Forum Espirita

GERAL => Mensagens de Ânimo => Meditação => Tópico iniciado por: Victor Passos em 08 de Abril de 2011, 12:06

Título: Felicidade Possível
Enviado por: Victor Passos em 08 de Abril de 2011, 12:06
Ola bom dia e muita paz
Bons amigos e Amigas

(http://laurabmartins12.blogs.sapo.pt/arquivo/arvore_felicidade.gif)

Felicidade Possível

Acreditavas que a felicidade seria semelhante a uma ilha fantástica de prazer constante e paz permanente. Um lugar onde não houvesse preocupação, nem se apresentasse a dor; no qual os sorrisos brilhassem nos lábios, e a beleza engrinaldasse de festa as criaturas.

Uma felicidade feita de fantasias parecia ser a tua busca.

Planejastes a vida, objetivando encontrar esse reino encantado, onde, por fim, descansasses da fadiga, da aflição e fruísses a harmonia.

Passam-se anos, e somas frustrações, anotando desencantos e amarguras, sem anelada conquista.

Lentamente, entregas-te ao desânimo, e sentes que estás discriminado no mundo, quando vês as propagandas apresentadas pela mídia, nas quais desfilam os jovens, belos e jubilosos, desperdiçando saúde, robustez, corpos venusinos e apolíneos, usando cigarros e bebidas famosas, brincando em iates de luxo, ou exibindo-se em desportos da moda, invejáveis, triunfantes...

Crês que eles são felizes...

*

Não sabes quanto custa, em sacrifício e dor, alcançar o topo da fama e permanecer lá.

Sob quase todos aqueles sorrisos, que são estudados, estão a face da amargura e as marcas do ressaibo, do arrependimento.

Alguns envenenaram a alma dos charcos por onde andaram, antes de serem conhecidos e disputados.

Muitos se entregaram a drogas perturbadoras, que lhes consomem a juventude, qual ocorreu com as multidões de outros, que os anteciparam e desapareceram.

Esquecidos e enfermos, aqueles que foram pessoas-objeto, amargam hoje a miséria a que se acolheram ou foram atirados.

*

Felicidade, porém, é conquista íntima.

Todos os que se encontram na Terra, nascidos em berços de ouro ou de palha, homenageados ou desprezados, belos ou feios, são feitos do mesmo barro frágil de carne, e experimentam, de uma ou de outra forma, vicissitudes, decepções, doenças e desconforto.

Ninguém, no mundo terreno, vive em regime especial. O que parece, não excede a imagem, a ilusão.

*

Se desejas ser feliz, vive, cada momento, de forma integral, reunindo as cotas de alegria, de esperança, de sonho, de bênção, num painel plenificador.

As ocorrências de dor são experiências para as de saúde e de paz.

A felicidade não são coisas: é um estado interno, uma emoção.

Abençoa os acidentes de percurso, que denominas como desdita, segue na direção das metas, e verás quantas concessões de felicidade pela frente, aguardando por ti.

Quem avança monte acima, pisa pedregulhos que ferem os pés, mas também flores miúdas e verdejante relva, que teimam em nascer ali colocando beleza no chão.

Reúne essas florezinhas em um ramalhete, toma das pedras pequeninas fazendo colares, e descobrirás que, para a criatura ser feliz, basta amar e saber discernir, nas coisas e nos sucessos da marcha, a vontade de Deus e as necessidades para a evolução.

* * *

Franco, Divaldo Pereira. Da obra: Momentos Enriquecedores.
Ditado pelo Espírito Joanna de Ângelis.
Salvador, BA: LEAL, 1994.
Título: Re: Felicidade Possível
Enviado por: Lingia em 08 de Abril de 2011, 19:07
Que bom seria se todos vicessagem por tão gloriosa harmonia.

Tal como o arco íris na qual não tocamos, mas sabemos que existe!

Linda mensagem!
Título: Re: Felicidade Possível
Enviado por: Victor Passos em 09 de Abril de 2011, 10:44
Ola muita paz e harmonia
Amiga Lingia

A Felicidade

Livro Passos da Vida
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

        Não está no dinheiro, porquanto, a cada passo, surpreendemos irmãos nossos, investidos na posse do ouro, a se confessarem desorientados e infelizes; importa reconhecer, porém, que o dinheiro criteriosamente administrado, transfigura-se em poderosa alavanca do trabalho e da beneficência, resgatando lares e corações para a Vida Superior.

        Não está na inteligência, visto que vemos, em toda parte, gênios transviados, utilizando fulgurações do pensamento em apoio das trevas; urge anotar, no entanto, que a inteligência aplicada na sustentação do bem de todos será sempre uma fonte de luz.

        Não está na autoridade humana, de vez que habitualmente abraçamos criaturas, altamente revestidas de poder terrestre, carregando o peito esmagado de angústia; é necessário observar, todavia, que a influência pessoal em auxílio à comunidade é base de segurança e fator de harmonia.

        Não está nos títulos acadêmicos, porque, em muitas ocasiões, encontramos numerosos amigos laureados com importantes certificados de competência, portando conflitos íntimos que os situam nos mais escuros distritos do sofrimento e da aflição; não será, contudo, razoável ignorar que um diploma universitário, colocado no amparo ao próximo, é uma lavoura preciosa de alegrias e bênçãos.

        Não está no que possuis e sim no que dás e, ainda assim, não tanto no que dás como no modo como dás.

        Não está no que sonhas e sim no que fazes e, sobretudo, na maneira como fazes.

        * * *

        Felicidade, na essência, é a nossa integração com Cristo de Deus, quando nos rendemos a Ele para que nos use como somos e no que temos, a benefício dos semelhantes. Isso porque todo bem que venhamos a fazer é investimento em nosso favor, na Contabilidade Divina. Em suma, felicidade colhida nasce e cresce da felicidade que se semeia, ou melhor, à medida que ajudamos aos outros, por intermédio dos outros, o Céu nos ajudará.


Muita Paz
Título: Re: Felicidade Possível
Enviado por: Lingia em 09 de Abril de 2011, 15:00
Victor, que linda mensagem...

Vi que são mensagens dos livros de Francisco...

Agora nas férias da faculdade colocarei meus anseios por leituras em dia... :D
Título: Re: Felicidade Possível
Enviado por: Victor Passos em 10 de Abril de 2011, 12:38
Ola muita paz e harmonia

Amiga Lingia

Brilhar

Livro: Vinha de Luz
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

        "Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai que está nos céus." - Jesus (MATEUS, 5:16.).

        Admitem muitos aprendizes que brilhar será adquirir destacada posição em serviços de inteligência, no campo da fé.

        Realmente, excluir a cultura espiritual, em seus diversos ângulos, da posição luminosa a que todos devemos aspirar, seria rematada insensatez.

        Aprender sempre para melhor conhecer e servir é a destinação de quem se consagra fielmente ao Mestre Divino.

        Urge, no entanto, compreender, no imediatismo, da experiência humana, que se o Salvador recomendou aos discípulos brilhassem, à frente dos homens, não se esqueceu de acrescentar que essa claridade deveria resplandecer, de tal maneira, que eles nos vejam as boas obras, rendendo graças ao Pai, em forma de alegria com a nossa presença.

        Ninguém se iluda com os fogos-fátuos do intelectualismo artificioso.

        Ensinemos o caminho da redenção, tracemos programas salvadores onde estivermos; brilhe a luz do Evangelho em nossa boca ou em nossa frase escrita, mas permaneçamos convencidos de que se esses clarões não descortinam as nossas boas obras, seremos invariavelmente recebidos no ouvido alheio e no alheio entendimento, entre a expectação e a desconfiança, porque somente em fundido pensamento, verbo e ação, no ensinamento do Cristo Jesus, haverá em torno de nós glorificação construtiva ao Nosso Pai que está nos Céus.


Muita Paz
Título: Re: Felicidade Possível
Enviado por: Lingia em 11 de Abril de 2011, 21:02
Obrigada Victor...

Eu ate achei esse livro em pdf..

Gosto de ler livros impressos, mas enquanto a grana ta curta e o tempo corrido me contento em ler pelo computador..

O que você acha da compra de livros espiritas em sebos?

Estava olhando esse que você me indicou e outros como o Evangelho segundo espiritismo e o livro dos espiritos....
Título: Re: Felicidade Possível
Enviado por: Victor Passos em 11 de Abril de 2011, 23:11
Ola muita paz e harmonia
Amiga Lingia

   Sabe sou português e foi ver o que era Sebo, pois aqui o significado +é sujo, mas depois vi que é livros usados..srrsrsrsr ;D ;D ;D
    Amiga quanto a isso, nós sabemos que todos estamos sujeitos a dificuldades monetarias, portanto, não existe nenhum inconveniente de os comprar lá.
   O conteudo não muda por ser usado.Quem me dera que aqui houvesse esses Sebos de Livros, tenho que comprar aí do Brasil dum Amigo Espirita que tem Livraria, apesar dos bons descontos fica muito mais caro.
    Muita paz

  Victor Passos
Título: Re: Felicidade Possível
Enviado por: katiatog em 12 de Abril de 2011, 02:37

(http://i1196.photobucket.com/albums/aa416/Kyle_Lor/Waterlilies.jpg)



Querido amigo Víctor


Gostaria de compartilhar esse artigo que gostei muito.

Abraços carinhosos da Katia.


Na direção da felicidade


“Quando conseguires superar as tuas aflições para criares a alegria dos outros, a felicidade alheia te buscará, onde estiveres, a fim de improvisar a tua ventura”. (Emmanuel, pela psicografia de Francisco Cândido
Xavier, Fonte Viva, item 73.)

 
Será impossível ser feliz sozinho.

Seres sociáveis como somos, jamais poderemos encontrar a felicidade de forma exclusiva, pois somente atingiremos a plenitude desse sentimento se aqueles que caminham conosco também puderem desfrutar dele.

Obviamente, enquanto existir uma única criatura vivendo de forma desarmônica, sofrível e desequilibrada, ela ameaça a tranquilidade geral, coloca em risco a paz que buscamos, assim estará comprometendo a felicidade de todos.

Então, será valioso e oportuno que reflitamos profundamente sobre isso e mudemos a rota dos nossos procedimentos e ações, pois que pouco vai adiantar deitarmos preocupações somente com os nossos problemas e aflições, ou mesmo com as dificuldades dos nossos familiares e amigos, uma vez que a felicidade que desejamos a obteremos quando toda a humanidade puder usufruí-la.

Assim, além de laborarmos para a superação das nossas dificuldades, será preciso trabalhar também para que os nossos irmãos consigam solucionar os problemas que carregam.

E nossa felicidade começará a partir do instante em que decidirmos por movimentar recursos em socorro daqueles que sofrem, pois à medida que nos preocupemos com os problemas e as dores alheias acabamos esquecendo nós mesmos. Percebemos que além das nossas dificuldades existem outras muito maiores requerendo providências urgentes, e, ao atendê-las, nos sentimos úteis, e esse sentimento de fraternidade é o princípio da paz que sonhamos.

Então, para que sejamos realmente felizes, indispensável se torna que façamos a felicidade dos outros.

Jesus afirmou: “o filho do homem não veio para ser servido, mas para servir”. Nesse momento o Cristo ensinou à humanidade como deve agir a criatura humana, em relação ao próximo. Em outra oportunidade, sentenciou: “ame teu próximo como a ti mesmo”, novamente lecionou a maneira de encontrarmos a felicidade. O caminho, obviamente, para tal conquista vai na direção dos nossos irmãos de jornada.

Dessa forma, compete a cada um de nós relancearmos o olhar em volta, à procura das aflições existentes, e sairmos, urgentemente, a socorrê-las, dentro das possibilidades que temos. E, naturalmente, sempre podemos fazer alguma coisa em favor de quem sofre.

Um pedaço de pão ao faminto, um agasalho a quem tem o corpo desprotegido, uma palavra amiga ao desesperado, um abraço fraterno ao carente de afeto, um gesto de bondade a uma criança abandonada, um sorriso amigo num ambiente triste, um minuto de silêncio para ouvir uma queixa de alguém, horas de folga trabalhadas em favor dos necessitados, uma carta animadora a alguém que caminha na solidão, uma prece a Deus em favor dos esquecidos pela sociedade, enfim, muito temos a fazer em prol da felicidade alheia, e, obviamente, agindo assim estaremos plantando a semente da nossa própria ventura.

O Evangelho de Jesus é um roteiro seguro e prestativo, informando com segurança e sabedoria a estrada que nos conduzirá à felicidade que queremos, no entanto, ainda segue o homem desatento e descuidado, caminhando à margem da verdadeira rota e, devido a tal comportamento, ainda não logrou realizar os seus sonhos.

Não nos esqueçamos, a felicidade que desejamos terá inicio na felicidade que plantarmos no coração do próximo. Qualquer outro procedimento nos proporcionará colheitas de decepções e amarguras.

Reflitamos.


WALDENIR APARECIDO CUIN
Título: Re: Felicidade Possível
Enviado por: Dothy em 12 de Abril de 2011, 05:05
Olá queridos amigos Victor, Katia, Lingia, muita paz e felicidades a vocês

Em Torno da Felicidade

Em matéria de felicidade convém não esquecer que nos transformamos sempre naquilo que amamos.

*

Quem se aceita como é, doando de si a vida o melhor que tem, caminha mais facilmente para ser feliz como espera ser.

*

A nossa felicidade será naturalmente proporcional em relação a felicidade que fizermos para os outros.

*

A alegria do próximo começa muitas vezes no socorro que você lhe queira dar.

*

A felicidade pode exibir-se, passear, falar e comunicar-se na vida externa, mas reside com endereço exato na consciência tranqüila.

*

Se você aspira a ser feliz e traz ainda consigo determinados complexos de culpa, comece a desejar a própria libertação, abraçando no trabalho em favor dos semelhantes o processo de reparação desse ou daquele dano que você haja causado em prejuízo de alguém.

*

Estude a si mesmo, observando que o auto-conhecimento traz humildade e sem humildade é impossível ser feliz.

*

Amor é a força da vida e trabalho vinculado ao amor é usina geradora de felicidade.

*

Se você parar de se lamentar, notará que a felicidade está chamando o seu coração para vida nova.

*

Quando o céu estiver em cinza, a derramar-se em chuva, medite na colheita farta que chegará do campo e na beleza das flores que surgirão no jardim.

* * *


Xavier, Francisco Cândido. Da obra: Sinal Verde.
Ditado pelo Espírito André Luiz.

Título: Re: Felicidade Possível
Enviado por: Victor Passos em 12 de Abril de 2011, 09:31
Ola muita paz e harmonia
Amigas Katia,Dothy, Lingia

Sabem adoro borboletas, o seu espaço de vida é de uma semana, mas a sua beleza e sublimidade, está na vida que perpetua noutra beleza natural, as flores....

(http://www.recados.etc.br/wp-content/uploads/2010/10/a-felicidade.gif)

Filosofia da Felicidade


        O problema da felicidade é todo de ordem espiritual.

        Ser feliz importa em determinado estado de alma, que independe de circunstâncias externas.

        A felicidade, como a imortalidade, está na trama íntima da vida mesma, dessa vida que não começa no berço, nem termina no túmulo.

        Ser feliz é viver intensamente, é mergulhar no pélago da vida, sondando-lhe os arcanos mais recônditos. "Eu vim para terdes vida, e vida em abundância".

        Felicidade não é satisfação, nem prazer, cuja sede seja a matéria.

        Tenho fome? Alimento-me, sinto-me saciado. Tenho sede? Bebo, estou dessedentado. Isto não é felicidade, pois que voltarei a ter fome e a ter sede. Ser feliz é comer certo pão e beber certa água, que nutrem e saciam para sempre.

        Sem fé, não há felicidade. A alegria de viver vem do otimismo; o otimismo é filho da fé. Sentir alegria de viver, ser otimista, ter fé: eis a felicidade.

        A felicidade não conhece passado, nem futuro: está sempre no presente.

        O sofrimento não destrói a felicidade; esta é que age sobre aquele, suavizando-o hoje, dissipando-o amanhã.

        Assim como da noite desponta o dia, assim a felicidade, muitas vezes, nasce da própria dor.

        A felicidade é produto de auto-educação. Educar é desenvolver os poderes latentes do Espírito. Aos que pretendem alcançar a felicidade, por outros meios, estão reservados desapontamentos e desilusões.

        Buscar a felicidade fora do seu interior, diz Vigil, é fazer como o caracol que andasse à cata de sua casa. É, ainda, como a jovem solteira que, ao cair das tardes, esperasse pelo marido.

        Quanto mais intensa é a chama, maior será a irradiação que ela projeta. Da mesma sorte, quanto mais intensa for a vida, tanto maior será a felicidade que dela dimana. Duas chamas conjugadas formam uma chama bem mais forte. Assim, também, a vida se torna tanto mais feliz, quanto mais irmanada estiver com outras vidas e quanto mais estreita e íntima seja essa confraternização. "Pai, quero que eles sejam comigo, como eu sou um contigo".

        Pela Felicidade, como pelo céu, ninguém tem que esperar. Os que esperam jamais alcançam. Os que querem deveras a felicidade, já estão com ela. Os que realmente querem o céu, já nele estão, têm nele a sua morada. "A hora vem, e agora".

Livro: Em Torno do Mestre
Vinícius


    Muita Paz

Título: Re: Felicidade Possível
Enviado por: Lingia em 12 de Abril de 2011, 13:49
Victor...

Desculpe-me, deia ter falado com você dos Sebos...rs

Mas a grana aperta para todos...

Nas férias da faculdade vou começar a frequentar a fraternidade espirita e também a ler os livros iniciais como o Livro dos espíritos e também o evangelho segundo espiritismo...

Mas mesmo não tendo tempo para começar a  ler, vou olhando esse fórum magnífico... ;)
Título: Re: Felicidade Possível
Enviado por: Victor Passos em 13 de Abril de 2011, 09:50
Ola bom dia
Amiga Lingia

  Amiga desculpa porquê? Foi bom falar nos Sebos, assim fiquei a saber mais um local de acervo de livros mais baratos e até já adicionei Site de Sebos...rsrsrs
  Eu é que não conhecia esse termo de vocês , mas depressa descobri..srrsr
  Aqui chama-lhe "Velharias", mas para mim é importante, porque o dinheiro não abunda e por vezes temos que ir por aí..

  Eu é que agradeço ter falado nisso.

  Paz em Jesus

(http://3.bp.blogspot.com/_tZgpHvI7XG4/TF1E0TRCUkI/AAAAAAAAAoA/-bOsMzdFalw/s1600/flores+pra+vc2.jpg)

Título: Re: Felicidade Possível
Enviado por: katiatog em 17 de Abril de 2011, 16:51

(http://i601.photobucket.com/albums/tt91/Stefaane/borboletas.jpg)



Boa tarde, queridos amigos Víctor, Lingia, Dothy


O tesouro da paz


- Você acredita que depois de acertar na loteria estará mais feliz?

- Não é verdade. Estará apenas mais rico.

- Acha que depois de casado será mais feliz?

- Não. Estará simplesmente casado.

- Que depois da separação estará mais feliz?

- Não. Somente estará solteiro.

- Entende que encontrará a felicidade depois de formado?

- É um equívoco. Você será o mesmo, só que com diploma.

Apesar de já muito discutido e experimentado, muitos acreditam e procuram a felicidade nas coisas externas e almejam conquistá-la quando adquirido o objeto ou a situação pretendida. Ao atingir seus objetivos, dão-se conta que a felicidade não veio junto no “pacote” e partem para o próximo item da lista de desejos.

A felicidade é um estado interno que independe de com quem estamos, como estamos ou onde estamos. Isso não invalida a busca do conforto que a matéria proporciona e que pode estar entre as metas do progresso individual, mas é essencial estar consciente de que não é ali que se encontra o objetivo maior de vida, nem o porquê da existência.

Manoel Philomeno de Miranda ¹ faz uma analogia muito interessante: “(...) a existência terrena pode ser comparada a alguém que possui um tesouro valioso e sai em busca de outro perfeitamente dispensável, mas que acredita ser o único que lhe trará felicidade, tombando depois em frustração e desespero”.

E completa o amigo espiritual: “Possuímos o que há de mais importante para a felicidade, e, no entanto, continuamos na cova das ambições procurando fantasias e brilhos secundários, perdendo o tesouro da paz, sem o qual caímos no fosso do desespero sem remédio...”.

Essa reflexão deve ser feita constantemente por todos, pois muitos se iludem facilmente pelo “canto da sereia” dos prazeres da vida terrena, esquecendo e protelando a execução dos verdadeiros compromissos assumidos como Espíritos imortais.

Quanto mais próximos estivermos desses compromissos, maior será o nosso estado de paz e de ventura.
 

1 FRANCO, Divaldo. Tormentos da Obsessão. Pelo Espírito Manoel P. de Miranda



LUIS ROBERTO SCHOLL  
Título: Re: Felicidade Possível
Enviado por: Rose FRA em 17 de Abril de 2011, 17:17
Boa Tarde amigos de Jornada,

aqui venho com um texto que nos leva a estar  mais espiritualizados.

Boa leitura e que a paz de Jesus esteja conosco, hoje e sempre.

Com carinho da Rose


Espiritualizar-se

Se o mundo soubesse o quanto se elevaria pela espiritualizacao!!  Ambicao de poder tem causado sofrimento para milhoes, projetos insensatos criam dor e confusao, febricitante imediatismo arruína Magníficas oportunidades de redencao.   Nao sabemos o que pode ser realizado de grandioso pela humildade, de extraordinário pela submissao à divina vontade; desconhecendo o quanto avancaria se aceitasse simplesmente o Sermao do MOnte, ao invés de realizar um progresso integral, adianta-se cientificamente, porém retrograda moralmente, e este retrocesso corrompe aquele avanco.

Cabe aos espíritas tornar patente a todos que religiao nao é sinônimo de ignorância, submissao à lei divina está longe de ser fraqueza, resignacao ante inevitável infortúnio nao simboliza covardia; fé em Deus nao é declaracao de incapacidade própria.   Deve ser posto um fim ao velho preconceito que considera a religiosidade como um refúgio de fracos  física ou moralmente.

Tenhamos presente que o maior exemplo de forca moral e poder realizador é ainda Jesus, e facamos por nos assemelhar a Ele, pois se a sua figura foi por muitos adulterada e empobrecida pela demasiada ^nfase dada às circunstâncias de seu desencarne, nao se poderá ignorar o valor dos que, prsentes ao cenário terrestre, simbolizem integralmente o atleta cristao de que falou Paulo.   E é ao homem atual que cabe transformar o mundo de agora pelo assemelhar-se, ainda que palidamente, a Jesus.


Obra: Comentários Evangélicos - Bezerra de Menezes - Ed. Alianca - texto 102 e 104.

Que a sabedoria Divina, continue nos iluminando com textos como esses para Despertar a todos nós....

Rose
Título: Re: Felicidade Possível
Enviado por: Victor Passos em 18 de Abril de 2011, 20:44
Ola muita paz e harmonia
Bons Amigos e Amigas

(http://1.bp.blogspot.com/_4wYe25-T9H0/TL3mjJSp8PI/AAAAAAAAB0g/VFJwU35E0tg/s1600/felicidade15.gif)

Estado Mental de Felicidade


        A problemática da felicidade encontra solução eficaz no comportamento íntimo do indivíduo em relação à vida.

        Por que transferir para o futuro o momento de ser feliz, quando se pensa em conseguir determinados valores, que possivelmente não lograrão completar o quadro de harmonia e ventura pessoal? Pode-se e deve-se ser feliz em cada instante, pois tal conquista procede do estado de espírito e não dos recursos materiais amealhados de que se pode dispor.

        O dinheiro soluciona alguns problemas; projeta a personalidade; promove socialmente o indivíduo, mas não resolve as situações interiores, nas quais estão as bases da harmonia como do desequilíbrio.

        É necessário valorizar-se o que realmente pode proporcionar a felicidade e não os seus acessórios. Digamos, então, que esta é um estado mental, variando de pessoa para pessoa, conforme o seu grau de evolução, portanto, a sua aspiração maior.

        As conquistas materiais não dispõem do poder de fazer as criaturas felizes. Podem diminuir-lhes a aflição, atender a algumas necessidades, minorar amarguras, gerar bem-estar e conforto...

        Esperando-se conseguir o beneplácito da felicidade, mediante as dádivas da cornucópia da fortuna, por exemplo, perdem-se muitos instantes felizes que dificilmente retornarão.

        Essa felicidade dourada, sem preocupações, ociosa, não existe; é miragem que se dilui ante a realidade.

        Podes conseguir o estado mental de felicidade permanente, crendo que ela é propiciada pelo amor a Deus, que a deposita no escrínio dos teus sentimentos, a fim de que aí a desdobres, brindando às demais pessoas.

        Assim, não obstante as mudanças e circunstâncias em que te encontres, alterando o ritmo dos assuntos e acontecimentos externos, ela permanecerá contigo, porque está em ti.

        O vendaval das paixões não a expulsa;
        a frialdade do abandono não a empalidece;
        o granizo da ofensa não a fere;
        o ouro das ambições não a entorpece;
        o fogo das lutas cruzadas não a atinge.

        Ela permanece serena, e qual chama abençoada, com a sua luz aponta o caminho seguro a seguir. aclamando as ansiedades do coração.

        A felicidade plena e compensadora não é deste mundo. No entanto, germina e se desenvolve enquanto o Espírito avança pela estrada reencarnacionista, graças às ações desenvolvidas e ao comportamento mantido.

        Reservada para o "reino dos céus", é indispensável que o homem lhe conduza as matrizes íntimas mediante as quais se desvela no momento oportuno.


Livro: Momentos de Esperança
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco
Título: Re: Felicidade Possível
Enviado por: macili em 30 de Abril de 2011, 21:41



Olá querido amigo Victor Passos, Katiatog, Dothy, Lingia e Rose...

Como é bom ter vocês todos unidos, querendo alcançar a felicidade possível...

E assim, contribuo carinhosamente com este belo texto.

Vivam felizes!!!
Macili

(http://1.bp.blogspot.com/_WtLKqFC3tOo/SzoSqkzmt2I/AAAAAAAACIM/tvN-K6bjEFs/s320/ABRACO3.jpg)

Deus Te Faça Feliz


Agradeço, alma irmã, todo o concurso com que me reconforta e garantes,

Fazendo-me canal mesmo singelo de assistência e de alívio aos semelhantes. . .

O prato generoso que me deste não foi somente auxílio à penúria pungente,

Fez-se clarão iluminando anseios, felicidade para muita gente.

A roupa usada com que me brindaste, além da utilidade em que se aprova,

Transfigurou-se em benção de esperança a busca de serviço e vida nova.

E leve cobertor que me entregaste e parecia aos olhos simples pano,

Converteu-se em presença da fé viva entretecida de calor humano.

Recursos vários que me ofereceste, muito mais que socorro à pessoa insegura,

Transformaram-se em festa de alegria e retorno ao regaço da ventura.

Por tudo que me dás em bondade e trabalho, repito-te no amor que a palavra não diz:

“pelo Dom de servir nos bens com que me amparas, Deus te guarde, alma irmã!. . .

Deus te faça feliz!. . .”



Maria Dolores

Livro Encontro de Paz - Psicografia Chico Xavier
Título: Re: Felicidade Possível
Enviado por: katiatog em 10 de Maio de 2011, 03:37

(http://i796.photobucket.com/albums/yy243/JesusPeace_Bucket/11.jpg)



Boa noite queridos amigos Víctor, Lingia, Dothy e Macili



Ante a Seara Espírita


"O Espiritismo, partindo das próprias palavras do Cristo, como este partiu das de Moisés, é consequência direta da sua doutrina." A GÊNESE - Capítulo 1º - Item 30.

No campo espírita há lugar para todas as modalidades de labor que se possam imaginar, para quem deseja atingir a paz com felicidade plena.

A grande aspiração dos primeiros seguidores do Cristianismo nascente agora se repete entre os adeptos do Espiritismo - o Cristianismo reinante.

O espírita mantém vida pública em inalterável atuação produtiva.

Não tem horas reservadas para o auxílio - ajuda sempre.

Não usa o tempo em contemplação paralisante -age sem cansaço.

Não transforma a oração em petição de auto-beneficiamento - faz da prece meio de comunicação com o Senhor.

Não confia, demorando-se em atitude morna e inoperante de espera inútil - utiliza os valores do tempo e conquista mérito.

Não relega aos Anjos Tutelares as tarefas que lhe competem - crê no auxílio do Céu mas trabalha nos deveres da Terra.

Não permuta com o Pai os valores do mundo em negociações ilícitas - reconhece-se como devedor permanente do Grande Criador e dá-lhe a vida inteira.

O espírita, repetimos, estuda e aprende.

Em círculos de estudos realiza a cultura e, aprendendo, ilumina a mente.

Ama e engrandece-se pelo trabalho.

Na seara do bem desenvolve e santifica o sentimento.

Respeita no mundo o Grande Lar que o Genitor Divino erigiu.

E enobrece pela conduta reta o humilde lar que edifica para a felicidade da família.

Difunde a Suprema Misericórdia em exórdios candentes e apaixonados.

E realiza discursos de amor em atos de misericórdia para com os infelizes.

Acata as diretrizes das Leis Cármicas com que a Vida o corrige e educa.

E usa o perdão como medicamento valioso para quantos o ferem na existência física.

Cumpre o dever da prece em conjunto, no Templo de edificações coletivas.

E ora em segredo no silêncio da mente quando realiza, sofre ou é feliz.

Presta culto de sublimação à Sapiente Causa.

E descobre em todos os anciãos a figura do pai alquebrado, necessitando de braços que os amparem.

O Céu é o porto ansiosamente sonhado.

E a Terra é a escola de bênçãos preparatórias.

Sabe que a fé, a demorar-se em êxtase, é improdutiva, porque tem em

Jesus o Mestre da ação incansável.

Dedica-te, assim, se buscas o campo espírita para a realização do autoaprimoramento, porquanto a felicidade prometida pelo Amigo Inconfundível não é daquele que a assalta mas de quem sabe agir, permanecer e confiar nela.



Da obra: Espírito e Vida. Ditado pelo Espírito Joanna de Ângelis.
Psicografia de Divaldo Pereira Franco.
Título: Re: Felicidade Possível
Enviado por: macili em 11 de Maio de 2011, 06:23






Olá queridos Amigos

Paz e luz em seus corações!!!






(http://2.bp.blogspot.com/_Wq6sRSXslaY/TI5mluJjQlI/AAAAAAAABNE/4ulJNhQ-ZKY/s400/coracao_subindo.jpg)




"A beleza da posse mais valiosa,

que pode estar bem à sua frente,

desaparece quando os pensamentos dela se retiram.


Apenas quando você focaliza a sua mente

é que percebe o encanto.


Portanto, é razoável dizer que dentro de nós, e não fora,

reside quase toda a felicidade que estamos buscando. "



Paramahansa Yogananda - A Eterna Busca do Homem
Título: Re: Felicidade Possível
Enviado por: Victor Passos em 11 de Maio de 2011, 09:56
Ola muita paz e harmonia
Amigas e Amigos

  Macilli que excelente trabalho está a fazer aqui..bem-haja

(http://www.eb23-avintes.rcts.pt/avintes/imagens/2009_2010/varios0910/felicidade_bolhas.jpg)


A felicidade e a proposta de Jesus

A felicidade não é deste mundo. Isso já foi afirmado alhures. Também já foi dito que há momentos de felicidade. Para alcançá-los, há uma maneira eficaz: “fazendo os outros felizes”.

Inexistem momentos de felicidade para aqueles que vêem, assistem ou participam da infelicidade de alguém.

A caridade, desse modo, brilha como estrela de primeira grandeza no cenário iluminado do amor e deve ser aplicada, portanto, com consciência reta, coração que ama e mãos que trabalham.

Ainda há, na Terra, muitas dores e sofrimentos. Porém, eles não foram criados por Deus, mas sim pelas transgressões impetradas pelos seres humanos contra as Leis Divinas, que são naturais, imutáveis e a elas todos estão sujeitos.

A partir do momento em que elas forem respeitadas e cumpridas, as vicissitudes tendem a desaparecer, mas enquanto persistir o desvario egoísta, essa tendência nefanda vai continuar, senão aumentar.

O antídoto é o ensinamento do Mestre: “Amai-vos uns aos outros como Eu vos tenho amado”.

*

Jesus, o Cristo, único Espírito puro que já encarnou na face da Terra, é o seu governador a quem o Pai da vida investiu de poderes para ser o Seu plenipotenciário e embaixador dos seres pensantes perante os céus.

Investido dessa autoridade divina, passou a ser o Modelo para os seres humanos e o Guia para os Espíritos. Logo, “Modelo e Guia para a humanidade”.

Sua proposta de governo fundamenta-se no amor incondicional sintetizado numa lei: “Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo”.

Para não deixar dúvidas sobre a importância e valor imperativo do amor entre as pessoas e indivíduos, aconselhou que amassem até aos inimigos.

Quando Seu corpo pendia na cruz, deu uma das mais importantes condicionantes para que o amor pudesse soterrar multidões de pecados: “Perdoa-lhes, Pai. Eles não sabem o que estão fazendo”.
 
PEDRO DE ALMEIDA LOBO

Título: Re: Felicidade Possível
Enviado por: macili em 11 de Maio de 2011, 15:11
Olá queridos Amigos,
Muita luz em seus caminhos!!!

Amigo Victor Passos, obrigada pelo seu constante carinho e motivação.


(http://4.bp.blogspot.com/_ztc1oeWvZuc/S6pxd7hsG7I/AAAAAAAAAAk/7NEv5U3zvg4/s200/cora%C3%A7%C3%A3opulsando.gif)
"A medida da felicidade, acha-se pelo labor no amor e caridade com os outros e com nós mesmos".  Victor Passos

(http://lh3.ggpht.com/_OnqmRmS33Hk/SRS5i8YDQwI/AAAAAAAABCs/-djyCWOLSUA/s400/bdc.jpg)


Procurando o Tesouro Escondido




Corremos de um lado para o outro esperando descobrir a chave da felicidade.

Esperamos que tudo que nos preocupa se resolva num passe de mágica.

E achamos que a vida seria tão diferente, se pelo menos fôssemos felizes.

E, assim, uns fogem de casa para serem felizes e outros fogem para casa para serem felizes.

Uns se casam para serem felizes e outros se divorciam para serem felizes.

Uns fazem viagens caríssimas para serem felizes e outros trabalham além do normal para serem felizes.

Uma busca infinda.

Anos desperdiçados.

Nunca a lua está ao alcance das mãos, nunca o fruto está maduro, nunca o vinho está no ponto.

Sombras, lágrimas.

Nunca estamos satisfeitos.

Mas, há uma forma melhor de viver!

A partir do momento em que decidimos ser felizes, nossa busca da felicidade chegou ao fim.

É que percebemos que a felicidade não está na riqueza material, na casa nova, no carro novo,naquela carreira, naquela pessoa.

E jamais está à venda.

Quando não conseguimos achar satisfação dentro de nós para ter alegria, estamos fadados à decepção.

A felicidade não tem nada a ver com conseguir.

Consiste em satisfazer-nos com o que temos e com o que não temos.

Poucas coisas são necessárias para fazer feliz o homem sábio, ao mesmo tempo que nenhuma fortuna satisfaria a um inconformado.

As necessidades de cada um de nós são poucas.

Enquanto nós tivermos alguma coisa a fazer,

alguém a amar, alguma coisa a esperar, seremos felizes.

Saiba: A única fonte de felicidade está dentro de você, e deve ser repartida.

Repartir suas alegrias é como espalhar perfumes sobre os outros: sempre algumas gotas acabam caindo sobre você mesmo.



(Paulo Roberto Gaefke)

Título: Re: Felicidade Possível
Enviado por: katiatog em 02 de Junho de 2011, 21:57
(http://i708.photobucket.com/albums/ww84/coisinhasdebibiba/amizade.jpg)


Boa tarde queridos amigos!




Em Torno da Felicidade




Em matéria de felicidade convém não esquecer que nos transformamos sempre naquilo que amamos.

*

Quem se aceita como é, doando de si a vida o melhor que tem, caminha mais facilmente para ser feliz como espera ser.

*

A nossa felicidade será naturalmente proporcional em relação a felicidade que fizermos para os outros.

*

A alegria do próximo começa muitas vezes no socorro que você lhe queira dar.

*

A felicidade pode exibir-se, passear, falar e comunicar-se na vida externa, mas reside com endereço exato na consciência tranquila.

*

Se você aspira a ser feliz e traz ainda consigo determinados complexos de culpa, comece a desejar a própria libertação, abraçando no trabalho em favor dos semelhantes o processo de reparação desse ou daquele dano que você haja causado em prejuízo de alguém.

*

Estude a si mesmo, observando que o auto-conhecimento traz hulmildade e sem humildade é impossível ser feliz.

*

Amor é a força da vida e trabalho vinculado ao amor é usina geradora de felicidade.

*

Se você parar de se lamentar, notará que a felicidade está chamando o seu coração para vida nova.

*

Quando o céu estiver em cinza, a derramar-se em chuva, medite na colheita farta que chegará do campo e na beleza das flores que surgirão no jardim.



Francisco Cândido Xavier. Da obra: Sinal Verde. Ditado pelo Espírito André Luiz
Título: Re: Felicidade Possível
Enviado por: macili em 04 de Junho de 2011, 23:45
Bons Amigos.

Vibrações de amor e paz!!!


(http://3.bp.blogspot.com/_w-ZcEDlrJFs/SpCkd4j93oI/AAAAAAAAEA4/sjwMBQFLIrI/s400/200510676-001.jpg)



( do livro Maha Gita)


A Felicidade Perfeita


(http://2.bp.blogspot.com/-BNMzqWpSMpw/TbnELyVvmYI/AAAAAAAAHa4/N5Bw5cicoHE/s220/le4.png)



A felicidade perfeita
Não haverá de visitar-nos amanhã
A menos que nossos corações
Repousem hoje nela.


Não há paz futura
Que não esteja oculta
No fugaz momento presente.


Às vezes, sente-se
Que a felicidade
Está sendo obscurecida
Pelo próprio mundo.


Mas a tristeza não é
Senão uma nuvem escura.
Atrás dela,
Ao nosso alcance,
Está a felicidade perfeita.


Podemos vivê-la se soubermos
Sentir e conhecer o Ser.
E, por isso, é necessário
Manter-se em silêncio,
Meditar e devocionar.


Não podemos aceitar
Os momentos de alegria
Como simples momentos.
Eles guardam
A divina essência.


O Ser é eternamente bondoso
E de amor sem fim,
Mas os dons que ele nos doa,
Julgamo-los
Pelo aspecto externo.


Em tudo que existe
Está sempre
O Supremo e Divino Ser.
Apresse-se para sentir
A presença do Ser Supremo.


Liberte as veias
Do curso do sangue.
Entreabra os olhos
E deixe entrar a luz.
Procure a sua essência
Em si mesmo
E depois tome consciência
Do seu próprio Ser.


(http://2.bp.blogspot.com/-BNMzqWpSMpw/TbnELyVvmYI/AAAAAAAAHa4/N5Bw5cicoHE/s220/le4.png)