Forum Espirita

GERAL => O que é o espiritismo => Comunicabilidade dos Espíritos => Tópico iniciado por: Liana em 07 de Setembro de 2005, 04:49

Título: Como desenvolver a mediunidade
Enviado por: Liana em 07 de Setembro de 2005, 04:49
Olá amigos

Poucos autores que escrevem sobre mediunidade têm o cuidado de advertir seus leitores que o livro que estão lendo não dispensa o estude de "O Livro dos Médiuns", o mais completo compêndio sobre a mediunidade.

A mediunidade é uma faculdade natural do homem. Já sabemos disto há muito tempo, como sabemos que ela é muito antiga. No passado os médiuns foram chamados por diversos nomes, como pitonisas, sibilas, magos, adivinhos, feiticeiros, etc., mas sem dúvida nenhuma foi no século XIX que ela se notabilizou e tomou foros de cidadania.

A Doutrina Espírita foi revelada pela mediunidade e pelo gênio de Allan Kardec. Há nela uma parte divina, a da revelação, e uma parte humana, o da elaboração kardequiana e de outros pensadores espíritas.

Não seria mais simples se Kardec fosse médium psicógrafo e recebesse ele mesmo as mensagens dos espíritos? Não! Não seria. Foi exatamente a independência do pensamento de Allan Kardec com relação ao fenômeno, que permitiu que ele pudesse analisar friamente as comunicações vindas dos espíritos, e adotá-las ou recusá-las.

O Brasil tem produzido grandes médiuns, como Eurípedes Barsanulfo, Mirabelli, Yvonne Pereira, João Nunes Maia e muitos outros ainda encarnados, destacando-se Divaldo Pereira Franco pelo seu trabalho assistencial e de divulgação, assim como Francisco Cândido Xavier, a mais perfeita antena psíquica do nosso século.

Em mais de quatro décadas de participação no movimento espírita já conhecemos muitos médiuns e muitos candidatos a médiuns que não passaram de candidatos. Conhecemos médiuns excelentes e outros improdutivos, perturbados, ou até obsedados. Já vimos pessoas se esforçarem demasiado para serem médiuns e outros que dariam tudo para não ter nenhuma mediunidade.

Depois da mediunidade ter sido tratada empiricamente por muito tempo, usando-se levar as pessoas perturbadas que chegavam ao Centro Espírita à mês da caridade, para receber seu guia e desenvolver, passamos por uma fase de estudo da mediunidade, de elaboração de cursos simples ou sofisticados e muitos livros foram publicados sobre tão fascinante tema. Poucos autores que escrevem sobre mediunidade têm o cuidado de advertir os seus leitores que o livro que estão lendo não dispensa o estudo de "O Livro dos Médiuns", de Allan Kardec, o mais completo e perfeito compêndio sobre mediunidade.

Um dia, em alguma parte, ouvimos ou lemos alguns conceitos sobre o desenvolvimento mediúnico, que reelaboramos para o nosso uso. Fomos levados a isso pelas inúmeras vezes com que nos perguntaram como desenvolver a mediunidade com segurança e aproveitamento, e respondemos que é muito fácil e até rápido.

Para os que desejam desenvolver a psicografia, aconselhamos a começar escrevendo pequenos bilhetes de incentivo a familiares, amigos, colegas de trabalho, aproveitando a motivação de um aniversário, de uma data festiva, de um exame bem sucedido, recuperação de saúde, etc. Depois passa-se a escrever cartas mais longas para doentes crônicos, pessoas que vivem sozinhas, presidiários, e outras circunstâncias. Pouco a pouco os bons espíritos estarão intuindo-o cada vez que for escrever. Talvez você não publique grandes livros e nem mesmo pequenas mensagens avulsas, mas será muito útil.

Se a mediunidade a ser desenvolvida for a falante, ou psicofônica, comece falando coisas boas e bonitas. Não fale palavrões, não pragueje, não ironize. Tenha sempre palavras de harmonia, de paz, de esclarecimento. Conforte os sofredores, oriente os desorientados e a breve tempo os bons espíritos estarão ao seu lado sempre que você precisar falar. Talvez não faça grandes oratórias, mas será abençoado por todos.

Se você aspira a vidência preste a atenção nos belíssimos painéis da natureza. Valorize o sorriso de uma criança e o andar trêmulo de uma velhinha. Veja a beleza da vida e valorize-a. Olhe o céu, as estrelas, a luz argêntea da Lua, o ouro do Sol...

Se a mediunidade aspirada for a receitista, leve uma pessoa carente ao médico e pegue aquela receita assinada por um profissional e compre os remédios para o necessitado. É um bom começo. Outros modos aparecerão em breve. Porém, se você deseja impor as mão e curar, antes disto ajude alguém. Dê um banho num enfermo, faça-lhe a barba, converse com ele. Faça-lhe companhia, leia para o paciente, cante uma música, toque um instrumento, faça uma prece...

Se você sonha em desenvolver a mediunidade de efeitos físicos, materializar espíritos, lembre-se que a melhor, mais bela e útil materialização de um espírito é através do seu nascimento na Terra. Seja pai ou mãe responsável. Ame os seus filhos e os filhos de ninguém, especialmente os filhos do calvário. Eduque-os, ilumine-os com o seu amor.

Se você quer ser um bom doutrinador, ou dirigente de sessão, aprenda a falar do amor de Deus, do perdão, da bondade. Seja otimista e fale com otimismo. Não faça cobranças morais. Não se deixe envolver pelo desânimo. Intensifique a fé. Valorize a vida, ame o amor. Experimente! Talvez você não venha a ter nenhuma notoriedade, nem seu nome escrito em letras de forma nos jornais, mas sentirá uma satisfação íntima insubstituível.

AMÍLCAR DEL CHIARO FILHO

Abraços

Muita Paz a todos

Liana
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Mourarego em 07 de Setembro de 2005, 14:12
Liana e amigos,
conheço de muito o amigo Amilcar  mas lamento discordar frontalmente do que ele escreve.
Mediunidade, por ser natural do espírito encarnado, já vem pronta.
Quem se educa é o médium, este sim há de se por a treino da faculdfade que possui ou das faculdades. Para tal ensina o codificador, basta que se ponha a trabalho  durante algumas horas por dia, treinando-se nas faculdades que ainda não estão em modo ostensivo. Mas se a cabo de algum tempo de tentativas nenhum efeito se der, explica kardec que o melhor é que o estudante abandone os treinamentos e procure  se familiarizar com a faculdade que já tenha em modo ostensivo, pois o continuar é pura perda de tempo. Voces encontrarão o que digo no item relatico  no Livro dos Médiuns.
Mas vou além, por não prescindir de qualidade moral, a mediunidade vem  em pessoas moralizadas ou não. Seu uso sim é que se faz melhor por pesoa moralizada.
Portanto, não há receita de bolo, conselho útil ou mesmo caminho a ser percorrido por todos, há sim treino para as faculdades ainda não em estado ostensivo.
Abraços,
Moura
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: aruanda em 07 de Setembro de 2005, 14:45
Assino tudo o que escreveu o Mourarego.
Abraços
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Liana em 08 de Setembro de 2005, 04:25
Olá amigo Mourarego
Olá amiga Aruanda

Muita Paz para vocês!
Respeito suas opiniões e seus pontos de vista, mesmo não concordando com eles.
Mas acredito que nesse Fórum, todos possam expressar suas opiniões livremente, e todos merecem o devido respeito.
Fico grata por terem expressado suas opiniões, mesmo sendo essa, diferente da minha.
O que não significa que estejam errados e eu certa, nem vice-versa, significa apenas que são opiniões diversas. A isso chamo liberdade de expressão.

Um grande abraço

Muita Luz

Liana
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: SB em 08 de Setembro de 2005, 11:56
Olá a todos, meus amigos que estimo mt
Maninho Moura
Maninha aruanda  ;D
E liana  :D

Na minha opinião, os dois textos, são muito importantes no quiz diz respeito á mediunidade, com diferenças, mas tangentes!

No primeiro, o texto de Amilcar Filho sinto-me de acordo, pois que a mediunidade é de todos, e se existe algumas faculdades mais ostensivas nalguns que noutros, pq não a usufrir desta forma simples, prática e mt agradavel no nosso dia-a-dia, mas claro tb em total acordo com o texto de Mourarego, no sentido da seriedade e criteriosa utilização na educação da mediunidade...

Vejo dois pontos de vista, mas ambos correctos.

A mediunidade não deve servir apenas dentro do centro espirita...é neste sentido que entendo mt bem o texto deixado pela Liana. E no fundo estes textos, falam-nos na mediunidade  organicamente inerente e que sempre servirá por caridadade para e pela humanidade...
 
Será que me faço entender?

Abraços
Paz

Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: chenriquearaujo em 01 de Agosto de 2009, 18:38
Caros amigos, que Deus esteja com todos!
Eu sou novo neste forum e estou aprendendo muito como todos, só que fico mais observando do que escrevendo e acho que posso dar minha opinião neste caso.
Acho que o mais importante para o desenvolvimento mediunico é a força de vontadde e o compromisso com o estudo, ler muito sobre o assunto principalmente as obras basicas de kardec, pq ele se aprofundou muito nestes assuntos e pode nos identificar muitos exemplos. Penso que vc deve antes de mais nada observar tudo que se passa com vc e anotar para confrontar com o dia-a-dia e tirar as susas conclusões. Espero ter ajudado em alguma coisa.
Muito obrigado e fiquem com Deus.
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Mourarego em 01 de Agosto de 2009, 18:52
Liana, maninha,
Qualquer um e todos DEVEM se expressar livremente, contudo se o foco é a doutrina, como expressar minha opinião usando da cartilha do futebol?
Abração,
Moura
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Liana em 04 de Agosto de 2009, 01:46
Olá meu amigo Moura :)

Concordo plenamente com o que vc disse... ;)
É muito bom ver vc de volta por aqui!

Muita paz pra vc! :)

Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Fernando B. em 04 de Agosto de 2009, 13:17
Olá Liana, muito bom dia!

Achei o texto belo e muito bom para aqueles que desejam iniciar os estudos da mediunidade, lembrando que mesmo que não consigam desenvolver uma mediunidade ostensiva, não é necessario ser Médium para por em pratica os ensinamentos da Doutrina Espirita!

Muita paz a ti Liana e fiquem todos com Deus!
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Vitor Santos em 04 de Agosto de 2009, 15:48
Olá

A mensagem explica que o caminho certo para o desenvolvimento da mediunidade é através da caridade, querendo dizer com desenvolvimento, adaptação da pessoa à faculdade mediunica que possui, tb conhecida como sexto sentido.

Penso que a faculdade, a um nivel que já permita trabalhar, não se pode criar em quem não tem uma pré-disposição fisica para isso.

Mas ainda não tenho dados que me permitam afastar a possibilidade de conseguirmos aumentar as nossas capacidades fisicas para o efeito. No fim de contas todos já somos médiuns... 

bem hajam
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: kbrito em 15 de Agosto de 2009, 02:35
Na minha opinião, Mediunidade não se desenvolve, educa-se.
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Alquimista em 04 de Setembro de 2009, 22:03
Aqui fala-se em caridade, mas esta pode ter vários significados, incluindo o Amor a Deus.
Tudo o que nos faça esquecer de nós mesmos, contribui para nos ligar ao que nos rodeia.
Pessoalmente, acredito que a meditação, técnicas de relaxamento e concentração, ajudam a focar a nossa mente no Astral.
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 04 de Setembro de 2009, 22:11
No sentido ostensivo como entendemos

digo assim para se referir a Mediunidade e o exercício da mesma.

Mediunidade desenvolve-se sim e como.

ainda mais em pessoas educadas...mais agradável tona-se-á tal atividade
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Brascubas em 04 de Setembro de 2009, 23:33
Liana: 

Pelo que voce expôs deu-me a impressão de como o médium deve exercitar a caridade beneficente para melhorar seu desempenho, angariando o auxílio dos bons espíritos!

Na minha maneira de pensar a mediunidade é melhor dominada pelo exercício, pelo treino.  Há que exercitar-se nesse mister. Penso também que ela, como instrumento da misericóida de Deus, não se educa e que quem deve se educar para dela fazer bom uso é o seu portador!

A mediunidade com Jesus só se dá em médiuns moralmente educados.

Abraço fraterno do Brás.  Sou novo no site.
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Mourarego em 05 de Setembro de 2009, 16:26
Entenda, caro Brascubas,
nem tudo se resume em caridade, aliás, segundo Emmanuel a maior caridade que se possa fazer é mostrar a doutrina como ela o é. E ela não fala apenas em caridade, por favor.
Caridade tem a sua hora e é importante mas o conhecimento da doutrina vem antes e a fortifica na hora de ser feita.
Assim, um médium psicógrafo por exemplo, perderá seu tempo a exercitar, por exemplo uma ação de passes se ele não tiver consigo a qualidade mediúnica que lhe expandirá o perispírito e que aliada ao poder magnético que é de obrigação ele também o trazer, ele não poderá senão ajudar muito pouco, enquanto se estivesse treinando a psicografia por certo andaria mais ligeiro, mesmo no caminho da ajuda ao próximo.
A coisa é simples: em matéria de mediunidade, se o cara não tem a qualidade mediúnica ele não desempenha papel nenhum naquele campo. Se a tem precisa conhecer seus meandros e a doutrina para depois poder prestar realmente um bom serviço e isso sim, será, além de responsabilidade dele, uma baita caridade que ele estará a fazer com todos.
Abraços,
Moura
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Angela Eveline em 05 de Setembro de 2009, 18:49
Meu Deus! Como vocês discutem o óbvio! Sendo a Mediunidade uma faculdade orgânica, ela só "se desenvolve" ao longo das múltiplas encarnações. A Doutrina Espírita esclarece, ensina, e ORIENTA o médium a bem servir com Jesus. DESENVOLVER não é sinônimo de ORIENTAR, meus irmãos!!! Este equívoco já foi corrigido há muito tempo; hoje, o departamento que se encarrega do assunto leva o nome de DEPARTAMENTO DE ORIENTAÇÃO MEDIÚNICA - DOM -  ou mesmo de Assuntos da Mediunidade - DAM.
Médiuns! Vamos estudar, compreender e seguir com Jesus pelos caminhos da Mediunidade. Seja ela de que tipo for, será sempre uma bênção quando bem educada e bem orientada.
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Mourarego em 05 de Setembro de 2009, 19:11
Meu Deus! Como vocês discutem o óbvio! Sendo a Mediunidade uma faculdade orgânica, ela só "se desenvolve" ao longo das múltiplas encarnações. A Doutrina Espírita esclarece, ensina, e ORIENTA o médium a bem servir com Jesus. DESENVOLVER não é sinônimo de ORIENTAR, meus irmãos!!! Este equívoco já foi corrigido há muito tempo; hoje, o departamento que se encarrega do assunto leva o nome de DEPARTAMENTO DE ORIENTAÇÃO MEDIÚNICA - DOM -  ou mesmo de Assuntos da Mediunidade - DAM.
Médiuns! Vamos estudar, compreender e seguir com Jesus pelos caminhos da Mediunidade. Seja ela de que tipo for, será sempre uma bênção quando bem educada e bem orientada.


Amiga Angela,
acreditar em departamentos humanos em detrimento das exposições constantes no LM no que se refira a mediunidade é bater palmas para malucos dançarem.
Veja mesmo que dizem as questões 209 e 210 da obra que cito para compreender melhor de acordo não com um departamento, mas sim com o codificador e a plêiade.
Quanto a propalada fé:
"209. No médium aprendiz, a fé não é a condição rigorosa; sem dúvida lhe
secunda os esforços, mas não é indispensável; a pureza de intenção, o desejo e a boavontadebastam. Têm-se visto pessoas inteiramente incrédulas ficarem espantadas de
escrever a seu mau grado, enquanto que crentes sinceros não o conseguem, o que prova
que esta faculdade se prende a uma disposição orgânica".

Quanto ao exercício para adestramento das qualidades:

210. "O primeiro indício de disposição para escrever é uma espécie de frêmito no
braço e na mão. Pouco a pouco, a mão é arrastada por uma impulsão que ela não logra
dominar. Muitas vezes, não traça senão riscos insignificantes; depois, os caracteres se
desenham cada vez mais nitidamente e a escrita acaba por adquirir a rapidez da escrita ordinária. Em todos os casos, deve-se entregar a mão ao seu movimento natural e não oferecer resistência, nem propeli-la.
Alguns médiuns escrevem desde o princípio correntemente com facilidade, às vezes mesmo desde a primeira sessão, o que é muito raro. Outros, durante muito tempo, traçam riscos e fazem verdadeiros exercícios caligráficos. Dizem os Espíritos que é para lhes soltar a mão. Em se prolongando demasiado esses exercícios, ou degenerando na grafia de sinais ridículos, não há duvidar de que se trata de um Espírito que se diverte, porquanto os bons Espíritos nunca fazem nada que seja inútil. Nesse caso, cumpre redobrar de fervor no apelo à assistência destes. Se, apesar de tudo, nenhuma alteração houver, deve o médium parar, uma vez reconheça que nada de sério obtém. A tentativa pode ser feita todos os dias, mas convém cesse aos primeiros sinais equívocos, a fim de não ser dada satisfação aos Espíritos zombeteiros.
A estas observações, acrescenta um Espírito: "Há médiuns cuja faculdade não pode produzir senão esses sinais. Quando, ao cabo de alguns meses, nada mais obtém do que coisas insignificantes, ora um sim, ora um não ou letras sem conexão, é inútil continuarem, será gastar papel em pura perda". São médiuns, mas médiuns improdutivos.
Demais, as primeiras comunicações obtidas devem considerar-se meros exercícios, tarefa que é confiada a Espíritos secundários. Não se lhes deve dar muita importância, visto que procedem de Espíritos empregados, por assim dizer, como mestres de escrita, para treinarem o médium principiante. Não creiais sejam alguma vez Espíritos elevados os que se aplicam a fazer com o médium esses exercícios preparatórios; acontece, porém, que, se o médium não colima um fim sério, esses Espíritos continuam e acabam por se lhe ligarem*. Quase todos os médiuns passaram por este cadinho, para se desenvolverem; cabe-lhes fazer o que seja preciso a captarem a simpatia dos Espíritos verdadeiramente superiores."
* brecha para que uma obsessão possa se instalar.(colocação minha).
Assim, amiga, vê-se sem muito esforço que a doutrina trata a coisa de maneira diversa que o "DOM", anotado...
O que se apreende, também, é que radicando-se no organismo, todos, por assim dizer, são médiuns, mas que entre estes há duas classe, a dois facultativos, aqueles que compreendem e anotam o legado que trazem, e os naturais, aqueles que nem sabem sobre o tema, entre els estão os improdutivos, já que todos os ostensivos trazem as qualidades prontas, bastando-lhes o exercício, que não as desenvolve mas sim afina-as.
Abraços,
Moura
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Angela Eveline em 05 de Setembro de 2009, 19:21
Ok, Moura! Lido e relembrado.
Ângela.
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Dhan em 05 de Setembro de 2009, 19:45
Sendo a Mediunidade uma faculdade orgânica, ela só "se desenvolve" ao longo das múltiplas encarnações.

Olá, Angela

Com esta afirmação queres dizer que ao passo de cada encarnação, o espírito, enquanto encarnado, vai se tornando cada vez mais ostensivo em sua mediunidade? Ou seja, os médiuns hoje serão ainda "melhores" médiuns na próxima vida, e na próxima, e assim por diante?

Será que, no espaço, enquanto planejamos nossa encarnação não nos é dado pedir por ser médium (de incorporação, por exemplo, ou outra modalidade) para nos adiantarmos mais rapidamente na senda do progresso e/ou consertar erros do passado?

Enfim, deixo a questão aos amigos: no futuro, conforme avançamos, todos apresentaremos características ostensivas de mediunidade ou ser médium será ainda uma questão de escolha do gênero de provas (pelo menos neste orbe)?

Abs!

~Dhan
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: zeni em 05 de Setembro de 2009, 19:54
Olá! Liana e a todos os amigos.


Gostei muito! Da mensagem trazida pela Liana, tem muita coisa que se assemelha a mim, Eu não tenho (qualidade mediúnica), mas tenho um amor muito grande por tudo que envolve a natureza começando pelos animais e as planta em geral tenho uma ligação forte com esses seres, estou a cada dia tentando me melhorar como ser humano pois, tenho muita coisa a aprender e a melhorar em mim, para depois passar ao meu próximo, mas a cada dia vivido para mim é uma vitória pois tenho me deparado com situações adversas e tenho conseguido solucionar de forma muito tranqüila pois acredito que sempre estou tendo ajuda especial, que não adevem somente de minha pessoa, é neste sentido que concordo com o tema trazido pela amiga, porque surge no dia a dia situações que me chegam como sendo exclusivamente direcionada a mim em situações com amigos, colegas de trabalho, pessoas desconhecidas, em situações inusitada na rua seja lá qual for, aparece em meu caminho para que eu possa tomar partido da situação em beneficio a essas pessoas como se tivesse alguém instruindo direcionando o que devo fazer para ajudar essas pessoas que por vezes  surgem no dia a dia, e são varias as situações onde com boa vontade  coloco em prática sentimentos que estão guardados dentro de mim esperando o momento certo de se manifestar, posso usar sempre para o bem de tudo e de todos é impressionante a mudança que senti em mim depois de uns tempos para cá, comecei a querer escrever mensagens que para mim me surpreendiam pois não acreditava que tinha sido escrito por mim,  não totalmente, coisas especiais que tentam se mostrar a mim,  e que consegui entender o porque daquilo estar aparecendo, é vontade de opnar nas coisas que fazem bem aos outros e que as deixem tranqüila em paz,  é o desejo de ver os amigos e as pessoas em geral felizes, é a vontade de sempre estar agradecendo a todo momento a Deus por sua gratidão por todas as coisas em geral, tendo bom ânimo para suportar as provações, então aqueles que não tem a mediunidade de todo, sempre pode ajudar de alguma forma a favor de tudo e todos, basta alimentar todos os dias as instruções advinda do nosso Sr. Jesus Cristo porque nesse caminho não há mediunidade que resista ficar trancada dentro de cada um, temos que expandir esse sentimento em nós e no momento certo basta estar atento, no momento é só.


Beijus a todos Zeni.

Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Angela Eveline em 06 de Setembro de 2009, 04:40
Caros amigos,
por desconhecimento da mecânica da "coisa", respodi pessoalmente a Dhan com respeito às perguntas que ele deixou no ar.
Dei a ele um exemplo clássico de que a Mediunidade, sendo inerente ao Espírito, todos nós somos médiuns em evolução, o que traz em sua esteira o amadurecimento moral e, paralelamente, o exercício mediúnico com Jesus - Dai de graça o que de graça recebestes.
Concordo com o irmão que disse: Mediunidade não se desenvolve, educa-se. É o que faz o DOM das Casas Espíritas - orienta os médiuns na prática mediúnica, evidentemente baseado nas OBRAS BÁSICAS DA CODIFICAÇÃO.
Quanto ao "Zaq" , também tenho me correspondido com ele por e-mail, buscando esclarecê-lo de maneira simples e prática. Livros de Hermínio C. Miranda descrevem muitas psicofonias, com linguagem fácil e coloquial. Há MEDIUNIDADE-CAMINHO PARA SER FELIZ, de Suely Caldas Schubert, que é muito esclarecedor para os iniciantes.
Dhan e Zaq, aconselho-os a ler esses autores para complementar seus estudos. E, se quiserem publicar aqui as respostas que tenho dado a vocês, podem fazê-lo, têm a minha autorização.
Não costumo falar do que não conheço e compreendo. Não faço muitas citações. Falo do que sei, por fé e experiência. E já me estendi demais. Leiam meus artigos, vejam minhas formatações, pois sei que são esclarecedores.

Ah! E até Chico Xavier comia carne vermelha. Lembram-se de que Jesus e os discípulos comiam peixe? E tomavam vinho. Quanto ao fumo, ele contamina os fluidos do médium, o que não é bom, mas os Bons Espíritos, em caso de urgência, usam filtros para eliminar os componentes do cigarro.
Leiam sobre ENERGIA SEXUAL e como ela pode ser canalizada para a vivência da caridade cristã.
Obrigada pela atenção.
Ângela Eveline
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE/ Resposta a Jaq
Enviado por: Angela Eveline em 06 de Setembro de 2009, 06:51
Cara amiga,

Antes de mais, obrigado pela sua disposição......

Cá deixo-a um texto que postei á alguns tempos no forum, alem do que escrevi na altura posso dizer que quando estou meditando o orando (embora as vezes acontece sem ser nestas duas situações) sinto como pequenas descargas eléctricas nas pontas dos dedos da mão ou mesmo na palma.
Tino, Kardec fala das pessoas elétricas em O Livro dos Médiuns , isto não é mediunidade. É um acúmulo de energias que podem ser equilibradas quando aplicamos um passe. Digo isso porque sou elétrica e já andei dando choques nas pessoas por aí. Sente-se a corrente elétrica saindo pelos dedos e, se encostarmos principalmente nas articulações das pessoas, elas sentem como se tivessem encostado num fio desencapado. Só tem um probleminha para você resolver: fazer um curso de Passes.Quanto ao cigarro, sendo uma emergência, o seu Mentor Espiritual poderá filtrar os seus fluidos para não contaminar aquele que os recebe; ou aplique o passe em outro fumante.Certo é que essas energias precisam ser descarregadas(abrace uma árvore e mentalize a transferência da eletricidade, é o que faço)
 Também sinto como formigueiro nas mãos e no rosto, e, (não sei se é vibração) uma sensação desde os pés que sobre rápidamente por todo o corpo, isto último acontece-me sobretudo quando falo mentalmente para o meu protector.
Isto ocorre, Tino, devido à presença de algum Espírito, mas nunca me senti mal, incomodada com isso. Apenas oro e peço à minha mentora para poupar-me de tais sensações. 
dor de cabeça na testa e na parte superior que cesa ao pouco tempo de deixar de meditar, suor, arrepios, dor na nuca (sobre todo desde a manhã do dia que vou a desenvolvimento)Também, há um día ou dois por semana que sinto que vou apanhar uma constipação porque parece que começo com os sintomas, até parece que vou ficar com febre e depois desaparece.
Com certeza, é a presença de algum irmãozinho sofredor, doente mesmo. Solução: orar pedindo socorro para este Espírito e receber um passe.
As minha dúvidas são sempre as mesmas, é um proceso normal no desenvolvimento?
Sim, é normal acontecer estas coisas, especialmente quando ainda não se sabe lidar com elas. Mas nada que não se resolva com o conhecimento, a experiência e a fé.
 será que o que me aconteceu foi algo eventual?, chegarei a incorporar?
Só o tempo lhe dirá se foi ou não eventual. Acredito que não, estes são sintomas da mediunidade nos iniciantes e, se você aprender a dar passividade ao Espírito, virá a “incorporação”
(já explicado pelo Dhan). O Espírito não entra no corpo do médium, apenas se aproxima dele e se lhe “acopla” perispírito a perispírito.
 e tants e tantas perguntas.....já lî o livro dos mediuns de Kardec e tambem consulte noutros, mas ainda não consegui esclarecer tanta e tanta coisa que me acontece.
Olha, Tino, você é um médium, possivelmente intuitivo, sensível, de psicofonia e escrevente. Mas tenha calma pois a natureza não dá saltos.Se você sentir algum impulso e envolvimento, fora do centro que frequenta, não dê passividade, já que ainda não sabe controlar a faculdade. 

MEDIUNIDADE A SE DESENVOLVER?
« em: 14 de Julho de 2009, 08:41 » Citar Modificar Apagar 

--------------------------------------------------------------------------------
Olá amigos,

Queria partilhar convosco as minhas últimas experiencias afim de saber se me podem orientar.

Como já tinha falado nalgum outro post, estou a frequentar uma fraternidade espiritualista séria que, embora não seja espirita, sinto-me muito bem porque tratam tudo com muita seriedade e amor pelo próximo.

Há muitos anos tive uma projecção astral e vivenciei uma situação que estava a acontecer e que depois confirmei, desde essa altura já acordei muitas vezes consciente mais sem poder mexer-me.
Isso também ocorre comigo. É que você, Espírito, toma consciência da situação de estar fora da matéria, porém ligado a ele por laços fluídicos, antes de se “encaixar” no corpo.Isto lhe impede por algum tempinho de tomar posse de seus movimentos. Não se preocupe, pois passa logo.Procure se lembrar disso e tenha calma.

Há mais ou menos um mes, estando na fraternidade a espera de ser chamado para os tratamentos sentí de repente sensações muito fortes que como não estava a espera assustei-me muito, pensei mesmo que estava a ter um AVC ou qualquer coisa do genero, senti o corpo todo tremer,
É uma reação natural, quando se está sendo envolvido por alguma Entidade
 como se o meu corpo se alongasse,
ocorre uma expansão do perispírito e a gente se sente grande, alongado

 suor,..... reparei que não era um problema físico porque fiz um grande esforço por abrir os olhos e essa sensação passava,
ao fechar os olhos é como você se desligasse do mundo material, concentrando-se no espiritual.
 mas se os fechava voltava novamente, pedi assistência e me disseram que foi a aproximação de uma entidade, que tentasse relaxar, fiquei desvitalizado durante 5 dias.
Com certeza a Entidade “sugou-lhe” as energias, o que deveria ter sido corrigido com um bom passe.  – falha dos orientadores encarnados.Que tratamento é este que deixa a criatura sair pior do que chegou?!!!
 ao dia seguinte de isto ter acontecido numa aula na universidade vi como a garrafa de agua de uma colega se mexia, pensei que estava a passar-me da cabeça, mas olhava para qualquer outra e não acontecia....
será que você é também médium de efeitos físicos? É bem provável. Dê tempo ao tempo.Mas por favor, se for médium de efeitos físicos, não fique por aí mexendo objetos. Dedique-se ao trabalho de cura.
 durante dias quando orava e falava com o meu anjo sentia de forma mais leve tremer o meu corpo. Tenho de dizer que embora aquilo tudo apanhou-me desprevenido senti-me muito feliz de saver que realmente isto todo é real , depois de tantos anos de ceticismo.
Isto é ótimo, demonstra que você é mesmo um sensitivo.
Aos quince dias voltei para a fraternidade e aquilo voltou a acontecer, neste dia a mão direita comecou a tremer a uma velocidade que sou capaz de imitar.... Isso faz parte do exercício mediúnico, uma adequação.

Voltei falar lá e me aconsejaram iniciar desenvolvimento mediunico afim de evitar desconfortos maoires e aprender a lidar com isto.
Muito acertado.

As duas últimas vezes que tenho ido lá tenho sentido mas muitissimo mais leve  e reconheço que fico triste porque gostava de avançar.
Mas isso que acaba de dizer significa o avanço, mas é preciso lutar muito ainda



Será que foi uma situação eventual?
No desenvolvimento acontece que não seja lineal ascendente e aconteça assim?
Não foi eventual, já disse. E tenha paciência e resignação neste início da tarefa mediúnica.

Tenho de dizer que lá quando fui a orientação a Entidade me disse que sou medium de incorporação.
É o mais certo diante do seu relato.

Se me pudessem orientar ficaria gratamente agradecido.
Grande abraço fraterno.
Tino.

( Já agora, a Ângela é medium de incorporação?)
Sim, sou. E também intuitiva e de efeitos físicos.E com otriste dom de recordar vidas passadas minhas e reconhecendo os amigos de então.

Obrigadissimo e grande beijo.
Tino

Por nada, Tino, disponha.
Ângela Eveline


Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Maur em 08 de Outubro de 2009, 03:20
Queridos irmãos! Que a paz de Jesus esteja com todos!

Esta é minha primeira participação no fórum!

Bem...em relação à mediunidade ela já vem com o indivíduo! Umas mais ostensivas e outras nem tanto! Isto é que nos diferencia como médiuns, pois todos os somos!
Devemos ter muito cuidado ao nos lançar na seara de ¨treinarmos¨ nossa mediunidade.  Tal medida depende de muito estudo e amparo em uma casa espírita séria e comprometida com os ensinamento do Mestre Jesus e a Doutrina Espírita. Tentar se aventurar nessa seara pode trazer grandes prejuízos ao médium, desequilíbrios e até mesmo o desvirtuar do caminho do bem, sem contar com as possíveis obsessões que podem ocorrer pela falta de conhecimento doutrinário e sustentação espiritual.
Realmente quem é Médium sabe! Sente algo diferente e as manifestações realmente vão independer de estudo e condição moral.  O que vai diferenciar um médium é realmente a forma com que ele vai utilizar essa ferramenta que lhe foi dada com algum propósito pela divindade!
Ao invés de se preocupar tanto com a mediunidade, a maioria dos espíritas devem se preocupar em se doar, praticar o bem, a caridade e deixar que o plano espiritual conspire para o resto!
Muita paz a todos!!!!
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: nfermagem em 09 de Outubro de 2009, 19:46
 muito obrigada por mandar a mensagem eu adorei  gostaria mas de saber  estou frequentando o centro espirita  ainda nao tem  vaga  para o curço de medium   e cd vez me intereço mas sobre o lado  espiritual 
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Vitor Santos em 09 de Outubro de 2009, 22:25
Olá Mauricio

Seja bem vindo

E começou logo por uma mensagem generosa, a partilhar os seus conhecimentos sem vaidades, mas com muita clareza, sensatez e objectividade. Espirita é assim mesmo!

Continue por cá amigo.

bem haja
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Mourarego em 10 de Outubro de 2009, 00:50
E ainda trás no sobrenome a lembrança de um cracão da seleção brasileira!!!
Abração,
Moura
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Maur em 10 de Outubro de 2009, 02:57
Que a paz esteja com todos!

Queridos novos amigos Vitor Santos e Mourarego!

Obrigado pelas palavras de saudação!  É um prazer fazer parte desse novo forum muito enriquecido por tantas pessoas de profundo conhecimento doutrinário! Espero vir somar a este acervo, contribuindo um pouco com meus humildes conhecimentos.
Já li muitos fóruns e já tenho um profundo respeito e admiração por vocês, pela qualidade, transparência e muitas das vezes a forma direta, dura e crua, de se dizer a verdade!
Acho que a minha verdade pode não ser a sua, a dele, a dela, mas com certeza não podemos fugir a fé raciocinada dentro das diretrizes dos ensinamentos da codificação, e vejo na grande maioria das vezes o Mourarego defender muito bem esses pontos de vista!
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Maur em 10 de Outubro de 2009, 03:00
Ao amigo Mourarego, fazendo menção ao grande zagueiro da copa de 1958, realmente é meu primo! Infelizmente não tive o prazer de conhecê-lo!!!
Espero ter herdado o mesmo talento dele para o jogo, só que para o jogo da vida, levando-me a um dia erguer a taça de campeão na evolução espiritual! Mas o que me fará mais feliz que somente o sucesso em minha caminhada é poder, quem sabe um dia, nos reunirmos no plano espiritual e rirmos de tudo isso!

Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Mourarego em 10 de Outubro de 2009, 13:52
É isso Bellini,
belíssima lembrança ao jogo da vida, nesse em que estamos todos esperando a convocação para jogarmos melhor e mais conscientemente.
Se no futebol só se joga melhor com muito treino, aqui, no time Espírita, apenas o Estudo sério nos pode fazer entender e compreender esta nossa doutrina.
abraços,
Moura
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: paulo fernando em 24 de Outubro de 2009, 03:52
NOSSA MEDIUNIDADE ESTA PRESENTE EM TODOS NOS,BASTAMOS QUE TENHA UM GRANDE CORAÇAO,COM PENSAMENTOS VOLTADOS PARA O BEM,ASSIM VEREMOS ALGO DIFERENTE QUE TEMOS,POIS ESSE DOM ESPIRITUAL EXISTE EM VOCE,MAIS AS VEZES O SEU CORAÇÃO NÃO DEIXA ENXERGA-LO EM SEUS OLHOS.
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: parajoao em 24 de Outubro de 2009, 04:58
Como se vê, este tópico foi lido por muitas pessoas que buscam ensinamentos e dicas para desenvolver a mediunidade. Acredito que a maioria se desalentou com o conteúdo mas sorriu mesmo sem graça, diante da grandeza das sugestões ali contidas. mesmo a contragosto, sabemos que a verdadeira forma de desenvolvimento mediúnico está inserida nas tão inspiradas conotações do tópico.

Agradeço ao autor.

João
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 26 de Outubro de 2009, 13:36
Uma observação comum que  noto nas pessoas que tem frequentado a sala de educação mediúnica, da qual participo,
é uma observação pessoal diante do contato com o próprio fenômeno.

Dizem a maioria seupreendemdo-se consigo mesmo;

_ Ah! mas é isso...isso eu já percebia mas pensava ser coisas da minha cabeça, ou, imaginação minha.
..

Mas como passamos a dar uma atenção diferenciada a estas percepções e um cuidado a mais da nossa parte para estas percepções...
elas tomam proporções inimagináveis.
por isso a advertência refletiva a palavra "educação"
...

é como desenvolvermos um músculo e ao mesmo tempo também uma técnica para o uso da força...
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Mourarego em 26 de Outubro de 2009, 15:24
Grande patriarca!!!
mandou super bem nessa: "é como desenvolvermos um músculo e ao mesmo tempo também uma técnica para o uso da força".
No0 caso dos músculos, a repetição dos exercícios, se para aumento de massa, a repetição lenta, se para o torneamento a repetição rápida são os indicadores, no caso da mediunidade que já nos chega pronta, a repetição do estudo das diversas formas e do conhecimento das muitas qualidades mediúnicas, nos tonificam a mente e fortificam o saber.
Muito boa a tua analogia mano.
Se me permite, vou usá-la em palestras.
Abração,
Moura
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 26 de Outubro de 2009, 19:00
Moura

Fique a vontade...fico feliz que gostou...(creio não ser uma reflexão minha...mas surgiu.)

o 1º degrau da tribuna começa na atenção da página que nos apresenta um conteúdo e a possivel pratica que nos oferece a verdadeira conferência.

A família é a célula mater das mundanças que o mundo anseia...
Pulverizemos estas revelações com suavidade e entendimento ao mundo do próximo que como nosso próximo nos permite tal aproximação...amemo-os.

Sua tarefa como a de todos os que se lançam aos olhares e a espectativas alheias é muito sublime...saibamos nos portar diante de tamanha honra...saibamos ser previdentes conosco mesmo...a vida alheia e as suas decisões a eles pertencem, mas podemos muito contribuir como muitos contribuiram para consoco.

É isso ai.

salve o Mestre

Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Mourarego em 27 de Outubro de 2009, 14:57
Valeu, mano Moisés!
Abração,
Moura
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: baia 1957 em 22 de Maio de 2010, 01:00
irmão moura o senhor ja atingio um patamar muito elevado nestes assuntos..mediunicos ta a altura de dar explicaçoes muito coerentes a meo ver a mediunidade não se aprende nasce-se com ela e tanta caridade cheirame a hipocresia corijame bem haja um abraço
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Mourarego em 22 de Maio de 2010, 15:05
Amigo baia,
Não tinha tocado nesse ponto até agora para não ferir susceptibilidades, pois o que existe de Espírita melindroso não é pouco...
Você tem muita razão quando mostra a hipocrisia vestida de caridade.
conheces o ditado "Por fora bela viola, por dentro pão bolorento"? É assim que eles agem.
Muito caridosos por fora mas é só se tocar num ponto com o qual eles não concordem que logo mostram as unhas...
Infelizmente a hipocrisia é um dos males deste mundo em que estamos.
Abraços,
Moura
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: baia 1957 em 24 de Maio de 2010, 23:10
obrigado irmão moura pelo tempo que me dispensou um abraço bem haja
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Lu/Inha em 06 de Junho de 2010, 10:17
Olha eu tambem acredito que a mediunidade já vem pronta ou seja cada médium já vem com certa aptidão ou seja medium sensitivo, intuitivo, incorporação ,vidente, clarividente etc... e por ai vai em alguns caosos raros alguns possui mais de um tipo de mediunidade. Acho que não adianta ficar dias, meses e atá anos tentando psicografar mensagens se não tenho aptidão p isso. O importante é estudar e fazer o melhor possivel e com amor e responsabilidade o trabalho ao qual jesus me confiou. Abraços
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: bertolo em 06 de Junho de 2010, 19:46
Moura,tenho lido no site,buscando pessoas afins vi que voce se preocupa em ajudar as pessoas mostrando aquilo que voce já viu .   Isso a meu ver é a pratica do amor Os que estão na vanguarda ampara os da retaguarda , é o que voce esta fazendo
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Angela Eveline em 07 de Junho de 2010, 03:23
Olha eu tambem acredito que a mediunidade já vem pronta ou seja cada médium já vem com certa aptidão ou seja medium sensitivo, intuitivo, incorporação ,vidente, clarividente etc... e por ai vai em alguns caosos raros alguns possui mais de um tipo de mediunidade. Acho que não adianta ficar dias, meses e atá anos tentando psicografar mensagens se não tenho aptidão p isso. O importante é estudar e fazer o melhor possivel e com amor e responsabilidade o trabalho ao qual jesus me confiou. Abraços

Querida Lu,
lembrando que Kardec nos aconselhou a AMARMO-NOS em primeiro lugar e INSTRUIRMO-NOS em segundo, você está certíssima. Continue seu trabalho, seja ele qual for, sempre com Jesus no coração.
Abraços,
Ângela Eveline
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Mourarego em 07 de Junho de 2010, 16:33
Querida Angela,
deixe-me apenas consertast um pequeno senão na sua colocação:
Não foi Kardec mas o Espírito Erasto quem disse: "Espíritas. Amai-vos,  este o primeiro mandamento, Instruí-vos, este o segundo".
No mais, um grande abraço deste seu companheiro de Fórum.
Moura
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: MARIO13 em 11 de Junho de 2010, 03:35
Sou espírita de nascimento,  mas nunca foi em mim despertado um interesse de estudar a comunicabilidade dos espíritos,  nem mesmo após perdas consideradas, acredito,  pela primeira perda eu ter cinco anos de idade, e a segunda aconteceu-me por volta dos meus 41 anos. E  com estes entes queridos o contato mental, me satisfazia,  porém agora com o afastamento da minha alma gêmea, busco aprofundar-me para conseguir a realização dos meus sonhos. Estou com audio-book  dos livros dos mediuns,  vou ouvi-lo, quantas vezes forem necessários. Mas mesmo assim solicito orientações de atitudes mais práticas. Muita  paz a todos.     
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Mourarego em 11 de Junho de 2010, 15:57
Mario, não há ninguém que seja Espírita, Judeu ou ateu de nascença.
A meu ver deves mesmo não apenas ouvir mas estudar o que os livros de doutrina ensinam pois senão vais continuar a falar coisas que nem perto da doutrina chegam, como "almas gêmeas", ou pensar que pelo simples fato de alguém estudar poder se comunicar com Espíritos que lhe são gratos. infelizmente a banda não toca assim.
Contudo estude com perseverante continuidade que você logo vai compreender o porque.
abraços,
Moura
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: MARIO13 em 12 de Junho de 2010, 03:02
Companheiro Moura,
Obrigado pelas correções, mas ainda digo-lhe, que o meu despertar para o desejo de desenvolver o "dom"  da comunicabilidade, deu-se em virtude da maturidade, ocasionada pelo afastamento temporário de um irmão muito,  muito, muito, muito....   querido. E  até hoje,  tenho conseguido realizar todas as minhas demandas, graças a minha determinação, e este é o meu próximo embate, estudar tudo que for necessário para o meu aprendizado.   
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: odalea em 12 de Junho de 2010, 03:57
Queridos amigos, gostaria de tirar uma dúvida sobre sonhos com enti queridos esquecidos no dia seguinte. Porque será que isso acontece
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Mourarego em 12 de Junho de 2010, 15:13
Como eu lhe disse amigo Mario,
só vais poder desenvolver o que chamas de "dom", se tiveres essa ferramenta, que não é a mediunidade em sim, pois esta todos a temos e pronta, mas sim as qualidades que te possam fazer comunicar-se com Espíritos. Se não as tiveres, como muitos, inclusive o próprio Kardec Não terás o que treinar. Mas, todavia poderás sempre pedir a ajuda a um médium sério e responsável que tenha essa característica de poder conversar espíritos com que não tenha afinidade.
Abraços,
Moura
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: dim-dim em 12 de Junho de 2010, 15:30

Olá!

" Allan Kardec "

Enquanto o homem se perde nas sutilezas de uma metafísica abstrata e incompreensível para pesquisar as causas de nossa existência moral, Deus coloca diariamente ao alcance de nossos olhos e nossas mãos os meios mais simples e evidentes para o estudo da psicologia experimental.

O êxtase é o estado em que a independência da alma e do corpo se manifesta de maneira mais sensível e torna-se de certo modo palpável.

No sonho e no sonambulismo, a alma percorre os mundos terrestres. No êxtase, penetra num mundo desconhecido, dos Espíritos etéreos, com os quais entra em comunicação, sem, entretanto, ultrapassar certos limites que não teria como transpor sem romper totalmente os laços que a ligam ao corpo. Sente-se num estado resplandecente completamente novo que a circunda, harmonias desconhecidas na Terra a arrebatam, um bem-estar indefinível a envolve. A alma desfruta por antecipação da beatitude celeste e pode-se dizer que põe um pé sobre o limiar da eternidade.

No estado de êxtase o aniquilamento do corpo é quase completo; tem apenas, por assim dizer, a vida orgânica e sente que a alma está a ele ligado apenas por um fio que um pequeno esforço extra faria romper para sempre.

Nesse estado, todos os pensamentos terrestres desaparecem para dar lugar ao sentimento puro, que é a própria essência de nosso ser imaterial. Inteiramente envolto nessa contemplação sublime, o extático encara a vida apenas como uma paragem momentânea. Para ele tanto o bem quanto o mal, as alegrias grosseiras e misérias aqui da Terra são apenas incidentes fúteis de uma viagem cujo término que avista o deixa feliz.



Namasté
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: wilson do carmo pereira em 04 de Outubro de 2010, 16:29
oi tudo bem , gostaria de saber so uma coisinha , gostaria de dizer o seguinte . meu sogro a vida inteira foi espirita , e eu tambem frequento centros espiritas , a pergunta é como saber se a pessoa esta mesmo com a entidade , pois esses dias mesmo minha cunhada foi receber um passe de uma entidade e notou que o mesmo estada excitado , que coisa hem , parece piada mas não é , pode me responder como saber isso?pois ele disse que trabalha na linha dos pretos velhos , obrigado pela att>
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Mourarego em 05 de Outubro de 2010, 23:06
Pois é Wilson,
se ser Espírita é receber passes de preto velho o amigo ainda não sabe o que é ser Espírita.
Pretos Velhos são abnegados Espíritos que prestam seu contributo na Umbanda que por mais que seja um belo trabalho caritativo nada tem a ver com a doutrina espírita.
De outra feita, analisando a sua estória sobre a passagem acontecida com sua cunhada, meu pensamento foi carreado a esta questão que pediria ao amigo responder:
Ela disse que o médium estaria excitado. Não descreio, contudo, peço ao amigo explicar o porque dessa avaliação feita por ela, pois ao que consta numa hora de passes, as pessoas estão concentradas e a maioria de olhos fechados, para na terem seus pensamentos invadidos. logo, há uma coisa no ar dessa estória que já demonstra que a sua cunhada estava de olhos abertos, e mais... que estava a observar não o trabalho do médium mais sua organização física senão de que outra forma poderia afirmar quanto a excitação?
Esse tipo de julgamento meu amigo é tão falho que se perde na noite dos tempos.
Uma pesoa pode ser dotada de uma organização física de tal modo que possa dar luz a ser notada mesmoq ue não esteja excitada. Uma pessoa pode, na hora do passe não estar usando roupas de baixo, o que não é nenhuma vergonha e que muitos assim ajem pelo calor gerado pela manifestação medianimica, com isso os volumes se tornam aparentes sem que ela mesma esteja excitada.
Como o amigo pode notar o julgamento feito é demérito não ao médium mas sim à pessoa que o fez pois ao invés de estar procurando uma ligação maior, estava a procurar agulhas em palheiro, e como diz o ditado popular, quem olha no buraco da fechadura de um banheiro, já sabe o que vai ver...
Não estou julgando sua cunhada, mas sim ao que ela disse e da forma que que quis dar ao que pensou ter visto. Não defendo o médium, pois não o conheço de lado nenhum, mas, há de compreender o amigo, que um julgamento assim e posto do modo como o amigo o postou, há de receber uma analise isenta que indique tudo o que disse .
Abraços,
Moura
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: baia 1957 em 09 de Outubro de 2010, 00:17
irmão moura como sempre e de uma grande coerençia passei por aqui para lhe dar um abração bem haja muita paz
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Mourarego em 09 de Outubro de 2010, 20:01
Mano Baia, é um enorme prazer ver um a escrita sua por aqui de novo!
Abração,
Moura
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: MARCOS MOURA em 30 de Outubro de 2010, 03:25
Respeitar as opiniões alheias também é caridade, além de exercício de humildade.
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Mourarego em 30 de Outubro de 2010, 16:33
A pretensa humildade, é aquela que quando nota um erro, deixa-o passar e assim conturbar todo o conhecimento que poderia ajudar a ter aquele que se expressou em erro de doutrina.
Quando um dá uma nota em erro para com qualquer doutrina há quem conheça mais de dar a sua contribuição, aparando as arestas, acertando o erro de antes para que aquele que errou tanto quanto os outros não formem conteúdo eivado de erros sobre um tema, amigo Marcos.
Logo, a humildade maior está no saber ouvir e ler, e verificar se a consideração que lhe deu um outro, está mesmo correta, e se estiver, aceitando a nova idéia.
Respeitar também é, dizer só, daquilo que já compreende bem.
abraços,
Moura
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Gildo jacob muller em 30 de Dezembro de 2010, 20:10
gostaria de desenvolver minha mediunidade mas vc pode me ajudar
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Mourarego em 31 de Dezembro de 2010, 14:56
Gildo,
uma coisa deve ser esclarecida: Mediunidade não se desenvolve, já todos nós a temos pronta.
o que se pode em algumas delas, adestrar, ou seja, conseguir-se melhor uso, são as faculdades medianímicas.
Estas estão elencadas no capítulo "Os Médiuns" e no "quadro Sinótico" encontrados em O Livro dos Médiuns.
As faculdades nem todas as possuem e mesmo os que possuam uma ou algumas quase nunca as possuem todas. por isso diz o LM que melhor é se fortificar aquela a que se tem em melhor qualidade e quantidade.
Espero ter ajudado.
Moura
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: baia 1957 em 01 de Janeiro de 2011, 22:18
mano Moura antes de mais quero desejar um bom ano novo a si e ao restante pessoal do forum segundo partilhar algumas constatações por mim vividas ao longo de todos estes anos deime conta de algumas materializações algumas fugases outras mais concentradas deime conta tambem de alguma capacidade psicofonica assim como psicografica a psicofonia deixame com um certo avontade pois as entidades quase sempre se manifestam de forma positiva sem zombeteria enquanto na psicogafia nunca fico convencido pois nunca consegui uma assinatura de qualquer entidade deixo este poste a sua apreciação e aos demais que possam continuar o mote  mais ultimamente tenho recebido uma materiliziação que nunca se apresenta de frente embora por mim seja reconhesida pelo comportamento enquanto encarnado ja tentei contactar tal entidade tanto pela invocação como pela psicografia e a confuzão e de tal ordem que nada consigo fico baralhado pois ai sim noto uma zombeteria agradecia esplicasão neste ambiente frio como e a net não me vou alongar mais por muito que se estude as duvidas hadem sempre persistir e julgo eo dever partilhar para que se tente fazer luz bem haja mano Moura muita paz
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: CrisHenriques em 14 de Abril de 2011, 22:25
Olá a todos!

Cheguei hoje ao Forum.
Gostaria de saber que tipo de Médium sou, pois tenho muitas capacidades... Por exemplo, quando estou com algum problema antes de adormecer peço a uma entidade que me ajude e me dê uma solução. Dias depois, sonho com uma resposta. Geralmente, é uma voz que me orienta dizendo como devo agir, ou mostra-me num ecrã qual a consequência do acto cometer.
No entanto nem sempre consigo entender o que Ele me diz... :(
Como posso desenvolver-me neste dom?
Obrigada.

Abraços  ;)
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: CrisHenriques em 14 de Abril de 2011, 22:42
Saudações amigos,

Tenho uma dúvida que gostaria de ver respondida se for possível, que é a seguinte...

Desde 2002 que quando observo fotografias de pessoas desconhecidas que consigo descrever o seu carácter. Basta olhar nos olhos da pessoa que está na foto. 99,00% das vezes está correcto.
No entanto, se já conhecer a pessoa pessoalmente não consigo ler a pessoa, nem com foto, ou sem ela.
Gostaria de saber como se chama este dom e como poderei desenvolve-lo.

Muito obrigada.

Abraços fraternos para todos.
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Aimoré em 15 de Abril de 2011, 00:43
Amiga Cris,além dos ensinamentos da doutrina devemos nos espelhar nos bons exemplos.Um desses exemplos é do nosso querido médium Chico Xavier que por toda vida se colocou a serviço do bem.Manteve sua paz de espírito usando bem sua mediunidade.Procure uma casa espírita mais próxima e continue os estudos.Ter a  missão de mediunidade é muita bonita.Se usá-la corretamente, será mais fácil manter o equilíbrio na vida.Muita paz!
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: CrisHenriques em 15 de Abril de 2011, 11:55
Que Deus esteja com todos nós! ;)

Bom dia Aimoré,

Obrigada por me responderes tão prontamente.

Aqui onde moro, não conheço nenhuma casa espírita... Nem sei se tem alguma.
Gostaria se for possível, que me indicasses títulos de livros, ou nomes de autores para que eu possa aprofundar a minha mediunidade.
Onde posso encontrar na internet as obras de Chico Xavier?

Muito obrigada. :)

Abraços fraternos


Amiga Cris,além dos ensinamentos da doutrina devemos nos espelhar nos bons exemplos.Um desses exemplos é do nosso querido médium Chico Xavier que por toda vida se colocou a serviço do bem.Manteve sua paz de espírito usando bem sua mediunidade.Procure uma casa espírita mais próxima e continue os estudos.Ter a  missão de mediunidade é muita bonita.Se usá-la corretamente, será mais fácil manter o equilíbrio na vida.Muita paz!
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: Mourarego em 15 de Abril de 2011, 16:01
Cris,
vou lhe ser o mais sincero possível:
Procure uma boa casa espírita e comece a estudar a doutrina.
Depois de um tempo curto você verá o que vou lhe dizer hoje, muito do que você chama de "muitas capacidades", não passa de vontade sua e outro tanto do eco da sua razão.
Estude e vai ver.
Abraços,
Moura
Título: Re: COMO DESENVOLVER A MEDIUNIDADE
Enviado por: CrisHenriques em 15 de Abril de 2011, 16:53
Amigo Moura,

Segundo os estudos que tenho vindo a realizar, os Médiuns nunca têm apenas uma capacidade. No entanto, há sempre uma que tem mais força e que tem mais desenvoltura. No Livro dos Médiuns, - Allan Kardec lembro-me de ter lido que a capacidade que temos mais forte é que deveremos trabalhar.
Assim, penso que enquanto estiver neste plano vou estudar o mais possível. Viver é aprender.

Obrigada pela resposta e pela disponibilidade, mas também pelos conselhos.

Cris,
vou lhe ser o mais sincero possível:
Procure uma boa casa espírita e comece a estudar a doutrina.
Depois de um tempo curto você verá o que vou lhe dizer hoje, muito do que você chama de "muitas capacidades", não passa de vontade sua e outro tanto do eco da sua razão.
Estude e vai ver.
Abraços,
Moura
Título: Re: Como desenvolver a mediunidade
Enviado por: Elsamar em 15 de Abril de 2011, 17:18
Olá Cris,

siga os conselhos do amigo Moura.

Segue uma lista de Centros Espíritas em Lisboa, pode ser que algum fique perto de si:


ASSOCIAÇÃO FRATERNA MENSAGEIROS DO BEM
 Rua Eurico Rodrigues de Lima, N.º 2 B
 2665 - 227 MALVEIRA
 E-mail: afmbmalveira@gmail.com
 Tel: 916174140 / 965362855
 
 FRATERNIDADE ESPÍRITA CRISTÃ
 Rua da Saudade, N.º 8, 1.º
 1100 - 583 LISBOA
 Tel. 21 882 10 43/4; Telem. 91 724 84 41; Fax: 21 887 37 94; SOS ESPIRITUAL: 218 881 348
 E-mail: correio@fec.pt   - www.fec.pt (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5mZWMucHQ=)
 
 ASSOCIAÇÃO DE BENEFICÊNCIA FRATERNIDADE
 Calçada de Santo António, N.º 14 B
 1150 - 313 LISBOA
 Tel. 21 356 30 62; 21 923 07 35 (lar); 21 494 75 11 (p.f.)
 E-mail: costa_46@portugalmail.pt  ; leopoldo.martins@gmail.com 
 
 CENTRO ESPÍRITA PERDÃO E CARIDADE
 Rua Presidente Arriaga, N.º 124
 1200 - 774 LISBOA
 Tel. 21 397 52 19
 E-mail: cepcpt@gmail.com
 site: www.ceperdaoecaridade.pt (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5jZXBlcmRhb2VjYXJpZGFkZS5wdA==)

 CENTRO ESPÍRITA AMOR E CARIDADE
 Rua de S. Bento, N.º 23
 1200 - 815 LISBOA
 Tel. 21 390 21 97
 
 ASSOCIAÇÃO ESPÍRITA DE LISBOA
 Rua Maestro Pedro Freitas Branco, N.º 24 A, R/C
 1250 - 158 LISBOA
 Tel. 21 396 13 10; 21 289 85 11 (p.f.)
 
 CENTRO ESPÍRITA A CASA DO CAMINHO
 Rua D. João de Castro, N.º 49 A
 1300 - 190 LISBOA
 Tel. 21 362 49 13 (centro); 21 364 07 45 (p.f.); Telem: 96 308 25 73
 E-mail: casa.do.caminho@uerl.org
 
 GRUPO ESPÍRITA BATUÍRA
 Rua Marcos Portugal, N.º 12 A
 1495 - 091 ALGÉS
 Tels: 21 412 1062 e 21 412 3337
 Fax: 21 412 3338
 Tlms: 91 694 3625, 93 430 0778 e 96 231 5659.
 www.geb-portugal.org (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5nZWItcG9ydHVnYWwub3Jn) ; informacoes@grupoespiritabatuira.pt
 
 COMUNHÃO ESPÍRITA CRISTÃ DE LISBOA
 Calçada do Tojal, N.º 95, Sub/Cave, Benfica
 1500 - 592 LISBOA
 Telem. 96 317 53 82; Tel. 21 764 74 41
 E-mail: nop58259@mail.telepac.pt 
 
 ASSOCIAÇÃO DE BENEFICÊNCIA E SOLIDARIEDADE EDUARDO DE MATOS
 Rua Marcelino de Mesquita, N.º 15
 1900 - 323 LISBOA
 Tel. 21 847 15 26
 
 FRATERNIDADE ESPÍRITA DE PORTUGAL - FE
 Urbanização da Portela, Lote 31, 2.º B
 2685 - 189 PORTELA – LRS
 
 CENÁCULO ESPÍRITA ISABEL DE ARAGÃO
 Rua Tenente Garcia de Lemos, N.º 1, R/C
 2745 - 224 QUELUZ
 Tel. 21 603 90 55; 933529754 / 934102380
Linha SOS: 21 603 90 55
http://ceisabeldearagao.blogspot.com
americoalves7@gmail.com


 
 ASSOCIAÇÃO EURÍPEDES BARSANULFO – CENTRO ESPÍRITA
 Av. 25 de Abril, N.º 56, R/C, Vila Fria
 2740 - 176 PORTO SALVO
 Tel. 21 421 19 79, Telem. 93 863 01 09
 E-mail: a.euripedes.b@sapo.pt 
 
 GELD - GRUPO ESPÍRITA LUZ DIVINA
 Apartado 1141
 Paço d' Arcos
 2770-997 Paço d' Arcos
 E-mail: geld@sapo.pt
 site: http://geld.com.sapo.pt

 
 Federação Espírita Portuguesa
 Praceta Casal de Cascais, Lote 4 r/c A, Alto da Damaia
 2720-090 AMADORA
 Tel + 351 214975754 - Fax + 351 214975777
 E-mail: feportugal@sapo.pt 
 site: http://www.feportuguesa.pt/
 
 Espaço Azul
 Rua das Azenhas, 26 C
 2730-270  BARCARENA telefone : 21.418 7273
 E-mail: emanuel.saskya@oninetspeed.pt
 
ASSOCIAÇÃO DE CULTURA ESPIRITA FERNANDO DE LACERDA
RUA  DA REPÚBLICA,   Nº116 R/C-DTO.
2670-471LOURES
TEL.: 219844127/911009524
ACEFERNANDOLACERDA@sapo.pt
espiritas.em.loures@gmail.com
http://HTTP://ESPIRITASEMLOURES.BLOGSPOT.COM/

Associação Médico Espírita de Portugal
ame.portugal@gmail.com

José Lourenço 960018874
 Sónia Ferreira 962641584
 Rua das Hortensias nº26 Gradil
 2665 -101 Mafra
SONIF@SAPO.PT
O dia das reuniões é ao Sábado ás 21:00 horas


Abraço.
Título: Re: Como desenvolver a mediunidade
Enviado por: Mourarego em 15 de Abril de 2011, 17:26
É verdade amiga Cris,
mas note: dixzer-se que os médiuns nunca têm apenas uma faculdade medianímica é  generalizar-se muito,pois há os que nenhuma têm e mesmo assim são classificados como médiuns.
Kardec era um deles, nunca apresentou nenhuma faculdade medianímica e no entanto servido-se de outros médiuns nos legou toda a doutrina codificada.
É importante, e por isso reforcei o pedido de estudo do LM, que separemos bem a explicação que está logo ao começo desta obra e a qual vou trazer aqui ok?

"159. Todo aquele que sente, num grau qualquer, a influência dos Espíritos é, por esse fato, médium. Essa faculdade é inerente ao homem; não constitui, portanto, um
privilégio exclusivo. Por isso mesmo, raras são as pessoas que dela não possuam alguns
rudimentos. Pode, pois, dizer-se que todos são, mais ou menos, médiuns.

Todavia, usualmente, assim se qualificam aqueles em quem a faculdade mediúnica se mostra bem caracterizada e se traduz por efeitos patentes, de certa intensidade, o que então depende de uma organização mais ou menos sensitiva. É de notar-se, além disso, que essa faculdade não se revela, da mesma maneira, em todos. Geralmente, os médiuns têm uma aptidão especial para os fenômenos desta, ou daquela ordem, donde resulta que formam tantas variedades, quantas são as espécies de manifestações."

Cris, tomei a liberdade de dar mais ênfase por intermédio de outras cores, daquilo que é pertinente para que se compreenda que uma coisa é ser médium mas que o fato de se o ser, não é a mesma coisa de que em sendo, se poder dar azo á fenomelogia espírita ante qualquer das faculdades anotadas na mesma obra.

Assim, a mesma obra indica e explica que existem mesmo os médiuns improdutivos.

"Médiuns improdutivos: os que não chegam a obter mais do que coisas insignificantes, monossílabos, traços ou letras sem conexão."

Dentre estes há os que mesmo sentindo a influência dos Espíritos nada conseguem.
Entende agora o que quero dizer?
Sentir a influência não é o mesmo que produzir algum fenômeno tipo psicografia, ou materialização.
Note o que a doutrina diz sobre a capacidade (faculdade) de ver Espíritos:
"171. A faculdade de ver os Espíritos pode, sem dúvida, desenvolver-se, mas é
uma das de que convém esperar o desenvolvimento natural, sem o provocar, em não se
querendo ser joguete da própria imaginação (...)"

Cris, tudo o que lhe estou lhe escrevendo é retirado de O Livro dos médiuns, logo é doutrina, e fora algumas poucas linhas que são minhas e que as escrevo apenas para secundar as instruções doutrinárias trazem apenas o condão de aclarar possíveis dúvidas.
Meu trabalho dentro da doutrina nos muitos nos que já tenho de caminhada, foi sempre este, aclarar, e demonstrar o que a doutrina explica, sem nenhuma outra colocação oriunda de obras paralelas, apenas a doutrina.
Abraços,
Moura
Título: Re: Como desenvolver a mediunidade
Enviado por: CrisHenriques em 15 de Abril de 2011, 17:42
Boa tarde amiga ElsaMar,

Muito obrigada pelas indicações dos Centros Espíritas em Lisboa, só que eu moro no distrito de Setúbal mais concretamente no Barreiro...
Será que existe algum centro no Barreiro, ou na Moita?

Obrigada e peço desculpa pelo incomodo.

Abraços fraternos :)


Olá Cris,

siga os conselhos do amigo Moura.

Segue uma lista de Centros Espíritas em Lisboa, pode ser que algum fique perto de si:


ASSOCIAÇÃO FRATERNA MENSAGEIROS DO BEM
 Rua Eurico Rodrigues de Lima, N.º 2 B
 2665 - 227 MALVEIRA
 E-mail: afmbmalveira@gmail.com
 Tel: 916174140 / 965362855
 
 FRATERNIDADE ESPÍRITA CRISTÃ
 Rua da Saudade, N.º 8, 1.º
 1100 - 583 LISBOA
 Tel. 21 882 10 43/4; Telem. 91 724 84 41; Fax: 21 887 37 94; SOS ESPIRITUAL: 218 881 348
 E-mail: correio@fec.pt   - www.fec.pt (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5mZWMucHQ=)
 
 ASSOCIAÇÃO DE BENEFICÊNCIA FRATERNIDADE
 Calçada de Santo António, N.º 14 B
 1150 - 313 LISBOA
 Tel. 21 356 30 62; 21 923 07 35 (lar); 21 494 75 11 (p.f.)
 E-mail: costa_46@portugalmail.pt  ; leopoldo.martins@gmail.com 
 
 CENTRO ESPÍRITA PERDÃO E CARIDADE
 Rua Presidente Arriaga, N.º 124
 1200 - 774 LISBOA
 Tel. 21 397 52 19
 E-mail: cepcpt@gmail.com
 site: www.ceperdaoecaridade.pt (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5jZXBlcmRhb2VjYXJpZGFkZS5wdA==)

 CENTRO ESPÍRITA AMOR E CARIDADE
 Rua de S. Bento, N.º 23
 1200 - 815 LISBOA
 Tel. 21 390 21 97
 
 ASSOCIAÇÃO ESPÍRITA DE LISBOA
 Rua Maestro Pedro Freitas Branco, N.º 24 A, R/C
 1250 - 158 LISBOA
 Tel. 21 396 13 10; 21 289 85 11 (p.f.)
 
 CENTRO ESPÍRITA A CASA DO CAMINHO
 Rua D. João de Castro, N.º 49 A
 1300 - 190 LISBOA
 Tel. 21 362 49 13 (centro); 21 364 07 45 (p.f.); Telem: 96 308 25 73
 E-mail: casa.do.caminho@uerl.org
 
 GRUPO ESPÍRITA BATUÍRA
 Rua Marcos Portugal, N.º 12 A
 1495 - 091 ALGÉS
 Tels: 21 412 1062 e 21 412 3337
 Fax: 21 412 3338
 Tlms: 91 694 3625, 93 430 0778 e 96 231 5659.
 www.geb-portugal.org (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5nZWItcG9ydHVnYWwub3Jn) ; informacoes@grupoespiritabatuira.pt
 
 COMUNHÃO ESPÍRITA CRISTÃ DE LISBOA
 Calçada do Tojal, N.º 95, Sub/Cave, Benfica
 1500 - 592 LISBOA
 Telem. 96 317 53 82; Tel. 21 764 74 41
 E-mail: nop58259@mail.telepac.pt 
 
 ASSOCIAÇÃO DE BENEFICÊNCIA E SOLIDARIEDADE EDUARDO DE MATOS
 Rua Marcelino de Mesquita, N.º 15
 1900 - 323 LISBOA
 Tel. 21 847 15 26
 
 FRATERNIDADE ESPÍRITA DE PORTUGAL - FE
 Urbanização da Portela, Lote 31, 2.º B
 2685 - 189 PORTELA – LRS
 
 CENÁCULO ESPÍRITA ISABEL DE ARAGÃO
 Rua Tenente Garcia de Lemos, N.º 1, R/C
 2745 - 224 QUELUZ
 Tel. 21 603 90 55; 933529754 / 934102380
Linha SOS: 21 603 90 55
http://ceisabeldearagao.blogspot.com
americoalves7@gmail.com


 
 ASSOCIAÇÃO EURÍPEDES BARSANULFO – CENTRO ESPÍRITA
 Av. 25 de Abril, N.º 56, R/C, Vila Fria
 2740 - 176 PORTO SALVO
 Tel. 21 421 19 79, Telem. 93 863 01 09
 E-mail: a.euripedes.b@sapo.pt 
 
 GELD - GRUPO ESPÍRITA LUZ DIVINA
 Apartado 1141
 Paço d' Arcos
 2770-997 Paço d' Arcos
 E-mail: geld@sapo.pt
 site: http://geld.com.sapo.pt

 
 Federação Espírita Portuguesa
 Praceta Casal de Cascais, Lote 4 r/c A, Alto da Damaia
 2720-090 AMADORA
 Tel + 351 214975754 - Fax + 351 214975777
 E-mail: feportugal@sapo.pt 
 site: http://www.feportuguesa.pt/
 
 Espaço Azul
 Rua das Azenhas, 26 C
 2730-270  BARCARENA telefone : 21.418 7273
 E-mail: emanuel.saskya@oninetspeed.pt
 
ASSOCIAÇÃO DE CULTURA ESPIRITA FERNANDO DE LACERDA
RUA  DA REPÚBLICA,   Nº116 R/C-DTO.
2670-471LOURES
TEL.: 219844127/911009524
ACEFERNANDOLACERDA@sapo.pt
espiritas.em.loures@gmail.com
http://ESPIRITASEMLOURES.BLOGSPOT.COM/

Associação Médico Espírita de Portugal
ame.portugal@gmail.com

José Lourenço 960018874
 Sónia Ferreira 962641584
 Rua das Hortensias nº26 Gradil
 2665 -101 Mafra
SONIF@SAPO.PT
O dia das reuniões é ao Sábado ás 21:00 horas


Abraço.
Título: Re: Como desenvolver a mediunidade
Enviado por: Elsamar em 15 de Abril de 2011, 17:54
Cris,

no distrito de Setúbal, existem esses:

 ASSOCIAÇÃO ESPÍRITA LUZ E AMOR
 Rua dos Bombeiros de Setúbal, N.º 27 e 31
 2910 - 112 SETÚBAL
 e-mail: aela@aela.pt
 site: www.aela.pt (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5hZWxhLnB0) 
 
Núcleo Cultural Espírita Luz e Caridade do Barreiro
Rua Lawes, nº10 2830-143 BARREIRO
Tel: 962 563 206 (Telefonar entre 2ª feira e 5ª feira, das 19H às 21H00)

 NÚCLEO ESPÍRITA “O LEME”
 Bairro Correia, N.º 4
 7520 - 111 SINES
 Tel. 269 632 768
 E-mail: jorgejorgeangola@hotmail.com

 :)
Título: Re: Como desenvolver a mediunidade
Enviado por: Mourarego em 15 de Abril de 2011, 18:07
Cris, veja se este lhe vai servir


O Núcleo Cultural Espírita Luz e Caridade do Barreiro adquiriu personalidade jurídica recentemente. A morada é Núcleo Cultural Espírita Luz e Caridade do Barreiro, Rua Lawes, n.º 10, 2830-143 BARREIRO.

Abraços,
Moura
Título: Re: Como desenvolver a mediunidade
Enviado por: CrisHenriques em 15 de Abril de 2011, 18:41
Amiga Elsamar,

Obrigada pela lista dos Centros. Tentarei ver se poderei frequentar alguns destes locais, porque estando eu numa cadeira de rodas, preocupo-me com os acessos para deficientes motores. Nasci com uma atrofia muscular progressiva. ;)
Foi uma opção que escolhi antes de reencarnar, para resgatar alguns karmas.

Abraços fraternos


Cris,

no distrito de Setúbal, existem esses:

 ASSOCIAÇÃO ESPÍRITA LUZ E AMOR
 Rua dos Bombeiros de Setúbal, N.º 27 e 31
 2910 - 112 SETÚBAL
 e-mail: aela@aela.pt
 site: www.aela.pt (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5hZWxhLnB0) 
 
Núcleo Cultural Espírita Luz e Caridade do Barreiro
Rua Lawes, nº10 2830-143 BARREIRO
Tel: 962 563 206 (Telefonar entre 2ª feira e 5ª feira, das 19H às 21H00)

 NÚCLEO ESPÍRITA “O LEME”
 Bairro Correia, N.º 4
 7520 - 111 SINES
 Tel. 269 632 768
 E-mail: jorgejorgeangola@hotmail.com

 :)
Título: Re: Como desenvolver a mediunidade
Enviado por: CrisHenriques em 15 de Abril de 2011, 18:50
Amigo Moura,

Obrigada pela indicação.
Espero que Centro Espírita no Barreiro tenha acesso para pessoas deficientes motoras. Estou numa cadeiras de rodas, nasci com uma atrofia muscular espinal progressiva  e tenho de me preocupar estes detalhes. :)
Abraços fraternos


Cris, veja se este lhe vai servir


O Núcleo Cultural Espírita Luz e Caridade do Barreiro adquiriu personalidade jurídica recentemente. A morada é Núcleo Cultural Espírita Luz e Caridade do Barreiro, Rua Lawes, n.º 10, 2830-143 BARREIRO.

Abraços,
Moura
Título: Re: Como desenvolver a mediunidade
Enviado por: Elsamar em 15 de Abril de 2011, 22:11
Ora essa Cris,

estamos aqui para nos ajudar-mos uns aos outros.
Tente informar-se acerca dos acessos ao Centro. Com certeza que haverá uma solução para ultrapassar a sua dificuldade.

Abraço.
Elsa.
Título: Re: Como desenvolver a mediunidade
Enviado por: Mourarego em 15 de Abril de 2011, 22:21
E mesmo se não houver como um cadeirante entrar no CE por certo haverá pessoas que a ajudarão a solucionar este pequeno empecilho.
Eu mesmo já fiz isso muitas vezes cá no Brasil, junto com outros.
Abração,
Moura

Ora essa Cris,

estamos aqui para nos ajudar-mos uns aos outros.
Tente informar-se acerca dos acessos ao Centro. Com certeza que haverá uma solução para ultrapassar a sua dificuldade.

Abraço.
Elsa.
Título: Re: Como desenvolver a mediunidade
Enviado por: Aimoré em 15 de Abril de 2011, 23:29
Agradeço a colaboração de Elsamar a nossa amiga Cris.Amiga Cris ,toda casa espírita dispõe de uma biblioteca.Certamente encontrarás os livros que precisa.Boa sorte!
Título: Re: Como desenvolver a mediunidade
Enviado por: CrisHenriques em 16 de Abril de 2011, 13:36
Amiga Elsa,

Muito obrigada pela sua atenção e disponibilidade. ;)

Abraço fraterno,
Cris


Ora essa Cris,

estamos aqui para nos ajudar-mos uns aos outros.
Tente informar-se acerca dos acessos ao Centro. Com certeza que haverá uma solução para ultrapassar a sua dificuldade.

Abraço.
Elsa.
Título: Re: Como desenvolver a mediunidade
Enviado por: Victor Passos em 21 de Abril de 2011, 22:32
Ola muita paz e harmonia
Amiga Cris

   Claro que devmos procurar meios para estudo, e se possivel ser , um Centro Espirita Federado.
   Porém sabemos que existem dificuldades muitas das vezes para companheiros(as)com problemas motores, no entanto se tiver dificuldade de poder deslocar-se sempre terá aqui no FE, apoio de todos nós .
  Apoie-se também nos Livros da Codificação  Espirita de Allan Kardec, os quais com facilidade poderá fazer download...
  Aqui no FE.
 

Muita paz e harmonia
Sempre ao dispor

Victor Passos
Título: Re: Como desenvolver a mediunidade
Enviado por: CrisHenriques em 23 de Abril de 2011, 15:43
Saudações a todos e Páscoa Feliz!

Irmão e amigo Victor Passos,
Obrigada pela sua resposta.
Se possível, gostaria que me orientasse na literatura espírita indicando-me autores que são recomendado pela doutrina. Conheço algumas obras de Allan Kardec, Franscisco Cândido Xavier e Vera Lúcia Marinzeck.
Que outros autores e que outras obras preciso ler?
Muito obrigada pela atenção.

Paz e Amor para todos,

Cris


Ola muita paz e harmonia
Amiga Cris

   Claro que devmos procurar meios para estudo, e se possivel ser , um Centro Espirita Federado.
   Porém sabemos que existem dificuldades muitas das vezes para companheiros(as)com problemas motores, no entanto se tiver dificuldade de poder deslocar-se sempre terá aqui no FE, apoio de todos nós .
  Apoie-se também nos Livros da Codificação  Espirita de Allan Kardec, os quais com facilidade poderá fazer download...
  Aqui no FE.
 

Muita paz e harmonia
Sempre ao dispor

Victor Passos
Título: Re: Como desenvolver a mediunidade
Enviado por: S0L em 23 de Abril de 2011, 15:51
Cris, de pronto, ideal é estudar(e não somente ler) a codificação de Kardec.

De preferência num CE .Pq ali, em meio aos que dão o cursos e colegas, as outras obras recomendadas serão oferecidas à vc por pessoas que tem já uma base significativa da codificação.
Particularmente, junto com a codificação que deve ser estudada contínuamente; leio e estudo André Luiz tb,além de Suely Caldas Schubertz,Divaldo,Yvone Amaral,etc...mas o mais correto é se instruir bem na base para alçar outros vôos depois;penso eu.

Pq daí terás um crivo de razão para passar outras leituras.

Mas de antemão, eu jogaria Vera Lúcia Marinzeck pela janela nos vasinhos de violeta...rs.Só opinião minha, mas eu nunca gostei desta autora.Pouco ou quase nada de doutrina espírita nos poucos livros que li dela.
Título: Re: Como desenvolver a mediunidade
Enviado por: Mourarego em 23 de Abril de 2011, 16:23
É bem por ai maninha SOL.
Muito se fala no crivo da razão, mas pergunte aos que falam sobre o que trata o tema e eles se confundem em várias idéias desconexas.
Ora a razão preexiste ao conhecimento?
A resposta correta seria um fragoroso não.
Por que? Porque o intelecto já deve estar avançado em apreenções sobre vários temas, e neles se há de incluir o tema no qual é proposta a questão.
Sendo assim, sem o conhecimento prévio e embasado deste tema, não que se falar em razão pois este termo quer dizer do arrazoamento, ou seja, do emprego da acuidade intelectiva, e no caso da doutrina espírita não se poderá esquecer da moral, pois é ela que alteia o intelecto a paramos onde a razão alcança uma visão clara e límpida.
Dessarte, o estudo isento de questiúnculas interpretativas, ou seja, um estudo sério, que deve ser perseverante, pois em matéria de Doutrina Espírita dado a sua abrangência ser de tão grande espectro, não se pode dizer arrazoadamente, "isso eu sei", apenas por uma leitura primeira.
Há que se pensar (arrazoar), munir-se de elementos de doutrina para se poder lançar uma conclusão.
Sem esse processo, não haverá a razão a circundar as ilações pois que se lhe faltará o conhecimento do tema.
Geralmente, com já escrevi num artigo, muitos abrem os livros de doutrina não para estudarem propriamente dito, mas sim para ver ali, corroborados pensamentos que já leram quer na Internet, quer em obras que pretensamente se dizem espíritas, originando-se então uma ordem de ilações tão intensas e desbaratadas que oi estudante se perde.
Quando o estudante de doutrina está num CE, e este segue a doutrina corretamente, seus cursos não o levarão à confusão de idéias, e é então que o estudante se embasa sem os problemas naturais das tantas leituras sem base.
No CE também encontrará o estudante, pessoas com mais base e estudo que lhe poderão ajudar a dissipar certas incompreensões, eis porque disse a começo o que concordava com a maninha SOL.
Após o estudante ter conseguido andar os primeiros quilometros de doutrina, ele já deterá certa base e  mesmo poderá continuar a estudar em casa já que tem a possibilidade de no CE tirar dúvidas reforçar parâmetros de estudo etc.
só como exemplo: um estudante de Direito passa dez períodos para sair bacharel nesta ciência, contudo a faculdade só lhe deu o "gradus primus", ou seja o primeiro degrau. Os outros, que formam o seu conhecimento mais abalizado do ramo do Direito que ele seguir estarão sob sua guarda e vontade em aprendêr a subi-los.
Ora, uma doutrina como a Espírita que lança o aprendiz num rol tão imenso de coisas e proposições poderia ser apreendida, mesmo que apenas em um tema, apenas por simples e rápida leitura?
Vocês decidem!
Abraços,
Moura
PS: sobre a Vera e suas violetas, lembro que na época em que foi lançado o livro, eu ainda no Paltalk, fiz uma brincadeira dizendo que estaria lançando o seguimento da obra em espécie, e que este teria o título de "Caramujos na Sacada".
Até hoje, recebo de amigos comentários à minha piada.

Título: Re: Como desenvolver a mediunidade
Enviado por: CrisHenriques em 23 de Abril de 2011, 16:45
Olá irmã S0L,

Muita paz e amor para ti. :)
Obrigada pelas sugestões vou pesquisar o que recomendas.
Por acaso, existe aqui no FE as obras dos autores espíritas que recomendas?
Muito obrigada.

Abraço fraterno,

Cris


Cris, de pronto, ideal é estudar(e não somente ler) a codificação de Kardec.

De preferência num CE .Pq ali, em meio aos que dão o cursos e colegas, as outras obras recomendadas serão oferecidas à vc por pessoas que tem já uma base significativa da codificação.
Particularmente, junto com a codificação que deve ser estudada contínuamente; leio e estudo André Luiz tb,além de Suely Caldas Schubertz,Divaldo,Yvone Amaral,etc...mas o mais correto é se instruir bem na base para alçar outros vôos depois;penso eu.

Pq daí terás um crivo de razão para passar outras leituras.

Mas de antemão, eu jogaria Vera Lúcia Marinzeck pela janela nos vasinhos de violeta...rs.Só opinião minha, mas eu nunca gostei desta autora.Pouco ou quase nada de doutrina espírita nos poucos livros que li dela.
Título: Re: Como desenvolver a mediunidade
Enviado por: Rafael Perszel em 23 de Abril de 2011, 18:50
Caramujos na sacada foi bom demais! :)
Título: Re: Como desenvolver a mediunidade
Enviado por: Mourarego em 23 de Abril de 2011, 18:55
Sabe mano Rafa,
eu nada tenho contra essas obras. São livros de romances que enquadram o Espiritualismo mas de maneira prosaica, até mesmo fantasiosa.
Bons para serem lidos como passatempo (se bem que tenha coisa melhor né?).
Agora tenho tudo de contra quando se começa a formular idéia de que as lendas ali contadas formem em parceria para com os ensinos espíritas.
Ai é embuste ou mistificação.
Eu já disse aqui por diversas vezes que ler, eu leio até Lobzang Rampa, que trás estórias muito bem engendradas mas o faço como folguedo íntimo, nada mais.
abração,
Moura
Título: Re: Como desenvolver a mediunidade
Enviado por: S0L em 01 de Maio de 2011, 14:37
Cris, não entendi sua pergunta pq esta fonte embaralhou tudo aqui prá mim...aqui aonde?PE?É isso?

Se for, basta procurar na internet estes autores, irás encontrar.
Mas antes, ainda recomendo o estudo da codificação kardequiana.

( Moura...Caramujos na Sacada...me contorcendo de rir aqui...kkkkkk)