Forum Espirita

GERAL => Sexualidade => Psicologia & Espiritismo => Homossexualidade => Tópico iniciado por: Marden em 01 de Abril de 2009, 20:27

Título: Homossexualidade e os espíritos
Enviado por: Marden em 01 de Abril de 2009, 20:27
A literatura espírita é riquíssima em obras, artigos e vídeos sobre este tema.
Há muitos anos tenho estudado este assunto e sei que a minha colaboração é tão pequena escrevendo, que provavelmente não será útil a ninguém.

Só vou escrever porque ainda não ouvi ou li nada que reúna a opinião de muitos estudiosos em um só tópico. Pode ser muita pretensão da minha parte, mas aqui vai:

A  energia  genésica  tem sua fonte de origem num dos princípios primitivos que caracterizam o espírito: a Vontade.

No início como tudo em nós, espíritos, ainda se apresenta de forma  grosseira, aliada mais aos nossos instintos, que à nossa razão, assim também se apresenta as nossas forças sexuais.

À medida que  evoluímos  nos   outros quesitos ou aspectos morais, evoluímos também na sexualidade.

Podemos afirmar com segurança que o nosso equilíbrio sexual pode de certa forma, ilustrar o perfil da nossa evolução como espíritos.

As nossas potências  genésicas nosso atual estágio tem como finalidade mais importante aproximar as pessoas, agrupar e principalmente proporcionar a execução de uma lei Divina, a Reencarnação.

A sexualidade ao longo das existências do espírito, vai se sublimando juntamente com ele e toma   uma outra  característica, tendo a partir de então, uma nova função uma nova utilidade para o espírito.

Quando o espírito conquista a equivalência de forças destes dois polos de energia, guardando a mesma intensidade, podemos dizer que ele alcançou a sublimação dessas forças. Significa dizer que somos masculino e feminino. Um de cada vez, em cada existência, é claro.

O maior exemplo que temos de sexualidade sublimada  é  Jesus.

Na questão 200 do LE, os Espíritos não negam que o espírito tenha sexo. Afirmam que o sexo dos espíritos não é como imaginavam os interlocutores da época.

Trazemos no perispírito os dois pólos desta energia, e que nos serve de acordo com o nosso projeto reencarnatório, um ou outro pólo dominante. Masculino ou feminino. Afirmação dos Espíritos na questão 201.

Há também os casos de pessoas que  vem com uma missão ou objetivo especial em que as suas forças genésicas podem colocar em risco o sucesso da sua empreitada e lhes é permitido a ausência da influência destas forças sexuais , evitando assim o risco de fracasso.

Se em uma existência fomos desregrados com a alimentação e isto nos trouxe conseqüências graves, com certeza na próxima experiência o nosso perispírito ainda trará as sequelas deixadas pela atitude no passado próximo. Sequelas que se nota às vezes logo nos primórdios da nova existência.

Isso acontecerá em todos os casos de desregramento, atitudes desequlibradas, inclusive na nossa vida sexual ; por quê não ?

É difícil entender porque muitos querem dar à questão da sexualidade um tratamento especial, diferente. Absurdo isso.
Desequilíbrios são desequilíbrios sejam lá quais forem. Não tem um mais feio do que o outro.

 É provável que por orgulho, vaidade tenhamos  uma tendência natural em achar mais feios, mais graves, aqueles que não temos. Ignorância pura!

O que não podemos admitir como normal é que Deus colocando esta polaridade no nosso espírito o faça de forma imperfeita, sujeita a riscos naturais de  “defeitos de fabricação” . Deus nos oferecerá sempre em cada encarnação as melhores condições para a nossa evolução.

Onde estaria a sabedoria de Deus? Se Ele não fosse capaz de colocar só dois sexos de forma perfeita, obviamente Ele colocaria mais um. Não colocou.

Sentir amizade, afeição, vontade de estar sempre perto de uma pessoa de qualquer sexo, é uma grande virtude que devemos cultivar. Agora se vem junto com o desejo sexual ainda que enrustido, é desequilíbrio.

Desequilíbrio como o desejo compulsivo de beber, suicidar e tantos outros. E carecemos de nos educarmos neste ou naquele sentido. Alias o que não falta à maioria de nós encarnados, é desequilíbrio. O sexual é apenas um deles.

As tendências na área da homosexualidade, com certeza o indivíduo as trás de vivência ou vivências passadas comportamentos inconsequentes.
 Mais dia, menos dia ele retoma o caminho do equilíbrio.

Acho um equívoco lamentável dos portadores de  desequilíbrio na área do sexo, quererem tornar natural a homossexualidade e outros comportamentos. É muito cômodo, mais fácil do que o esforço às vezes gigantesco que se tem de fazer pra modificar esta tendência, mas o caminho por certo não é esse.

De outra parte conduta lamentável é a censura, o preconceito contra os irmãos que carregam esta dificuldade, como se a homosexualidade  fosse o pior dos defeitos que o espírito humano fosse capaz de ter. Será?

Olhemos para a nossa sociedade, os líderes que impõem  miséria e sofrimento séculos e séculos seguidos às populações menos favorecidas. Se fôssemos fazer aqui uma lista de imperfeições fora da área do sexo, não teríamos espaço.

Ainda mais, devemos cuidar no auxílio aos nossos irmãos em situação de ajuste exclusivamente quando formos solicitados por eles. Fora disso é intromissão, fofoca bisbilhotice, tempo precioso que perdemos, deixando de curar as nossas próprias chagas abertas, oriundas do sem número de imperfeições que ainda carregamos.

Assim como não abro mão deste meu ponto de vista,sobre este assunto no momento, também não desejo impô-lo a ninguém, é apenas o que acredito.

Fraterno Abraço!

Marden
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Fernanda S. em 01 de Abril de 2009, 20:55
Olá amigo Marden!

Pode ter certeza que não postou o assunto "à toa". Sempre terá alguém interessado.

E se não for intrometido da minha parte, gostaria de ajudar deixando dois artigos muito bons complementando o assunto para quem deseje se aprofundar.

Também não sei se já os postaram antes pois são textos relativamente conhecidos.

Beijos!
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Marden em 01 de Abril de 2009, 21:01
Olá Fernanda !

Obrigado pela atenção. Voce enriqueceu o tópico!

Tenho muito cuidado com o que digo pra não ser mal interpretado.

Fraterno Abraço !
 
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Wilma Vinhas em 02 de Abril de 2009, 05:47
É bastante comum o hábito de classificar os seres humanos em categorias, seja no plano sexual ou em qualquer outro dominio. Temos assimos heterossexuais, os homossexuais, os bissexuais e, nessas três categorias, um sem-número de especialidades. Por que essa necessidade de rotular cada indiíiduo? Não seria menhor perguntar-se simplesmente se ele é feliz em sua vida amorosa? E se, por outro lado, consegue fazer o parceiro feliz? Afinal é isso o que conta. Cada qual vive sua sexualidade em função daquilo que é, daquilo que experimenta, de tudo o que constitui seu desejo ou carência. Se ao faze-lo não prejudica ninguém que importância pode ter o modo como conseguiu a felicidade? Antes de qualquer coisa devemos recordar que,se o sexo é biologico,  a sexualidade é social.
Aprendemos em biologia que o enbrião humano e neutro, mas potencialmente feminino. Para dar origem a uma menina, ele contuma desenvolver-se naturalmente, segundo o mesmo esquema, até o  nascimento No caso de meninos, a diferenciação so começa durante o terceiro e quarto messes: sob a influencis dos hormónios masculino, o tubér culo genital colonca-se. a alturam urogemial fecha-se  as dobraduras tornance mais espessa para constituir o escroto.

Fraternalmente Wilma

Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Marden em 02 de Abril de 2009, 13:02
Wilma,

Com certeza o seu comentário não foi em relação ao meu tópico, e se foi, não entendeu uma vírgula do que escrevi.

Estudo há mais de vinte anos esta questão e só vou mudar de opinião quando eu encontrar uma explicação melhor do que as que encontrei.

Seu comentário foi superficial. Ainda assim respeito.

Fraterno Abraço !
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Fernanda S. em 02 de Abril de 2009, 14:51
Se os nossos mentores que nos preparam a reencarnação acham que o melhor para nós é um corpo de determinado sexo, por que razão haveremos nós de contrariá-los assumindo posturas que entram em atrito com todo um projecto prévio desenvolvido pelos mesmos?

Será que alguem sabendo disto opta por um comportamento que não é natural ao seu sexo? Não será desrespeitar os nossos mentores que elaboraram a nossa reencarnação?

Olá Jorge!

Seus quetionamentos são de muita importância sim, mas não vejo o homosexualismo como uma opção.

Muitas pessoas falam em opção sexual e tudo o mais, mas eu não acredito nisso. Não acho que um ser humano chega numa fase da vida e escolhe sua preferência sexual.

Se assim fosse, ninguém escolheria ser homosexual, pois na nossa sociedade, os homosexuais são alvos de chacotas, agressões, preconceito e muitas coisas negativas que ninguém quer para si.
Imagine não poder sair de mãos dadas com a pessoa que ama, não poder demonstrar seu afeto em público. Isso não é nem de longe agradável.

Então uma coisa que eu já descartei é que isso seja uma opção. Para maiores esclarecimentos, recomendo a leitura dos artigos que estão em anexo na outra postagem que fiz, pois eu não sou capaz de explicar melhor do que nos textos recomendados.

Beijinhos!
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Fernanda S. em 02 de Abril de 2009, 15:11
Mas se todos nós fossemos conhecedores da realidade das coisas, que tão sabiamente nos é explicada pela doutrina espírita, não teriamos nós armas suficientes para contrariar essas tendências que nos estão impregnadas no ser, fruto de muito provavelmente um grande numero de reencarnações em corpos femininos?

Olá Jorge!

Mais certo que isso só duas vezes isso!
Que falta que a Doutrina Espírita faz na vida de tantas pessoas.

Nosso consolo amigo, é que todos conheceremos a verdade, cada um a seu tempo. Cada um vencerá suas provas quando pronto estiver para as responsabilidades que vêm "no pacote".

Cabe a nós que tivemos a graça de conhecer tais verdades tentar consolar aqueles que sofrem e buscar nosso crescimento pessoal pois palavras de nada adiantam. A palavra comove, mas o exemplo arrasta.

Beijinhos!
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: M em 02 de Abril de 2009, 16:10
Marden,

O critério para classificar um comportamente como imperfeição é o mesmo prejudicar outrem ou nós próprios. A homossexualidade é um tema do qual muito pouco se sabe. Para quê, então, posições tão definitivas, julgando os comportamentos alheios?

Quem sabe do barco é o barqueiro, e o seu julgamento é demasiado simplista.
Querer impor aos irmãos homossexuais a "sublimação", para se "penitenciarem" da "imperfeição", é argumento católico, não é espírita. Tal como a suposta sublimação da sexualidade de Jesus, que veio a "justificar" o celibato dos padres, com as consequências que todos conhecemos. Quem nos garante que Jesus não foi activo sexualmente? Segundo o seu raciocínio, se Deus não faz nada inútil, Jesus deve ter casado e tido filhos...

Tenha ou não Jesus sido sexualmente activo, isso não nos dá o direito de "receitar" abstinência a ninguém. Pelo menos no Espiritismo.
Chega do homofobia, por favor!

Mário
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Marden em 02 de Abril de 2009, 16:17
Olá Jorge !

Postei alguma coisa relativa a sua primeira participação, mas meu link caiu antes de remeter.

Com relação a falta de consideração para com os nossos preparadores, eu ainda digo o seguinte:

A não ser nos casos de reencarnações compulsórias a que são submetidos espíritos com graves problemas e dificuldades de aceitação, todos nós participamos do nosso projeto reencarnatório. Nada nos é imposto. Nada é "empurrado goela abaixo".

Quando chegamos aqui, no campo de batalha, nossas imperfeições morais, as ideias infelizes impressas ainda de forma consistente no nosso corpo, na nossa memória perispiritual, juntamente com as influências dos que conosco jornadeiam, na maioria das vezes sobrepujam a nossa anêmica determinação.

Isto, não só no campo da sexualidade, mas em todos os setores de atividade elevatória aos quais nós devemos nos ater.

Quanto ao fato de fazermos várias encarnações em um só sexo e isto influenciar nas tendências em uma nova experiência no sexo oposto:

Se essas reencarnações aconteceram sem desvios e de forma natural no campo da sexualidade, o espírito não terá nehuma dificuldade em se adaptar à nova forma. Até porque para o espírito essa questão é secundária, o que importa mesmo é a sua evolução.

Se ao mudássemos a polaridade do nossso sexo para buscarmos uma nova experiência carnal em circunstâncias normais e o nosso perispírito encontrasse dificuldade, o defeito estaria no projeto concebido por Deus para o nosso perispírito e Deus não erra.

Para quem não tem pressa, é um consolo saber que tem a eternidade para evoluir....

Jorge,

Fraterno Abraço !
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: M em 02 de Abril de 2009, 16:25
«Se ao mudássemos a polaridade do nossso sexo para buscarmos uma nova experiência carnal em circunstâncias normais e o nosso perispírito encontrasse dificuldade, o defeito estaria no projeto concebido por Deus para o nosso perispírito e Deus não erra.»

Ou seja: Deus não erra, logo o homossexual erra, logo a homossexualidade é um erro de quem decide "ir contra Deus".

Não encontramos NADA na mensagem cristã, ou na Codificação Espírita que sustente este raciocínio tipicamente católico, culpabilizante, homofóbico. Apelo a que não reinventem o Espiritismo. Este é um fórum espírita e essa é uma posição pessoal, não espírita. Quanto muito será "espiritólica".

M.
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: SB em 02 de Abril de 2009, 16:39
Marden,

Tenho um pergunta a fazer-lhe:

- Porque estuda há varios anos este tema, da Homossexualidade?

Abraços


Mário,

Como estás meu amigo? :)

Para ti um forte abraço, que bom ler-te...a tua lucidez tem feito falta por aqui :)
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: M em 02 de Abril de 2009, 16:41
Olá,

Para mim este tema não é mais nem menos delicado que qualquer outro. Lembrem-se de que estamos a conversar em público. Não maltratem inadvertidamente que,m aqui venha em busca de acolhimento cristão. As pessoas homossexuais já sofrem bastante na nossa sociedade profundamente homofóbica.
Há 38 séculos, os homossexuais eram apedrejados, entre o povo Hebreu. Não o façamos hoje, pois é profundamente descaridoso.

E tomara eu chegar aos calcanhares de muitas pessoas homossexuais que conheço. As pessoas não valem pela sua orientação sexual, valem pelo que são. Lembrem-se do Bom Samaritano... Quanto heterossexuais não param para ajudar um desgraçado, e o homossexual, sobre quem os outros se arrogam o direito de ditar condutas, é afinal o que vai ajudar o desafortunado?

Não julguem, amigos... Nem Jesus julgou a mulher adúltera, e o caso era francamente mais evidente, pois o adultério é uma quebra de confiança.

Às pessoas de orientação sexual homo, que possam estar a ler-nos, informo que o Espiritismo não é homofóbico. Alguns espíritas, infelizmente, ainda o são. Talvez por efeito de pretéritas reencarnações em meios homofóbicos, quem sabe?... Devem fazer um esforço por se corrigirem...

Mário

Post-Scriptum - Olá Susana, obrigado pelas tuas palavras, e cá estou eu de novo, com a  delicadeza do elefante que pula de nenúfar em nenúfar :)
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Marden em 02 de Abril de 2009, 16:50
Mário,

Você é mais um se precipitando. Não leu direito.

Formei minha opinião baseado na longa observação dos que sabem mais do que eu.
A minha o opinião é resultado da soma de informações que busquei.

Estou falando do assunto homossexualidade e não de "homossexuais". Você é capaz de entender a diferença ?

Quem está julgando aquí ? Agora, você está censurando de forma veemente !

Leva a mal não hem Mário ! Se posiciona melhor.

Alcoolismo, tabagismo, toxicomania, pode ser abordado por qualquer um em qualquer lugar...homossexualidade, não ! como é isso ?

É uma pena que você não vá ler de novo o meu texto, aliás, não é pena não.
Não vai mudar nada nem pra mim nem pra você.

Agora, dizer que faço julgamento de comportamento seja ele qual for é uma colocação infeliz..

É isso aí

Ah! Te convido a estudar melhor o assunto

Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Marden em 02 de Abril de 2009, 17:15
SB

Não é porque eu seja ou tenha tendências homossexuais, se é isto que você quer saber.
Também não tenho nenhum parente próximo que seja homossexual.

Mas e se eu fôsse? Se eu tivesse? Seria pra mim apenas uma questão a mais pra resolver

Com certeza tenho questôes pessoais bem maiores do que esta pra resolver, acredite.

Não estudo específicamente o tema: "homossexualidade", e sim a Sexualidade.

Estudo por que considero esta Usina Divina, responsável pela maioria dos fatos importantes que acontece com a humanidade.

Temos hoje na civilização ocidental, o sexo desvairado e as drogas a desestabilizar as famílias, as sociedades.
`
É pra não sair atirando a torto e a direito, dando pitaco, palpite infeliz, que estudo.

Não estudo muito só isto não, acredite, e tudo que apreendo levo pra discutir com os jovens das comunidades em que trabalho e o resultado tem sido maravilhoso.

Preocupo em discutir uma nova visão de mundo e com isso mudar atitudes,evitar muita coisa ruim que leio e vejo na mídia todos os dias.
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Marden em 02 de Abril de 2009, 17:22
Homossexual erra, heterossexual erra, eunuco erra. Deus não erra !
Jamais vou dizer que a opção pela homosssexualidade torna as pessoas melhores ou piores. Sou normal.
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: SB em 02 de Abril de 2009, 17:56
A  energia  genésica  tem sua fonte de origem num dos princípios primitivos que caracterizam o espírito: a Vontade.

É normal. A vontade é o que motiva o espirito tambem a evoluir. A vontade faz parte do livre-arbitrio de todos os espiritos.

No início como tudo em nós, espíritos, ainda se apresenta de forma  grosseira, aliada mais aos nossos instintos, que à nossa razão, assim também se apresenta as nossas forças sexuais.

À medida que  evoluímos  nos   outros quesitos ou aspectos morais, evoluímos também na sexualidade.

Claro, tudo evolui. O espirito evolui de acordo com essa capacidade de evolução inerente á etica.

Podemos afirmar com segurança que o nosso equilíbrio sexual pode de certa forma, ilustrar o perfil da nossa evolução como espíritos.  

- Podemos sem duvida.

As nossas potências  genésicas nosso atual estágio tem como finalidade mais importante aproximar as pessoas, agrupar e principalmente proporcionar a execução de uma lei Divina, a Reencarnação.

Na minha opinião a sexualidade vai mais longe que isso. Seria muito simplista pensar que a sexualidade só serviria para procriar.

A sexualidade ao longo das existências do espírito, vai se sublimando juntamente com ele e toma   uma outra  característica, tendo a partir de então, uma nova função uma nova utilidade para o espírito.

Claro, ja falou em cima sobre evolução. Conclui-se por isso que se va sublimando.
Quanto á utilidade, e porque na minha opinião a sexualidade não será apenas para procriar, é mais importante que isso, poderia falar aqui que a energia sexual se encontra identificada num dos chakras, muito importantes, o mais libertador e o que transmite mais consciencia ao espirito, por tanto nao poderia colocar a sexualidade como função vulgar ...

Quando o espírito conquista a equivalência de forças destes dois polos de energia, guardando a mesma intensidade, podemos dizer que ele alcançou a sublimação dessas forças. Significa dizer que somos masculino e feminino. Um de cada vez, em cada existência, é claro.

O maior exemplo que temos de sexualidade sublimada  é  Jesus.

Na questão 200 do LE, os Espíritos não negam que o espírito tenha sexo. Afirmam que o sexo dos espíritos não é como imaginavam os interlocutores da época.

Trazemos no perispírito os dois pólos desta energia, e que nos serve de acordo com o nosso projeto reencarnatório, um ou outro pólo dominante. Masculino ou feminino. Afirmação dos Espíritos na questão 201.

Há também os casos de pessoas que  vem com uma missão ou objetivo especial em que as suas forças genésicas podem colocar em risco o sucesso da sua empreitada e lhes é permitido a ausência da influência destas forças sexuais , evitando assim o risco de fracasso.

Repare, o sexo, não necessita de ser visto como feminino e masculino isoladamente, a não ser para a procriação, então se atingirmos uma grau de inteligencia/consciencia e pensarmos que a sexualidade é um dos chakras mais importantes para o espirito como referi em cima, e pensarmos nisso mais objectivamente neste sentido, que diferença faz ser feminino ou masculino?

Se em uma existência fomos desregrados com a alimentação e isto nos trouxe conseqüências graves, com certeza na próxima experiência o nosso perispírito ainda trará as sequelas deixadas pela atitude no passado próximo. Sequelas que se nota às vezes logo nos primórdios da nova existência.

Isso acontecerá em todos os casos de desregramento, atitudes desequlibradas, inclusive na nossa vida sexual ; por quê não ?  

Resteas do passado, fazem parte integrante do espirito para seu aperfeiçoamento, no entanto devo dizer-lhe que não aprendemos só aqui na terra, enquanto espiritos desencranados tambem evoluimos.
Ainda assim, nao entendo o que quer dizer com atitudes desequilibradas com a vida sexual.
Penso que terá a ver com moral, será?

É difícil entender porque muitos querem dar à questão da sexualidade um tratamento especial, diferente. Absurdo isso.
Desequilíbrios são desequilíbrios sejam lá quais forem. Não tem um mais feio do que o outro.

Claro que desiquilibrios sao desequilibrios. Se sofrerermos de desequilibrio de uma glandula da tiroide por exemplo( tambem onde se situa um dos nosso chakras), tambem temos alguns problemas e com os nomes proprios, nao entendi onde quiz chegar.

 É provável que por orgulho, vaidade tenhamos  uma tendência natural em achar mais feios, mais graves, aqueles que não temos. Ignorância pura!O que não podemos admitir como normal é que Deus colocando esta polaridade no nosso espírito o faça de forma imperfeita, sujeita a riscos naturais de  “defeitos de fabricação” . Deus nos oferecerá sempre em cada encarnação as melhores condições para a nossa evolução.

Onde estaria a sabedoria de Deus? Se Ele não fosse capaz de colocar só dois sexos de forma perfeita, obviamente Ele colocaria mais um. Não colocou.

Para mim estas afirmações, nao passam de preconceito.

Sentir amizade, afeição, vontade de estar sempre perto de uma pessoa de qualquer sexo, é uma grande virtude que devemos cultivar.

Continuo, sexualidade ou sexo, é mais do isso.

Agora se vem junto com o desejo sexual ainda que enrustido, é desequilíbrio.

O desejo faz parte do instinto, que tem que ir sendo regrado com a evolução do espirito ;)


Desequilíbrio como o desejo compulsivo de beber, suicidar e tantos outros. E carecemos de nos educarmos neste ou naquele sentido. Alias o que não falta à maioria de nós encarnados, é desequilíbrio. O sexual é apenas um deles.

As tendências na área da homosexualidade, com certeza o indivíduo as trás de vivência ou vivências passadas comportamentos inconsequentes.
 Mais dia, menos dia ele retoma o caminho do equilíbrio.

Acho um equívoco lamentável dos portadores de  desequilíbrio na área do sexo, quererem tornar natural a homossexualidade e outros comportamentos. É muito cômodo, mais fácil do que o esforço às vezes gigantesco que se tem de fazer pra modificar esta tendência, mas o caminho por certo não é esse.

Na minha opinião o Homossexual, não é desequilibrado ou por outra incorre ao desequilibrio da mesma forma que um heterosexual

De outra parte conduta lamentável é a censura, o preconceito contra os irmãos que carregam esta dificuldade, como se a homosexualidade  fosse o pior dos defeitos que o espírito humano fosse capaz de ter. Será?

A Homosexualidade não é defeito nem dificuldade para o espirito.
São as pessoas (todos os espiritos) externamente a ele que tornam a diferença, na dificuldade. O preconceito nao parte do homossexual, mas sim do heterosexual ;)

Olhemos para a nossa sociedade, os líderes que impõem  miséria e sofrimento séculos e séculos seguidos às populações menos favorecidas. Se fôssemos fazer aqui uma lista de imperfeições fora da área do sexo, não teríamos espaço.

Împerfeições???

Ainda mais, devemos cuidar no auxílio aos nossos irmãos em situação de ajuste exclusivamente quando formos solicitados por eles. Fora disso é intromissão, fofoca bisbilhotice, tempo precioso que perdemos, deixando de curar as nossas próprias chagas abertas, oriundas do sem número de imperfeições que ainda carregamos.

Auxilio precisa quem incute o preconeito, não o homossexual, pois eles sofrem por causa de nós, e a mudança está em nós em vêr as coisas com masi clareza e menso preconceituosa, nao neles.

Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Marden em 02 de Abril de 2009, 18:20
SB

As suas colocações causaram em mim a mesma imprensão que as minhas causaram em você.
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Marden em 02 de Abril de 2009, 18:32
Mario,

Sinceramente rapaz, a sua forma grosseira e pouco polida de adjetivar a minha opinião, não vão mudar as minhas convicções nem alterar a minha serenidade.

Cada um oferece o que tem. Eu compreendo. Também já fui assim.

Se você acha tão grave o que escrevi e tem autoridade pra isso, retira o meu texto.

O mundo não vai ficar mais pobre com isso. A convivência dolorosa se não for aqui, com certeza será em outro lugar, fazer o quê?
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: lucineide.c em 02 de Abril de 2009, 18:53
          Mario eu não tinha lido nenhum artigo seu,pois não tenho muito tempo aqui no fórum.Já dar pra perceber que é maravilhoso e agradável ler o que escreves, como tantos outros que tenho lido aqui. Adorei sua colocação sobre o homossexualismo. Tenho muitos amigos homoxessuais, sem falar que tenho alguns na família, são pessoas maravilhosas mas que se escondem pelo preconceito da sociedade.





Um abraço fraterno.
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Carlos Ribeiro em 02 de Abril de 2009, 19:12
Citar
A postura mental e a conduta sexual é que irão estabelecer a moralidade ou a imoralidade destas experiências individuais, sejam homo ou heterossexuais.

Esta frase que eu retirei de um texto colocado num outro tópico sobre o mesmo assunto é para mim de salientar.
Não devemos dizer que é errado ser homossexual ou ter comportamentos homo. O que está errado muitas vezes no sexo são os exageros em que por vezes as pessoas incorrem assim como a promiscuidade que devassa a vida de muita gente. Existindo disciplina e equilibrio, e sendo o acto sexual secundado por nobres sentimentos afectivos, torna-se indiferente se o acto é homo ou hetero.
É claro que alguns poderão argumentar que para se fazerem filhos é necessário um homem e uma mulher, que apenas dois homens (ou duas mulheres) nunca poderão procriar e portanto trata-se de um comportamento anti-natura. Será? Tenho as minhas duvidas...
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: M em 02 de Abril de 2009, 19:15
Olá Lucineide,

As estatísticas são assustadoras! O preconceito da homofobia motiva ainda que muitos homossexuais se suicidem, e que muitos homofóbicos os ataquem, física e psicologicamente, e mesmo que os assassinem. Como tal, não podemos aceitar que num fórum espírita se possa fazer eco, ainda que mais ou menos de forma discreta, desse tipo de posicionamentos medievais. É só isso. Obrigado pelas suas palavras.

Marden,

- Homossexualidade NÃO é opção. Essa afirmação é abusiva, cientificamente errada, e ofensiva para os homossexuais. Homossexualidade é orientação sexual.

- Homossexualidade NÃO é passível de ser colocada a par com toxicodependência, tabagismo ou alcoolismo, que são vícios. E que, como vícios que são, são prejudiciais. Tal comparação coloca a orientação homossexual na categoria de vício, que avilta quem dele "padece". Isso é profundamente ofensivo.

- "Receitar" aos homossexuais a "abstinência"?!... A que propósito alguém se permite vetar os comportamentos alheios, que só a cada um dizem respeito?

Quando se fala em homossexualidade, muitas pessoas associam apenas a sexo. Visão redutora. Esquecem a parte afectiva. Quem somos nós para censurar duas pessoas do mesmo sexo, que se sentem atraídas uma pela outra, que se respeitam, que se amam? Quem somos nós para apontar o dedo?

Imagino um jovem ou uma jovem homossexual, que chegam a este fórum, e que lêem este tópico. Acaso queremos fazer coro com os que se comprazem em medir os outros pela sua orientação sexual, e carregar esses nossos irmãos de sentimentos de culpa?

Pela parte que me toca, deixo bem claro que a postura espírita NÃO É homofóbica! Para o Espiritismo, o que conta, num casal homossexual ou num casal heterossexual, é que haja amor e compreensão. Deus que julgue o que aos homens não compete julgar - se é que alguma coisa há para julgar.

Mário

P.S. - Neste fórum não são permitidos ataques pessoais. Dão mau ambiente, cansam e são inúteis..

P.P.S. - Subscrevo as palavras de Carlos Ribeiro. Quanto a ser pró natura ou contra natura, os padres, por exemplo, também não se reproduzem, e ninguém lhes chama contra natura. Chico Xavier (nasceu faz hoje anos) não se casou nem teve filhos, e criou uma família. Divaldo Franco nunca teve filhos biológicos, mas tem centenas de filhos adoptivos. Só Deus sabe onde está a "normalidade"... :)
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Carlos Ribeiro em 02 de Abril de 2009, 19:24
Citar
P.P.S. - Subscrevo as palavras de Carlos Ribeiro. Quanto a ser pró natura ou contra natura, os padres, por exemplo, também não se reproduzem, e ninguém lhes chama contra natura. Chico Xavier (nasceu faz hoje anos) não se casou nem teve filhos, e criou uma família. Divaldo Franco nunca teve filhos biológicos, mas tem centenas de filhos adoptivos. Só Deus sabe onde está a "normalidade"...
- Mário
Eu compreendo-te amigo Mário, mas estou mesmo a imaginar certas pessoas a pensarem assim: os padres não se reproduzem é certo, mas não fazem sexo com outros homens (pelo menos será suposto não o fazerem). Chico Xavier não casou, mas também não viveu nem teve relações com outro homem. Divaldo, idem...
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: M em 02 de Abril de 2009, 20:34
Carlos,

Abres aí uma "frente" interessante de conversa. É que o argumento mais caro aos homofóbicos, é, como dizes, que "duas pessoas do mesmo sexo não se reproduzem".

Para os homofóbicos, essa tese é o cheque-mate. "É contra a Natureza porque é uma união estéril" - dizem os materialistas. "É contra o plano divino porque é uma união estéril" - dizem os crentes.

Como encaixar aí, então:

a) O caso das pessoas estéreis? Erro de Deus/da Natureza?

b) O caso dos assexuais (pessoas que não têm qualquer orientação sexual, não se sentem atraídas sexualmente por ninguém, e há-os em grande número e muito famosos)? Erro de Deus/da Natureza?

c) O caso dos que abdicam de ligações amorosas e/ou sexuais, porque consomem o seu tempo e as suas energias em tarefas que os absorvem totalmente? Erro deles? Dos padres e freiras como Padre Américo ou Madre Teresa? Dos trabalhadores espíritas já citados? (etc.)

d) O caso das pessoas que, por muito que se esforcem, não conseguem arranjar parceiro?

É então que, como dizes, vem o tal argumento:

"Mas essas pessoas, embora não se reproduzam, não dormem com gente do mesmo sexo".

Concluimos então que é um assunto de alcova! A algumas pessoas, os seus fantasmas impelem-nas a preocuparem-se com a vida íntima dos outros!

A sexualidade de cada um é com cada um. Nenhuma orientação sexual provoca guerras, fomes, crimes, injustiças. Do amor nunca vem mal ao mundo.

Mário

Post-Scriptum - E, paredes meias com a ideia de que Deus não erra, temos o discurso anti-contraceptivos. Porque é "impedir o plano divino", "porque é um obstáculo à Natureza".

E terá cabimento, pretender que as pessoas tenha uma vez na vida intimidade com quem amam, caso desejem ter apenas um filho?

E terá cabimento, pretender que as mulheres se encham de filhos, com risco da própria saúde até da vida, para "não contrariarem o plano divino", como se pratica, por exemplo, no grupo fundamentalista Opus Dei?
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Dhan em 02 de Abril de 2009, 23:53
Auxilio precisa quem incute o preconeito, não o homossexual, pois eles sofrem por causa de nós, e a mudança está em nós em vêr as coisas com masi clareza e menso preconceituosa, nao neles.

Obrigado, SB! Como sempre suas considerações são gentis e lógicas. Pensei em fazer o mesmo que a amiga ao ler o tópico e muitos dos comentários que fez conseguiu resumir minhas palavras.

A primeira coisa que pensei ao ler o texto neste tópico foi: qual a utilidade de se publicar um texto que destila o preconceito, oprime os homossexuais (chamando-os de desequilibrados espirituais/sexuais, defeituosos, entre outras ofensas) para depois hiprocritamente afirmar que "lamentável é a censura, o preconceito contra os irmãos que carregam esta 'dificuldade'"? Muito melhor seria se a autora nem se prestasse a começar escrevê-lo.

Triste ilustração de um mundo onde os códigos econômicos/sociais/políticos permitiram a emersão do aspecto mais brutal e retrógrado da dogmática apostólica romana. Aqueles que persistem no patrulhamento das consciências, no orgulho do preconceito, na laminação dos modos de existir alternativos, na interdição da inteligência são evidências vivas de que uma sociedade fracassa. O fracasso do social está não em sua existência em si, mas na existência dos chamados "certos", "retos", os campeões da moral: são eles que segregam, controlam, classificam, hierarquizam, excluem, discriminam. O espírita de maneira alguma deveria assumir essa postura.

E nem vou entrar em outros detalhes, só deixar mais dois pensamentos: 1) a homossexualidade está longe de ser apenas um impulso sexual (como evidencia o texto), o homossexual se apaixona e ama alguém de mesmo sexo tanto quanto um heterosexual pode se apaixonar e amar alguém de sexo aposto. 2) O problema do homossexual nunca é do homossexual, é sempre dos outros.

E LEMBREM-SE: FAÇAM O MUNDO GAY!!!
gay=feliz

Abraços!

~Dhan



Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Dhan em 03 de Abril de 2009, 00:52
As estatísticas são assustadoras! O preconceito da homofobia motiva ainda que muitos homossexuais se suicidem, e que muitos homofóbicos os ataquem, física e psicologicamente, e mesmo que os assassinem. Como tal, não podemos aceitar que num fórum espírita se possa fazer eco, ainda que mais ou menos de forma discreta, desse tipo de posicionamentos medievais. É só isso. Obrigado pelas suas palavras.

- Homossexualidade NÃO é opção. Essa afirmação é abusiva, cientificamente errada, e ofensiva para os homossexuais. Homossexualidade é orientação sexual.

- Homossexualidade NÃO é passível de ser colocada a par com toxicodependência, tabagismo ou alcoolismo, que são vícios. E que, como vícios que são, são prejudiciais. Tal comparação coloca a orientação homossexual na categoria de vício, que avilta quem dele "padece". Isso é profundamente ofensivo.

- "Receitar" aos homossexuais a "abstinência"?!... A que propósito alguém se permite vetar os comportamentos alheios, que só a cada um dizem respeito?

Quando se fala em homossexualidade, muitas pessoas associam apenas a sexo. Visão redutora. Esquecem a parte afectiva. Quem somos nós para censurar duas pessoas do mesmo sexo, que se sentem atraídas uma pela outra, que se respeitam, que se amam? Quem somos nós para apontar o dedo?

Olá, Mário

Parabéns pelas opiniões emitidas. Esses comentários seus que citei deveriam vir em negrito e de uma vez por todas compreendidos por todos. O que disse resume muito bem (e de forma positiva e verdadeira) vários pontos contraditórios acerca do tema.

Já basta de segregação, rotulação, exclusão e discriminação no mundo. Temos problemas tão graves com que podemos gastar nossas mentes e nosso tempo em tentar resolver, o que pretendem essas pessoas criticando aquilo que não conseguem compreender ou aceitar? Como eu disse, será que não existe, para elas, algo realmente importante ou grave com que deveriam/poderiam se ocupar? É difícil de entender...

Como você disse, as estatísticas realmente assustam: no início do mês foi divulgado o relatório produzido pelo GGB (Grupo Gay da Bahia), no qual está compilado o mais preciso e rigoroso levantamento da violência com motivação homofóbica do Brasil. De acordo com o estudo, somente em 2008, 186 homossexuais foram assassinados no país. Destes, 122 eram homossexuais do gênero masculino, 28 eram travestis e 06 lésbicas. Triste sina de um país que não tem cobertura legal de proteção a esta minoria. É bom lembrar que o Brasil é o campeão mundial de assassinatos com motivação de ódio homofóbico, à frente de países de cultura homofóbica. As produções sociais de segregação e de marginalização das relações afetivas têm relação direta com essas mortes. Bate-se ou assassina-se um homossexual não pelo ódio ao outro, mas pela impossibilidade de suportar a homossexualidade mal resolvida em si.

Mas nem tudo está perdido, a Lei Maria da Penha foi um avanço na garantia dos direitos da mulher. Ela é uma série de avanços quando a questão é a violência doméstica, e ao contrário do que afirmaram juristas de direita, ela não ofende o princípio constitucional da igualdade: ao contrário, o afirma legalmente diante de um enunciado castrador e falocrático, que coloca a mulher numa condição de inferioridade na relação de forças do hominismo/machismo. Da mesma maneira, o PLC 122/06 será um avanço no combate à uma cultura nociva à diversidade. Daí a necessidade de argumentos sólidos e de uma forte campanha no sentido de divulgar a sua importância. Somente assim a igualdade constitucional poderá chegar também à população GLBT.

O mundo em que vivemos hoje está mais próximo da chamada Idade das Trevas do que de um futuro pós-moderno. A despeito de toda a tecnologia, temos atualmente uma sociedade onde a informação fugaz e a velocidade das imagens faz desaparecer o real. Assim, certos enunciados tornam a aparecer como emergentes dentro das relações. Por exemplo, a prevalência de um tom apocalíptico e mercantilista nas igrejas, a irrupção de um (des)entendimento sobre os saberes científicos, a ponto de um governante incentivar no sistema educacional de seu país, os EUA, o ensino da teoria criacionista, dentre outros.

E o que pensar de um primeiro-ministro que manda cobrir o seio de uma figura artística, sendo ele o primeiro-ministro de um país cuja população é descendente do Iluminismo mais fino? Foi o que fez Berlusconi, com a pintura “A República”, exposta no gabinete dos premier italianos. Confundir arte com pornografia é para poucos.

Vivemos um recrusdecimento geral da cultura humana. Um retraimento que faz com que velhos valores arcaicos, num sentido duplo, de antiguidade temporal e de arcaísmo psíquico, apareçam e se atualizem. De certa forma, a necessidade de uma lei para coibir a estupidez homofóbica é também um sintoma desse retraimento, ou seja, uma triste necessidade.

Abraços!

~Dhan

Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: M em 03 de Abril de 2009, 01:15
Olá amigo Dhan,

Parece que o direito à indiferença ainda não é para amanhã, infelizmente. Não entendo o mal-estar que a homossexualidade possa causar a pessoas com a sua sexualidade bem resolvida! Eu sinto-me ofendido e chocado com o ódio, nunca com o amor!

Também em Portugal, dito país de brandos costumes, temos tido algumas ocorrências trágicas como as que relata.

Por essas e outras, pactuar com qualquer discurso discriminatório, mesmo que "apenas" paternalista, em relação aos nossos irmãos homossexuais, é ser, de alguma forma, conivente! Porque se não somos frontalmente contra todo o tipo de discriminação, estamos a pactuar, estamos a admitir que "eles bem podiam ser mais discretos, eles no fundo estavam a pedi-las", etc.!

Pela minha parte: NÃO, NÃO E NÃO! Ser homofóbico, ou racista, ou de qualquer forma apoucar outras pessoas, é incompatível com o ideal cristão.

Abraço amigo, e gratíssimos pela sua esclarecida e inteligente participação.

Mário
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: lucineide.c em 03 de Abril de 2009, 02:50
         Boa noite amigos,estou adorando ler o que vcs escrevem.Todos nós sabemos que vivemos numa sociedade preconceituosa, onde vale quem tem .
         Outro dia numa reunião de pais na escola de minha filha fui convidada a falar de preconceito.Adorei a oportunidade de falar sobre as diferenças e o respeito pelo outro.Depois da reunião muitas mães me procuraram para agradecer, pois seus filhos estavam sendo vítimas de diferentes preconceitos. Uma mãe chegou a me dizer que seu filho estava sendo maltratado pelos colegas por ser gentil, educado e preferir a companhia das meninas. A mãe já tinha conversado com a direção da escola mas de nada adiantou.O que  pude descobrir é que muitos pais não trabalham valores com seus filhos. E que apesar de vivermos numa nova era ,há ainda pensamentos retrógrados. Eu acho que o preconceito sempre existiu e  irá existir por muito tempo ainda.Pois há espíritos muito velhos e ainda bastante atrasados.Há espíritos que pra mudarem de opinião quanto ao negro,ao pobre,ao hoxessualismo necessitarão de milhões de reencarnações para mudarem sua opinião. Sem falar que muitas pessoas não se aceitam do jeito que são e sofrem muito com isso.Talvez seja  até mesmo por medo de enfrentar as críticas da sociedade. Mas a minha esperança é que um dia todos nós nos demos as mãos e cantemos a mesma canção, onde só exista amor ,amor e amor.
         Para mim viver uma religião, falar de Deus e não aceitar o outro como ele é,é viver uma vida mentirosa, onde a prática não bate com o discurso.Que pena que ainda tenhamos que morar na mesma casa e vivermos isolados!




  Um abraço repleto de luz a todos!




Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Dhan em 03 de Abril de 2009, 04:08
Olá, Lucineide!

Depois da reunião muitas mães me procuraram para agradecer, pois seus filhos estavam sendo vítimas de diferentes preconceitos. Uma mãe chegou a me dizer que seu filho estava sendo maltratado pelos colegas por ser gentil, educado e preferir a companhia das meninas. A mãe já tinha conversado com a direção da escola mas de nada adiantou.O que  pude descobrir é que muitos pais não trabalham valores com seus filhos. E que apesar de vivermos numa nova era ,há ainda pensamentos retrógrados.

Disse tudo: muitos pais não trabalham valores com seus filhos. Ou trabalham valores invertidos, não enobrecedores. Muitos inclusive ensinam o preconceiro dentro de seus próprios lares.

Podemos dizer que o “eu” é um produto, uma produção estética, que carrega dizeres, saberes, enunciados, e por vezes é carregado (controlado) por estes. Uma criança tem que lidar, sem que a sua "tecnologia" cognitiva esteja já madura, com uma série de enunciados, de orientações, de interdições. Expectativas, frustrações, desejos contidos, vontades irracionais, a criança nasce num contexto que não compreende, mas que irá carregar, quem sabe, pelo resto de sua existência: “que querem de mim meus pais, a família, a sociedade? A que vim?”.

Carregada de dizeres que não são seus, a criança cresce, e se não é estimulada (ou se não se estimula) a suspeitar daquilo que diz, ou que lhe dizem, passa a incorporar os enunciados que lhe rodeiam, sem um exame crítico. Não se tem, para isso, que ser culto ou carregar informações de cunho do verniz intelectual: suspeitar é um a-posicionar-se, um movimento contínuo e incapturável, um modo de ser.

Assim nascem o preconceito, a discriminação, a homofobia, a xenofobia, a dor como produto do social, o culto à morte, a depressão, o medo cotidiano. Males do social dito pós-moderno. Numa analogia um tanto desproporcional, é como uma grande indigestão, a impossibilidade de digerir e produzir algo a partir daquilo que se consome. O modo de ser é então um modo de consumir? Não por acaso, a sociedade atual é chamada por alguns estudiosos de sociedade de consumo. E eles não se limitam a falar do modo de produção capitalista no seu aspecto “material".

Cuidemos da educação das crianças para que elas não se tornem os racistas, os homofóbicos, os xenofóbicos, os preconceituosos do futuro.

Abs!

~Dhan
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Diegas em 03 de Abril de 2009, 09:07
Olá.


O comportamento homossexual foi observado em 1.500 espécies animais, desde mamíferos a caranguejos e vermes. Entre estes está o chimpanzé-anão, o animal homossexual mais conhecido.

Ei-lo:

(http://3.bp.blogspot.com/_rw8SNe2RGs8/SV4uJahR0eI/AAAAAAAAAJQ/6YXZ8d268RA/s400/Bonobo.)


PS: Ainda não cataloguei a espécie animal que me proporcionou herdar o comportamento heterossexual.


Abç


Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Diegas em 03 de Abril de 2009, 09:55
Olá, Procura.

Por mais aborrecido que esta minha notícia possa soar, não posso deixar de fornecê-la: Espiritualmente todos já transitamos no reino animal, então, não sei se felizmente ou infelizmente, não nos cabe escolher, já fomos escolhidos. E ainda bem que os animais, na ingenuidade deles, passam ao longe de conhecer qual a nossa opinião à respeito sobre homossexualidade/ismo.


Abç
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: M em 03 de Abril de 2009, 10:54
Caro procura,

A sua afirmação de que

"Daqui a bocado vou ver o fórum a defender a pedofilia, etc, etc, em nome da tolerância."

não tem cabimento num espaço de diálogo cristão.

Esse é o discurso básico e reaccionário, o discurso da ignorância e do preconceito, que o Espiritismo combate.

Não sei se será boa ideia deitar livros espíritas fora. Talvez seja boa ideia, isso sim,  estudar a fundo as obras básicas, para depois saber interpretar essas narrativas do mundo espiritual, sem as levar à letra, sem meter tudo dentro do mesmo saco e sem tirar conclusões precipitadas.

Um homossexual, como um herossexual, podem ter comportamento sexual irresponsável, caro amigo. A orientação sexual em si não é responsável ou irresponsável.

Mário

P.S. - Se puder, os textos longos, anexe-os, em vez de os transcrever. Gratos!
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Anton Kiudero em 03 de Abril de 2009, 11:57
Amigo Marden,

O Livro dos Espíritos nos informa que a encarnação do espirito tem tres propositos. Servir de prova, missão e expiação. Tambem nos diz que o espírito escolhe antes de encarnar o genero de provas pelas que deseja passar. E a partir daí cria-se uma espécie de destino.

Desta forma é prova nascer no planeta Terra, em tal ou qual pais, nesta ou noutra camada social, com tal ou qual sexo e todas as demais caracteristicas que independem totalmente da vontade do espirito encarnado.

Se voce é do sexo masculino, esta é a sua prova. Se voce é do sexo feminino esta tambem é a sua prova. E se voce tem tendencias homossexuais que se apresentam como caracteristica sua desde cedo também esta é a sua prova. Por milenios encarnar com sexo feminino foi uma prova dificil, mulheres não tinham qualquer direito, eram mulas de carga, procriadoras dispensaveis e prostitutas em sua propria casa ou fora, enquanto a encarnação em sexo masculino respondia por outro grupo de provas. Isto somente começou a ser abolido há pouco menos de um século e ainda existem regiões ainda não atingidas por esta novidade.

O homossexualismo é uma condição inata de aproximadamente 10% da humanidade. E esta sendo paulatinamente reconhecido como tal e não uma condição que o ser humano gay seja capaz de resolver pelo uso da vontade. Apesar disto ainda há vozes retrogadas que não abrem mão deste ponto de vista e acreditam firmemente que estão certas.

Neste caso, meu amigo Marden, tenho a informar-lhe que não existe o certo e o errado no universo. Deus não erra e se algo existe é porque Deus assim o fez. Ou será que Deus deixou de ser a causa primeira de todas as coisas e fez algo errado? Portanto se voce acha que algo esta errado no universo, voce tem um belo trabalho a sua frente para reposicionar-se com relação a Deus.

Visando a abertura consciencial de todos convido-o bem como aos demais a lerem esta belissima mensagem:
http://www.forumespirita.net/fe/index.php/topic,14450.0.html (http://www.forumespirita.net/fe/index.php/topic,14450.0.html)

Fiquem em Paz,
Anton

Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Haga em 03 de Abril de 2009, 14:04
O espírito não tem sexo. Então nascer heterossexual, homossexual, homem ou mulher são apenas instrumentos para a prova dos espíritos.

Não esquecamos que somos espiritos apenas vivendo experiencias humanas  e vivenciamos aquilo que escolhemos antes de encarnar.
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: procura em 05 de Abril de 2009, 17:05
Boa tarde amigo e irmão Mário
Começo por pedir desculpa pela forma radical como me exprimi.
No entanto venho recolocar os excertos que retirei de vários livros, com respeito ao problema da homossexualidade.
O tópico da forma como foi colocado, vem colocar o problema da homossexualidade. Não vem discriminar ninguém nem fazer juízos de valor.
Alguns comentários posteriores reflectem no entanto que a homossexualidade, como a heterossexualidade deverão ser vistas como comportamentos que podem ser comparados e igualmente aceites sem nenhuma reticência quanto ao seu significado. É aqui que discordo, pois penso que tal como nós heterossexuais ( respeito o livre arbítrio de cada um) temos várias imperfeições a burilar (egoísmo, orgulho, amor próprio, etc), os homossexuais também têm (e isso é coerente e comum em vários livros mediúnicos, ou não?) problemas do foro sexual, devendo os irmãos em questão tomar consciência para o equilíbrio das funções genésicas, assim como nós deveríamos quotidianamente tomarmos consciência das nossas acções e pensamentos.
A meu ver o “Amor Espiritual” nada tem a ver com a função sexual, na medida em que podemos amar um irmão, uma irmã, um filho, um amigo, sem nos sentirmos atraídos sexualmente, ou não? No entanto e peço que me entenda, não me estou referindo à ausência de Amor na relação sexual entre duas pessoas que se amam, não podemos é contribuir para o desequilíbrio de que ainda somos portadores, alegando que o meu egoísmo é fruto de minha imperfeição, portanto devo “aceitá-lo” sem o contrariar.
Como advoga que se deve encarar a homossexualidade sem a colocar como perturbação que sabemos ter origem no passado, e que é imprescindível corrigir.
Além de tudo o Espiritismo ensina-nos a importância da reforma íntima, da renúncia, da força de vontade e da coragem de assumir-mos a nossa ainda tão grande imperfeição e dos esforços que devemos empreender para nos tornarmos pessoas melhores.
O facto de sabermos estas coisas confere-nos responsabilidade social, não no sentido de obrigarmos o nosso próximo a se modificar, mas igualmente não enterrar-mos a cabeça na areia, achando que a homossexualidade não trará as devidas consequências em vidas futuras.
Todos temos defeitos a burilar, senão não estaríamos neste mundo de provas e expiação, nunca foi intenção defender os heterossexuais como irmãos superiores aos homossexuais, mas sim distinguir uma perturbação que penso, segundo o que li, ser possível e fundamental corrigir e equilibrar.

Como o irmão colocou a questão de não estar a interpretar os livros correctamente, é natural pois ainda não burilei as minhas faltas e a minha evolução ainda é muito pouca, venho solicitar-lhe a sua ajuda, de forma a me indicar a forma correcta de interpretar os excertos que coloco. Qual o ensinamento e o intuito das declarações aí contidas e a forma como deve ser vista a homossexualidade.
Aguardo os seus esclarecimentos dentro da doutrina, que muito me servirão e a outros irmãos que participam aqui no fórum.
Desde já agradeço a sua disponibilidade.


Bem Haja
Muita Paz
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: SB em 05 de Abril de 2009, 22:42
Olá procura,

Não consigo ser conivente com a sua opinião, no entanto não quer dizer que nao entenda o seu ponto de vista no sentido da preocupação.

Sexo e obsessão não é igual a homossexualidade.
Actos ou atitudes promiscuas, existem tanto na homossexualidade como na heterossexualidade.

Entendo que o problema que coexiste na aceitação da Homosexualidade seja a forma como se encara a natureza comportamental, no entanto isso não é motivo para a descriminação.

Porque provocar a desigualdade entre o hetero e homo, é um acto descriminatorio.

A mentalidade deve ir mais alem do que isso!

Na maioria das vezes a mentalidade não vai mais além, porque reprime.

Devemos entender seja nesta area da sexualidade ou noutra das nossas vidas ou nas vidas dos nossos amigos, em não orientar pela via da repressão, porque isso não é educar nem entender a natureza.

O Espiritismo mostra-nos que somos imperfeitos mas tambem que evoluimos, nao nos diz que devemos nos culpabilizar ou nos massacrar pelas condições menos boas que possamos ter que passar e so as conseguimos ultrapassar vivenciando-as usando essa fraqueza como a sua propria força. Da mesma forma que quando caimos no chão é com o auxilio do chão que nos levatamos ;)

Terão que perceber os que discriminam que, enquanto alguns buscam a elevação através da repressão ou da eliminação do desejo sexual e suas raízes pensam que será evolução, e não é, para outros vivenciar os seus obstaculos sendo a sua condição básica, ultrapassará etapas e conseguirá evoluir muito mais rapidamente...

O homem deve evoluir executando as mesmas acções que causam a sua perdição ;) Só assim evolui! E isto não se aplica so neste assunto, caso contrario estaremos a beatificar-nos!

Abraços




Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: M em 05 de Abril de 2009, 23:17
A SB já disse tudo, mas:

- No Espiritismo não encontramos qualquer tipo de condenação da homossexualidade.
- No senso-comum e na Ciência, a homossexualidade é considerada uma orientação sexual.
- Não passa pela cabeça de ninguém que uma pessoa a dada altura OPTE por ser homossexual.

Este fórum tem uma secção para debater o tema, pelo que não estamos a aqui a proibir referências à homossexualidade. Só que temos que ser correctos para com essa orientação sexual, como somos correctos em outros temas. Se está provado, por exemplo, que o cérebro da pessoa homossexual é diferente do da hetero, porquê insistir-se em que é um desvio, um vício, uma obssessão? Não é ofensivo para mim, caro irmão procura, pelo que não tem que me pedir desculpas. Mas é ofensivo para os irmãos homossexuais. Condenar alguém por ser homossexual é como condenar alguém por ser francês, ou por ter cabelo preto.

Sexo desregrado é o excesso, é o comprometer outros aspectos da vida por causa do sexo, tornado vício, ideia-fixa. Ora um casal de pessoas do mesmo sexo, pode levar uma vida equilibrada, tanto quanto um casal pessoas de sexo oposto. Eu conheço casais do mesmo sexo que são mais equilibrados que o casal hetero médio. E estou certo de que se o procura e outros irmãos pudessem lidar com essas pessoas, depressa mudariam de opinião. Quando olho para os meus amigos e amigas homossexuais não vejo um(a) homossexual, vejo o Zé, o Manel, a Ana, a Maria.

Abraço frateno :)

Mário

Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Jorge em 06 de Abril de 2009, 11:23
Olá amigo(a)s,

Obrigado pelas ilucidações que fizeram luz na minha mente!

Uma simples palavra iluminou muito:

"Não é opção..."

Abraços fraternos.
Jorge
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Luizahelena em 06 de Abril de 2009, 12:58
Olá Fernanda S.;

Obrigada pelo conteúdo postado. Muito bom.
Você conhece a obra de Jorge Andrea - Forças Sexuais da Alma? Também é excelente.

Abraços;

Luiza.
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Luizahelena em 06 de Abril de 2009, 13:10
Wilma;

Considero sua opinião e quando falamos com jovens esse argumento que mais ouço. Estou refletindo sobre o assunto ultimamente, apesar de já ter estudado e lido algumas obras a respeito.

Não quero contestá-lo mas pergunto para refletirmos porque esse assunto é sério, polêmico e de muita responsabilidade, pois ao discutirmos sexualidade mexemos na condição interna de cada um quanto a aceitação, preconceito. Será que podemos considerar da sua forma quando se temós o conhecimento espírita que melhor esclarece esse assunto? Não só esclarece mas conscientiza?

Será que ao emitirmos nossa opinião não estamos apenas teorizando, porque não sentimos o problema na própria pele? (com relação a nós, filhos, parentes e etc)

Abreijos;

Luiza.
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Luizahelena em 06 de Abril de 2009, 13:33
Citar
Para quê, então, posições tão definitivas, julgando os comportamentos alheios?

Realmente não podemos assumir posições definitivas, devemos deixar essas questões abertas para reflexão pois considero assunto sério e de muita responsabilidade e estamos cada um em estágio evolutivo diferente.

Abreijos;

Luiza.
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Luizahelena em 06 de Abril de 2009, 14:01
Olá Dhan

Citar
O mundo em que vivemos hoje está mais próximo da chamada Idade das Trevas do que de um futuro pós-moderno.

Acredito que o mundo que vivemos hoje nos mostra realmente como somos, a máscara da hipocrisia está caindo. É que nos assustamos com as coisas que vem à tona mas sempre existiram camufladamente e agora tudo é exposto e para chegarmos a um futuro melhor é preciso limpar essas coisas absurdas que hj tomamos conhecimento. Vejo como positivo, pois a verdade sempre volta.

Abreijos;

Luiza.
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Marcello em 06 de Abril de 2009, 17:35
Olá amigos!   :)

As argumentações estão ótimas. Interessante que fossem com o carinho de quem precisa ensinar e a paciência de quem quer aprender.
Beijo pra todos,
Marcello
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Fernanda S. em 07 de Abril de 2009, 14:32
Olá Fernanda S.;

Obrigada pelo conteúdo postado. Muito bom.
Você conhece a obra de Jorge Andrea - Forças Sexuais da Alma? Também é excelente.

Abraços;

Luiza.

Olá Luiza,

Ainda não tive a oportunidade de ler esta obra não, mas fico agradecida pela sua indicação.

Beijinhos!
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Fernanda S. em 07 de Abril de 2009, 15:01
O homossexualismo é uma condição inata de aproximadamente 10% da humanidade. E esta sendo paulatinamente reconhecido como tal e não uma condição que o ser humano gay seja capaz de resolver pelo uso da vontade. Apesar disto ainda há vozes retrogadas que não abrem mão deste ponto de vista e acreditam firmemente que estão certas.

Olá Anton!

Nas postagens que fiz anteriormente, quis frisar isso mesmo que você disse. O homossexualismo não é uma escolha, vemos o tempo todo crianças demonstrando desde cedo características homossexuais.

Isto não quer dizer que se trate de uma pessoa mais ou menos evoluida, mas sim de uma pessoa exatamente no mesmo patamar evolutivo que todos nós que estamos aqui encarnados.

Acredito amigo, que a grande confusão se deva ao fato de algumas pessoas associarem o homossexualismo à promiscuidade. O que com certeza é uma falha.
A promiscuidade está presente em todos os gêneros infelizmente. Mas os relacionamentos afetivos e amorosos saudáveis também são observados em qualquer gênero.

Seja homem, mulher ou gay qualquer pessoa é capaz (agora sim) de escolher como vai utilizar sua energia sexual. Se de forma autodestrutiva ou de maneira sadia e responsável.

Vemos muitos casais gays que constituem um lar, adotam crianças (coisa que pessoas com orientação heterossexual nem sempre fazem) e as educam num ambiente de amor e compreensão. Tão bem quanto qualquer casal amoroso o faria.
Toda forma de amor é justa.
Todo desiquilíbrio comportamental é problema.

Não sei se me fiz compreender, mas espero que sim. Pois meu maior intuito é me fazer compreender, mas sem querer mudar a opinião de ninguém.

Beijinhos!
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Dhan em 07 de Abril de 2009, 15:26
Só um detalhe que muitos deixam passar desapercebido: o termo certo globalmente utilizado é 'homossexualidade' e não 'homossexualismo', que foi abolido há mais de uma década por designar, na época em que foi concebido, como uma doença da sexualidade e que poderia ser tratado (o que é impossível), daí o sufixo -ismo. Faz tempo que o homossexualismo foi riscado da lista de doenças da Organização Mundial de Saúde (OMS) e hoje já se reconhece que as sexualidades são muitas, não devendo se buscar uma "cura" para o que é saudável.

Abs!

~Dhan
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Fernanda S. em 07 de Abril de 2009, 15:29
Só um detalhe que muitos deixam passar desapercebido, o termo certo globalmente utilizado é 'homossexualidade' e não 'homossexualismo', ...

Hum que gafe a minha...  :-[ É que eu nem sabia mesmo...


Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Anton Kiudero em 07 de Abril de 2009, 19:36
Isto não quer dizer que se trate de uma pessoa mais ou menos evoluida, mas sim de uma pessoa exatamente no mesmo patamar evolutivo que todos nós que estamos aqui encarnados.
Eu arriscaria e avancaria até um pouco mais. Diria que quanto mais evoluido e espiritualizado o ser, mais este mostra caracteristicas do sexo oposto. Excelentes e incensados médiuns são frequentemente gays. A lista é muito longa para ser ignorada.
 
Mas no passado pouquissimos foram suficientemente maduros para sair do armário e assumir a sua sexualidade. E isto esta começando a mudar nos tempos atuais.

Há uns 40 anos ouvi de um palestrante espírita que a homosexualidade (ou qualquer nome novo que venha a substituir este) é um treinamento angélico. Porque significa um treino e o estabelecimento do amor universal.
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Carlos Ribeiro em 07 de Abril de 2009, 19:59
Citar
Eu arriscaria e avancaria até um pouco mais. Diria que quanto mais evoluido e espiritualizado o ser, mais este mostra caracteristicas do sexo oposto.
- Anton

Ou seja, como todos nós estamos em evolução, no futuro todos seremos homossexuais. Um exagero, não? Não vamos cair em extremismos, ok? Discriminar e criticar homossexuais, não. Dizer que eles estão mais avançados espiritualmente, também não.
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Jorge em 08 de Abril de 2009, 09:52
Olá amigos,

Algumas reflexões:

Quando o universo foi criado, o brilho de ambos os nossos Deus Pai e Deus Mãe irrompeu em medidas iguais e eles foram parceiros iguais no processo criativo.

Nosso Deus Pai, essência masculina do Criador gerou as sementes da criação nas sua mente, resultando um projecto Divino que foi envolvido no núcleo do Amor / natureza emocional, ou o "útero da Deusa Mãe.

O supremo Amor irradiou por todo o universo à medida que a Essência da Criação procedente de nosso Deus Mãe/Pai irrompeu, e as multidimensões da criação foram lançadas para o grande vácuo.

Como todos nós viemos ao mundo a partir do embalo caloroso do útero de nossas mães, da mesma maneira nós todos irrompemos como Centelhas Divinas da Luz do Criador a partir do útero de nossa Mãe Divina/Deus em nossa consciência individualizada, expressões espirituais de variedade tão grande e complexa que estão além da compreensão.

Portanto, todos nós como centelhas divinas possuimos todos os atributos do Criador (essências masculina e feminina) em fase embrionária. De vida em vida vamos gradualmente desenvolvendo esses atributos.

Abraços fraternos.
Jorge
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Luizahelena em 08 de Abril de 2009, 14:06
Citar
o termo certo globalmente utilizado é 'homossexualidade' e não 'homossexualismo', que foi abolido há mais de uma década por designar, na época em que foi concebido, como uma doença da sexualidade e que poderia ser tratado (o que é impossível), daí o sufixo -ismo.

Olá Dhan! Obrigada pela elucidação.

Abreijos;

Luiza.
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Ramon em 08 de Abril de 2009, 14:16

Um paciente homossexual com fantasias suicidas reviu uma vida pregressa.

Na vida anterior, reencarnado como mulher, fora obrigado a casar-se com um homem que detestava.

O paciente relembrou sua tentativa de suicídio, quando se viu grávida, jogando-se escada abaixo, sem obter resultado.

Na hora do parto, há mais de cento e cinqüenta anos, após grave hemorragia, o parteiro avisou-a de que só poderia salvar a mãe ou a criança.

O marido escolheu salvar a esposa, mas, quando ele saiu do quarto, a parturiente deu ordem ao médico para que ela fosse sacrificada, pois odiava a vida que fora obrigada a assumir, dizendo que detestava viver.

Nada sentia em relação ao nascituro e morreu amaldiçoando a família e a vida, num terrível sofrimento físico e mental.

Após a saída do corpo, viu-se por longo tempo flutuando ao redor do ambiente e tentando em vão contatar as pessoas. Muito tempo depois se afastou do local num total desespero.

O paciente informou ainda, em plena regressão, que fora submetido a um tratamento no além antes de voltar à vida atual, mas mesmo assim a angústia e a ambivalência de que "para nascer era necessário que alguém morresse" continuou, enquanto estava dentro do útero da mãe atual.

Lutou para evitar o seu próprio nascimento, pois previa o sangramento e as rupturas que o parto provoca, fatos esses que lhe lembravam a carnificina à qual fora submetido em seu corpo anterior para que, de seu ventre aberto a frio, o médico salvasse o filho, provocando assim a sua morte.

Esse paciente era homem de alto nível cultural e em cada regressão dava uma grande quantidade de detalhes de época, inclusive arquitetônicos e de vestuários.

Já fora assassinado em outras vidas. Numa delas havia sido um padre ligado a grupos de templários que tinham uma visão muito adiantada para a época em que vivera, e por isso fora assassinado. Noutra fora uma rainha de uma pequena ilha do mar Egeu, numa civilização pré-helênica onde preferiu morrer a trair seu povo, quando a ilha foi invadida por gregos mais incultos.

Com as regressões, sentia alívio bastante intenso de seus complexos problemas de personalidade (solidão, suspeita de doença grave, homossexualismo e auto-aceitação). Com isso, as idéias suicidas se foram atenuando. Suas regressões eram de uma clareza tão impressionante que seu médico, reencarnacionista, duvidava de que tudo não estivesse sendo criado a um nível de vigília. Havia, porém um detalhe interessante: durante uma ou duas horas em hipnose, mantinha uma hiperpnéia ruidosa que não seria suportável em estado "normal".

Quanto um psiquiatra clássico deixaria de aprender quando se defrontasse com essa "hiperpnéia histérica"? Limitar-se-ia a injetar um tranqüilizante benzodiazepínico na veia, esperando que o paciente se acalmasse ou dormisse.

Pincherle, LT. Filosofia e Ciência. In: Terapia de Vidas Passadas. Pág 13-76. São Paulo, Summus, 1990.

Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: procura em 09 de Abril de 2009, 07:51
Bom dia irmãos

Seguindo este raciocinio em termos de a evolução leva a ser-mos homossexuais.

Julgo que ja estamos a ficar cada vez mais evoluidos e brevemente deixaremos de reencarnar neste planeta.

Bem Hajam
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Haga em 09 de Abril de 2009, 19:25
Pai Joaquim comenta sobre o homossexualismo
http://www.4shared.com/account/file/89805007/526e3bef/eeu_vis_homosexualismo.html (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy40c2hhcmVkLmNvbS9hY2NvdW50L2ZpbGUvODk4MDUwMDcvNTI2ZTNiZWYvZWV1X3Zpc19ob21vc2V4dWFsaXNtby5odG1s)
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Marden em 16 de Novembro de 2013, 17:14
Corrigindo o texto da minha ultima postagem:

" Homosexual, erra. Heterosexual, erra. Deus não erra ! Não vou nunca dizer que a homosexualidade, torna as pessoas melhores ou piores. Sou uma pessoa normal.
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: VLRC em 16 de Novembro de 2013, 18:47

Isto não quer dizer que se trate de uma pessoa mais ou menos evoluida, mas sim de uma pessoa exatamente no mesmo patamar evolutivo que todos nós que estamos aqui encarnados.
Eu arriscaria e avancaria até um pouco mais. Diria que quanto mais evoluido e espiritualizado o ser, mais este mostra caracteristicas do sexo oposto. Excelentes e incensados médiuns são frequentemente gays. A lista é muito longa para ser ignorada.
 
Mas no passado pouquissimos foram suficientemente maduros para sair do armário e assumir a sua sexualidade. E isto esta começando a mudar nos tempos atuais.

Há uns 40 anos ouvi de um palestrante espírita que a homosexualidade (ou qualquer nome novo que venha a substituir este) é um treinamento angélico. Porque significa um treino e o estabelecimento do amor universal.



Bom dia irmãos

Seguindo este raciocinio em termos de a evolução leva a ser-mos homossexuais.

Julgo que ja estamos a ficar cada vez mais evoluidos e brevemente deixaremos de reencarnar neste planeta.

Bem Hajam



 ??? ??? ???
Nada contra homossexuais, pois para mim não é isso que define caráter mas
Segundo esse raciocínio eu sou dos seres mais atrasados do planeta terra.
 ;D ;D ;D
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: Marden em 16 de Novembro de 2013, 21:16
Ham, é isso! atos! obras !
Título: Re: HOMOSSEXUALIDADE (TÓPICO No.....?)
Enviado por: VLRC em 16 de Novembro de 2013, 21:28
Concordo e
alem de tudo isso o amor independe de fazer ou  não sexo
quem ama mesmo na acepção da palavra AMOR,que não significa sexo ,nem paixão,nem deixar de fazer sexo, quando sexo com responsabilidade,
ama a todos sem restrição , vide Madre tereza,irma Dulce,Chico Xavier
etc... que não faziam sexo e muito amam  e também o caso de Bezerra de Menezes que foi casado duas vezes teve muitos filhos e muito ama .

Assim penso

 :)

Valter LRC