Forum Espirita

GERAL => Psicologia & Espiritismo => Auto-Conhecimento => Tópico iniciado por: macili em 11 de Novembro de 2010, 15:32

Título: Sintonia, Ressonância e Vibrações
Enviado por: macili em 11 de Novembro de 2010, 15:32

Questão 27- Em mediunidade, o que seriam sintonia, ressonância e vibrações compensadas?
 
Divaldo Responde: A sintonia, como o próprio nome diz, é a identificação.
Estamos sempre acompanhados daqueles que nos são afins. A emissão de uma onda encontra ressonância num campo vibratório equivalente. Aí temos a sintonia, como numa rádio que emite uma onda e é captada por um receptor na mesma faixa vibratória. A sintonia de Chico Xavier com o Espírito Emmanuel dá essa ressonância maravilhosa, que é a obra abençoada que o Instrutor mandou à Terra. A ressonância seria o efeito que decorre do mecanismo de sintonia. E as vibrações compensadas são aquelas que oferecem, como o próprio nome coloca, a resposta dentro do padrão de reciprocidade. Quando Chico sintoniza com Emmanuel recebe a compensação do benefício que decorre daquela onda provinda do Benfeitor, que lhe responde ao apelo através do bem-estar que lhe proporciona. Essa compensação pode ser positiva ou negativa. Se elaboramos idéias infelizes somos compensados pelas respostas das entidades afins, que se comprazem em nos utilizar na viciação toxicômana, alcoólica, tabagista ou no exagero em qualquer função ou hábito.
Quando oramos ao Cristo, ou oramos a Deus, recebemos imediatamente a compensação do bem-estar que decorre de estarmos sintonizados com o Alto.

 
Fonte: Livro Diretrizes de Segurança – Por Divaldo P. Franco e Raul Teixeira
Título: Re: Sintonia, Ressonância e Vibrações
Enviado por: MarcoALSilva em 11 de Novembro de 2010, 15:41
O pensamento é um fenômeno ondulatório. Quanto mais nossa atenção se foca em algum tema, ou recordação, tanto mais estaremos emitindo ondas com as informações desse pensamento. Eis que somos antenas o tempo todo emitindo sinais, ora mais fortes, ora mais fracos, mas sempre interagindo com os campos energéticos passíveis de assimilar nossa sintonia.


Mas se somos antenas não apenas estamos habilitados a emitir pensamentos como fenômenos ondulatórios... Estamos também habilitados a receber a indução que advém da recepção de ondas com as quais nos afinemos. De fato, a absorção de energia que experimentamos com os pensamentos circundantes tanto mais notável será em nosso universo psíquico quanto mais estivermos afins àquele padrão vibratório. Equivale a dizer que somos refratários a certos padrões e absorventes de outros, ficando mais para cá ou para acolá nos demais casos.


Nada é mais ilusório do que a privacidade de um pensamento...


Tenhamos, pois, muito cuidado com os nossos pensamentos. Não se trata de fazer algo "bonito" ou "feio" aos olhos de Deus... Cuida-se de um zelo indispensável perante nosso equilíbrio e em face do equilíbrio daqueles com quem nos afinamos. Lembremo-nos que a distância entre o ódio e o amor, do ponto de vista de sintonia e ressonância, é praticamente nula. Não há um só pensamento de carinho e bem-querência que passe despercebido pelo objeto do sentimento assim posto em movimento; infelizmente a recíproca é verdadeira... Não há um só pensamento de despeito, ódio, inveja ou quaisquer outros sentimentos ruins, que não atinja o seu objeto com maior ou menor poder de desestabilizar, desequilibrar, criar desarmonia...


Contudo há uma grande diferença entre nós, antenas humanas, e os sistemas físicos de irradiação e recepção. Nós podemos manter um padrão vibracional o melhor possível em constante (ou, ao menos, o mais constante possível) reverberação em nosso sistema como um todo. É como que uma onda estacionária cujo teor vibracional, se for suficientemente elevado, agirá como uma blindagem preciosa às vibrações dissonantes dos pensamentos que aprendemos a chamar de maus.


É o "orai e vigiai" dos religiosos...


"Ter o corpo fechado" torna-se algo bem menos estranho nesses termos, não é?
 
Fonte: http://esoestudos.blogspot.com/2009/09/antenas.html
Título: Re: Sintonia, Ressonância e Vibrações
Enviado por: belina em 11 de Novembro de 2010, 16:48
Maceli e Marco

Obrigada por partlhar.

paz e luz
belina