Forum Espirita

GERAL => O que é o espiritismo => Existência de Deus => Tópico iniciado por: Marianna em 27 de Setembro de 2009, 04:23

Título: A FÉ TRANSPORTA MONTANHAS
Enviado por: Marianna em 27 de Setembro de 2009, 04:23




“....se tivésseis a fé do tamanho de um grão de mostarda, diríeis a esta montanha: Transporta-te daí para ali e ela se transportaria, e nada vos seria impossível.
Jesus (Mateus 17: 19 e 20)

No sentido próprio, é certo que a confiança nas sua próprias forças torna o homem capaz de executar coisas matériais, que não consegue fazer quem duvida de si. Aqui, porém, unicamente no sentido moral se devem entender essas palavras. As montanhas que a fé desloca são as dificuldades, as resistências, a má-vontade, em suma, com que se depara da parte dos homens, ainda quando se trate das melhores coisas.

Os preconceitos da rotina, o interesse material, o egoísmo, a cegueira do fanatismo e as paixões orgulhosas são outras tantas montanhas que barram o caminho a quem trabalha pelo progresso da Humanidade. A fé robusta dá a perseverança, a energia e os recursos que fazem se vençam os obstáculos, assim nas pequenas coisas, que nas grandes. Da fé vacilante resultam a incerteza e a hesitação de que se aproveitam os adversários que se têm de combater; essa fé não procura os meios de vencer, porque não acredita que possa vencer. (Evangelho Segundo o Espiritismo – capítulo XIX – item 2).

Noutra acepção, entende-se como fé a confiança que se tem na realização de uma coisa, a certeza de atingir determinado fim.

A fé sincera e verdadeira é sempre calma: faculta a paciência que sabe esperar, porque, tendo seu ponto de apoio na inteligência e na compreensão das coisas, tem a certeza de chegar ao objetivo visado. (Evangelho segundo o Espiritismo – capítulo XIX – item 3).

A verdadeira fé se conjuga à humildade; aquele que a possui deposita mais confiança em DEUS do que em si próprio, por saber que, simples instrumento da vontade Divina, nada pode sem DEUS. (Evangelho Segundo o Espiritismo – capítulo XIX – item 4).

Fé inabalável só é aquela que pode encarar de frente a razão, em todas as épocas da Humanidade. ( Evangelho Segundo o Espiritismo – capítulo XIX – item 7).

FÉ – Perguntas e Respostas:
   
354 – Poder-se-á definir o que é ter FÉ?
   
- Ter FÈ é guardar no coração a luminosa certeza em DEUS,
Certeza que ultrapassou o âmbito da crença religiosa, fazendo o coração repousar numa energia constante de realização divina da personalidade.

Conseguir a FÈ é alcançar a possibilidade de não mais dizer: “eu creio”, mas afirmar: “eu sei”, com todos os valores da razão tocados pela luz do sentimento. Essa FÈ não pode estagnar em nenhuma circunstância da vida e sabe trabalhar sempre, intensificando a amplitude de sua iluminação, pela dor ou pela responsabilidade, pelo esforço e pelo dever cumprido.

Traduzindo a certeza na assistência de DEUS, ela exprime a confiança que sabe enfrentar todas as lutas e problemas, com a luz divina no coração, e significa a humildade redentora que edifica no íntimo do espírito a disposição sincera do discípulo, relativamente ao “faça-se no escravo a vontade do Senhor”.

355 – Será FÈ acreditar sem raciocínio?   

Acreditar é uma expressão de crença, dentro da qual os legítimos valores da FÈ se encontram embrionários. O ato de crer em alguma coisa demanda a necessidade do sentimento e do raciocínio, para que a alma edifique a FÈ em si mesma. Admitir as afirmativas mais estranhas, sem um exame minucioso, é caminhar para o desfiladeiro do absurdo, onde os fantasmas dogmáticos conduzem as criaturas a todos os despautérios. Mas também interferir nos problemas essenciais da vida, sem que a razão esteja iluminada pelo sentimento, é buscar o mesmo declive onde os fantasmas impiedosos da negação conduzem as almas a muitos crimes.
 
356 – A dúvida raciocinada, no coração sincero, é uma base para a FÈ?  
 
Toda a dúvida que se manifesta na alma cheia de boa-vontade, que não se precipita em definições apriorísticas dentro de sua sinceridade, ou que não busca a malícia para contribuir em suas cogitações, é um elemento benéfico para a alma, na marcha da inteligência e do coração rumo à luz sublimada da FÉ.
   
Perguntas e respostas tiradas do livro:
"O Consolador"
Ditado pelo espírito de EMMANUEL
Psicografado pelo médium FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER
Editora: Federação Espírita Brasileira
 

Título: Re: A FÉ TRANSPORTA MONTANHAS
Enviado por: Anton Kiudero em 27 de Setembro de 2009, 13:26

No sentido próprio, é certo que a confiança nas sua próprias forças torna o homem capaz de executar coisas matériais, que não consegue fazer quem duvida de si. Aqui, porém, unicamente no sentido moral se devem entender essas palavras. As montanhas que a fé desloca são as dificuldades, as resistências, a má-vontade, em suma, com que se depara da parte dos homens, ainda quando se trate das melhores coisas.


Ola Marianna,

Vai ai uma boa noticia. As montanhas que se movem pela fé podem ser materiais mesmo e não apenas morais. O Pai, causador de todas as realidades e todas as ações no universo as move a todo instante e aos que possuem a simples, sincera e total fé interior no Pai é dado perceber isto a todo instante.

Paz pra ti,
Anton