Forum Espirita

GERAL => O que é o espiritismo => Existência de Deus => Tópico iniciado por: Marianna em 12 de Março de 2010, 17:26

Título: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 12 de Março de 2010, 17:26



(http://1.bp.blogspot.com/_h9UD0-vQMBg/TK4nelHmOzI/AAAAAAAAAFI/yil-3UZOUKE/s1600/JESUS-TE-AMA-FILHO.gif)


Jesus Cristo, O Filho de Deus

(http://vivendoapaixonada.zip.net/images/cutecolorsbutfly1.gif)  Quando falamos de Jesus como Filho de Deus, os homens geralmente costumam interpretar como se Jesus fosse um ser Divino, em termos de igualdade com Deus.

(http://lh6.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/Sr5fBjihTdI/AAAAAAAAJZ0/krdPRcLjLJo/s400/divisoria13.gif)  "Tal interpretação prende-se aos "milagres" que Jesus teria efetuado, como se tais fatos fossem uma prova de sua divindade."

A Doutrina dos Espíritos não invalida os "milagres" do Evangelho e de outras escrituras do mundo, mas lhes tira o caráter de ocorrências sobrenaturais, enquadrando-as nos conceitos das concepções naturais do Universo e do homem.

(http://vivendoapaixonada.zip.net/images/cutecolorsbutfly1.gif)  Jesus é Filho de Deus como todas as criaturas. Ele o chama de Pai, como nos ensinou a chamá-lo de nosso Pai.

É evidente que a qualificação de Filho do Homem significa:
—  Nascido do homem, por oposição ao que está fora da humanidade.

Jesus usava para si aquela qualificação com persistência notável, e somente em raríssimas vezes é que ele se diz Filho de Deus. Em seus lábios, não pode ela ter outra significação que não seja para lembrar que ele também pertence à Humanidade.

(http://vivendoapaixonada.zip.net/images/cutecolorsbutfly1.gif)  A insistência com que ele se qualifica de Filho do Homem parece um protesto antecipado contra a denominação que previa lhe dariam mais tarde, a fim de que ficasse bem provado que não saíra de sua boca. (Ver Obras Póstumas - Allan Kardec -Estudo sobre a natureza do Cristo).

(http://media.tumblr.com/b1224ce6260a3cf8125cfbffe694100d/tumblr_inline_mg0q2mU7ch1qdlkyg.gif)  A palavra Cristo

Este título, Cristo, derivado do grego, equivale ao hebraico Messias; Ungido.

(http://vivendoapaixonada.zip.net/images/cutecolorsbutfly1.gif)  O nome pessoal de Jesus, seguido pelo titulo Cristo, serve para chamar a atenção para a própria pessoa, e que ele é aquele que se tornou o Ungido de Jeová.

A tradução da Septuaginta das Escrituras Hebraicas usa a mesma palavra grega KHRISTOS mais de 40 vezes, como titulo de sacerdotes, reis e profetas ungidos. Da mesma forma, o titulo Messias é aplicado a muitos homens, na qualidade de ungidos.

(http://media.tumblr.com/b1224ce6260a3cf8125cfbffe694100d/tumblr_inline_mg0q2mU7ch1qdlkyg.gif)  Jesus o homem

Para fazermos com que Jesus volte a ter vida, hoje, para nós, teremos de voltar no tempo para procurarmos o que Jesus tinha a oferecer às pessoas da Palestina à sua época, a fim de conhecermos a verdade histórica a seu respeito.

(http://vivendoapaixonada.zip.net/images/cutecolorsbutfly1.gif)  Apesar de os Evangelhos terem sido escritos entre os anos 60 e 80, ou seja, muito tempo após os fatos ocorridos, podemos obter grande quantidade de informações históricas sobre o Mestre.

—  O que Jesus tentava fazer?

Um incidente historicamente certo nos daria um indicio importante sobre a direção do seu pensamento. Encontramos tal incidente no inicio de todos os Evangelhos:

Jesus escolheu ser batizado por João.
—  Por quê?

(http://vivendoapaixonada.zip.net/images/cutecolorsbutfly1.gif)  Seja o que for que o batismo possa significar, tal fato implica na decisão de Jesus de se juntar, de se demonstrar aliado a João, em vez de seguir quaisquer outras lideranças ou movimentos da época. Isso nos demonstra indícios da direção do pensamento de Jesus.

A Palestina, à época era uma colônia romana. Este fato era odioso para os Judeus que ansiavam pela sua libertação. Houve várias rebeliões para sacudir o jugo de Roma.

—  Os impostos eram altos, e isso levava uma grande parte da população:

(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_47.gif)   Ao desespero,
(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_47.gif)   À miséria,
(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_47.gif)   À fome.

No meio de todos esses movimentos e especulações político-religiosas, um homem se sobressaia como sinal de contradição. Tratava-se do Batista.

(http://vivendoapaixonada.zip.net/images/cutecolorsbutfly1.gif)  João era diferente de todos, justamente porque era profeta, e na verdade, como tantos outros predecessores, profeta de condenação e de destruição.

Enquanto muitos esperavam pelo tempo vindouro, em que o povo fiel de Israel triunfaria sobre seus inimigos, João profetizava a condenação e a destruição de Israel.

(http://vivendoapaixonada.zip.net/images/cutecolorsbutfly1.gif)  Há muito tempo não surgia profeta algum em Israel. O espírito da profecia cessara. Deus estava em silêncio. Esse silêncio foi quebrado pela voz de João no deserto.

Seu estilo de vida, seu modo de falar e mensagem eram o renascimento consciente das tradições dos profetas. Sua mensagem era simples. Deus estava irado com seu povo e pretendia castigá-lo.

(http://vivendoapaixonada.zip.net/images/cutecolorsbutfly1.gif)  Usava as metáforas do machado e da pá, que são as metáforas dos profetas. O julgamento de Deus sobre Israel seria executado por um ser humano.

—  João falou dele como:

(http://lh6.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/Sr5fBjihTdI/AAAAAAAAJZ0/krdPRcLjLJo/s400/divisoria13.gif)  "Aquele que há de vir".
(http://lh6.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/Sr5fBjihTdI/AAAAAAAAJZ0/krdPRcLjLJo/s400/divisoria13.gif)  "Ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo" (Mateus 3:11-12).

O objetivo prático era de converter o povo, persuadir as pessoas a mudarem de atitudes , a arrependerem-se de seus erros.

—  João dirigia seu apelo aos:

(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_47.gif)   Prostitutas,
(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_47.gif)   Pecadores,
(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_47.gif)   Coletores de impostos, soldados,
(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_47.gif)   Bem como aos escribas e fariseus. (Lucas 3:12-14 e Mateus 21:32).

João concitava as pessoas àquilo que chamamos hoje, de moral social.
(http://lh6.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/Sr5fBjihTdI/AAAAAAAAJZ0/krdPRcLjLJo/s400/divisoria13.gif)  "Quem tiver duas túnicas reparta-as, quem tiver o que comer faça o mesmo."

Aos publicanos, disse:
(http://lh6.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/Sr5fBjihTdI/AAAAAAAAJZ0/krdPRcLjLJo/s400/divisoria13.gif)  "Não deveis exigir nada além do que vos foi prescrito";

Aos soldados disse:
(http://lh6.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/Sr5fBjihTdI/AAAAAAAAJZ0/krdPRcLjLJo/s400/divisoria13.gif)  "A ninguém molesteis com extorsões, contentai-vos com o vosso soldo" - (Lucas 3:11-14).

João foi o único homem naquela sociedade que impressionou Jesus.

(http://vivendoapaixonada.zip.net/images/cutecolorsbutfly1.gif)  Ali estava a voz de Deus avisando seu povo. Jesus acreditava nisso e juntou-se aos que estavam decididos a fazer algo nesse sentido. Foi batizado por João. Possivelmente Jesus não tenha concordado com João em todos os detalhes.

Chegou mesmo a divergir de João em alguns pontos. Mas o fato, à época, de ter sido batizado por João é prova concludente de sua aceitação as propostas formuladas por ele.

—  Esta aceitação está em Jesus imediatamente ter mostrado que discordava fundamentalmente de todos os que rejeitavam João e seu batismo:

(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_47.gif)   Os zelotas,
(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_47.gif)   Os fariseus,
(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_47.gif)   Os essênios,
(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_47.gif)   Os saduceus,
(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_47.gif)   Os escribas etc.

(http://media.tumblr.com/b1224ce6260a3cf8125cfbffe694100d/tumblr_inline_mg0q2mU7ch1qdlkyg.gif)  As ovelhas perdidas do Pai

Muitos consideravam Jesus como sucessor de João. É possível que Jesus tenha batizado algumas pessoas, mas se isso aconteceu, logo abandonou essa prática. Em vez disso, partiu a procurar, ajudar e servir às ovelhas perdidas do Pai. (João 3 :22-26 e 4: 1-3).

Encontramos, dessa forma, uma segunda decisão, um segundo indicio para verificarmos qual o pensamento e intenções de Jesus.



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 12 de Março de 2010, 17:30


(http://mfcmamonas.no.comunidades.net/imagens/jesuseaovelhaperdida.gif)

(http://[img]http://raiodesol.no.sapo.pt/flor-amarela.GIF)Quantas eram, no contexto, à época, as ovelhas perdidas?

—  As pessoas a quem Jesus voltou sua atenção, conforme os Evangelhos se referem, são:

(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os cegos,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os coxos,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os cativos,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os pobres,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os famintos, 
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os aleijados,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os leprosos,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  As prostitutas,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os miseráveis 
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os pecadores,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os esmagados,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os que choram,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os perseguidos,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os coletores de impostos,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os endemoninhados (obsediados).

—  Todos os que labutam e estão sobrecarregados:

(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os últimos,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  As multidões,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os pequenos,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  As criancinhas,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os que erão menos que nada,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  A ralé que nada conhece da Lei,.

—  Jesus geralmente se refere a eles como:
(http://lh6.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/Sr5fBjihTdI/AAAAAAAAJZ0/krdPRcLjLJo/s400/divisoria13.gif)  "Os pobres ou os pequeninos."

—  Os fariseus se referem às mesmas pessoas como:
(http://lh6.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/Sr5fBjihTdI/AAAAAAAAJZ0/krdPRcLjLJo/s400/divisoria13.gif)  "Os pecadores."

(http://vivendoapaixonada.zip.net/images/cutecolorsbutfly1.gif)  Hoje esses segmentos da sociedade são referidos como classes inferiores por uns e oprimidos por outros.

Por Jesus, podemos verificar que a verdadeira história da humanidade é a história do sofrimento, o que muito pouco ou nada é tratado nos livros que tratam desse assunto. Para compreender Jesus, precisamos tentar entrar no mundo dos pobres e oprimidos tal como era na Palestina do século I.

(http://vivendoapaixonada.zip.net/images/cutecolorsbutfly1.gif)  Embora o termo "pobre" nos Evangelhos não se refira exclusivamente àqueles economicamente despossuídos, certamente os inclui.

Em primeiro lugar, os pobres eram os mendigos. Esses eram os doentes e aleijados que haviam recorrido à mendicância, uma vez que não tinham possibilidades de serem empregados e não tinham parentes que pudessem ou quisessem sustentá-los.

(http://vivendoapaixonada.zip.net/images/cutecolorsbutfly1.gif)  Evidentemente, não havia hospitais, nem instituições de assistência social, nem pensões por invalidez. Esperava-se que mendigassem seu sustento

—  E assim:

(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os coxos,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os cegos,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os leprosos,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os aleijados,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os mendigos,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os surdos-mudos.

Verifica-se que passados 2.000 anos, o cenário ainda é o mesmo. Basta olharmos o mundo ao nosso derredor. Hoje possuímos hospitais, instituições de assistência e pensões, que não funcionam, ou funcionam precariamente em virtude do desmando, da corrupção que campeia a largos passos no planeta.

(http://vivendoapaixonada.zip.net/images/cutecolorsbutfly1.gif)  Continuando na pesquisa, havia, à época, as viúvas e os órfãos: mulheres e crianças que não tinham quem as sustentasse; também não tinham naquela sociedade, nenhum modo de ganhar a vida. Deveriam depender das esmolas de sociedades piedosas e do tesouro do Templo. Tal como hoje, nada difere.

—  Entre os economicamente pobres, à época, incluem-se:

(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os escravos.
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os camponeses,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os operários diaristas não qualificados,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Os que se encontravam freqüentemente desempregados,

Como a história da humanidade se repete! Hoje como ontem.

(http://vivendoapaixonada.zip.net/images/cutecolorsbutfly1.gif)  As pessoas se encontravam à mercê de reis e tetrarcas bem como por seus representantes que as oprimiam e frequentemente eram sangrados pelos impostos. Os pobres e os oprimidos estavam sempre à mercê de legistas que os sobrecarregavam com fardos legais e nunca levantavam a voz para os aliviar; eram excluídos da sinagoga. Este era o mundo dos "oprimidos, dos "perseguidos" e dos "cativos". (Lucas 4:18; Mateus S:10).

Hoje seriam chamados de oprimidos, marginais ou miseráveis - as pessoas que não contam. Jesus não era, por nascimento e educação, um dos pobres e oprimidos, mas se misturava socialmente com o último dos últimos e se identificava com eles. Ele se tornou pária por escolha.

(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Porque Jesus fazia isso?
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  Porque conversava com mendigos e se misturava com os pobres?
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  O que faria um profeta se associar à ralé que não conhecia nada da Lei?

—  A resposta surge clara nos Evangelhos:

(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  A compaixão,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  O Amor pelo próximo.

Tal fato está patente, demonstrado, em todos os processos de cura. O que tornou diferente o samaritano da parábola, foi a compaixão, o amor que sentiu pelo homem deixado semimorto à beira da estrada. (Lucas 10:33).

(http://vivendoapaixonada.zip.net/images/cutecolorsbutfly1.gif)  A compaixão é resposta ao sofrimento. João confiava em um batismo de conversão; Jesus partiu para libertar as pessoas de toda forma de sofrimento e angústia.

—  Como?

Jesus depositou sua confiança na fé. O único poder que pode curar e salvar o mundo, é o poder da fé:
(http://lh6.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/Sr5fBjihTdI/AAAAAAAAJZ0/krdPRcLjLJo/s400/divisoria13.gif)  "Tua fé te salvou".

—  Não a fé obtida por aderência a um credo ou doutrina religiosa mas:

(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  A fé certeza,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  A fé convicção,
(http://dl2.glitter-graphics.net/pub/131/131232ztxvqqe63q.gif)  A fé obtida pelo esclarecimento da razão.

E Jesus transmitia, com suas curas, ensinos, a fé àqueles seus amigos que representavam a pobreza, o sofrimento, espelhados nos oprimidos e desditosos.

Somente a fé, no sentido de certeza, pode despertar a criatura do conformismo, da apatia, gerados pela fome, pela miséria, pela falta de compaixão existentes.



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 12 de Março de 2010, 17:34

[attachimg=1align=center=width=500]

A Missão Reveladora de Jesus

(http://media.tumblr.com/5610d885e7ab00c5ba985545df22d16b/tumblr_inline_mg0pr3Aca51qdlkyg.gif)  Naquele dia. 14 do mês de Nisã, aproximadamente à hora nona, aquele Homem expirava entregando-se em Espírito ao Pai.

Naquele instante, encerrava-se na terra uma Missão Reveladora, que perpetuaria pelos tempos afora.

(http://media.tumblr.com/5610d885e7ab00c5ba985545df22d16b/tumblr_inline_mg0pr3Aca51qdlkyg.gif)  Uma Revelação somente é séria e verdadeira quando altera, quando transforma os conceitos existentes na face da terra. Tal como Jesus. Ele alterou a história da Humanidade, dividindo-a em A.C. (Antes do Cristo) e D.C. (Depois do Cristo).

Este fato comprova sua Missão Reveladora:

(http://media.tumblr.com/5610d885e7ab00c5ba985545df22d16b/tumblr_inline_mg0pr3Aca51qdlkyg.gif)  Sua missão constituiu-se de revelar ao homem uma nova concepção de Deus, uma nova concepção de vida; a vida futura, assim como as penas e recompensas que aguardam o homem após o desencarne.

Na nova concepção de Deus ensinamos que Ele não é o Deus terrível, ciumento, vingativo, de Moisés.

(http://media.tumblr.com/5610d885e7ab00c5ba985545df22d16b/tumblr_inline_mg0pr3Aca51qdlkyg.gif)  Aquele Deus cruel, implacável e injusto; mas sim, um Deus de Amor, Justo, que perdoa aquele que erra e que dá a cada um segundo suas obras. Já não é o Deus de um único povo, mas o Pai de todo o gênero humano.

Já não é o Deus que recompensa e pune somente pelos bens da terra, que faz que a glória se consista na escravidão dos povos rivais, mas sim, um Deus que diz aos homens:
(http://lh6.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/Sr5fBjihTdI/AAAAAAAAJZ0/krdPRcLjLJo/s400/divisoria13.gif)  "A vossa verdadeira Pátria não é deste mundo, mas no reino celestial, onde os humildes de coração serão elevados e os orgulhosos serão humilhados".

Já não é o Deus que ordena se retribua olho por olho, dente por dente, mas o Deus de misericórdia que diz:
(http://lh6.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/Sr5fBjihTdI/AAAAAAAAJZ0/krdPRcLjLJo/s400/divisoria13.gif)  "Perdoai as ofensas se quereis ser perdoados; não façais o que não quereis que vos façam".

Com isso firma-se uma nova concepção de relações sociais entre os povos. A Doutrina de Jesus se fundamenta no caráter que ele atribui a Deus. Com um Deus imparcial, justo, bom e misericordioso.

Ele fez do Amor de Deus e do Amor ao próximo a condição essencial para o cumprimento da Lei dizendo:
(http://lh6.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/Sr5fBjihTdI/AAAAAAAAJZ0/krdPRcLjLJo/s400/divisoria13.gif)  "Amai a Deus sobre todas as coisas e o vosso próximo como a vós mesmos; nisto estão toda a Lei e os profetas; não existe outra Lei".

Sob este dístico assentou o principio da igualdade dos homens perante Deus e o da fraternidade universal.

(http://media.tumblr.com/5610d885e7ab00c5ba985545df22d16b/tumblr_inline_mg0pr3Aca51qdlkyg.gif)  Ensinando a revelação dos verdadeiros atributos de Deus, ensinando a imortalidade da alma e da vida futura, ensinando e exemplificando o amor ao próximo, pela compaixão aos sofredores de todo jaez, modificava profundamente as relações mútuas dos homens, impunha-lhes novas obrigações, fazia-os encarar a vida presente sob outro aspecto.

Pelas suas consequências, é esse o ponto, o cerne da Missão Reveladora de Jesus, cuja importância, ainda hoje, não é bem compreendida, e ante a visão que se tem da sociedade humana.

(http://media.tumblr.com/5610d885e7ab00c5ba985545df22d16b/tumblr_inline_mg0pr3Aca51qdlkyg.gif)  Demonstrado fica que a sociedade tem desconhecido e afastado, deliberadamente na sua grande maioria, dos seus exemplos e ensinos. (A Gênese - Allan Kardec Caráter da Revelação Espírita).

Precisamos estar atentos uma vez que "a opção pelo Mestre é uma decisão de largo tempo:

(http://chineseknotting.org/flower/flower5-2.gif)  Sem o entusiasmo da primeira hora, que passa e leva à desistência,
(http://chineseknotting.org/flower/flower5-2.gif)  Nem a reflexão muito demorada, que perde a oportunidade.

Tornada a resolução, é indispensável abraçar a cruz, não olhar para trás e seguir.


Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 28 de Março de 2010, 14:26
 

(http://dl7.glitter-graphics.net/pub/186/186537ncr58td7e6.gif)


O Reino de Deus




A atividade de Jesus, como se fôra um programa, está em Lucas 4:16-21, que consubstancia uma passagem de Isaías, lida e comentada por Jesus, na sinagoga de Nazaré.

"O espírito do Senhor Javé está sobre mim, porque Javé me ungiu; enviou-me a anunciar a boa nova aos pobres, a curar os quebrantados de coração, a proclamar a liberdade aos cativos, a libertação aos que estão presos; (ou: a proclamar uma nova visão aos cegos) a libertar os esmagados a proclamar um ano aceitável a Javé" (61: 1-2)

Encerrando o livro, disse-lhes:
(http://lh6.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/Sr5fBjihTdI/AAAAAAAAJZ0/krdPRcLjLJo/s400/divisoria13.gif)  "Hoje se cumpriu esta escritura em vossos ouvidos". (Lucas 4:21).




(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-559.gif)  Conforme já vimos, o surdo, o coxo, o cego, o pobre etc, são simplesmente diferentes maneiras de se referir ao pobre e ao oprimido. Vemos que a pregação de Jesus é uma pregação de libertação. Conhecer a Verdade e ela vos libertará.

Assim, trazer a boa nova, conviver com os pobres e oprimidos, significa libertá-los através da palavra falada, dos ensinos, dos exemplos.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-559.gif)  Jesus trouxe uma profecia quando falou num acontecimento futuro para os pobres. Tal acontecimento não era simplesmente a vinda do reino de Deus, mas a vinda do reino de Deus para os pobres.

(http://lh6.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/Sr5fBjihTdI/AAAAAAAAJZ0/krdPRcLjLJo/s400/divisoria13.gif)  "Vosso é o Reino de Deus". (Lucas 6:20).

—  A profecia de Jesus está contida no trecho do Evangelho que chamamos de bem-aventuranças:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-164.gif) "Bem-aventurados vós, que agora chorais, porque haveis de rir"
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-164.gif) "Bem-aventurados vós, os pobres, porque vosso é o Reino de Deus."
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-164.gif) "Bem -aventurados vós, que agora tendes fome, porque sereis saciados." (Lucas 6:20-21)

Segundo pesquisas realizadas por vários historiadores, foi Lucas quem preservou a forma mais original do discurso de Jesus.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-559.gif)  Mateus, no capítulo V, adaptou o discurso profético às necessidades dos ouvintes e leitores da época, que não eram de fato pobres, famintos e miseráveis. Mateus transformou o discurso profético em exortação.

—  Estendeu o conceito a todos os que forem pobres em seu coração, ou que se identificassem com os pobres:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-164.gif) A todos os que estiverem tristes e deprimidos;
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-164.gif) A todos os que tiverem fome e sede de justiça;
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-164.gif) A todos os que forem verdadeiramente virtuosos;
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-164.gif) A todos os que forem perseguidos por sua fé em Jesus;
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-164.gif) A todos os que imitarem a mansidão e humildade dos pobres.

—  Quem eram verdadeiramente os pobres?

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-559.gif)  Sintetizamos a lição de Amélia Rodrigues, psicografia de Divaldo Pereira Franco, O Excelso Canto, no livro Primícias do Reino:

"Os pobres, financeiramente, todos os conheciam. Distendiam as mãos que a miséria estiola. Eram pobres, no entanto quantos deles eram possuidores de riquezas do Espírito.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-559.gif)  Eram ricos de revolta, possuidores de paixões, com grandes cabedais de angústias e mágoas. Os ricos possuem moedas, títulos, propriedades, e muitos também possuem espíritos ricos de ambições, de orgulho, de aversão às novas idéias.

"Já os pobres e/ou pobres de espírito, são aqueles que são livres de posses e ambições, amantes da liberdade, são os que lutam pelos direitos alheios, são os idealistas, são os que cultuam a verdade, pois que estão preparados para a Verdade."

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-559.gif)  Nada os mantém atados à retaguarda, nem possuem imãs que possam atraí-los à frente. São simples, semelhantes às crianças.

—  "E os que tem fome e/ou fome e sede de justiça?

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-559.gif)  Os criminosos não julgados fazem parte de uma caravana infinita e inacabada. Os carros dos guerreiros, dos vândalos, dos prepotentes, dos exploradores, passam velozes sobre as comunidades, deixando viúvas e órfãos ao abandono.

A injustiça veste os corações, e a indiferença dos legisladores, dos governantes, dos que detém o poder é quase conivência. "O mundo arde em sede e fome de justiça. O homem se queda esfaimado às portas da Justiça, e nada obtém.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-559.gif)  Mas a Lei se cumpre, e os desvairados retornam, pela reencarnação, aos antigos passos, imolados à loucura e estigmatizados pela crueldade. Com a consciência justiçada, corrigida pelo amor, preparam-se para a libertação. Serão saciados.

Muitos cristãos e também espíritas têm-se enganado a respeito da natureza do reino de Deus, em virtude de algumas traduções do trecho de Lucas 17:21, consignarem erro:
(http://lh6.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/Sr5fBjihTdI/AAAAAAAAJZ0/krdPRcLjLJo/s400/divisoria13.gif)  "O reino de Deus está dentro de vós".

Atualmente todos os exegetas concordam que o texto deve ser:
(http://lh6.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/Sr5fBjihTdI/AAAAAAAAJZ0/krdPRcLjLJo/s400/divisoria13.gif)  "O reino de Deus está entre vós, ou no meio de vós".



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 28 de Março de 2013, 05:05
   

[attachimg=1align=center=width=450]

Onde estaria o Reino de Deus?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-85.gif)  A Doutrina dos Espíritos nos revela a natureza dos mundos habitados, dividindo-os em categorias:

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-489.gif)  Mundos primitivos, destinados às primeiras encarnações da alma humana;
(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-489.gif)  Mundos de expiação e provas, onde domina o mal, tal como acontece na Terra;
(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-489.gif)  Mundos de regeneração, nos quais as almas que ainda têm o que expiar haurem novas forças, repousando das fadigas da luta;
(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-489.gif)  Mundos ditosos, onde o bem sobrepuja o mal;
(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-489.gif)  Mundos celestes ou divinos, habitados por Espíritos depurados, onde exclusivamente reina o bem.

O Reino de Deus realmente é uma sociedade que vem constituir o mundo celeste ou divino, pois que reina exclusivamente o bem. Este o estado ideal que Jesus pregou e demonstrou, e que a Terra poderá um dia alcançar. O Reino de Deus é um fato, pois que Jesus nos fala do povo que entra ou que se recusa a entrar para dentro do reino (Marcos 9:47; 10:15,23,24,25; Mateus 5:20; 7:21; 18:3; 21:31; 23:13; João 3:5).

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-85.gif)   Anos fala que as pessoas podem se sentar dentro dele e comer e beber dentro dele (Marcos 14:25; 8: 11; Lucas 22:30). Assim, o reino de Deus realmente é uma comunidade. Quando o Reino de Deus vier, o Amor tomará o lugar do mal, e ele, o Amor, governará sobre a humanidade, cujo governo será entregue àqueles que servirem a seus propósitos, na sociedade. O mal será eliminado e as pessoas estarão repletas do Espírito de Amor.

A diferença está entre uma comunidade humana em que o mal reina com supremacia (como hoje na Terra), e uma comunidade humana em que o bem e o amor reinem com supremacia. (Mundos Celestes ou Divinos Evangelho Segundo o Espiritismo - Allan Kardec - Capítulo III).

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-85.gif)   A atividade libertadora de Jesus era uma luta contra o mal (Satanás) pelo poder, guerra contra o poder do mal sob todas as suas formas e aspectos. Cada cura que Jesus realizava era como um assalto contra a casa ou reino do mal (Satanás) (Marcos 3:23 a 27).

Isso era possível porque algo mais forte que o mal estava agindo. Jesus demonstrava que o bem, o amor é mais poderoso que o mal; estava convencido de que o reino de Deus (do Amor) poderia triunfar sobre 0 reino do mal (Satanás) e que tomaria o lugar desse reino aqui na Terra.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-85.gif)   A visão de Jesus se espraiava através dos milênios afora, vislumbrando uma sociedade onde o bem estaria presente; exclusivamente o bem.

O Consolador

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-85.gif)   Naquela noite, do mês de Adar, Jesus após um dia extenuante de caminhadas, olhando para o firmamento como que fitando o futuro da Humanidade, reuniu os companheiros para os ensinar. João anotou seus ensinos no Capítulo XIV:
—    "Se me amardes guardareis os meus mandamentos".

Havia naquela frase uma condicional: se. No futuro deveríamos amá-lo para guardar-lhe as lições. Perpassando os olhos em todos os companheiros, Jesus sente uma interrogação em suas mentes:
—    E se o amando, no entanto esquecessem os ensinos ou os alterassem, deturpando-lhe o sentido

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-85.gif)   E Jesus prossegue:
—    "Eu rogarei ao Pai, e Ele vos dará um outro Consolador a fim de que esteja para sempre convosco; O Espírito de Verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; vós o conheceis, porque ele habita convosco e estará em vós".

—    Dando maior ênfase, a fim de dar-lhes força para sobreviverem nas provações e nas lutas, prossegue Jesus:
—    "Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito".

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-85.gif)   Ei-lo chegado, corporificado na Doutrina dos Espíritos, que partindo das próprias palavras do Mestre, é conseqüência direta da sua doutrina.

"O Espiritismo, longe de negar ou destruir o Evangelho, vem ao contrario, confirmar, explicar e desenvolver, pelas novas leis da Natureza, que revela, tudo quanto o Cristo disse e fez;" (A Gênese -Allan Kardec - Caráter da Revelação Espírita).

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-85.gif)   Com base no desenvolvimento da Doutrina, no seu conteúdo moral:
—    "Reconhece-se que a Doutrina dos Espíritos realiza todas as promessas do Cristo a respeito do Consolador anunciado".
 
—    "A moral que os Espíritos ensinam é a do Cristo, pela razão de que não há outra melhor."

—    "O que o ensino dos Espíritos acrescenta à moral do Cristo é o conhecimento dos princípios que regem as relações entre os desencarnados e encarnados, princípios que completam as noções vagas que se tinha da alma, de seu passado e de seu futuro, dando por sanção à doutrina cristã as próprias leis da Natureza."

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-85.gif)   O Espiritismo prepara o homem para os dias do Senhor, entre todos os deserdados, pobres, oprimidos, tal como já conceituamos, da Terra, para o dia de amanhã.

Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 28 de Março de 2013, 05:11


(http://www.quemdisse.com.br/autores/allankardec.jpg)

A Doutrina dos Espíritos, colocando fim:   

(http://timefortuckerman.com/gifs/bk_diam.gif) Ao reino do mal,
(http://timefortuckerman.com/gifs/bk_diam.gif) Ao reino do orgulho,
(http://timefortuckerman.com/gifs/bk_diam.gif) Ao reino do egoísmo,
(http://timefortuckerman.com/gifs/bk_diam.gif) Ao reino da incredulidade...

... Prepara o reino do bem, que é o reino de Deus, anunciado pelo Cristo. Para a consecução deste objetivo, o Consolador guia e traça rotas a seguir.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-552.gif)  Na atualidade, os problemas sociais, morais e políticos, muito pouco diferem dos mesmos problemas existentes nos dias em que Jesus viveu conosco.

Para solucionar os problemas externos busca-se de tudo, enquanto o homem caminha sozinho. em completo desconhecimento. Tudo porque Jesus continua ignorado.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-552.gif)  Envergando novas roupas, ocultos sob estranhas denominações, encontramos ainda os mesmos rabinos odientos e fariseus impiedosos; encontramos ainda saduceus astutos e samaritanos detestados: encontramos ainda galileus humildes e levitas arbitrários.

O homem estimulado pela cultura e pela técnica avança no rumo das estrelas, pelo Cosmos afora, mas ainda não penetrou o centro, o cerne, o íntimo do próprio ser.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-552.gif)  É mais fácil conquistar o exterior, do que a conquista interior sobre si mesmo. Tudo porque Jesus prossegue desconhecido.

Jesus. hoje, na qualidade do Consolador, retorna às paragens humanas, em um momento doloroso, conforme prometera. Volta, ampliando os conceitos de liberdade, de paz, de justiça e de amor, apesar de ainda não vividos e vivenciados por todos.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-552.gif)  Para que na feição do Consolador venha atender a todas as necessidades e fazer secar as nascentes de todas as dores, que o mal insiste em perdurar.

A Doutrina dos Espíritos penetra as mentes e os corações, transformando-se no Amigo Divino, que, como ontem na doce Galileia, mantém continuada conversação com os que o amam e desejam reencontrá-lo, sem levar em conta o longo caminho a percorrer.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-552.gif)  Mas para que tal aconteça é necessário que a Doutrina dos Espíritos seja sentida, vivida e entendida tal como Kardec nos legou.

Sem que conceitos estranhos venham deturpar-lhe as bases e princípios. Para isso urge a reforma dos Centros Espíritas, retornando a Kardec, no estudo e na prática.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-552.gif)  E como ontem, encontramos fariseus, hipócritas, que tentando manter o amor próprio se colocam astuta e impiedosamente aos ataques grosseiros àqueles que, imbuídos do sentimento de Kardec, procuram levá-lo às casas espíritas.

Sentimento de liberdade, através do conhecimento, do estudo, da razão.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-552.gif)  E quando tais ataques partem de companheiros, médiuns, é importante que tenhamos em mente a observação de Kardec, no estudo efetuado na Revista Espírita, l860, página 231, que nos diz:

—   "A natureza dos Espíritos que assistem a um médium é um dos primeiros pontos a considerar. Para a conhecer (a natureza dos Espíritos) há um critério infalível.

—   O critério está nos sentimentos que o Espírito inspira ao médium. Pela maneira do médium agir, portar-se, pautar sua vida diuturnamente, julgamos a natureza dos Espíritos que o dirigem".

—   Jesus já nos ensinara:
—   "Seja o seu falar sim, sim; não, não".

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-552.gif)  Estudemos Kardec, para vivenciarmos Jesus. Somente dessa forma poderemos servir ao Mestre amando-o e seguindo-lhe nos ensinos.

E Ele que continua desconhecido, sentido e vivido, permanece aguardando por nós.

Rubens Policastro Meira.
Grupo Espírita Bezerra de Menezes.




Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 28 de Março de 2013, 20:06


(http://www.orkugifs.com/images/Tarde-de-inverno_1566.gif)


A Magnanimidade de Deus

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-164.gif)  O amor do Todo-Poderoso sustenta nossas vidas e a estrutura do Universo.
Lembremo-nos Dele, expõe Emmanuel:

—     “Para que saibamos agradecer os talentos da vida, abraçando o próprio dever como sendo a expressão de Sua Divina Vontade e encontraremos a força verdadeira de nossa fé, a erguer-nos das obscuridades e problemas da Terra para a rota de luz.”.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-164.gif)  Sim! Rota de luz porque o Altíssimo é um dos princípios mais ancestrais e inexauríveis do patrimônio cultural da humanidade.

Ao longo dos milênios, Deus tem sido objeto dicotômico entre a fé e razão, de medo ou de amor; todavia para o Criador se conduzem as atenções humanas, não só para afirmar a Sua existência, como para denegá-Lo.

Voltaire dizia que:
—     "Se Deus não existisse, então seria necessário inventá-lo, até porque creio no Deus que criou os homens, e não no Deus que os homens criaram.".

(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   René Descartes, na essência da sua vigília racionalista, expõe Deus através da razão.
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Blaise Pascal, por outro lado, fala-nos que só podemos reconhecer Deus através da Fé.

A divisão entre fé e razão sempre existiu ao longo do processo histórico. Compreender o Onipotente pela razão é uma atitude substancialmente filosófica, enquanto que aceitar o Todo-Poderoso pela fé é uma atitude predominantemente religiosa.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-164.gif)  Para nós, espíritas, “Deus é a inteligência suprema, causa primária de todas as coisas.” Recusamos a fé cega e defendemos, com contextos, a fé racional, conduzindo as pessoas a não crerem, simplesmente por terem uma crença qualquer, mas, a saber, porque creem em algo.

Uma das básicas questões espíritas é demonstrar científica e filosoficamente a existência de Deus. Por isso, encontramos Deus em nossas cogitações mais íntimas.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-164.gif)  Quer sejamos crédulos, quer agnósticos, estamos continuamente procurando transcender rumo a metas cada vez mais desafiadoras.

Em Deus não há bifurcações

—     Deus é Absoluto:

(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   É Único,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   É Infinito,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   É Oni-sciente,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   É Oni-potente,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   É Oni-presente.

▬  O filósofo Baruch Spinoza pronunciou certa vez que não necessitamos orar nos santuários:

(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Pétreos,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Lúgubres,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   E obscuros erigidos pelas mãos humanas que cremos ser a Sua Morada.

—     Até porque a casa do Altíssimo está:

(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Nos rios,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Nos lagos,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Nas praias,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Nos bosques,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Nas montanhas...

Aí é onde Ele está e expressa o amor pela humanidade.

Deus não está nos livros.

—     O que adianta ficarmos lendo supostas escrituras sagradas se não sabemos ler Suas Leis:

(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Num por do Sol,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Numa paisagem,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Num amanhecer,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   No olhar dos amigos,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Nos olhos dos filhinhos.

Não encontraremos Deus em nenhum livro!


Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 28 de Março de 2013, 20:09

Por essas e outras razões, Albert Einstein, quando perguntado se acreditava em Deus, respondeu:
—   “Acredito no Deus de Spinoza, que se revela por si mesmo na harmonia de tudo o que existe, e não no Deus teológico”.

(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Amemos pelo encanto de amar, e mesmo que nos machuquemos, terá valido a pena.
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Aprendamos a partilhar o amor.

—   Mas como podemos decompô-lo? Comecemos olhando no fundo dos olhos do nosso filho (independente da idade dele), e digamos:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-164.gif)  Eu o amo!

—   Façamos o mesmo com o:

(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Nosso consorte,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Com nossos pais,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Com nossos avós,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Com nossos irmãos.

A Bondade de Deus é refletida pela Lei da exuberância da vida.

—   Mas o que é a vida?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-164.gif)  Bem, a vida é um arquiteto admirável, que alça nas profundezas submarinas, os castelos de algas e de corais.

A vida é um formidável escultor, que constrói cada folha e talha ramículos e contornos jamais repetidos em qualquer outra flor ou folha encontrada na Terra.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-164.gif)  A vida é um químico sublime, que confere a cada fruta o seu sabor peculiar e inconfundível, e através das raízes entranhadas nos solos consegue converter água em açúcar e madeira. A vida é um perfumista primoroso que transforma o húmus em fragrância.

—   Por isso há os que agradecem ao Criador convertendo:

(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   A infecundidade da terra em sossegado, tranquilo e alegre jardim.
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Plantam e colhem e idealizam milhões de buquês de flores.

—   Outros compõem:

(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Melodias,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Criam leis,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Constroem casas,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Improvisam poemas,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Varrem os logradouros públicos.

—   E sempre quando trabalhamos sob a inspiração de Deus:

(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   O ar,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   O céu,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   E a terra e se enriquecem de sublimados êxtases,

—   Tudo se expande e se alegra no Universo:

(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Oceanos musicalizam suas águas no "fluxo e refluxo" das marés;
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Cachoeiras se arremessam das altitudes orvalhando encostas majestosas no silencioso e nobre gigantismo das montanhas;
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   As soberbas árvores se curvam em suave reverência às plantinhas delicadas e aos quase imperceptíveis arbustos tênues, abarcando o altar da natureza, exaltando a Grandiosa Criação.

Isso mesmo!

—   A vida está:

(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   No ar,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   No mar,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Na terra, 
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Nas flores,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Nas estrelas,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Nas montanhas...

A vida está no protoplasma: uma gota gelatinosa invisível a olho nu, que na cabeça de alfinete comportaria 1 milhão de gotículas.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-164.gif)  Se por acaso toda a vida – animal, vegetal, humana – desaparecesse da face da Terra e ficasse um só protoplasma e um raio de sol, o heliotropismo  restabeleceria a vida através da lei da cissiparidade, e essa única gotícula se multiplicaria sucessivamente.

—   E em breve estariam:

(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Os campos,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Os prados reverdecidos,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Os mares e rios povoados,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   A Terra povoada, na ninharia de alguns milhões de anos apenas.

A nossa compreensão de Deus muda na mesma proporção em que a nossa percepção sobre a vida se amplia.

—   É uma tarefa espinhosa, quando:

(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   O limitado intenta alcançar o Ilimitado,
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/utilnet/Bullets/bullet22.gif)   Ou o finito entender o Infinito.

Da mega estrutura dos astros à infra-estrutura subatômica, tudo está mergulhado na substância viva da mente do Criador da vida. 

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-164.gif)  Portanto, guardemo-nos em Deus e exoremos ao Mestre Galileu, Seu Venerado Emissário, para que acuda-nos na absorção dos eflúvios do amor e da bênção da Paz.

Ajoelhemo-nos, em espírito, para rogar aos Benfeitores Espirituais não nos permitam a desesperança, em face do desamor de alguns.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-164.gif)  Afim de que possamos, no derradeiro instante do testemunho, ver, sentir, oscular a face Augusta do Senhor, refletida, no curso de milênios, na Vida e na Obra de Jesus Cristo.

Jorge Hessen.



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 29 de Março de 2013, 03:05


(http://4.bp.blogspot.com/-DD8440mLIBE/ThPBIISpMJI/AAAAAAAAA10/9yXXQORdeHo/s400/CruzSemanaSanta.gif)

Jesus, Mestre por Excelência

(http://dl10.glitter-graphics.net/pub/1342/1342350kpwgpkdx41.gif)   Entre todos os temas sobre os quais tenho escrito, os mais fascinantes são aqueles em que discorro sobre Jesus. Ele que é a mais elevada expressão humana e a mais mencionada da História.

▬  O Mestre foi, é e sempre será, inspiração para os majestosos arranjos literários e sobretudo para obras de arte:

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Teatro,
(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Poesia,
(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Pintura,
(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Música,
(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Escultura.

▬  Mesmo assim, nenhum:

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Vocábulo,
(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)   Fórmula poética,
(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)Fórmula artística,
(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Fórmula filosófica,
(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Ou qualquer louvor em Sua memória...

... Conseguirá traduzir o que Ele representa para cada um de nós.

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Ele é a avenida,
(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  A veracidade,
(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)A existência.

Nenhuma pessoa irá ao Criador, senão por Ele.

(http://dl10.glitter-graphics.net/pub/1342/1342350kpwgpkdx41.gif)   Todos os milhares de volumes dos mais variados livros ditos sagrados Jesus resumiu em uma única citação, que abrange toda a sabedoria e cultura terrestres:

▬  Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo.

O seu desempenho foi o de colossal fanal, fulgurando nossas estradas e mostrando a todos como poderemos obter a felicidade. Foi um Educador por excelência, tanto que foi o único adjetivo que teve o seu apoio, o de Mestre.

(http://dl10.glitter-graphics.net/pub/1342/1342350kpwgpkdx41.gif)   É verdade!

Jesus jamais aceitou qualquer outra qualificação, e o único título que admitiu foi o de ser chamado de Mestre. Verdadeiramente, Jesus foi com toda a pujança o Mestre por excelência.

(http://dl10.glitter-graphics.net/pub/1342/1342350kpwgpkdx41.gif)   Translúcido como um cristal era o Seu caráter – e no entanto, Ele continua sendo o maior enigma de todos os séculos. Para alguns religiosos, é entronado como uma divindade.

O motivo pelo qual alguns consideram Jesus um Semideus, é a sua colossal elevação espiritual. Diante Dele, todos ficamos muito pequeninos, ressaltando-se as nossas deficiências e inferioridades.

(http://dl10.glitter-graphics.net/pub/1342/1342350kpwgpkdx41.gif)   Perante o Mestre, somos tão nanicos que ele nos parece ser uma Divindade. Daí a confusão de alguns religiosos. Um dos mandamentos inesquecíveis de Jesus está contido no Sermão da Montanha.

Nessa belíssima lauda, avaliada por Mahatma Gandhi como a mais pura essência do cristianismo, a ponto de o Iluminado da Índia pronunciar:

(http://dl10.glitter-graphics.net/pub/1342/1342350kpwgpkdx41.gif)  Que se um cataclismo extinguisse toda a sabedoria humana, com todos os seus livros e bibliotecas, se restasse apenas o Sermão da Montanha, as gerações futuras teriam nele toda a beleza e sabedoria necessárias para a vida.

▬  Jesus é o Redentor:

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  O Mestre,
(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  O Profeta,
(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  O consolador,
(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  O diretor planetário.

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Não adulava os poderosos e não oprimia os excluídos sociais.
(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Não repudiava "madalenas" nem apedrejava “adúlteras”...

... Mas lançava os penitentes verbos de perdão. Por servir ao próximo, com modéstia, sem agressões e arrogâncias,

(http://dl10.glitter-graphics.net/pub/1342/1342350kpwgpkdx41.gif)   Ele foi tido como insensato e rebelde violador da lei e inimigo da população, sendo escolhido por essa mesma turba para receber com a cruz o glorioso laurel de acúleos.

Mas o sacrifício Dele não deve ser apreciado tão somente pela dolorida demonstração do Calvário.

(http://dl10.glitter-graphics.net/pub/1342/1342350kpwgpkdx41.gif)   A coroa e a cruz representaram o desfecho da obra do Mestre, mas o sacrifício na sua exemplificação se constatou em todos os dias da sua passagem pela Terra.

▬  Anunciando as bem-aventuranças à população no monte, não a desvia para a brutalidade, a fim de assaltar o celeiro dos outros.

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Não alicia o povo a reclamações.
(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Multiplica, Ele mesmo, o pão que a reconforta e alimenta.
(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Recomenda acatamento aos patrimônios da direção política, na circunspecta expressão "a César o que é de César".

Evidenciando as apreensões que o vestiam, diante da renovação do mundo íntimo, não se regozijou em assentar-se no trono dos gabinetes, de onde os generais e os legisladores costumam ditar ordens.

▬  Desceu, Ele próprio, ao seio do povo e entendeu-se pessoalmente com:

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Os velhos e os doentes,
(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Com as mulheres e as crianças.

A Sua lição fulge como um Sol sem crepúsculo, conduzindo a Humanidade ao Porto da paz!

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Para os filósofos, Ele é o centro de polêmicas e cogitações infindáveis.
(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Para a maioria dos teólogos, Ele é objeto de estudo, nas letras do Velho e do Novo Testamento, imprimindo novo rumo às interpretações de fé.

Conquanto alguns (kardequiólogos) tentem bani-lo do movimento espírita, para nós, ESPÍRITAS, Jesus foi, é e será sempre a síntese da Ciência, da Filosofia e da Religião (tripé do edifício Espírita).

(http://dl10.glitter-graphics.net/pub/1342/1342350kpwgpkdx41.gif)   A Doutrina dos Espíritos vem colocar o Evangelho do Cristo na linguagem da razão.

▬  Com explicações:
(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Racionais,
(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Filosóficas,
(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  E científicas.

Sem abandonar o aspecto sensível da emoção que é colocado na sua expressão profunda.

(http://dl10.glitter-graphics.net/pub/1342/1342350kpwgpkdx41.gif)   Demonstra que o sentimento e a razão podem e devem caminhar pela mesma alameda, pois constituem as duas asas de libertação definitiva do homem.

Jorge Hessen.


Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 29 de Março de 2013, 06:12



[attachimg=1align=center=width=450]     

Deus, Jesus e o Espiritismo
     
(http://c5.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/P3d02b98a/50180_001dr11q.gif)   Deus é o Pai e Jesus, como todos nós, seu filho. Cabe a nós apressarmos nossa chegada às ordens superiores. Se ainda nos atrasamos tanto é porque não compreendemos a mensagem.

Os conceitos de Deus e Jesus são no Espiritismo diferentes de outras doutrinas.

(http://c5.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/P3d02b98a/50180_001dr11q.gif)   Jesus é um dos filhos de Deus. Um entre os Cristos do Universo que cuidam dos mundos. Não foi Deus quem veio à Terra encarnado, mas Jesus, um de seus mais competentes auxiliares.

Deus é o Pai, criador de todas as coisas, e suas leis se observam nas pedras, nas plantas, nos bichos e, com mais razão, nos homens. Muitas crenças dizem que o homem deve ser temente a Deus. O Espiritismo diz que o homem deve ser temente a si mesmo.

(http://c5.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/P3d02b98a/50180_001dr11q.gif)   Não devemos ter medo de Deus nem de ninguém. Se tivermos a consciência tranqüila, estaremos em harmonia com tudo e com todos.

Todos os anos repetem-se as teatralizações da paixão e morte de Jesus, onde atores e plateias, nos palcos e nas ruas revivem sua crucificação. Lamentável é que os religiosos perpetuem esta heresia e os poderes oficiais prestigiem os espetáculos.

(http://c5.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/P3d02b98a/50180_001dr11q.gif)   Seria mais útil mostrar aos homens o verdadeiro Jesus, mensageiro da Boa Nova, usando estes eventos para divulgar o cristianismo e não só repetidas cenas de sofrimento e agressão.

Ao estudarmos o Mestre, encontramos lições e exemplos sobre as leis da vida, e não precisamos nos concentrar no homem trôpego que acabou pregado a cruz. Sua mensagem traz orientações para que vivamos a felicidade na Terra, apesar de ser ela, ainda, um mundo de provações e resgates.

Há religiões que afirmam ter Jesus derramado seu sangue para lavar os pecados do homem. Mas, o que encontramos nas escrituras é diferente::

(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)   "Ajuda-te que o céu te ajudará",
(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)   "A cada um segundo suas obras",
(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)   "A semeadura é livre, mas a colheita obrigatória".

Mesmo que Ele tenha lavado nossos pecados, já erramos tudo de novo, muitas vezes.

(http://c5.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/P3d02b98a/50180_001dr11q.gif)   O sofrimento e o sangue derramado no momento da agonia transformaram-se no corolário apoteótico que marcou uma vida de renúncia plena, em favor da humanidade, a tal ponto que a cruz virou símbolo de fé.

A cena, porém, envergonha os homens que pagaram com traição o maior gesto de amor que lhes foi oferecido. Os interesses materiais falaram e ainda falam mais alto.

(http://c5.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/P3d02b98a/50180_001dr11q.gif)   Emmanuel, no livro "O Consolador", quando perguntado se o sacrifício de Jesus deve ser apreciado apenas pelo doloroso sofrimento do calvário, disse:

"O calvário representou o escoamento da obra do Senhor, mas o sacrifício na sua exemplificação se verificou em todos os dias da sua passagem pelo planeta.

(http://c5.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/P3d02b98a/50180_001dr11q.gif)   E o cristão deve buscar, antes de tudo, o modelo nos exemplos do Mestre, porque o Cristo ensinou com amor e humildade o segredo da felicidade espiritual, sendo imprescindível que todos os discípulos edifiquem no íntimo essas virtudes, com as quais saberão suportar o calvário das suas próprias dores, quando chegar o momento."

No que diz respeito ao Criador, "Deus é perfeição e misericórdia absolutas", conforme a resposta da primeira pergunta do Livro dos Espíritos (Que é Deus?).

(http://c5.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/P3d02b98a/50180_001dr11q.gif)   O grande legislador do universo não cuida individualmente de ninguém, deixa-nos livres para que nos movimentemos à vontade, colhendo os resultados de nossas ações. E isto independe de religião.

Estamos no terceiro milênio e não podemos mais aceitar a idéia de que Deus puna os homens por suas faltas. Considerando a necessidade da reencarnação, fala-se de resgates a que o homem estaria obrigado por faltas cometidas, sujeitando-se a sofrimentos que atingiriam os órgãos causadores dos erros.

(http://c5.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/P3d02b98a/50180_001dr11q.gif)   Ainda hoje há quem afirme que reencarnamos para sofrer e pagar, quando na verdade a oportunidade nos é dada para aprender ou reaprender o que não foi devidamente assimilado.

É tempo de compreender que somos conseqüência interminável de nós mesmos. As atuais lesões das partes doentes foram causadas por nós e se encontram impregnadas no perispírito, que é a matriz do corpo físico.

(http://c5.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/P3d02b98a/50180_001dr11q.gif)   Ao lesarmos o corpo material, fazemos o mesmo com o espiritual. Retornando a Terra, trazemos conosco estas imperfeições que se materializam no novo corpo. A imperfeição  é, portanto, resultado do nosso comportamento.

(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)   Não é Deus que pune ou perdoa.
(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)   Não há castigo, mas carma., na assepção do sentido.

[Precisamos, como espíritas, compreender que a vida é única e eterna, na qual já estamos há muito tempo, ora na matéria, ora na erraticidade ou em matérias sutis que ainda fogem ao nosso entendimento, mas guardando sempre nossa individualidade, criada à imagem e semelhança de Deus.

(http://c5.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/P3d02b98a/50180_001dr11q.gif)   Portanto, podemos concluir que somos hoje o resultado do ontem e estamos agora preparando o amanhã.

Adaptado de texto da Revista Internacional de Espiritismo.
autoria de Octávio Caúmo Serrano.



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 29 de Março de 2013, 15:08

[attachimg=1align=center=width=450]     

Jesus era um coelho?

▬  Papai, por que hoje é feriado?
▬  Hoje é sexta feira santa e domingo será Páscoa

▬  Papai, o que é Páscoa?
▬  Ora, Páscoa é... Bem... é uma festa religiosa!

▬  Igual ao Natal?
▬  É parecido. Só que no Natal comemora-se o nascimento de Jesus, e na Páscoa, se não me engano, comemora-se a sua ressurreição.

▬  Ressurreição?
▬  É, ressurreição.

▬  Martaaaaa, vem cá !
▬  Sim?
▬  Explica para esse garoto o que é ressurreição para eu poder ler o meu jornal.

▬  Bom, meu filho, ressurreição é tornar a viver após ter morrido. Foi o que aconteceu com Jesus, três dias depois de ter sido crucificado. Ele Ressuscitou e subiu aos céus.  Entendeu ?
▬  Mais ou menos...
 
▬  Mamãe, Jesus era um coelho?
▬  O que é isso menino? Não me fale uma bobagem dessas! Coelho!
▬  Jesus Cristo é o Papai do Céu! Nem parece que esse menino foi batizado!

▬  Jorgeeeeeee, esse menino não pode crescer desse jeito, sem ir numa missa pelo menos aos domingos. Até parece que não lhe demos uma educação cristã!... já pensou se ele solta uma besteira dessas na escola? Deus que me perdoe! Amanhã mesmo vou matricular esse moleque no catecismo!

▬  Mamãe, mas o Papai do Céu não é Deus?
▬  É filho, e Jesus é o filho de Deus. Você vai estudar isso no Catecismo. É a Trindade. Deus é Pai, Filho e Espírito Santo.

▬  O Espírito Santo também é Deus?
▬  É sim.

▬  E Minas Gerais?
▬  Sacrilégio!!!

▬  É por isso que a ilha de Trindade fica perto do Espírito Santo?
▬  Não é o Estado do Espírito Santo que compõe a Trindade, meu filho, é o Espírito Santo de Deus.  É um negócio meio complicado, nem a mamãe entende direito. Mas se você perguntar no catecismo a professora explica tudinho!

▬  Bom, se Jesus não é um coelho, quem é o coelho da Páscoa?
▬  Eu sei lá! É uma tradição. É igual a Papai Noel, só que ao invés de presente ele traz ovinhos.

▬  Coelho bota ovo?
▬  Chega! Deixa eu ir fazer o almoço que eu ganho mais!

▬  Papai, não era melhor que fosse galinha da Páscoa?
▬  Era... Era melhor, Sim... Ou então urubu.

▬  Papai, Jesus nasceu no dia 25 de dezembro, né?
▬  Que dia ele morreu?
▬  Isso eu sei: na Sexta-feira Santa.
▬  Que dia e que mês?
▬  Sabe que eu nunca pensei nisso? Eu só aprendi que ele morreu na sexta-feira Santa e ressuscitou três dias depois, no Sábado de Aleluia...

▬  Um dia depois!
▬  Não, três dias depois.
▬  Então morreu na Quarta-feira.
▬  Não, morreu na Sexta-feira Santa...
 
▬  Ou terá sido na quarta-feira de cinzas?
▬  Ah, garoto, vê se não me confunde! Morreu na Sexta mesmo e ressuscitou no sábado, três dias depois! Como? Pergunte à sua professora de catecismo!

▬  Papai, porque amarraram um Monte de bonecos de pano lá na rua?
▬  É que hoje é Sábado de Aleluia, e o pessoal vai fazer a malhação do Judas. Judas foi o apóstolo que traiu Jesus.

▬  O Judas traiu Jesus no Sábado?
▬  Claro que não! Se Jesus morreu na Sexta!!!

▬  Então por que eles não malham o Judas no dia certo?
▬  Uiiii...
▬  Papai, qual era o sobrenome de Jesus?
▬  Cristo. Jesus Cristo.

▬  Só?
▬  Que eu saiba sim, por quê?
▬  Não sei não, mas tenho um palpite de que o nome dele era Jesus Cristo Coelho. Só assim esse negócio de coelho da Páscoa faz sentido, não acha?

▬  Ai, coitada!
▬  Coitada de quem?
▬  Da sua professora de catecismo!

Texto de Luis Fernando Veríssimo.



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 30 de Março de 2013, 03:11


(http://scrap.mixplanet.com.br/imagens/religioso/religioso(92).gif)


Provas da existência de Deus

(http://i11.photobucket.com/albums/a168/evelynregly/minigifs/th_nakayoshi2.gif)  Onde se pode encontrar a prova da existência de Deus?

Desde que se crê não haver efeito sem causa, procurai a causa de tudo o que não é obra do homem. Basta que se lance um olhar sobre as boas coisas criadas.

(http://i11.photobucket.com/albums/a168/evelynregly/minigifs/th_nakayoshi2.gif)   O Universo existe, logo tem uma causa. Até o sentimento instintivo que todos os homens trazem em si da existência de Deus é uma prova.

Por que, de onde, viria esse sentimento se não houvesse uma base? Não pode ser somente fruto da educação, porque os selvagens também possuem esse sentimento.

(http://i11.photobucket.com/albums/a168/evelynregly/minigifs/th_nakayoshi2.gif)   O acaso é nada e o NADA não produz um fenômeno inteligente.

Temos um provérbio que diz:
▬   "Pela obra se reconhece o autor".

(http://i11.photobucket.com/albums/a168/evelynregly/minigifs/th_nakayoshi2.gif)   A harmonia do Universo demonstra uma inteligência suprema. Na organização dos seres, descobre-se o incessante movimento dos átomos que os compõem, bem como a permuta constante e operante entre todas as coisas.

▬   Justa é portanto a nossa admiração por tudo o que vive na superfície da Terra:

(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)  O som que estremece a folhagem, canta na orla dos bosques, ruge nas plagas marinhas.

(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)  A luz que espalha a irridência nos prados e nutre as plantas com um sopro impalpável também povoa a atmosfera de maravilhosas belezas aéreas.

(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)  O mesmo calor solar que mantém no estado líquido a água dos rios e dos mares, conduz a seiva à fronde das árvores e faz pulsar o coração dos abutres e das pombas.

Em tudo vemos, enfim, há uma correlação de forças físicas, que abrange num mesmo sistema a totalidade da vida sob a comunhão das mesmas leis.

(http://i11.photobucket.com/albums/a168/evelynregly/minigifs/th_nakayoshi2.gif)   Os mesmos argumentos que tiramos do panorama do Universo sideral e da mecânica celeste, por demonstrar o ascendente da força sobre a matéria, podem colher ao exame dos corpos terrestres.

Lá é o hino do infinitamente grande; aqui, a minudência do infinitamente pequeno.

(http://i11.photobucket.com/albums/a168/evelynregly/minigifs/th_nakayoshi2.gif)   A força rege identicamente os movimentos atômicos e as órbitas imensas das esferas siderais. Muda de objeto, muda de nome na classificação dos homens, mas não deixa de ser sempre a mesma força, isto é: a Atração Universal.

Chamam-lhe Coesão quando agrupa os átomos que constituem as moléculas e Gravitação quando impulsa os astros em torno do centro comum de sua gravidade. O nome humano não altera o fato físico.

(http://i11.photobucket.com/albums/a168/evelynregly/minigifs/th_nakayoshi2.gif)   As moléculas, de constituição substancial, são formadas por uma reunião geométrica de átomos.  Cada molécula é um modelo se simetria e representa um tipo geométrico.

Nunca geômetra algum construiu figura tão perfeita qual a que naturalmente reveste a mais insignificante molécula.

▬   As leis da Natureza regem os movimentos:

(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)  Dos átomos,
(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)  Nos seres vivos,
(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)  Como nos inorgânicos.

A mesma molécula passa sucessivamente do mineral ao vegetal e ao animal, neles incorporando-se segundo as leis que organizam todas as coisas.

(http://i11.photobucket.com/albums/a168/evelynregly/minigifs/th_nakayoshi2.gif)   Algumas considerações sobres os corpo humano, que é composto de milhões de células microscópicas, descobertas pelo físico inglês Robert Hoocke.

Nessas minúsculas partículas se concentram todo potencial da vida orgânica.

▬   Nosso corpo, chamado pelo Apóstolo de "O Templo do Espírito" é uma extraordinária máquina dividida em três partes essenciais cabeça, tronco, e membros:

(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)  A alta direção encontra-se nos centros cerebrais:
(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)  Os pulmões, os rins e a pele expulsam os detritos;
(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)  A veia pulmonar envia o sangue oxigenado para o coração;

(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)  Nas glândulas intestinais são produzidos enzimas, que ativam o trabalho da digestão;

(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)  No serviço de limpeza, a rede venosa transporta o sangue carregado de resíduos da combustão;

(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)  Grandes filtros, os pulmões filtram o ar trazido pela traquéia , isolando o oxigênio para misturá-lo ao sangue;

(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)  O pâncreas produz o suco pancreático, que misturado com a bile ajuda a transformar as substâncias em elementos úteis;

(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)  O estômago é verdadeira "batedeira" no trabalho de misturar os sucos digestivos aos alimentos, transformando-os em substâncias mais simples;

(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)  Temos a rede nervosa e as glândulas endócrinas, que produzem os hormônios responsáveis pelo equilíbrio de uma porção de atividades do organismo;

▬   O coração, é uma verdadeira bomba de sucção e irrigação:

(http://i11.photobucket.com/albums/a168/evelynregly/minigifs/th_nakayoshi2.gif)   Envia o sangue "gasto", isto é, sem oxigênio, para os pulmões e de lá recebe novas remessas de sangue, já oxigenado, para distribuí-lo a todas as partes do organismo, através da rede distribuidora de energia, que são as artérias, as veias e vasos capilares.

É por isso que o ESPÍRITO SÃO, aliado ao CORPO SÃO, é capaz de absorver e se ligar aos planos espirituais e também irradiar forças vitais. Isto se dá através dos centros de força ou "chakras", como são chamados.

(http://i11.photobucket.com/albums/a168/evelynregly/minigifs/th_nakayoshi2.gif)   O fluído Cósmico Universal ao ser absorvido por um destes centros de força é metabolizado em fluído vital e canalizado para todo o organismo, com maior ou menor intensidade, de acordo com o estado da criatura, irradiando-se posteriormente em seu derredor, formando o que poderíamos chamar de aura psíquica.




Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 30 de Março de 2013, 03:16


[attachimg=1align=center=width=450]

Exclamava Linneu,
após seus admiráveis trabalhos de botânica:

(http://i11.photobucket.com/albums/a168/evelynregly/minigifs/th_nakayoshi2.gif)   O Deus eterno, onisciente, onipotente, infinitamente sábio, passou-me ante os olhos, não o vi face a face, mas o seu reflexo me saturou o espírito de pasmo e admiração.

Acompanhei-lhe o traço em todas as coisas criadas, em todas as suas obras, das menores às maiores e mesmo nas mais imperceptíveis.

(http://i11.photobucket.com/albums/a168/evelynregly/minigifs/th_nakayoshi2.gif)   Quanta força, quanta sabedoria, quanta perfeição indefinível!

Observei como os seres animados se superpõem e se encadeiam no reino vegetal, os vegetais por sua vez, nos minerais que jazem nas entranhas do globo, ao mesmo tempo que este globo gravita, num plano, invariavelmente, ao redor do Sol que lhe deu vida.

(http://i11.photobucket.com/albums/a168/evelynregly/minigifs/th_nakayoshi2.gif)   Todas as coisas criadas dão testemunho do poder e sabedoria divinos.

A utilidade que elas têm, testificam a bondade de quem as fez; a sua beleza demonstra sabedoria, enquanto que por sua inesgotável fecundidade proclamam a grandeza do poder divino.

▬  São irmãos a luz e o calor.

(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)  A afinidade e o magnetismo casam-se nos mistérios do mundo mineral.
(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)  A ponta inquieta da ímã procura incessantemente o polo.
(http://static.minecraftforum.net//public/style_emoticons/default/diamond.png)  A planta eleva-se apaixonada pela luz.

Estende o crepúsculo o seu manto sobre a noite e os tépidos perfumes dos vales aquecem os pés gelados da noite.

(http://i11.photobucket.com/albums/a168/evelynregly/minigifs/th_nakayoshi2.gif)   Em aproximando-se a aurora, o beijo do orvalho deixa o traço na corola entreaberta das flores. Átomos e mundos são levados por um só impulso universal.

Na atmosfera, mil ondulações se entrecruzam, mil variedades de forças e combinam. O resultado desse movimento é a VIDA.

(http://i11.photobucket.com/albums/a168/evelynregly/minigifs/th_nakayoshi2.gif)   Mas, para sentir a poesia das coisas, é preciso, antes de tudo, possuir a poesia dentro de si mesmo, é preciso que a alma entre em vibração com a natureza de Deus.

Linneu.
Estudioso em botânica.

Em seu livro Pai Nosso, a querida Meimei dá com o tema "a Existência de Deus" numa linda história:



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 30 de Março de 2013, 03:22
(http://image.blingee.com/images19/content/output/000/000/000/793/751132832_42478.gif)


A Caravana Àrabe

Conta-se que um velho árabe analfabeto orava com tanto fervor e com tanto carinho, cada noite, que certa vez, o rico chefe de grande caravana chamou-o à sua presença e lhe perguntou:

▬  Por que oras com tanta fé?
(http://media.tumblr.com/tumblr_m89srx3ooH1qdlkyg.gif)   Como sabes se Deus existe, quando nem ao menos sabes ler?

▬  O crente fiel respondeu:
(http://media.tumblr.com/tumblr_m89srx3ooH1qdlkyg.gif)   Grande senhor, reconheço a existência de Nosso Pai Celestial pelos sinais dele.

▬  Como diz?
Indagou o chefe admirado.

O Servo humilde explicou-se:

(http://media.tumblr.com/tumblr_m89srx3ooH1qdlkyg.gif)   Quando o senhor recebe uma carta de uma pessoa ausente, como reconhece quem a escreveu?
▬  Pela letra.

(http://media.tumblr.com/tumblr_m89srx3ooH1qdlkyg.gif)   Quando o senhor recebe uma joia, como é que se informa sobre o valor dela?
▬  Pela marca do ourives.

O velho árabe sorriu e acrescentou:

(http://media.tumblr.com/tumblr_m89srx3ooH1qdlkyg.gif)   Quando ouve passos de animais ao redor da tenda, como sabe, depois, se foi um carneiro, um cavalo ou um boi?
▬  Pelos rastros.

▬  Então o servo fiel convidou-o para fora da barraca e, mostrando-lhe o céu, onde a lua brilhava, cercada por multidões de estrelas, e exclamou respeitoso:
(http://media.tumblr.com/tumblr_m89srx3ooH1qdlkyg.gif)   Senhor, aqueles sinais, lá em cima, não podem ser dos homens!

▬  Nesse momento, o orgulhoso caravaneiro, de olhos lacrimosos ajoelhou-se na areia e começou a orar também.

O livro dos Espíritos.
Meimei...



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 30 de Março de 2013, 15:43

(http://2.bp.blogspot.com/-qciABXmRRyA/Tw409H974LI/AAAAAAAAliY/iSjgVuTBoiI/s320/Pai-Filho-e-Espirito-Santo.jpg)

Trindade Santa
(http://3.bp.blogspot.com/-tAvT3nrQFH4/TzugnGPN8AI/AAAAAAAATps/tuU-Xc7o_y8/s1600/th_0minicomidamagia.gif)   Conta o pessoal da velha guarda, em Bauru, que na primeira metade do atribulado século passado havia um sacerdote decididamente empenhado em erradicar o Espiritismo, que fincara pé na cidade a partir da fundação do Centro Espírita Amor e Caridade, em dezembro de 1919.

A par das diatribes contra a Doutrina, em suas homilias domingueiras, situando-a como iniciativa do demônio para infiltrar-se entre os incautos, ele costumava determinar que as procissões passassem em frente ao Centro.

(http://3.bp.blogspot.com/-tAvT3nrQFH4/TzugnGPN8AI/AAAAAAAATps/tuU-Xc7o_y8/s1600/th_0minicomidamagia.gif)   Então fazia parar o cortejo e exorcizava a respeitável instituição com gestos rituais e palavras pronunciadas em latim, do tipo vade retro satane! Os fiéis persignavam-se buscando proteção contra supostas investidas do tinhoso, expulso de seu "reduto".

Os participantes do Centro, quando presentes, contemplavam perplexos aquela incrível manifestação de intolerância religiosa, chegando a temer que algum crente mais afoito exercitasse atos de vandalismo, em nome da fé.

(http://3.bp.blogspot.com/-tAvT3nrQFH4/TzugnGPN8AI/AAAAAAAATps/tuU-Xc7o_y8/s1600/th_0minicomidamagia.gif)   Os tempos mudaram. O Espiritismo firmou-se. Tem hoje milhões de adeptos, incontáveis simpatizantes e é respeitado particularmente pela grandiosa obra social que realiza, atendendo à multidão aflita e sofredora.

Seus opositores desistiram de atribuir a Doutrina às artes do demônio. Impossível que satanás se voltasse contra ele próprio, pondo-se a estimular a bondade.

—   Jesus, que enfrentou idêntica acusação dos fariseus, ensinou:

(http://4.bp.blogspot.com/-4lEt05EgC7o/TvjXQqUB5cI/AAAAAAAADjA/yAOYnQXGE2I/s1600/mini_gifs84.gif)   Todo reino dividido contra si mesmo acabará em ruína,
(http://4.bp.blogspot.com/-4lEt05EgC7o/TvjXQqUB5cI/AAAAAAAADjA/yAOYnQXGE2I/s1600/mini_gifs84.gif)   E toda cidade, ou casa, dividida contra si mesma, não subsistirá.
(http://4.bp.blogspot.com/-4lEt05EgC7o/TvjXQqUB5cI/AAAAAAAADjA/yAOYnQXGE2I/s1600/mini_gifs84.gif)   E, se satanás expulsa satanás, está dividido contra si mesmo. Como, pois subsistirá o seu reino? (Mateus, 12:25-26).

Somente religiosos retrógrados, que negam o que não conhecem e condenam o que não se dão ao trabalho de examinar, continuam achando que o demônio dirige o Centro Espírita.

(http://3.bp.blogspot.com/-tAvT3nrQFH4/TzugnGPN8AI/AAAAAAAATps/tuU-Xc7o_y8/s1600/th_0minicomidamagia.gif)   A propósito, leitor amigo, a Doutrina Espírita faz surpreendente revelação:

Demônios são apenas homens desencarnados ou as almas dos mortos, agindo no plano espiritual de conformidade com as tendências cultivadas na Terra, mas submetidos a leis divinas que mais cedo ou mais tarde os conduzirão aos roteiros do Bem, já que para isso fomos criados e Deus não falha jamais em seus objetivos.

(http://3.bp.blogspot.com/-tAvT3nrQFH4/TzugnGPN8AI/AAAAAAAATps/tuU-Xc7o_y8/s1600/th_0minicomidamagia.gif)   Assim, o "demônio" até pode manifestar-se no Centro Espírita, apenas para receber ajuda, dentro da melhor orientação cristã. Como ensinava Jesus, os sãos não precisam de médico...

Não obstante os progressos alcançados, há muito que se fazer no sentido de esclarecer as pessoas quanto às finalidades do Centro Espírita. Há idéias equivocadas.

—   Supõe-se que o Centro Espírita é:

(http://4.bp.blogspot.com/-4lEt05EgC7o/TvjXQqUB5cI/AAAAAAAADjA/yAOYnQXGE2I/s1600/mini_gifs84.gif)   Ambulatório de revitalização magnética com o passe;
(http://4.bp.blogspot.com/-4lEt05EgC7o/TvjXQqUB5cI/AAAAAAAADjA/yAOYnQXGE2I/s1600/mini_gifs84.gif)   Hospital para tratamento de males variados, físicos e psíquicos;
(http://4.bp.blogspot.com/-4lEt05EgC7o/TvjXQqUB5cI/AAAAAAAADjA/yAOYnQXGE2I/s1600/mini_gifs84.gif)   Caixa postal para correspondências postadas no correio mediúnico;
(http://4.bp.blogspot.com/-4lEt05EgC7o/TvjXQqUB5cI/AAAAAAAADjA/yAOYnQXGE2I/s1600/mini_gifs84.gif)   Gabinete de consultas espirituais, revivendo os oráculos e as pitonisas;
(http://4.bp.blogspot.com/-4lEt05EgC7o/TvjXQqUB5cI/AAAAAAAADjA/yAOYnQXGE2I/s1600/mini_gifs84.gif)   Posto de evocação de poderes mágicos para resolver problemas particulares.

—   Há uma providência fundamental.

(http://3.bp.blogspot.com/-tAvT3nrQFH4/TzugnGPN8AI/AAAAAAAATps/tuU-Xc7o_y8/s1600/th_0minicomidamagia.gif)   Reconhecer que, num primeiro momento, o Centro Espírita deve ser encarado como uma Escola, onde noções fundamentais são oferecidas a respeito da Vida.

—   Ficamos sabendo:
 
(http://4.bp.blogspot.com/-4lEt05EgC7o/TvjXQqUB5cI/AAAAAAAADjA/yAOYnQXGE2I/s1600/mini_gifs84.gif)   De onde viemos,
(http://4.bp.blogspot.com/-4lEt05EgC7o/TvjXQqUB5cI/AAAAAAAADjA/yAOYnQXGE2I/s1600/mini_gifs84.gif)   Para onde vamos,
(http://4.bp.blogspot.com/-4lEt05EgC7o/TvjXQqUB5cI/AAAAAAAADjA/yAOYnQXGE2I/s1600/mini_gifs84.gif)   Porque estamos na Terra,

A partir desse conhecimento, que envolve também preciosas noções sobre leis que regem nossa existência, como a Reencarnação, Causa e Efeito e Sintonia Mediúnica, adquirimos condições para enfrentar com segurança nossos problemas, superando mazelas e imperfeições.

—   Aprendemos, então, que além de escola o Centro Espírita é também:

(http://3.bp.blogspot.com/-tAvT3nrQFH4/TzugnGPN8AI/AAAAAAAATps/tuU-Xc7o_y8/s1600/th_0minicomidamagia.gif)   Oficina de trabalho, onde o esforço do bem é o elixir milagroso para todos os males. Templo sagrado para a comunhão com o Criador, a partir do inadiável esforço de nossa própria renovação.

—   Santa Trindade:

(http://4.bp.blogspot.com/-4lEt05EgC7o/TvjXQqUB5cI/AAAAAAAADjA/yAOYnQXGE2I/s1600/mini_gifs84.gif)   Escola,
(http://4.bp.blogspot.com/-4lEt05EgC7o/TvjXQqUB5cI/AAAAAAAADjA/yAOYnQXGE2I/s1600/mini_gifs84.gif)   Oficina,
(http://4.bp.blogspot.com/-4lEt05EgC7o/TvjXQqUB5cI/AAAAAAAADjA/yAOYnQXGE2I/s1600/mini_gifs84.gif)   Templo.

(http://3.bp.blogspot.com/-tAvT3nrQFH4/TzugnGPN8AI/AAAAAAAATps/tuU-Xc7o_y8/s1600/th_0minicomidamagia.gif)   Eis a santa trindade que faz do Centro Espírita abençoada célula do Cristianismo Redivivo, sustentada por servidores esclarecidos e conscientes, dispostos ao glorioso esforço em favor de um mundo melhor.

Richard Simonetti
(Revista "Visão Espírita", nº10)



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 01 de Abril de 2013, 02:32


[attachimg=1align=center=width=500]

A Divindade de Jesus

(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_2894.gif)  Tentaremos, com este estudo, mostrar que esta questão é importante para nós os Cristãos.

Se tivermos a Jesus como o próprio Deus é-nos difícil seguir seus ensinos, exemplificados em suas ações, pois tudo o que fez não servirá para nós como modelo de como fazer ou agir, visto ter partido de um ser que tudo pode, seria algo inatingível para nós os mortais.

(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_2894.gif)  Por outro lado, com o conhecimento que vamos adquirindo através de estudos vemos, como iremos demonstrar, uma perfeita consonância com os missionários divinos de religiões não cristãs, e com isto a crença em nossa religião fica bem abalada.

E se ao contrário o colocarmos na condição de homem, ficaria muito mais fácil seguir seus exemplos, pois de igual para igual encontraremos forças para aplicar os seus ensinos.

▬  Mas afinal quando Jesus foi considerado Deus?

(http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif)  Desde o início do cristianismo?
(http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif)  O que o povo e Ele mesmo pensava?
(http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif)  O que pensavam seus discípulos sobre o assunto?

▬  Para respondermos estas perguntas, primeiramente, iremos recorrer ao Evangelho:

(http://2.bp.blogspot.com/-YpmAmSeFpHQ/T9u7f6Wt5QI/AAAAAAAAj4g/ylgJp4Pf4rw/s1600/FLOR.gif)  a) O que os discípulos pensavam,
(http://2.bp.blogspot.com/-YpmAmSeFpHQ/T9u7f6Wt5QI/AAAAAAAAj4g/ylgJp4Pf4rw/s1600/FLOR.gif)  b) O que o povo pensava,
(http://2.bp.blogspot.com/-YpmAmSeFpHQ/T9u7f6Wt5QI/AAAAAAAAj4g/ylgJp4Pf4rw/s1600/FLOR.gif)  c) O que dizia Jesus.

(http://2.bp.blogspot.com/-YpmAmSeFpHQ/T9u7f6Wt5QI/AAAAAAAAj4g/ylgJp4Pf4rw/s1600/FLOR.gif)  a) O que os discípulos pensavam:
Lucas 24, 19 ▬  “Jesus de Nazaré foi um profeta, poderoso em obras e palavras diante de Deus e do povo".

(http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif)  Atos 2, 22: ▬  “Homens de Israel, escutai o que digo:
▬  "Jesus de Nazaré foi o homem credenciado por Deus junto a nós com poderes extraordinários, milagres e prodígios. Bem sabeis as coisas que Deus realizou através dele no meio de vós. "

(http://2.bp.blogspot.com/-YpmAmSeFpHQ/T9u7f6Wt5QI/AAAAAAAAj4g/ylgJp4Pf4rw/s1600/FLOR.gif)  b) O que o povo pensava:
Mateus 16, 13-14: ▬  “Tendo chegado à região de Cesaréia de Filipe, Jesus perguntou aos discípulos:

▬  Quem dizem por ai as pessoas que é o filho do homem?”
Responderam:
▬  “Umas dizem que é João Batista, outras que é Elias, outras enfim, que é Jeremias ou alguns dos profetas”.

(http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif)  Mateus 26, 67-68:
▬  “Então, cuspiram no seu rosto e cobriram-no de socos. Outros lhe davam bordoadas.

E lhe diziam:
▬  "Mostra que és profeta, ó Cristo, advinha quem foi que te bateu? "

(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_2894.gif)  João 7, 40-41: ▬  “Muitos daquela gente que tinham ouvido essas palavras de Jesus afirmavam:
▬  "Verdadeiramente ele é o profeta”.

(http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif)  João 9, 17: ▬  “Perguntaram ainda ao cego:
▬  "Qual é a tua opinião a respeito de quem abriu os olhos?"

Respondeu:
▬  "É um profeta".

(http://2.bp.blogspot.com/-YpmAmSeFpHQ/T9u7f6Wt5QI/AAAAAAAAj4g/ylgJp4Pf4rw/s1600/FLOR.gif)  c) O que dizia Jesus:
Lucas 13, 33: ▬  “Entretanto devo continuar meu caminho hoje, amanhã e no dia seguinte, porque não convém que um profeta morra fora de Jerusalém".

(http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif)   João 8, 40: ▬  “Procurais tirar-me a vida a mim que sou homem, que vos digo a verdade que de Deus ouvi".

(http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif)  Marcos 6, 4-5: Mas Jesus lhes dizia:
▬  "Um profeta só deixa de ser honrado em sua pátria, em sua casa e entre seus parentes. E não podia ali fazer milagre algum". (Argumento que utilizou para justificar porque Ele não conseguia fazer milagres em Nazaré).

▬  Observamos, assim, que o povo e os seus discípulos acreditavam que Jesus era um profeta, o que foi confirmado pelo próprio Jesus.

(http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif)  Na passagem de João 14, 12-13, ele diz:
▬  “Eu vos afirmo e esta é a verdade: quem crê em mim fará as obras que eu faço. E fará até maiores, porque vou ao Pai, e o que pedirdes ao Pai em meu nome eu farei, para que o Pai seja glorificado no filho".

(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_2894.gif)  Se seguirmos a linha de raciocínio que Ele seja Deus, nós também seríamos deuses, pois segundo suas próprias palavras, poderíamos fazer o que ele fez e até mais. Vemos que não há como considerá-lo Deus.

A base central desta linha de pensamento, que ele era Deus, basicamente vamos encontrá-la em João 10, 30:
▬  “Eu e o Pai somos um". Com isto chegaram à conclusão de que se o Pai é Deus e Jesus sendo um com o Pai, por conseguinte também seria Deus.



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 01 de Abril de 2013, 02:43

(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_2894.gif)  Conclusão digamos apressada e incoerente, pois não pegaram o sentido da frase, apegaram-se à letra.

Mas porque não tiveram a mesma linha de pensamento nesta outra passagem de João (17, 20-23):
▬  “Não rogo somente por eles, mas também por todos aqueles que hão de crer em mim pela sua palavra. Que todos sejam um! Meu pai, que eles estejam em nós, assim como tu estás em mim e eu em ti.

(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_2894.gif)  Que sejam um, para que o mundo creia que tu me enviaste. Eu lhes dei a glória que tu me deste, para que sejam um, como nós somos um: eu neles e tu em mim, para que sejam perfeitamente unidos, e o mundo conheça que tu me enviaste e que os amaste como tu me amaste".

▬  Não seria o caso de dizer então que os discípulos eram deuses?
(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_2894.gif)  Em outras passagens, Jesus se coloca na condição de subordinado a Deus, prestando-lhe obediência e cumprindo-lhe a vontade, ora quem é subordinado está sob ordens de alguém que lhe é superior, vejamos:

(http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif)   João 4, 34: Jesus afirmou:
▬  "Meu alimento é fazer a vontade daquele que me enviou a levar a cabo a sua obra".

(http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif)  João 5, 19: ▬  “Eu vos afirmo e esta é a verdade: o Filho nada pode fazer por si mesmo, a não ser o que vê o Pai fazer".

(http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif)  João 5, 30: ▬  “Não posso fazer nada por mim mesmo. Julgo segundo o que ouço; e o meu julgamento é justo, porque não procuro a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou".

(http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif)  João 6, 37-38: ▬  “Tudo o que o Pai me dá, virá a mim e não jogarei fora o que vem a mim, porque desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou".

(http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif)  João 7, 28: ▬  “Se me amásseis, vos alegraríeis de que eu vá ao Pai, porque o Pai é maior do que eu".

Nessa última passagem, é bem taxativa a superioridade do Pai sobre Jesus. Não há como contestar.

(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_2894.gif)  A questão da divindade de Jesus, rejeitada por três concílios, dos quais o mais importante foi o de Antioquia (269) foi, em 325, proclamado pelo de Nicéia.

Após a declaração de que Jesus era Deus, vem para encaixá-lo o dogma da Santíssima Trindade. Mas somos levados a crer, que esta trindade nada mais foi que uma cópia da base fundamental de outras religiões, bem mais antigas que o cristianismo.

▬  Podemos citar as que constam do Livro “O Redentor” de Edgard Armond:

(http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif)    Osiris, Isis e Orus – dos egípcios,
(http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif)    Voltan, Friga e Dinas – dos celtas,
(http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif)    E a, Istar e Tamus – dos babilônios, 
(http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif)    Brahma, Siva e Vischnu – dos hindus,
(http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif)    Orzmud, Arimam e Mitra – dos persas,
(http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif)     Zeus, Demétrio e Dionísio – dos gregos.

Achamos muito interessante o estudo do Dr. Paul Gibier (O Espiritismo –o faquirismo ocidental) em que ele coloca:
▬  “Uma das analogias mais notáveis do catolicismo, não com o Budismo, mas com Bramanismo, encontra-se em uma das encarnações de Vischnu (filho de Deus) sob a forma de Krischna".

(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_2894.gif)  Krischna, que alguns autores escreviam Christna ou Kristna, foi concebido “sem pecado”, seu nascimento foi anunciado por profecias numerosas e muito antigas. Sua mãe Devanaguy, o concebeu por obra de um Espírito, que lhe apareceu sob os traços de Vischnu, segunda pessoa da trindade Hindu.

Segundo a tradição Hindu e o “Bhagavedagita”, anunciando uma profecia que ele destronaria seu tio, o tirano de Madura, este último mandou encarcerar sua sobrinha Devanaguy, que foi libertada por Vischnu; então o tirano mandou assassinar em todos os seus estados as crianças do sexo masculino nascidas na mesma noite em que Krischna viu a luz (grifo do original).

(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_2894.gif)  Mas o menino foi salvo por milagre, e, 3500 anos mais ou menos antes de nossa era, ele pregava a sua doutrina.

Depois de converter os homens, morreu de morte violenta as margens do Ganges, segundo ordens de Brahma (Deus, o Pai), para realizar a redenção dos homens, como lhes fora prometido.”

Parece que tudo se encaixa na tradição cristã a respeito de Jesus, talvez até fosse necessário, considerando a cultura da época, torná-lo um Deus para que as pessoas pudessem acreditar em seus ensinos.

(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_2894.gif)  Entretanto, achamos, que para os dias de hoje isto poderá causar mais incrédulos, por uma coisa bem simples, é que o homem moderno coloca a razão e a lógica com base para acreditar ou não em algo, e agindo assim também em relação à crença religiosa terá uma fé inabalável.

Com relação a Jesus, poderemos afirmar com absoluta certeza que era um ser superior a nós humanos, sem, entretanto, chegar a ser um Deus, principalmente pelos seus ensinos e exemplos de vida.

(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_2894.gif)  Virtudes essas que serão o nosso passaporte para o “Reino dos Céus”, pois somente através dele é que chegaremos ao Pai, conforme suas palavras:
▬  “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão através de mim”.

Paulo da Silva Neto Sobrinho.



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 02 de Abril de 2013, 04:02



(http://fotosface.com.br/fotos/gifs-jesus-cristo-f945f2.gif)


Legítima Visão Espírita de Jesus

(http://dl8.glitter-graphics.net/pub/2881/2881278umfd2dxt3s.gif)  Em meio à crescente proliferação de idéias exóticas no seio do nosso movimento, sobremodo nos preocupam aquelas cujo resultado é a deturpação da legítima visão espírita de Jesus de Nazaré.

Existem alguns confrades inquietos e invigilantes que desejam proscrever Jesus do Espiritismo.

(http://dl8.glitter-graphics.net/pub/2881/2881278umfd2dxt3s.gif) São pessoas dotadas de maiúscula insensatez que regurgitam suas santas ignorâncias e as torturantes cantilenas de que Jesus não é o único modelo de amor absoluto. 

Alegam que seria injusto que 2/3 da população da Terra que "nunca" ouviram falar do Messias, ficassem "órfãos" de suas lições.

▬  Segundo a revista alemã Der Spiegel o panorama estatístico de religiosos atuais do Orbe é o seguinte:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Judeus (0,2%)
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Outros (23,7%)
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Hindus (13,0%)
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Budistas (6,1%),
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Muçulmanos (23,1%)
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Cristãos católicos (16,9%)
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Cristãos não católicos (17,0%).

▬  Em verdade Jesus, durante milênios, enviou seus emissários para instruir:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Raças
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Povos,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   E civilizações com conhecimentos e princípios da lei natural.

Além disso, há dois mil anos, veio pessoalmente ratificar os conhecimentos já existentes, deixando a Boa Nova como patrimônio para toda Humanidade.

▬  Examinando o trajeto histórico das civilizações identificamos que em todos os tempos houve:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Filósofos,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Missionários,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Espíritos Superiores,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Fundadores de Religião...

... Que aqui encarnaram, trazendo novos conhecimentos sobre as Leis Divinas ou Naturais com a finalidade de fazer progredir os habitantes da Terra.

(http://dl8.glitter-graphics.net/pub/2881/2881278umfd2dxt3s.gif) Entretanto, por mais admiráveis que tenham sido suas missões, nenhum se iguala ao Adorável Nazareno. Até mesmo porque todos eles estiveram a serviço do Mestre Incomparável, o Guia e Governador Espiritual deste mundo de expiação e provas.

Kardec, na introdução de O Evangelho Segundo o Espiritismo escolhe dentre as cinco partes o Ensino Moral, o único que não está afeito a controvérsias, podendo inclusive unir todas as crenças em torno da sua mensagem universalista.

(http://dl8.glitter-graphics.net/pub/2881/2881278umfd2dxt3s.gif) Na Terra, onde se multiplicam as conquistas da inteligência (algumas resvalam e se enterram nas valas profundas das retóricas vazias) e fazem-se mais complexos os quadros do sentimento amarfanhado no materialismo.

▬  Saibamos que Ele "no campo da Humanidade, foi o único:
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Irrepreensível,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Inquestionável,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Orientador completo...

... Que renunciou à companhia dos anjos para viver e conviver com os homens".

Nos tempos áureos do Evangelho o apóstolo Pedro, mediunizado, definiu a transcendência de Jesus, revelando que Ele era:
▬  "O Cristo, o Filho de Deus vivo".

No século XIX o Espírito da Verdade atesta ser Ele:
▬  "O Condutor e Modelo do Homem".

Para o célebre pedagogo e gênio de Lyon, o Cristo foi:
▬  "Espírito superior da ordem mais elevada:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Messias,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Espírito Puro,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Enviado de Deus,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   E, finalmente, Médium de Deus."

Não há dúvidas que Jesus foi:
▬  "O Doutrinador Divino e por excelência o "Médico Divino", segundo André Luiz.

Por sua vez, Emmanuel o denomina de:
▬  "Diretor angélico do orbe e Síntese do amor divino".

(http://dl8.glitter-graphics.net/pub/2881/2881278umfd2dxt3s.gif) Emmanuel explica que os Capelinos, ao serem recebidos por Jesus, teriam guardado as reminiscências de seu planeta de origem e das promessas do Cristo, que as fortalecera ao longo do tempo:
▬  "Enviando-lhes periodicamente os seus missionários e mensageiros". Os enviados do infinito falaram na China milenar, no Egito, na Pérsia etc

Quando Allan Kardec questionou os Espíritos sobre quem teria sido o ser mais evoluído da Terra, recebeu uma resposta tão curta quanto profunda: "Jesus!".

(http://dl8.glitter-graphics.net/pub/2881/2881278umfd2dxt3s.gif) Sua lição é não só a pedra angular do Consolador Prometido, da Doutrina dos Espíritos, mas a régua de medida, o referencial universal com que aferiremos o nosso proceder, o nosso avanço ou o nosso recuo no processo de espiritualização que nos propusermos:

▬  "A visão real do que somos no íntimo de nossa consciência e quão perto ou distante estejamos do amado Mestre Jesus que nos exorta a amarmos uns aos outros como Ele nos amou.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Amado por uns,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Odiado por outros,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Indiferente para muitos...

... Jesus deixou ensinamentos muito singelos mas profundos, ele aplicou a filosofia que difundia:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Desconcertando os inimigos gratuitos,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Granjeando apoios no povo,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   E confundindo os restantes.

Aos Espíritas sinceros cumpre não perder de vista essa realidade de suma importância - a total vinculação do Espiritismo com os ensinos de Jesus, o Cristianismo primitivo, pela base moral comum a ambos, sem desvios impostos pelo interesse dos homens.

(http://dl8.glitter-graphics.net/pub/2881/2881278umfd2dxt3s.gif) Ele vela pela nau terrestre e Se compadece de cada um de nós, facultando-nos recomeço e paz.

Cada palavra que o Mestre plasmou na atmosfera terrena dirige-se a todos nós, ontem , hoje e sempre, independente de onde possamos estar ou do que fazemos.

▬  O Meigo Galileu transcende as dimensões da:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Análise convencional,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Do grau de desenvolvimento científico,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-466.gif)   Moral ou espiritual do maior dos nossos intelectuais...

(http://dl8.glitter-graphics.net/pub/2881/2881278umfd2dxt3s.gif) ... Porquanto Ele já era o construtor de todo o nosso Sistema Solar, quando sequer a vida neste planeta se apresentara.

Jorge Hessen.




Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 06 de Abril de 2013, 03:27


[attachimg=1align=center=width=450]     

Filho do Homem, e Filho de Deus
(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Assim, o Filho do Homem até do sábado é senhor.

E o centurião que estava defronte dele, vendo que assim clamando expirara, disse:
▬  Verdadeiramente, este homem era o Filho de Deus.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Temos divulgado a importância de se estudar o Evangelho do Cristo, e mais, de assim o fazer à luz da Doutrina Espírita. Muitos podem pensar que a partir desta idéia nos achamos superiores aos irmãos vinculados a outras escolas religiosas, porém esta não é a verdade.

Conforme nos ensina Emmanuel todos que se aproximarem do Evangelho com a disposição de aprender e o coração aberto para compreendê-lo com a alma, muito poderão realizar em matéria de iluminação espiritual pertençam a que crença for.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Todavia não podemos deixar de reconhecer que a doutrina codificada por Kardec nos instrumentaliza com recursos valiosíssimos para a compreensão da Boa Nova, sem os quais o entendimento amplo de algumas passagens se torna muito mais difícil.

Russell Champlin, religioso e escritor estado-unidense, Bacharel em literatura bíblica no Immanuel College, pós-graduado em Novo Testamento na Universidade de Chicago, e Ph. D. em línguas clássicas na Universidade de Utah, afirma na Introdução ao Evangelho de Marcos que:

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  O termo Filho de Deus, de conformidade com o evangelho de Marcos é uma expressão muito importante para Marcos, e não pode ser derivada de qualquer compreensão judaica acerca do “Messias”…

—  Mais a frente, no mesmo artigo, continua:

O Filho de Deus, de conformidade com o evangelho de Marcos, é participante da divina essência… Ele triunfou sobre a morte, e promete o mesmo tipo de vida a todos quantos querem segui-lo em sinceridade e verdade.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Ele é aquele que tem as propriedades de “asseidade” (do latim a-se-esse, aquele que tem vida em si mesmo, que é auto-existente, independente, participante da vida divina essencial). E é justamente esse tipo de vida que ele promete a outros.

Haveremos de transformar-nos em seres que participam da vida divina, por intermédio de Cristo; e então possuiremos vida em nós mesmos, passando a ser verdadeiramente imortais, como Deus é imortal.

—  Dizendo ainda em outro ponto do mesmo texto:

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Contudo, Jesus também aparece no evangelho de Marcos como Filho do homem, estando perfeitamente identificado com o homem, sendo homem verdadeiro, cujos sofrimentos foram reais…Jesus, na qualidade de homem, andou em comunhão com o Pai.

Estaria Champlin enganado em sua interpretação, pensamos que não; todavia diante de suas colocações, ou adotamos a tese simplista e de pouca lógica que Jesus era Deus e homem ao mesmo tempo, ou teremos que buscar nas orientações da filosofia espírita subsídios para interpretarmos a questão dentro de um prisma com melhor fundamentação.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Dentro do nosso entendimento do que ensina a doutrina espírita, muito pelo contrário, Jesus não é nem Deus e nem homem conforme a compreensão usual deste termo.

Porém, antes que os leitores deste texto possam se chocar com estas afirmativas, nos apressaremos em explicá-las. Um dos princípios básicos do espiritismo é a evolução. Evolução que é, segundo Emmanuel, Lei para tudo neste nosso Universo dual.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Assim, explica o espiritismo, que o Espírito inicia sua fase evolutiva na matéria, e segue, passando pelos reinos inferiores da criação, até atingir na faixa hominal a condição de operar sobre o seu próprio destino.

Porém este não é o fim, e apesar de não termos informações completas de como a evolução se processa a partir do homem é certo que ele chegará à condição de Espírito Puro, que segundo os Espíritos disseram a Kardec, nesta fase eles não sofrem mais qualquer influência da matéria.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Está é a condição, segundo o próprio Codificador, de Jesus, que por suas virtudes, estava muitíssimo acima da humanidade terrestre. Ainda segundo as anotações de Emmanuel, Jesus recebeu do Criador a missão de formar, orientar e governar o planeta Terra, e isso se deu desde o início quando este se desprendia da nebulosa solar.

— Quando se deu este evento?

Há aproximadamente cinco bilhões de anos. Depreendemos deste fato que Jesus já era Cristo há cinco bilhões de anos, quando nós muito provavelmente ainda estávamos na condição de “simples e ignorantes” formando-nos nos reinos inferiores da criação.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Portanto, nada mais lógico do que afirmar que se a condição humana em que nos situamos não é a última na escalada evolutiva, Jesus não pertence à raça humana; como disse Kardec, Ele está muitíssimo acima da humanidade terrestre.

Com isso não queremos dizer que Ele não tenha tomado quando de sua encarnação um corpo semelhante ao nosso tendo neste, sofrimentos reais. Pela lógica que temos aprendido o superior pode vir ao inferior, o contrário é que nem sempre é possível.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Quanto a Jesus não ser Deus, não vamos nos ocupar deste assunto, já que escrevemos para espíritas e estes têm perfeita consciência disto.

Seria repetir um tema que outros muito mais competentes do que este que lhes escreve já explicaram melhor. Mas para aqueles que ainda não se certificaram do assunto e desejam melhor se informar sobre ele, indicamos excelente estudo feito por Kardec no livro “Obras Póstumas”, sob o título: “Estudo Sobre a Natureza do Cristo”.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Dito isto, podemos agora nos ocupar melhor com os comentários citados de Russell Champlin. Conforme nos ensina o professor Pastorino, a expressão filho que é uma expressão idiomática do hebraico e exprime o ser que possui a qualidade do substantivo que lhe segue.
   
—   Assim:

Filho da luz quer dizer iluminado,
Filho da paz significa pacífico.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Portanto, Filho de Deus é o ser que se divinizou. Divinizar não é tornar-se Deus, pois isso é impossível, é tornar-se participante da Divindade no sentido de se integrar Nela.

O apóstolo Paulo, em Espírito, na questão 1009 de O Livro dos Espíritos nos diz que: gravitar para a unidade divina, eis o fim da Humanidade. Mostrando-nos que isso não só é possível, como é o fim de todos nós.   
   
(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Dentro desta exposição do professor Pastorino filho do homem é o humano, o que contraria o que dissemos anteriormente sobre Jesus. Porém, explica o mestre que este conceito evoluiu de tal modo que ao tempo de Jesus filho do homem significava aquele que já teria se libertado do ciclo reencarnatório.

Enquanto que filho de mulher expressava o homem ainda sujeito às reencarnações, filho do homem era o Espírito que, terminada sua evolução nos mundos materiais não precisava mais encarnar; eram assim, “produto do homem”, “fruto da humanidade”.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  A partir destas explicações que só a exegese espírita do Novo Testamento pode realizar, podemos compreender com clareza as colocações do renomado escritor norte americano quando afirma que o Jesus de Marcos – Filho de Deus – era participante da essência divina.
 
Tinha-se feito “Um com Deus”, gravitado para a Unidade Divina.
Ele triunfou da morte, afirma Champlin.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  É preciso dissociar na literatura bíblica morte de desencarnação. Já nos primeiros capítulos do livro Gênesis o redator da obra nos diz que Adão e Eva morreriam se se alimentassem do fruto da árvore da ciência do bem e do mal.

Como todos sabem eles assim fizeram e não morreram, pois narra-nos o simbólico texto da Bíblia hebraica que foram todos os dias que Adão viveu novecentos e trinta anos.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Assim, a morte a que se refere o autor de Gênesis é a morte da transgressão à Lei de Deus, tese esta confirmada pelo apóstolo Paulo ao informar-nos:
Porque o salário do pecado é a morte.

Ele triunfou da morte, ou seja, Ele tornou-se puro, sem pecado; venceu o mundo. Poderíamos até supor que Champlin conhecesse a Doutrina dos Espíritos, pelo que sabemos ele é protestante.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Pois afirma com naturalidade que Jesus promete o mesmo tipo de vida a todos quantos querem segui-lo em sinceridade e verdade haveremos de transformar-nos em seres que participam da vida divina.

— Não é isso que sem nenhum dogmatismo, fundamentado na lógica e no bom senso ensina o espiritismo?

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Porém, não esqueçamos da continuidade do excelente artigo do também professor norte americano. Para que tudo assim se dê e possamos realmente ser auto existentes, independentes, participantes da vida divina essencial é preciso ser como Jesus, o homem, que andou em comunhão com o Pai.

Desconheço a Fonte.




Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 06 de Abril de 2013, 21:42


(http://2.bp.blogspot.com/-oUZC2hJhz1U/T-PDBaKgZWI/AAAAAAAAAto/kdWiuryUGQU/s1600/fulvio+Giuliano-transfigura%C3%A7%C3%A3o+no+monte+tabor.jpg)

A Transfiguração de Jesus
(http://i38.photobucket.com/albums/e105/CommentCrazyGirl/Smileys%20Weather%20Seasonal/Flowers%20Garden/th_379.gif)  Endereçaram a nós, via Internet, certos questionamentos a respeito da transfiguração de Jesus que se resume no seguinte:

Você fala que a passagem da transfiguração é uma contradição de Jesus. Porem veja que Moisés representa a lei e Elias os profetas.

(http://i38.photobucket.com/albums/e105/CommentCrazyGirl/Smileys%20Weather%20Seasonal/Flowers%20Garden/th_379.gif)  E a voz de Deus e o temor que vem sobre os apóstolos mostra de uma vez por todas que Jesus é aquele a quem Deus enviou para estabelecer de uma vez por todas a justiça no mundo.

"O senhor (Deus) disse ao meu senhor (Jesus),
▬   Assenta-te a minha direita ate que eu ponha os teus inimigos por debaixo dos teus pés” (salmo de Davi que Jesus usa para explicar aos judeus).

(http://i38.photobucket.com/albums/e105/CommentCrazyGirl/Smileys%20Weather%20Seasonal/Flowers%20Garden/th_379.gif)  A prova definitiva contra isso é que Jesus passou alguns rituais para que os apóstolos cumprissem (eu tenho esses rituais que são um livro que se chama Didaqué e data do fim do séc I) quando ele morresse como a eucaristia e outros.

Em nenhum desses rituais existe qualquer menção a favor do Espiritismo. Allan Kardec pegou para si a promessa da vinda do Espírito Santo (consolador, paráclito), enquanto que ele veio logo depois que Jesus subiu ao céu no dia de pentecostes. (não me lembro o cap., mas esta em ATOS DOS APOSTOLOS).

(http://i38.photobucket.com/albums/e105/CommentCrazyGirl/Smileys%20Weather%20Seasonal/Flowers%20Garden/th_379.gif)  Jesus se transfigurou é verdade.

Mas ele em momento algum fez e nem ensinou nada parecido com o Espiritismo, ao contrário, leia e você verá que Deus (o mesmo Deus de Isaias e Deuteronômio) queria alertá-los para o seu amado filho. Ele apenas quis mostrar o mesmo que ele fez com a ressurreição e a crucificação de certo modo.

Prova disso é a Igreja primitiva que nada tem a ver com os cultos espíritas. Se você conseguir com que Moisés e Elias venham conversar comigo através de um culto Espírita...

O Espírito de Deus habita na gente. Deus no importantíssimo AT não condenava o Espiritismo à-toa. Você fala em manipular as Escrituras, mas você está fazendo isso.

(http://i38.photobucket.com/albums/e105/CommentCrazyGirl/Smileys%20Weather%20Seasonal/Flowers%20Garden/th_379.gif)  Eu creio que a salvação vem pela fé e obras segundo o Evangelho que é simples, mas pessoas como você e outros ficam inventando coisas para complicar.

Saiba que existem alguns (não todos) espíritos do Espiritismo Kardecista que eu já vi falarem coisas semelhantíssimas aos demônios do satanismo.

Prova disso é que essas profecias feitas por espíritos enganadores nunca se cumprem. Edgar Gayce, Ramatis e outras abominações que só servem para engano.

▬   Para que complicar?

(http://i38.photobucket.com/albums/e105/CommentCrazyGirl/Smileys%20Weather%20Seasonal/Flowers%20Garden/th_379.gif)  De todos os textos que já produzimos não há um sequer que teríamos dito que Jesus tenha sido contraditório em qualquer coisa do que ele tenha dito ou feito, muito menos teríamos dito que a passagem da transfiguração é uma contradição de Jesus.

Quando falamos de qualquer contradição estamos nos referindo as interpretações equivocadas dos “doutores”, que vivem a distorcer os ensinamentos de Jesus.

Se em algum texto Bíblico existir a mínima contradição a respeito de Deus ou de Jesus, Seu mensageiro, a contradição será sempre dos homens que a copiaram ou que a interpretaram mal. O texto que nosso questionador se refere parece ser o que intitulamos “Condenação do Espiritismo”, de onde retiramos:

(http://i38.photobucket.com/albums/e105/CommentCrazyGirl/Smileys%20Weather%20Seasonal/Flowers%20Garden/th_379.gif)  “Assim, no decorrer deste estudo, vamos mostrar como certas citações são contraditórias ao que Jesus nos passou e como algumas interpretações que querem dar aos textos não condizem com o seu real sentido.

Infelizmente notamos que são apegados demais à letra, outras vezes não buscam o contexto, agindo com o espírito preconcebido, arraigados aos dogmas que lhes são impostos”. Confirma assim o que afirmamos.

(http://i38.photobucket.com/albums/e105/CommentCrazyGirl/Smileys%20Weather%20Seasonal/Flowers%20Garden/th_379.gif)  Se, por ventura não for este texto que nos mostrem onde foi que colocamos, até mesmo porque se foi algo contrário ao que estamos dizendo aqui, reformularemos o que escrevemos para ficar de acordo com o que realmente pensamos.

Antes de continuar, iremos colocar a passagem onde é narrada a transfiguração de Jesus para que possamos desenvolver o complemento de nossa resposta.

(http://i38.photobucket.com/albums/e105/CommentCrazyGirl/Smileys%20Weather%20Seasonal/Flowers%20Garden/th_379.gif)  Lucas 9, 28-36: Passados oito dias, Jesus tomou consigo a Pedro, a Tiago e a João, e subiu ao monte para orar.

Enquanto orava, transformou-se o seu rosto e as suas vestes tornaram-se resplandecentes de brancura. E eis que falavam com ele dois personagens; eram Moisés e Elias, que apareceram envoltos em glória, e falavam da morte dele, que se havia de cumprir em Jerusalém.

Entretanto, Pedro e seus companheiros tinham deixado vencer-se pelo sono; ao despertarem, viram a glória de Jesus e os dois personagens em sua companhia.

Quando estes se apartaram de Jesus, Pedro disse:
▬   “Mestre, é bom estarmos aqui. Podemos levantar três tendas:

(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Êxodo 20, 9: - Se um homem amaldiçoar a seu pai ou a sua mãe, será morto;Uma para ti,
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Êxodo 20, 9: - Se um homem amaldiçoar a seu pai ou a sua mãe, será morto;Outra para Moisés
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   E outra para Elias!...”

Ele não sabia o que dizia. Enquanto ainda assim falava, veio uma nuvem, e encobriu-os com a sua sombra; e os discípulos, vendo-os desaparecer na nuvem, tiveram um grande pavor. Então da nuvem saiu uma voz:

“—   Este é o meu Filho amado: ouvi-o!”

(http://i38.photobucket.com/albums/e105/CommentCrazyGirl/Smileys%20Weather%20Seasonal/Flowers%20Garden/th_379.gif)  E, enquanto ainda ressoava esta voz, achou-se Jesus sozinho. Os discípulos calaram-se e a ninguém disseram naqueles dias coisa alguma do que tinham visto.

Notamos que a pessoa que nos questiona não dúvida da manifestação dos espíritos dos que já morreram, só diz que a comunicação ou a invocação foi proibida por Deus.

(http://i38.photobucket.com/albums/e105/CommentCrazyGirl/Smileys%20Weather%20Seasonal/Flowers%20Garden/th_379.gif)  Já que se posicionou para nós como católico, apesar de sua fala ter um certo ar de coisas que os protestantes normalmente usam, falaremos que está sendo contraditório (ele o questionador e não Jesus), pelo menos por dois motivos.


Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 06 de Abril de 2013, 21:46

(http://i38.photobucket.com/albums/e105/CommentCrazyGirl/Smileys%20Weather%20Seasonal/Flowers%20Garden/th_379.gif)  É bem certo que aceita as imagens dos santos, apesar da determinação em Deuteronômio 5, 8-9:
▬  Não farás para ti imagem de escultura representando o que quer que seja do que está em cima no céu, ou embaixo na terra, ou nas águas debaixo da terra. Não te prostrarás diante delas para render-lhes culto,... (ver também em Êxodo 20, 4-5), já que acha importantíssimo o Antigo Testamento.

2º ▬   Deveria não mais invocar aos santos para lhes fazer pedidos ou para que os santos intercedam por ele diante de Deus, pois não consta de Deuteronômio 18, 9-12 a proibição da evocação dos mortos. Não é ela que justamente exigem que nós a sigamos:

Então:

(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Por que também não cumprem?
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Dois pesos e duas medidas?

O que sempre estamos afirmando é que se a proibição da evocação dos mortos fosse realmente da vontade divina, Jesus nunca teria participado daquela manifestação espiritual onde os espíritos dos mortos se comunicavam.

(http://i38.photobucket.com/albums/e105/CommentCrazyGirl/Smileys%20Weather%20Seasonal/Flowers%20Garden/th_379.gif)  Você até pode dizer que Elias não morreu, se acredita nisso não podemos fazer nada, entretanto quanto a Moisés não há como negar. E o mais interessante disto tudo é que o próprio Moisés que diz ter recebido de Deus a ordenação de não evocar os mortos aparece depois de morto.

▬  É pura ironia do destino?

(http://i38.photobucket.com/albums/e105/CommentCrazyGirl/Smileys%20Weather%20Seasonal/Flowers%20Garden/th_379.gif)  Distorcer os fatos é querer apelar para simbolismo no que diz respeito a Moisés e Elias, pode ser até que possa existir, mas o fato concreto e real que foi o aparecimento deles como espíritos isso é objetivo e não há como mudar. A morte de Jesus na cruz é um fato objetivo, se daí se tira algum significado, quem quiser que o faça, mas não há como contestar que ele morreu crucificado, não é mesmo?

Não vejo nenhum sentido em Jesus ter instituído rituais já que você disse que ele revogou os rituais e os sacrifícios. Assim o livro que é mencionado, que não o conhecemos, sendo coisas que Jesus disse, por que então não foi parar nos Evangelhos?

E como Jesus disse:
▬  “Muitas coisas ainda tenho a dizer-vos, mas não os podeis suportar agora” (João 16, 12) nem tudo ele pôde dizer por absoluta falta de capacidade dos discípulos compreenderem. Por isso os rituais a favor do Espiritismo não existem no livro mencionado. Rituais apenas para seguir sua linha de pensamento, pois a bem da verdade no Espiritismo não existe nenhum tipo de ritual.

(http://i38.photobucket.com/albums/e105/CommentCrazyGirl/Smileys%20Weather%20Seasonal/Flowers%20Garden/th_379.gif)  O que sempre encontramos é que, regra geral, os que combatem a Doutrina Espírita nada sabem de suas práticas. E até fazemos um desafio: Venha a uma reunião Espírita, e se for capaz de nos mostrar algo que venha a ser contra os ensinamentos de Jesus, desde que não os venha a distorcer à sua conveniência, ou contra qualquer princípio ético ou moral nos diga, pois prometemos nunca mais ir lá.

Se os discípulos não tinham capacidade de entender tudo o que Jesus tinha para dizer, por que poucos dias depois, (no máximo 40 dias, tempo que, segundo Lucas, Jesus ficou entre os discípulos após ter ressuscitado) eles já possuíam esta capacidade?

(http://i38.photobucket.com/albums/e105/CommentCrazyGirl/Smileys%20Weather%20Seasonal/Flowers%20Garden/th_379.gif)  Assim o Pentecostes não poderia ser realmente o cumprimento da promessa do Consolador. Kardec não pegou para si o Consolador, foram os Espíritos Superiores que lhe orientaram na codificação da Doutrina Espírita sendo ela apontada como o Consolador prometido por Jesus.

Está dito em João 14, 26:
▬  Mas o Paráclito, o Espírito Santo, que o Pai vos enviará em meu nome, ele vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar o que eu vos disse, é exatamente isso que o Espiritismo faz.

Em certa oportunidade Jesus disse:
Aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço, e fará ainda maiores (João 14, 12)

E após lavar os pés dos discípulos diz:
▬  “Dei-vos o exemplo, para que, como eu vos fiz, assim façais também vós (João 13, 15), ou seja, nada do que ele fez nos proibiu de fazer.

(http://i38.photobucket.com/albums/e105/CommentCrazyGirl/Smileys%20Weather%20Seasonal/Flowers%20Garden/th_379.gif)  Por isso se no Monte Tabor Jesus, na presença de Pedro, Tiago e João, entra em colóquio com os Espíritos Moisés e Elias, não vemos porque não podemos seguir seu exemplo e fazer o mesmo.

Pela narrativa do episódio podemos perceber claramente porque naquela época tal coisa não poderia ser disseminada.

Seus discípulos que presenciavam a manifestação queriam construir três tendas, uma para Jesus, outra para Moisés e outra para Elias. Com isso endeusaram os três, pois queriam em verdade construir lugares para que eles pudessem ser adorados, tal e qual a tenda da reunião que fizeram para Deus.

(http://i38.photobucket.com/albums/e105/CommentCrazyGirl/Smileys%20Weather%20Seasonal/Flowers%20Garden/th_379.gif)  Qualquer pessoa que tiver um mínimo conhecimento sobre mediunidade verá que o cristianismo primitivo a praticava em larga escala. A primeira epístola de Paulo aos Coríntios nos capítulos 12 e 14 fala exatamente disso, entretanto ela é vista pelos católicos como carisma. O próprio dia do Pentecostes, que falávamos há pouco, é uma explosão coletiva da mediunidade.

Tanto é verdade que João sabia que os espíritos mentirosos poderiam se manifestar, que disse:
▬  Caríssimos, não deis fé a qualquer espírito, mas examinai se os espíritos são de Deus, porque muitos falsos profetas se levantaram no mundo. (1 João 4, 1).

(http://i38.photobucket.com/albums/e105/CommentCrazyGirl/Smileys%20Weather%20Seasonal/Flowers%20Garden/th_379.gif)  Estamos plenamente conscientes que podem ocorrer manifestações de pseudo-sábios que tentam nos enganar, mas não somos tão tolos a ponto de não sabermos separar o joio do trigo. E não é pelo simples fato de um espírito dizer alguma coisa que lhe acreditaremos.

▬  Sabe por que?

Porque eles são nada mais nada menos que seres humanos sem a indumentária física, ou seja, seremos no mundo espiritual o que éramos no corpo físico com relação ao nosso caráter, conhecimento, moral, etc.

(http://i38.photobucket.com/albums/e105/CommentCrazyGirl/Smileys%20Weather%20Seasonal/Flowers%20Garden/th_379.gif)  Assim um espírito não se torna sábio apenas pelo fato de ter desencarnado.

No mais em nossas práticas não estamos aqui para provar nada a ninguém. Como não nos utilizamos das evocações para convencer os incrédulos ou os nossos detratores, não podemos lhe oferecer um espetáculo convocando os espíritos de Moisés e Elias para conversar contigo.

(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Primeiro: porque eles poderiam não vir e você ficaria frustrado.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Segundo: porque nossas práticas não se resumem em ficar evocando os espíritos, da mesma maneira que a roda de um carro não é o carro por inteiro.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Terceiro:  porque mesmo que eles viessem você continuaria sem acreditar, iria dizer que era mistificação.  A comunicação é de domínio dos espíritos, não temos como garantir a ninguém manifestação de um espírito, pois se ele não quiser vir não virá, e poderemos ficar o resto da vida evocando-o que continuará não vindo.

Você diz que Deus no importantíssimo AT não condenava o Espiritismo à-toa, entretanto não nos mostrou as causas da condenação.

(http://i38.photobucket.com/albums/e105/CommentCrazyGirl/Smileys%20Weather%20Seasonal/Flowers%20Garden/th_379.gif)  Já afirmamos, noutra oportunidade, que se a condenação de evocar os mortos fosse tão importante, como querem alguns, por que Deus não a colocou entre os Dez Mandamentos?


Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 06 de Abril de 2013, 21:58

Por outro lado, visto que você coloca o Antigo Testamento como importantíssimo e que Jesus apenas revogou os rituais e sacrifícios, gostaríamos de saber se você cumpre rigorosamente as seguintes determinações:

(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Gêneses 17, 14: - O incircunciso, que não for circuncidado na carne do prepúcio, essa vida será eliminada do seu povo; quebrou a minha aliança.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Gêneses 17, 9-10: Disse mais Deus a Abraão: Guardarás a minha aliança, tu e a tua descendência no decurso das suas gerações. Esta é a minha aliança, que guardareis entre mim e vós, e a tua descendência: todo macho entre vós serás circuncidado.

(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Êxodo 20, 9: - Se um homem amaldiçoar a seu pai ou a sua mãe, será morto;
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Êxodo 22, 19: - Quem tiver coito com animal, será morto;
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Êxodo 21, 15: - Quem ferir a seu pai ou a sua mãe, será morto.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Êxodo 21, 17: - Quem amaldiçoar a seu pai ou a sua mãe, será morto.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Êxodo 22, 2: - Se um ladrão for achado arrombando uma casa, e, sendo ferido, morrer, quem o feriu não será culpado do sangue.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Êxodo 34, 19: - Todo que abre a madre é meu, também de todo o teu gado, sendo macho, o que abre a madre de vacas e de ovelhas,
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Êxodo 22, 16: - Se alguém seduzir qualquer virgem, que não estava desposada, e se deitar com ela, pagará seu dote e a tomará por mulher.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Êxodo 21, 12: - Quem ferir a outro de modo que este morra, também será morto.
Êxodo 21, 23-25: - Mas se houver dano grave, então darás vida por vida, olho por olho, dente por dente, mão por mão, pé por pé, queimadura por queimadura, ferimento por ferimento, golpe por golpe.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Êxodo 21, 16: - O que raptar a alguém, e o vender, ou for achado na sua mão, será morto.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Êxodo 31, 14: - Portanto guardareis o sábado, porque santo é para vós outros; aquele que o profanar morrerá; pois qualquer que nele fizer alguma obra será eliminado do meio do seu povo.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Êxodo 34, 20: - O jumento, porém, que abrir a madre, resgatá-lo-ás com cordeiro; mas, se o não resgatares, será desnucado Remirás todos os primogênitos de teus filhos. Ninguém aparecerá diante de mim de mãos vazias.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Êxodo 34, 26: - As primícias dos primeiros frutos da tua terra trarás à casa do SENHOR teu Deus. Não cozerás o cabrito no leite de sua própria mãe.

(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Levítico 19, 26: - Não comereis cousa alguma com o sangue;
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Levítico 26, 7: - Perseguireis os vossos inimigos, e cairão à espada diante de vós.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Levítico 19, 11: - Não furtareis, nem mentireis, nem usareis de falsidade cada um com o seu próximo;
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Levítico 19, 27: - Não cortareis o cabelo em redondo, nem danificareis as extremidades da barba.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Levítico 20, 10: - Se um homem adulterar com a mulher do seu próximo, será morto o adúltero e a adúltera.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Levítico 11, 7-8: - Também o porco, porque tem unhas fendidas, e o casco dividido, mas não rumina; este vos será imundo, da sua carne não comereis, nem tocareis no seu cadáver; estes vos serão imundos.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Levítico 20, 13: - Se também um homem se deitar com outro homem, como se fosse mulher, ambos praticaram cousa abominável; serão mortos; o seu sangue cairá sobre eles.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Levítico 11, 21-22:- Mas de todo o inseto que voa, que anda sobre quatro pés, cujas pernas traseiras são mais compridas, para saltar com elas sobre a terra, estes comereis. Deles comereis estes: a locusta segundo a sua espécie,  o grilo segundo a sua espécie, e o gafanhoto segundo a sua espécie.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Levítico 20, 27: - O homem ou mulher que sejam necromantes, ou sejam feiticeiros, serão mortos: serão apedrejados; o seu sangue cairá sobre eles.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Levítico 20, 18: - Se um homem se deitar com a mulher no tempo da enfermidade dela, e lhe descobrir a nudez, descobrindo a sua fonte, e ela descobrira a fonte do seu sangue, ambos serão eliminados do meio do seu povo.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Levítico 21, 17-20: - Fala a Arão, dizendo: Ninguém dos teus descendentes nas suas gerações, em quem houver algum defeito, se chegará para oferecer o pão do seu Deus Pois nenhum homem em quem houver defeito se chegará: como homem cego, ou coxo, de rosto mutilado, ou desproporcionado, ou homem que tiver o pé quebrado, ou a mão quebrada, ou corcovado, ou anão, ou que tiver belida no olho, ou sarna, ou impigens, ou que tiver testículo quebrado.

(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Deuteronômio 28, 53: - Comerás o fruto do teu ventre, a carne de teus filhos e de tuas filhas, que te der o Senhor teu Deus, na angústia e no aperto com que os teus inimigos te apertarão.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Deuteronômio 23, 1 - Aquele a quem forem trilhados os testículos, ou cortado o membro viril, não entrará na assembléia do Senhor.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Deuteronômio 22, 10: - Não lavrarás com junta de boi e jumento.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Deuteronômio 24, 1: -Se um homem tomar uma mulher e se casar com ela, e se ela não for agradável aos seus olhos, por ter ele achado cousa indecente nela, e se ele lhe lavrar um termo de divórcio, e lho der na mão e a despedir de casa;
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Deuteronômio 28, 30: - Desposar-te-ás com uma mulher, porém outro homem dormirá com ela; edificarás uma casa, porém não morarás nela; plantarás uma vinha, porém não aproveitarás o seu fruto.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Deuteronômio 25, 5: - Se irmãos morarem juntos, e um deles morrer, sem filhos, então a mulher do que morreu não se casará com outro estranho, fora da família; seu cunhado a tomará e a receberá por mulher, e exercerá para com ela a obrigação de cunhado.
(http://www.moe.go.th/main2/pic/4pts01.gif)   Deuteronômio 23, 13: - Dentre as tuas armas terás um pau; e quando te abaixares fora, cavarás com ele, e, volvendo-te, cobrirás o que defecaste.

Esta lista poderia ser muito maior, entretanto é o que basta para vermos ao que nos leva uma fé cega, devemos, pois, buscar a fé raciocinada. Ao agirmos desta forma veremos que nem tudo que está no Antigo Testamento deverá ser cumprido, talvez sobrasse somente os Dez Mandamentos, o restante é importante como história do povo hebreu, que devemos respeitar.

E, como já afirmamos e não cansaremos de repetir, para nós Espíritas somente tem importância os ensinamentos de Jesus. É a Ele que seguimos já que é: O caminho, a verdade e a vida.

E consultando o Evangelho não encontramos nada do que fazemos na Doutrina Espírita que seja contrário aos seus ensinamentos, muito antes pelo contrário esforçamo-nos para colocá-los em prática no nosso dia-a-dia.

Já que “Deus não faz acepção de pessoas” (ver em: Atos 10, 34; Romanos 2, 11; Efésios 6, 9; Colossenses 3, 25; Tiago 2, 1; Tiago 2, 9 e 1 Pedro 1, 17), estamos convictos que todos os que colocarem em prática seus ensinamentos também serão salvos.

E, finalmente, quanto à manipulação das Escrituras, nós não nunca o fizemos. Entretanto vemos em algumas Bíblias, com o nihil obstat, imprimi potest e imprimatur da Igreja Católica, sendo utilizados os termos Espiritismo, espíritas e médiuns que são neologismos criados por Kardec em 18 de abril de 1857, assim nunca poderiam constar da Bíblia a não ser por manipulação das Escrituras.

Bibliografia: Bíblia Sagrada, Editora Ave Maria, São Paulo, 1989, 68ª Edição; Bíblia Sagrada, Editora Vozes, Petrópolis, RJ, 1989, 8ª Edição e Novo Testamento, LEB – Edições Loyola, São Paulo, 1984.

Paulo da Silva Neto Sobrinho...



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 16 de Abril de 2013, 03:03


(http://1.bp.blogspot.com/-U8yuAoglRPs/UXMJBhgnWZI/AAAAAAAABr0/KIk3OrKDBG8/s1600/Mulheres-nuvens.jpg)

O céu de Jesus

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-388.gif)      O Cristianismo diverge de todas as demais religiões. 

É fruto de uma revelação contínua, progressiva, eclética, enquanto as outras são concepções humanas, cristalizadas em postulados e fórmulas, cujo valor e prestígio refulgem em dada época, esmaecendo e ofuscando-se depois, à medida que a razão humana vai firmando o seu império.

—   Jesus é a luz do mundo. 

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-388.gif)  O Cristianismo é um sol que não tem ocaso; acompanha a Humanidade em sua evolução, cujo surto, através dos séculos, determina, regula e promove, mantendo o espírito do homem em constante novidade de vida.

O Céu de Jesus Cristo é diferente de todos os outros céus .

—   Nada tem de comum com os Campos Elísios dos gregos:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Nem com o Nirvana dos hindus,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Nem com o seio de Abraão dos judeus,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Nem com os tabernáculos de beatitude inerme,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Nem com a mansão dos privilegiados da graça, cujas portas se abrem mercê de cerimônias mercantilizadas.

O Céu de Jesus Cristo é um campo de ação, e um teatro de atividade, é um meio onde a vida se ostenta sob aspectos cada vez mais intensos.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-388.gif)  E, por ser assim, ele o compara, em seu Evangelho, com a semente e com o fermento.  A semente contém em seu âmago fortes energias latentes, que só aguardam ocasião propícia para entrar em ação. 

O fermento, a seu turno, é uma força condensada que leveda, que põe em atividade a massa em cujo seio é introduzida, determinando seu crescimento.  A semente e o fermento são, pois, imagens, de potências ocultas, de poderes latentes, tal como se verifica no espírito do homem.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-388.gif)  O Céu de Jesus é o reinado do Espírito, é o estado da alma livre, que, emancipando-se do cativeiro animal, ergue altaneiro vôo sem encontrar mais obstáculos ou peias que a restrinjam.

Jesus assemelhou também o Céu à parábola dos talentos (moedas), onde figura certo senhorio afazendado, distribuindo entre seus servos, consoante a capacidade de cada um, determinadas importâncias em dinheiro. 

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-388.gif)  Decorrido algum tempo, o senhor chama esses servos à prestação de contas.  Eles atendem, apresentando o fruto dos seus labores.

O que havia recebido dez moedas, entrega vinte, sendo as outras dez o produto do emprego dado ao capital recebido.  O que recebeu cinco, e o que recebeu duas moedas fizeram o mesmo. Aquele, porém, que havia recebido uma só, trouxe-a desacompanhada de lucro, alegando incompetência, e receio de a pôr em giro. 

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-388.gif)  O senhor louva o proceder dos primeiros, prometendo confiar-lhes, oportunamente, maiores somas; e censura o último pela sua negligência e ociosidade. Tal a ideia do Céu, que o Filho de Deus nos dá, nesse apólogo, e em outros congêneres. 

—   Semelhante Céu, como se vê, é o contraste dos outros Céus, visto como, longe de ser a região:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Da inércia,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Da estagnação,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   E da beatitude passiva...

... É um meio de ação, de atividade franca, de porfia acirrada na conquista dum bem maior, dum estado melhor cujo antegozo nos vai sendo dado fruir desde logo, à guisa de incentivo.

Qual a consciência livre, qual a razão esclarecida capaz de troca este Céu, o Céu de Jesus Cristo, pelo Céu de qualquer das religiões do mundo?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-388.gif)  Qual a inteligência lúcida, qual o senso amadurecido na experiência da vida, capaz de trocar a verdade encarnada no Ungido de Deus, pelas fantasias e quimeras forjadas pelas paixões humanas?

Livro: Nas Pegadas do Mestre.
Pedro de Camargo.



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 19 de Abril de 2013, 18:42

[attachimg=1align=center=width=500]

A Proposta de Cristo

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-388.gif)  Seria impossível para nós, mensurarmos a grandeza dos ensinamentos do Mestre Jesus, mas podemos afirmar, que a proposta destes, e nortear o comportamento individual de cada um de nós, proporcionando-nos ensinamentos, que provocam profundas reflexões ensejando orientações, que despertam para o desenvolvimento espiritual.

—    Para lograr objetivos, a mensagem do Evangelho fundamenta-se, em dois grandes aspectos:

(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_1297.gif)  A autoridade moral,
(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_1297.gif)  E a autoridade espiritual.

(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_1297.gif)  A primeira, refere-se, a exemplificação dos ensinamentos através dos atos,
(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_1297.gif)  A segunda interagente a primeira, além de denotar a grandeza moral do Cristo...

Grandeza que transcende aos atos e palavras, faculta a modificação do ser, pelo envolvimento fluídico que provoca a sua superioridade espiritual, promanada não das qualidades de seu corpo, mas do seu Espírito.

(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif) A exemplo disso nos narra Lucas cap. 19 v. 1 a 10, a passagem de Jesus por Jericó."
—   E tendo Jesus entrado em Jericó, ele atravessava a cidade.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-388.gif)  Havia um homem chamado Zaqueu, que era rico e chefe dos publicanos. Ele procurava ver quem era Jesus, mas não o conseguia por causa da multidão, pois era de baixa estatura.

(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif) Correu então à frente e subiu num sincômoro para ver Jesus que iria passar por ali. Quando Jesus chegou ao lugar, levantou os olhos e disse-lhe:
"—   Zaqueu desce depressa pois hoje devo ficar em tua casa".

Ele desceu imediatamente e recebeu com alegria.

(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  A vista do acontecido todos murmuravam, dizendo:
"—   Foi hospedar-se na casa de um pecador!"

(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  Zaqueu, de pé disse ao Senhor:
"—   Senhor, eis que dou a metade de meus bens aos pobres, e se defraudei a alguém, restituo-lhe o quádruplo".

(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  Jesus lhe disse:
"—   Hoje a salvação entrou nesta casa, porque ele também é um filho de Abraão. Com efeito, o Filho do Homem veio procurar e salvar o que estava perdido ".

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-388.gif)  O diálogo que aparentemente manifesta-se como que de caráter simplista, revela grandes ensinamentos que para muitos passam despercebidos, mas que, destaca claramente o ensinamento moral e o ensinamento espiritual.

O fato de Zaqueu procurar uma melhor forma de ver Jesus, revela uma predisposição a mudança dos atos, pois a simples presença do Rabi Galileu provocava profundas reflexões.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-388.gif)  Outro ponto indiscutível, é que a mudança de Zaqueu já fazia parte dos objetivos do Mestre, tanto que ao entrar em Jericó, o percebe facilmente em cima de uma árvore ansioso por um olhar.

(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  Ao que Jesus corresponde, demonstrando profundos conhecimentos de psicologia transpessoal, levantando o olhar, se dirige a ele dizendo:
"—   Zaqueu desce depressa pois hoje devo ficar em tua casa",

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-388.gif)  Neste momento o vocábulo casa adquire outra conotação, visto que, ele vem antecedido de uma afirmativa verbal, "pois hoje devo ficar em tua casa", na frase, o verbo devo, é aplicado no sentido de certeza e não de hipótese.

Entendemos com isso, que o Mestre, se refere a casa mental de Zaqueu, pois a hospedagem que desejava Jesus, não era apenas no lar físico de Zaqueu, mas principalmente no seu coração, a fim de que este se modificasse. Convém ressaltar, a imensa facilidade, com que Jesus manipula os fluidos, pois, subentende-se, que ele altera a psicosfera pessoal de Zaqueu.

(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  Permitindo, que este, compreenda a mensagem de natureza espiritual na sua perfeita essência, e ele a entende como se Jesus a propusesse:
"—   Desse depressa pois hoje devo ficar em teu coração para sempre".

O envolvimento fluídico na questão é tão patente, que bastou alguns momentos em contato com o Mestre para que se processasse profundas modificações morais em Zaqueu.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-388.gif)  Não apenas pelo compromisso público de restituir quadruplamente (segundo a lei de Moisés), aqueles a quem prejudicou anteriormente, mas por despertar nele, o sentimento de caridade e desprendimento, levando-o a doar aos pobres, metade dos bens que lhe pertenciam.

(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  A autoridade espiritual de Jesus se faz presente, ao afirmar:
"—   A salvação entrou nesta casa, porque ele também é filho de Abraão. Com efeito, o filho do homem veio procurar e salvar o que estava perdido".

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-388.gif)  Não obstante demonstrar claramente o conhecimento da ficha espiritual de cada Espírito encarnado na Terra, visto que, conhecia as mazelas que marcavam o caminho espiritual de Zaqueu, percebia nos seus pensamentos a vontade de mudar. Se não fosse verdade estaria Jesus interferindo no livre arbítrio daquele, modificando-o intimamente contra sua vontade.

—    A receptividade de Zaqueu as sugestões fluídicas do Mestre, modifica instantaneamente seu comportamento:

(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_1297.gif)  Para com Deus,
(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_1297.gif)  Para com o próximo,
(http://paszkowski.com.br/gifs/miniaturas/mini_1297.gif)  E para consigo mesmo...

... Salvando aquela encarnação e por conseguinte reformando-se pela conversão, através de atos e não de promessas.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-388.gif)  É oportuno recordarmos que a passagem de Zaqueu é de grande alcance e importância na condução de nossas atitudes, subir no sincômoro representa a predisposição para a mudança, que funciona como agente facilitador da reforma íntima, reforma esta, que constitui-se no preparo da morada de nossos corações, onde o Cristo com certeza pedirá pousada.

Warwick Mota.
Publicado na revista Reformador em fev/97 e reproduzido do site do autor com sua autorização.


Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 20 de Abril de 2013, 16:00


[attachimg=1align=center=width=450]     
 
Não há efeito sem causa,
logo, Deus existe!
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-346.gif)   Todos nós trazemos na consciência um importante e gigantesco espaço reservado para Deus. Há porém, pessoas que imaginam poder expulsá-Lo de suas vidas.
 
▬   Ao enumerar pensadores de ampla influência na sociedade, encontramos uma confraria de intelectuais, arautos do mote anti-Deus, qual:
 
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-282.gif)  Karl Marx, para quem a religião era o ópio do povo,
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-282.gif)  Friedrich Nietzsche que teve a ousadia de decretar a “morte” de Deus.
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-282.gif)  Sigmund Freud que considerava a fé uma manifestação de infantilismo.

Atualmente existem outros que permanecem recusando a existência do Criador, a exemplo do biólogo Richard Dawkins, que escreveu o livro “Deus, um delírio”.

Nessa esteira ateia, o Diretor do Projeto Genoma, Francis Collins escreveu o livro “A linguagem de Deus”.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-346.gif)  A Ciência sempre negou o Deus “teológico” porque Ele seria um tipo de protótipo correspondente exclusivamente à criatura humana, a ponto de tê-la criado à sua imagem e semelhança, o que, por si, não recomenda nada este Criador.
 
O homem teria sido feito a partir de um modelo cheio de defeitos desde os morais até os físicos.
 
Em 1921, inquirido pelo rabino H. Goldstein, de New York, se acreditava em Deus, Albert Einstein redargüiu:
 
"▬   Acredito no Deus de Spinoza, que se revela por si mesmo na harmonia de tudo o que existe, e não no Deus que se interessa pela sorte e pelas ações dos homens".
 
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-346.gif)  No final do Século XIX, Kelvin, expoente e considerado o “Pai” da Termodinâmica, foi categórico em sua declaração:
 
▬   Acabou, Chegamos ao zênite! a ciência já sabe como estudar o movimento, a eletricidade e o magnetismo; não há nada além desses universos físicos.
 
Entretanto, poucos anos depois desvendaram o átomo, o elétron e, já no começo do século XX, Albert Einstein instituiu a Teoria da Relatividade.

(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-346.gif)  A cada desvendar científico sobre o ilimitado macro e micro cosmo assinala-se a certeza de que a vida universal oferece enigmas maiores e mais profundos sobre sua verdadeira essência, transtornando a hegemônica e materialista inteligência científica.
 
▬   Como nem todo pesquisador:
 
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-282.gif)  É ateu,
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-282.gif)  Materialista,
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-282.gif)  E presunçoso...
 
... Importa fazer referência a um livro de expressiva importância científica – “A Partícula de Deus” – publicado nos Estados Unidos pelo físico Leon Lederman, Prêmio Nobel em 1988, em que defende a tese de que Deus existe e está na origem de todas as coisas.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-346.gif)  O desempenho de investigação do físico holandês, Willem B. Drees, autor de “Além do Big Bang – Cosmologia Quântica e Deus”, demonstra com clareza que há um empenho crescente pela inquirição científica, fundamentado na certeza da existência de Deus.
 
Marcos Eberlin, presidente da Sociedade Internacional de Espectrometria de Massas e membro da Academia Brasileira de Ciências, sustenta a Teoria do Design Inteligente. Assegura que adota uma metodologia científica robusta capaz de detectar sinais de inteligência na vida e no universo.

 
Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 20 de Abril de 2013, 16:04


(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-346.gif)   Para ele, Deus é uma mente inteligente (causa primeira da vida) e consciente, único agente conhecido, necessário e suficiente para a vida e o Cosmo. Ou seja, o design detectado no universo e na vida não é aparente ou ilusório, mas real e inteligente.

O físico americano Paul Davies, no seu livro intitulado Deus e a Nova Física, afirma, categoricamente, que o Universo foi desenhado por uma inteligente consciência cósmica.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-346.gif)   Eberlin assume que a Vida é fenômeno de Deus, sobretudo ao nível molecular, em que constatamos ainda mais claramente as assinaturas da mente inteligente e consciente do Grande Regente (Deus), que orquestrou os diversos códigos e a informação zipada, encriptada e compartimentalizada do DNA, tipo hard-disk. A arquitetura top-down algorítmica da vida, sua lógica é estonteante e hiperotimizada.
 
A descoberta da "partícula de Deus" poderia completar os elementos essenciais do chamado Modelo Clássico da física, derivado da labuta de Albert Einstein e seus herdeiros no começo do século 20, e que abriu caminho para a "nova física".
 
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-346.gif)   Nessa direção quase transcendental da física, os cientistas já conseguiram até mesmo capturar átomos de antimatéria por mais de 16 minutos. A antimatéria é um dos grandes mistérios ainda não completamente explicados pelas teorias modernas da física.
 
Um átomo se compõe de diversas partículas elementares (o elétron, o próton, o nêutron e outras mais), algumas leves e outras pesadas. A existência de méson (uma partícula intermediária) entre as leves (léptons) e as pesadas (hadrons), segundo se diz, tem a finalidade exatamente de estruturar o átomo.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-346.gif)   O méson (é um bóson) tem um comando para que possa atuar em sua devida função. Para Yukawa, descobridor do méson, este seria o eloentre a vida material do átomo e o seu respectivo estruturador.

O bóson de Higgs, ou “Partícula de Deus”, supostamente garante massa a todas as demais; seria teoricamente a última fronteira não resolvida pela física. Explicaria como os átomos ganharam massa, dando origem à matéria.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-346.gif)   Para alguns aventureiros, se ficasse comprovada a existência do famigerado Bóson de Higgs, a teoria do “Deus criador” ruiria por terra, já que ficaria evidenciado que não haveria a necessidade de nenhum agente espiritual divino para a formação do mundo.
 
É atitude aparvalhada e destituída de sensatez a caça da partícula “Deus” nos confins da matéria e no interior do “Campo Higgs”.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-282.gif)  Ora, Deus não é episódio!
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-282.gif)  Deus é Origem das coisas.
 
▬   Deus É! Puramente É!...
 
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-346.gif)   Deus se revela em suas obras, como a de um pintor no seu quadro, elucida Allan Kardec, ilustrando que: “As obras de Deus não são o próprio Deus, como o quadro não é o pintor que o concebeu e executou.
 
No século XIX, o ínclito Mestre de Lyon indagou aos Espíritos:
"▬   Onde se pode encontrar a prova da existência de Deus?”
 
Os Sábios do Além responderam:
“▬   Num axioma que aplicais às vossas ciências. Não há efeito sem causa. Procurai a causa de tudo o que não é obra do homem e a vossa razão responderá".
 
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-346.gif)  Incontestavelmente, não há efeito sem causa, e para todo efeito inteligente tem que haver uma causa inteligente; como tal, a matéria não poderia existir sem que houvesse a Inteligência Suprema que atuasse sobre a energia cósmica amorfa e a modulasse, formando suas partículas desde as mais elementares às mais complexas, inclusive, as que permitem transformá-las em seres biológicos.
 
Da mega estrutura dos astros à infra-estrutura subatômica, tudo está mergulhado na substância viva da mente de Deus.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-282.gif)  Sócrates nomeava Deus como "A razão perfeita", e o seu educando Platão O designava por "Ideia do bem".

(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-282.gif)  Voltaire afirmou que não acreditava nos deuses criados pelos homens, mas sim no Deus Criador do homem.

(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-282.gif)  Carl Gustav Jung, num programa de televisão americana, disse que não acreditava em Deus porque sabia que Ele existia!!!
 
▬   "Sendo Deus a essência divina por excelência, unicamente os Espíritos que atingiram o mais alto grau de desmaterialização o podem perceber".
 
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-346.gif)   Com a ciência poderemos até mesmo adentrar na intimidade da estrutura atômica, fotografar a célula e extasiar-nos ante a genética.

Entretanto, não alcançaremos, sem prejuízos psíquicos e emocionais, deslocar a idéia de Deus em um milímetro de rota.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-346.gif)   Deus representa claridade de um Sol que ilumina a Inteligência humana, e sem esse Astro Rei portentoso nas vias do conhecimento terreno, perderíamos contato com a magnífica construção da sabedoria.

Jorge Hessen.



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 20 de Abril de 2013, 16:16

(http://www.imagensdeamizade.com/imagens/Deus_1296074444.gif)


Deus e Vosso Filho Jesus

(http://lh5.ggpht.com/_Evo2QjXTvY4/SWyrp4lRByI/AAAAAAAAEKI/v2kF2Ym9owQ/s400/2u1.gif)

Como és bendito
Tu és onipresente
Tu és o alfa, Omega.

(http://lh5.ggpht.com/_Evo2QjXTvY4/SWyrp4lRByI/AAAAAAAAEKI/v2kF2Ym9owQ/s400/2u1.gif)

Rogai por nós pai.
Nos contemplai com a  força,
pois a luta é árdua.

(http://lh5.ggpht.com/_Evo2QjXTvY4/SWyrp4lRByI/AAAAAAAAEKI/v2kF2Ym9owQ/s400/2u1.gif)

Por isso oramos,
pois sabemos que com a
oração venceremos.

(http://lh5.ggpht.com/_Evo2QjXTvY4/SWyrp4lRByI/AAAAAAAAEKI/v2kF2Ym9owQ/s400/2u1.gif)

Deus tu és tão bendito que enviaste o
teu amado filho e nosso irmão
Jesus o mestre,
o fiel amigo,
que  nunca nos deixou e
jamais nos desamparou.

(http://lh5.ggpht.com/_Evo2QjXTvY4/SWyrp4lRByI/AAAAAAAAEKI/v2kF2Ym9owQ/s400/2u1.gif)

Além de nos dar
a força necessária,
ainda muitas das vezes
Sem merecermos!

(http://lh5.ggpht.com/_Evo2QjXTvY4/SWyrp4lRByI/AAAAAAAAEKI/v2kF2Ym9owQ/s400/2u1.gif)

Perdoa-nos o nosso pecado.
Mas ao nascer com
a missão sublime desejada pelo pai,
de ser nosso irmão,
encheres a terra, e a mesma iluminou
com a tua áurea de clarividência.

(http://lh5.ggpht.com/_Evo2QjXTvY4/SWyrp4lRByI/AAAAAAAAEKI/v2kF2Ym9owQ/s400/2u1.gif)

E assim o vosso filho nos ensinou o principio do amor.
Perdoa-nos!
Assim seja.

(http://lh5.ggpht.com/_Evo2QjXTvY4/SWyrp4lRByI/AAAAAAAAEKI/v2kF2Ym9owQ/s400/2u1.gif)

Dhiogo José Caetano.


Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 21 de Abril de 2013, 04:44


(http://4.bp.blogspot.com/-rRLIIB3eFqM/TvUXbw7-r5I/AAAAAAAADT8/4reMp-oryI8/s640/al8.jpg)


Será que Deus Existe?


O dia era como outro qualquer.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-244.gif)  Liguei o computador, o modem fez o sinal habitual do protocolo da ligação e como num gesto habitual lá carreguei no comando «enviar / receber» do Outlook, para receber o meu correio, via Internet.

Entre outras cartas, uma delas, pequena mas curiosa chamou-me a atenção. Era de uma amiga e dizia o seguinte:

(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  Afinal será que Deus existe?
(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  Para que serve sofrer a perda de alguém?
(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  Afinal onde está a justiça de que tanto se fala?
(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  A cada dia que passa, sinto que Deus afinal não existe!
(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  Tudo o que andamos a fazer nesta vida para que serve?
(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  Afinal se a vida corre sempre bem, porque é que desta vez correu assim?

Carla.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-244.gif)  Esta amiga estava no dia seguinte ao do falecimento de um seu familiar. Fiquei curioso, pois é uma pessoa religiosa e bem empenhada na sua religião, desde há muito tempo. Conversámos um pouco e perguntei-lhe se a religião dela não conseguia respostas a esta suas perguntas. Era mais que evidente que não.

Disse-lhe então que estava na hora de procurar as respostas e que as encontraria na doutrina espírita, que não sendo mais uma religião, nem mais uma seita, é uma doutrina:

(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  Numa componente ética,
(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  Numa componente filosófica,
(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  Numa componente experimental.

Sugeri-lhe que procurasse uma associação espírita, que estudasse o espiritismo, fizesse um curso básico de espiritismo (existem até na Internet), não no sentido de se tornar espírita, mas sim com o objetivo de se informar.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-244.gif)  E assim, ir cimentando a sua fé, a certeza da existência em Deus, mas agora com base em fatos, em evidências, em estudos, em raciocínios, que não só alimentam a fé como a aumentam, criando no homem uma fé raciocinada e não uma fé cega, que gera mais incredulidade do que religiosidade.

Com o estudo do espiritismo, o homem encontra lógica e equidade para as aparentes injustiças da vida

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-244.gif)  Fiquei a pensar no bem-estar que o conhecimento do espiritismo confere ao ser humano e como esse conhecimento, se bem adquirido pode conferir ao homem uma tranquilidade muito grande perante um fenômeno tão normal e banal como é o da morte do corpo físico, quando o espírito se liberta adentrando na nova vida, no mundo espiritual.

Sugeri-lhe a leitura da magistral obra «O Livro dos Espíritos», de Allan Kardec.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-244.gif)  Por uma questão cultural a ver na morte do corpo de carne uma fatalidade, uma desgraça, o espiritismo demonstra-nos o contrário, através da mediunidade, que a morte é uma ilusão e que aqueles que julgamos mortos estão tão vivos como nós, vindo até nós trazer as suas notícias.

Numa outra ocasião, em conversa com uma médica do hospital da nossa cidade, ela referia que aconteciam casos de pessoas com comportamentos estranhos, nas urgências, com os quais não sabiam lidar.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-244.gif)  Como seria bom se os médicos de um modo geral estudassem a filosofa espírita, para assim poderem melhor auxiliar o ser humano, numa perspectiva integral, holística.

Deixando de o abordar como um mero amontoado de carne, de células, procurando a causa da doença no ser eterno e não apenas combatendo a consequência do desequilíbrio humano a manifestar-se sob a forma desta ou daquela doença.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-244.gif)  Na semana seguinte líamos uma reportagem na revista «Pública» do jornal «Público», onde o Dr. Ian Stevenson, médico, psiquiatra, americano, uma sumidade a nível mundial no campo da pesquisa da reencarnação, mostrava os seus estudos de há mais de 40 anos, afirmando que tem mais de dois mil casos investigados em todo o mundo que evidenciam ser casos de reencarnação de crianças que se lembram de vidas anteriores.

Stevenson afirmava-se estupefato com a indiferença de alguns pesquisadores e cientistas com os seus resultados, uma vez que eles irão inevitavelmente revolucionar a vida na Terra. A reencarnação é cada vez mais uma evidência difícil de refutar, demonstrada por muitos pesquisadores de todo o mundo.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-244.gif)  Quando o homem entender que a reencarnação é uma realidade, que ele voltará com um novo corpo para novas experiências iluminativas, aprendendo aquilo que ainda desconhece e retificando erros do passado.

▬  Então:

(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  As diferenças sociais deixarão de ter sentido,
Já que poderemos reencarnar na opulência ou na miséria,

(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  O racismo deixará de ter sentido
Já que poderemos reencarnar na raça que agora consideramos inferior,

(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  A xenofobia deixará de fazer sentido,
Já que reencarnaremos neste ou naquele país de acordo com o que nos for mais útil,

(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  O desprezo pela natureza também não fará sentido,
Já que reencontraremos a natureza poluída ou conservada conforme a tivermos deixado na vida anterior.

(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  As diferenças sexuais deixarão de fazer sentido,
Já que reencarnaremos em corpos femininos ou masculinos de acordo com as nossas necessidades evolutivas,

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-244.gif)  Perante as dúvidas da minha amiga, as interrogações da médica conhecida e as certezas deste renomado cientista (que não é espírita) não pude deixar de me sentir confortável por poder entender a vida com os horizontes alargados que o espiritismo nos confere, dentro duma postura de abertura, não dogmática nem impositiva.

José Lucas.




Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 22 de Abril de 2013, 19:39


(http://3.bp.blogspot.com/-kXOY0yqcPtU/TacvwozfwoI/AAAAAAAAAKE/hPvX8v9WeAI/s320/ceiasenhor3.jpg)

Jesus na visão Espírita

(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-908.gif)  Em meio à crescente proliferação de doutrinas exóticas no seio mesmo do nosso movimento, sobremodo nos preocupam aquelas cujo resultado é a deturpação da legitima visão espírita de Jesus de Nazaré.

—   Ao contrário do que a negligência de muitos confrades pode supor, Allan Kardec deixou-nos bem definida a concepção espírita sobre a natureza do Cristo:

(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-24.gif)  Quer física,
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-24.gif)  Quer, sobretudo, espiritualmente.

▬  No comentário ao nº 226 de O Livro dos Espíritos, o codificador estabelece que, quanto ao estado no qual se encontram, os espíritos podem ser:

(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-24.gif)  Encarnados,
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-24.gif)  Errantes,
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-24.gif)  Ou puros.

Acerca dos puros, dizem os espíritos superiores:
▬  "Não são errantes... Esses se encontram no seu estado definitivo."

Tal é a condição espiritual de Jesus: A dos espíritos puros, ou seja, a dos espíritos que:
▬  "Percorreram todos os graus da escala e se despojaram de todas as impurezas da matéria".

Apesar de integrar o número dos que:
▬  "Não estão mais sujeitos à reencarnação em corpos perecíveis",
Dos que "realizam a vida eterna no seio de Deus", entre nós, por missão, o mestre encarnou-se.

Conforme o nº 233 de O livro dos espíritos esclarece:
▬  "Os espíritos já purificados descem aos mundos inferiores", a fim de que não estejam tais mundos "entregues a si mesmos, sem guias para dirigi-los".

É bem verdade que no comentário ao nº 625 da mencionada obra, Allan Kardec apresenta Jesus como:
▬  "O tipo da perfeição moral a que a humanidade pode aspirar na Terra".

Em quase exata conformidade com o que diz sobre os espíritos superiores, os quais, segundo ele:
▬  "Quando, por exceção, encarnam na Terra, é para cumprir missão de progresso e então nos oferecem o tipo da perfeição a que a humanidade pode aspirar neste mundo" (nº 111).

(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-908.gif)  Cumpre-nos salientar que na doutrina espírita o rigor do conceito de pureza se concentra na expressão "puro espírito", que Kardec explicou ser o estado dos seres que tradicionalmente são chamados:

(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-24.gif)  Anjos,
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-24.gif)  Arcanjos,
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-24.gif)  Ou serafins.

Entretanto, com isso, não quis o codificador estabelecer a existência de gradações no estado de pureza espiritual; basta confrontarmos o item 111 com o item 226 de O livro dos espíritos.
(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-908.gif)  Contudo, o sacrifício tipicamente missionário de um retorno à Terra, mesmo quando já não há necessidade desse tipo de experiência para evoluírem, é meritório aos espíritos superiores, do ponto de vista de sua progressão, pois não integram ainda a classe dos puros espíritos, não se encontram ainda no seu "estado definitivo".

▬  Alguns entendem que este seria o caso de Jesus de Nazaré.

(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-908.gif)  Ele teria atingido a perfeição, ou, quiçá, um grau evolutivo mais alto entre os filhos do homem somente após o cumprimento de sua missão, o que, alias, é sugerido pelo autor da Epístola aos hebreus, o qual entende que Jesus, por seus sacrifícios, teria passado, de `sacerdote', à condição de `sumo sacerdote' da ordem de Melquisedeque.

Não desposamos essa idéia, embora admitamos que não confronta com o ensino de O livro dos espíritos, no qual, de fato, Jesus figura ainda como espírito superior; passível seria ele, portanto, de aperfeiçoamento.

(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-908.gif)  A codificação espírita, todavia, não termina em O livro dos espíritos, começa nele. Allan Kardec desenvolveu e aprimorou o conceito espírita sobre a condição espiritual de Jesus como fez com relação a outros temas.

▬  Se não, vejamos:

Já mesmo em O livro dos médiuns, obra que constitui, segundo o próprio codificador, a sequência de O livro dos espíritos, Allan Kardec passou a classificar Jesus como espírito puro.

(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-908.gif)  Na nota que escreve à dissertação IX do cap. XXXI, distingue, com absoluta clareza "os espíritos verdadeiramente superiores" daquele que representa "o espírito puro por excelência", por desvelada menção a Jesus Cristo.

Ora, Allan Kardec diz que tais espíritos, mesmo superiores, não têm as qualidades do Cristo; de novo estabelece, portanto, diferença entre Jesus e os espíritos superiores, como fez em O livro dos médiuns, na aludida nota à dissertação IX do cap. XXXI.

(http://smayls.ru/data/smiles/animashki-serdechki-908.gif)  Isso tão - só porque os espíritos superiores ainda não são puros.

Do livro: "Reencarnação – Lei da Bíblia, Lei do Evangelho, Lei de Deus."
Sergio Fernandes Aleixo.



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 25 de Abril de 2013, 01:59


(http://www.orkugifs.com/images/Noite-na-beira-do-mar_1429.gif)

Deus na visão espírita

(http://1.bp.blogspot.com/-1Cljz1eP40g/Unctf6nNf0I/AAAAAAAA8BE/Pqwb24ADs9U/s1600/drop2.gif)  “Deus é a inteligência suprema, a causa primária de todas as coisas”, ou seja, Deus é a inteligência maior do Universo e o causador de todas as coisas que há e acontece nele.
 
▬  A  igreja é a casa de Deus?   
▬  Não. Jesus disse:
▬  “Há muitas moradas na casa de meu pai”.

Então entendemos que a casa de Deus é o Universo.
 
▬  Onde devemos adorar Deus?

Jesus respondeu esta pergunta para a samaritana dizendo:
(http://1.bp.blogspot.com/-1Cljz1eP40g/Unctf6nNf0I/AAAAAAAA8BE/Pqwb24ADs9U/s1600/drop2.gif)  “Virá a hora em que não será nem neste templo (que ficava na cidade da Samaria), nem em Jerusalém que adorareis o Pai. Deus é espírito e em espírito e verdade é que o devem adorar os que o adoram.”
 
Em nosso relacionamento com Deus, julgamos que haveremos de encontrá-lo nos templos religiosos. Mas, se Deus é espírito, Ele está em todos os lugares, dentro e fora dos templos.
 
(http://1.bp.blogspot.com/-1Cljz1eP40g/Unctf6nNf0I/AAAAAAAA8BE/Pqwb24ADs9U/s1600/drop2.gif)  E agradá-Lo, não é frequentar templos religiosos, em dias e horas certas, ou então, utilizando práticas exteriores, e esquecer o fundamental, que é o combate às nossas imperfeições, no esforço de renovação íntima que marca a verdadeira religiosidade.
 
▬  Temos que ser verdadeiros diante dos ensinamentos evangélicos em todos os lugares:

(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  No lar,
(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  Na rua,
(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  No trânsito,
(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  No trabalho,
(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  Dentro e fora dos templos, etc.

▬  Buscamos o entendimento e o fortalecimento para enfrentarmos:
 
(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  As dores,
(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  Os problemas,
(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  E as aflições que apareçam em nossas vidas.
 
▬  Jesus foi Deus encarnado?
▬  Não. Em vários momentos Jesus deixou claro que ele não era Deus.

E um desses momentos foi quando em seu momento final na Terra disse:
▬  “Pai, nas suas tuas mãos entrego meu Espírito.”
 
Mesmo após a sua morte e ressurgimento espiritual, Jesus continua a demonstrar, com suas palavras, que permanece a dualidade e desigualdade entre ele e Deus:
▬  "Subo para meu Pai e vosso Pai, para meu Deus e vosso Deus." - (Jo 20:17)

▬  Deus castiga?
▬  Não. Deus não julga cada ato das pessoas. Deus faz leis que regem a vida universal e, para cada ato há uma consequência que vem naturalmente e automático. Por exemplo:
 
As leis dos homens são elaboradas pelos deputados. Quando alguém transgride alguma dessas leis e é condenado à prisão, ninguém diz:
▬  “Os deputados me castigaram!”
 
(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  Assim acontece com a lei divina. Deus fez leis que devem ser seguidas, mas quando transgredimos uma delas e sofremos as consequências não devemos dizer: “

▬  Deus me castigou!” Na verdade estamos sendo julgados pela lei Dele, ou melhor, colhendo o que plantamos.
   
▬  O papa é representante de Deus na terra?         
▬  Não. Alguém auto eleger-se como representante de Deus, estando na sua condição de humanidade, sujeito às vicissitudes não deixa de ser um salto muito audacioso, porque ao representar Deus, de alguma forma, assume-lhe a postura.
 
▬  Nós o consideramos o o papa como:
 
(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  O chefe social,
(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  Chefe da Igreja,
(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  O chefe político,
(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  O chefe ideológico,
(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  Mas um cidadão, embora nobre, igual a qualquer um de nós.
 
▬  Nós veremos Deus após a desencarnação?     
▬  "Ninguém jamais viu a Deus", afirma João em sua epístola (I 4:12).
 
▬  Por que não?
▬  Porque "Deus é Espírito" (assim ensinou Jesus à mulher samaritana, em Jo 4:24) e, como tal, não pode ser percebido pelos sentidos comuns, materiais.
 
(http://1.bp.blogspot.com/-1Cljz1eP40g/Unctf6nNf0I/AAAAAAAA8BE/Pqwb24ADs9U/s1600/drop2.gif)  Não podemos ver Deus com os olhos do corpo. Embora nos seja invisível, Deus não nos é totalmente desconhecido.

Se não se mostra aos olhos do corpo, Ele se faz evidente ante nossa compreensão por todas as suas obras (a Criação) e podemos senti-Lo espiritualmente, nas vibrações do seu infinito amor.
 
(http://1.bp.blogspot.com/-1Cljz1eP40g/Unctf6nNf0I/AAAAAAAA8BE/Pqwb24ADs9U/s1600/drop2.gif)  Quanto mais desenvolvermos nosso conhecimento e sensibilidade espiritual, mais "veremos" a Deus, percebendo, entendendo e sentindo sua divina presença e ação em tudo o que existe, em tudo o que acontece. "Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus." (Jesus -Mt 5:8]
 
Onde podemos encontrar a prova da existência de Deus?           
           
Nesta frase usada pelos cientistas:
▬  Não há efeito sem causa
 
(http://1.bp.blogspot.com/-1Cljz1eP40g/Unctf6nNf0I/AAAAAAAA8BE/Pqwb24ADs9U/s1600/drop2.gif)  Procuremos a causa de tudo o que não é obra do homem, e a nossa razão nos responderá. Para acreditar em Deus, basta lançarmos os olhos sobre as obras da criação.

O universo existe, portanto ele tem uma causa. Duvidar da existência de Deus seria negar que todo efeito tem uma causa e admitir que o nada possa fazer alguma coisa.
 
▬  Dê um exemplo desse efeito para que possamos acreditar em quem o causou.

Explica o cientista dr. Cressey Morrison:

(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  Se a atmosfera da Terra não houvesse sido necessariamente calculada, eles destruiriam a vida e provocariam milhões de incêndios diariamente.

(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  Se, por acaso, a atmosfera da Terra, que mede 60 quilômetros, fosse menor, a vida seria totalmente impossível porque diariamente caem sobre a Terra milhões de aerólitos, pedaços de planeta.

(http://i71.servimg.com/u/f71/09/01/39/41/bullet10.gif)  Se, por acaso, o fundo do mar fosse mais baixo dois metros apenas não haveria a vida na superfície da Terra, pois a água do mar absorveria o oxigênio e o gás carbônico e os seres vivos não poderiam respirar.

Logo, alguém pensou sobre isso!.

Desconheço a fonte


Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 29 de Abril de 2013, 02:28

(http://www.fotorkut.com.br/imagens/religioso/religioso1.gif)

O Cristo Histórico

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  1- P: - Como é vista por Allan Kardec a questão do Cristo histórico?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - No tempo de Kardec ainda não havia estudos históricos sobre Jesus, pois ainda não eram possíveis.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-510.gif)  Estes estudos somente surgiram em 1863 com Renan ao qual Kardec reagiu com certa veemência, sem duvida por não haver na época elementos comparativos que pudessem oferecer a Kardec uma ideia razoável do tema.

Por exemplo, Kardec não podia conhecer o evangelho de Tomás que somente surgiu em 1898 e de novo em 1945, e não podia conhecer os Evangelhos do mar Morto que surgiram somente em 1898 e de novo em 1947 (Kardec morreu em 1869)

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-510.gif)  A ciência moderna confirma a opinião de Renan, e de Kardec, de que o Cantar do Monte forma a base essencial do ensino do Cristo, cf. Evangelho Segundo o Espiritismo, Introdução I.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  2- P: - Como você acha que a Mediunidade pode auxiliar no esclarecimento dos pontos  conflitantes a respeito do Cristo Histórico?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - Esclarecendo sobre pontos duvidosos ou de pesquisa impossível; para isto precisamos entrevistar os espíritos com perguntas bem formuladas de acordo com o método kardequiano.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  3- P: - Como podemos entender as faculdades espirituais do Cristo? Como você define a  trajetória evolutiva do Cristo, o seu caminho cíclico da alma eterna, as suas dimensões físicas e espirituais?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R:- Como homem, Jesus era uma pessoa de seu tempo, um mestre judeu do século I com a mentalidade das pessoas do século I, portanto, preocupado com o fim do mundo e a vinda do messias.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-510.gif)  Como espírito, um ser de alta moralidade. Como médium, um grande sensitivo. Contudo a nossa época tem outras preocupações e não devemos viver eternamente no século I e seus messias e finais de mundo; temos que avançar para outro tipo de cristianismo. Um cristianismo moral fora de todo dogmatismo.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  4- P: - Como têm sido tratada, entre os espíritas, a descoberta da urna funerária contendo a inscrição: "Tiago, filho de José, irmão de Jesus"? Os espíritos já foram perguntados acerca da descoberta?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - Ainda não perguntamos, mas a rigor nem precisa. Tiago o irmão de Jesus foi uma pessoa de alto relevo na sociedade judaica do século I.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-510.gif)  Era o chefe da Igreja, e não Pedro. Tiago escreveu o primeiro texto cristão e editou os primeiros livros, nomeou os primeiros auxiliares, etc., etc., e tinha enorme importância na sociedade como um todo. Quando ele morreu, vitimado pela polícia, o governo caiu, e você consegue imaginar a policia matando alguém hoje e fazendo o governo cair???

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  5- P: - João disse que os cravos utilizados na Crucificação foram pregados nas mãos de Cristo. As pesquisas arqueológicas indicam que os cravos tinham que ser colocados nos pulsos para que se aguentasse o peso do corpo. Teria Cristo sido crucificado nas mãos e nos pulsos? O Santo Sudário indica apenas nos pulsos...como o senhor interpreta essa passagem?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - Tanto o grego *quiros* quanto o hebraico *iad* abrangem a mão e o punho. Arqueologicamente sabemos que Jesus foi transfixado pelos pulsos.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  6 - P: - Muitos historiadores duvidam da existência de Jesus porquanto seu corpo nunca foi encontrado. Alguns dizem que ele deve, possivelmente, haver desintegrado seu próprio corpo porque como Espírito Puro não necessitava que ele se deteriorasse como acontece com o comum dos seres humanos. Qual a sua opinião a respeito?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - Não há nenhuma prova histórica de que o corpo de Jesus tenha desaparecido. Os judeus da época não se interessavam muito pelo corpo, mas em 1968 achou-se uma tumba de um *Jesus* num cemitério judeu-cristão em Jerusalém, do século I morto ao redor dos anos 30 do sec. I. Seria Jesus???...

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  7 - P: - Como devemos encarar obras ditas mediúnicas que relatam a vida de Cristo? Como "Há Dois Mil Anos", ou "Cornélius, o Centurião que viu Jesus". No 1º caso, afirma-se que Jesus morreu no ano 33 (o que considera-se errado). No 2º, afirma-se ser verdadeira a famosa carta de Publio Lentulus descrevendo Cristo, mas parece haver certeza atualmente que a carta é uma fraude do ano 1300. Devemos tratar tais obras como trazendo a verdade dos acontecimentos? Se não, isso mostra que os espíritos que ditaram as obras não eram evoluídos?.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - Jesus nasceu numa faixa que vai do ano 7 a 5 a.C., podendo ampliar para os anos 20-15; e morreu numa faixa que vai dos anos 29 a 33 E.C. E a Carta de Lentulus...

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-510.gif)  Publius Lentulus sem nenhum acento ou Publio Lentulo com u agudo e e circunflexo - conforme V. queira escrever em latim ou português] já existia no século IV [em geral eu escrevo Publius Lentulus em latim].

Publius Cornelius Lentulus Getulicus era presidente do Senado entre os anos 30 a 68 E.C.
Nasceu entre os anos 1 e 5 E.C. e fazia parte da importantíssima família romana Gens Cornelia que teve grande importância na cristianizacão de Roma.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-510.gif)  Contudo apenas uma parte mínima da Carta poderia ser autentica, aquela que diz ''Caminha com os pés descalços, cabelos da cor do vinho, olhos claros, mãos compridas e ensina que os reis e escravos são iguais''.

Esta parte mínima coere com as fichas policiais da época e evidentemente um senador romano somente iria se preocupar com Jesus do ponto de vista criminal, pois o Cantar do Monte inteiro é um texto subversivo para as leis romanas. Ensinar que os pobres são benditos era caso de policia.
.

Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 29 de Abril de 2013, 02:44

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  9 - P: - Eu li no livro Paulo e Estevão, de Chico Xavier/Emmanuel, diz que o primeiro evangelho foi escrito por Levi ou Mateus,um ano depois do desencarne de Jesus, e não 60 ou 70 anos, como muitos historiadores acreditam.

Eu, particularmente, penso que Emmanuel está certíssimo, por que, já que Paulo de Tarso escreveu várias cartas às Igrejas, por que ele não Pensou em escrever uma biografia de Jesus, já que não existia nenhum evangelho no tempo em que ele escreveu as cartas, como dizem os historiadores? Eu acredito que Paulo não escreveu, porque já existia o Evangelho de Mateus! Qual a sua opinião a esse respeito?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - Emmanuel refere-se aqui ao Livro de Q ou um conjunto de ensinos sem narrativas, que hoje se acha nos caps. 5 a 7 do atual Evangelho de Mateus. Os evangelhos narrativos propriamente ditos surgiram somente entre os anos 50 e 120. Paulo escreveu os primeiros textos cristãos, as suas Cartas, mais antigas que os evangelhos. O texto cristão mais antigo é a Carta de Tiago.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-510.gif)  O evangelho é apenas complemento de outra obra chamada Didaque que desenvolve o ensino de Jesus e que se acha hoje em desuso. Os capítulos 5 a 7 de Mateus são a única parte que podemos realmente atribuir a Jesus; o resto do evangelho é não autêntico em maior ou menor grau. Ou não autêntico, ou folclórico.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  10 - P: - Quais são as provas da existência de Jesus Cristo?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - A rigor, somente os caps. 5 a 7 do evangelho de Mateus. É a única parte do Novo Testamento que tem origem inequívoca no século I. A Carta de Tiago confirma muitas frases contidas em Mateus capítulos 5 -7, e o evangelho de Tomas confirma muitas coisas da Carta de Tiago; os 3 documentos juntos oferecem uma ideia razoável do ensino de Jesus e por sua vez os Evangelhos do mar Morto esclarecem a mentalidade do século I.

O resto do Novo Testamento atual surgiu apenas mais tarde; Paulo foi esquecido por 100 anos e depois reescrito; e os evangelhos foram todos reescritos nos séculos II e de novo no século IV. A maior parte das variantes do texto evangélico surgiu no século II, e elas podem chegar a 250 mil variantes.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-510.gif)  No século IV temos a definição de 4 evangelhos por um critério político baseado nas 4 grandes igrejas da época, Jerusalém [Mateus], Antioquia [Lucas], Alexandria [João-Marcos] e Roma [Marcos].

Ao oposto do que as pessoas pensam em geral, as maiores variantes do texto evangélico não surgiram na Idade Media mas no século II, e muitos cristãos, para se salvarem, entregavam outros cristãos, como ocorreu a Orígenes, no século II, o maior sábio do cristianismo, denunciado aos romanos por um bispo enciumado do  seu saber.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-510.gif)  Como ocorreu a Juliano, no século IV, que combateu a doutrina das penas eternas e por isso foi queimado por S. Agostinho, que não era nenhuma florzinha de bondade: ''queimem Juliano, odeiem Juliano'', ele disse, ''eis um bom serviço'o que prestais a Deus''. Assim a historia da doutrina cristã nada tem de romântica, eram pessoas comuns com todos os seus defeitos e tentando acertar, fazer o melhor possível. Quando mexiam num texto, criam que era o melhor a fazer.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  11- P: - Por que o nome "Cristo" em JESUS Cristo?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - Cristo significa ''messias'', i.e., ''um grande profeta''.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-510.gif)  Mas no judaísmo o messias é uma época e não um homem; Jesus, como todo judeu, acreditava-se o messias: isto faz parte da mentalidade judaica, todo judeu pensa que está no mundo para fazer o melhor, para fazer a coisa certa, para ser um messias, enfim

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  12- P: - Os historiadores, os cientistas não aceitam o novo testamento como prova da existência de Jesus? Por que?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - O Novo Testamento é uma obra de literatura sobre Jesus, e não a biografia de Jesus. O Novo Testamento é um conjunto de romances e de  comentários sobre estes romances, e de cartas pessoais; 3/4 do Novo Testamento são de Lucas.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-510.gif)  O Novo Testamento não merece nenhum credito como obra histórica ou como depoimento, pois o seu objetivo era dar uma idéia literária, atraindo o leitor pela poesia. A Didaque, hoje em desuso, preocupava-se com a exatidão. Apesar disto o Novo Testamento indiretamente [se V. comparar com os textos da época] mostra como as pessoas pensavam, e isto não é pouca coisa. Os problemas só surgem quando você pede ao Novo Testamento mais do que ele pode oferecer, ressalvando os caps. 5 a 7 de Mateus.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  13- P: - Existe alguma prova, fora da Bíblia, da existência do apostolo Paulo, ou de algum dos Discípulo de Jesus?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - Temos provas indiretas, alguns achados, feitos em Cesaréia, em  Jerusalém e Corinto, e no Egito. São alguns inscritos que permitem concluir que o Novo Testamento é um romance plausível. Mas mesmo assim é somente um romance.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-510.gif)  Estes achados permitem concluir datas, p. ex., pessoas mencionadas nos Atos e confirmadas nestes inscritos permitem concluir que Paulo agiu entre 35 ou 40 e 64 ou 68 o mais tardar, logo, Tiago viveu pela mesma época.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-510.gif)  Logo, Jesus ensinou em torno do ano 30 pois V. não consegue imaginar Paulo sem Tiago, e Tiago sem Jesus. Os caps. 5 a 7 de Mateus apresentam toda a característica de textos feitos entre os anos 100 a.E.C. e 70 E.C. e portanto são mesmo muito antigos e autênticos.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  14- P: - Como é o nome de Jesus em Hebraico e em Aramaico?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - Yeshua. Em português Josue.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  15- P: - Gostaria de saber se existem livros espíritas que afirmem que o Cristo tenha mesmo estudado com os essênios antes de iniciar suas pregações, e em sua opinião, o fator de mediunidade pesou na escolha dos apóstolos? Ou seja, foram escolhidos também por serem fabulosos médiuns?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)   R: - Provavelmente os apóstolos foram escolhidos pela sinceridade e dedicação.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  16- P: - É mais provável a aparência de Jesus ser qual: aquele da ciência ou o branco das Imagens?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)   R: - Provavelmente os apóstolos foram escolhidos pela sinceridade e dedicação.
Jesus, como os judeus do Oriente, tinha cabelo crespo e cacheado, pele escura e narigão. Um enorme narigão.


Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 29 de Abril de 2013, 03:05

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  17- P: - Em Roma, no arquivo de Duque de Cesadini, foi encontrada uma carta de Públius Lêntulus, Procônsul da Galiléia, dirigida ao Imperador romano, Tibério César, em virtude deste ter interpelado acerca de Cristo. E nesta havia sua descrição, como tendo ele pele moderada, olhos claros etc. Nós vimos isto em uma mensagem espírita. Queremos saber, é um fato real?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - Lentulus diz, ele tinha cabelos da cor do vinho, i.e., ruivos, bem escuros; e da cor da amêndoa, i.e., castanhos, escuros; e da cor do trigo maduro, i.e., o trigo sarraceno, aquele do quibe, ou seja, bem moreninho, o trigo do Oriente. São portanto 3 tonalidades do avermelhado; como bom semita, ele tinha cabelo crespo, escuro, ruivo, e pele amorenada. Olhos claros, sim, grandes; os semitas possuem olhos claros entre o verde e o castanho claro. Olhos grandes e de fogo.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  18- P: - Onde e como Jesus viveu dos 12 aos 30 anos?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - Provavelmente entre as comunidades judias ao longo das estradas onde os carpinteiros como seu pai eram necessários.  Os meninos judeus ficavam na escola religiosa até os 20 anos quando então casavam-se. Jesus demonstra uma sólida educação judaica, logo, foi instruído como escriba.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-510.gif)  Sua família, os Ben David, tinha o dever de abastecer o Templo com lenha e desempenhavam [veja Tiago] um papel de relevo no cerimonial judaico da época. Jesus era ''senhor'', i.e., um cantor de sinagoga; ele ''pregava'', i.e., cantava nas sinagogas, veja Mc cap. 1 vers. 14; ele era um cantor de sinagoga e particularidades sobre a vida judaica da época acham-se no Talmude.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  19 - P: Teve Jesus algum vínculo com os Essênios?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - Os Mss. do mar Morto são o único texto além do Cantar do Monte onde achamos a expressão ''pobres do espírito''. Simples coincidência???

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  20- P: - Algum historiador relatou algo sobre Jesus? Flavius Josefus por exemplo?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - O trecho de Josefo é controvertido.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  21- P: - Em "O Sublime Peregrino", há relatos sobre os costumes, vestimenta, alimentação etc...; eu queria saber o que há de verdade histórica, nestes relatos? Em suma, o que é verdadeiro, ou falso, neste livro, historicamente falando?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - Em geral Ramatis é bom, mas temos que ressalvar o médium e dar um desconto de uns 50 por cento.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-510.gif)  O médium dele interfere demais na clareza do texto, se bem que devamos nos perguntar: Ramatis só fala de evangelho, de bondade, etc., e isto é próprio de um obsessor? Não. Portanto, as bobagens são do médium.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  22- P: - O que realmente se sabe sobre a vida do Cristo que não foi relatada  em livros (como a Bíblia) e que é o maior período da sua vida?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - Temos o Talmude para aclarar a vida judaica da época. Embora cite muito pouco Jesus, deixa patente que ''ele estava próximo do reino de Deus''.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-510.gif)  Ao mesmo tempo mostra como a elite judaica da época não conseguiu aceitar o  seu ensino, ''ele desencaminhava Israel''. Uma contradição, portanto. Temos  também numerosos depoimentos dos Pais da Igreja e de familiares seus ao longo  dos tempos. A família de Jesus ainda existe; extremamente reservados, chamam-se  a si mesmo de Nozairy, os Nazarenos, e são judeus; vivem no Líbano [fonte - Pinchas Lapide].

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-510.gif)  Seguidores judeus de Jesus representaram ao longo dos séculos uma força transformadora permanente no judaísmo. Mas não pensam, como os cristãos, que Jesus seja O messias e sim um messias, ou, um grande profeta. São os judeus mais ortodoxos e mais praticantes, chamados *Chassidim* ou Piedosos; seu culto é espiritual e deveras baseado em canto e dança. É o judaísmo do coração.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  23- P: - Se poderia nos explicar se há e, se houver, qual a diferença entre o Cristo Histórico e o Cristo que temos notícias pela religião?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - Na antropologia, na arqueologia e na historia temos um Jesus mestre judeu de moral, um continuador de Sócrates, um profeta inspirado. Na religião temos culpa, pecado e resgate do pecado pelo sangue pelo sacrifício de um deus encarnado. O que devemos preferir? A razão ou o dogma???

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  24- P: - De que forma ou que correlação há entre o Cristo Histórico e a Doutrina Espírita?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - O espiritismo, diz Kardec, deve avançar pela ciência e com a ciência.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  25- P: - Há diferença quando se fala em Jesus e quando se fala em Cristo Histórico? Qual?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - Jesus histórico é a busca do Jesus provável que viveu no século I mas  não é fácil chegar a ele, pois temos 20 mestres Jesus no século I na Palestina.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-510.gif)  A mais antiga tradição, afirmada pelos Pais da Igreja, diz que um dia um profeta subiu ao Monte das Bênçãos e entoou o Cantar da Montanha, e por isso foi preso e crucificado pelos romanos. Não há motivo para duvidarmos da tradição.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-510.gif)  A rigor, Cristo histórico não existe, pois ''cristo'' é um conceito da fé' de cada um; mas nós usamos esta expressão na nossa pagina para deixar claro que não combatemos a fé, somente a hipocrisia.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  26 - P: - Quando se lê e se compreende Jesus como modelo e guia, conforme consta na codificação espírita, como inserir neste contexto o Cristo Histórico?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - Eu quero crer no Jesus que efetivamente viveu e ensinou, e não naquele que *disseram que* viveu. Eu quero crer por mim mesmo, como diz Kardec. Contudo, veja, LE 625 diz textualmente, ''qual o modelo etc...?'' e a resposta literalmente é ''Vede Jesus'', ou, examinai o que Jesus disse sobre isso.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  27- P: - E o que Jesus disse?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  R: - ''Quem quiser ser o maior, seja o servidor de todos''. Seria um contra censo um Jesus que, vivo, ensinasse a humildade e, no Espaço, se atribuísse o papel de guia único ou maior da humanidade em detrimento de tantos outros.

—   Cada um de nós é seu próprio guia.
—   Você não acha??? ...

Traduzida em português apenas como ''Jesus'' mas em francês ''Voyez Jesus''.

Título: O Cristo Histórico
Entrevistado: Paulo Dias
Fonte: CVDEE.


Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 07 de Maio de 2013, 01:52


[attachimg=1align=center=width=450]     

(http://1.bp.blogspot.com/-32CAOKRS5yw/TnaXbQmvsEI/AAAAAAAAB_Y/YLo1ojWsaJ8/s1600/043.gif)

O Espiritismo sem Jesus

(http://lh3.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/SwQI8wJn6FI/AAAAAAAAL2I/ruafLakr8CU/s400/borboleta2.png)  Chico, estão querendo separar a parte científica, filosófica e religiosa da Doutrina, dizendo que o Espiritismo não é religião, isto é, estão querendo tirar Jesus do Espiritismo.

▬   O que você acha de tudo isso?
A resposta não se fez esperar:

▬   A Doutrina Espírita é ciência, filosofia e religião:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Se tirarmos Religião do Espiritismo, vira um negócio.
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Se tirarmos Jesus do Espiritismo, vira comédia.
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Então se tirarmos a religião, o que é que fica?

A filosofia humana, embora seja uma conversa sem fim, tem ajudado a clarear o pensamento, mas não consola perante a dor de um filho morto.  A ciência humana, embora seja uma pergunta infindável, está aí em nome de Deus.

(http://lh3.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/SwQI8wJn6FI/AAAAAAAAL2I/ruafLakr8CU/s400/borboleta2.png)  Antigamente tínhamos a varíola, mas Deus, inspirando a inteligência humana, nos deu a vacina e hoje a varíola está quase eliminada da face da terra.

Sofríamos com o problema da distância, mas a bondade divina, inspirando a cabeça dos cientistas, nos trouxe o motor.

▬   Hoje temos:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   O carro,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   O barco, 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   O avião suprimindo distâncias...
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   O telefone aliviando ansiedades...
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   A televisão colocou o mundo dentro de nossas casas...

Tínhamos medo da escuridão, mas a misericórdia divina nos enviou a lâmpada, através da criatividade humana.

(http://lh3.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/SwQI8wJn6FI/AAAAAAAAL2I/ruafLakr8CU/s400/borboleta2.png)  A dor nos atormentava, mas a compaixão divina nos enviou a anestesia.

Há, porém, uma coisa em que a ciência não tem conseguido ajudar.  Ela não tem conseguido eliminar o ódio do coração humano.

▬   Não há farmácias vendendo remédios contra:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   O egoísmo,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   O orgulho,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   A vaidade,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   A inveja,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   O ciúme.

Não podemos pedir misericórdia a um computador.

(http://lh3.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/SwQI8wJn6FI/AAAAAAAAL2I/ruafLakr8CU/s400/borboleta2.png)  Jesus, porém, está na nossa vivência diária, porquanto em nossas dificuldades e provações, o primeiro nome de que nos lembramos, capaz de nos proporcionar alívio e reconforto, é JESUS.

▬   De maneira que:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Se tirarmos a religião do Espiritismo fica um corpo sem coração,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Se tirarmos a filosofia fica um corpo sem membros,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Se tirarmos a ciência fica um corpo sem cabeça.


Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 23 de Maio de 2013, 04:28
 
(http://lh3.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/SwQI8wJn6FI/AAAAAAAAL2I/ruafLakr8CU/s400/borboleta2.png)   A Humanidade, nos dias atuais, tem mais liberdade para buscar o conhecimento, com mais amplitude e profundidade, o que significou, para o mundo, a vinda de Jesus, o Mestre mais perfeito que a Terra conheceu, aquele que baseou seus ensinamentos na pedagogia do exemplo.
 
Não há um só ensinamento dele que tenha ficado sem o seu testemunho pessoal. Jesus foi simples e minucioso no que ensinou verbalmente, e farto na exemplificação.
 
(http://lh3.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/SwQI8wJn6FI/AAAAAAAAL2I/ruafLakr8CU/s400/borboleta2.png)   Por isso é que se deve tomá-lo como o Mestre e Guia a ser seguido, e não como um simples intermediador entre o homem e Deus, que teria selado uma pretensa aliança com o Criador, através do oferecimento do seu sangue para a salvação da Humanidade, conforme interpretações equivocadas de teólogos.
 
O próprio conceito de religião foi modificado a partir dos seus ensinamentos. Com Jesus, aprende-se que religião não é algo mágico a ser levado a efeito no interior dos templos.
 
▬   Não mais aquela ideia de que religião é prática:
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Mística, 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Ritualística,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Contemplativa,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Cheia de oferendas,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   E fórmulas repetitivas...
 
Vivenciadas no interior das assim chamadas “Casas de Deus”.
 
(http://lh3.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/SwQI8wJn6FI/AAAAAAAAL2I/ruafLakr8CU/s400/borboleta2.png)   Religião, conforme seus ensinamentos e, principalmente seus exemplos, passou a ser, para aquele que lhe entendeu as lições, um novo modo de viver, de se relacionar com o próximo, em todos os ambientes, em todos os momentos.
 
Ensinando que Deus está presente em todo o universo, alargou os limites dos templos, transformando o mundo num templo imenso:
(http://www.recantodadeli.com/extras/mini/aves/aves/04.gif)  "Na casa de meu Pai há muitas moradas” (Jo, 14: 2)

Jesus não foi um Mestre de gestos largos, de atitudes místicas e contemplativas, que vivesse confinado em ambiente religioso, ou em local distante, isolado do convívio diário, longe da vida prática.
 
Nem era um profissional religioso: era um simples carpinteiro, que causou espanto em alguns, diante do que falava e fazia:
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   "Donde lhe vêm estas coisas?
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   "E que sabedoria é esta que lhe foi dada?
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   "E como se fazem tais maravilhas por suas mãos?
 
▬   Não é este o carpinteiro, filho de Maria, e irmão de Tiago, e de José, e de Judas, e de Simão?
▬   E não estão conosco aqui suas irmãs?
 
E escandalizavam-se ne-le.” (Mc, 6: 2 e 3).
 
Jesus foi um educador de almas, que sempre enfatizou a necessidade do empenho da criatura no sentido de educar-se, de progredir, conforme ensinou no Sermão do Monte:
(http://www.recantodadeli.com/extras/mini/aves/aves/04.gif)  "Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens (...).” (Mt, 5: 16).
 
Toda a mensagem religiosa do Mestre fundamenta-se no esforço da criatura no sentido de revelar essa herança divina que todos trazemos.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   "Nada de graças, além da graça da vida."
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   "Nada de privilégios: e então dará a cada um segundo as suas obras.” (Mt, 16: 27).
 
Sua mensagem é um verdadeiro desafio, no sentido de transcender os limites da lei antiga, que preconizava:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   "Olho por olho, dente por dente”
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   "Ouvistes o que foi dito: amarás o teu próximo e aborrecerás o teu inimigo"
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   "Se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus.” (Mt, 5: 20).
 
▬   Eu, porém, vos digo:
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Amai a vossos inimigos,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Bendizei os que vos maldizem,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Fazei bem aos que vos odeiam,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   E orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; (...).” (Mt, 5: 42 e 43).
 
▬   Jesus não desejou discípulos:
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Passivos,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Encantados,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Deslumbrados.
 
(http://lh3.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/SwQI8wJn6FI/AAAAAAAAL2I/ruafLakr8CU/s400/borboleta2.png)   Pelo contrário, sempre buscou tocar o sentimento, juntamente com o apelo para que a criatura raciocinasse, a fim de saber, de compreender porque deveria agir desse ou daquele modo.
 
O Sermão do Monte, que para muitos é apenas um hino ao sentimento, é, também, uma forte mensagem à inteligência, ao raciocínio:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   "E qual dentre vós é o homem que, pedindo-lhe pão o seu filho, lhe dará uma pedra?
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   "E, pedindo-lhe peixe, lhe dará uma serpente?
 
(http://www.recantodadeli.com/extras/mini/aves/aves/04.gif)  "Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus dará bens aos que lhos pedirem?” (Mt, 7: 9 a 11).
 
▬   A fé raciocinada começou, inquestionavelmente, com Jesus:
(http://www.recantodadeli.com/extras/mini/aves/aves/04.gif)  "Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?” (Mt, 6: 26).
 
Ao ensinar a criatura a não criar fantasias sobre a fé, mostra a linha divisória entre aquilo que deve ser objeto da preocupação do homem, e o que deve ser entregue a Deus, perguntando:

(http://www.recantodadeli.com/extras/mini/aves/aves/04.gif)  "E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?” (Mt, 6: 27).
 
A educação religiosa que Jesus propicia ao homem leva-o a conscientizar-se de que não será através de orações repetidas que estaremos agradando a Deus:

(http://www.recantodadeli.com/extras/mini/aves/aves/04.gif)  "E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos.” (Mt, 6: 7).
 
▬   Nem através de oferendas ou bajulações:

(http://www.recantodadeli.com/extras/mini/aves/aves/04.gif)  "Portanto, se trouxeres a tua oferta ao altar e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai reconciliar-te primeiro com teu ir-mão, e depois vem e apresenta a tua oferta.” (Mt, 5: 23 e 24).
 
No Seu trabalho educativo do Espírito humano, Jesus mostrou a importância do bom relacionamento com o próximo como caminho para Deus, conforme bem entendeu o Apóstolo João, que registrou:
(http://www.recantodadeli.com/extras/mini/aves/aves/04.gif)  "Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu?” (I Jo, 4: 20).
 
Significativo é o diálogo entre o doutor da lei e Jesus, conforme relatado no Evangelho de Lucas (10: 25 a 37):
(http://www.recantodadeli.com/extras/mini/aves/aves/04.gif)  " Mestre, que farei para herdar a vida eterna?”
 
Ali se vê um homem, conhecedor profundo das leis religiosas, a ponto de citá-las de cor, logo que inquirido por Jesus:
(http://www.recantodadeli.com/extras/mini/aves/aves/04.gif)  "Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo.” (Deu, 6:5 e Lev. 19: 18).
 
Efetivamente, os judeus sabiam de cor esses dois mandamentos maiores.
Entretanto, quando Jesus lhe disse:
(http://www.recantodadeli.com/extras/mini/aves/aves/04.gif)  "Faz isso e viverás”.
 
Aquele homem não compreendeu, porque para ele não havia conexão entre o preceito religioso, que lhe enfeitava o campo intelectual, com a vida prática, a ponto de perguntar:
(http://www.recantodadeli.com/extras/mini/aves/aves/04.gif)  "Quem é o meu próximo?”
 
(http://lh3.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/SwQI8wJn6FI/AAAAAAAAL2I/ruafLakr8CU/s400/borboleta2.png)   Por saber disso, é que o Mestre contou-lhe a Parábola do Bom Samaritano, mostrando que o samaritano fez sua oferenda a Deus, não diante de um altar, mas através do mais legítimo representante de Deus: o próximo!


Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 23 de Maio de 2013, 04:29
   
(http://lh3.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/SwQI8wJn6FI/AAAAAAAAL2I/ruafLakr8CU/s400/borboleta2.png)   Ele próprio deu-se como exemplo no serviço a Deus na pessoa do próximo. Curava sempre, impondo as mãos sobre os doentes, embora não precisasse fazê-lo para curar, mas o fez para ensinar, recomendando que se fizesse o mesmo:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   "... E porão as mãos sobre os enfermos e os curarão.” (Mc, 16: 18).
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   "Deixou bem claro, também, a gratuidade da prática religiosa:
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   "De graça recebestes, de graça dai.” [Mt, 10: 8]

▬   Vê-se, assim, que Jesus trouxe à Terra uma mensagem religiosa sem precedentes:
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Simples, sem ser superficial;
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Profunda, sem ser complicada.
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Uma concepção religiosa libertadora não agrada àqueles que desejam exercer o poder religioso.
 
▬   Estes procuram conservar a religião como algo:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Mágico,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Místico,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Extático,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Complexo...
 
... A ponto de a ela só terem acesso os doutos e os sábios, pessoas pretensamente especiais, que estariam mais habilitadas a intermediarem as mensagens das criaturas ao Criador.
 
(http://lh3.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/SwQI8wJn6FI/AAAAAAAAL2I/ruafLakr8CU/s400/borboleta2.png)   Jesus concedeu carta de alforria à Humanidade, em relação à intermediação sacerdotal, ao informar a criatura humana de que ela tem o direito legítimo e inalienável de se comunicar com seu Criador, diretamente, em qualquer lugar onde se encontre:
 
(http://www.recantodadeli.com/extras/mini/aves/aves/04.gif)  "Mas tu, quando orares, entra no teu aposento, e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em oculto; e teu Pai, que vê secretamente, te recompensará.” (Mt, 6: 6).
 
(http://lh3.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/SwQI8wJn6FI/AAAAAAAAL2I/ruafLakr8CU/s400/borboleta2.png)   Jesus libertou a criatura humana também da necessidade do comparecimento ao templo, a fim de ali encontrar-se com Deus. O Mestre jamais convidou alguém a orar num templo.
 
Pelo contrário, quando a Samaritana manifestou-se no sentido de adorar a Deus no Templo de Jerusalém, o Mestre desautorizou tal atitude, dizendo-lhe:
(http://www.recantodadeli.com/extras/mini/aves/aves/04.gif)  "Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai. Deus é espírito e importa que os que O adoram O adorem em espírito e em verda-de." (Jo, 4: 21 e 24).
 
Para Jesus não havia santuários, lugares especiais. Seus ensinamentos, suas curas, suas orações sempre foram levados a efeito onde quer que ele se encontrasse.

(http://lh3.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/SwQI8wJn6FI/AAAAAAAAL2I/ruafLakr8CU/s400/borboleta2.png)   Ele foi crucificado exatamente pela coragem de contrapor-se ao poderio sacerdotal, àquela verdadeira ditadura religiosa. Infelizmente, com o passar dos tempos, o eixo da mensagem cristã foi-se desviando, saindo da área do estudo, da meditação à luz da oração consciente, passando às práticas exteriores.
 
▬   Essas verdades religiosas simples, que estiveram ao alcance de humildes:
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Viúvas,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Pescadores,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   E de deserdados...
 
... Foram, com o passar do tempo, relegadas a segundo plano, tendo sido postos em primeiro lugar:
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   A vela, 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   O vinho,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   O ritual,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   A fumaça,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   A solenidade,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Os cantochãos
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   O manuseio de objetos de culto...
 
... Todo um conjunto imenso de práticas exteriores alienantes, buscadas no judaísmo e no paganismo romano, que distanciavam o homem cada vez mais do esforço de auto-aprimoramento preconizado por Jesus.
 
▬   Os pronunciamentos libertadores de Jesus não foram objeto de estudo pelos teólogos que criaram:
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   As liturgias,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   Os sacramentos,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)   A hedionda teoria das penas eternas...
 
... Desfazendo a imagem do Deus Misericordioso, tão bem delineada pelo Mestre.
 
(http://lh3.ggpht.com/_BJo2sJZzI3g/SwQI8wJn6FI/AAAAAAAAL2I/ruafLakr8CU/s400/borboleta2.png)   A mensagem cristã foi apequenada, podada, enxertada por aqueles que dela se apossaram, construindo uma religião atemorizadora e salvacionista, com base em atitudes místicas e na crença de que seria o sangue de Jesus o remissor dos pecados da Humanidade.
 
▬   Foi enfatizada a adoração extática a Jesus-morto, em detrimento do esforço em seguir Jesus-vivo.
 
Bibliografia:
A Bíblia Sagrada:
Trad. João Ferreira d’Almeida.
Ed. Sociedade Bíblica Britannica e Estrangeira – 1937
 
José Passini.
Juiz de Fora.


Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 04 de Junho de 2013, 05:43


[attachimg=1align=center=width=450]

(http://lh5.ggpht.com/_JX4SILykZEo/SZCyyxZhraI/AAAAAAAAAc4/pXndTgi5L3I/s400/barrinha28.gif)

Jesus O Filho de Deus

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-498.gif)    Multiplicaram-se através dos tempos, variados conceitos a respeito de Deus.

Por mais complexos, tornaram-se insuficientes para expressar toda grandeza do Criador.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-498.gif)   Somente Jesus logrou fazê-lo com perfeição, utilizando-se de uma linguagem simples, no entanto portadora de alta carga racional e emocional, chamando-O de Pai.

O designativo excelente preenche todas as lacunas deixadas por outras definições e referências.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)  Deus é o Pai Criador,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)  Deus é o Genitor Divino,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)  Deus é causa Incausada, de todos os seres e de todas as coisas.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-498.gif)   Tu és filho de Deus, cujo amor inunda todo o universo e se encontra presente nas mais íntimas fibras de teu ser.

Tens por fatalidade na vida: a plenitude!

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)  Lográ-la, de imediato ou mais tarde,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-ulybki-77.gif)  Dependerá do teu livre-arbítrio.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-498.gif)   Por isso, empenha-te no sentido de conseguir êxitos aos teus empreendimentos íntimos, mesmo que a custas de sacrifícios, recordando-te sempre que, em qualquer situação, Deus está contigo.


Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 04 de Julho de 2013, 04:47


(http://2.bp.blogspot.com/-58KzdE0dCMk/TZVjBxGbfGI/AAAAAAAAEso/ZvUsR-pVwtg/s1600/G48.jpg)


Quando...

Quando as horas de desgosto e desalento
Lhe invadirem a alma e as lágrimas aflorarem em seu olhos,

(http://byrosi.files.wordpress.com/2011/05/8bca90dbe461b5ff29b93c5f7b715958.gif)

Lembre-se das palavras mansas do Cristo,
Convidando-nos ao Seu regaço...

Quando sentir-se incompreendido pelos que o circundam
E perceber que a indiferença ronda à sua volta, acerque-se Dele.

(http://byrosi.files.wordpress.com/2011/05/8bca90dbe461b5ff29b93c5f7b715958.gif)

Ele é a luz, sob cujos raios se aclaram a pureza
De suas intenções e a nobreza de seus sentimentos.

Quando o ânimo para suportar as vicissitudes da vida
Se extinguir e você estiver prestes a desfalecer, chame-O.

(http://byrosi.files.wordpress.com/2011/05/8bca90dbe461b5ff29b93c5f7b715958.gif)

Ele é a força capaz de remover as pedras dos caminhos
E ajudá-lo a superar as adversidades do mundo.

Quando os vendavais o açoitarem e você já não
Souber onde reclinar a cabeça, corra para junto dEle.

(http://byrosi.files.wordpress.com/2011/05/8bca90dbe461b5ff29b93c5f7b715958.gif)

Ele é o refúgio seguro, em cujo seio você encontrará
Guarida para o seu corpo e tranquilidade para o seu Espírito

Quando lhe faltar a calma nos momentos
De maior aflição e você se considerar incapaz de
Conservar a serenidade de espírito, invoque-O.

(http://byrosi.files.wordpress.com/2011/05/8bca90dbe461b5ff29b93c5f7b715958.gif)

Ele é a paciência, que lhe faz vencer os transes
Mais dolorosos e triunfar das situações mais difíceis.

Quando as dores se abaterem sobre seu corpo e você sentir
A alma ulcerada pelos abrolhos dos caminhos, grite por Ele.

(http://byrosi.files.wordpress.com/2011/05/8bca90dbe461b5ff29b93c5f7b715958.gif)

Ele é o bálsamo que cicatriza
As chagas e minora os padecimentos.

Quando o mundo o iludir com
Promessas falsas e você perceber que ninguém
Pode lhe inspirar confiança, vá a Ele.

(http://byrosi.files.wordpress.com/2011/05/8bca90dbe461b5ff29b93c5f7b715958.gif)

Ele é a sinceridade, que sabe corresponder à franqueza
De suas atitudes e à nobreza de seus ideais.

Quando a tristeza e a melancolia se acercarem
Do seu coração e tudo lhe causar aborrecimento,
Clame por Ele.

(http://byrosi.files.wordpress.com/2011/05/8bca90dbe461b5ff29b93c5f7b715958.gif)

Ele é a alegria que lhe insufla um alento novo
E o faz conhecer os encantos de seu mundo interior.

Quando, um a um, fenecerem os ideais mais belos
E você se sentir no auge do desespero, apele para Ele.

(http://byrosi.files.wordpress.com/2011/05/8bca90dbe461b5ff29b93c5f7b715958.gif)

Ele é a esperança que lhe robustece
A fé e lhe acalenta os sonhos.

Quando a impiedade se revelar e você experimentar
A dureza do coração humano, procure-O.

(http://byrosi.files.wordpress.com/2011/05/8bca90dbe461b5ff29b93c5f7b715958.gif)

Ele é o perdão, que lhe levanta o ânimo e promove
A reabilitação de seu Espírito.

Quando você duvidar de tudo,
Até de suas próprias convicções e
A descrença lhe tomar a alma, recorra a Ele.

(http://byrosi.files.wordpress.com/2011/05/8bca90dbe461b5ff29b93c5f7b715958.gif)

Ele é a fé, que lhe inunda de luz e entendimento
E o habilita para a conquista da felicidade.

Quando você não puder sentir a sublimidade
De uma afeição terna e sincera e a desilusão lhe tomar de assalto,
Aproxime-se dEle.

(http://byrosi.files.wordpress.com/2011/05/8bca90dbe461b5ff29b93c5f7b715958.gif)

Ele é a renúncia, que lhe ensina a esquecer a ingratidão
dos homens e a incompreensão do mundo.

Quando, enfim, quiser saber quem é esse
Alguém tão especial que é luz, renúncia, força,
Refúgio seguro, paciência, bálsamo, sinceridade,

(http://byrosi.files.wordpress.com/2011/05/8bca90dbe461b5ff29b93c5f7b715958.gif)

Alegria, esperança, perdão e fé,
Busque conhecer a Boa Nova do Cristo.

Jesus é a Verdade.
Só se equivoca aquele que ignora Seus ensinamentos.

(http://byrosi.files.wordpress.com/2011/05/8bca90dbe461b5ff29b93c5f7b715958.gif)

Jesus é a Luz do mundo.
Só se debate nas trevas aquele que dEle se afasta.

(http://byrosi.files.wordpress.com/2011/05/8bca90dbe461b5ff29b93c5f7b715958.gif)

Jesus é O Caminho.
Só se demora nos labirintos sombrios quem dEle se desvia

(http://byrosi.files.wordpress.com/2011/05/8bca90dbe461b5ff29b93c5f7b715958.gif)

Jesus é O bom Pastor.
Somente se perde a ovelha rebelde que não aceita
Suas orientações amorosas e sábias.

(http://byrosi.files.wordpress.com/2011/05/8bca90dbe461b5ff29b93c5f7b715958.gif)

Jesus é a Vida.
Só duvida da Imortalidade quem desconhece a
Sua ressurreição gloriosa diante dos quinhentos da Galileia.

(http://byrosi.files.wordpress.com/2011/05/8bca90dbe461b5ff29b93c5f7b715958.gif)

Você encontrará em suas páginas o suave
Convite do Mestre para que O busquemos todas as vezes
Que sentirmos necessidade da Sua ajuda.

(http://byrosi.files.wordpress.com/2011/05/8bca90dbe461b5ff29b93c5f7b715958.gif)

Redação do Momento Espírita.


Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 10 de Agosto de 2013, 17:23


[attachimg=1align=center=width=450]

Jesus e a Reencarnação

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-251.gif)   Não fosse Jesus reencarnacionista e toda Sua mensagem seria fragmentária, sem suporte de segurança, por faltar-lhe a justiça na sua mais alta expressão propiciando ao infrator a oportunidade reeducativa, com o consequente crescimento para a liberdade a que aspira.

O amor por Ele ensinado, se não tivesse como apoio a benção do renascimento corporal ensejando recomeço e reparação, teria um caráter de transitória preferência emocional:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-61.gif)   Com a seleção dos eleitos e felizes,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-61.gif)   Em detrimento dos antipáticos e desditosos.

Com o apoio na doutrina dos renascimentos físicos, Ele identificava de imediato quais os necessitados que estavam em condições de recuperar a saúde ou não, tendo em consideração os fatores que os conduziam ao sofrimento.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-251.gif)   E por isso mesmo, nem todos aqueles que Lhe buscavam a ajuda logravam-na ou recuperavam-se.

Porque sabia ser enfermo o Espírito, e não o corpo, sempre se dirigia preferencialmente à individualidade, e não à personalidade de que se revestia cada homem. Sabendo acerca da fragilidade humana, emulava à fortaleza moral, fiel à lei de causa e efeito vigente no mundo.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-251.gif)   Não apenas no diálogo mantido com Nicodemos vibrou a Sua declaração quanto à "necessidade de nascer de novo". Ela se repete de forma variada, outras vezes, confirmando o processo das sucessivas experiências carnais, método misericordioso do amor de Deus para o benefício de todos os Espíritos.

Nenhuma surpresa causara aos Seus discípulos a resposta a respeito do Elias que já viera, assim como a indagação em torno de quem Ele seria, segundo a opinião do povo, em razão de ser crença, quase generalizada à época, a pluralidade dos renascimentos.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-251.gif)   Espírito puro, jamais enfermou, enfrentando os fatores climáticos e ambientais mais diversos com a mesma pujança de força e saúde a se refletir na expressão de beleza e de paz n'Ele estampada.

Quem O visse, jamais O olvidaria, e todo aquele que Lhe sentisse o toque amoroso, ficaria impregnado pelo Seu magnetismo para sempre.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-251.gif)   É verdade que não poucos homens, que foram comensais da Sua misericórdia, aparentemente O esqueceram... Todavia, reencarnaram-se através da História, recordando-O às multidões, e ainda hoje se encontram empenhados em fazê-Lo conhecido e amado.
 
A psicoterapia que Ele utilizava era centrada na reencarnação, por saber que o homem é modelador do próprio destino, vivendo conforme o estabeleceu através dos atos nas experiências passadas.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-251.gif)   Por tal razão, jamais condenou a quem quer que fosse, sempre oferecendo a ocasião para reparar o prejuízo e recuperar-se diante da própria, bem como da Consciência Divina.

Sem preferência ou disputa por alguém ou coisa alguma, a tudo e a todos amou com desvelo, albergando a humanidade de todos os tempos no Seu inefável afeto.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-251.gif)   Espalhou missionários pela Terra, falando a linguagem da reencarnação.

Até o momento em que Ele próprio veio confirmá-la, acenando com esperança futura de felicidade para todas as criaturas.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-61.gif)   Não te crucifiques na consciência de culpa, após reconheceres o teu erro.
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-61.gif)   Não te encarceres em sombras, depois de identificarem os teus delitos.
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-61.gif)   Não te amargures em demasia, descobrindo-te equivocado.

▬   Renasce dos teus escombros e recomeça a recuperação de imediato, evitando:
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-61.gif)   Futuros retornos expiatórios,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-61.gif)   Injunções excruciantes,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-61.gif)   E situações penosas.

Pede perdão e reabilita-te, ante aquele a quem ofendeste e prejudicaste. Se ele te desculpar, será bom para ambos. Porém, se não o fizer, compreende-o e segue adiante, não mais errando.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-251.gif)   Infelicitado por alguém, perdoa-o e desatrela-te dele, facultando-lhe a paz e vivendo o bem-estar que decorre da ação correta. A reencarnação de que te utilizas é concessão superior, que não podes desperdiçar.

▬   Cada momento é valioso para teu trabalho:
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-61.gif)   De sublimação,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-61.gif)   De desapego,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-61.gif)   De amor puro.

Abrevia os teus renascimentos agindo corretamente e servindo sem cansaço, com alegria.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-251.gif)   Porquanto, para adentrares no reino dos céus, que se estende da consciência na direção do infinito, é necessário nascer de novo, conforme Ele acentuou.

Jesus e atualidade.
Por Divaldo Franco.
Pelo Espírito Joanna de Ângelis.



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 27 de Outubro de 2013, 23:20


[attachimg=1align=center=width=450]     

Jesus Cristo

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-215.gif)     Cogitar acerca da natureza de Jesus implica em caminhar por uma senda árdua de difícil progressão. Pensar na natureza de Jesus leva a pensarmos no que era o cristianismo em si nos primeiros tempos.
 
Na verdade é muito difícil saber-se hoje o que era efetivamente o cristianismo primitivo, aquele existente logo depois dos tempos em que o Mestre esteve na Terra.
 
▬   De qualquer forma, o cristianismo era:
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-7.gif)   Uma crença simples,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-7.gif)   Sem templos nem sacerdotes,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-7.gif)   Fundada no ideal de fraternidade e amor.
 
Claro que esse aspecto sofreu intensa modificação nos vários concílios católicos que se sucederam.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-215.gif)   Pelas mais variadas razões, inclusive o interesse de Constantino em auferir vantagem da fé que reunia com simplicidade as camadas populares, aliado ao interesse de um clero em formação, ávido por impor-se como estrutura dominante da fé, da doutrina adotada, numa troca de favores entre o Estado e a Igreja que duraria muitos séculos.
 
▬   Em meio a isso tudo, dentre cogitações mundanas, discutiu-se sobre a natureza de Jesus.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-7.gif)   Era filho de Deus, distinto do Pai?
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-7.gif)   Ou era o próprio Pai?
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-7.gif)   E o Espírito Santo?
 
Por óbvio existem argumentações profundas na seara filosófica em defesa deste ou daquele ponto de vista. As escolas esotéricas em geral, por sua vez, oferecem interpretações e a "verdade" última só conhecida dos "iniciados".
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-215.gif)   Não pretendo discutir qual o melhor caminho a seguir na senda filosófica ou mística. Mas me atrevo a destacar um aspecto simples, tão simples quanto o ideal de amor do cristianismo primitivo.
 
O Mestre esteve na Terra como exemplo máximo de um viver de Amor. Sofreu intensamente por isso. Em seu tempo o costume aceito valorava-se ainda pela noção do olho por olho, dente por dente.
 
▬   Ensinar a oferecer a outra face parecia muito estranho naqueles dias.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-7.gif)   Pregar o desapego,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-7.gif)   Os valores espirituais,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-7.gif)   Uma vida com simplicidade sem ambições de conquista...
 
... Em pleno império romano e sob o rigor de uma fé arrogante e vaidosa, não era uma missão que uma alma comum poderia assumir.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-215.gif)   Entendamos que Jesus é o homem e o Cristo a alma sublime que governa este Mundo. Não se confundem. Jesus tinha que ser o mais sublime ser humano para que o Cristo pudesse nele habitar.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-7.gif)   Só mesmo assim um homem poderia fazer o que Jesus fez.
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-7.gif)   Por isso dizemos Jesus Cristo.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-215.gif)   Não nos deixemos seduzir por uma discussão tão vazia quanto aquela sobre a santíssima trindade...
 
▬   Jesus é o Cristo? Isso é mesmo que perguntar:
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-7.gif)   A chama é a luz? 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-7.gif)   A água é a chuva? 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-7.gif)   As estrelas são o Universo?

Marco Aurélio Leite da Silva.



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 17 de Dezembro de 2013, 04:00


[attachimg=1align=center=width=450]     
 
Quem é Jesus para os Espíritas?
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-angeli-47.gif)     De início, é válido já dizer que o Espiritismo é cristão! Um trecho do Livro dos Espíritos explica de forma clara e objetiva quem é Jesus para os espíritas:

P- 625. Qual o tipo mais perfeito que Deus tem oferecido ao homem, para lhe servir de guia e modelo?
R- Jesus.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-angeli-47.gif)   Para o homem, Jesus constitui o tipo da perfeição moral a que a Humanidade pode aspirar na Terra.

Deus no-lo oferece como o mais perfeito modelo e a doutrina que ensinou é a expressão mais pura da lei do Senhor, porque, sendo ele o mais puro de quantos têm aparecido na Terra, o Espírito Divino o animava.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-angeli-47.gif)   Jesus Cristo é o Messias divino e sua palavra é a verdade. O Espiritismo apenas admite o seu caráter humano, e isso em nada pode ser tomado como absurdo.

Rejeitando o dogma da divindade de Jesus, o Espiritismo nega somente o que resultou da elaboração de mentes humanas (ratificada apenas no Concílio de Nicéia, em 325 d.C.) na composição de uma teologia que expressa.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-angeli-47.gif)   Nesse particular como em muitos outros, uma posição contrária ao pensamento do próprio Cristo, uma vez que ele mesmo se coloca em posição de inferioridade em relação a Deus, subordinado a Ele, e se declarando como Seu enviado, como demonstrado pelos versículos abaixo:

▬  "Se me amásseis, alegrar-vos-íeis de que eu vá para o Pai; porque o Pai é maior do que eu". (http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif) João. 14:28

▬  "Eu não posso de mim mesmo fazer coisa alguma ; como ouço, assim julgo; e o meu juízo é justo, porque não procuro a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou". (http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif) João 5:30

Jesus, pois, levantou a voz no templo e ensinava, dizendo:
▬  "Sim, vós me conheceis, e sabeis donde sou; contudo eu não vim de mim mesmo, mas aquele que me enviou é verdadeiro, o qual vós não conheceis". (http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif) João, 7:28

▬  "Porque eu não falei por mim mesmo; mas o Pai, que me enviou, esse me deu mandamento quanto ao que dizer e como falar. E sei que o seu mandamento é vida eterna. Aquilo, pois, que eu falo, falo-o exatamente como o Pai me ordenou. (http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif) João 12:49-50

▬  "Importa, contudo, caminhar hoje, amanhã, e no dia seguinte; porque não convém que morra um profeta fora de Jerusalém." (http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif) Lucas 13:33

▬  "Quem não me ama, não guarda as minhas palavras; ora, a palavra que estais ouvindo não é minha, mas do Pai que me enviou". (http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif) João 14:24

Prosseguiu, pois, Jesus:
▬  "Quando tiverdes levantado o Filho do homem, então conhecereis que eu sou, e que nada faço de mim mesmo; mas como o Pai me ensinou, assim falo. E aquele que me enviou está comigo; não me tem deixado só; porque faço sempre o que é do seu agrado". (http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif) João, 8:28-29.

▬  "E apartou-se deles cerca de um tiro de pedra; e pondo-se de joelhos, orava, dizendo: Pai, se queres afasta de mim este cálice; todavia não se faça a minha vontade, mas a tua". (http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif) Lucas 22:41-42

▬  "João 20:17 - Disse-lhe Jesus: deixa de me tocar, porque ainda não subi ao Pai; mas vai a meus irmãos e dize-lhes que eu subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus". (http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif) Lucas 22:41-42

E perguntou-lhe um dos principais:
▬  "Bom mestre, que hei de fazer para herdar a vida eterna?

Respondeu-lhe Jesus:
▬  "Por que me chamas Bom?
Ninguém é bom, senão um, que é Deus". (http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif) Lucas 18:18-19

Em verdade, em verdade vos digo:
▬  "Não é o servo maior do que o seu senhor, nem o enviado maior do que aquele que o enviou". (http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif) João 13:16

Em verdade, em verdade vos digo:
▬  "Quem receber aquele que eu enviar, a mim me recebe; e quem me recebe a mim, recebe aquele que me enviou". (http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif) João 13:20

Quantos versículos! Todas palavras do próprio Cristo expressas nessas trinta e oito passagens selecionadas! Palavras repetidas várias e várias vezes nos Evangelhos por Jesus!

▬  Como negá-las?
▬  Daremos a Jesus um atributo que ele próprio negou de forma tão clara e veemente, sem uso de alegorias, por diversas vezes?

▬  Quem, mais do que ele, poderia saber sobre sua própria natureza?
▬  Os teólogos?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-angeli-47.gif)   Em sendo tão repetitivo se declarando, de forma totalmente espontânea, inferior a Deus e como sendo o Seu enviado, nos chega o pensamento que ele sabia o que seria feito pelo homem mais a frente e, por isso, tratou de ser enfático neste ponto!

Talvez a idéia da divindade de Jesus se apóie nos versículos abaixo (também palavras do próprio Cristo):
▬  "Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo, não as digo por mim mesmo; mas o Pai, que permanece em mim, é quem faz as suas obras. Crede-me que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim; crede ao menos por causa das mesmas obras. (http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif) João 14:10-11

▬  "Eu e o Pai somos um. Mas, se por isso deduzimos a divindade de Jesus, por que tal interpretação não se aplica também a outro versículo do Evangelho Segundo João:

▬  "E rogo não somente por estes, mas também por aqueles que pela sua palavra hão de crer em mim; para que todos sejam um; assim como tu, ó Pai, és em mim, e eu em ti, que também eles sejam um em nós; para que o mundo creia que tu me enviaste. E eu lhes dei a glória que a mim deste, para que sejam um, como nós somos um". (http://compartilhandoasletras.com/wp-includes/images/smilies/estrelas.gif) João 17:20-22

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-angeli-47.gif)   Se Jesus é Deus porque eles são um, nós todos seríamos Deuses, já que poderíamos ser um também em Cristo e Deus, além de que Jesus também disse que poderíamos executar obras até maiores que as dele.

Nos três versículos escritos acima, Jesus diz exatamente a mesma coisa. Por que interpretar os dois primeiros de um modo e o último como se convém?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-angeli-47.gif)   Nesse assunto, como em todos os outros, é válido colocar que o mais correto é nos atermos às palavras do próprio Cristo! Ainda que 1000 pessoas, por mais nobres que sejam, digam algo, e Jesus (apenas ele) diga o oposto: fiquemos com o Cristo.

Para finalizar, um trecho de O Evangelho Segundo o Espiritismo, para elucidar o que Jesus representa para os espíritas:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-angeli-47.gif)   Mas, o papel de Jesus não foi o de um simples legislador moralista, tendo por exclusiva autoridade a sua palavra.

Cabia-lhe dar cumprimento às profecias que lhe anunciaram o advento; a autoridade lhe vinha da natureza excepcional do seu Espírito e da sua missão divina.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-angeli-47.gif)   Ele viera ensinar aos homens que a verdadeira vida não é a que transcorre na Terra e sim a que é vivida no reino dos céus.

Viera ensinar-lhes o caminho que a esse reino conduz, os meios de eles se reconciliarem com Deus e de pressentirem esses meios na marcha das coisas por vir, para a realização dos destinos humanos'.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-angeli-47.gif)   Há ainda os que atestam a divindade de Jesus pelos milagres que ele realizou.

Raimundo Pinheiro.

 

Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 26 de Fevereiro de 2014, 00:06


[attachimg=1align=center=width=500]     

A Voz que me Dirige os Passos

(http://byrosi.files.wordpress.com/2010/06/barrinhas24.gif)

Por que maldiremos este mundo
        E a vida que vivemos,
        Se nos tornamos do Senhor mais dignos,
        Quando mais dor sofremos?

        Quantos cabelos temos, Ele o sabe;
        Ele pode contar as folhas que há no bosque,
        Os grãos d´areia que sustentam o mar.

(http://byrosi.files.wordpress.com/2010/06/barrinhas24.gif)
 
        Como pois não será Ele conosco
        No dia da aflição?

        Como não há de computar as dores
        Do nosso coração?

(http://byrosi.files.wordpress.com/2010/06/barrinhas24.gif)
 
        Como há de ver-nos, sem piedade,
        O rosto coberto d´amargura;
        Ele, Senhor e Pai, conforto e guia
        Da humana criatura?

        Se o vento sopra, se se move a Terra,
        Se iroso o mar flutua;
        Se o sol rutila, se as estrelas brilham,
        Se gira a branca lua;

(http://byrosi.files.wordpress.com/2010/06/barrinhas24.gif)

        Deus o quis,
        Deus que mede a intensidade
        Da dor e da alegria,
        Que cada ser comporta num
        Momento d´arroubo ou d´agonia!
 
        Embora pois a nossa vida corra
        Alheia da ventura!
        Além da terra há céus,
        E Deus protege
        A toda criatura!

(http://byrosi.files.wordpress.com/2010/06/barrinhas24.gif)
 
        Viajor perdido na floresta à noite,
        Assim vago na vida;
        Mas sinto a voz que me dirige
        Os passos e a luz que me convida.

Gonçalves Dias.


(http://byrosi.files.wordpress.com/2010/06/barrinhas24.gif)

O maior poeta que já esteve na face do orbe terrestre, inspirador de outros tantos poetas do bem que O seguiriam neste planeta, certa feita proclamou:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-angeli-96.gif)   Bem-aventurados os que choram, pois que serão consolados.
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-angeli-96.gif)   Quem há de oferecer consolo a tantas lágrimas que são vertidas a cada segundo na Terra?
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-angeli-96.gif)   De onde vem tal consolo, senão do Criador, de Suas leis perfeitas e de Seu amor maior por Suas criaturas?

É a voz que nos dirige os passos... Sempre presente.

Do livro "Poemas".
Gonçalves Dias.



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 14 de Abril de 2014, 04:34

[attachimg=1align=center=width=450]     

O Significado de Jesus

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif) Se perguntasses a Maria de Magdala, o que Jesus significou para ela, certamente que responderia emocionada:   
(http://www.rotadabairrada.pt/images/item_bolas.png) O sublime amor, verdadeira manifestação do amor de Deus.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif) Se indagasses a Judas, qual foi o significado de Jesus, na sua vida, ainda sensibilizado, ele responderia:
(http://www.rotadabairrada.pt/images/item_bolas.png)  O exemplo de misericórdia e de compaixão mais grandioso que jamais contemplei.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif) Se interrogasses a Simão Pedro, qual a significação de Jesus, no apostolado a que se dedicou, com a imolação da própria vida, ele diria de imediato:
(http://www.rotadabairrada.pt/images/item_bolas.png)  A mais nobre lição de fidelidade ao Bem, de que tive notícia por toda a existência.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif) Se inquirisses a João Boanerges, qual foi, para ele, o sentido da presença de Jesus, em sua longa jornada terrestre, ele redargüiria:
(http://www.rotadabairrada.pt/images/item_bolas.png) O divino libertador de vidas, através do inefável amor de que se fez portador.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif) Se desejasses saber de Lázaro, qual foi o significado de Jesus, no relacionamento que manteve com o Mestre durante o tempo que conviveu com Ele, com segurança ele asseveraria:
(http://www.rotadabairrada.pt/images/item_bolas.png)   A verdadeira ressurreição e vida, que anula a sombra da morte e doa a claridade imortal.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif) Se quisesses descobrir, qual teria sido a significação de Jesus, na conduta de Zaqueu, que O recebeu no seu lar, com festa e carinho ele elucidaria jubiloso:
(http://www.rotadabairrada.pt/images/item_bolas.png)   A mais nobre expressão da Verdade.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif) Se buscasses o conhecimento a respeito do que significou Jesus, na vida de Natanael Ben Elias, o paralítico que descera pelo telhado e recuperara os movimentos, ele se referia, entusiasmado:
(http://www.rotadabairrada.pt/images/item_bolas.png)   O Messias divino que se fez irmão dos miseráveis e deserdados, a fim de os erguer ao sólio do Altíssimo.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif) Se intentasses descobrir o que representou Jesus, na vida da mulher samaritana, a quem Ele pediu água para beber, ela, imediatamente, responderia:
(http://www.rotadabairrada.pt/images/item_bolas.png)   A fraternidade universal vibrante e compreensiva.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif) Se tivesses interesse em saber de Maria, irmã de Lázaro, qual o sentido da presença de Jesus no seu coração, ela afirmaria feliz:
(http://www.rotadabairrada.pt/images/item_bolas.png)   O excelente Filho de Deus que ama como ninguém jamais o fez.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif) Se pudesses saber, qual a posição de Jesus no relicário da alma do ex-endemoniado gadareno, com olhos brilhantes de gratidão, ele informaria:
(http://www.rotadabairrada.pt/images/item_bolas.png)   A saúde espiritual no seu mais elevado grau.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)   Se interrogasses Pilatos, desejando conhecer o que representou Jesus na sua execrável peregrinação terrena, ele confirmaria, confuso e reticente:
(http://www.rotadabairrada.pt/images/item_bolas.png)    O poder que nunca cessa, porque vem de Deus.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  Se visitasses Caifaz e o inquirisses a respeito de Jesus, qual teria sido o significado dEle, na sua posição sacerdotal, amargurado e triste ele sintetizaria:
(http://www.rotadabairrada.pt/images/item_bolas.png)  O Conquistador inconquistável.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif) Se solicitasses a Maria de Nazaré, Sua mãe, que elucidasse o significado na sua maternidade sublime, ela murmuraria, iluminada:
(http://www.rotadabairrada.pt/images/item_bolas.png)  O Enviado de Deus que dormiu em meu regaço e mudou o pensamento terreno, apresentando o reino dos Céus, conforme nunca outrem conseguira fazer.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)   Quem estabelece relacionamento com Jesus, raramente permanece como se encontrava antes. Caso continue nas mesmas disposições, esse contato foi muito superficial, destituído de significado e de profundidade.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  Quando, realmente, se mantém contato com Jesus, através das lições de incomum beleza e significação que Ele nos ofereceu, logo se dá uma revolução interior, alterando completamente as paisagens mentais do indivíduo, a sua visão a respeito da existência, as aspirações em torno do futuro.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  A mudança emocional é imediata, o homem velho cede lugar ao homem novo, sedento de identidade com a vida e de vivência com a Verdade.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)   Saulo de Tarso, que O viu e O sentiu nas carnes da alma, transformou-se de imediato, dando novo e total direcionamento aos passos, graças ao que, fez-se tão identificado que, ao fim da existência já não era ele que vivia, mas Cristo que nele vivia.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)   Joana de Cusa, que desfrutava de opulência, e que teve contato com Ele, alterou a condição de patrícia romana, para tornar-se irmã dos desventurados, entregando-se-Lhe em holocausto, mais tarde, quando convidada ao testemunho em Roma.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)   Ignácio de Antioquia, que o conheceu na juventude, de tal forma fascinou-se, que se transformou no apóstolo dos novos tempos, igualmente experimentando a honra de imolar a vida em fidelidade à Sua mensagem.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)   Não tem sido poucos aqueles que tiveram a existência totalmente transformada desde o profundo encontro mantido com Jesus.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)   Nada obstante, é também de grande volume, o número de pessoas que receberam Suas notícias e informações, abraçando doutrinas que se derivaram dos Seus ensinamentos, não experimentando qualquer significado expressivo no cerne do ser, continuando com o comportamento de conveniência, indiferente ao Seu manifesto de amor e de entrega.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)   Conhecido em todas as nações da Terra e, na maioria delas, muito comentado, em face das religiões que pretendem homenageá-lO, através das deformações que introduziram nos Seus postulados de renovação interior e de caridade real, tem nEle apenas um símbolo para rituais e cerimônias pomposas, mas sem sentido libertador, não Lhe permitindo penetrar o âmago das almas.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)   Esses, que assim transitam pelos caminhos da fé religiosa formal, são-Lhe indiferentes ao chamado de libertação.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)   Quando acicatados por problemas e dificuldades, às vezes recordam-se dEle e buscam-nO, desejando soluções miraculosas e prodígios que não ocorrem, nem os merecem, para logo tombarem no desânimo, dizendo-se decepcionados pelo fato de não haverem sido atendidos na exorbitância das suas solicitações de emergência.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)   Jesus é o amor, sem dúvida é a solução dos problemas, não, porém, conforme o desejam aqueles que O tem na conta de novo deus do Olimpo celeste, para atender as paixões e as mesquinharias humanas.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)   Ele é o Caminho, por onde todos devem transitar, vivenciando as lições de fraternidade, de justiça e de caridade, a fim de alcançarem a vida e se integrarem na proposta da Verdade.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)   Reflexiona, a respeito do significado de Jesus na tua existência.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)  Como O tens visto, de que maneira te identificas com Ele, de que forma vives a jornada terrestre, depois de O haveres conhecido?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)   Se experimentas os mesmos conflitos de antes do teu relacionamento com a Sua mensagem, ainda não permitiste que Ele te penetre os sentimentos, modificando-te a conduta interior, que enseja o comportamento social e humano.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-174.gif)   Aprofunda o pensamento nas Suas palavras repassadas de energia e bondade, de consolação e de esperança, dando outro direcionamento aos teus dias na Terra, de forma que, ao findar o compromisso com o corpo, descubras o significado sublime dEle em ti, identificando-te de tal forma que já não serás aquele que vive, mas sim, Ele que vive em ti.

De Divaldo Franco.
Pelo Espírito Joanna de Ângelis.
Do livro Iluminação Interior.

Agora  vem a pergunta:
▬  O que Jesus Cristo significou e significa pra você?



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 20 de Abril de 2014, 17:11

(http://lh6.ggpht.com/_XCYE_og8aww/ScptrgXBrOI/AAAAAAAAPiw/BMDcvVakbRo/Animation11.gif)


Jesus, a Páscoa e o Espiritismo
(http://fotos.sapo.pt/q8zMiyJ4g1Fcu4HgAc87/x66)  Vocês sabem que a origem da palavra Páscoa é judaica?

A festa é uma das mais importantes para os judeus. A comemoração demora oito dias e remete a libertá-los do povo hebreu da escravidão no Egito.

(http://fotos.sapo.pt/q8zMiyJ4g1Fcu4HgAc87/x66)Para os cristãos representa a ressurreição do Espírito, remetendo assim à imortalidade da alma.

O Espiritismo não comemora a Páscoa, porém esta data é respeitada como uma celebração religiosa, apesar da doutrina espírita ser cristã, existem algumas visões diferenciadas.

(http://fotos.sapo.pt/q8zMiyJ4g1Fcu4HgAc87/x66)Acredita-se que durante a aparição do Mestre a Maria Madalena e aos discípulos após sua morte no calvário, Jesus tenha ressurgido com seu corpo perispiritual.

O espírito pode aparecer com a forma de sua última reencarnação ou com características de outras reencarnações. Isso prova que a morte carnal não é o fim.

(http://fotos.sapo.pt/q8zMiyJ4g1Fcu4HgAc87/x66)Cumprindo os ensinamentos de Cristo, estaremos mais perto da renovação e da transformação.

▬  Temos a oportunidade de mudar, não que isso aconteça de forma imediata, mas por meio:

(http://fotos.sapo.pt/gfsieyaq5C6Ss53eCblZ/x66)  Do amor,
(http://fotos.sapo.pt/gfsieyaq5C6Ss53eCblZ/x66)  Da caridade,
(http://fotos.sapo.pt/gfsieyaq5C6Ss53eCblZ/x66)  E da aprendizagem.

Por isso, temos de ir sempre em frente à busca de nossa reforma íntima, a caminho do amor e do bem. Jesus Cristo passou pelo planeta para nos dar o exemplo, portanto, vamos refletir e seguir essa luz.

(http://fotos.sapo.pt/q8zMiyJ4g1Fcu4HgAc87/x66)Feliz Páscoa a todos e que o poder de renovação fortaleça ainda mais nossos corações no dia a dia!

Márcia Fernandes.



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 31 de Agosto de 2014, 18:39


[attachimg=1align=center=width=450]

O mais sublime amor
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-63.gif)    Na época do final de ano, a figura de Jesus costuma ser muito lembrada.

▬  Fala-se em:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-77.gif)  Sua vida,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-77.gif)  Suas lições,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-77.gif)  Seus exemplos...

Ele geralmente é apontado como o exemplo de amor mais consumado de que se tem notícia. Afinal, dispôs-se a morrer em holocausto de amor à Humanidade.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-63.gif)  Estar disposto a morrer por alguém ou por uma causa é sinal de grande dedicação e desprendimento. Entretanto, os mártires não são raros nos registros da História.

Muitos são os que morreram inocentes, no contexto humano. Mas nenhum deles sequer se aproximou da excelsa magnitude do Messias Divino.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-63.gif)  Por grande que seja uma figura histórica, perante Jesus ela se apequena e desvanece.

Bem se vê que a grandeza do Cristo não reside apenas em Sua morte, mas primordialmente em Sua vida, em um contexto muito amplo.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-63.gif)  A sublimidade do amor que Ele dedica à Humanidade transcende tudo o mais que já foi vivido na Terra. A fim de valorizá-lo devidamente, convém raciocinar sobre esse maravilhoso afeto que a todos ampara.

Conforme ensina a Espiritualidade Maior, a perfeição de Jesus se perde na noite dos tempos. Muito antes de o planeta Terra existir, Ele já havia completado todos os processos e Se tornado perfeito.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-63.gif)  Na plenitude de todos os dons, recebeu do Criador a tarefa de presidir à criação do orbe terreno.

Amorosamente Se desincumbiu da tarefa, providenciando um lar para Espíritos necessitados de experiências materiais.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-63.gif)  Mas foi além disso e Se tornou Pastor dos bilhões de almas internadas na nova escola sideral em que se converteu o planeta. Seres primitivos aqui ensaiaram seus primeiros passos em destinação à vida moral.

Entidades antigas e rebeldes às leis divinas também aportaram no orbe terreno, em sua necessidade de ajuste e aprendizado. Jesus desde sempre preside os processos de aprendizado e redenção que se desenrolam no planeta.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-63.gif)  Periodicamente, envia professores, na figura de Espíritos mais avançados, que exemplificam virtudes e impulsionam as artes e as ciências.

Além dessa dedicação incansável e milenar, também desejou partilhar das dores da Humanidade encarnada.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-63.gif)  Habituado a conviver com seres angélicos, em esferas sublimes, tomou um corpo de carne e habitou entre rústicos e ignorantes. Em Sua perfeição, era consciente de Sua natureza e da esfera de que provinha.

Isso certamente Lhe permitia diariamente medir a fraqueza e a ignorância existente nos que O rodeavam.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-63.gif)  Em Sua grandeza, demonstrou que o verdadeiro amor desconhece barreiras, por colossais que se afigurem. O exemplo desse Sublime Amor persiste até hoje como um convite a que Lhe sigamos os passos.



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 31 de Dezembro de 2014, 01:46


(http://3.bp.blogspot.com/-ZaSX1fdiDmg/U22OmkBpdxI/AAAAAAAAGAE/tISBharI92A/s1600/jesus+4.gif)

Jesus Cristo ou de Nazaré.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Judeu da Galiléia e fundador do Cristianismo, nascido em Belém, cidade da Judéia meridional, nos últimos anos do reinado de Herodes o Grande, quando Roma dominava a Palestina e Augusto era o imperador.

Independente da ótica religiosa, produziu uma das alterações mais profundas na história das civilizações, seja como sua imagem de Filho de Deus ou de moralista sonhador ou de revolucionário.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  O aparente paradoxo sobre o ano de seu nascimento deve-se a um erro de datação atribuído ao monge Dionísio o Pequeno, encarregado pelo papa, no século V, de organizar um calendário, e o dia 25 de dezembro foi fixado no ano 440 da nossa era como data do seu nascimento com o fim de cristianizar a festa pagã realizada naquele dia.

O principal testemunho sobre sua existência são os quatro evangelhos, base da fé cristã, onde estão relatadas suas palavras e obras e as reações de seu povo, escritos originalmente em grego, se bem que o de Mateus pode provir de um texto anterior, em aramaico, aparentemente escritos antes do ano 80, exceto o de João, escrito no final do século I.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Esses escritos coincidem entre si e com relatos de historiadores da época, como o judeu Flávio Josefo, historiador da corte romana de Domiciano e o maior dos historiadores romanos, Tácito.

Filho de José, carpinteiro de Nazaré, na Galiléia, e sua esposa, a Virgem Maria, nasceu quando seus pais estavam em Belém por causa de um recenseamento.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Como a notícia de que teria nascido aquele que seria o rei dos judeus, e como não sabia do seu paradeiro, Herodes ordenou uma matança de todas os meninos de Belém e no seu território, com até dois anos de idade (Mt 2:16), mas ele escapou da matança porque seus pais fugiram para o Egito, onde permaneceram até a morte de Herodes.

Alguns meses após, quando então José decidiu regressar com sua família e estabeleceu-se em Nazaré, e onde Jesus passou a maior parte de sua vida trabalhando com o pai nas tarefas de carpintaria.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Sua primeira aparição pública, aos 12 anos, segundo Lucas, deu-se quando a família visitava Jerusalém e seus pais o encontraram entre os doutores do Templo, ouvindo-os e interrogando-os.

Segundo a tradição, após a morte de José, ELE compreendeu que estava na hora de começar a cumprir sua Divina Missão.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Aos trinta anos encontrou-se, na Judéia, com seu primo João Batista, filho de Zacarias, famoso na região do Jordão por pregar o batismo como sacramento de penitência para o perdão dos pecados, sendo também por João batizado.

Iniciou a pregação da boa nova, o evangelho para os gregos, ou seja, a realização das profecias sobre o Messias e a instauração do reinado de Deus sobre o mundo a partir de Israel.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Seguiu-se então acontecimentos impressionantes como o jejum no deserto, durante quarenta dias e quarenta noites, o episódio das bodas de Caná, primeira manifestação do seu poder divino, a expulsão dos mercadores do templo, a prisão de João Batista e o episódio da mulher samaritana.

Iniciando sua pregação intinerante e a realização dos inúmeros milagres, foi da Samaria à Galiléia e, rejeitado em Nazaré, chegou a Cafarnaum, às margens do lago Tiberíades ou mar da Galiléia, onde aconteceu o episódio da pesca milagrosa, e catequizou seus primeiros apóstolos:

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Simão Pedro, seu irmão André e os filhos de Zebedeu, Tiago e João, mais Filipe e Natanael, ex-discípulos de João Batista.

Aos 31 anos completou seus 12 apóstolos, todos eles galileus, realizou o famoso sermão da montanha e pregou suas mais notáveis parábolas, com as quais transmitia sua doutrina ao povo, aos sacerdotes e a seus seguidores.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  No período de seus 32 anos aconteceu a morte de João Batista por ordem de Herodes Antipas, e os dois grandes milagres: a multiplicação dos pães e dos peixes e a ressurreição de Lázaro.

Também neste período ensinou no templo de Jerusalém, estabeleceu o primado de Simão, a quem chamou Pedro, e em presença dele, de Tiago e de João, realizou o prodígio da transfiguração e entrou triunfante em Jerusalém.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  À época do seu nascimento, a Galiléia era um conhecido foco da resistência judia contra Roma.

O povo judaico esperava por um salvador revolucionário e libertador que recuperasse sua independência política perdida desde o exílio da Babilônia, no fim do século VI a. C., e depois de dominados por outros povos, tinham passado ao poder de Roma (63 a.C).

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Portanto a sua pregação, para muitos judeus, estava longe de ser coerente com a missão divina de ser o rei dos judeus.

Aos 33 anos, foi considerado blasfemo e acusado de conspirar contra o César, quando Tibério era o imperador de Roma. Aprisionado no horto de Getsâmani, foi levado até ao pontífice Anás e, ante Caifás, o príncipe dos sacerdotes, com quem se haviam reunido os escribas e os anciões, e passou a ser submetido a um processo religioso.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Mais tarde, foi conduzido à residência do procurador romano da Judéia, Pôncio Pilatos, que sem entender a revolta da população, o enviou a Herodes Antipas.

Por um gesto político de Herodes, foi devolvido a Pilatos, que não achando delito nenhum naquele homem, mas diante à pressão dos chefes de Israel e de uma multidão incitada por eles, ainda propôs uma permuta de prisioneiros.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  Porém a maior parte da multidão optou pela soltura do prisioneiro político Barrabás quando da opção de troca proposta pelo governo.

Então pronunciou a sentença da condenação de Jesus à morte na cruz, depois de declarar-se inocente de seu sangue.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-233.gif)  De acordo com as leis romanas, foi flagelado e teve que carregar a cruz até a colina do Calvário, no monte Gólgota. Ali foi crucificado junto com dois malfeitores comuns, no dia 7 de abril (30), com pouco mais de 33 anos de idade.

Jesus Cristo ou de Nazaré.
(4 a. C. - 30 d. C.)

(Desconheço a fonte)



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 09 de Maio de 2015, 06:43


(http://1.bp.blogspot.com/-y-xCxEGDhxA/VLGFc2QQXGI/AAAAAAAAAQc/JwXHw5xbjaE/s1600/CAMINAR%2BEN%2BLA%2BLUZ.gif)

Deus está distante de nós?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)     Olhemos para os céus estrelados, de tempos em tempos. Usualmente, realizo este exercício reconfortante, que sempre me devolve a noção correta, tanto do esplendor mais absoluto da Criação, quanto também dos seus mistérios, ainda quase que completamente insondáveis pelo intelecto do homem reencarnado
 
Sobre estes mistérios, há também a percepção mais acertada do que seja Deus, a Inteligência Suprema, que tudo fez dentro e fora de nós, desde sempre e para sempre, se assim nos é permitido expressar, de maneira ainda imperfeita, uma conceituação verbal insuficiente do que seja o Criador Supremo do Universo!
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   Somos demasiado pequenos para compreender e definir, com mero esforço de raciocínio, aquele que idealizou e realizou toda a imensidão da existência, na qual estamos conscientemente mergulhados. Não guardo esta pretensão.
 
Todavia, sabe-se, segundo o que consta na Doutrina Espírita, acerca de se conhecer as causas através da análise dos seus efeitos.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   E, deste modo, se nos detivermos com lucidez na verdade desta assertiva, compreenderemos, por percepção direta, que a Presença de Deus é imanente – e jamais, de forma alguma, acha-se distanciada de nós, em um passo que seja!
 
▬  Deus é interação cotidiana:
 
Percebo, nos contextos turbulentos da atualidade terrena, a humanidade demasiadamente mergulhada num condicionamento comportamental letárgico, a exemplo do que nos acontece quando estamos diante de um televisor.
 
▬  Acomodados confortavelmente em:
 
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   Nossos sofás à noite,
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   Ou nos fins de semana,
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   Durante nosso descanso,
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   Após as atividades diárias...
 
... Nos abstraímos mentalmente de preocupações e da movimentação eletrizante do cotidiano para observar o que outros fazem ou interpretam!
 
▬  Seja em:
 
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   Documentários ou filmes,
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   Novelas ou seriados,
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   Nos jornais ou na programação de entretenimento...
 
... Somente assistimos, impassíveis, à intensa movimentação alheia:
 
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   Atores,
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   Jornalistas,
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   Repórteres,
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   Realizadores! 
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   Cientistas ao redor do mundo...
 
... Dedicamos, imperceptivelmente, horas e horas de nossos dias delegando a outrem o sabor incomparável da realização da vida! Da cocriação dos avanços da imensa engrenagem do mundo!
 
▬  E, na duração deste tempo de pausa, em muitos casos prolongado demais, quando muito:
 
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   Elaboramos raciocínios,
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   Trocamos alguns comentários,
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   Nos divertimos ou nos distraímos.
 
Mas, tenho comigo que esta atitude, sem que nos apercebamos, se estende muito, nesta era tecnológica de máquinas e de informática atrativa, ao ponto perigoso da hipnose!
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   E que isto se expande, também, da maneira mais lamentável, para o território de nossas realizações pessoais e de nosso avanço evolutivo.
 
Para a dinâmica de nossa percepção e interação com a mágica da maravilhosa realidade Divina – bem diante, dentro, e ao redor de nós!
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   Porque, neste hábito de se delegar demasiado a outrem poder para a construção dos fatos dos nossos tempos, nos esquecemos do muito que nos caberia realizar, lançando mão de nossos talentos, capacidade e sensibilidade!
 
Somente assistimos e assistimos!
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   Quando não, praticamos nossa parcela de compromisso com a cidadania, nos nossos variados trabalhos cotidianos para a manutenção do sustento, nosso e de nossos familiares. E nos contentamos com isso!
 
Mas a Vida é muito mais do que a luta pelo sustento material! Esquecemos que a dádiva da existência, de nos acharmos presentes aqui e agora, com talentos talvez insuspeitados, não explorados, nos possibilita e nos convida a realizar muito além, em favor do mundo, dos nossos semelhantes, e de nós mesmos!
 
▬  Vida:
 
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   É atividade,
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   É processo,
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   É criatividade,
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   É interatividade!
 
E, ainda que alguns argumentem que os avanços científicos da humanidade não podem ser, draconiana e definitivamente, rotulados como nocivos, dado que, ao modo da época em que vivemos, possibilitam uma melhoria inquestionável desta mesma interatividade tão necessária a um orbe globalizado.

No entanto – e como de quase tudo pode-se dizer – há o pano de fundo inconveniente de que as facilidades desta mesma tecnologia produzem também letargia e inércia vital
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   Sem embargo, milhares de pessoas se acostumam, não a fazer – mas a ver fazer!

 
Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 09 de Maio de 2015, 07:06

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)  E se contentam, de forma muito inconveniente, com esta postura, que as embota e paralisa, e que em nada lhes acrescenta, num contexto de imenso e indefinido desperdício de possibilidades de melhoria para o próprio mundo, e de chances de realização própria!
 
▬  Direto a Deus: 
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   Tempos atrás, um leitor, ao que se percebia revoltado com os rumos já percorridos exaustivamente em busca das verdades maiores da vida em várias religiões, me escreveu perguntando, mais ou menos nestes termos:
 
Por qual razão deveria sempre existir um intermediário entre o seu diálogo com Deus, ou com estas verdades importantes para todos nós, de vez que a história de nossos percursos, de modo algum, se confina numa vida terrena?
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   Para trás, ou no presente, ou de futuro, seremos sempre! Em pleno campo evolutivo, na dinâmica da eternidade, portanto, somos compelidos a dialogar com os fatos ao redor e com os nossos próprios dilemas, em busca da solução dos mesmos que, e de modo algum, se oculta somente na dialética de um estágio na materialidade!
 
▬  Olhamos para os céus, e constatamos!
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   á muito, mas muito mais além deste lindo planeta azul pairando na orquestração do infinito; e, sobretudo, além de nós, assim como nos percebemos, neste minuto atual da eternidade!
 
▬  Então, questionava o leitor:
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   Por qual razão nos prendermos, ou sermos condicionados a nos colocar em regime de dependência obrigatória, para com intermediários entre nós e esta majestosa dinâmica da Vida?!
 
▬  Por qual razão sempre:
 
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   Um padre,
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   Um pastor,
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   Uma conta bancária,
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   Um intermediador dito "credenciado"
 
▬  Entre a própria dignidade de participantes dos enredos da Criação, e o nosso mesmo Criador?
▬  O Autor da história, da qual somos todos protagonistas e cocriadores?
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   Por que, amigo leitor, nos conservarmos sentados diante do imenso televisor existencial, somente vendo, assistindo ao desempenho dos demais participantes que realizam, ousam, criam situações ou oportunidades, ou, em outros casos, interpretam histórias belas, inspiradoras como um conto de fadas.
 
Como somente o desempenho artístico consegue fazer e nos embevecer, oferecendo-nos, é verdade, alento e reconforto para a movimentação eletrizante do dia a dia?
 
▬  Mas, de nossa parte, por qual razão não transcendemos este papel de meros espectadores?
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   Não experimentamos, nem criamos situações outras de interação com a Vida, com Deus, saindo em busca de respostas e de chances de compreensão e de ação mais acertadas, dentro dos enredos entrelaçados neste grande Mistério?!
 
▬  Percepção objetiva de Deus:
 
Podemos, como também me acontece, não conseguir mais, nesta altura da história humana, nos deter com sucesso na compreensão da secular exposição teórica de teologia ou das incontáveis doutrinas presentes nas religiões institucionalizadas.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   Nunca pude, de índole, e neste sentido, me afinizar com as terminologias elaboradas que versam sobre os aspectos da santíssima trindade, ou das ritualísticas ditas cristãs, nas suas versões autorizadas ao mundo profano.
 
Carece, ao que me parece, esta intrincada teia teórica e verbal, justamente do sopro de Vida, na qual enfim encontraremos a consistência atual de tudo, e de molde a nos conferir certeza e segurança por intermédio das práticas mais simples!
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   E, no entanto, na rotina diária, se nos voltamos à simplicidade da apreciação das próprias obras de Deus, obteremos, por percepção direta, algo que em nada se compara em qualidade, em termos do entendimento da revelação das mais alentadoras, e transmutadoras do nosso alcance de consciência; que nos proporciona, a partir disso, a abertura dos portais sucessivos do avanço evolutivo espiritual em última instância, nosso destino inexorável, o que mais nos interessa de perto:
 
▬  Deus não está longe de nós!
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   Assim como acontece com tudo ao redor; com nossos amigos, amores e afeições, a nós unidos pela sintonia forte, inexpugnável, da linguagem instantânea do amor, do interesse mútuo, das semelhanças de propósitos, coligados nesta rede energética intensa que entrelaça todos os componentes da incomensurável orquestração da Vida.
 
É que Deus é a Causa imanente de toda a lógica e substância mantenedora dos dramas vividos por nossas consciências!

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   É Ele Origem, Efeito, em tudo, e de tudo – sólida e perceptivelmente Presente, para onde quer que dirijamos nossos passos, atenções, questionamentos, pensamentos, intenções ou ações!
 
Tão óbvio e direto que – temo afirmar – pela extrema intimidade que com Ele desfrutamos a cada instante de nossas jornadas, lançamo-nos na ilusão de que, talvez, não exista!
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   De que é ausente, ou, contraditoriamente, de que se acha longe demais das realidades rotineiras dos nossos dias, para que O percebamos, ou estabeleçamos com Ele diálogo direto!
 
Assim como o nosso olfato, demasiadamente exposto ao perfume rotineiro de um familiar, a certa altura não mais o distingue, até que, em dado momento, indagamos deste familiar por qual razão não usa mais o perfume do hábito!
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   A extrema obviedade de Sua Presença, exposta às nossas consciências, imersas em Sua Realidade como os peixes no vasto Oceano, sugere-nos, então, a ilusão do silêncio às nossas súplicas, perguntas, e às nossas tentativas de diálogo!
 
E, com isso, não percebemos o mais simples, o mais claro, o mais gritante: os indícios da Sua Presença se acham, maciçamente, em torno de nós! Pois, afinal, de onde deriva tudo, na sua primeira causa?

 
Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 09 de Maio de 2015, 07:08
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   E, em assim sendo, através de tudo, de todos, e de incessantes oportunidades, Deus dialoga com constância ininterrupta conosco – diretamente, e sem intermediários!
 
Em quantas ocasiões não podemos constatar esta linda realidade, se nos despojarmos das complicações intelectuais e racionais da materialidade limitante, para compreender a verdade maior da ótica mais sutil desta mesma percepção, simultaneamente externa e interna?
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   Resgate da simplicidade.
 
▬   Houve, outrora, nos primórdios, uma versão do:
 
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)   Mais pura,
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)  Mais simples,
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)  Cristianismo primitivo,
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)  Mais autêntica – o Catarismo (1)...

Que fora o objeto principal do mais horrendo e autêntico massacre genocida desfechado pelo dogmatismo ferrenho da Igreja Católica, sedenta do poder meramente temporal, nos idos da Idade Média.
 
▬  Destituída de ritualísticas:
 
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)  De prédicas empoladas,
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)  De incompreensíveis ao homem comum,
(http://www.gifs-paradise.com/animated_gifs/alarm/animated-gifs-alarm-08.gif)  De dogmas ou preconceitos, era apta a uma percepção mais fiel da realidade divina entre nós!
 
Seus postulantes homens e mulheres – eram ativos e participantes de uma doutrina vivida na prática mais comum do cotidiano!
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   Impunham mãos em realizações de cura, ao modo dos passes atualmente praticados pelos médiuns, nos redutos de formação e entendimento espírita. E falavam diretamente com Deus, prescindindo de intermediários!
 
Eles conheciam que a grande verdade existencial da humanidade era a evolução gradativa, rumo a patamares progressivos de iluminação da consciência, por intermédio das reencarnações.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   E viam Jesus, mais acertadamente, como espírito de envergadura espiritual sublime, muito acima da humanidade comum; e, portanto, como o líder espiritual e humano sem par, como até hoje não houve igual nos enredos dos povos - não como um Filho Único de Deus!
 
Voluntariamente, eram despojados da escravidão, doentia para o espírito, das conquistas materialistas do mundo secular, e dedicavam-se, assim, a viverem segundo um reconhecimento prático das prioridades espirituais de suas existências.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   Que sempre e a todos nós mais importa, para a construção de um presente que redime um passado, na construção sábia de um futuro melhor.
 
Não se perdiam, portanto, embrenhados em lutas hierárquicas de poder e domínio enraizados, como ainda hoje acontece, nas disputas egoicas pela posse de almas incautas, no âmbito de várias religiões de prática sedimentada sobre a imposição dogmática de intermediários outorgados entre os homens ditos comuns, e Deus!
 
▬  Deus é um amigo constante:
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   Amigo leitor: assim como simplesmente reencarnamos, incessantemente, migrando entre dimensões e mundos, travando contato e intimidade com incontáveis seres, nas extensões do universo.
 
Tenhamos em mente que, neste processo vital incomensurável, o entendimento gradativo de tudo nos acontece na fronteira entre a percepção espiritual intuitiva e a mais direta dos fatos concretos, enquanto estamos num plano material, ou na continuidade definitiva de tudo, após a nossa passagem para outros estágios mais ricos de vivências, noutros setores do infinito.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   E não nos esqueçamos de que, nesta amálgama sábia, soberana, tudo e todos são a prova mais definitiva de que Deus está perto, muito perto – em verdade, próximo demais, para dialogar, para nos responder a todas as dúvidas, todos os dilemas e questionamentos de percurso, em linguagem simples.
 
Todavia, talvez que tão simples que nos escape aos vícios de elaboração exagerada do raciocínio condicionado aos parâmetros materiais imensamente restritos e insuficientes!
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   Estando em nós, e fora de nós, num Todo inextricável, Deus nos fala por intermédio do que magnetizamos constantemente com nossas próprias intenções e atitudes de cada minuto.
 
Assim, Ele nada mais faz do que ctível misericórdia, oferecendo-nos a riqueza inigualável da sua expressão externa à nossa percepção sensorial ainda sonolenta e letárgica.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   E, ao espírito sempre imerso, por natureza, no seu meio sublime e definitivo, a Verdade  consoladora de que, como fazemos para com os nossos próprios filhos, as Suas respostas a nós serão sempre o de que melhor precisamos para o avanço certo na mão única rumo à felicidade, que a todos está destinada!
 
▬  Mas contando também com a nossa participação ativa, no imenso drama da Criação!
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-76.gif)   Nunca a pedra – mas o pão!
 
(1) O Catarismo foi um movimento cristão iniciado em meados do ano 1100 na Europa Meridional que encontrou sua essência no sul da França, na região conhecida como Albi. Por isso, muitas fontes utilizam o termo Albigense para referir-se aos cátaros.
 
Christina Nunes.
Rio de Janeiro, RJ (Brasil)


Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 05 de Julho de 2015, 04:55
 
(https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/236x/72/13/2e/72132e867ce77d9499ff98b5fac6f15a--christian-artwork-christian-artist.jpg)

ONDE ESTÁ DEUS?
(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Olhando atentamente ao nosso derredor, se observamos que, em pleno ar, um pássaro é atingido por mortífero grão de chumbo, a que conclusão chegamos?

Certamente deduziremos que hábil atirador o alvejou, ainda que não o possamos ver. Sendo assim, nem sempre é necessário que vejamos uma coisa para saber que ela existe. Em tudo, observando os efeitos é que se chega ao conhecimento das causas.

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  E, se todo o efeito tem uma causa, por conseguinte, todo efeito inteligente tem uma causa inteligente.

Assim é que, quando contemplamos uma obra-prima da arte ou da indústria, dizemos que quem a produziu foi um homem de gênio, porque só uma alta inteligência poderia concebê-la.

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Reconhece-se, no entanto, que ela é obra de um homem, por se verificar que não está acima da capacidade humana.

Mas, ninguém terá a idéia de dizer que saiu do cérebro de um idiota ou de um ignorante, e, ainda menos, que é trabalho de um animal, ou produto do acaso. Pois bem!

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Lançando o olhar sobre as obras da natureza, notando a providência, a sabedoria, a harmonia que presidem a essas obras, reconhecemos não haver nenhuma que não ultrapasse os limites da mais portentosa inteligência humana.

Ora, desde que o homem não as pode produzir, é que elas são produto de uma inteligência superior à Humanidade, a menos que se admita que há efeito sem causa.

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  E é a essa Inteligência Suprema que chamamos Deus.

Pergunta o cientista:

(http://www.institutoandreluiz.org/ani_alerta_quadradinho_lindo.gif)  E onde está Deus?
(http://www.institutoandreluiz.org/ani_alerta_quadradinho_lindo.gif)  Ninguém jamais O viu.

(http://www.institutoandreluiz.org/ani_alerta_quadradinho_lindo.gif)  O materialista responde, às pressas:
(http://www.institutoandreluiz.org/ani_alerta_quadradinho_lindo.gif)  Deus é somente uma invenção da fé.
 
(http://www.institutoandreluiz.org/ani_alerta_quadradinho_lindo.gif)  Já o pensador, dirá sensatamente:
(http://www.institutoandreluiz.org/ani_alerta_quadradinho_lindo.gif)  Não vejo Deus mas sinto que Ele existe. A natureza mostra claramente em que consiste o Seu poder.

Mas o poeta dirá, com a segurança de quem tem certeza:

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Eu vejo Deus no riso da criança...
(http://www.institutoandreluiz.org/ani_alerta_quadradinho_lindo.gif)  No céu, no mar, na luz...

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Eu vejo Deus na mão que acaricia...
(http://www.institutoandreluiz.org/ani_alerta_quadradinho_lindo.gif)  No olhar das mães fitando os filhos seus...

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Nas noites de luar, claras e belas...
(http://www.institutoandreluiz.org/ani_alerta_quadradinho_lindo.gif)  Em tudo pulsa o coração de Deus.

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Eu vejo Deus nas flores e nos prados...
(http://www.institutoandreluiz.org/ani_alerta_quadradinho_lindo.gif)  Nos astros a rolar pelo Infinito...

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Escuto Deus na voz dos namorados...
(http://www.institutoandreluiz.org/ani_alerta_quadradinho_lindo.gif)  E sinto Deus na lágrima do aflito...

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Escuto Deus na frase que perdoa...
(http://www.institutoandreluiz.org/ani_alerta_quadradinho_lindo.gif)  Contemplo Deus no abraço dos amigos ...

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Eu vejo Deus na criatura boa...
(http://www.institutoandreluiz.org/ani_alerta_quadradinho_lindo.gif)  E sinto Deus na paz, na alegria...

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Escuto Deus no som da melodia...
(http://www.institutoandreluiz.org/ani_alerta_quadradinho_lindo.gif)  E sinto Deus na brisa refrescante...

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Contemplo Deus no sol que ilumina...
(http://www.institutoandreluiz.org/ani_alerta_quadradinho_lindo.gif)  E sinto Deus no perfume das flores...

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Eu vejo Deus na chuva que beija a terra...
(http://www.institutoandreluiz.org/ani_alerta_quadradinho_lindo.gif)  E sinto Deus na fé, na esperança...

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  O mesmo calor solar, que mantém no estado líquido a água dos rios e dos mares, conduz a seiva à fronde das árvores e faz pulsar o coração dos abutres e das pombas.

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  A luz que espalha o verdor nos prados e nutre as plantas com um sopro impalpável, também povoa a atmosfera das maravilhosas belezas aéreas.

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  O som que estremece a folhagem, canta na orla dos bosques e ruge nas plagas marinhas.

(http://chacompalavras.files.wordpress.com/2008/08/coracao-amarelo.gif)  Enfim, em tudo vemos uma correlação de forças físicas, que abrange num mesmo sistema a totalidade da vida sob a comunhão das mesmas leis.

É ao autor dessas leis soberanas e perfeitas que chamamos Deus.

José Soares Cardoso,
Do livro "Momentos de luz".
De Hiran Rocha.




Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 13 de Janeiro de 2016, 21:36

(http://lh6.google.com/margjanez/R-RZpMKZonI/AAAAAAAAImU/0nL8UavlD0w/s400/myla101.png)

Filho do Homem, e Filho de Deus

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-232.gif)  Assim, o Filho do Homem até do sábado é senhor.

E o centurião que estava defronte dele, vendo que assim clamando expirara, disse:
▬   "Verdadeiramente, este homem era o Filho de Deus".

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-232.gif)  Temos divulgado a importância de se estudar o Evangelho do Cristo, e mais, de assim o fazer à luz da Doutrina Espírita. Muitos podem pensar que a partir desta idéia nos achamos superiores aos irmãos vinculados a outras escolas religiosas, porém esta não é a verdade.
 
Conforme nos ensina Emmanuel todos que se aproximarem do Evangelho com a disposição de aprender e o coração aberto para compreendê-lo com a alma, muito poderão realizar em matéria de iluminação espiritual pertençam a que crença for.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-232.gif)  Todavia não podemos deixar de reconhecer que a doutrina codificada por Kardec nos instrumentaliza com recursos valiosíssimos para a compreensão da Boa Nova, sem os quais o entendimento amplo de algumas passagens se torna muito mais difícil.

Russell Champlin, religioso e escritor estado-unidense, Bacharel em literatura bíblica no Immanuel College, pós-graduado em Novo Testamento na Universidade de Chicago.

E Ph. D. em línguas clássicas na Universidade de Utah, afirma na Introdução ao Evangelho de Marcos que:
▬   "O termo Filho de Deus, de conformidade com o evangelho de Marcos é uma expressão muito importante para Marcos, e não pode ser derivada de qualquer compreensão judaica acerca do “Messias”…

Mais á frente, no mesmo artigo, continua:
▬   "O Filho de Deus, de conformidade com o evangelho de Marcos, é participante da divina essência… (…) [Ele] triunfou sobre a morte, e promete o mesmo tipo de vida a todos quantos querem segui-lo em sinceridade e verdade".

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-232.gif)  Ele é aquele que tem as propriedades de “asseidade” (do latim a-se-esse, aquele que tem vida em si mesmo, que é auto-existente, independente, participante da vida divina essencial). E é justamente esse tipo de vida que ele promete a outros.

Haveremos de transformar-nos em seres que participam da vida divina, por intermédio de Cristo; e então possuiremos vida em nós mesmos, passando a ser verdadeiramente imortais, como Deus é imortal.

Dizendo ainda em outro ponto do mesmo texto:
▬   Contudo, Jesus também aparece no evangelho de Marcos como Filho do homem, estando perfeitamente identificado com o homem, sendo homem verdadeiro, cujos sofrimentos foram reais… (…) Jesus, na qualidade de homem, andou em comunhão com o Pai.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-232.gif)  Estaria Champlin enganado em sua interpretação, pensamos que não; todavia diante de suas colocações, ou adotamos a tese simplista e de pouca lógica que Jesus era Deus e homem ao mesmo tempo, ou teremos que buscar nas orientações da filosofia espírita subsídios para interpretarmos a questão dentro de um prisma com melhor fundamentação.

Dentro do nosso entendimento do que ensina a doutrina espírita, muito pelo contrário, Jesus não é nem Deus e nem homem conforme a compreensão usual deste termo.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-232.gif)  Porém, antes que os leitores deste texto possam se chocar com estas afirmativas, nos apressaremos em explicá-las. Um dos princípios básicos do espiritismo é a evolução. Evolução que é, segundo Emmanuel, Lei para tudo neste nosso Universo dual.

Assim, explica o espiritismo, que o Espírito inicia sua fase evolutiva na matéria, e segue, passando pelos reinos inferiores da criação, até atingir na faixa hominal a condição de operar sobre o seu próprio destino.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-232.gif)  Porém este não é o fim, e apesar de não termos informações completas de como a evolução se processa a partir do homem é certo que ele chegará à condição de Espírito Puro, que segundo os Espíritos disseram a Kardec, nesta fase eles não sofrem mais qualquer influência da matéria.

Está é a condição, segundo o próprio Codificador, de Jesus, que por suas virtudes, estava muitíssimo acima da humanidade terrestre.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-232.gif)  Ainda segundo as anotações de Emmanuel, Jesus recebeu do Criador a missão de formar, orientar e governar o planeta Terra, e isso se deu desde o início quando este se desprendia da nebulosa solar.

Quando se deu este evento?

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-232.gif)  Há aproximadamente cinco bilhões de anos. Depreendemos deste fato que Jesus já era Cristo há cinco bilhões de anos, quando nós muito provavelmente ainda estávamos na condição de “simples e ignorantes” formando-nos nos reinos inferiores da criação.

Portanto, nada mais lógico do que afirmar que se a condição humana em que nos situamos não é a última na escalada evolutiva, Jesus não pertence à raça humana; como disse Kardec, Ele está muitíssimo acima da humanidade terrestre.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-232.gif)  Com isso não queremos dizer que Ele não tenha tomado quando de sua encarnação um corpo semelhante ao nosso tendo neste, sofrimentos reais. Pela lógica que temos aprendido o superior pode vir ao inferior, o contrário é que nem sempre é possível.

Quanto a Jesus não ser Deus, não vamos nos ocupar deste assunto, já que escrevemos para espíritas e estes têm perfeita consciência disto.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-232.gif)  Seria repetir um tema que outros muito mais competentes do que este que lhes escreve já explicaram melhor.

Mas para aqueles que ainda não se certificaram do assunto e desejam melhor se informar sobre ele, indicamos excelente estudo feito por Kardec no livro “Obras Póstumas”, sob o título:
▬   “Estudo Sobre a Natureza do Cristo”.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-232.gif)  Dito isto, podemos agora nos ocupar melhor com os comentários citados de Russell Champlin. Conforme nos ensina o professor Pastorino, a expressão filho que é uma expressão idiomática do hebraico e exprime o ser que possui a qualidade do substantivo que lhe segue.
 
Assim:

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-90.gif)   Filho da luz quer dizer iluminado,
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-90.gif)   Filho da paz significa pacífico.

Portanto, Filho de Deus é o ser que se divinizou. Divinizar não é tornar-se Deus, pois isso é impossível, é tornar-se participante da Divindade no sentido de se integrar Nela.

O apóstolo Paulo, em Espírito, na questão 1009 de O Livro dos Espíritos nos diz que:
▬   "Gravitar para a unidade divina, eis o fim da Humanidade. Mostrando-nos que isso não só é possível, como é o fim de todos nós".   
   
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-232.gif)  Dentro desta exposição do professor Pastorino filho do homem é o humano, o que contraria o que dissemos anteriormente sobre Jesus.

Porém, explica o mestre que este conceito evoluiu de tal modo que ao tempo de Jesus filho do homem significava aquele que já teria se libertado do ciclo reencarnatório.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-232.gif)  Enquanto que filho de mulher expressava o homem ainda sujeito às reencarnações, filho do homem era o Espírito que, terminada sua evolução nos mundos materiais não precisava mais encarnar; eram assim, “produto do homem”, “fruto da humanidade”.

A partir destas explicações que só a exegese espírita do Novo Testamento pode realizar, podemos compreender com clareza as colocações do renomado escritor norte americano quando afirma que o Jesus de Marcos – Filho de Deus – era participante da essência divina.
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-232.gif)  Tinha-se feito “Um com Deus”, gravitado para a Unidade Divina. Ele triunfou da morte, afirma Champlin.

É preciso dissociar na literatura bíblica morte de desencarnação. Já nos primeiros capítulos do livro Gênesis o redator da obra nos diz que Adão e Eva morreriam se se alimentassem do fruto da árvore da ciência do bem e do mal.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-232.gif)  Como todos sabem eles assim fizeram e não morreram, pois narra-nos o simbólico texto da Bíblia hebraica que foram todos os dias que Adão viveu novecentos e trinta anos.   

Assim, a morte a que se refere o autor de Gênesis é a morte da transgressão à Lei de Deus, tese esta confirmada pelo apóstolo Paulo ao informar-nos:
▬   "Porque o salário do pecado é a morte".

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-232.gif)  Ele triunfou da morte, ou seja, Ele tornou-se puro, sem pecado; venceu o mundo.  Poderíamos até supor que Champlin conhecesse a Doutrina dos Espíritos, pelo que sabemos ele é protestante...

... Pois afirma com naturalidade que Jesus promete o mesmo tipo de vida a todos quantos querem segui-lo em sinceridade e verdade haveremos de transformar-nos em seres que participam da vida divina.

▬   Não é isso que sem nenhum dogmatismo, fundamentado na lógica e no bom senso ensina o espiritismo?

Porém, não esqueçamos da continuidade do excelente artigo do também professor norte americano:
▬   "Para que tudo assim se dê e possamos realmente ser auto-existentes, independentes, participantes da vida divina essencial é preciso ser como Jesus, o homem, que andou em comunhão com o Pai".

Gênesis, 5: 5.
Marcos, 2: 28.
Marcos, 15: 39.
Romanos, 6: 23.

Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 25 de Abril de 2016, 23:40


(https://acolhimento.files.wordpress.com/2015/05/joc3a3o-17-2-26.gif)


Quando

Quando as horas de desgosto e desalento invadirem-lhe a alma e as lágrimas aflorarem em seu olhos:
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)  Lembre-se das palavras mansas do Cristo, convidando-nos ao Seu regaço.

Quando sentir-se incompreendido pelos que o circundam, e perceber que a indiferença ronda à sua volta, acerque-se dEle:
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Ele é a Luz, sob cujos raios se aclaram a pureza de suas intenções e a nobreza de seus sentimentos.

Quando o ânimo para suportar as vicissitudes da vida se extinguir e você estiver prestes a desfalecer, chame-O:
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Ele é a Força capaz de remover as pedras dos caminhos e ajudá-lo a superar as adversidades do mundo.

Quando os vendavais o açoitarem e você já não souber onde reclinar a cabeça, corra para junto dEle:
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Ele é o Refúgio Seguro, em cujo seio você encontrará guarida para o seu corpo e tranqüilidade para o seu espírito.

Quando lhe faltar a calma nos momentos de maior aflição e você se considerar incapaz de conservar a serenidade de espírito, invoque-O:
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Ele e a Paciência, que lhe faz vencer os transes mais dolorosos e triunfar das situações mais difíceis.

Quando as dores se abaterem sobre seu corpo e você sentir a alma ulcerada pelos abrolhos dos caminhos, grite por Ele:
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Ele é o Bálsamo que cicatriza as chagas e minora os padecimentos.

Quando o mundo o iludir com promessas falsas e você perceber que ninguém pode lhe inspirar confiança, vá a Ele:
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Ele é a Sinceridade, que sabe corresponder à franqueza de suas atitudes e à nobreza de seus ideais.

Quando a tristeza e a melancolia se acercarem do seu coração e tudo lhe causar aborrecimento, clame por Ele:
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Ele é a Alegria que lhe insufla um alento novo e o faz conhecer os encantos de seu mundo interior.

Quando, um a um, fenecerem os ideais mais belos e você se sentir no auge do desespero, apele para Ele:
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Ele é a Esperança que lhe robustece a fé e lhe acalenta os sonhos. 

Quando a impiedade se revelar e você experimentar a dureza do coração humano, procure-O
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Ele é o Perdão, que levanta-lhe o ânimo e promove a reabilitação de seu espírito.

Quando você duvidar de tudo, até de suas próprias convicções, e a descrença lhe tomar a alma, recorra a Ele:
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Ele é a Fé, que inunda-lhe de luz e entendimento e o habilita para a conquista da felicidade.

Quando você não puder sentir a sublimidade de uma afeição terna e sincera e a desilusão lhe tomar de assalto, aproxime-se dEle:
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Ele é a Renúncia, que lhe ensina a esquecer a ingratidão dos homens e a incompreensão do mundo.

▬  E quando, enfim, quiseres saber quem é esse Alguém tão especial que é:
 
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Fé,
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Luz,
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Força,
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Perdão,
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Alegria,
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Bálsamo,
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Renúncia,
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Paciência,
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Esperança,
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Sinceridade,
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   E refúgio Seguro.

▬  Busque conhecer a Boa Nova do Cristo. Você encontrará em suas páginas o suave convite do Mestre para que O busquemos todas vezes que sentirmos necessidade de Sua ajuda.

(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Jesus é a verdade, só se equivoca aquele que ignora Seus ensinamentos
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Jesus é a luz do mundo, só se debate nas trevas aquele que dEle se afasta.
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Jesus é o caminho, só se demora nos labirintos sombrios quem dEle se desvia.

(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Jesus é bom pastor, somente se perde a ovelha rebelde que não aceita Suas orientações amorosas e sábias.
(http://media.tumblr.com/a2f6a8d0f3f4c59f6f7e930b650f53c3/tumblr_inline_mgoex6Z2gq1qid2nw.gif)   Jesus é a vida, só duvida da imortalidade quem desconhece a Sua ressurreição gloriosa diante dos 500 da Galiléia.

Redação do Momento Espírita.



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 19 de Agosto de 2016, 06:39


(https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/originals/4b/6c/35/4b6c35eebb736cde527b93614c55d371.gif)

O Significado de Jesus
(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-517.gif)  Se indagasses a Judas, qual foi o significado de Jesus, na sua vida, ainda sensibilizado, ele responderia: O exemplo de misericórdia e de compaixão mais grandioso que jamais contemplei.
 
Se interrogasses a Simão Pedro, qual a significação de Jesus, no apostolado a que se dedicou, com a imolação da própria vida, ele diria de imediato: A mais nobre lição de fidelidade ao Bem, de que tive notícia por toda a existência.
 
(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-517.gif)  Se inquirisses a João Boanerges, qual foi, para ele, o sentido da presença de Jesus, em sua longa jornada terrestre, ele redargüiria: O divino libertador de vidas, através do inefável amor de que se fez portador.
 
Se desejasses saber de Lázaro, qual foi o significado de Jesus, no relacionamento que manteve com o Mestre durante o tempo que conviveu com Ele, com segurança ele asseveraria: A verdadeira ressurreição e vida, que anula a sombra da morte e doa a claridade imortal.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-517.gif)  Se perguntasses a Maria de Magdala, o que Jesus significou para ela, certamente que responderia emocionada: O sublime amor, verdadeira manifestação do amor de Deus.
 
Se quisesses descobrir, qual teria sido a significação de Jesus, na conduta de Zaqueu, que O recebeu no seu lar, com festa e carinho, ele elucidaria jubiloso: A mais nobre expressão da Verdade.
 
(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-517.gif)  Se buscasses o conhecimento a respeito do que significou Jesus, na vida de Natanael Ben Elias, o paralítico que descera pelo telhado e recuperara os movimentos, ele se referia, entusiasmado: O Messias divino que se fez irmão dos miseráveis e deserdados, a fim de os erguer ao sólio do Altíssimo.
 
Se intentasses descobrir o que representou Jesus, na vida da mulher samaritana, a quem Ele pediu água para beber, ela, imediatamente, responderia: A fraternidade universal vibrante e compreensiva.
 
(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-517.gif)  Se tivesses interesse em saber de Maria, irmã de Lázaro, qual o sentido da presença de Jesus no seu coração, ela afirmaria feliz: O excelente Filho de Deus que ama como ninguém jamais o fez.
 
Se pudesses saber, qual a posição de Jesus no relicário da alma do ex-endemoniado gadareno, com olhos brilhantes de gratidão, ele informaria: A saúde espiritual no seu mais elevado grau.
 
(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-517.gif)  Se interrogasses Pilatos, desejando conhecer o que representou Jesus na sua execrável peregrinação terrena, ele confirmaria, confuso e reticente: O poder que nunca cessa, porque vem de Deus.
 
Se visitasses Caifaz e o inquirisses a respeito de Jesus, qual teria sido o significado dEle, na sua posição sacerdotal, amargurado e triste ele sintetizaria: O Conquistador inconquistável.
 
(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-517.gif)  Se solicitasses a Maria de Nazaré, Sua mãe, que elucidasse o significado na sua maternidade sublime, ela murmuraria, iluminada: O Enviado de Deus que dormiu em meu regaço e mudou o pensamento terreno, apresentando o reino dos Céus, conforme nunca outrem conseguira fazer.


Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 19 de Agosto de 2016, 06:40

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-517.gif)  Quem estabelece relacionamento com Jesus, raramente permanece como se encontrava antes. Caso continue nas mesmas disposições, esse contato foi muito superficial,destituído de significado e de profundidade.
 
Quando, realmente, se mantém contato com Jesus, através das lições de incomum beleza e significação que Ele nos ofereceu, logo se dá uma revolução interior, alterando completamente as paisagens mentais do indivíduo, a sua visão a respeito da existência, as aspirações em torno do futuro.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-517.gif)  A mudança emocional é imediata, o homem velho cede lugar ao homem novo, sedento de identidade com a vida e de vivência com a Verdade.
 
Saulo de Tarso, que O viu e O sentiu nas carnes da alma, transformou-se de imediato, dando novo e total direcionamento aos passos, graças ao que, fez-se tão identificado que, ao fim da existência já não era ele que vivia, mas Cristo que nele vivia.
 
(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-517.gif)  Joana de Cusa, que desfrutava de opulência, e que teve contato com Ele, alterou a condição de patrícia romana, para tornar-se irmã dos desventurados, entregando-se-Lhe em holocausto, mais tarde, quando convidada ao testemunho em Roma.
 
Ignácio de Antioquia, que o conheceu na juventude, de tal forma fascinou-se, que se transformou no apóstolo dos novos tempos, igualmente experimentando a honra de imolar a vida em fidelidade à Sua mensagem.
 
(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-517.gif)  Não tem sido poucos aqueles que tiveram a existência totalmente transformada desde o profundo encontro mantido com Jesus.
 
Nada obstante, é também de grande volume, o número de pessoas que receberam Suas notícias e informações, abraçando doutrinas que se derivaram dos Seus ensinamentos.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-517.gif)  Não experimentando qualquer significado expressivo no cerne do ser, continuando com o comportamento de conveniência, indiferente ao Seu manifesto de amor e de entrega.
 
Conhecido em todas as nações da Terra e, na maioria delas, muito comentado, em face das religiões que pretendem homenageá-lO, através das deformações que introduziram nos Seus postulados de renovação interior e de caridade real...

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-517.gif)  Tem nEle apenas um símbolo para rituais e cerimônias pomposas, mas sem sentido libertador, não Lhe permitindo penetrar o âmago das almas.
 
Esses, que assim transitam pelos caminhos da fé religiosa formal, são-Lhe indiferentes ao chamado de libertação.
 
(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-517.gif)  Quando acicatados por problemas e dificuldades, às vezes recordam-se dEle e buscam-nO, desejando soluções miraculosas e prodígios que não ocorrem, nem os merecem...

Para logo tombarem no desânimo, dizendo-se decepcionados pelo fato de não haverem sido atendidos na exorbitância das suas solicitações de emergência.
 
(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-517.gif)  Jesus é o amor, sem dúvida é a solução dos problemas, não, porém, conforme o desejam aqueles que O tem na conta de novo deus do Olimpo celeste, para atender as paixões e as mesquinharias humanas.
 
Ele é o Caminho, por onde todos devem transitar, vivenciando as lições de fraternidade, de justiça e de caridade, a fim de alcançarem a vida e se integrarem na proposta da Verdade.
 
(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-517.gif)  Como O tens visto, de que maneira te identificas com Ele, de que forma vives a jornada terrestre, depois de O haveres conhecido?

Se experimentas os mesmos conflitos de antes do teu relacionamento com a Sua mensagem, ainda não permitiste que Ele te penetre os sentimentos, modificando-te a conduta interior, que enseja o comportamento social e humano.

(http://gifportal.ru/data/smiles/flowers-517.gif)  Aprofunda o pensamento nas Suas palavras repassadas; de energia e bondade, de consolação e de esperança, dando outro direcionamento aos teus dias na Terra.

De forma que, ao findar o compromisso com o corpo, descubras o significado sublime dEle em ti, identificando-te de tal forma que já não serás aquele que vive, mas sim, Ele que vive em ti.

—  Reflexiona, a respeito do significado de Jesus na tua existência.

Agora  vem a pergunta:
—  O que Jesus Cristo significou e significa pra você?
 
De Divaldo Franco.
Do livro Iluminação Interior.
Pelo Espírito Joanna de Ângelis.



Título: Re: Jesus Cristo, O Filho de Deus
Enviado por: Marianna em 11 de Setembro de 2017, 19:27


(http://2.bp.blogspot.com/-kmRtPwO_pSk/Uno2dREwj0I/AAAAAAAAo4c/7pb1CkUb7GE/s400/espiritu-santo-cristo.jpg)

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-547.gif)  Frequentemente, Jesus é designado na Bíblia, inclusive por Ele próprio, como o Filho do Homem e O Filho de Deus.

Os teósofos neoplatônicos Plotino, Amônio Sacha e Porfírio e os esotéricos consideram como sendo um filho do homem o indivíduo já liberto das reencarnações, isto é, um filho do homem por excelência.

▬  E na Bíblia, essa expressão pode ter vários significados:
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-498.gif)  "Filho de Adão ou homem (Daniel 8,17); um ser insignificante diante de Deus: "...
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-498.gif)  "Na boca de Jesus, ela aparece como sendo "eu" (primeira pessoa do singular):
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-498.gif)  "O Filho do Homem não tem (eu não tenho) onde repousar a cabeça" (São Mateus 8,20);
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-498.gif)  "E há O Filho do Homem messiânico e apocalíptico" (Daniel 7,13; Marcos 8,38; Mateus 16,27; e Lucas 9,26).
 
(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-547.gif)  Mas para os pesquisadores do "Seminário de Jesus" ("The Five Gospels", pág. 77), essas expressões foram colocadas na boca de Jesus pelos escritores hagiógrafos, e elas teriam origem em O Filho do Homem que consta do Velho Testamento (Daniel 7,13).

E para Neil Douglas-Klotz, Ph.D, "O Evangelho Segundo Jesus Aramaico - Compreendendo Sua Mensagem Espiritual", pág.199, não é garantido que essa expressão de Daniel seja anterior aos Evangelhos. Para saber mais sobre esse assunto e outros, recomendamos "Entrevistas com Jesus", de José Pinheiro de Souza.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-547.gif)  E quanto à expressão O Filho de Deus, na boca do próprio Jesus, ela só aparece no Evangelho de João.

E quando Lhe perguntaram se Ele era O Filho de Deus (Mateus 26,63), Ele deu uma resposta ambígua, e parecia se referir à já citada frase de Daniel (Daniel 7,13).

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-547.gif)  E é errado interpretar esse título de O Filho de Deus como sendo Jesus filho único de Deus, pois Ele mesmo ensinou que todos somos filhos de Deus.

A confusa doutrina da Trindade, que considera Jesus como Filho único de Deus, só foi promulgada no 4º século, portanto, depois de terem sido escritos os Evangelhos, aos quais, porém, ela foi acrescentada.

(http://smayls.ru/data/smiles/smayliki-cvety-547.gif)  A História é escrita pelos vencedores, mas em filosofia e teologia, os derrotados, que têm como armas a ciência e a razão, reescrevem-na!

José Reis Chaves.