Forum Espirita

CODIFICAÇÃO => O Evangelho Seg. Espiritismo => Tópico iniciado por: ALISSON CLESSIO em 16 de Fevereiro de 2012, 01:33

Título: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: ALISSON CLESSIO em 16 de Fevereiro de 2012, 01:33
Queridos irmãos espiritas,
Sou principiante e as pessoas me perguntam constantemente, como é, na visão espirita a volta de Jesus? Isso vai mesmo acontecer como relata a Bíblia?

Muita Paz!
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: ram-wer em 16 de Fevereiro de 2012, 01:56
Ô, Alisson, pensa bem:

Se Jesus tivesse voltado há 1.000 anos, seria queimado pela heresia de querer passar por Jesus. Se, como último recurso, tivesse feito milagres, ganharia a fogueira por bruxaria.

Agora, em nosso Século de recursos virtuais, efeitos especiais e infinitas espertezas, quem acreditaria que aquele ali é Jesus? 

Se ele dissesse – "Sou" –, a gente acharia que é um lunático ou um ego inflado.

Milagres e curas?  Nem adianta botar no YouTube. A gente diria: – "Photoshop ou Final Cut Pro X."

Aparição no céu?  Bem, só se fosse uma imagem imensa, viva, falando claramente em todos os idiomas.  Ok, isso a nossa tecnologia ainda não pode fazer. 

Porém, se Jesus prometeu que voltaria, é que de algum modo voltará. 

Só Deus sabe...

Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: alexfidelis em 16 de Fevereiro de 2012, 03:09
Jesus disse que ia voltar e viria com outro nome. Eu tenho um desconfiança que ele voltou com o nome de Espírito de Verdade. Esse espírito deu inúmeras contribuições para a Codificação Espírita!

Sei de  outros espíritas que tem a mesma desconfiança.

Sent from my MB860 using Tapatalk
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: Le em 16 de Fevereiro de 2012, 11:01
Meus caros

Bíblia significa "livros" logo, o volume que nos é disponibilizado é um conjunto de livros que devemos ler, estudar e interpretar para procurar entender a mensagem que cada licro nos procura dar.

Há que se atenha apenas aoa AT e quem se atenha apenas ao NT.

Há também que procura fazer a leitura de ambos e face ao tempos procure interrelacionar as mensagens e procure entende o que pretenderia ao tempo a que foram transmitidas.

Quanto ao facto em apreço, JESUS, vir ou não vir, é caso para perguntar: Mas não é facto e realidade que ELE sempre esteve, está e estará no meio de nós porque em nós está?

JESUS, jesoûs (em grego) adaptado do hebáico Joxua (ajuda) foi, é O CRISTO, ( christos em grego adaptado do hebáico) oO Escolhido ou Ungido.

A ajuda está sempre disponível para quem a queira a procure e a ceite em cada momento, ontém , hoje e amanhã e, por isso Jesus está connosco em cada momento que queiramos.

Muita paz e que Jesus esteja convosco.
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: Mourarego em 16 de Fevereiro de 2012, 16:08
Todavia, Jesus nunca prometeu voltar, prometeu sim, pedir ao Pai que nos enviasse um novo consolador.
abraços,
Moura
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: RHOR em 16 de Fevereiro de 2012, 18:10
                "Todavia, Jesus nunca prometeu voltar,"


Porque assim como o relampago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do filho do homem. (Mateus 24,27).

Então aparecerá no céu o sinal do filho do Homem; e todas as tribos da terra se lamentarão e verão o filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.
E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma a outra extremidade dos céus.(Mateus 24,30 e 31).

Por isso, estais vós apercebidos também, porque o filho do homem há de vir à hora em que não penseis.( Mateus 24,44)

Essa são palavras do próprio mestre, como que ele nunca disse que voltaria????

E continua em Mateus 25, 13, 31 sem falar em Marcos, Lucas, João.

 E

Varões galileus, porque estais olhando para o céu? Esse Jesus, que entre vós foi recebido em cima no céu,há de vir assim como para o céu o viste ir. ( Atos dos Apóstolos 1, 11).
 Por todo o novo testamento vemos a volta de Jesus a terra.
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: Aimoré em 16 de Fevereiro de 2012, 21:43
Jesus sempre esteve presente, da formação da Terra até os dias de hoje,e ficará até  completar sua missão junto ao planeta.Coordena nosso processo evolutivo através de seus acessores e ele próprio reencarnou no tempo devido.E se quisermos ele presente em nossas vidas,colaboremos com sua obra,nos esforçando pela caridade em todos os sentidos.Foi ele que disse :"onde dois ou mais se reunirem em meu nome ,eu estarei entre eles".
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: ram-wer em 16 de Fevereiro de 2012, 22:36
Não acredito que Jesus voltará como pessoa reencarnada, pra viver nova missão. A passagem dele pela Terra foi perfeita, segundo posso deduzir dos Evangelhos.

Creio que sua "volta triunfal" virá de dentro, de nossas Almas. A humanidade vai se regenerar.

Não, nem todos precisarão se tornar cristãos.  A "volta" é a espiritualização com Krishna, Buda, Jesus, Mohamed ou sem eles.
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: Silvio Matos em 16 de Fevereiro de 2012, 23:17
Queridos irmãos espiritas,
Sou principiante e as pessoas me perguntam constantemente, como é, na visão espirita a volta de Jesus? Isso vai mesmo acontecer como relata a Bíblia?

Muita Paz!

Alisson,......entendo que quando Jesus aqui esteve, era Espírito Superior em sua classe máxima, acredito ser hoje Espírito Puro. Não precisando voltar, pois jamais nos DEIXOU.

OLE

PRIMEIRA ORDEM – ESPIRITOS PUROS

112. CARACTERES GERAIS. - Nenhuma influência da matéria.
Superioridade intelectual e moral absoluta, em relação aos Espíritos das outras ordens.

113. PRIMEIRA CLASSE. - Classe única. Percorreram todos os graus da escala e se despojaram de todas as impurezas da matéria. Havendo atingido a soma de perfeições de que é suscetível a criatura, não têm mais provas nem expiações a sofrer. Não estando mais sujeitos à reencarnação em corpos perecíveis, vivem a vida eterna, que desfrutam no seio de Deus. Gozam de uma felicidade inalterável, porque não estão sujeitos nem às necessidades nem às vicissitudes da vida material, mas essa felicidade não é a de uma ociosidade monótona, vivida em contemplação perpétua. São os mensageiros e os ministros de Deus, cujas ordens
executam, para a manutenção da harmonia universal. Dirigem a todos os Espíritos que lhes são inferiores, ajudam-nos a se aperfeiçoarem e determinam as suas missões. Assistir os homens nas suas angústias, incitá-los ao bem ou à expiação de faltas que os distanciam da felicidade suprema, é para eles uma ocupação agradável. São às vezes designados pelos nomes de anjos, arcanjos ou serafins. Os homens podem comunicar-se com eles, mas bem presunçoso seria o que pretendesse tê-los constantemente às suas ordens.
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: Silvio Matos em 16 de Fevereiro de 2012, 23:23
                "Todavia, Jesus nunca prometeu voltar,"


Porque assim como o relampago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do filho do homem. (Mateus 24,27).

Então aparecerá no céu o sinal do filho do Homem; e todas as tribos da terra se lamentarão e verão o filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.
E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma a outra extremidade dos céus.(Mateus 24,30 e 31).

Por isso, estais vós apercebidos também, porque o filho do homem há de vir à hora em que não penseis.( Mateus 24,44)

Essa são palavras do próprio mestre, como que ele nunca disse que voltaria????

E continua em Mateus 25, 13, 31 sem falar em Marcos, Lucas, João.

 E

Varões galileus, porque estais olhando para o céu? Esse Jesus, que entre vós foi recebido em cima no céu,há de vir assim como para o céu o viste ir. ( Atos dos Apóstolos 1, 11).
 Por todo o novo testamento vemos a volta de Jesus a terra.

RHOR,...na boa, Espiritismo não tem a bíblia como obra básica. No Evangelho Segundo o Espiritismo são estudados, analisados e comentados os aspectos MORAIS da passagem de Jesus em nosso planeta,.....e Ponto.

abç
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: HamLacerda em 16 de Fevereiro de 2012, 23:47
É um texto que todo espírita deveria ler... Afasta qualquer superstição sobre esse assunto e sobre o assunto do fim do mundo.


REVISTA ESPÍRITA
JORNAL DE ESTUDOS PSICOLÓGICOS
 -
PUBLICADA SOB A DIREÇÃO DE
ALLAN KARDEC
 -
ANO 11 - FEVEREIRO/MARÇO 1868 - Nº. 2 e 3


INSTRUÇÕES DOS ESPÍRITOS.
 
OS MESSIAS DO ESPIRITISMO
 
COMENTÁRIOS SOBRE OS MESSIAS DO ESPIRITISMO.


1.- Foi-vos dito que um dia todas as religiões se confundirão numa mesma crença; ora, eis como isto ocorrerá.  Deus dará um corpo a alguns Espíritos superiores, e eles pregarão o Evangelho puro. Um novo Cristo virá; ele porá fim a todos os abusos que duram há muito tempo, e reunirá os homens sob uma mesma bandeira.
 
Ele nasceu, o novo Messias, e restabelecerá o Evangelho de Jesus Cristo.  Glória ao seu poder!
 
Não é permitido revelar o lugar onde ele nasceu; e se alguém vier vos dizer: "Ele está em tal lugar", não o creiai, porque ninguém o saberá antes que seja capaz de se revelar, e, daqui até lá, é preciso que grandes coisas se cumpram para aplainar os caminhos.
 
Se Deus vos deixar viver bastante tempo, vereis pregar o verdadeiro Evangelho de Jesus Cristo pelo novo Missionário de Deus, e uma grande mudança será feita pelas pregações desse Filho bendito; à sua palavra poderosa, os homens, de diferentes crenças, dar-se-ão as mãos.
 
Glória a esse divino enviado, que vai restabelecer as leis mal compreendidas e mal praticadas do Cristo!  Glória ao Espiritismo que o precede e que vem esclarecer todas estas coisas!
 
Crede-me, meus irmãos, que não há senão vós que recebeis semelhantes comunicações; mas tende esta em segredo até nova ordem.
 
(São José; Sétif (Argélia), 1861.)

Nota.  Esta revelação foi uma da primeiras deste gênero que nos foram transmitidas; mas outras a tinham já precedido.  Depois, foram dadas espontaneamente um grande número de comunicações sobre o mesmo assunto, em diferentes centros espíritas da França e do Estrangeiro, que todas concordam pelo fundo do pensamento; e como por toda parte compreendeu-se a necessidade de não divulgá-las, e que nenhuma foi publicada, elas puderam ser o reflexo uma das outras.  É um dos mais notáveis exemplos da simultaneidade e da concordância dos ensinos dos Espíritos quando o tempo de uma questão é chegado (1).  (1) As comunicações deste gênero são inumeráveis; delas não relatamos aqui senão algumas, e se as publicamos hoje, é que chegou o momento de levar o fato ao conhecimento de todos, e que é ú til, para os espíritas, saber em que sentido se pronuncia a maioria dos Espíritos.
 
2.- Incontestavelmente, está reconhecido que vossa época é uma época de transição e de fermentação geral; mas ela ainda não chegou a esse grau de maturidade que marca a vida das nações. É ao vigésimo século que está reservado o retoque da Humanidade; todas as coisas que vão aqui se cumprir não são senão as preliminares da grande renovação. O homem chamado a completá-la, ainda não está amadurecido para cumprir sua missão; mas eleja nasceu, e sua estrela apareceu na França marcada com uma auréola, e vos foi mostrado na África há pouco tempo.  Seu caminho está marcado antecipadamente.
 
A corrupção dos costumes, as infelicidades que serão a conseqüência do desencadeamento das paixões, o declínio da fé religiosa, serão os sinais precursores de seu advento.
 
A corrupção, no seio das religiões, é o sintoma de sua decadência, como ela é o da decadência dos povos e dos regimes políticos, porque é o indício de uma falta de fé verdadeira; os homens corrompidos arrastam a Humanidade a um pendor funesto, de onde ela não pode sair senão por uma crise violenta.  Ocorre o mesmo com as religiões que substituem, ao culto da Divindade, o culto do dinheiro e das honras, e que se mostrem mais ávidos de bens materiais da Terra do que de bens espirituais do céu.
 
(FÉNELON; Constantinopla, dezembro de 1861.)


3.- Quando uma transformação da Humanidade deve se operar, Deus envia em missão um Espírito capaz, por seus pensamentos e por uma inteligência superior, de dominar seus contemporâneos, e de imprimir, às gerações futuras, as idéias necessárias para uma revolução moral civilizadora.
 
De tempos em tempos, assim, vêem-se elevar-se, acima do comum dos homens, seres que, como faróis, os guiam no caminho do progresso, e lhes fazem transpor, em alguns anos, as etapas de vários séculos.  O papel de alguns está limitado a um país ou a uma raça; são como oficiais conduzindo cada um sob sua ordem, uma divisão do exército; mas há outros cuja missão é agir sobre a Humanidade inteira, e que não aparecem senão nas épocas mais raras que marcam a era das transformações gerais.
 
Jesus Cristo foi um desses enviados excepcionais; do mesmo modo tereis para os tempos chegados, um Espírito superior que dirigirá o movimento do conjunto, e dará uma coesão poderosa às forças esparsas do Espiritismo.
 
Deus sabe a propósito modificar nossas leis e nossos hábitos, e quando um fato novo se apresente, esperai e orai, porque o Eterno não faz nada que não seja segundo as leis de divina justiça que regem o universo.
 
Para vós que tendes a fé, e que consagrastes a vossa vida à propaganda da idéia regeneradora, isso deve ser simples e justo; mas só Deus conhece o que é prometido; limito-me a vos dizer: Esperai e orai, porque o tempo é chegado, e o novo Messias não faltará: Deus saberá designá-lo a seu tempo; aliás, será por suas obras que ele se afirmará.
 
Podeis esperar muitas coisas, vós que vedes tantas estranhas com relação às idéias admitidas pela civilização moderna.
 
(BALUZE; Paris, 1862.)


4- Eis uma pergunta que se repete por toda parte: O Messias anunciado é a mesma pessoa do Cristo?
 
Junto de Deus estão os Espíritos numerosos chegados ao cume da escala dos Espíritos puros, que mereceram ser iniciados em seus desígnios, para dirigir-lhes a execução.
 
Deus escolhe entre eles seus enviados superiores encarregados das missões especiais.
 
Podeis chamá-los Cristos: é a mesma escola; são as mesmas idéias modificadas segundo os tempos.
 
Não vos admireis, pois, de todas as comunicações que vos anunciam a vinda de um Espírito poderoso sob o nome do Cristo; é o pensamento de Deus revelado a uma certa época, e que é transmitido pelo grupo dos Espíritos superiores que se aproximam de Deus, e que dele recebe as emanações para presidir ao futuro dos mundos gravitando no espaço.
 
Aquele que morreu sobre a cruz tinha uma missão a cumprir, e essa missão se re-nova hoje por outros Espíritos desse grupo divino, que vêm, eu o repito, presidir aos destinos de vosso mundo.
 
Se o Messias, do qual falam essas comunicações, não for a personalidade de Jesus, é o mesmo pensamento.  É aquele que Jesus anunciou quando disse: "Eu vos enviarei o Espírito de Verdade que deverá restabelecer todas as coisas", quer dizer, conduzir os homens à sadia interpretação de seus ensinos, porque ele previa que os homens se desviariam do caminho que lhes havia traçado.
 
Era preciso, aliás, completar o que não havia podido dizer então, porque não teria sido compreendido.  Foi porque uma multidão de Espíritos de todas as ordens, sob a direção do Espírito de Verdade, veio em todas as partes do mundo e em todos os povos, re-velar as leis do mundo espiritual, das quais Jesus havia adiado o ensinamento, e lançar, pelo Espiritismo, os fundamentos da nova ordem social.  Quando todas as bases lhe forem postas, então virá o Messias que deverá coroar o edifício e presidir à reorganização com a ajuda dos elementos que terão sido preparados.  Mas não creiais que esse Messias esteja só; haverá vários deles que abraçarão, pela posição que cada um ocupará no mundo, as grandes partes da ordem social: a política, a religião, a legislação, a fim de fazê-las concordar com o mesmo objetivo.
 
Além dos Messias principais, Espíritos de elite surgirão em todas as partes do detalhe, e que, como lugares-tenentes animados da mesma fé e do mesmo desejo, agirão de comum acordo sob o impulso do pensamento superior.
 
Será assim que, pouco a pouco, se restabelecerá a harmonia do conjunto; mas é necessário, preliminarmente, que certos acontecimentos se realizem.
 
(LACORDAIRE; Paris, 1862.)
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: HamLacerda em 16 de Fevereiro de 2012, 23:53
Continuando....





OS ESPÍRITOS MARCADOS

5.- Há muitos Espíritos superiores que concorrem poderosamente à obra regeneradora, mas nem todos são messias.  É preciso distinguir:
 
1° Os Espíritos superiores que agem livremente, e de sua própria vontade;

2° Os Espíritos marcados, quer dizer, designados para uma missão importante.  Eles têm a irradiação luminosa que é o sinal característico de sua superioridade.  São escolhidos entre os Espíritos capazes de cumpri-la; no entanto, como têm seu livre-arbítrio, podem falhar por falta de coragem, de perseverança e de fé, e não estão ao abrigo dos acidentes que podem abreviar seus dias.  Mas como os desígnios de Deus não estão a mercê de um homem, o que um não faz, um outro é chamado a fazê-lo.  É porque há muitos chamados e poucos escolhidos.  Feliz aquele que cumpriu sua missão segundo os objetivos de Deus e sem desfalecimento!
 
3° Os Messias, seres superiores chegados ao mais alto grau da hierarquia celeste, depois de terem chegado a uma perfeição que os torna, doravante, infalíveis e acima das fraquezas humanas, mesmo na encarnação.  Admitidos no conselho do Mais Alto recebem diretamente sua palavra, que estão encarregados de transmitir e de fazer cumprir.  Verdadeiros representantes da Divindade, da qual têm o pensamento, é entre eles que Deus escolhe seus enviados especiais, ou seus Messias para as grandes missões gerais, cujos detalhes de execução são confiados a outros Espíritos, encarnados ou desencarnados, agindo por suas ordens e sob sua inspiração.
 
Os Espíritos destas três categorias devem concorrer ao grande movimento regenerador que se opera.  (Êxtase sonambúlico; Paris 1866.)
 
6.- Venho, meus amigos confirmar a esperança dos altos destinos que esperam o Espiritismo.  Esse glorioso futuro que vos anunciamos será realizado pela vinda de um Espírito superior que resumirá, na essência de sua perfeição, todas as doutrinas antigas e novas e que, pela autoridade de sua palavra, unirá os homens às crenças novas.  Semelhante ao sol levante, dissipará todos os obstáculos amontoados sobre a eterna verdade pelo fanatismo e a inobservância dos preceitos do Cristo.
 
A estrela da nova crença, o futuro Messias, cresce na sombra; mas já seus inimigos tremem, e as virtudes dos céus são abaladas.
 
Perguntais se esse novo Messias é a própria pessoa de Jesus de Nazaré?  Que vos importa, se é o mesmo pensamento que amima a ambos!  São as imperfeições que dividem os Espíritos; mas quando as perfeições são iguais, nada os distingue; formam unidades coletivas sem perderem sua individualidade.
 
O começo de todas as coisas é obscuro e vulgar; o que é pequeno cresce; nossas manifestações, acolhidas de início com desdém, violência ou indiferença banal da curiosidade ociosa, espalharão as ondas de luz sobre os cegos e os regenerarão.
 
Todos os grandes acontecimento tiveram seus profetas, alternativamente incensados e menosprezados.  Assim como Moisés conduziu os Hebreus, nós vos conduziremos para a terra prometida da inteligência.
 
Semelhança chocante!  os mesmos fenômenos se reproduzem, não mais no sentido material destinado a impressionar homens crianças, mas em sua acepção espiritual.  As crianças se tornaram adultos; o objetivo crescendo, os exemplos não se dirigem mais aos olhos; a vara de Ãarão está quebrada, e a única transformação que operamos é a de vossos corações tomados atentos ao grito de amor que, do céu, repercute na Terra.
 
Espíritas!  compreendei a seriedade de vossa missão; tremei de alegria, porque a hora não está longe em que o divino enviado alegrará o mundo.  Espíritas laboriosos, sede benditos em vossos esforços, e sede perdoados em vossos erros.  A ignorância e a perturbação vos esconde ainda uma parte da verdade que só o celeste Mensageiro pode revelar inteiramente.
 
(São Luís; Paris, 1862.)


7.- A vinda do Cristo restabeleceu vossa Terra aos sentimentos que, por um instante, a submeteram à vontade de Deus; mas os homens, cegados por suas paixões, não puderam guardar em seu coração o amor ao próximo, o amor ao Senhor do céu.  O enviado do Todo-Poderoso abriu à Humanidade o caminho que conduz à morada bem-aventurada; mas a Humanidade recuou do passo imenso que o Cristo a tinha feito dar; ela caiu no trilho do egoísmo, e o orgulho fê-la esquecer seu Criador.
 
Deus permite que, uma vez ainda, sua palavra seja pregada na Terra e tereis a glori-ficá- lo daquilo que consentiu vos chamar, os primeiros, a crerem o que mais tarde seria ensinado.  Regozijai-vos, porque os tempos estão próximos em que essa palavra se fará ouvir.  Melhorai-vos, aproveitando os ensinamentos que ele nos permite vos dar.
 
Que a árvore da fé, que toma neste momento raízes tão vivazes, traga seus frutos; que esses frutos amadureçam como amadurecerá a fé que anima hoje alguns dentre vós!
 
Sim, meus filhos, o povo caminhará mais depressa na nova mensagem anunciada pelo próprio Cristo, e todos virão escutar essa divina palavra, porque nela reconhecerão a linguagem da verdade e o caminho da salvação.  Deus que nos permitiu esclarecer, sustentar vossa caminhada até esse dia, nos permitirá ainda vos dar as instruções que vos são necessárias.
 
Mas vós também que, os primeiros, fostes favorecidos pela crença, tendes vossa missão a cumprir; tendes que trazer aqueles, dentre vós, que duvidam ainda dessas manifestações que Deus permite; tereis que fazer luzir, aos seus olhos, os benefícios que tanto vos tem consolado; porque, em vossos dias de tristeza e de abatimento, vossa crença não vos sustentou; não fez nascer em vosso coração essa esperança que, sem ela, teríeis ficado no desencorajamento?
 
Será aí que será preciso partilhar com aqueles que não crêem ainda, não por uma precipitação intempestiva, mas com prudência e sem chocar de frente os preconceitos há muito tempo enraizados.  Não se arranca uma velha árvore com um só golpe; como um talo de erva, mas pouco a pouco.
 
Semeai, desde o presente, o que mais tarde quereis colher; semeai o grão que virá frutificar no terreno que preparaste e do qual vós mesmo recolhereis os frutos, porque Deus vos terá em conta do que tiverdes feito por vossos irmãos.
 
(LAMENNAIS; lê Havre, 1862.)
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: HamLacerda em 16 de Fevereiro de 2012, 23:55
FUTURO DO ESPIRITISMO

8.- Depois de suas primeiras etapas, o Espiritismo, acostumando-se aos perigos, livrando-se cada vez mais das obscuridades que lhes serviram de cueiros, fará logo seu aparecimento no grande palco do mundo.
 
Os acontecimentos caminham com uma rapidez tal, que não se pode menosprezar a poderosa intervenção dos Espíritos que presidem aos destinos da Terra.  Há como um estremecimento nos flancos de vosso globo em trabalho de parto; novas raças saídas das altas esferas vêm turbilhonar ao vosso redor, esperando a hora de sua encarnação messiânica, e ali se prepara pelo estudo de vastas questões que comovem hoje a Terra.
 
Vêem-se, de todos os lados, sinais de decrepitude nos usos e nas legislações que não estão mais em relação com as idéias modernas.  As velhas crenças, adormecidas há séculos, parecem despertar de seu torpor secular, e se admiram de se ver em luta com as novas crenças emanadas dos filósofos e dos pensadores deste século e do século passado.
 
O sistema degenerado de um mundo que não era senão um simulacro se desmorona diante da aurora do mundo real, do mundo novo.  A lei de solidariedade da família passou aos habitantes dos Estados para conquistar em seguida a Terra inteira; mas essa lei tão sábia, tão progressista, essa lei divina, em um palavra, não se limita a esse resultado único; infiltrando-se nos corações de grandes homens, ensinou-lhes que, não só era necessária ao grande melhoramento de vossa morada, mas que se estendia a todos os mundos de vosso sistema solar, para se estender dali a todos os mundos da imensidade!
 
Ela é bela, essa lei da solidariedade universal, porque nessa lei se encontra esta sublime máxima: Todos por um e cada um por todos.
 
Eis, meus filhos, a verdadeira lei do Espiritismo, a verdadeira conquista de um futuro próximo.  Caminhai, pois, em vosso caminho imperturbavelmente, sem vos preocupar com as zombarias de uns e amor-próprio ferido de outros.  Estamos e ficaremos convosco, sob a égide do Espírito de Verdade, meu senhor e o vosso.
 
(ERASTO; Paris, 1863.)


9.- O Espiritismo estende, cada dia, o círculo de seu ensino moralizador.  Sua grande voz ressoou de um extremo da Terra ao outro.  A sociedade com ele se emocionou, e de seu seio partiram os adeptos e os adversários.
 
Adeptos fervorosos, adversários hábeis, mas cuja própria habilidade e reputação serviram à causa que queriam combater, chamando sobre a nova doutrina o olhar das massas, e dando-lhes o desejo de conhecer os ensinos regeneradores que seus adeptos preconizam, e que os fazem zombar e cair no ridículo.
 
Contemplai o trabalho realizado e alegrai-vos do resultado!  Mas que efervescência indizível se produzirá nos povos, quando os nomes de seus escritores mais queridos virão se juntar aos nomes mais obscuros, ou menos conhecidos, daqueles que seguem de perto em torno da bandeira da verdade!
 
Vede o que produziram os trabalhos de alguns grupos isolados, para a maioria entravados pela intriga e a má vontade, e julgai da revolução que se operará quando todos os membros da grande família Espírita se estenderem as mãos, e declararão, cabeça alta e o coração confiante, a sinceridade de sua fé e de sua crença na realidade do ensino dos Espíritos.
 
As massas amam o progresso, procuram-no, mas o temem.  O desconhecido inspira um secreto terror às crianças ignorantes de uma sociedade embalada em preconceitos, que tenta seus primeiros passos no caminho da realidade e do progresso moral.  As grandes palavras de liberdade, de progresso, de amor, de caridade, tocam o povo sem comovê-lo; freqüentemente, prefere seu estado presente e medíocre a um futuro melhor, mas desconhecido.
 
A razão desse terror do futuro está na ignorância do sentimento moral num grande número, e do sentimento inteligente nos outros.  Mas não é verdade, como disseram vá-rios filósofos célebres, que uma concepção falsa da origem das coisas fez errar, como eu mesmo disse, - por que envergonhar-me de dize-lo; não pude me enganar?  - não é verdadeiro, digo eu, que a Humanidade seja má por essência; não, aperfeiçoando sua inteligência, ela não dará um vôo mais longo às suas qualidade más.  Afastai de vós esses pensamentos desesperadores que repousam sobre um falso conhecimento do espírito humano.
 
A Humanidade não é má por natureza; mas é ignorante, e, por isto mesmo, mais apta a se deixar governar por suas paixões.  Ela é progressiva e deve progredir para alcançar seus destinos; esclarecei-a; mostrai-lhe seus inimigos escondidos na sombra; desenvolvei sua essência moral, que é inata nela, e somente adormecida sob a influência dos maus instintos, e reanimareis a centelha da eterna verdade, da eterna presciência do infinito, do belo e do bom que reside para sempre no coração do homem, mesmo o mais perverso.
 
Filhos de uma doutrina nova, reuni vossas forças; que o sopro divino e o socorro dos bons Espíritos vos sustentem, e fareis grandes coisas.  Tereis a glória de ter colocado as bases dos princípios imperecíveis, dos quais vossos descendentes recolherão os frutos.
 
(MONTAIGNE; Paris, 1865.)


AS ESTRELAS CAIRÃO DO CÉU.

10.- Oh!  quanto a luz do Senhor é bela!  que brilho prodigioso seus raios derramam!
 
Santo Sião!  bem-aventurados aqueles que estão sentados à sombra de teus tabernáculos!
 
Oh!  que harmonia é comparável às esferas do Senhor!  Beleza incompreensível para olhos mortais, incapazes de perceberem tudo que não pertence ao domínio dos sentidos!
 
A aurora esplêndida de um dia novo, o Espiritismo vem esclarecer os homens.  Já seus clarões mais fortes aparecem no horizonte; já os Espíritos das trevas, vendo que seu império vai desmoronar estão presos de raivas inúteis, e lançam seu último vigor nas conspirações infernais.  Já o anjo radioso do progresso estende suas brancas asas matizadas; já as virtudes dos céus se abalam, e as estrelas caem de sua abóbada, mas trans-formadas em puros Espíritos, que vêm, como anunciam as Escrituras em linguagem figurada, proclamar sobre as ruínas do velho mundo o advento do Filho do homem.
 
Bem-aventurados aqueles cujo coração está preparado para receber a semente divina que os Espíritos do Senhor lançam a todos os ventos do céu!  Bem-aventurados aqueles que cultivam, no santuário de sua alma, as virtudes que o Cristo veio lhes ensinar, e que lhes ensina ainda pela voz dos médiuns, quer dizer, dos instrumentos que repetem as palavras dos Espíritos!  Bem-aventurados os justos, porque o reino dos céus lhes pertencera!
 
Ó meus amigos!  continuai a caminhar no caminho que vos está traçado; não sede obstáculo à verdade que quer clarear o mundo; não, sede propagadores zelosos e infatigáveis como os primeiros apóstolos, que não tinham teto para abrigar suas cabeças, mas que caminhavam à conquista que Jesus havia começado; que caminhavam sem pensa-mento dissimulado, sem hesitação; que sacrificavam tudo, até a última gota do seu sangue, para que o cristianismo fosse estabelecido.
 
Vós, meus amigos, não tendes necessidade de sacrifícios tão grandes; não, Deus não vos pede vossa vida, mas vosso coração, vossa boa vontade.  Sede, pois, zelosos, e caminhai unidos e confiantes repetindo a palavra divina: "Meu Pai, que vossa vontade seja feita e não a minha!"
 
(DUPUCH, bispo de Argel; Bordeaux, 1863.)
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: HamLacerda em 16 de Fevereiro de 2012, 23:57
OS MORTOS SAIRÃO DE SEUS TÚMULOS

11.- Povos, escutai!...  Uma grande voz se faz ouvir de um canto ao outro dos mundos; é a do precursor anunciando a vinda do Espírito de Verdade que vem endireitar os caminhos tortuosos onde o Espírito humano se desvia em falsos sofismas.  É a trombeta do anjo vindo despertar os mortos para que saiam de seus túmulos.
 
Freqüentemente, tendes lido a revelação de João, e vos perguntastes: Mas o que quer dizer?  Como, pois, se cumprirão essas coisas surpreendentes?  E vossa razão confundida, se enfia numa tenebrosa complicação de onde não pode sair, porque queríeis tomar ao pé da letra o que estava dado num estilo figurado.
 
Agora que o tempo chegou, em que uma parte dessas predições vai se cumprir, aprendeis, pouco a pouco, a ler nesse livro onde o discípulo bem-amado consignou as coisas que lhe havia sido dado ver.  No entanto, as más traduções e as falsas interpretações vos embaraçarão ainda um pouco, mas, com trabalho perseverante, chegareis a compreender o que, até o presente, havia sido para vós letra fechada.
 
Compreendei somente que, se Deus permite que os selos sejam levantados mais cedo para alguns, não é porque esse conhecimento permanece estéril em suas mãos, mas porque, pioneiros infatigáveis, eles desmoitam as terras incultas; é a fim de que fecundem, com o doce orvalho da caridade, os corações ressecados pelo orgulho e impedidos, pelos embaraços humanos, onde a boa semente da palavra de vida não pôde ainda germinar.
 
Ai!  quantos olham a vida humana como devendo ser uma festa perpétua onde as distrações e os prazeres se sucedem sem interrupção!  Eles inventam mil nadas para encantar seus lazeres; cultivam seu espírito, porque é uma das facetas brilhantes servindo para fazer ressaltar sua personalidade: são semelhantes a essas bolhas efêmeras refletindo as cores do prisma e balançando no espaço: elas atraem por um tempo os olhares, depois vós as buscareis...  desapareceram sem deixar traços.  Do mesmo modo essas almas mundanas brilharam com um brilho emprestado, durante sua curta passagem terrestre, e nelas nada ficou de útil, nem para os seus semelhantes, nem para si mesmas.
 
Vós que conheceis o preço do tempo, vós a quem as leis da eterna sabedoria são pouco a pouco reveladas, sede nas mãos do Todo-Poderoso instrumentos dóceis servindo para levar a luz e a fecundidade a essas almas das quais foi dito: "Elas têm olhos e não vêem, ouvidos que não ouvem," porque estando desviadas do facho da verdade, e tendo escutado a voz das paixões, sua luz não é senão trevas no meio das quais o Espírito não pode reconhecer a rota que o faz gravitar para Deus.
 
O Espiritismo é esta voz poderosa que já ressoa até as extremidades da Terra; todos a ouvirão.  Felizes aqueles que, não tapando voluntariamente os ouvidos, sairão de seu egoísmo, como o fariam os mortos de seus sepulcros, e cumprirão doravante os atos da verdadeira vida, a do Espírito se libertando dos entraves da matéria, como fez Lázaro com sua mortalha à voz do Salvador.
 
O Espiritismo marca a hora solene do despertar das inteligências, tendo usado seu livre-arbítrio para retardar nas veredas lamacentas, cujos miasmas deletérios infectaram a alma com veneno lento que lhe dá as aparências da morte.  O Pai celeste tem piedade desses filhos pródigos, caídos tão baixo que nem pensam mesmo na morada paterna, e é para eles que permite essas manifestações brilhantes destinadas a convencer que, mais além desse mundo de formas perecíveis, a alma conserva a lembrança, o poder e a imortalidade.
 
Possam esses pobres escravos da matéria sacudir o torpor que lhes impediu de ver e compreender até hoje; possam estudar com sinceridade, a fim de que a luz divina, penetrando- lhes a alma, dela expulse a dúvida e a incredulidade.
 
(JOÃO O EVANGELISTA; Paris, 1866.)


O JULGAMENTO FINAL

12.- Jesus virá sobre as nuvens para julgar os vivos e os mortos.  Sim, Deus o enviará, como o envia todos os dias, para dar essa justiça soberana nas planícies imensas do éter.  Ah!  quando São Tiago foi precipitado do alto da torre do templo de Jerusalém, pelos pontífices e pelos fariseus, por ter anunciado ao povo reunido essa verdade ensinada pelo Cristo e seus apóstolos, lembrai-vos que, a essa palavra do justo, a multidão se prosterna exclamando: Glória a Jesus, filho de Deus, no mais alto dos Céus!
 
 
Ele virá sobre as nuvens em terrível reunião plenária: não é para vos dizer, ó Espíritas, que ele venha perpetuamente receber as almas daqueles que entram na erraticidade?
 
Passai à minha direita, diz às suas ovelhas o pastor, vós que bem agistes segundo as vistas de meu Pai, passai à minha direita e subi até ele; quanto a vós que vos deixastes dominar pelas paixões da Terra, passai à minha esquerda, estais condenados.
 
Sim, estais condenados a recomeçar o caminho percorrido, numa nova existência terrestre, até que estejais saciados de matérias e de iniqüidades, e que, enfim, tenhais expulsado o impuro que vos domina.  Sim, estais condenados; ide e retornai, pois, ao inferno da vida humana, enquanto que vossos irmãos da mão direita vão se lançar para as esferas superiores, de onde as paixões da Terra estão excluídas, até o dia em que entrarão no reino de meu Pai para uma maior purificação.
 
Sim, Jesus virá julgar os vivos e os mortos; os vivos: os justos, os de sua direita; os mortos: os impuros, os de sua esquerda; e quando as asas empurrarem os justos, a matéria se apoderará ainda dos impuros; e isto, até que estes saiam vencedores dos combates contra a impureza, e se despojem, enfim, para sempre, de suas crisálidas humanas.
 
Ó Espíritas!  vedes que vossa doutrina é a única que consola, a única que dá a esperança, e não condenando a uma condenação eterna os infelizes que se comportaram mal durante alguns minutos da eternidade; a única, enfim, que prediz o fim verdadeiro da Terra pela elevação gradual dos Espíritos.
 
Progredi, pois, despojando o velho homem, para entrar na região dos Espíritos amados por Deus.
 
(ERASTO; Paris, 1861.)


13.-A sociedade em geral, ou, melhor dizendo, a reunião de seres, tanto encarnados quanto desencarnados, que compõem a população flutuante de um mundo, em uma palavra, uma Humanidade, não é outra senão uma grande criança coletiva que, como todo ser dotado de vida, passa por todas as fases que se sucedem em cada um, desde do nascimento até a idade mais avançada; e, do mesmo modo que o desenvolvimento do indivíduo é acompanhado de certas perturbações físicas e intelectuais que incumbem, mais particularmente, em certos períodos da vida, a Humanidade tem suas doenças de crescimento, seus transtornos morais e intelectuais.  É a uma dessas grandes épocas, que terminam um período e que começam um outro, a que vos é dado assistir.  Participando, ao mesmo tempo, das coisas do passado e as do futuro, aos sistemas que se desmoronam e às verdades que se fundem, tende cuidado, meus amigos, de vos colocar ao lado da solidez, do progresso e da lógica, se não quereis ser arrastados à deriva; e abandonar os palácios suntuosos quanto à aparência, mas vacilantes pela base, e que enterrarão logo sob suas ruínas os infelizes bastante insensatos para não querer deles sair, apesar das advertências de toda natureza que lhes são prodigalizadas.
 
Todas as frontes se entristecem e a calma aparente, que julgais gozar, não serve senão para acumular um maior número de elementos destruidores.
 
Algumas vezes, a tempestade que destrói o fruto dos suores de um ano é precedida de precursores que permitem tomar as precauções necessárias para evitar, tanto quanto possível, a devastação.  Desta vez, isso não será assim.  O céu ensombrecido parecerá clarear; as nuvens fugirão; depois, de repente, todos os furores por muito tempo comprimidos desencader-se-ão com uma violência estranha.
 
Infelizes daqueles que não tiverem preparado um abrigo!  infelizes dos fanfarrões que irão ao perigo com o braço desarmado e o peito descoberto!  infelizes daqueles que afrontarão o perigo com a taça à mão!  Que decepção terrível os espera!  A taça presa em sua mão não chegará aos seus lábios, que serão feridos!
 
À obra, pois, Espíritas, e não vos esqueçais que devereis ser todo prudência e todo previdência.  Tendes um escudo, sabei dele vos servir; uma âncora de salvação, não a negligencieis.
 
(CLÉLIE DUPLANTIER, Paris, 1867.)
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: Paulo Castro em 17 de Fevereiro de 2012, 01:36
Os pontos de vistas de Ram-Wer, pelo menos para mim faz muito sentido.infelizmente a biblia passou por muitas mão ao longo do tempo, e muita coisa concerteza foi alteradados textos, Jesus foi um homem sem igual assim com Buda, Krishna, Rama entre outros que não me lembro agora.A Biblia é um livro de inteligência e sabedoria, mas temos que ser cuidadosos quanto as interpretações, pois houve muitas manipulações por doutrinas dominadoras, que usou o nome de Deus e Jesus para promover guerras e chacinas, estou de acordo com o que o nosso irmão diz, muita paz e muita luz pra vc Ram-Wer.....
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: Mirina em 17 de Fevereiro de 2012, 02:10
Pelo meu entendimento, Jesus refere-se ao homem material, e o Cristo ao espirito que através deste homem trouxe sua mensagem ao mundo!

Se Jesus, o homem, voltasse a terra, seria uma ressureição, a volta do corpo, como os católicos acreditam, com a mesma personalidade.
Creio que este não é um conceito espirita, pois sabemos que a matéria se vai e nunca mais retorna na mesma forma, visto que nenhum ser humano é identico ao outro.  Logo, se o Cristo vier a terra será certamente com novas mensagens e outra missão, portanto Jesus Cristo o homem como narrado na Biblia, jamais retornará ao plano terrestre.

Acho que o importante é discernir se outros espiritos evoluidos têm vindo a terra trazer novas mensagens e nós não estamos dispensando a estes o mesmo tratamento que no passado demos a Jesus Cristo.

Este é meu entendimento!

Abs,
Mirina
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: Franz Victor em 17 de Fevereiro de 2012, 11:02
Silvio, o Espiritismo não tem a bíblia como obra básica de fato. No entanto, esta não deve em nenhum momento ser desconsiderada. Assim como Jesus não veio contradizer a1ª Revelação, também o Espiritismo não veio contradizer a bíblia. O verdadeiro espírita deve questionar e estar em busca da verdade. Se a bíblia foi ou não adulterada, temos vários estudiosos sérios como o Dr. Severino Celestino, que têm dedicado toda essa encarnação para nos trazer a verdadeira e sublime mensagem dos evangelhos.

Abraço.
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 17 de Fevereiro de 2012, 12:11
Alisson

Queridos irmãos espiritas,
Sou principiante e as pessoas me perguntam constantemente, como é, na visão espirita a volta de Jesus? Isso vai mesmo acontecer como relata a Bíblia?

A Mim,
que fique claro,
a Bíblia é base para a DE logo e também para os Espíritas
nela conté a primeira revelação em Moisés e a segunda revelação no Cristo.

Compete a nós estudá-la conforme nossas possibilidades
Estudando a Bíblia e a conhecendo-o flagraremos todos os erros cometidos por aqueles
que a custo de suas palavras proclamam-se seus representantes.

Na Bíblia encontramos nos Estudos dos profetas e das suas ações grandes revelações para os dias atuias, além de conhecermos históricamente costumes e crenças relacionados a antiguidade.

Em Isaías encontramos o profeta Messianico.

Sobre a Volta de Jesus.

Entendo , ser o próprio Espiritismo
Onde Jesus é apresentado como seu responsável em algumas mensagens contidas no Obra Básica.

Estudando o Espiritismo e em específico o livro OESE, oCéu e o Inferno, A Gênise...veremos
que todas as instruções giram em trno dos ensinos do Cristo.

O Cristo já veio segundo todas as promessas ante todas as espectativas
O Espiritismo o comprova.



Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 17 de Fevereiro de 2012, 12:15
Mirina

...Pelo meu entendimento, Jesus refere-se ao homem material, e o Cristo ao espirito que através deste homem trouxe sua mensagem ao mundo!

Jesus
aquele que viveu como nós e em nosso meio é o Cristo de Deus.



Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: Marcinho Medeiros em 17 de Fevereiro de 2012, 13:24
Citar
Perguntais se esse novo Messias é a própria pessoa de Jesus de Nazaré?  Que vos importa, se é o mesmo pensamento que amima a ambos!  São as imperfeições que dividem os Espíritos; mas quando as perfeições são iguais, nada os distingue; formam unidades coletivas sem perderem sua individualidade.


Paz e Luz!

Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: andredcavalcante em 17 de Fevereiro de 2012, 13:38
Só para esclarecer: O Espírito Verdade é Jesus! Comparem o texto do L.M., cap. Dissertações Espíritas, Acerca do Espiritismo, item IX, com o texto do E.S.E, Cap. VI, O Cristo Consolador, Advento do Espírito de Verdade, item 5.

Portanto, Jesus já voltou, e consoante as advertências bíblicas, não o reconhecemos.

Sobre a Bíblia, bom é outro tópico. Rapidinho e a grosso modo, na D.E., a Bíblia é uma obra acessória, tal como seria um livro de física que usamos para explicar átomos e moléculas (se você for um cientista), mas, no caso da Bíblia, explicações de cunho moral ou histórico. A Bíblia é livro fundamental de várias religiões da Terra, mas não o é da D.E., independente das verdades que ali possam estar. Estendendo o pensamento, poderíamos dizer o mesmo do Bhagavad Gita ou do Corão. Hoje fazemos muita conta da Bíblia porque estamos no Ocidente. Imagine uma sociedade espírita no Irão? Logicamente suas citações serão muito mais baseadas no Corão, mas isso não interfere em nada nos princípio da D.E.

Sobre a questão Filho do Homem / Filho de Deus, a visão da D.E. igualmente é clara: Jesus se intitulava a si mesmo de Filho do Homem (isto é, Filho de Adão, consoante o termo da Torá). O termo Filho de Deus veio dos seus contemporâneos, devido o reconhecimento da superioridade de Jesus (lembra da passagem de Pedro: Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo?). De qualquer forma, o termo Filho do Homem indica que Jesus é nosso irmão, conforme o E.S.E.! Mais que isso, são conjecturas pessoais. Claro, também as tenho, mas me atenho aqui à D.E.


Abraços
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: Mourarego em 17 de Fevereiro de 2012, 13:59
“Mas, quando vier o Consolador, que eu da parte do Pai vos hei de enviar, aquele Espírito de verdade, que procede do Pai, ele testificará de mim. E vós também testificareis, pois estivestes comigo desde o princípio.” (João, 15:16 a 15:27.)

37. O Consolador convencerá o mundo, afirmou Jesus - O Mestre deixou claro que lhes dizia tais coisas para que os apóstolos não se escandalizassem, pois seriam eles expulsos das sinagogas e se alguém os matasse julgaria estar fazendo um serviço a Deus, porque não conheceram nem ao Pai, nem ao Filho. Convinha, pois, que ele fosse, porque, caso não fosse, o Consolador não seria enviado até nós. “E, quando ele vier – acrescentou Jesus –, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo. Do pecado, porque não creem em mim; da justiça, porque vou para meu Pai, e não me vereis mais; e do juízo, porque já o príncipe deste mundo está julgado.” (João, 16:1 a 16:11.)

2. Após a resposta dada a Filipe, Jesus fez uma promessa. Em que termos ele a fez?   

Se me amais, guardai os meus mandamentos. E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre: o Espírito de Verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós. Mas aquele Consolador, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito. (João, 14:15 a 14:17. Veja também: 14:26.)

                "Todavia, Jesus nunca prometeu voltar,"


Porque assim como o relampago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do filho do homem. (Mateus 24,27).

Então aparecerá no céu o sinal do filho do Homem; e todas as tribos da terra se lamentarão e verão o filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.
E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma a outra extremidade dos céus.(Mateus 24,30 e 31).

Por isso, estais vós apercebidos também, porque o filho do homem há de vir à hora em que não penseis.( Mateus 24,44)

Essa são palavras do próprio mestre, como que ele nunca disse que voltaria????

E continua em Mateus 25, 13, 31 sem falar em Marcos, Lucas, João.

 E

Varões galileus, porque estais olhando para o céu? Esse Jesus, que entre vós foi recebido em cima no céu,há de vir assim como para o céu o viste ir. ( Atos dos Apóstolos 1, 11).
 Por todo o novo testamento vemos a volta de Jesus a terra.
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: Mourarego em 17 de Fevereiro de 2012, 14:00
André, não há qualquer colocação na obra básica que de panos a que se afirme que o Espírito A Verdade seja Jesus.
Por outra, o mestre não se esconderia sob outro nome que lhe fosse apenas um apelido.
Abraços,
Moura

Só para esclarecer: O Espírito Verdade é Jesus! Comparem o texto do L.M., cap. Dissertações Espíritas, Acerca do Espiritismo, item IX, com o texto do E.S.E, Cap. VI, O Cristo Consolador, Advento do Espírito de Verdade, item 5.

Portanto, Jesus já voltou, e consoante as advertências bíblicas, não o reconhecemos.

Sobre a Bíblia, bom é outro tópico. Rapidinho e a grosso modo, na D.E., a Bíblia é uma obra acessória, tal como seria um livro de física que usamos para explicar átomos e moléculas (se você for um cientista), mas, no caso da Bíblia, explicações de cunho moral ou histórico. A Bíblia é livro fundamental de várias religiões da Terra, mas não o é da D.E., independente das verdades que ali possam estar. Estendendo o pensamento, poderíamos dizer o mesmo do Bhagavad Gita ou do Corão. Hoje fazemos muita conta da Bíblia porque estamos no Ocidente. Imagine uma sociedade espírita no Irão? Logicamente suas citações serão muito mais baseadas no Corão, mas isso não interfere em nada nos princípio da D.E.

Sobre a questão Filho do Homem / Filho de Deus, a visão da D.E. igualmente é clara: Jesus se intitulava a si mesmo de Filho do Homem (isto é, Filho de Adão, consoante o termo da Torá). O termo Filho de Deus veio dos seus contemporâneos, devido o reconhecimento da superioridade de Jesus (lembra da passagem de Pedro: Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo?). De qualquer forma, o termo Filho do Homem indica que Jesus é nosso irmão, conforme o E.S.E.! Mais que isso, são conjecturas pessoais. Claro, também as tenho, mas me atenho aqui à D.E.


Abraços

Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: RHOR em 17 de Fevereiro de 2012, 14:24
Porque virá o tempo em que não sofrerão a sã doutrina; mas tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores (Buda, Krishna, Rama entre outros ) conforme as suas próprias concupciências; e desviarão o ouvido da verdade voltando se as fábulas. ( Timoteo 4, 3 e 4).

 
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: Mourarego em 17 de Fevereiro de 2012, 14:29
Amigo Rhor, o que tem este versículo a ver com a volta de Jesus que o amigo quer fazer valer?
Abraços,
Moura.
PS: Estamos aqui para estudar a doutrina espírita. Não percamos o foco.
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: RHOR em 17 de Fevereiro de 2012, 14:49
O que alguns espiritas não entendem é que o Espírito da Verdade não manifestou só na codificação de Kardec e não veio só para vós, o Espirito da Verdade adveio em todas as culturas e religiôes, embora a codificação é vossa porém a manifestação espiritual que ele trouxe saturou todas as demais religiões e culturas ocasionando um enorme avanço espiritual nas mesmas, se ainda vemos corrupção nas entidades religiosas sabemos que não é por causa da religião em si mais por causa das pessoas que são imperfeitas assim como em todos os meios existe corrupção, porém o advento do Espirito da Verdade ocasionou um enorme avanço em moral toda a sociedade é só olhar a idade média onde a igreja perseguia e matava todos que não professassem sua doutrina, em poucos anos isso tudo mudou não existe mais perseguisão desse tipo, é a evolução que nos trouxe o Espírito. Isso tudo é um cumprimento de uma antiga profecia escrita no livro de Joel, mesmo que alguns não acreditem na biblia eu ainda creio e transcreverei aqui essa profecia.

E a de ser que , depois, derramarei o meu Espírito sobre toda a carne e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, e o vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões.
E também sobre os servos e sobre as servas, naqueles dias, derramarei o meu Espirito. (Joel 2, 28 e 29).
Quem não acredita na biblia saiba que ela já falava lá no passado o que vocês hoje estão vivendo, e não só vocês mais toda a humanidade pois o Espírito não veio só pro espirita mais prá todos os que buscão evoluir, ele está em todas as camadas da sociedade.
 
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: Mourarego em 17 de Fevereiro de 2012, 14:51
Esta alusão e de autoria sua mano Rhor, mas não da doutrina e nem da Boa Nova.
Ali é empregado o termo "Espírito da verdade" e não o nome pelo qual o Espírito se anunciou a kardec que foi "A Verdade", com ose pode notar do estudo da RE e de Obras Póstumas.
Só para realçar: "A ti me chamarei "A Verdade", diz o Espírito ao codificador.
abraços,
Moura
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: Kazaoka em 17 de Fevereiro de 2012, 16:05
Na redenção da Alma humana Buda, Krishina e outros mensageiros antecederam à vinda do Cristo e, portanto, o que veio antes não poderia ter vindo com o propósito de desvirtuar o que ainda não havia existido, no caso o Cristianismo.
Todos estes Espíritos iluminados pela compreensão que tinham sobre o que seria a divindade vieram, cada um a seu tempo, como ministros do Criador para preparar a atmosfera espiritual do planeta para estar recebendo uma nova ordem de seres espirituais que, por terem atingido um determinado patamar evolutivo, estariam aptos á lapidação moral que é o que nós humanos, a milênios, estamos vivenciando seguindo os ensinamentos de todos eles.
Não repitamos o erro judaico de aguardar o Messias, que chegou a estar fisicamente entre eles e não o notaram. 
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: Silvio Matos em 17 de Fevereiro de 2012, 17:16
Silvio, o Espiritismo não tem a bíblia como obra básica de fato. No entanto, esta não deve em nenhum momento ser desconsiderada. Assim como Jesus não veio contradizer a1ª Revelação, também o Espiritismo não veio contradizer a bíblia. O verdadeiro espírita deve questionar e estar em busca da verdade. Se a bíblia foi ou não adulterada, temos vários estudiosos sérios como o Dr. Severino Celestino, que têm dedicado toda essa encarnação para nos trazer a verdadeira e sublime mensagem dos evangelhos.

Abraço.

É isso aí Franz, claro que a Bíblia tem sua importância para humanidade.

Eu tenho o Salmos 23 e Corintios 13, apesar de ser "santista fanático", rsrs, como pensamentos diários.

O problema que vejo é que quando alguém se propõe a ser Espírita teria como primeira lição ou dever de casa, estudar as obras básicas, o que no meu entender, para estudar e entender, já leva uma encarnação inteira, e olhe lá! Rsrs. Imagina então estudar além da Codificação, as obras conhecidas como complementares e mais ainda a bíblia! Caramba! Tem que ser um aluno muito CDF.  ;D

Meu amigo, para ser sincero, eu que passei a infância e adolescência nas escolas dominicais e estudos bíblicos na igreja evangélica, se tiver que sair de casa para ir em no Centro Espírita estudar a bíblia, prefiro voltar a ser evangélico, não é por nada não,...mas os pastores são muito bom no que fazem, além de serem autênticos,...o livro deles é a Bíblia. E ponto! ::)

abç
Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 17 de Fevereiro de 2012, 17:37
Sendo Espírita
literalmente e moralmente
É Evangélico

Título: Re: Jesus voltará como relata a Biblia?
Enviado por: Wallace-BH em 05 de Outubro de 2018, 18:43
Amigos, o Cristo prometeu sim que iria voltar (Mt 16:27). Porém, devemos compreender a sua volta não como um retorno físico ou mediante um deslocamento de um local para o outro. Como dirigente do nosso orbe, seu espírito se irradia (quase uma onipresença). O seu retorno está relacionado à manifestação da sua presença espiritual, que será percebida pelos homens. Sim, ele disse que viria em espírito, na "glória" (ou em Espírito) de "seu Pai" (ou Verdade), pois Deus é a Verdade (Deuteronômio, 32:4, e de Jeremias, 10:10). Enfim, ele disse que viria como o Espírito de Verdade. Este é o seu novo nome (Isaías, 62:2. e Apocalipse, 3:12).
Ele "retornou" ou se fez perceber o sinal da sua presença a partir de 1844, conforme a profecia de Daniel relatou, a fim de promover a profetizada purificação do templo, que representa a humanidade.
A partir de 1854, Kardec teve contato com muitos espíritos, dentre eles o Espírito de Verdade. À princípio ele não sabia que aquele excelso espírito era o de Jesus, o Cristo. Contudo, com o passar do tempo, por volta de 1860, ele soube que o Espiritismo deveria avançar para uma nova etapa, se consolidando como sendo a 3ª revelação de Deus aos homens. Compreendeu e aceitou que o Espírito de Verdade, seu guia espiritual, era o Cristo, e que ambos tinham uma missão a cumprir. Aquele espírito seria o dirigente e inspirador espiritual daquela nova doutrina, e ele, o Elias que teria de vir, o Codificador daquela nova doutrina. Ele, Kardec, é o novo messias que já estava reencarnado no mundo no século XIX, conforme os espíritos revelaram naquelas mensagens publicadas na Revista Espírita de 1868.
Este é o meu entendimento.
Abraços fraternos.