Forum Espirita

CODIFICAÇÃO => O Livro dos Espíritos => Tópico iniciado por: Marianna em 03 de Setembro de 2009, 23:21

Título: O LIVRO DOS ESPÍRITOS
Enviado por: Marianna em 03 de Setembro de 2009, 23:21




O Livro dos Espíritos, a primeira obra que fez o Espiritismo entrar a via filosófica, pela dedução das conseqüências morais dos fatos, que abordou todas as partes da doutrina, tocando nas mais importantes questões que ela levanta, foi, desde o seu aparecimento, o ponto de ligação para o qual espontaneamente convergiram os trabalhos individuais.

É notório que, da publicação deste livro, data a era do Espiritismo filosófico, até então no domínio das experiências de curiosidade. Se o livro conquistou as simpatias da maioria, é que era a expressão dos sentimentos dessa maioria e respondia às suas aspirações; e, também, porque cada um aí encontrava a confirmação ou uma explicação racional do que obtinha em particular. Se estivesse em desacordo com o ensino geral dos Espíritos, não teria tido nenhum crédito e prontamente teria caído no esquecimento.

Ora, a quem se ligou?
Não foi ao homem, que por si mesmo nada é, cavilha mestra que morre e desaparece, mas à idéia que não perece, quando emana de uma fonte superior ao homem.

Essa concentração espontânea das forças esparsas deu lugar a uma correspondência imensa, monumento único no mundo, quadro vivo da verdadeira história do Espiritismo moderno, onde se refletem, ao mesmo tempo, os trabalhos parciais, os sentimentos múltiplos que a doutrina fez nascer, os resultados morais, os devotamentos e as falências; arquivos preciosos para a posteridade, que poderá julgar os homens e as coisas em peças autênticas.


Revista Espírita de 1867
Allan Kardec.