Forum Espirita

CONVÍVIO => Off-topic => Convívio => Tópico iniciado por: Silvio Danilo em 15 de Abril de 2011, 17:12

Título: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Silvio Danilo em 15 de Abril de 2011, 17:12
Boa tarde !!!

Gostaria de todos amigo (a) a participa desta minha pergunta de ajudando a enteder melhor do assunto ?

Obrigado !!!!
Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: Mourarego em 15 de Abril de 2011, 20:15
Silvio, poder se pode, apenas não se vê necessidade para tal.
O negócio é o seguinte: Escolha aquela que lhe falar mais alto ao coração e siga.
Abraços,
Moura
Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: Mirina em 15 de Abril de 2011, 22:21
Olá amigo,

nós podemos tudo que nossos pensamentos e nosso livre arbitrio desejar, porém um amigo meu disse-me certa vez que quem desce o rio com um pé em cada canoa corre sérios riscos de perder o equilibrio e cair!

Já ouvi dizer também que cada religião ou circulo religioso que frequentamos é regido por uma esfera espiritual de proteção e que devemos optar pela aquela que nos traz mais beneficios intimamente, pois, "me disseram" que se corre o risco de ficar sem proteção nenhuma.  Agora nada impede de vc seguir uma na fé, e estudar a outra para adquirir conhecimentos.  Mas esta é apenas a minha opinião!

Abs,
Mirina
Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: Mourarego em 15 de Abril de 2011, 22:28
Quanto a proteção maninha Mirina ela a gente não perde quer se esteja numa e noutra esfera de aprendizado em conjunto. Até porque os Espíritos na umbanda só mudam diante da natureza e especificidade dos trabalhos.
A dificuldade é que cada uma dessas doutrinas, pede estudo perseverante para serem compreendidas. e estando eu numa e noutra certamente confundirei algumas vezes alhos com bugalhos atrasando o apresentado e adquirindo vícios nocivos à aprendizagem.
Como vim da Umbanda Iniciática, sendo nesta uma pessoa que já galgara ao grau de Sacerdote, enquanto não tive certeza que seria importante estar na doutrina Espírita, mesmo que meu guia assim me indicasse o caminho e o fez durante quase oito anos, eu não saí da umbanda.
Primeiro, como se diz na gíria carioca, " eu caí dentro" do estudo da doutrina, para depois mensurar se seria interessante ficar e continuar na nova doutrina ou sair ou de uma ou de outra, optei por sair da Umbanda mas todos os dias renovo meu preito de amor e gratidão a ela.
Abraços,
Moura

Olá amigo,

nós podemos tudo que nossos pensamentos e nosso livre arbitrio desejar, porém um amigo meu disse-me certa vez que quem desce o rio com um pé em cada canoa corre sérios riscos de perder o equilibrio e cair!

Já ouvi dizer também que cada religião ou circulo religioso que frequentamos é regido por uma esfera espiritual de proteção e que devemos optar pela aquela que nos traz mais beneficios intimamente, pois, "me disseram" que se corre o risco de ficar sem proteção nenhuma.  Agora nada impede de vc seguir uma na fé, e estudar a outra para adquirir conhecimentos.  Mas esta é apenas a minha opinião!

Abs,
Mirina
Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: Mirina em 15 de Abril de 2011, 22:40
Entendi Moura,

as coisas acabam se encaminhando por força da evolução de cada um.  Mas fico muito mais tranquila sabendo que não se perde a proteção, porque pessoalmente gosto de conhecer e entender varias linhas espirituais e espiritualistas, e tenho percebido que de uma forma ou de outra todas elas possuem o mesmo fundo doutrinario, embora mudem quanto a forma e os rituais.   Umas parecem que avançam sobre as outras e frequentemente os ensinamentos se completam. 

Abs,

Mirina
Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: arcal em 16 de Abril de 2011, 00:22
O Espiritismo não é a religião do futuro mas o futuro das religiões ( Leon Denis)
Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: Silvio Danilo em 16 de Abril de 2011, 04:46
obrigado pela participação de minha duvida ........
Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: milsoliva em 16 de Abril de 2011, 15:07
oi Daniloo<pode porque o espiritismo não é religião.estude as doutrinas!
 
 e faça a sua escolha
               paz
Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: Lea Bobilho em 17 de Abril de 2011, 00:21
O campo de atuação da Umbanda (trabalho espiritual) é o umbral mais denso do astral inferior – aquele bem próximo da terra. Buscam espíritos imorais retendo-os e encaminhando-os para esclarecimento nos locais devidos do astral. Não estão ainda completamente desmaterializados, por isso conservam os traços the existência corporal, tanto na forma the linguagem, quanto nos hábitos. A Umbanda é direcionada às pessoas que ainda requerem o ponto de apoio em rituais, imagens, símbolos, fenômeno mediúnico, cânticos, luzes, flores, para focalizar emotividade religiosa. Já o campo de atuação do Espiritismo é o umbral menos denso – acima do campo the umbanda, doutrinando os espíritos para a libertação. Abrange criaturas que já se mostram em condições de ativar o seu progresso espiritual, independentemente das formas do mundo, oferecendo compensações elevadas no campo the espiritualidade mais pura.
Então, fica por sua conta.
Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: TATA RIA LEMBAKUTANGO em 17 de Abril de 2011, 12:46
claro que pode mais como foi dito acima escolha uma ,aquela que seu coração melhor lhe falar.

mais tenha em mente que a amor e a caridade sempre deve ser sua meta.

um dom que DEUS lhe deu de graça ,de graça deve ser propagado.

Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: TATA RIA LEMBAKUTANGO em 17 de Abril de 2011, 12:57
aacho
O campo de atuação da Umbanda (trabalho espiritual) é o umbral mais denso do astral inferior – aquele bem próximo da terra. Buscam espíritos imorais retendo-os e encaminhando-os para esclarecimento nos locais devidos do astral. Não estão ainda completamente desmaterializados, por isso conservam os traços the existência corporal, tanto na forma the linguagem, quanto nos hábitos. A Umbanda é direcionada às pessoas que ainda requerem o ponto de apoio em rituais, imagens, símbolos, fenômeno mediúnico, cânticos, luzes, flores, para focalizar emotividade religiosa. Já o campo de atuação do Espiritismo é o umbral menos denso – acima do campo the umbanda, doutrinando os espíritos para a libertação. Abrange criaturas que já se mostram em condições de ativar o seu progresso espiritual, independentemente das formas do mundo, oferecendo compensações elevadas no campo the espiritualidade mais pura.
Então, fica por sua conta.

acho que deves estudar mais sobre o assunto ,vejo que seu conhecimento é muito popular sobre este assunto .

Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: BAGNOLI em 17 de Abril de 2011, 13:40
Como foi dito, "ficar com um pé em uma canoa e o outro, em outra canoa", pode trazer confusão mental.  Pois os estudos e práticas da Umbanda são diferentes da Doutrina Espírita.

Aconselho, "Eu", que estude sistematicamente o Livro dos Espíritos que é o pilar da Doutrina Espírita. Após, aconselho "Eu", que busque aquela que mais preencha seu interior e suas necessidades evolutivas. Mas, insisto, estude pelo menos o Livro dos Espíritos.

Depois, se houver interesse maior pela Doutrina Espírita, poderá estudar as outras obras da codificação, e buscar uma Casa Espírita séria, para frequentar e lá trabalhar em seus diversos setores, que cada Casa Espírita ofereçe.

Abraço ao Mano Moura e aos outros participantes.
Bagnoli
Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: Dadinho em 17 de Abril de 2011, 15:05
Querido irmão Silvio,

Complementando o que os outros amigos aí disseram, o Espiritismo não é uma religião, apesar de existir a religião espírita. O primeiro é a ciência e a filosofia trazida por Kardec, que vale para qualquer ser humano . A segunda são as práticas cultuadas nos centros espíritas pelos adeptos do Espiritismo que não conseguiram se encaixar em nenhuma outra religião, criando assim a religião espírita.

Em sua própria citação no artigo "Refutação de um artigo do jornal Univers", Kardec diz que as reuniões da Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas (de onde nasceu o Espiritismo):

“(...) conta, entre seus aderentes, homens de todas as crenças, e que nem por isso renunciaram as suas convicções: católicos fervorosos, que praticam todos os seus deveres de seu culto, protestantes de todas as seitas, israelitas, muçulmanos, e até budistas e bramanistas. Há de tudo, exceto materialistas e ateus...”. Allan Kardec - Revista Espírita, maio de 1859.

O que Kardec quer dizer é que as pessoas não precisam deixar de continuar seguindo a sua própria religião para abraçar o Espiritismo. Muito pelo contrário! Se o rito de sua crença é para o indivíduo uma condição necessária à sua vida, o ideal é que ele permaneça nesse caminho, ao mesmo tempo que vai entendendo melhor como é que se dá a eficácia desse rito a partir do momento que conhecesse cada vez mais o Espiritismo.

Se você quer continuar a frenquentar uma outra seita qualquer, ao mesmo tempo que estuda o Espiritismo, vai fundo! Esse papo de "sou espírita, então não posso ir na igreja, ou no terreiro, etc" é mair furada!

Uma vez li uma frase de um pensador que dizia algo mais ou menso assim: "Conhecimento não ocupa espaço, logo, não há qualquer problema em se aprender mais".

Forte abraço na Alma!
Dadinho
Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: Cláudia Lopes em 17 de Abril de 2011, 16:19
obrigado pela participação de minha duvida ........
Acredito que uma complementa a outra.Enquqanto a Doutrina Espírita é mais racional ,no sentido de dar mais ênfase ao estudo das manifestações e do mundo dos espíritos,a Umbanda é mais sentimento,as manifestações são mais intensas e é isso que precisamos na Doutrina ,acreditar mais no mundo dos espítitos.Sabemos que ele existe,mas será que cremos? Muitas vezes titubiamos ,pelo estudo sério e acirrado que fazemos ,e por "saber" demais ,estamos sempre preocupados em fazer o que é certo e esquecemos do sentimento,o que não ocorre na Umbanda.Quando aliarmos o conhecimento(Doutrina Espírita) com o sentimento(Umbanda) creio que será perfeito.
Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: Mourarego em 17 de Abril de 2011, 17:28
Tata Ria,
pelo nome vejo que o amigo tem 30 ou mais anos de candomblé, estou correto?
abraços,
Moura
Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: Mourarego em 17 de Abril de 2011, 17:35
Uma doutrina só é complementada com elementos próprios a ela maninha Claudia.
Sendo assim  melhor dizer-se que são caminhos diferenciados que existem porque nem todos têm as mesmas percepções e seguem a mesma doutrina.
Abraços,
Moura
Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: shandra9 em 17 de Abril de 2011, 18:15
Pode sim...mas, será que deve? Pergunte ao seu coração!
O desenvolvimento de todos nós seres encarnados ocorre dentro de nosso próprio tempo.
Nosso ser vai aprendendo e se desenvolvendo, através das várias oportunidades oferecidas pela vida.
Penso que seria mais interessante estudar/pesquisar primeiro cada uma das vertentes  citadas ( Kardecismo ou Umbanda) e depois então seguir uma escolha para desenvolver-se e atuar.
O importante é poder seguir a vida com os pés no chão, a cabeça nos seus objetivos, e o coração calmo e sereno guiando seus passos no "aqui e agora" de mãos dadas com as virtudes que nos elevam.
Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: BAGNOLI em 17 de Abril de 2011, 20:59
Senhor Dadinho, com todo o respeito, acho que o Senhor confundiu um pouco.

Eu, sendo Espírita, o que vou fazer na Igreja Católica, que, com seus dogmas e rituais, não preenchem nada em mim, pelo contrário, em meu interior, eu repudio os dogmas e os rituais das Igrejas. É um direito que tenho. Pois quem conhece a verdade, segue a verdade.

Em João 8/32 diz Jesus:  "Conhecereis a Verdade e a Verdade vos tornará livres".

Jesus, diz também que enviaria o "paracleto" para que lembrassem seus ensinamentos, e falasse de tudo o que ele não poderia falar na época. Eis ai, O Evangelho Segundo o Espiritismo, trazendo Jesus novamente para nosso convívio.

A Doutrina Espírita, é uma Filosofia e uma Ciência, que tem como consequência a "Moral" de cada individuo.

Ora, para mim o "paracleto" é a Doutrina Espírita. A terceira revelação.(como dizem alguns).

Portanto, como já escrevi, andar com o pé em duas canoas, uma pode sair fora do equilíbrio e você  pode" morrer" afogado. Ou seja, faria tanta confusão, aceitando como verdade os rituais da Umbanda, e ao mesmo tempo o Espiritismo, lhe dizendo que rituais são desnecessários e etc.. o Senhor deve saber......

Nosso irmão, em conselho meu, eu disse meu, deveria estudar o Livro dos Espíritos, e após, decidir, qual seria o melhor caminho para sua necessidade evolutiva. É ele que tomaria a decisão. Com todo o nosso respeito.

Abraço Mano Moura, e a todos que escrevem neste tópico,
Bagnoli
Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: TATA RIA LEMBAKUTANGO em 17 de Abril de 2011, 23:21
caro Amigo

sim mais de 30 anos de santo.
mais isto é so um detalhe ,o que tento passar as pessoas é que Pré - conceito não deve existir ,pois a ignorancia no sentido de não saber não deve servir para criticar .

toda religião tem aqueles que a conduzem mal e mau.
toda religião é linda nós Homens é que fazemos ELA fica boa ou ruim.

fui criado por um zeldor e uma senhora do santo que me ensinaram que o dom de graça  DEUS nos deu e ele deve ser propagado da mesma forma de graça.
meu zelador de santo que DEUS o tenha e minha mãe criadeira de santo tambem.
Joãozinho da Gomeia e Yvonne da Oxum.
Meu respeito e amor a todos que propagam o amor de Jesus Cristo aqui na terra.
Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: Dadinho em 18 de Abril de 2011, 02:03
Bagnoli,

Eu também já pensei assim como você...

Mas depois de mais de 30 anos militando no movimento espírita (MEB), eis que passei a ter mais tempo para estudar a fundo as obras de Kardec que sempre foram negligenciadas pelo movimento espírita brasileiro (falo de Revista Espírita, Espiritismo em Sua Expressão Mais Simples, Viagem Espírita de 1862, Instruções Práticas Sobre as Manifestações Espíritas, Opúsculos e outros escritos de Kardec), e que eu nunca tive acesso, até porque a própria FEB não as valorizava e, na cidade em que eu morava, era dificílimo até mesmo saber que tais obras existiam, quanto mais apreciá-las.

Foi só aí que pude deixar um pouco de lado Andre Luiz, Emmanuel, Joanna de Angelis, Irmão X, dentre outros, e começar a entender o que é realmente o Espiritismo. Foi só aí que passei a entender melhor as incoerências que existem no MEB e o motivo pelo qual as pessoas se arvoram em tratar o Espiritismo de religião.

Foi nesse momento que eu me permitir sair do mundinho MEB para conhecer as outras religiões e o que elas tinham de diferente do Espiritismo, até para saber se não havia algo mais a se aprender. Moral da história: descobri que Espiritismo é tudo, mas a religião espírita (essa cultivada pelo MEB) é quase nada. Existem outras religiões que suas práticas são milhares de vezes mais eficazes que a religião espírita. Tenho aprendido e muuuuito com eles. O MEB não tem a menor ideia de como estamos atrasados em termos da prática.

O que eu disse para o nosso amigo é que se ele tem necessidade de participar de culto de outros credos, que ele vá. Conhecendo o Espiritismo ele vai participar do culto de forma mais consciente do que os demais adeptos que lá estiverem. Quando o padre pedir para todo mundo levantar a mão e orar pedindo bênçãos a quem precisa, ele saberá que está dando um passe à distância. Quando o pastor pedir para você cumprimentar o seu companheiro ao lado, ele saberá que está dando e recebendo um passe magnético/fluídico. Quando ele for em uma Igreja Universal e vir uma "sessão do descarrego", com um monte de gente gritando e obreiros fazendo exorcismos, ele saberá que não é nada além de uma reunião com um monte de pessoas mediunizadas e "doutrinadores" auxiliando no restabelecimento da ordem. Quando ele for em um templo muçulmano e pedirem para louvar a Maomé, ele saberá que quem está sendo louvado mesmo é Deus, pois, assim como Jesus, Maomé foi apenas mais um irmão iluminado que esteve entre nós. Enfim, quando ele estiver dentro de um centro de umbanda, ou candomblé, ou quimbanda, etc, e o Pai de Santo der uma mensagem valorizando a fraternidade e o amor entre as pessoas, ele saberá que foi um espírito bom que deu a comunicação.

Estude o Espiritismo e visite qualquer seita e você verá que ele está lá, mas com nome diferente.

Eu mesmo estou escrevendo agora depois de ter chegado de um culto na Igreja Batista aqui perto de casa. O culto foi maravilhoso. O pastor tem o dom da palavra, mas não é só isso, ele estudou muito pra chegar lá e domina o evangelho com extrema competência e facilidade, além de uma ótima oratória e fluência das ideias. Mas pra isso ele leva a coisa a sério... Tem certos centros espíritas que o palestrante nunca fez um curso de oratória. É lamentável e até vergonhoso para nós tentar algum tipo de comparação. Tudo o que o pastor disse está 100% de acordo com o que nós espíritas acreditamos. Logo, porque eu devo achar que só dentro do centro espírita é que eu vou ouvir sobre Jesus e Deus de forma coerente?

Ouvi uma palestra da melhor qualidade, apreciei várias músicas muito boas e muito bem tocadas e cantadas com afinação e a emoção rolou a todo instante. Coisa difícil de se ver em um centro espírita. Mas acho que um dia o MEB chega lá... antigamente não se podir sequer por música nas reuniões. E hoje temos até bandas espíritas.

É a necessidade provocando a evolução das coisas...

Muita paz!
Dadinho
Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: glaubermoreirabs em 18 de Abril de 2011, 23:32
Irmãos,
primeiramente quero informar que estou muito feliz em encontrar esse forum.

Sobre o assunto em tela, venho compartilhar do entendimento que a doutrina espírita não é religião, mas um método de estudo aplicado a toda e qualquer religião, bem como filosofia espiritualista ou outra linha de pensamento assemelhada. Logo, não vejo problema em uma pessoa frequentar a religião espírita e frequentar a umbanda.

Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: Joao Paulo Soares em 20 de Abril de 2011, 04:14
Oh Dadinho, pelo Amor a Deus..

Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: Mourarego em 20 de Abril de 2011, 14:34
Qual o problema que você viu mano João Paulo?
Se for sobre a doutrina não ser religião o mano Dadinho mandou bem, não é mesmo;
Se for sobre se poder frequentar as duas, também não há problema algum. O que não há é necessidade para tal.
Abraços,
Moura
Título: Re: posso frequentar duas religião espirita e umbanda ?
Enviado por: renansc em 20 de Abril de 2011, 19:08
Olá irmãos de jornada!


O que posso lhes colocar como ponto de vista particular neste debate, é que todos os dias me lembro que a retumbante frase não para de ecoar em todos os cantos do mundo para acordar os homens, em todas as religiões, doutrinas, etc. "Fora da Caridade Não Há Salvação", se esta máxima exprime a verdade absoluta, e através da DE pude entender melhor o que tudo isto representa, não significa que em outras religiões onde aquele grande grupo de pessoas que freqüentam cada qual com sua fé, também não possa imperar os princípios da caridade, até por que gestos são tão vitais para evolver o Ser quanto palavras, a própria DE mostra que fundamental é o Ser Moral, pois o Ser intelectual continua numa constante, mas lembremos que grandes mentes sem um coração puro, o próprio Umbral está lotado.

Acredito muito que ainda existam divisões de pensamentos, credos e pontos de vista filosóficos, por que há necessidade para tal, embora estejamos no momento derradeiro de um só rebanho, e um só pastor, no entanto todos somos filhos de DEUS, centelhas do mesmo sopro divino. O que ocorre é que para atingir as diversas crenças, linhas de pensamentos e de entendimentos, grau de evolução que cada um se encontra na humanidade, é necessário se falar em vários, digamos "idiomas", para que todos possam absorver a pequena parte de um "todo" da verdade, verdade na qual ainda estamos todos caminhando como crianças em busca da grande descoberta, e alguns já estão mais adiantados do que outros, mas não se encontram hoje num mundo tão grosseiro de provas e expiações por obra do acaso, se bem sabem o acaso é nada, tudo faz parte da providência.
Mais importante, a todos que se intitulam espíritas ou espiritualistas, não cometamos os mesmos erros que foram e ainda são cometidos na interpretação dos livros sagrados que foram escritos/psicografados ao longo das eras, pois estaremos criando condições para um progresso lento e doloroso. Lembrai-vos, "A Quem muito é Dado, Muito Será Cobrado".
Amigo Silvio, estude muito, mas pratique mais ainda... independente de qual linha filosófico-espiritualista lhe agrade, procure estudar para que saibas onde a bandeira da verdade está de fato erguida.

Abraços fraternos.
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Vinícius Costa em 21 de Abril de 2011, 17:28
Muito amor e paz a todos....
Eu estou estudando a Doutrina Espírita a alguns anos e busco muito o meu aperfeiçoamento moral e intelectual com base no livro dos Esíritos e toda a codificação. Nasci em um lar prostetante e vivi a vida de evangélico até meus 25 anos, estudando para ser pastor e missionário. Agora, olho para trás e vejo que tudo o que passei me ajuda a entender coisas que não entenderia se não tivesse vivido dentro de uma Igreja Pentecostal.
Portanto...acredito que novas formas de se ver as coisas ajudam e muito....mas tem que ter uma base sólida para isso, estudando a codificação e usando uma arma muito poderosa que é a razão.
Respeito todos os pontos de vista apresentados aqui...e este é o meu.
Um abraço a todos e continuem com Deus.....
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: arcal em 22 de Abril de 2011, 18:19
Esta é a concepção dos Espíritos. Nos ensinamentes deles, não se apresentam acepções, sectarismo e muito menos discriminações. É um engano validarmos  como sendo de único e exclusivo previlégio da DE, as grandes verdades do caminho evolutivo. Seria  limitarmos a grandeza da Divina Providência a restritos ensaios privativos deste ou daquele  sistema codificado. Seria uma pequenez muito compatível com nossa condição evolutiva. Felizmente estamos entrando num estágio em que colhido os frutos do caminho, já não contamos com o absolutismo iniciático.
 Verdades são vislumbradas, despidas das chagas  do "egocentrismo "  e se espraiam em todos os seguimentos religiosos e com isto confundindo aqueles dogmáticos  que se  imaginam detentores exclusivos  daquelas verdades.
Pobres seguimentos !  Estão fadados a envolverem-se no turbilhão de devaneios somente verdadeiros aos próprios e com isto, levados à estagnada condição de estacionários, Deus sabe, por quanto tempo !
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: renansc em 23 de Abril de 2011, 01:56
Esta é a concepção dos Espíritos. Nos ensinamentes deles, não se apresentam acepções, sectarismo e muito menos discriminações. É um engano validarmos  como sendo de único e exclusivo previlégio da DE, as grandes verdades do caminho evolutivo. Seria  limitarmos a grandeza da Divina Providência a restritos ensaios privativos deste ou daquele  sistema codificado.

Companheiro, concordo em gênero número e grau, até por que não existe um plano espiritual para cada religião, doutrina, separando classes ou etnias, o plano espiritual é um só, embora se diversifique nas moradas/zonas, ainda é um só, o mundo dos espiritos.
Seria muita ortodoxia declarar inviável as maneiras do BEM se manifestar, na UMBANDA as entidades que lá trabalham levando a verdade e dissolvendo a negatividade da psicosfera astral individual dos que a buscam, também são ESPÍRITOS em jornada de evolução, assim como os irmãos iluminados que atuam nos centros espiritas, seja nas equipes obreiras, médicas, socorristas, etc, mas ainda sim estão todos em concurso para o aprendizado eterno.

Amigo Silvio, recomendo-te para gerar a amplitude necessária ao seu esclarecimento ler ARUANDA - Robson Pinheiro.

Grande abraço a todos!
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Jacqueline Sales em 23 de Abril de 2011, 03:38
Muito rico este fórum, em termos de conhecimento, só para acrescentar - não tenho muito conhecimento (quase nada) sobre a Umbanda - mas, devido a minha falta de conhecimento uma amiga me emprestou um romance espirita que me tirou muitas dúvidas - o livro chama-se "Tambores de Angola" - e gravei uma parte que determinadas pessoas nao estao preparadas para as sutilezas do espiritismo... E os espiritos que que atuam na Umbanda (no livro) sao os mesmos do plano espiritual que atuam no kardecismo. E que as separa'coes das religioes se dao aqui na Terra. Vale a pena conferir o livro.
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Mirina em 23 de Abril de 2011, 04:13
Olá amigos,

procurem na web, a Umbanda foi iniciada a partir de uma sessão realizada pela FEB do Rio de Janeiro.

"Naquela ocasião, tendo o dirigente determinado que Zélio ocupasse um dos lugares à mesa, em determinado momento dos trabalhos, tomado por uma força desconhecida e superior à sua vontade, contrariando as normas que impediam o afastamento de qualquer um dos integrantes da mesa, Zélio levantou-se e disse: "Aqui está faltando uma flor!", retirando-se ato contínuo da sala. Retornou em poucos momentos, trazendo uma rosa, que depositou no centro da mesa. Esse gesto causou um princípio de polêmica entre os presentes. Restabelecida a "corrente", manifestaram-se, em vários dos médiuns presentes, espíritos que se identificaram como de indígenas ou caboclos e de escravos africanos. O dirigente dos trabalhos convidou esses espíritos a se retirar advertindo-os acerca do seu (deles) atraso espiritual.

De acordo com entrevista do próprio Zélio[1], nesse momento ele sentiu-se novamente dominado pela estranha força, que fez com que ele falasse, sem saber o que dizia. Ouvia apenas a sua própria voz, perguntando o motivo que levava o dirigente dos trabalhos a não aceitar a comunicação daqueles espíritos, e porque eram considerados "atrasados" apenas pela diferença de cor ou de classe social que revelaram ter tido na última encarnação.

Seguiu-se um diálogo acalorado, e os responsáveis pela mesa procuraram doutrinar e afastar o espírito desconhecido, que estaria incorporado em Zélio, desenvolvendo uma sólida argumentação. Um dos médiuns videntes perguntou então:

"-Afinal, porque o irmão fala nesses termos, pretendendo que esta mesa aceite a manifestação de espíritos que, pelo grau de cultura que tiveram, quando encarnados, são claramente atrasados? E qual é o seu nome, irmão?"
A resposta de Zélio, ainda tomado pela misteriosa força, foi:

"-Se julgam atrasados estes espíritos dos pretos e dos índios, devo dizer que amanhã estarei em casa deste aparelho (o médium Zélio), para dar início a um culto em que esses pretos e esses índios poderão dar a sua mensagem, e, assim, cumprir a missão que o plano espiritual lhes confiou. Será uma religião que falará aos humildes, simbolizando a igualdade que deve existir entre todos os irmãos, encarnados e desencarnados. E, se querem saber o meu nome, que seja este: Caboclo das Sete Encruzilhadas, porque não haverá caminhos fechados para mim."
O médium vidente insistiu, com ironia: "-Julga o irmão que alguém irá assistir ao seu culto?" Ao que a entidade respondeu: "- Cada colina de Niterói atuará como porta-voz, anunciando o culto que amanhã iniciarei!"

Ainda de acordo com o relato de Zélio, no dia seguinte, a 16 de novembro, na residência de sua família, na rua Floriano Peixoto n° 30, em Neves, ao se aproximar a hora marcada, 20 horas, já ali se reuniam os membros da Federação Espírita, visando comprovar a veracidade do que havia sido declarado na véspera, alguns parentes mais chegados, amigos, vizinhos, e, do lado de fora da residência, grande número de desconhecidos.

Às 20 horas, manifestou-se o Caboclo das Sete Encruzilhadas, declarando que, naquele momento, se iniciava um novo culto em que os espíritos dos velhos africanos, que haviam servido como escravos e que, desencarnados, não encontravam campo de ação nos remanescentes das seitas negras, já deturpadas e dirigidas quase que exclusivamente para trabalhos de feitiçaria, e os índios nativos do Brasil poderiam trabalhar em benefício dos seus irmãos encarnados, qualquer que fosse a cor, a raça, o credo e a condição social. A prática da caridade (amor fraterno), seria a tônica desse culto, que teria como base o Evangelho de Cristo e como mestre supremo, Jesus.

Após estabelecer as normas em que se processaria o culto, deu-lhe também o nome, anotado por um dos presentes como Allabanda, substituido por Aumbanda, que em sânscrito pode ser interpretada como "Deus ao nosso lado" ou "o lado de Deus". O nome pelo qual se popularizaria, entretando, seria o de Umbanda."

É linda a história e, como podemos entender nos diálogos acima, não há nenhuma contradição doutrinaria.  Coloquei
no debate, pois eu particularmente não conhecia a origem e fiquei encantada.

Abs,
Mirina
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Jacqueline Sales em 23 de Abril de 2011, 14:59
Estes fatos e outros descritos pela irMã Mirna estão contidos no livro que mencionei "Tambores de Angola"- que foi divisor de águas nesse assunto no Brasil - e narra a necessidade da criaçao dessa nova linha... assim como disse Mirna.
Baixem o livro será muito enriquecedor a todos, inclusive àqueles que ainda possuem um certo que contra a Umbanda.

Abraços... (a proposito é uma trilogia)
Título: Pode se frequentar a Umbanda e outras Religiões?
Enviado por: silvio pereira em 23 de Abril de 2011, 15:20



Como frequentei a Umbanda por mais de 30 anos,obtive a resposta em um centro Kardecista, onde estudo e aprendi que nossa evoloução é sempre gradual, a vida não da saltos.
Ao ler o livro "Tambores  de Angola"e depois ""  Aruanda" e em seguida "Sabedoria de Preto-Velho"passei a entender a Umbanda.
Nosso aprendizado vem acompanhado de leituras , principalmente, o Livro dos Espíritos". Nada impede de frequentar as casas que tem como objetivo ajudar e  a divulgar o Espiritismo.
Há energia  . E cada casa depende de quem se achar bem nela.
Tenho que agradecer muito a Umbanda, pois, através dela recebi muitas ajudas, e como em outra casa me identifiquei, continuo  estudando o Espiritismo, que não é Religião, é uma ciência e uma Filosofia.
Respeita a todas é dever de um bom Cristão, pois Jesus não fundou Religião, mas disse" Amai uns aos outros como vos amei"
Agradeço a oportunidade de expressar minha opinião.
Silvio Pereira.








O campo de atuação da Umbanda (trabalho espiritual) é o umbral mais denso do astral inferior – aquele bem próximo da terra. Buscam espíritos imorais retendo-os e encaminhando-os para esclarecimento nos locais devidos do astral. Não estão ainda completamente desmaterializados, por isso conservam os traços the existência corporal, tanto na forma the linguagem, quanto nos hábitos. A Umbanda é direcionada às pessoas que ainda requerem o ponto de apoio em rituais, imagens, símbolos, fenômeno mediúnico, cânticos, luzes, flores, para focalizar emotividade religiosa. Já o campo de atuação do Espiritismo é o umbral menos denso – acima do campo the umbanda, doutrinando os espíritos para a libertação. Abrange criaturas que já se mostram em condições de ativar o seu progresso espiritual, independentemente das formas do mundo, oferecendo compensações elevadas no campo the espiritualidade mais pura.
Então, fica por sua conta.
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: S0L em 23 de Abril de 2011, 15:39
Senhor Dadinho, com todo o respeito, acho que o Senhor confundiu um pouco.

Eu, sendo Espírita, o que vou fazer na Igreja Católica, que, com seus dogmas e rituais, não preenchem nada em mim, pelo contrário, em meu interior, eu repudio os dogmas e os rituais das Igrejas. É um direito que tenho. Pois quem conhece a verdade, segue a verdade.

Em João 8/32 diz Jesus:  "Conhecereis a Verdade e a Verdade vos tornará livres".

Jesus, diz também que enviaria o "paracleto" para que lembrassem seus ensinamentos, e falasse de tudo o que ele não poderia falar na época. Eis ai, O Evangelho Segundo o Espiritismo, trazendo Jesus novamente para nosso convívio.

A Doutrina Espírita, é uma Filosofia e uma Ciência, que tem como consequência a "Moral" de cada individuo.

Ora, para mim o "paracleto" é a Doutrina Espírita. A terceira revelação.(como dizem alguns).

Portanto, como já escrevi, andar com o pé em duas canoas, uma pode sair fora do equilíbrio e você  pode" morrer" afogado. Ou seja, faria tanta confusão, aceitando como verdade os rituais da Umbanda, e ao mesmo tempo o Espiritismo, lhe dizendo que rituais são desnecessários e etc.. o Senhor deve saber......

Nosso irmão, em conselho meu, eu disse meu, deveria estudar o Livro dos Espíritos, e após, decidir, qual seria o melhor caminho para sua necessidade evolutiva. É ele que tomaria a decisão. Com todo o nosso respeito.

Abraço Mano Moura, e a todos que escrevem neste tópico,
Bagnoli

Concordo plenamente,Bagnoli.

E pegando pelo evangelho: "Sim,sim;não;não"...simples assim.
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Dadinho em 23 de Abril de 2011, 19:11
Querida Sol,

Nada é simples assim...  A Criação vai muito além do "sim" e do "não". Temos o talvez e, dentro dele, uma infinidade de matizes. A obra de Deus é muito mais do que um "bit" e para se entendê-la é preciso um pouco mais de flexibilidade e abertura para novas visões, ou então ficamos acrisolados no universo de nosso umbigo.

Vai por mim, tem muita coisa pra se aprender com o Espiritismo fora do movimento espírita.

;-)
Muita paz!
Dadinho
Título: Re: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Mourarego em 23 de Abril de 2011, 19:15
Roberta,
a resposta para esta sua questão por certo não a vais encontrar num fórum Espírita já que é matéria do Espiritualismo.
Espiritismo não trata com chakras, não trata com desdobramentos mas sim com emancipação da alma que é tema muito mais intrincado do que um simples desdobrar.
Abraços,
Moura
Gostaria de saber se alguém puder me responder com propriedade, pois à muito procuro resposta e ainda não encontrei. O que eu gostaria de entender é o seguinte: porque, como e o que acontece quando muitas vezes em que sinto que estou começando a entrar em desdobramento, sinto dor na região do chakra esplênico (altura do baço), sinto dor, e então acaba por não proceder/continuar com o desdobramento que iniciara, iniciado não por minha vontade exatamente, pois se fosse o faria sempre, porém, é por vontade da sorte sempre que acontece. Enfim gostaria mesmo é de saber o porque da dor?

Roberta
Título: Re: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Mourarego em 23 de Abril de 2011, 19:16
Dadionho,
A creação, foi para Deus uma coisa tão simples que ele apenas disse: "Fiat Lux".
abraços,
Moura

Querida Sol,

Nada é simples assim...  A Criação vai muito além do "sim" e do "não". Temos o talvez e, dentro dele, uma infinidade de matizes. A obra de Deus é muito mais do qeu um "bit" e para se entendê-la é preciso um pouco mais de flexibilidade e abertura para novas visões, ou então ficamos crisolados no universo de nosso umbigo.

;-)
Muita paz!
Dadinho
Título: Re: Posso frequentar duas religi�es, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: S0L em 24 de Abril de 2011, 14:20
Dadinho, definitivamente vc interpretou o que eu disse de maneira totalmente equivocada...

Sim,sim não,não foi Jesus quem disse.Ou seja: é assumir suas posições claramente.Firmeza e congruência de pensamento e ação.
E aonde que eu disse que o conhecimento espiritual só existe no espiritismo?

A base sólida do estudioso e praticante da doutrina está sim na codificação.Base esta que tb se solidifica no evangelho.É um conjunto.Que vai fornecer subsídios confiáveis na evolução do indivíduo.

E qdo se diz que algo é simples, é clareza, sem ser dúbio, é amplo, não é pequeno ou medíocre. Para mim, a simplicidade permite mais horizontes do que paredes.
Título: Re: Posso frequentar duas religi�es, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: S0L em 24 de Abril de 2011, 14:23
Por que o fórum está cheio de desenhozinhos hoje?rs...que couve?
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Mourarego em 24 de Abril de 2011, 14:45
SOL,
ou esses desenhos chegam do face book ou outro programa a que o está ligado ou a configuração do teclado está errada.
Abração,
Moura
Título: Re: Posso frequentar duas religi�es, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: S0L em 24 de Abril de 2011, 15:14
(que estranho...sempre abro facebook junto e não dava tilt...vai entender...deve arrumar com o tempo.Obrigada,Moura).
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Hebe M C em 24 de Abril de 2011, 15:37
Hoje o meu PC também está cheio de graça, cada acento é substituído por um losângulo com um ponto de interrogação no meio, isso ontem não estava acontecendo, e  o meu teclado está configurado certo.
Já verifiquei, não acontece em outros sites , só aqui.
Título: Re: Posso frequentar duas religi�es, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: S0L em 24 de Abril de 2011, 15:49
(É assim que está acontecendo mesmo, Hebe...comigo mesmíssima coisa).
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Hebe M C em 24 de Abril de 2011, 15:52
Eu não abri o Face ainda,
Será coisas do Sul de Minas???? :D :D :D :D
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: wagner reatto em 24 de Abril de 2011, 16:44
um viajante, ao partir para seu destino por várias vezes, encontra muitos caminhos diferentes pela frente.

para cada novo caminho percorrido, ele soma conhecimentos e experiências.

um dia, com certeza, ele escolherá um deles como o melhor para si; mas, carregará o que os outros caminhos lhe ensinaram.


Boa tarde !!!

Gostaria de todos amigo (a) a participa desta minha pergunta de ajudando a enteder melhor do assunto ?

Obrigado !!!!
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Dadinho em 24 de Abril de 2011, 19:24
Mano Moura,

Isso aí é o que tu dizes...  pois realmente as coisas para Deus e para Espíritos como você devem ser um tanto simples de entender...  quanto mais realizar. Como és meu guru e estás mais pra plêiade de Espíritos de Escol do que os terra-terra como eu, que sou eu pra contestar... ;-)

Mas sinceramente ainda vou ficar com um pé atrás, achando que a coisa é um pouco mais complexa do que pode parecer...  rsrsrs

Muita paz!
Dadinho

Dadionho,
A creação, foi para Deus uma coisa tão simples que ele apenas disse: "Fiat Lux".
abraços,
Moura

Querida Sol,

Nada é simples assim...  A Criação vai muito além do "sim" e do "não". Temos o talvez e, dentro dele, uma infinidade de matizes. A obra de Deus é muito mais do qeu um "bit" e para se entendê-la é preciso um pouco mais de flexibilidade e abertura para novas visões, ou então ficamos crisolados no universo de nosso umbigo.

;-)
Muita paz!
Dadinho
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Dadinho em 24 de Abril de 2011, 19:41
Querida,  não interpretei de forma totalmente equivocada...
foi só parcialmente equivocada...  rsrs

É que como você citou o texto do outro colega e sem dar maiores detalhes, pareceu-me que você estava de acordo com a visão dele de que não haveria nada para se aprender na igreja católica, por exemplo, como ele colocou.

Uma vez um amigo escreveu no Facebook a seguinte citação, de que tinha gostado muito:
"Toda certeza absoluta é um congelamento mental"

Daí eu respondi a ele com a seguinte pergunta:
"Tens certeza absoluta disso?"

Ou seja, às vezes nós acreditamos que estamos com toda a razão nas mãos... e por esse motivo perdemos muitas oportunidades de aprender mais. Sendo o "sim, sim, não, não" que você usou no sentido de coerência entre o que se fala e o que se faz, realmente tem tudo haver, pois nos impulsiona para sermos hipércritas (neologismo meu...  rsrs). Mas na ocasião me pareceu que o sentido que havia sido dado era o de determinação na escolha, ou seja, escolhi ser espírita, logo, não posso perder meu tempo com outras religiões ou filosofias, o que para mim soou como um pensamento grosso modo duro demais...  Daí o meu interesse em ajudar, respondendo a sua observação.

Ainda bem que eu estava enganado!  ;-)

Muita paz!
Dadinho


Dadinho, definitivamente vc interpretou o que eu disse de maneira totalmente equivocada...

Sim,sim não,não foi Jesus quem disse.Ou seja: é assumir suas posições claramente.Firmeza e congruência de pensamento e ação.
E aonde que eu disse que o conhecimento espiritual só existe no espiritismo?

A base sólida do estudioso e praticante da doutrina está sim na codificação.Base esta que tb se solidifica no evangelho.É um conjunto.Que vai fornecer subsídios confiáveis na evolução do indivíduo.

E qdo se diz que algo é simples, é clareza, sem ser dúbio, é amplo, não é pequeno ou medíocre. Para mim, a simplicidade permite mais horizontes do que paredes.
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Joao Paulo Soares em 24 de Abril de 2011, 23:53
Qual o problema que você viu mano João Paulo?
Se for sobre a doutrina não ser religião o mano Dadinho mandou bem, não é mesmo;
Se for sobre se poder frequentar as duas, também não há problema algum. O que não há é necessidade para tal.
Abraços,
Moura


Grande moura,
 
  Nada em discordo..
  Apenas a esse recalcar, à aquilo a que chamam de MEB..
  Mas compreendo.. :)

Forte Abraço

 
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: arcal em 25 de Abril de 2011, 03:47
O Espiritismo não é a religião do futuro mas o futuro das religiões ( Leon Denis)
O papa Bento XVI não soube explicar as causas do desastre ocorrido no Japão, em março, para  uma criança japonesa, de 7 anos.
A menina  pediu ao pontífice para explicar o porquê da catástrofe,  terremoto e o tsunami, que atingiram o país da garota e matou várias pessoas.
A afirmação foi feita em um programa de televisão italiano nesta sexta-feira (22/04/2011).
 
A menina japonesa foi a primeira fiel da história da  Igreja Católica a ter uma pergunta respondida  diretamente pelo papa, pela TV.

“Não temos as respostas, mas sabemos que Jesus sofreu como vocês, inocente, e que o Deus verdadeiro, que se mostra em Jesus,
está junto com vocês. Isto me parece muito importante, ainda que não tenhamos respostas, que a tristeza permaneça”, disse o papa.

Bento XVI ainda acrescentou: “Um dia vamos entender que esse sofrimento não era vazio, não foi por acaso, mas por trás dele há um projeto bom, de amor”, acrescentou.
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: raiodesol em 25 de Abril de 2011, 20:15
Eu já fui de várias religiôes,procurava eu achando que um dia encontraria uma religião certa,mais no pé da letra da palavra,e,pior tinha que estar de acordo rigoroso com a biblia,e, nunca encontrei,conhecendo o espiritismo é que fui entender que nem tudo que é certo para uns é para outros,e,que só (deus) tem a verdade absoluta,para nós é não sei quem disse,não sei quem escreveu,o espirito tal....só isso que temos,então podemos frequentar quantas religiôes quisermos,pois cada uma tem a sua própria certeza e sua parte de verdade,assim como podemos ajudar a quem quisermos,não importa se a pessoa precisa ou não, o importante é a nossa intençao que deve ser boa,e,se não for ajudar com bom coração,ajude mesmo assim porque a pessoa que esta sendo ajudada,precisa da ajuda e nâo do nosso bom coraçâo,porque esse estamos meio longe de ter.........
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Dadinho em 26 de Abril de 2011, 02:18
Querido João,

Não é recalque não...  é um pouco de insatisfação por reconhecer que já fui defensor ferrenho dessas práticas apreciadas pelo tal MEB. Mas fazer o que? Era o modelo que podiam me apresentar e que eu podia compreender. Se era equivocado ou não, fato é que muita coisa boa eu consegui realizar com esse modelo. Logo, alguma coisa valeu a pena.

Mas acho que não devemos paralizar. Uma vez sendo possível perceber que há equívocos, é de suma importância seguir adiante, deixando os modelos antigos para trás e adotando novas visões para o futuro.

Vejo que você é de Lisboa... e eu me constranjo em dizer que esse modelo atual instituído no MEB defende uma visão de que o Brasil é a "pátria do Evangelho" e o "país com a missão de evangelizar o mundo". Eu nunca compactuei com isso, pois sempre achei um posicionamento pedante e sectarista, que menospreza meus irmãos de outros paízes como você. Mas confesso que sempre fui voto vencido, afinal não podia contestar as literaturas adotadas pelo MEB. Ficava eu então com minhas dúvidas e discordâncias no meu canto, obrigado a aceitar o modelo.

Só passei a me sentir mais tranquilo quando percebi que esse equívoco todo se devia ao fato de que eu estava preso às obras que o MEB me impunha. Minha liberdade e serenidade veio quando eu passei a sair do MEB e olhar o que grupos como a CEPA e outras religiões diziam sobre Deus e a Criação. Aí é que eu percebi que o Espiritismo era muito mais do que eu achava que era. Eu nasci de novo. E sou muito feliz por isso.

Graças a Deus que o Espiritismo me dá a liberdade e o entendimento de ser um evangélico, um umbandista, um católico e um muçulmano, ao mesmo tempo, e muito feliz. ;-)

Forte abraço na Alma!
Dadinho



Grande moura,
 
  Nada em discordo..
  Apenas a esse recalcar, à aquilo a que chamam de MEB..
  Mas compreendo.. :)

Forte Abraço

 
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Bruna Magarizza em 26 de Abril de 2011, 17:33
Achei interessante, o Nosso Irmão fazer está pergunta, pois também tinha dúvidas.
Mais me exclareci um pouco, e agradeço a vocês irmãos, também pelo meu exclarecimento.
Abraços.
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: LEANDRO ANANIAS em 30 de Abril de 2011, 01:25
Vamos levar em consideração duas informações mais usuais.
Espiritismo é uma doutrina e Umbanda é uma religião, religião esta que tem em seus fundamentos o estudo da doutrina espírita. Deste modo não vejo problema nenhum.
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Mourarego em 30 de Abril de 2011, 16:00
Não Leandro,
Tanto Espiritismo quanto Umbanda são apenas doutrinas.
Uma religião deve conter uma espécie de "autorização conhecida como bula papal, e nenhum destes dois exemplos a contem.
É no Espiritualismo que se tem o berço da Umbanda, mais e melhor situado entre as doutrinas que são atreladas às forças da natureza, por isso  as divindades destas doutrinas se apresentam como chefes de Falanges, cada uma representando uma dessas forças.
No Brasil, é que surge a idéias de ser a umbanda uma religião mas tal pensamento foge a realidade.
Abraços,
Moura
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Dadinho em 30 de Abril de 2011, 16:15
Manão Moura,

Essa informação aí é muito interessante...  não tinha conhecimento disso. Poderia dissertar algo mais ou dar alguma referência para leitura? (é para agregar àquele projeto...)

Se puder enviar também alguma coisa elucidando como se deu o envolvimento de Bezerra de Menezes no chamamento dos centros de Umbanda para unir esforços no sentido de legitimar as religiões espírita e umbandista aqui, vai ajudar bastante... Não consegui maiores informações a respeito.

Muita paz!
Dadinho


Não Leandro,
Tanto Espiritismo quanto Umbanda são apenas doutrinas.
Uma religião deve conter uma espécie de "autorização conhecida como bula papal, e nenhum destes dois exemplos a contem.
É no Espiritualismo que se tem o berço da Umbanda, mais e melhor situado entre as doutrinas que são atreladas às forças da natureza, por isso  as divindades destas doutrinas se apresentam como chefes de Falanges, cada uma representando uma dessas forças.
No Brasil, é que surge a idéias de ser a umbanda uma religião mas tal pensamento foge a realidade.
Abraços,
Moura
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Mourarego em 30 de Abril de 2011, 16:40
Mano Dadinho,
tudo o que tenho das minhas andanças pelo Brasil está em um HD que se encontra gurdado.
Estava numa máquina desativada que conservo cara tirar peças que ainda podem ser utilizadas, e então teria de remontar o HD em outra máquina e isso só poderá ser feito quando eu consertar minha máquina reserva.
Sobre Bezerra isso sim eu posso falar de plano.
Ele era presidente FEB quando os Umbandistas eram perseguidos pela igreja e pelos Testemunhas de Jeová.
Tinham os templos  invadidos e eram atacados a paus e pedras.
Bezerra vendo aqueles acontecimento enviou e teve aprovada uma moção para que os Umbandistas pudessem se dizer Espíritas até que passasse aquele período, e com isso nasceram os templos de "mesa branca".
A denominação era apenas para mostrar aos profitentes da doutrina umbandistas que ali estava um templo de umbanda.
Sob minha visão,a espiritualidade aproveitou esta possibilidade para se fazer mais presente no conteúdo do ensino umbandista, pois a partir dali, os templos que ainda não estudavam o ESE e o LE passaram a ter de fazer para que não fossem atingidos pelos marginais que os atacavam.
Hoje em dia não são poucos os templos que não ministramos ensinos dessas duas obras espíritas, o que a meu ver constitui-se num trabalho inicial para o desenvolvimento do intelecto dos que seguem a umbanda, levando a estes um ensino que não teriam se tal moção de bezerra não tivesse sido aceita.
Todavia as perseguições terminaram ou perderam o furor inicial,o Estado mudou e as leis começaram a serem cumpridas o que veio a minorar em muito a situação dos umbandistas e hoje já se vêem os templos exibindo sua real denominação Templo de Umbanda, terreiro, etc.
O mérito é todo de Bezerra.
Abraços,
Moura
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Mirina em 30 de Abril de 2011, 17:30
Olá amigos,

segue texto que retirei da internet e está em varios sites sobre Umbanda.  É a primeira manifestação do Caboclo das Sete Encruzilhadas na reunião da FEB, vejam:
"-Se julgam atrasados estes espíritos dos pretos e dos índios, devo dizer que amanhã estarei em casa deste aparelho (o médium Zélio), para dar início a um culto em que esses pretos e esses índios poderão dar a sua mensagem, e, assim, cumprir a missão que o plano espiritual lhes confiou. Será uma religião que falará aos humildes, simbolizando a igualdade que deve existir entre todos os irmãos, encarnados e desencarnados. E, se querem saber o meu nome, que seja este: Caboclo das Sete Encruzilhadas, porque não haverá caminhos fechados para mim."
O médium vidente insistiu, com ironia: "-Julga o irmão que alguém irá assistir ao seu culto?" Ao que a entidade respondeu: "- Cada colina de Niterói atuará como porta-voz, anunciando o culto que amanhã iniciarei!"

Aí ele afirma literalmente que a Umbanda "Será uma religião que falará aos humildes...."

Como voces entendem esta colocação?

Abs,
Mirina
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Edson S. Lemos em 30 de Abril de 2011, 19:24
" Ola Amada irma , tanto faz se voce esta na umbanda ou espiritismo , qualquer uma delas esta indo contra , a sagrada palavra de Deus a Biblia .
Sou ex espiria fiquei 15 anos emprestando meu corpo a demonios ate descobrir a Luz do evangelio de jesus Cristo. "
Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema."Gatalas 1:8
Voce e adepta de uma seita que nega a divindade de Jesus Cristo ..o que vc espera da sua vida ??/

Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: raiodesol em 01 de Maio de 2011, 02:50
" Ola Amada irma , tanto faz se voce esta na umbanda ou espiritismo , qualquer uma delas esta indo contra , a sagrada palavra de Deus a Biblia .
Sou ex espiria fiquei 15 anos emprestando meu corpo a demonios ate descobrir a Luz do evangelio de jesus Cristo. "
Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema."Gatalas 1:8
Voce e adepta de uma seita que nega a divindade de Jesus Cristo ..o que vc espera da sua vida ??/


voce ficou 15anos na doutrina e agora é evangelico,eu fiquei 20anos no evangelico e agora sou espirita,ve as diferenças das pessoas?
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: S0L em 01 de Maio de 2011, 14:09
Edson, desculpe, mas vc nunca foi espírita. Porque em 15 anos ainda cita demônio...isso nada tem de espiritismo.
Seita?Que nega Jesus?Realmente, vc absolutamente nunca nem passou perto da doutrina espírita principalmente com esta postura de julgamento e intolerância que é a antítese da doutrina espírita.
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: S0L em 01 de Maio de 2011, 14:10
Edson, se vc quer criticar algo, é de bom tom saber do que se fala, se interar do assunto.Senão prestas um papel inverso.Pois a ignorância reforça o valor daquilo que o tolo critica.
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Hebe M C em 01 de Maio de 2011, 14:41
" Ola Amada irma , tanto faz se voce esta na umbanda ou espiritismo , qualquer uma delas esta indo contra , a sagrada palavra de Deus a Biblia .
Sou ex espiria fiquei 15 anos emprestando meu corpo a demonios ate descobrir a Luz do evangelio de jesus Cristo. "
Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema."Gatalas 1:8
Voce e adepta de uma seita que nega a divindade de Jesus Cristo ..o que vc espera da sua vida ??/


Edson,
Como você estudou a DE? Como participou do Espiritismo?
Não tem a menor coerência o que você está dizendo a não ser que não tenha aberto um livro sequer da codificação espírita para estudar.
Nada contra você ser evangélico o qualquer coisa que você queira ser, muitos que freqüentam este Fórum não são necessariamente espíritas, mas entendem pelo menos um pouco da DE.
Você por 15 anos não conseguiu entender nem o básico?

Um abço Hebe
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Blue soft em 01 de Maio de 2011, 15:41
" Ola Amada irma , tanto faz se voce esta na umbanda ou espiritismo , qualquer uma delas esta indo contra , a sagrada palavra de Deus a Biblia .
Sou ex espiria fiquei 15 anos emprestando meu corpo a demonios ate descobrir a Luz do evangelio de jesus Cristo. "
Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema."Gatalas 1:8
Voce e adepta de uma seita que nega a divindade de Jesus Cristo ..o que vc espera da sua vida ??/



            Edson amigo,
sinto em você a verdadeira vontade de se santificar, de realmente
andar guiado por Jesus e sei o quanto isto é difícil depois de suas
antigas experiências.
             Contudo, meu amigo/irmão, porque já estive deste lado,
fui uma filha de Deus e hoje sou apenas uma criatura sua, como
você me diria, tenho uma maneira, ainda assim, diferenciada de
ver às coisas.
           Que existem espíritos malévolos, sim, isto existem, mas, que
serão, assim para sempre, tenho que descordar.
           Por esta razão, não os chamamos de demônios, pois, Deus,
que é Pai, não criaria um ser que fosse tão cheio de poderes como
ele próprio, para ir contra ele mesmo, ou será que criaria?
            Então, como o amigo, deve conhecer as Epístolas paulinas
aos Coríntios que nos falam dos dons ou carismas, que nada mais
são em linguagem atual da chamada mediunidade, está no capítulo
14 da citada Carta. Transcreverei o comportamento de uma Assembleia
quando se trata de carismas, e posso lhe afirmar, assemelhar-se muito
às reuniões mediúnicas de nossos dias.

             Cartas aos Coríntios, I, 26-40


                        26Que devemos fazer, então, irmãos? Quando vos reunis, e cada um de vós tem um hino a cantar, um ensinamento a proferir, ou uma revelação, ou um discurso em línguas, ou uma interpretação, que tudo se faça de modo a edificar. 27Se se fala em línguas, que não sejam mais que dois ou no máximo três, cada um por sua vez, e que um as interprete. 28Se não houver intérprete, fiquem calados na assembleia e falem consigo mesmos e com Deus.

29Quanto aos profetas, que falem dois ou três e que os outros façam o discernimento. 30Mas se um outro entre os presentes recebe uma revelação, cale-se o anterior. 31Todos podeis profetizar, mas um após outro, para que todos sejam instruídos e exortados. 32Mas as inspirações dos profetas devem submeter-se aos profetas, 33porque Deus não é um Deus de desordem, mas de paz.

Como acontece em todas as assembleias de santos, 34as mulheres estejam caladas nas assembleias, porque não lhes é permitido tomar a palavra e, como diz também a Lei, devem ser submissas. 35Se quiserem saber alguma coisa, perguntem em casa aos maridos, porque não é conveniente para uma mulher falar na assembleia.

36Porventura a palavra de Deus, partiu de vós ou só a vós foi comunicada? 37Se algum de vós julga ser profeta ou estar na posse dos dons do Espírito, deve reconhecer, no que vos escrevo, um preceito do Senhor. 38Mas se alguém não o reconhecer, também não será reconhecido. 39Assim, pois, irmãos, aspirai ao dom da profecia e não impeçais que se fale em línguas. 40Mas que tudo se faça com decoro e ordem.

                   
                   Assim, amigo, acho que sendo espíritas, não estamos indo contra
nada daquilo que está aceito como certo dentro da Bíblia, infelizmente, algumas
vezes, nossa hermenêutica é que está aquém daquilo que está escrito.   

                  A Paz, meu irmão e que Jesus seja sempre em seu caminho.

                                           Blue Soft
             
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Dadinho em 01 de Maio de 2011, 19:01
Mano Moura,

Eu só tenho a te agradecer muuuuito.
Você acabou de falar exatamente o que eu precisava ouvir para enfim olhar Bezerra com outros olhos...
Não que eu tinha alguma repulsa à sua figura um tanto emblemática, mas é que como ele foi um maiores "forçadores de barra" para que a visão religiosa do Espiritismo se estabelecesse aqui no Brasil, quando alguém falava nesse nome eu me entristecia, pois não conseguia vê-lo além de um divulgador um tanto "bitolado"...  daqueles que fazem tudo pra coisa dar certo, não importa o que é necessário fazer (tipo, o fim justifica os meios).
Mas agora com essa nova visão, eu até passei a me simpatizar o indivíduo...  rsrs  ;-)
Continuo com uma ideia de "bitolação" sobre ele, mas era uma "bitolação" munida de boa vontade, assim como aconteceu com Paulo de Tarso. Ou seja, o cara tinha garra, determinação, e dedicou o seu tempo e recurso para o bem que estava ao seu alcance e que, com a visão que ele tinha, era o melhor que ele podia fazer.
Puxa! você não sabe como eu estava esperando por essa oportunidade de admirar esse homem de novo!
Obrigado mais uma vez por toda ajuda que você tem me dado!
Abs
Dadinho


Mano Dadinho,
tudo o que tenho das minhas andanças pelo Brasil está em um HD que se encontra gurdado.
Estava numa máquina desativada que conservo cara tirar peças que ainda podem ser utilizadas, e então teria de remontar o HD em outra máquina e isso só poderá ser feito quando eu consertar minha máquina reserva.
Sobre Bezerra isso sim eu posso falar de plano.
Ele era presidente FEB quando os Umbandistas eram perseguidos pela igreja e pelos Testemunhas de Jeová.
Tinham os templos  invadidos e eram atacados a paus e pedras.
Bezerra vendo aqueles acontecimento enviou e teve aprovada uma moção para que os Umbandistas pudessem se dizer Espíritas até que passasse aquele período, e com isso nasceram os templos de "mesa branca".
A denominação era apenas para mostrar aos profitentes da doutrina umbandistas que ali estava um templo de umbanda.
Sob minha visão,a espiritualidade aproveitou esta possibilidade para se fazer mais presente no conteúdo do ensino umbandista, pois a partir dali, os templos que ainda não estudavam o ESE e o LE passaram a ter de fazer para que não fossem atingidos pelos marginais que os atacavam.
Hoje em dia não são poucos os templos que não ministramos ensinos dessas duas obras espíritas, o que a meu ver constitui-se num trabalho inicial para o desenvolvimento do intelecto dos que seguem a umbanda, levando a estes um ensino que não teriam se tal moção de bezerra não tivesse sido aceita.
Todavia as perseguições terminaram ou perderam o furor inicial,o Estado mudou e as leis começaram a serem cumpridas o que veio a minorar em muito a situação dos umbandistas e hoje já se vêem os templos exibindo sua real denominação Templo de Umbanda, terreiro, etc.
O mérito é todo de Bezerra.
Abraços,
Moura
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Mourarego em 02 de Maio de 2011, 15:10
Mirina,
o Zélio se ufana em ser o primeiro que falou  ou que criou a Umbanda. Essa é uma afirmação não verdadeira, pois antes do Zélio já havia manifestação de umbanda no RS.
A denominação que o Espíreito se dá demonstra que ele ainda não é e não pertence à falange dos caboclos, já que tem mesmo no nome a informação que ainda está ligado a falange dos Exus, pois nenhum caboclo assume um designativo de "Sete encruzilhadas", já que esta é a designação da falange, uma delas, dos Exus.
Na Umbanda das primeiras duas linhas, notadamente entre as linhas cruzadas é que aparecem essas entidades e como o nome diz, linhas cruzadas é o mesmo que se diga que o Espírito ainda esteja comum pé numa falange e o outro noutra.
Abraços,
Moura

Olá amigos,

segue texto que retirei da internet e está em varios sites sobre Umbanda.  É a primeira manifestação do Caboclo das Sete Encruzilhadas na reunião da FEB, vejam:
"-Se julgam atrasados estes espíritos dos pretos e dos índios, devo dizer que amanhã estarei em casa deste aparelho (o médium Zélio), para dar início a um culto em que esses pretos e esses índios poderão dar a sua mensagem, e, assim, cumprir a missão que o plano espiritual lhes confiou. Será uma religião que falará aos humildes, simbolizando a igualdade que deve existir entre todos os irmãos, encarnados e desencarnados. E, se querem saber o meu nome, que seja este: Caboclo das Sete Encruzilhadas, porque não haverá caminhos fechados para mim."
O médium vidente insistiu, com ironia: "-Julga o irmão que alguém irá assistir ao seu culto?" Ao que a entidade respondeu: "- Cada colina de Niterói atuará como porta-voz, anunciando o culto que amanhã iniciarei!"

Aí ele afirma literalmente que a Umbanda "Será uma religião que falará aos humildes...."

Como voces entendem esta colocação?

Abs,
Mirina
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Mirina em 02 de Maio de 2011, 17:10
Olá Moura,

penso que caracteriza uma doutrina ou seita como religião, é o aceitamento tácito que ela encontra na sociedade, sua perenidade, e a homogeinidade da forma ritualistica que pode ser verificada nas diversas localidades, isto é a fidelidade ao mesmo ritual.
No caso da Umbanda, desde seu nascedouro no meu entender já houve este entendimento coletivo, embora os estudiosos a entendam como doutrina.  A partir do instante que há o aceitamento coletivo como culto religioso, esta passa a ter vida própria, determinada muitas vezes pela consciencia coletiva dos seus seguidores, haja visto o caso da pedofilia no catolicismo, que teria se mantido sob sigilo não fosse a pressão cada vez mais poderosa de seus fieis. 
Avalio inclusive que o espiritismo praticado nos Centros Espiritas assumiu mesmo esta conotação religiosa, com culto a imagens e rituais, sem querer depreciar tal comportamento, porém digamos que se tornou uma vertente da doutrina proposta por Kardec e adquiriu vida e comportamentos próprios, digamos assim que adquiriu sua individualidade como religião.

Abs,
Mirina
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: Mourarego em 02 de Maio de 2011, 17:36
Só não concordo,maninha Mirina, como termo Religião.
Para que haja religião há de haver autorização, no caso das seitas católicas há de haver a bula papal autorizando.
Nas subdivisões tidas no pensamento evangélico  como estas se originaram de apenas um, as vertentes têm esse crivo.
O que já não acontece com a Umbanda, que nunca foi tida como religião mesmo na África.
Sempre foi apenas um culto à divindade, dentro das concepções materiais em que os povos tinham tais divindades.
Um culto pode ser tido como religioso mesmo sem o caráter de ser religião.
O que aconteceu conosco não se trata de modificação alguma mas sim de darem a inclusão dos preceitos obtidos por Roustaing, e mesmo das intrusões das várias obras de outros autores espiritualistas, com sendo de caráter de doutrina, mas isso é um erro primário.
Quer dizer: não se trata de nova seita ou de atualização de doutrina, mas sim de um equívoco na compreensão dos que assim pensem.
abração,
Moura
Título: Re: Posso frequentar duas religiões, Espiritismo e Umbanda?
Enviado por: arcal em 02 de Maio de 2011, 19:46
" Ola Amada irma , tanto faz se voce esta na umbanda ou espiritismo , qualquer uma delas esta indo contra , a sagrada palavra de Deus a Biblia .
Sou ex espiria fiquei 15 anos emprestando meu corpo a demonios ate descobrir a Luz do evangelio de jesus Cristo. "



15 anos quase  jogado fora...  Nada aprendeu... Nem sequer entendeu da inexistência de demõnios!!! Realmente emprestou o corpo (e a mente) aos espíritos imperfeitos.
Vai ter que passar muito tempo nas fileiras dos adoradores até um dia despertar para a fé raciocinada e com isto empregar a razão com maior critério.