Forum Espirita

GERAL => Audiovisuais => Cinema & Vídeo => Tópico iniciado por: Golbery Capistrano em 06 de Agosto de 2012, 12:31

Título: E a Vida Continua... trailer e comentários
Enviado por: Golbery Capistrano em 06 de Agosto de 2012, 12:31
E A Vida Continua...

Estréia marcada para 14 de setembro de 2012. Vejam o trailer oficial.

E a Vida Continua... - trailer oficial (http://www.forumespirita.net/fe/go.php?url=aHR0cDovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS93YXRjaD92PTloemlvQW0wVWFzI3dz)
Título: Re: E a Vida Continua... trailer e comentários
Enviado por: André Luis Carvalho em 06 de Agosto de 2012, 20:07
Estarei lá com certeza! Dizem, ainda não li, que esse livro é maravilhoso.

PS: Enquanto assistia o trailer, senti duas pessoas olhando pelo meu ombro. Como se fosse aqueles parentes curiosos pra saber o que você ta fazendo na internet.
Título: Re: E a Vida Continua... trailer e comentários
Enviado por: Ahuvah em 08 de Setembro de 2012, 16:30
Estarei lá com certeza! Dizem, ainda não li, que esse livro é maravilhoso.

PS: Enquanto assistia o trailer, senti duas pessoas olhando pelo meu ombro. Como se fosse aqueles parentes curiosos pra saber o que você ta fazendo na internet.

Irmãos, estou lendo o livro e é muito bom mesmo! Ir. André, tá todo mundo "louco" pra ver, né? rs... Abraços fraternos e, paz e bem! :D
Título: Re: E a Vida Continua... trailer e comentários
Enviado por: ram-wer em 23 de Setembro de 2012, 20:20
[attachimg=1 align=right width=350]Fui ver!

Não tava levando fé nesse filme. Tinha lido que o orçamento ficou em R$ 4 milhões. Achei que com essa grana o filme seria muito precário.

Mas nem tudo é o dinheiro que faz. "Os Vingadores" custou 100 vezes mais e foi bem fraquinho. (E olha que eu gostei de Homem de Ferro I e II e de Thor).

E a Vida Continua, o filme, é ótimo. Em alguns pontos, superou a superprodução Nosso Lar. 

É gostoso de assistir.  No começo teve uns lances meio chatinhos, tentando explicar espiritualismo pro público: "cocheiro, cavalo, charrete, Espírito, perispírito, corpo físico".  Mas depois foi ficando bem legal.

A gente quase não repara nas limitações da produção. Com pouco, eles conseguiram fazer muito. Toca diversas músicas bem bonitas e algumas enjoadas. Os ambientes são agradáveis.

Amanda Acosta tava muito bem. Me agradou bastante, embora não me convencesse em umas poucas cenas. De todo modo, era quem mais se parecia com alguém astral que não vive nas sombras.

Lima Duarte convenceu, como sempre. Parecia mesmo um mentor esclarecido.

Esses produtores espíritas deveriam se tocar de uma coisa: não é porque um ator é espírita que ele tem de participar obrigatoriamente nos filmes do gênero. Ano após ano, década após década... Eles não parecem renovados com a morte.  Atores muito idosos, ou barrigudos, calvos, enrugados podem ser geniais. Mas não passam uma ideia de frescor quando representam Espíritos equilibrados que vivem no Astral.  Poderiam ficar com os personagens encarnados, tranquilamente.

Tem tanta gente nova estudando teatro e cinema. Um mundo espiritual jovial talvez fizesse o maior sucesso. Ok, entendo. Talvez os atores espíritas façam aquilo de graça, ou por uma grana simbólica. Mas os estudantes também topariam qualquer cachê. Sabe como é, rsrs.

Gostei muito desse E a Vida Continua.


Título: Re: E a Vida Continua... trailer e comentários
Enviado por: Edna☼ em 23 de Setembro de 2012, 21:10
Oi Ram, eu assiti o filme e gostei!  :) sem grandes produções e de forma simples retrata bem o livro.


Para quem está no Brasil, acesse aqui e veja se está sendo exibido na sua cidade:


http://www.claquete.com/filmes/filme.php?cf=5115


[attach=1 width=636]

Beijo,

Edna  ;)
Título: Re: E a Vida Continua... trailer e comentários
Enviado por: jsoranz em 26 de Setembro de 2012, 13:55
Pessoal
Alguem ja assistiu esse novo filme.. (E a vida continua)?
Filme da mesma sequencia de livros de NOSSO LAR?

Título: Re: E a Vida Continua... trailer e comentários
Enviado por: Golbery Capistrano em 27 de Setembro de 2012, 12:15
Assisti esse fim de semana. Não gostei. Não gostei do argumento, do roteiro, da fotografia, da música... Foi um filme bem decepcionante.
Título: Re: E a Vida Continua... trailer e comentários
Enviado por: tui em 27 de Setembro de 2012, 12:22
Assisti,e não me empolguei. A   produção me lembrou as novelas do sbt.
Não e um filme que eu levaria uma pessoa para assistir orgulhoso, dizendo: isso aí é espiritualismo (não espiritismo, devido às inconsistências doutrinária aqui e ali)
Fico com nosso lar por enquanto
Título: Re: E a Vida Continua... trailer e comentários
Enviado por: Carmen.gbi em 01 de Outubro de 2012, 01:44


Boa noite! amigos

Adorei o filme.
Acredito que foi mais esclarecedor que Nosso Lar , pelo menos tinha mais explicações do que estava ocorrendo, isto com relação ao contexto e inclusive levantou questionamentos em católicos amigos meus que assistiram, sobre a possibilidade da reencarnação.


Carmen
Título: Re: E a Vida Continua... trailer e comentários
Enviado por: dOM JORGE em 05 de Outubro de 2012, 22:05
                                                                     VIVA JESUS!
q



            Boa-noite! queridos irmãos.
 

'E a Vida Continua...'
 
     A "Folha de S.Paulo" lançou uma campanha publicitária muito interessante que diz mais ou menos assim: "Durante a guerra mundial, ele fez as pessoas sorrirem. Durante a ação nazista, ele fez o povo sorrir. Coleção de filmes Charles Chaplin. Ele vai te fazer sorrir".

     Achei muito persuasiva a técnica publicitária utilizada, porque ela me fez refletir sobre o quanto precisamos do cinema para encontrar uma válvula de escape no nosso dia a dia nem sempre fácil. Eu sou daqueles que entram na história de cabeça. Se o roteiro é bom, eu choro, sorrio, fico nervoso, com medo e, assim, muita pipoca e refrigerante são consumidos...

     O Brasil ocupa o 10° lugar no mercado para cinema, vídeo e televisão. A Ancine pretende que seja o 5° até 2020. Nesse contexto, um gênero de filme muito bem aceito pelo público brasileiro é o de temática espiritualista e, mais recentemente, os filmes espíritas.

     Quando a biografia de Bezerra de Menezes foi lançada em filme, em 2008, o diretor não tinha ideia de que os cinéfilos prestigiariam tanto. A produção foi apresentada em 44 salas e houve 500 mil pagantes, o que estimulou muitos empresários do ramo para essa possibilidade de mercado.

     Em 2010, o megadiretor global Daniel Filho lançou o filme "Chico Xavier" e conseguiu recorde de público, com 3,5 milhões de espectadores. Por sinal, a película não focou o médium e os fenômenos espirituais, mas o homem Chico: mineiro, simples, batalhador; o idealista que superou muitas adversidades na vida.

     Quando o título "Nosso Lar" veio a público, 445 salas exibiram um trabalho inovador em vários aspectos para o cinema brasileiro: efeitos especiais nunca vistos em uma produção nacional; parcerias inéditas, como a feita com o ilustre compositor Philip Glass, responsável pela trilha sonora, e ainda Ueli Steiger (de "O Dia Depois de Amanhã"), na direção de fotografia. O investimento de 20 milhões de reais, que parecia arriscado, foi rapidamente recuperado pelos 4 milhões de espectadores.

     Porém, faltava uma obra que falasse de ternura, cotidiano e amor: o filme "As Mães de Chico Xavier". Uma história que toca profundamente. Nela, evidencia-se a narração do episódio da mãe que perdera o filho único por causa de um tumor cerebral.

     Na trama, a babá desse garoto descuidou-se por um momento, e ele sofrera uma queda da bicicleta. Algum tempo depois, o menino relatou dores de cabeça, e a família culpou a ajudante por isso. Um tumor cerebral surgiu em seguida, e a criança faleceu.

     No auge da depressão que ocorrera ao casal, a mãe encontrou Chico Xavier, que lhe falou: “Você agradeceu a sua babá?”. Assustada com a pergunta, ela refletiu: “Como agradecer à mulher que causara mal ao meu filho?”. E Chico prosseguiu: “Seu filho tinha um plano de vida curto aqui na Terra. Já pensou se ele falecesse em suas mãos ou no seu colo? Você jamais se perdoaria”.

     Recentemente, em 2011, conheci essa mãe protagonizada no filme. Ela é encantadora e dinâmica. Superou completamente as dores narradas no episódio. É claro que houve uma ajudazinha da mediunidade de Chico Xavier.

     Agora é a vez do filme "E a Vida Continua…", lançado em 14 de setembro. Essa produção alcançou a segunda melhor média de público por cópia entre as estreias naquele final de semana, perdendo somente para o blockbuster "Resident Evil: Retribuição". Nos três dias do lançamento, 79.600 pessoas foram aos cinemas.

     O diretor Oceano Vieira de Melo declarou em um blog que o público para filmes sobre a Doutrina Espírita só aumenta, no Brasil. Ele atribui esse fato "à pluralidade de credos do brasileiro, que recebe os mais diversos filmes sem preconceito".

     Tenho convicção de que Oceano também gosta de Chaplin, o ator que tornou suportável, pelo menos por um período, a vida das pessoas numa época tão conturbada da nossa civilização. E agora, numa era de realidade virtual, os novos diretores nos estão "colocando" em outra dimensão: a do espírito imortal!

     Eu já assisti e recomendo, emocionado, o filme "E a Vida Continua...", em exibição em Araçatuba até amanhã. Mais um lançamento a me instigar a ser uma pessoa melhor. E faço o convite num dia muito especial: data de nascimento de Allan Kardec - codificador do Espiritismo - há 208 anos (03/10/1804), em Lyon, na França.


          Oswaldo Magro Filho






                                                                              PAZ, MUITA PAZ!
Título: Re: E a Vida Continua... trailer e comentários
Enviado por: dOM JORGE em 05 de Outubro de 2012, 22:41
                                                                   VIVA JESUS!




            Boa-noite! queridos irmãos.


                     

“E a Vida Continua...” repete no cinema o sucesso do livro  


Escrito por André Luiz, pelas mãos de Chico Xavier, este é o 13º e último livro da conhecida série “A Vida no Mundo Espiritual”


Lançado no dia 14 de setembro nos cinemas brasileiros, o filme “E a Vida Continua...”, direção e roteiro de Paulo Figueiredo, permanece em cartaz em vários municípios de nosso País. A lista atualizada no final de setembro era constituída por 132 salas, que o leitor pode conferir na internet clicando neste link: http://www.eavidacontinuaofilme.com.br/cinemas.htm

O filme é, como sabemos, uma adaptação do livro homônimo que surgiu no cenário editorial brasileiro em 1968, quando os espíritas comemoravam o primeiro centenário do livro “A Gênese”, de Allan Kardec.

A história central do livro, reproduzida na tela, envolve a jovem Evelina, interpretada por Amanda Acosta, e o senhor Ernesto, interpretado por Luiz Baccelli.

Ernesto e Evelina não se conheciam em sua última existência até que, pouco antes de desencarnar, travam ligeiro conhecimento.

No filme, o carro que conduzia Evelina Serpa quebra na estrada. Ernesto Fantini, que passava por ali, a socorre. Eles não faziam, porém, a menor ideia de como seus caminhos a partir daquele momento seriam profundamente alterados.

O fato teria sido mera coincidência? Talvez, mas Ernesto é dessas pessoas que não acreditam em coincidências. 

O livro “E a Vida Continua” apresenta
interessante prefácio de Emmanuel

O fato concreto é que eles desenvolvem em seguida uma amizade sólida que persistirá mesmo depois de desencarnarem. Enfrentarão, então, na vida espiritual enormes dificuldades e desafios, tanto quanto surpresas e revelações surpreendentes.

No elenco, além de Amanda Costa e Luiz Baccelli, veem-se atores conhecidos, como Lima Duarte, que interpreta o Instrutor Ribas, Ana Rosa, Ana Lúcia Torre, Rui Rezende e vários outros (fotos).

O livro “E a Vida Continua”, como todos os livros de André Luiz, é aberto com interessante prefácio assinado por Emmanuel, que coordenou toda a obra mediúnica de Chico Xavier. O texto de Emmanuel é datado de 18 de abril de 1968.

Nele, o mentor espiritual de Chico Xavier faz apontamentos muito interessantes, que adiante transcrevemos:

“Conquanto as personagens da história aqui relacionadas – todas elas figuras autênticas cujos nomes foram naturalmente modificados para não ferir corações amigos na Terra – tenham tido, como já dissemos, experiências muito diversas daqueles que caracterizam as trilhas do próprio André Luiz, em seus primeiros tempos na Espiritualidade,  é  justo
 
 

 

 

 
 
considerar que os graus de conhecimento e responsabilidade variam ao infinito. 

Encontraremos na vida espiritual o retrato
espiritual de nós mesmos

"Assim é que os planos de vivência para os habitantes do Além se personalizam de múltiplos modos, e a vida para cada um se específica invariavelmente, segundo a condição mental em que se coloque.

"Compreensível que assim seja. Quanto maior a cultura de um Espírito encarnado, mais dolorosos se lhe mostrarão os resultados da perda de tempo. Quanto mais rebelde a criatura perante a Verdade, mais aflitivas se lhe revelarão as consequências da própria teimosia.

"Além disso, temos a observar que a sociedade, para lá da morte, carrega consigo os reflexos  dos hábitos a que se afeiçoava no mundo.

"Os desencarnados de uma cidade asiática não encontram, de imediato, os costumes e edificações de uma cidade ocidental e vice-versa.

"Nenhuma construção digna se efetua sem a cooperação do serviço e do tempo, de vez que a precipitação ou a violência não constam dos Planos Divinos que supervisionam o Universo.

"Para não nos alongarmos em apontamentos dispensáveis, reafirmamos tão-somente que, ainda aqui, encontraremos, depois da grande renovação, o retrato espiritual de nós mesmos com as situações que forjamos, a premiar-nos pelo bem que produzam ou a exigir-nos corrigida pelo mal que estabeleçam.”


             Ana Moraes






                                                                                                             PAZ, MUITA PAZ!