Forum Espirita

CODIFICAÇÃO => O Evangelho Seg. Espiritismo => Tópico iniciado por: suelysesso em 03 de Maio de 2012, 22:33

Título: Dúvida sobre o Evangelho no Lar
Enviado por: suelysesso em 03 de Maio de 2012, 22:33
Eu tenho uma dúvida. Moro sózinha e gostaria de saber como fazer o evangelho no lar em minha residência.
Título: Re: Dúvida sobre o Evangelho no Lar
Enviado por: Sr.91 em 03 de Maio de 2012, 23:19
Na minha simples visão você pode escolher um dia e um horário qualquer que melhor se encaixe na sua rotina. Não se apegue a formalismos, obrigatoriedades.. isso não ajuda em nada. A unica coisa que necessita é amor pelo estudo e vontade de aprender verdadeiramente os ensinamentos ali contidos. Se um dia você tiver que sair ou aparecer algum imprevisto, não se apoquente com isso. A intenção sempre faz diferença.
Título: Re: Dúvida sobre o Evangelho no Lar
Enviado por: suelysesso em 03 de Maio de 2012, 23:22
Muito obrigada pela resposta, me ajudou bastante.
Abraços
Título: Re: Dúvida sobre o Evangelho no Lar
Enviado por: Camila T Cunha em 03 de Maio de 2012, 23:28
              Concordo com o Viajante. Aqui em casa já fizemos de várias maneiras, um dia da semana à noite, outro à tarde. Mas agora, leio alto pela manhã antes de sair para trabalhar sempre que percebo que estou pronta e "sobrou" tempo, não estou atrasada. Leio para quem estiver na casa, minha mãe, filha, agradeço, peço proteção, etc.
               Já passei por uma fase em que a hora do Evangelho era bem formal, agora é assim, mais "natural" e estou gostando mais.
              Abraços
Título: Re: Dúvida sobre o Evangelho no Lar
Enviado por: Debora Luiza em 05 de Maio de 2012, 18:43
    Tem uma passagem da bíblia onde Jesus disse que onde estivesse duas ou mais pessoas reunidas em Seu nome ali Ele estaria (essas pessoas não precisam estar necessáriamente na mesma posição de encarnado ou desencarnado). Eu mesmo estou fazendo uma espécie de "curso" onde só tem eu de encarnada, faço a leitura de O livro dos Espiritos,com dias e hora marcados e percebo claramente que não estou sozinha, que nas cadeiras e até mesmo em volta delas estão os meus colegas de curso.
    Faço também o evangelho no lar com mimha família mas prefiro faze-lo com dia e hora marcado,no dia que não dá mesmo pra fazer, faço uma oração e nela já marco um outro dia e hora, pois entendo que pra contar com a presença da equipe espiritual que nos assiste tem que ser dessa forma, pois eles não estão à nossa disposição e não assistem somente a nossa família.  ;)Já a leitura dele eu faço à qualquer hora.
     Muita paz!!!
Título: Re: Dúvida sobre o Evangelho no Lar
Enviado por: Mourarego em 05 de Maio de 2012, 19:07
Debora, entenda:
Para que os Espíritos abnegados, que nos presidam aos estudos .possam estar conosco, a proposição de marcar-se dia e hora, pode ajudar, mas seguramente não é o que lhes trará.
Para que eles venham e estejam conosco, valem dois pressupostos:
1: A seriedade da propositura;
2: A pureza do pensamento.
Note também ,que nem estes dois pressupostos ,eximem da prece inicial, por que?
A resposta é simples: Porque, a prece, nesses casos, tem dois sentidos, o da evocação, que é a chamada dos Espíritos que nos vão ajudar, e a concentração que tal estudo necessita.
Tudo há de estar em harmonia.
Quanto a estar-se acompanhada de seres incorpóreos, isso o estamos a todo instante, e oque nos faz estarmos bem ou mal acompanhados é exatamente a moralidade em que trafeguemos.
Lembrando a explicação vista em OLE: Os Espíritos bons não vão onde impere a frivolidade.
Abraços,
Moura

    Tem uma passagem da bíblia onde Jesus disse que onde estivesse duas ou mais pessoas reunidas em Seu nome ali Ele estaria (essas pessoas não precisam estar necessáriamente na mesma posição de encarnado ou desencarnado). Eu mesmo estou fazendo uma espécie de "curso" onde só tem eu de encarnada, faço a leitura de O livro dos Espiritos,com dias e hora marcados e percebo claramente que não estou sozinha, que nas cadeiras e até mesmo em volta delas estão os meus colegas de curso.
    Faço também o evangelho no lar com mimha família mas prefiro faze-lo com dia e hora marcado,no dia que não dá mesmo pra fazer, faço uma oração e nela já marco um outro dia e hora, pois entendo que pra contar com a presença da equipe espiritual que nos assiste tem que ser dessa forma, pois eles não estão à nossa disposição e não assistem somente a nossa família.  ;)Já a leitura dele eu faço à qualquer hora.
     Muita paz!!!
Título: Re: Dúvida sobre o Evangelho no Lar
Enviado por: Debora Luiza em 05 de Maio de 2012, 19:57
     8) Eu sei que não basta marcar o dia e a hora, e que a sinceridade e a pureza de pensamento, é o que importa.Que a leitura tem que ser feita com atenção para que aja entendimento e que não basta ler tem que tentar colocar em prática tudo que foi lido, e  pra tudo isso acontecer a pessoa tem que estar harmonizado. Mas sei também que temos ter resonsabilidade com nossos compromissos assumidos com a espiritualidade.
     E quanto aos seres incorpóreos, não é sempre que percebemos sua presença, apesar de saber que estão sempre ao nosso lado.
     Muita paz!!!
Título: Re: Dúvida sobre o Evangelho no Lar
Enviado por: Camila T Cunha em 06 de Maio de 2012, 17:57
 ;)    Concordo com Moura Rego, onde os bons espíritos, amigos desencarnador de luz, sentirem bons pensamentos, eles virão, estão sempre na prontidão para  ajudar.
         Também entendo que, às vezes, a família precise daquele dia, daquela rotina, aqui em casa percebemos que funcionou melhor na espontaneidade, no tempo mais livre escolher para  fazer o Evangelho, em todos estes estamos amparados,  mas cada família precisa achar seu jeito.

         Abraços.
       
Título: Re: Dúvida sobre o Evangelho no Lar
Enviado por: Mourarego em 06 de Maio de 2012, 18:46
A questão da marcação de horários e dias prende-se apenas à funcionalidade.
Há de ser em dia e hora em que todos possa estar presentes.
Abraços,
Moura
Título: Re: Dúvida sobre o Evangelho no Lar
Enviado por: Moises de Cerq. Pereira em 06 de Maio de 2012, 18:59
Eu tenho uma dúvida. Moro sózinha e gostaria de saber como fazer o evangelho no lar em minha residência.

Eu ja fiz muito tempo sozinho
Eu fazia em dias determinados juntamente com o horário.

Fazia uma prece inicial e pedia a Deus auxílio,
mentalizava também a presença de bons espíritos

Colocava um copo com água nas proximidades e fazia uma leitura do Evangelho Segundo o Espiritismo,ora abria aleatoriamente, ora fazia em sequência

Como estava só e não fazer um comentário em fala
ficava meditando sobre a lição lida .

Fazia pedidos para amigos e familiares, além dos pessoais

e encerrava om uma prece...

e tomava a água

essa foi uma das maneiras que eu fazia o Evangelho no Lar, no meu lar
Título: Re: Dúvida sobre o Evangelho no Lar
Enviado por: Danilo Henrique em 06 de Maio de 2012, 19:49
Pelo menos quanto ao dia e horário, aqui em casa procuramos-segui-los rigorosamente.
Os espíritos possuem suas ocupações e compromissos rotineiros, de forma tão organizada quanto nós, e não devem estar ao nosso dispor no momento que bem nos apraz. Para consolidar uma equipe espiritual, organizadamente, creio necessário que haja alguma regularidade. Mas não seguimos esse preceito só porque nos parece mais lógico, mas também porque assim fomos orientados.

Quando oriento alguém a respeito, digo para escolher um dia e um horário da semana, e tentar manter esses dias, até onde for possível.

Não é questão de "não pode", "não dá", ou "não funciona". É somente um modo de facilitar a vida do pessoal do lado de lá...Se não deu pra fazer, paciência. Faz no dia seguinte e tá tudo certo.

Aos pressupostos citados pelo Moura, eu colocaria um terceiro, que é a "disciplina".
   
Abraços!
Título: Re: Dúvida sobre o Evangelho no Lar
Enviado por: Sr.91 em 06 de Maio de 2012, 20:05
Sabe, essa questão de horário me incomoda um pouco. Ainda mais quando é para justificar que os espiritos necessitam dessa regularidade. Não penso assim nesse momento, embora já tenha feito evangelho no lar semanalmente há um tempo atras.
Os espiritos estão por toda a parte, e não é necessário evocá-los para os estudos todas as vezes que fizer, uma vez que a sintonia está ai para isso. Quando se estuda com seriedade e com fins positivos, eles lá estarão. Com toda certeza.
Eu sempre sou do contra sabiam? :D ;)
Título: Re: Dúvida sobre o Evangelho no Lar
Enviado por: Camila T Cunha em 06 de Maio de 2012, 20:25
 ;) Ah, Viajante, mas desta vez -  ô do contra - concordo com você.
           Também já fiz regularmente, um dia à noite por semana, mas agora fazemos pelas manhãs, antes da jornada começar. Acho que sempre há "trabalhadores espirituais" que nos atenderão quando o pedido for sincero, quando a vibração do ambiente estiver boa para eles estarem por perto. Pela manhã não deu tempo de ter brigas, discussões, está tudo tranquilo, gosto mais, depois saímos para o dia com as palavras do Evangelho em mente.
            Só que cada família tem que achar a dinâmica que mais dá certo.
         
Título: Re: Dúvida sobre o Evangelho no Lar
Enviado por: hcancela em 06 de Maio de 2012, 20:55
Olá amigos(as)



Essa da hora é verdade , creio eu,porque os bons espíritos vão onde houver reuniões sérias e honestas como será óbvio, mas o que eles querem(penso eu) é disciplina e por exemplo nas casas Espiritas tem de haver horários tal e qual a nossa casa por uma questão de organização. Creio que Eles também têm os seus afazeres por isso na sua organização que deve ser muita,e, assim terem um tempinho para aqueles que agrupam em coisas sérias.Penso eu, né, do ponto de vista humano. ;D

Abraços fraternos
Título: Re: Dúvida sobre o Evangelho no Lar
Enviado por: Mourarego em 06 de Maio de 2012, 22:36
Correto como sempre mano Cancela!
Aliás neste ponto em que o amigo toca, há mesmo uma explicação em OLE que nos diz que sobre a pontualidade, tida em excesso, por alguns diretores, não é coisa de Espíritos elevados. Estes, se existe um horário determinado para término de um Estudo, obrigam até a que se interrompa tal estudo mesmo a meio de u ma explicação ou quando ainda haja dúvida rapidamente explicável.
Abraços,
Moura
Título: Re: Dúvida sobre o Evangelho no Lar
Enviado por: Sr.91 em 06 de Maio de 2012, 22:51
;) Ah, Viajante, mas desta vez -  ô do contra - concordo com você.
           Também já fiz regularmente, um dia à noite por semana, mas agora fazemos pelas manhãs, antes da jornada começar. Acho que sempre há "trabalhadores espirituais" que nos atenderão quando o pedido for sincero, quando a vibração do ambiente estiver boa para eles estarem por perto. Pela manhã não deu tempo de ter brigas, discussões, está tudo tranquilo, gosto mais, depois saímos para o dia com as palavras do Evangelho em mente.
            Só que cada família tem que achar a dinâmica que mais dá certo.
         
Camila, o importante é fazer com seriedade e ter consciência de praticar no dia a dia os ensinamentos de Jesus.
Não é mesmo???? :)
Título: Re: Dúvida sobre o Evangelho no Lar
Enviado por: Debora Luiza em 06 de Maio de 2012, 23:07
Olá amigos(as)
Essa da hora é verdade , creio eu,porque os bons espíritos vão onde houver reuniões sérias e honestas como será óbvio, mas o que eles querem(penso eu) é disciplina e por exemplo nas casas Espiritas tem de haver horários tal e qual a nossa casa por uma questão de organização. Creio que Eles também têm os seus afazeres por isso na sua organização que deve ser muita,e, assim terem um tempinho para aqueles que agrupam em coisas sérias.Penso eu, né, do ponto de vista humano. ;D
Abraços fraternos

 
   
Pelo menos quanto ao dia e horário, aqui em casa procuramos-segui-los rigorosamente.
Os espíritos possuem suas ocupações e compromissos rotineiros, de forma tão organizada quanto nós, e não devem estar ao nosso dispor no momento que bem nos apraz. Para consolidar uma equipe espiritual, organizadamente, creio necessário que haja alguma regularidade. Mas não seguimos esse preceito só porque nos parece mais lógico, mas também porque assim fomos orientados.
Quando oriento alguém a respeito, digo para escolher um dia e um horário da semana, e tentar manter esses dias, até onde for possível.
Não é questão de "não pode", "não dá", ou "não funciona". É somente um modo de facilitar a vida do pessoal do lado de lá...Se não deu pra fazer, paciência. Faz no dia seguinte e tá tudo certo.
Aos pressupostos citados pelo Moura, eu colocaria um terceiro, que é a "disciplina".
Abraços!
                                                                                                                                                     
   
       ::)É exatamente isso que estou tentando dizer:"Eles não estão à nossa disposição, pois como, e até + do que aqui na Terra eles tem os seus afazeres."  A  Terra como sabemos é apenas  um rascunho do  mundo  espiritual. Essa foi + ou - a resposta que me foi dada pelo mentor da equipe  espiritual que me assiste.
       Quanto a terminar um estudo onde alguém tem uma dúvida,mesmo essa podendo ser explicada rápidamente
vejo aí uma falta de preparo do responsável pelo curso. Pois se os espiritos elevados  quando necessário abrem exceções, quem somos nós pra agir de maneira diferente? ???
Título: Re: Dúvida sobre o Evangelho no Lar
Enviado por: Danilo Henrique em 06 de Maio de 2012, 23:14
De fato, toda reunião séria e bem intencionada atrairá a presença de trabalhadores espirituais na mesma faixa de vibração, e Deus jamais negaria o auxilio, mesmo que a reunião seja feita no horário mais impróprio.
Mas eu já não vejo isso como justificativa de se fazer a reunião a qualquer horário e qualquer dia, quando bater vontade ou a necessidade. Oras, se der pra fazer de forma regular e organizada, é melhor. Seguramente, a extensão do benefício será muito maior, porque a mesma equipe espiritual será designada em todas as reuniões e desse modo vão conseguir dar continuidade ao próprio trabalho. Pelo menos assim orienta o centro que eu frequento, e isso tem lógica.

A proteção e higienização do lar não é um trabalho de uma ou duas reuniões. É um processo contínuo e delicado, como construir um edifício. Esse processo tem começo, e meio. Se a harmonia quebra, ou se o edifício desaba, é preciso começar tudo de novo.
Essa é minha convicção atual.


Abraços!


Título: Re: Dúvida sobre o Evangelho no Lar
Enviado por: Camila T Cunha em 08 de Maio de 2012, 01:24
[A proteção e higienização do lar não é um trabalho de uma ou duas reuniões. É um processo contínuo e delicado, como construir um edifício. Esse processo tem começo, e meio. Se a harmonia quebra, ou se o edifício desaba, é preciso começar tudo de novo.
Essa é minha convicção atual.


Abraços!
[/quote]

                 Concordo com isso, Danilo e também com o Viajante que diz que o importante é que as preces sejam sinceras. Não adianta marcar na mesma hora sempre, colocar água, o mesmo dia da semana e naquele dia ficar pensando no trabalho, nos amigos, no cinema que deixou de ir, etc. É preciso estar ali com todo coração, com toda vontade de receber a ajuda dos bons amigos.
                  Talvez uma dia volte a fazer assim, como já fiz, mas agora ando gostando de fazer pelas manhãs, praticamente todos os dias.

                   Abraços.
Título: Re: Dúvida sobre o Evangelho no Lar
Enviado por: dOM JORGE em 09 de Julho de 2014, 17:20
                                                          VIVA JESUS!




             Boa-tarde! queridos irmãos.




                   Tem algum sentido fazermos Evangelho no Lar sozinho, sem a companhia de amigos ou familiares?










Vai abaixo uma bela história do Chico Xavier que responde a pergunta.
Em meados de 1932, o "Centro Espírita Luiz Gonzaga" estava reduzido a um quadro de cinco pessoas, José Hermínio Perácio, D. Carmen Pena Perácio, José Xavier, D. Geni Pena Xavier e o Chico.
Os doentes e obsidiados surgiram sempre, mas, logo depois das primeiras melhoras, desapareciam como por encanto. Perácio e senhora, contudo, precisavam transferir-se para Belo Horizonte por impositivos da vida familiar.
O grupo ficou limitado a três companheiros. D. Geni, porém, a esposa de José Xavier, adoeceu e a casa passou a contar apenas com os dois irmãos.
José, no entanto, era seleiro e, naquela ocasião, foi procurado por um credor que lhe vendia couros, credor esse que insistia em receber-lhe os serviços noturnos, numa oficina de arreios, em forma de pagamento. Por isso, apesar de sua boa vontade, necessitava interromper a frequência ao grupo, pelo menos, por alguns meses.
Vendo-se sozinho, o Médium também quis ausentar-se.
Mas, na primeira noite, em que se achou a sós no centro, sem saber como agir, Emmanuel apareceu-lhe e disse:
- Você não pode afastar-se. Prossigamos em serviço.
- Continuar como? Não temos frequentadores...
- E nós? - disse o espírito amigo. - Nós também precisamos ouvir o Evangelho para reduzir nossos erros. E, além de nós, temos aqui numerosos desencarnados que precisam de esclarecimento e consolo. Abra a reunião na hora regulamentar, estudemos juntos a lição do Senhor, e não encerre a sessão antes de duas horas de trabalho.
Foi assim que, por muitos meses, de 1932 a 1934, o Chico abria o pequeno salão do Centro e fazia a prece de abertura, às oito da noite em ponto. Em seguida, abria o "Evangelho Segundo o Espiritismo", ao acaso e lia essa ou aquela instrução, comentando-a em voz alta.
Por essa ocasião, a vidência nele alcançou maior lucidez. Via e ouvia dezenas de almas desencarnadas e sofredoras que iam até o grupo, à procura de paz e refazimento. Escutava-lhes as perguntas e dava-lhes respostas sob a inspiração direta de Emmanuel.
Para os outros, no entanto, orava, conversava e gesticulava sozinho...
E essas reuniões de um Médium a sós com os desencarnados, no Centro, de portas iluminadas e abertas, se repetiam todas as noites de segundas e sextas-feiras.



          Denize Moreira Pereira










                                                                                       PAZ, MUITA PAZ!