Forum Espirita

CONVÍVIO => Off-topic => Convívio => Tópico iniciado por: Mourarego em 01 de Março de 2012, 16:36

Título: Parabéns meu Rio
Enviado por: Mourarego em 01 de Março de 2012, 16:36
PARABÉNS MEU RIO DE JANEIRO!

Meus amigos, deixem-me tomar-lhes o tempo para exibir minha felicidade e alegria.
É que, o Rio de Janeiro, o meu Rio, está a fazer 447 anos de muita beleza!
E que motivo melhor para externar minha alegria que não este, o de ser im cidadão carioca, mesmo que honorário ou de coração.

Esta importante data, não pode ser vista apenas como uma comemoração de idade, é bem mais do que isso.
Apresenta-nos todo um momento evolutivo de uma cidade, enquanto seja lar de habitação de Espíritos em progresso.
Sou dos que são apenas cariocas honorários, pois nascendo em Teresina PI, vim para o Rio de Janeiro para completar dois anos de vida.
Aprendi a amar o Rio com seus problemas, dores, tristezas e crimes, mas também vivenciar a alegria contagiante que o carioca tem, sua afetibilidade que os faz após um primeiro "oi" se sentirem amigos daqueles a quem nem bem conhecem, essa faculdade que nem todas as cidades brasileiras têm como natureza própria, faz com que o carioca seja sempre bem relacionado, amante das artes, da boa vida, e saiba receber bem a todos, brancos, pretos, amarelos, gringos ou não.
O carioca é por si mesmo integrado com a natureza que o cerca, e se alguns ainda não a respeitem, por certo já estão aprendendo a dignificar mais o seu estado e a sua cidade.
Quando avaliamos o Rio de Janeiro sob todos os prismas já relatados acima, entendemos bem o porque da letra de uma música da Fernanda Abreu, diga em sua assim:

"Rio 40 graus
Cidade maravilha
Purgatório da beleza
E do caos...

Capital do sangue quente
Do Brasil
Capital do sangue quente
Do melhor e do pior
Do Brasil...

Cidade sangue quente
Maravilha mutante...

O Rio é uma cidade
De cidades misturadas
O Rio é uma cidade
De cidades camufladas
Com governos misturados
Camuflados, paralelos
Sorrateiros
Ocultando comandos...

Comando de comando
Submundo oficial
Comando de comando
Submundo bandidaço
Comando de comando
Submundo classe média
Comando de comando
Submundo camelô
Comando de comando
Submáfia manicure
Comando de comando
Submáfia de boate
Comando de comando
Submundo de madame
Comando de comando
Submundo da TV
Submundo deputado
Submáfia aposentado
Submundo de papai
Submáfia da mamãe
Submundo da vovó
Submáfia criancinha
Submundo dos filhinhos...

Na cidade sangue quente
Na cidade maravilha mutante...

Rio 40 graus
Cidade maravilha
Purgatório da beleza
E do caos...

Rio 40 graus
Purgatório da beleza
E do caos...

Eh! Rio 40 graus...

Quem é dono desse bêco?
Quem é dono dessa rua?
De quem é esse edifício?
De quem é esse lugar?...

É meu esse lugar
Sou carioca
Pô!
(Sou carioca!)
Eu quero meu crachá
Sou carioca
Pô!...

"Canil veterinário
É assaltado liberando
Cachorrada doentia
Atropelando!
Na xuxa das esquinas
De macumba violenta
Escopeta de sainha plissada
Na xuxa das esquinas
De macumba gigantescas
Escopêta de shortinho algodão"...

Cachorrada doentia do Joá, eh!
Cachorrada doentia São Cristóvão
É Cachorrada doentia Bonsucesso
Cachorrada doentia Madureira
É Cachorrada doentia da Rocinha
É Cachorrada doentia do Estácio...

Na cidade sangue quente
Na cidade maravilha mutante...

Rio!...

Rio 40 graus
Cidade maravilha
Purgatório da beleza
E do caos...

Rio 40 graus
Purgatório da beleza
E do caos...

A novidade cultural
Da garotada
Favelada, suburbana
Classe média marginal
É informática metralha
Sub-uzi equipadinha
Com cartucho musical
De batucada digital...

Gatinho de disket
Marcação pagode, funk
De gatinho marcação
Do samba-lance
Com batuque digital
Na sub-uzi musical
De batucada digital
Eh!...

Meio batuque inovação
De marcação prá pagodeira
Curtição de falação
De batucada
Com cartucho sub-uzi
De batuque digital
Metralhadora musical...

De marcação invocação
Prá gritaria
De torcida da galera
Funk!
De marcação invocação
Prá gritaria
De torcida da galera
Samba!
De marcação invocação
Prá gritaria
De torcida da galera
Tiroteio!
De gatilho digital
De sub-uzi equipadinha
Com cartucho musical
De contrabando militar
Da novidade cultural
Da garotada
Favelada suburbana
De shortinho, de chinelo
Sem camisa, carregando
Sub-uzi equipadinha
Com cartucho musical
De batucada digital
Ulalá!...

Na cidade sangue quente
Na cidade maravilha mutante
Huuuummm!...

Rio 40 graus
Cidade maravilha
Purgatório da beleza
E do caos...

Rio 40 graus
Purgatório da beleza
E do caos...

Capital do sangue quente
Do Brasil
Capital do sangue quente
Do melhor e do pior
Do Brasil...

(O Rio de Janeiro!)
(O Rio De Janeiro!)
(Soy Loco Por Ti!)...

Rio 40 graus
Cidade maravilha
Purgatório da beleza
E do caos...

Rio 40 graus
Purgatório da beleza
E do caos...

Por ser reconhecidamente a capital do samba, é que me lembra o verso do poeta a exaltar:
“Quem não gosta de samba,
Bom sujeito não é.
É ruim da cabeça,
Ou doente do pé”.

E por isso o Rio, que me adotou e me ensinou a nadar em suas águas citadinas, é o meu Rio...
De ontem, de hoje e de amanhã!
De janeiro a janeiro!
Sempre!
Abraços,
Moura
Título: Re: Parabéns meu Rio
Enviado por: andreia de almeida marque em 01 de Março de 2012, 17:32
tenho muito orgulho de ser carioca, de morar nessa cidade maravilhosa, apesar de todos os problemas, violencias, mas qual lugar não tem. Parabéns Rio de Janeiro!!!
Título: Re: Parabéns meu Rio
Enviado por: EsoEstudos em 02 de Março de 2012, 01:05


Um país como o Brasil tem dessas coisas... Ao contrário do Manão Moura, eu nasci no Rio e por volta dos 3 anos mudei-me para o interior de São Paulo (região do Vale do Paraíba).

Cresci, pois, como um autêntico paulista caipira. Por habitar região valéria, só vejo o oceano se subir a Serra do Mar e, numa viagem de uns 50km, chegar ao litoral. É perto, mas não é em casa...

Tenho um amigo que veio do Rio para trabalhar em minha cidade. Ele ficou indignado ao saber que eu sou um carioca que sequer tem recordações do Rio... Queria por toda forma levar-me para uma visita à terra natal. Jamais fui...

Tendo eu nascido em 1965, sou um dos "garotos quatrocentões". O Rio completa 447 anos e, logo mais adiante, completarei 400 menos que isso.

O Rio é a eterna imagem do Brasil e da alegria de seu povo.

Uma certa rivalidade ainda mais aproxima paulistas e cariocas. Mas isso é outra história e, modéstia à parte, ninguém disso pode entender melhor do que um carioca que se tornou paulista...

Viva o Rio!!!