Forum Espirita

CONVÍVIO => Off-topic => Convívio => Tópico iniciado por: Lansaci em 17 de Julho de 2010, 21:39

Título: Que tipo de Fé move Montanhas!?
Enviado por: Lansaci em 17 de Julho de 2010, 21:39
Olá a todos do Fórum ^^

Sou um jovem estudante da Doutrina há pouco mais de um ano.
Depois de perceber a universalidade dos assuntos abordados pela Doutrina, tornei-me fiel seguidor e propagador, pois encontrei nela explicação para TODO fato que ocorria ao meu redor, sem excessão.
Eu, porém, moro numa cidade em que a influência do protestantismo (a fé evangélica) é muito forte. Em toda esquina é possível encontrar uma igreja evangélica, seja da Universal, seja de qualquer outra seita...
Já tive a oportunidade de presenciar um acampamento evangélico de jovens de uma igreja, que não vale a pena comentar aqui o nome, convidado por amigos evangélicos. Lá conheci pessoas, fiz amigos, todos da minha faixa etária e de mesmo segmento social que à primeira vista me pareceu que viviam numa realidade igual a minha. Lá o pastor palestrava numa linguagem bem jovial, e prometia milagres àqueles que "aceitassem Jesus", mas tinham que aceitar naquela igreja, pois que "aceitar" de outra maneira não era bem visto aos olhos de Deus. Lá o pastor passava a mão na cabeça das pessoas de pé, e automaticamente elas desabavam no chão, e depois diziam que sentiam isso e aquilo e já não sentiam mais. Na despedida das atividades, numa parte chamada "testemunho", descobri que aqueles jovens que eu conheci ali que pareciam normais, já haviam vivido nas drogas, já se envolveram com crimes, e coisas do gênero e que hoje afirmavam estar completamente curados desde que "aceitaram Jesus". Quanto a honestidade dos fatos ocorridos, desde "as quedas" até a cura das drogas muito questionei-me, pois que poderiam, de um modo ou de outro, estarem ludibriando a realidade. Mas depois de muita meditação cheguei à conclusão que quando são vários testemunhos, todos muito plausíveis, eu devia, sim, dar crédito.
Mas não pensar que essa igreja é só flores. Ao chegarmos ao templo, cheguei a horrorizar-me com os mecanismos alienatórios que utilizava o pastor para fazer com que aquela centena de fieis criassem uma espécie de repulsa a toda e qualquer forma de louvor a Deus que não fosse aquela por eles executada. Chegou a dizer que o símbolo chinês do equilíbrio, ing-yang, era satânico, que manifestações mediúnicas espíritas eram obras do demônio e que adoração à Virgem Maria ou qualquer outro santo que não fosse Jesus era um disparate.
Mas o que realmente chamou a minha atenção foi a habilidosa adequação de passagens bíblicas e histórias emocionantes e comoventes com o fim de fazer a todos pensarem que quando você dá X reais para a igreja, Deus vem e dá 4X reais para você em alguns meses... e quanto mais demorar, melhor, pois aí vem 6X...8X...
nas minhas palavras secas e mal posicionadas, o leitor não consegue nem ter ideia de como isso mexe com o emocional do ouvinte na hora. A maneira como o pastor fala nos faz sentir tão insignificantes, que dá vontade de chegar lá no altar e dar até a escritura da casa!
A hora da entrega da oferta é extraordinária. Quem está lá no fundo vê a igreja esvaziar, todos os cristãos antes sentados, vão até o altar. Todos. Mais parecia um jogo de aparências, pois era possível ver fidalgos... bem vestidos... nariz empenado, andando bem devagar em direção ao altar com o envelope do dízimo a mostra, ao lado da esposa, sorrindo... mais parecia a entrada de uma festa de gala...

Para não rodear muito, vou direto ao ponto da questão que ensejou o meu primeiro post aqui no Fórum:

Eu procurei nas Obras Básicas, e em títulos famosos da literatura espírita, mas pouco eu encontrei sobre os fenômenos aqui citados.

Gostaria de abrir aqui com os amigos uma discussão sobre a visão espírita desses milagres e dessas quedas como também da seção de exorcismos, que eu não presenciei mas sei que está presente ali, a fim de chegarmos a um ponto convergente... a uma luz que me podesse esclarecer tais fatos.

Será que existe algo de sobrenatural por trás de tudo isso?
Será somente animismo?
Ou será que é tudo combinado?

Para aqueles que nunca viram nada parecido, encontrei no youtube alguns videos que mostram essas quedas que acontecem nas igrejas. Este é de um pastor chamado Benny Hinn que derruba centenas de pessoas em um segundo e depois vai derrubando de um por um aqueles que não caíram da primeira vez.
http://www.youtube.com/watch?v=OS6wpbiqW28&feature=related (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PU9TNndwYmlxVzI4JmFtcDtmZWF0dXJlPXJlbGF0ZWQ=)

este outro mostra os "milagres" que esse mesmo pastor realizou quando andou aqui no Brasil
http://www.youtube.com/watch?v=025bdwe8tqI (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTAyNWJkd2U4dHFJ)

Afinal se for a fé que move esses fenômenos... por que nós, espíritas, que temos tanta convicção e tanta fé num Deus bondoso e poderoso não conseguimos alcançar milagres do gênero com essa mesma facilidade?!

Um abraço
Luiz
Título: Re: Que tipo de Fé move Montanhas!?
Enviado por: Lansaci em 19 de Julho de 2010, 03:30
Será que postei no lugar certo!?!? ???
Título: Re: Que tipo de Fé move Montanhas!?
Enviado por: Conforti em 19 de Julho de 2010, 22:54
          Olá, Luiz, novo companheiro de jornada.     (referencia sua postagem inicial)

          Cito vc:
"... tinham que aceitar naquela igreja, pois que "aceitar" de outra maneira não era bem visto aos olhos de Deus”.
          Amigo, não lhe parece absurdo? E é interessante que vc mesmo observe, analise e tire suas conclusões... Como dizem os sábios: “não ponha outra cabeça acima da sua”, isto é, porque ir pela interpretação de outrem se podemos usar nosso raciocínio...?

          Cito vc:
“Lá o pastor passava a mão na cabeça das pessoas de pé, e automaticamente elas desabavam no chão, e depois diziam que sentiam isso e aquilo e já não sentiam mais”.
          Amigo, tudo isso é possível. O que é a fé? Qual seria o “peso” das fé dessas pessoas que talvez já teriam várias  vezes presenciando fatos semelhantes? Vc já deve ter visto alguém se queimar com um pedaço de gelo, não? Não digo que o fato que vc presenciou seja hipnotismo, mas uma pessoa que “acredita”, totalmente, que o gelo vai lhe queimar a mão, fica queimada.
          Isso não significa qualquer poder do sacerdote ou  de determinada igreja. Significa que a mente da pessoa aceitou sem restrições “aquilo” como verdade. Quantos “milagres”, no bom e no mau sentido, acontecem porque a mente crê! Lembre-se de Jesus: “... a tua fé te curou...”.

          Cito vc:
“... jovens que eu conheci ali que pareciam normais, já haviam vivido nas drogas, com crimes, e coisas do gênero e que hoje afirmavam estar completamente curados desde que "aceitaram Jesus".
          Amigo, e a mesma explicação acima. E veja, qualquer religião pode trazer alívio psicológico (que, evidentemente, influencia o fisiológico). Mas não será alivio definitivo. Pode trazer momentos de satisfação (como um refrigerante num momento de calor; o efeito passa logo e o calor volta). Mas nunca, perceba isso, nos traz compreensão total que é o que procuramos para que fiquemos completa e definitivamente livres de todo sofrimento e de toda ignorância. Buscamos, não conhecer fenômenos inusitados, mas conhecer quem somos, porque existimos, porque sofremos, não é isso? É para essas coisas que procuramos respostas.          

          Cito vc;
“... como o pastor fala nos faz sentir tão insignificantes, ...”
          Amigo, vc é muito jovem mas um dia vai perceber que,na concepção de todas as doutrinas, o ser humano é isso: ignorante, insano, corrupto e insalubre, cheio de defeitos morais, pecador, tão fraco que, por si só, não consegue se libertar de suas imperfeições e pecados. Os conceitos negativos, que as religiões fazem acerca do homem, já estão, há séculos, na cultura dos povos, em particular dos povos do Ocidente (por isso, os sábios dizem que a cultura ocidental é prostituta). Daí vem essa nossa visão errada de que ‘o homem nada pode fazer sozinho’. E, por isso, os ocidentais, em geral, estão convencidos de que devem se sujeitar a intermediários, como ‘santos’, pastores,  sacerdotes, espíritos benfeitores, religiões, igrejas, das diferentes seitas e crenças, para conseguir algum alívio, para os seus problemas fisiológicos, psicológicos ou existenciais.  
          No entanto, o ser humano não é nada disso. Como afirmaram Jesus, Paulo e outros, “o reino de Deus já está em nós”, “somos o templo do Altíssimo”. “o Senhor habita em nossos corações”.  O fato é que o homem está dominado por ilusões e não consegue perceber a verdade.

          Cito vc:
“Será que existe algo de sobrenatural por trás de tudo isso?
... animismo? ... tudo combinado?”
          Amigo, pode ser tudo isso... mas, o que há de vantajoso para nós em saber se é animismo ou isso e aquilo? Se esses “fenômenos”  nos auxiliassem na caminhada em direção de Deus, então deveríamos mesmo procurá-los.  Mas, isso é apenas curiosidade tola, concorda?
          Agora, quanto a ser sobrenatural, que é sobrenatural? Se é “aquilo que está além do natural”, existe algo além da natureza? Os chamados “milagres” de Jesus, estavam além da natureza, ou apenas além do conhecimento dos homens e de sua ciência?
          Reflita que vc vai compreender.   
Título: Re: Que tipo de Fé move Montanhas!?
Enviado por: Lansaci em 20 de Julho de 2010, 01:29
Olá coronel!
suas palavras me esclareceram um bocado! ^^
agora, gostaria de ter sua opinião sobre um aspecto, que é uma dúvida minha desde o começo;
Eu sempre me perguntava:
Será que esses mesmos que hoje estão "curados" da droga?! podem, caso deixem a igreja, voltarem para "a vida"?
quando vc fala que qualquer religião pode trazer um refrigério para o psico e consequentemente para o fisio e que é apenas algo passageiro, é isso que vc quer dizer?

um abraço
Luiz
Título: Re: Que tipo de Fé move Montanhas!?
Enviado por: Carlos Soares em 20 de Julho de 2010, 02:43
          Caro amigo Luiz!


          A doutrina espírita é baseada na renovação interna da criatura sem simbolos,cultos externos,misticismos etc..

          Pela sua descrição senti que você estava em um SHOW BUSSINES, onde a pessoa se encanta com a música alta, as palavras eletrizantes etc..

          Há pessoas que só podem entender DEUS, como no velho testamento, paizão, nervoso e cruel. Se olhassem o novo testamento, e aceitassem realmente a JESUS, veriam nestes cultos exatamente o que você percebeu, sinal de que você está à procura de uma verdade que o alimente, leia JESUS no novo testamento e procure colocar-se no ambiente em que ele estava, com essa visão crítica que teve agora, e muitas coisas irão se aclarar em sua mente.

          Quando era jovem, também passei por momentos iguais ao seu, de não crer em mais nada devido a muitas religiões, até  chegar um dia que minha mãe, em sua profunda ignorancia de analfabeta, nervosa com meu ateísmo me perguntou!  "Tudo bem Carlinhos, se DEUS, não criou a terra, então quem criou o universo??"

          Percebestes o problema? Era tudo uma questão de foco. Lendo as ciencias derrubando os dogmas, Adão e Eva, inferno etc.. percebi que esse não era o meu DEUS, mas com essa pergunta, minha mãe recolocou-me outra vez na senda da procura, onde me encontro ainda hoje e por mais alguns milênios.



          Abraço Fraterno!
Título: Re: Que tipo de Fé move Montanhas!?
Enviado por: Carlos Soares em 20 de Julho de 2010, 02:58
         Caro Amigo Luiz!


         Perdi tempo contando estórinha e esqueci de responder à sua pergunta.
         
         Quando a pessoa cai à distancia é auto-sugestão! Ela tem certeza que "tá possuida" e já foi à igreja pronta para cair. E no caso no meio do público, quando o pastor vem tocar a sua testa, você está com os pés juntos e contrito na oração, os auxiliares estão ao lado do pastor que ao tocá-lo empurra suavemente sua cabeça para trás, desequilibrando-o de forma impercepitível, onde os auxiliares já o agarram e seguram. SE você reagir estará possuido, senão ele segue para o próximo.


         Abraço Fraterno!
Título: Re: Que tipo de Fé move Montanhas!?
Enviado por: Diegas em 20 de Julho de 2010, 12:53
'...Afinal se for a fé que move esses fenômenos... por que nós, espíritas, que temos tanta convicção e tanta fé num Deus bondoso e poderoso não conseguimos alcançar milagres do gênero com essa mesma facilidade?!...'


Olá.


A quais milagres se refere ?

O de cair no chão, desabando como um tolo, deixando-se sugestionar ou sendo empurrado por um idiota-show man ? Cada dia inventam uma pratica ou corrente de cura, e ainda tem os que associam esse teatrinho circense com a Doutrina Espirita.

Anote: O único milagre que esse pastor, e muitos outros que seguem a mesma linha teatral conseguem é o da multiplicação do X (dizimo arrecadado).



Abç

Título: Re: Que tipo de Fé move Montanhas!?
Enviado por: Dalilathe em 20 de Julho de 2010, 13:47
É a chamada teologia da prosperidade.

Ou como disse Jesus, já terão recebido sua recompensa neste mundo.

Os que já chegaram até aqui, intuem ou sabem o valor que ela tem.

A fé que transporta montanhas é aquela que vem de "fides", equivocadamente traduzida como "fidelidade", mas cujo significado é "sintonia".
Título: Re: Que tipo de Fé move Montanhas!?
Enviado por: Hebe M C em 20 de Julho de 2010, 14:42
Bem ,
Quando disse que era espírita , fui considerada pelos evangélicos  como portadora das vozes do demônio, porque segundo eles, só os demônios se comunicam , por ai você vê como a ignorância desse povo é manipulada pelos  pastores evangélicos.
Particularmente acho que essas quedas se dão por auto-sugestão, ou realmente para mostrar ao Pastor sua fé fingindo que caiu.
Tem que pensar o seguinte, pessoas que chegam a um grau de auto-destruição com drogas precisam muito de algo que as impulsione para deixar o vício. E não é raro que se apeguem com uma fé fanática a um determinado culto porque na verdade ainda não encontraram fé em si mesmo. Pulam de uma dependência à outra. Podem contestar isto que estou dizendo, mas já há estudos na área da psicologia mostrando esse tipo de comportamento, e os pastores se valem disso para manipular essas pessoas que estão perdidas no seu próprio foco.
A DE mostra o quanto podemos crescer compreendendo as várias passagens que temos na vida. E todos são capazes de chegar lá, basta o seu auto-conhecimento e a sua evolução adquirida de reencarnação em reencarnação. Portanto não se trata de um PAPA, ou Pastor milagreiro. A sua fé tem que estar em você mesmo.
Um abço
Hebe
 
Título: Re: Que tipo de Fé move Montanhas!?
Enviado por: Conforti em 21 de Julho de 2010, 14:50
          Olá, Luiz, meu jovem xará     (referencia #3)

          É evidente que as igrejas com suas lições sempre voltadas à elevação da alma, buscando uma melhora do ser humano, constituem apoio considerável no sentido de evitar a reincidência.  E a vontade dos indivíduos concorre também para isso. É verdade que, para aqueles que se "entregaram" às drogas, a força de vontade deve ter arrefecido e, talvez, devam buscar auxílio especializado da medicina etc.
          Quanto à questão de um refrigério, consolo, etc apenas temporário, que as crenças e religiões nos oferecem, é isso mesmo;  nenhuma delas, como também, nenhuma filosofia, psicologia e nem mesmo a ciência, tem todas respostas que buscamos, nenhuma tem condições de nos deixar definitiva e totalmente livres de quaisquer dúvidas.
          À medida que amadurecemos, com o estudo e a observação do que se passa no mundo em torno de nós, e se não ficamos presos apenas ao “eu”, “meu”, enfim, fechados em nosso egoísmo  natural, surgem novas perguntas e inevitavelmente procuramos as respostas aqui e ali. É por isso que vemos essa “corrida” de uma crença para outra. As religiões apenas podem nos satisfazer até um certo ponto.  
          Você é muito jovem, mas com o tempo vai perceber que é assim.