Forum Espirita

GERAL => Mensagens de Ânimo => Meditação => Tópico iniciado por: Cravo do Poeta em 17 de Fevereiro de 2010, 10:31

Título: Ação de Paz 17-02-2010
Enviado por: Cravo do Poeta em 17 de Fevereiro de 2010, 10:31
***Bom dia a todos e muita paz em nossos corações.



Ação de paz



A paz é um dos tesouros mais desejados nos dias atuais. Muito se tem investido para se conseguir um pouco desse bem tão precioso.


Mas será que nós, individualmente, temos feito investimentos efetivos visando tal conquista?


O que geralmente ocorre é que temos investido nossos esforços na direção contrária, e de maneira imprópria.


É muito comum desejar a paz e buscá-la por caminhos tortos, que acabam nos distanciando dela ainda mais.


O Espírito Emmanuel, através da mediunidade de Chico Xavier, escreveu, certa feita, uma mensagem que intitulou ação de paz.


Eis o seu conteúdo:


“Aflição condensada é semelhante à bomba de estopim curto, pronta a explodir a qualquer contato esfogueante.


Indispensável saber preservar a tranqüilidade própria, de modo a sermos úteis na extinção dessa ou daquela dificuldade.


Decerto que para cooperar no estabelecimento da paz, não nos seria lícito interpretar a calma por inércia.


Paciência é a compreensão que age sem barulho, em apoio da segurança geral.


Refletindo com acerto, recebe a hora de crise sem qualquer idéia de violência, porque a violência sempre induz ao estrangulamento da oportunidade de auxiliar.


Diante de qualquer informação desastrosa, busca revestir-te com a serenidade possível para que não te transformes num problema, pesando no problema que a vida te pede resolver.


Não afogues o pensamento nas nuvens do pessimismo, mentalizando ocorrências infelizes que provavelmente jamais aparecerão.


Evita julgar pessoas e situações em sentido negativo para que o arrependimento não te corroa as forças do espírito.


Se te encontras diante de um caso de agressão, não respondas com outra agressão, a fim de que a intemperança mental não te precipite na vala da delinqüência.


Pacifica a própria sensibilidade, para que a razão te oriente os impulsos.


Se conservas o hábito de orar, recorre à prece nos instantes difíceis, mas se não possuis essa bênção, medita suficientemente antes de falar ou de agir.


Os impactos emocionais, em qualquer parte, surgem na estrada de todos; guarda, por isso, a fé em Deus e em ti mesmo, de maneira a que não te afastes da paz interior, a fim de que nas horas sombrias da existência possa a tua paz converter-se em abençoada luz.”


As palavras lúcidas de Emmanuel nos sugerem profundas reflexões em torno da nossa ação diária.


Importante que, na busca pela paz não venhamos a ser causadores de desordem e violência.


Criando um ambiente de paz na própria intimidade, poderemos colaborar numa ação efetiva para que a paz reine em nosso lar, primeiramente, e, depois possa se estender mundo afora.


Se uma pessoa estiver permanentemente em ação de paz, o mundo à sua volta se beneficiará com essa atitude.
E se a paz mundial ainda não é realidade em nosso planeta, façamos paz em nosso mundo íntimo. Essa atitude só depende de uma única decisão: a sua.

***

A sua paz interior é capaz de neutralizar o ódio de muitas criaturas.

Se você mantiver acesa a chama da paz em sua intimidade, então podemos acreditar que a paz mundial está bem próxima.

Porque, na verdade, a paz do mundo começa no íntimo de cada um de nós.



Equipe de Redação do Momento Espírita, com base em mensagem do Espírito Emmanuel, do livro Urgência, psicografia de Francisco C. Xavier.

Título: Re: ***Ação de Paz *17-02-2010
Enviado por: macili em 18 de Fevereiro de 2010, 01:58
Boa noite.

Jesus nos ensinava a mudarmos de atitude em relação ao comportamento nos abrindo ao amor e a Deus.

Uma pequena msg que li na Revista Semeando, editada pela FEIC, Centro Espírita que frequento, para nossa reflexão.


___________________________________________________________________

Um velho índio descreveu, certa vez, seus conflitos internos ...
- "Dentro de mim existem dois cachorros...
Um deles é mau e cruel. O outro é bom e dócil. Eles estão sempre a brigar".
Então lhe perguntaram qual dos dois cachorros ganharia a briga.
O sábio índio parou, refletiu e respondeu:
- "Aquele que eu alimentar".
_______________________________________________________________________

Assim, chegamos a seguinte conclusão:
Devemos realmente nos alimentar de amorosidade em nossos corações, agindo desta maneira nada nos abalará !
_______________________________________________________________________

Mensagem de Chico Xavier:
Claro Registro
As oportunidades para a construção do bem procedem de Deus.
O aproveitamento está em nós.

Título: Re: ***Ação de Paz *17-02-2010
Enviado por: Carmen.gbi em 18 de Fevereiro de 2010, 07:18

Bom dia!

Olá, Cravo e macili

PAZ ÍNTIMA
Chico Xavier / André Luiz



Guarda sempre:

A confiança em Deus e em ti mesmo.

A consciência tranquila.

O tempo ocupado no melhor a fazer.


A palavra construtiva.

A oração com trabalho.

A esperança em serviço.

A paciência operosa.

A opinião desapaixonada.

A benção da compreensão.

A participação no progresso de todos.

A atitude compassiva.

A verdade iluminada de amor.

O esquecimento do mal.


A fidelidade aos compromissos assumidos.

O perdão incondicional das ofensas.

O devotamento ao estudo.

O gesto da simpatia.

O sorriso de encorajamento.

O auxílio espontâneo ao próximo.

A simplicidade nos hábitos.

O espírito de renovação.

O culto da tolerância.

A coragem de ouvidar-se para sevir.

A perseverança no bem.


Conservemos semelhantes traços pessoais,

na experiência do dia a dia,

e adquiriremos a ciência da paz íntima

com o privilégio de encontrar a

felicidade pelo trabalho, no clima do amor.
Título: Re: ***Ação de Paz *17-02-2010
Enviado por: Cravo do Poeta em 18 de Fevereiro de 2010, 11:28
***Bom dia querida Macili e Carmem gbi, que a luz do mestre Jesus as ilumine hoje e sempre.

***Um beijo em seus corações.


DOUTRINA CONSOLADORA


Eurícledes Formiga
(Em homenagem ao “Livro Espírita”).



Descendo em jorros de luz
Para toda a Humanidade,
O Espiritismo é Jesus
Revivendo a Verdade...

*

Explicando qualquer dor
Na Lei da Reencarnação,
É o grande Consolador,
Fé que nasce da razão...

*

Doutrina bela e sublime,
Que no homem se descerra
E o seu passado redime
Na grande escola da Terra.

*

Precisamos ir à luta
Com garra e com disciplina,
Entregando alma e conduta
Ao trabalho que ilumina.

*

Divulgar o livro nobre
Da Mensagem que liberta,
É dar mais que pão ao pobre,
É apontar a estrada certa...

*

Elevar a voz no Bem,
Louvando a Vida Imortal,
É compromisso de quem
Honra o seu próprio ideal.

*

A paz é uma construção
Da luta de cada dia.
Sem sementeiras no chão,
Não há messes de alegria.

*

Ante o Milênio Terceiro,
Prossigamos sem descrer...
Cristo é sempre o Companheiro,
Cumpramos nosso dever.

*

Da Obra “SEMENTES DE LUZ” – ESPÍRITOS DIVERSOS – Psicografadas por:
FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER e CARLOS A BACCELLI.
Digitado por: Lúcia Aydir
Título: Re: ***Ação de Paz *17-02-2010
Enviado por: macili em 18 de Fevereiro de 2010, 13:58
Bom dia amigas Cravo e Carmem

A vida é uma flor e o amor é um mel   (Victor Hugo)

Para ensolarar nosso dia, reflitamos todos ....

"Quanto mais nos Sintonizamos com a Paz!
Mais radiante se torna a nossa Vida.

Um Bom Dia... Amigos.

Hoje amanheceu um Dia lindo por aqui!
Muito Sol! Céu azul...
E temperatura agradável!

Que o dia possa nos trazer...
Muita paz interior...

Para que possamos assimilar
com o coração... Tudo aquilo de precioso,
que amorosamente nos é transmitido.

Olhe para este Dia...

Em seu breve curso;
Repousam todos os fatos,
E as verdades de nossa existência:

A glória da ação.
O esplendor da beleza!

Pois o dia de ontem
não passa de um sonho.
E amanhã é apenas uma visão...

Mas o hoje bem vivido.

Transforma o passado em
um sonho de felicidade!

E todos os amanhãs
uma visão de esperança...

Olhe bem, então, para este dia!
Aqui está... A saudação para a Vida!"
Título: Re: ***Ação de Paz *17-02-2010
Enviado por: Carmen.gbi em 18 de Fevereiro de 2010, 16:02


Olá, amigas Cravo e macili

Boa tarde!

Tão bom falar de PAZ , porque assim , cada leitura é como um balsâmo em nossa alma.

Beijos e muita Paz pra vocês.


PAZ INDESTRUTÍVEL
Chico Xavier / Emmanuel


Na Terra, muitas vezes, terás o coração cercado:


- de adversários gratuitos;

- de críticas indébitas;

- de acusações sem sentido;

- de pensamentos contraditórios;

- de pedras da incompreensão;

- de espinhos do sarcasmo;

- de ataques e desentendimentos;

- de complicações que não fizeste;

- de tentações e problemas;

- de processos obsessivos;



entretanto, guarda a serenidade

e prossegue agindo, na extensão do bem,

porque, resguardando a consciência tranqüila,

terás nos recessos da própria alma a paz de Cristo

que ninguém destruirá...


Título: Re: ***Ação de Paz *17-02-2010
Enviado por: Cravo do Poeta em 18 de Fevereiro de 2010, 16:38
***Boa tarde querida amiga Macili e Carmem gbi estava com saudades de você.

Precisamos realmente sintonizarmos com a paz, as pessoas precisam disso para meditar , refletir, aprender.

O mundo esta cheio de dor e sofrimento, que possamos nos auxiliarmos com amor , carinho, amizade, auxilio mutuo.

***Muito obrigado pelos textos são belos e que a fé a esperança e o amor esteja sempre presente em nós.

Um beijo no coração de vocês e tenham um ótimo final de semana.

Que a luz do mestre Jesus ilumine vocês hoje e sempre.

***Um soneto para vocês.


Amizade


Ergueste-me na caminhada...

- Deste-me guarida no afeto santo

do teu coração...

- Advertiste-me fraternalmente nas

passadas equívocas...

- Acompanhaste-me nas sombrias noites

da desesperação...

- Choraste e abraçaste-me quando, alucinado,

entrevi a desesperança e o teu testemunho

de solidariedade foi-me a confirmação da

presença divina socorrendo-me nas lágrimas...

- Não descuraste do pão à minha mesa...

- Não relegaste o meu coração à solidão

fria das longas horas da doença indomável...

- Jamais perdeste a oportunidade do conselho

amigo, intentando dirigir-me à ação nobre...

- Por tudo isto te sou grato...

O interlocutor, ante o desvelar de tanta

afeição e reconhecimento,asseverou:

- Para mim, isto nenhum desforço representou

amigo, desde quando,expressa o carinho do

meu coração pela tua existência. E, em nome

deste sentimento, digo-te que o meu silêncio

é a melhor resposta às tuas efusões...

- Sim, bem sei. É por isto que Deus te

colocou na Terra para alentar o caminho

dos homens, sacramentando-te com o sublime

nome de Amizade...


(Meimei / psicografado por Chico Xavier)
                Livro "Viajor"                     





Título: Re: ***Ação de Paz *17-02-2010
Enviado por: Carmen.gbi em 19 de Fevereiro de 2010, 08:14

Bom dia!

Olá, Cravo e macili




PAZ DO MUNDO E A PAZ DE CRISTO
Chico Xavier / Emmanuel




É indispensável não confundir
a paz do mundo com a paz de Cristo.
A calma do plano inferior
pode não passar de estacionamento.
A serenidade das esferas mais altas
significa trabalho divino,
a caminho da Luz imortal.
O mundo consegue proporcionar
muitos acordos e arranjos
nesse terreno, mas somente o Senhor
poderá outorgar ao espírito a paz verdadeira.

Nos círculos da carne, a paz das nações
costuma representar
o silêncio provisório das baionetas;

a paz dos abastados inconscientes
é a preguiça improdutiva e incapaz;

a paz dos que se revoltam,
no quadro de lutas necessárias,
é a manifestação do desespero doentio;

a paz dos ociosos sistemáticos,
é a fuga ao trabalho;

a paz paz dos arbitrários,
é a satisfação dos próprios caprichos;

a paz dos vaidosos,
é o aplauso da ignorância;

a paz dos vingativos,
é a destruição dos adversários;

a paz dos maus, é a vitória da crueldade;

a paz dos negociantes sagazes,
é a exploração inferior;

a paz dos que se agarram
às sensações de baixo teor,
é a viciação dos sentidos;

a paz dos comilões
é o repasto opulento do estomago,
embora haja fome espiritual no coração.

Há muitos ímpios, caluniadores, criminosos
e indiferentes que disfrutam a paz do mundo.

Sentem-se triunfantes, venturoso
s e dominadores no século.

A ignorância endinheirada,
a vaidade bem vestida
e a preguiça inteligente
sempre dirão que seguem muito bem.

Não te esqueças contudo,
de que a paz do mundo pode ser,
muitas vezes o sono enfermiço da alma.

Busca, desse modo,
aquela paz do senhor,
paz que excede o entendimento,
por nascida e cultivada,
portas a dentro do espírito,
no campo da consciência
e no santuário do coração.
Título: Re: ***Ação de Paz *17-02-2010
Enviado por: Victor Passos em 19 de Fevereiro de 2010, 10:49
Ola Amiga Carmen
Muita paz e harmonia

  Excelente , adorei tão sublimes palavras...

       

Aproveite sua energia interior

       Somos interiormente pura energia... e toda energia pode ser utilizada para o bem ou para o mal.
       O uso de nossa energia interior depende de nós mesmos, de equilíbrio emocional, de nosso auto-domínio.   

   Se estamos irados, nosso interior pode transformar-se numa potente usina de emissão e processamento dessa energia negativa.
   Se nos vergarmos ao poder da ira, tendemos a um tipo de vivência improdutiva, extremamente nociva - a nós mesmos e aos que nos rodeiam.

   Por que canalizar nossa energia interior para os descaminhos da improdutividade - que fatalmente levam ao abismo da existência?
  Por que não aproveitá-la de maneira construtiva e saborear a prática do bem?    

    Vamos processar essa energia em prol do amor e da paz!
   Vamos transformá-la em solidariedade e fazer um positivo uso dela, pois, como já dizia o líder pacifista Mahatma Gandhi, “nossa ira controlada pode ser convertida numa força capaz de mover o mundo”.

Oriza Martins
Título: Re: ***Ação de Paz *17-02-2010
Enviado por: dOM JORGE em 19 de Fevereiro de 2010, 11:09
                                                 VIVA JESUS !

           Ola, queridos irmãos

                 Jesus disse: " Minha paz vos deixo, minha paz vos dou. Eu não vos

                                    dou a paz do mundo, eu vos dou a paz de Deus  que

                                    o mundo não vos pode dar. "

                                                                       PAZ, MUITA  PAZ !
Título: Re: ***Ação de Paz *17-02-2010
Enviado por: Victor Passos em 19 de Fevereiro de 2010, 11:14
Ola Amigo Don Jorge
Muita paz

  grato pela compartilha e na realidade o que mais necessitamos é de paz , para podermos oferir de lucidez para encarar a vida de forma mais confiante...grato Amigo...

Se procuras a Paz


Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

          Olvida as ilusões e as mágoas que porventura te assaltem a mente, para que te fixes na certeza de que a vida encerra os germens da renovação incessante, em si própria, facultando-nos a conquista da verdadeira felicidade.
          -o-

          Olvida o lado menos feliz dos companheiros de trabalho e de ideal, a fim de que lhes enxergues tão-somente as qualidades enobrecidas e as possibilidades de elevação.
          -o-

          Olvida as injúrias recebidas, entesourando as bênçãos que te rodeiam.
          -o-

          Olvida o azedume e a incompreensão dos adversários e esmera-te a conservar os amigos e irmãos que te apóiam as tarefas do dia-a-dia.
          -o-

          Olvida os assuntos que provoquem a mentalização dos erros e tragédias da Humanidade e rende culto permanente aos feitos edificantes e heróicos em que os homens hajam exaltado a sua natureza divina.
          -o-

          Olvida os fracassos que já te assediaram a existência e escora-te nas esperanças e realizações com que te diriges para o futuro.
          -o-

          Olvida as reminiscências amargas e mantém na memória os acontecimentos felizes que se te erigiram na estrada, alguma vez, por motivos de euforia e plenitude espiritual.
          -o-

          Olvida as dificuldades que te entravem a marcha e consagra-te ao serviço que já possas criar ou fazer na seara do amor ao próximo.
          -o-

          Se procuras a paz, olvida todo mal e dedica-te ao bem, porquanto somente o bem te descerrará caminho para as bênçãos da Luz.


 

Muita Paz
Título: Re: ***Ação de Paz *17-02-2010
Enviado por: Cravo do Poeta em 19 de Fevereiro de 2010, 14:04
***Boa tarde queridos amigos, muita luz em nossos corações.


A paz


Certa vez, houve um concurso de pintura e o primeiro lugar seria dado ao quadro que melhor representasse a paz.

Ficaram, dentre muitos, três finalistas igualmente empatados.

O primeiro retratava uma imensa pastagem, com lindas flores e borboletas que bailavam no ar, acariciadas por uma brisa suave.

O segundo mostrava pássaros a voar sob nuvens brancas como a neve, em meio ao azul anil do céu.

O terceiro mostrava um grande rochedo sendo açoitado pela violência das ondas do mar, em meio a uma tempestade estrondosa e cheia de relâmpagos.

Para surpresa e espanto dos finalistas, o escolhido foi o terceiro quadro, o que retratava a violência das ondas contra o rochedo.

Indignados, os dois pintores que não foram escolhidos questionaram o juiz que deu o voto de desempate:

Como este quadro tão violento pode representar a paz, sr. Juiz?

E o juiz, com uma serenidade muito grande no olhar, disse:

Vocês repararam que, em meio à violência das ondas e à tempestade, há numa das fendas do rochedo, um passarinho com seus filhotes dormindo tranquilamente?

E os pintores sem entender responderam: Sim, mas...

Antes que eles concluíssem a frase, o juiz ponderou:

Caros amigos, a verdadeira paz é aquela que, mesmo nos momentos mais difíceis, nos permite repousar tranquilos.

*   *   *

Talvez muitas pessoas não consigam entender como pode reinar a paz em meio à tempestade, mas não é tão difícil de entender.

Considerando que a paz é um estado de espírito podemos concluir que, se a consciência está tranquila, tudo à volta pode estar em revolução que conseguiremos manter nossa serenidade.

Fazendo uma comparação com o quadro vencedor, poderíamos dizer que o ninho do pássaro, que repousava serenamente com seus filhotes, representa a nossa consciência.

A consciência é um refúgio seguro, quando nada tem que nos reprove. E também pode acontecer o contrário: tudo à volta pode estar tranquilo e nossa consciência arder em chamas.

A consciência, portanto, é um tribunal implacável, do qual não conseguiremos fugir, porque está em nós.

É ela que nos dará possibilidades de permanecer em harmonia íntima, mesmo que tudo à volta ameace desmoronar, ou acuse sinais de perigo solicitando correção.

Sendo assim, concluiremos que a paz não será implantada por decretos nem por ordens exteriores, mas será conquista individual de cada criatura, portas adentro da sua intimidade.

*   *   *

Um dia, A paz vestiu-se de Homem e conviveu com a Humanidade sofredora e aflita.

Conservava-Se em paz mesmo diante das situações mais turbulentas e assustadoras.

Agredido, manteve-Se sereno.

Caluniado, exemplificou tranquilidade.

Diante da tempestade no mar, pediu calma.

Pregado na cruz, permaneceu em paz.

Todavia, antes de partir teve ensejo de dizer:

A minha paz vos deixo, como exemplo.

A minha paz vos dou, como modelo a ser copiado.

 

Redação do Momento Espírita, baseada em história recebida
pela Internet, intitulada A paz, sem menção ao autor.
Em 17.07.2009.