Forum Espirita

GERAL => O que é o espiritismo => Reencarnação => Tópico iniciado por: milena_maria em 27 de Novembro de 2009, 16:24

Título: Duração do intervalo entre encarnações
Enviado por: milena_maria em 27 de Novembro de 2009, 16:24
Gostaria de referências sobre o assunto, tais como livros ou artigos!


Muito Obrigada!
Título: Re: Duração do intervalo entre encarnações
Enviado por: Luzceano em 27 de Novembro de 2009, 18:40
Oi Milena
Seja bem vinda ao Fórum

Quanto tempo, geralmente, se passar entre uma encarnação e outra?

Quem define isso e o plano espiritual, pode demorar alguns anos ou alguns milênios, não a como definir isso pelo menos é o que eu penso porque depende da cituação de cada espírito, existem uma infinidade de variáveis, mas continue procurando quem sabe você encontra algo e possa contribuir com esse conhecimento com agente

Muita paz muito amor em nossa mente em nosso coração
Título: Re: Duração do intervalo entre encarnações
Enviado por: EsoEstudos em 27 de Novembro de 2009, 18:56

Saudações a todos!

A resposta acima (Luzceano) funda-se na Doutrina dos Espíritos.


- O Livro dos Espíritos.

224. Que é a alma no intervalo das encarnações?
“Espírito errante, que aspira a novo destino, que espera.”

a) - Quanto podem durar esses intervalos?
Desde algumas horas até alguns milhares de séculos. Propriamente falando, não há extremo limite estabelecido para o estado de erraticidade, que pode prolongar-se muitíssimo, mas que nunca é perpétuo. Cedo ou tarde, o Espírito terá que volver a uma
existência apropriada a purificá-lo das máculas de suas existências precedentes.”


Título: Re: Duração do intervalo entre encarnações
Enviado por: milena_maria em 27 de Novembro de 2009, 19:13
Muito Muito Muito Obrigada!

Realmente o Livro dos Espiritos não poderia ser referência melhor!

Abraços!
Milena
Título: Re: Duração do intervalo entre encarnações
Enviado por: Luzceano em 01 de Dezembro de 2009, 00:03

Saudações a todos!

A resposta acima (Luzceano) funda-se na Doutrina dos Espíritos.


- O Livro dos Espíritos.

224. Que é a alma no intervalo das encarnações?
“Espírito errante, que aspira a novo destino, que espera.”

a) - Quanto podem durar esses intervalos?
Desde algumas horas até alguns milhares de séculos. Propriamente falando, não há extremo limite estabelecido para o estado de erraticidade, que pode prolongar-se muitíssimo, mas que nunca é perpétuo. Cedo ou tarde, o Espírito terá que volver a uma
existência apropriada a purificá-lo das máculas de suas existências precedentes.”



Eu ja tinha ouvido sobre isso em uma palestra, obrigado pela referencia ESTOCE

Título: Re: Duração do intervalo entre encarnações
Enviado por: Aldebaran em 01 de Dezembro de 2009, 01:42
Olá, apesar de os Espíritos terem dito a Kardec que o intervalo entre uma encarnação e outra pode durar de horas até milhares de séculos, não se deve tomar ao pé da letra essa assertiva.

Normalmente os Espíritos inferiores têm um tempo muito curto para permanecerem na erraticidade - geralmente demoram de algumas horas ou dias, dependendo do caso, até anos.

Já os Espíritos Superiores que em sua última reencarnação desempenharam a contento seus compromissos e deveres, têm um tempo maior.

Em O céu e o inferno há relatos de Espíritos que estão na erraticidade há 180 anos. Não há nenhum relato em toda produção bibliográfica espírita de Espíritos que ficaram milhões de anos na erraticidade.

abçs

Renato

 
Título: Em média, de quanto em quanto tempo se encarna na Terra?
Enviado por: tauico em 21 de Novembro de 2010, 04:18
Olá a todos amigos!

Esta é uma dúvida que não é tão relevante (penso que diriam os espíritos), mas entre as minhas leituras, me veio esta curiosidade: Mais ou menos, de quanto em quanto tempo as pessoas que atualmente estão no estágio de evolução para encarnar no nosso planeta Terra, encarnam aqui?

Tipo, sei que isso vai variar de pessoa para pessoa, de quanto ela evoluiu na sua última encarnação, quanto tempo ela precisou na vida espiritual para estudar entre encarnações, enfim, tudo pode variar. Mas como lí no Livro dos Espíritos, sempre se pode "ter uma idéia", uma média geral (entre X e Y tempo), uma vez que cada planeta é apropriado ao nível evolutivo de seus habitantes.

Então... Alguém já leu algo a respeito? =) Como eu disse, é apenas uma curiosidade entre tantas que eu sei que surgem quando estudamos!

Muita paz à todos!

Abrazzo do ...Tauico!
Título: Re: Em média, de quanto em quanto tempo se encarna na Terra?
Enviado por: filhodobino em 21 de Novembro de 2010, 11:54
Amigo,
Segundo misticos Cristãos de relevada honorabilidade em seus ensinos, dizem que entre um berço e outro, em média decorrem aproximadamente 150 anos.
Saúde e Paz!
Título: Re: Em média, de quanto em quanto tempo se encarna na Terra?
Enviado por: Hebe M C em 21 de Novembro de 2010, 12:30
Bom dia,

Segundo a DE depende da situação específica de cada espírito, do seu merecimento ou da necessidade de evolução ou missão .
Não há tempo determinado nem estimado.

Um abço Hebe
Título: Re: Em média, de quanto em quanto tempo se encarna na Terra?
Enviado por: Isilda em 21 de Novembro de 2010, 13:03
Meus caros amigos , gostaria de tirar uma duvida .
Quanto ao tópico Eu julgo que tanto faz , podem se passar séculos como meros anos  depende muito do percurso de sua vida: Se conseguiu evoluir , se conseguiu espiar suas dividas karmicas
, ou se se revoltou e se impregnou mais ainda e não quer reencarnar por não se sentir preparado  .
Mas
Minha duvida  é(  Meu tio faleceu logo após meu nascimento , bem a pouco tempo soube que era um de meus guias )
Desde que minha bebe nasceu deixei de sentir sua presença terá ele reencarnado , e meu espírito já o sabe , só eu não tenho essa consciência e reajo por instinto ?
Gostaria que me dessem uma resposta muito obrigado muita paz e amor para todos
Título: Re: Em média, de quanto em quanto tempo se encarna na Terra?
Enviado por: filhodobino em 21 de Novembro de 2010, 13:10
Amados Irmãos,
A palavra é o intrumento divino que para ser dita, precisa fugir do achismo e ser embasada em estudos sérios... Não se pode bricar de informar, posto que o reino dos gigantes usa súditos para promover mais confusões que esclarecimentos, estão todos interessados em ensinar.... mas  poucos procuram ensinar a aprender...



Entrevista com Luiz Antonio Rucinski - Site: A Serviço do Espiritismo
Publicado em 14 de junho de 2009.

A   +A   ++A

Representante Comercial, Luiz é um Espiritualista e grande estudioso da Reencarnação, além disso colabora para o PORTAL DA REENCARNAÇÃO (www.portaldareencarnacao.com.br (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy5wb3J0YWxkYXJlZW5jYXJuYWNhby5jb20uYnI=)) na qual gentilmente nos presenteia com a entrevista a seguir sobre Reencarnação.

Agradecemos a gentileza e rogamos por muita paz e luz em sua existência.

1. Qual a finalidade da Reencarnação?
Ao longo de muitas reencarnações o “Eu imortal” fará uma série de experiências que visam o despertar gradativo de sua consciência divina, até o ponto em que, plenamente “desperto”, terá harmonizado sua vida com as Leis cósmicas, e nada mais terá a aprender no plano terreno.

2. Qual o tempo médio entre uma Reencarnação e outra?
Não há um consenso geral. Existem divergências entre várias doutrinas. Desde aquelas que defendem centenas de anos e outras que acreditam ser imediato (como os drusos). Alguns autores acreditam, que esse período entre vidas vem diminuído e que se deve ao fato que o tempo médio tenha diminuído, devido ao nível atual de evolução e do ingresso na nova era. (Isso justificaria o aumento da população na Terra). A Ordem Rosacruz nos ensina que uma personalidade-alma ao longo de várias encarnações tem uma média geral de 144 anos, entre um nascimento e outro.

3. Porque algumas pessoas reencarnam com deficiências e limitações?
A Reencarnação é a oportunidade que Deus nos dá para repararmos nossos carmas, e quando voltamos a vida com deficiências físicas e ou com limitações, muitas vezes é em decorrência do mal que causamos ao próximo, e se faz necessário passarmos por uma situação igual (carma negativo a ser expiado é lição a ser apreendida). Também por escolha feito por ela mesma, com o objetivo de acelerar sua evolução através de um maior aprendizado e crescimento ou em decorrência de um missão a ser cumprida. Ou ainda uma combinação das três condições anteriores em proporções variadas, de acordo com o grau de maturidade e necessidade cármica de cada um.

4. Quais os exemplos que podemos dar para comprovar que existe reencarnação?
A primeira de todas é a reencarnação no mesmo corpo. Cientificamente esta provado que a cada sete anos todas as células de nosso corpo (inclusive as do cérebro) são totalmente substituídas. E ainda assim continuamos tendo a sensação que somos nós mesmos, com memória anterior a esses sete anos. Em seguida temos vários relatos, suficientemente bem documentados de crianças que em tenra idade manifestam aptidões e habilidades extraordinárias, sem qualquer instrução prévia ou herança genética favorável. Outras tem lembranças nítidas de vidas anteriores, passível de verificação no seus mínimos detalhes, além de sinais de nascença de eventos marcantes. Regressões feitas trazem a tona memórias de eventos e locais passíveis de verificação quanto a sua exatidão. E temos o relato de várias personalidades ilustres que contribuíram de forma significativa para o avanço da civilização, como por exemplo Pitágoras, Benjamin Franklin, entre outros. E para não se alongar com relação a Bíblia, citaremos apenas uma passagem: "Respondeu-lhe Jesus: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.” (João 3:3)

5. Quais os processos que antecedem a nova reencarnação de um espírito?
Quando termina o ciclo de repouso da alma e esta já assimilou suas últimas experiências terrenas, bem como o desenvolvimento de suas habilidades futuras, esta sente a atração para o mundo terreno, pois ela anseia por experienciar a terra novamente. Se a alma ainda é imatura, aos poucos entrará em sonolência e será automaticamente conduzida pela lei carmica para as condições mais adequadas. Porém, quanto maior for o seu grau de maturidade, maior será seu grau de consciência desse processo e dos motivos de sua volta à terra, bem como de participação na escolha da futura família. Progressivamente ela vai criando e consolidando vínculos com a futura mãe e o feto que irá ocupar e se aproximando gradativamente do plano terreno, perdendo a amplitude de sua consciência espiritual, até o derradeiro momento em que a primeira inalação do bebê consolide sua reencarnação.

6. Porque algumas religiões são contra a existência de “vida após a vida” e a reencarnação?
A maioria delas se fundamentou em uma concepção a muito estabelecida no passado, para sustentar interesses particulares. Principalmente como forma de dominar os povos menos esclarecidos, se tornou conveniente difundir e ensinar a crença em uma única existência, e que essas religiões seriam os únicos caminhos para a salvação, do que permitir que seus fiéis assumissem a responsabilidade por sua própria salvação, conhecendo as múltiplas vidas e a lei do carma. A falta de maturidade e a ignorância que ainda hoje vigoram, somados a indolência natural do ser humano, perpetuam esse estado de consciência. É mais fácil conduzir e (confortavelmente) ser conduzido como um rebanho de ovelhas do que assumir as responsabilidades (e trabalho pessoal) inerentes a todos, individualmente. E qualquer conhecimento que seja divergente dos interesses dessas “Religiões”, e que ameace abalar os alicerces do poder e autoridade há muito consolidados, são visto como inimigos.

7. Na sua opinião o véu do esquecimento ajuda ou atrapalha nas lembranças e resoluções de problemas de vidas passadas?
Sem sombra de dúvida esse véu é uma benção, que permite muitas interações entre almas que necessitam se harmonizar, sem ressentimentos e recordações que só iriam agravar qualquer desequilíbrio passado. Embora não haja lembranças conscientes, nós as conservamos internamente como sentimentos, intuições, e reencarnamos em condições que nos permitem trabalhar com essas situações, em que nós próprios (nosso Eu Interior) concordamos em corrigir, sem o peso de recordações dolorosas, que nossa personalidade objetiva não teria condições emocionais de suportar e trabalhar.

8. Porque acontecem os “abortos espontâneos”, desistência do espírito diante a nova reencarnação?
Somente em casos excepcionais podemos acreditar que as Leis permitiriam que um feto se desenvolvesse até certo ponto, e após a alma estar fluidicamente ligada a ele, a mesma pudesse desistir. Uma alma imatura não teria escolha, e outra mais desenvolvida estaria ciente da necessidade e oportunidade de encarnar. Podemos acreditar, que seria uma lição cármica para o primeiro tipo de almas, para os pais, ou para ambos. Seria possível também que no caso de uma alma mais evoluída, uma lesão inesperada no feto poderia impossibilitar essa alma de desempenhar uma importante missão na terra, o que poderia, em teoria, justificar essa desistência, com o aval e auxilio de entidades superiores.

segue
Título: Re: Em média, de quanto em quanto tempo se encarna na Terra?
Enviado por: filhodobino em 21 de Novembro de 2010, 13:12
sequencia #4
9. Quais são as nossas escolhas antes de reencarnarmos?
Na condição de almas pouco evoluída, nenhuma. As Leis Cósmicas automaticamente as direcionam para as condições mais convenientes. As almas mais adiantadas podem, dentro de limites, orientadas por outras mais elevadas, exercer algum grau de escolhas. Aquelas mais evoluídas, porém, cujo Eu divino já iniciou seu despertar, estão aptas a se julgarem a sí mesma e, a luz de sua própria consciência Interna, fazer escolhas com cada vez mais liberdade, proporcionais a sua sabedoria. Assim, nessas condições, poderão escolher família, país, condições sociais. Lembramos que o próprio Gandhi manifestou nesta vida a sua intenção de renascer na próxima como um intocável, para lhes servir de maneira mais eficiente.

10. É possível saber que fomos no passado? E de que maneira isso seria possível?
Sim, é possível de diversas formas.
1º Um vidente com alto grau de percepção, a exemplo de Rudolph Steiner, pode ver o histórico da alma da pessoa em questão.
2º Pode-se também recorrer a terapia de regressão a vidas passadas, feita por um profissional, treinado em hipnose e psicologia.
3º Um espírito guia pode nos revelar o que for conveniente para a ocasião.
4º Também, nós mesmos, através de técnica de visualização, podemos acessar os registros acásicos, e consultar nosso histórico.
5º Durante períodos de meditação, podemos acessar a memória de nossa alma.
6º Em tenra idade, crianças, cuja vivência terrena ainda não ofuscou sua mente, recordam espontaneamente sua última existência.
7º Almas mais adiantadas a exemplo de Pitágoras, tem suas personalidades de tal maneira em harmonia com seu Eu Divino, que recordam várias, senão de todas as suas existências pregressas.

11. Podemos reencarnar em outros países, ou planeta?
Sim, dependendo da necessidade e natureza de nosso aprendizado, somos direcionados para as condições mais adequadas, onde quer que elas existam.

12. É verdade que escolhemos em qual família reencarnar?
Depende de nosso grau evolutivo. Quanto maior nosso desenvolvimento, proporcionalmente maior será nossa liberdade de escolha, pois esta será feita a luz da sabedoria e em consonância com as Leis Universais.

13. É possível reencarnar logo após o desencarne?
Sim. Embora na maior parte dos casos a alma tenha que ascender ao seu nível cósmico para assimilar suas experiências da vida anterior, e esperar até que a atração para novas experiências a impulsionem para baixo. Segundo o pesquisador STEVENSON, maior autoridade sobre crianças que lembram de vidas passadas, aquelas que tiveram morte violenta tendem a voltar mais rapidamente ao plano físico.

14. Muitas pessoas confundem ressurreição e reencarnação, explique nos a diferença.
Ressurreição tem seu princípio de que nossa alma vive apenas uma vez, e, portanto que, em algum ponto do futuro, essa alma reentrara no mesmo corpo em que viveu, sendo o mesmo reconstituído para este fim. Reencarnação é o retorno da nossa personalidade Alma muitas vezes ao plano físico, porém, sempre em novos corpos compatível com suas necessidades do momento.

15. Podemos trazer marcas e sinais físicos de outras reencarnações?
Sim. Como certos tipos de distúrbios, ou doenças decorrentes de mau comportamento na vida anterior que se manifestam nesta existência, também experiências marcantes, não necessariamente negativas, também podem deixar impressões nos corpos sutis do homem, que se manifestam na próxima existência. Muitas vezes esse estigma indica de modo claro qual o ponto crucial a ser trabalhado nesta vida.

16. A lembrança de lugares que nunca estivemos na encarnação atual seria um indicio de encarnações passadas?
Sim, esta é uma distinta possibilidade, com muitos casos comprovados. Mas não é necessariamente via de regra. Podemos nos harmonizar com os registros acásicos (Memória Universal) e teremos a impressão de algum lugar em que teremos experiências importantes no futuro. Também ocorre que o desejo de visitar um local, tornado inconsciente, pode, em momento propício, proporcionar uma experiência de desdobramento, que imprimirá no cérebro, imagens nítidas desses locais, sem que o tenhamos conhecido fisicamente, porém com igual sensação de “ter estado lá”.

Mensagem final...
Concordo com as pessoas que se preocupam com a Natureza e com as condições em que vamos deixar nosso planeta aos nossos filhos. Mas, devíamos nos preocupar ainda mais com as condições que vamos encontrar o nosso planeta em nossa próxima encarnação!

Luiz Antonio Rucinski

Fonte: A Serviço do Espiritismo
Entrevistado por Mauricio Kunst - mauriciokunst@terra.com.br
http://filosofia.portaldoespiritismo.com.br/entre7.php

Saúde e Paz!
Título: Re: Em média, de quanto em quanto tempo se encarna na Terra?
Enviado por: Hebe M C em 21 de Novembro de 2010, 13:40
Meus caros amigos , gostaria de tirar uma duvida .
Quanto ao tópico Eu julgo que tanto faz , podem se passar séculos como meros anos  depende muito do percurso de sua vida: Se conseguiu evoluir , se conseguiu espiar suas dividas karmicas
, ou se se revoltou e se impregnou mais ainda e não quer reencarnar por não se sentir preparado  .
Mas
Minha duvida  é(  Meu tio faleceu logo após meu nascimento , bem a pouco tempo soube que era um de meus guias )
Desde que minha bebe nasceu deixei de sentir sua presença terá ele reencarnado , e meu espírito já o sabe , só eu não tenho essa consciência e reajo por instinto ?
Gostaria que me dessem uma resposta muito obrigado muita paz e amor para todos

Oi Isilda, como falei anteriormente
O tempo é variável. Podemos ficar um ano ou um milênio para reencarnar. Depende de nossas necessidades e opções.
O fato de você não sentir mais a presença do seu tio, não deve ser vinculado ao nascimento do seu filho. Tem mil fatores que podem ter ocorrido, inclusive o desapego a última vida terrena por parte de seu tio.
Acolha seu filho e siga em frente, você tem uma caminhada grande por aí para evoluirem juntos.

Um abço
Hebe
Título: Re: Em média, de quanto em quanto tempo se encarna na Terra?
Enviado por: maria gi em 21 de Novembro de 2010, 18:37
Como já foi dito aqui por algns irmãos, não existe nenhuma previsão conforme a codificação. Reeanamos consoante a nossa evolução.
Título: Re: Em média, de quanto em quanto tempo se encarna na Terra?
Enviado por: Mourarego em 21 de Novembro de 2010, 18:57
Um Espírito reencarna na terra enquanto não houver adquirido ciência e moral suficiente a estar pronto para evoluir.
Enquanto reencarna na terra apenas progride.
O tempo de cada reencarne está sob o que regula a qualidade de vida material ou do corpo. isso se não houver nenhuma doença que lhe prive da vida na carne.
Abraços,
Moura
Título: Re: Em média, de quanto em quanto tempo se encarna na Terra?
Enviado por: BAGNOLI em 21 de Novembro de 2010, 19:02
Creio que os irmãos já responderam ao nosso irmão Tauico.  Porém como colaboração, digo que em sua pergunta Tauico, você já respondeu, quando diz que reencarnações depende dos estágios evolutivos dos espíritos e a necessidade que cada um tem de retornar brevemente ou mais adiante na Terra. Tudo está ligado a consciência do espírito, da sua evolução e de sua determinação para querer saldar suas dívidas e evoluir cada vez mais, em paz.
Ok. Não há anos, há necessidades, processos evolutivos, e inúmeros outros processos.
Fique na Paz de Jesus! 
Título: Re: Em média, de quanto em quanto tempo se encarna na Terra?
Enviado por: maria gi em 21 de Novembro de 2010, 19:51
Não há anos, há necessidades, processos evolutivos, e inúmeros outros processos.
Fique na Paz de Jesus! 

Título: Re: Em média, de quanto em quanto tempo se encarna na Terra?
Enviado por: BAGNOLI em 21 de Novembro de 2010, 20:08
Maria, obrigado por copiar minha frase e concordar comigo.
Título: Re: Em média, de quanto em quanto tempo se encarna na Terra?
Enviado por: filhodobino em 21 de Novembro de 2010, 23:11
Amados Irmáos,
O pensamento positivo nos conclama a perceber o que é verdadeiramente importante para nós...

Reflitam com o filhodobino:

A vida é uma só... ora encarnado, ora desencarnado... onde a importância do periodo encarnado se, não aprendermos a ser felizes????

        A justiça quer que a recompensa seja proporcional ao mérito, como a punição à gravidade da falta; há, portanto, graus infinitos nos gozos da alma, desde o instante em que ela entra no caminho do bem, até que atinja a perfeição.
        A felicidade dos bons Espíritos consiste em:
•   conhecer todas as coisas, 
•   não ter nem ódio,
•   nem ciúme e inveja,
•   nem ambição,
•   nem nenhuma das paixões que fazem a infelicidade dos homens.
        O amor que as une é, para elas, a fonte de uma suprema felicidade. Elas não experimentam nem as necessidades, nem os sofrimentos, nem as angústias da vida material. Um estado de contemplação perpétua seria uma felicidade estúpida e monótona, própria do egoísta, uma vez que sua existência seria uma inutilidade sem limites. A vida espiritual, ao contrário, é uma atividade incessante pelas missões que os Espíritos recebem do ser supremo, como sendo seus agentes no governo do Universo; missões que são proporcionais ao seu adiantamento e das quais são felizes, porque lhes fornecem ocasiões de se tornarem úteis e de fazerem o bem. (O Livro dos Espíritos, nº 558: Ocupações e missões dos Espíritos - Revista Espírita, 1860, pág. 321 e 322; Os Espíritos puros; a morada dos bem-aventurados - Idem, 1861, pág. 179: Madame Gourdon). Nota: Convidamos os adversários do Espiritismo e aqueles que não admitem a reencarnação, a darem aos problemas acima uma solução mais lógica, por qualquer outro princípio que o da pluralidade das existências.
________________________________________
        Depois da morte, a diferença entre a alma do sábio e do ignorante, do selvagem e do homem civilizado, é a mesma diferença, aproximadamente, que existe entre eles durante a vida, porque a entrada no mundo dos Espíritos não dá à alma todos os conhecimentos que lhe faltavam sobre a Terra.
Allan Kardec
[78 - O homem depois da morte]
[78] O QUE É O ESPIRITISMO de Allan Kardec - Paris, 1859

Saúde e Paz!
Título: Re: Em média, de quanto em quanto tempo se encarna na Terra?
Enviado por: Isilda em 22 de Novembro de 2010, 11:27
Meus caros amigos , gostaria de tirar uma duvida .
Quanto ao tópico Eu julgo que tanto faz , podem se passar séculos como meros anos  depende muito do percurso de sua vida: Se conseguiu evoluir , se conseguiu espiar suas dividas karmicas
, ou se se revoltou e se impregnou mais ainda e não quer reencarnar por não se sentir preparado  .
Mas
Minha duvida  é(  Meu tio faleceu logo após meu nascimento , bem a pouco tempo soube que era um de meus guias )
Desde que minha bebe nasceu deixei de sentir sua presença terá ele reencarnado , e meu espírito já o sabe , só eu não tenho essa consciência e reajo por instinto ?
Gostaria que me dessem uma resposta muito obrigado muita paz e amor para todos

Oi Isilda, como falei anteriormente
O tempo é variável. Podemos ficar um ano ou um milênio para reencarnar. Depende de nossas necessidades e opções.
O fato de você não sentir mais a presença do seu tio, não deve ser vinculado ao nascimento do seu filho. Tem mil fatores que pode
Meus caros amigos , gostaria de tirar uma duvida .
Quanto ao tópico Eu julgo que tanto faz , podem se passar séculos como meros anos  depende muito do percurso de sua vida: Se conseguiu evoluir , se conseguiu espiar suas dividas karmicas
, ou se se revoltou e se impregnou mais ainda e não quer reencarnar por não se sentir preparado  .
Mas
Minha duvida  é(  Meu tio faleceu logo após meu nascimento , bem a pouco tempo soube que era um de meus guias )
Desde que minha bebe nasceu deixei de sentir sua presença terá ele reencarnado , e meu espírito já o sabe , só eu não tenho essa consciência e reajo por instinto ?
Gostaria que me dessem uma resposta muito obrigado muita paz e amor para todos

Oi Isilda, como falei anteriormente
O tempo é variável. Podemos ficar um ano ou um milênio para reencarnar. Depende de nossas necessidades e opções.
O fato de você não sentir mais a presença do seu tio, não deve ser vinculado ao nascimento do seu filho. Tem mil fatores que podem ter ocorrido, inclusive o desapego a última vida terrena por parte de seu tio.
Acolha seu filho e siga em frente, você tem uma caminhada grande por aí para evoluirem juntos.

Um abço
Hebe


Muito obrigado por ter respondido ,sim não podemos lidar com os nossos novos membros de família como se fossem os que já partiram , pois mesmo que se fosse esse o caso , não seria mais o tio e sim a minha Beatriz , e por tal temos de seguir em frente e evoluir sempre por o menos tentar .
Muito obrigado , muita paz e amor em nossas vidas
Título: Re: Em média, de quanto em quanto tempo se encarna na Terra?
Enviado por: Fernando Marques em 14 de Dezembro de 2011, 22:38
Ainda posso salientar algumas questões, como por exemplo, caso o espírito não queira reencarnar, a gravidade da  terra exerce uma pressão sobre o espírito e este acaba sendo obrigado a reencarnar, mesmo sem vontade, daí, alguns espíritos burlam esta lei natural e usam técnicas para poder ficar mais tempo desencarnados, uns conseguem, outros não. Contudo, quanto mais tempo o espírito passa sem reencarnar, mais o perispírito começa a se deteriorar, causando assim graves prejuízos, que só serão sanados com muito empenho , futuramente.

um exemplo é Tomás de Torquemada, que ficou quase 450 anos desencarnado, além dele, existem alguns que já chegaram a ficar milênios sem reencarnar (uma prova que inteligencia é muito diferente de moral)  ;) espero que possa, de alguma forma, ter contribuído.
Título: Reencarnacao
Enviado por: Raquel da Silveira Coelho em 06 de Julho de 2016, 01:13
Um eapirito apos desencarmar, leva muito tempo para reencarnar? Por exemplo se perdi um ente da familia, poderia ele voltar ainda a conviver comigo nessa vida?
Título: Re: Em média, de quanto em quanto tempo se encarna na Terra?
Enviado por: Marden em 11 de Junho de 2018, 01:27
"Livro dos Espíritos " - Capítulo VI - Questão 224.