Forum Espirita

GERAL => Mensagens de Ânimo => Tópico iniciado por: Fernando B. em 25 de Maio de 2011, 09:40

Título: A função da dor!
Enviado por: Fernando B. em 25 de Maio de 2011, 09:40
A função da dor
 
Deus ama a todos os Seus filhos igualmente, mas, é justamente por amar, que Ele permite a dor para que a evolução se realize.

            A dor traz despertamento interior, levando o ser, em qualquer estágio evolutivo em que se encontre, a buscar corrigir em si próprio aquilo que precisa ser melhorado.

            Ninguém veio a este mundo para sofrer. Contudo, se passas por momentos dolorosos ou se tens uma existência repleta de dificuldades ou de aflições, naturalmente é por resultado da tua própria imperfeição.

            Deus, na Sua Onipotência e Onisciência, jamais condenaria um filho Seu ao sofrimento, apenas com o intuito de puni-lo. Ninguém em sã consciência, castigaria uma criança por ainda não saber agir como um adulto. Cada um a seu tempo e do modo que puder, conseguirá aos poucos, renovar-se para melhor e vencer as próprias fraquezas, inseguranças e outras imperfeições.

            A dor é o santo remédio que o Pai da Vida, por Sua Misericórdia, a todos nós oferece para que tenhamos “olhos de ver” e “ouvidos de ouvir”, diante das situações da vida que nos impulsionem a uma renovação de atitudes e, conseqüentemente, a um crescimento interior.

            A evolução do espírito se faz de lutas, de esforço constante, de superação das dificuldades, mas também de aquisição de virtudes, a fim de que se consiga transformar em bem, o que estaria sendo um mal dentro de nós mesmos.

            Não te atormentes pois, filho querido, se a vida hoje para ti se faz tão difícil! Seca as tuas lágrimas, apazigua o teu coração, reveste-te de paciência e coragem e, buscando dentro de ti mesmo uma vontade imensa de crescer, encontrarás a humildade suficiente para tudo saberes aceitar e suportar sem revolta, mas confiante de que tudo são nuvens passageiras em tua vida. Reconhecerás, com certeza, que a dor que hoje possas estar atravessando, são ensinamentos preciosos que te proporcionarão uma vida futura melhor.

            Algo certamente, ainda precisas aprender. Analisa a ti mesmo e perceberás o que em ti precisa ser modificado. E, acima de tudo reconhecerás que a função maior da dor, é a de ensinar-nos a amar.

Irmã Maria do Rosário
Psicografia de Lucia Cominatto
Título: Re: A função da dor!
Enviado por: andrem1lima em 29 de Maio de 2011, 08:05
Realmente precisamos de muita paciencia e resignação pois diante da dor a primeira sensação é de impotencia...
Título: Re: A função da dor!
Enviado por: demis em 29 de Maio de 2011, 10:48
 Mas a dor causa revolta. Nós vemos a nosso lado pessoas a quem tudo corre bem;constituem familia,têm muitos amigos enquanto que a outros isso não acontece. Provoca dor e revolta...parece injusto.
Título: Re: A função da dor!
Enviado por: Hebe M C em 29 de Maio de 2011, 11:32
Demis,
Falta um pouco de auto-conhecimento.
Não estamos num mundo de Regeneração e sim de Provas e Expiações.
 Mas muito do nosso sofrimento é agravado por nós mesmos em não compreender ou se revoltar com os acontecimentos que acontecem na nossa vida.
Você constantemente se queixa da solidão. Já tomou alguma atitude em relação a isso, ou apenas está observando o outro sem se auto observar?
A sua vida é sua Demis, dê valor a ela, desculpe-me entrar de novo no âmbito pessoal, mas seria interessante você começar a se voltar para você.
Deus não é injusto, acredite e tenha Fé.
Dentro da Codificação tem muito ensinamento, mas não basta ler, é preciso aplicar em sua vida.
Fique em paz
Título: Re: A função da dor!
Enviado por: demis em 29 de Maio de 2011, 12:23
 Hebe,
 Leio sempre os seus comentários com muito interesse.
 Esta questão é meio complicada por que se os outros não aceitam a gente só nos resta ficar sós. Isso não depende só de nós.
 Tem pessoas que são postas de lado por não possuirem certos atributos de beleza fisica...

 Abraço,

Demis
Título: Re: A função da dor!
Enviado por: Hebe M C em 29 de Maio de 2011, 13:03
Demis,
Se este retrato corresponde a você nada de errado há.
E depois a beleza física é o que menos importa.
Quando eu disse para se olhar, buscar internamente, veja com clareza as razões que você está atribuindo a sua solidão. Não culpe os outros, veja em você a resposta.
Não importa se alguém nos ache feio ou bonito.
Se fosse assim, só os lindos se casavam e eram bem sucedidos, a realidade não é esta.
Veja bem, eu não o conheço pessoalmente, não sei nada de você, estou fazendo um comentário em cima de uma queixa que vejo você postar há mais de um ano.
Está na hora de resolver.
Respondendo ao tópico, a dor vem para nos mostrar que algo está errado em nós, se apegar a dor é ver um mundo de sofrimento e não enxergar a realidade em volta.
A dor tem que ser analisada, compreendida e com isso se adquire aprendizado.
Não é para nos causar revolta, isso nos cega ainda mais não deixando ver o outro lado da vida.
Um abs
Hebe
Título: Re: A função da dor!
Enviado por: HamLacerda em 29 de Maio de 2011, 14:15
Hebe,
 Leio sempre os seus comentários com muito interesse.
 Esta questão é meio complicada por que se os outros não aceitam a gente só nos resta ficar sós. Isso não depende só de nós.
 Tem pessoas que são postas de lado por não possuirem certos atributos de beleza fisica...

 Abraço,

Demis
Mas se vc fica só pq as pessoas não aceitam o seu tipo, vc está fazendo o mesmo com outras pessoas ao escolher ficar só.

Título: Re: A função da dor!
Enviado por: hcancela em 29 de Maio de 2011, 14:32
Olá amigos(as)


Meus queridos amigos(as), a única coisa que a dor faz, é alertar, porque quem sofre não quer sofrer, mas se a compreendermos, sabemos qual a sua função,e assim conviver com ela, porque ela faz parte de nós, neste trajecto evolutivo,como função e não como objetivo.


Saudações fraternas
Título: Re: A função da dor!
Enviado por: Fernando B. em 30 de Maio de 2011, 09:54
Bom Demis, ao menos aqui neste espaço quero que saibas que tem verdadeiros amigos, ainda que virtuais, dispostos a lhe ajudar no que for preciso.

Não sei quais são os tipos de pessoas que o desprezam, que desfazem de sua amizade nem quais são os motivos, mas antes de julgar o melhor seria que você refletisse sobre o seu modo de ser e se talvez não seje você mesmo que não se dê o devido valor a você mesmo, pois todos nós temos o nosso valor e mesmo a pior das criaturas que existe ou exitiu na face da terra, tem alguém que ama como nós amamos alguém.

Como ja disse a Hebe, estou também talvez invadindo a sua privacidade, mesmo sem o conhecer e saber o que realmente se passa a sua volta, mas espero que com essa conversa, que talvez você não faria com alguém de sua convivência, tu possas abrir o seu coração e sua mente, colocando em sua cabeça que você também é importante e que talvez só esteja se sentindo desvolarizado por pessoas que não merecem a sua consideração.

Muitas vezes o que precisamos é de discernimento, para distinguir os verdadeiros valores da vida, os verdadeiros amores, as verdadeiras amizades, tudo aquilo de bom que temos a nossa volta, mas nós homens, imperfeitos como somos, temos o habito de olhar só para as coisas ruins, as dificuldades, o sofrimento e esquecemos de agradecer as maravilhas que Deus nos concede todos os dias, a mais essa oportunidade nesta vida que estamos vivendo, vamos aproveitar Demis e conte conosco sempre!
Título: Re: A função da dor!
Enviado por: Hebe M C em 30 de Maio de 2011, 12:07
Olá amigos(as)


Meus queridos amigos(as), a única coisa que a dor faz, é alertar, porque quem sofre não quer sofrer, mas se a compreendermos, sabemos qual a sua função,e assim conviver com ela, porque ela faz parte de nós, neste trajecto evolutivo,como função e não como objetivo.


Saudações fraternas
Aqui cabe o capítulo do Bem e o mal sofrer ESE

Bem e Mal Sofrer

Quando o Cristo disse: "Bem-aventurados os aflitos, o reino dos céus lhes pertence", não se referia de modo geral aos que sofrem, visto que sofrem todos os que se encontram na Terra, quer ocupem tronos, quer jazam sobre a palha. Mas, ah! poucos sofrem bem; poucos compreendem que somente as provas bem suportadas podem conduzi-los ao reino de Deus. O desânimo é uma falta. Deus vos recusa consolações, desde que vos falte coragem. A prece é um apoio para a alma; contudo, não basta: é preciso tenha por base uma fé viva na bondade de Deus. Ele já muitas vezes vos disse que não coloca fardos pesados em ombros fracos. O fardo é proporcionado às forças, como a recompensa o será à resignação e à coragem. Mais opulenta será a recompensa, do que penosa a aflição. Cumpre, porém, merecê-la, e é para isso que a vida se apresenta cheia de tribulações.

O militar que não é mandado para as linhas de fogo fica descontente, porque o repouso no campo nenhuma ascensão de posto lhe faculta. Sede, pois, como o militar e não desejeis um repouso em que o vosso corpo se enervaria e se entorpeceria a vossa alma. Alegrai-vos, quando Deus vos enviar para a luta. Não consiste esta no fogo da batalha, mas nos amargores da vida, onde, às vezes, de mais coragem se há mister do que num combate sangrento, porquanto não é raro que aquele que se mantém firme em presença do inimigo fraqueje nas tenazes de uma pena moral. Nenhuma recompensa obtém o homem por essa espécie de coragem; mas, Deus lhe reserva palmas de vitória e uma situação gloriosa. Quando vos advenha uma causa de sofrimento ou de contrariedade, sobreponde-vos a ela, e, quando houverdes conseguido dominar os ímpetos da impaciência, da cólera, ou do desespero, dizei, de vós para convosco, cheio de justa satisfação: "Fui o mais forte."

Bem-aventurados os aflitos pode então traduzir-se assim: Bem-aventurados os que têm ocasião de provar sua fé, sua firmeza, sua perseverança e sua submissão à vontade de Deus, porque terão centuplicada a alegria que lhes falta na Terra, porque depois do labor virá o repouso. - Lacordaire. (Havre, 1863.)
Título: Re: A função da dor!
Enviado por: Clayto em 30 de Maio de 2011, 13:19
É com muita alegria que venho comentar nesse tópico que com certeza é fundamental para cada um de nos. O que mais me toca no movimento espírita é a proposta de mudança e de auto conhecimento, isso nos remete a uma reflexão profunda sobre os nossos conceitos e verdadeiros valores em relação a vida, acredito que o grande problema de uma boa parte das pessoas é a falta do encontro com a sua própria identidade ou seja reconhecer -se diante da vida com suas próprias características e procurar evoluir de acordo com as suas possibilidades, não precisamos ficar se comparando ou se baseado pelo outros, e se com certeza fizermos uma comparação com alguém vera que tens algo que o seu semelhante não tem, que seja saúde, vontade de mudar, ou ate mesmo a percepção espiritual da vida são fatores que podemos ter como base, pois uma construção com bases firmes tende a ser mais resistentes e duradoura. Assumir os seus defeitos sem culpas e perceber também as nossas virtudes ou qualidades precisam ser levados em conta para que o êxito que já existe seja percebido de forma clara e tenha a força necessária para permanecer durante nossa existência. Quero aproveitar e agradecer a Deus aqui pela benção da dor que tanto nos eleva e nos transforma em pessoas melhores, pois tem a capacidade de despertar no ser humano as mais sublimes virtudes como a resignação, a humildade, a fé e a perseverança. Já dizia um sábio que as dificuldades são inevitáveis mas o sofrimento é opcional, então que venha as adversidades pois iremos superá-las com serenidade e paciência para que um dia finalmente olhemos para traz e digamos, obrigado senhor realmente valeu a pena!  Interessante que um dia todo mundo vai dizer isso ...     
   
muita paz a todos ...
Título: Re: A função da dor!
Enviado por: GoodLuck em 30 de Maio de 2011, 16:33
A função da dor tão bem abordada pelos amigos do FE nos convida a diversas reflexões. Penso que a dor física ou moral é o mecanismo de alarme que nos indica uma etapa a superar, é fato que todos sabem, mas também representa o ponto final de um processo. A partir daí temos que retomar o curso da vida com a certeza de que a experiência vivida de alguma forma nos levará ao crescimento interior, afinal tudo passa, mas a lição fica.

Pegando carona com os amigos do Fe, aos quais peço licença
cito Socrátes
Conhece-te a ti mesmo.(Sócrates)estudo 06/02/08
06.02.08 às 09:32:35   "Conhece-te a ti próprio e serás imortal".Esta é uma frase célebre de um dos maiores pensadores,grande filósofo ,Sócrates.Ele viveu em Atenas A.C. já pregava,em sua época,sobre  a imortalidade da alma como também a necessidade do homem conhecer a origem dos seus pensamentos,emoções e reações...


E também um texto postado no FE
[size=12pt]
Aceitemos a Dor

Aceitemos realmente a dor na condição de apoio celeste com que a Divina Providência nos enriquece o caminho.
Toda a natureza para ajudar a experiência do homem, alimentando-o e amparando-o, padece constantes dilacerações.
Para transformar-se em sementeira proveitosa, morre o grão esquecido no solo.
Para converter-se a espiga em farinha, humilha-se, asfixiada, sob a mó que a tritura.
Para dar-se em pão abençoado à mesa, submete-se a farinha à elevada tensão do forno.
Para servir no levantamento do edifício, sofre a pedra a pressão do martelo.
Para oferecer-se em beleza e brilho, obedece o seixo bruto ao buril que o aprimora.
Para responder às necessidades do conforto, desce o tronco aos insultos da lâmina.
Para contribuir no progresso, encontra o metal as injúrias do fogo.
A responsabilidade na oficina do caráter é luz que engrandece todo espírito que lhe atende as obrigações.
Não lamentes a dificuldade e nem amaldiçoes o sofrimento que porventura te busquem.
Não temas a dor, na escola da vida, e recolhe, em silêncio, as bênçãos de que se faz emissária.
Não te enganes com as aparências.
Quando te vejas no usufruto dessa ou daquela provação, atento às circunstâncias do mundo, às imposições dos que te cercam ou às convenções em que a existência se te condiciona, escolhe a senda da abnegação, em auxílio aos outros, porque o Senhor nos ensinou, em espírito e verdade, que somente a preço do esforço máximo pela vitória do bem com o esquecimento de todo egoísmo, é que escalaremos o monte da paz com a nossa própria renovação.[/
font[/size]
Título: Re: A função da dor!
Enviado por: dOM JORGE em 03 de Julho de 2011, 09:05
                                       VIVA JESUS!


        Bom-dia! queridos irmãos.

                Perante a Dor


“A dor é uma bênção que Deus nos envia” — diz-nos o verbo iluminado da Codificação Kardequiana, e ousaríamos acrescentar que é também o remédio que solicitamos no limiar da existência terrestre.


Espíritos enfermos e endividados, rogamos, antes do berço, os problemas e as provações suscetíveis de propiciar-nos a alegria da cura e a bênção do resgate.


Entre votos de esperança e lágrimas de angústia, pedimos em prece o reencontro com antigos desafetos de nossa estrada, pedimos as deformidades orgânicas, as moléstias ocultas, as mutilações dolorosas, o pauperismo inquietante, os golpes de calúnia, as desilusões afetivas, a incompreensão dos mais amados e os enigmas do sofrimento junto daqueles que se erigem à posição de nossos credores na Contabilidade Divina; entretanto, em plenitude das energias físicas, quase sempre recuamos ante os cálices de amargura, exigindo conforto imediatista e vantagens materiais, à feição de doentes enceguecidos recusando o medicamento que lhes prodigalizará a recuperação, ou à maneira de alunos preguiçosos e imprudentes fugindo sistematicamente à lição...


Lembremo-nos, pois, de que a luta é concessão celeste e de que a dificuldade é benfeitora do coração.


Aceitamo-las no caminho, não apenas com a noção da justiça que, por vezes, exageramos até a flagelação da secura, nem somente com o bordão da coragem que, em muitas ocasiões, transformamos em perigosa temeridade, mas, acima de tudo, com a humildade da paciência que tudo compreende para tudo ajudar e purificar, na jornada de nossa cruz redentora, pela qual, entre a serenidade e o amor, encontraremos por fim a imortalidade vitoriosa.

Emmanuel
In: ‘Através do Tempo’ - Francisco Cândido Xavier


                                                              PAZ, MUITA PAZ!