Forum Espirita

GERAL => O que é o espiritismo => Comunicabilidade dos Espíritos => Tópico iniciado por: Siouxie em 03 de Junho de 2009, 12:32

Título: Mediunidade e medicação
Enviado por: Siouxie em 03 de Junho de 2009, 12:32
Bom dia

Gostaria de saber a vossa opinião sobre o seguinte:  Alguem que tome medicação para dormir e que durante o periodo de efeito dessa mesma medicação "apague" completamente, a ponto de não se lembrar de nada, que efeitos pode ter isso no seu periespirito e na sua mediunidade?

Obrigado e paz a todos
Título: Re: Mediunidade e medicação
Enviado por: Fernanda S. em 03 de Junho de 2009, 13:40
Olá Siouxie!

No meu ver, se a pessoa usa medicação para induzir ao sono com a prescrição de um médico, não há nada de errado nisso. Também não há nenhum efeito no perispírito nem em relação a mediunidade.

Se a pessoa usa uma medicação sem prescrição médica, ela corre conscientemente o risco de fazer algum mal ao próprio corpo físico.
Num caso extremo de auto-medicação a pessoa pode até desencarnar. Isso sim, se ocorresse, ficaria gravado no perispírito como um suicídio. O perispírito reteria esta informação e a passaria ao corpo físico na encarnação seguinte.

Quanto ao mediunismo, não vejo nenhuma alteração que possa acontecer em decorrência do uso desse tipo de medicação.

Não sei era esse o ponto da sua questão. Caso não for, peço que me explique melhor a questão para que eu possa compreender e talvez opinar melhor ou pesquisar sobre o assunto.

Fique com Deus, beijinhos!
Título: Re: Mediunidade e medicação
Enviado por: Leo Moreira em 09 de Junho de 2009, 15:23
Oi pessoal,

Deixa eu dar minha opnião aqui, o que aconteceu comigo.

No final do ano passado passei por várias situações que me comprometeu o emocional, doenças na família, problemas profissionais, etc. O que me levou a ter um início de depressão, logo procurei ajuda médica e comecei a tomar 2 remedios controlados (tarja preta), durante 3 meses (comecei a tomar em janeiro). Justamente nesse periodo eu parei de frequentar o centro espírita que eu ia, estou a procura de outro... mas enfim, o que aconteceu é que pra mim, realmente tudo fechou, minha sensibilidade ficou quase nula durante muito tempo só voltando agora, quase 6 meses depois.

Pra mim, isso na verdade foi uma coisa boa, consegui evoluir bastante, rever alguns defeitos e agora sim acho que estou mais focado na doutrina e no que eu realmente procuro.
Título: Re: Mediunidade e medicação
Enviado por: Siouxie em 12 de Junho de 2009, 11:29
Bom dia

O meu caso é o seguinte: Tenho um emprego que me desiludiu muito e do qual estou saturada. Mas graças a Deus tenho uma boa familia a qual adoro e que ocupa o primeiro lugar na minha vida, sendo o topo das minhas prioridades. Por conseguinte todo o meu tempo é para eles; dão-me muito trabalho, ando sempre de um lado pr o outro e nunca páro, logo ando sempre cansada. Ora se eu não tomar qualquer coisa para me ajudar a descansar acabo por passar as noites em claro a pensar no trabalho e nas coisas que o rodeiam. O meu problema é que quando tomo não me lembro de nada, o que me preocupa muito e tenho receio de causar danos, daí a minha pergunta sobre a medicação.


Paz a todos
Título: Re: Mediunidade e medicação
Enviado por: Blue soft em 12 de Junho de 2009, 23:57
              Siouxie querida,
o que te tira o sono é desgate emocional,
quando fazemos algo que não nos agrada,
acabamos nos recalcando e como não temos
prazer em desenvolver a tarefa, seja qual,
seja, ficamos ruminando mentalmente a
situação difícil, pela qual passamos.
            Então, tente não dá tanta importância
aos afazeres, faça as coisas com tranquilidade,
sem muito corre-corre, para ter um sono mais
suave, mesmo que precise de um auxílio
medicamentoso, poderá ser um pouco mais leve.

                   Abraços carinhosos,
                                           Blue Soft