição, e o próprio homem é um instrumento nas mãos de Deus, do qual Ele se serve para que tudo à sua volta atinja os objetivos aos quais se destina. A perfeição, sendo o objetivo para o qual tende a natureza, é de Deus favorecer essa perfeição.
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Mourarego em 15 de Agosto de 2011, 16:37
Mano Lacerda,
o amigo continua míope ao texto...
Veja, kardec conduz a sentença deste modo: "Duas coisas podem ter a mesma origem e não se parecerem em nada mais tarde."

Ora, tudo provém do fluido universal, porém este, modifica-se N vezes, até chegar ao que é da vontade divina, crear.
Sendo assim é que o codificador, em sua frase inicial do parágrafo  houve de explicar ao fim da sentença: "(...)e não se parecerem em nada mais tarde(...)"
avalie com mais precisão mano!.
Abração,
Moura

Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/o-livro-dos-espiritos/surgimento-da-especie-humana/45/#ixzz1V7151vWm
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 15 de Agosto de 2011, 18:23
Mano Lacerda,
o amigo continua míope ao texto...
Veja, kardec conduz a sentença deste modo: "Duas coisas podem ter a mesma origem e não se parecerem em nada mais tarde."

Ok, Moura...

 "Duas coisas podem ter a mesma origem e não se parecerem em nada mais tarde."

Moura teve origem no embrião e não se parece em nada mais tarde; A árvore teve origem na semente e não se parece em nada mais tarde; O galo teve origem no embrião e não se parece em nada mais tarde; Uma borboleta teve origem na lagarta e não se parece nada mais tarde etc.

Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: HamLacerda em 15 de Agosto de 2011, 18:33
Se sou eu o miope, devo ser um miópe tentando guiar outro míope.  :D


11 O fato de ser comum a origem do princípio inteligente dos seres vivos não é a consagração da doutrina da metempsicose?


– Duas coisas podem ter a mesma origem e não se parecerem em nada mais tarde. Quem reconheceria a árvore, suas folhas, flores e frutos no germe sem forma contido na semente de onde saiu? A partir do momento que o princípio inteligente atinge o estágio necessário para ser Espírito e entrar no período de humanização, não tem mais relação com seu estado primitivo e não é mais a alma dos animais, como a árvore não é a semente. No homem, não há mais do animal senão o corpo e as paixões que nascem da influência do corpo e do instinto de conservação inerente à matéria. Não se pode, portanto, dizer que aquele homem é a encarnação do Espírito de tal animal e, assim, a metempsicose, tal como se entende, não é exata.


Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Mourarego em 15 de Agosto de 2011, 18:59
Mano Lacerda, baixa a bola mano,
não reaja, avalie tudo antes de postar, pois senão a coisa toma figura de apenas um postar apaixonado.
"No homem, não há mais do animal senão o corpo e as paixões que nascem da influência do corpo e do instinto de conservação inerente à matéria. Não se pode, portanto, dizer que aquele homem é a encarnação do Espírito de tal animal e, assim, a metempsicose, tal como se entende, não é exata."

Se o amigo até agora diz que o corpo dos humanos foi aperfeiçoado por obra de Espíritos, quer fazer crer que haja uma mágica no éter, mas esta não existe.
Quando o Espírito, saindo e saído da fase em que apenas existiu o princípio inteligente, pois que foi este que estagiou nos diversos reinos, já está pronto pára se enfurnar no cárcere carnal, dos animais, ele nada mais contém, pois que é um ser a parte na Creação.
Deus não interfere no processo de progresso mano, ele fez exararem-se as leis que se agruparam no código conhecido como Lei natural.
Se nem Deus interfere, como podem os Espíritos que abaixo Dele estão e que se submetem às ordens Dele, poderiam fazê-lo?
do animal, diz o mesmo ensino> o homem retém apenas a parte física, ou seja, quando se fala reter a parte física não se quer dizer que os ossos do homem sejam da mesma dureza do que os do homem ou s]que se pareçam entre si, mesmo os dos símios, pois que toda a argamassa que adorna aos grandes símios tem características, grau de pureza, durabilidade e mesmo constituição diferenciadas, por isso o termo que se usa é assemelhar-se, e não igualdade.
Realmente, com seu último post vejo que já não entendo o que o amigo quer explicar, e se está ou não de acordo que a teoria da metempsicose é inexata e imprecisa.
O amigo precisa me instruir sobre o que pensa a respeito desta teoria para que possamos compreender um ao outro.
Senão ficaremos, o amigo, a ser considerado míope ao que a doutrina ensine e eu, cego ao que o amigo possa estar querendo fazer com que se entenda.
Abraços,
Moura

Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/o-livro-dos-espiritos/surgimento-da-especie-humana/60/?action=post;num_replies=65#ixzz1V7Z5DxCq
Título: Re: Surgimento da Espécie Humana
Enviado por: Carlos Soares em 16 de Agosto de 2011, 00:42
                   Caro Amigo Ham!


                   Folhade São Paulo13/8/11"Nasa acha receita de DNA em meteoritos"C9.
                   "Cérebro de magros e obesos funciona de forma diferente"C8.

                   Duas manchetes num jornal, que podem ilustrar a sua hipótese, sem problema algum.
                   Na segunda o modus operandis do cérebro no tocante à digestão dos alimentos está programado pelo tipo moral do espírito encarnado que manipula sentimentos, pesamentos e ações automáticas do cérebro de acordo com a carga psíquica trazida pelo espírito no DNA.

                   A primeira dá suporte técnico à sua teoria, no momento em que encontra moléculas
utilizadas no início da formação da vida em meteoritos.

                   Imaginemos  num bunker qualquer, em um deserto qualquer deste planeta, um general qualquer, que tenha dormido mau, e resolva usar os códigos secretos, de um telefone vermelho qualquer, que tenha o poder de disparar todas as ogivas nucleares que estão em standy by, assim resolvendo seu problema pessoal de stress.

                    Acabamos de dar início ao processo de panspermia do DNA terreno por todo o
redor do nosso sistema solar. Onde houver condições ambientais propícias, a vida se iniciará como por passe de mágica. Dá a impressão que criamos vida ali, mas não é verdade, simplesmente espalhamos a vida, que continua sendo originária de algo anterior a nós.


                     Abraço Fraterno!!